Page 1

Orimar de Bastos recebe Título de Cidadão Caldasnovense

Vereadores visitam novo conjunto habitacional de Caldas Novas

O nosso colunista Orimar de Bastos, que é Juiz de Direito aposentado e advogado militante em Caldas Novas recebeu da Câmara Municipal no dia 28 de abril o titulo de cidadão de Caldas Novas (foto). página 8

Os vereadores André Rocha e Estela Godoy (foto) visitaram o conjunto habitacional Terezinha Palmerston para verificar quais as dificuldades encontradas pelos moradores e assim, fazer requerimentos visando sanar os problemas. página 3

Brasileiros filiados Projeto Teatro Popular leva cultura a partidos e entretenimento para a população políticos chegam a 15 milhões Os 29 partidos políticos registrados no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) conseguiram 239.604 novas adesões em seis meses, passando de 14.847.410 filiados em outubro de 2011 para 15.087.014 em abril de 2012. página 3

MPF recomenda que Correios convoquem aprovados em concurso O Ministério Público Federal em Goiás (MPF), pela procuradora da República Mariane Guimarães, expediu recomendação à Administração Central dos Correios pra que sejam imediatamente convocados todos os candidatos aprovados no concurso público realizado em 2011. página 6

Judiciário volta a funcionar em horário integral Quase 20% da população economicamente ativa é doméstica e segue sem a garantia de direitos trabalhistas

De cada cinco trabalhadoras brasileiras, uma é doméstica

Uma em cada cinco brasileiras (19,7%) que fazem parte do população economicamente ativa é trabalhadora doméstica. Os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2009, mostram o peso da categoria, que soma 7,2 milhões de trabalhadores, mas segue marginalizada e sem a garantia de alguns direitos trabalhis-

tas. “No mundo todo, são 53 milhões de trabalhadores domésticos. Mas esse número é subestimado porque, na maioria dos casos, é um trabalho que se exerce de maneira invisível, informal e fora das garantias da legislação trabalhista”, aponta Laís Abramo, diretora da Organização Internacional do página 4 Trabalho (OIT) no Brasil.

Pesquisa aponta que 25% dos professores da educação básica não tem formação superior página 4

Depois de ficar de agosto de 2011 a abril de 2012 com expediente apenas das 12 às 19 horas, o Tribunal de Justiça de Goiás voltou a funcionar em período integral, com expediente forense das 8 às 18h. página 4

Evento tem grande adesão do público

Caldas Novas ganhou recentemente uma versão do teatro popular de antigamente, aquele que vai onde o povo está e que fala a sua língua. Trata-se do Projeto Teatro Popular, que já beneficiou os bairros Santa Efigênia, Vila Mutirão, Vila dos Nordestinos e nesse dia 4 de Maio o página 4 Setor São José.

Comércio de Caldas Novas aquecido para o Dia das Mães Depois do Natal, o Dia das Mães é considerado a segunda melhor data para o comércio. No intuito de fomentar as vendas, as lojas de Caldas Novas já estão divulgando suas promoções para atrair ainda mais clientes, sendo esperado um aumento nas vendas de 15% em relação ao ano passado. Embora os brasileiros deixem sempre para a última hora, são contabilizadas as vendas nos 15 dias página 5 anteriores à data.

Cantor de Caldas Novas é morto à bala por traficante página 5 Governo realiza regularização fundiária no Estado de Goiás

Animais abandonados na pista podem provocar acidentes Animais de grande porte abandonados nas pistas de Caldas Novas, notadamente em vias de iluminação deficiente, tem causado transtornos, acidentes, até mesmo fatais. Uma vítima desses acidentes foi o vereador André Rocha. Em 2004, André conduzia uma moto e chocou-se contra uma vaca, próximo a página 6 UNICALDAS.

horóscopo página 7

A regularização fundiária promovida pelo Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), entrou na reta final para 409 famílias de Senador Canedo, que assinaram suas escrituras no último fim de semana. O procedimento foi o penúltimo passo para a entrega definitiva dos documentos, que agora seguem para registro em cartório. página 6

Senado aprova Situação do venda de saneamento remédios em básico no Brasil supermercados é considerada do País dramática página 3

página 6


FOTOS: Divulgação

artigo

Será que tudo vai dar certo? Quando dizemos para alguém que “tudo vai dar certo”, queremos acreditar nestas palavras. Esquecemos, no entanto, que quem as escuta até gostaria de acreditar, mas sabe que são palavras vazias de certeza. Fatos vão acontecer em nossas vidas, bons e ruins. Quando os acontecimentos ruins nos acometem, cabe a nós respeitar este momento, ao invés de atropelá-lo com um desejo de que logo passe. Respeitar a dor é aprender com ela, é respeitar a nós mesmos. Suponhamos que seu animal de estimação esteja doente. Precisará passar por uma cirurgia de emergência. Você está preocupado. Está naquela disposição afetiva onde nada mais existe em sua vida além do animal. Mal consegue comer ou pensar. Não se aflija, “tudo vai dar certo”. O prazo para a entrega da monografia está chegando ao fim. Pouco ou nada foi produzido. Você ainda precisa escrever a conclusão, revisitar a introdução e finalizar a análise dos dados. Seu orientador nem quer mais olhar na sua cara, certo de que você irá falhar. Não se aflija, “tudo vai dar certo”. Você terminou o noivado. Oito anos com aquela pessoa amada, que de tão amada, era a única pessoa que lhe importava em todo o mundo. Você terminou com alguém que foi mais do que um relacionamento de oito anos, alguém que compartilhou toda a sua vida e agora sofre. Não se aflija, “tudo vai dar certo”. Sempre que temos uma situação difícil, um sofrimento evidente, uma tristeza profunda, fundada ou infundada, temos no mínimo um amigo para nos abraçar e dizer: Não se aflija, “tudo vai dar certo”. De onde, afinal, tiraram esta certeza? Simplesmente te disseram isso porque não havia mais o que dizer. É nosso desejo de que nada nesta vida saísse ao nosso controle, de que nada machucasse aqueles a quem amamos. Apelamos, assim, para esta condescendente frase, tentando convencer aos outros e a nós mesmos, tentando confortar aos outros e a nós mesmos. O que nunca vemos ao dizer isto para alguém, é que talvez tudo não dê certo. Talvez - apenas porque viver nem sempre é um jogo de vídeo game - o prazo para entregar a monografia expire, e não tenhamos uma nova chance, reiniciando a partir da fase anterior. Talvez, o tempo corra mais do que nossa capacidade de ler e escrever, e assim nos vemos perdidos, reprovados,

INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE

falhando em nossas ambições acadêmicas. “Tudo vai dar certo” deixa de ser um consolo, um alento, uma esperança. Passa a ser uma obrigação. E então, todos concluem, que a melhor coisa a dizer quando alguém termina um relacionamento é que logo isto vai passar. Que aquela dor que lhe é insuportável, vai logo terminar. Todos se apressam a lhe dizer que aquele sentimento de ter seu fígado moído dentro de seu intestino e retirado pela sua boca junto com o estômago vai logo ser substituído pela visão de coelhos saltitantes. Termine um relacionamento, seja ele longo ou curto, bom ou ruim, e verá instantaneamente brotar ao seu lado alguém para lhe dizer que “tudo vai dar certo”. Não, nada vai dar certo. Você acabou de terminar oito anos de um relacionamento. Ou melhor, você acabou de terminar um relacionamento de uma vida inteira, de um passado compartilhado, de um futuro no qual você não conseguia mais imaginar outra pessoa, e agora, não há ninguém. Mesmo assim, aparece alguém para lhe dizer “tudo vai dar certo”. Ledo engano. Pior do que isso, sinto-me enganado ao ouvir tal afirmação. Chega a ser uma provocação. Será pedir muito para que respeitem o momento uns dos outros? Será que é impossível para as pessoas deixarem doer? Seu animal pode morrer sim, e você vai sofrer. Você pode não entregar a monografia, e vai sofrer. Seu relacionamento acabou e não vai mais voltar. Sofra. Sofra muito. Você precisa. Mais do que isso: é direito seu. Você merece sofrer à vontade, sem ter alguém a seu lado dizendo de forma inconsequente “tudo vai dar certo”. Quando dizemos isso, queremos acreditar nisso. Esquecemos, no entanto, que quem escuta, até gostaria de acreditar, mas sabe, mais do que ninguém, que as chances do animal sobreviver são pequenas, que a capacidade de escrever não é tão grande, e que a perda de um amor é um caso único. Podemos e devemos respeitar esta dor, ao invés de sufocá-la com um sentimento inútil e opressivo de que tudo dê certo. Talvez nada dê certo. O melhor a fazer é sofrer para entender a dor e aí sim recomeçar. Vitor Sampaio é psicólogo, pós-graduado em psicologia clínica e mestrando da linha de Fenomenologia-Existencial.

cenas O município ganha, pela terceira vez, um mutirão de coleta de lixo nas margens do Lago Corumbá. Promovido pela empresa Concreta Britas, através do empresário Wanderson Nunes, com apoio do Ministério Público de Caldas Novas e Náutico Praia Clube, o ato acontece no dia 05 de maio, sábado, das 7 às 13 horas. São aguardados cerca de 500 voluntários e canoeiros, em uma verdadeira mobilização, envolvendo toda a comunidade. A principal atuação será o recolhimento de lixo em todo Lago e nas nascentes do entorno.

resumidas

Suspenso

O presidente do Vila Nova, Eduardo Barbosa, tem 45 dias para se defender das acusações de irregularidades em sua administração. Em reunião do Conselho Deliberativo ficou definida a suspensão de Barbosa nesse período. O vice-presidente, Marcos Martinez, assume as funções.

A Copa SESC Goiás chega neste ano a sua 31º edição. A abertura oficial da competição em Caldas Novas aconteceu no dia 2 de maio na sede do Clube SESC. O patrono desta edição é Eduardo Genner de Souza Amorim, presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio do Estado de Goiás.

Enquete

Abandono

A Terceira Turma do STJ condenou um pai em indenizar em R$ 200 mil a filha por “abandono afetivo”. A decisão é inédita. Em 2005, a Quarta Turma do STJ havia rejeitado indenização por dano moral por abandono afetivo. O caso julgado é de São Paulo.

Lotes

Uma denúncia de irregularidade na doação de 218 lotes para famílias pobres levou a Câmara de Vereadores de Ipameri a criar uma CPI. É que seis desses terrenos ficam em um bairro nobre e os beneficiários teriam ligações com a prefeitura. O prefeito nega as acusações.

Apresentação

O Grupo Privé realizou neste final de semana uma programação para apresentação oficial do Water Park e outros empreendimentos do grupo em Caldas Novas, e ainda para apresentação do Diretor Presidente do grupo, Waldo Palmerston Xavier e também do Diretor Comercial e de Marketing, Marco Aurélio Palmerston Xavier (foto). O Press Trip reuniu jornalistas e parceiros de Belo Horizonte, Goiânia, São Paulo, Brasília e profissionais de Caldas Novas.

De volta

O cantor Leonardo é a principal atração do Mundo Valente Rodeio Show. O evento que acontece nos dias 4, 5 e 6, em cachoeira Dourada, marca o lançamento do Parque Mundo Valente, um parque temático projetado para incentivar e preservar a cultura sertaneja.

Lixo

A prefeitura de Goiânia gasta cerca de R$ 27 milhões por ano para varrer as ruas da cidade. Esse dinheiro é arrecadado com os impostos pagos pelos goianienses e equivale a R$ 21,30 centavos por habitante. A informação é da Comurg.

Copa SESC

42.6% dos internautas que votaram na enquete do Jornal Cidadão online “Você frequenta igrejas ou templos” respondeu que sim, todos os fins de semana. 23,4% disse que frequenta às vezes, 12,8% comenta que não frequenta e 10,6% afirma que faz suas orações em casa.

Divulgado

A Prefeitura de Goiânia divulgou o resultado preliminar do concurso público para Agente Comunitário de Saúde (ACS) e Agente de Combate às Endemias (ACE), a serem lotados na Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Cerca de 3,3 mil candidatos foram classificados para ACS e 950 para ACE.

Inscrições I

Vencedor

Eli Ramos “Concreto”, 34 anos, morador de Caldas Novas, que treina há 5 anos com Marcos Guimarães, da equipe Nova União, lutou no último fim de semana em Caldas Novas contra Cláudio Cavalcante da Equipe Morganti. Eli dominou a luta, e aos 2 minutos do segundo round finalizou o adversário com estrangulamento nas costas (mata-leão). O atleta é Kroang preto em Muay Thai e faixa marrom em Jiu Jitsu, em 2010 foi campeão pan-americano no Jiu Jitsu, sendo o único representante de Caldas Novas que saiu vencedor, honrando o nome da cidade.

O Jornal Cidadão é uma publicação do Grupo I9 Gráfica & Brindes e Editora LTDA

Diretora Geral e Financeira

Diretor Administrativo

Helen Cristina Candido

Nei Bastos

REDAÇÃO: Av. das Nações, Qd. 17 Lt. 11 Jardim dos Turistas - Caldas Novas - Goiás

CRA GO/TO 5792

CRA GO/TO 1546

Jornalista Responsável

Redação e Editoração

Rodermil Pizzo

Agência Thorium

MTb JP 19.387/SP

johnpauloreis@gmail.com

O JORNAL CIDADÃO NÃO SE RESPONSABILIZA PELOS CONCEITOS E OPINIÕES EMITIDOS NOS ARTIGOS ASSINADOS.

O Tribunal de Justiça de Goiás abre nesta quintafeira, 3, as inscrições do concurso público para 44 vagas de escrevente judiciário. O salário é de R$ 2.224,98. Para participar da seleção os candidatos devem ter nível médio. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Inscrições II

As inscrições devem ser feitas entre os dias 3 e 24 de maio pelo site www.cs.ufg. br. A taxa é de R$ 57,98. As provas serão aplicadas no dia 10 de junho na cidade de Goiânia e terão 5 horas de duração.

Departamento Jurídico

Dr. Nelson B. Almeida OAB/GO 5.179

Dr. Ernani Teixeira OAB/GO 14.104

TELEFAX: 64 - 3455.3567 www.jornalcidadao.com redacao@jornalcidadao.com comercial@jornalcidadao.com CNPJ: 12.656.261/0001-43


FOTOS: Divulgação

Senado aprova venda de remédios em supermercados O Senado aprovou uma medida provisória que libera a venda de medicamentos em supermercados, armazéns e empórios, desde que não estejam sujeitos a prescrição médica. O texto prevê que os estabelecimentos comerciais devem observar “relação a ser elaborada pela Anvisa” posteriormente para a venda dos medicamentos, mas não traz nenhuma regulamentação. O projeto que transforma a medida provisória em lei será encaminhada à sanção da presidente Dilma Roussef. Mas até senadores aliados do governo critica-

ram a MP. Ex-ministro da Saúde, o senador Humberto Costa (PT-PE) pediu que a presidente não sancione o artigo e disse ainda que a tendência de Dilma é de vetar o projeto. “Se esse artigo não for vetado pela presidente garantirá que estabelecimentos comerciais poderão dispensar e comercializar medicamentos, o que se trata de um verdadeiro absurdo. O líder do governo e o relator da MP podem assumir a pressão para que haja o veto a este artigo.” O setor de farmácias e drogarias também reagiu negativamente à aprovação da

medida provisória. “A medida é um grave risco à saúde do consumidor”, avaliou Sérgio Mena Barreto, presidente da Abrafarma (Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias). A autorização foi incluída em um texto originalmente encaminhado pelo governo ao Congresso que previa a desoneração das contribuições sociais sobre produtos destinados a portadores de deficiência e do IPI nas operações de compra de veículos automotivos para os portadores de deficiência. Além dos medicamentos, a MP traz outros dez assuntos

que não têm ligação com o seu objeto principal. Irritada com o excesso de “contrabandos”, a oposição reagiu. Como os oposicionistas não são contrários à isenção fiscal de produtos para deficientes físicos, acusam o governo de ter se aproveitado de um tema consensual para incluir outros assuntos. Nos EUA, remédios que não precisam de prescrição como analgésicos, antitérmicos, antialérgicos e laxantes, podem ser encontrados em supermercados e até em lojas de conveniência. No Reino Unido, esses medicamentos também podem ser vendidos em mercados.

Dilma volta a cobrar dos bancos juros mais baixos No pronunciamento transmitido em rede de rádio e televisão para comemorar ao Dia do Trabalho (1º de maio), a presidenta Dilma Rousseff cobrou dos bancos privados mais esforços para reduzir as taxas de juros cobradas em empréstimos, cartões de crédito e no cheque especial. E aconselhou o brasileiro a procurar os bancos que ofereçam as taxas mais baixas. “É inadmissível que o Brasil, que tem um dos sistemas financeiros mais sólidos e lucrativos, continue com um dos juros mais altos do mundo. Esses valores não podem continuar tão altos. O Brasil de hoje não justifica isso. Os bancos não podem continuar cobrando os mesmos juros para empresas e para o consumidor, enquanto a taxa básica Selic cai, a economia se mantém estável e a maioria esmagadora dos brasileiros honra com presteza e honestidade os seus compromissos”, disse Dilma. Para a presidenta, com

a queda da taxa básica de juros e inflação estável, os bancos privados estão sem argumento para explicar a manutenção dos altos juros cobrados dos clientes. “O setor financeiro, portanto, não tem como explicar essa lógica perversa aos brasileiros. A Selic baixa, a inflação permanece estável, mas os juros do cheque especial, das prestações ou do cartão de crédito não diminuem”. Para pressionar os bancos privados, a presidenta espera contar com a pressão dos próprios clientes, que podem estimular a competição entre os bancos. “É bom, também que você consumidor, faça prevalecer os seus direitos escolhendo as empresas que lhe ofereçam melhores condições”, disse. Dilma Rousseff espera que os bancos privados sigam os mesmos passos dos bancos públicos, que reduziram as taxas das linhas de crédito voltadas ao consumo e do cheque especial. “A Caixa Econômica Federal e o

Parlamentares verificam situação dos moradores

Vereadores visitam novo conjunto habitacional de Caldas Novas Os vereadores André Rocha e Estela Godoy promoveram uma visita ao conjunto habitacional Terezinha Palmerston para verificar quais as dificuldades encontradas pelos moradores e assim, encaminhar ao executivo requerimentos visando sanar os problemas. O conjunto que foi inaugurado há cerca de um mês já está ocupado e é um sucesso. No projeto de habitação popular financiado pelo governo federal trabalhadores de baixa renda encontraram o sonho de uma vida, a casa própria. Andando pelas ruas do setor, os vereadores puderam ver os sorrisos e a felicidade estampados nos rostos da população. No entanto, como tudo que se inicia, ainda há deficiências. O transporte é o ponto mais pedido. A distância do Terezinha Palmerston do centro da cidade é uma

das dificuldades mais lembradas. Uma creche também foi um dos pedidos dos moradores. Outros pontos abordados foram um posto policial, pois apesar de não haver violência no setor, os moradores entendem a necessidade de um trabalho de prevenção. Uma escola de ensino básico para os pequenos também foi muito lembrado. Já há um posto de saúde em construção, ruas pavimentadas, água encanada, casas entregues com aquecimento solar, tudo para dar qualidade de vida à população que precisa em Caldas Novas. Muito bem recebidos pelos moradores, os vereadores André Rocha e Estela Godoy captaram durante conversas com os populares as dificuldades para compor requerimentos solicitando melhoramentos, os quais pretendem encaminhar o mais rápido possível.

Brasileiros filiados a partidos políticos chegam a 15 milhões Dilma discursa sobre juros altos no Dia do Trabalho

Banco do Brasil escolheram o caminho do bom exemplo e da saudável concorrência de mercado, provando que é possível baixar os juros cobrados dos seus clientes em empréstimos, cartões, cheque especial, inclusive no crédito consignado”. De acordo com a presidenta, somente quando os juros nacionais chegarem ao patamar das taxas internacionais, a economia brasileira “será plenamente competitiva”, saudável e

moderna. Para fortalecer a economia do país e estimular a abertura de vagas de trabalho, Dilma citou que, no governo dela, retirou impostos incidentes sobre a folha de pagamento, “dando mais alívio ao empregador e mais segurança ao empregado”. E defendeu a necessidade de se investir em educação de qualidade “em todos os níveis” e, também, na qualificação e treinamento dos trabalhadores.

Os 29 partidos políticos registrados no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) conseguiram 239.604 novas adesões em seis meses, passando de 14.847.410 filiados em outubro de 2011 para 15.087.014 em abril de 2012. São Paulo é o Estado com maior número de filiados, com 2.925.631 adesões; seguido por Minas Gerais, com 1.609.420; Rio Grande do Sul, com 1.296.935; e o Rio de Janeiro, com 1.080.606. Já os Estados com os me-

nores números de filiados são Roraima, com 42.030; Acre, com 59.037; e Amapá, com 74.758. No exterior, 1.241 brasileiros são filiados a partidos no Brasil. Em relação às legendas, o PMDB tem o maior número de filiados (2.355.472), seguido pelo PT, com 1.549.180; e o PP, com 1.416.116 filiados. O PSD informou ter 173.855 filiados e o PPL, 13.921; os dois partidos conseguiram registro no TSE em 2011.


FOTOS: Divulgação

Mais de 7 milhões de mulheres trabalham em casa de família, muitas vezes, sem direitos trabalhistas

De cada cinco trabalhadoras brasileiras, uma é doméstica Uma em cada cinco brasileiras (19,7%) que fazem parte do população economicamente ativa é trabalhadora doméstica. Os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2009, mostram o peso da categoria, que soma 7,2 milhões de trabalhadores, mas segue marginalizada e sem a garantia de alguns direitos trabalhistas. “No mundo todo, são 53 milhões de trabalhadores domésticos. Mas esse número é subestimado porque, na maioria dos casos, é um trabalho que se exerce de maneira invisível, informal e fora das garantias da legislação trabalhista”, aponta Laís Abramo, diretora da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil. Integrantes de entidades que representam essas profissionais se reuniram em Brasília para analisar a situação da categoria, em comemoração ao Dia Nacional da Trabalhadora Doméstica, celebrado no dia 27 de abril. Um dos temas discutidos foi a Convenção Internacional sobre o Trabalho Decente

para Trabalhadores Domésticos, aprovado em junho de 2011 pela OIT. O documento, que precisa agora ser ratificado pelos países-membros, prevê a aprovação de leis que garantam mais direitos à categoria. Até o momento, apenas o Parlamento do Uruguai confirmou a adesão. “O Brasil já tem uma legislação relativamente avançada em comparação a outros países. Mas existem direitos que os outros trabalhadores têm que as domésticas não têm, entre eles uma jornada claramente delimitada. A convenção reforça a questão da valorização do trabalho doméstico e de que elas são membros da classe trabalhadora como qualquer outro”, explica Laís. A ministra Eleonora Menicucci, chefe da Secretaria de Políticas para as Mulheres, disse que é um compromisso da presidenta Dilma Rousseff ratificar a convenção, mas antes é preciso aprovar leis que ampliem alguns direitos da categoria. “Eu não trabalho com a possibilidade de o Brasil não assinar a convenção”, disse.

O governo federal criou um comitê para discutir as estratégias para enviar e aprovar o acordo no Congresso Nacional. Um dos principais problemas que os trabalhadores domésticos enfrentam no país é a informalidade. Dados apresentados pela OIT indicam que menos de 30% das domésticas têm carteira assinada e, segundo Laís, boa parte ainda recebe menos do que o salário mínimo. Aureana Damascena, de 33 anos, faz parte do sindicato da categoria no Piauí e conta que é muito comum atender a profissionais que ganham R$ 300 por mês – menos da metade do mínimo atual. Ela acredita que as trabalhadoras aceitam a baixa remuneração porque desconhecem seus direitos e têm vergonha da profissão. “Acho que a discriminação ocorre entre as próprias domésticas, muitas têm vergonha de dizer que são. Eu nunca tive esse problema porque é uma profissão igual a outra”, opinou. Como muitas profissionais, Aureana saiu ainda criança

da casa dos pais para morar com parentes para estudar, mas acabou assumindo as tarefas doméstica do novo lar em troca de comida e moradia. “Fiquei na casa de uma tia até os 12 anos, depois saí para cuidar de criança e também não ganhava nada, era só em troca de roupas e estudo. Só com 16 anos é que comecei a trabalhar de verdade. Hoje sou doméstica profissional, com carteira assinada”, diz. A presidenta da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (Fenatrad), Creuza Oliveira, avalia que o fato de haver sindicatos da categoria em todo o país já mostra avanços importantes conquistados. “Temos motivo para comemorar, mas precisamos continuar lutando. A mensagem que eu deixo para cada trabalhadora é que a gente não pode desistir jamais dos nossos sonhos. As trabalhadores domésticas são mulheres, são cidadãs e precisam buscar a cada dia o direito de se empoderar ainda mais”, defende.

Pesquisa aponta que 25% dos professores da educação básica não tem formação superior Um em cada quatro professores que trabalham nas escolas de educação básica do país não tem diploma de ensino superior. Eles cursaram apenas até o ensino médio ou o antigo curso normal. Os dados são do Censo Escolar de 2011, divulgado este mês pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). Apesar de ainda existir um enorme contingente de professores que não passaram pela universidade – eram mais de 530 mil em 2011 – o quadro apresenta melhora. Em 2007, os profis-

sionais de nível médio eram mais de 30% do total, segundo mostra o censo. Para o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Roberto Leão, os números são mais um indicativo de que o magistério não é uma carreira atraente. “Isso mostra que as pessoas estão indo lecionar como última opção de carreira profissional. Poucos profissionais bem preparados se dedicam ao magistério por vocação, uma vez que a carreira não aponta para uma boa perspectiva

de futuro. Os salários são baixo, e as condições de trabalho ruins”, explica. A maior proporção de profissionais sem formação de nível superior está na educação infantil. Nas salas de aula da creche e pré-escola, eles são 43,1% do total. Nos primeiros anos do ensino fundamental (1º ao 5º ano), 31,8% não têm diploma universitário, percentual que cai para 15,8% nos anos finais (6° ao 9º ano). No ensino médio, os profissionais sem titulação são minoria: apenas 5,9%. Para a presidenta da União Nacional dos Dirigen-

tes Municipais de Educação (Undime), Cleuza Repulho, é um “grande equívoco pedagógico” colocar os professores menos preparados para atender as crianças mais novas. “No mundo inteiro é exatamente o contrário, quem trabalha na primeira infância tem maior titulação. Quando o professor entra na rede vai para a educação infantil quase como que um ‘castigo’ porque ela não é considerada importante. Mas, na verdade, se a criança começa bem sua trajetória escolar, as coisas serão bem mais tranquilas lá na frente”, pondera.

Judiciário goiano volta a funcionar em horário integral Depois de ficar de agosto de 2011 a abril de 2012 com expediente apenas das 12 às 19 horas, o Tribunal de Justiça de Goiás voltou a funcionar em período integral, com expediente forense das 8 às 18h. “Prevaleceu o bom senso, pois todos os operadores e usuários da Justiça são beneficiados com a volta do expediente integral. A gestão do presidente Leobino Chaves adota postura de maior sensibilidade e diálogo, atende a essa demanda da sociedade e da advocacia”, afirma o presidente da OAB-GO, Henrique Tibúrcio. Durante esses 9 meses de funcionamento em meio expediente, a OAB-GO registrou lentidão e acúmulo de processos maior que já existente antes da mudança do horário. “Houve um sensível acúmulo de processos, acima da demanda já existente antes da mudança do horário. Acredi-

tamos que será necessário período de 4 a 6 meses para o Judiciário retomar à realidade de agosto, quando já havia lentidão e acúmulo de processos, porém em escala menor que há hoje”, afirma Tibúrcio. Uma das justificativas para adoção do expediente em meio período foi a redução de despesas do Judiciário, o que não foi percebido, motivando a revisão dessa medida pelo próprio TJ-GO. Em sessão da Corte Especial no dia 19 de março os desembargadores seguiram voto do presidente Leobino e aprovaram a retomada do funcionamento em período integral. O desembargador Paulo Teles apresentou relatório que prova a ineficiência da tentativa de economia que o Tribunal tentou fazer ao diminuir o horário de funcionamento. A conta de água, que era de R$ 76 mil, passou para R$ 93 mil, assim como a de energia, que passou de R$ 265 mil para R$ 304 mil.

Projeto Teatro Popular leva cultura e entretenimento para a população Caldas Novas ganhou recentemente uma versão do teatro popular de antigamente, aquele que vai onde o povo está e que fala a sua língua. Trata-se do Projeto Teatro Popular, que já beneficiou os bairros Santa Efigênia, Vila Mutirão, Vila dos Nordestinos e nesse dia 4 de Maio o Setor São José. A iniciativa é da Igreja Reviver Para Cristo, com apoio cultural das empresas Concreta Britas, Nova Construir Materiais para Construção, Pizza Nota Dez, Salgadinhos Micos e Rede Bem Supermercado. O projeto leva lazer e entretenimento aos bairros da cidade, com apresentações do Palhaço Peteleco, Mágico Will, Michael Jackson e Charles Chaplin cover, Adriano Cosac e o cantor Chaib Felipe. O idealizador deste projeto é o apresenta-

dor, humorista e locutor da Rádio Gospel Denilson Vieira, que comanda o espetáculo e apresenta as atrações da noite. No final de toda apresentação acontece o momento da evangelização, com louvor e oração, ministrado pelo Pastor Israel Demétrius da Igreja Reviver Para Cristo. O espetáculo é gratuito e itinerante. De acordo com o empresário Wanderson Nunes, um dos apoiadores do evento, a iniciativa vem fazendo a diferença em Caldas Novas. “O diferencial do projeto é que ele leva o entretenimento e até mesmo a palavra de Deus para todos os lugares. Caldas Novas tem muitos eventos, mas sempre concentrados no centro e com entradas que são as vezes muito caras. O Teatro Popular mostrou que cultura deve ser para todos”, comenta.

Público assiste aos shows gratuitamente


Comércio de Caldas Novas aquecido para o Dia das Mães Depois do Natal, o Dia das Mães é considerado a segunda melhor data para o comércio. No intuito de fomentar as vendas, as lojas de Caldas Novas já estão divulgando suas promoções para atrair ainda mais clientes, sendo esperado um aumento nas vendas de 15% em relação ao ano passado. Embora os brasileiros deixem sempre para a última hora, são contabilizadas as vendas nos 15 dias anteriores à data. Os artigos mais procurados são vestuário e calçados, além de cosméticos e utilidades domésticas. As lojas na Avenida Bento de Godoy estão com descontos nos móveis, televisores e outros eletrodomésticos da linha branca, principalmente devido à redução do IPI. Para a funcionária pública Evelyne Viegas, apesar do apelo comercial, esta época é uma pausa na correria do dia a dia para homenagear as mães. “Mãe é uma pessoa muito especial na vida de todos nós. E no dia dela, vale a pena gastar um pouquinho mais, mas também precisa dar aten-

Deficientes que não podem dirigir terão isenção de ICMS Pessoas com deficiência e que não podem dirigir terão isenção do ICMS na compra de veículos em 2013. A decisão é de convênio firmado pelo Confaz publicado no mês passado. Hoje, a isenção já é concedida a pessoas que, apesar de alguma deficiência, podem dirigir com adaptações no carro. A decisão inclui agora pessoas com deficiência intelectual, visual, física e autistas. O carro pode ser comprado pela própria pessoa ou por seu representante legal. Para dirigir, poderão ser indicados até três condutores autorizados, sendo possível a troca destes, desde que seja feito um pedido ao órgão competente. O valor do carro, somados os impostos, não pode superar R$ 70 mil. Se for revendido em até dois anos para alguém que não tem o direito ao benefício, os impostos deverão ser pagos.

Para o comércio, o Dia das Mães é considerado a segunda melhor data depois do Natal

ção, amor e respeito o ano todo”, afirmou. Evelyne é filha de Cleili e mãe da pequena Beatriz Abigail. Já na loja Provanza, as expectativas são as melhores. “Inauguramos a loja no mês passado e esperamos ter um maior movimento no dia das mães, já que nossos produtos são relacionados à beleza a aos cui-

dados com o corpo e com a casa”, comenta a empresária Juliana Patrícia. O empreendimento comercial fica localizado em um mini shopping ao ar livre juntos com outras lojas de artigos de praia, lanchonete e cafeteria, modalidade que vem fazendo sucesso em Caldas Novas, juntamente com as galerias e feirinhas.

Histórico O Dia das Mães é comemorado no Brasil desde 1932, quando o então presidente Getúlio Vargas oficializou a data no segundo domingo de maio. Em 1947, Dom Jaime de Barros Câmara, CardealArcebispo do Rio de Janeiro, determinou que a data fizesse parte também no calendário oficial da Igreja Católica.

Licenciado em Educação Física poderá atuar em academias Uma decisão do Ministério Público Federal de Goiás (MPF-GO) derrubou a limitação imposta aos profissionais pelo Conselho Federal de Educação Física (Confef), que limitava a atuação de quem faz licenciatura às escolas e os impedia de trabalhar em clubes e academias. A decisão do MPF vale apenas para o estado de Goiás. De acordo com o Confef, quem fez o curso de licenciatura deve atuar apenas como professores de educação física nas escolas. Para trabalhar nas academias, clubes e clínicas de reabilitação, por exemplo, é preciso ter feito o curso de bacharelado. Esta área de atuação é especificada na cédula profissional que o conselho emite a todo formando em educação física. Por resolução do Conselho, a cédula de identidade profissional era emitida com um campo com a inscrição “Atuação Educação Básica”, proibindo o professor da área trabalhar em aca-

demias. Além de ampliar o campo de trabalho, as carteiras profissionais não poderão mais constar tal discriminação. Ou seja, o profissional graduado poderá trabalhar nas escolas e academias. Em caso de descumprimento, a Justiça estabeleceu multa diária de R$ 10 mil para cada caso comprovado. A ação do MPF foi motivada por reclamações apresentadas pelo Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte, pelas Faculdades de Educação Física da Universidade Federal de Goiás (UFG) e da Universidade Estadual de Goiás e por estudantes formandos no curso de Educação Física da PUC-GO e da UFG. Segundo o juiz federal Euler de Almeida Silva Júnior, “a liberdade profissional somente pode ser restringida por meio de lei, e que é inadmissível que haja restrições por meio de resolução ou instruções de conselhos profissionais”, considerou o juiz Federal Euler de Almeida Silva Júnior.

Evolução A polêmica é fruto da própria evolução da educação física. Durante décadas, a graduação era exclusiva para formar professores para ensinar educação física para crianças e jovens nas escolas. Não havia academias, estúdios de pilates, não existia a figura do personal trainer, e os trabalhos com reabilitação eram exclusividade dos fisioterapeutas. As faculdades seguiam a resolução 03/87 do Conselho Federal de Educação, atualmente denominado Conselho Nacional de Educação (ainda não existia o Confef, criado apenas em 1998). Para regulamentar todas estas atividades, o Conselho Nacional de Educação criou em 2002 as regras para o curso de licenciatura, e em 2004 publicou a resolução para a criação do curso de graduação em bacharelado. As instituições de ensino superior teriam três anos para adequarem seus currículos e criar a modalidade bacharelado.

OcorrênciasPoliciais Cantor de caldas novas é morto a balas por traficante

Na madrugada desta quarta-feira, 2, policiais militares de Caldas Novas foram acionados pelo serviço de urgência (COPOM) para atender uma ocorrência onde segundo a solicitante duas pessoas estariam gravemente feridas por disparos de arma de fogo. Do outro lado da linha estava uma das sobreviventes que só salvou-se porque fingiu estar morta. Segundo Sherlaine, sobrevivente, todos estavam em uma residência na Estancia Jequitimar, bairro afastado do centro de Caldas Novas, com objetivo de consumir crack. A droga já havia sido encomendada por telefone e todos aguardavam sua entrega. Quando o entregador da droga chegou, Thiago foi até o portão para receber a droga quando começou uma discussão entre o entregador e ele, disse Sherlaine em depoimento aos policiais. No momento da discussão o autor sacou de um revolver e atirou na cabeça de Thiago, o indivíduo, autor do disparo, entrou na residência onde estavam os outros dois. Na sala estava João Carlos (Jhonny, da dupla Jhonny e Marcel) que recebeu um disparo também na cabeça. Sherlaine correu para um dos cômodos,deitouse de bruços em uma cama e colocou as mãos cruzadas na cabeça. O autor entrou e disparou também na altura da cabeça da vitima. A bala perfurou a mão da moça e passou de raspão pela nuca sem atingir a cabeça ou outro órgão letal, disse sargento Rogério do Corpo de Bombeiros que atendeu primeiro as vítimas. O cantor João Carlos foi socorrido e levado ao Pronto Socorro Municipal, mas não resistiu e acabou morrendo. Thiago, atingido primeiro na cabeça, foi encaminhado para o Hospital de Urgências em Goiânia (HUGO) e seu estado é gravíssimo, e até o fechamento desta matéria seu estado de saúde ainda era considerado muito grave.

PM captura 13 procurados pela justiça

A Polícia Militar de Caldas Novas em continuidade a operação batizada como “Alçapão” colocou atrás das grades no início do feriado de 1º de maio, 13 pessoas procuradas pela justiça, seis delas estavam na condição de foragidos da justiça e outras sete tinham mandados de prisão recentemente expedidos. As prisões são por diversos crimes: furtos a residência, roubos, participações em homicídios entre outros. Em Corumbaíba (51 km de Caldas Novas), no início do feriado, a PM prendeu Leandro Souza Teles, 25 anos, foragido da justiça de Piracanjuba (80 km de Caldas Novas). Leandro é considerado perigoso e contra ele pesam vários crimes, entre eles, roubo, furto, receptação, lesão corporal, ameaça, entre outros. Em Caldas Novas, na continuidade da operação “Alçapão” dezenas de pessoas por diversos crimes são mandadas de volta a prisão, entre os detidos esta um jovem de 22 anos, acusado de furtos praticados em residências da cidade. Eduardo estava na condição de foragido e foi recapturado pelo Serviço de Inteligência da PM de Caldas Novas. Outros foragidos também foram detidos e todos são menores com envolvimento com tráfico, roubos, furtos e participação em homicídios.

Polícia atua no feriado para evitar acidentes

Rodovias que dão acesso a cidade de Caldas Novas, entre elas a GO-139, GO-213 e GO-217, foram bastante movimentadas por ocasião do feriado prolongado alusivo ao dia do Trabalhador.Por isso a 1ª Companhia Independente PM Rodoviária tomou uma série de medidas para evitar congestionamentos e reduzir acidentes de trânsito e prática de atos ilícitos por condutores na direção do veículo: emprego de efetivo e viaturas nos trevos para controle de tráfego de veículos buscando a redução de acidentes e congestionamentos, distribuição de panfletos informativos orientando os condutores sobre rotas alternativas de retorno às cidades de Goiânia/GO e Brasília/DF e realização de Bloqueios com a finalidade de prender infratores da lei e apreender armas e drogas, entre outros. Caldas Novas teme quatro acidentes com feridos e nenhuma vítima fatal, além de 10 veículos apreendidos.

Veículo furtado é recuperado

A Polícia Militar de Caldas Novas recuperou neste início de feriado um Fiat Linea roubado em Brasília no inicio do mês de abril. O Veículo estava com um indivíduo que ao ser preso em flagrante por Policiais Militares do Serviço de Inteligência alegou que o veículo era fruto do pagamento de uma divida de 1.700,00 (mil e setecentos reais). O indivíduo indicou o nome do tal devedor, mas não soube informar onde esse poderia ser encontrado. Foi preso em flagrante por receptação e poderá responder por outros crimes com o desenrolar das investigações.


FOTO: Assessoria

Vereador retira animal que atrapalhava o trânsito

Animais abandonados na pista podem provocar acidentes Animais de grande porte abandonados nas pistas de Caldas Novas, notadamente em vias de iluminação deficiente, tem causado transtornos, acidentes, até mesmo fatais. Uma vítima desses acidentes foi o vereador André Rocha. Em 2004, André conduzia uma moto e chocou-se contra uma vaca, próximo a UNICALDAS. A partir deste acidente, o vereador André Rocha passou a se preocupar com os animais que ficam abandonados na pista, notadamente os de grande porte. No último dia 27, dirigindo-se ao setor Terezinha Palmerston, o veículo que levava o vereador deparou-se com um cavalo muito maltratado que andava a ermo, pela pis-

ta. O vereador fez com que o carro parasse e saiu para tocar o animal para o acostamento e em seguida para o terreno baldio. Assinalava para os veículos que vinham em direção contrária. Enfim, tomou literalmente as rédeas da situação para que algo de mais grave não ocorresse. “Eu fui vítima de um acidente assim. Você sabe o que é bater numa vaca a 60km por hora? São 3 toneladas de impacto. Isso pode moer os ossos de um adulto. Esses animais na pista são um perigo e devem ser recolhidos. Só quem já passou por situação semelhante sabe o tamanho do risco que isso traz”, comentou.

MPF-GO recomenda que Correios convoquem aprovados O Ministério Público Federal em Goiás (MPF), pela procuradora da República Mariane Guimarães, expediu recomendação à Administração Central dos Correios pra que sejam imediatamente convocados todos os candidatos aprovados no concurso público realizado em 2011. No total foram aprovados 538 candidatos, mas foram contratados apenas 224 novos profissionais, restaram 314 pessoas que aguardam nomeação, na lista de espera ou cadastro reserva. Em fevereiro deste ano o MPF cobrou dos Correios a atualização das informações que dizem respeito ao número de novos empregados que

deveriam ter sido contratados após a realização do concurso. O inquérito civil público foi instaurado a partir de reclamações de usuários a cerca de deficiências no serviço de distribuição domiciliar de correspondências em Goiás e ausência de atendimento em diversos municípios goianos. O MPF estipulou o prazo de 30 dias para que os Correios adotem as providências necessárias para convocação e contratação dos candidatos aprovados. Em caso do não acatamento da recomendação, será ajuizada ação civil pública para que se promova judicialmente as providências recomendadas.

Famílias goianas têm escrituras regularizadas A regularização fundiária promovida pelo Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), entrou na reta final para 409 famílias de Senador Canedo, que assinaram suas escrituras no último fim de semana. O procedimento foi o penúltimo passo para a entrega definitiva dos documentos, que agora seguem para registro em cartório. Em Senador Canedo, famílias de três bairros do município assinaram escrituras: Conjuntos Morada do Morro, Jardim das Oliveiras (I e II) e Uirapuru. De acordo com o prefeitura da cidade, a parceria com o Estado está sendo primordial para o andamento do processo de regularização fundiária. Os moradores que assinaram os documentos contendo seus nomes mal podiam conter a alegria. “Estamos esperando há 17 anos para ter nossa situação registrada. Nunca perdi a esperança de ver isso acontecer. Quando chegamos aqui, isso não era nada. Hoje é um dos melhores bairros para se viver, mas ainda faltava a escritura. É uma vitória para a gente, estamos muito felizes”, observa o servidor público

Wilmar Martins Dantas, 61 anos, que assinou o documento ao lado da mulher, Francisca Pinheiro Dantas, 56. Pais de quatro filhos, eles vivem no Conjunto Morada do Morro. Além de o programa de parceria entre as prefeituras e Governo de Goiás ter

o objetivo de acabar com a situação de 90 mil casas sem escritura, é interesse do Governo de Goiás entregar todas as unidades habitacionais previstas para este ano. Dando continuidade a esse trabalho de melhoria habitacional, o presidente da Agehab, Marcos Abrão

Como funciona a regularização fundiária O processo de regularização é dividido em muitas etapas. Ele se inicia pela regularização municipal das terras do bairro, sob responsabilidade das prefeituras, que devem legalizar as regiões como bairros residenciais. Assim que a regularização do bairro estiver completa, há o levantamento de imóveis em situação irregular e cadastramento das famílias. Cumpridas as exigências legais, como a reunião de documentação, as escrituras são emitidas pela Agehab, que convoca os beneficiários para a coleta de assinaturas – fase pela qual Senador Canedo acaba de passar. Após a coleta das assinaturas, a Agehab encaminha as escrituras para registro em cartório. Somente registrados, estes documentos têm validade legal. Vencido esta etapa nos cartórios, a população é novamente convocada pelo Governo de Goiás para receber a escritura registrada em cartório. O presidente Marcos Roriz reforça que há um empenho do Governo de Goiás para dinamizar a regularização fundiária no Estado, que atualmente tem cerca de 90 mil famílias com imóveis em situação irregular, dos quais 36 mil já estão em andamento na Agehab. “Regularização fundiária é prioridade do governador Marconi Perillo na área de habitação”, assinala Marcos Abrão Roriz, destacando que foi lançado no ano passado o Programa Casa Legal – Sua Escritura na Mão.

Roriz, e o Governador do Estado, Marconi Perillo, foram a Itumbiara na última sexta-feira para a entrega de 591 moradias, 209 delas construídas com recursos do Cheque-Moradia. O presidente Marcos Abrão Roriz acompanhou o governador Marconi Perillo, que anunciou a liberação de Cheques-Moradia para mais 200 famílias do município. Os recursos utilizados pelo governo somam mais de R$ 1,4 milhão. Já a prefeitura de Itumbiara ficou responsável por disponibilizar oslotes, mão de obra e infraestrutura necessária. São 193 casas no Conjunto Santa Helena e 16 em Olinta Guimarães. Foram entregues também 382 casas no Conjunto Zenon Borges, construídas pelo Minha Casa Minha Vida. As casas entregues pelo governo do Estado também compõem o pacote de 5.220 unidades habitacionais lançadas pelo governador em abril do ano passado, com frentes de trabalho abertas em 111 municípios e investimento de R$ 87,3 milhões, sendo mais de R$ 23 milhões oriundos do Estado (Cheque-Moradia) e R$ 64 milhões do Governo Federal. FOTO: AgBR

Mais de 55% da população brasileira não tem qualquer acesso a rede de esgoto

Situação do saneamento básico no Brasil é considerada dramática Os indicadores de saneamento no Brasil são “dramáticos” e fazem o país parecer parado no século 19. A avaliação é do presidente executivo do Instituto Trata Brasil, Édison Carlos. A organização não governamental realiza estudos e acompanha a situação do saneamento básico no país. De acordo com o Trata Brasil, os últimos dados disponíveis do Ministério das Cidades, de 2009, mostram que cerca de 55,5% da população brasileira não estão ligados a qualquer rede de esgoto e que somente um terço dos detritos coletados no país é tratado. “Podemos dizer que a grande maioria do esgoto do país continua indo para os cursos d’água, os rios, as

lagoas, os reservatórios e, consequentemente, o oceano. O Brasil parou no século 19. Qualquer indicador que você pegue tem níveis dramáticos, que não têm nenhuma relação com o avanço econômico que o Brasil vem tendo”, disse Carlos. Para o especialista, o Brasil teve avanços, principalmente com a criação do Ministério das Cidades e com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Os progressos, no entanto, ainda são tímidos em relação às necessidades do país. Segundo ele, atualmente são investidos entre R$ 7 bilhões e R$ 8 bilhões por ano em saneamento no Brasil, quantia inferior à necessária para atingir as metas do governo até 2030 – investi-

mento de R$ 420 milhões pelos próximos 18 anos, o que corresponde a cerca de R$ 20 bilhões por ano, de acordo com estimativas feitas pelo Ministério das Cidades. Mesmo com o aumento dos recursos para saneamento básico nos últimos anos, principalmente por causa do PAC, a maioria dos projetos não sai do papel. Um levantamento divulgado no início de abril deste ano pelo Trata Brasil, sobre as 114 principais obras de saneamento da primeira fase do programa, mostra que apenas 7% delas estão prontas. Entre as demais, 32% estavam paralisadas e 23% atrasadas. “O problema não é a falta de recursos. Os municípios não conseguem tocar

as obras. Muitos projetos [apresentados ao PAC] estavam desatualizados e tinham problemas técnicos. Muitas obras não passaram nem na primeira inspeção [do programa]”, informou o especialista. Para Édison Carlos, os principais entraves ao avanço do saneamento básico no país são a falta de prioridade dada pelos políticos à questão e a falta de interesse da população em cobrar essas obras das autoridades. O Instituto Trata Brasil participará da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Cnuds), a Rio+20, mas Édison Carlos é cético em relação aos avanços que poderão ser obtidos. “Espero estar errado, mas acho que temas como os biocombustíveis, a questão da floresta e o efeito estufa tendem a dominar as discussões. Além disso, o que costuma balizar essas discussões são temas econômicos”.


boa leitura

horóscoposemanal Libra

Touro

Escorpião

GêmEos

Sagitário

Câncer

CapricÓrnio

Leão

Aquário

Virgem

Peixes

Áries passará por momentos de desgaste e cansaço, tente controlar e direcionar bem a sua energia. Nos momentos mais tensos mantenha a calma, assim tudo correrá sem complicações. No setor sentimental evite explodir quando as coisas não correrem como tinha planejado, tem de aprender a viver com as alterações em cima da hora. Uma conversa justa e franca pode ajudar a resolver alguns diferendos. No setor profissional mostre mais disponibilidade para terminar alguns assuntos pendentes, verá que vai ficar mais aliviado quando encerrar definitivamente estas questões. Economicamente não terá preocupações ao longo deste período.

Depressões Editora: Globo Autor: HERTA MULLER Número de páginas: 162 Há uma grande e amarga ironia históricoliterária que emana de autores como a romena naturalizada alemã Herta Müller, a consagrada autora dos contos de Depressões. Se, de início, em obras como Robison Crusoe, de Daniel Defoe, a então nova prosa de ficção ainda podia louvar o herói capitalista, empreendedor e individualista, pouco depois, já a partir da Revolução Francesa e das jornadas revolucionárias do século XIX, a prosa de ficção se torna, como nos grandes autores russos e, principalmente, no naturalismo e no realismo, em Flaubert como em Zola, a forma por excelência de “desconstrução” crítica da sociedade burguesa. Sociedade burguesa que o socialismo da Romênia natal de Herta Müller deveria sepultar, sepultando assim, de roldão, a arte crítica, que passaria então a ser arte “revolucionária” ou “popular”. Mas, como se sabe, as coisas não saíram conforme planejado. É preciso, porém, deixar claro que nada disso fica explícito nos contos de Depressões. Herta Müller nada tem de realista, muito menos de naturalista. Sua prosa é avara de indicações de tempo e espaço, incluindo as mais prosaicas (em mais de um sentido), como os nomes dos personagens. Não há nomes de personagens, de cidades (ou vilas, pois os contos têm ambientação rural), de ruas, de países, não há datas nem referências nominais a acontecimentos históricos. Em termos estilísticos, o que mais impressiona em Herta Müller é a recusa à subordinação gramatical, e o uso, portanto, de frases paratáticas, ou “paralelas”, que simplesmente se seguem umas às outras, e não se articulam de fato. Bemvindos à sombria lucidez contemporânea.

Áries

Touro terá uma semana muito agradável, estará bem e será capaz de transmitir essa energia positiva ás pessoas com quem convive. Vai sentirse feliz e com vontade de viver a vida. No setor sentimental viverá um período muito próspero, vai ter vontade de sair e de fazer programas diferentes com o seu parceiro. Deve falar sobre as alterações que gostaria de fazer para melhorar a sua relação. No setor profissional tenha alguma cautela, não se deixe levar por atitudes espontâneas que só vão provocar problemas. Use a estratégia para encaminhar os assuntos profissionais. Economicamente terá algumas melhorias. Na saúde vai sentirse mais cansado do que é normal, tente recuperar energias, descansando mais.

cinema

Diva volta às telas em Sete Dias com Marilyn

Atriz refinada nos detalhes, Michelle Williams não comete, em “Sete dias com Marilyn”, o erro de tentar imitar Marilyn Monroe - a deusa única e irrepetível, em sua beleza e destino trágico. Por isso, acerta em cheio na recriação do essencial desta personagem que ocupa há 50 anos o imaginário do público e os mais diversos espaços midiáticos com seu ícone imediatamente reconhecível, mas quase nunca decifrado. A atriz recebeu sua terceira indicação ao Oscar pelo papel. Fora a delicadeza de nuances da interpretação de Michelle - cuja fragilidade física não sugeriria, à primeira vista, que desse conta de encarnar a carnalidade de Marilyn -, ajuda muito que a via de acesso à sua história tenha sido o livro de memórias de Colin Clark (19322002), “Minha Semana com Marilyn”. Jovem aristocrata, Colin (Eddie Redmayne) tirou a sorte grande, em seu primeiro trabalho profissional no cinema, ao receber como um presente do destino a missão de assistente pessoal da diva, em viagem à Inglaterra para atuar em “O Príncipe Encantado” (1957). Combinando com fluência essas duas vertentes, a verdadeira incorporação da atriz por sua intérprete e o encantamento de seu jovem auxiliar, extraindo várias nuances de humor no meio do

caminho, o filme do diretor e produtor britânico Simon Curtis contorna os clichês e se transforma numa jornada de redescoberta. Da história de Marilyn, de Colin e do próprio público, que pode sintonizar nas entrelinhas algumas emoções de um primeiro amor - como na sequência que apresenta uma travessura da estrela, escapando ao trabalho com o assistente, para uma divertida visita a uma escola, seguida por um mergulho num lago. Outra nuance devidamente bem utilizada no roteiro de Adrian Hodges é a tensão do veterano ator Laurence Olivier (encarnado com cinismo histriônico por Kenneth Branagh) diante da diva, cuja exuberante sexualidade o desconcerta quase tanto quanto sua dificuldade em decorar as falas, o que atrasa perfidamente o cronograma da filmagem. Uma atração que a mulher de Olivier, Vivien Leigh (Julia Ormond), assiste cinicamente conformada. A chave do filme é uma assumida dualidade. Em primeiro lugar, da própria Marilyn, devorada por uma insegurança atroz, que a levava a carregar por toda parte um séquito de supostos protetores, como sua treinadora de atuação, Paula Strasberg (Zoë Wanamaker). Essa divisão íntima da estrela despertava nas pessoas que a amavam a

ilusão de que podiam salvála, que contagiou também o jovem Colin. Num segundo momento, essa ilusão sucumbia à assustadora constatação da ciranda infernal de emoções da atriz, um sentimento que afugentou seus maridos, como o dramaturgo Arthur Miller (Dougray Scott) - retratado no filme como um homem frio e distante - e o próprio Colin. Com o encanto dos admiradores transformado em medo, Marilyn prosseguiu, entregue a uma apavorante solidão, aos próprios fantasmas e aos remédios que minaram sua resistência. A política, que pode ou não ter tido algum papel em sua morte precoce, em 1962, aos 36 anos, não é objeto deste ótimo filme, que aborda um outro tempo. FICHA DO FILME Título original: My Week With Marilyn Diretor: Simon Curtis Elenco: Michelle Williams, Kenneth Branagh, Eddie Redmayne, Emma Watson, Dominic Cooper Gênero: Drama Duração: 100 min. Ano: 2011 Data da Estreia: 27/04/2012 Cor: Colorido Classificação: Não recomendado para menores de 12 anos País: EUA

Gemeos deve estar atento, pois vão surgir novas possibilidades que merecem atenção e reflexão. Analise e pense nos seus desejos para o futuro, está numa boa hora para superar e ultrapassar situações do passado. No setor sentimental está numa boa hora para transformar o que for necessário através da comunicação, terá facilidade de expressão e isso levará a um bom entendimento com o seu parceiro. No setor profissional algumas promessas não serão cumpridas, terá de aguardar mais tempo até que os seus projetos se possam realizar. Tente ter tudo organizado para facilitar o seu trabalho. Economicamente tenha atenção em todas as transações economicas.

Câncer deve tirar alguns momentos esta semana para meditar, rever os seus objetivos e fazer novos planos para o futuro. Combata alguma tendência para o sedentarismo. No setor sentimental vai conseguir atingir os seus objetivos e fazer com que o seu parceiro entenda o que faz falta para melhorar a relação. Os que estão sozinhos podem fazer novas amizades e ter novos encontros. No setor profissional será recompensado pelo seu esforço pessoal. Mostre mais determinação e coragem em busca de novos objetivos. Mantenha-se atento, novas possibilidades de negócio podem surgir. Economicamente é uma boa hora para pensar em tocar de carro.

Leão terá muitos momentos de clareza que vão permitir identificar e tirar partido das situações mais vantajosas. Vai conseguir chegar onde quer, mas para isso tem de ter força de vontade, tome iniciativas já que estas serão positivas. No setor sentimental o seu magnetismo pessoal estará em destaque e não deixará ninguém indiferente. Vai conseguir influenciar os outros, mas não deixe o seu parceiro para segundo plano, faça com que ele se orgulhe de você. No setor profissional terá algumas dificuldades e entraves, nem tudo vai correr como estava inicialmente planejado. Mantenha-se afastado de discussões ou conflitos no meio profissional.

Virgem quererá ter equilíbrio e a melhor forma de o encontrar será evitando alguns excessos. Seja prudente e não faça nada que fuja do normal e evite ser muito orgulhoso com as pessoas de quem gosta. No setor sentimental pode sentir uma atração muito forte por alguém que conheceu há pouco tempo, mas se insistir vai constatar que tudo não passa de uma ilusão. Dê mais valor ao seu atual companheiro. No setor profissional vai conseguir alcançar os objetivos a que se propôs, estabeleça novas metas já que não deve ficar parado. Bom período para iniciar uma nova atividade.

Libra não terá uma semana muito facilitada, mas saberá aproveitar o lado mais positivo da vida, já que a sua força interior será suficientemente forte para atenuar os momentos mais difíceis. No setor sentimental vão surgir conflitos e discussões que podem mesmo por em causa o futuro de uma relação, evite tomar decisões de cabeça quente. Não dê crédito a comentários de terceiros que não estão devidamente provados. No setor profissional terá um forte desejo de mudança, mas a hora não é propícia a esse tipo de decisões, não está vendo com clareza todos os contornos da questão. Economicamente vão surgir problemas devido a gastos anteriores.

Escorpião estará com as emoções tensas e descontroladas ao longo de toda a semana, terá de ter uma dose extra de paciência perante as várias situações com que se vai deparar. O impulso e a precipitação podem atrasar ainda mais os seus planos. No setor sentimental a semana será muito descontraída, o seu parceiro será um bom apoio para ajudá-lo a superar alguns problemas. Os que estão sozinhos devem sair e tentar conviver mais. No setor profissional terá de responder a vários pedidos e em alguns casos o melhor, será mesmo escolher os trabalhos que consegue cumprir. Vai sentir alguma falta de organização da parte dos seus colegas.

Sagitário terá dificuldades na concretização dos objetivos pretendidos para esta semana. Vai deixar algo por fazer, por falta de disposição ou até mesmo por falta de tempo. Tente dar a volta a algumas questões para alcançar as suas metas. No setor sentimental terá de contar com algumas discussões que podem mesmo levar à ruptura de uma relação. Seria bom estar um tempo sozinho para definir sentimentos, tanto da sua parte como da parte do seu parceiro. No setor profissional mostre-se determinado, terá uma semana muito ativa em que todas as suas energias estarão direcionadas para este setor. Altere as suas estratégias. Economicamente obterá lucros devido ao seu esforço.

Capricórnio terá tendência a avaliar demasiado os outros e por vezes pode ser demasiado radical. Não seja muito exigente e intolerante com as pessoas, este tipo de atitude da sua parte provocará conflitos desnecessários. No setor sentimental as suas expectativas em relação a alguém que conheceu há pouco podem ser infundadas. Não valorize as pessoas apenas pelo aspecto físico. O mais valioso é o que está escondido no interior de cada um. No setor profissional terá de dar atenção a todos os pormenores para fazer valer as suas capacidades, mas o momento é de vitória e êxito. Assumirá novas responsabilidades que serão estimulantes para o seu futuro.

Aquário estará deprimido ao longo desta semana e a companhia e apoio dos amigos será fundamental para ultrapassar esta fase. Vai sentir-se triste sem saber o porquê. Pense no que tem de bom na sua vida. No setor sentimental período pautado por alguns altos e baixos devido ao seu estado de humor. Não culpe o seu parceiro pelo momento que está atravessando e aceite o seu apoio. No setor profissional a semana tende a decorrer normalmente, sem problemas. Esteja atento a novidades ou inovações que possam surgir dentro da sua área. Economicamente o dinheiro dará para os seus gastos pessoais.

Peixes deve evitar que os êxitos alcançados ao longo desta semana interfiram nas suas relações pessoais. Partilhe a sua vida com as pessoas em quem confia. Vai conseguir resolver uma situação que tinha ficado pendente. No setor sentimental viverá momentos muito apaixonados e situações intensas e agradáveis. Disponibilize mais tempo para o seu parceiro e desfrute-os da melhor maneira possível. No setor profissional esteja atento e não delegue as suas funções a ninguém, caso o faça está a correr riscos desnecessários. Não crie aspirações muito elevadas. Economicamente terá uma semana de gastos muito elevados.


Orimar de Bastos recebe Título de Cidadão Caldasnovense O nosso colunista Orimar de Bastos, que é Juiz de Direito aposentado e advogado militante em Caldas Novas recebeu da Câmara Municipal no dia 28 de abril o titulo de cidadão de Caldas Novas, pelos relevantes serviços que prestou, como Juiz de Direito e agora como Advogado. Na solenidade da entrega do titulo compareceram varias autoridades de destaque no conceito social e político de nossa cidade, estando presente os Vereadores André Rocha, Presidente daquela casa, Evando Divino da Cruz, Aristelina Godoy de Lima, Gisélia Custódio e Wiris Marcos Arantes, bem como o representante da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás, Dr. Walter Silva Reis; do Grão Mestre da Maçonaria do Grande Oriente José Lopes de Andrade; do Tribunal de Justiça Maçônico Dr. José Gonçalves da Cunha; as freiras Irmãs Tereza e Domingas, além dos Irmãos de Maçonaria das Lojas Segredo União e Vale do Rio Quente, a presidente do Lions Clube de Caldas, além de seus familiares vindos de Goiânia, Catalão, e Palmas do Tocantins. O titulo honorifico foi projeto de lei do Vereador Wiris Arantes que levou em votação, tendo também

a assinatura do Vereador Evando da Cruz, o qual foi aprovado por unanimidade. Do seu discurso o homenageado fez referência do tempo em que foi Juiz nesta Comarca, relembrando serventuários que faleceram, dentre eles Celio Azevedo, Ivon da Cunha Bastos que era seu primo, Orlando Rodrigues da Cunha Junior, e a única sobrevivente destes membros citados, Geni Rodrigues de Souza que estava presente e teve uma homenagem especial. O Dr. Orimar de Bastos relembrou algumas passagens de Caldas Novas, quando essa cidade não possuía o movimento de hoje, sendo uma Comarca de fácil manejo e que após a explosão e exploração demográfica, com o surgimento de vários Hotéis e Pousadas. Este jornal deve ressaltar como cronista do Diário da Manhã e também do Jornal Cidadão, Orimar Bastos sempre decantou nas mesmas, a cidade e as suas águas quentes. Após a solenidade, foi servido um coquetel preparado pela sua esposa Márcia Simões, com comidas típicas Árabes, que foram degustados por todos. O Jornal Cidadão cumprimenta o novo cidadão caldasnovense augurando-lhe muitas felicidades e saúde.

FOTOS: Adiel

Em meio a familiares e amigos, Orimar de Bastos recebeu a honraria pelos serviços prestados à comunidade

Jornal Cidadao  

Edicao 222

Advertisement