Issuu on Google+

Diva Foco Narrativo A história é contada em primeira pessoa do singular, por Amaral que é o protagonista. *Fiquei atônito *Ouvi um grito

Personagens Principais *Emília: Filha do Sr. Duarte, moça rica e com uma beleza exuberante alta e esbelta, olhos grandes, velutados de negro. Chamava a atenção de todos principalmente nos bailes. *Amaral: Um jovem médico recém formado, com um enorme talento para a profissão. Apaixonouse por Emília e lutou por esse amor até conseguir.

Secundários *Sr. Duarte: Pai de Emília, negociante sempre trabalhou para enricar, um homem de boa alma, mas um pouco frio, ama sua filha e seus amigos mas passivamente sem iniciativa. *Geraldo: Irmão de Emília, ele pertencia à classe dos homens a quem lateja a moleira toda a vida, e velhos já, são ainda meninos de cabelos brancos. *D. Leocádia: Tia de Emília, que a cuida como se fosse sua mãe. *D. Matilde: É casada com um irmão de Duarte. Uma mulher bonita e muito elegante, sua casa nobre em Matacavalos é ponto de reunião diária para boa parte da sociedade do Rio de Janeiro. *Julinha: A prima e companheira de infância de Emília era uma moça muito galante, moça boa e compassiva. *Tenente Veiga: Oficial da marinha , tinha uma nobre figura e o cunho da verdadeira beleza marcial. Era um dos mais ferventes adodadodes de Emília. *Dr. Chave: É um brilhante talento de orador, moço elegante, com uma fisionomia expressiva e o reflexo de suas glórias poéticas.

Espaço A história ocorreu primeiramente na casa de Emília numa chácara nos vales de Catumbi e Rio Comprido. Mais a trama desenvolveu-se na casa de D. Matilde em Matacavalos no Rio de Janeiro, onde ocorriam os bailes.

Tempo *Tempo cronológico Exemplos: *Começara o verão de 1855. (pág.5) *Uma manhã apareceu Geraldo em minha casa. (pág.5) *Quinta-feira passada. (pág.13)

Enredo A história conta um romance entre Emília e Amaral, ele se apaixona por ela quando vai a sua casa para consultá-la , pois ela estava muito doente. Dr Amaral conseguiu salvar a vida de Emília. Depois disso Amaral viaja para a Europa e após dois anos retorna, ao ver novamente Emília fica muito admirado pois ela estava uma moça muito bonita. “ Cheguei a chácara do Sr. Duarte à uma hora da tarde. No aposento reinava uma frouxa claridade que mal deixava distinguir os objetos. Emília prostada no leito, sobe as coberturas de lã, parecia inteiramente sopitada no letargo da febre. (Cap. 2, pág.5) Pouco tempo depois sabes que fui a Europa, onde me demorei perto de dois anos. Visitando o negociante, vi ao entrar uma linda moça que conheci. (Cap.3, pág.9) Depois disso Amaral tentou conquistar Emília. Apesar de ser bela Emília às vezes tinha um comportamento muito arrogante, humilhante. Todas as noites ocorriam os bailes na casa de D. Matilde e sempre estava lá Emília muito bonita ela sentia prazer de se senti a mais bela


Diva