Issuu on Google+

Correio Manhã 25­10­2013

Periodicidade: Diário

Temática:

Política

Classe:

Informação Geral

Dimensão:

739

Âmbito:

Nacional

Imagem:

N/Cor

Tiragem:

174177

Página (s):

27

Os desígnios dos

dias estes polí na vida

DE MANUEL MACHADO AOBAMA

favores populares Oquese tempas ado

LUA

CHEIA PROEZAA

R Manuel Machado Era presi dente da Câmara municipal de Coimbra quando eu fui

da Figueira da Foz Saiu há 12

tica portuguesa dá muito que pensar E o

anos Agora voltou Proeza de assinalar

que se passou na

apresentação do livro de José

Sócrates é bem elucidativo Para

QUARTO

muita gente foi algo de inespera do aquele número inusitado de pessoas que quiseram estar pre sentes E que pessoas Sem ne

CRESCENTE

SOLUÇÃO

Passos Coelho Resolveu bem

nhum tipo de ofensa as demo

as dificuldades geradas pela intervenção de Pires de Lima sobre o período pos troika De qualquer modo tinha sido um deslize desculpável

cracias da América Latina já ti veram alguns fenómenos deste tipo Lembro me de Juan Péron na Argentina de Andrés Pérez na Venezuela entre outros José Sócrates tem um certo

tipo de ligação com várias faixas do eleitorado que não pode ser menosprezado E o que se tem passado estes dias é bem aprova de que ele tem carisma Um es tranho e complexo carisma mas tem no Não tenho a pretensão de ser especialista em Sócrates ou de ter feito alguma pós gra duação sobre este personagem político como ele próprio fez sobre a tortura Mas conheço o como muito poucos Quem também o conhece bem tendo

optado por não estar presente

é António José Seguro e também

António sedoartigoque Costaaquiescrevina Lembram semana passada O título era a A vida atribulada de um líder da

oposição e desenvolvia se em torno das relações nesse triun

QUARTO

MINGUANTE

PALAVRAS

POLÉMICAS Assunção Esteves São in

virato socialista Manifesta

mente há um povo de esquerda que gosta do chefe carismático que a direita gostava de ter E acreditam mais nele para um re gresso ao poder do que em Segu ro e mesmo do que em Costa Curiosamente Sócrates não tem

um discurso muito justicialista nem fala muito nos pobres nem nos oprimidos Ele mostra des prezar os outros e para o povo os outros são os políticos ou os poderosos Pois se ele até ataca a

Alemanha Já se ouviu algum democrata falar do sufrágio uni

versal e direto como

compreensíveis as suas pala vras sobre D Januário Torgal Ferreira Então acha que ele diz A verdade sobre o poder Inaceitável

favor do

voto popular Volto a dizer que não é por acaso que alguém que

LUA NOVA

nunca estudou essa área escolhe

a tortura para tema de disserta ção Não estou a negar a condi ção de democrata a Sócrates digo que estamos perante uma personalidade política muito complexa e capaz de suscitar fe nómenos de adesão em certa medida insólitos e inéditos

ESPIÕES DEBILITAM

Barack Obama O que se vai

sabendo cada vez mais sobre

a espionagem em países ami gos está a debilitá lo Ai se fos se com Bush

Já tinha caído o

Carmo e o Capitólio


Cm 25 de outubro de 2013