Page 1

Brasileiro deve gastar acima de R$ 100 no Dia dos Namorados

Ministério Público aciona Prefeito e procurador de Uruaçu

página 6

página 3

Marconi entrega cartões do Bolsa Futuro e garante em investimentos O governador Marconi Perillo entregou na quartafeira, 30, os cartões a 52 beneficiários do Bolsa Futuro, que representavam os 52 municípios contemplados com o programa. Goiás vai investir R$ 600 milhões na capacitação de 500 mil pessoas até 2014. O evento foi no Centro Cultural Oscar Niemeyer. O chefe do Executivo frisou que os dados demonstram a importância do Estado no cenário nacional. Segundo Marconi, nos três primeiros meses do ano Goiás foi o estado que mais cresceu na indústria e no PIB. pág. 6

Estudo mostra que 4,7% das ruas do país têm rampa para cadeirante Apenas 4,7% das ruas do país têm rampa de acesso para cadeirantes, segundo a pesquisa divulgada nesta semana pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) com base nos dados do Censo 2010. Segundo o levantamento, nenhuma cidade do país tem todas as ruas com a benfeitoria para deficientes. A cidade que mais se aproxima dessa condição é Jaguaribara (255 km de Fortaleza), no Ceará. De acordo com o IBGE, 75,5% dos logradouros da cidade têm os acessos para cadeirantes. página 8 FOTO: Divulgação EI/CN

Emenda conseguida através do Deputado Federal João Campos (E) foi requisitada por Weder Peres (Chambinho) em prol do esporte local

Caldas Novas trabalha para conquistar espaço no esporte O Esporte em Caldas Novas está caminhando para se tornar um celeiro de craques. Se depender das escolinhas de iniciação esportiva, que atendem a mais de 2 mil alunos e dos campeonatos amadores, que reúnem dezenas de times, o esporte, principalmente o futebol, pode estar a caminho de dias melhores. O município de Caldas Novas e circunvizinhos possuem público com capacidade e poten-

cial para alcançarem representatividade nacional, sendo necessário para isso, investimentos em infra estrutura e recursos humanos para desenvolvimento de um trabalho de qualidade. O acesso dos participantes nas modalidades esportivas, que já apresentam resultados individuais expressivos, estimularia ainda mais a formação de novos página 5 atletas.

Lojas Americanas abre nova unidade em Caldas Novas Caldas Novas acaba de ganhar uma unidade das Lojas Americanas (foto acima). Com investimento de R$2 milhões, a nova loja será a de número 639 no país. A inauguração faz parte do programa “Sempre Mais Brasil”, que prevê a abertura de mais 300 lojas até 2013. página 5

Postos de combustíveis têm aumento de 11,5% nos lucros

11% das moradias têm esgoto a céu aberto na rua

Impulsionada pelo consumo da nova classe média, o aumento nas vendas de carros no ano passado garantiu aumento de 11,5% no faturamento dos postos de combustíveis no Brasil em 2011, na comparação com o ano anterior, que totalizou R$ 223,1 bilhões. página 6

O esgoto a céu aberto e o despejo irregular de lixo permanecem no entorno (um dos lados da quadra) de 11% e 5% dos domicílios brasileiros, segundo pesquisa inédita do IBGE. A pesquisa tem como objetivo apontar as características urbanas dos municípios. página 8

Uso da máquina pública poderá acarretar em cinco anos de prisão A comissão de juristas que discute mudanças ao Código Penal aprovou na segunda-feira, 28, uma proposta para punir com pena de até cinco anos de prisão o candidato que tenha se beneficiado pelo uso da máquina pública durante o período eleitoral. Atualmente, a pena é de apenas seis meses de prisão. página 3

Nova lei nacional da Adoção regulamenta a situação das crianças e enfatiza a reintregação com a família natural, causando lentidão no processo

Apenas uma em cada sete crianças que vivem em abrigos está apta a ser adotada Enquanto aguardam os trâmites judiciais e as tentativas de reestruturação de suas famílias, as crianças que vivem em abrigos de todo o país permanecem em uma situação indefinida, à espera de um lar. Das 39.383 crianças e adolescentes abrigadas atualmente, apenas 5.215 estão habilitadas para adoção. Isso representa menos de 15% do total, ou apenas um em cada sete

meninos e meninas nessa situação. Aprovada em 2009, a Lei Nacional da Adoção regula a situação das crianças que estão em uma das 2.046 instituições de acolhimento do país. A legislação enfatiza que o Estado deve esgotar todas as possibilidades de reintegração com a família natural antes de a criança ser encaminhada para adoção, o que é visto como o último recurso. página 4


FOTOS: Divulgação

artigo

A traição invade a ficção O tema traição está em alta. Com as confusões armadas pelo personagem de Alexandre Borges na novela Avenida Brasil, na TV Globo, muitos se perguntam o que leva alguém a manter duas famílias e ainda uma amante. Mas para falarmos de traição, precisamos antes fazer a seguinte pergunta: o que é trair? A traição não é uma questão meramente sexual. Trair é mais do que arrumar outro parceiro sexual. A traição está ligada à confiança: um acordo que temos e foi quebrado, desrespeitado. É o rompimento de um contrato cujos termos remetiam à cumplicidade do casal. Os termos deste contrato estão estabelecidos, justamente, na cumplicidade do casal. Como passam seus dias, sobre o que conversam, quais os seus gostos, o que um quer, o que outro deseja, como um respeita o outro. A partir disto, percebemos que cada relacionamento tem a sua dinâmica, a sua complexidade, e que, portanto, um raio-x sobre o casal se faz necessário - como um processo terapêutico, por exemplo - para revelar quais foram realmente os motivos para uma traição, que podem ser inúmeros. De forma geral, podemos descrever alguns deles, como a insatisfação com o parceiro (sexualmente ou mesmo no tratamento diário, no respeito e acolhimento que recebe), a busca por novidades fora de casa, a incerteza sobre os sentimentos pelo parceiro (busca-se encontrar alguém para colocar em teste o amor que se sente, saber se aquela é mesmo a pessoa certa) ou até mesmo a insegurança que o parceiro sente (alguém que busca provar a si mesmo que ainda é capaz de conquistar e que não está aprisionado ao outro). Por estes motivos podemos dizer certamente que pessoas satisfeitas com seus relacionamentos, por exemplo, também traem, pois a traição não está ligada somente à insatisfação, mas a outras razões, como o alívio da mesmice, do dia a dia. Os motivos da traição têm ligação íntima com a maneira de trair, ou seja, com a diferença da traição de uma noite para o estabelecimento de um amante. Se a traição de uma noite já implica em ter um segredo, ou seja, na solidão de um segredo impossível de ser compartilhado com o parceiro, manter uma vida paralela é estar constantemente nesta solidão, carregando algo exclusivo e que deve ser sempre escondido do parceiro. Esta solidão, esta vivência exclusiva, pode ser por si só o motivo da traição, por exemplo. O mito da guerra dos sexos é sempre levantado

INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE

quando se fala em traição e nos motivos de se trair. Em uma sociedade patriarcal, onde a mulher vivia em casa e sem dinheiro, o homem certamente tinha oportunidades mais óbvias e corriqueiras que lhe permitiam a traição. Hoje em dia, no entanto, esta situação mudou. Traição não é questão de gênero, mas de como cada pessoa se relaciona com seu parceiro e consigo. Logo, a diferença entre o jeito de trair do homem e da mulher está ligada à própria diferença entre o homem e a mulher de forma global. Generalizações levam sempre a preconceitos e formulações erradas. Há homens sensíveis e mulheres secas; há homens que traem, pois buscam o romance que não estão tendo no casamento e há mulheres que traem porque querem apenas uma noite de sexo. Com uma traição consumada e descoberta, surge outra questão, o perdão. Para perdoar é preciso ter de fato a traição, ou seja, duas pessoas engajadas e entregues naquela confiança que foi quebrada. Quem traiu precisa assumir seus atos, querendo entender porque traiu e querendo agir diferente, em prol da relação. Também é preciso que quem foi traído queira entender a traição junto com o parceiro, se implicando na relação e visando o futuro em comum, amparado no amor que os dois construíram. Desta forma, a construção de um relacionamento saudável depois de uma traição é possível, mas depende de alguns fatores cruciais. Um deles é que ambos tenham no amor um sentimento maior do que a raiva da traição. Outro fator é não deixar que a vida íntima seja exposta e aberta aos palpites e julgamentos de terceiros. A opinião dos outros pode arruinar as chances do casal seguir sua própria vontade, com medo de serem julgados em um eventual retorno à relação. Por fim, é importante levar em consideração o quão saudável era, ou não, a relação antes da traição. Muitas vezes a traição é um sintoma de um relacionamento que vai mal, é um alerta que mostra que, de fato, tudo anda ruim entre o casal. Se for este o caso, a pergunta a ser feita não é se é possível superar a traição, mas se vale a pena tentar permanecer na relação. Quanto à novela, só nos resta aguardar por seu desfecho. Vitor Sampaio é psicólogo, pósgraduado em psicologia clínica e mestrando da linha de Fenomenologia-Existencial.

cenas O prédio de 1.000 m² da UPA – Unidade de Pronto Atendimento de Caldas Novas está sendo equipado. Com custo de cerca de R$ 2 milhões, recursos do Governo Federal e contrapartida do município, a obra deve atender a 300 pacientes por dia.

resumidas

Verdes

Mortalidade

Goiás registrou redução de 33% no número de casos de mortalidade materna em 2011. De janeiro a setembro do ano passado, foram registrados 24 óbitos de mulheres decorrentes de complicações na gravidez e no parto.

Se adotada por todos os países, a economia verde como modelo de desenvolvimento, criaria em 20 anos entre 15 e 60 milhões de novos empregos no mundo. A conclusão está no relatório Rumo ao Desenvolvimento Sustentável, divulgado pela Iniciativa Empregos Verdes.

UEG

Aumento

O Demae prepara um reajuste na conta de água de 10,4% a partir do mês de julho. De acordo com o órgão, a medida visa equiparar o custo em Caldas Novas com as tarifas da Saneago.

Acidentes

Atualmente, mais de 340 obras estão em andamento em Goiânia e se convertem em emprego para 90 mil trabalhadores. Mas o setor de construção civil é também um dos primeiros na lista de acidentes de trabalho.

Apoio

O deputado Evandro Magal (PP)(foto) destacou, em discurso na quarta feira, 30, a iniciativa do governador Marconi Perillo (PSDB) de se dirigir ao Congresso Nacional e se colocar forrmalmente à disposição do Parlamento para esclarecimentos sobre seu suposto envolvimento com as atividades do contraventor Carlos Cachoeira. De acordo com Magal, o povo goiano não tem do que se envergonhar em relação ao Governador do Estado, que, com seu trabalho, está colocando Goiás entre os Estados que mais se desenvolvem economicamente no Brasil.

Passe

Propaganda

Pré-candidatos estão liberados, deste o sábado, 26, para fazer propaganda dentro de seus partidos, para correligionários. Essa publicidade serve para que militantes decidam quem indicar para as eleições.

Campanha

O projeto de lei do Governo do Estado que institui o Programa Passe Livre Estudantil (PLE) já se encontra em tramitação na Assembleia Legislativa. Junto com outros 14 projetos da Governadoria, a matéria segue agora para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação, que deverá ser convocada pelo líder do Governo, Helder Valin (PSDB).

O Movimento do Ministério Público Democrático, associação que reúne promotores e procuradores de 22 Estados brasileiros, lançou uma campanha nacional para promover a discussão sobre os efeitos da corrupção no Brasil, com peças para jornal, tv e cinema.

Encontro

Meta

A poucos dias do fim, a campanha de vacinação contra a gripe atingiu 76,25% do público-alvo em Goiás e deve alcançar a meta de 80%, estabelecida pelo Ministério da Saúde. Segundo o último levantamento, 637.350 pessoas de um total de 835.862 foram imunizadas.

Itumbiara ganhou uma sede da Universidade Estadual de Goiás. O campus, denominado Professora Luciene Garcia de Almeida, fica ao lado do Distrito Agroindustrial e passa a oferecer cursos de Ciências Econômicas, Farmácia, Enfermagem e História para mais de 370 alunos.

Homenagem

O projeto “Câmara Mirim”, de autoria do vereador André Rocha (foto), realizou uma sessão solene homenagem ao dia das mães. Os vereadores mirins entregaram às mães previamente es A cerimônia contou com a presença das vereadoras Estela Godoy e Gizélia Custódio, também homenageadas pelos vereadores mirins, como mães. colhidas, representando todas as mães de Caldas Novas, um diploma alusivo à data e flores.

O Jornal Cidadão é uma publicação do Grupo I9 Gráfica & Brindes e Editora LTDA

Diretora Geral e Financeira

Diretor Administrativo

Helen Cristina Candido

Nei Bastos

REDAÇÃO: Av. das Nações, Qd. 17 Lt. 11 Jardim dos Turistas - Caldas Novas - Goiás

CRA GO/TO 5792

CRA GO/TO 1546

Jornalista Responsável

Redação e Editoração

Rodermil Pizzo

Agência Thorium

MTb JP 19.387/SP

johnpauloreis@gmail.com

O JORNAL CIDADÃO NÃO SE RESPONSABILIZA PELOS CONCEITOS E OPINIÕES EMITIDOS NOS ARTIGOS ASSINADOS.

Goiás sedia nesta semana encontro da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil e Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás, que tem por objetivo apresentar o trabalho realizado em prol da agropecuária do País. Serão ministradas nove palestras voltadas para técnicos e profissionais do segmento agropecuário.

Departamento Jurídico

Dr. Nelson B. Almeida OAB/GO 5.179

Dr. Ernani Teixeira OAB/GO 14.104

TELEFAX: 64 - 3455.3567 www.jornalcidadao.com redacao@jornalcidadao.com comercial@jornalcidadao.com CNPJ: 12.656.261/0001-43


Uso da máquina pública poderá acarretar em cinco anos de prisão A comissão de juristas que discute mudanças ao Código Penal aprovou na segunda-feira, 28, uma proposta para punir com pena de até cinco anos de prisão o candidato que tenha se beneficiado pelo uso da máquina pública durante o período eleitoral. Atualmente, a pena é de apenas seis meses de prisão. O colegiado propôs uma grande reformulação na legislação eleitoral brasileira. Os juristas enxugaram de 85 para apenas 14 os tipos de crimes existentes no Código Eleitoral, de 1965, sugerindo a incorporação deles ao Código Penal. De modo geral, os juristas sugeriram aumentar penas para crimes eleitorais graves, como a compra de votos e a coação de eleitores, e descriminalizar algumas condutas, como a boca de urna. Atualmente, a pena prevista para o candidato que compra votos ou o eleitor que os vende é a mesma, de quatro anos de prisão mais multa. A comissão propôs separar os crimes de corrupção eleitoral ativa (praticado pelo candidato ou seu representante do partido ou coligação) e passiva (feito pelo eleitor). Foi sugerida uma pena máxima maior para quem compra votos, de dois a até cinco anos de prisão e multa. No caso do eleitor, a pena ficaria de um ano a quatro anos de prisão. A comissão facultou ao juiz conceder um perdão judicial caso fique demonstrado que foi um eleitor em condição de “extrema miserabilidade” que recebeu a vantagem do candidato. As maiores penas propostas referem-se aos casos em que há fraude ao processo de votação. A mais elevada delas, de quatro a dez anos de prisão, é quando ocorre a

Senado vota nova Lei dos crimes de lavagem de dinheiro

Procurador Geral da República Luiz Carlos Gonçalves, relator da Comissão

falsificação do resultado da votação manual ou eletrônica, quando fraudulentamente alguém altera a apuração parcial ou total introduzindo, alterando ou suprimindo dados. A eventual destruição da urna como mecanismo de fraude teria pena de até seis anos de prisão. Uma inovação foi defender para quem divulgue fatos inverídicos contra um adversário uma pena de até

quatro anos de prisão. Ao mesmo tempo, o colegiado decidiu descriminalizar a chamada boca-de-urna. O relator da comissão, o procurador regional da República, Luiz Carlos Gonçalves, afirmou que a prática “sempre aconteceu no Brasil” e não tem, na avaliação dele, dignidade penal. Mas continuaria ilícito de natureza cível. “Não dá para comparar a conduta de quem

distribui planfetinho no dia da eleição da de quem compra voto”, afirmou. A comissão tem até o final do mês de junho para apresentar uma proposta de reforma do Código Penal ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Caberá à Casa decidir se transforma as sugestões dos juristas em um único projeto ou as incorpora em propostas que já tramitam no Congresso.

MP aciona Prefeito e procurador de Uruaçu O promotor de Justiça Afonso Gonçalves Filho propôs ação civil pública contra o prefeito de Uruaçu, Lourenço Pereira Filho, e o procurador do município,Roberto Rezende Jordão, por ato de improbidade administrativa. Segundo o promotor, os dois, em conluio e com a finalidade de promover especulação financeira e possivelmente obter vantagens indevidas, encaminharam projeto de lei à Câmara Municipal para autorizar a desafetação de áreas públicas municipais dos loteamentos Lago Sul I e II e, ao mesmo tempo,

promover a permuta desses terrenos. Conforme apurado pelo MP, o projeto de lei, sem qualquer critério e controle da legalidade por parte do Legislativo, foi aprovado, sendo editada a Lei n 1.651/11 que, dentre outras questões, autorizou o chefe do Executivo a permutar áreas públicas, entre elas as existentes nos loteamentos Lago Sul I e II. Assim, sustentada por essa lei, houve a transferência de sete áreas públicas para Lenimar Martins da Silva. Para o promotor, o prefeito e o procurador municipal, em absoluta afronta à ordem

constitucional e à legislação federal, promoveram a desafetação de bens públicos com o fim de especulação financeira, sendo responsáveis pela transferência dominial ilegal e irregular das áreas públicas. O MP pede, portanto, a condenação do prefeito e do procurador do município de Uruaçu nas penas da Lei de Improbidade Administrativa, que inclui a perda das funções públicas, a suspensão dos direitos políticos por oito anos, pagamento de multa de até cem vezes o valor da remuneração dos acionados, entre outras sanções.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou na quartafeira, 30, o projeto de lei que endurece a legislação para os crimes de lavagem de dinheiro. A proposta, que precisa apenas passar pelo plenário da Casa para entrar em vigor, prevê que qualquer recurso com origem oculta ou ilícita passa a ser enquadrado como lavagem de dinheiro. Até hoje, apenas o que viesse de tráfico de armas e de drogas, crimes contra a administração pública ou terrorismo poderia ser classificado dessa maneira. A proposta está no Congresso desde 2003. Começou como um projeto do Senado, foi para a Câmara e voltou como um substitutivo há um ano, em junho do ano passado. Nesta quarta, a CCJ aprovou o texto com apenas dois votos contrário, dos senadores Pedro Simon (PMDB-RS) e Eduardo Suplicy (PT-SP), que preferiam o projeto inicial do Senado. Também foi aprovada a urgência, o que deve permi-

tir que o PL seja votado em plenário já na próxima semana. O momento, com a CPI do Cachoeira concentrando as atenções no Congresso, permitiu a aceleração da proposta. Hoje, recursos oriundos do jogo do bicho, uma contravenção, não pode ser enquadrado na legislação como lavagem de dinheiro. O projeto também prevê outras alterações significativas, como a possibilidade de que sejam apreendidos bens de laranjas dos criminosos, desde que comprovada a relação A nova lei prevê que as penas por lavagem passem a ser de três a 10 anos de reclusão e as multas aos condenados passam de um máximo de R$ 200 mil para um máximo de R$ 200 milhões. Ao mesmo tempo, permitirá que a delação premiada, hoje prevista em lei, possa ser feita “a qualquer tempo”, mesmo depois da condenação, para aqueles que queiram colaborar com as investigações.

Senador Pedro Simon (PMDB-RS) foi voto contrário


Apenas uma em cada sete crianças que vivem em abrigos esta apta a ser adotada Enquanto aguardam os trâmites judiciais e as tentativas de reestruturação de suas famílias, as crianças que vivem em abrigos de todo o país permanecem em uma situação indefinida, à espera de um lar. Das 39.383 crianças e adolescentes abrigadas atualmente, apenas 5.215 estão habilitadas para adoção. Isso representa menos de 15% do total, ou apenas um em cada sete meninos e meninas nessa situação. Aprovada em 2009, a Lei Nacional da Adoção regula a situação das crianças que estão em uma das 2.046 instituições de acolhimento do país. A legislação enfatiza que o Estado deve esgotar todas as possibilidades de reintegração com a família natural antes de a criança ser encaminhada para adoção, o que é visto como o último recurso. A busca pelas famílias e as tentativas de reinserir a criança no seu lar de origem podem levar anos. Juízes, diretores de instituições e outros profissionais que trabalham com adoção criticam essa lentidão e avaliam que a criança perde oportunidades de ganhar um novo lar. “É um engodo achar que a nova lei privilegia a adoção. Em vez disso, ela estabelece que compete ao Estado promover o saneamento das deficiências que possam existir na família original e a ênfase se sobressai na colocação da criança na sua família biológica. Com isso, a lei acaba privilegiando o interesse dos adultos e não o bem-estar da criança”, avalia o supervisor da Seção de Colocação em Família Substituta da 1ª Vara da Infância e da Juventude do DF, Walter Gomes. Mas as críticas em relação à legislação não são unânimes. O juiz auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça Nicolau Lupianhes Neto avalia que não há equívoco na lei ao insistir na reintegração à família natural. Para ele, a legislação traz muitos avanços e tem ajudado a tornar os processos mais céleres, seguros e transparentes. “Eu penso que deve ser assim [privilegiar a família de origem], porque o primeiro direito que a criança tem é nascer e crescer na sua família natural. Todos nós temos o dever de procurar a todo momento essa permanência na família natural. Somente em último caso, quando não houver mais solução, é que devemos promover a destituição do poder familiar”, defende. O primeiro passo para que a criança possa ser encaminhada à adoção é a abertura de um processo de

destituição do poder familiar, em que os pais poderão perder a guarda do filho. Antes disso, a equipe do abrigo precisa fazer uma busca ativa para incentivar as mães e os pais a visitarem seus filhos, identificar as vulnerabilidades da família e encaminhála aos centros de assistência social para tentar reverter as situações de violência ou violação de direitos que retiraram a criança do lar de origem. Relatórios mensais são produzidos e encaminhados às varas da Infância. Se a conclusão for que o ambiente familiar permanece inadequado, a equipe indicará que o menor seja encaminhado para adoção, decisão que caberá finalmente ao juiz. Walter Gomes critica o que chama de “obsessão” da lei pelos laços sanguíneos. “Essa ênfase acaba demonstrando um certo preconceito que está incrustado na sociedade que é a supervalorização dos laços de sangue. Mas a biologia não gera afeto. A lei acaba traduzindo o preconceito sociocultural que existe em relação à adoção.” Uma das novidades introduzidas pela lei – e que também contribui para a demora nos processos - é o conceito de família extensa. Na impossibilidade de a criança retornar para os pais, a Justiça deve tentar a reintegração com outros parentes, como avós e tios. Luana* foi encaminhada ao Lar da Criança Padre Cícero quando tinha alguns dias de vida. A menina já completou 6 meses e ainda aguarda a decisão da Justiça, que deverá dar a guarda dela para a avó, que já cuida de três netos. A mãe de Luana, assim como a de vários bebês da instituição, é dependente de crack e não tem condições de criar a filha. O chefe do Núcleo Especializado da Infância e Juventude da Defensoria Pública de São Paulo, Diego Medeiros, considera que o problema não está na lei, mas na incapacidade do Estado em garantir às famílias em situação de vulnerabilidade as condições necessárias para receber a criança de volta. “Como defensoria, entendemos que ela é muito mais do que a Lei da Adoção, mas o fortalecimento da convivência familiar. O texto reproduz em diversos momentos a intenção do legislador de que a prioridade é a criança estar com a família. Temos que questionar, antes de tudo, quais foram os esforços governamentais destinados a fortalecer os vínculos da criança ou adolescentes com a família”, aponta.

Criança em abrigo: trâmites judiciais causam morosidade no processo de adoção

Prazo máximo de dois anos para permanência de crianças em abrigos ainda é descumprido A Lei Nacional da Adoção, aprovada em 2009, fixou em dois anos o tempo máximo de permanência da criança ou do adolescente em um abrigo. Mas, na prática, a demora da Justiça para analisar e decidir cada situação faz com que esse prazo seja extrapolado na maioria dos casos. Bruno não é exceção. Muitos adolescentes ficam nas instituições de acolhimento até os 18 anos, quando devem sair para construir as próprias vidas. A meta de Bruno é trabalhar e montar sua casa para poder cuidar dos três irmãos que vivem com ele na instituição Nosso Lar, que atualmente cuida de 42 crianças e adolescentes (apenas 16 aptos para adoção), no Núcleo Bandeirante, no Distrito Federal. Há mais de uma década na direção do Nosso Lar, Cláudia Vilhena avalia que nos últimos anos a situação melhorou – os processos aos poucos estão mais rápidos e há mais disposição das famílias para aceitar crianças mais velhas. “A lei mudou e a coisa parece que está começando a tomar jeito. Até ela completar 3 anos, a adoção é fácil. De 3 a 8 anos, a chance é média, mas você ainda consegue sucesso. De 8 anos para cima, começa a ser mais difícil. Eu espero que não aconteça com os meus pequenos o que aconteceu com os mais velhos. Os maiores percebem que a chance deles é pequena porque veem outras crianças chegando e saindo”, diz a diretora da instituição. Para o juiz José de Paiva, vice-presidente de Assuntos da Infância e Juventude da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), a lei ainda passa por um período de

implantação e é natural que todos os envolvidos nos processos – abrigos, varas da Infância, Ministério Público e Defensoria Pública – estejam se adaptando. Ele acredita que em um ou dois anos essas dificuldades sejam superadas. “Pode ser que, com o passar do tempo, a gente sinta necessidade de fazer uma mudança [na Lei da Adoção], mas, da forma como ela está hoje, já traz respostas que são muito boas”, avalia. A lei também estabeleceu que a cada seis meses

a situação da criança que vive em um abrigo precisa ser revisada. A instituição produz um relatório sobre a condição das famílias e as tentativas de reintegração com os pais biológicos, avós ou tios. A partir daí, indica se a criança ou adolescente deverá ser encaminhado para adoção ou pode voltar para a família de origem. Mas nem sempre essa resposta é rápida. Paiva acredita que, com o passar dos anos, serão criadas jurisprudências, e, com isso, o

tempo de encaminhamento da criança para a adoção – ou o retorno à família de origem – será abreviado. “Temos consciência de que é preciso fazer pequenos ajustes nos procedimentos. Quando o juiz percebe que o retorno à família é inviável, nós temos agilizado. No caso de uma criança recémnascida que é abandonada, os juízes vão perceber que seis meses é muito tempo para procurar uma família, dois meses são mais do que suficientes”, opina.

Exigência de famílias dificulta adoção Os abrigos que acolhem crianças e adolescentes no país estão cheios, mas ainda assim famílias esperam anos na fila para adotar um filho. A demora nos processos de destituição do poder familiar, em que os pais perdem a guarda e a criança pode ser encaminhada à adoção, explica em parte esse fenômeno. Outro motivo é a discrepância entre o perfil das crianças disponíveis e as expectativas das famílias. A maior parte dos pretendentes procura crianças pequenas, da cor branca e sem irmãos. Dos 28 mil candidatos a pais incluídos no Cadastro Nacional de Adoção, 35,2% aceitam apenas crianças brancas e 58,7% buscam alguma com até 3 anos. Enquanto isso, nas instituições de acolhimento, mais de 75% dos 5 mil abrigados têm entre 10 e 17 anos, faixa etária que apenas 1,31% dos candidatos está disposto a aceitar. Quase mil crianças e

adolescentes já foram adotados por meio do cadastro, criado em 2008. Antes da ferramenta, que é administrada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), as unidades federativas tinham bancos de dados próprios, o que dificultava a troca de informações e a adoção interestadual.

Dos 28 mil candidatos a pais incluídos no Cadastro Nacional de Adoção, 35,2% aceitam apenas crianças brancas e 58,7% buscam alguma com até 3 anos. Para o juiz auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça Nicolau Lupianhes Neto, é possível perceber uma mudança na postura das famílias pretendentes, que têm flexibilizado o perfil buscado. A principal delas diz respeito à faixa etária: antes a maioria aceitava apenas bebês, mas hoje

a adoção de crianças até 4 ou 5 anos de idade está mais fácil. “A gente observa que isso tem mudado pelos próprios números do cadastro, mas essa transformação não vai acontecer da noite para o dia porque faz parte de uma cultura”, aponta o magistrado. Uma barreira difícil de ser superada ainda é a adoção de irmãos. Apenas 18% aceitam adotar irmãos e 35% dos meninos e meninas têm irmãos no cadastro. A lei determina que, caso a criança ou adolescente tenha irmãos também disponíveis para adoção, o grupo não deve ser separado. Os vínculos fraternais só podem ser rompidos em casos excepcionais, que serão avaliados pela Vara da Infância. Outros fatores são entraves para que uma criança ou adolescente seja adotado, entre eles a presença de algum tipo de deficiência física ou doença grave, condição que atinge 22% dos incluídos no cadastro.


Caldas Novas trabalha para conquistar espaço no esporte O Esporte em Caldas Novas está caminhando para se tornar um celeiro de craques. Se depender das escolinhas de iniciação esportiva, que atendem a mais de 2 mil alunos e dos campeonatos amadores, que reúnem dezenas de times, o esporte, principalmente o futebol, pode estar a caminho de dias melhores. O município de Caldas Novas e circunvizinhos possuem público com capacidade e potencial para alcançarem representatividade nacional, sendo necessário para isso, investimentos em infra estrutura e recursos humanos para desenvolvimento de um trabalho de qualidade.O acesso dos participantes nas modalidades esportivas, que já apresentam resultados individuais expressivos, estimularia ainda mais a formação de novos atletas. De acordo com o incentivador do esporte local e diretor financeiro do Caldas Esporte Clube, Weder Peres dos Reis, o Chambinho, são necessárias algumas melhorias para fomentar o esporte no município. “Enviamos no ano passado um pedido ao Deputado Federal João Campos, para conseguirmos reformar o estádio Serra de Caldas. O pedido resultou na emenda n° 19550015, com proposta de R$200 mil através do Ministério do Esporte”, explica. Segundo Chambinho, a verba iria para a reforma nos vestiários, construção de mais arquibancadas e de vestiários

FOTOS: Arquivo JC

Weder Peres (Chambinho) autor do pedido

O acesso dos participantes nas modalidades esportivas, que já apresentam resultados individuais expressivos, estimularia ainda mais a formação de novos atletas

Emenda conseguida através do Deputado Federal João Campos

Lojas Americanas abre nova unidade em Caldas Novas

FOTO: Divulgação EICN

Nova loja teve um investimento de R$ 2 milhões

Caldas Novas acaba de ganhar uma unidade das Lojas Americanas. Com investimento de R$2 milhões, a nova loja será a de número 639 no país. A inauguração faz parte do programa “Sempre Mais Brasil”, que

para árbitros, implantação de mais quatro cabines de rádio e TV e cabine presidencial. Essas adequações deixariam o estádio Serra de Caldas pronto para sediar jogos da 3ª divisão do Campeonato Goiano e também segunda e primeira divisão. “O Caldas esporte Clube, que foi vice-campeão da segunda divisão em 1997, luta pra se reerguer e a reforma e ampliação no estádio seria um grande incentivo”, explica Chambinho. Ele ainda afirma que a emenda do deputado federal João Campos está em análise e que está acompanhando o processo de perto, cobrando essa melhoria que o esporte de Caldas Novas tanto precisa.

prevê a abertura de mais 300 lojas até 2013. A vinda de mais este empreendimento é um retrato da atual condição econômica do município, que passou a abrigar grandes empresas, a exemplo das franquias que

recentemente se instalaram na cidade e também do supermercado Bretas, que irá inaugurar uma unidade em breve em Caldas Novas. De acordo com a assessoria da Lojas Americanas, a abertura de uma unidade

“Eu já fui atleta, já joguei pelo time do Caldas, disputei a Copa Caldas, sempre fui atleta. Quando parei de jogar, passei a trabalhar pelo esporte, e dou apoio a cinco times amadores de Caldas Novas. Freqüento todos os jogos e sei da capacidade de nossos atletas e do potencial de nossa cidade. Mas uma das principais bandeiras que defendo é a diminuição da violência através do estímulo ao esporte”, finaliza Chambinho. em Caldas Novas está em sintonia com o objetivo da companhia de se aproximar ainda mais do seu público. Com a unidade, os consumidores de Caldas Novas estarão mais próximos de uma das mais tradicionais redes de varejo do país. A Lojas Americanas comercializa em toda a rede mais de 60 mil itens de 4 mil empresas diferentes, o que faz com que companhia ofereça ao seu público variedades a preços altamente competitivos. Com 764 m², a loja, que foi inaugurada na quintafeira, dia 31, fica localizada na Avenida Coronel Bento de Godoy, Quadra 26, Lote 09, Centro. No mesmo dia, outras duas unidades, em Luziânia e Águas Lindas, também foram abertas. A Lojas Americanas é uma das mais tradicionais redes de varejo do país, que completa 83 anos em 2012. A empresa atua ainda no comércio eletrônico, por meio da B2W, que integra Americanas.com, Shoptime e Submarino.

OcorrênciasPoliciais Polícia realiza maior apreensão de crack do ano

Uma denúncia levou policiais militares de Caldas Novas até uma casa usada como boca de fumo, onde 84 pedras de crack e duas grandes porções de maconha foram apreendidas, na noite da terça-feira, 29. De acordo com a Polícia Militar (PM) da cidade, a casa, localizada no Setor Santa Efigênia, bairro mais populoso do município, também foram encontrados seis aparelhos celulares avaliados em mais de R$ 2 mil e uma considerável quantidade de notas de dinheiro de quatro nacionalidades diferente. Dois homens que estavam na residência foram detidos. Tiago Guimarães da Silva, de 22 anos, que seria o dono da droga, e Narcisio Lino Bispo Furtado, que é foragido da justiça, estaria no local comprando o material ilícito. Thiago foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação ao trafico. Narciso, além de ser autuado pela associação ao tráfico, cumprirá o mandado de prisão que estava em aberto. De acordo com a PM de Caldas Novas, trata-se da maior apreensão de crack realizada neste ano no município. Só nesta semana, a polícia fechou sete bocas de fumo na região.

Mais um ponto de drogas fechado pela PM

Policiais Militares do Serviço de Inteligência da PM de Caldas Novas fecharam no último sábado, 26, mais uma boca de fumo que operava no setor Santa Efigênia. A ação dos policiais foi fruto de várias denúncias de que naquele local funcionava um ponto de distribuição de crack. Foi preso em flagrante e autuado por tráfico de drogas, um acusado de18 anos, bem conhecido no submundo do crime. Alguns usuários de drogas também foram detidos e conduzidos para delegacia de polícia. Para chegar à boca de fumo os policiais passaram a monitorar alguns usuários e foi neste sábado que um deles chegou à residência suspeita para comprar o entorpecente. Os PMs então aproximaram-se e flagraram a negociação. Já dentro da residência os policiais encontraram dezenas de pedras de crack prontas para comercialização, objetos possivelmente usados como moeda de troca, como; relógios, suvenir, aparelhagem de som, entre outros. O traficante disse que os objetos são todos produtos de furto, que segundo ele, foi ele mesmo quem furtou da casa de um vizinho. Ainda na residência foi encontrada uma moto furtada que segundo os policiais foi trocada por 100 pedras de crack.

tentativa de assalto a comércio

Dois assaltantes foram presos em flagrante por policiais militares do Serviço de Inteligência da PM de Caldas Novas após tentarem roubar um mercado no setor Caldas Oeste, bairro afastado do centro. A dupla, de 28 e 27 anos, foi presa minutos após o crime. Segunda uma das vítimas, os dois elementos chegaram ao estabelecimento por volta das 14 horas em um veículo, o indivíduo de 27 anos, aproximou-se do caixa com uma sacola mostrando que em sua cintura havia uma arma de fogo e ordenou que ela enchesse a sacola com todo dinheiro do caixa ou lhe daria um tiro na cara, disse a vítima aos policiais. Antes que a vítima atendesse as ordens do assaltante ela gritou e chamou seu sogro, que estava nos fundos do mercado. Os bandidos se assustaram e fugiram a pé, deixando o veículo em que estavam para trás. As vítimas acionaram a PM que imediatamente enviou seus integrantes do Serviço de Inteligência para fazer os primeiros levantamentos sobre caso. Os policiais foram a campo tentar identificar os autores e as vítimas mal haviam chegado à delegacia quando os policiais chegaram com dois suspeitos. Através de um vidro de proteção a vítima reconheceu sem sombra de dúvidas que eles eram os autores da tentativa de assalto. “Nossa! Não desejo que ninguém passe por isso e fiquei impressionada com a resposta rápida da PM sem contar o bom atendimento deles e toda educação, estou muito nervosa, mas ao mesmo tempo aliviada com tanta presteza.” disse a vítima.

Quatro são presos por roubo

A Polícia Militar de Caldas Novas prendeu em flagrante na manhã do sábado, 25, quatro assaltantes que invadiram uma residência no setor Itaguaí II, bairro próximo a rodoviária intermunicipal da cidade. Com dois deles os policiais apreenderam 2 armas calibre .38, munições e todos os pertences das vitimas. Com exceção de um deles, o restante da quadrilha é toda de Aparecida de Goiânia. Segundo informações das vitimas, dos policiais e dos próprios bandidos, os assaltantes já haviam planejado antecipadamente o roubo. Um dos bandidos é primo de uma das vitimas e repassou as informações ao resto do bando, que na casa, dentro de um cofre, havia 100 mil reais em dinheiro e cerca de 40 mil reais em joias. Ainda segundo informações, um deles teria morado na casa roubada há pouco mais de três semanas.


Marconi entrega cartões do Bolsa Futuro e garante R$ 600 milhões em investimentos O governador Marconi Perillo entregou na quartafeira, 30, os cartões a 52 beneficiários do Bolsa Futuro, que representavam os 52 municípios contemplados com o programa. Goiás vai investir R$ 600 milhões na capacitação de 500 mil pessoas até 2014. O evento foi no Centro Cultural Oscar Niemeyer. “O lançamento desse programa Bolsa Futuro representa a garantia de que o tripé do desenvolvimento será desencadeado pelo Governo de Goiás”, afirmou Perillo. Ele pontuou que esse desenvolvimento necessita de indústrias, serviços e comércio para gerar empregos. Precisa também de infraestrutura, asfalto, energia e saneamento básico. E, principalmente, carece da formação da mão de obra qualificada. “O que nós estamos fazendo aqui é garantir que os goianos terão a sua mão de obra qualificada, profissionalizada, para que os empregos que estamos trazendo para Goiás possam ser ocupados por pessoas daqui de Goiás”, comenta. O chefe do Executivo frisou ainda que os dados demonstram a importância do Estado no cenário nacional. Segundo Marconi, nos três primeiros meses do ano Goiás foi o estado que mais cresceu na indústria e no PIB. No mês de abril ele foi o que mais cresceu na geração de empregos. “O maior crescimento relativo proporcional do Brasil foi o goiano e o quinto crescimento em ter-

mos absolutos”, explicou. A continuidade desse avanço somente é possível com a ampliação da mão de obra especializada goiana. É nesse ponto que entra o Bolsa Futuro. O governador explicitou que o programa está focando nas famílias que estão beneficiadas pelo Bolsa Família e Renda Cidadã, mas também focará em outros jovens e adultos que queiram se preparar e se profissionalizar para garantir seu espaço no mercado de trabalho. “Nós vamos continuar gerando empregos aqui, mas é preciso que os nossos goianos estejam em condições de competir por esses empregos, porque se não, os empregos serão gerados aqui e serão ocupados por pessoas de outros estados e outros países”, declarou Perillo. Marconi informou ainda que o Governo do Estado está implementando os três pilares para garantir o desenvolvimento acessível a toda a população. Ele citou entre os projetos em andamento que fazem parte disso o Rodovida e o Nossa Escola. “Uma política agressiva para atração de mais indústrias e empregos; uma política de infraestrutura condizente com a nossa realidade, com as nossas necessidades e com as novas demandas do nosso desenvolvimento; e uma política de formação de mão de obra adequada abrangente vão garantir o futuro do nosso Estado”, argumentou.

FOTO: Wagnas Cabral

Durante o lançamento do programa, Marconi afirmou que quer garantir geração de empregos

Brasileiro deve gastar acima de Postos de combustíveis têm aumento de 11,5% nos lucros R$100 no Dia dos Namorados Impulsionada pelo consumo da nova classe média, o aumento nas vendas de carros no ano passado garantiu aumento de 11,5% no faturamento dos postos de combustíveis no Brasil em 2011, na comparação com o ano anterior, que totalizou R$ 223,1 bilhões. A informação é do presidente da Fecombustíveis (Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes), Paulo Miranda Soares. “É a classe média brasileira que está crescendo, está comprando carros e gastando mais”, resumiu, durante lançamento do Relatório Anual de Revenda de Combustíveis, nesta terçafeira no Rio de Janeiro. Ao detalhar o desempenho, o executivo informou que, em 2011, as vendas de gasolina nos postos cresceram 18,9%. No caso do diesel, subiram 5,4%. Mas o etanol registrou trajetória oposta, com queda de 27,7% nas vendas no ano passado. Miranda lembrou a crise do etanol no passado, onde a escassa matéria-prima (cana-deaçúcar) levou o combustível a registrar preço não competitivo. Ele lembrou que o preço do etanol só e viável para o consumidor quando custa até 70% do preço da gasolina.

“Isso não ocorreu no ano passado, por falta de matéria-prima. Isso é para mostrar que a crise do etanol foi séria”, disse. Para 2012, as expectativas de Miranda são positivas. Ele espera que a taxa de elevação nas vendas de combustíveis supere o ritmo de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) no ano. E lembrou que a estimativa das montadoras é de crescimento de 4% da frota nacional em 2012, diante do resultado do ano passado, o que favorecerá novamente as vendas de combustíveis. Mas no caso do etanol as expectativas do presidente da federação não são animadoras. “A crise do etanol é séria”, avaliou, afirmando que não prevê melhora em horizonte de curto e médio prazo, mesmo com os esforços do governo em prover medidas que possam elevar estoques de matéria-prima. Ele não descartou a possibilidade de o combustível voltar a mostrar o mesmo ritmo de queda de 2011 nas vendas neste ano. Quanto a um possível reajuste no preço da gasolina, considerou que isso ainda é “uma incógnita” a ser resolvida entre o Ministério da Fazenda, Petrobras e a presidente Dilma Rousseff.

Os brasileiros deverão gastar, em média, R$ 128 com o presente do Dia dos Namorados de 2012, segundo uma pesquisa da Serasa Experian com comerciantes. Seis em cada dez consumidores brasileiros deverão gastar até R$ 100 com a lembrança e a maioria vai preferir pagar em dinheiro. O levantamento da Serasa foi feito entre os dias 14 e 18 de maio com 1.013 executivos do comércio do País. Em relação ao preço do presente, um em cada quatro consumidores deve gastar entre R$ 100 e R$ 200; 8% vão pagar de R$ 201 a R$ 300; 3% de R$ 301 a R$ 500; e 1% vai investir mais de R$ 500 no presente do Dia dos Namorados. De acordo com os economistas da Serasa, “este Dia dos Namorados acontece no ambiente de juros mais baixos, o que alavanca a compra de produtos de maior valor agregado”. No entanto, a entidade ressalta que apenas “os consumidores menos endividados deverão optar pelos presentes mais caros”. Em relação ao meio de pagamento, mais da metade vai pagar a prazo. Mas entre os que vão pagar à vista, quatro em cada dez vão acertar a conta em dinheiro, segundo o levantamento. Outros 25% vão pagar com o cartão de crédito; 20% com o cartão de débito; 12% em

cheque; 1% em cartão da loja e 1% com outras formas de pagamento. Entre os que vão pagar a prazo, o brasileiro vai pagar com o cheque pré-datado em até quatro parcelas e, nos casos do cartão de crédito e do financiamento ou crediário das lojas, em até seis parcelas. A previsão é a mesma da data de 2011. As lembranças que serão mais compradas pelos namorados serão roupas, sapatos e acessórios — um em cada quatro presentes. Também estão bem cotados os celulares e smartphones, com 20% de preferência, perfumes e cosméticos (20%), flores (12%), chocolates e doces (65), joias e relógios (6%) e eletrônicos (4%).

Seis em cada dez consumidores brasileiros deverão gastar até R$ 100 com a lembrança e a maioria vai preferir pagar em dinheiro Os comerciantes estão menos otimistas com o Dia dos Namorados de 2012 na comparação com a mesma data de 2011. Este ano, menos da metade acredita em aumento do faturamento (49%), contra 57% do levantamento do ano passado.


boa leitura

horóscoposemanal

Focados, Gananciosos e Eficientes

Editora: Campus Autor: VIJAY V. VAITHEESWARAN Número de páginas: 296 Como os extraordinários benefícios da revolução da inovação podem ser compartilhados de modo mais justo? Focados, Gananciosos e Eficientes , Vijay V. Vaitheeswaran responde a essa questão oferecendo orientações essenciais para sobreviver neste novo mundo da inovação. Com base no melhor trabalho acadêmico e prático realizado nesta área emergente, o autor inspira e capacita os leitores a melhorar sua vida, seu trabalho e até o mundo. Este livro inspirador questiona algumas visões amplamente generalizadas sobre a inovação, o papel do setor público em comparação ao do setor privado, supostas crises globais e o futuro da economia mundial. Vaitheeswaran revela os princípios e as práticas - e apresenta os gurus e guerreiros - que estão revolucionando a economia mundial. O autor descreve também a necessidade urgente de novas soluções para as crises do século XXI, relatando como inovadores de vanguarda abalam modelos de negócios tradicionais e subvertem indústrias inteiras em uma velocidade alucinante, mostrando como a ambição pode fazer o bem se as regras transgredidas do capitalismo forem ajustadas de forma que empresas e mercados sejam recompensados por resolver problemas socialmente importantes.

Libra

Touro

Escorpião

GêmEos

Sagitário

Câncer

CapricÓrnio

Leão

Aquário

Virgem

Peixes

Áries terá uma semana conturbada, tendem a surgir dificuldades em todos os setores e terá de dar sempre uma resposta rápida e acertada. Tenha paciência, no final da semana tudo vai melhorar. No setor sentimental terá de dar mais para que a sua relação possa continuar, ao longo deste período o seu parceiro estará distante e envolvido em novos projetos. Dê-lhe o apoio necessário. No setor profissional terá de contar com alguns contratempos, alguém pode voltar atrás com a palavra em relação a um negócio que tinha tudo para dar certo. Economicamente evite gastos supérfluos. Na saúde tendência a dores de cabeça.

Velocidade

Editora: Nova Fronteira Autor: DEAN KOONTZ Número de páginas: 383 Billy Wiles é um rapaz pacato e trabalhador que leva uma vida calma e comum. Mas isso está prestes a mudar. Certa noite, após o seu turno de trabalho como barman, ele encontra no limpador de pára-brisa de seu carro um bilhete datilografado: “Se você não levar este bilhete à polícia nem envolvê-la, vou matar uma linda professora loura em algum lugar do condado de Napa. Se levar este bilhete à polícia, matarei uma mulher idosa que faz obras de caridade. Você tem seis horas pra decidir. A escolha é sua.” Parece uma brincadeira doentia, e Lanny Olsen, um policial amigo de Billy, concorda com isso. Seu conselho a Billy era ir para casa e deixar aquilo de lado. Além do mais, os que eles poderiam fazer mesmo se levassem o bilhete a sério? Nenhum crime havia sido cometido. No entanto, menos de 24 horas depois, uma jovem e bela professora loura é encontrada morta, e Billy é o culpado: ele não convenceu a polícia a se envolver no caso.

Áries

Touro estará pensativo e com muita vontade de envolver-se em novos projetos e atividades que tragam uma lufada de ar fresco à sua vida. Pondere bem e avalie todas as possibilidades. No setor sentimental poderá concretizar alguns dos seus desejos, através do diálogo superará os obstáculos que estavam entravando a sua relação. Touro está a entrar numa fase mais alegre noamor. No setor profissional não estará motivado esta semana, peça o apoio dos seus colegas de trabalho para superar esta fase. Boa hora para programar férias. Economicamente a conjuntura não aconselha a muitos gastos. Na saúde pode faltar a concentração, tome um suplemento vitamínico.

cinema

Com viagem no tempo, “Homens de Preto 3” traz Josh Brolin como parceiro de Will Smith Não há muito de novo em “Homens de Preto 3”, que estreiou no último dia 25, dez anos depois do segundo filme da franquia. O longa foi lançado em cópias convencionais, 3D e IMAX, com sessões dubladas e legendadas. Na nova produção, os agentes K (Tommy Lee Jones) e J (Will Smith) têm de salvar o mundo de um ataque alienígena, novamente. Ainda assim, o filme é divertido, talvez exatamente por isso. Sem querer inventar, permanece na sua zona de conforto e pronto. No final da década de 1960, foi construída uma prisão na Lua, para os alienígenas e bandidos mais perigosos da galáxia. Boris (Jemaine Clement, do Flight of the Conchords) é uma criatura perigosíssima que consegue fugir e vem para a Terra, onde irá se vingar de K, que além de tirar-lhe um braço, o mandou para o presídio. Seu plano consiste em voltar no tempo e matar K um dia antes de ser preso. Quando isso acontece, e o agente desaparece do presente, a Terra é invadida por alienígenas. J é a única pessoa a se lembrar de K e

capaz de salvar o planeta, segundo sua nova chefe, Agente O (Emma Thompson). Ele será mandado para o passado, um dia antes da morte de seu parceiro, para salvá-lo. Num primeiro momento, o K do passado (Josh Brolin) não acredita em seu parceiro do futuro. Mas, como está tão acostumado com coisas estranhas, acaba embarcando na história do colega. A viagem no tempo rende alguns dos melhores momentos do longa. O choque de J ao se deparar com a Nova York do fim dos anos 1960 rende piadas com o movimento hippie e o artista plástico Andy Warhol. Já no presente, as boas piadas vêm do monitoramento das “atividades alienígenas” de celebridades do presente, como Lady Gaga e Justin Bieber. Um novo personagem entra em cena, para ajudar na resolução da história. Trata-se de Griffin (Michael Stuhlbarg), um alienígena que parece humano e tem o dom de ver o futuro e de narrá-lo de forma um tanto estranha, cogitando suas infinitas possibilidades. Como nos filmes ante-

riores, os alienígenas gosmentos são muito bem feitos digitalmente e chegam a parecer reais. O efeito 3D é de boa qualidade, realçando os detalhes das criaturas, mas o filme pode ser visto em projeção convencional sem qualquer perda de qualidade. Há buracos no roteiro, especialmente envolvendo a viagem no tempo, mas o espírito nonsense da franquia faz com que deslizes se tornem praticamente invisíveis. Aliás, são os absurdos que estão no filme que garantem a sua graça, especialmente quando se coloca Brolin, de 44 anos, para fazer o Agente K quando tinha 29. FICHA DO FILME Título original: Men in Black 3 Diretor: Barry Sonnenfeld Elenco: Will Smith, Josh Brolin, Tommy Lee Jones, Jemaine Clement, Nicole Scherzinger Gênero: Comédia, Ficção Científica Duração: 100 min. Ano: 2012 Data da Estreia: 25/05/2012 Cor: Colorido Classificação: Não recomendado para menores de 10 anos País: EUA

Gemeos está passando por um período de boas influências, mas é necessário saber aproveitá-las não se entregando apenas a fracassos ou tristezas do passado. Seja otimista ao olhar para o futuro. No setor sentimental terá conhecimento de alguns fatos que podem alterar a sua maneira de estar numa relação. Não tome atitudes precipitadas sem antes refletir acerca da situação atual. No setor profissional após concluir algumas metas, é tempo de estabelecer novos projetos para o futuro. Entrará numa nova fase na sua vida profissional. Economicamente vai conseguir resolver um problema financeiro. Na saúde passará por momentos de confusão e cansaço.

Câncer terá de ser prudente em relação a algumas situações que vai passar esta semana, seja justo consigo e com os outros, no final da semana sentirá melhorias e estará mais feliz. No setor sentimental passará por momentos tensos devido a conflitos com o seu parceiro. As suasemoções estarão muito exaltadas e não é aconselhável que tome decisões importantes até este período passar. No setor profissional vão surgir problemas quando menos se espera ou nas horas de maior movimento, tente ter tudo organizado para facilitar o seu trabalho. Economicamente tendência a muitos gastos. Na saúde tome atenção à sua alimentação.

Leão terá uma semana com boas evoluções e progressos, vai conseguir dominar todos os setores da sua vida e saberá como agir em todas as situações. Não se isole, tente distrair-se e procure a companhia dos seus amigos. No setor sentimental tente compreender melhor os acontecimentos antes de atuar, seja prudente e cauteloso, passará por situações em que terá de ter paciência e astúcia para tirar o melhor partido. No setor profissional terá excelentes progressos e desenvolvimentos, a sua capacidade de comunicação está em alta e é um bom período para expor as suas ideias. Economicamente terá boas entradas de dinheiro.

Virgem terá uma semana muito positiva, mas por vezes não vai valorizar os momentos bons que pode viver por alguma falta de entusiasmo, não seja tão exigente. Mostre uma atitude alegre e confiante. No setor sentimental aproveite esta semana para divertir-se mais, há possibilidade de conhecer pessoas novas. Tome apenas atenção aos seus comportamentos para não magoar o seu parceiro. No setor profissional tudo tende a correr bem, terá incentivos e apoios com os quais não esperava. O esforço anterior será agora compensado. Economicamente não são de prever dificuldades.

Libra fará tudo para evitar disputas ou conflitos, mas por vezes não vai conseguir, não se envolva em problemas que não são seus. Terá de agir com disciplina e ter calma, com o passar do tempo tudo vai estabilizar e melhorar. No setor sentimental tudo decorrerá sem problemas, por vezes terá vontade em alterar a rotina, mas isso para já seria um erro. Acalme a ansiedade e tente ver os pontos positivos da sua relação. No setor profissional poderá deparar-se com dificuldades, esteja atento para dar resposta imediata a todas as situações, deixar acumular trabalho só vai trazer mais complicações. Economicamente terá muitos gastos.

Escorpião terá uma semana agitada, com muitas solicitações e por vezes nem saberá por onde começar. O cansaço será a limitação principal e deve dosar e programar melhor o seu tempo. No setor sentimental viverá momentos muito felizes na companhia do seu parceiro, aproveite as boas influências e viva bem este período. Os que estão sozinhos podem encontrar alguém que será especial. No setor profissional terá de passar por alguns conflitos devido a divergências de opiniões entre os seus colegas de trabalho. Defenda as suas ideias com convicção de que está certo. Economicamente poderá ter de vender algo que tem valor afetivo para você. Na saúde tendência a problemas nos ossos.

Sagitário terá tendência para isolar-se e afastar-se das pessoas de quem gosta. Aproveite esses momentos a sós para por os seus pensamentos em dia e pensar no que é melhor para você. No setor sentimental passará por momentos de dúvida que o vão levar a tomar decisões, mas a conjuntura mostra que vai conseguir fazer a escolha mais acertada. Ouça a voz do seu coração. No setor profissional os objetivos do passado podem agora concretizar-se. Bom período para dar início a algo de novo na sua vida. Economicamente terá melhorias acentuadas. Na saúde tente mudar de ambientes com frequência.

Capricórnio terá uma semana benéfica em que saberá dar pouca importância aos obstáculos e vai valorizar mais os acontecimentos positivos, essa forma de estar perante as situações fará com que se sinta realizado. No setor sentimental tende a criar demasiadas fantasias e ilusões que só vão causar instabilidadeemocional mais tarde. Se está sozinho não é uma boa hora para dar início a uma relação. No setor profissional saberá aliar a força à inteligência para ultrapassar com êxito qualquer situação que possa ocorrer. Evite conflitos com colegas de trabalho. Economicamente prevêem-se acentuadas melhorias. Na saúde poderá ter dores de garganta.

Aquário terá uma semana tranquila, sem acontecimentos muito marcantes. Ainda que se sinta cansado e farto do dia-a-dia, não é uma boa hora para alterar as suas rotinas, aguarde por melhores ocasiões. No setor sentimental vai deparar-se com alguns comportamentos e atitudes imponderadas da parte do seu parceiro, não dê continuidade a situações que só o magoam. No setor profissional vai surgir uma oportunidade para por em prática um projeto que já tinha em mente há algum tempo. Aproveite o apoio dos seus colegas. Economicamente não faça gastos muito avultados. Na saúde não são de prever problema.

Peixes passará por situações que o vão levar a pensar e meditar acerca da sua vida. É um bom período para pensar em iniciar novas etapas que o levem mais longe. Necessita de evoluir interiormente. No setor sentimental vai entrar numa fase de transição pela sua própria vontade. Vai resolver algumas questões que geravam dúvidas, para poder dar início a um novo período na sua vida a dois. No setor profissional a semana é de crescimento e será rica em acontecimentos positivos. Surgirá uma possibilidade de ser promovido ou de assumir novas responsabilidades. Economicamente pode fazer investimentos de qualquer ordem.


Especial Infraestutura Urbana

Estudo mostra que 4,7% das ruas do país têm rampa para cadeirante Domicílios devem ter luz e asfalto De acordo com pesquisa divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) com base nos dados do Censo 2010, no entorno de grande parte dos domicílios classificados como “adequados” (com abastecimento de água, rede de esgoto ou fossa séptica e coleta de lixo), foram identificados elevada iluminação pública (98,1%), pavimentação (90%), meio-fio/guia (86,1%) e calçadas (80%). Já a presença de esgoto a céu aberto e descarte de lixo na rua foi menor. Segundo o IBGE, 5,7% dos domicílios adequados têm esgoto a céu

Apenas 4,7% das ruas do país têm rampa de acesso para cadeirantes, segundo a pesquisa divulgada nesta semana pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) com base nos dados do Censo 2010. Segundo o levantamento, nenhuma cidade do país tem todas as ruas com a benfeitoria para deficientes. A cidade que mais se aproxima dessa condição é Jaguaribara (255 km de Fortaleza), no Ceará. De acordo com o IBGE, 75,5% dos logradouros da cidade têm os acessos para cadeirantes. Entre os municípios com mais de 1 milhão de habitantes, Porto Alegre lidera com 23,3% das ruas acessíveis.

Em São Paulo, só 9,2% das ruas têm o equipamento, enquanto que no Rio de Janeiro esse percentual é de 8,9%. No outro extremo do ranking, Belém apresentou as piores condições no entorno dos domicílios, com 44,5% deles com a presença de esgoto a céu aberto e 10,4% com lixo acumulado nos logradouros. A iluminação em todas as ruas é garantida em apenas 1,96% dos municípios brasileiros (109 dos 5.545), segundo a pesquisa. A maior parte deles está localizada no Estado de São Paulo, seguido do Rio Grande do Sul e Minas Gerais. Um exemplo é Engenheiro Coelho

(152 km de SP), onde todas as ruas têm iluminação pública. Em São Paulo, também estão a maior parte das cidades com todos os logradouros arborizados. No país, 1,08% dos municípios (apenas 60) tem essa condição. Um dos destaques é a cidade de Florínea. Localizada na fronteira com o Paraná, o município é considerado um balneário. Já os municípios brasileiros com todas as ruas asfaltadas são 0,59% (33), sendo que apenas 0,2% (11) tem todos os endereços identificados em placas e 0,07% (4) tem calçadas. Os Estados que se destacam

são São Paulo e Goiás. Já a cidade de Sucupira do Riachão (559 de São Luís), no Maranhão, é a que tem mais ruas com lixo jogado em terrenos baldios e área verde. Segundo o IBGE, 90,4% dos logradouros apontaram essa condição na época do levantamento. Nenhuma cidade brasileira tem todas as ruas com lixo. Por outro lado, nove municípios brasileiros (ou 0,16%) tem todos os logradouros com despejo de esgoto a céu aberto. A maioria das cidades está localizada no Estado do Piauí. A pesquisa ainda apontou que dois municípios (0,03%) tem todas as ruas com bueiros.

aberto no entorno e 4,1% têm depósito de lixo em áreas inadequadas. No que se refere às classes, o IBGE observou que quanto maior o rendimento mensal domiciliar per capita, melhor as condições do entorno dos domicílios. Para os domicílios com ¼ de salário mínimo per capita, a incidência com esgoto a céu aberto e lixo acumulado nos logradouros foi da ordem de 24,9% e 8,2%, respectivamente. Já a população de 60 anos ou mais de idade vivia em domicílios urbanos com melhores condições em todas as variáveis pesquisadas no entorno.

11% das moradias têm esgoto a céu aberto na rua O esgoto a céu aberto e o despejo irregular de lixo permanecem no entorno (um dos lados da quadra) de 11% e 5% dos domicílios brasileiros, segundo pesquisa inédita do IBGE. A pesquisa contempla 47,2 milhões de moradias e tem como objetivo apontar as características urbanas dos municípios --iluminação pública, pavimentação, calçadas, arborização, identificação do logradouro, bueiros e rampas para cadeirantes, além do esgoto e despejo de lixo. A infraestrutura urbana mais presente nos domicílios brasileiros foi a iluminação

pública. De acordo com a pesquisa do IBGE, 96,3% das moradias têm poste com iluminação pública de qualidade, o que aumenta a sensação de segurança para a população. Segundo o instituto, 41,5% dos domicílios têm bueiros e bocas de lobo no entorno para captação de água de chuva, enquanto 60,5% têm identificação do nome da rua na quadra (placas em postes, muros ou paredes de prédios). Com relação ao verde, 68% dos domicílios brasileiros têm ao menos uma árvore no entorno. Das moradias, 69% têm calçadas e 77% têm meio-fio/guia na quadra.


Jornal Cidadao  

edicao 226

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you