Page 35

do e de uma imagem de São Sebastião. Essas imagens sacras, atualmente se encontram no Museu de Arte Sacra.

Casa Dória

Casa Dória A casa da família Dória foi construída nos primeiros anos do século XX, sendo concluída em 1906. Elaborada pelo seu proprietário “Nhô Dito Corrêa”, constitui exemplar da arquitetura de transição entre a tradição colonial, representada pela sua implantação, e a modernidade da virada do século, presente na sua ornamentação de fachada. Sua forma atual em porão alto foi concluída em três fases: a primeira é construção original em forma retangular sendo composta pelas salas da frente, salão lateral e quartos; a segunda, construída pouco tempo após a primeira, é composta por sala de jantar e cozinha; a última etapa da construção é formada por banheiro e área de serviço. Surgia um novo tipo de residência. A implantação do recuo dos edifícios aos limites laterais, usado como entrada de serviço era desvalorizada socialmente e freqüentemente ocultada no exterior sob um pano falso de fachada, como a similar um prolongamento da sala de visitas. A casa mistura diversas técnicas construtivas, como alvenaria de tijolos, tabiques de madeira e o tradicional pau-a-pique.

Bens tombados Centro Histórico: Igreja Matriz, Capela de São Gonçalo, Casa de Câmara e Cadeia, Praia Hotel, Residência à Praça do Fórum e 07 quarteirões tombados.

Câmara Municipal

Em um período de estagnação econômica vivido pela cidade, a Casa Dória é um dos raros exemplares de arquitetura do começo do século, no centro histórico, dominado por casas singelas.

Casa das Janelas Residência térrea típica do século

XVIII, construída de pedra e cal destaca-se no núcleo histórico de São Sebastião por sua amplitude e localização privilegiada, no largo da Casa de Câmara e Cadeia. De implantação colonial, as portas e janelas estão no alinhamento da rua. O quintal voltado para a praia marca a função de despejo desta no período.

São Sebastião 35

São Sebastião/SP  

Revista cultural de São Sebastião

São Sebastião/SP  

Revista cultural de São Sebastião