Issuu on Google+

Quarta igreja batista

boletim informativo

Boletim Informativo R. José Antônio Pereira, 1951 - Centro Campo Grande - MS - 79010-190 (67) 3324-6716

4 ª  B a t i s t a d e i r m ã o p a r a i r m ã o

Cpl. Adão José Pereira Servo do Senhor a Serviço da Vida

4 ª  B a t i s t ae d i f i c a

Estamos próximos da conclusão da 1ª etapa do projeto de construção! Glória a Deus! Continuamos com o alvo mensal de R$ 15.000.00.Você pode contribuir colocando sua oferta específica nos envelopes (no item construção). Ore e contribua! Junho 02/06- 5,46 % Total -5,46%

09/06/13

www.quartabatista.org.br

Batizado na Unidade Coronariana do Hospital Certo dia, recebi um telefonema de uma enfermeira dizendo que o médico plantonista estava chamando-me para atender, um paciente em estado terminal, na Unidade Coronariana do Hospital do Coração desta Capital. Ali chegando, por volta das 1800h., e sendo inteirado do estado de saúde do paciente, fomos, o médico e eu, até ao leito que ele ocupava; então, ali, encontramos com um jovem de 34 anos, vivendo os últimos instantes de sua existência, em virtude da leucemia que lentamente o consumia. Falamos da transitoriedade da vida, do amor de Deus, das promessas de Jesus de que Ele estaria conosco até a consumação dos séculos. Apresentamos o plano de salvação, e ele, com lágrimas nos olhos se decidiu por Cristo, confessando-o como Senhor de sua vida e Salvador de sua alma. Feita essa decisão, oramos, entregando-o a Deus, e o médico perguntou-lhe qual era agora o seu desejo, e ele disse que queria ser batizado. O médico sabendo que lhe restavam poucos dias de vida, perguntou-lhe quando ele gostaria de se batizar. O paciente olhou para mim e disse que “quando o Capelão puder realizar o batismo, pois se depender de mim, disse ele, eu queria ser batizado hoje ainda”. Diante de seu desejo e mediante o compromisso de, em se recuperando ser batizado por imersão, expliquei-lhe que nós, os batistas, praticávamos o batismo unicamente por imersão, mas que, naquele caso, não nos prenderíamos à forma, mas, sim, ao fato. Posto isto, chamamos a família e o batizamos por efusão. Naquele final de semana, ele recobrou a saúde, teve alta, voltou para casa. Nove dias depois, teve uma recaída, voltou a se internar na UTI daquele hospital, ocasião em que passamos ao seu lado, confortando e apoiando espiritualmente ele e os familiares. Contudo, a doença foi mais forte e, às 18h40., daquela tarde de terça-feira, ele, não resistindo, partiu para junto do Pai, deixando a esposa e um filhinho na orfandade, mas, salvo em Cristo Jesus. No dia seguinte, a convite da família, realizamos a cerimônia fúnebre e, na capela do cemitério, tivemos a oportunidade de apresentar Jesus para cerca de 120 pessoas.

ano III

4 ª  B a t i s t a m e d i t a UM CORAÇÃO QUE DESEJA A SEPARAÇÃO

O ser humano sempre buscou sua autonomia, sua liberdade. Hoje, mais fortemente, o indivíduo tem decidido e buscado essa autonomia. Desde a narrativa primordial (Gênesis 3), pode-se detectar a inclinação humana de preferir a sua vontade aos valores eternos. A autonomia (auto [de si mesmo] + nomos [lei]) é a busca por viver pelas suas próprias leis, ou seja, é o desejo de definir para si mesmo os valores que fazem sentido e plenificam a sua vida. O casal primordial, na narrativa bíblica, desejou decidir pelos seus desejos e interesses (Gn 3,6) e, deliberadamente, afrontou um desejo revelado por Deus para a existência humana (Gn 3,2-3). A autonomia revela o interesse humano de assumir o controle, de decidir seu caminho, de estar livre de quaisquer influências e valores, de se separar de qualquer relacionamento que imponha outra norma, valor ou lei. Por isto, caminhos autônomos se separam de outros caminhos. Outro exemplo é a história (parábola) do Filho mais novo (Lucas 15,11-32). Nesta, o filho caçula desejou se afastar do Pai e dos valores de sua casa (Lc 15,11-12). Decidiu viver por sua vontade, por suas próprias leis e valores, por isto, separou-se do pai e da família. É evidente que, o ser humano deseja assumir sua vida, decidir sobre seu futuro, decidir sobre os valores de sua vida. Essa é uma crise de todo ser humano, mas é uma crise, ainda mais intensa, na adolescência e na juventude. Nestas fases da vida, o desejo de assumir o controle e a direção da vida são exigências internas e também externas. Tanto o indivíduo cobra para si autonomia, quanto a sociedade cobra do indivíduo os caminhos de auto-suficiência e auto-realização. Toda decisão por autonomia humana pode separar pessoas: familiares, amigos; e da mesma forma pode ajuntar pessoas com outros valores. O filho mais novo encontrou pessoas para viver ao seu lado dissolutamente (Lc 15,13-14). O novo e autônomo caminho do filho caçula o ajuntou à pessoas, mas o afastou sobremaneira da casa e da dignidade da casa do pai. Por isto, é importante que, em sua autonomia, você decida por valores eterno-divinos. Os valores divinos não geram divórcios, separações, afastamentos; ao contrário, geram ampliação nos valores da vida eterna. Por isto, ampliam compromissos com o pai, com a família/a casa e, sobretudo, com o amor que respeita e dignifica a pessoa humana. Marcelo Moura da Silva, Pr.

EQUIPE MINISTERIAL Marcelo M. da Silva Pastor Presidente Walter Barbosa Pastor Emérito e 3ª Idade

Vanilson de Oliveira Pastor Auxiliar Adão José Pereira Pastor Capelão

Márcia F.B.M. da Silva Ministra de Música Flávio Joade Pastor da Missão Noroeste

Erick Fraiha Machado Pastor de Artes Michelle X. C. de Morais Ministra de Crianças


Quarta igreja batista Jantar dos Namorados

boletim informativo

4 ª  B a t i s t ae m a ç ã o

4 ª  B a t i s t ai n f o r m a

Ministério Jovem promove o Jantar dos Namorados no dia 12 de junho às 21 horas no La Riviera Buffet.R$80,00 o casal.

‘Louvem ao Senhor invoquem o seu nome’. Is. 12:4b Faça parte do Coro da Quarta Igreja. Os ensaios acontecem nas segundas às 19:00 hs e são ministrados pela irmã Márcia Flores. “O Espirito do Senhor repousará sobre ele, O Espirito que dá sabedoria e entendimento, o Espirito que traz conselho e poder”. Is. 11:2a Abençoe a vida de seu filho, trazendo na reunião dos Adoradores kids que acontece todas as quartas às 19:30hs

Ministério

Mensageiras do Rei Todas as meninas da igreja de 8 à 15 anos estão convidadas para dançar pra Jesus, todas as terças às 19 hs sob a direção da irmã Ariane

Equipe de evangelismo Convidamos a todos os irmãos para o próximo domingo dia 16/06 às 15hs para evangelismo em nosso bairro. Maiores informações com irmã Candelária.

Assembléia Nossa Assembléia será realizada na quarta dia 19 de Junho às 19 e 30 horas.(Culto)Participem!

4 ª  B a t i s t ar e a l i z a DOMINGO 09h00 ‐ Culto 10h00 ‐ EBD 18h00 ‐ Mensageiras do Rei 19h00 ‐ Culto SEGUNDA‐FEIRA 18h00 ‐ Reunião de Oração 19h00 ‐ Ensaio do Coro TERÇA‐FEIRA 15h00 ‐ Reunião da 3ª Idade 18h00 ‐ Reunião de Oração 19h30 ‐ Encontro Equipes de Louvor QUARTA‐FEIRA 19h30 ‐ Culto de Oração 19h30 ‐ Adoradores Kids

4 ª  B a t i s t ac o m e m o r a 09/06 - Ana Marcia de Oliveira Res: 3026-6566/Cel:9609-0213

10/06 - Anderson Nunes da Silva Res:3388-3318 14/06 - Luduerte de C. Rodrigues Res:3025-7786 /

‘‘

Ensina-nos a contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios. Salmos 90:12

QUINTA‐FEIRA 18h00 ‐ Reunião de Oração 19h30 ‐ Pequenos Grupos SEXTA‐FEIRA 18h00 ‐ Reunião de Oração 19h30 ‐ Pequenos Grupos SÁBADO 14h00 ‐ Ensaio do Louvor 16h00 ‐ Ensaio do Teatro 18h00 ‐ Encontro dos Adoles

’’

FELIZ ANIVERSÁRIO

Qual é o seu quociente de bondade? Quando foi a última vez que você fez alguma coisa de boa para alguém de sua família- por exemplo, pegar um cobertor, limpar a mesa, preparar o café- sem que lhe pedissem? Pense em sua escola ou no seu trabalho. Qual é a pessoa mais evitada ou ignorada? Um aluno tímido? Ou um funcionário mal-humorado? Você é bom pra essa pessoa? Corações bondosos são silenciosamente bondosos. Eles deixam o carro entrar na frente no trânsito e permitem que a mãe de três filhos passe na frente na fila do caixa. Eles pegam o lixo do vizinho que rolou na rua. E são especialmente bondosos na igreja. Eles entendem que talvez a pessoa mais necessitada que encontrarão naquela semana talvez esteja sentada na fileira de trás durante o culto. Paulo escreve: “Cada vez que tivermos chance, trabalhemos para o beneficio de todos, a com pelos mais próximos de nós na comunidade da fé. GL6.10 E aqui esta um desafio: e quanto aos inimigos? Em que medida você é bondoso para com aqueles que querem o que você quer ou que tiram o que você tem? Não é fácil? Não, não é. Mas a misericórdia é o mais profundo gesto de bondade. Paulo iguala os dois. “Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo” EF4.32 A solução definitiva para a pobreza esta na compaixão do povo de Deus. E não nesse assistencialismo forçado do governo. Quando amamos os necessitados, amamos a Jesus. É um mistério além da ciência, uma verdade além das estatísticas. Mas é uma mensagem bastante clara que Jesus deixou: quando amamos essas pessoas, nós amamos a ele. Fonte: Max Lucado, Deus está no controle. Mabel Saldanha Shinohara


Boletim de 09 de junho de 2013