Issuu on Google+


2

Março “Reconciliai-vos com Deus... Eis agora o tempo favorável.” (2Cor 5,20-6,2) Um dos maiores desafios para quem vive em comunidade é o perdão. Por outro lado, a sobrevivência de qualquer comunidade dependerá da capacidade que seus membros têm de perdoar. Sem isto, não há comunidade que possa subsistir por muito tempo (Efésios 4,32). Em se tratando da comunidade cristã, o perdão torna-se um imperativo. Os discípulos de Jesus foram exortados a considerar as raízes teológicas do perdão. No ato de perdoar o próximo e de se reconciliar com ele, Deus se faz presente. Por conseguinte, o perdão supera os limites humanos (Mt 18, 22). Quando alguém perdoa o próximo, age em conformidade com Deus, que concede prodigamente o seu perdão ao ser humano. Para tanto, fecha os olhos para a maldade humana, quando a pessoa se reconhece pecadora e se volta para Ele (Is 43,18-19.21-24b-25). A capacidade divina de perdoar é ilimitada. Deus conhece perfeitamente de que é feito o ser humano e sabe muito bem que sua fidelidade pode não ser definitiva. Quem é perdoado hoje pode voltar a pecar amanhã. No entanto, sempre que se converte e volta arrependido, encontrará um Pai bondoso e misericordioso para acolhê-lo (Lc 15, 11-32). Os discípulos de Jesus são chamados a imitar o modo de agir de Deus. Também eles devem perdoar com prodigalidade, tendo um coração cheio de misericórdia para acolher quem carece de perdão (Mt 18,21-35).

Celebrações

Fraternidade

Por ocasião do Dia Mundial do Doente, celebrado em 11 de fevereiro, memória da BemAventurada Virgem de Lourdes e diante da apresentação da Campanha da Fraternidade - com o tema “Fraternidade e Saúde Pública” e o lema “Que a saúde se difunda sobre a Terra” - na Quarta-feira de Cinzas (22), a Pastoral do Enfermo faz uma reflexão sobre o assunto. A Pastoral do Enfermo é um encontro de pessoas de boa vontade, formado por 30 ou mais agentes de pastoral. É um trabalho silencioso, no qual são realizadas visitas e é servida a Eucaristia aos 70 idosos enfermos da comunidade, sempre na segunda quarta-feira do mês. Com este serviço, percebemos a carência, a solidão de cada uma dessas pessoas. Percebemos como é bom passar um momento ao lado deles, ouvindo, orando e estando presente na vida deles. Esta condição do doente nos faz refletir sobre o trabalho da pastoral no campo do tema da Campanha da Fraternidade deste

Precisa-se

Entrar em contato com a secretaria da Paróquia pelo telefone 3461-2865.

ano e nos motiva a fazer algo a mais aos nossos irmãos enfermos. A Pastoral do Enfermo faz um trabalho de solidariedade e amor ao próximo, levando a Eucaristia às pessoas que estão sem condições de frequentar a Igreja. São pessoas que necessitam de cuidados médicos todos os dias, da família ou de cuidadores. O tema “Fraternidade e Saúde Pública” abrange esta população que também necessita de atendimento em hospitais. Todas as pessoas merecem ser vistas com mais amor, principalmente nestes momentos tão difíceis. Se cada um fizer a sua parte, com certeza tudo fica melhor. Maria Valero e Rosangela Cecatto Pastoral do Enfermo

Testemunho de dizimista consciente Há 15 anos participo desta comunidade. Fui tocado pelo Espírito Santo e, a partir do momento que comecei a partilhar, dar a parte do dízimo, minha vida mudou bastante. Sempre que recebo meu salário, a primeira parte que é separada dos compromissos é Deus. Sinto que é muito bom ter essa experiência de partilhar o dízimo. Só tenho a agradecer por muitas bênçãos que Deus tem me dado. Adriana do Prado Pastoral do Dízimo PUBLICAÇÃO MENSAL Av. Nove de Julho, 1205 - Americana - SP (19) 3461-2865 - paroquiasaodomingos.com.br

Pe. Lázaro Gabriel Lourenço

Doméstica ou faxineira

IGREJA MATRIZ DE SÃO DOMINGOS: - Sábado - 18h - Domingo - 11h - Domingo - 18h - Domingo - 20h - Terça-feira - 19h15 - Pelos falecidos. - Quarta-feira - 8h - Novena Perpétua de Nossa Sra. do Perpétuo Socorro, com bênçãos às pessoas e aos objetos. - Sexta-feira - 8h

Enfermidade X Solidariedade

 Jornalista Fundador  Impressão JC Nascimento O Liberal  Jornalista Responsável  Tiragem Sabrina Furlan - MTB 30880 4.000 exemplares  Revisão  Diagramação Maria Ignez Worschech (Inezita) Eliane Deliberali  Departamento Comercial Dirson Zerbeto Júnior

 Colaboração Ana Andia Jean Salgals Marcelo Fagundes Maria Gimenez Antonio A.C.Lima Kátia Amaral Divina M.Bertalia Luciana Teixeira Marli Zerbeto Flávio Pompeu DISTRIBUIÇÃO GRATUITA Os artigos são de responsabilidade de seus autores. Sugestões de pautas, críticas ou artigos envie para o e-mail: pascom@paroquiasaodomingos.com.br ou ligue na secretaria da paróquia - (19) 3461-2865 - e fale com Sabrina.

IGREJA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - JD. GUANABARA: - Domingo - 8h - Quinta-feira - 19h30 - Pelos falecidos. - Sexta-feira - 7h30 - Momento de Oração do Apostolado e Celebração com serviço da Eucaristia. ASILO SÃO VICENTE DE PAULO: - 2ª e 4ª quinta-feira do mês - 15h30 Capela do Lar São Vicente de Paulo.

Celebrações Mensais Toda 1ª sexta-feira do mês Dia de Oração diante do Santíssimo Sacramento. 18h - Exposição e Adoração do Santíssimo - Matriz de São Domingos. 19h - Benção do Santíssimo e, em seguida, Celebração da Eucaristia - Matriz de São Domingos. 17h - Celebração seguida de Adoração do Santíssimo - Igreja de N. Sra. Fátima. Todo dia 13 do mês (menos aos domingos) 15h - Oração do Terço e Celebração da Eucaristia - Igreja de N. Sra. Fátima.

Serviços religiosos: Atendimento do pároco - Terça-feira - das 16h às 19h - Quarta-feira - 9h às 11h - Quinta-feira - visita aos doentes, bênçãos às casas, entre outros. - Sexta-feira - 8h30 às 11h - Sábado - 8h30 às 11h Obs.: É preciso ligar na secretaria para agendar horário. Fone: 3461-2865. Segunda-feira - 19h30 - Grupo de Oração - São Domingos - 19h30 - Terço com os Homens - N. Sra. de Fátima Terça-feira - 20h - Estudo Bíblico - São Domingos. Quarta-feira - 19h30 - Terço com os Homens - S.Domingos. Quinta-feira - 20h - Estudo Bíblico - N.Sra. de Fátima.


3

Quaresma

Em que se consiste a preparação para a Páscoa? Desde os tempos mais antigos, a Quaresma foi considerada como um tempo de renovação espiritual, de revigoramento das promessas do Batismo e fortalecimento interior para o testemunho do Evangelho. Isso através de três práticas muito significativas: oração, caridade, o jejum.

A Oração como experiência de fé e gratuidade para pedir a Deus forças e nos convertermos para viver o Evangelho e permanecer no bom caminho. O Jejum como espaço privilegiado de exercício para dominar as paixões, vencer o egoísmo e cultivar o bem. A Caridade como expressão do seguimento do Mestre, que exige abandono de nós mesmos e doação aos irmãos.

Tudo isso para fazer da Quaresma uma verdadeira participação no mistério pascal de Cristo. Sofremos com Cristo para participar de sua glória e sentir, na vida, a alegria de sua Ressurreição (cf. Rm 8,17). Texto tirado, na íntegra, do subsidio de roteiros homiléticos da Quaresma (CNBB, Ano B, fevereiro/ abril de 2012). Flávio Pompeu Pastoral Litúrgica

Programação Religiosa de Preparação para a Páscoa Quaresma: 22/03 até 31/03 26/03 - Segunda-Feira 19h30 - Anunciação do Senhor *Via-Sacra: Todas as quartas-feiras no tempo de Quaresma, às 19h30, na Igreja Matriz de São Domingos Semana Santa: 01/04 até 08/04 01/04 - Domingo de Ramos 7h30 - Início com a Bênção de Ramos na Praça Lizandra no Jardim Guanabara seguindo em procissão até a Igreja Nossa Sra. de Fátima. 10h30 - Início com a Bênção de Ramos no Salão Paroquial, seguindo em procissão até a Matriz de São Domingos.

18h - Celebração Dominical. 20h - Celebração Dominical. 02/04 - Segunda-feira Santa 19h30 - Via-Sacra - Matriz de São Domingos. 03/04 - Terça-feira Santa 8h30 às 11h - Confissões - Matriz de São Domingos. 15h às 19h - Confissões - Matriz de São Domingos. 19h15 - Celebração- Matriz de São Domingos. 04/04 - Quarta-feira Santa 19h30 - Procissão do Encontro do Senhor (início da via-sacra com saída da igreja,

caminhando pelas ruas do bairro) - nas duas comunidades simultaneamente. 05/04 - Quinta-feira Santa 19h30 - Tríduo Pascal com o rito do lavapés e a Instituição da Eucaristia - nas duas comunidades simultaneamente. 06/04 - Sexta-feira Santa 06h às 12h - Vigília com exposição do Santíssimo - nas duas comunidades simultaneamente. 15h - Celebração com adoração da Cruz nas duas comunidades simultaneamente. 19h - Procissão do Senhor Morto - Matriz de São Domingos.

07/04 - Sábado Santo 20h - Vigília Pascal - Celebramos a Ressurreição de Jesus, com os sinais da bênção do fogo novo, liturgia da palavra, liturgia batismal e liturgia eucarística - nas duas comunidades simultaneamente. 08/04 - Domingo de Páscoa 06h - Celebração da Ressurreição: encerrando a Semana Santa (única celebração dominical) - Matriz de São Domingos. 7h30 - Procissão com início na Praça do Guanabara, depois segue para Igreja Nossa Sra. de Fátima.

Um ano

Pe. Lázaro é força, perseverança e alegria Pe. Lázaro Gabriel Lourenço completou, no dia 25 de fevereiro, um ano de convívio e muito trabalho na Paróquia São Domingos. Depois de 11 anos como líder religioso na Matriz de São Manoel, em Leme, Pe. Lázaro tem trazido sua experiência para as comunidades do São Domingos e do Guanabara com inteligência, objetividade, exigência e cautela, pensando no melhor para todos e no fortalecimento da Paróquia. Muito preocupado em angariar fundos para colocar em ordem a parte administrativa da paróquia e futuramente realizar reformas na comunidade, em 2011 buscou a participação ativa das pastorais para realizar eventos e festas, mantendoas unidas com o mesmo objetivo. Tem enfrentado obstáculos e decepções

com simplicidade e alegria, ultrapassando todos os limites. Com essa mesma alegria transformou as celebrações em momentos festivos, cantados, de evangelização, sempre baseada em exemplos vividos em família. Suas missas são planejadas com as equipes e sempre trazem um diferencial que surpreende a comunidade. Ao final da celebração do sábado, dia 25, no qual comemorou um ano de paróquia, Pe. Lázaro falou para a assembleia sobre o quanto estava feliz em fazer parte da família do São Domingos. O pároco também esclareceu fatos que causaram comentários e questionamentos sobre as mudanças que ele realizou neste ano de sacerdote e administrador em nossa paróquia. “Hoje completo um ano de São

Domingos e coincidiu justamente com o Evangelho deste sábado, que fala sobre as tentações e os desafios da vida”. Ele disse que, quando o bispo Dom Vilson Dias de Oliveira o convidou para ser padre desta comunidade, sabia que seria um desafio, estava convicto disso e não deixou de enfrentá-lo. “Se está sendo fácil ou difícil, não importa! O que importa para mim é estar feliz e conseguir com transparência resolver as questões que surgem, com a ajuda daqueles que querem fazer o bem à comunidade. Se tenho problemas, não é por isso que não serei feliz. Estou tentando administrar a paróquia com o pé no chão. Procuro sempre dar o melhor de mim e fazer tudo com clareza”. Para finalizar, o padre comentou que

não estava justificando, apenas esclarecendo para a comunidade algumas coisas que foram necessárias serem cortadas na paróquia e que acabaram gerando criticas. “Todos nós temos crises, tentações e dificuldades. Como padre não é diferente... Em 21 anos de sacerdócio tive muitas crises, mas sempre as agradecia, porque crise e tentação são motivos de crescimento e fortalecimento. Jesus venceu todas as tentações em 40 dias; que isso sirva de exemplo para todos nós”. No encerramento da missa, João Teixeira, em nome da comunidade, fez uma homenagem ao Pe. Lázaro: “Como dissemos no dia da posse do senhor, repetimos no dia de hoje: Seja bemvindo! Sinta-se sempre acolhido e encorajado a continuar o seu trabalho”.


4 Confissão

Remissão dos pecados na Era Moderna e Tecnológica Ao iniciarmos a Quaresma somos chamados à conversão. Somos convidados a um profundo exame de consciência para mudança de atitudes. Neste sentido, podemos verificar que o maior pecado do nosso tempo é que o ser humano perdeu, justamente, o sentido do que é pecado, e, consequentemente, da necessidade de perdão e de misericórdia. A grande dificuldade da humanidade é saber confessar. Recentemente foi lançado um aplicativo para celulares iPhone, cujo objetivo seria auxiliar as pessoas, sobretudo jovens, no exame de consciência. Porém, nada substitui a confissão, que deve ser um diálogo entre o penitente e o sacerdote. Diante desse fato, percebemos que no

mundo contemporâneo há uma tendência ao individualismo, o qual se sobrepõe ao coletivismo. O ser humano se afasta de Deus, pois concebe a ideia de que se basta. Resolvemos nossos problemas e não precisamos de Deus, nem das pessoas. Ao mesmo tempo, existe também uma concepção mágica do sacramento da penitência, com pouco significado na vida cotidiana. Não podemos reduzir o pecado a um gesto individual. Devemos considerar sua dimensão social e comunitária. Nossa consciência não nos acusa de mais nada, haja vista os acontecimentos que todos os dias acompanhamos nos noticiários. Diante deles somos indiferentes, perdemos a sensibilidade e a atenção para a opção fundamental, ou seja, escolher o que

Super Dicas Para lembrar os 30 anos da morte de uma das maiores cantoras do Brasil a Universal Music lança duas caixas de CD’s - “Elis Anos 60” e “Elis Anos 70” - com praticamente toda a discografia de Elis Regina. São 24 CD’s distribuídos nas duas caixas, com cuidadoso processo de remasterização e gravações inéditas (até mesmo o obscuro compacto que Elis gravou com Pelé em 1969). Dica para quem busca formação litúrgica ligada com a vida é a página da Rede Celebra, um trabalho desenvolvido desde 1995 e que tem por objetivo partilhar experiências, inclusive de caráter ecumênico. Traz ótimos textos de reflexão e espiritualidade, pistas para rezar o Ofício Divino das Comunidades e notícias dos vários núcleos da rede espalhados pelo Brasil. Confira em www.redecelebra.com.br. Um clássico do cinema italiano completa 50 anos. O filme Candelabro Italiano (109 min.), lançado em 1962, traz o romance de um jovem casal, tendo como cenário belas paisagens italianas. Romance que tem um final inesperado, inspirado no título do filme. Linda história! Toninho

se quer ou não para a vida. Sim, somos influenciados e, durante muito tempo de nossa vida recebemos valores que outras pessoas nos transmitem, porém em determinado momento nos tornamos autônomos e podemos fazer nossas próprias escolhas. E a sociedade é fruto das escolhas que fazemos. Ao adquirirmos a consciência de ser pecador e necessitado da graça, Deus nos revela a sua face misericordiosa. O gesto de Jesus perdoando os pecados do paralítico restitui e renova completamente a dignidade de filho. É no momento do nosso reconhecimento que Deus revela profundamente seu amor, sua ternura. Procuremos nesse tempo quaresmal realizar em nossa vida um profícuo exame de consciência e acompanhar os horários

de atendimento de confissão para que possamos vivenciar a graça do perdão e da misericórdia em nossa vida. Marcelo Fagundes Seminarista

Pia Batismal

Quaresma: Tempo de Conversão e Purificação! Depois que a pia batismal da Igreja São Domingos foi furtada, em janeiro deste ano, Pe. Lázaro, de próprio punho, fez um rabisco de uma nova, e Pe. Ademir Zanarelli transformou-o no desenho da atual pia batismal. Os recursos para a construção da pia foram doados por uma pessoa da comunidade, que preferiu não ser identificada. Na missa do dia 25 de fevereiro, comemoração de um ano de Pe. Lázaro na Paróquia São Domingos, o pároco fez a benção da nova pia batismal e expressou sua alegria por ela ter ficado pronta para o período da Quaresma. Ela foi instalada na Quarta-feira de Cinzas, ao lado direito do altar (ao lado das equipes de canto) e abençoada na missa do dia 25 e explicou à assembleia o significado da cor e do formato da pia. Segundo Pe. Lázaro, a pia foi feita em pedra de mármore branco, que significa a cor do Batismo. A faixa em granito preto ao redor da pia simboliza o manto de São

Domingos de Gusmão. “ O formato octogonal (polígono com oito lados) representa o oitavo dia, que teoricamente não existe, mas depois do sétimo (perfeição), o oitavo é um novo começo, significa o dia da eternidade (o dia que não tem mais fim). Batismo é como um novo nascimento, que faz a gente participar da eternidade de Deus”, esclarece o paróco. Conforme a explicação de Pe. Lázaro, o período da Quaresma é o tempo de purificação, de água, de lavar, sendo que a pia é o local apropriado para abençoar a água utilizada para aspersão da assembleia litúrgica. Este é o tempo de prepararmonos para o Encontro com Jesus Ressuscitado na Páscoa.


5

Renovação

Jovens recebem os Sete Dons do Espírito Santo No dia 24 de março, alguns jovens da nossa comunidade viverão um momento muito especial: receberão o Espírito Santo, o Dom de Deus no Sacramento da Confirmação! Serão crismados! Depois de cerca de um ano e meio de caminhada, através dos encontros semanais e acompanhados por uma equipe muito dedicada de catequistas, chegou a hora de celebrar este tempo único na vida de fé desses jovens. Leia aqui alguns depoimentos sobre o que a Crisma representou para eles. Isabela Cristina de Almeida Martins, 23 anos, crismanda da turma de Ana Lúcia (sábado, 17h) - “É uma experiência gratificante! A cada momento de espiritualização, cada encontro, fui me sentindo mais envolvida, querendo aprender mais, conhecer sobre os ensinamentos da Igreja. Hoje vejo a missa com outros olhos. Como terminei a catequese (Eucarística) muito nova e não tinha idade para entrar na Crisma, acabei me afastando da Igreja dos 10 aos 22 anos de idade. Aceitei o convite para entrar na Crisma porque vi que era um momento importante para meu amadurecimento espiritual. Mesmo estudando e trabalhando em Campinas e com todas as dificuldades de tempo, entendi que, mais velha, tenho mais maturidade para concretizar essa etapa na minha vida”.

Ana Carolina de Azevedo, 16 anos, crismanda da turma de Katia e Cleber (domingo, 17h) - “Eu acho que o jovem atualmente tem muitos recursos para escolher entre o caminho do bem ou o do mal. Assim, alguns acabam se afastando da Igreja. Por isso, acho que a preparação para o Crisma é um período que ajuda o jovem a se fortalecer para o bem e nos ensinamentos da Igreja. O Crisma é a renovação do Batismo e o fortalecimento da fé. Eu sempre participei da Igreja, desde pequena, pois meus pais sempre foram envolvidos na comunidade. Mas, na catequese (Eucarística) não compreendia muito bem as coisas; agora, na Crisma, o entendimento é outro, agora as coisas fazem mais sentido. Depois da Crisma pretendo continuar na Igreja, exercendo algo a mais”. Elisabete Adorni Tomé, 31 anos, crismanda turma de Angela e Arnaldo (domingo, 19h) - “É um momento que volto a entender e reconhecer a história e os significados da Igreja. É um reencontro que tive com Deus. Eu demorei para ingressar na Crisma porque somente queria fazer quando me sentisse preparada para a confirmação do Espírito Santo. Agora pretendo participar da comunidade. Tenho um filho pequeno e quero que ele conviva desde cedo com a comunidade. A Igreja - e seus os ensinamentos - é o porto seguro da nossa vida. É importante que no dia a dia apliquemos esses ensinamentos, para que o Dom do Espírito Santo possa se concretizar e orientar nossos caminhos”.

Nayara Fontanez Carvalho, 17 anos, crismanda da turma de Ana e Alan (domingo, 10h) - “Imaginava essa preparação bem diferente, como algo parado, sem motivação. Mas percebi que é muito bom participar, cada domingo aprendo uma coisa diferente e que me faz frequentar mais a Igreja, coisa que não fazia antes. Isto porque a Ana e o Alan sempre ensinam coisas novas, significados que desconhecia, como os dons da Crisma, que agora entendo que é algo mais profundo. Depois que terminei a catequese (Eucarística) fiquei afastada e me sentia perdida em relação à religiosidade, que até tentei me encontrar em outras religiões, o que não deu certo. Minha mãe me incentivou a voltar para a Igreja Católica, mas foi por decisão própria que resolvi participar da Crisma. Penso em não me afastar mais; nosso grupo está até refletindo para criar um grupo de jovens e ajudar os catequistas com o trabalho junto aos novos, que chegarão”.

Beatriz Susigan Brochi, 17 anos, crismanda turma de Luciana (domingo, 19h30) - “Nesse período tenho passado por uma experiência muito boa, aprendendo a dar mais importância à Igreja, revendo valores que estavam esquecidos, como a renovação do Batismo, as orações, entre outros. Aprendi princípios importantes para o desenvolvimento e o crescimento da vida. Minha mãe sempre foi envolvida com as questões da Igreja e, por causa dela, fui motivada a caminhar no mesmo sentido religioso. Desta forma, desejo continuar no caminho da Igreja, mesmo depois do Crisma. Todo esse aprendizado mudou muito minha vida, meus pensamentos. Passei a ter uma maturidade espiritual”.


6

ha!!! Olá amigos do Gotin

Vamos continuar conhecendo o alfabeto católico? Olhe que bonitas essas letras! Vamos colorir e guardar!

A brincadeira é: Quais são os símbolos e imagens que combinam com as explicações sobre a Quaresma e Semana Santa? O modo de brincar é: Faça a ligação entre as figuras e os significados. PRINCIPAIS FATOS OCORRIDOS NA SEMANA SANTA DOMINGO DE RAMOS * Entrada de Jesus em Jerusalém QUARTA-FEIRA SANTA * Procissão do Encontro de Nosso Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores QUINTA-FEIRA SANTA * Instituição da Eucaristia * Lava-Pés “Jesus Cristo deu-se a si mesmo como presente para nós. Ele gosta das pessoas. Foi por isso que ELE

Os Carnav Os premiados premiados do do Carna Carnaval al

morreu e ressuscitou. Mas antes de voltar junto ao Pai, reuniu-se com os apóstolos e lhes deixou a Eucaristia, na qual ELE mesmo se doou aos apóstolos e a todos os homens de todos os tempos.” (Mc 14, 12-26) SEXTA-FEIRA SANTA * Condenação e morte de Jesus * Sepultamento de Jesus “Com sua morte na cruz, Jesus nos obteve o perdão dos nossos pecados.” (Jo 19, 25-27) SÁBADO SANTO * Dia de silêncio. No Sábado Santo acontece a Vigília, aguardando a ressurreição de Jesus. * Missa da Luz, abençoa-se o fogo e acende-se o Círio

Troféu “Samba no pé”: Adriele Zanetti Tonel, 4 anos.

Troféu “Melhor Dançarino da Música ‘Ai se eu te pego’, de Michel Teló” (entregue pelo patrocinador, Léo Ferreira, do Posto Diamante): Bruna Dario Silva, 11 anos.

Pascal DOMINGO DA RESSURREIÇÃO Alegremo-nos! Jesus RESSUSCITOU! A morte não tem mais poder sobre a VIDA! Jesus é VIDA NOVA! O sepulcro vazio nos afirma que também nós ressuscitaremos. Nós cremos na RESSURREIÇÃO! Com Jesus nós também queremos ser crianças novas. Cada vez que eu fizer um ato de amor, a Páscoa estará acontecendo dentro de mim. É PÁSCOA sempre que: PERDOAMOS, AJUDAMOS, ACOLHEMOS, ORIENTAMOS, SOMOS BONS, ALEGRES, AMIGOS LEAIS DE CRISTO. VIVA JESUS, O VENCEDOR DA MORTE!

Troféu “Melhor Grupo Fantasiado”.

Troféu “Melhor Fantasia”: Miguel Quinteiro, 6 meses.

Kátia Amaral


7 Acontecimentos

A matinê de Carnaval, realizada nos dias 19 e 21 de fevereiro, alegrou a crianças e adultos.


8 De olho nas pastorais

Inscrições abertas: Catequese da Eucaristia, da Crisma e com adultos Catequese da Eucaristia: durante o mês de março, ao final das missas de sábado e domingo, para crianças que completam 08 anos até 30 de junho deste ano. Para a inscrição é necessário aos pais comparecer e trazer as certidões de nascimento e de Batismo da criança. A proposta é que os encontros catequéticos com as crianças sejam realizados às segundas-feiras, às 18h30 ou às 19h30. As turmas serão formadas de acordo com a idade dos catequizandos. Catequese da Crisma: durante o mês de março, ao final das missas de sábado e domingo, para os jovens que completam 15 anos até 30 de junho de 2013. Para

a inscrição é necessário ao/a jovem comparecer e trazer as certidões de nascimento e de Batismo. A proposta é que os encontros com os jovens crismandos sejam aos domingos: 10 horas e 17 horas. Catequese com Adultos: para pessoas maiores de 18 anos, que não tenham recebido os sacramentos da Iniciação (Batismo, Eucaristia e Crisma). Será durante o mês de março, ao final das missas de sábado e domingo. Encontros aos domingos, às 10 horas.

Bastidores

Comunidade de São Domingos Reunião de Liturgia - Flávio coloca na lousa o nome do novo coordenador da equipe de canto da missa das 20 horas: Eufrasino. Quem será? No final, a correção: FRAZINO. Ah bom!

Carreira Solo - Nessa mesma missa, Pe. Lázaro e o seminarista Marcelo puxaram os cantos. E não é que eles fizeram uma boa dupla musical?

Mudanças - Milton Quinteiro deixa a coordenação da missa das 20 horas para assumir a Pastoral Familiar. Assumem a celebração agora Arnaldo e Ângela.

Casamento de Tiago e Tatiane - Bonito ver nossos “antigos” acólitos Guilherme, Danilo, Alex e Gustavo reunidos como padrinhos do casal. Amizades fruto da nossa comunidade.

Dízimo - Muitos elogios ao novo cartão de aniversário que é enviado aos dizimistas, todo elaborado pelo Toninho. Bazar - Outro dia um bêbado deu trabalho para a Cristina, no bazar. Ela e mais algumas voluntárias tentaram atendê-lo, mas foi preciso fechar as portas, deixando-o para fora. DE lá ele gritava “Quero que ela (Cristina) me dê, quero que ela me dê”, exigindo um moletom que não havia no bazar. Foi preciso chamar o Zé, da Segurança, para que o bêbado fosse embora. Equipe de Canto - No último domingo de janeiro, a assembleia foi bem participativa, mesmo com o Fischer tocando seu teclado sozinho.

Atrasados - Sempre existem aqueles que chegam atrasados na missa. Têm alguns que chegam na hora do Evangelho. Será que explicação é o horário de verão? Cuidado com os ponteiros, pois o horário já voltou ao normal desde sábado, dia 25. Apressados - Enquanto há os atrasados de um lado, de outro existem alguns apressados, que mal esperam terminar a procissão de saída pelo corredor central ao final da missa. São tão precipitados que passam na frente do padre, dos ministros e acólitos. Calma, gente! Pia Batismal Se alguma criança se afogar, chamem o salva-vidas mirim! Miguel Quinteiro, socorro!

Comunidade de Nossa Senhora de Fátima Sob as bênçãos de Deus e da nossa Padroeira, o pessoal da catequese eucarística se reencontrou com muita disposição e alegria para mais um ano de aprendizado. Sejam bemvindos catequizandos! Comentário de um catequizando da 3ª etapa: “É... Esse ano a gente não escapa de encarar o padre!”. Não se preocupe, garotada! O padre é gente boa! Pegando no pé do Amado, de novo! Ele, como sempre, trabalhando muito na cozinha em todos os eventos da comunidade, só que desta vez quebrou um copo e foi tratando de limpar tudo rapidinho para ninguém ver. Mas o pessoal está de olho e não deixa passar nada mesmo, hein? Liga não, Amado! Acidentes acontecem... O que vale mesmo é o amor que você dedica a tudo o que faz!

O grupo de canto ensaiou tanto e era só empolgação para cantar a música nova de acolhida na missa de domingo. Quando chegou o dia, não veio ninguém pela primeira vez. Fiquem tristes não, pois com certeza muitas pessoas novas ainda virão e vamos cantar muito.

Legal mesmo foi quando cantávamos o refrão no ensaio: “é muito bom saber que você chegou...”. Pe. Lázaro chegou um pouco mais tarde que de costume, mas ainda no horário, e se sentiu acolhido com a canção. Choveu tanto na manhã do sábado do show de prêmios (11/02), que nós ficamos trabalhando e rezando para não acabar a energia! Porque, no nosso bairro, quando dá um relâmpago, já fica tudo escuro! Mas, graças a Deus, deu tudo certo e a noite foi muito gostosa. Parabéns a todos que colaboraram! À noite, durante o show de prêmios, bem no meio do bingo, o som “pifou”. Rapidamente, o problema foi resolvido pela equipe de organização e começou a aparecer caixa de som reserva por todos os lados. Pessoal solícito e eficiente, parabéns! Zé Elias não deixou a peteca cair e continuou cantando o bingo mesmo sem o microfone. Teve que requebrar, hein, Zé?


241 - Jornal Integração - Mar/2012