Page 35

Mas então ela ouviu outra vez em sua mente: Você vai me deixar orgulhosa, Amy. E de repente ela soube. Era disso que Grace estava falando. Era essa a aventura que Amy deveria viver. Se ela não fizesse isso, só lhe restava rastejar para baixo de uma pedra e se esconder para o resto da vida. Ela olhou para o irmão. Por mais chato que ele fosse, eles sempre tinham conseguido se comunicar só com olhares. Não era telepatia nem nada, mas ela sabia o que o irmão estava pensando. É muito dinheiro, Dan disse a ela. Muitos cards incríveis de beisebol. A mamãe e o papai iam querer que a gente tentasse, Amy respondeu com os olhos. Era isso que Grace queria que a gente fizesse. Pois é, mas um Babe Ruth e um Mickey Mantle... Ian e Natalie vão odiar, Amy insistiu. E a tia Beatrice provavelmente vai ficar furiosa. Um sorriso se espalhou no rosto dele. Acho que o Babe Ruth pode esperar. Amy pegou o comprovante de Dan. Eles andaram até a mesa juntos e ela pegou o isqueiro do senhor McIntyre. — Vamos participar — ela disse, e transformou 2 milhões de dólares em fumaça.

Profile for Rafaela Dal Pontte

01 - 39 clues - O labirinto dos ossos - Rick Riordanr  

01 - 39 clues - O labirinto dos ossos - Rick Riordanr  

Advertisement