Page 1

Ecovila e Ashram Hare Krishna GOURA VRINDÁVANA, Paraty RJ

Palavras do editor Purushatraya Swami O tema escolhido para encabeçar esse oitavo informativo foi “a benção da água pura”. Sem dúvida, a abundância e a qualidade da água em Goura Vrindávana é uma benção muito especial. Vamos, nos próximos informativos, mostrar outras belas fotos dos diversos recantos onde flui esse líquido precioso em nossa propriedade. A água é uma das mais valiosas opulências de Goura. Em muitos empreendimentos ao redor do mundo, a opulência é medida pela facilidade de arrebanhar recursos financeiros em grande quantidade, pelos imponentes prédios de arquitetura sofisticada e ousada, por shows milionários que atraem milhões de pessoas, por foguetes que levam ogivas tripuladas ao espaço, por industrias totalmente robotizadas, e por aí vai. Em Goura Vrindávana não temos recursos financeiros para construirmos coisas espetaculares. Nem temos essa pretensão. No entanto, por outro lado, a opulência encontrada em Goura Vrindávana é de outro tipo. É constituida de certas coisas bem simples, como água pura, ar puro, beleza natural e ambiente espiritual. Convidamos a todos para conviver com essas opulências, pois, como podemos observar no mundo que nos cerca, essas riquezas naturais estão passando por um processo gradual de degradação ambiental. Ajudem esse projeto. Esse não é um projeto restrito aos que vivem nele. É de todos. Estamos construindo um modelo que pode ser multiplicado em todas as regiões do país. É um projeto idealista. Um visitante recentemente comentou comigo: “Puxa, quanto trabalho foi feito aqui!” São realmente anos e anos de trabalho sendo feito, mesmo sem contar com grandes recursos financeiros. O segredo é não desperdiçar_ saber usar bem os recursos limitados de que dispomos. O que move esse projeto é o desejo de oferecer à missão de Srila Prabhupada um modelo de projeto rural sustentável respaldado não por interesses comerciais, mas baseado numa espiritualidade sã. Todo o duro trabalho realizado aqui em Goura ao longo desses anos tem contribuído também para a formação de muitos jovens. Aqui em Goura Vrindávana os jovens aprendem a desenvolverem sua capacidade empreendedora e descobrem novas potencialidades pessoais que, em geral, ficam inibidas devido ao estilo artificial da vida da cidade. Aqui, não vamos


encontrar as coisas já feitas ou compradas prontas. Aqui, temos que construir e manifestar as coisas “do zero”. Exige esforço, planejamento e inteligência. Como costumamos dizer, temos que “suar o boné”. Apesar de tudo, esses desafios são altamente estimulantes. Enriquecem a vida. Isso sim é vida pura e plena. Convidamos a todos para que venham fazer um período de experiência aqui em Goura Vrindávana. Uma coisa é garantida: sua vida vai enriquecer. Abre-se então uma nova perspectiva para a vida. Espero que apreciem esse info 08. Deem seu feed-back. Que tudo esteja em paz.

* * * * * Para nossa inspiração


Vou aqui relatar uma experiência bem pessoal. Espero que seja de inspiração para todos. Srila Prabhupada, nos anos que antecederam sua vinda ao Ocidente, morou no templo de Radha-Damodara, no coração da pequena cidade de Vrindávana, na Índia. Vrindávana é a terra sagrada de Krishna. Antes era uma floresta, hoje, uma pequena, mas muito movimentada cidade com muitos templos, ashramas e grande afluência de peregrinos. Neste lugar, Srila Prabhupada nutriu inspiração e energia espiritual para coroar sua missão nesse mundo ao se deslocar ao lado oposto do planeta para difundir a consciência de Krishna no Ocidente. As escrituras declaram que sem a shakti (potência) direta de Krishna, ninguém seria capaz de realizar tal feito extraordinário e único na história do mundo. Prabhupada ki jay! Bem, onde entro eu (Purushatraya Swami) nessa história? No início dos anos noventa, tive o privilégio de, por quatro meses, fazer um serviço muito especial: permanecer nos quartos Srila Prabhupada zelando por esse lugar sagrado. Foi uma experiência solitária das mais marcantes em minha trajetória espiritual. Vamos então às fotos. No alto, à esquerda: a varanda junto aos dois aposentos de Prabhupada_ as duas portas opostas entre si. No alto, ao meio: no aposento da esquerda, Prabhupada improvisou um local onde preparava e tomava as refeições. Essa famosa foto foi tirada em sua primeira visita à Índia depois de ter ido ao Ocidente. Durante as refeições, o que Prabhupada costumava olhar através da janela. O que ele via? No alto, à direita: a janela dava diretamente ao sagrado samadhi-mandir (tumba) de Srila Rupa Gosvami, o líder de todos os seguidores de Sri Caitanya Mahaprabhu, falecido no século XVI. No meio, à esquerda: no primeiro retorno à Vrindávana depois de ter ido ao Ocidente, Prabhupada hospedou-se nos velhos e rústicos aposentos do templo de Radha-Damodara. Ali, bem relaxado, ele tem um encontro informal com velhos amigos. No meio, ao meio: Em uma nova visita a Vrindávana, acompanhado agora de muitos discípulos ocidentais, Prabhupada promoveu uma série de palestras no pátio do templo sobre o famoso livro de Rupa Gosvami, Sri Bhakti-rasamrta-sindhu. No meio, à direita: aqui vemos as deidades principais do templo, Sri Sri Radha-Damodara. Abaixo, à esquerda, vemos o aposento de refeições de Prabhupada devidamente conservado. Abaixo, ao meio: ali estou eu diante da murti de Prabhupada em seu quarto de dormir e local onde ele traduziu e comentou o primeiro e segundo canto do SrimadBhagavatam. Abaixo, à direita: numa recente visita, sentado na varanda dos aposentos de Prabhupada, encontro com um devoto conhecido desde o templo em que desempenhei esse serviço tão inspirador.

* * * * *


Surabhi Seva Programa de Proteção das Vacas

Quem é esse ser tão imponente? Trata-se do Kratu, o reprodutor-mor de nosso rebanho. Apesar de seu porte desafiador, Kratu é “boa gente” e cumpre com eficiência sua função trazer novos bezerros e novilhas à vida em Goura Vrindávana. Kratu é um touro de raça pura indiana que aqui no Brasil é chamada de Guzerá.

Aqui vemos o encarregado do setor, Yaduvira, junto com um empregado, fazendo a reforma da cerca do pasto da entrada da ecovila. Vida no campo é assim: as intempéries da


natureza nos forçam a constantemente manter e aperfeiçoar as obras de estrutura. Esse é o preço de usufruir da vida saudável junto à natureza. Pela contribuição de nossos amigos e amigas estamos podemos fazer várias reformas e manutenção do complexo programa que é esse “Surabhi Seva”, proteção das vacas. As vaquinhas agradecem.

* * * * *

As águas de Goura (Parte 1) “A benção da água pura”

No mundo todo, o problema da carência de água pura assusta e preocupa. Mesmo em nosso país existem áreas com grave deficiência de água pura. Dizem, inclusive, que em futuro próximo a água pura será a causa de guerras e dominações. Enquanto isso, a água pura flui abundantemente através de Goura Vrindávana. Que benção!!! E é água pura, potável. A água que flui pela bacia do Ribeirão do Mato Dentro é proveniente muitos riachos cujas nascentes estão nas áreas de preservação total do Parque Nacional da Serra da Bocaina, uma unidade federal de preservação de Mata Atlântica que estende-se por 110 mil hectares. Um detalhe importante é que não existe ninguém habitando por trás de nossa propriedade. Por isso, a pureza da água é 100% garantida. Na foto do alto, vemos uma bela cachoeira no sertão de Goura. Nas três outras fotos, vemos as três piscinas naturais de Goura. Os visitantes costumam experimentar o banho refrescante em cada uma das piscinas. Cada uma tem um encanto e humor diferente.

* * * * *


HORTA FLORIDA

Nossa horta é florida. Em inglês, horta é chamada de “vegetal garden”, jardim de vegetais. A horta deve ser assim como um jardim. Uma horta orgânica é uma fonte poderosa de nutrição, sabor e saúde. Estando associada com a beleza natural das flores, a horta nos revela uma outra dimensão de integração com a estética natural pura. Introduzimos os tajetes ou cravos da Índia que, além de belos, funcionam como neutralizador de pragas. Os girassóis marcam presença pelo porte e cores vibrantes. Quem conhece a flor dos quiabos? E a flor da berinjela? A flor do quiabo é aquela de amarelo claro no centro das fotos e a da berinjela é a azulzinha na extremidade das fotos. Vemos também os jilós, amarguinhos, mas simpáticos, e robustas berinjelas, belas como profundas e poderosas ametistas.

* * * * *


Nesse quarto capítulo da série “História de um templo” chegamos na crucial fase do telhado. De fato, esse foi um tremendo desafio. Decidimos que não haveria colunas internas no meio do salão do templo, mesmo sendo um octógono com vasto vão interno entre as colunas externas. Por arranjo da Providência, entramos em contato com um grupo de ótimos profissionais (cinco irmãos) que fizeram um trabalho primoroso. Pelas fotos, vocês podem avaliar a dificuldade desse trabalho. Todos os ajustes para os encaixes das toras de eucalipto foram feitas no alto. A perícia desses profissionais foi admirável. Vocês podem ver que o telhado tem uma ondulação que dá uma leveza e graça especial. Por fim, chegaram as telhas de concreto para cobrir a armação.

* * * * *


O prazer de acampar em Goura

A administração de Goura Vrindávana está se empenhando em estabelecer um camping num padrão profissional para oferecer mais conforto e facilidades àqueles que nos visitam. O lugar já é lindo, a natureza é deslumbrante, o ar é puro, a cachoeira é cristalina, o que falta então? Faltava uma melhor infraestrutura. Agora, além da área coberta para se acampar (Qual camping tem essa facilidade? Pode chover a vontade que tudo vai estar sequinho. Só isso já faz uma tremenda diferença.), foi construído três banheiros completos (com água quente!) e dois vestiários e lavanderia (fim do problema insolúvel das devotas terem que colocar o sari dentro das barracas!). Agora não há mais desculpas. O acesso permite qualquer veículo subir até nossa ecovila e o camping possibilita uma acomodação simples, mas bem equipada, num valor bem em conta, que inclui três refeições diárias.


Família de Santa Catarina: Prana Krishna, Mohini-murti dd e Francisquinho, professor de yoga e psicóloga. Mohini-murti dd. assim se expressou: “Cada vez que venho a Goura Vrindávana percebo seu desenvolvimento, sempre melhorando sua estrutura e o paisagismo. Eu e minha família percorremos mil quilômetros para passar o retiro da semana santa e ficamos muito satisfeitos. Dessa vez, ficamos instalados no camping. Achamos excelente: lugar coberto para as barracas, iluminação, vestiário e banheiros limpos. Isso tudo, sem contar a deliciosa alimentação vegetariana (prasada) servida. Voltaremos sempre”.

De São Paulo, Vira Krishna veio com a família_ mãe, esposa e filha, e Ekanatha veio com sua filha, professor e publicitário. Diz Vira Krishna: “Nossa estadia no camping de Goura foi uma ótima oportunidade de vivenciar o contato com uma natureza bela e exuberante, com cachoeiras cristalinas, com os ótimos programas espirituais no templo. A prasada servida estava muito boa. Todo o barulho e agitação da cidade dá lugar ao canto dos pássaros, dos grilos e do coaxar dos sapos, proporcionando bom descanso e noites de sono agradável. Enfim, acampar em Goura é uma experiência única que certamente repetiremos”.


Do Rio, Vrajesvari dd e Daniel, geólogos.. Ela disse: “Foi maravilhoso estar em Goura, como sempre é! E é lindo ver Goura com cada vez mais estrutura para receber a todos nós! Obrigado por esse cuidado!”

Visão geral da área do camping, mostrando o campinho, o estacionamento e as coberturas para o acampamento. A cachoeira e piscina natural fica pertinho daqui.

Contato e informações: Rama Raya (rama.raya@hotmail.com; 24 99965-2504)

* * * * *


Eventos recentes

O retiro da semana santa foi um sucesso. O clima ajudou bastante: temperatura amena e sem chuvas fortes. Além das caminhadas, banhos nas piscinas naturais, workshops, seções de yoga e outras atividades de lazer, o programa espiritual tanto de manhãzinha quanto à tardinha são sempre pontos altos nos retiros. A esquerda, Purushatraya Swami dirige a palestra matinal, e na direita, vemos um grupo hospedado na pousada Dharmashala preparando-se para uma caminhada ecológica.

* * * * * Eventos futuros Nosso próximo retiro será em plena copa do mundo. O feriadão de Corpus Christis começará no dia 19 de junho, uma quinta-feira. O detalhe importante é que não haverá jogo da seleção brasileira nesse período. Então, o que vocês acham de fugir da agitação da copa do mundo para fazer uma imersão no binômio “espiritualidade/natureza” na paz de Goura Vrindávana? Nesse período, o resto do país estará tomado por paixão desenfreada, euforia (ou grande desilusão), bebedeiras, ondas de protesto, insegurança, em suma, tudo o que o oposto da paz, tranquilidade e elevação da consciência. Comecem a pensar desde já e façam os seus planos.

* * * * *


Opções de hospedagem em Goura Vrindávana  Pousada Dharmashala (www.dharmashala; Facebook: Dharma Shala). Tratar com Acyutananda: acyuta@goura.com.br; 24 99962-5262.  Ashrama e camping (www.goura.com.br; Facebook: Goura Vrindavana). Tratar com Rama Raya: rama.raya@hotmail.com; 24 98163-4306. * * * * *

Seja um amigo ou amiga de Goura Convidamos a você a participar desse projeto. Valorize essa oportunidade. Vamos estar sempre em sintonia. Faça uma contribuição mensal. É importante uma constância nas contribuições para que possamos fazer um bom planejamento e execução das múltiplas atividades internas e assim mantermos um desenvolvimento gradual desse projeto. Para aqueles que vão entrar no time dos “Amigos de Goura”, damos uma tabelinha com as devidas categorias e valores, simplesmente para efeito de se ter uma referência. A escolha é livre. 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8.

Sraddha_ de 5% a 10% do salário mínimo vigente (36 a 72 reais) Sadhu-sanga_ de 10% a 15% do sm (72 a 108 reais) Bhajana-kriya_ de 15% a 20% (108 a 144) Anartha-nivritti_ de 20% a 30% (144 a 216) Nistha_ de 30% a 40% (216 a 288) Ruci_ de 40% a 60% (288 a 432) Asakti_ de 60% a 100% (432 a 720) Bhava e Prema_ acima de 100% do sm.

Lembramos também as contas bancárias do programa: *Bradesco; ag. 105; c/c 203076-4; Paulo Alexandre Klavin Junior (400807067-20) *B. Brasil; ag. 3520-3; 18691-0; Valnir F. Fonseca (264359777-04) *Itaú; ag. 4841; c/c 13586-8; Paulo Alexandre Klavin Junior (400807067-20) Após depositar, por favor, envie um e-mail para Purushatraya Swami (pswami@goura.com.br).


Não esqueçam: Retiro “Fuja da Copa” no feriadão de Corpus Christis em Goura Vrindávana

H a r e K r ish n a !


Info 08 Amigos de Goura  

Informativo 08 do programa "Amigos de Goura" Ecovila e Ashram Hare Krishna GOURA VRINDÁVANA Paraty RJ

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you