Issuu on Google+

Ano 12 - nº 63 - Abril 2009

Isabel do vôlei Chocólatra assumida, ex-atleta revela os segredos para manter a boa forma quase aos 50 anos

Campeões do consumo Brasil é 2º lugar no ranking mundial de produtores de ovos de Páscoa

Córdoba O turismo histórico e a requintada gastronomia na encantadora cidade argentina

chocolate faz bem à saúde Pesquisas científicas comprovam: alimento ativa a função cerebral e ainda diminui o risco de problemas cardíacos

1


03 perspectiva

Sérgio Asís, Diretor Geral da Arcor Brasil, aposta na inovação como um dos pilares para o crescimento dos negócios

04

EXPEDIENTE

Mercado & tendÊncias

A Revista IMPULSO é produzida sob a responsabilidade da área de Marketing da ARCOR do Brasil e dirigida a seus colaboradores, clientes e parceiros comerciais.

Pesquisa revela a paixão do brasileiro pelo chocolate. Produção de ovos de Páscoa deve crescer 4,8% neste ano

Coordenação: Meire de Souza – Gerente de Serviços de Marketing

06

Conselho Editorial:

campanhas & ideias Parcerias ajudam a estreitar vínculos com o público jovem. Biscoitos Aymoré realiza promoção em um dos maiores eventos de música baiana

08

expressão Em entrevista, Isabel, ex-jogadora de vôlei, revela os segredos para manter a forma física invejável aos 48 anos

Jorge Conti, Gabriel Porciani, Otameiry Furtado, Sandra de Souza e Célia Aguiar

Colaboradores: Juliano Almeida e Margareth Moura

Projeto Editorial: Trama Comunicação

Diretora de Redação: Leila Gasparindo MTb: 23.449

Editora:

11 vida saudável

30% dos brasileiros não praticam qualquer tipo de atividade física. Saiba como deixar o sedentarismo de lado

12 14 16 18 atitude cidadã

Helen Garcia MTb: 28.969

Editor Assistente: Adriano Zanni MTb: 34.799

Reportagens: Carlos Eduardo Oliveira e Gisele Achkar

capa

Revisão gramatical e ortográfica:

Chocolate faz bem à saúde. Cacau é rico em dopamina, substância ligada à disposição e ao prazer

Revisão, desenhos e imagens:

Gisele C. Batista Rego

Gilberto Colorni

Projeto Gráfico e Diagramação:

viagens & gastronomia

Desvende os encantos de Córdoba, na vizinha Argentina

Arthur Siqueira

Impressão: AR Fernandez Pré-Impressão e Gráfica Tiragem: 6.000 exemplares Entre em contato conosco:

na mídia

Arcor é destaque nos principais veículos de comunicação do país

Suas sugestões, críticas e ideias contribuirão com nossa publicação. Via e-mail: impulso@arcor.com.br Pelo correio: Av. Doutor Cardoso de Melo, 1.855 - 5º andar Vila Olímpia - CEP 04548-005 - São Paulo-SP

Instituto Arcor Brasil comemora cinco anos de vida e mais de 1,5 milhão de alunos beneficiados pelos diversos projetos

Arcor do Brasil Ltda. Rua das Olimpíadas, 205 – 16º andar CEP 04551-000 - São Paulo – SP Tel. (11) 3046-6800


revista impulso Perspectiva

a

inovação

A Páscoa é considerada uma data muito especial na vida dos brasileiros e o evento sazonal de maior relevância para a nossa empresa. Representa um momento de reflexão, a oportunidade de fazermos uma retrospectiva e estabelecermos um novo começo, um novo caminho que nos conduza a inovação. Estratégica na evolução humana, a capacidade de inovar tornou-se para a atualidade um diferencial competitivo dos mais almejados pelas organizações no mercado global. E inovação é uma das fortalezas do Grupo Arcor. Somos uma empresa que possui em seu DNA a criatividade e agilidade necessárias para conquistar o paladar do consumidor com a contínua oferta de lançamentos de alta qualidade e valor agregado. Esse é o segredo do nosso sucesso que tem permitido nossa consolidação, mesmo diante de cenários desafiadores como o atual. O Grupo Arcor tem o Brasil como o seu segundo maior mercado mundial. Nos últimos 5 anos, crescemos muito além do índice do PIB brasileiro. Em 2008, o fortalecimento das nossas marcas no país foi vertiginoso graças a uma somatória de iniciativas bem-sucedidas que incluíram desde a implantação de novos processos, uma maior presença nos pontos-de-venda, até representativos investimentos em novas linhas e ampliação da capacidade produtiva. Essas importantes decisões tem permitido a estruturação de nosso crescimento de forma sustentável para os anos seguintes.

Em 2009, manteremos nosso planejamento calcado nos pilares de crescimento que envolve novos investimentos em tecnologia e processos, pesquisa & desenvolvimento, inovação e criatividade, desenvolvimento do Capital Humano e manutenção da eficiente gestão de custos. Se trabalharmos de forma disciplinada, embasados nas metas estabelecidas para o ano, certamente, nos tornaremos uma corporação ainda mais dinâmica e competitiva. E assim continuaremos conquistando o consumidor brasileiro, ávido por produtos diferenciados a preços justos. O novo projeto gráfico e editorial da revista Impulso traduz nossa visão de inovação, reforça o conceito de melhoria contínua da companhia e visa tornar a leitura mais atrativa a todos os leitores. Nessa Páscoa, agradecemos à família Arcor, que engloba clientes e parceiros comerciais, acionistas, consumidores, colaboradores e seus familiares, por toda dedicação, contribuição e esforço em prol de superar desafios e construir um futuro que nos dignifique ainda mais como profissionais e seres humanos. Feliz Páscoa!

Sergio Asís Diretor Geral - Arcor Brasil Divulgação

Tempos de

3


revista impulso Mercado & Tendências

Apaixonados por chocolate Pesquisa do Ibope Mídia revela que o consumidor brasileiro come, em média, 10 unidades de chocolate por semana. Mundialmente, o País só fica atrás da Inglaterra quando o assunto é fabricação de ovos de Páscoa

a Shutterstock

A Páscoa é considerada uma data muito especial, tanto para o paladar dos brasileiros quanto para a indústria. Supermercados ficam cobertos de ovos de chocolates de diversos tipos. Adultos rendem-se a este prazer e, para as crianças, a diversão é garantida com um montão de ovos licenciados com personagens infantis e brindes variados dentro de cada um deles. Mas não é só nesse período que o chocolate faz parte da vida dos brasileiros. O Target Group Index, estudo realizado pelo Ibope Mídia, revelou um aumento no consumo de chocolate no Brasil desde 1999.

4

ARCOR IMPULSO


As quantidades impressionam: 67% dos consumidores de chocolate comem sete ou mais unidades por semana e 23% comem entre três e seis unidades semanalmente. As mulheres são as campeãs de consumo (56%) e entre os “chocólatras”, também são maioria (58%). De acordo com dados do Pyxis, mapeamento geográfico do consumo brasileiro realizado pelo Ibope Inteligência, que faz parte da mesma pesquisa do Ibope Mídia publicada em 2008, 50% dos gastos com chocolates, balas e doces foram concentrados em 45 municípios, liderados pelas maiores cidades brasileiras: São Paulo (14,1%) e Rio de Janeiro (5,8%).

Mercado − Apesar do momento econômico atual, a Páscoa chega com otimismo para a indústria. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab), a produção de ovos terá um aumento de 4,8% em relação ao ano anterior, somando cerca de 24 mil toneladas. “Essa é uma data importante na cultura brasileira, pois o que está à disposição é mais do que um simples produto: são verdadeiras possibilidades de demonstração de afeto. Os fabricantes estão atentos e lançarão opções para os mais variados públicos”, afirma Getúlio Ursulino Netto, presidente da Abicab.

Divulgação

Atualmente, 67% dos brasileiros consomem chocolates variados, em média, 10 unidades por semana. O tablete puro é preferido por 82% dos entrevistados e os bombons, consumidos por 72%.

113 milhões é o número de ovos produzidos pelas empresas brasileiras nesta páscoa

Para este ano, estima-se um total de 113 milhões de unidades vendidas, o que mantém o País em segundo lugar no ranking de produtores de ovos, atrás apenas da Inglaterra. Ao longo do ano, serão comercializadas 329 mil toneladas (ovos e consumo continuado).

Nova linha de produção Para atender à demanda e garantir um sucesso ainda

Páscoa, a marca conta com ovos do Atlético

Assim como grande parte das indústrias do

maior na campanha de 2009, foi instalada uma nova

Mineiro, Cruzeiro, Botafogo, Fluminense, Vasco,

ramo alimentício, a Arcor foca suas ações em

linha de produção de ovos de chocolate na fábrica

Flamengo, Grêmio, Internacional e São Paulo.

pontos de venda.

sendo cinco lançamentos, tanto de marcas próprias

Além disso, a empresa inova mais uma vez,

“Aproximadamente, 99% de nosso investimento

quanto licenciadas.

lançando dois produtos em formato de bola de

está em PDV. Com tantas novidades, esperamos

futebol com licença exclusiva do Rei Pelé: um

crescer 10% nesta Páscoa”, prevê Gabriel Porciani,

A Arcor aposta também nos lançamentos da linha

com embalagem em verde e amarelo e outro

diretor de marketing de chocolates e guloseimas

Fanáticos por Futebol. Comemorando a sexta

preto e branco.

da Arcor.

de Bragança Paulista (SP). São 32 ovos de Páscoa,

5


revista impulso campanhas & ideias

Marcas de

tradição A paçoca Amor, com mais de 50 anos de história, e os biscoitos Aymoré, que comemoram 85 anos de vida em 2009, ganham destaque por meio de parcerias e promoções

A

Algumas ações de marketing da Arcor foram pautadas em duas tradicionais marcas durante o início deste ano. A paçoca Amor, com mais de 50 anos de história, está presente, por exemplo, em peças de comunicação da coleção 2009 da grife carioca Farm, focada em moda jovem feminina e líder absoluta nesse mercado. Já a marca de biscoitos Aymoré firmou parceria com a Rádio Brasil Extra FM 103,9, da região metropolitana de Belo Horizonte, para o Axé Brasil, um dos maiores eventos de música popular baiana do País.

Peças de comunicação da grife carioca trouxeram a marca

“A marca Amor Sing’s, sem dúvida, é estratégica para a Arcor e por isso fomos buscar parcerias com empresas de outros segmentos que também estão próximas de nossos targets”, afirma Gabriel Porciani, diretor de Marketing de Chocolates e Guloseimas da empresa.

da Paçoca Amor estampada: afinidade com o público jovem

6

ARCOR IMPULSO

Uma história de amor – Ela tem formato de cubo achatado e causa uma sensação deliciosa de amendoim esfarelando na boca. Adivinhou? Com certeza, alguns se lembram da paçoca Amor, que remete a cheiros e sabores da infância.

De origem caseira, o produto foi criado há mais de 50 anos. Em 2001, a marca foi incorporada pela Arcor e até hoje é considerada um clássico na linha de doces por consumidores de diferentes idades. “A paçoca Amor continua prestigiada, porque sua formulação e formato seguem inalterados”, explica Porciani. O doce atrai crianças e adolescentes, mas os maiores comilões são os jovens e adultos entre 25 e 30 anos. Isso porque “além da receita, o sucesso está ligado à força e tradição da marca”, completa. A paçoca Amor firmou parceria inédita com a grife carioca Farm, rede de moda jovem femi-


nina, cuja coleção 2009 ganhou referência vintage dos anos 70. O ícone escolhido para estampar algumas das peças de comunicação da recém inaugurada loja da grife – a Farm Harmonia - localizada na Vila Madalena, em São Paulo (SP), e também o post no blog do site www.farmrio.com.br/adoro é o da tradicional paçoca. Durante o lançamento da coleção de outono/ inverno, nos meses de março e abril, as 23 lojas da Farm, nas principais capitais do Brasil, estiveram repletas de paçoca Amor Biscoitos e abadás – Desafio Aymoré te leva para o Axé. Esse foi o slogan da campanha da tradicional marca de biscoitos em parceria com a Rádio Brasil Extra FM 103,9 – da região metropolitana de Belo Horizonte – e o evento Axé Brasil Extra 2009. A ação realizada durante todo o mês de março contou com promoções ligadas aos produtos Aymoré para distribuição de ingressos para um dos maiores eventos de música baiana do País, realizado nos dias 3 e 4 de abril, no Estádio do Mineirão. “Queremos aproximar os jovens da marca que comemora 85 anos em 2009. Por isso, resolvemos associar a campanha a este evento tão popular”, explica o diretor de Marketing de Biscoitos, Jorge Conti.

com a palavra “EU TENHO” para o número 50050. Durante o programa Axé Brasil Extra FM 103,9, os ouvintes sorteados receberiam a visita da equipe e do Repórter Axé que perguntava: “Você tem em sua casa alguma embalagem de biscoitos Aymoré?”. Se os ouvintes tivessem o produto, levariam na hora um par de abadás e ingressos para o show. Na segunda fase, os participantes enviaram fotos com produtos Aymoré para o e-mail da Rádio. As melhores, escolhidas pela comissão julgadora, foram publicadas no site e as que receberam mais votos participaram de um sorteio. Os contemplados também ganharam camisetas e entrada gratuita para o evento. Na última etapa, os participantes enviariam a palavra AYMORE também para o número 50050 para participar de um quiz. Quem tivesse o maior número de acertos durante a semana participaria do sorteio. Os 28 primeiros ganharam abadás para o camarote oficial da festa.

12 foi o Número de atrações musicais presentes no festival em minas. Ivete Sangalo e Chiclete com Bacana foram destaque

Durante a promoção, o regulamento permaneceu disponível no site da Rádio Brasil Extra FM que recebeu centenas de acessos diários

Divulgação

A ação foi dividida em três fases. Na primeira delas, os participantes deveriam enviar uma mensagem

7


revista impulso expressão

Tasso Marcelo

A ex-atleta de vôlei e atual técnica das filhas Maria Clara e Carolina em seu local de trabalho: “meu escritório é a praia”

8

ARCOR IMPULSO


Receita de uma

campeã Sem abrir mão de paixões como o chocolate, Isabel, a eterna musa do vôlei brasileiro, exibe forma física invejável e dá lições práticas de qualidade de vida

“Meu escritório é a praia”. Não, não se trata da letra da canção do grupo pop Charlie Brown Jr., mas de Isabel falando diretamente do seu local de trabalho: as areias de Ipanema, onde diariamente cumpre expediente, ensinando vôlei de praia a diversas crianças e adolescentes. Numa cidade acostumada à presença de celebridades, Isabel passaria quase despercebida, se não fosse o extraordinário vigor e a forma física invejável, do alto de seus assumidos 48 anos. “O componente genético ajuda, pois tenho tendência a não engordar e a perder peso fácil. Faço muito esporte, mas não compartilho da busca desenfreada pela eterna juventude ou do culto exagerado ao corpo. Não abro mão dos prazeres da mesa, e o chocolate é um deles”, afirma. Mãe de Pilar, Maria Clara, Pedro e Carolina (os três últimos também atletas), a carioca Maria Isabel Barroso Salgado é ícone da primeira geração de vôlei no País. Foi uma das principais atletas da seleção brasileira nas décadas de 1970 e 1980 e tem culpa

no cartório pelo vulto que o esporte veio a tomar. Jogou duas Olimpíadas (Moscou, em 1980, e Los Angeles, em 1984), atuou nos principais clubes brasileiros e também na Itália e no Japão. Em entrevista exclusiva, ela conversou com a revista Impulso. Revista Impulso – Ainda hoje, você é uma espécie de ícone de uma geração que marcou não só o vôlei, mas o esporte brasileiro. A que atribui esse status? Isabel Salgado – Não sei ao certo, é uma pergunta difícil de responder. Talvez o fato de eu ter tido filhos e voltado a jogar seja o que mais marcou a opinião pública. RI – Seu condicionamento físico atual continua invejável. Existe uma fórmula para isso? Algum peso genético? I. S. – Tenho sorte de não apenas não engordar, mas de perder peso com facilidade. A questão genética, com certeza, ajuda, mas não tenho obsessão de me manter em forma. Gosto de me manter saudável, mas sem paranoia. Quero aceitar as perdas do tempo de forma natural.

“gosto de me manter saudável, mas sem paranóia” 9


revista impulso expressão

Coração de mãe Que ninguém se engane. Apesar da forma física à toda prova e de ter sido, até o final de 2008, a técnica das gêmeas Maria Clara e Carolina no vôlei de praia, Isabel nunca fez o tipo mãe-treinadora “carrasca” – nem na praia, nem em casa. “Minha mãe educou a gente para comer de tudo. Enquanto crescíamos, em alguns momentos compartilhamos uma dieta mais equilibrada em função dos objetivos profissionais dela, mas nunca foi nada imposto”, afirma Maria Clara. “Sempre houve muitas verduras,

RI – Você se cobra muito? Manter a forma física é um processo natural, sem autopressão, ou você vive permanentemente focada nesse objetivo? I. S. – De forma alguma. As pessoas hoje são malucas pelo culto ao corpo e a busca da eterna juventude, mas essa não é a minha. Eu vou à academia, faço musculação, ando de bike, faço caminhadas. Me alimento bem e não faço dietas. Apenas evito comer aquelas coisas que, sabidamente, não fazem bem, como frituras, por exemplo. Mas até isso eu como, aqui e ali. Não me privo de nada do que gosto. Se tenho vontade, como.

saladas e legumes na mesa, mas é claro que comíamos muitos biscoitos e chocolates também”. Herança familiar? “Não sei ao certo, só sei que adoramos chocolate desde sempre! Inclusive durante a Páscoa, uma de minhas lembranças era a tradicional ‘caça aos ovinhos’ que eu e meus irmãos

Tasso Marcelo

fazíamos.”

10

ARCOR IMPULSO

RI – Em prol da forma física, você renuncia a pequenos prazeres da gula? Não é de hoje que carrega a fama de “chocólatra” – é verdade que não passa um dia sequer sem eles? I. S. – A alguns prazeres, renuncio sim. A outros, não. Gosto muito de chocolate, mas não como todo dia. Há momentos em que chocolate é uma delícia, e nem precisa comer tudo, basta um pedaço. Quer dizer, eu tento comer apenas um pedaço, mas não consigo e acabo comendo o tablete inteiro (risos). Acho muito gostoso, e sempre tenho um chocolate em casa. É até engraçado ver a cara das pessoas quando mordem o primeiro pedaço – elas fecham os olhos e

dizem “hummm....” (risos). Quem gosta de chocolate sempre faz isso! RI – Na visão de uma desportista, incentivar os filhos à prática de esportes funciona melhor na condução a hábitos alimentares regrados e saudáveis do que simplesmente proibir, por exemplo, doces e chocolates, eterna paixão infantil? I. S. – Meus filhos sempre comeram bem, e como qualquer criança, sempre gostaram de doces. Uma criança pode se alimentar bem e comer chocolate, por exemplo. Já o esporte é sempre bom na formação, acho legal que se abra o leque de práticas esportivas, para que a criança se dedique ao que mais se identificar. Se a criança gostar, claro – forçar a barra é terrível. Mas os pais não devem se limitar ao esporte, na minha “receita” entrou incentivo à leitura, à música, ao cinema, teatro, balé e a esportes sem conexão com o vôlei, como natação e ginástica olímpica. RI – Sendo “chocólatra”, em algum momento você estimulou isso em seus filhos? Você diria que houve algum tipo de “herança genética”? I. S. – Não cheguei a incentivar, eles lidam com chocolate como eu, de uma forma saudável. Todos eles gostam. Mas é uma relação legal, de prazer, sem vício.

Isabel, chocólatra assumida: “tento comer apenas um pedaço, mas não consigo e acabo comendo o tablete inteiro”


revista impulso Vida saudável

Triunfe E

A completa falta de atividades físicas pode aumentar em 22% o risco de se desenvolver doenças do coração

sem sedentarismo

Em 10 de março, comemorou-se o Dia Nacional de Combate ao Sedentarismo. No entanto, se a preguiça persiste e você é daqueles que não levanta do sofá de casa para praticar qualquer tipo de atividade física, mesmo que por alguns minutinhos, saiba que é mais um a engrossar a lista dos chamados inativos. De acordo com pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, o sedentarismo pode aumentar em 22% o risco de se desenvolver problemas do coração e entre 10% e 16% o risco de cânceres de colo do útero, reto e mama. O mesmo estudo mostra que 30% da população brasileira não pratica nenhuma atividade física no trabalho, em casa ou nos momentos de lazer. A pesquisa, feita por telefone, ouviu 54 mil pessoas em todo o país.

cardiovasculares, é preciso ter uma atividade aeróbica por, pelo menos, meia hora, cinco vezes na semana. “A partir dos 35 anos, perdemos massa muscular, o que facilita o ganho de peso. O nosso metabolismo também diminui. O exercício físico minimiza essa tendência e, assim, previne o surgimento de certas doenças”, orienta o fisiatra do Hospital Albert Einstein, Mario Sérgio Rossi. O sedentarismo pode ser reduzido com pequenos gestos cotidianos, como uma caminhada. Recomenda-se também a troca do elevador pelas escadas, além do carro particular pelo ônibus, saltando sempre um ou dois pontos antes do trabalho. a arcor na sua vida

Dicas importantes Se antes, quem caminhava 30 minutos semanalmente não era considerado sedentário. Hoje, descobriu-se que, para prevenir doenças Tipo de gordura formada por um processo em que ocorre a adição de gás hidrogênio nas moléculas dos óleos vegetais – soja, algodão, milho - até que este se torne sólido a temperatura ambiente. É a responsável pelo aumento do colesterol total e do colesterol ruim (conhecido pela sigla LDL). Consumo máximo diário de gordura trans recomendado pela OMS: 2 gramas

O lanche da tarde livre de preocupações

para a manutenção da vida útil e das

Cuidar de alimentação também é fundamental.

características sensoriais dos produtos,

Evitar a ingestão de produtos repletos de

portanto, sem alterar aromas e sabores dos

agrotóxicos ou que contenham a chamada

biscoitos. Assim, o café da manhã ou o lanche

gordura trans, grande vilã do coração, é

da tarde podem ser feitos

importante para garantir uma vida mais longa.

sem qualquer tipo de preocupação.

A Arcor possui toda a linha de biscoitos das marcas Triunfo, Aymoré, Break’UP e Danix completamente isenta deste tipo de gordura. A empresa desenvolveu tecnologia para a substituição do ingrediente, atentando

11


revista impulso capa

Alimento

dos deuses O chocolate é benéfico à saúde, ativa a função cerebral e promove bem-estar, desde que consumido sem exageros

O

O engenheiro Leandro Siqueira, 33 anos, é chocólatra assumido desde que se conhece por gente. Sua dieta semanal inclui 250 gramas de chocolate após as refeições. Ele já chegou a “estocar” cinco quilos durante o período em que morou na Alemanha. “Havia uma edição limitada de um chocolate de que gostava e comprei bastante, porque fiquei com medo de acabar”, afirma.

Dieta especial: 250g de chocolate após as refeições

A paixão pelo produto não interfere em sua qualidade de vida. “Trabalho oito horas por dia, malho quatro vezes semanalmente, jogo tênis e viajo nos fins de semana. Levo uma vida dentro da normalidade”, resume.

Arquivo pessoal

Os pequenos prazeres fazem parte do bemestar e da qualidade de vida. Essa é a opinião da nutricionista Maria Gandini, da RG Nutri Consultoria Nutricional. “A alimentação equilibrada deve estar associada aos prazeres, como um pedaço de chocolate. O importante é dosar para não se tornar válvula de escape”, explica.

12

As civilizações maias e astecas consideravam o cacau um alimento dos deuses. Não se sabe realmente se é divino, mas, depois de séculos, sobram evidências de

ARCOR IMPULSO

que o chocolate traz benefícios. Além de nutritivo e energético, contém proteínas, gorduras, cálcio, magnésio, ferro, zinco, caroteno, vitaminas E, B1, B2, B3, B6, B12 e C. Avaliado pela ciência − Estudos realizados pelas universidades de L’Aquila, na Itália, e Tuffs, em Boston, indicam que os flavonoides, presentes no cacau, estimulam a produção de óxido nítrico − substância que dilata as artérias, reduz a pressão e diminui o risco de doenças cardíacas. Virginia Nascimento, vice-presidente da Associação Brasileira de Nutrição (Asbran), explica que o amargo possui mais cacau e contém mais substâncias nutritivas, por isso é o mais indicado. Outro estudo, da universidade britânica Nottingham Medical, sugere que o cacau estimula o funcionamento do cérebro à medida que as pessoas envelhecem. “As pesquisas com chocolate amargo mostram que os antioxidantes combatem os radicais livres, retardam o envelhecimento e ajudam a reduzir os níveis de LDL (mau colesterol)”, completa. Segundo Patrícia Soares, diretora da Vital Nutri Assessoria e Consultoria em Nutrição e Qualidade de Vida de São Paulo, o cacau


Visão oriental – Em medicina chinesa, pensamos primeiramente em energia. “No caso do chocolate, podemos defini-lo como um bom alimento, pois é muito eficaz em função da energia que carrega consigo”, explica Angela Freitas, membro da Associação de Medicina Chinesa e Acupuntura do Brasil. A acupunturista conta que, quando o organismo busca um doce, é para suprir uma carência ou controlar um excesso. E

os doces são ingeridos com o intuito de aliviar o medo, e isso acalma o coração. “Como este órgão é diretamente ligado à mente, a função do chocolate, portanto, é ajudar a acalmar o indivíduo e controlar os batimentos e as fortes emoções”, explica.

O cacau é rico em dopamina, substância ligada à disposição e ao prazer

Sendo assim, parece não haver mesmo escolha. Difícil resistir à tentação. Para o período da Páscoa, a nutricionista Patrícia Soares dá uma dica. “Coma, mas por que querer tudo de uma vez? Só porque é Páscoa? Prazeres devem ser prolongados”, finaliza.

Shutterstock

é rico em dopamina, substância ligada à disposição e ao prazer, e à serotonina, que estimula o bem-estar e autoconfiança. “O consumo equilibrado pode colaborar com o estado emocional e intelectual.”

13


revista impulso viagens & gastronomia

A cidade Shigoto Agência de Turismo

dos Sinos m

Monumentos históricos e igrejas antigas misturam-se com edifícios e galerias de arte na cidade de Córdoba, situada no centro da Argentina. O local atrai pessoas de todo o mundo por seu estilo próprio, que mistura vida contemporânea com o legado da colônia espanhola.

cordoba é a segunda cidade em importância na argentina com 1 milhão de habitantes 14

ARCOR IMPULSO

Não é por acaso que a cidade proporciona intensa programação cultural: são inúmeras galerias, salas de espetáculos, festas populares, além da rica história com seu passado colonial muito bem preservado, repleto de prédios, estâncias jesuíticas e igrejas com inúmeros sinos instalados por franciscanos e dominicanos, fato que apelidou o local de “Cidade dos Sinos”.

Localizada no coração da Argentina, Córdoba atrai universitários e turistas por sua herança colonial com toques de modernidade. A gastronomia é outro ponto forte

É a segunda cidade em importância da Argentina, com mais de 1 milhão de habitantes, em sua maioria universitários, atraídos pela Universidade Nacional de Córdoba e outras três instituições de ensino superior. O ritmo da cidade grande não afetou sua paisagem serrana de clima pacato, em que até mesmo a sesta é respeitada. Sob o céu de um azul peculiar, a natureza exuberante apresenta lagos, rios, serras e vales. Córdoba também é a segunda maior região industrial do país, iniciada em 1927 com a criação de uma fábrica de aviões. Em 1950, ganhou representações


dos setores automobilístico, motores, naval e alimentício. Foi nesse cenário que nasceu o Grupo Arcor, em 5 de julho de 1951, no simpático município vizinho de Arroyito, região metropolitana de Córdoba, com a missão de ofe-recer alimentos de excelente qualidade, tornando-se anos depois um grupo industrial líder com marcas presentes em mais de 120 países. Em 2009, a Arcor foi eleita pelo 6º ano consecutivo a número 1 no ranking das 100 melhores empresas em imagem da Argentina pela revista Apertura. Gastronomia e requinte – Come-se bem em Córdoba e, como em outras cidades

um pouco da colonização”, conta Karina Muniz, chefe-executiva de gestão de alimentos do Restaurante Pobre Juan, em São Paulo. Ariel Suez, chef parrillero, confirma que a maior parte do cardápio é realmente à base de carne. O “Asado Criollo” – assado de cordeiro ou leitão inteiro – é um dos pratos mais pedidos nos restaurantes locais. “E as empanadas ganham características próprias em cada região, tanto as salgadas quanto as doces, com massa adocicada com uva passa”, explica. Para aqueles que preferem as sobremesas, os pratos com doce de leite estão

Por dentro de córdoba Clima: quase sempre sol e as temperaturas variam entre 27º C e 37º C no verão e entre 9º C e 15º C no inverno. Fundação: a cidade foi fundada em 1573, por Jerónimo Luis de Cabrera à beira do rio Suquía. Em 1614, os jesuítas fundaram a Universidade Nacional de Córdoba, a primeira Universidade da Argentina e a segunda da América Latina. Córdoba foi a cidade onde Che Guevara passou boa parte de sua vida.

Fotos: Restaurante Pobre Juan

Fontes de referência: Wikipédia; CI Agências de Viagens; Welcome to Argentina (site de turismo). Colaboração: Restaurante Pobre Juan (SP).

argentinas, a especialidade é a carne, sem se esquecer dos assados, das empanadas e de pratos com influência italiana e espanhola. “Como a cidade recebe muitos jovens, a gastronomia tem um toque cosmopolita, mas não tão tradicional quanto Buenos Aires, pois engloba

sempre presentes, tanto em porções (puro), quanto em tortas, além da tradicional panqueca recheada com a iguaria. E, como não poderiam faltar, os famosos alfajores cordoveses, com massa artesanal (macia) que inclui raspas de limão. O recheio pode ser de doce de leite, pêssego ou maçã e, por último, o banho branco (cobertura açucarada).

Ariel Suez, chef parrilero, recomenda: “quando for a Córdoba, peça o Asado Criollo, um dos pratos mais apreciados nos restaurantes locais”

Também como sobremesa, costuma-se servir sorvete, geralmente preparado de maneira artesanal. Soma-se a tudo isso a produção de panificados, confeitos, pastéis e laticínios. É de dar água na boca!

15


revista impulso mídia

De olho na mídia n

No início deste na ano, a Arcor intensificou os projetos na área de comunicação corporativa. A iniciativa rendeu resultados interessantes, sobretudo por meio das ações de assessoria de imprensa. Levando em consideração o mes de fevereiro e a primeira quinzena de março, foram publicadas 41 matérias na mídia. Segundo Meire Souza, gerente de Serviços de Marketing da Arcor, a comunicação é um

investimento indispensável para as organizações que buscam valorizar sua marca e fidelizar seus públicos. “No atual cenário que vivemos, para se diferenciar da concorrência é preciso conquistar uma boa reputação e construir relacionamentos sólidos e de confiança por meio de uma comunicação contínua e eficaz”, afirma. Veja os principais resultados conquistados!

Tempo de renascer. (...) A argentina Arcor espera crescer 4% em vendas e 12% em faturamento ante 2008. Tem, para isso, produtos como a Tortuguita, uma tartaruguinha que é sucesso entre crianças. Diário do Comércio – Publicidade & - Pág. 6 – 13/03/2009

Indústria de chocolates prevê alta de 8% nas vendas de Páscoa. Segundo Gabriel Porciani, diretor de marketing da argentina Arcor, a margem de lucro da empresa foi reduzida este ano (...) Mesmo com margem menor, a Arcor espera ampliar as vendas em 5% em volume e até 12% em faturamento. Gazeta Mercantil – Empresas & Negócios - Pág. C1 – 05/03/2009

16

ARCOR IMPULSO

Páscoa sortida de oportunidades. (...) Os pontos extras são extremamente atrativos e estimulam a venda por impulso. Ciente disso, o diretor de marketing de guloseimas e chocolates da Arcor, Gabriel Porciani conta como a empresa utiliza o artifício para potencializar a venda de seus produtos em conjunto com supermercados. Giro News – Páscoa – Págs. 28 a 30 – Fevereiro/2009


24 toneladas de chocolate à venda. (...) Na Arcor, a novidade é a bola de futebol de chocolate em homenagem ao ex-jogador Pelé. O novo formato do ovo promete agradar aos amantes do esporte, e o diretor de marketing da Arcor, Gabriel Porciani, espera que as vendas aumentem 5% em relação ao ano passado. Diário do Comércio – Varejo – Pág. 3 – 05/03/2009

Prateleira Leve. Biscoito sabor pizza Triunfo. Diário de S. Paulo – Viver – Pág. 3 – 22/02/2009

Biscoitos. Quem não se lembra daquele cheirinho bom de biscoito quando passava pela fábrica da Aymoré, em Contagem? (...) campanha de 85 anos da empresa, que acaba de lançar quatro modelos de latas temáticas, mostrando a evolução da empresa ao longo do tempo. Duas versões das latas foram ilustradas com fotos da década de 1940, entre elas uma mostrando a igrejinha da Pampula. O Estado de Minas - Coluna Briefing - 01/02/2009

Malu indica. Triunfo Minuto Pizza: tostados na medida certa. Revista Malu – Malu na cozinha – Pág. 34 – 19/03/2009

Coelho dos ovos de ouro. O coelho da Páscoa promete inúmeras surpresas neste ano. Confira alguns lançamentos e dicas de ovos clássicos para a data

Torta de carolinas Arcor. Deliciosa receita de torta feita com produtos fabricados pela empresa. Revista Padaria 2000 - Receita - Pág. 56 fevereiro/2009

que chega em abril: Arcor – Ovo Butter Toffees. Revista Go Where Gastronomia – Especial Páscoa – Págs. 54 a 61 – Fevereiro/Março/2009

17


Adriano Rosa

revista impulso atitude cidadã

Compromisso com a

educação Iniciativas do Instituto Arcor Brasil atingiram, em cinco anos, mais de 1,5 milhão de alunos de vários estados brasileiros

18

ARCOR IMPULSO

u

Uma viagem pelos caminhos da educação e a busca constante pela melhoria dos níveis de ensino em comunidades onde a Arcor atua. Essa é a trajetória do Instituto Arcor Brasil, que completa cinco anos no dia 25 de maio. Na bagagem, diversas iniciativas voltadas à educação integral que

formam uma espécie de plataforma com o objetivo de que o país atinja o tão sonhado desenvolvimento sustentável. Entre as prioridades do Instituto estão os acordos de cooperação com escolas e outras organizações, com destaque para


Em 2007, o Instituto tornou-se Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip). “Como tal, podemos gozar de certos benefícios fiscais e firmar parcerias com a administração pública para captação de recursos junto a programas de origem governamental”, completa Asís.

Educação ambiental Adriano Rosa

atingiram mais de 1,5 milhão de alunos de vários estados. “A educação transforma realidades e ajuda a realizar sonhos, formando cidadãos críticos, conscientes e responsáveis”, complementa.

O Programa Amigos do Mar, em conjunto com o Projeto Tamar-ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conserva-

Escolas que crescem – O Programa Minha Escola Cresce é a “espinha dorsal” do Instituto. Originado na Argentina, apoia projetos para fortalecer e valorizar o espaço escolar. Em cinco edições, o Programa já apoiou 98 iniciativas de 14 municípios.

ção da Biodiversidade), visa a proteção da vida marinha por meio de ações de educação ambiental. Desde 2003, o Programa já atingiu mais de 1,5 milhões de alunos de quase seis mil escolas públicas e privadas de 15 estados. Uma ferramenta do Programa

Centro Cultural Bájò Ayò, em Santa Rita (PB): entidade apoiada pelo Fundo Juntos pela Educação

a Iniciativa Comum São Paulo (em parceria com o Instituto Camargo Correa, IHG e Holcim), para o Fundo Juntos pela Educação, criado em 2004 (integrado por Vitae e Instituto C&A com apoio da Fundação Feac), e para o Projeto Vida, Luz e Som, lançado em 2005, em parceria com inúmeras secretarias de educação e saúde. Além disso, o Instituto mantém parceria com o Childhood Brasil (Instituto WCF), criado pela rainha Sílvia, da Suécia, que visa combater a violência sexual contra jovens e adolescentes. De acordo com Sergio Asís, presidente do Instituto Arcor Brasil, os programas já

Este ano, a 6ª edição chega ao Nordeste com dois projetos em Ipojuca (PE). No total, serão 26 ações apoiadas até o final de 2009. A trajetória do Programa foi relatada no livro “Escolas que crescem. A experiência do Programa Minha Escola Cresce na Argentina e Brasil”, lançado em março pela Editora Komedi. Arco-íris de conhecimento – A 3ª edição do Programa Educação em Tempo Integral, que já mobilizou mais de 90 organizações em Campinas (SP) e na Paraíba será lançada oficialmente no 2º semestre de 2009.

é o Prêmio Amigos do Mar, que elege os melhores desenhos elaborados por duplas de alunos após a realização das aulas. Na 5ª edição, o Prêmio atingiu nove estados do Nordeste, além de São Paulo e Minas Gerais. A 6ª edição, este ano, incluirá o Espírito Santo. Os cinco anos de Amigos do Mar estão sendo registrados na Revista Amigos do Mar e Parcerias pela Vida Marinha, que acaba de ser lançada. A publicação documenta as ações de cooperação entre a Arcor do Brasil e a Base de Ubatuba do Projeto Tamar-ICMBio, assim como a continuidade das pesquisas e ações socioambientais para

A 1ª edição, entre 2006 e 2007, beneficiou mais de 10 mil jovens, por meio de nove projetos – quatro em Campinas e cinco na Paraíba. E a 2ª edição, em 2008, ampliou para onze o número de ações, sendo cinco em Campinas e seis na Região de João Pessoa.

proteção da vida marinha no planeta.

Na foto: os vencedores da 5ª edição do Amigos do Mar, alunos da Escola “Prof.Alcides Kammer Andrade”, de Leme (SP)

19


www.arcor.com.br

20

ARCOR IMPULSO


Revista Impulso Arcor Edição 63