Page 1

Tuca

PUC-SP completa 64 anos com missa em 25/8

Ensina-me a viver

A Reitoria da Pontifícia Universidade Católica, a Fundação São Paulo, a Pró-Reitoria de Cultura e Relações Comunitárias e a Coordenadoria de Pastoral Universitária convidam a comunidade acadêmica para a Celebração Eucarística em Ação de Graças pelos 64 anos

O espetáculo Ensina-me a Viver (foto), dirigido por João Falcão, está em cartaz no Tuca e narra o encontro amoroso entre Harold (Arlindo Lopes) e Maude (Glória Menezes). No Tucarena, a garotada pode se divertir com a peça Fábulas de Esopo. |pág. 8

da PUC-SP. A missa acontecerá no dia 25/8, às 12h, na Capela da PUC-SP (campus Monte Alegre) e terá como presidente da celebração Dom Edmar Peron, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de São Paulo, responsável pela presença da Igreja nas Universidades.

Rubens Cerqueira

Aniversário

www.pucsp.br Ano 2 • Número 22 1ª quinzena agosto - 2010

Jornal quinzenal da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Tecnologia e serviços

PUC-SP aposta em agilidade e interação em novo site Mudanças foram baseadas em estudo que durou dois anos e observou estatísticas de acesso Thaís Polato O início do segundo semestre, em 26/7, veio acompanhado de uma novidade para o público interno e externo: o site da PUC-SP. Completamente reformulado, depois de dois anos de intensos estudos e trabalhos, o novo portal traz mais agilidade na publicação e na localização de informações sobre a Universidade e cria canais que valorizam a interatividade com o internauta. Segundo o professor Victor Emmanuel Vicente, diretor da Divisão de Tecnologia e Informação, não se trata apenas de uma renovação de layout, mas de uma grande mudança na forma como o conteúdo do site é priorizado e apresentado. Além disso, ressalta, há uma nova plataforma de gerenciamento de todo o conteúdo on-line. “Durante os últimos dois anos, realizamos um estudo aprofundado nas estatísticas de acesso a todo o site da PUC-SP, para então planejarmos a forma de apresentar seu conteúdo e a nova estrutura de navegação. Foi um processo longo que envolveu todas as equipes da DTI”, afirma Vicente. O novo portal busca atender as

necessidades dos mais de 700 mil visitantes únicos, que em sua maioria procura conhecer os cursos de graduação, pós-graduação e educação continuada da PUC-SP. “Por meio de uma estrutura atualizada e padronizada, com uma mesma identidade visual, pretendemos facilitar a navegação desse usuário a encontrar o conteúdo que procura”, afirma o professor. Entre as mudanças trazidas pela nova plataforma de gerenciamento de conteúdo, merece destaque a construção de uma interface para eventos e calendário administrativo/ acadêmico, facilitando o cadastramento e a busca dessas informações que anteriormente ficavam fragmentadas. “Bonito e eficiente, eis como poderemos, doravante, definir o nosso site, inteiramente remodelado, simples e lógico em suas indicações. Em suma, um trabalho rigorosamente concebido à luz da moderna tecnologia, mas sem comprometimento daquela leveza bela que faz da PUC-SP uma Universidade particularmente simpática e alegre”, considerou o professor Dirceu de Mello sobre a nova página. A professora Ana Zilocchi, que par-

ticipou da coordenação do processo de reformulação do site, destaca a boa receptividade conseguida junto aos internautas. “Alcançamos nosso objetivo de levar, de maneira mais clara e organizada, as informações que sejam relevantes para os públicos externo e interno da Universidade. Temos recebido inúmeros retornos com essa avaliação”, afirma. INTERATIVIDADE – “Queremos uma maior participação de toda a nossa comunidade no site. Professores, funcionários e alunos contam agora com áreas específicas, nas quais poderão encontrar informações, procedimentos e serviços direcionados. Além disso, a comunidade pode enviar fotos que mostrem o cotidiano da Universidade para que sejam publicadas na capa do site, na seção Fotos da Semana. Contamos com a participação de todos”, afirma Vicente. Algumas outras novidades ainda estão previstas para o novo site, tais como podcast, novas galerias de vídeos e fotos, interface para dispositivos móveis, RSS, mapas 3D dos campi e transmissão ao vivo de eventos, entre outros. |pág. 3

Pós-graduando em TIDD faz releitura digital do clássico Autorama

Fundasp na rede

Game do mestrando Reinaldo Ramos já está sendo comercializado pela Apple do Brasil

Já está no ar o site da Fundação São Paulo (Fundasp). A página, que estabelece mais um canal de comunicação entre a mantenedora da PUC-SP e a comunidade universitária, apresenta a Fundação e seus membros, explica sua estrutura (Presidência, Secretaria Executiva, Gabinete, Conselhos e Assessorias) e traz comunicados da mantenedora. Também é possível, no site, conhecer diversos documentos como o Estatuto da Fundasp, Regimentos, Atos da Secretaria Executiva, Balanços e as licitações em andamento. Confira: www.pucsp.br/fundasp.

Bete Andrade O Autorama, brinquedo de corrida de carros muito popular nos anos 80, ganhou uma releitura digital. Desenvolvida pelo mestrando Reinaldo Ramos, aluno do PósGraduação em Tecnologias da Inteligência e Design Digital da PUC-SP (TIDD), o game leva o nome de High Tech Racing e ge-

pucnoticias_capa.indd 1

rou interessou da Apple, que vem comercializando o jogo no Brasil. O HTR HD, como é popularmente conhecido, é um game de corrida que permite ao usuário montar sua própria pista, além de escolher o carrinho que vai utilizar. O jogo, desenvolvido inicialmente para PC (Personal Computer), foi lançado esse ano para ser utilizado em iPhone e iPod. Também acaba de ganhar uma versão para iPad, totalmente em 3D.

Ramos ingressou no TIDD no primeiro semestre de 2009, com o projeto O uso de jogos e suas ferramentas para o ensino de lógica de programação. “Escolhi a PUCSP porque é a única instituição que aceita trabalhos multidisciplinares. Já o TIDD, escolhi porque recebi indicação de ex-professores”, afirma. O jogo já está disponível na loja Apple do Brasil, na categoria “entretenimento”. |pág. 5

5/8/2010 12:30:18


Ponto-e-Vírgula O Pós em Ciências Sociais acaba de lançar novo número da revista Ponto-e-Vírgula, com artigo de Ilya Prigogine (Prêmio Nobel de Química de 1977, falecido em 2003) sobre a criatividade humana. www.pucsp.br

02 Mérito

Ainda na área de tecnologia, trazemos uma reportagem sobre o game criado por Reinaldo Ramos, mestrando da PUC-SP em Tecnologias da Inteligência e Design Digital (TIDD). Ele recriou, em modelo virtual, um clássico dos anos 80, o Autorama. A idéia chamou a atenção da Apple, que já está comercializando o jogo no Brasil. O game de carros e pistas oferece ao jogador três níveis de dificuldade, nove modelos de carros e dezoito faixas, com desafios como loops, saltos, cruzamentos e curvas de alta velocidade. A repórter Bete Andrade foi até a empresa que Ramos montou com outros profissionais da mesma área e conta tudo sobre o jogo (que ela experimentou jogar no iPad). Vale a pena conferir. Boa leitura!

1ª quinzena de agosto - 2010 Grão-Chanceler: Dom Odilo Pedro Scherer Reitor: Dirceu de Mello Vice-reitor: Antonio Vico Mañas Pró-Reitores: André Ramos Tavares (Pós-Graduação) Haydee Roveratti (Educação Continuada) Hélio Roberto Deliberador (Cultura e Relações Comunitárias) José Heleno Mariano (Planejamento, Desenvolvimento e Gestão) Marina Graziela Feldmann (Graduação) Chefe de Gabinete: Claudio José Langroiva Pereira Diretora da Divisão de Comunicação Institucional: Eveline Denardi (MTb 27.655) Editora: Thaís Polato (MTb 30.176) Reportagem: Bete Andrade Eveline Denardi Priscila Lacerda Thaís Polato Thiago Pacheco Assistente-administrativa: Vera Lucas Projeto Gráfico e Editoração: Núcleo de Mídias Digitais Impressão: Artgraph Tiragem: 2 mil exemplares Redação: Rua Monte Alegre, 984, sala T-34 Perdizes, São Paulo, SP CEP 05014-901 Tel.: (11) 3670-8196 E-mail: comunicacao@pucsp.br

Capes concede bolsa para licenciatura Ao todo, cem alunos de graduação serão beneficiados Thaís Polato A PUC-SP acaba de ser contemplada com cem bolsas de iniciação à docência, fornecidas pelo Ministério da Educação, por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O fato se deu depois da Universidade apresentar o projeto PIBID– PUC/SP: Processos de formação inicial em contextos colaborativos: docência e práticas educativas desenvolvidas em escolas públicas de São Paulo, segundo critérios de edital publicado pela Capes. Sob a coordenação da pró-reitora de Graduação, professora Marina Graziela Feldmann, a participação da PUC-SP se deu por meio do Projeto Institucional para Formação de Professores da Educação Básica (PIFPEB). “O êxito da Universidade neste processo se deve à sua experiência qualificada na formação de professores,

BOLSAS – O edital da Capes prevê a concessão de bolsas de iniciação à docência para alunos de cursos de licenciatura plena, coordenadores responsáveis institucionalmente pelo PIBID e supervisores da escola pública, representada pelo professor em efetivo exercício, além de contemplar outras despesas vinculadas ao projeto. Segundo a professora Neide Noffs, Coordenadora Institucional do

Campus Barueri

PIBID, esta é a primeira vez que a Capes concede bolsas para a graduação. O projeto apresentado pela PUC-SP foi apreciado em seu mérito e encontrase, atualmente, em processo de implementação. “Fomos aprovados por mérito, pelo trabalho de reconhecida qualidade que temos na área de formação de professores”, considera Neide. O projeto conta com cinco áreas de formação de professores: Letras, Filosofia; Pedagogia; Ciências Biológicas; Ciências Exatas, Física e Matemática; e Ciências Sociais, História e Geografia. Cada área selecionará 20 alunos (podendo ser, inclusive, ingressantes), que receberão bolsa Capes para participar do projeto. “Este caráter interdisciplinar e o fato das áreas terem número igual de bolsas concedidas diferencia e qualifica nosso projeto”, afirma Neide. Segundo a professora, os

alunos bolsistas de iniciação à docência serão os estudantes dos cursos de licenciatura plena, que estejam regularmente matriculados nas áreas abrangidas pelo PIBID. Porém, no período de vigência da bolsa, deverão dedicar no mínimo 30 horas mensais às atividades do PIBID, sem prejuízo de suas atividades discentes regulares. “A importância deste projeto se deve ao fato de que a Capes, ao valorizar a formação de professores, oferece bolsas aos alunos da graduação para realizarem trabalhos inovadores na escola pública da Educação Básica, sob a supervisão de professores da PUC-SP. Apresentamos um plano de trabalho que articulou as cinco áreas, por meio de atividades planejadas pelos professores junto aos alunos bolsistas”, afirma Neide. Informações pelo e-mail pifpeb@pucsp.br.

Parcerias internacionais

Festa junina solidária

Priscila Lacerda O pró-reitor de Cultura e Relações Comunitárias, prof. Hélio Deliberador, e a diretora do campus Barueri, profa. Maria do Carmo Ferreira, receberam Sonia Furlan, presidente do Fundo Social de Solidariedade de Barueri, para entregar mais de 580 peças de roupas para bebê, no valor de R$ 3.235. A entrega ocorreu na manhã de 8/7, no próprio campus.

pucnoticias_pg_02.indd 1

comprovada em projetos como o Programa Especial de Formação de Professores, o PEC (2001-2007)”, afirma a pró-reitora. Marina destaca ainda a importância social da participação da Universidade. “O fato de termos sido contemplados evidencia a colaboração que a PUC-SP leva à política nacional de aperfeiçoamento e valorização social dos professores da educação básica”, afirma a professora.

Priscila Lacerda / DCI

A tecnologia ganha destaque nesta edição do PUC em Notícias. Primeiro você vai conhecer os serviços e as possibilidades de interação trazidas pelo novo site da Universidade. Resultado de um árduo trabalho, conduzido pela professora Ana Zilocchi e pelo professor Victor Emmanuel Vicente, em conjunto com toda a equipe da Divisão de Tecnologia e Informação e apoio de diversos setores, o novo portal da PUC-SP entrou no ar neste início de semestre. Nosso convite é para que você navegue pelo site, envie conteúdos e faça suas sugestões e críticas. O endereço, você já sabe: www.pucsp.br.

Divulgação

Editorial

As roupas foram compradas com os recursos provenientes dos ingressos da 2ª Festa Junina Solidária da PUC-SP, realizada em junho no campus Barueri. Para a profa. Maria do Carmo, o sucesso de mais um evento demonstra, além de uma parceria bem-sucedida, o estreitamento cada vez maior dos laços entre a comunidade da PUC-SP e a do município de Barueri.

Dia 21/7 o Reitor Dirceu de Mello recebeu a visita de Dom Damião Franklin, grão-chanceler de Luanda e Reitor da Universidade Católica de Angola. No mesmo dia, uma comissão composta pelo Monsenhor Guy-Réal Thivierge, secretário geral da Federação Internacional de Universidades Católicas

(Fiuc), e Pedro Medina, secretário geral adjunto da mesma federação, se reuniram com o reitor, a professora Lucia Maria Bógus (pós em Ciências Sociais) e a funcionária Sheila Clavijo (ARII). O objetivo foi discutir os encaminhamentos do projeto Migrações, capital social e desenvolvimento humano na América Latina.

5/8/2010 12:21:42


Ex-alunos Em comemoração aos 64 anos da PUC-SP, o Centro de Ex-Alunos da Universidade promove o 21º Encontro de Ex-Alunos, dia 26/8, às 20h, no Tuca. Informações: www.pucsp.br/ex-alunos. www.pucsp.br

03 Navegabilidade

Novo portal valoriza redes sociais e acesso à informação

BI

Sempre notícias importantes sobre graduação, pós-graduação e educação continuada.

PUC

RTA PO

L

Área de Destaques

EBMAI

L

da PUC-SP

CA

IOTE BL

W

Completamente reformulado, depois de dois anos de intensos estudos e trabalhos, o novo site traz mais agilidade na publicação proposta.pdf 1 4/8/2010 16:43:58 e na localização de informações sobre a Universidade e cria canais que valorizam a interatividade com o internauta

Acesso para áreas de Alunos e Professores

Ícones de acesso rápido Foram criados para facilitar o acesso aos serviços mais solicitados à Universidade. O aluno, professor ou funcionário poderá acessar com rapidez o site da biblioteca, webmail e também o Portal Acadêmico.

Eventos

C

Área reservada para divulgação de todos os eventos que acontecem na Universidade. Sua navegação permite ao usuário acessar os eventos através de um calendário interativo e obter mais informações sobre as atividades.

M

Y

CM

MY

Fotos da Semana A comunidade PUC-SP pode participar do site, encaminhando fotos relacionadas ao convívio e participação em atividades puquianas. Alunos, professores e funcionários poderão enviar suas fotos por meio de um formuilário preenchido no site.

CY

CMY

K

Twitter PUC-SP

Vídeos

Mais buscadas Conjunto de palavras mais pesquisadas no site da PUC-SP. Estas são direcionadas aos sites e páginas referentes ao assunto pesquisado. O objetivo é que o usuário encontra com mais facilidade o conteúdo de seu interesse.

pucnoticias_pg_03.indd 1

Esta área apresenta vídeos institucionais, transmissão de eventos ao vivo e produção acadêmica. Futuramente, o usuário terá a possibilidade de navegar em uma galeria onde serão encontrados todos os vídeos publicados no site.

Área de notícias

5/8/2010 12:22:11


Radioconto A doutoranda Maria Inês Amarante (Comunicação e Semiótica) venceu edital do Ministério da Cultura com o radioconto Chico Rei: uma lenda afrobrasileira, que será distribuído para rádios brasileiras. www.pucsp.br

04 Expansão

Matrículas abertas

PUC-SP incorpora campus Ipiranga Missa e ato de instalação oficial se realizam dia 12/8, às 8h

Com a presença do grãochanceler, Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, do reitor Dirceu de Mello e dos secretários executivos da Fundação São Paulo, pe. João Júlio Farias e pe. José Rodolpho Perazzolo, serão realizadas no dia 12/8, às 8h, uma missa e o ato de instalação oficial do campus Ipiranga (Av. Naza-

ré, 993). Desde o dia 15/7, a administração do campus Ipiranga (foto) é de responsabilidade da Universidade. Visando auxiliar o processo de incorporação, foi criada uma comissão de acompanhamento, que desenvolverá as atividades de ordem administrativa que se façam necessárias à completa instalação e ao pleno funcionamento do campus Ipiranga. O evento solene marcado para o dia 12/8 é aberto a toda a comunidade.

Acervo DCI

Priscila Lacerda

A Cogeae está com matrículas abertas no campus Ipiranga. Há opções nas áreas de Gestão e

Tecnologia, Línguas e Direito. Veja abaixo as opções. Inf.: (11) 3124-9600 e www.pucsp.br/cogeae.

• Direito Constitucional • Direito Empresarial • Direito Internacional • Direito Tributário – uma visão constitucional • Economia do Investimento e Tecnologia da Informação • MBA em Controladoria • MBA em Marketing • MBA Executivo em Gestão Integrada • Curso Livre de Libras • Espanhol Dinâmico: Aprenda Língua e Cultura • Formação Teológica - Sobre o Novo Testamento • Inglês Oral • Língua Espanhola • Normas Internacionais de Contabilidade • Sustentabilidade, Valores Cristãos e Gestão de Organizações • Universidade Aberta à Maturidade

Expansão 2 Cogeae amplia atividades para interior e litoral

MBA em Marketing Alunos vão a Portugal

Unidade terá cursos em São José dos Campos, Campinas e Santos

Grupo assistiu a aulas e visitou empresas

A Coordenadoria Geral de Especialização, Aperfeiçoamento e Extensão (Cogeae) acaba de firmar três parcerias que expandem suas atividades para cidades do interior e do litoral de São Paulo: São José dos Campos, Campinas e Santos, todas próximas à capital. Em cada uma das cidades, a expansão se dá em parceria com uma instituição diferente. Em São José dos Campos, ocorre com o Grupo Êxito; em Campinas, com o Grupo Ductor; e, finalmente, em

Santos, por meio das Faculdades Universitas. Segundo Carlos Henrique Ramalho, diretor das Faculdades Universitas, a PUC-SP foi escolhida pelo seu reconhecimento acadêmico. “A parceria no segmento de pós-graduação concretiza umaunião de talentos educacionais que resultará numa sinergia com resultados positivos”, considera. De início, haverá a oferta de, pelo menos, dois cursos em cada uma das cidades (Santos: Direito Empresarial e Direito do Trabalho; Campinas: Direito do Trabalho e Direito Processual Civil; São José dos Campos: Direito Contratual,

Acervo DCI

Lucia Santaella recebe prêmio

A professora Lucia Santaella (Pós em Comunicação e Semiótica e TIDD) recebeu um dos mais importantes prêmios na área de comunicação do

pucnoticias_pg_04_05.indd 2

país, o Prêmio Luiz Beltrão 2010. A distinção, concedida pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) e patrocinada pelo programa Globo Universidade, é destinada a pesquisadores, professores, estudantes e demais interessados no trabalho acadêmico e nos rumos da pesquisa na área da Comunicação Social. Seu objetivo é identificar pessoas, equipes ou instituições que apresentaram contribuições relevantes para o campo das ciências da comunicação.

Direito Difusos e Coletivos e MBA em Marketing). “Nossa expectativa, no entanto, é que montemos cerca de 20 cursos fora de São Paulo”, afirma o professor Luiz Guilherme Conci, coordenador da Cogeae. “Pretendemos montar pólos que levem para fora não só cursos de Direito, como ocorre na maioria das nossas parcerias, mas também atividades de outras áreas do saber”, ressalta Conci. A preocupação com as condições das parcerias é um fator importante no processo de expansão das atividades. Segundo Bel Machado, da Cogeae, elas são realizadas

pela PUC-SP somente com instituições ou empresas que tenham demanda efetiva e estrutura própria adequada, física e de pessoal de apoio. “Não podemos nunca perder de vista que é a imagem da Universidade que estamos levando para fora”, defende. EXPERIÊNCIA – Há mais de dez anos a Cogeae firma parcerias com outras instituições de ensino para oferecer cursos, formando mais de três mil alunos por ano. O trabalho já se deu em cidades como Salvador, Campo Grande, Belém, Fortaleza e Cuiabá.

Eleições 2010 Candidatos debatem no Tuca Encontros são em 17 e 18/8 O jornal Folha de S. Paulo e o portal UOL promovem na manhã de 18/8, no Tuca, um debate entre candidatos à Presidência. Participam do evento os três presidenciáveis com maior índice nas últimas pesquisas de opinião divulgadas: Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV). Um dia antes, 17/8, outro debate reúne três candidatos ao governo paulista: Aloísio Mercadante (PT), Celso Russomano (PP) e Geraldo Alckmin (PSDB). Ambos os debates serão transmitidos ao vivo pela internet, a partir das 10h30. Na

PUC-SP, haverá transmissão ao vivo pelo site www.pucsp. br, no auditório 333 (3º andar, Prédio Novo) e nas televisões do campus Monte Alegre. Os interessados em fazer questionamentos aos presidenciáveis devem enviar um vídeo pelo UOL (www.uol. com.br) ou pelo site da Folha de S. Paulo (www.folha.com). Ao final do debate, está previsto um bloco com perguntas de jornalistas do portal e do jornal. A platéia do debate será formada por convidados da Folha de S. Paulo e do UOL, além de jornalistas credenciados.

Divulgação

Priscila Lacerda

Bete Andrade No início de julho, um grupo formado por alunos, professores e coordenadores do curso de MBA em Marketing esteve na Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Católica Portuguesa (UCP). A visita, organizada pelos professores Luiz Claudio Zenone e José Palandi Junior (ambos do Pós em Administração) e Paulo Lencastre (UCP), é parte integrante do módulo de extensão internacional do curso oferecido pela Cogeae. O objetivo principal, além da integração entre alunos de pós-graduação do Brasil e Portugal, é a troca de experiências e conhecimento sobre as práticas do marketing e os desafios do conceito no Mercado Europeu. No dia 7/7, o grupo foi recebido nas dependências da UCP pelos professores Joaquim Azevedo (presidente do Centro Regional do Porto) e Nuno Côrte-Real (diretorexecutivo da Escola de Gestão Portuguesa). No dia seguinte, os alunos da PUC-SP participaram de palestra com o

prof. Pedro Dionísio (doutor em Gestão pela HEC/ Paris e professor convidado na Faculdade Católica Portuguesa) sobre a distribuição enquanto perspectiva espacial da ação de marketing, componentes físicos e logística, arquitetura da rede de intermediários e negociação e controle no varejo. Após a palestra, foi realizado um painel de Marketing com a presença dos professores Paulo Lencastre (UCP), Ana Côrte-Real (UCP), Joana Cesar Machado (UCP), Pedro Dionísio (UCP), Suzana Costa e Silva (UCP), Alexandre Las Casas (PUCSP), Luiz Claudio Zenone (PUC-SP), José Palandi (PUCSP), Luis Volpato (PUC-SP) e João Barros (ESPM). O grupo também visitou, no dia 12/7, a empresa Sonae Sierra, onde participou de uma palestra com João Pessoa Jorge, gestor da empresa. Jorge demonstrou as dificuldades que o Grupo Sonae enfrenta em relação a sua atuação em diversas áreas e as ferramentas de gestão que a empresa utiliza para atuar em diversos mercados e segmentos.

5/8/2010 12:22:53


Gincana do Bem A equipe Os filhos da PUC do bem (alunos, funcionários, professores e familiares do campus Barueri) já está na disputa da Gincana do Bem 2010. Saiba mais: http://filhosdapucdobem.wordpress.com. www.pucsp.br

05 Tecnologia

Game desenvolvido por aluno é vendido pela Apple Reinaldo Ramos faz mestrado na PUC-SP, em Tecnologias da Inteligência e Design Digital (TIDD) Bete Andrade

Bete Andrade / DCI

Um dos brinquedos mais populares dos anos 80, o Autorama, acaba de ganhar uma releitura digital, desenvolvida pelo mestrando Reinaldo Ramos, aluno do PósGraduação em Tecnologias da Inteligência e Design Digital (TIDD) da PUC-SP. O game leva o nome de High Tech Racing (leia box sobre o jogo) e gerou interessou da Apple, que vem comercializando o jogo no Brasil. O HTR HD, como é popularmente conhecido, é um game de corrida que permite ao usuário montar sua própria pista, além de escolher o carrinho que vai utilizar. O jogo, desenvolvido inicialmente para PC (Personal Computer), foi lançado esse ano para ser utilizado em IPhone e IPod. Também acaba de ganhar uma versão para IPad, totalmente em 3D. Ramos ingressou no TIDD no primeiro semestre de 2009, com o projeto O uso de jogos e suas ferramentas para o ensino de lógica de programação. “Escolhi a PUC-SP porque é a única instituição que aceita trabalhos multidisciplinares. Também escolhi o TIDD porque recebi indicação de ex-professores”, afirma. Para seu projeto de mestrado, Ramos usou uma metodologia criada por ele e que costuma utilizar nos cursos que ministra (é professor na área de games). A metodologia mescla teo-

Saiba mais sobre o jogo

Ramos (em pé, de preto) e a equipe da Graffitti Brasil; no box ao lado, imagem do jogo ria e a rotina de criação, e foi desenvolvida com dois colegas, Mayco Augusto Ramalho e André Mello. “Considero que os cursos de graduação e pós-graduação passam para o aluno uma noção que não condiz com a realidade. Aprende-se na teoria algo que na prática do dia-a-dia é diferente”, afirma. Segundo Ramos, seu projeto visa preencher essa deficiência e é voltado principalmente ao estudante de multimídia que, considera, dificilmente aprenderia sobre programação. INÍCIO – A primeira versão do game surgiu durante um curso realizado por Ramos, com o nome de HTR High Tension Racing. O estudante e outros dois colegas de classe, Marivaldo Cabral e Guilhermes

Damian, desenvolveram o projeto de um game online, para PC, no qual era possível ao usuário baixar carros. A parceria foi tão positiva que resultou na criação de uma empresa, a Swin Games. Em seguida, o trio se tornou representante da Graffiti Entertainment no Brasil. Este passo levou à reformulação do jogo, a fim de torná-lo comercialmente viável. “O HTR HD foi refeito pela equipe da Graffiti Brasil trocando o nome para HTR High Tech Racing, um game de corrida que utiliza conceitos de física realista. É um dos poucos jogos que existem no mercado com editor de nível, ou seja, você pode criar sua própria pista”, ressalta Ramos. A entrada no mercado internacional, via Apple, se

deu por meio da Graffitti Entertainment – empresa americana que cria, desenvolve e fabrica tecnologia de informação avançada, incluindo sistemas de informática, software e produtos eletrônicos, e também atua no desenvolvimento de hardware e software para geração de tecnologia de imagem utilizada em jogos e simulações. “A parceria com a Graffitti foi uma excelente chance de ganhar o mercado de games, inclusive o internacional. A tecnologia é da empresa, mas os projetos e profissionais são contratados e remunerados pela filial brasileira”, afirma Ramos. O jogo já está disponível na loja Apple do Brasil, na categoria “entretenimento”. “No nosso país, a categoria ‘jogos’ é proibida devido à

O HTR HD (High Tech Racing) é um jogo de carros e pistas, que oferece ao jogador três níveis de diferentes de dificuldade, nove modelos de carros (que podem ser editados) e dezoito faixas (ou trechos de pista), com vários desafios, como loops (giro de 360º), saltos, cruzamentos e curvas de alta velocidade. A ferramenta, o Track Editor, permite que o jogador crie suas próprias pistas. O jogo é controlado apenas com um dedo e permite a escolha do legislação, por isso todos os jogos estão na categoria ‘entretenimento’”, esclarece Cabral. Sob a chancela da Graffiti, além do HTR, a equipe brasileira vem desenvolvendo outros projetos para plataformas como iPhone, Nintendo Wii, Nintendo DS, Windows e Web. Os profissionais também vêm

modo de visualização da corrida: a partir da perspectiva de uma terceira pessoa que assiste à corrida ou da visão do piloto que está dirigindo o carro. Além disso, permite a visão de acidentes ou capotagens em vários ângulos. Existem também 243 configurações possíveis para cada faixa, além de diversos produtos, incluindo automóveis, motores elétricos, pneus e chassis para otimizar o carro. Outras informações sobre o game: http://htrdev.wordpress.com. atuando no porting (reprogramação de um jogo para adaptá-lo de uma plataforma para outra) de jogos para consoles Nintendo Wii e Nintendo DS, para a matriz da empresa na Califórnia. Da mesma forma, vêm fazendo um trabalho de porting para o iPhone do programa Elemental Engine II.

Thaís Polato O vice-reitor Antonio Vico Mañas, o pró-reitor de Cultura e Relações Comunitárias, Hélio Roberto Deliberador, a assessora para assuntos institucionais e internacionais, Renée Zicman, e o coordenador do Núcleo de Estudos do Futuro (PósGraduação em Adminis-

pucnoticias_pg_04_05.indd 3

tração), Arnoldo Hoyos, receberam, em 27/7, a visita de uma delegação formada por profissionais ligados a instituições e institutos educacionais da China e do Brasil (foto). O objetivo do grupo foi o de discutir potenciais parcerias e intercâmbios com aquele país. O encontro é um desdobramento do 6º Congresso Internacional em Inovação

e Gerenciamento (ICIM), realizado na PUC-SP no final de 2009. O evento também contou com a participação chinesa. Este ano, o ICIM está programado para ter como sede a Wuhan University of Science and Technology (China), cujo reitor, Liu Huacai, integrava o grupo que esteve na PUC-SP no início de julho.

Thaís Polato

PUC-SP reforça parceria entre Brasil e China

5/8/2010 12:22:57


www.pucsp.br

06

PUC-SP, AGORA NO IPIRANGA.

ORGUlhO de eStAR NO bAIRRO qUe fAz PARte dA hIStóRIA dO PAíS.

SÃO PAUlO – bARUeRI – SOROCAbA

AF_An_Jr_Interno_278x318_Campus_PUC.indd 1

pucnoticias_pg_06.indd 1

8/2/10 12:57:00 PM

5/8/2010 12:23:27


Yoga na PUC-SP Estão abertas as inscrições para as aulas de vidya yoga na PUC-SP. Informações e inscrições no PAC (sala 63-G, térreo, Prédio Novo): (11) 3670-8544 ou (11) 3670-8035. www.pucsp.br

07 Opinião

O público e o privado do seu candidato a um “tweet” Para quem nasceu em 1968, quatro anos depois da ditadura, cresceu durante a morte de zeros inflacionários, assistiu o sonho do governo Tancredo Neves e passou pelo messiânico Collor, qualquer opção entre os três candidatos ao Planalto já parece um sonho, pois melhoramos muito como país desde a década de 1980 até hoje. Concordo com Fernanda Torres, em sua coluna “As cigarras e as formigas”, publicada no jornal Folha de S. Paulo, dia 24 de julho, quando ela diz que “já foi o tempo em que a direita e a esquerda, a situação e a oposição, as cigarras e as formigas se opunham de maneira definida. Fosse lá qual fosse sua crença, era fácil saber em quem votar e contra o que lutar”. Hoje, tudo está pasteurizado, parecido e “light” demais. Se escolhermos olhar, por exemplo, apenas a presença dos três candidatos ao Planalto nas mídias sociais, iremos perceber que os candidatos usam linguagem oral e escrita parecida, publicam seus tweets de 140 caracteres de forma parecida, não querem grandes mudanças sociais e econômicas e não discutem polêmicas nos canais no YouTube. Como o jovem pode decidir em quem votar para presidente da República? Resolvi oferecer para nossos estudantes da PUC-SP um roteiro de análise da narrativa dos candidatos na Web. Procure acompanhar os perfis dos candidatos no Twitter, pois nas entrelinhas, percebemos o humor, o que não foi dito e o que foi ressaltado em RTs. Enfim, o buzz dos comentários, das # (hashtags) mais citadas. Na minha opinião, o Twitter é a melhor rede social para análise sociológica dos candidatos. “Logo mais estarei no Franz Café da Praça Benedito Calixto, em São Paulo. Quem estiver por perto, passa lá”, diz Marina Silva no seu perfil do Twitter (http://twitter.com/

Renato Leary

Pollyana Ferrari*

silva_marina), sábado, 24 de julho. Com 106.799 seguidores até o dia 24, Marina almeja chegar aos 200 mil seguidores, o que não deve demorar muito, já que, segundo pesquisa recente feita pelo M&M Online em parceria com a iGroup, empresa de monitoramento em redes sociais, a candidata do Partido Verde mostrou notória evolução nas redes sociais na primeira quinzena de julho, período em que foi dada a largada oficial para as campanhas nacionais. O levantamento foi dividido em duas semanas. A primeira parte compreendeu o período entre os dias 2 e 8 de julho. A segunda avaliou a semana entre 9 e 15 de julho. No primeiro momento, quando foram mapeadas 24.625 ocorrências, Marina foi responsável por 32,13% de todos os comentários relativos aos três principais candidatos à presidência, quase o mesmo índice exibido por José Serra (PSDB), que no período contabilizou 32,69% do volume total. Dilma Rousseff (PT), por sua vez, liderou nesse quesito, com 35,19% do conteúdo postado nas redes sociais, blogs e sites de notícias. No segundo período analisado (9 a 15 de julho), que somou 61.291 ocorrências,

Marina atingiu 33,3% do buzz total, ultrapassando o candidato tucano, com 31,79%, numa trajetória de alta. A petista continuava na liderança com 34,91% do volume, porém demonstrou queda. Com relatos pessoais sobre sua agenda de visitas e comícios, Marina faz bom uso dos recursos do Twitter como RT, # e @1 e ainda imprime um tom de coleguismo com os seguidores e eleitores, ao utilizar diariamente conceitos de cidadania e responsabilidade social na rede. O candidato do PSDB, José Serra, contabiliza o perfil (http://twitter.com/joseserra_) mais seguido, com 305.031 seguidores até 24 de julho, e tem usado a rede social para dicas e até ensinamentos culturais como podemos ver no seu comentário durante visita ao mercado municipal de Florianópolis: “Os “barraquistas” venceram o debate nas urnas e o Mercado foi construído em frente à Matriz. Twitter também é cultura, rs, rs”. Ou ainda: “Vocês sabiam que a localização do Mercado de Florianópolis deu origem aos dois primeiros partidos políticos de Santa Catarina?”. Nessa mesma visita, o candidato foi alvo de um ovo, que atingiu um dos seus seguranças, mas nada foi comentado no

Twitter. Dissabores ficam de fora, pra que registrar e criar um buzz maior do que o fato em si. Afinal, uma das regras do convívio 2.0 é saber não responder, calar-se quando necessário. Já a candidata do PT, Dilma Rousseff (http://twitter.com/ dilmabr) tinha 125.214 seguidores até dia 24 de julho. Também com relatos diários sobre a agenda corrida, Dilma não utiliza muito os recursos de RT, mas vem se soltando mais na rede, permitindo comentários até engraçados como quando comentou, no último dia 15 de julho, sobre o sucesso do DilmaBoy: “E vamos seguir o @dilmaboyoficial também, não é, gente...” e “Um grande abraço ao Paulo Reis, o querido DilmaBoy. Visitem os links: www.youtube.com/pauloenriquerc www.galeradadilma. com.br/?p=3244” Além das presenças diárias e ativas no Twitter, os três principais candidatos também marcam presença no YouTube e Flickr. José Serra (PSDB), por exemplo, mantém um Flickr (http://www.flickr.com/photos/joseserra/) bem atualizado, verdadeiro registro visual da campanha. No canal no YouTube (http://www.youtube. com/JSerra2010) Serra contabilizava 18.386 exibições e 59 inscritos (até 09/07). A qualidade dos vídeos, ao meu ver, deixa a desejar, falta uma edição mais profissional do material enviado ao canal. Serra não tem página no Facebook, tudo está centralizado num website (http://www.serra45.com.br/) do candidato na rede. Já Marina Silva (PV), além do site (http://www.minhamarina.org.br/home/home.php), centralizando todas as entradas para as redes sociais, mantém forte presença no Facebook, com 4040 pessoas inscritas (http://www. facebook.com/marinasilva. oficial). No Orkut, sua comunidade possui 3284 membros e o canal no YouTube apresenta 361 inscritos e 127.249 exibições de material enviado (http://www.youtube. com/msilvaonline). No Flickr (http://www.flickr.com/pho-

tos/marina-silva) Marina Silva (PV) mantém um bom registro visual do desenrolar da campanha. Dilma Rouseff também não é diferente e centraliza todas sua campanha num website próprio (http://www.dilma13. com.br), com links para página no Facebook (http://www. facebook.com/dilmabr), link para sua página pessoal no Orkut, onde podemos ver a mensagem da candidata convidando seus mil amigos para participarem de uma comunidade. “Caros amigos, Infelizmente o Orkut está nos impossibilitando de termos mais amigos. Devido ao fato de apenas mil pessoas poderem ser amigos e já estarmos lotados, criamos uma comunidade para que você possa interagir conosco. Entre aqui http://www.orkut.com.br/ Main#Community?cmm= 101994554&refresh=1 e interaja. Sua participação fará toda diferença! “

Link para Flickr (http://www. flickr.com/photos/dilma-rousseff), onde encontramos fotos bem editadas da campanha e também seu canal no YouTube (http://www.youtube. com/dilmanaweb) com 452 inscritos, 332.085 exibições

de material enviado e 116 comentários. Não há dúvida que o Twitter ainda é a principal ferramenta 2.0 adotada pelos três candidatos que lideram as pesquisas na disputa pelo Planalto. Segundo pesquisa DataFolha, concluída dia 23 de julho, exatos 25 dias antes do início do debate eleitoral na TV, José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) continuam tecnicamente empatados na disputa à Presidência da República. Serra está com 37% e Dilma com 36%. Já Marina Silva, do PV, oscilou de 9% para 10%. Será que a web vai ajudar no desempate? Questionada sobre a desistência dos candidatos José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) de participarem do primeiro debate pela Internet, que seria em 26 de julho, Marina Silva (PT) argumenta via Twitter: “Para mim, a Internet é uma ferramenta para a boa governança e não apenas um instrumento de autopromoção”. *Doutora em Ciências da Comunicação (USP) e jornalista. Na PUC-SP, dá aulas em Jornalismo e Multimeios (graduação) e Design, Programação Visual e Infografia e Jornalismo Online (pós). É autora de Jornalismo Digital, Hipertexto, Hipermídia e A força da mídia social.

Aprendendo a interpretar a narrativa 2.0 O governo de Sergipe lançou, em 27/5, durante o Seminário Secom/Unesco: Mídias digitais e tranformação social: um novo paradigma para a comunicação, o livro A força da mídia social, de Pollyana Ferrari. Ela relata seu trabalho com internet, desde 1995, com passagens por Época Online, IG, Globo.com e TV Cultura. O leitor é envolvido numa viagem pelos relacionamentos, sentimentos, informações e desejos que circulam em fluxos nas mídias sociais. As divagações (wandering) podem ser percebidas nas comunidades, no Orkut, em blogs ou

tweets. Em uma conversa informal com o leitor, a autora recorre à filosofia, à cognição, à tecnologia da informação e à sociologia para tentar mapear essa narrativa orgânica e remixada. “A sociedade mudou e a comunicação é um agente fundamental para construção de memória e sentido nesse novo contexto social. Como comunicadores, devemos nos concentrar em propor melhorias para promover o uso da não-linearidade, cuja cognição ocorrerá conforme a bagagem cultural e sígnica de cada leitor”, ensina Pollyana.

1 “RT” é uma abreviação para “ReTweeting”. Isto significa repetir/transcrever um post no Twitter (= tweet) de algum texto que você achar útil. As hashtags, ou o # no Twitter, tem o significado de que se você clicar na palavra que vem depois do # (ex: #forasarney) será aberta uma busca com aquela hashtag. E o @, nada mais é do que responder para alguém.

pucnoticias_pg_07.indd 1

5/8/2010 12:23:56


Pensamento católico Dia 31/8, às 17h, o Núcleo Fé e Cultura e a Pastoral Universitária promovem seminário sobre pensamento católico e interfaces na educação, no campus Perdizes. Inscrições: fecultura@pucsp.br. www.pucsp.br

08 Teatro

Glória Menezes e Arlindo Lopes em cartaz no Tuca Espetáculo Ensina-me a viver, dirigido por João Falcão, já foi visto por mais de 200 mil pessoas leva o espectador a acreditar que simplificar a vida é o melhor caminho e que o amor continua sendo o melhor remédio. TEMPORADA – O espetáculo segue em cartaz até 26/9, no Tuca, sextas e sábados às 21h30, e domingos, às 19h. Professores, alunos e funcionários pagam R$ 10 pelo ingresso e a comunidade externa R$ 30 (R$ 15, meia entrada). A compra de ingressos pela internet pode ser feita no site www.compreingressos.com. Central de Vendas: (11) 2626-0938 (aceita todos os cartões de crédito).

Teatro infantil Cia. Faz e Conta aposta na narrativa para recontar Fábulas de Esopo

pucnoticias_pg_08.indd 1

Divulgação

Da Redação

forma inteligente, divertida e lúdica. Fábulas de Esopo está em cartaz no Tucarena até

Peça trata do encontro entre um “senhor” de quase 20 anos e uma “menina” na casa dos 80

Oficina gratuita

A intérprete Ana Luiza Lacombe utiliza materiais como caixas, grampos, pano e barbante para criar personagens

O espetáculo Fábulas de Esopo, dirigido por Gustavo Trestini, tem uma personagem andarilha, contadora de histórias, que vive a vagar pelo mundo munida de sua violinha. Em suas andanças, utiliza todo tipo de material (caixas, garrafas, grampos, pedaços de pano, barbante) para criar os personagens das histórias Queixa do Pavão, O Leão e o Mosquito e O Ratinho do Campo e O Ratinho da Cidade. A nova montagem conta com grande equipe de produção e percussão/ sonoplastia, realizada ao vivo. Segundo a produção do espetáculo, a narrativa é elogiada pelos críticos de teatro infantil em São Paulo, pela singularidade e simplicidade ao tratar de fábulas escritas supostamente há mais de dois mil e quinhentos anos, de uma

Rubens Cerqueira

Dirigido e adaptado por João Falcão, o espetáculo Ensina-me a Viver traz ao palco do teatro da PUC-SP um elenco encabeçado por Glória Menezes e Arlindo Lopes. A peça narra o encontro amoroso entre Harold (Lopes) e Maude (Glória). Harold é um “senhor” de quase vinte anos, obcecado pela morte. Maude é uma “menina” de quase oitenta anos, apaixonada pela vida. Sensível, inteligente e rico, Harold não conheceu o pai. Convive com uma mãe indiferente e autoritária, numa relação desprovida

de qualquer contato afetuoso. Atormentado, Harold tenta chamar a atenção materna simulando tragicômicas tentativas de suicídio. A quase octogenária Maude, ao contrário, tem uma paixão incomparável pela vida. Aproveita cada segundo de sua existência como se fosse o último. O contato entre esses dois não poderia ser mais inusitado e improvável, mas quando se encontram, a sintonia é imediata. Maude, cheia de alegria e positividade, ensina ao deslocado Harold os prazeres da vida e da liberdade. Ensina-me a Viver é uma tocante e bem-humorada história de descobertas, que

29/8, aos sábados e domingos, às 16h. Ingressos a R$ 20 (R$ 10 meia entrada e comunidade PUC-SP).

A intérprete Ana Luiza Lacombe realiza oficina gratuita sobre a arte de contar histórias, dia 10/8, das 10 às 12h, no Tucarena. Com o evento, ela comemora seus 30 anos de carreira e os oito anos do projeto Faz e Conta. Ana Luiza defende que contar histórias é uma das experiências mais antigas do ser humano, uma forma de compartilhar experiências e de entender o mundo que nos cerca. “As histórias têm conteúdos que nos ajudam a lidar com mistérios da existência e a enfrentar com menos ansiedade medos, perdas, desafios, conflitos”, afirma. Durante a oficina, serão abordados os diversos estilos dos contos populares (lendas, fábulas, contos de fadas) e trabalhados os recursos já disponíveis para contá-los e outros que poderão ser desenvolvidos pelo grupo. A apresentação é ilustrada por imagens e apostilas didáticas que serão distribuídas a todos os participantes. Haverá emissão de certificado aos participantes. Interessados devem enviar e-mail para tucacom@pucsp.br.

O ator na rua Lume comemora 25 anos

Bete Andrade / DCI

Da Redação

Alunos do workshop O ator na rua realizam performance na manhã de 30/7, nos arredores do Tuca, em Perdizes. A oficina ministrada pelo ator Ricardo Puccetti integrou as atividades desenvolvidas pelo projeto Casa Lume, realizado no teatro da PUC-SP, entre os dias 26/7 e 1º/8 para marcar os 25 anos do Lume e os 45

anos do Tuca. O workshop teve como proposta, usando de pedagogia própria e com uma visão predominantemente prática, transmitir os métodos de treinamento físico e vocal do Lume para atores: o como fazer, modos de coleta de material para a cena, suas técnicas e sua ética na abordagem do trabalho teatral.

5/8/2010 12:24:26


Edição 22  

Jornal quinzenal da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you