Issuu on Google+


“Se te derem o limão, faça a limonada.” Autor desconhecido.


Projeto Quixote Idealização do livro: Zilda Ferré Capa: Otavio Fabro Contra-capa: Bruno Pastore Revisão: Celia Machado Edição de Texto / Projeto Gráfico / Paginação: Rogério Fortini

Todo conteúdo deste livro foi produzido pelas crianças e adolescentes do Projeto Quixote.

2013 Todos os direitos desta edição reservados à Associação de Apoio ao Projeto Quixote Av. Eng. Luís Gomes Cardim Sangirardi, 789 Vila Mariana, São Paulo - SP Tel.: +55 11 5083-0449 | +55 11 5572-8433 http://www.projetoquixote.org.br/


SUMÁRIO Quem espera sempre alcança ...................................................................... 5 Não há rosas sem espinhos .......................................................................... 6 A ocasião faz o ladrão .................................................................................. 7 Quem tudo quer, nada tem ......................................................................... 8 O que os olhos não vêem o coração não sente ........................................... 9 Antes só que mal acompanhado ................................................................ 10 O barato sai caro ...................................................................................... 11 Filho de peixe, peixinho é ........................................................................... 12 A mentira tem pernas curtas ..................................................................... 13 A mentira tem pernas curtas ..................................................................... 14 Deu zebra .................................................................................................. 15 Lagrimas de crocodilo ................................................................................ 16 Nem que a vaca tussa ................................................................................ 17 Gato escaldado tem medo de água fria ..................................................... 18 Falar é fácil, fazer é que é difícil ................................................................. 19 De grão em grão a galinha enche o papo ................................................... 20 Quem tem boca vai à Roma ....................................................................... 21 Cachorro que late não morde .................................................................... 22 Cavalo dado não se olha os dentes ............................................................ 23 Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura .................................. 24 Quem vê cara não vê coração .................................................................... 25 Picar a mula ................................................................................................ 26


PREFÁCIO Em “Ao Pé da Letra”, os alunos tratam de “traduzir” o sentido figurado dos ditados populares de nosso idioma. A princípio foi feito um levantamento de alguns provérbios bastante utilizados no nosso dia a dia, e em seguida, cada aluno tratou de explorar o sentido deles. Na sala de informática, sob a orientação do educador Rogério Fortini, cada aluno escolheu um provérbio para trabalhar, pesquisando a respeito de sua origem histórica (caso houvesse) e descrevendo o significado figurado. Após isso foi feito um desenho ilustrativo. Acreditamos que com esse trabalho os alunos tenham percebido que a língua, por ser viva, está em constante movimento e que a metáfora (ou a linguagem figurada) não é um “enfeite” da língua, mas faz parte da linguagem comum do dia a dia. É a frase na “boca do povo”, é o estudo da língua falada nas mais diversas atividades diárias da vida em sociedade.


por Andressa de Paula Menossi

Seja paciente, tenha fé em você e no que você acredita, que algum dia conseguirá realizar seu objetivo.


por Anna Caroline de Oliveira Santos

Por mais que você acredita na beleza da pessoa, na sua bondade. Você pode acreditar que algum defeito ela tem. Como a rosa, que é bela, porém tem seus espinhos que podem nos ferir. Um garoto se aproxima de uma garota por ser bonita, mas com o tempo ele descobre que ela tem uma grave doença incurável. Ele achava que ela era perfeita, mas todos nós temos defeitos.


por Camila Mendes Guedes

Foi o magnífico Machado de Assis, dizendo que "A ocasião faz o roubo, o ladrão já estava feito". Não quis o literato fazer qualquer conotação quanto a origem genética do indivíduo pois não era, na época. A ocasião não faz o ladrão assim como o bandido não nasce feito. O que temos é uma forma errada de distribuição de renda, uma forma errada de valores. As pessoas não valem mais pelas suas ideias, pelos seus feitos.


por Cesar Messias AntĂ´nio

Se vocĂŞ nĂŁo consegue ter um foco e gasta sua energia de maneira dispersa, nunca vai ter algo concreto na sua vida.


por Cynthia Freitas Silva

Um provérbio popular difundido em diversos países, muito usado em casos de adultério (traição) e atualmente o seu sentido se ampliou para varias outras razões. Ou seja, aquilo que se faz escondido, não machuca (pelo menos até a descoberta).


por Diana Rodrigues da Cruz

Muitas vezes vale mais andarmos sós do que com más companhias. Não vale a pena ter a companhia de uma pessoa ruim, por mais agradável que ela possa ser. A longo prazo os malefícios irão sobrepor os benefícios dela, e ai será tarde demais.


por Edvaldo Aparecido Martins

Por mais que possa parecer óbvio, nem sempre o mais barato é a melhor opção. Todas as opções tem suas vantagens e desvantagens, por isso sempre escolher bem, pensando em prazos longos, riscos de problemas maiores e no tempo que será gasto para realizar essa economia.


por Fabricio Barbosa do Espirito Santo

O filho puxa o pai. O que o pai faz, o filho faz tambĂŠm por que passa o tempo todo vendo o pai fazer o mesmo. Sendo o pai ou a mĂŁe, dependendo por quem ele for educado.

Se o pai tem barba o filho tem, se o pai xinga muito o filho vai xingar tambĂŠm.


por Stephany Oliveira Teixeira

A origem desse velho provérbio é um tanto quanto cômica. No final do século XIX, um famoso pintor de nome Henri de TouloseLautrec tinha um dom menos nobre. O artista mentia tanto, e com tanta frequência, que as pessoas de Paris diziam que seu talento com as lorotas era tão grande quanto com os pincéis.

A baixa estatura de Lautrec - causada por uma doença que


por Alexandre da Fonseca Pires

A mentira tem pernas curtas quer dizer que a mentira vem logo a tona, ou seja, mais cedo ou mais tarde, logo logo serรก descoberta.


por Guilherme Rodrigues de Matos

A origem da expressão "dar zebra", utilizada quando o resultado foi algo impossível de acontecer, surgiu no popular Jogo do Bicho. A zebra não está entre os 25 animais que emprestam o nome a essa loteria ilegal, por isso, interpreta-se o fato como uma "tragédia" inesperada. Um exemplo disso é quando uma equipe, considerada favorita pela sua maior qualidade, é derrotada por outra que não tinha qualquer chance de vitória. Deu zebra!


por Igor Mendes de Barros

O crocodilo, ao ingerir alimentos, pressiona com força o céu da boca, comprimindo as glândulas lacrimais. Ou seja, o réptil chora enquanto devora a presa.

Quando uma pessoa fingi estar chorando e você não acredita nela, isso são lágrimas de crocodilo.


por Isabella Cristina da Luz Pedro

A frase completa é "nem que a vaca tussa e o boi espirre", e significa que algo não será feito nem que algo de extraordinário aconteça. Dizem que a vaca baba e não pode tossir. É uma expressão do campo, que não retrata o significado dos dias atuais, porque dificulta o entendimento para quem não tem intimidade com as coisas do campo.


por Iverson Gustavo Alves de Sousa

Apesar de ser uma expressão tão bem elaborada para dizer que quem já experimentou algo ruim, não irá repetir novamente, não foi encontrado nenhuma fonte histórica da onde ela poderia ter saído.


por Kimberly Medeiros Barbosa

Reverência ao destino. Fácil é ver o que queremos enxergar. Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto. Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil.


por Lais Fragoso dos Anjos

É quando uma pessoa economiza durante meses, anos para conseguir concretizar a compra de alguma coisa. Ou seja, aos poucos se alcança o objetivo.


por Lucas da Silva Bom

Essa expressão popular é bastante antiga, vem da antiguidade. Sua origem era “quem tem boca vaia (verbo vaiar) Roma”, muito usada pelos antigos romanos, revoltados com a cobrança dos altos impostos.

Atualmente seu significa é que perguntando você conseguirá chegar lá.


por Luiz Claudio Ribeiro da Silva

O significado de cachorro que late não morda é, por exemplo, uma pessoa que se acha o valentão mas na hora de mostra que é valente sai correndo. Outro exemplo é um rapaz que fala que pega todas, mas na verdade ele não tinha nem namorada.


por Marcos Daniel Martins Caetano

Não é de "bom tom" desdenhar ou colocar defeitos em algo que se recebe de presente.

A origem vem dos negócios de venda de cavalos. O dono sempre tenta fazer o animal passar por mais novo, o que representa um preço maior. Ocorre que os dentes do


por Nicolas Alessander Jesus Miranda dos Santos

Um dos primeiros registros literários foi feito pelo escritor latino Ovidio (43 a.C.- 18 d.C.). Escreveu o poeta: “Água mole cava a pedra dura”. É tradição das culturas dos países em que a escrita não é muito difundida formar rimas nesse tipo de frase para que sua memorização seja facilitada. Foi o que fizeram com o provérbio. Significa que se você insistir, você conseguirá o que quer.


por Pauline da Costa Feitosa

O que as pessoas aparentam não representa aquilo que elas realmente são. Pode-se ter a aparência de bondoso e ser, na verdade, muito mau.

Usa-se esta expressão para recomendar cautela contra pessoas maldosas, mas com boas aparências.


por Rafael Pessoa da Silva

Um termo bem curioso, infelizmente sem registros de sua origem. Nada mais ĂŠ do que querer dizer que vai embora, sair da onde estĂĄ, cair fora com uma certa pressa.



Ao pé da letra digital