quebra-cabecedário

Belo Horizonte, BR

Quebra-cabecedário: projetos sob nonsense tem como proposta o desenvolvimento de ideias impossíveis, inviáveis e/ou inacreditáveis por meio de investigações em “obras abecedárias”. Para isso, buscamos coletivamente uma atmosfera de estudos sob o conceito de nonsense e a expressão quebrar a cabeça. Interessa-nos, sobretudo, percorrer duas direções ao mesmo tempo, posicionar uma peça de partida com um quebra-cabeça previamente desmontado e remontar outras ideias a partir disso, dessa vez operando sob cortes e contornos irregulares. Assim, o pensamento se torna nosso principal objeto de estudo, um objeto a ser projetado: impossível, inviável e/ou inacreditável uma vez que não se encaixa completamente, não se organiza de acordo com o senso comum e o bom senso. ///Projeto de extensão vinculado ao Grupo de Pesquisa Artefatos Lúdicos, desenvolvido no Centro de Estudos em Design da Imagem da Escola de Design da Universidade do Estado de Minas Gerais, sob coordenação da professora Anna Stolf.

Publications