Page 1

SECRETARIA DE ESPORTE E JUVENTUDE PROGRAMA SEGUNDO TEMPO CONVÊNIO 726117/2009

PORTIFÓLIO NÚCLEO: DEP. PERY FROTA – MANHÃ

SOBRAL – 2011


1. IDENTIFICAÇÃO

NÚCLEO: EIEF DEPUTADO PERY FROTA 01(MANHÃ) UF: Ce MUNICÍPIO: Sobral ENDEREÇO: RUA CENTRAL NÚMERO: CEP: COMPLEMENTO: DISTRITO PATRIARCA TELEFONE/FAX: 3615 – 4040 E-mail:

2.

EQUIPE DE TRABALHO ATUAL

COORDENADORA: VANESSA MARIA ALVES SILVA TELEFONE: (88) 9961-2093; (88) 9215-3805 E-MAIL: profvanessaalves@hotmail.com / lolita_alves@hotmail.com FORMAÇÃO ACADÊMICA: LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ – UVA

MONITOR DE ESPORTE: MARCOS RODRIGO RIBEIRO AMÂNCIO TELEFONE: (88) 9226-2331 E-MAIL: markotjudo@hotmail.com FORMAÇÃO ACADÊMICA: ACADÊMICO DE EDUCAÇÃO FÍSICA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ – UVA

2.1

EQUIPE DE TRABALHO ANTERIOR

COORDENADORA DE NÚCLEO: MILVIA MARIA DE LIMA SILVA TELEFONE: (85) 8861 – 23 10 E-MAIL: milvia_lima@hotmail.co MONITOR DE ESPORTE: JOCIANO ALMEIDA MARQUES


TELEFONE: (88) 9257 – 2749 E-MAIL: FORMAÇÃO ACADÊMICA: ACADÊMICO DE EDUCAÇÃO FÍSICA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ – UVA

MONITOR DE ATIV. COMPLEMENTAR: GISELE FORTE ESTEVÃO TELEFONE: (88) 8806 – 3824 E-MAIL: FORMAÇÃO ACADÊMICA: ACADÊMICO DE PEDAGOGIA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ – UVA


3.

NÚMERO DE BENEFICIADOS POR MÊS

NOVEMBRO DEZEMBRO

TOTAIS INSCRITOS ---------------------

JANEIRO

100

13

58

71

29

---

FEVEREIRO

100

13

58

71

29

---

MARÇO

100

18

69

87

13

16

ABRIL MAIO JUNHO

107 106

31 32

76 74

107 106

--01

-----

MÊS

JULHO AGOSTO

SETEMBRO

FEMININO

MASCULINO

FREQUENTES

EVADIDOS

NOVATOS

MOTIVOS DA EVASÃO

---------------------

---------------------

---------------------

---------------------

---------------------

--------------------Existência de outros projetos na comunidade e período de chuva. Existência de outros projetos na comunidade e período de chuva. Existência de outros projetos na comunidade. -----

NÃO ATENDIMENTO NESTE MÊS POR FALTA DE TRANSPORTE PARA O DESLOCAMENTO DOS PROFESSORES ATÉ O DISTRITO DE PATRIARCA Existência de outros 117 21 62 83 34 11 projetos na comunidade. Reforço da escola Existência de outros 135 24 74 98 37 14 projetos na comunidade. Reforço da escola


4. DIAGNÓSTICO

O núcleo Deputado Pery Frota está localizado no distrito de Patriarca, o mesmo sendo uma comunidade carente, sua população é de 2272 habitantes e 518 famílias, este distrito possui as seguintes localidades: Fazenda Alegre, Mutuca, Caraúbas e Lagoa Queimada, sendo esta também atendida pelo Programa Segundo Tempo. O distrito Patriarca é conhecido como a terra do artesanato de palha, tendo como fonte de economia a produção de chapéu, cera de carnaúba, fabricação de doces e queijos. Muitos no período de inverno se dedicam a agricultura como fonte de subsistência e outros trabalham em uma indústria de calçados na cidade de Sobral. As religiões existentes são a católica, evangélica e testemunha de Jeová, sendo predominante a católica. O lazer está presente na vidada da comunidade como forma inconsciente sendo utilizados para essa necessidade o rio Acaraú (utilizando para banhos e piqueniques), bares e a quadra de esportes. O distrito conta com os seguintes equipamentos sociais: Escola Deputado Pery Frota, salão paroquial, creche, igreja, centro de saúde da família, praça, quadra de esportes Gerardo Quariguazi da Silva. Dentre os frequentes problemas de saúde pública encontrados no distrito são; animais soltos, falta de coleta de lixo, cemitério de animais, ausência de saneamento básico, ausência de filtros nas casas. A escola atende 63 alunos na educação infantil/ creche, 691 no ensino fundamental I e II, sendo baixa a taxa de evasão, repetência e abandono. O Núcleo Deputado Pery Frota é carente de infra-estrutura, para desenvolver as atividades do programa, dispomos apenas de uma quadra sendo a mesma fora da escola e um campo também distante da escola. O núcleo conta com uma média de alunos 100 frequentando, sendo 25% do sexo feminino e 75% do sexo masculino, na faixa etária de 09 a 18 anos. Os alunos preferem as atividades de futebol e futsal, sendo os mesmos resistentes para a implantação de outras. O ideb da cidade é 4,9 e o idh é 0,69.


5. ATIVIDADES DOS CICLOS

5.1 CICLO I MODALIDADES ESPOTIVAS COLETIVAS: Handebol e Basquete. MODALIDADES ESPOTIVAS INDIVIDUAL: Atletismo ATIVIDADE COMPLEMENTAR: Reforço Pedagógico

ATLETISMO A escolha do atletismo ocorreu por ser um esporte clássico, base para várias outras modalidades, de fácil aprendizagem, já que pode ser ensinado com base em espaços físicos adaptados e materiais alternativos. CONTEÚDOS: 1. Conceito histórico e cultural do atletismo; 2. Desenvolvimento do atletismo no Brasil. 3. O atletismo como esporte mundial e nacional. 4. Temas atuais que envolvam o atletismo 5. Confecção de materiais alternativos para à pratica do atletismo. 6. Caracterização de provas de pista e campo. 7. Corridas: meio fundo, de fundo, corrida de velocidade, com obstáculos, e revezamento; 8. Saídas. 9. Noções técnicas de corridas. 10. Saltos: em altura, em distância, triplo; 11. Conceito histórico e regras básicas 12. Noções técnicas dos saltos 13. Arremessos e lançamentos: arremesso de peso, lançamento de dardo, de martelo e de disco; 14. Conceito histórico e regras básicas; 15. Noções técnicas do arremesso e dos lançamentos;


BASQUETE A escolha dessa modalidade ocorreu, pois além de promover uma infinidade de benefícios físicos, ele possibilitará a integração social e o espírito de equipe, aumentando a auto-estima e a competitividade saudável. CONTEÚDOS: 1. Conceito histórico e cultural do basquete. 2. O basquete como esporte mundial e nacional 3. Desenvolvimento do basquete no Brasil 4. Temas atuais envolvendo o basquete 5. Influências do basquete na cultura corporal do movimento humano e na cultura da comunidade que os núcleos estão inseridos. 6. Jogos populares e lúdicos envolvendo o basquete. 7. Regras do jogo. 8. Problematização das regras 9. Conduta fair-play, respeito aos companheiros, a coletividade, adversários e árbitros. 10. Fundamentos básicos do esporte: Controle de corpo, Manejo de bola, Recepção, Passe, Dribles, Arremesso, Rebote 11. Exercícios simples e combinados dos fundamentos. 12. Estratégias e sistemas de jogos. 13. Ataque e defesa. 14. Coletivos. 15. Torneios. HANDEBOL O handebol foi escolhido, pois promoverá um maior conhecimento sobre esta modalidade que é pouco praticada na comunidade, além do desenvolvimento da agilidade, aumento da resistência física, fortalecimento dos membros superiores e o lado lúdico de cada um, como competição saudavelmente esportiva. CONTEÚDOS: 1. Conceito histórico e cultural do handebol 2. O handebol como esporte mundial e nacional 3. Desenvolvimento do handebol no Brasil


4. Temas atuais envolvendo o handebol 5. Influências do handebol na cultura corporal do movimento humano e na cultura da comunidade que os núcleos estão inseridos. 6. Jogos populares e lúdicos envolvendo o handebol. 7. Regras do jogo. 8. Problematização das regras 9. Conduta fair-play, respeito aos companheiros, a coletividade, adversários e árbitros. 10. Fundamentos básicos do esporte: Passe, Recepção, Fintas, Arremesso, Finalização, Posição básica, Deslocamentos, Progressão, Deslocamentos, Bloqueio, Marcação 11. Ações do goleiro – empunhadura, defesas, arremessos e saídas do gol. 12. Exercícios simples e combinados dos fundamentos. 13. Estratégias e sistemas de jogos. 14. Ataque e defesa. 15. Coletivos. 16. Torneios.

5.1 CICLO II MODALIDADES ESPORTIVAS COLETIVAS: Futebol e Ginástica MODALIDADES ESPORTIVAS INDIVIDUAL: Jogos ATIVIDADE COMPLEMENTAR: Reforço Pedagógico

FUTEBOL O Futebol foi escolhido por trabalhar com bastante intensidade as potencialidades físicas, além de ser o esporte mais difundido e praticado em todo mundo. CONTEÚDOS: 1. Conceito histórico e cultural do futebol 2. Desenvolvimento do futebol no Brasil 3. Influências do futebol na cultura corporal do movimento humano e na cultura da comunidade que os núcleos estão inseridos. 4. Questões atuais e polêmicas envolvendo o futebol como fenômeno social. 5. Jogos populares e lúdicos envolvendo o futebol


6. Regras do jogo 7. Problematização das regras. 8. Conduta fair-play e respeito aos companheiros, a coletividade, adversários e árbitros. 9. Fundamentos básicos e avançados do esporte: Passe, Recepção, Domínio de Bola, Condução de bola, Controle de bola, Chute, Drible, Lançamento, Cruzamento, Finta, Cabeceio, Finalização, Marcação, Antecipação e Proteção de bola 10. Ações do goleiro – empunhadura, defesas, arremessos e saídas do gol. 11. Exercícios simples e combinados dos fundamentos. 12. Estratégias e sistemas de jogo 13. Ataque e defesa 14. Jogos com regras adaptadas. 15. Coletivos 16. Torneios JOGOS Através dos jogos aperfeiçoaremos os gestos motores, técnicos, táticos, e as habilidades de desempenho e promoveremos a co-aprendizagem e o aperfeiçoamento de habilidades humanas essenciais, como: criatividade, confiança mutua, auto-estima e espírito de grupo. CONTEÚDOS: 1. Origem dos jogos 2. Histórico e evolução dos jogos 3. O corpo nos jogos 4. O jogo como produto e processo cultural 5. O jogo e o exercício corporal 6. Tipos e categoria dos jogos: Jogos competitivos e Jogos cooperativos 7. Compreender a relação ente os jogos competitivos e os cooperativos 8. Jogos pré-desportivo e Jogos de tabuleiro 9. Confecção dos jogos de tabuleiro 10. Jogos populares ou tradicionais. 11. Conhecer as variações dos jogos


GINÁSTICA CONTEÚDOS Ginástica Geral 1. Diferentes manifestações da ginástica (escolar, rítmica desportiva, artística, acrobática). Ginástica na Escola 1. Conceitos e significados das práticas corporais 2. Histórico 3. A ginástica na escola hoje 4. Ginástica e algumas das suas possibilidades 5. Ginástica como conteúdo da cultura do movimento 6. Elementos corporais, técnicas e habilidades básicas. 7. Vivenciar de forma criativa as possibilidades corporais através das valências psicomotoras. Ginástica Rítmica 1. Origem e desenvolvimento 2. Conceitos e significados das práticas corporais. 3. A ginástica rítmica no Brasil 4. A ginástica rítmica como esporte mundial e nacional 5. Temas atuais envolvendo a ginástica rítmica. 6. A pedagogia da ginástica rítmica e suas manifestações lúdicas 7. Influências da ginástica rítmica na cultura corporal do movimento humano e na cultura da comunidade que os núcleos estão inseridos. 8. Materiais alternativos (exemplos de utilização de materiais alternativos nas aulas) 9. Materiais oficiais, aparatos da ginástica rítmica. 10. Táticas e técnicas 11. Elementos corporais 12. Regras Ginástica Artística 1. História e evolução da ginástica artística 2. A ginástica artística no Brasil 3. Influências da ginástica artística na cultura corporal do movimento humano e na cultura da comunidade que os núcleos estão inseridos 4. Características físicas.


5. Aprendizagem das habilidades motoras na Ginástica Artística 6. Os movimentos e suas variantes, longitudinal e transversal. 7. Elementos técnicos 8. Subdivisão da ginástica artística e aparelhos 9. Aparelhos (provas) masculinos 10. Aparelhos (provas) femininos 11. Violações no esporte e suas punições: doping e falsificação etária. 12. Regulamento geral. Ginástica Acrobática 1. Origem e evolução; 2. Características gerais; 3. Descrição e provas; 4. Categorias; 5. Fundamentos; 6. Elementos corporais, técnicas e habilidades básicas. 7. Influências da ginástica rítmica na cultura corporal do movimento humano e na cultura da comunidade que os núcleos estão inseridos. 8. Atividades de aprimoramento 5.3 CICLO III MODALIDADES ESPOTIVAS COLETIVAS: Futsal e Vôlei. MODALIDADES ESPOTIVAS INDIVIDUAL: Xadrez ATIVIDADE COMPLEMENTAR: NÃO HÁ

FUTSAL Esta modalidade foi escolhida por ser um esporte bastante praticado no Brasil e na comunidade local, além de ser um instrumento a contribuir na formação de jovens e adolescentes com hábitos saudáveis, desenvolvendo aspectos físicos, disciplinares e sociais. CONTEÚDOS: 1. Conceito histórico e cultural do futsal.


2. Desenvolvimento do futsal no Brasil. 3. Influências do futsal na cultura corporal do movimento humano e na cultura da comunidade que os núcleos estão inseridos. 4. Temas atuais envolvendo o futsal. 5. Jogos populares e lúdicos envolvendo o futsal. 6. Regras do jogo. 7. Problematização das regras. 8. Conduta fair-play, respeito aos companheiros, a coletividade, adversários e árbitros. 9. Fundamentos básicos e avançados do futsal: Passe, Recepção, Domínio de bola, Condução de bola, Controle de bola, Chutes, Dribles, Finta, Cabeceio, Finalizações, Marcação, Antecipação e Proteção de bola 10. Ações do goleiro – empunhadura, defesas, arremessos e saídas do gol. 11. Exercícios simples e combinados dos fundamentos. 12. Estratégias e sistemas de jogos 13. Ataque e defesa 14. Coletivos 15. Torneios

VÔLEIBOL A escolha do Vôlei ocorreu por ser um dos esportes de preferência dos alunos beneficiados, além fortalecer os músculos (pois exige força para os saltos, saques e cortadas) e a estrutura óssea (pelos impactos que os praticantes estão sujeitos). Além disso, desenvolve agilidade, flexibilidade, coordenação motora e a elevação da autoestima, socialização e conseqüentemente a qualidade de vida. CONTEÚDOS: 1. Conceito histórico e cultural do voleibol; 2. O voleibol como esporte mundial e nacional; 3. Desenvolvimento do voleibol no Brasil; 4. Temas atuais envolvendo o voleibol; 5. Influências do voleibol na cultura corporal do movimento humano e na cultura da comunidade que os núcleos estão inseridos; 6. Jogos populares e lúdicos envolvendo o voleibol;


7. Regras do jogo; 8. Problematização das regras; 9. Conduta fair-play, respeito aos companheiros, a coletividade, adversários e árbitros. 10. Adaptação ao ambiente do vôlei; 11. Fundamentos gerais e especiais: Gerais – saque, defesa e bloqueio; Especiais – levantamento, passe e ataque; 12. Exercícios simples e combinados dos fundamentos; 13. Características dos fundamentos; 14. Os momentos que constroem o jogo de voleibol; 15. Posicionamento; 16. Esquema de jogo; 17. Jogos modificados 18. Fundamentos derivados: levantar, passar, atacar, defender, sacar, bloquear; 19. Sistema tático 20. Coletivos. 21. Torneios.

XADREZ O xadrez foi escolhido por ser uma modalidade pouco conhecida pelos beneficiados, fazendo assim com que os mesmos sejam oportunizados a pratica desse esporte. CONTEÚDOS: 1. O tabuleiro de xadrez 2. As peças 3. O movimento das peças 4. A captura das peças 5. A notação da partida 6. O valor relativo das peças 7. O xeque e o xeque-mate 8. Os movimentos especiais 9. A promoção 10. A partida


6 ATIVIDADES DIFERENCIADAS  1ª Entrega de fardamento  Festa Natalina  Sexta Animada  2ª Entrega de fardamento  I Torneio de Futebol


5

GRADES HORÁRIAS  AGOSTO E SETEMBRO SEGUNDA-FEIRA

TERÇA-FEIRA

QUARTA-FEIRA

QUINTA-FEIRA

07:00 - 07:50

T1 Esporte Coletivo (Marcos)

T3 Esporte Coletivo (Marcos)

T1 Esporte Coletivo (Vanessa/Marcos)

T3 Esporte Coletivo (Vanessa)

07:50 - 08:40

T1 Esporte Individual (Marcos)

T3 Esporte Individual (Marcos)

T1 Esporte Individual (Vanessa/Marcos)

T3 Esporte Individual (Vanessa)

T 2 Atividade Complementar T 2 Atividade Complementar Lanche T1 T 1 Atividade Complementar T 1 Atividade Complementar

T 4 Atividade Complementar T 4 Atividade Complementar Lanche T3 T 3 Atividade Complementar T 3 Atividade Complementar

T2 Atividade Complementar

T 4 Atividade Complementar T 4 – Jornada Ampliada Lanche T3 T 3 Atividade Complementar T3 – Jornada Ampliada

T2 Esporte Coletivo (Marcos)

T4 Esporte Coletivo (Marcos)

T2 Esporte Coletivo (Vanessa/Marcos)

T4 Esporte Coletivo (Vanessa)

T4 Esporte Individual (Marcos)

T2 Esporte Individual (Vanessa/Marcos)

T4 Esporte Individual (Vanessa)

Lanche T4 PLANEJAMENTO

Lanche T2 PLANEJAMENTO

Lanche T4 PLANEJAMENTO

07:00 - 07:50 07:50 - 08:40 8:40 – 8:50 08:50 - 09:30 09:30 - 10:20 08:50 - 09:30

09:30 - 10:20

T2 Esporte Individual (Marcos)

10:20 - 10:30 10:30 – 11:00

Lanche T2 PLANEJAMENTO

T2 – Jornada Ampliada Lanche T1 T 1 Atividade Complementar T1 – Jornada Ampliada

Recursos Humanos Coordenadora de núcleo - Vanessa Maria Alves Silva Monitor esporte - Marcos Rodrigo R. Amâncio Monitor at. complementar (Reforço Pedagógico) Coordenadora setorial - Roberta Soares Morais

SEXTA-FEIRA T1 E T3 Esporte Coletivo (Vanessa/Marcos) T1 E T3 Esporte Coletivo (Vanessa/Marcos)

Lanche T1 e T3

T2 E T4 Esporte Coletivo (Vanessa/Marcos) T2 E T4 Esporte Coletivo (Vanessa/Marcos) Lanche T2 e T4 PLANEJAMENTO


OUTUBRO

09:30 - 10:20

SEGUNDA-FEIRA T1 Esporte Coletivo 1 (Marcos) T1 Esporte Coletivo 1 (Marcos) T 2 Atividade Complementar T 2 Atividade Complementar Lanche T1 T 1 Atividade Complementar T 1 Atividade Complementar T2 Esporte Coletivo 1 (Marcos) T2 Esporte Coletivo 1 (Marcos)

10:20 - 10:30 10:30 – 11:00

Lanche T2 PLANEJAMENTO

07:00 - 07:50 07:50 - 08:40 07:00 - 07:50 07:50 - 08:40 8:40 – 8:50 08:50 - 09:30 09:30 - 10:20 08:50 - 09:30

TERÇA-FEIRA T3 Esporte Coletivo 1 (Marcos) T3 Esporte Coletivo 1 (Marcos) T 4 Atividade Complementar T 4 Atividade Complementar Lanche T3 T 3 Atividade Complementar T 3 Atividade Complementar T4 Esporte Coletivo 1 (Marcos) T4 Esporte Coletivo 1 (Marcos) Lanche T4 PLANEJAMENTO

QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA T1 Esporte Individual T3 Esporte Individual (Vanessa/Marcos) (Vanessa) T1 Esporte Individual T3 Esporte Individual (Vanessa/Marcos) (Vanessa) T2 Atividade T 4 Atividade Complementar Complementar T2 – Jornada T 4 – Jornada Ampliada Ampliada Lanche T1 Lanche T3 T 1 Atividade T 3 Atividade Complementar Complementar T1 – Jornada T3 – Jornada Ampliada Ampliada T2 Esporte Individual T4 Esporte Individual (Vanessa/Marcos) (Vanessa)

T2 Esporte Individual T4 Esporte Individual T2 Esporte Coletivo 2 (Vanessa/Marcos) (Vanessa) (Vanessa/Marcos) Lanche T2 PLANEJAMENTO

Recursos Humanos Coordenadora de núcleo - Vanessa Maria Alves Silva Monitor esporte - Marcos Rodrigo R. Amâncio Monitor at. complementar (Reforço Pedagógico) Coordenadora setorial - Roberta Soares Morais

SEXTA-FEIRA T3 Esporte Coletivo 2 (Vanessa/Marcos) T3 Esporte Coletivo 2 (Vanessa/Marcos) T1 Esporte Coletivo 2 (Vanessa/Marcos) T1 Esporte Coletivo 2 (Vanessa/Marcos) Lanche T1 E T3 T 4 Esporte Coletivo 2 (Vanessa/Marcos) T4 Esporte Coletivo 2 (Vanessa/Marcos) T2 Esporte Coletivo 2 (Vanessa/Marcos)

Lanche T4 PLANEJAMENTO

T2 E T4 PLANEJAMENTO


ANEXOS


ANEXO I: 1ª ENTREGA DE FARDAMENTOS


ANEXO II: VISITA DOMICILIAR


ANEXO III: SEXTA ANIMADA (GINCANA)


ANEXO IV: FESTA NATALINA


ANEXO V: REFORÇO ESCOLAR


ANEXO VI: I TORNEIO DE FUTEBOL


ANEXO VII PLANOS DE AULA PLANO MENSAL DE FUTSAL

Dados de Identificação: Núcleo: DEPUTADO PERY FROTA - PATRIARCA Coordenador de núcleo: VANESSA MARIA ALVES Monitor de esporte: MARCOS RODRIGO RIBEIRO AMÂNCIO Monitor de atividade complementar: Turma: T1/ T2/ T3/ T4 Nº de meninas: Nº de meninos: Horário das aulas: 07:00 - 08:40 / 8:50 – 10:30 Dias de atendimento: SEG A SEX Mês/ano de referência: OUTUBRO 2011 Nº de aulas que esse planejamento abrangerá: Período: de / 10 a /10/2011 Modalidade/Conteúdo: FUTSAL Temas:  Conceito histórico e cultural do esporte.  Fundamentos básicos do esporte: passe curto, recepção, domínio de bola  O futsal como esporte mundial e nacional Objetivos:  Despertar o interesse dos alunos sobre o desporto apresentado, oportunizando o seu desenvolvimento como um todo.  Desenvolver os fundamentos do Futsal de acordo com suas particularidades, para que os alunos entendam a importância dos fundamentos dentro do esporte em questão.  Conhecer o histórico do futsal e o mesmo como esporte mundial e nacional, a fim obter um maior interesse pela sua prática.  Desenvolver a habilidade e percepção rápida de movimentos em espaço determinado. Procedimentos metodológicos 1. PARTE INICIAL/ INDRODUÇÃO: - A parte inicial da aula se dará de maneiras diferenciadas, a fim de haver uma diversificação deste momento. 1. Acolhida e explicação das atividades que serão realizadas no dia. 2. Roda de conversa com explanação da temática teórica da modalidade. 3. Alongamento 2. PARTE PRINCIPAL/DESENVOLVIMENTO/CONTEÚDOS/ATIVIDADES: - Nesta fase mais específica da aula, serão direcionadas atividades recreativas com caráter dinâmico e lúdico, buscando um maior envolvimento por parte dos beneficiados e jogos e exercícios de iniciação desportiva. 1. Aquecimento 2. Educativos 3. PARTE FINAL/CONCLUSÃO: - Ao final da aula serão propostas atividades de vivência prática da modalidade e de volta a calma. 1. Relaxamento 2. Roda de conversa com explanação da temática teórica da modalidade. 3. Coletivo da modalidade.


4. Lanche. Recursos necessários: Bolas, cones, giz, apito, bambolês, corda, balão, barbante, espaço físico (quadra). Processos avaliativos: - Observar a reação nos diversos momentos (união, competição, socialização). - Diálogo com os alunos, a fim de investigar sobre outras formas de estarem vivenciando as mesmas atividades. - Perceber se os alunos conseguiram assimilar a aula e qual o interesse dos mesmos na aula. - Conversa informal sobre as atividade e sugestões para a próxima aula.

PLANO MENSAL DE VOLEIBOL Dados de Identificação: Núcleo: DEPUTADO PERY FROTA - PATRIARCA Coordenador de núcleo: VANESSA MARIA ALVES Monitor de esporte: MARCOS RODRIGO RIBEIRO AMÂNCIO Monitor de atividade complementar: Turma: T1/ T2/ T3/ T4 Nº de meninas: Nº de meninos: Horário das aulas: 07:00 - 08:40 / 8:50 – 10:30 Dias de atendimento: SEG A SEX Mês/ano de referência: OUTUBRO 2011 Nº de aulas que esse planejamento abrangerá: Período: de / 10 a /10/2011 Modalidade/Conteúdo: VOLEIBOL Temas:  Conceito histórico e cultural do esporte.  Fundamentos básicos do esporte: Toque por cima e manchete.  O vôlei como esporte mundial e nacional Objetivos:  Despertar o interesse dos alunos sobre o desporto apresentado, oportunizando o seu desenvolvimento como um todo.  Conhecer o histórico do vôlei e o mesmo esporte mundial e nacional, a fim obter um maior interesse pela sua prática.  Desenvolver a habilidade e percepção rápida de movimentos em espaço determinado. Procedimentos metodológicos 1. PARTE INICIAL/ INDRODUÇÃO: - A parte inicial da aula se dará de maneiras diferenciadas, a fim de haver uma diversificação deste momento. 1. Acolhida e explicação das atividades que serão realizadas no dia. 2. Roda de conversa com explanação da temática teórica da modalidade. 3. Alongamento 2. PARTE PRINCIPAL/DESENVOLVIMENTO/CONTEÚDOS/ATIVIDADES: - Nesta fase mais específica da aula, serão direcionadas atividades recreativas com caráter dinâmico e lúdico, buscando um maior envolvimento por parte dos beneficiados e jogos e exercícios de iniciação desportiva. 1. Aquecimento


2. Educativos 3. PARTE FINAL/CONCLUSÃO: - Ao final da aula serão propostas atividades de vivência prática da modalidade e de volta a calma. 1. Relaxamento 2. Roda de conversa com explanação da temática teórica da modalidade. 3. Coletivo da modalidade. 4. Lanche. Recursos necessários: Bolas, cones, giz, apito, bambolês, corda, espaço físico (quadra). Processos avaliativos: - Observar a reação nos diversos momentos (união, competição, socialização). - Diálogo com os alunos, a fim de investigar sobre outras formas de estarem vivenciando as mesmas atividades. - Perceber se os alunos conseguiram assimilar a aula e qual o interesse dos mesmos na aula. - Conversa informal sobre as atividade e sugestões para a próxima aula.

Portfólio do Núcleo Pery Frota 01  

Documento demonstrativo das atividades do Programa Segundo Tempo Sobral no referido núcleo

Advertisement