Issuu on Google+

planejamento

visual


PLA NE JAMENTO VISUAL Trabalho apre-

sentado á disciplina Planejamento Visual do curso de Jornalismo/UFOP, sob a orientação da Profª Drª Maria Lucília Borges -Agosto/2013

Por Kênia Marcília


Textura Padronagem: textura tipogrĂĄfica

Textura Padronagem: foto

Ponto linha plano: colagem

Ritmo equilĂ­brio escala: indesign

6 7 8 9


Grid Hierarquia Enquadramento:colagem Grid Hierarquia Enquadramento:diagramação

Textura Padronagem: diagramação Modularidade: fonte

0 2 1 1 1 1 13


ou totalm ada ent ga e s

não

c

e to en

sp

pl

ão án

est

u

não

qu

mo

et

g

c o, opogr

o

ult

(

uz c

inha

s mo f aç

m

est

pe

de

br nós, d

u

So

c

a

- Tam

m já

a

ma for epois u

o

p re

,

fcar claro em tor n o . olta a T a mb go v ém s, me . Lo s c j u ia án al) dão oisa ão uri sb aci mo s o a e c e sto u

o

sc

so na

ad

ito

el as e

or a. El ph s se r en ad

u tr o l a

d s),

j

j

de um novo

iv

l

e

m bé

nt me

At a ves s

al tot

região

po

não-c

ado a or d p a o

A

na região de um novo reno: rio h e se á ent Tam n ebl o: mc alm r ina tot o ( el e a s g tou a s es m ar

ós

u é m es t

u t al e ot m

s

m tal to

o

ntram

os a l

no t

t

m

á

m També

g na re no: e r se nte

Do o

p

oo

quena

on h eci

ião de um novo rio há n ebli na (el em en to e . n o t m es p

a

g

m

da

d

i nd

traçad

e uma e err d o m via ge

rl o

tam s

Se

a os um cam

e

n

ereno: na

nt es A ra ve s

e d, t mà a

es t

eren

e

s

claro em torno. Mais aci ma fcar a a es olta g Tam in r v u go bé o m L tr ). o já l e m a e n i c nã o ac la o p áf pro em o mes que m


D

o p ó

vei

o e ba

rro

tor

nou

!

m e u d ! a ele nci usê sso d a e por exc ão o ou N ist Cr

om

C

c

in

tr

na

os

M do a ou s pe tr lo o! ex ce

Ao pó retornará!

ss

o

a,

m al

de

si

e

au

nc

ia


a Polític

com

ado

rasg jeans

A

A estrela do entardecer deve estar morrendo e irradiando sua pálida cintilância sobre a pradaria, reluzindo pela última vez antes da chegada da noite completa, que abençoa a terra, escurece todos os rios, recobre os picos e oculta a última praia, e ninguém, ninguém sabe o que vai acontecer a qualquer pessoa, além dos desamparados andrajos da velhice. Penso então em Dean Moriarty, penso no velho Dean Moriarty, o pai que jamais encontramos, penso em Dean Moriarty.

qui estão os loucos. Os desajustados. Os rebeldes. Os criadores de caso. Os pinos redondos nos buracos quadrados. Aqueles que vêem as coisas de forma diferente. Eles não curtem regras. E não respeitam o status quo. Você pode citá-los, discordar deles, glorificá-los ou caluniá-los. Mas a única coisa que você não pode fazer é ignorá-los. Porque eles mudam as coisas. Empurram a raça humana para a frente. E, enquanto alguns os vêem como loucos, nós os vemos como geniais.

Os desajustados. Os rebeldes. Os criadores de caso. Os pinos redondos nos buracos quadrados. Aqueles que vêem as coisas de forma diferente. Eles não curtem regras. E não respeitam o status quo. Você pode citá-los, discordar deles, glorificá-los ou caluniá-los. Mas a única coisa que você não pode fazer é ignorálos. Porque eles mudam as coisas. Empurram a raça humana para a frente. E, enquanto alguns os



Kenia Marcilia