Issuu on Google+

www.questaobrasil.com.br

Responsabilidade com a Informação

Questão Brasil

Futebol: Messi Edição nº 06 | Ano III | Goiânia, 09 de Dezembro de 2012 | Editor: Reinaldo da Silva Cruz | R$ 1,50 é absoluto

Desfalcado São Paulo esta pronto para decidir

PT apoia Lei de Mídias argentina e defende regulamentação no Brasil

O

diretório nacional do PT divulgou nesta sexta-feira resolução de apoio à presidente da Argentina, Cristina Kirchner, por ter aplicado no país Lei de Serviços de Comunicação Audiovisual, conhecida como Lei de Mídia, que atinge o grupo argentino de imprensa Clarín. Na resolução, o PT diz que a lei contribui para “ampliar a liberdade de expressão” e cobra a regulamentação da mídia brasileira. “O Partido dos Trabalhadores defende a adoção, no Brasil, de medidas previstas na Constituição de 1988 e à espera de regulamentação, que impeçam a existência de monopólios, especialmente a concentração de rádios e TVs nas mãos de poucas empresas”, diz o texto. O PT afirma que, por esse mo-

A Presidente da Argentina Cristina Kirchener quer regular mídias e acabar com o Grupo Clarín

tivo, acompanhou a decisão do governo e do Congresso da Argentina de aprovar a Lei de Mídias. “Ao contrário do

Empresas selecionam classificação que mensura risco de crédito mais favorável O mesmo ocorreu com bancos como o Cruzeiro do Sul, que foi liquidado em setembro com um rombo de R$ 3,1 bilhões, e o Panamericano, que sofreu intervenção em 9 de novembro de 2010.

A

gências de classificação de risco deram notas altas e consideraram “seguros” vários bancos brasileiros que quebraram recentemente. O Banco BVA, por exemplo, ganhava da classificadora LF Rating nota BBB (“moderada segurança”) quatro dias antes de sofrer intervenção do BC, em 19 de outubro. Da Austin Rating, o BVA ganhava nota BBB+ (“risco baixo”) menos de dois meses antes da intervenção.

Tais notas afetam as empresas de duas formas. De um lado, investidores usam ratings para se guiar. Alguns fundos só aplicam em papéis tidos como seguros. De outro, financiadores avaliam o risco por meio delas: quanto menor a nota, mais caro fica tomar dinheiro emprestado. Com a chancela das agências de rating, fundos de pensão como a Petros, segundo maior do Brasil, podiam investir em papéis mais arriscados, que levavam o carimbo de “seguros”. A Petros tinha R$ 80 milhões em três fundos ligados ao BVA e aplicava em papéis do banco.

que afirmam setores da mídia brasileira, a nova legislação argentina contribui para ampliar a liberdade de expressão e aprofundar as transforma-

ções democráticas e sociais implementadas pelos governos Nestor e Cristina Kirchner”, diz a nota.

Acordo com a Nike gera R$ 300 milhões ao Corinthians em 10 anos e ainda é inferior ao do Flamengo

O Corinthians renovou o contrato com a Nike por 10 temporadas. O acordo com a fornecedora de material norte-americana representará em torno de R$ 300 milhões. Esse valor pode ser maior ou menor, pois o acerto foi firmado em dólar, cujas parcelas serão pagas em 10 anos. O negócio firmado deixa o clube com a segunda maior receita do país relacionando apenas acordos com fornecedores de uniformes. O Flamengo ganhará R$ 380 milhões da Adidas por 10 anos. “Essa negociação do Co-

rinthians foi feita em dólar, porque não sabemos o que será daqui 5 anos. É um valor interessante, que nos coloca entre os maiores do mundo”, disse Mário Gobbi, presidente do Corinthians. Somando todos os patrocínios do uniforme, o Corinthians detém a liderança entre os clubes nacionais. Por temporada, a equipe alvinegra fatura R$ 72,5 milhões: Nike (R$ 30 milhões/ano), Caixa Econômica Federal (R$ 30 milhões), Fisk (R$ 10 milhões/ano) e Tim (R$ 2,5 milhões).


Tribuna do Rei Reinaldo Cruz

Polícia Federal independente e malfeitores atrás das grades. É o Brasil mudando de fato.

O

imbróglio do caso Carlinhos Cachoeira foi julgado em tempo recorde, para os padrões do país, não que quiséssemos que os delitos do contraventor não fossem julgados, mas a rapidez da tramitação do caso foi impressionante mesmo. O adjetivo de contraventor já não cabe mais, pois a contravenção neste país não é um crime, segundo o código penal e Cachoeira foi condenado pelo Juiz Alderico Santos por diversos crimes. 39 anos e 8 meses de cadeia e se quiser recorrer em liberdade, Cachoeira terá que desembolsar a bagatela de R$ 10 milhões de reais. O valor da fiança tira um pouco as forças do “empresário” Carlos Augusto de Almeida Ramos, e deixa no ar aquela sensação de que neste caso especificamente não haverá impunidade e o agora réu

condenado será de fato punido pelos delitos que cometeu. No julgamento do caso Mensalão, no STF, o Brasil já havia ficado satisfeito por ver os “bandidos” do colarinho branco sendo apenados, claro que ainda queremos ver políticos de expressão sendo presos e conduzidos a um presídio, assim como acompanhamos o Carlos Cachoeira. O Brasil dá sinais de que esta mudando, e não é só pelo fato da condição econômica da população ter melhorado ou por que estamos vendo mais gente da classe baixa nas Universidades, o país dá sinais de que o prometido futuro chegou, por estarmos vendo justamente aqueles que se achavam intocáveis indo parar atrás das grades por abusar do poder e do dinheiro para satisfazer suas vaidades desejos pessoais.

No caso do Mensalão muito se falou da não inclusão do ex-presidente Lula entre os réus no processo, tendo em vista que os envolvidos fizeram o que fizeram para beneficiar o seu governo, mas como ele mesmo alegou e o STF concordou, ele não sabia de nada... Sei. Eis que o julgamento do Mensalão nem acabou e o caso Cachoeira esta só no começo, já surge outra operação da PF que apura mais ações de tráfico de influência e corrupção. De novo Luiz Inácio Lula da Silva esta as voltas com problemas por sua estreita ligação com os envolvidos. Setores da imprensa apontaram que o ex-mandatário do Brasil tem uma amante, e que ela usou seu alto cargo e a influência sobre Lula para beneficiar malfeitores da nação. De novo a alegação é de que Lula não sabia de nada que

estava acontecendo a sua volta, mesmo as pessoas falando em seu nome. O que deve deixar o brasileiro, cidadão, eleitor feliz neste momento é o fato de que a Polícia Federal não ser uma polícia de Governo e uma entidade que trabalha para proteger e defender o povo. As mazelas que a PF traz a luz deixam qualquer cidadão de bem indignado, mas o andamento dos processos e a condenação dos envolvidos dão um alento de que as coisas estão melhorando de fato. O Partido dos Trabalhadores esta no poder desde 2002, muito fez para a população, sobretudo aquela considerada de baixa renda, isso não tem comparação, mas também passará para a história como o ator principal do período em que mais houve escândalos de corrupção no Brasil. O bom disso é que estamos vivos para presenciar que tanto corruptos, quanto corruptores estão acuados e sendo penalizados pela justiça, mostrando que este país tem jeito e que a lei não é apenas para pretos e pobres, ela se aplica a todos sem distinção e assim que tem que ser.

Questão de Opinião A

liberdade de expressão é motivo de controvérsia em vários cantos do Mundo. O que acontece na Síria, nos países Árabes, Africanos, na faixa de Gaza, na Argentina e até em Goiás não são fatos isolados e é mentira que os governos, mesmo os democráticos não se preocupam com o direito das pessoas se expressarem em tempos de Internet, comunicação instantânea e em massa. Na Síria estão morrendo civis, o governo é acusado de utilizar armas químicas e o Mundo só toma conhecimento daquilo que o regime de Damasco permite. A soberania nacional do país impede que a ONU tome atitudes severas

para punir o ditador. Governantes corruptos em países fechados no Mundo Árabe ou na África, que se perpetuam no poder, saqueando a população e constituindo fortunas pessoais incalculáveis. Como são os detentores do poder, também impedem que a informação cheque a todos e impeça que as barbaridades prossigam. A eterna briga entre árabes e judeus foge da nossa compreensão, uma guerra que é tão antiga quanto o próprio Mundo, fica até difícil entrar no mérito da questão para saber quem estaria certo ou errado. Na Argentina a Presidente deles implicou com o principal grupo de comunicação do

país, uma birra pessoal que ela só encontrou um jeito de resolver o problema, destruindo o Grupo Clarín e limitando a informação, simples assim. Parece até briga de menino birrento na rua. No estado de Goiás, guardadas as devidas proporções, acontece fenômeno semelhante a estes, pois o mandatário resolveu controlar de outra forma a mídia e quem trabalha com ela. É uma interpelação atrás da outra como forma de limitar as opiniões contrárias ao governador. Isso mesmo a intimidação de profissionais ou não, através da justiça. É a censura velada em plena era da informação. Trabalhar direito, esclarecer pontos obscuros ou dar explicações sobre isso ou aquilo que paira uma suspeição de que poderia estar errado não é o procedimento, mas processar para evitar que opiniões contrárias sejam divulgadas em meios

Julian Assange oficiais ou mesmo em redes sociais esta se tornando praxe e isso é um absurdo total. É o fim da picada. O Mundo não será o mesmo depois de Assange, isto é fato, o homem abriu os segredos dos governos e incomodou potencias mundo a fora. Jogou um feixe de luz em assuntos que os pobres mortais nem sonhavam que pudesse estar acontecendo ou que existissem. Foi uma revolução em plena era da informação.


Governo estuda manter IPI menor para linha branca M

esmo contando com os efeitos das medidas já adotadas para fazer a economia voltar a crescer num ritmo de 4% em 2013, o governo estuda a possibilidade de manter alguns dos estímulos provisórios que deveriam ser retirados a partir de janeiro. Está em avaliação a prorrogação da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de produtos da linha branca e do Reintegra, regime que devolve às empresas 3% do faturamento com exportações. Os benefícios podem, no entanto, sofrer algumas adaptações. No caso do IPI para produtos da linha branca, o governo estuda a possibilidade de tornar permanente parte da redução do imposto para alguns itens, como os chamados tanquinhos. Não está descartada a renovação do IPI para carros, segundo uma fonte da área econômica. Uma das preocupações do governo é com o impacto no crescimento econômico e na inflação decorrente da retirada total dos incentivos no primeiro trimestre do ano que vem. Há uma avaliação de que a volta do IPI cheio pode arrefecer o ímpeto da retomada da

atividade industrial. Os dados mostram que as empresas estão desovando os estoques nesta primeira fase de recuperação da economia e manter a expectativa de demanda é importante para que a produção cresça com mais força. Mas ainda não há decisão por causa do impacto fiscal da renovação, mesmo que parcial. Isso só deverá ocorrer no fim do mês. Ainda pesa contra a renovação o efeito colateral negativo no comportamento do consumidor de sucessivas renovações do benefício.

Reintegra Segundo fontes, o Reintegra pode sofrer mudanças na lista de produtos que geram direito ao crédito. A ideia original era que a relação de produtos fosse apenas de manufaturados, mas alguns semimanufaturados foram incluídos. Por isso, o governo pode tornar a lista mais enxuta. O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior defende a extensão do programa no modelo em vigor por mais um ano, mas a Fazenda entende que o programa é caro e questiona

Pressionado o Ministro Guido Mantega tenta ser criativo a efetividade dos resultados definição se poderão contar gerados. A equipe do ministro com o benefício em 2013. Guido Mantega não gostaria de prorrogar o Reintegra, que Brasil Maior tem uma renúncia fiscal estiO Reintegra foi um mecanismo mada em R$ 5,3 bilhões ao estabelecido no Plano Brasil ano. Mas o governo enfrenta Maior - a política industrial do uma pressão do setor empregoverno Dilma Rousseff - para sarial, que pede a sua extendevolver até 3% dos impostos são. pagos na cadeia produtiva aos “Neste momento tão delica- exportadores de bens manudo da economia mundial e de faturados. redução do saldo da balança Embora tenha sido anunciado comercial brasileira fica difíem agosto do ano passado, a cil não ter a prorrogação do sua regulamentação saiu apeReintegra”, diz um técnico do nas no fim de 2011, quando governo. Essa fonte lembra efetivamente entrou em vigor. que somente agora o prograNa ocasião na edição da MP ma está “azeitado”. do Brasil Maior, o câmbio era O governo tem sido pressio- ainda de R$ 1,56 por dólar. nado pelos empresários a toA lei prevê que a devolução mar uma decisão rápida sobre dos impostos pelo Reintegra o Reintegra. Eles argumenpode variar de 0,5% a 3% das tam que as empresas estão exportações e ser definida inseguras para fechar os conconforme o produto. tratos de exportação sem uma

Inflação oficial de no-

Tabela de pagamentos do INSS para 2013 é publicada

B

eneficiários e segurados do Instituto do Seguro Social (INSS) já podem começar a se programar para o próximo ano. A tabela com as datas para os depósitos dos benefícios já começou a ser enviada essa semana para as agências e bancos conveniados ao Instituto. De acordo com o INSS, a forma de pagamento continua a mesma. Aqueles que recebem até um salário mínimo poderão sacar o benefício num período de dez dias, lembrando que a data para depósito sempre será entre os últimos

cinco dias no mês de competência até os cinco primeiros do próximo mês. Para aqueles que recebem mais de um salário mínimo, o valor será depositado durante os primeiros cinco dias do mês seguinte ao da folha de pagamento, lembrando que a data é referente ao último número do cartão, desconsiderando o dígito. Para esclarecer dúvidas, os segurados podem solicitar mais informações através da Central 135, reforçando que a ligação é gratuita de telefones

públicos e fixos. Já as ligações origi- vembro fica em 0,60% nadas de celular Acumulado no ano foi de 5,01%, têm o custo de abaixo dos 5,97% registrados uma ligação local. em igual período de 2011

O INSS informou ainda que, na próxima semana, a nova tabela de pagamentos com a programação para 2013 estará disponível também do site da Previdência Social. É de extrema importância que os segurados jamais revelem o número do benefício e dados como CPF ou senha para terceiros. O Instituto destaca que em hipótese alguma essas informações são solicitadas por meio de e-mails ou mesmo por telefone, sendo estritamente pessoais e intransferíveis.

O

Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do mês de novembro apresentou variação de 0,60% e ficou muito próximo da taxa de 0,59% registrada em outubro. O acumulado no ano foi para 5,01%, bem abaixo dos 5,97% registrados em igual período do ano anterior. Considerando os últimos doze meses, o índice situou-se em 5,53%, acima dos 5,45% relativos aos doze meses imediatamente anteriores. Em novembro de 2011 a taxa havia ficado em 0,52%. As informações são do IBGE.


Cachoeira é transferido para complexo penitenciário de segurança máxima Contraventor ficará no Núcleo de Custódia do Complexo Prisional Odenir Guimarães em Aparecida de Goiânia. Deslocamento foi feito depois de pouco mais de 24h após prisão pela PF contraventor.

O

contraventor Carlinhos Cachoeira foi transferido para o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, Região Metropolitana, neste sábado (8). O carro da Polícia Federal que transportou o bicheiro foi escoltado por outros dois carros, que seguiram em alta velocidade. Cachoeira ficará no Núcleo de Custódia, uma unidade de segurança máxima. Em entrevista coletiva para a imprensa no final da tarde deste sábado, o presidente da presidente Agência Goiana do Sistema de Execução Penal (Agsep), Edemundo Dias de Oliveira Filho, confirmou que o preso ficará sozinho em uma cela de 6 metros quadrados. Como o dia de visitas no Núcleo de Custódia acontece somente aos sábados, Cachoeira deverá esperar para receber a visita de pessoas da família. O juiz Alderico Rocha Santos, titular da 11ª Vara da Justiça Federal, sentenciou o contraventor Carlinhos Cachoeira a 39 anos e 8 meses de prisão pelos crimes de corrupção, peculato, violação de sigilos e formação de quadrilha decorrentes do processo iniciado com a deflagração da Operação Monte Carlo. O juiz determinou a prisão preventiva do bicheiro. Ele pode recorrer da sentença, que o obriga a ficar preso preventivamente por pelo menos dois anos. Se quiser recorrer em liberdade, ele terá de pagar uma fiança de R$ 10 milhões. Outros membros da quadrilha de Cachoeira também foram sentenciados; Wladmir Garcêz, braço direito e interlocutor com a Delta, 7 anos; o sargento do Exército e araponga do grupo, Idalberto Matias, o Dadá, 19 anos e 3 meses; José Olímpio de Queiroga Neto, operador do esquema de jogos, 23 anos e 4 meses; Raimundo Washington de Sousa Queiroga, também operador de jogos, 12 anos e 8 meses; Gleyb Ferreira da Cruz, interlocutor com autoridades policiais, 7 anos e 8 meses; Lenine Araújo, chefe do esquema de jogos, 24 anos e 4 meses; Geovane Pereira da Silva, contador do bando, 13 anos e 4 meses.

Banho de sol A área reservada ao Núcleo de Custódia conta pátio para banho de sol, parlatório, onde o preso pode conversar com o advogado, e posto de saúde. Nesse espaço, o reeducando também pode participar de atividades socioeducativas, como o Programa Renascer, para dependentes químicos. No Núcleo de Custódia, os detentos são acompanhados por uma equipe multiprofissional que conta com assistente social. Nesse espaço, os reeducandos podem até iniciar o processo de ressocialização, começar a trabalha e depois o juiz pode ver a progressão da pena. O processo oriundo da Operação Monte Carlo, investigou os crimes de peculato, corrupção, violação de sigilo e formação de quadrilha. O processo julgado por Alderico foi finalizado em 19 de novembro, com a entrega das alegações finais da defesa de Cachoeira. No processo, o Ministério Público Federal (MPF) pedia a condenação do bicheiro e mais de 80 anos de detenção. As primeiras informações indicam que Alderico inocentou Cachoeira de algumas imputações. Alderico disse através da secretária que não falaria sobre o assunto. R$ 10 milhões O mandado de prisão foi expedido pelo magistrado e cumprido pela Polícia Federal. Ao G1, Alderico informou que reavaliou a necessidade da prisão preventiva do contraventor. Consta na sentença que o contraventor terá de pagar R$ 10 milhões de fiança se quiser ser solto. Cachoeira estava em casa quando foi preso, por volta das 13h de sexta. Ele foi levado para a Polícia Federal, em Goiânia. O advogado dele, Nabor Bulhões, informou ao site G1 na tarde que estava em Brasília e que vai apurar o motivo da prisão antes de se pronunciar. Nabor não atendeu o celular e não foi localizado pelo G1 no sábado (8).

Prisão anterior A Operação Monte Carlo foi deflagrada no último dia 29 de fevereiro após escutas telefônicas do MPF e da PF revelarem uma ampla rede de exploração ilegal de jogos e de corrupção de agentes públicos. As escutas escancararam a proximidade de Cachoeira com o então senador do DEM Demóstenes Torres, que acabou sendo cassado pelo Senado.

No último dia 21, Cachoeira deixou o presídio da Papuda, em Brasília, beneficiado por um alvará de soltura expedido pela 5ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal. Ele havia ficado preso por nove meses.

O processo da Monte Carlo também culminou na criação da CPI do Cachoeira, cujo relatório final (que deve ser votado na próxima terça-feira, 11) pede o indiciamento de várias autoridades políticas e empresários, além dos membros da quadrilha.

Operações

Cachoeira ficou preso por 266 dias, primeiro no presídio de segurança máxima de Mossoró (RN), depois no presídio da Papuda, em Brasília. Ele foi libertado no dia último dia 20 de novembro, após a condenação definitiva ao regime semi-aberto pela Justiça do Distrito Federal decorrente do processo da Operação Saint Michel, que investigava fraude no sistema de bilhetagem do transporte coletivo de Brasília. Sobre a prisão preventiva decorrente da Operação Monte Carlo (a mesma que o leva de volta à cadeia agora), um habeas-corpus do Tribunal Regional Federal da 1ª Região já havia determinado a soltura do

Na ocasião, o bicheiro seguiu para Goiânia, onde tem residência, para reencontrar os filhos. O nome de Cachoeira aparece envolvido em duas operações da PF: a Monte Carlo e a Saint Michel. A Saint Michel é um desdobramento da Operação Monte Carlo, que apurou o envolvimento de agentes públicos e empresários em uma quadrilha que explorava o jogo ilegal e tráfico de influência em Goiás. Cachoeira foi preso em fevereiro devido às investigação da Monte Carlo. Já preso, foi expedido um novo mandado contra ele pela Operação Saint Michel. Em outubro, ele obteve um habeas corpus relacionado às investigações da Monte Carlo, mas continuou preso em razão do mandado expedido pela Saint Michel. Cachoeira é alvo de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Congresso Nacional, que investiga as relações dele com políticos e empresários. Fonte: g1.com.br/goias, Folha de S. Paulo


The Economist sugere demissão de Mantega

A

presidente Dilma Rousseff rebateu nesta sexta-feira o artigo da revista britânica The Economist, que sugere a demissão da equipe econômica brasileira, sob comando do ministro da Fazenda, Guido Mantega. Dilma disse que não se deixará influenciar pela opinião de uma revista estrangeira e destacou que a situação nos países desenvolvidos é mais grave do que a do Brasil.

A Presidenta Dilma rebateu as críticas — Em hipótese alguma, o governo brasileiro, eleito pelo voto direto e secreto do povo,

vai ser influenciado pela opinião de uma revista que não seja brasileira — disse a presidente, antes do almoço oferecido aos participantes da Cúpula dos Chefes de Estado do Mercosul, no Itamaraty. Segundo Dilma, o Brasil cresceu 0,6% no último trimestre e crescerá mais no próximo, o que não motiva a recomendação da revista. — Não vi, diante dessa crise gravíssima pela qual o mundo passa, com países tendo taxas de crescimento negativas, escândalos, quebra de bancos, quebradeiras, nenhum jornal propor a queda de um ministro. — alfinetou.

A Presidenta Dilma Rousseff disse que não aceita sugestão

CBF mobiliza “força-tarefa” para barrar CPI protocolada por Romário federações estaduais e deputados federais em Brasília para esvaziar o requerimento de abertura da comissão. Até as estrelas do COL foram “convocadas” para atuar contra Romário neste jogo em que só o Brasil tem a perder, segundo Marin. O presidente da CBF, José Maria Marin, e seu vice, Marco Polo Del Nero, seriam os mais atuantes no contato com as federações estaduais. Romário requereu a CPI da CBF: “Precisamos de esclarecimentos”

M

embros da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) lançam uma ofensiva para tentar barrar a instalação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que pretende

investigar as contas da entidade, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo. O periódico afirma que desde anteontem, dirigentes da confederação negociam com presidentes de

Antes de embarcar para o Japão, onde acompanhará o Mundial de Clubes, Marin ligou para dezenas de presidentes pedindo que entrassem em contato com os deputados de suas regiões.

De acordo com o jornal, em julho, Marin levou mais de uma dezena de presidentes de federações para os Jogos Olímpicos de Londres. Todos os custos teriam sido bancados pela confederação. Agora, o presidente da CBF estaria querendo a retribuição por isso. Com a CPI já protocolada, a CBF precisa que pelo menos 93 parlamentares retirem em bloco as suas assinaturas do requerimento para derrubar o pleito de Romário. O deputado federal, do PSB-RJ, protocolou o documento para a instalação da CPI após obter 184 assinaturas. Ele precisava conseguir o apoio de, no mínimo, 171 parlamentares.

PT o defensor da ética: Condenados no mensalão ‘seguem vida normal’ no partido

M

esmo condenados em última instância por pelos mais variados crimes no esquema de compra de apoio no Congresso chamado mensalão, o presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), Rui Falcão, diz que os partidários condenados não serão desfiliados e que "seguem sua vida normalmente com todos seus direitos partidários assegurados". "Quem aplica o estatuto do partido é a direção do partido", declarou em entrevista durante reunião do Diretório Nacional do partido.

Misael Oliveira é diplomado e segue escolhendo os auxiliares

Misael Oliveira segue escolhendo seus auxiliares que vão assumir junto com ele o mandato popular dia 1º de Janeiro. O inquieto Misael participa ativamente da transição e de

todas as atividades que envolvem a administração de Senador Canedo. Misael assume com a missão de dar continuidade ao progresso conquistado pelo povo e fazer algo com sua marca.


Sérgio Cabral quer transporte Grátis no Rio de Janeiro na Copa

O

governo do Rio de Janeiro quer suspender leis estaduais durante a Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de 2014, que tratam da meia-entrada para idosos e proíbem venda de bebidas alcoólicas nos estádios. É o que consta do projeto de lei encaminhado à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) no início da semana e que rece-

be emendas dos deputados estaduais a partir de hoje (6). Segundo o texto, fica suspensa desde 20 dias antes da primeira partida e o quinto dia depois da última, a lei que proíbe a venda de bebidas alcoólicas nos locais de jogos. “Não se aplicam às competições as normas estaduais […], inclusive que restrinjam o consumo de bebidas alcoólicas, salvo as proibições destinadas a

menores de 18 anos”, diz o documento. O governo pretende ainda disponibilizar duas passagens diárias “aos portadores de ingresso para os jogos e os credenciados do COL (Comitê Organizador Local) e da Fifa”. Ao comprar o ingresso, os torcedores ganharão um cartão do bilhete que dá direito a passagem de graça de trem ou de metrô e de mais um transporte, que pode ser barca ou ônibus, para ir e voltar dos torneios. O preço dos ingressos para as competições também só poderão ser estabelecidos pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), “não se aplicando, neste caso, normas referentes à redução de preço, meia-entrada ou qualquer outra forma de subvenção a consumidores” . Assim, deixam de valer as regras estaduais de meia-entrada para idosos acima de 60 anos e estudantes.

Em um dos artigos, o governo diz que pode “impor restrições temporárias ao exercício de atividades econômicas num raio de 1.000 metros contados a partir da murada do Maracanã”, o que poderá afetar camelôs e comerciantes. Na Lei Geral da Copa, publicada em junho, a presidenta Dilma Rousseff assegurou a meia-entrada para idosos, estudantes e beneficiados por programas federais de transferência de renda. Porém, deixou para os estados a decisão de contornar leis sobre a proibição da venda de bebidas alcoólicas. A previsão é que Lei Estadual da Copa seja votada na semana que vem na Alerj, mas não sem polêmica. A oposição articula ações contra os preparativos e mudanças por causa da Copa do Mundo, como um plebiscito para a reforma do Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã).

Polícia Federal entrega relatório final da Operação Porto Seguro O secretário Nacional de Comunicação do PT, o deputado federal André Vargas (PR), afirmou que Rosemary Nóvoa de Noronha, ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, teve um papel “absolutamente secundário” no esquema de venda de pareceres desbaratado pela Operação Porto Seguro, realizada pela PF. Rosemary foi indiciada por corrupção e tráfico de influência na ação da PF. Segundo Vargas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não pode ser responsável pelo que Rosemary fez. “Nenhum homem

público pode, nem pessoa que está na atividade pública, é responsável pelo que faz o seu assessor no exercício do mandato - muito menos um ex-assessor”, disse o secretário do PT, ao destacar que não vai comentar esse tipo de procedimento. Para Vargas, a PF não é seletiva, e investigou, desde o governo Lula, PT, PMDB e PSDB. “É uma instituição que é muito respeitada pelo nosso partido, e nós por isso respeitamos as investigações, apoiamos as investigações, mas não condenamos precipitadamente como fazem a nossa oposição”.

Andressa deixa sacola no prédio da PF e sai sem ver Cachoeira

A

ndressa Mendonça, mulher de Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, condenado a 39 anos de prisão no processo oriundo da Operação Monte Carlo, e preso pela PF na sexta-feira, em Goiânia, esteve no prédio da PF. Ela

deixou uma sacola com um dos agentes, mas não viu o marido. Andressa Mendonça saiu logo depois sem falar com a imprensa. Segundo agentes, Cachoeira é a única pessoa que está presa na carceragem da PF em Goiânia neste sábado.

Grêmio fecha com empresa japonesa para fornecimento de TI para arena

E

m reta final de preparos, a Grêmio Arena, que será inaugurada neste sábado (8), fechou com a japonesa NEC para fornecimento de infraestrutura de TIC (tecnologia de informações e comunicação). A empresa é uma das maiores do mundo no setor. A parceria prevê uso de tecnologias como sistema IP, rede de telefonia, internet Wi-Fi, tráfego de dados e de imagens.

Na área de segurança, estão sendo instaladas 246 câmeras, integradas em um sistema para monitoramento de movimentos suspeitos, além de sistemas de detecção de incêndio e de automação predial, e um circuito de sonorização, que amplia a qualidade de transmissão do áudio durante os eventos. A Arena será inaugurada neste sábado dia 08 de Dezembro.


Em ato simbólico, Câmara devolve mandato a deputados cassados durante a ditadura Sessão solene na Câmara homenageia os 173 deputados impedidos de exercer o mandato durante o regime autoritário iniciado em 1964. Entre eles, Jaime Câmara falecido em 1989. mandatos dos deputados cassados por atos de exceção entre 1964 e 1977, sem o devido processo legal. A iniciativa da Comissão Parlamentar Memória, Verdade e Justiça, criada no âmbito da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, tem como objetivo resgatar a história e a importância dos 173 parlamentares eleitos pelo povo e impedidos de exercer o mandato durante a ditatura.

A

Câmara dos Deputados realiza sessão solene para devolver simbolicamente os

Durante a homenagem, com rito de sessão de posse, foram entregues aos ex-deputados ou a seus familiares documento em forma de diploma e bro-

che de uso parlamentar. Também foi exibido documentário da TV Câmara que evidencia os prejuízos impostos ao país pelo fechamento do Congresso Nacional no período de exceção e pela cassação dos mandatos parlamentares, numa reflexão sobre o papel primordial da representação na democracia brasileira. Na mesma data, logo após a sessão solene, foi inaugurada a exposição Parlamento Mutilado: Deputados Federais Cassados pela Ditadura de 1964 e lançado livro de mesmo nome, assinado pelos

consultores legislativos Márcio Rabat e Débora Bithiah de Azevedo, com publicação da Edições Câmara. A exposição, montada no corredor de acesso ao plenário e no Hall da Taquigrafia, reúne imagens que retratam os momentos mais tensos vividos pelo Congresso Nacional entre 1964 e 1985. O destaque da mostra é o painel A verdade ainda que tardia , do artista plástico Elifas Andreato, que compôs uma visão sobre a repressão e a resistência nos chamados “anos de chumbo”.

Romário reune 188 assinaturas e apresenta novo r e q u e r i m e n t o de criação de CPI da CBF

O Consumo de produtos piratas cai em 2012, aponta Fecomércio

percentual de consumidores brasileiros que consomem produtos piratas diminui em 2012 ante o ano passado, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomercio-RJ). De acordo com o levantamento, 38% dos mil entrevistados em 2012 afirmaram que compraram algum produto pirata durante o ano, ante 52% em 2011. De acordo com a Fecomercio-RJ, entre os consumidores que optam pelo produto pirata, 97% afirmaram que o principal atrativo é o preço mais baixo. No ano pas-

sado este índice estava em 96%. Os itens piratas mais consumidos em 2012 foram DVD, CD, óculos, roupas, calçados e relógios. Questionados sobre quais medidas deveriam ser tomadas para diminuir o consumo de produtos piratas, 51% dos consumidores afirmaram diminuir o preço dos impostos legalizados, seguidos por 20% que pedem o aumento da fiscalização, 7% que pedem a punição ao consumidor que comprar produtos piratas, 6% pedem para aumentar a repressão sobre os vendedores e 4% acreditam que as campanhas contra esta prática devem ser ampliadas. 12% não opinaram.


Governo estuda como garantir redução de 20% da tarifa de energia

O

governo estuda como fará para garantir redução de 20,2% da tarifa de energia, disse hoje (5) o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Ele ressaltou que está assegurada redução média 17% a partir de fevereiro de 2013. “O resto, o governo ainda irá atrás”, disse Mantega. O ministro ressaltou que o governo já deu sua contribui-

ção para queda nas tarifas. Ele disse que não há espaço fiscal para redução das contribuições para o Programa de Integração Social (PIS) e para a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) como forma de garantir o desconto médio de 20%. Segundo ele, o governo estuda outras desonerações mas as contas estão apertadas.

Cyro Miranda diz que vigência obrigatória de acordo ortográfico será adiada

O

senador Cyro Miranda (PSDB-GO) disse hoje que o novo acordo ortográfico da língua portuguesa deverá ter vigência obrigatória só a partir de 31 de dezembro de 2015. O acordo, assinado em 2008 por sete países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, e que pretende simplificar as regras ortográficas e aumentar o prestígio social da língua no cenário inter-

nacional, valeria a partir de 1º de janeiro de 2013 no Brasil. No entanto, de acordo com Cyro Miranda, a presidenta Dilma Rousseff declarou que vai emitir um decreto adiando a data. O senador diz que havia entrado com uma proposta de resolução para o adiamento, mas que a presidenta a dispensou, já que o processo de aprovação desse tipo de norma é mais demorado.

Miranda acredita que o ideal seria adiar a vigência para 2018 e sugere que seria necessária a elaboração de outro acordo, que tenha a contribuição de mais setores da sociedade. “Além do novo acordo ter sido muito malfeito, os professores ficaram de fora”, disse. “Precisamos rever tudo. Temos que descomplicar a língua, se não vai ser só retórica... temos que aprovar um formato com lógica. [O novo acordo] tem tanta

exceção que os professores não sabem o que vão ensinar”. O senador também disse que o governo indicou que vai sugerir aos outros países que adiem a vigência do novo acordo para que todos possam fazer uma total reformulação. Ele diz que em Portugal o acordo só vai valer a partir de 31 de dezembro 2015. Em Cabo Verde a vigência do acordo está programada para 2016.

Twitter expande Trending Topics no Brasil e destaca importância do país ovas cidades brasileiras vão receber uma lista de Trending Topics própria, anunciou Guilherme Ribenboim, diretor-geral do Twitter no Brasil, nesta quarta-feira (5), durante o primeiro encontro da companhia com jornalistas no país. O Trending Topics é um recurso do microblog que reúne os assuntos mais comentados pelos usuários.

As novas cidades que vão receber o recurso, em breve, são: Curitiba, Recife, Belém, Goiânia, Campinas, Porto Alegre, São Luis, Guarulhos e Belo Horizonte. Hoje, o usuário brasileiro consegue ver os Trendings Topics do Brasil e de Brasília, Manaus, Salvador, Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo.

No evento desta quarta (5), o Twitter anunciou a abertura do seu escritório em São Paulo, o primeiro na América Latina. Fora dos Estados Unidos, a companhia tem operação apenas no Japão e no Reino Unido. No mundo, o Twitter conta com mais de 1 mil funcionários – o microblog não revelou quantas pessoas irão trabalhar na sede da empresa no Brasil. O foco do escritório brasileiro será vender anúncios e buscar parcerias com agências e marcas.

O Twitter revelou também que o Brasil está entre os cinco maiores mercados do mundo. Os brasileiros são um dos usuários mais ativos da rede social, conforme Rao. A América Latina representa 16% da audiência do Twitter globalmente. A companhia, porém, não divulgou o número de usuários ativos do serviço no Brasil – o Twitter está disponível em mais de 33 idiomas e 70% dos seus usuários estão fora dos EUA.

N

“Isso [as novas cidades no Trending Topics] é uma indicação da importância do Brasil para nós”, disse Shailesh Rao, vice-presidente internacional do Twitter. “Agora, vamos saber o que essas cidades estão discutindo e conversando”, acrescentou Ribenboim.

Usuários brasileiros

“Estou muito satisfeito com o tamanho e com a atividade da audiência que temos no Brasil. Não estaríamos investindo significativamente se não estivéssemos otimistas com o que o Brasil pode significar ao Twitter e o que o Twitter pode significar para o Brasil”, disse Rao, acrescentando que o

microblog n ã o n e cessariamente compete com o Facebook. “Fazemos coisas completamente diferentes e com propósitos diferentes. Por isso, acho que temos a nossa própria oportunidade”.

Expansão de tópicos mais comentados vai ocorrer em mais 9 cidades. Escritório brasileiro é a 3ª operação do Twitter fora dos Estados Unidos. Eventos mais comentados O Twitter divulgou ainda os eventos mais comentados pelos usuários brasileiros em 2012. Conforme Ribenboim, o segundo jogo da final da Li-

bert a dores, entre o Corinthians e o Boca Juniors, gerou o maior número de tuítes por minuto: 3.548 mensagens. A final da novela Avenida Brasil, em 19 de outubro, foi o segundo evento mais comentado pelos brasileiros no Twitter em 2012: os usuários enviaram 3.031 tuítes por minuto. Em terceiro lugar ficou o primeiro jogo da final da Libertadores, com 2.754 tuítes por minuto. Fonte: g1.globo.com/tecnologia.


SHOPPING DE RATING Uma prática permitida no mercado agravava a insegurança das notas: o chamado “shopping de ratings”. As empresas que precisam de ratings bons pedem uma avaliação preliminar a uma agência. Se recebem uma nota baixa, tentam em outra, até conseguir uma nota satisfatória. Como hoje não é obrigatório divulgar os ratings preliminares, o investidor nem desconfia que a empresa teve uma nota ruim. Para impedir os efeitos prejudiciais dessa prática, a partir de 1º de janeiro passa a valer uma instrução da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) que torna

obrigatório divulgar os ratings preliminares nos sites das agências. “Essa instrução da CVM deve mitigar esse shopping de ratings”, diz Rafael Guedes, diretor-executivo da Fitch Ratings no Brasil. “No Brasil, cada agência tem seus critérios de avaliação e há grandes discrepâncias”, diz Sergio Garibian, diretor de ratings da Standard & Poor’s na América Latina. Em fevereiro de 2006, o banco Cruzeiro do Sul encerrou seu contrato com a Fitch, que lhe dava nota BB+(bra), “elevado risco de inadimplência”. No mesmo ano, assinou contrato com a Moody’s, que lhe deu Baa1 para depósitos de longo prazo e meses depois elevou a A3 (ambos grau de investimento, considerados seguros). Por causa dessas contradições, o deputado federal

Eduardo da Fonte (PP-PE) apresentou um projeto de lei prevendo que as agências respondam por “prejuízos causados por conduta dolosa (com intenção) ou culposa nas classificações de risco”. “Não é normal que algumas agências classifiquem um banco como tendo baixo risco e ele quebre alguns dias depois”, diz Fonte. “Ou a agência foi cooptada pelo banco ou não tem condições de classificar ninguém.” Segundo Erivelto Rodrigues, presidente da Austin Rating, o “shopping de rating” está restrito a operações estruturadas como FIDC (Fundos de Investimento em Direitos Creditórios). “Não acho que isso ocorre com empresas e bancos”, disse. Para Paulo Rabelo de Castro, presidente da SR Rating, que não classificava nenhum desses bancos, “é importante

uma regulamentação rígida, no momento em que o governo quer estimular o mercado de debêntures”.

Maior fundo de pensão do país, a Previ só aceita ratings de três agências: S&P, Moody’s e Fitch. Já a Funcef, da Caixa, compra títulos de dívida privada que sejam avaliados por pelo menos uma agência de rating, não importando qual. A Funcef tinha papéis do PanAmericano e Cruzeiro do Sul. No caso do Cruzeiro, recebeu todo o investimento porque tinha garantia especial (DPGE).

Controle da mídia e a Liberdade de expressão voltam a pauta que impede a aplicação plena da lei. A Sala 1 da Câmara no Civil e Comercial Federal, uma instância de apelação do judiciário argentino, na prática, desobrigou o Clarín a se adequar à lei até que haja uma sentença definitiva ao processo movido pelo jornal, que considera a norma inconstitucional. Antes da resolução, o prazo que possuía o grupo --que edita o jornal de maior circulação no país-- para se adequar venceria nesta sexta (7). Hoje, o governo da Argentina apresentou recurso à Suprema Corte para que responda sobre a constitucionalidade da lei.

N

a resolução, o PT diz ainda que a “liberdade de expressão, o pluralismo e a tolerância” são “componentes fundamentais” da democracia “especialmente neste momento da história em que a comunicação de massas adquiriu imensa influência”. A resolução foi elaborada e aprovada durante reunião do diretório nacional do PT, que teve início na manhã de

hoje. Em outra resolução divulgada para comentar as eleições municipais de outubro, o partido acusou a mídia e partidos de oposição de promoverem uma “campanha feroz” para criminalizar a sigla. POLÊMICA A lei adotada na Argentina determina que os grupos que excedam o número de 24 licenças e que atuem tanto em TV aberta como em TV paga ven-

dam o excedente, o que obrigaria o Clarín a se desfazer de várias de suas concessões. Desde a aprovação da medida pelo governo, em outubro de 2009, o Clarín e o governo de Cristina Kirchner têm trocado acusações e se engajado na batalha judicial. Ontem, um tribunal argentino prorrogou uma medida cautelar solicitada pelo Clarín, o maior grupo midiático do país,

A solicitação foi feita pela Chefia de Gabinete de Ministros (equivalente ao Ministério da Casa Civil no Brasil), através do mecanismo do “per saltum”, aprovado há duas semanas. Desse modo, a medida, que está em um tribunal de segunda instância, passa diretamente à Suprema Corte. O principal argumento apresentado pelo governo é que a decisão foi viciada porque contradiz o resolvido pelo próprio Tribunal Civil e Comercial que estipulou o 7 de dezembro como data limite para a medida cautelar.


Torcida do Timão invade Japão, e a dimensão do apoio encanta O atacante peruano ainda não completou seis meses de Timão, mas já percebeu que a Fiel, como gosta de dizer a diretoria alvinegra, é o maior patrimônio do clube.

I

mpressionado com apoio da torcida, Guerrero adota Fiel: ‘Muito grande’ Paolo Guerrero assinou contrato com o Corinthians em julho, logo depois da conquista inédita da Taça Libertadores da América. De lá para cá, aos poucos, conquistou espaço no time e virou titular. É homem de confiança de Tite no ataque. E do mesmo jeito que ele ascendeu na equipe, o torcedor também ganhou lugar em seu coração.

- Eu já havia escutado que a torcida do Corinthians era uma das maiores do Brasil e agora eu vi isso de perto. Pude encontrar torcedores em Dubai (na escala da viagem ao Mundial), no Japão e muitos na saída do Brasil. Foi muito legal. É um time com uma torcida muito grande - comentou o atacante. Formado no peruano Alianza Lima, mas contratado logo cedo pelo Bayern de Munique e mais recentemente pelo Hamburgo, Guerrero cresceu no futebol alemão. E por mais que o esporte seja forte por lá, o atacante ainda não tinha visto uma comoção tão grande por um clube como está vendo agora no Corinthians.

- Nunca tinha visto algo como o que vi na ida para Dubai. Significou muito para mim - resumiu Guerrero, referindo-se à presença de 15 mil torcedores no aeroporto internacional de Guarulhos, no embarque da delegação alvinegra. Recuperado de lesão no joelho direito e confirmado na estreia do Corinthians no Mundial de Clubes, quarta-feira, em Toyota, Paolo Guerrero aguarda agora a hora do jogo, já que o adversário do Timão na semifinal já foi definido. O Alvinegro encara o egípcio Al-Ahly que neste domingo venceu o time japonês.

Quartas de final Depois de assistir do estádio de Toyota à vitória do Al Ahly, do Egito, sobre o Sanfrecce Hiroshima, do Japão, o técnico Tite já tem na cabeça as qualidades e os defeitos do adversário que o Corinthians

enfrentará na semifinal do Mundial de Clubes, na próxima quarta-feira. Em entrevista coletiva após retornar ao hotel em que a delegação está concentrada, em Nagoya, o treinador destacou a maturidade da equipe egípcia. – É um time com muita imposição física, jogadores fortes e qualidade técnica individual. A bola não queima no pé, tem velocidade pelo lado esquerdo, tem a passagem do lateral pela direita, o Aboutrika (autor do segundo gol) é inteligente, aquele jogador que na pelada você joga a bola nele, que ele vai saber organizar – afirmou.

Franco Atirador Chelsea FC se recupera antes do embarque para o Japão Equipe inglesa que trocou de treinador e não vencia a 7 jogos, viaja para o Japão com duas goleadas convincentes na bagagem e uma eliminação precoce na Champions League última vitória do Chelsea no Inglês havia sido no dia 20 de outubro (4 a 2 no Tottenham). Depois, foram três derrotas (Manchester United, West Brom e West Ham) e quatro empates (Swansea City, Liverpool, Manchester City e Fulham)

A

No último jogo antes do embarque para o Japão, o time londrino bateu o Sunderland por 3 a 1 neste sábado, fora de casa, pela 16ª rodada do Campeonato Inglês, com dois do espanhol, e encerrou a sequência de sete partidas sem vitória na competição.

No Stadium of Light, Benítez começou a partida com David Luiz e Ramires como titulares. Oscar iniciou no banco, mas entrou em campo ainda aos 19 do primeiro tempo no lugar de Romeu, que saiu machucado.

O resultado deixou o Chelsea na terceira posição da Premier League com 29 pontos, atrás de Manchester United (36) e Manchester City (33) - os dois rivais de Manchester se enfrentam no domingo.

Fernando Torres, que não marcava no Campeonato Inglês desde o dia 6 de outubro (4 a 1 sobre o Norwich), abriu o placar aos dez minutos, quando recebeu cruzamento de Hazard e finalizou com a sola do pé direito, dentro da área. O Chelsea deu um tempo na crise rumo ao Mundial de Clubes. E Fernando Torres reencontrou o caminho do gol. O artilheiro Espanhol Fernando Torres chega ao Japão com moral

Pressionado desde que assumiu o cargo deixado por Roberto di Matteo há menos de 20 dias, Benítez conseguiu a segunda vitória seguida em cinco partidas no comando dos Blues. (na última quarta, goleada de 6 a 1 sobre o Nordsjaelland, mas eliminação na Liga dos Campeões). Mesmo há pouco tempo no clube, o espanhol já sofreu críticas da torcida e tem visto a imprensa inglesa especular nomes para o seu lugar.


Marconi Perillo promete ampliar verba da ‘Nota show de bola’ para R$ 12,5 milhões Segundo anuncio feito pelo próprio Governador a intenção é que jogos dos campeonatos nacionais também entrem na promoção. Caso orçamento de 2013 seja aprovado.

R

ealizada desde 2009, a promoção ‘Nota Show de Bola’ será ampliada em 2013. O governador de Goiás, Marconi Perillo, anunciou no dia 30/11 que o governo aumentará os recursos destinados ao programa para R$ 12,5 milhões na próxima temporada. A promoção consiste na troca de notas fiscais emitidas no estado por ingressos de jogos de futebol. O anuncio não chegou a empolgar os dirigentes, pois depende de aprovação do orça-

mento e por este motivo as equipes começam o planejamento para o ano que vem contando com as suas próprias receitas. A promessa foi anunciada após um encontro do governador com os presidentes dos três maiores clubes da capital goiana (Goiás, Atlético-GO e Vila Nova). No entanto, o valor ainda depende de aprovação na Assembleia Legislativa do Estado. Em 2012, o governo desembolsou metade do valore prometido para o ano que

vem. Foram cerca de R$ 6,5 milhões, dos quais R$ 4,5 milhões foram destinados para o Goianão, e o restante para o Superclássico das Américas, quando 22 mil ingressos de arquibancadas foram trocados por notas fiscais para o duelo entre Brasil e Argentina, em Goiânia. Com o aumento da verba, a intenção é que a promoção contemple não só o Estadual, mas também os campeonatos brasileiros, em todas as divisões.

Vila Nova traz Murishita e oficializa contratação do técnico Darío Pereyra Nesta segunda-feira, Darío Pereyra será apresentado junto com o preparador físico José Roberto Portella. A torcida esta com o pé atrás com a situação do Tigrão para o ano de 2013 desde março. O último clube comandado pelo ex-zagueiro foi o Arapongas-PR, no Campeonato Paranaense de 2012.

O

Vila Nova já tem o seu treinador para 2013. A diretoria do clube anunciou na manhã desta sexta-feira a contratação do uruguaio Darío Pereyra, de 56 anos, ex-jogador do São Paulo, para comandar a equipe colorada na próxima temporada. O técnico está em São Paulo, onde reside, e será apresentado na próxima segunda-feira, data da reapresentação do elenco alvirrubro. O contrato com o Tigre será de 11 meses, até o final de novembro do próximo ano. com Darío Pereyra também

Esta inatividade do treinador não é problema para a diretoria, mas não empolga a torcida que sonha com dias melhores em 2013.

deve chegar ao Tigre o experiente preparador físico José Roberto Portella. Darío Pereyra não treina uma equipe

Para aumentar a desconfiança do torcedor, Ele foi demitido no meio do Estadual após treinar a equipe por 17 jogos, com nove vitórias, dois empates e seis derrotas. Antes de treinar a equipe paranaense, o uruguaio estava há sete anos sem treinar uma equipe.

A interrupção na carreira se deu após a morte de sua esposa. Como técnico, Darío começou a carreira no São Paulo, em 1997, passou por Coritiba, Atlético-MG, Guarani, Paysandu, Grêmio e Portuguesa. Ele ainda foi diretor de futebol do Avaí. A carreira de treinador não foi tão vitoriosa quanto à de jogador. Como atleta, Dario fez história no final da década de 1970 e a década de 1980 pela seleção uruguaia, pelo São Paulo, onde atuou por mais de dez anos, e ainda por Flamengo e Palmeiras.

A palavra de ordem no Goiás para se manter na elite é Planejamento prometendo uma equipe forte para disputar as competições nacionais.

V

aleu pela festa da conquista do bi campeonato da série B, mas a diretoria do Goiás espera não precisar brigar pelo tri tão cedo. João Bosco Luz e seus pares trabalham diuturnamente para reforçar o elenco para 2013 e desde já elenca prioridades,

O Goiás foi campeão da Série B do Campeonato Brasileiro deste ano com cinco pontos de vantagem sobre o segundo colocado e o presidente do clube, João Bosco Luz, já definiu as prioridades que devem ser atendidas para que o clube mantenha a competitividade em 2013. Segundo o mandatário, manter grande parte do elenco é fundamental para que o time tenha um bom desempenho na elite nacional. Sobre reforços, ele prioriza a

contratação de laterais, goleiro e a renovação com Walter. “Nós vamos buscar outro goleiro igual ou melhor que o Harlei”, comentou João Bosco, que busca uma sombra para o jogador que já defende a meta alviverde há 13 anos. Com a proximidade do fim do contrato, a tendência é que o veterano renove por mais dois anos. No caso de Walter, a situação é mais complicada: o jogador pertence ao Porto, de Portugal, e de acordo com o presidente o clube “não tem um atacante da mesma qualidade de Walter”, entretanto ressaltou que a felicidade do

atleta é mais importante e que as negociações para a renovação de contrato já estão encaminhadas. Nas laterais, a vinda de reforços é fundamental. Dos quatro jogadores que o clube tinha na posição, três já têm saídas confirmadas. Egídio, Bruno Collaço e Peter deixaram o elenco e Vitor é o único que resta na posição. Nesta semana, o volante Dudu Cearense e o meia David renovaram com o clube e permanecem em 2013. Além deles, Júnior Viçosa, Sasha, Julinho e Renan Oliveira também estão perto de renovar.


Atlético se prepara para uma nova realidade Após uma ascensão meteórica Dragão luta para não fazer o caminho inverso em 2013 gunda divisão do futebol goiano e o levou a elite do futebol nacional, mas um revés em 2012 fez com que a equipe não brilhasse nesta temporada e com isso voltou para a segunda divisão nacional.

F

oi este grupo que em sete anos tirou o Atlético da se-

A eleição que determinará qual será a próxima diretoria do Atlético-GO para o biênio 2013-2014 acontece neste mês e será realizada no dia 15 de dezembro, última data disponível de acordo com o estatuto do clube, que determina que as eleições ocorram até a primeira quinzena do mês. O

atual presidente, Valdivino de Oliveira, é o único candidato para a presidência do Dragão. Entretanto, o Conselho Deliberativo deverá sofrer mudanças. Sem uma chapa definitiva, a data inicial para a realização da eleição era o dia 13 de dezembro, porém Jovair Arantes, conselheiro do clube, é um dos principais nomes para assumir a presidência do Conselho Deliberativo e está fora do país, com previsão de retorno ao Brasil no dia 14. Valdivino de Oliveira já havia

manifestado seu interesse de deixar a presidência do clube goiano, porém a falta de candidatos para o cargo fez com que ele aceitasse comandar o Dragão por mais um mandato. Em novembro, logo quando o presidente havia declarado que não seria candidato à reeleição, o goleiro Márcio ressaltou a importância do mandatário no comando do Atlético-GO. “A ascensão do clube foi sob o comando dele, que teve o apoio de outras pessoas, logicamente. Eu acredito que o melhor seria ele continuar”.

Só Gentileza ou remorso? Ronaldinho Gaúcho não tem nem de longe uma das relações mais afetuosas com o clube que surgiu para o futebol, o Grêmio. No entanto, através de perfil na rede social twitter, o craque do Atlético/ MG tratou de elogiar a inauguração da nova casa gremista, a Arena, que substitui o Estádio Olímpico. “Quero parabenizar o Grêmio

pela inauguração da arena e a emocionante festa de ontem. Desejo boa sorte ao clube nesta nova fase”, publicou R49. Além de duas horas com shows temáticos, o clube realizou amistoso contra o Hamburgo, da Alemanha, reeditando a decisão do Mundial de 1983. Dentro de campo, o mesmo placar. 2 a 1 para o Grêmio.

Jogador do Cruzeiro vai ser ouvido pela polícia sobre morte de ciclista

Ronaldinho Gaúcho que é cria do Grêmio parabenizou o time

médica no fim da tarde de sábado, assim como Ednaldo Souza. Ramon foi encaminhado para uma unidade de saúde de Candeias, cidade na região metropolitana de Salvador. O ajudante de pedreiro, de 48 anos, foi levado para o hospital com ferimentos leves e contou que voltava de bicicleta de uma pescaria com o amigo, quando ambos foram surpreendidos pelo carro desgovernado. “Vi o carro batendo na gente... o carro veio, eu de costas, ele de costas, pegou aqui do lado e sacudiu direto para o mato, pronto, só foi o que eu vi”, diz Ednaldo.

O

jogador do Cruzeiro, Anselmo Ramon, que atropelou dois ciclistas na manhã de sábado (8), vai prestar esclarecimentos à polícia sobre as circunstâncias do acidente, segundo informou neste domingo (9) o delegado titular da 18ª Delegacia de Camaçari, João Uzzum. “Amanhã [segunda-feira] vou entrar em contato com o de-

legado que estava de plantão para pegar os detalhes do caso e agendar as oitivas”, diz Uzzum. Além do jogador, que dirigia o veículo envolvido no acidente, a polícia também vai ouvir testemunhas e uma das vítimas, o ajudante de pedreiro Ednaldo Souza, que sobreviveu ao atropelamento. Anselmo Ramon recebeu alta

Amigos do jogador foram para o local pouco depois do acidente, mas não souberam informar o que aconteceu. “A gente não sabe ainda, só ele para falar, tá um pouco complicado, tá confuso”, diz uma amiga. Acidente A polícia não tem detalhes sobre como o acidente aconteceu, mas acredita que o jogador tenha dormido ao volante,

já que ele estava sozinho no carro e o trecho onde aconteceu o acidente é reto, sem curvas. A equipe que atendeu o acidente diz ainda que o atacante não tinha sinais de embriaguez e que estava lúcido após o atropelamento. Segundo a PRE, o veículo Chrysler 300 C se chocou contra uma árvore e atingiu os ciclistas que estavam próximos ao local. O veículo envolvido no atropelamento foi retirado da rodovia por volta das 17h de sábado, após ser periciado. Procurado pelo G1, o Cruzeiro informou por meio da assessoria de imprensa que não conseguiu contato com Ramon neste sábado. Ainda segundo o clube, por se tratar de um problema particular do jogador, o Cruzeiro não irá se pronunciar a respeito e só concederá algum tipo de apoio ou assessoria jurídica se for solicitado pelo atleta. Ramon está de férias e com os telefones desligados, de acordo com a assessoria.


Questão Brasil 6