Page 1

Proposta de Desenvolvimento Projetual


Proposta de Desenvolvimento Projetual


Sobre o projeto Espectro

Introdução 5 Problematização 6 Objetivos 7 Sobre o Espectro 8 Público-alvo 9 Jovem descobrindo sexualidade 11 Jovem tirando as dúvidas sobre as sexualidades 13 Jovem descobrindo sexualidade/gênero 15 Jovem adulto descobrindo sexualidade 17 Estratégia de comunicação 18 Distribuição de conteúdo 22

Conceito de Criação

Conceito de criação 27 Tipografia 29 Paleta de cores 30 Embalagens e Rótulos 31

Peça principal: Site documental

Conceito de navegação 35 Wireframe• 37 Layout 38 Mock-ups• 40 Teste de usuário 41

1


Peça secundária: Websérie e Hotsite

Sobre a criação da Websérie 45 Sinopse 46 Personagens 47 Storyboard 51 Abertura e encerramento 58 Teaser 60 Elementos sonoros 62 Hotsite - Conceito de navegação 63 Wireframe 65 Layout 66 Mock-ups 67

O grupo Block

O grupo Block Componentes do grupo e funções Técnicas e softwares utilizados

2

70 71 74


3


4


Ao longo desta proposta de desenvolvimento está descrito o projeto Espectro. Sua construção e produção foi realizada pelo grupo Block para concluir seu ciclo de aprendizado junto a Universidade Anhembi Morumbi e apresentá-lo como resultado dos conhecimentos adquiridos no curso de Design Digital. Este projeto visa amenizar o preconceito em relação a comunidade LGBT através do aprendizado e disponibilização de informações de fontes confiáveis para esclarecer dúvidas a respeito de orientação sexual-afetiva, sexo biológico e identidade de gênero.

5


Na maioria das vezes, em assuntos relacionados à comunidade LBGT, termos sobre sexo biológico, identidade de gênero e orientação sexual-afetiva são confundidos, causando estranheza e dificultando compreensão e aceitação da sociedade, resultando no surgimento de discursos de ódio e preconceito. Assim sendo, nossas primeiras pesquisas se delimitaram a coletar dados sobre a falta de informações corretas e a disponibilidade destas para as pessoas. Identificou-se que essa falta de informações sobre o tema, além de gerar o preconceito, dificulta a aceitação dos jovens e a sua autoidentificação.

6


O projeto tem como objetivo disponibilizar de forma mais acessível e com linguagem adequada para o público jovem, informações e explicações sobre a comunidade LGBT, identidade de gênero, sexo biológico e orientação sexual-afetiva possibilitando auxílio em sua autoidentificação, e possivelmente amenizando o impacto negativo que a falta de informações pode trazer para o adolescente. Para tal, temos com peça principal um site documental que irá reunir essas informações trazendo artigos, recomendações de conteúdo, um glossário com explicações dos termos e informações sobre instituições. Como peça secundária temos uma websérie animada que terá seu conteúdo distribuído de forma diversificada para poder atrair tráfego para o site principal, além de criar discussão sobre o tema nas redes sociais. Para essa websérie será produzido um hotsite que trará mais informações sobre os personagens e a comunidade LGBT.

7


O projeto que está descrito ao longo dessa proposta trabalha bastante com as cores do arco-íris para representar a diversidade e os sentimentos que compõem uma pessoa. Seguindo está ideia criamos a marca Espectro pensando que cada indivíduo representa uma luz (branca) que pode se dividir em diversas cores, assim sendo o logo é usado principalmente na cor branca (junção de todas as cores) mas também pode ser aplicado em sua versão colorida. Para mais informações sobre a aplicação da marca consultar o Manual de Identidade Visual disponível na versão impressa e nos arquivos do CD.

8


A adolescência é o período onde o jovem passa por modificações físicas, hormonais e busca se afirmar como sujeito independente; podendo ter até conflitos com os pais, já que estes têm que se esforçar para compreender alguém que não é mais criança, mas ainda não é maduro o suficiente para ser adulto. Acreditamos que essa seja a melhor faixa etária para trabalharmos com essa problemática, pois ainda podemos auxiliar e impactar no desenvolvimento da personalidade desses jovens, possivelmente amenizando o preconceito criado pela falta de entendimento e discussão sobre o tema. Como público-alvo principal temos jovens brasileiros na faixa etária dos 15 aos 17 anos e como secundário, jovens brasileiros dos 18 aos 24 anos, abrangendo tanto os jovens que ainda não se identificaram sexualmente, como os que já se identificaram, mas que buscam informações para entender melhor a si mesmo ou ao próximo. Para representar as diferentes características do nosso público foi realizado um estudo sobre as personas que auxiliou na estratégia de Marketing Digital, resultando na criação de 4 personas descritas a seguir de maneira resumida. Para conhecer o estudo completo consultar o Estudo das Personas disponível na versão impressa e nos arquivos do CD.

9


10


Nome: Luciana Assis Liu Faixa etária: 17 anos Estado civil: Solteira Formação: Estudante do último ano do ensino médio Gênero: Mulher cis Orientação sexual e afetiva: Alossexual / ? Luciana possui experiências de intercâmbio no exterior, é altruísta e se esforça para se destacar como aluna e como pessoa. Tem como hobbies tocar violão, piano e desenhar, além de realizar trabalhos voluntários. Se preocupa com o próximo e ama os animais, por isso adotou um cachorro vira-lata chamado Bolinha. Não sabe como conversar com os pais sobre não se reconhecer como heterossexual, pois teme a reação deles em não entenderem que ela está no processo de descoberta.

11


12


Nome: Miguel Silva Costa Faixa etária: 16 anos Estado civil: Namorando Formação: Estudante Gênero: Homem cis Orientação sexual e afetiva: Hetero alossexual Miguel é dedicado, fiel ao seu melhor amigo João e um bom comunicador. Por ser extremamente extrovertido, ele curte frequentar bares, festas, cinemas, e reunir seus amigos em sua casa. Sempre apoiou a homossexualidade de seu melhor amigo João mas nunca soube se expressar direito sobre o tema, por isso começou a pesquisar sobre gêneros, orientação sexual, preconceitos e etc. para entender melhor o amigo e ajudá-lo.

13


14


Nome: Renan Moreira de Souza Faixa etária: 18 anos Estado civil: Namorando Formação: Estudante Gênero: Homem ? Orientação sexual e afetiva: Demissexual / ? Renan luta para encaixar sua mente em seu corpo. Por ser demissexual, namora sua melhor amiga desde a quinta série. A admiração que ele tem pelo corpo dela o levou a indagar como seria ter aquele corpo. Acreditava que estava doente e que isso iria passar. Hoje, Renan sabe que é transsexual e luta em ter que fingir para não perder sua namorada e nem o amor de seu pai. Está em busca de informações para saber como lidar com essa situação.

15


16


Nome: Fernanda Augusto Pereira Nome Social: Augusto Pereira Faixa etária: 23 anos Estado civil: Solteiro Formação: Finalizando a faculdade de arquitetura Cargo: Estagiário Gênero: Homem trans Orientação sexual e afetiva: Hetero alossexual Augusto é filho único de uma mãe solteira que é muito orgulhosa dele, pela sua dedicação aos estudos e a bolsa que ganhou para poder cursar a faculdade, sua mãe sempre deu todo o apoio necessário para a transição de seu filho, o ajudando em momentos de dificuldades e comemorando juntos em momentos de alegria. Augusto trabalha em um escritório de arquitetura onde é um pouco excluído da turma de funcionários, já que as pessoas se sentem desconfortáveis com sua presença, além de não respeitarem seu nome social, sofrendo preconceito.

17


Como estratégia de comunicação utilizaremos de conhecimentos e estratégias de marketing digital para atrair público para nosso site, realizando a distribuição de conteúdo nas redes sociais. Para atingir nosso público criamos perfis nas redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram) onde publicamos conteúdos produzidos por nós mesmos ou por outras páginas, mas que tenham relação com o tema LBGT. Buscamos usar uma linguagem mais simplificada e jovem em nossos conteúdos, podendo utilizar de imagens engraçadas - os chamados “memes”- gifs, gírias da internet entre outros. Também foi criado imagens com breves explicações relacionadas ao tema para gerar esclarecimentos nas redes sociais. A intenção é se comunicar com os jovens numa linguagem que eles estão acostumados e se identificam, facilitando o entendimento e o engajamento com o que está sendo publicado.

18


Exemplo de retweet de perfis com a mesma temática

Exemplo de publicação utilizando gif no Twitter.

19


Exemplo de publicação com explicações sobre o tema.

Exemplo de publicação com link de terceiros relacionados com o tema no Facebook

20


Exemplo de publicação utilizando com link de terceiros relacionados com o tema no Instagram.

Exemplo de post feito no Twitter relacionado a outra publicação para descontrair.

21


Toda vez que um artigo novo for publicado no site uma postagem nas redes sociais vai divulgar sua publicação de forma diversificada usando das características únicas de cada rede social, visando um melhor alcance e engajamento, divulgando o link do artigo e direcionando os jovens para o site. A distribuição da websérie também será feita de forma diferenciada. O episódio é dissolvido em pequenas cenas e divulgado conforme o dia da semana, sendo compilado e publicado por inteiro aos sábados. Cada trecho de cena traz consigo alguma explicação ou informação sobre o tema e em sua descrição um link que leva para o site com mais informações sobre o que está sendo descrito. Além disso, as mensagens trocadas entre os personagens que aparecerão durante as cenas irão gerar publicações para as redes sociais, de forma a atrair e intrigar o público sobre o conteúdo da websérie e consequentemente induzi-los a assistir o episódio, no intuito de gerar mais conteúdo e discussão. Para maior entendimento segue fluxograma da estratégia de marketing:

22


23


25


Para identificar as linguagens pertinentes para trabalharmos com a temática da orientação sexual/afetiva e identificação de gênero, fez-se necessária uma análise de referências estéticas e de linguagem utilizada atualmente em relação ao tema. Para tal, fizemos uma análise cultural do movimento LGBT (simbologias), sites que trazem informações sobre o tema, marcas famosas, livros e músicos que estão presentes dentro desse universo. Tal escolha foi feita para que pudéssemos extrair características relacionadas ao tema, de modo geral e também com foco no público jovem, no que diz respeito a livros e músicas, para conseguirmos perceber algumas diferenças entre o conteúdo dedicado ao público em geral e ao público mais jovem o que resultou na criação do painel semântico. Foi percebido que o ideal seria usar a linguagem de categoria identificada de forma disruptiva, fugindo um pouco de sua aplicação de mercado para chamar a atenção para nosso projeto, mas sem perder suas características mais marcantes, como por exemplo, a aplicação de cores do arco-íris, para já identificar o tema. A fonte sem serifa e em caixa alta também é um ponto positivo a ser utilizado, para favorecer a legibilidade. Também vamos utilizar a fotografia, para aproximar o usuário dos personagens retratados em nosso trabalho. Além disso, foram criadas composições com aplicações das cores como se fossem manchas de tinta para trazer um pouco mais de fluidez e representar a ideia de estarmos pintando e permitindo que os outros “se pintem”, mostrem suas cores. Para informações mais detalhadas sobre a utilização de nossa identidade visual consultar nosso Manual de Identidade Visual, disponível na versão impressa e na versão digital nos arquivos do CD.

27


Cores

Ilustrações

Layouts Fotografias

Composições

Tipografias

28


Ikaros Sans Regular ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVEWXYZ Abcdefghijklmnopqrstuvxyz 1234567890

As tipografias escolhidas priorizam a legibilidade deixando claro a mensagem e facilitando a leitura de conteúdos mesmo aplicadas em composições. Seu bom entrelinhamento não cansa a leitura e sua linhas limpas sem adornos ou serifa não prejudica o entendimento do que está sendo publicado. Em todas as peças de comunicação foi utilizada a fonte Ikaros Sans para títulos. Para textos foi utilizada a Roboto, por possuir um bom espaçamento entre letras (tranking), superior ao da Ikaros, o que melhora ainda mais a legibilidade.

Ikaros Sans Light ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVEWXYZ abcdefghijklmnopqrstuvxyz 1234567890 Roboto Regular ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVEWXYZ abcdefghijklmnopqrstuvxyz 1234567890 Roboto Light ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVEWXYZ abcdefghijklmnopqrstuvxyz 1234567890 Roboto Bold ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVEWXYZ abcdefghijklmnopqrstuvxyz 1234567890

29


A paleta de cores é um componente fundamental e parte essencial do nosso sistema visual. Introduzindo a ideia de espectro, as cores vão do azul forte ao pink claro. As cores utilizadas na paleta primária são azul, amarelo, vermelho e rosa. Também utilizadas em versão pastel na paleta secundária, para grafismos. O esquema de áreas de cor apresentado a seguir serve como referência para o uso das diversas cores da nossa paleta.

30


A Identidade visual para as seguintes peças gráficas é mais simplificada, utilizando apenas da aplicação do logo e título da peça sobre manchas de tinta para agilizar o reconhecimento do projeto e não prejudicar a leitura de informações devido aplicações fotográficas que podem sair erradas na impressão.

Etiqueta para CD

Exemplo de aplicação em embalagem Capa material impresso

Contracapa material impresso

31


33


O site documental é a principal peça do projeto Espectro, é onde estarão reunidas as informações sobre identidade de gênero e orientação sexual-afetiva direcionadas ao público jovem. Desta forma, o site conta com cinco seções: Home, Instituições, Artigos, Glossário e Sobre. Na Home é apresentado o projeto, além de conter um infográfico sobre sexo biológico, orientação afetivo-sexual e identidade de gênero. Instituições traz uma lista de lugares que dão apoio a comunidade LGBT, seus endereços, formas de contato, etc. Em Artigos são apresentados os textos que trazem informações relacionadas ao tema. O Glossário pega os termos que aparecem nos artigos e em demais áreas do site e mostra seu significado. Por último, o Sobre traz informações sobre o grupo que desenvolve o projeto. O site segue a identidade visual do projeto, e conta com um menu fixo no topo – neste menu, além do link para as seções do site, há uma barra de pesquisa e um link para o hotsite da websérie. Cada seção principal tem um cabeçalho, explicando o que é. No rodapé estão as redes sociais, Twitter e Facebook, e novamente o link para o hotsite. Por fim, são apresentados o link de contato, cláusula de reserva e todas as redes sociais.

35


Fluxograma de navegação

36


Home

Instituições

Artigos

Glossário

37


38


39


40


Foi realizado um teste de usabilidade com o Site Documental. Cinco usuários entre 15 e 20 anos navegaram no site para verificar se os critérios ergonômicos pensados para o site se aplicavam na prática. O feedback recebido dos usuários foi positivo, pois todos aprovaram a interface e visual do site Espectro. Considerando os critérios ergonômicos aplicados no site os resultados estavam dentro do esperado, com exceção do critério Carga de Trabalho, porque embora o usuário não fique perdido dentro do site, as modificações sugeridas pelos usuários poupariam o trabalho destes, deixando a interface mais facilmente navegável. Sendo assim, as modificações (como reduzir o cabeçalho da seção Glossário, por exemplo), foram aplicadas para que o site se adequasse a esse critério também

41


43


A websérie foi criada como uma nova forma de abordar a temática LGBT, sendo usada como parte da estratégia de marketing digital além de diversificar o conteúdo e apresentá-lo de maneira mais amigável para nosso público-alvo. Ela surge como complemento para nossa peça principal e o conteúdo foi pensado para abordar a rotina de jovens e seus comportamentos diante de situações de preconceito, relacionamentos e convívio com as pessoas. A exibição da websérie acontece de forma diferenciada as cenas são exibidas conforme os dias da semana de domingo a sexta-feira, e aos sábados o episódio é compilado com o restante da história e exibido de forma completa. Neste primeiro momento 2 cenas foram animadas como piloto, entretanto foi feito um storyboard com todas as cenas do roteiro e um animatic, já com o áudio sincronizado. Para mais detalhes a respeito da criação da websérie consultar seu guia, disponível na versão impressa e na versão digital nos arquivos do CD, onde também se encontra o animatic. O foco da animação são os sentimentos dos personagens que dão cor e vida a eles conforme a situação em que se encontram em cena. Para dar esse destaque ao que sentimos e a gama de sentimentos que compõem uma pessoa, os cenários são monocromáticos para realçar os personagens. Esta ideia também está presente no pôster da websérie onde o logo representa um personagem com ausência de cor emanando seus sentimentos (espectro colorido) sobre um fundo de cor única. Pôster da websérie

45


Sem Spoiler O último ano do ensino médio pode ser motivo de alívio para alguns e tristeza para outros... É o fim de um ciclo e início de outro, mas ainda assim não deixa de ser motivo para comemoração. Estão todos animados para a última festa do Terceirão, promovida por Guilherme, o momento onde as diferenças de turmas serão esquecidas a favor de uma ótima despedida. No entanto, na véspera da festa, alguém tenta se vingar de Bianca. Como esses jovens – que já têm problemas em casa, dúvidas sobre suas sexualidades e inseguranças sobre o futuro – lidarão com isso?

Com Spoiler O último ano do ensino médio pode ser motivo de alívio para alguns e tristeza para outros... É o fim de um ciclo e início de outro, mas ainda assim não deixa de ser motivo para comemoração. Estão todos animados para a última festa do Terceirão, promovida por Guilherme, o momento onde as diferenças de turmas serão esquecidas a favor de uma ótima despedida. No entanto, na véspera da festa, alguém vaza uma foto íntima de Bianca. Como esses jovens – que já têm problemas em casa, dúvidas sobre suas sexualidades e inseguranças sobre o futuro – lidarão com isso?

46


Para criar os personagens foi realizado uma pesquisa onde foi coletado dados em relação a idade e comportamentos de nosso público-alvo, desta forma podemos criar a aproximação entre nossa persona e nossos personagens mantendo o interesse deles no conteúdo da websérie. Para mais detalhes sobre o perfil e a criação dos personagens da websérie consultar seu guia, disponível na versão impressa e na versão digital nos arquivos do CD.

Concept art dos personagens

47


48

Nome: Bianca Vieira Araújo

Nome: Isabela Cardoso Costa

Nome: Lucas Biancchi

Apelido: Bia

Apelido: Isa/ Bela

Apelido: Sem apelido

Idade: 17 anos

Idade: 18 anos

Idade: 17 anos

Gênero: Mulher cis

Gênero: Mulher cis

Gênero: Homem cis

Orientação Sexual: Bissexual / Pansexual

Orientação Sexual: Homossexual

Orientação Sexual: Heterossexual


Nome: Sara Norimi Kichikawa

Nome: Marcos Muniz

Nome: Bruno Cardoso Almeida

Apelido: Norii

Apelido: Sem apelido

Apelido: Sem apelido

Idade: 17 anos

Idade: 16 anos

Idade: 17 anos

Gênero: Mulher cis

Gênero: Homem cis

Gênero: Homem Trans

Orientação Sexual: Heterossexual

Orientação Sexual: Homossexual

Orientação Sexual: Pansexual

49


50

Nome: Matheus Pereira Dias

Nome: João Dias Barros

Nome: Guilherme Moraes

Apelido: Sem apelido

Apelido: Sem apelido

Apelido: Gui

Idade: 17 anos

Idade: 17 anos

Idade: 18 anos

Gênero: Homem cis

Gênero: Homem cis

Gênero: Homem cis

Orientação Sexual: Bissexual / ?

Orientação Sexual: Assexual/ Demissexual

Orientação Sexual: Homossexual


51


52


53


54


55


56


57


A abertura da websérie que será usada para o episódio compilado que sai aos sábados, apresentará cenas cotidianas do público jovem e o logo do projeto. Já a abertura dos trechos que são divulgados durante a semana traz o logo do projeto e informações sobre a comunidade LGBT que irá variar em cada trecho divulgado do episódio. O encerramento trará algumas cenas dos episódios enquanto mostra os créditos da animação e só será utilizado no episódio completo.

58


Encerramento websérie Abertura websérie

59


O teaser da websérie será uma simulação de uma conversa no Whatsapp, onde em meio a mensagens preconceituosas a pessoa tenta argumentar usando conteúdos que aprendeu através do site com a intenção de defender a relação da personagem citada. Desta forma, pretendemos atrair atenção tanto para a websérie como para o que está sendo abordado nas mensagens. O teaser será divulgado no Facebook, usando o formato vertical de vídeo, uma nova opção do Facebook que melhora a experiência ao consumir conteúdo audiovisual em smartphones.

60


Storyboard teaser

61


A música de abertura tem um ar jovem e descontraído de balada, remetendo ao acontecimento central e aos personagens. Os efeitos sonoros baseiam-se no tema principal com a intenção de reforçar o drama presente nas cenas. Foram introduzidos sons que quando associados à imagem, transmitem sensações e geram um impacto emocional no espectador.

62


O hotsite funciona como uma peça secundária imersiva paralela ao site documental do projeto Espectro, sendo que nele encontramse dados coletados para mostrar como é ser uma pessoa LGBT assim como informações a respeito da Websérie Festa Espectro. Para cultivar mais a imersão, temos uma Linha do Tempo adicional interligada a websérie trazendo conteúdos e mostrando que nosso público pode se identificar com eles. Assim, estabelecemos algumas seções para o site: Home, Sobre o Projeto, Sobre a Série, Personagens, Linha do Tempo e Contato. O site é em página única e o único link que direciona para uma nova aba é a Linha do Tempo, para atribuir a sensação de conteúdo adicional e imersão. Na Home é apresentado um banner com elementos da websérie que serão mais detalhados a frente juntamente com um botão callto-action que direciona o público para a primeira seção com conteúdo: o Sobre o Projeto. Em Sobre o Projeto, avistamos uma subdivisão chamada “Lado Escuro” onde expomos a luta e as dificuldades de um membro LGBTQ em sua rotina diária para que nosso usuário se sinta representado e que ele se sinta confortável em nossos ambientes digitais. Após o Lado Escuro, temos o Lado Claro, uma seção especial dedicada a mostrar a resistência LGBTQ e elucidar que, apesar dos riscos e perigos, nosso usuário é forte, validado, suficiente, visível e forte. Assim que nosso usuário passou por uma seção de identificação pessoal, temos o Sobre a Série, uma seção onde, de fato, estamos comentando e trazendo conteúdos sobre a Websérie Festa Espectro, como o pôster, sinopse, galeria com episódios e etc. Em Personagens estamos trazendo informações pessoais sobre nossos personagens da série. Acreditamos ser importante mostrar dados sobre cada pessoa para que a representatividade seja o mais verossímil possível. Em Linha do Tempo, temos nosso link adicional onde mostramos fatos adicionais datados sobre nossos personagens. Queremos que nosso público entenda que todo inferno passado, termina. Assim, mostraremos dados como o dia que Bianca se assumiu, o dia que Bruno sofreu bullying e etc. Tudo passa e tudo fica melhor. Por fim, temos nossa seção de contatos com um formulário para futuros contatos de nosso usuário. Abrimos nossa caixa de e-mail para receber todo e qualquer tipo de conteúdo. E logo abaixo, o rodapé com os links do hotsite, das redes sociais, da cláusula de reserva e do site documental. 63


Fluxograma de navegação

64


65


66


67


69


Formado no 2º semestre da faculdade, nesse final de ciclo assumimos o papel de uma agência que realiza consultoria e melhoria de imagem corporativa, desenvolvendo projetos e estratégias que estreitem a relação de nossos clientes com seus consumidores utilizando dos valores, visão, espiritualidade e personalidades do público que pretendemos atingir. O Projeto Espectro surge como uma proposta de cunho social, mas ao mesmo tempo ilustra nosso portfólio de ações e estratégias para alcançar o objetivo descrito acima.

70


Na construção do plano de negócios da agência foram criados possíveis cargos para os integrantes do grupo. Entretanto, muitas vezes durante a execução deste projeto suas funções não correspondem a esses cargos, pois suas atividades estavam relacionadas a outra ou mais de uma área de atuação. Todas as etapas dos projetos foram discutidas, analisadas e aprovadas em grupo e todos tiveram participação na construção da pesquisa e produção de conteúdo, inclusive na dublagem da websérie. Os únicos que não participaram da dublagem foram os integrantes Gabriel Vecchio e Jessica Losano.

71


André Bruniera Possível cargo: Estagiário Design. Foi responsável por toda a animação e criação visual dos personagens da websérie. Beatriz Salazar Possível cargo: Sócio Diretor de Produção. Foi responsável pela programação front e back-end do site documental, que utiliza a plataforma WordPress. Além disso, em conjunto com a Jessica, criou os personagens e roteiro da websérie. Gabriel Vecchio Possível cargo: Sócio Diretor de Criação. Foi responsável pela programação full stack do Hotsite, participou da criação da identidade visual, participou da criação da história Espectro, além de criar o logo do projeto. Ingrid Schwinden Possível cargo: Sócia Diretora Comercial. Atuou no papel de analista de marketing, estratégias de comunicação e social media construindo um estudo de persona, além de desempenhar funções relacionadas a área de criação como: Design dos cenários, criação do pôster, embalagens, infográfico, edição e pós-produção da websérie. 72


Jessica Losano Possível cargo: Sócia Diretora de Arte. Desenvolveu suas funções dentro das responsabilidades de seu possível cargo. Participou efetivamente e coordenou a construção da identidade visual do projeto, diagramou peças gráficas e além disso construiu em parceria com a Beatriz o roteiro da websérie.

Rafael Souza Possível cargo: Designer Jr. Desenvolvedor e idealizador, junto a Direção de criação e Direção Arte, de todo o conceito da Identidade Visual do projeto. Participou efetivamente na produção de composições visuais para a web e peças gráficas. Renata Bueno Possível cargo: Produtor de conteúdo. Trabalhou na produção de conteúdo para as plataformas de divulgação do projeto, assim como na edição de áudio da websérie. Ricardo Cadima Possível cargo: Estagiário Criação. Auxiliou na produção da websérie construindo o Storyboard e Animatic com áudio e falas já sincronizados. 73


After Effects

Photoshop

WordPress

JS

Indesign

Premiere

HTML5

Bootstrap

Illustrator

Toon Boom Harmony

CSS

Figma

74


Universidade Anhembi Morumbi Design Digital - 8º Período Vespertino - Paulista II Trabalho de Conclusão de Curso Desenvolvido pelo grupo:

Projeto Espectro - Peça de Desenvolvimento Projetual - TCC  
Projeto Espectro - Peça de Desenvolvimento Projetual - TCC  
Advertisement