Page 1

Como viver acima da Mediocridade Parte 3

O combate à Mediocridade exige um Feroz Espírito de Luta 02. Como matar o Dragão do Tradicionalismo Toda e qualquer pessoa que decidir alçar vôo altaneiro e sublime, nas alturas luzentes e puras, bem acima da mediocridade, primeiramente precisa vencer o nevoeiro cerrado que se estende por todo o pântano da mesmice entediante. Nesta aula enfrentamos um segundo inimigo, não menos agressivo do que a cobiça, em princípio, porém muito mais sutil na aparência - O Tradicionalismo. IDENTIFIQUEMOS ESSE DRAGÃO O tipo certo de tradições fornece-nos raízes profundas - uma rede sólida de verdades confiáveis numa época em que tudo é descartável. Muitos desses princípios são essenciais: a crença na autoridade das Sagradas Escrituras, o conhecimento de Deus, o amor de Deus. Caso você não tenho percebido, recebemos ordem específica para ater-nos às tradições da fé: "...permanecei firmes, e conservai as tradições que vos foram ensinadas" (2 Tessalonicenses 2:15). Entenda: Refiro-me ao grande objetivo, onde a verdade está em jogo, e não às minúsculas insignificantes, de importância menor, em que o mero gosto e costume são uma questão de preferência pessoal. Diferença entre tradição e tradicionalismo: -Tradicão: é a fé viva daqueles que já morreram. -Tradicionalismo: É a fé morta daqueles que hoje vivem.

PERGUNTAS CONTUNDENTES

Por tradicionalismo quero chamar de modo especial àquela atitude que resiste à mudança, à adaptação ou alteração. É manter-se apegado a um costume ou comportamento que se conserva a força, e cegamente. É nutrir suspeitas contra o que é novo, moderno e diferente. É a pessoa encontrar segurança, e até mesmo identidade naquilo que é familiar e, portanto, opor-se a qualquer coisa que a ameace. Se você me permite mais uma definição, é preferir um sistema legalístico em vez da liberdade e renovação do espírito - é estar mais interessado em guardar regras rígidas, de cunho humano, em vez de permanecer flexível, aberto à criatividade e à inovação. Acredite: há muita gente por aí que acha que sua vocação é dizer aos outros o que devem fazer e dizer. São aparadores de asas que se auto nomearam, que franzem o nariz aos novos métodos e proíbem vôos altos. E por que não? Representamos o rei dos reis. Só tenho permissão para dizer isso em termos de hoje: ele é o mandatário número um, o diretor-presidente. Senhor, de fato! Somos os que devem fazer com que o mundo vire a cabeça, não o contrário.

Primeira pergunta: O vinho ainda está fresquinho? Será TRADICIONALISMO DO PRIMEIRO SÉCULO No primeiro século, o tradicionalismo era sinônimo de farisaísmo. que você está sobrevivendo (Lucas 5:27-29) Jesus com pecadores? com o vinho de ontem? (Lucas 5:30) Precisamos ter novos Você notou que primeiramente Lucas se refere a "publicanos e outros"(v.29)? Mas observe a diferença quando ele menciona os pensamento e sonhos para fariseus. A frase muda para "cobradores de impostos e pecadores"(v.30) estes novos tempos. Você "Não necessitam de médico os sãos, e, sim os doentes"(v.31) quer um desafio? Planeje "Não vim chamar as pessoas que acham que são justas, mas as que sabem que estão doentes. agora sua vida, de modo que, "Naqueles dias, quando eu for levado à cruz para morrer, vocês não ouvirão risos. Não ouvirão o tinir de copos. que faça IMPORTANTE Nessas ocasião não haverá festejos, porque as coisas se terão tornado sérias. Eu terei partido." "Dias, virão, porém, em que o noivo lhes será tirado, e então, naqueles dias, jejuarão"(v.35) DIFERENÇA. "Disse-lhes estas parábolas: Ninguém tira pedaço de uma veste nova e o remendo não condiz com a velha"(v.36)

Segunda pergunta: O odre Quer você creia, quer não, esses fariseus amavam mais suas tradições do que a verdade de Deus. "Jamais houve uma águia que voasse tão alto, nem que fosse tão odiada. Encaremos essa realidade - a verdade que liberta ainda é flexível? movível? pessoas é grave ameaça ao tradicionalismo. Está disposto a arriscar? VERDADES DO VINHO NOVO PARA O SÉCULO VINTE E UM Basta de vinhos e odres do primeiro século. Nosso interesse, como já dissemos anteriormente, não é apenas descobrir e desenvolver algumas verdades dos tempos antigos. Nosso interesse é ver quão importante essas verdades são para nossa época. Deus é um Deus de renovação e mudanças. É o vinho novo. "Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje, e eternamente" (Hebreus 13:8) Contudo, ainda que ele é sempre o mesmo, suas obras são diferentes. A obra de Deus é sempre viçosa. Os métodos e caminhos de DEUS são sempre renovados, imprevisivelmente novos. "Sede, pois imitadores de Deus, como filhos amados, e andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave." Diz DEUS que devemos ser "imitadores" dele, "copiá-lo". Visto que DEUS é DEUS de renovação e mudança, assim deveríamos ser também! ATÉ QUE PONTO VOCÊ É FLEXÍVEL? Pare de permitir que o mundo ao seu redor o aperte dentro de seus moldes. Fora com o dragão do tradicionalismo! Este é um novo ano, uma nova geração. Aula seguinte: Parte 3 - O combate à Mediocridade Exige um Feroz Espírito de Luta

03. Como Remover a Monotonia de sua Vida A monotonia e a mediocridade se encaixam como dentes de duas engrenagens. Uma aciona a outra. E nós ficamos à deriva, bocejando, entediados. Falando de monotonia, não tenho em mente falta de atividade, mas principalmente falta de propósito. Podemos estar ocupados e, apesar disso, entediados, trabalhando com indiferença. A vida se torna monotonamente repetitiva, insípida, vulgar e reles. O remédio para a monotonia tem sua origem numa oração redigida por Moisés há muitos séculos - Salmo 90.

http://www.facebook.com/groups/mocidadeibbv/ Compartilhe suas opiniões no nosso grupo através do email: mocidadeibbv@groups.facebook.com

Lição 10 parte 3 02 como matar o dragão do tradicionalismo