__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Manual de Sinalização Urbana: Rota de Ciclistas Trabalho Final de Graduação Rafael Siqueira 2012/2013 Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade de São Paulo

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 1

6/10/13 9:23 AM


Manual de Sinalização Urbana: Rota de Ciclistas Trabalho Final de Graduação

É permitida a reprodução do conteúdo desta

Rafael Siqueira

obra, por qualquer meio, desde que citada a

2012/2013

fonte e o autor e que não seja utilizada para

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

fins comerciais.

Universidade de São Paulo

Ficha técnica

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP

Elaboração

Biblioteca

Desenvolvimento

Rua do Lago, 876

Textos

05508.080 São Paulo SP Brasil

Imagens

tel. 55 11 3091 4519

Rafael Siqueira

bibfau@usp.br

Projeto gráfico Pedro Ungaretti Rafael Siqueira Diagramação Pedro Ungaretti

Contato Rafael Siqueira

Orientação

cel 55 11 984 744 810

Clice de Toledo Sanjar Mazzilli

rafaelgss@gmail.com

2

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 2

6/10/13 9:23 AM


Glossário1 SINAIS: Elementos que se originam exclusivamente para a transmissão de mensagens. No design gráfico, sinais podem ser entendidos como símbolos ou pictogramas. SIGNOS: Elementos responsáveis pela transmissão de uma determinada informação, através de um emissor, um significante (forma), um significado (conteúdo) e um receptor. Neste volume, o termo signo insere-se no processo de comunicação visual. FAMÍLIA DE SIGNOS: Conjunto de signos destinados a um mesmo usuário e com uma mesma finalidade. CÓDIGO: Associação entre um determinado conjunto de sinais e um conjunto de mensagens transmitidas. Podem ser entendidos também como Sistema de Signos: são os sistemas através dos quais os signos se organizam e se relacionam uns com os outros.

1  Krampen, Martin e Aicher, Otl. Sistemas De Signos En La Comunicación Visual. Ed Gustavo Gili, 1995.

3

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 3

6/10/13 9:23 AM


1.

Apresentação O Manual de Sinalização Urbana: Rota de Ciclistas é resultado de uma série de debates acerca das condições dos ciclistas urbanos frente ao sistema de circulação na cidade de São Paulo. Os direitos dos ciclistas nas vias urbanas é um tema recente, que começou a ganhar destaque diante da ampliação do uso da bicicleta como meio de transporte cotidiano nas grandes cidades brasileiras, especialmente para os jovens. O governo federal ao consolidar a Política Nacional de Mobilidade Urbana1 reforça a relevância do tema dos direitos dos ciclistas, através do estabelecimento de critérios para que os municípios brasileiros possam incluir Planos de Mobilidade Urbana em seus Planos Diretores, priorizando o desenvolvimento urbano baseado na mobilidade urbana sustentável. A política tem por finalidade a (re)adaptação das cidades às pessoas, através de planos de mobilidade baseados no deslocamento humano e não nos veículos automotores. Para os ciclistas representa o direito de usufruir de um ambiente seguro e acessível para a utilização da bicicleta, já que “as modalidades de transporte que se utilizam de esforço humano (art. 4, V) merecem ter tratamento preferencial por parte da política de desenvolvimento urbano de que tratam as normas constitucionais”.

1  Lei 12.587 – 2012, institui a Política Nacional de Mobilidade Urbana.

4

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 4

6/10/13 9:23 AM


Inserido neste contexto, o projeto apresentado a seguir foi elaborado em consonância com as observações contidas no diagnóstico Estudos sobre sinalização para ciclistas e pedestres na cidade de São Paulo2. Estes estudos possibilitaram uma análise crítica das necessidades atuais dos ciclistas urbanos frente ao sistema viário e aos padrões de sinalização adotados no centro expandido da cidade de São Paulo. Como resultado verificou-se uma demanda uníssona por compartilhamento das vias urbanas entre ciclistas e motoristas, educação no trânsito para motoristas e sistemas apropriados de sinalização urbana para ciclistas. O manual de sinalização urbana – rota de ciclistas – tem por finalidade o fomento da convivência pacífica entre motoristas, ciclistas e pedestres nas vias urbanas da cidade de São Paulo, sendo uma etapa de intervenção inserida em um amplo processo de humanização da cidade de São Paulo, de acordo com os critérios da Política Nacional de Mobilidade Urbana.

2  Siqueira, R. Trabalho Final de Graduação 1. FAU USP, 2012

5

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 5

6/10/13 9:23 AM


Índice 1.

Apresentação

04

2. Principios

09

3. Familia

11

de Signos

3.1. Sinalização Vertical

11

3.1.1. Ciclistas – Sinalização de Orientação

11

3.1.2. Ciclistas – Sinalização Educativa

31

3.1.3. Motoristas – Sinalização Educativa

41

3.1.4. Motoristas – Sinalização de Regulamentação

47

3.2. Sinalização Horizontal

4. Tipografia 5.

Sinais

55 63 65

5.1. Ciclistas

65

5.2. Motoristas

68

5.3. Sinalização Horizontal

69

6

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 6

6/10/13 9:23 AM


6. Aplicação

70

6.1. Mapeamento

70

6.2. Sinalização Horizontal

72

6.3. Sinalização Vertical

77

6.4. Compatibilização com outras sinalizações

78

6.4.1. Rota de Bicicleta e Zona Máxima de Proteção ao Pedestre

78

82

7.

6.4.2. Sinalizações diversas

Projeto Tipo

8. Anteprojeto

85

dos Signos

8.1. Sinalização Vertical

91 91

8.1.1. Ciclistas – Sinalização de Orientação

8.1.2. Ciclistas – Sinalização Educativa

101

8.1.3. Motoristas – Sinalização Educativa

106

8.1.4. Motoristas – Sinalização de Regulamentação

110

8.3. Sinalização Horizontal

9. Bibliografia

Complementar

91

115 122

7

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 7

6/10/13 9:23 AM


8

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 8

6/10/13 9:23 AM


2.

Princípios Um sistema de sinalização cicloviária urbana deve assegurar uma experiência agradável ao usuário, permitindo que o ciclista possa realizar percursos com segurança, conforto e garantia de orientação, de acordo com os requisitos de projeto e os aspectos legais que regem sua circulação no espaço público.

Usuário

Experiência no espaço

Ciclista

Mensagens de orientação geram ao ciclista a experiência da realização de percursos seguros, agradáveis e que o oriente na cidade. Mensagens educativas geram o convívio de ciclistas com pedestres em conflitos viários e nos espaços compartilhados por eles; comunicam os deveres que o ciclista deve cumprir para garantir seu conforto e segurança.

Motorista

Mensagens educativas geram convívio e tolerância de motoristas com ciclistas nas ruas, fortalecendo o compartilhamento das vias entre modos motorizados e não-motorizados. Mensagens de regulamentação comunicam os deveres que o motorista deve cumprir para garantir a segurança e o conforto do ciclista. Suas mensagens são imperativas e o desrespeito a elas constitui infração.

Motorista e Ciclista

Mensagem de indicação de rota de ciclistas no piso comunica aos usuários o percurso e a posição do ciclista na via, fortalecendo o espaço necessário à circulação confortável do ciclista.

9

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 9

6/10/13 9:23 AM


10

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 10

6/10/13 9:23 AM


3.

Família de Signos

3.1.

Sinalização Vertical

3.1.1.

Ciclistas: Sinalização de Orientação

O-C01 p 12

O-C06 p 22

O-C02 p 14

O-C07 p 24

O-C03 p 16

O-C08 p 26

O-C04 p 18

O-C09 p 28

O-C05 p 20

11

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 11

6/10/13 9:23 AM


Signo O-C01 Rota de ciclistas Dimensões

0,80x0,25 m

Conceito

Orienta o ciclista de rotas de ciclistas a seguir

Critérios

Utilizado sempre no início de quadra em que houver

de uso

rota de ciclistas. Utilizado no fim de quadra se a rota de ciclistas seguir em frente.

Critérios

Na calçada e à esquina, sobre a mesma pista onde

de locação

houver sinalização horizontal de rota de ciclistas, dados os critérios a seguir. No início de quadra, de 5 a 10 m do prolongamento do meio fio da via transversal. No fim de quadra, de 10 a 15 m do prolongamento do meio fio da via transversal.

12

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 12

Família de signos: Sinalização vertical: Ciclistas: Sinalização de orientação

6/10/13 9:23 AM


2,20 m ≤ h ≤ 2,60 m

0,30 m

1:20

Signo O-C1 Rota de ciclistas

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 13

13

6/10/13 9:23 AM


Signo O-C02 Rota de ciclistas Dimensões

0,80x0,25 m

Conceito

Orienta o ciclista a seguir em frente ou à esquerda pela rota de ciclistas.

Critérios

Utilizado no fim de quadra se a rota de ciclistas

de uso

seguir em frente ou à esquerda.

Critérios

Na calçada e à esquina, sobre a mesma pista onde

de locação

houver sinalização horizontal de rota de ciclistas, dados os critérios a seguir. No fim de quadra, de 10 a 15 m do prolongamento do meio fio da via transversal.

14

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 14

Família de signos: Sinalização vertical: Ciclistas: Sinalização de orientação

6/10/13 9:23 AM


2,20 m ≤ h ≤ 2,60 m

0,30 m

1:20

Signo O-C2 Rota de ciclistas

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 15

15

6/10/13 9:23 AM


Signo O-C03 Rota de ciclistas Dimensões

0,80x0,25 m

Conceito

Orienta o ciclista a seguir à esquerda pela rota de ciclistas.

Critérios

Utilizado no fim de quadra se a rota de ciclistas

de uso

seguir à esquerda.

Critérios

Na calçada e à esquina, sobre a mesma pista onde

de locação

houver sinalização horizontal de rota de ciclistas, dados os critérios a seguir. No fim de quadra, de 10 a 15 m do prolongamento do meio fio da via transversal.

16

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 16

Família de signos: Sinalização vertical: Ciclistas: Sinalização de orientação

6/10/13 9:23 AM


2,20 m ≤ h ≤ 2,60 m

0,30 m

1:20

Signo O-C3 Rota de ciclistas

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 17

17

6/10/13 9:23 AM


Signo O-C04 Rota de ciclistas Dimensões

0,80x0,25 m

Conceito

Orienta o ciclista a seguir à direita pela rota de ciclistas.

Critérios

Utilizado no fim de quadra se a rota de ciclistas

de uso

seguir à direita.

Critérios

Na calçada e à esquina, sobre a mesma pista onde

de locação

houver sinalização horizontal de rota de ciclistas, dados os critérios a seguir. No fim de quadra, de 10 a 15 m do prolongamento do meio fio da via transversal.

18

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 18

Família de signos: Sinalização vertical: Ciclistas: Sinalização de orientação

6/10/13 9:23 AM


2,20 m ≤ h ≤ 2,60 m

0,30 m

1:20

Signo O-C4 Rota de ciclistas

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 19

19

6/10/13 9:23 AM


Signo O-C05 Rota de ciclistas Dimensões

0,80x0,25 m

Conceito

Orienta o ciclista a seguir em frente ou à direita pela rota de ciclistas.

Critérios

Utilizado no fim de quadra se a rota de ciclistas

de uso

seguir em frente ou à direita.

Critérios

Na calçada e à esquina, sobre a mesma pista onde

de locação

houver sinalização horizontal de rota de ciclistas, dados os critérios a seguir. No fim de quadra, de 10 a 15 m do prolongamento do meio fio da via transversal.

20

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 20

Família de signos: Sinalização vertical: Ciclistas: Sinalização de orientação

6/10/13 9:23 AM


2,20 m ≤ h ≤ 2,60 m

0,30 m

1:20

Signo O-C5 Rota de ciclistas

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 21

21

6/10/13 9:23 AM


Signo O-C06 Término de rota de ciclistas Dimensões

0,80x0,25 m

Conceito

Indica ao ciclista o fim de rota sinalizada de ciclistas.

Critérios

Utilizado no fim de quadra em que houver término

de uso

de rota de ciclistas.

Critérios

Na calçada e à esquina, sobre a mesma pista onde

de locação

houver sinalização horizontal de rota de ciclistas, dados os critérios a seguir. No fim de quadra, de 10 a 15 m do prolongamento do meio fio da via transversal.

22

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 22

Família de signos: Sinalização vertical: Ciclistas: Sinalização de orientação

6/10/13 9:23 AM


2,20 m ≤ h ≤ 2,60 m

0,30 m

1:20

Signo O-C6 Término de rota de ciclistas

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 23

23

6/10/13 9:23 AM


Signo O-C07 Rota de ciclistas com descidas acentuadas Dimensões

0,80x0,25 m

Conceito

Orienta o ciclista de rota de ciclistas com descidas íngremes.

Critérios

Utilizado no início de quadra se a via em que houver

de uso

rota de ciclistas possuir descidas íngremes.

Critérios

Na calçada e à esquina, sobre a mesma pista onde

de locação

houver sinalização horizontal de rota de ciclistas, dados os critérios a seguir. No início de quadra, de 5 a10 m do prolongamento do meio fio da via transversal.

24

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 24

Família de signos: Sinalização vertical: Ciclistas: Sinalização de orientação

6/10/13 9:23 AM


2,20 m ≤ h ≤ 2,60 m

0,30 m

1:20

Signo O-C7 Rota de ciclistas com descidas acentuadas

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 25

25

6/10/13 9:23 AM


Signo O-C08 Rota de ciclistas com subidas acentuadas Dimensões

0,80x0,25 m

Conceito

Orienta o ciclista de rota de ciclistas com subidas íngremes.

Critérios

Utilizado no início de quadra se a via em que houver

de uso

rota de ciclistas possuir subidas íngremes.

Critérios

Na calçada e à esquina, sobre a mesma pista onde

de locação

houver sinalização horizontal de rota de ciclistas, dados os critérios a seguir. No início de quadra, de 5 a 10 m do prolongamento do meio fio da via transversal.

26

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 26

Família de signos: Sinalização vertical: Ciclistas: Sinalização de orientação

6/10/13 9:23 AM


2,20 m ≤ h ≤ 2,60 m

0,30 m

1:20

Signo O-C8 Rota de ciclistas com subidas acentuadas

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 27

27

6/10/13 9:23 AM


Signo O-C09 Indicação de paraciclos públicos Dimensões

0,80x0,25 m

Conceito

Orienta o ciclista de locais públicos apropriados para estacionar a bicicleta.

Critérios

Utilizado sempre que houver paraciclos públicos

de uso

sobre a calçada.

Critérios

Na calçada, sobre a mesma pista onde houver

de locação

sinalização horizontal de rota de ciclistas, dados os critérios a seguir. De 0 a 3 m antes do local indicado.

28

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 28

Família de signos: Sinalização vertical: Ciclistas: Sinalização de orientação

6/10/13 9:23 AM


2,20 m ≤ h ≤ 2,60 m

0,30 m

1:20

Signo O-C9 Indicação de paraciclos públicos

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 29

29

6/10/13 9:23 AM


30

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 30

6/10/13 9:23 AM


3.1.2.

Ciclistas: Sinalização Educativa

E-C01 p 32

E-C02 p 34

E-C03 p 36

E-C04 p 38

31

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 31

6/10/13 9:23 AM


Signo E-C01 Use sinalização noturna, campainha e retrovisor Referência

art 105: Obrigatório para as bicicletas a campainha,

ao CTB:

sinalização noturna dianteira, traseira, lateral e nos pedais e espelho retrovisor esquerdo (reg. CONTRAN)

Dimensões

0,80x0,25 m

Conceito

Indica ao ciclista a obrigatoriedade da utilização de sinalização noturna, campainha e retrovisor.

Critérios

Utilizado no início e meio de quadra em que houver

de uso

rota de ciclistas, respeitado o distanciamento de 500 a 1000 m entre si.

Critérios

Na calçada, sobre a mesma pista onde houver

de locação

sinalização horizontal de rota de ciclistas, dados os critérios a seguir. No início de quadra, de 5 a10 m do prolongamento do meio fio da via transversal. No meio de quadra, à no mínimo 15 m de outro posteamento com sinalização de rota de ciclistas. Não utilizar no fim de quadra.

32

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 32

Família de signos: Sinalização vertical: Ciclistas: Sinalização Educativa

6/10/13 9:23 AM


2,20 m ≤ h ≤ 2,60 m

0,30 m

1:20

Signo E-C01 Indica ao ciclista a obrigatoriedade da utilização de sinalização noturna, campainha e retrovisor.

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 33

33

6/10/13 9:23 AM


Signo E-C02 Dê preferência ao pedestre Referência

art 29, par 2: (...) os veículos de maior porte serão

ao CTB:

sempre responsáveis pela segurança dos menores, os motorizados pelos não motorizados e, juntos, pela incolumidade dos pedestres.

Dimensões

0,80x0,25 m

Conceito

Indica ao ciclista a obrigatoriedade em dar preferência ao pedestre em travessia não semaforizada.

Critérios

Utilizado sempre que houver travessia de pedestre

de uso

não semaforizada em rota de ciclistas.

Critérios

Na calçada, sobre a mesma pista onde houver

de locação

sinalização horizontal de rota de ciclistas, dados os critérios a seguir. De 10 a 15 m de onde houver travessia de pedestres não semaforizada (contado a partir do centro da faixa de pedestre).

34

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 34

Família de signos: Sinalização vertical: Ciclistas: Sinalização Educativa

6/10/13 9:23 AM


2,20 m ≤ h ≤ 2,60 m

0,30 m

1:20

Signo E-C02 Dê preferência ao pedestre

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 35

35

6/10/13 9:23 AM


Signo E-C03 Uso compartilhado entre pedestres e ciclistas Referência

art 59: Desde de que autorizado e devidamente

ao CTB:

sinalizado pelo órgão ou entidade com circunscrição sobre a via, será permitida a circulação de bicicletas nos passeios.

Dimensões

0,80x0,25 m

Conceito

Indica ao ciclista a permissão de circulação de bicicletas nos passeios.

Critérios

Utilizado sempre que houver rota de ciclistas sobre

de uso

a calçada (uso compartilhado entre pedestres e ciclistas). Pode ser utilizado em composição com os signos O-C01 a O-C05 (orientação de rota de ciclistas).

Critérios

Na calçada, dados os critérios a seguir.

de locação

No início de calçada compartilhada, de 5 a10 m do prolongamento do meio fio da via transversal. No meio de calçada compartilhada, em conjunção com os signos O-C01 a O-C05, sempre que houver mudança de direção de rota. Não utilizar no fim de calçada compartilhada.

36

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 36

Família de signos: Sinalização vertical: Ciclistas: Sinalização Educativa

6/10/13 9:23 AM


2,20 m ≤ h ≤ 2,60 m

0,30 m

1:20

Signo E-C03 Uso compartilhado entre pedestres e ciclistas

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 37

37

6/10/13 9:23 AM


Signo E-C04 Na faixa atravesse desmontado da bicicleta Referência

art 68, par 1: O ciclista desmontado empurrando

ao CTB:

a bicicleta equipara-se ao pedestre em direitos e deveres.

Dimensões

0,80x0,25 m

Conceito

Indica ao ciclista a obrigatoriedade em atravessar na faixa de pedestres desmontado da bicicleta.

38

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 38

Critérios

Utilizado sempre que houver travessia de pedestres

de uso

anterior ou posterior à rota de ciclistas.

Critérios

Na calçada, à direita ou à esquerda da faixa de

de locação

pedestres, de acordo com as condições do local.

Família de signos: Sinalização vertical: Ciclistas: Sinalização Educativa

6/10/13 9:23 AM


2,20 m ≤ h ≤ 2,60 m

0,30 m

1:20

Signo E-C04 Na faixa atravesse desmontado da bicicleta

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 39

39

6/10/13 9:23 AM


40

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 40

6/10/13 9:23 AM


3.1.3.

Motoristas: Sinalização Educativa

ROTA DE CICLISTAS

ROTA DE CICLISTAS

AO ABRIR A PORTA CUIDADO COM CICLISTAS

E-M01 p 42

E-M02 p 42

E-M03 p 44

41

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 41

6/10/13 9:23 AM


E-M01 (sobre a pista) e E-M02 (sobre a calçada) Rota de ciclistas Dimensões

E-M01 1,50x0,80 m E-M02 0,50x0,80 m

Conceito

Indica ao motorista a existência de rota de ciclistas à frente.

Critérios

Utilizado na quadra anterior ao início de quadra

de uso

em que houver rota de ciclistas. De acordo com as condições, pode ser utilizado na mesma quadra em que houver rota de ciclistas. Para vias coletoras ou de tráfego mais intenso, utilizar signo E-M01. Para vias locais ou de tráfego menos intenso, utilizar o signo E-M02.

Critérios

Na calçada, dados os critérios a seguir.

de locação

Na via transversal imediatamente anterior à via em que houver rota de ciclistas. Na impossibilidade, deverá ser locado na mesma via em que houver rota de ciclistas, de 0 a 30 m do prolongamento do meio fio da via transversal.

42

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 42

Família de signos: Sinalização vertical: Motoristas: Sinalização Educativa

6/10/13 9:23 AM


2,00 m ≤ h ≤ 2,50 m

4,60 m

0,30 m

1:40

Signos E-M01 (sobre a pista) e E-M02 (sobre a calçada) Rota de ciclistas

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 43

43

6/10/13 9:23 AM


E-M03 Ao abrir a porta cuidado com ciclistas Referência ao CTB:

art 49: O condutor e os passageiros não deverão abrir a porta do veículo, deixála aberta ou descer do veículo sem antes se certificarem que isso não constitui perigo para eles e para os outros usuários da via.

Dimensões

0,50x0,80 m

Conceito

Indica ao motorista o cuidado ao abrir a porta em área de estacionamento por existência de rota de ciclistas.

Critérios de uso

Utilizado nas áreas de estacionamento junto ao meio fio em quadras onde houver rota de ciclistas no mesmo bordo.

Critérios de locação

Na calçada, sobre a mesma pista onde houver sinalização horizontal de rota de ciclistas, dados os critérios a seguir. Face de quadra de até 60 m: Deve ser colocada uma placa aproximadamente no meio da face de quadra ou área delimitada de estacionamento. Face de quadra superior a 60 m: Devem ser colocadas 2 ou mais placas, de modo que as placas extremas fiquem a uma distância superior a 5,0 m, e no máximo a 30,0 m do prolongamento do meio fio da via transversal. Esta sinalização deverá ser locada a aproximadamente 5 m da regulamentação R-6b (estacionamento regulamentado), se esta obtiver informações complementares. Esta sinalização deverá ser locada no mesmo posteamento da regulamentação R-6b (estacionamento regulamentado), se esta não obtiver informações complementares. Para casos não elencados aqui, os critérios de locação deverão seguir aqueles apontados para as sinalizações de regulamentação R-6c (estacionamento regulamentado)1 1  CONTRAN. Sinalização Vertical de Regulamentação. Volume 1. 2007.

44

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 44

Família de signos: Sinalização vertical: Motoristas: Sinalização Educativa

6/10/13 9:23 AM


2,00 m ≤ h ≤ 2,50 m

0,30 m

1:40

Signos E-M03 Ao abrir a porta cuidado com ciclistas

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 45

45

6/10/13 9:23 AM


46

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 46

6/10/13 9:23 AM


3.1.4.

Motoristas: Sinalização de Regulamentação

NA TRAVESSIA PRIORIDADE SEMPRE DO CICLISTA

R-M01 p 48

NA CONVERSÃO PRIORIDADE SEMPRE DO CICLISTA

R-M02 p 50

AO ULTRAPASSAR CICLISTAS MUDE DE FAIXA

R-M03 p 52

AO ULTRAPASSAR CICLISTAS MUDE DE FAIXA

R-M04 p 52

47

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 47

6/10/13 9:23 AM


Signo R-M01 Dê sempre preferência ao ciclista em travessias Referência

art 214: Deixar de dar preferência de passagem a

ao CTB:

pedestre e a veículo não motorizado: que se encontre na faixa a ele destinada; que não haja concluído a travessia mesmo que ocorra sinal verde para o veículo. Infração gravíssima.

Dimensões

1,90x0,80 m

Conceito

Regulamenta ao motorista a prioridade do ciclista em travessias. O desrespeito a esta sinalização constitui infração.

Critérios

Utilizado quando houver travessia de rota de ciclistas

de uso

transversal à via. Não deverá ser utilizada em conjunto com a sinalização R-M02. Em casos de sobreposição, a sinalização adotada deverá atender ao primeiro conflito observado.

48

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 48

Critérios

À esquina, sob a travessia de rota de ciclistas, voltado

de locação

para a via transversal à travessia de rota de ciclistas.

Família de signos: Sinalização vertical: Motoristas: Sinalização de Regulamentação

6/10/13 9:23 AM


4,60 m

1:40

Signo R-M01 DĂŞ sempre preferĂŞncia ao ciclista em travessias

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 49

49

6/10/13 9:23 AM


Signo R-M02 Dê sempre preferência ao ciclista em conversões Referência

art 214: Deixar de dar preferência de passagem a

ao CTB:

pedestre e a veículo não motorizado: que se encontre na faixa a ele destinada; que não haja concluído a travessia mesmo que ocorra sinal verde para o veículo. Infração gravíssima.

Dimensões

1,90x0,80 m

Conceito

Regulamenta ao motorista a prioridade do ciclista quando houver conversão de veículos automotores na via. O desrespeito a esta sinalização constitui infração.

Critérios

Utilizado quando houver conversão de veículos

de uso

motorizados na mesma via em que houver rota de ciclistas. Não deverá ser utilizada em conjunto com a sinalização R-M01. Em casos de sobreposição, a sinalização adotada deverá atender ao primeiro conflito observado.

50

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 50

Critérios

À esquina, aproximadamente no local da conversão,

de locação

voltado para a via anterior à conversão.

Família de signos: Sinalização vertical: Motoristas: Sinalização de Regulamentação

6/10/13 9:23 AM


4,60 m

1:40

Signo R-M02 Dê sempre preferência ao ciclista em conversões

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 51

51

6/10/13 9:23 AM


R-M03 (sobre a pista) e R-M04 (sobre a calçada) Ao ultrapassar ciclistas mude de faixa Referência ao CTB:

art 201: Deixar de guardar a distância lateral de um metro e cinquenta centímetros ao passar ou ultrapassar bicicleta. Infração média. art. 170: Dirigir ameaçando os pedestres que estejam atravessando a via pública, ou os demais veículos. Infração gravíssima.

Dimensões

R-M03 1,90x0,80 m R-M04 0,50x0,80 m

Conceito

Regulamenta ao motorista a ultrapassagem de ciclistas com segurança máxima, possível somente com a troca de faixa de rolamento. O desrespeito a esta sinalização constitui infração.

Critérios de uso

Utilizado na quadra anterior ao início de quadra em que houver rota de ciclistas. De acordo com as condições, pode ser utilizado na mesma quadra em que houver rota de ciclistas. Pode ser utilizado também em observação de conflitos frequentes entre veículos motorizados e ciclistas, devendo ser apurada in loco a locação desta sinalização. Para vias coletoras ou de tráfego mais intenso, utilizar signo R-M03. Para vias locais ou de tráfego menos intenso, utilizar o signo R-M04.

Critérios de locação

Na via transversal imediatamente anterior à via em que houver rota de ciclistas. Na impossibilidade, deverá ser locado na mesma via em que houver rota de ciclistas, de 0 a 30 m do prolongamento do meio fio da via transversal. Em casos de observância de conflitos entre veículos motorizados e ciclistas, deverá ser aplicado aproximadamente no mesmo local do conflito.

52

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 52

Família de signos: Sinalização vertical: Motoristas: Sinalização de Regulamentação

6/10/13 9:23 AM


2,00 m ≤ h ≤ 2,50 m

4,60 m

0,30 m

1:40

Signos R-M03 (sobre a pista) e R-M04 (sobre a calçada) Ao ultrapassar ciclistas mude de faixa

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 53

53

6/10/13 9:23 AM


54

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 54

6/10/13 9:23 AM


3.2.

Sinalização Horizontal

Rota de ciclistas p 56

Travessia de ciclistas p 57

Restricted bike box p 59

Bike box p 58

Parking bike box p 60

55

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 55

6/10/13 9:23 AM


Rota de ciclistas Dimensões

0,75 x 2,52 m 1,50 x 5,05 m

Conceito

Orienta o ciclista a seguir em frente pela rota de ciclistas. Orienta o motorista que a via é uma rota de ciclistas.

Critérios

Utilizado sempre que houver rota de

de uso

ciclistas.

Critérios

Respeitado o distanciamento de 5 m

de locação

entre si. Para vias coletoras ou de tráfego mais intenso, utilizar dimensão maior. Para vias locais ou de tráfego menos intenso, utilizar dimensão menor. Em casos de aproximação com conflitos deverá ser utilizada a sinalização com a seta inclinada, indicando a posição do ciclista antes da área de conflito.

1:75

56

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 56

Família de signos: Sinalização horizontal

6/10/13 9:23 AM


Travessia de ciclistas Dimensões

0,60 m ≤ L ≤ 1,20 m

Conceito

Orienta o ciclista a seguir em frente pela rota de ciclistas. Orienta o motorista a preferência do ciclista na travessia.

Critérios

Utilizado sempre que houver via

de uso

transversal à rota de ciclistas.

Critérios

Na mesma pista onde houver rota de

de locação

ciclistas, respeitado o distanciamento de 0,40 m entre o início ou fim da travessia e a faixa de pedestres (ou faixa de retenção).

1:75

Família de signos: Sinalização horizontal

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 57

57

6/10/13 9:23 AM


Bike box Dimensões

5,30 m x 2,80 (ou dimensão da faixa de rolamento) 5,30 m ≤ H ≤ 7,30 m

Conceito

Área destinada ao ciclista em cruzamentos semaforizados, segregada dos veículos automotores.

Critérios

Utilizado sempre que houver

de uso

cruzamento semaforizado em rota de ciclistas.

Critérios

Na mesma pista onde houver

de locação

rota de ciclistas.

1:75

58

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 58

Família de signos: Sinalização horizontal

6/10/13 9:23 AM


Restricted Bike Box Dimensões

0,80 m x 3,50 m

Conceito

Area destinada ao ciclista em cruzamentos não semaforizados, segregada dos veículos automotores.

Critérios

Utilizado sempre que houver cruzamento não semaforizado em rota

de uso

de ciclistas, ao início e ao final do conflito viário. Sua dimensão pode variar de acordo com a largura da travessia, sendo necessária a adequação da largura para permitir um percurso uniforme.

Critérios

Na mesma pista onde houver rota de ciclistas, respeitado o

de locação

distanciamento de 0,40 m entre o início ou fim da travessia e a faixa de pedestres (ou faixa de retenção).

Rota no bordo esquerdo da pista

Rota no bordo direito da pista

1:75

Família de signos: Sinalização horizontal

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 59

59

6/10/13 9:23 AM


Parking Bike Box Dimensões

2,10 m (ou dimensão da faixa de estacionamento) x 2,75 m

Conceito

Área destinada ao ciclista sempre que houver área de estacionamento no mesmo bordo de via em que houver rota de ciclistas.

Critérios

Utilizado sempre que houver área de estacionamento

de uso

no mesmo bordo de via em que houver rota de ciclistas. Deverá ser aplicada antes e depois da área de estacionamento, indicando o percurso do ciclista.

Critérios

Deverá ser aplicada na mesma pista onde houver

de locação

rota de ciclistas, respeitado o distanciamento de 0,40 m entre o início ou fim da da sinalização e outro elemento horizontal.

60

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 60

Família de signos: Sinalização horizontal

6/10/13 9:23 AM


Rota no bordo esquerdo da pista

Rota no bordo direito da pista

1:75

Parking Bike Box

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 61

61

6/10/13 9:23 AM


62

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 62

6/10/13 9:23 AM


4.

Tipografia ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ UNIVERS LT STD 65 BOLD Kerning 0 Aplicado em Sinalização Educativa e de Regulamentação para motoristas

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ UNIVERS LT STD 55 ROMAN Kerning 0 Aplicado em Sinalização Educativa e de Orientação para ciclistas

abcdefghijklmnopqrwtuvwxyz UNIVERS LT STD 55 ROMAN Kerning 0 Aplicado em Sinalização Educativa e de Orientação para ciclistas

63

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 63

6/10/13 9:23 AM


64

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 64

6/10/13 9:23 AM


5.

Sinais

5.1.

Ciclistas

250

75

75

200

75

75

SINAL O-C01 – O-C06

SINAL O-C01 – O-C05

250 x 200 mm C=67 M=18 Y=0 K=0

75 x 75 mm C=0 M=0 Y=0 K=0 1:25

65

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 65

6/10/13 9:23 AM


250

250

200

200

200

250

SINAL O-C09 250 x 200 mm250 C=67 M=18 Y=0 K=0

250

250

250

SINAL O-C07

SINAL O-C08

250 x 200 mm C=67 M=18 Y=0 K=0

250 x 200 mm C=67 M=18 Y=0 K=0

200

200

200

200

200

250

250

escala 1:25

1:25

Sinais: Ciclistas

66 escala 1:25 escala 1:25

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 66

6/10/13 9:23 AM


250

250

200

200

200

200

200

200

SINAL E-C01

200

250

200

250

200

250

200

250

200

250

200

250

SINAL E-C02

250 200 200

250 200

250

250250 x 200 mm250 C=67 M=18 Y=0 K=0

250

200

250 x 200 mm250 C=67 M=18 Y=0 K=0

250

SINAL E-C03

SINAL E-C04

250 x 200 mm C=67 M=18 Y=0 K=0

250 x 200 mm C=67 M=18 Y=0 K=0 escala 1:25 escala 1:25

Sinais: Ciclistas

1:25

67 escala 1:25 escala 1:25

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 67

6/10/13 9:23 AM


Motoristas 600

380

300

600

600

380

SINAL E-M01 – E-M02

SINAL E-M03

E-M01: 600 x 600 mm E-M02: 380 x 300 mm C=67 M=18 Y=0 K=0

380 x 300 mm C=67 M=18 Y=0 K=0

600

600

600

600

600

600

600

SINAL R-M01 – R-M02

SINAL R-M03 – R-M04

600 x 600 mm

R-M03: 600 x 600 mm

C=0 M=100 Y=100 K=0

R-M04: 380 x 300 mm C=0 M=100 Y=100 K=0

68

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 68

escala escala 1:201:20

600

600

300

5.2.

1:20

Sinais: Motoristas

6/10/13 9:23 AM


Sinalização Horizontal

500

500

2000

SINAL BICICLETA

SINAL SETA

Dimensões aplicadas 1500 x 2250 mm 1125 x 750 mm 750 x 500 mm C=0 M=0 Y=0 K=0

Dimensões aplicadas 500 x 2000 mm (a) 250 x 1000 mm (b) C=0 M=0 Y=0 K=0

2000

1500

2250

1500

2250

5.3.

1:20

Sinais: Sinalização Horizontal

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 69

69

6/10/13 9:23 AM


6.

Aplicação

6.1.

Mapeamento

O mapa Ciclo Rotas SP 2011 apresenta o elenco de rotas recomendadas para ciclistas no centro expandido do município de São Paulo, documento oficialmente aceito pelo poder público para a implantação das ciclorrotas pela CET-SP e pelo poder privado para a implantação das bicicletas de aluguel. Este mapa apresenta: Rotas com tráfego intenso Rotas com aclive Rotas em que o ciclista atravessa desmontado Passarelas Este manual foi elaborado com base nos dados presentes neste mapeamento, portanto a aplicação da sinalização deverá estar de acordo com os tipos de rota elencados e as vias apresentadas. Inicialmente, o manual Rota de Ciclistas deverá abranger todo o centro expandido do município de São Paulo. A posteriori deverá ser aplicado em outras regiões da cidade, respeitado o planejamento e gestão entre subprefeituras e prefeitura de São Paulo.

70

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 70

6/10/13 9:23 AM


marca e recorte do mapa Ciclo Rotas SP 2011

Aplicação: Mapeamento

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 71

71

6/10/13 9:23 AM


Sinalização Horizontal

0,75

1,15

6.2.

2,52

5,00

(a) Rota de bicicleta Medida maior

(a) Rota de ciclistas medida maior Deverá ser aplicado em vias locais ou vias mais seguras para o ciclista, com espaçamento de 5 m entre os sinais e posição no centro da faixa de rolamento onde houver rota de ciclistas. obs. A locação da rota de ciclistas deverá ser feita no bordo oposto ou na faixa imediatamente ao lado nos casos abaixo: — ciclofaixas operacionais (ciclofaixas de lazer) — faixas de ônibus exclusiva — faixas exclusivas de motos (motofaixas)

72

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 72

1:200

Aplicação: Sinalização Horizontal

6/10/13 9:23 AM


0,90 1,50

5,00

5,00

(b) Rota de bicicleta Medida menor

(b) Rota de ciclistas medida menor Vias coletoras ou vias menos seguras para o ciclista, com espaçamento de 5 m entre os sinais e posição no centro da faixa de rolamento onde houver rota de ciclistas. obs. A locação da rota de ciclistas deverá ser feita no bordo oposto ou na faixa imediatamente ao lado nos casos abaixo: — ciclofaixas operacionais (ciclofaixas de lazer) — faixas de ônibus exclusiva — faixas exclusivas de motos (motofaixas)

Aplicação: Sinalização Horizontal

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 73

1:200

73

6/10/13 9:23 AM


0,40

0,40

(c) Parking bike box

(c) Parking bike box Em vias onde houver rota de ciclistas com estacionamento no mesmo bordo, e sua utilização deve ser acompanhada do sinal de rota de ciclistas com a seta inclinada.

1:200

74

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 74

Aplicação: Sinalização Horizontal

6/10/13 9:23 AM


0,40

0,40

0,40

0,40

(d) Restricted bike box e travessia de ciclistas (d) Deve-se aplicar as sinalizações Restricted bike box e travessia de ciclistas

em conjunto, criando um percurso

ao ciclista.

Sua utilização deve ser acompanhada do sinal de rota de ciclistas com a seta inclinada anterior a esta sinalização e a área não deve se sobrepor à sarjeta.

1:200

Aplicação: Sinalização Horizontal

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 75

75

6/10/13 9:23 AM


0,40

0,40

0,40

(e) Bike box, restricted bike box e travessia de ciclistas

(e) Bike box, Restricted bike box e travessia de ciclistas

Deve-se aplicar o Bike box em cruzamentos semaforizados somente. Deve-se aplicar as sinalizações em conjunto, criando um percurso ao ciclista. Sua utilização deve ser acompanhada do sinal de rota de ciclistas com a seta inclinada anterior a esta sinalização e a área não deve se sobrepor à sarjeta.

76

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 76

1:200

Aplicação: Sinalização Horizontal

6/10/13 9:23 AM


6.3.

Sinalização Vertical A colocação na via da sinalização vertical para ciclistas deverá estar de acordo com os critérios estabelecidos neste desenho, que apresenta a possibilidades de localização em via. Os critérios de locação para cada sinalização vertical estão apresentados no capítulo Família de Signos.

d ≥15 m

d ≥15 m

10 ≤d ≤15 m

5 ≤d ≤10 m

10 ≤d ≤15 m

5 ≤d ≤10 m

1:250 Aplicação: Sinalização Vertical

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 77

77

6/10/13 9:23 AM


6.4.

Compatibilização com outras sinalizações

6.4.1.

Rota de Bicicleta e Zona Máxima de Proteção ao Pedestre

Esta compatibilização deverá ser feita através de etapas de aplicação deste manual, de acordo com os critérios a seguir.

Etapa 01 Substituição da sinalização de Rota de Bicicleta já implantada pela CET-SP pelo projeto apresentado neste documento. A sinalização E-M01 e E-M02 deve ser aplicada em conjunção com a sinalização R-19 30 (regulamentação de velocidade: 30 km/h) para vias locais ou R-19 40 (regulamentação de velocidade: 40 km/h) para vias coletoras. As dimensões para sinalizações de regulamentação complementares deverão seguir os critérios estabelecidos pelo CONTRAN1

Vias locais Placa R-19 30 km/h

Vias coletoras Placa R-19 40 km/h

1  ver CONTRAN. Sinalização Vertical de Regulamentação. Volume 1. 2007.

78

Aplicação: Compatibilização com outras sinalizações: Rota de Bicicleta e Zona Máxima de Proteção ao Pedestre

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 78

6/10/13 9:23 AM


Vias loca Placa R-1

Vias cole Placa R-1

Etapa 01: atual

Etapa 01: proposta

1:50 Atual

Proposta

Proposta

Aplicação: Compatibilização com outras sinalizações: Rota de Bicicleta e Zona Máxima de Proteção ao Pedestre

79

Etapa 01 Etapa 01 Escala 1:40 (a escala pode ser 1:100Escala ou 1:200, 1:40 o(aque escala for pode melhor serpara 1:100 a diagramação) ou 1:200, o que for melhor para a diagramação) 2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 79

6/10/13 9:23 AM


Etapa 02 Aplicação de Rota de Ciclistas no perímetro descrito pela Zona de Máxima Proteção ao Pedestre da CET-SP. Neste caso, deve-se substituir a sinalização sobre a pista da ZMPP (Na Conversão Prioridade Sempre do Pedestre) pela sinalização de mesma natureza, sobre a calçada. A sinalização R-M01 (Na Travessia Prioridade Sempre do Pedestre) ou R-M02 (Na Conversão Prioridade Sempre do Pedestre) deverão ser implantadas, de acordo com a necessidade.

Etapa 03 Aplicação nas vias restantes do mapeamento.

80

Aplicação: Compatibilização com outras sinalizações: Rota de Bicicleta e Zona Máxima de Proteção ao Pedestre

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 80

6/10/13 9:23 AM


Etapa 02: atual

Etapa 02: proposta

1:50 Atual

Proposta

Proposta

Aplicação: Compatibilização com outras sinalizações: Rota de Bicicleta e Zona Máxima de Proteção ao Pedestre

81

2 Etapa 02 :40 (a escala pode ser 1:100 ou 1:200, o que forEscala melhor 1:40 para (a escala a diagramação) pode ser 1:100 ou 1:200, o que for melhor para a diagramação) 2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 81

6/10/13 9:23 AM


6.4.2. Sinalizações diversas

Para outros casos de compatibilização não apontados aqui, a compatibilização deverá seguir os critérios estabelecidos pela CET-SP.1

Caso 1 Em situações em que sinalizações de advertência ou regulamentação estiverem locadas no mesmo suporte que a sinalização para ciclistas, as placas descritas devem estar posicionadas acima das sinalização para ciclistas deste manual.

1  ver CET-SP. Manual de SInalização Urbana. Volume 1. Introdução

82

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 82

1:50

Aplicação: Compatibilização com outras sinalizações: Sinalizações diversas

6/10/13 9:23 AM


Caso 2

Caso 3.

Em situações em que a sinalização para motoristas deste manual estiver locada no mesmo suporte que a sinalização para ciclistas, a placa para motoristas deverá ser locada acima da de ciclistas.

O suporte deverá conter somente duas placas para ciclistas. Se houver a necessidade de locar mais de duas placas, as restantes deverão estar locadas em outro suporte.

1:50

Aplicação: Compatibilização com outras sinalizações: Sinalizações diversas

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 83

83

6/10/13 9:23 AM


84

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 84

6/10/13 9:23 AM


Projeto Tipo Alameda Santos

7.

Rua Haddock Lobo

1:200 85

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 85

6/10/13 9:23 AM


Rua Haddock Lobo

1:200

86

Projeto Tipo

Escala 1:200

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 86

6/10/13 9:23 AM


Alameda JaĂş

Rua Haddock Lobo

1:200

Projeto Tipo

87

Escala 1:200

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 87

6/10/13 9:23 AM


Alameda JaĂş

1:200

88

Projeto Tipo

Escala 1:200

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 88

6/10/13 9:23 AM


Rua da Consolação

Alameda Jaú

1:200

Projeto Tipo

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 89

89

6/10/13 9:23 AM


90

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 90

6/10/13 9:23 AM


8.

Anteprojeto dos Signos

8.1.

Sinalização Vertical

8.1.1.

Ciclistas - Sinalização de Orientação

Signos O-C01 a 09 Medidas em mm

Cor C67 M18 Y0 K0

Vista frontal 1:7,5 Desenho de execução 1:7,5

Material de execução

Detalhe 1:2

A placa deve ser confeccionada em chapa de aço galvanizado, com pintura

Grid de 20 em 20 mm

automotiva sobre fundo protetor. Texto e sinal em vinil adesivo recortado.

Tipografia

Acabamento refletivo.

Univers Lt Std 55 Roman 200 pt Kerning 0

91

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 91

6/10/13 9:23 AM


265

40

250

15

10

250

10

10

15

51,5

51

200

23,5

51

15

51,5

10

210

10

10

800

15

10

Signo O-C01 15

r2

0

0

r2

Desenho de execução 1:7,5

10

Vista frontal 1:7,5

0 r1

Medidas em mm

Detalhe 1:2

92

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 92

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Ciclistas – Sinalização de Orientação

6/10/13 9:23 AM


265

40

250

15

10

250

10

10

15

51,5

51

200

23,5

51

15

51,5

10

210

10

10

800

15

10

Signo O-C02 15 10

Vista frontal 1:7,5

0 r1

Medidas em mm

0

0 r2

Desenho de execução 1:7,5

r2

Detalhe 1:2

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Ciclistas – Sinalização de Orientação

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 93

93

6/10/13 9:23 AM


265

40

250

15

10

250

10

10

15

51,5

51

200

23,5

51

15

51,5

10

210

10

10

800

15

10

Signo O-C03 15

r2

0

0

r2

Desenho de execução 1:7,5

10

Vista frontal 1:7,5

0 r1

Medidas em mm

Detalhe 1:2

94

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 94

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Ciclistas – Sinalização de Orientação

6/10/13 9:23 AM


10

250

40

210

10

23,5 10

10

51,5

15

51

200

250

51

15

51,5

10

10

10

800

15

10

Signo O-C04 15 10

Vista frontal 1:7,5

0 r1

Medidas em mm

0

0 r2

Desenho de execução 1:7,5

r2

Detalhe 1:2

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Ciclistas – Sinalização de Orientação

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 95

95

6/10/13 9:23 AM


10

250

40

210

10

23,5 10

10

51,5

15

51

200

250

51

15

51,5

10

10

10

800

15

10

Signo O-C05 15

r2

0

0

r2

Desenho de execução 1:7,5

10

Vista frontal 1:7,5

0 r1

Medidas em mm

Detalhe 1:2

96

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 96

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Ciclistas – Sinalização de Orientação

6/10/13 9:23 AM


250

40

250

15

10

10

10

15

15

51

23,5

51

200

250

23,5

51

15

15

10

15

10

10

800

15

10

Signo O-C06 15 10

Vista frontal 1:7,5

0 r1

Medidas em mm

0

0 r2

Desenho de execução 1:7,5

r2

Detalhe 1:2

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Ciclistas – Sinalização de Orientação

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 97

97

6/10/13 9:23 AM


250

40

250

15

10

10

10

15

15

51

23,5

51

200

250

23,5

51

15

15

10

15

10

10

800

15

10

Signo O-C07 15

r2

0

0

r2

Desenho de execução 1:7,5

10

Vista frontal 1:7,5

0 r1

Medidas em mm

Detalhe 1:2

98

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 98

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Ciclistas – Sinalização de Orientação

6/10/13 9:23 AM


250

40

250

15

10

10

10

15

15

51

23,5

51

200

250

23,5

51

15

15

10

15

10

10

800

15

10

Signo O-C08 15 10

Vista frontal 1:7,5

0 r1

Medidas em mm

0

0 r2

Desenho de execução 1:7,5

r2

Detalhe 1:2

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Ciclistas – Sinalização de Orientação

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 99

99

6/10/13 9:23 AM


250

40

250

15

10

74,5 74,5

51

200 10

10

15

15

250

15

15

10

15

10

10

800

15

10

Signo O-C09 15

r2

0

0 r2

Desenho de execução 1:7,5

10

Vista frontal 1:7,5

0 r1

Medidas em mm

Detalhe 1:2

100

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 100

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Ciclistas – Sinalização de Orientação

6/10/13 9:23 AM


8.1.2.

Ciclistas - Sinalização Educativa

Signos E-C01 a 04 Medidas em mm

Cor C67 M18 Y0 K0

Vista frontal 1:7,5 Desenho de execução 1:7,5

Material de execução

Detalhe 1:2

A placa deve ser confeccionada em chapa de aço galvanizado, com pintura

Grid de 20 em 20 mm

automotiva sobre fundo protetor. Texto e sinal em vinil adesivo recortado.

Tipografia

Acabamento refletivo.

Univers Lt Std 55 Roman 200 pt Kerning 0

101

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 101

6/10/13 9:23 AM


250

40

250

15

10

10

10

15

15

51

23,5

51

200

250

23,5

51

15

15

10

15

10

10

800

15

10

Signo E-C01 15

r2

0

0 r2

Desenho de execução 1:7,5

10

Vista frontal 1:7,5

0 r1

Medidas em mm

Detalhe 1:2

102

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 102

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Ciclistas – Sinalização Educativa

6/10/13 9:23 AM


250

40

250

15

10

10

10

15

15

51

23,5

51

200

250

23,5

51

15

15

10

15

10

10

800

15

10

Signo E-C02 15 10

Vista frontal 1:7,5

0 r1

Medidas em mm

0

0 r2

Desenho de execução 1:7,5

r2

Detalhe 1:2

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Ciclistas – Sinalização Educativa

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 103

103

6/10/13 9:23 AM


15

250

40

250

15

10

23,5 10

10

51,5

15

51

200

250

51

15

51,5

10

10

10

800

15

10

Signo E-C03 15

r2

0

0 r2

Desenho de execução 1:7,5

10

Vista frontal 1:7,5

0 r1

Medidas em mm

Detalhe 1:2

104

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 104

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Ciclistas – Sinalização Educativa

6/10/13 9:23 AM


250

40

250

15

10

10

10

15

15

51

23,5

51

200

250

23,5

51

15

15

10

15

10

10

800

15

10

Signo E-C04 15 10

Vista frontal 1:7,5

0 r1

Medidas em mm

0

0 r2

Desenho de execução 1:7,5

r2

Detalhe 1:2

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Ciclistas – Sinalização Educativa

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 105

105

6/10/13 9:23 AM


8.1.3.

Motoristas – Sinalização Educativa

Signos E-M01 a 03 Medidas em mm

Cor C67 M18 Y0 K0

Vista frontal E-M01 1:30 Vista frontal E-M02 1:15

Material de execução

Vista frontal E-M03 1:15

A placa deve ser confeccionada em

Desenho de execução 1:15

chapa de aço galvanizado, com pintura

Detalhe 1:2

automotiva sobre fundo protetor. Texto e sinal em vinil adesivo recortado.

Grid de 20 em 20 mm

Acabamento refletivo.

Tipografia Univers Lt Std 55 Roman E-M01 400 pt E-M01 200 pt E-M03 150 pt Kerning 0

106

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 106

6/10/13 9:23 AM


15

40

600

40

730

40

15 10

75 800

75

10

15 75

166

102

600

64 102

166

75

15

10

10

1500 15

10

Signo E-M01 15

Vista frontal 1:30

10

0 r2

Medidas em mm

0

0

r2

Desenho de execução 1:15

r2

Detalhe 1:2

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Motoristas – Sinalização Educativa

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 107

107

6/10/13 9:23 AM


15

35

380

35

15 10

33,5

10

15

232,3 51

600

51 232,2

800

300

35

15

10

10

500

15

10

Signo E-M02 0

0 r2

Desenho de execução 1:15

r2

10

Vista frontal 1:15

15

0 r2

Medidas em mm

Detalhe 1:2

108

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 108

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Motoristas – Sinalização Educativa

6/10/13 9:23 AM


15

35

380

35

15 10

24,5 24,5 24,5

10

15

600

800

185,339 39 39 39 185,2

300

35

15

10

10

500

15

10

Signo E-M03 15

Vista frontal 1:15

10

0

r2

Medidas em mm

0

0 r2

Desenho de execução 1:15

r2

Detalhe 1:2

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Motoristas – Sinalização Educativa

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 109

109

6/10/13 9:23 AM


8.1.4.

Motoristas – Sinalização de Regulamentação

Signos R-M01 a 04 Medidas em mm

Cor C0 M100 Y100 K0

Vista frontal R-M01 1:30 Vista frontal R-M02 1:30

Material de execução

Vista frontal R-M03 1:30

A placa deve ser confeccionada em

Vista frontal R-M04 1:15

chapa de aço galvanizado, com pintura

Desenho de execução 1:15

automotiva sobre fundo protetor.

Detalhe 1:2

Texto e sinal em vinil adesivo recortado. Acabamento refletivo.

Grid de 20 em 20 mm Tipografia Univers Lt Std 55 Roman R-M01 400 pt R-M01 400 pt R-M03 400 pt R-M04 150 pt Kerning 0

110

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 110

6/10/13 9:23 AM


15

40

600

40

1130

40

15 10

800

10

15 75

75 102

600

64 102 64 102

64 102

75

75

15

10

10

1900 15 10

Signo R-M01 r2

0

0 r2

Vista frontal 1:30

10 15

0

r2

Medidas em mm Desenho de execução 1:15 Detalhe 1:2,5

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Motoristas – Sinalização de Regulamentação

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 111

111

6/10/13 9:23 AM


15

40

600

40

1130

40

15 10

800

10

15 75

75 102

600

64 102 64 102

64 102

75

75

15

10

10

1900 15 10

Signo R-M02 10 15

0

r2

Medidas em mm

0

Desenho de execução 1:15

0

r2

Vista frontal 1:30

r2

Detalhe 1:2,5

112

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 112

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Motoristas – Sinalização de Regulamentação

6/10/13 9:23 AM


15

40

600

40

1130

40

15 10

800

10

15 75

75 102

600

64 102 64 102

64 102

75

75

15

10

10

1900 15 10

Signo R-M03 r2

0

0 r2

Vista frontal 1:30

10 15

0

r2

Medidas em mm Desenho de execução 1:15 Detalhe 1:2,5

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Motoristas – Sinalização de Regulamentação

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 113

113

6/10/13 9:23 AM


15

35

380

35

15 10

24,5 24,5 24,5 24,5

10

15

600

39 39 39 39 39

800

300

35

15

10

10

500 15 10

0

r2

10 15

Signo R-M04

r2

0

0

r2

Medidas em mm Vista frontal 1:15 Desenho de execução 1:15 Detalhe 1:2,5

114

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 114

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Vertical: Motoristas – Sinalização de Regulamentação

6/10/13 9:23 AM


8.2.

Sinalização Horizontal

a

Sinal bicicleta

(a) Sinal bi

Vias locais grid 75 em 75 mm a=0,75 m d=1,125 m d

Vias loc grid 75 a=0,75 d=1,12

Vias coletoras e bike box grid 150 em 150 mm a=1,50 m d=2,25 m Travessia de Ciclistas, Restricted bike box, Parking bike box grid 50 em 50 mm a=0,50 m d=0,75 m

1:40

Vias col grid 15 a=1,50 d=2,25

115

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 115

Travess Restrict

6/10/13 9:23 AM


bicicleta 1:40

a

Vias locais grid 50 em a=0,75 m d=1,00 m

d

locais 75 em 75 mm 75 m 125 m Sinal seta

coletoras e bike box Vias locais grid 50 em 50 mm 150 em 150 mm a=0,75 m 50 m d=1,00 m 25 m

(b) Sinal seta 1

a

Vias coleto grid de 100 a=1,50 b=2,00

Vias coletoras

a=1,50 essia de Ciclistas, b=2,00 icted bike box, ing bike box 50 em 50 mm 50 m 75 m

116

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 116

d

grid de 100 em 100 mm

1:40

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Horizontal

6/10/13 9:23 AM


a

(c) Rota 1:40

b

b

a

Vias l a=0,7 c=0,4

Rota de ciclistas

c

a=0,75 m

c

Vias locais b= 1,00 m

Vias c a=1,5 c=0,8

c=0,40 m d=1,125 m Vias coletoras a=1,50 m d

c=0,80 m

d

b= 2,00 m d=2,25 m

1:40

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Horizontal

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 117

117

6/10/13 9:23 AM


(d) Travessia de ciclist

0,30

* Medidas mínima A largura da trave variar entre 0,60 e por sentido.

0,30

(c) Rota de ciclistas 1:40

1,00

0,60

Vias locais a=0,75 m b= 1,00 mde ciclistas Travessia c=0,40 m d=1,125 m Medidas mínimas. A largura da travessia pode variar

0,05

0,75

Vias coletoras entre 0,60 e 1,20 m por sentido. a=1,50 m b= 2,00 m c=0,80 m d=2,25 m

118

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 118

0,05

0,50

0,05

1:40

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Horizontal

6/10/13 9:23 AM


faixa de rolamento 1,50

a

(e) Bike bo

* Medi O com variar e e 5,00 m ** Não sobrep

2,25

3,00

0,375

0,3

a

sarjeta

Bike box Medidas mínimas.

Não deverá se sobrepor

1,70

à sarjeta.

0,3

entre 3,00 e 5,00 m.

0,375

O comprimento pode variar

0,10

0,80

1:40

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Horizontal

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 119

119

6/10/13 9:23 AM


0,80 0,30

0,50

0,75

0,05

sarjeta

0,05

15°

(e) Bike box 1:40

2,00

3,50

Restricted bike box

* Medidas mínimas mínimas. OMedidas comprimento pode A larguraentre deve variar de acordo variar 3,00 com a travessia. e 5,00 m. deverádeverá se sobreporse à sarjeta. **NãoNão sobrepor a sarjeta

0,10

0,40

sarjeta

1:40 0,80

120

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 120

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Horizontal

6/10/13 9:23 AM


Parking bike box Medidas mínimas. 2,4

2

A largura deve variar de acordo com a travessia.

1,15

1,55

60 °

Não deverá se sobrepor à sarjeta.

1,40

Anteprojeto dos Signos: Sinalização Horizontal

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 121

0,10

,05 0,50

0,10

0,60 *

,05 sarjeta

1:40

121

6/10/13 9:23 AM


9.

Bibliografia complementar CEBRAP. Ciclo Rotas SP 2011. SEME Prefeitura de São Paulo. São Paulo, 2011 http://www.cebrap.org.br/v2/files/upload/diversos/ciclorotas_sp_2011.pdf Acesso: primeiro semestre de 2013. CET-SP. Manual de sinalização urbana: Rota de bicicleta. São Paulo, 2011. CET-SP. Manual de sinalização urbana. Volume 1. Introdução. São Paulo. CET-SP. Programa de proteção ao pedestre: Zona máxima de proteção ao pedestre. São Paulo, 2011. http://www.cetsp.com.br/consultas/zona-de-maxima-protecao-ao-pedestrezmpp/programa-de-protecao-ao-pedestre. Acesso: primeiro semestre de 2013. Brasil. Código de Trânsito Brasileiro. Anexo II. Denatran. Brasília, 2008. http://www.denatran.gov.br/publicacoes/download/CTB_E_LEGISLACAO_ COMPLEMENTAR.pdf. Acesso: primeiro semestre de 2013. Brasil. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, 1988. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm#art182. Acesso: primeiro semestre de 2013

122

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 122

6/10/13 9:23 AM


Brasil. Lei nº 9.503 de 23 de setembro de 1997. Código de Trânsito Brasileiro. Brasília, 1997. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9503.htm.

Acesso: primeiro semestre de 2013.

Brasil. Lei nº 10.257 de 10 de julho de 2001. Estatuto da Cidade. Brasília, 2001. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10257.htm. Acesso: primeiro semestre de 2013 Brasil. Lei nº 12.587 de 03 de janeiro de 2012. Política Nacional de Mobilidade Urbana. Brasília, 2012 http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12587.htm. Acesso: primeiro semestre de 2013 CONTRAN. Sinalização horizontal. Brasília, 2007. CONTRAN. Sinalização vertical de advertência. Brasília, 2007. CONTRAN. Sinalização vertical de regulamentação. Volume 1. Brasília, 2007. São Paulo. Lei nº 14.266 de 06 de fevereiro de 2007. Sistema Cicloviário no Município de São Paulo. São Paulo, 2007. http://www3.prefeitura.sp.gov.br/cadlem/secretarias/negocios_juridicos/ cadlem/integra.asp?alt=07022007L%20142660000. Acesso: primeiro semestre de 2013

123

2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 123

6/10/13 9:23 AM


2013.06.06_TFG_Rafa_6__sem_capa.indd 124

6/10/13 9:23 AM

Profile for Rafael Siqueira

Manual de Sinalização Urbana Rota de Ciclistas (2013). Rafael Siqueira  

TFG FAU USP 2013 Rafael Siqueira Parte 2 Manual de sinalização urbana - rota de ciclistas

Manual de Sinalização Urbana Rota de Ciclistas (2013). Rafael Siqueira  

TFG FAU USP 2013 Rafael Siqueira Parte 2 Manual de sinalização urbana - rota de ciclistas

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded