Page 47

Tio Alistair recolheu com cuidado um fólio vermelho da estante. — Latim. A componha de César na Gália, copiada em velino. Parece ter sido copiado à mão por um escriba, por volta... Nossa! De 1500. — Deve valer uma fortuna — Amy disse. Dan de repente pareceu mais interessado. — Que tal vendermos estes livros? Tipo, na internet? — Oh, cale a boca, Dan. Estes livros não têm preço. — Ela passou os dedos pelas lombadas: Maquiavel, Melville, Milton. — Estão em ordem alfabética por sobrenome do autor. Encontrem a letra S! Eles encontraram, mas foi uma decepção. Havia dez estantes abarrotadas de tudo desde a primeira edição das obras completas de Shakespeare até as Todas as músicas de Bruce Springsteen, mas nenhum autor cujo primeiro nome fosse Richard. — Tem alguma coisa... — Amy murmurou. O nome Richard S, associado à palavra resolução, parecia tentar lhe dizer alguma coisa. Eles combinavam, mas ela não sabia como. Amy ficava irritada quando não conseguia lembrar das coisas. Lia tantos livros que às vezes eles se misturavam em sua cabeça. Então ela lançou um olhar mais à frente no corredor. No final da estante, embolado em cima de uma caixa sobre uma mesa pequena, estava um velho amigo. — Saladin! — ela gritou. O gato abriu seus olhos verdes e disse Prrr? Sem muita surpresa, como se estivesse perguntando: Ah, é você? Trouxe meu salmão? Amy e Dan correram até ele. Saladin tinha o pelo mais bonito que Amy já tinha visto — prateado com manchas, como um leopardo-das-neves em miniatura. Quer dizer, não tão miniatura, na verdade, pois ele era enorme, com patas imensas e um longo rabo listrado. — Saladin, o que você está fazendo aqui embaixo? — Amy acariciou as costas dele. O gato fechou os olhos e ronronou. Amy sabia que era só um gato, mas estava tão feliz em vê-lo que quase chorou. Era como se uma parte de Grace ainda estivesse viva.

Profile for Rafaela Dal Pontte

01 - 39 clues - O labirinto dos ossos - Rick Riordanr  

01 - 39 clues - O labirinto dos ossos - Rick Riordanr  

Advertisement