Page 1

Agenda Aniversários Adriano Santos Fábio Monteiro João Pereira José Picado João Pedro Dias Miguel Almeida Paulo Cardoso Paulo Costa Daniel Ferreira Rúben Ferreira Artur Amaral

A nova direcção do Instituto Profissional do Terço tomou posse para o triénio 2009/2011

9 Mar 3 Mar 9 Mar 4 Abr 6 Abr 7 Abr 8 Abr 13 Abr 15 Abr 17 Abr 27 Abr

“O ESPÍRITO DA

FLORESTA” Euvínio Júnior, 15 anos Chegou o grande dia da nossa peça, “O Espírito da Floresta” , que fala da natureza e dos problemas que teremos enfrentar se continuarmos a destruí-la.

http://umtercodahistoria.blogspot.com/ Lá você encontrará notícias, eventos mais recentes, fotos e vídeos de todas as apresentações.

Direcção deste número Leandro Anjos

Redacção Euclides Vieira, Bruno Oliveira, Euvínio Júnior, Fábio Cosme, Igor Camará, João Pereira, José Luís, José Picado, Leandro Anjos, Leandro Moisés, Miguel Almeida, Paulo Cardoso, Tiago Guerreiro, Tiago Moreira Tiago Rodrigues, Vítor Costa Vítor Gonçalves, Vítor Silva Wisma Lima, Turma do ATL

Fotografia Paulo Cardoso

Tratamento de Imagens Leandro Anjos

ESPECIAL… ELVIS NÃO MORREU José Luís, 11 anos Vou vos falar do Elvis Aaron Preasley! Eu gosto dele porque quando ouvi adorei logo músicas como “Jailhouse rock”, “The wonder of you”, “Are you lonesome” e muitas outras. Tenho pesquisado muito sobre ele e assisto muitas vezes os seus vídeos no youtube. Além disso tenho um cd com as 50 melhores canções dele. Esta é a minha história sobre o meu cantor favorito e de algumas pessoas.

Auxiliados por Ricardo Mazzei & Luis Ferreira Instituto Profissional do Terço Praça Marquês de Pombal, 103 4000-391 Porto Telefone: 225020161 Fax: 225505300 E-mail: ipt1@sapo.pt

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

ESTREIA

Blog do Grupo Teatral Um Terço da História

FICHA TÉCNICA

Porto | Março | Ano IV | Nº 18

Apoios:

Os actores são: José Luís – O traficante de animais; Leandro Moisés – O madeireiro; João Carlos – O industrial; Eu, o Júnior sou o Jornalista e também temos o principal que é o Miguel Almeida e que faz de Zé Couvinhas e o fundamental desta história, que é o Zé Leandro e que faz de Espírito da Floresta. Esta peça é sobre o que irá acontecer com a natureza porque hoje em dia acontecem coisas desastrosas e os animais sofrem por isso. Se nós não fizermos nada pode vir a piorar o nosso futuro e a nossa vida está em jogo, Há fábricas que andam a poluir os rios e os mares, e também o ar que respiramos e não podemos deixar de respirar. Os madeireiros derrubam as árvores que nos são tão importantes para o nosso ar e assim desequilibram o ecossistema, favorecendo a erosão. É preciso ter a noção que tudo isso junto dará fim ao nosso planeta. Se querem saber mais sobre a nossa peça já sabem aonde ir as portas estarão sempre abertas para vós, como quem diz crianças, adultos e jovens. A peça estará em cartaz até Junho. Fiquem atentos às datas e locais de apresentação e bom espectáculo!

“Nem Anjo, nem Diabo” Tudo sobre a noite da publicação do livro “Nem Anjo nem Diabo” Registos de uma experiência de Teatro Fórum”

Nosso Wisma foi campeão pelo Porto do Final Four Basket. Está de parabéns! Na foto, um drible determinado para o cesto.

CAMPEÃO

Dias Festivos 26 de Março é o Dia do Livro Português 27 de Março é o Dia Mundial do Teatro 29 de Março é o Dia Mundial da Juventude 25 de Abril Revolução dos Cravos

RABISCOS DO TERÇO

Elvis não morreu! Saiba porquê com o nosso correspondente especial para assuntos relacionados ao Elvis Presley. Última página

BeatBox na Casa da Música Vai de vento em popa a oficina de Beatbox. O José Picado conta o que se está a passar e o que está a aproveitar desta grande experiência musical.


Desporto

NEM ANJO, NEM DIABO

Wisma é campeão de Basquet pelo Porto

Miguel Almeida, 12 anos No dia 27de Fevereiro de 2009 os rapazes do Terço que participaram da peça “Nem Anjo Nem Diabo” com o grupo de teatro do Oprimido – NTO Porto lançaram um livro que tem tudo o que se passou nos dois meses e meio de preparação do espectáculo. O livro é muito bonito e interessante. Este grupo tem pelo menos nove actores de teatro e fez muito sucesso com as apresentações da peça. O lançamento aconteceu no dia 27de Fevereiro de 2009 às 21h30 no CaféConcerto da ESMAE – Escola Superior

de Artes do Espectáculo. Nesta noite os actores tornaram a apresentar a peça de teatro e no final fizeram as suas apresentações e lançaram o livro, com direito a sessão de autógrafos. Estiveram também presentes o Doutor Armando Leandro, a Coordenadora do Programa Escolhas/Norte e o Provedor do Terço.

Leandro Moisés, 11 anos

A “Final Four” aconteceu no pavilhão do Académico. O Porto contava com o nosso magnífico Wisma, do IPT.

Todos receberam aplausos, até nós da plateia.

No primeiro jogo o FC Porto venceu a equipa do Póvoa de Varzim. No dia seguinte foi um jogo extraordinário onde o Porto venceu o Vasco da Gama.

Gostei muito e vejam lá, o espectáculo acabou às 0:15 da noite.

A minha experiência no grupo de teatro

No início foi difícil, por isso o Porto saiu a perder. Mas depois foi tudo

mais fácil e o Porto somou mais uma vitória. Com esta vitória o Porto chegou à final, encontrando à sua frente o Desportivo Leça. Este jogo foi como se fosse uma cópia do outro jogo, porque foi tal e qual, aconteceu a mesma coisa do anterior e o Desportivo deu luta, mas o Porto deu mais luta e por isso venceu o jogo e a “Final Four”.

Tiago Rodrigues, 17 anos Eu fui convidado para participar num grupo de Teatro Fórum, do NTO- Porto. No princípio eu estava com dúvidas, mas antes de participar resolvi assistir para tentar compreender em que consistia o Teatro Fórum e foi aí que compreendi no que consistia este tipo de teatro. Então escolhi fazer parte desse grupo e experimentar a sensação de fazer teatro. Já conhecia algumas das pessoas que participavam nesse grupo, e então para mim sempre foi melhor. Eu quando tinha ensaios ia com os meus colegas e tivemos muitos ensaios porque iríamos

representar a peça em vários sítios. A primeira vez que representei senti-me muito bem, pois o teatro é uma maneira de mostrarmos algumas das nossas qualidades e faz-nos sentir calmos e esquecermos, durante um momento, os nossos problemas. O grupo do teatro foi convidado para representar no Teatro Rivoli. Para mim foi uma experiência única e também para o resto do grupo. No Rivoli demos o nosso melhor e conseguimos dar o nosso melhor. As pessoas que estavam assistindo a peça de teatro adoraram. Mas nunca irei esquecer o que passei

com o grupo, foram momentos da minha vida que nunca esquecerei e foi a melhor fase desta experiência de teatro. Foi então que decidimos em conjunto fazermos uma última representação durante o lançamento do livro que relata esta nossa experiência durante dois meses e meio.

O Jogo de basquetebol Leandro Moisés, 11 anos

Foi um dos momentos que para mim ficou marcado como uma recordação do trabalho que fizemos e também do esforço que fizemos.

No dia 28 de Fevereiro de 2009, o FCPorto defrontou o Queluz em basquetebol.

<>

Vítor Costa, 12 anos Nas férias de Carnaval, em Fevereiro, fomos aos Aliados tocar. Nós saímos às 15h do Terço e chegamos à batalha às 15:30 para esperarmos pelos outros. Depois pusemos os instrumentos a beira dos outros e fomos pintar o cabelo de vermelho e de outras cores. Depois pegamos nos instrumentos e numas baquetas e fomos para a fila. A seguir começamos a tocar a marcha a andar por todos os lados e depois tocamos o hip-

hop e samba – reggae. Finalmente chegamos aos Aliados e tivemos que esperar que o samba - reggae acabasse. Tocamos outra vez o hip-hop e paramos para passar numa passadeira. Depois subimos sempre em frente e fomos a tocar a marcha. Depois acabou. Ficamos a espera da carrinha do Terço e, às 17:30 chegamos ao Instituto Profissional do Terço.

Bruno Oliveira, 19 anos e Euclides Fernandes, 18 anos O campeonato português está a dar o que falar! A luta pelo título está muito grande, com o FC PORTO, que ocupa o primeiro lugar com uma vantagem sobre o segundo lugar, que é o Sporting, de apenas 4 pontos.

Adorei esse dia! Para mim foi um dia em que realmente mostramos o esforço que fizemos e o empenho que tivemos.

Batucada Radical nos Aliados

Futebol Português

O Porto começou a vencer o jogo e levou a vitória até ao final. O jogo esteve muito renhido, mas o Porto levou a melhor. Foi um jogo muito agradável, tirando uma ou outra reacção do árbitro. No intervalo nós entramos no campo e fizemos algumas demonstrações e ao intervalo de dez minutos fizemos umas brincadeiras ao público. Depois saímos do campo para assistir aos vinte minutos restantes do jogo. Nesses vinte minutos o Porto não mudou nada e foi assim que assistimos ao jogo em que o Porto venceu ao Queluz.

O Benfica, que se encontra na terceira posição, acredita que ainda é possível chegar ao primeiro lugar e ganhar o título nacional de futebol português. A equipa sensação do futebol português é o Leixões, que apesar de estar a diminuir muito o seu rendimento, teve um início de época arrasador e já garantiu os objectivos da época inteira.

TORNEIO DE PINGUE PONGUE Tiago Guerreiro, 16 anos No dia 23 de Fevereiro de 2009 houve um torneio de pingue-pongue no IPT. Foi às 10:30. Jogaram: José Picado, Ruben, Zé Luís e Tiago.

Moisés,

O jogo durou cerca de uma hora e foi muito divertido. Gostei muito e eles também. Para mim foi uma experiência nova e quem ganhou foi o José Picado.

Outra equipa que tem demonstrado que tem capacidade de permanecer na primeira divisão é o Trofense, que fez uma péssima primeira volta, acabando no último lugar da liga. Na segunda volta o Trofense parece outra equipa e vem ganhando e somando pontos para a sua permanência na elite do nosso futebol.

Ele ficou tudo contente e gostou muito de ter vencido. Ele já andava a treinar para o torneiro e dizia sempre que ia ganhar e conseguiu ganhar como ele queria.

O Sporting de Braga tem representou muito bem o futebol português, na UEFA, sendo eliminado recentemente pelo PSG, mas a dar muita luta e a jogar de igual para igual com grandes equipas do futebol europeu.

Nós já estávamos torneiro há algum estavam nervosos ganhar o jogo. Foi adorei!

Quem organizou o torneio foi o Professor Daniel. a espera desse tempo. Alguns e só queriam muito fixe e eu


Rabiscando no ATL

Debate inter-escolas: “Entre - Palavras” Vítor Silva, 13 anos

Maria Manuela Campos

Vítor Silva debateu com fortes argumentos

No dia 11 de Março o Jornal de Notícias foi ao colégio Júlio Dinis para dar início a mais um debate sobre o Casamento entre homossexuais. Na mesa do debate estavam quatro alunos a favor e quatro contra. Iniciou-se o debate e nós, da mesa do debate, estávamos nervosos. Eu estava no lugar das pessoas que defendiam que os homossexuais deviam casar por uma questão de igualdade e por causa de dos direitos humanos e da discriminação que se faz aos homossexuais.

Há quanto tempo trabalha no Terço? Há 4 anos É casada? Quantos anos tem? Não sou casada e tenho 34 anos Gosta da sua profissão? Porque? Gosto. Porque gosto de lidar com crianças Porque veio trabalhar para o Terço? Porque estava desempregada na altura Tem filhos? Não Acha que trabalha muito? Porque? Não. Porque é o meu trabalho

No fim de tudo ficamos satisfeitos porque quatro de nós passamos, três a favor e um contra.

Os rapazes ajudam? A maioria ajuda

Esse dia ficou-me marcado.

Como foi a primeira impressão dos rapazes? Porque? A primeira foi boa, porque foram logo simpáticos comigo.

O QUE SE ESTUDA Fábio Cosme, 15 anos

Tem alguma mensagem para dar aos meninos? Tenho. Que tentem se felizes e que aproveitem todas as oportunidades que a vida oferece Paulo Cardoso, 12 anos

Eu, Fábio Cosme, estou a tirar um curso de electricidade e com esse curso vou tirar o 9º ano. Nesse curso já aprendi como fazer circuitos eléctricos, a soldar, desmontar e montar aparelhos e já aprendi alguma linguagem de electricista, como por exemplo sistema multifilar e unifilar. Aprendi também que para ser um sistema tem de ter um percurso completo por onde os electrões ou os portadores de carga podem entrar de um terminal de uma fonte de tensão, passando através de condutores e componentes, até chegar no terminal oposto da mesma fonte. Um circuito eléctrico é constituído basicamente por uma ou mais fontes de energia eléctrica, fios condutores e algum elemento de circuito.

A PRIMAVERA Vítor Oliveira, 9 anos

A Primavera começou no dia 21 de Março. A Primavera é uma estação do ano em que as flores nascem e as árvores ganham folhas e também começa a ficar calor. Eu gosto desta estação porque é quando as flores ganham pétalas e a relva fica verde.


Férias de Carnaval

O blog do João João Carvalho, 14 anos

Eu tinha o meu blogue uma porcaria e o professor Luís ensinou-me a trabalhar com o blogue. Assim, de repente, eu apaguei o meu blogue que estava uma porcaria. E agora tenho o blogue um espectáculo, onde tenho muitos amigos de todas as terras e também tenho muitos estrangeiros. Eu enviei um convite para o Vítor para fazer o blogue em conjunto. E toda gente, se quiser, deve ir ver o meu blogue. Ponham “troll do ipt” e verão o meu blogue. Tenho visitantes da China, Itália, Alemanha, Indonésia e Singapura, entre outros países…

Beatbox José Picado, 13 anos

O beatbox começou na Casa da Música no dia 31 de Janeiro de 2009. Eu ando na Casa da Música e ando a aprender beatbox. É muito fixe porque podes aprender muitos sons com a boca e também teres uns bons amigos que te ajudam quando tens dificuldades nas coisas que não percebes. Por exemplo está lá um senhor francês que fala inglês e tu, se não perceberes, podes pedir ajuda a eles. E também aprendes com os melhores beatboxers do mundo e também com o crash. Com o crash aprendes a fazer sons com as vassouras, caixotes do lixo, com os pés e mãos. No dia 26 de Julho de 2009 será o concerto do Sonópolis, onde estarão 600 pessoas a ver o concerto de beatbox e de crash e de mais outras bandas.

O Pavilhão que vai ser construído Leandro Anjos, 15 anos

A minha festa de Carnaval

Anilupa

Serralves

Paulo Cardoso, 12 anos

Tiago Moreira, 12 anos

No dia 25 fomos à ANILUPA para vemos como é que se fazem os filmes de animação. Depois a senhora nos explicou como se fazia os clips. Passados uns minutos fomos ver os brinquedos lúdicos:

Igor Camará, 11 anos Eu fui a uma festa de Carnaval na minha escola e na festa houve muita música e doces. Foi assim, eu à noite quando cheguei à escola já tinha começado a festa. Nós chegamos e depois cumprimentamos as pessoas e deram-nos um papel que dava direito a uma bebida. Depois fomos dançar e depois de termos dançado tudo fomos beber porque já estávamos cansados. Depois metemos a máscara e fomos assustar as pessoas e ainda compramos umas guloseimas e fomos apreciar as raparigas. Depois chegaram os nossos outros amigos e fomos brincar com eles. Mais tarde chegou o Ricardo, o vigilante, e disse que já eram horas de irmos, mas nós ainda ficamos a brincar mais um bocado com as serpentinas.

     

Óculos 3D Tubos de espelho Zootrope Praxinóscópio Thaumatrope Fenaquistiscópio

No fim construímos um Thaumatrope e um Fenaquistiscópio Depois fomos embora e foi assim o dia, muito especial mesmo! Ah, e não se esqueçam de bater palmas ao Ricardo pela manobra espectacular que fez para estacionar a carrinha num local tão apertado.

No dia 25 de Fevereiro de 2009 eu e alguns colegas do Instituto profissional do Terço fomos visitar o célebre Museu de Serralves, onde aprendemos várias técnicas de pintura, entre outras os padrões de pintura com guaches. Dentro da Fundação de Serralves vimos onde era a casa de banho real e uma cozinha, que foi onde nós aprendemos a fazer figuras geométricas e onde a seguir fizemos vários padrões, entre eles: pontinhos, riscas, ondas, esponjas e o rolo. No final trouxemos os nossos trabalhos para o Instituto Profissional do Terço. Temos que agradecer esta visita ao professor Ricardo, à Drª Carla, Drª Tânia, Drª Patrícia e a todas as pessoas que organizaram o passeio, que foi espectacular e magnífico.

Às 23h dançamos a última música e fomos embora e quando chegamos estavam todos a dormir e nós também fomos. Gostei muito desta festa!

Visita à Horta Pedagógica – Parque da Cidade Os Saltimbancos Miguel Almeida 12 anos

No dia 22 de Janeiro fomos ao Teatro do Campo Alegre para ver a peça “Os Saltimbancos. A peça foi fantástica e durou cerca de uma hora. Contava a história de animais que foram abandonados pelos seus donos e que resolvem se juntar para formarem um conjunto musical. Os actores eram muito bons e as roupas brilhavam muito. Adorei mesmo ter isso assistir a esta peça e recomendo a todos que ainda não viram. Esta actividade foi organizada pelo Dr Tiago.

Eu estou ansioso que a obra acabe porque nós vamos ter muitas regalias com o pavilhão, não só eu mas os meus amigos. Nós queremos que acabe porque já estamos com saudades de podermos a voltar fazer o que fazíamos no ringue. As obras começaram em Novembro, não sei ao certo quanto tempo vai demorar, mas espero que não demore muito porque assim não vamos precisar de nos deslocarmos muito para irmos aos treinos. Também quero que voltemos a ter a equipa de basquete do colégio. Até agora nós só estamos a ter pensamentos positivos e no quanto aquilo vai ser bom para nós e para o professor Daniel e para o senhor Provedor, que tem feito um bom trabalho e levado o colégio para a frente. Vamos ver como vai ser o trabalho das pessoas que estão a trabalhar duro pelo bem da instituição. Como vai ficar é uma questão de tempo!

Rabiscos doTerço n.º 18  

Rabiscos doTerço n.º 18