Page 68

FOTOS DIVULGAÇÃO

Gastronomia

Uma história de conquistas Lina Borges foi a pioneira da alta gastronomia da praia de Cambury. Começou vendendo torta integral de banana na praia (1982) e melado de cana para hoje se transformar na proprietária do Restaurante Framboesa, que nasceu há 16 anos. A filha garçonete e a mãe chefe de cozinha tiveram a ideia de ter o próprio negócio. Juntaram o que tinham e compraram a casa que hoje é o Restaurante. A proposta era única, algo que não houvesse em Cambury. Uma doceria com saladas e quiches. Não queriam concorrer com nenhum estabelecimento. O Framboesa nasceu como um fast food, moda na época, em um ambiente familiar, rústico, praiano, mas sempre atento aos detalhes. Tudo cuidado com mui-

68 Cidade&Cultura

to carinho. Toalhas bordadas na mesa, flores e uma decoração delicada. O atendimento, como hoje, era feito por meninas. O restaurante sempre teve esse tom feminino. O cuidado se estendia à cozinha. A chefe e mãe Lina Borges, sempre exigente com os ingredientes, escolhia os mais frescos e vistosos que o lugar lhe oferecia. Quando ia a São Paulo, percorria o Mercado Municipal, Casa Flora e os empórios. Trazia de lá produtos sofisticados e novidades, como queijos, azeites, cereais e frutas secas. Tudo isso aliado à atenção e ao carisma com os clientes da filha Ceres. O reconhecimento do público aconteceu. A procura foi tão grande que houve a necessidade do Framboesa fechar para reestruturação. O primeiro restaurante foi demolido e o Framboesa renasceu com um projeto rústico e, ao mesmo tempo, moderno. Tijolos de demolição, madeira, cimento queimado e ladrilhos hidráulicos, além de um novo cardápio cheio de sabores e novidades.

São Sebastião/SP  

Revista cultural de São Sebastião

São Sebastião/SP  

Revista cultural de São Sebastião