Page 1

Revista Informativa da Comissão Política Concelhia de Lisboa

N.26 MAR‘2013

DESTAQUE | pág. 4

LISBOA

É UM DOS MELHORES DESTINOS DA EUROPA


ÍNDICE

Revista Informativa da Comissão Política Concelhia de Lisboa

EDITORIAL

3

FICHA TÉCNICA DESTAQUE Lisboa é um dos melhores destinos da Europa

4

+ LISBOA | N.º 26 | MARÇO 2013 Revista Informativa de Caráter Político

CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA Aberto novo passeio ribeirinho Obras na Alameda Universitária Meia maratona mais importante do mundo é a de Lisboa Sensibilização ambiental Filme rodado em Lisboa já nos cinemas Mega aula de judo

5 5 6 6 7 7

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE LISBOA Homenagem a Eduardo Nery Reabilitação urbana aprovada Aprovação do Regulamento de Urbanização e Edificação

8 9 9

JUNTAS DE FREGUESIA Benfica mais verde Pátios da Ajuda Transporte solidário no Beato Mais Segurança em Campolide

10 10 11 11

Propriedade

Comissão Política Concelhia de Lisboa

Ano IV / N.º 26 Periodicidade Mensal Distribuição

Digital

Director Redação Revisão Fotografia Grafismo e Paginação

Rui Paulo Figueiredo Carlos Castro Duarte Carreira Filipe Guedes Ramos Hugo Gaspar João Boavida Luís Coelho Mafalda Farmhouse Bruno Inglês Margarida Louro Susana Guimarães Miguel Andrade


Editorial

Revista Informativa da Comissão Política Concelhia de Lisboa

Cara(o) Camarada,

Lisboa volta a ter destaque, ao ser considerada um destino de eleição. Um prémio europeu, conforme se refere no destaque desta revista, que Lisboa tinha ganho em 2010, na primeira edição deste prémio. Mas, afinal, quais são as razões da contínua referência à nossa cidade? Quais são os motivos que conduzem muitas pessoas e organizações a destacar e elogiar Lisboa? Qual é o segredo de tanto sucesso? Em abono da verdade, não há segredo nenhum, há, isso sim, uma clara e inequívoca melhoria da nossa cidade, fruto de um conjunto de políticas estruturadas e concretizadas pela Câmara Municipal de Lisboa, desde que o PS assumiu os comandos da cidade, em 2007. Desde então, a cidade tem progredido. Foi necessário arrumar a casa, dado o estado calamitoso que a coligação PSD/CDS tinha deixado a Câmara, depois de anos sem qualquer fio condutor, apenas ao sabor de promessas vagas e vãs. Depois, colocou-se a Câmara a funcionar e preparou-se o futuro e nesta preparação do futuro, os resultados estão à vista, a cidade melhorou e tem hoje condições de competir com outras cidades de projecção europeia e mundial. No entanto, ainda há muito por fazer e temos de continuar a imprimir está política de inovação e melhoria, em prol das pessoas e da cidade. Como lhe demos a saber, na última edição da revista +Lisboa, já temos as nossas e os nossos candidatos às 24 freguesias da cidade, como o nosso candidato à Câmara. O próximo mandato autárquico, que se iniciará em outubro, no seguimento das eleições autárquicas que teremos dentro de seis meses, será marcado por um novo paradigma urbano, no qual as Juntas de Freguesia terão um papel mais relevante na vida da cidade. Por isso, o trabalho de preparação de programas e equipas que estamos a assumir em todas as 24 freguesias da cidade é determinante para os próximos quatro anos. O envolvimento de todos os militantes, bem como de todas as forças vivas da cidade, que se identificam e reconhecem no projecto progressista e solidário do PS, são determinantes neste momento, porque Lisboa tem de continuar nesta senda de cidade com futuro, onde todos contam. Sabemos por experiência própria, como nem só de muito e bom trabalho, porque o temos, chega para revalidar o mandato autárquico. É preciso, como é nosso dever e compromisso, prestar contas aos munícipes do trabalho feito, mas é nosso dever e obrigação apresentar um programa para o próximo mandato, que continue a dar a Lisboa aquilo que todos queremos: uma cidade dinâmica, em que o social e o económico se conjugam e contribuem para a melhoria das condições de vida das pessoas. Os prémios internacionais que atribuem à nossa cidade não devem servir como um reconforto, mas como mais um estímulo para continuar a fazer mais e melhor por Lisboa. Abraço amigo,

Quem:

Rui Paulo Figueiredo O quê:

Presidente do PS/LISBOA E-mail:

ruipaulofigueiredo@mail.telepac.pt


PÁGINA

4

Revista Informativa da Comissão Política Concelhia de Lisboa

|

DESTAQUE

A capital portuguesa volta a merecer destaque a nível europeu. Depois de ter sido a primeira vencedora do troféu “European Best Destinations”, em 2010, promovido pelo European Consumers Choice (ECC), este ano Lisboa ficou classificada em segundo lugar, a pouca distância de Istambul, a vencedora da quarta edição. A ECC é uma organização sem fins lucrativos e dedica-se a avaliar produtos e serviços. Entre 1 e 22 de março submeteu a votação 20 cidades europeias e, através de voto online, a cidade turca sucede à cidade do Porto como o melhor destino. A seguir a Istambul e Lisboa ficaram as cidades de Viena, Barcelona, Amesterdão e Madrid.

Lisboa

é um dos melhores destinos da Europa

Este é mais um prémio para a nossa cidade, que se afirma como um destino de primeira eleição no quadro europeu. Em muito têm contribuído as boas políticas municipais, de qualificação e valorização da cidade.

Saiba mais aqui.


CML

|

PÁGINA

5

Aberto novo passeio ribeirinho Já é possível andar junto do rio entre o Cais do Sodré e o Terreiro do Paço. No dia 23 de março, foi aberto o passeio ribeirinho da Avenida Ribeira das Naus, mais uma área central da cidade que foi requalificada com a finalidade de aproximar a cidade do rio. A abertura deste passeio é a conclusão da primeira fase de intervenção, que terá na fase posterior áreas verdes e a abertura da parada do Estado-Maior da Armada que tornará acessível a antiga Doca Seca. Esta é mais uma obra de aproximação da cidade ao rio. Recorde-se que neste mandato autárquico já se concretizaram dois importantes marcos com este objetivo: o fim dos esgotos no Tejo e a requalificação da Praça do Comércio.

Revista Informativa da Comissão Política Concelhia de Lisboa

Obras na Alameda Universitária Estão a decorrer obras de requalificação da Alameda da Universidade, na Cidade Universitária. Esta intervenção, um projeto que fora apresentado no Orçamento Participativo de 2011, visa melhorar as condições do campus académico. Em frente à Reitoria, o atual parque de estacionamento vai dar lugar a uma praça central, vai ser melhorado o nível da mobilidade pedonal, a Alameda vai receber mais árvores e terá um significativa diminuição de tráfego, pois a Alameda só passará a servir quem se dirigir ao campus universitário, além da permissão de circulação de transportes públicos e ambulâncias.


PÁGINA Revista Informativa da Comissão Política Concelhia de Lisboa

Meia maratona mais importante do mundo é a de Lisboa Cerca de 40 mil pessoas participaram, no dia 24 de março, naquela que é considerada “a mais importante meia maratona do mundo”, de acordo com Paco Borao, Presidente da Associação Internacional de Maratonas e Corridas de Distância, dado o número de participantes. O tiro de partida foi dado pelo Presidente da Câmara de Lisboa, António, Costa, e os quenianos Bernard Koech, em masculinos, e Edna Kiplagat, em femininos, foram os primeiros a cortar a meta. Milhares de pessoas passaram, assim, uma manhã de domingo diferente. Com ou sem ritmo para correr, foi possível ver Lisboa a pé da ponte 25 de abril.

6

|

cml

Sensibilização ambiental Entre 12 e 15 de março, decorreram várias ações de sensibilização ambiental nas freguesias do Alto do Pina, Nossa Senhora de Fátima e São Sebastião da Pedreira. Técnicos municipais sensibilizaram os munícipes para o novo processo de recolha seletiva, implementado em fevereiro nestas três freguesias. Além das informações relativamente à separação de resíduos, também se sensibilizou a população para a necessidade de melhorar a qualidade urbana, com o dever dos donos de cães de recolher os dejetos caninos da via pública.


CML

|

PÁGINA

7 Revista Informativa da Comissão Política Concelhia de Lisboa

Filme rodado em Lisboa já nos cinemas O filme “Comboio noturno para Lisboa”, realizado por Bille August, um dos mais reputados cineastas europeus da atualidade e com a interpretação do oscarizado Jeremy Irons, bem como de outros atores europeus de destaque mundial, como Bruno Ganz, Charlotte Rampling, Christopher Lee e Jack Huston, e dos consagrados atores nacionais, Nicolau Breyner e Beatriz Batarda, teve a sua ante-estreia no cinema São Jorge, no dia 20 de março. A película retrata o percurso de um professor suíço, Raimund Gregorious (interpretado por Irons), em busca da história de Amadeu Prado (Huston), um médico que combateu o regime de Salazar e viveu uma intensa história de amor, que suscitou o interesse de Raimund. Na procura pelo passado de Amadeu Prado, o professor suíço acaba por se apaixonar por uma jovem e pela cidade de Lisboa. Na ante-estreia, a produtora Ana Costa agradeceu o apoio de todos os parceiros, nomeadamente o da Câmara de Lisboa. Do orçamento deste filme, oito milhões de euros, metade, ou seja, quatro milhões de euros, foram gastos em Portugal.

Mega aula de judo O Pavilhão do Inatel acolheu, no dia 10 de março, uma aula de judo, na qual participaram cerca de duas centenas de atletas dos escalões benjamins, infantis e iniciados. O antigo atleta olímpico, Nuno Delgado, foi o dinamizador desta sessão, que contou com outros treinadores de judo portugueses e do mestre japonês Go Tsunoda, atual selecionador da equipa de judo olímpica britânica. Na sessão, os jovens atletas aprenderam várias técnicas de judo.


PÁGINA Revista Informativa da Comissão Política Concelhia de Lisboa

8

|

Aml

Homenagem a

Eduardo Nery A deputada municipal socialista, Patrocínia César, foi subscritora um voto de pesar e de homenagem, que foi aprovado, pelo falecimento de Eduardo Nery. Eduardo Nery foi um artista plástico multifacetado e extraordinário. A sua perda é especialmente dolorosa para Lisboa, a cidade onde viveu e que embelezou com a sua obra exemplar e sem par. Na azulejaria, a sua obra permanece: na estação do Metropolitano de Lisboa no Campo Grande, de 1992; nas escadas da Avenida Infante Santo, de 1994; no viaduto da Segunda Circular, ao Campo Grande, de 1998; na estação ferroviária de Campolide, de 1999; e, no viaduto da Infante Santo, de 2001. Nos desenhos artísticos para a pavimentação urbana em calçada portuguesa registo para: a Calçada da Mouraria; o adro da Capela de Nossa Senhora da Saúde; e, a Calçada da Praça do Município. Como disse o presidente da Câmara Municipal, António Costa, “a melhor homenagem a Eduardo Nery é revisitá-lo nas obras que nos legou em Lisboa”.

O plenário da Assembleia também aprovou a proposta da bancada do PS, de recomendar aos serviços culturais da Câmara Municipal de Lisboa a promoção de iniciativas adequadas a alargar e aprofundar o conhecimento da obra de Eduardo Nery, em particular na capital, sobretudo entre os estudantes e as gerações mais jovens, homenageando, assim, a sua memória.


AML

|

PÁGINA

9

Reabilitação urbana aprovada A autorização para a alienação em hasta pública dos primeiros imóveis municipais do programa “Reabilita Primeiro Paga Depois”, que consiste na venda de imóveis municipais devolutos para realização de obras de reabilitação pelos adquirentes, foi aprovada na reunião da Assembleia Municipal no dia 12 de março. Este programa municipal, aprovado em 2012, surgiu no seguimento da Estratégia de Reabilitação Urbana 2011/2014, bem como dos Programas de Apoio à Reabilitação e Conservação de Imóveis.

Revista Informativa da Comissão Política Concelhia de Lisboa

Aprovação do Regulamento de Urbanização e Edificação O plenário da Assembleia Municipal aprovou, no dia 12 de março, a alteração ao Regulamento Municipal de Urbanização e Edificação de Lisboa (RMUEL). O RMUEL apresenta-se, agora, mais adequado à nova estrutura de ordenamento do território decorrente da revisão do PDM, contemplando, inclusive, normas orientadas para a salvaguarda da permeabilidade dos solos e para a definição mais detalhada dos casos excepcionais em que será admissível a construção em subsolo nas zonas vulneráveis a inundações e efeitos de maré.


PÁGINA

10

|

Revista Informativa da Comissão Política Concelhia de Lisboa

jfS

Benfica mais verde A Junta de Freguesia de Benfica lançou um desafio às pessoas de plantarem 100 árvores no Parque Silva Porto. A resposta foi bastante positiva e no dia 16 de março muitas dezenas de munícipes participaram nesta iniciativa da Junta de Benfica, que contou com a colaboração dos Escoteiros do Grupo 78. Entre os muitos participantes, pequenos e graúdos, contou-se a presença do Presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, do Vereador do Ambiente, José Sá Fernandes, além dos elementos do Executivo da freguesia.

Pátios da Ajuda Procurando valorizar o património da freguesia, a Casa da Cultura e Bem Estar da Junta de Freguesia da Ajuda organizou, no dia 23 de março, uma visita guiada aos pátios desta freguesia ocidental da cidade. Além de ter proporcionado um dia diferente, esta iniciativa reforçou os laços sociais e deu a conhecer muitos dos recantos de um património que nem sempre é do conhecimento geral.


jfS

|

PÁGINA

11

Transporte solidário no Beato No seguimento da implementação de várias medidas de apoio social, o Executivo do Beato acaba de adotar mais uma medida de apoio à população sénior. Tendo em consideração a falta de transportes públicos na freguesia, o isolamento social e carência de muitos seniores, a freguesia tem um transporte gratuito, que serve para deslocação aos serviços de saúde e outras atividades, numa clara aposta de combater a exclusão e a solidão.

Revista Informativa da Comissão Política Concelhia de Lisboa

Mais Segurança em Campolide A Junta de Freguesia de Campolide criou uma Comissão Local de Emergência, Proteção Civil e Socorro (CLEPCS), à imagem do que existe noutras freguesias da cidade. No entanto, o Executivo de Campolide deu uma dimensão mais abrangente ao modelo de relacionamento entre Junta de Freguesia e Polícia de Segurança Pública (PSP). Por isso, a CLEPCS tem uma rede de parcerias que conta com a Polícia Municipal, o Regimento de Sapadores de Bombeiros, o Serviço Municipal de Proteção Civil de Lisboa e a Associação Humanitária dos Bombeiros de Campo de Ourique, além da PSP. A breve trecho, a CLEPCS vai estabelecer entendimentos com outras instituições da comunidade.


numero26  

Revista Informativa de Caráter Político da Comissão Política Concelhia de Lisboa.

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you