PS Ovar - Nota de Imprensa - Esclarecimento público e reposição da verdade

Page 2

debate junto das instituições e populações, tendo em vista a possibilidade de desagregação das quatro freguesias que compõem a União, num possível quadro legal já anunciado pelo presente Governo do Partido Socialista. Daqui concluímos que o PSD de Ovar mente quando atira a responsabilidade da rejeição da sua própria proposta na Assembleia da União das Freguesias para o Partido Socialista. Foram os próprios membros do PSD nesta Assembleia que reconheceram a falta de enquadramento legal da proposta que apresentaram e que reconheceram a qualidade e o mérito da proposta apresentada pelo BE, tanto que a aprovaram em detrimento da sua própria proposta. Exigimos, como tal, o pedido de desculpas formal do PSD de Ovar pelas mentiras que tentou lançar na opinião pública, aconselhando-o a que, antes de remeter tais tomadas de posição públicas, articule e converse com os seus próprios membros da Assembleia da União de Freguesias. Não tem o Partido Socialista culpa da desarticulação e do desnorte que grassam no seio do PSD de Ovar. Este desnorte, como tem sido bem observável em muitas das decisões autárquicas, só tem trazido prejuízo às populações.

Ovar, 3 de Maio de 2016

O Presidente da Comissão Política Concelhia, Ricardo Alexandre

2/2