Page 1

DOURADOS MS ANO 68 | Nº 13.232 R$ 2,00

O PROGRESSO ★★★★★

Pensamento P e e ação por uma vida melhor

Sábado/domingo 12/13 de maio de 2018

Fundador WEIMAR TORRES Diretora-Presidente ADILES DO AMARAL TORRES

Show Fernando & Sorocaba, hoje na Expoagro

Competição Ranch Sorting movimenta a Expoagro

Dia das Mães Consumidor pretende gastar média de R$ 108

PÁG. B3

PÁG. B1

PÁG. A5

‘Tropa de elite’ da Receita investiga agentes públicos dos três poderes Grupo de auditores começa vasculhar a vida de 800 integrantes do Legislativo, Executivo e Judiciário, suspeitos de terem cometido fraudes. O objetivo é que, a partir desta amostra, os auditores consigam mapear parlamentares, chefes de governo, juízes, procuradores e os próprios auditores por suposta lavagem de dinheiro, corrupção e ocultação de bens. PÁG. A5

Mães superam distância com arte-educação MARCOS RIBEIRO

Fernando Verona lança a música “Amor de Mãe”

Geisel autorizou execuções, afirma CIA Documento tornado público pelos EUA mostra que o ex-presidente Ernesto Geisel autorizou que o governo continuasse a política de execuções sumárias contra opositores da ditadura militar no Brasil PÁG. A5

Douradense Fernando Verona

O cantor douradense Fernando Verona está lançando nas redes sociais a música “Amor de Mãe”. A canção de sua autoria foi composta em junho do ano passado em homenagem à sua mãe e avó. Paralelamente, Verona está lançando o primeiro CD oficial “Pra Sentar, Ouvir e Beber”. “Este trabalho gravado no Estúdio Rocha Produções reúne 12 faixas autorais, trazendo canções do sertanejo romântico e batidão”, diz Fernando Verona que desde a adolescência fazia poemas e cantava em bares da região da Grande Dourados. PÁG. D2

PÁG. D4 Ministro do TSE nega liminar para garantir representante de Lula em debates PÁG. A3 Promotor denuncia Haddad por caixa 2 de R$ 2,6 milhões PÁG. A4

Artesãs trabalham na confecção de bonecas de pano, bordado, vasos, bijuterias e tudo o que produzem é comercializado

O crime separa mães dos filhos, mas o trabalho, aprendizado e oportunidades os une novamente. É com essa certeza que as reeducan-

Acidente causado por traficante de droga, na BR-060 próximo a Chapadão do Sul, matou um idoso de 67 anos e deixou três feridos que estavam com ele no veículo que capotou. O traficante abandonou o carro lotado com droga e foi capturado horas depois numa mata. PÁG. A6

Opinião

Fonte: INMET

Rodoviária, porta de entrada

Nublado a parcialmente nublado. Ventos: Fracos/ Moderados. Umidade: máx. 90%. Umidade: mín. 50%.

das em regime fechado do Semiaberto de Dourados superam tudo. Elas encontraram na arte uma forma de conquistar a liberdade e a independência finan-

ceira. Com uma profissão definida e voltada para o que melhor sabem fazer, as internas têm a certeza de que uma vida nova as espera quando deixarem a

instituição. Com os cursos oferecidos, elas produzem bijuterias, bonecas de pano, vasos e cultivam horta. Tudo o que produzem é comercializado. PÁG. D1

Traficante provoca acidente com morte

O tempo HOJE 21º Máx | 12º Mín

A comunidade da Escola Municipal Joaquim Murtinho encerra hoje o projeto ‘Solidariedade Sustentável’, que arrecadou roupas, alimentos e outros. Hoje, por volta das 8h30, será inaugurado o ‘Muro Solidário’, onde foram desenhados guarda-roupa, prateleira e fixados ganchos para que a comunidade pendure as doações. PÁG. D2

José Alberto Vasconcellos

Eleições democráticas ou para o Nemo? Wilson Valentim Biasotto

PÁG. A2

PRF

Corpal recebe licença para loteamento em Laguna Carapã

Projeto de escola ajuda entidades de Dourados

9HâFXORGRLGRVRFDSRWRXSRUFDXVDGRWUDğFDQWHTXHVHJXLDHPRXWURFDUURHPDOWDYHORFLGDGH

Imasul lança plano para o Pantanal A população de MS vai conhecer o teor do Plano de Recursos Hídricos da Região Hidrográfica do Paraguai que traça as diretrizes, normatiza e prevê ações visando a conservação da água superficial e subterrânea da vasta região compreendida como bacia do rio Paraguai. PÁG. D4


2

Dourados, sĂĄbado/domingo 12/13.5.2018 O PROGRESSO

OpiniĂŁo

Destruição das orestas

N

ĂŁo sĂŁo sĂł as florestas do lado brasileiro que estĂŁo correndo risco. O fantasma do desmatamento estĂĄ agindo aceleradamente nos paĂ­ses vizinhos e destruindo a AmazĂ´nia peruana. Dados do Programa Nacional de Conservação de Florestas do MinistĂŠrio do Meio Ambiente revelam que nos Ăşltimos 15 anos a regiĂŁo perdeu 1.974.209 hectares de florestas, o que equivale a 123.388 hectares a menos por ano. A agricultura, a pecuĂĄria, o corte ilegal de ĂĄrvores, a mineração ilegal e o narcotrĂĄfico sĂŁo os principais agentes destruidores. A situação ĂŠ tĂŁo alarmante, que os pesquisadores afirmam que se nenhuma providĂŞncia for tomada, pode se chegar a 300 mil a 400 mil hectares anuais desmatados. Na realidade, essas projeçþes pessimistas estĂŁo fundamentadas em registros recentes como o que aconteceu em 2017, quando as imagens de satĂŠlite mostraram que desapareceram 143 mil hectares de floresta amazĂ´nica no Peru. A preocupação dos cientistas em relação ao que acontece no paĂ­s vizinho estĂĄ ligada ao fato de que o Peru ĂŠ um dos 17 paĂ­ses “megadiversosâ€? do planeta, que em conjunto abrigam mais de

70% da biodiversidade munchegando às åreas reservadas, EDITORIAL dial. AlÊm disso, Ê o segundo afetando etnias que viviam isopaís em floresta amazônica, depois do Brasil. ladas, como os mashco-piro, que tiveram que Situada a leste das montanhas dos Andes, a sair para procurar comida. Amazônia representa um terço do território É importante ressaltar que as questþes relaperuano. Em 2015, o país tinha 69 milhþes de cionadas à sustentabilidade do planeta estão hectares de floresta tropical. Esta permite ab- nas pautas das principais lideranças mundiais, sorver o carbono do meio ambiente, um dos principalmente aquelas com compromisso jå causadores do aquecimento global. Esforço declarado. Dessa forma, tambÊm Ê bom lempara reflorestar A região amazônica de Madre brar que a região aqui em discussão jå defende Dios, no sul do país, Ê o epicentro da mine- dida pelo papa Francisco, que visitou Madre ração ilegal. Nela, o desmatade Dios durante sua viagem ao O Peru Ê o mento triplicou, passando de Peru para ressaltar seu compro5.000 hectares em 2001 a 17.000 misso com a proteção dos povos segundo país em em 2016. floresta amazônica, nativos e o meio ambiente. Por O que chama a atenção dos outro lado, algumas instituiçþes depois do Brasil pesquisadores e deixam os amestão deixando de lado os disbientalistas em constante escursos e partindo para açþes tado de alerta, Ê que os milhares de mineiros pråtica, como vem acontecendo com Fundo utilizam dragas, dinamite e mercúrio para ex- Mundial para a Natureza (WWF) anunciou hå trair ouro, destruindo tudo em seu caminho, alguns dias que 155.000 årvores serão plantasegundo as autoridades. AlÊm disso, a minera- das este ano em 140 hectares da Amazônia para ção ilegal Ê acompanhada por problemas como recuperar zonas degradadas pela mineração o tråfico de pessoas, assassinatos e sequestros, ilegal. Entretanto, isso representa apenas 0,1% segundo o governo e organismos de direitos da superfície desmatada por ano no país. humanos. Nessa região o desmatamento estå O que muita gente faz questão de não reco-

O NĂšMERO

1.974.209 hectares de florestas jĂĄ foram desmatados na AmazĂ´nia peruana, nas proximidades do Brasil

nhecer Ê o rastro de destruição que o desmatamento deixa. Um claro exemplo do legado malÊfico Ê o efeito catastrófico do mercúrio utilizado pelos mineiros para separar o ouro de outros elementos. Depois, os resíduos são lançados nos rios, contaminando as åguas e os peixes que os indígenas consomem. Segundo os pesquisadores, esse tipo de contaminação atingiu a etnia Nahua, que habita uma årea protegida na região de Cusco, vizinha a Madre de Dios. Em maio de 2016, o governo do então presidente Ollanta Humala declarou Madre de Dios em emergência pela poluição, depois que as autoridades detectaram mercúrio nas åguas dos rios, nas espÊcies hidrobiológicas e na população, com valores superiores aos limites måximos permitidos.

Rodoviåria, porta de entrada -26ž$/%(572 9$6&21&(//26 *Membro da Academia Douradense de Letras

E

stivemos na rodoviåria Renato Lemes Soares, nesta cidade de Dourados, oportunidade em que pudemos observar que o påtio para chegada e partida dos ônibus, estå tomado por crateras. São buracos dentro de buracos e atÊ num espaço para os desembarques, hå uma cratera onde fica encaixado um dos pneus dianteiro do ônibus quando encostado. Quem dirige um veículo sabe, que a pavimentação urbana da nossa cidade coleciona buracos. Quando não são os buracos são as perebas, resultantes de dezenas de remendos mal feitos, no correr dos anos. No geral, excluídas as åreas que vem sendo saneadas pela ação do Estado, o res-

tante da pavimentação urbana e tambÊm o påtio da Rodoviåria, estão uma låstima! Impossível negar o óbvio: os buracos estão em quase todas ruas, mostrando a língua para quem passa por eles! Hå os buracos produzidos pelo tempo e esquecidos pela Prefeitura; hå centenas de lombadas transversais, sem a pintura obrigatória e necessåria para orientar o trânsito e evitar solavancos inesperados; hå muitas ruas ainda mantendo o que sobrou dos tachþes que demarcavam as ciclovias, obra prima e fundamental do prefeito do PT. Os buracos esperam a reparação; as lombadas — muitas delas dispensåveis — poderiam ser removidas; e os tachþes demarcatórios das ciclovias, visto que as bicicletas foram trocadas por motocicletas, servem hoje em dia, apenas para emperrar o trânsito, dificultar o estacionamento e aborrecer o proprietårio do lo-

cal. NĂŁo se pode negar, o prefeito provar a culpa do agente estatal. do PT, que gerenciou o municĂ­pio Existe a necessidade de que o dapor duas legislaturas, encheu a no sofrido (p.ex: uma ĂĄrvore cai cidade de lombadas transversais sobre um veiculo estacionado) e e tachĂľes e, ainda, distribuiu o nexo de casualidade (o ĂłrgĂŁo uma queixa-crime contra este publico nĂŁo removeu o arbusto articulista, sem obter sucesso na que ameaçava tombar) estejam Justiça, deixou viva lembrança interligados com a atividade pĂşda sua gloriosa administração da blica.â€? (Google). cidade de Dourados. Assim, havendo uma lombaA propĂłsito de lombadas, bu- da mal sinalizada, um buraco ou racos e crateras, qualquer outro O pĂĄtio para bom lem brar obstĂĄculo, que que o nosso CĂłvenha a causar chegada e partida digo de Trânsito dos Ă´nibus estĂĄ tomado danos materiais em vigor, adoou pessoais, por crateras tou a “Teoria provada a omisdo Risco ObjesĂŁo do agente tivoâ€?. “O Risco Administrativo. pĂşblico em ato administrativo - A teoria do risco administrativo regular, este (o agente pĂşblico) conceitua-se pelo entendimento deve indenizar o dano causado, de que nenhum particular deve independentemente, da produsuportar o dano advindo de ativi- ção de qualquer prova, bastando dades voltadas ao interesse social tĂŁo sĂł provar que o dano ocorreu de uma coletividade. De acordo por omissĂŁo da administração com essa teoria, que ĂŠ a base para pĂşblica, que nĂŁo se revelou dia responsabilidade objetiva do ligente no cumprimento da sua Estado, nĂŁo hĂĄ necessidade de se obrigação de ofĂ­cio.

A administração pública, seja ela municipal, estadual ou federal, Ê obrigada por definição legal, a manter seu rol de obrigaçþes funcionando regularmente, sem apresentar ciladas que causem acidentes e danos ao cidadão, porque a obrigação de reparå-los Ê inconteståvel. Provado pela vítima de que o prejuízo ocorreu pela desídia administrativa, a cobertura do dano pelo órgão público respectivo, Ê irreversível e inapelåvel. Daí os contribuintes devem considerar, que Ê com os impostos recolhidos por eles, que o administrador público relapso vai pagar o dano, resultante da sua incompetência administrativa, o que, imagina-se, seria inconcebível pagar com o dinheiro de um contribuinte, o dano causado a outro, sem que o causador do dano por omissão administrativa, responda por qualquer sanção legal, pelo desfalque que då ao Erårio, com acintosa desfaçatez!

Busca-se aqui tão só lembrar ao cidadão que paga impostos, que ele tem direitos líquidos e certos e deve reclamå-los. A responsabilização pelo dano, Ê providência que vai cobrar a melhora dos serviços públicos, muitas vezes deixados como estå, para ver como fica! A Teoria do Risco Objetivo trata de proteger o cidadão, do desinteresse e da omissão da administração pública — que amealha, gerencia e gasta os impostos recebidos — no que tange a reparação e melhora das vias públicas , onde impþe regras de uso e cobra multas, sem nenhum remorso. A Teoria do Risco Objetivo, na realidade, Ê a cobrança da contraprestação do serviço que foi pago. A rodoviåria? Bem a rodoviåria Ê por onde chegam os visitantes, que se frustram com o estado de abandono do local e concluem: a cidade não Ê tudo aquilo que dizem! (josealbertovasco@yahoo. com.br)

Eleiçþes democråticas ou para o Nemo? :,/6219$/(17,0 %,$62772 *Membro da Academia Douradense de Letras

C

arlos Drummond de Andrade nĂŁo sabia da existĂŞncia do ponto Nemo. Quando escreveu “E agora JosĂŠâ€? nĂŁo encontrou um lugar para mandar um povo desesperançado, sem rumo definido, sem esperança: “E agora, JosĂŠ? // A festa acabou // A luz apagou // O povo sumiu [...] VocĂŞ marcha JosĂŠ, JosĂŠ para onde? Com o perdĂŁo da memĂłria de Drummond e usando o que se chama de “licença poĂŠticaâ€?, permito-me substituir a clĂĄssica pergunta “E agora JosĂŠâ€? por “E agora Brasilâ€?? Com a chave na mĂŁo // Quer abrir a porta // NĂŁo existe porta // Quer morrer no mar // Mas o mar secou // Quer

ir para Minas // Minas nĂŁo hĂĄ mais // “Brasilâ€?, e agora? E agora Brasil? Alguns poderĂŁo perguntar, o que vamos fazer com Temer e sua quadrilha? E com Fernando Henrique e o seu time de vendilhĂľes do patrimĂ´nio nacional? Que vamos fazer de Moro e a sua Lava a Jato, aliada da Globo? Que fazer com as desobediĂŞncias constitucionais, que criaram o “domĂ­nio do fatoâ€?, na cabeça de Joaquim Barbosa? Fazer o que, com a substituição de provas por convicçþes, como asseverou Deltan Dallagnol? E que fazer com o desrespeito da Constituição por quem deveria ser o seu guardiĂŁo, o STF, representado especialmente por Rosa Weber, que criou o “princĂ­pio da colegialidadeâ€?? Ou seja, uma decisĂŁo pela maioria do STF, mesmo que equivocada, segundo ela, vale mais que aquilo determinado pela Constituição. MandĂĄ-los para Nemo? NĂŁo

me refiro ao capitão Nemo, das sempre digo, resta a esperança. Vinte Mil LÊguas Submarinas, Deus não Ê brasileiro? E o papa de Júlio Verne, mas ao ponto Ne- não Ê o nosso vizinho, argentimo, que em latim significa nin- no? guÊm. O ponto Nemo Ê o lugar Então, deixemos de lado os lamais afastado de qualquer local laus, aÊcios, os armamentistas, em que haja terra não submer- os entreguistas, golpistas, chausa. Fica localizado no Oceano vinistas e os arrivistas. E não Ê Pacífico e dista cerca de dois pelo medo de que se os manmil e setecentos dåssemos para Minha expectativa Ê a quilômetros da Nemo organizailha mais próxi- de que o povo brasileiro riam por lå um ma [48°52’6�S espera com paciência pelas inferno ainda 123°23’6� W ]. mais terrível eleiçþes de 7 de outubro que o de DanNemo Ê tão distante de qualte, mas sim por quer coisa, que para lå Ê dirigi- piedade cristã. Apesar de que do o lixo espacial, quando ainda muitas vezes, diante das injusse tem controle sobre ele, como tiças e dos desmandos, a raiva por exemplo, satÊlites e atÊ mes- aflora em nossas mentes podenmo naves espaciais desarticu- do atÊ se transformar em ódio se ladas. não agirmos rapidamente para Se conhecesse o ponto Nemo sufocar essas manifestaçþes. Só Drummond poderia mandar Jo- o amor constrói, dizem cristão; sÊ para lå, mas JosÊ sequer tinha só o amor dissipa o ódio, dizem teogonia [conjunto de divinda- os budistas. des] para socorre-lo. Mas, como Mas, que fazer diante da rea-

lidade nefasta em que vivemos? Quando haveremos de despirmo-nos do luto que estamos trajando desde 31 de agosto de 2016? A minha expectativa Ê a de que o povo brasileiro espera com paciência pelas eleiçþes de 7 de outubro. Não posso acreditar que estejamos ainda anestesiados. Com eleiçþes livres haveremos de decidir a quem devemos entregar o comando de nossa nação. Eleiçþes livres significam eleiçþes sem interferência daqueles que vestem o verde oliva do exÊrcito, a toga negra da magistratura ou, ainda, daqueles que se utilizam das ondas sonoras e imagÊticas para transmissþes despudoradas das mídias que atuam como porta-vozes da elite reacionåria que temos. Eleiçþes livres passam pela liberdade de Lula participar do pleito, expor seus planos e não

ir tambÊm para Nemo. Eleiçþes livres significam permitir que Bolsonaro participe de debates e apresente as suas ideias; que Alkmin demonstre se o que fez por São Paulo Ê bom para o Brasil. Eleiçþes livres Ê ouvir Ciro Gomes, Ê deixar que Boulos e Manuela D’Avila, dentre outros, tenham espaço para que exponham os seus objetivos. Eleiçþes livres deverão significar para nós brasileiros a esperança, não de uma simples reforma, mas de uma revolução; não a revolução da espingarda, mas a revolução constitucional, a revolução educacional e cultural, a revolução que nos traga de volta a soberania e nos leve a ser um país mais justo, mais fraterno e mais igual. Que 7 de outubro chegue logo e com esses auspícios. Não desejo que o ódio vença a esperança e nos leve à guerra civil. (biasotto@biasotto.com.br)

EXPEDIENTE O PROGRESSO: O MAIS ANTIGO DO ESTADO E DE MAIOR CIRCULAĂ‡ĂƒO EM TODO O INTERIOR Este jornal expressa sua opiniĂŁo pelo Editorial. As demais opiniĂľes sĂŁo de responsabilidade de seus autores. “O PROGRESSOâ€? Registrado no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) sob o nÂş 812285964

Diretora-presidente ADILES DO AMARAL TORRES Diretora-superintendente BLANCHE TORRES Diretora Executiva JUNE ANGELA TORRES Editor-chefe VANDER VERĂƒO Fundador (1951-1969) WEIMAR TORRES Ex-diretor (1969-1985) VLADEMIRO DO AMARAL

(',725$-251$/2352*5(662/7'$

CGC 03.356.425/0001-26 Departamento Comercial, Administração, Redação e Parque Gråfico Av. Presidente Vargas, 447 CEP 79804-030 Dourados-MS. Telefones Redação (0xx) 67-3416-2627/2609 Depto. Comercial (0xx) 67-3416-2600 Serviço de Atendimento ao Assinante (0xx) 67-3416-2666 - 3416-2670 Fax: (0xx) 67-3421-1911 +20(3$*(www.progresso.com.br (0$,/progresso@progresso.com.br

oprogresso.jornal

@JORNALOPROGRESSO

ESPORTE/POLĂ?CIA Renato Giansante esporte@progresso.com.br policia@progresso.com.br DIA-A-DIA Maria Lucia Tolouei marialucia@progresso.com.br CADERNO B/DMAIS Hakeito Almeida hakeito@progresso.com.br

(VWHMRUQDOpÂżOLDGRj

CIDADES Departamento Regional cidades@progresso.com.br

$66,1$785$6

DOURADOS, INTERIOR E CAMPO GRANDE

COLUNA SOCIAL/ANĂšNCIOS Angela Santa Cruz comercial@progresso.com.br

$QXDO  R$ 240 6HPHVWUDO R$ 150 7ULPHVWUDO R$ 100 %LPHVWUDO R$ 70 0HQVDO R$ 45

CLASSIFICADOS Gleison Costa classificados@progresso.com.br

Pensamento e ação por uma vida melhor

VENDA AVULSA 'RXUDGRV,QWHULRU H&DPSR*UDQGHR$ 2 NĂšMEROS ATRASADOS 'RDQRR$ 2 'RDQRDQWHULRU R$ 4


3

Dourados, sábado/domingo 12/13.5.2018 O PROGRESSO

Política Ministro Fachin rejeita outro recurso de Lula

Ações de improbidade não têm foro especial no STF

DIVULGAÇÃO

Ministro destaca que a única hipótese em que a Constituição prevê foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal para ações de improbidade é no caso do presidente da República CARLOS MOURA/SCO/STF

Felipe Pontes Agência Brasil

Ministro Edson Fachin

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) entendeu, por 9 a 1, que não cabe à Corte julgar ações de improbidade administrativa contra ministros de Estado ou qualquer outra autoridade que não seja o presidente da República. Com a decisão, foi mantida uma decisão liminar (provisória) do ministro Ayres Britto, já aposentado, que enviou para a primeira instância, em 2007, uma ação de improbidade administrativa contra o atual ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, que fora aberta há 14 anos, em 2004.

Rafael Moraes Moura e Amanda Pupo/Agência Estado De Brasília

É a primeira vez que o plenário do Supremo decide sobre foro privilegiado para casos de improbidade administrativa Padilha teria cometido um ato de improbidade quando era ministro dos Transportes do governo de Fernando Henrique Cardoso. Ele recorreu contra o envio do caso para a primeira instância, alegando que ministros só poderiam ser julgados por crime de responsabilidade, exclusivamente, no Supremo, de acordo com a Constituição. É a primeira vez que o plenário do Supremo decide sobre o foro privilegiado para casos de improbidade administrativa. Voto vencedor “Foro especial por prerro-

Ministro Luís Roberto Barroso disse que o foro especial para infrações penais não é extensível a atos de improbidade administrativa, que têm natureza civil (Carlos Moura/SCO/STF) gativa de função previsto na Constituição Federal em relação às infrações penais comuns não é extensível a atos de improbidade administrativa, que têm natureza civil”, afirmou o ministro Luís Roberto Barroso, que proferiu o voto vencedor. O ministro destacou que a única hipótese que a Constituição prevê foro privilegiado no STF para ações de improbidade é no caso do presidente

da República. “Não há lacuna constitucional, mas legítima opção do poder constituinte originário em não instituir foro privilegiado para o processo de julgamento de agentes políticos pela prática de atos de improbidade na esfera civil”, disse. Barroso foi seguido pelos ministros Edson Fachin, Rosa Weber, Luiz Fux, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello e a

Negada liminar para garantir representante de Lula em debates TSET

presidente do STF, ministra Cármen Lúcia. O ministro Celso de Mello não participou da sessão. O julgamento havia sido iniciado em 2014, quando o então relator, ministro Teori Zavascki, já falecido, votou para que o foro privilegiado de ministros dos crimes de responsabilidade fosse estendido para os casos de improbidade. Para ele, a questão não estava “inteiramente

resolvida pela jurisprudência do Supremo Tribunal Federal”, motivo pelo qual havia mantido o foro da improbidade no Supremo. O ministro Dias Toffoli, ao votar, destacou que quando Teori votou, o país vivia uma outra realidade, mas que, no atual momento, não poderia segui-lo. “É um voto que, estivéssemos em uma outra realidade, eu subscreveria sem nenhum problema”.

AGU: habeas corpus não impede extradição de Raul Schmidt REPRODUÇÃO YOUTUBE

Ele é acusado pelos crimes de corrupção, organização criminosa e lavagem Yara Aquino/Agência Brasil

Og Fernandes nega pedido de liminar do PT para que fosse garantida a participação de representante de Lula em debate Desde que Lula foi preso, em 7 de abril, o PT o mantém como pré-candidato da legenda Felipe Pontes Agência Brasil De Brasília O ministro Og Fernandes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou um pedido de liminar (decisão provisória) do PT para que fosse garantida a participação de um representante do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em debates entre pré-candidatos ao Palácio do Planalto. Desde que Lula foi preso, em 7 de abril, o PT o mantém como pré-candidato da legenda, afirmando que irá

registrá-lo para concorrer ao pleito. Pela via judicial, o partido pretendia garantir a presença de um representante de Lula já no ciclo de entrevistas com pré-candidatos, iniciado pelo jornal Folha de S.Paulo, pelo portal UOL e pelo SBT. O partido alegou que Lula não foi convidado apesar de aparecer como “líder na pesquisa de intenção de votos”. Os veículos de comunicação estariam com isso violando o princípio da isonomia entre os pré-candidatos, segundo o PT, ao alegarem que o ex-presidente “estaria indisponível para figurar nas entrevistas em decorrência de sua prisão”. Ao analisar o caso, Og Fer-

nandes reconheceu a importância da isonomia, mas destacou não haver dispositivo legal que garanta a participação de representante na hipótese de impossibilidade de participação de determinado candidato. O ministro disse que o caso não tem precedentes e por isso deve ser examinado em plenário pelo TSE. Enquanto isso não ocorre, ele entendeu não haver urgência na concessão de liminar, pois “o fato de o ciclo de entrevistas já ter se iniciado não impede que, em caso de procedência desta representação, venha ser garantido à agremiação o direito de indicar alguém para ser entrevistado no lugar de seu pré-candidato”.

O governo brasileiro apresentou, ontem, uma manifestação à Justiça de Portugal defendendo que o habeas corpus concedido na última semana a Raul Schmidt não impede sua extradição para o Brasil. O pedido foi ajuizado por escritório contratado pelo governo brasileiro que atua sob orientação da Advocacia-Geral da União (AGU). Na quinta-feira, o empresário Raul Schmidt, investigado na Operação Lava Jato, recebeu um habeas corpus do Supremo Tribunal de Justiça português. Alvo de um processo de extradição por parte da justiça brasileira, ele obteve a cidadania portuguesa, com certidão emitida em janeiro deste ano. O empresário é acusado, no âmbito da Lava Jato, pelos crimes de corrupção, organização criminosa e lavagem de dinheiro. A manifestação do governo brasileiro diz que a decisão proferida na decisão alcança exclusivamente a liberação da prisão, não vinculando a eventual entrega do empresário à Justiça do Brasil. Ainda reitera que sentença anterior da justiça de Portugal que havia determinado a extradição não foi revogada. “Assim sendo, a ordem de detenção nos estritos limites acima referidos não ofende a decisão de libertação proferida em sede de habeas corpus”, defende um trecho da peça apresentada.

Empresário Raul Schmidt No texto, governo brasileiro ainda reitera que aguarda o mais brevemente o atendimento do pedido de extradição, já transitado em julgado perante os tribunais de Portugal. E destaca que a demora “manifesta violação de Direito Internacional Geral e Convencional, nomeadamente as Convenções das Nações Unidas contra a Corrupção e contra Criminalidade Organizada”. Histórico Em fevereiro deste ano, o Tribunal da Relação de Lisboa já havia determinado a libertação de Schmidt, para que ele pudesse aguardar a decisão em liberdade. Posteriormente, em abril, Schmidt tinha sido novamente detido pela Polícia Judiciária de Portugal, após um acórdão do Supremo Tribunal de Justiça revogar a decisão proferida em fevereiro. Uma semana mais tarde, em 17 de abril, uma decisão do Tribunal Europeu dos Direitos do Homem (TEDH) suspendeu a extradição do empresário por entender que ele realmente corria riscos de tratamento degradante e não condizente com a Convenção Europeia dos Direitos do Homem.

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou na quinta-feira um outro recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso desde o início de abril em Curitiba. Em 19 de abril, o vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, encaminhou para análise da Corte Suprema um recurso da defesa do petista contra uma decisão do STJ que negou em março habeas corpus a Lula. O pedido, negado por unanimidade pela Quinta Turma do STJ em 6 de março, era para que o ex-presidente Lula não começasse a cumprir a pena de prisão de 12 anos e um mês de prisão no processo do caso triplex. Na época, o pedido era preventivo. No despacho de abril, o ministro Humberto Martins fez uma leitura de que um recurso contra decisão de mérito de habeas corpus no STJ pode ser remetido diretamente ao Supremo, sem que o próprio STJ faça uma análise sobre se o pedido deve ser admitido ou não.

TSE devolve direitos políticos de Paes e Pedro Paulo O ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), restabeleceu os direitos políticos do ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e de seu aliado, o deputado federal Pedro Paulo (DEM-RJ), que foi secretário municipal. Mussi suspendeu decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), que em 2016 declarou ambos inelegíveis por oito anos, após condená-los por abuso de poder econômico e político e conduta vedada a agentes públicos. A condenação se deu porque Pedro Paulo usou, durante sua campanha à prefeitura carioca em 2016, trecho do planejamento estratégico “Visão Rio 500”, financiado, formulado e lançado pelo município no governo de Paes, de quem foi secretário. Pedro Paulo ficou em terceiro lugar nas eleições de 2016. O ministro do TSE entendeu que não houve nenhuma irregularidade.

COLONO - Cumpadi, o lula tá preso e ainda qué participa dos debate prá eleição deste ano?! ZÉ PINGA - Vai vê, ele se acha um deus prá tá em dois lugár ao mesmo tempo, né cumpadi!!!


4

Dourados, sĂĄbado/domingo 12/13.5.2018 O PROGRESSO

PolĂ­tica ACERVO

C

INFORME C CĂ?CERO FARIA cicerolfaria@gmail.com

A “cerejaâ€? do bolo da sucessĂŁo no MS

O ex-prefeito e presidente estadual do Democratas, Murilo Zauith estĂĄ sendo disputado como candidato a vice governador de Reinaldo Azambuja (PSDB) e de Odilon de Oliveira (PDT). JĂĄ em março o presidente regional do PDT, JoĂŁo leite Schimidt comentou que “estamos pensando QDJHRJUDÄ&#x;DGH0DWR*URVVRGR6XO2PDLVSURYĂ€YHOĂ’ emplacar algum candidato de Douradosâ€?. E agora, Zauith estĂĄ sendo sondado pelos pedetistas. Mas ele jĂĄ disse e UHSHWLXTXHGHÄ&#x;QLĂ?Ă‚RVREUHRUXPRGR'(0QDHOHLĂ?Ă‚R somente em julho. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem o perĂ­odo de 15 a 30 de agosto para julgar o pedido de candidatura

PT pretende seguir com candidatura de Lula; impugnação ĂŠ certa Ex-presidente preso seria impedido pela Justiça Eleitoral, por conta da regra de inelegibilidade da Lei da Ficha Limpa Daniel Weterman/AgĂŞncia Estado O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e ex-ministro Nelson Jobim disse ontem que o PT poderĂĄ registrar o ex-presidente Luiz InĂĄcio Lula da Silva como candidato ao Planalto, mesmo com o petista preso e condenado em segunda instância. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem o perĂ­odo de 15 a 30 de agosto para julgar o pedido. Ele avalia como “quase certaâ€? a impugnação da candidatura de Lula pela Justiça Eleitoral, pela regra de inelegibilidade da Lei da Ficha Limpa. Jobim afasta a possibilidade

gundo turno da eleição presidencial. Lembrando de pesquisas eleitorais, ele afirmou que hĂĄ um risco de uma polarização entre o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) e um candidato do campo da esquerda “Se mantiver a proliferação dos candidatos de centro e o Bolsonaro e a esquerda mantiverem as intençþes de voto, o que poderĂĄ haver, e aĂ­ ĂŠ uma complicação, ĂŠ a polarização do segundo turno entre Bolsonaro e algum da esquerda.â€?

Os nomes cogitados para vice sĂŁo Jaques Wagner, Fernando Haddad, o ex-chanceler de o PT ser impedido de regis- um candidato a vice para her- Celso Amorim trar a candidatura de Lula, no TSE. “Para vocĂŞ dizer que nĂŁo analisa, vocĂŞ precisa ter recebido. É impossĂ­vel nĂŁo poder protocolar.â€? Ele ainda considera a possibilidade de o Supremo conceder uma liminar ao partido para que a Justiça garanta o registro de Lula “Pode acontecerâ€?, avaliou Ex-ministro dos governos Fernando Henrique Cardoso e Lula, Jobim avalia que o PT tem trĂŞs possibilidades para a eleição presidencial, defendidas por diferentes correntes no partido: indicar um substituto para Lula apĂłs a impugnação da candidatura; indicar

dar os votos do ex-presidente; ou ainda se coligar com Ciro Gomes (PDT). Questionado sobre qual das trĂŞs possibilidades ele considera mais provĂĄvel, Jobim disse nĂŁo apostar em nada. Os nomes cogitados para vice, mencionou, sĂŁo o ex-ministro Jaques Wagner, o ex-prefeito Fernando Haddad, o ex-chanceler Celso Amorim e o deputado federal Patrus Ananias (MG).

Segundo turno Nelson Jobim afirmou que ainda considera cedo para apontar quais dos candidatos tĂŞm potencial para chegar no se-

A segurança pĂşblica deve ser um dos principais temas com apelo eleitoral, observou. A economia, por outro lado, nĂŁo tende a ser relevante na decisĂŁo dos eleitores sobre quem votar para presidente. Para ele, a polĂ­tica econĂ´mica adotada pelo presidente Michel Temer estĂĄ no caminho correto, mas nĂŁo dĂĄ força eleitoral para um presidenciĂĄvel. “A economia vai pouco importar nessa eleição. Melhorou para o andar de cima, mas o andar de baixo continua com desemprego, juros altos e com dificuldades de consumoâ€?, comentou.

Alckmin pediu que inquĂŠrito mudasse de ‘mĂŁo’ Ele apresentou uma petição alegando que o caso se circunscreve Ă esfera eleitoral Fabio Leite e Luiz Vassallo AgĂŞncia Estado O MinistĂŠrio PĂşblico de SĂŁo Paulo informou na quinta-feira, que partiu do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) o pedido para que o procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio, retirasse das mĂŁos do promotor do PatrimĂ´nio PĂşblico o inquĂŠrito civil que investiga o tucano por suspeita de improbidade administrativa nos supostos pagamentos de R$ 10,3 milhĂľes via caixa 2 delatados pela Odebrecht. Segundo o MPE, Alckmin apresentou uma petição a Smanio alegando que o caso se circunscreve Ă  esfera eleitoral e que a atribuição para investigar eventual im-

probidade administrativa ĂŠ do procurador-geral. Smanio acolheu e pedido e solicitou, na terça-feira passada, a “remessa imediataâ€? do inquĂŠrito para “avaliar e decidirâ€? quem tem a competĂŞncia para investigar o ex-governador. Apesar do pedido para que o inquĂŠrito saĂ­sse da promotoria, Alckmin afirmou nesta quinta que nĂŁo teme a investigação. “Para mim nĂŁo tem problema, eu nem foro privilegiado tenhoâ€?, disse o tucano, durante visita a uma feira do setor supermercadista na capital paulista. “Sou contra essa coisa de privilĂŠgio, jĂĄ prestei contas e, se precisar, a gente presta de novo, nenhum problemaâ€?, completou. A requisição do inquĂŠrito foi criticada pelo promotor Ricardo Manuel Castro, que era o responsĂĄvel pela investigação e disse que “nĂŁo abdica da sua atribuiçãoâ€?.

Ele classificou a decisĂŁo como “avocação indevidaâ€? da investigação e encaminhou nesta quinta uma representação ao Conselho Nacional do MinistĂŠrio PĂşblico, em BrasĂ­lia, para suspender a decisĂŁo de Smanio e reaver o inquĂŠrito de Alckmin. O pedido serĂĄ analisado pelo conselheiro Marcelo Weitzel. Castro argumentou que, apĂłs renunciar ao governo, no dia 6 de abril, para disputar a PresidĂŞncia da RepĂşblica, Alckmin perdeu nĂŁo apenas o foro privilegiado na esfera criminal como tambĂŠm a prerrogativa de ser investigado pelo procurador-geral na ĂĄrea cĂ­vel. Campanha Nesta quinta-feira, o procuVEHSVÂťYVIS0STIWHS1MRMWtĂŠrio PĂşblico Federal, lançou uma campanha na internet pedindo para que Smanio devolva o inquĂŠrito ao promo-

tor. Com mais de 100 assinaturas, o manifesto diz que a “interferĂŞncia ĂŠ vedada pela Constituiçãoâ€?. A bancada do PT na Assembleia Legislativa tambĂŠm representou contra Smanio no Conselho Superior do MP paulista. Em nota, o procurador-geral afirmou que a contestação do promotor “carece de fundamentação porque nĂŁo houve avocaçãoâ€? do inquĂŠrito e que compete a ele definir questionamentos sobre a atribuição de investigação no MP estadual. A assessoria de Alckmin informou que o caso “nĂŁo se trata de improbidade administrativa e o subprocurador-geral da RepĂşblica, Luciano Maia, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) jĂĄ decidiram que o caso ĂŠ de cunho exclusivamente eleitoralâ€?. As informaçþes sĂŁo do jornal O Estado de S. Paulo.

ESCULHAMBAĂ‡ĂƒO Problema recorrente – por IDOWDGHÄ&#x;VFDOL]DĂ?Ă‚RGD3UHfeitura de Dourados, ĂŠ falta de tĂĄxi no aeroporto de madrugada. Um leitor contou que o pai chegou de madruJDGDHQĂ‚RKDYLDTXDOTXHU taxi no aeroporto. “Ele tamEĂ’PQĂ‚RFRQVHJXLXFRQWDWR com Uber e alguĂŠm ofereceu SDUDOHYDUHFREURX5GH lĂĄ atĂŠ a cidade.â€? Ele citou que no tempo do prefeito Murilo Zauith, ele sancioQRXOHLTXHREULJDYDDWHUXP certo nĂşmero de taxistas no DHURSRUWR0DVLVVRQĂ‚RHVWĂ€ sendo cumprido.

deputado federal FĂĄbio Trad (PSD) fosse considerado o parlamentar sul-mato-grossense PHOKRUDYDOLDGRQD&Ă PDUDGRV 'HSXWDGRVHPLQIRUPRX o Correio do Estado. Em quatro meses de mandato, Trad figuUDQRVLWH5DQNLQJGRV3ROâWLFRV FRPRĹ&#x;FRORFDGRHQWUHRVGHputados federais do Estado e RĹ&#x;PHOKRUGHSXWDGRGR3DâV DFXPXODQGRSRQWRVSRVLWLYRV entre os com mais presenças.

VOLTA POR CIMA 2VTXDWURGLDVGHIRUWHYDORUL]DĂ?Ă‚RGDVDĂ?øHVGD3HWUREUDVÄ&#x;]Hram a empresa retomar o posto GHPDLVYDOLRVDGD$PĂ’ULFD/DWLQDGHVEDQFDQGRDFHUYHMHLUD NA MIRA $PEHYTXHRFXSDYDDSRVLĂ?Ă‚R TerĂĄ inĂ­cio, no dia 29 de GHVGHRXWXEURGH,PSXOmaio, o julgamento do ex- VLRQDGDSHODYDORUL]DĂ?Ă‚RGR JRYHUQDGRU$QGUĂ’3XFFL- petrĂłleo nos Ăşltimos dias, a penelli (MDB), da ex-secretĂĄria WUROâIHUDDWLQJLX5ELOKøHV HVWDGXDOGH(GXFDĂ?Ă‚R0D- HPYDORUGHPHUFDGRHQTXDQria Nilene Badeca, e da ex- to a gigante de bebidas fechou GLUHWRUDJHUDOGH$GPLQLV- RGLDFRP5ELOKøHV1R WUDĂ?Ă‚RH)LQDQĂ?DV*XLRPDU LQâFLRGRJRYHUQR'LOPD5RXV(PâOLD$UFKRQGRQDDĂ?Ă‚R VHIIHPDHPSUHVDYDOLD5 que pede o ressarcimento ELOKøHV$SDUWLUGDâGLDQGH5PLOSRUWHUHPIHLWR WHGDLQVDWLVIDĂ?Ă‚RGRVLQYHVWLcortesia com ‘chapĂŠu alheio’ GRUHVFRPDJHVWĂ‚R3HWUREUĂ€V FRPáQLEXVQRYRVGRWUDQV- iniciou uma trajetĂłria de queda porte escolar comprados que culminou com a perda da liFRPGLQKHLURGRJRYHUQR GHUDQĂ?DSDUDD$PEHYHP federal. O trio ĂŠ acusado de VHUUHVSRQVĂ€YHOSRUHPDEULO VALORES GHWHUDGHVLYDGRPDLV Os shows de trĂŞs das princiGHFROHWLYRVGRSURJUD- SDLVDWUDĂ?øHVPXVLFDLVGDHGLma ‘Caminhos da Escola’ Ă?Ă‚RGR)HVWLYDO$PĂ’ULFDGR FRPHPEOHPDGRJRYHUQR 6XO3DQWDQDO5REHUWD0LUDQdo Estado. Mas, os recur- da, Martinho da Vila e Daniela sos eram do Fundo Nacio- 0HUFXU\YĂ‚RFXVWDUMXQWRV5 QDOGH'HVHQYROYLPHQWRGD 2HYHQWRSURPRYLGR (GXFDĂ?Ă‚R )1'(  SHORJRYHUQRGR(VWDGRHSHOD Prefeitura de CorumbĂĄ, serĂĄ SE DESTACOU HQWUHRVGLDVHGHPDLR Foram 64 debates constan- O sambista Martinho da Vila WHVHPSOHQĂ€ULRGHVGHIHYH- UHFHEHUĂ€5PLO-Ă€DEDLDQD reiro. O trabalho focado em Daniela Mercury, um dos Ă­cones segurança, saĂşde e educa- GRD[Ă’PXVLFQRSDâVYDLUHFHEHU Ă?Ă‚RHSURMHWRVGHLQWHUHVVH 5HDVHUWDQHMD5REHUWD VRFLDOIL]HUDPFRPTXHR 0LUDQGDUHFHEHUĂ€5PLO

BATE REBATE Duas apostas da LotofĂĄcil sorteada na noite de quarta feira, realizadas em Mato Grosso do Sul, acertaram os 15 nĂşmeros sorteados e foram premiadas com R$ 65.834,33 cada uma. O governo do Estado vai criar um cadastro estadual de pessoas com autismo. A Petrobras divulgou, ontem a redução de 0,88% para o preço do litro do Ăłleo diesel e aumentou em 2,23% o preço da gasolina comercializados nas reďŹ narias. O juiz David de Oliveira Gomes Filho, da 2ÂŞ Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais HomogĂŞneos determinou que a Câmara de Campo Grande atualize o Portal da TransparĂŞncia em atĂŠ 60 dias, sob pena de multa diĂĄria de 300 UFERMS (R$ 7.701). A multa poderĂĄ chegar a R$ 300 mil em caso de descumprimento. Hoje Ă s 8h serĂĄ a abertura oďŹ cial da Expoagro de Dourados. Com um friozinho para nĂŁo perder a histĂłria dos Ăşltimos anos.

INFORME CURURU

Promotor denuncia Haddad por caixa 2 de R$ 2,6 mi A promotoria acusa outras quatro pessoas na mesma denúncia Luiz Vassallo e Fausto Macedo Agência Estado O promotor eleitoral Luiz Henrique Dal Poz denunciou n a quinta-feira, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) por crime eleitoral no âmbito da Operação Cifra Oculta. A acusação atribui ao petista caixa 2 de R$ 2,6 milhþes, via UTC Engenharia, na campanha de 2012, que o elegeu. A promotoria acusa outras quatro pessoas na mesma denúncia: o ex-tesoureiro do PT João

Vaccari Neto, o entĂŁo responsĂĄvel pela contabilidade da campanha, Francisco Macena, e os empresĂĄrios e donos de grĂĄficas Francisco Carlos de Souza e Ronaldo Cândido. A denĂşncia foi entregue Ă Primeira Zona Eleitoral, por violação ao artigo 350 do CĂłdigo Eleitoral - sanção de atĂŠ cinco anos de reclusĂŁo. O promotor imputa a Haddad falsidade ideolĂłgica e conteĂşdo falso na prestação de contas de 2012. “Haddad omitiu informaçþes, bem como inseriu dados inexatos, que nĂŁo correspondem Ă  realidadeâ€?, disse Dal Poz. “Ele (Haddad) deixou de contabilizar valores, bem como se utilizou de

notas inidĂ´neas para justificar despesasâ€?. Os valores teriam sido repassados pela UTC diretamente Ă s grĂĄficas de Francisco Carlos de Souza, ex-deputado estadual e lĂ­der sindical conhecido no PT como “Chico Gordoâ€?. Ele admitiu que recebeu os pagamentos, mas disse que nĂŁo eram destinados Ă  campanha de Haddad, mas a outros candidatos petistas cujos nomes nĂŁo revelou Ă  PolĂ­cia Federal. A denĂşncia narra que R$ 3 milhĂľes teriam sido negociados com o empresĂĄrio Ricardo Pessoa, da UTCa, e depois repactuados para R$ 2,6 milhĂľes.

Haddad qualificou a denĂşncia como um “absurdoâ€?. Segundo ele, “ficou mais do que provado que os pagamentos referentes a serviços grĂĄficos nĂŁo correspondiamâ€? Ă sua campanha. “Lamentamos que investigação do caso tenha sido feita de forma enviesada e negligente e que o promotor tenha apresentado denĂşncia sem qualquer fundamento nas provas dos autosâ€?, disseram os advogados Pierpaolo Bottini e Leandro Raca, que representam o ex-prefeito. As defesas dos outros acusados nĂŁo foram localizadas atĂŠ a publicação desta matĂŠria. As informaçþes sĂŁo do jornal O Estado de S. Paulo.

Minha vida Ê bem vegana: resolvo pepinos, seguro batata quente, descasco abacaxi e ouço montes de abobrinha


5

Dourados, sĂĄbado/domingo 12/13.5.2018 2352*5(662

Brasil/Mundo TĂ‚NIA RĂŠGO/AGĂŠNCIA BRASIL

Receita investiga agentes pĂşblicos dos trĂŞs poderes “Tropa de eliteâ€? de auditores vai mapear cerca de 800 parlamentares, FKHIHVGHJRYHUQRMXâ]HVSURFXUDGRUHVHRVSUĂśSULRVDXGLWRUHVÄ&#x;VFDLV REPRODUĂ‡ĂƒO/SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS

Adriana Fernandes e Fabio SerapiĂŁo/AgĂŞncia Estado A Receita Federal montou um grupo de auditores fiscais que começou a investigar cerca de 800 agentes pĂşblicos do Legislativo, Executivo e JudiciĂĄrio suspeitos de terem cometido fraudes, destaca o jornal O Estado de S. Paulo. O objetivo ĂŠ que, a partir dessa amostra, a “tropa de eliteâ€? de auditores consiga mapear atĂŠ o fim deste mĂŞs cerca de 50 nomes - entre parlamentares, chefes de governo, juĂ­zes, procuradores e os prĂłprios auditores fiscais, por exemplo - como alvo de novas operaçþes por acrĂŠscimo patrimonial relacionado a crimes de lavagem de dinheiro, corrupção e ocultação de bens. Em vez de atuar por demanda de outras instituiçþes, a Receita vai iniciar suas apuraçþes e, caso encontre indĂ­cios de crime fora

6RPHQWHQD/DYD-DWR $UDUDWKH=HORWHVD 5HFHLWDLQVWDXURX SURFHGLPHQWRVÄ&#x;VFDLVTXH JHUDUDP5ELOKøHV do campo tributĂĄrio, a orientação serĂĄ encaminhar o caso para o MinistĂŠrio PĂşblico e a PolĂ­cia Federal. “NĂŁo existe foro privilegiado na Receita Federalâ€?, afirmou o subsecretĂĄrio de Fiscalização da Receita, IĂĄgaro Jung Martins. Segundo ele, a instituição quer utilizar a experiĂŞncia acumulada na atuação conjunta com PF e MPF em grandes operaçþes para fortalecer o trabalho de fiscalização tributĂĄria. Somente na Lava Jato, Ararath e Zelotes, a Receita instaurou 3 416 procedimentos fiscais que geraram R$ 14,7 bilhĂľes em autuaçþes em impostos, multas e juros nĂŁo pagos. A anĂĄlise de investigaçþes anteriores por parte da Receita mostrou que, normalmente, as fraudes tributĂĄrias estĂŁo associadas a esquemas com a utilização de laranjas com a finalidade de ocultar o patrimĂ´nio e lavar dinheiro pĂşblico desviado.

9HVWXĂ€ULRĂ’RLWHPPDLVSURFXUDGRSDUDDGDWDFRPHPRUDWLYD

Consumidor pretende gastar mĂŠdia de R$ 108 com presente para mĂŁe (PWHPSRVGHFULVHYDOH QHJRFLDUXPGHVFRQWR GL]HVSHFLDOLVWDGD)*9 Alana Gandra/AgĂŞncia Brasil

*UXSRGHDXGLWRUHVÄ&#x;VFDLVLQYHVWLJDDJHQWHVSÄŽEOLFRVGR/HJLVODWLYR([HFXWLYRH-XGLFLĂ€ULR 0HWRGRORJLD A “tropa de eliteâ€? de auditores fiscais vai se valer, afirmou Martins, da metodologia desenvolvida nos Ăşltimos anos com a atuação em grandes investigaçþes. Com essa experiĂŞncia e tendo conhecimento do modo de atuação dos grupos criminosos investigados, a Receita resolveu aplicar uma “engenharia reversaâ€?. O Fisco vai se valer do seu banco de dados - o maior da AmĂŠrica Latina, segundo Martins - para mapear nĂŁo sĂł as transaçþes financeiras e evolução patrimonial dos agentes como de todos os que mantĂŞm algum tipo de relação com eles. Ao alcance da Receita estĂŁo informaçþes sobre movimentaçþes bancĂĄrias, vendas de imĂłveis, contrataçþes de autĂ´nomos, movimentação com cartĂŁo de crĂŠdito, contratos de câmbios e todo tipo de dado sobre pessoas fĂ­sicas e jurĂ­dicas. “Com essa metodologia mapeamos pai, filho, irmĂŁo e as pessoas com quem ele se relaciona e que tenham tido um rendimento injustificĂĄvel que aponte nĂŁo sĂł para sonega-

ção, mas outros tipos de crimeâ€?, disse o coordenador-geral de Fiscalização do ĂłrgĂŁo, FlĂĄvio Vilela Campos, ao citar que o trabalho ĂŠ de inteligĂŞncia, nĂŁo sĂł de cruzamento de dados. “Nossos auditores desenvolveram um olho clĂ­nico para encontrar indĂ­cios de crimesâ€?, afirmou ele. A operação antifraudes marca uma mudança na forma de atuação da Receita, que tem vĂĄrios instrumentos para, sozinha, buscar as provas. $XWXDĂ?øHV A Equipe Especial de Fiscalização da Operação Lava Jato, criada pela Receita Federal para atuar com investigadores da PolĂ­cia Federal e do MinistĂŠrio PĂşblico Federal, jĂĄ lavrou R$ 250 milhĂľes em autuaçþes contra polĂ­ticos. Deste total, R$ 60 milhĂľes sĂŁo contra parlamentares com foro privilegiado e o restante tem relação com outros integrantes e dirigentes partidĂĄrios alvos da investigação. AlĂŠm dos polĂ­ticos, a Receita avançou contra os ex-diretores da Petrobras envolvidos no esquema de corrupção e

Geisel autorizou execuçþes de opositores durante ditadura, diz CIA 2PHPRUDQGRGL]TXH GHYHULDPVHUPRUWRVRV ĹƒSHULJRVRVVXEYHUVLYRVĹ„ AgĂŞncia Brasil De BrasĂ­lia e Denver (EUA) Documento tornado pĂşblico pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos mostra que o ex-presidente Ernesto Geisel (1974-1979) autorizou que o Centro de InteligĂŞncia do ExĂŠrcito (CIE) continuasse a polĂ­tica de execuçþes sumĂĄrias contra opositores da ditadura militar no Brasil adotadas durante o governo de EmĂ­lio Garrastazu MĂŠdici, mas que limitasse as execuçþes aos mais “perigosos subversivosâ€?. O memorando de 11 de abril de 1974, assinado pelo entĂŁo diretor da CIA (serviço de inteligĂŞncia dos EUA) Willian Colby e endereçado ao entĂŁo secretĂĄrio de Estado Henry Kissinger, afirma que o presidente Geisel disse ao chefe do Serviço Nacional de Informaçþes (SNI) Ă ĂŠpoca, JoĂŁo Baptista Figueiredo, que se tornou presidente entre 1979 e 1985, que as execuçþes deveriam

continuar. Segundo o documento, Geisel e Figueiredo concordaram que quando o CIE detivesse alguĂŠm que poderia cair na categoria de subversivo perigoso, o chefe do Centro de InteligĂŞncia do ExĂŠrcito deveria consultar o general Figueiredo que, por sua vez, deveria dar sua aprovação antes da execução. De acordo com o texto, Figueiredo insistiu na continuidade das execuçþes e Geisel fez comentĂĄrios sobre os aspectos potencialmente prejudiciais da questĂŁo e pediu para refletir sobre o assunto no final de semana, antes de tomar uma decisĂŁo. A publicação perdeu o sigilo em dezembro de 2015, mas o documento ganhou publicidade nesta quinta-feira por meio do professor Matias Spektor, coordenador do Centro de Relaçþes Internacionais da Fundação Getulio Vargas (FGV). Nas redes sociais, onde divulgou o documento, o professor disse que “este ĂŠ o documento mais perturbador que jĂĄ li em 20 anos de pesquisa: RecĂŠm-empossado, Geisel autoriza a continuação da polĂ­tica de assassinatos do

regime, mas exige ao Centro de Informaçþes do ExĂŠrcito a autorização prĂŠvia do prĂłprio PalĂĄcio do Planaltoâ€?. O memorando relata que o encontro teria ocorrido em 30 de março de 1974 entre Geisel, Figueiredo e os generais do CIE Milton Tavares de Souza (entĂŁo comandante do centro) e ConfĂşcio Danton de Paula Avelino (que assumiria o comando do CIE posteriormente). Ainda segundo o documento, o general Milton Tavares de Souza afirmou, na reuniĂŁo, que cerca de 104 pessoas que entraram na categoria de subversivos foram sumariamente executadas pelo CIE no ano anterior. O texto revela que, no dia 1Âş de abril, Geisel informou ao general Figueiredo que a polĂ­tica deveria continuar, mas que era preciso assegurar-se de que apenas “subversivos perigososâ€? fossem executados. Os militares acertaram tambĂŠm que o CIE deveria dedicar quase todos os esforços ao combate da “subversĂŁo internaâ€?. Para Spektor, o memorando â€œĂŠ a evidĂŞncia mais direta do envolvimento da cĂşpula

desvios e cobrou R$ 231 milhþes em autuaçþes contra eles. Nos quatro anos de operação, foram instaurados 2.610 procedimentos fiscais, sendo 521 de fiscalização, que resultaram em um total de R$ 13 bilhþes em receita, incluídos multas e juros, em autuaçþes da Receita. (PSUHLWHLUDV Quem lidera a lista de principais alvos da Receita na Lava Jato são as empreiteiras acusadas de cartel e fraudes em licitaçþes da Petrobras. O Fisco emitiu R$ 10 bilhþes em autuaçþes, somadas as multas e juros, contra empreiteiras. Na segunda colocação estão os operadores de propina, responsåveis por intermediar os repasses das empresas para agentes públicos. AlÊm de avançar sobre empresas de fachada, o Fisco multou os operadores em R$ 1,4 bilhão em autuaçþes. Os operadores de câmbio, popularmente chamados de doleiros, ocupam o terceiro lugar da lista com um total de R$ 984 milhþes em autuaçþes.

do regime (MĂŠdici, Geisel e Figueiredo) com a polĂ­tica de assassinatosâ€?. O memorando de nĂşmero 99 faz parte de uma sĂŠrie intitulada Foreign Relations of the United States (Relaçþes Exteriores dos Estados Unidos) e documenta a histĂłria das relaçþes dos Estados Unidos com a AmĂŠrica do Sul entre 1973 e 1976. Apesar de os EUA terem retirado o sigilo em 2015, o primeiro e quinto parĂĄgrafos do texto sobre a reuniĂŁo permanecem sigilosos. O documento original estĂĄ arquivado no escritĂłrio do diretor da CIA em Washington. A transcrição estĂĄ disponĂ­vel online em um site do governo federal norte-americano. Em nota, o ExĂŠrcito Brasileiro informou que os documentos que poderiam comprovar as afirmaçþes foram destruĂ­dos, de acordo com norma da ĂŠpoca que visava preservar informaçþes sigilosas. “O Centro de Comunicação Social do ExĂŠrcito informa que os documentos sigilosos, relativos ao perĂ­odo em questĂŁo e que eventualmente pudessem comprovar a veracidade dos fatos narrados foram destruĂ­dos, de acordo com as normas existentes Ă ĂŠpoca Regulamento da Salvaguarda de Assuntos Sigilosos (RSAS) - em suas diferentes ediçþesâ€?.

Levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV) revela que os brasileiros pretendem gastar mais este ano para presentear as mães neste domingo, em comparação com o ano passado. O valor mÊdio dos presentes subiu 11%, atingindo R$ 108, contra mÊdia de R$ 98 em 2017. O indicador que mede a intenção de gastar para presentear as mães subiu 9,9 pontos, passando de 59,4, em 2017, para 69,3 este ano, melhor desempenho desde 2014.

Para os consumidores que desejam economizar na hora de adquirir o presente para as mĂŁes, o coordenador do MBA em GestĂŁo Financeira da Fundação Getulio Vargas (FGV ), Ricardo Teixeira, aconselha a nĂŁo deixar para fazer a compra na Ăşltima hora. Segundo ele, pesquisar com antecedĂŞncia ĂŠ a melhor maneira de poder comparar preços e benefĂ­cios. Teixeira recomenda ainda que vale a pena pedir desconto na hora de pagar o item adquirido. “Em tempos de crise, vale negociar um desconto. Caso nĂŁo tenha como pagar o valor total e escolher parcelar a compra no cartĂŁo de crĂŠdito, evite parcelas com juros. Se vier a parcelar, lembre-se que vocĂŞ corre o risco de ter o salĂĄrio comprometido quando a prĂłxima comemoração chegarâ€?.

ApĂłs trocar insultos, Trump e Kim vĂŁo se reunir em Cingapura DIVULGAĂ‡ĂƒO

'RQDOG7UXPSH.LP-RQJXQVHUHÄŽQHPGLDGHMXQKR trução de seu arsenal. No poder desde dezembro de 2011, Kim Jong-un baseou grande parte de sua legitimidade no desenvolvimento de ClĂĄudia Trevisan, correspon- armas nucleares, apresentadente/AgĂŞncia Estado das como uma necessidade para a sobrevivĂŞncia do paĂ­s Considerada a Suíça da diante da agressĂŁo dos EUA. ÂťWME E TIUYIRE MPLE HI HĂĄ quase um consenso Cingapura serĂĄ o local do entre os analistas de que o encontro entre o presi- ditador norte-coreano nĂŁo dente americano, Donald abandonarĂĄ suas ambiçþes Trump, e o ditador norte- nucleares, a menos que esteja -coreano, Kim Jong-un, disposto a realizar uma transque atĂŠ poucos meses tro- formação radical no paĂ­s mais cavam insultos e ameaças. fechado do mundo. Marcada para o dia 12 de “O muito antecipado enjunho, a cĂşpula serĂĄ a pri- contro entre mim e Kim meira entre lĂ­deres dos dois Jong-un ocorrerĂĄ em CinpaĂ­ses e terĂĄ na agenda o gapura. NĂłs vamos tenfim do programa nuclear tar tornĂĄ-lo um momento de Pyongyang, um objeti- muito especial para a paz vo ambicioso que poucos mundial!â€?, escreveu Trump analistas consideram fac- no Twitter poucas horas detĂ­vel. pois de receber trĂŞs cidadĂŁos Trump pretende entrar americanos libertados pelo para a histĂłria como o pre- regime norte-coreano, no sidente americano que ga- que interpretou como um rantiu a paz na PenĂ­nsula gesto de boa vontade do diCoreana, mas a experiĂŞncia tador da Coreia do Norte. anterior mostra que sua taTrump e a primeira-dama, refa nĂŁo serĂĄ simples. Nos Melania, recepcionaram o Ăşltimos 25 anos, vĂĄrios grupo no meio da madrugada, governos de Washington em um cenĂĄrio que exaltava o fecharam acordos com a patriotismo de sĂ­mbolos culCoreia do Norte para sus- tivado pelo presidente. AtrĂĄs pensĂŁo de seu programa do aviĂŁo que transportou os nuclear. Todos foram aban- ex-prisioneiros, havia enorme donados, enquanto Pyon- bandeira americana suspensa gyang avançava na cons- por dois guindastes.

)LPGRSURJUDPDQXFOHDU GH3\RQJ\DQJHVWĂ€QD DJHQGDGHVWDĹž&ÄŽSXOD


6

Dourados, sábado/domingo 12/13.5.2018 O PROGRESSO

Polícia DIVULGAÇÃO/PF

Traficante causa acidente com uma morte na BR-060 Após colidir e matar um homem de 67 anos e deixar mais três feridos, criminoso abandonou o veículo carregado com drogas e tentou fugir por uma mata DIVULGAÇÃO/PRF

De Dourados policia@progresso.com.br Um acidente causado por um traficante de drogas matou um homem e deixou três feridos na rodovia BR-060, próximo a Chapadão do Sul, na quinta-feira. A vítima perdeu o controle de seu veículo e capotou devido ação de outro veículo que estava transportando drogas e seguia em alta velocidade. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma equipe foi acionada após ser avisada de um acidente frontal na rodovia. Ao se fazer presente no local,

Homem foi encontrado horas depois em uma mata próxima a rodovia e responderá por homicídio FXOSRVRHWUÀğFRGHGURJDV foi verificado que houve a colisão entre um Toyota/Hilux CD, com placas Chapadão do Sul, que se encontrava com as rodas para cima sobre a via e um Honda/Civic, com placas de Belo Horizonte (MG) também sobre a via. Na Hillux, o motorista de 67 anos estava sem vida e três ocupantes de 13, 40 e 44 anos sofreram lesões leves. Já no civic, não havia nenhuma pessoa e no interior do porta-malas haviam vários tabletes de maconha, que totalizaram 330 quilogramas da droga. Para testemunhas, o traficante causou o acidente e fugiu sem prestar socorro às vítimas. Ainda de acordo com a PRF, o trecho da rodovia onde aconteceu o acidente é uma

Dinheiro apreendido estava com o casal e na residência

Casal é preso em Corumbá com R$ 150 mil em espécie Eles tentavam entrar na Bolívia com parte do dinheiro e cartões de banco

9âWLPDFDSRWRXRYHâFXORHPRUUHXQRORFDODSöVDFROLVÂRFRPRXWURYHâFXORGRWUDğFDQWHGHGURJDV

reta com sinalização horizontal e vertical de ultrapassagem proibida. O traficante foi encontrado e preso horas depois em uma mata. Cigarro Também na quinta-feira, a PRF deu ordens de parada a um Fiat/Fiorino, com placas de Campo Grande, na BR-267, em Maracaju, mas o motorista não obedeceu e tentou fugir por uma estrada vicinal. Mais a frente, abandonou o veículo e fugiu a pé para uma plantação de milho, não sendo mais localizado. No interior do veículo foram encontradas 29 caixas de cigarros em um total de 14,5 mil maços. No mesmo posto fiscal da PRF e no mesmo dia, uma equipe observou uma manobra incomum de caminhão baú M.Benz/L1621, com pla-

cas de Campo Grande, e resolveram efetuar a fiscalização. O motorista, de 39 anos, alegou que estava realizando uma mudança, mas apresentou nervosismo excessivo e não soube informar o destino. Durante vistoria na carga, foram encontrados 400 caixas de cigarros, totalizando 200 mil maços. A PRF calcula que esta carga é avaliada em R$ 1 milhão. Droga Na manhã de ontem a apreensão foi de quase meia tonelada de maconha na BR-163, em Campo Grande. Mais uma vez a equipe deu ordem de parada a Chevrolet/Ônix com placa de Belo Horizonte (MG), mas o motorista não obedeceu e tentou fugir sendo alcançado pela PRF. O homem de 27 anos con-

fessou que transportava maconha e skank, sendo encontrado no interior e no porta-malas vários tabletes e pacotes de droga. Todo o carregamento somou 439 quilogramas e este teria saído de Jardim com destino à capital. Na quinta-feira, a apreensão se deu em Dourados em um carregamento de 78 quilogramas de cocaína que estava sendo transportada em um compartimento no assoalho da carroceria de uma carreta que estava carregada com soja. A apreensão aconteceu durante uma barreira na BR 163 nas proximidades da Penitenciária Estadual. O motorista de 34 anos disse que pegou a droga no Paraguai e receberia R$ 20 mil pelo transporte. Ele foi indiciado por tráfico internacional de drogas.

A IMAGEN da PM

Brasileiro é executado por pistoleiros na fronteira Esposa da vítima também foi atingida e está internada, mas sem risco de morte Renato Giansante policia@progresso.com.br Um brasileiro de 48 anos foi morto na madrugado de ontem em uma chácara em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, fronteira com Ponta Porã. A vítima era procurada por tráfico de drogas no Brasil e acusada de vários outros crimes. No local, estavam também a esposa, de 19 anos, com nacionalidade paraguaia, que teria acionado o proprietário da chácara após o ocorrido e duas crianças sendo uma de 13 anos e um bebê de 11 meses. De acordo com a mulher, desconhecidos teriam inva-

dido a residência e realizado os disparos contra o casal. O homem morreu no local e ela foi encaminhada ao Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, em observação, mas sem risco de morte. A vítima fatal, que trabalhava como caseiro na chácara, também teria antecedentes criminais no Paraguai por violência doméstica e porte ilegal de arma. Agentes da Divisão de Homicídios da Polícia Nacional do Paraguai estiveram no local e trabalham com a suspeita do autor do crime ser um brasileiro, parente da vítima, que havia discutido por problemas de dívida. Os investigadores também não descartam a possibilidade de envolvimento na guerra de facções criminosas que tentam controlar o tráfico de drogas da fronteira.

Agepen impede encomenda

De Corumbá policia@progresso.com.br A Polícia Federal (PF) de Co r u m b á p re n d e u n a quinta-feira um casal de brasileiros tentando entrar na Bolívia com cerca de R$ 20 mil em espécie. Eles também levavam vários cartões de bancos em nomes de pessoas distintas e papéis com anotações de dados pessoais e senhas de contas bancárias. Posteriormente foram encontrados mais R$ 130 mil em fiscalização na residência deles, em Corumbá. Segundo a PF, o flagrante aconteceu durante fiscalização de rotina no posto Esdras. Foram encontrados no interior de um veículo que se dirigia para o país vizinho, pouco mais de R$ 20 mil.

Dupla armada invade residência em Dourados Dois jovens relataram momentos de pânico com o assalto no Jd. Universitário Renato Giansante policia@progresso.com.br

Agentes da Penitenciária Estadual de Dourados (PED) impediram na madrugada de quinta-feira de uma “encomenda” ser arremessada para os internos. Policiais efetuaram disparos contra o homem que tentava a ação e este conseguiu fugir. Durante buscas na parte externa, foi encontrada uma mochila contendo três tabletes de maconha (que totalizaram 2,6 quilogramas), uma tesoura e um frasco de tinta acrílica escolar de cor preta. 2VDJHQWHVDLQGDğVFDOL]DUDPRSÀWLRGRSUHVâGLRHHQFRQWUDram uma caixa com 46 munições de arma de fogo calibre 357.

Enquanto os suspeitos eram interrogados na delegacia, a Polícia Federal tomou conhecimento de que alguns indivíduos, após arrombarem portas e janelas da residência do casal, saíram do local com grande quantidade de dinheiro em uma bolsa, mas acabaram sendo abordados por um policial civil que mora nas proximidades. Ao serem questionados, os homens contaram à Polícia Federal que foram até a casa, a pedido do filho dos presos, que haviam solicitado que retirassem o dinheiro da residência o mais rápido possível. O casal foi indiciado por evasão de divisas e, se condenado, pode cumprir pena de 2 a 6 anos de prisão, além de multa. Suspeita-se, ainda, em razão das circunstâncias, que o dinheiro seja objeto de lavagem de capitais, com origem ilícita. Foram apreendidos, no total, R$ 150 mil, além de objetos e documentos portados pelos envolvidos.

Dois homens invadiram uma residência na noite de quinta-feira em Dourados e causaram pânico a dois amigos de 22 anos que estavam no local. O caso aconteceu no Jardim Universitário e os bandidos fugiram em um veículo de cor escura. De acordo com o boletim de ocorrência, as vítimas relataram que foram surpreendidas pelos homens dentro da residência e anunciaram o assalto. Um dos bandidos estava armado. Os jovens foram deitados no chão de um quarto e ouviram dos criminosos que desejam dinheiro. Ainda no relato, eles dis-

seram que não conseguiram ver os rostos dos envolvidos devido o uso de toucas. Os bandidos deixaram a residência levando uma corrente de ouro, um relógio, uma bota de couro, uma par de tênis, um notebook, dois aparelhos celulares, a chave e o documento de uma caminhonete S10, a carteira com documentos pessoais de uma das vítimas e aproximadamente R$ 400 em moedas que estavam em uma lata. Testemunhas viram quando a dupla entrou em um veículo com os pertences e fugiu. Até o momento, a polícia não encontrou os envolvidos. Mais invasão Em Laguna Carapã, uma família foi trancada no quarto por bandidos armados que levaram diversos objetos, como aparelhos celulares e dinheiro, e um veículo Toyota Hilux. O caso aconteceu também na noite de quinta-feira e ninguém ficou ferido.


7

Dourados, sábado/domingo 12/13.5.2018 O PROGRESSO

Esportes

Daniel Alves está fora da Copa do Mundo Em Paris, médico da seleção GL]TXHMRJDGRUGHYHUÀğFDUPHVHVVHPMRJDUH FRPLVVRSHUGHUÀDFRPSHWLÍÂRTXHVHUÀGLVSXWDGDQD5ĎVVLDDSDUWLUGHMXQKR DIVULGAÇÃO

Da Agência Estado Daniel Alves está fora da Copa do Mundo. O jogador, de 35 anos, não será convocado pelo técnico Tite na segunda-feira, quando o treinador vai anunciar a relação de 23 jogadores do Brasil para o torneio na Rússia, pois precisará passar por uma cirurgia no joelho direito. A CBF explicou em nota oficial que “foram realizados exames complementares minuciosos e confirmado o diagnóstico inicial de lesão do ligamento cruzado anterior, com necessidade de tratamento cirúrgico”, o que inviabiliza o seu retorno a tempo

O jogador do PSG disputaria sua terceira Copa do Mundo, ainda que Maicon tenha sido titular de 2010 e em parte de 2014

Jogador seria titular da lateral-direita e um dos líderes no elenco de Tite durante o mundial

de participar do torneio na Rússia. “Esgotadas todas as alternativas de recuperação dentro do prazo, constatou-se a impossibilidade da convocação de Daniel Alves para o período de preparação, amistosos e, consequentemente, para a Copa do Mundo”, acrescentou a CBF em comunicado. A decisão de não chamar o lateral-direito foi tomada após avaliação do médico da seleção, Rodrigo Lasmar, que teve em mãos todos os exames feito pelo jogador após sua contusão no joelho di-

reito. Ele viajou para a França, onde se encontrou com o próprio atleta e membros do Paris Saint-Germain. O coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, também está em Paris ao lado do jogador do PSG. Daniel Alves sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito em jogo na terça-feira, a decisão da Copa da França. Na sequência, os médicos do PSG ressaltaram a possibilidade de o jogador ser submetido a uma cirurgia, o que agora acabou se confirmando. Exames realizados no atleta

apontaram a desinserção no ligamento do joelho (quando o ligamento se desprende do osso). O prazo de recuperação estimado pelo médico da CBF é de seis meses para o retorno aos gramados em alto nível. Para a posição, sem Daniel Alves, Tite trabalha com três opções: Fagner, do Corinthians (que voltou a treinar ontem após se recuperar de contusão); Rafinha, do Bayern de Munique; e Danilo, do Manchester City. A segunda-feira, data da convocação, é o prazo final para CBF entregar à Fifa uma

DIVULGAÇÃO

Três eventos esportivos movimentam Dourados Copa Morena, Parabellum Fight e Campeonato Estadual sub-17 estão entre as atrações Renato Giansante esportes@progresso.com.br Dourados recebe hoje pelo menos três eventos esportivos em diferentes modalidades. O Campeonato Sul-mato-grossense de futebol sub-17 será realizado a tarde, no Douradão, e ainda haverá opções noturnas com a Copa Morena de Futsal no ginásio municipal e as lutas do Parabellum Fight na AABB. No Douradão, às 15h, o Ceart estreia no Campeonato Sul-mato-grossense sub-17,

mas teve seu adversário alterado ontem pela Federação de Futebol do Estado (FFMS). Antes, o time enfrentaria o Cena de Nova Andradina, mas com a mudança o rival será o também douradense Operário. O confronto será isolado da primeira rodada e válido pelo Grupo B. A entrada é gratuita. No ginásio municipal, a Copa Morena será mais uma vez atração e três times douradenses estarão em quadra a partir das 19h30. O primeiro duelo será entre os dois times da casa, Inter Flórida e Embrasa Futsal. No segundo, o Juventude AG, anfitrião da fase, encara o Eldorado por uma vaga na terceira fase. Inter Flórida e Juventude AG

relação de 35 nomes pré-convocados para a Copa do Mundo. É da relação de 12 suplentes que o treinador pode acionar um nome para fazer uma troca e substituir algum jogador por lesão para o torneio, sendo que a lista final precisa ser fechada em 4 de junho. A Copa começa dia 14 de junho. O Brasil estreia dia 17, em Rostov, contra a Suíça. Antes disso, o time de Tite se reúne a partir do dia 21 de maio na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), para o início da preparação.

Douradenses do Embrasa Futsal jogam a rodada da Copa Morena tem a vantagem do empate. O ingresso para a rodada dupla é de R$ 10. Já na AABB, 15 lutas serão disputadas no 11º Parabellum

Fight e ainda haverá a disputa de dois cinturões e um embate feminino. Os ingressos são de R$ 15 na arquibancada e R$ 30 na área vip.


8

Dourados, sábado/domingo 12/13.5.2018 O PROGRESSO

Especial Mães

)HOL]

0mH

0mHSDODYUDGLYLQD TXHFRQWpPWDQWRDPRU PmHpFRPRVHIRVVHXP SiVVDUREHLMDQGRDIORU

'LDGDV0ˏHV

$GLOHV

GR$PDUDO7RUUHV

6XDP¤HPHUHFH SUHVHQWHGD

)$%,$1$,72

&5,67,$1(,*80$&ƒ0$5$ 0DP¤HYRF«ªPXLWROLQGDHPXLWRLPSRUWDQWH QDQRVVDYLGD9RF«PHUHFHRPDLRUSUHVHQWH GRPXQGRSRUTXHYRF«ªPXLWROHJDO)HOL]'LD GDV0¤HV$JHQWHWHDPD /HRQDUGRH(GXDUGR

0¤HQ´VDDPDPRV 9RF«ªPDUDYLOKRVDSHUIHLWDHDPRURVD 7HPRVRUJXOKRGHVHUVXDVILOKDV )HOL]GLDGDVP¤HV (PLO\H/®YLD

$11,()5$1&,(//<00$548(6

0mH

0DP¤HREULJDGRSHORVHXFDULQKRH FXLGDGRWHDPDPRV%HLMRVGRVVHXV 3HWLOLFRV 0DLWKHH0LJXHO

VLQ{QLPRGHDPRUSURWHomR IRUoDHRULHQWDomRSDUD VHXVILOKRV

5(*,6/$,1(%$7,67$ 6,/9$)(51$1'(6

+LJLHQHHTXDOLGDGH DFLPDGHWXGR

$Y:HLPDU*7RUUHV 'RXUDGRV_)RQH

1DGDªPDLVIRUWHHYHUGDGHLURTXH RDPRUGHXPDP¤H 7HDPRP¤H 3DXOR&H]DU

-$1',5$*25(7+<

5XD0DMRU&DSLOª 'RXUDGRV06

$EDL[RGRDPRUGH'HXVV´RDPRUGHP¤HPHVPR4XHªFDSD]GH GDUWXGRGHVLHPDLVXPSRXFRHID]HUPXLWRPDLVGRTXH LPDJLQRXV´SRUTXHQ¤RTXHULDTXHDVILOKDVVRIUHVVHPRTXHHOD VRIUHX0¤HPXLWRREULJDGDSRUVHXDPRUDSRLRHGHGLFD¨¤R $OLQHH-RVLDQH

526,/(1(%2572/$=29,&(17( š7RGRDPRUªHVSHFLDO0DVQHQKXPªLJXDODRVHXP¤H 7HDPDPRV0¤HŢ 3DRODH%LDQFD



0$5/,03(*25(5

0$5,$&21&(,ˆ„2 )(51$1'$181(6'848((675$'$

0¤HGHGLFDPRVHVWDPHQVDJHPDVHQKRUDTXHHVWHYHDRQRVVRODGR HPWRGRVRVPRPHQWRV+RMHTXHUHPRVSDUDUHDJUDGHFHUSRUTXHYRF« IH]ID]HIDU¢VHPSUHSDUWHGDQRVVDKLVW´ULD$6HQKRUDªPDUDYLOKRVD XPDP¤HHWDQWR2EULJDGDSHODYLGD)HOL]GLDGDV0¤HV 6LUOHL9DOWHUH/XFLPDU

)HUQDQGDPXOKHUHVSRVDFRPSDQKHLUDQDPRUDGDFXLGDGRVD HK¢GRLVDQRVP¤HGHQRVVDVGXDVEHQ¨¤RV%¢UEDUDH %HUQDUGR0LQKDIDP®OLDPLQKDYLGD7HDPR$PRWRGRV )HUQDQGR'XTXH(VWUDGD

3HUJXQWDUDPDXPDP¤HTXDOHUD VHXILOKRSUHIHULGR(HODUHVSRQGHX 1DGDªPDLVYRO»YHOTXHXP FRUD¨¤RGHP¤H2ILOKRSUHGLOHWR DTXHOHDTXHPPHGHGLFRGHFRUSR HDOPDª2PHXILOKRGRHQWHDWª TXHVDUH2TXHSDUWLXDWªTXH YROWH2TXHHVW¢HVWXGDQGRDWª TXHDSUHQGD6RPRVPXLWRJUDWRVD 'HXVSRUW«ODFRPRP¤H)HOL]GLD GDVP¤HV *XVWDYRH/\VVDUD

,QJO«VH(VSDQKRO 8QLGDGH,Q)OX['RXUDGRV_

!" #!#

/,*,$&$5/$0(1$1,

0$5,$$3$5(&,'$ 0¤HFRPYRF«DSUHQGLWXGRRTXHVHLKRMH2EULJDGDSRUWXGR 9RF«ªHVHPSUHVHU¢PHXPDLRUH[HPSORGHP¤HHPXOKHU (XH*XVWDYRDPDPRVPXLWRYRF«)HOL]GLDGDV0¤HV 0DULDQDH*XVWDYR

$,'(0(,5(//(60$&,(/ 0¤HDPRULQFRQGLFLRQDO)HOL]GLDGDVP¤HVSDUDPLQKD 0„(TXHªDPHOKRUP¤HGRPXQGR7H$PR 0DUOH\

0¤H4XHDEHOH]DGDVIORUHVDGR¨XUDGRPHOR EULOKRGDVHVWUHODVHQYROYDPYRF«KRMHHTXHYRF« FRQWLQXHLUUDGLDQGRHVWHDPRUHHVWDDOHJULDTXH YRF«VHPSUHQRVRIHUHFHX9RF«ª7HDPDPRV 9LFWRU+XJRH3HGUR+HQULTXH

4XtPLFDHPJHUDO 'HVLJQGHVREUDQFHOKDV 'HSLODomR 0DQLFXUHH3HGLFXUH

  'URC§QFC$GNG\C

+

/cb]3aQ]ZOS2Sa^OQVO\bS

)HOL] 'LD GDV 0mHV

1S\b`]RS4]`[Ozx]RS1]\Rcb]`Sa RSDSQcZ]aOcb][]b]`Sa

@8]x]1O\RWR]1v[O`O%# 1S\b`]2]c`OR]a;A

 eeePOVO[OaV]bSZQ][P`

$QRV GH7UDGLomR

1=0@7;

?C/:?

=A 43@B/ 2/

C3@=

1=<1=

@@¿<1

7/



$%!" &'&"!!&'&&'

'HVHMDDWRGDVVXDV FOLHQWHVHDPLJDVXP

)HOL]'LDGDV0mHV


Solidariedade

MS

Projeto ajuda entidades assistenciais

Senac inaugura escola de gastronomia

3»*

3»*

Cultura

DIA A DIA Dourados, sábado/domingo 12/13.5.2018

Fernando Verona lança música “Amor de Mãe” 3»*

O PROGRESSO MARCOS RIBEIRO

Reeducandas mostram produtos confeccionados por elas ao lado da diretora Luzia e da instrutora Elza Boniatti

Arte-educação ajuda mães do Semiaberto a superar distância No Semiaberto de Dourados 62 mulheres usam a educação como forma de ganhar a liberdade e estar perto da família Valéria Araújo valeria@progresso.com.br O crime separa mães dos filhos, mas o trabalho, o aprendizado e as oportunidades os une novamente. É com essa certeza que mães reeducandas em regime fechado do Semiaberto de Dourados são movidas. Elas encontraram na arte uma forma de conquistar a liberdade e a independência financeira. Com uma profissão definida e voltada para o que elas melhor sabem fazer, as internas têm a certeza de que uma vida nova as espera quando deixarem a instituição. Com os cursos oferecidos, elas aprendem de tudo e “pintam e bordam” literalmente. Ao dominarem o artesana-

to elas produzem bijuterias como colares, brincos e afins com excelência profissional. Elas também produzem bonecas de pano, fazem arte em MDF, costuram, bordam, produzem vasos, doces e salgados e ainda apreenderam o manejo de plantas medicinais. Tudo o que produzem é comercializado numa loja que elas tem na própria unidade e que fica a disposição da população. O dinheiro que arrecadam pagam novos cursos e parte fica para elas, que podem continuar vendendo o que gostam de produzir e aumentar a renda. São com essas novas profissões que as mulheres do Semiaberto deixam o crime e mostram que a ressocialização é possível no Brasil,

tanto que quem passou por lá não reincide e também não tenta fugir, apesar dos portões estarem sempre abertos. “Nós temos uma relação de confiança aqui dentro e vivemos praticamente como uma família. As novatas que entram conhecem nosso modelo de trabalho e acreditam por meio das que já estão aqui, que o que queremos é realmente que elas saiam melhores do que entraram e isso passa por oportunidades de trabalho e aprendizado, através dos cursos que são ministrados. No mundo do crime não é necessário ter especialização, por isso é mais fácil estar nele. Se a pessoa tem uma profissão, ela não precisará seguir por esse caminho da criminalidade”, destaca a diretora do Semia-

Dia das mães no Presídio

Semiaberto de Dourados é modelo para o País O Semiaberto de Dourados tem 62 reeducandas nos regimes aberto, semiaberto e fechado. A cada três meses que se dedicam ao trabalho ganham 1 mês de remissão da pena. A instituição é modelo de ressocialização, tanto que já foi sondado para ser apresentado ao país. A diretora da unidade atribui esse sucesso, aos servidores da Agepen e a parceria da 3º Vara Criminal de Dourados, por meio do juiz corregedor Cesar de Souza Lima, que tem custeado cursos e matéria-prima para que as re-

educandas possam aprender, além de buscar parcerias para vagas de emprego nas empresas. Esse apoio volta em benefício da sociedade porque, além de contribuir para a formação de cidadãs conscientes, elas também se dedicam por aqueles que precisam. No local são confeccionadas dezenas de perucas com cabelo humano doado. Sem ganhar nenhum centavo nesse trabalho elas produzem as perucas com todo o carinho para uma finalidade nobre: doar a pacientes de câncer. A ação,

segundo as reeducandas, é uma forma de retribuir a confiança que a sociedade deposita nelas, por meio da compra de seus produtos e pelas oportunidades de emprego, que resultam numa vida melhor para todos. “Esse Dia das Mães para mim é mais do que especial. Diferente de quando eu estava num presídio, hoje tenho um motivo para voltar a sonhar com uma vida nova daqui pra frente”, diz a reeducanda Danieli. A reeducanda Kissilya Santos da Silva, conta como a mãe de-

berto Luzia Aparecida Ferreira, considerada a “mãezona” das internas. “Todos aqui, sejam servidores da Agepen ou reeducandas dão exemplo de dedicação e trabalho duro por um objetivo único que é a ressocialização por meio do aprendizado”, acrescenta a diretora. É o caso da reeducanda Sueli Aparecida do Nascimento, de 43 anos, que descobriu nos bordados uma maneira de traçar o futuro. Com os filhos presos, ambos no Presídio Estadual de Dourados, o que ela mais deseja é voltar a ganhar um abraço deles no Dia das Mães. Enquanto esse dia não chega, ela se ocupa com o artesanato que produz e com as vendas. “A gente se fala apenas por cartas e um

la é importante para recomeçar a vida. Ela diz que foi enganada por uma quadrilha que a fez transportar 10 quilos de maconha para criar uma “distração” para a Polícia. Sem saber que seria presa e da “armação” dos próprios contratantes, ela achou que os R$ 1.4 mil que ganharia pudesse ser um bom negócio. “Eu tive que gastar mais de R$ 6 mil com advogado. Sem contar que minha mãe ficou doente e teve que mudar toda a sua vida para me ajudar. Hoje ela pode vir aqui me visitar, me dá ânimo e fortalece minhas esperanças. Minha mãe é tudo pra mim e é por ela que eu vivo”, conta.

deles não vejo há mais de um ano. A gente se encontra apenas em audiências na Justiça. Essa separação é doída e sofrida. Não desejo que nenhuma mãe do mundo passe por isso. Tenho fé em Deus que no ano que vem poderei ver minha família reunida novamente porque ambos já teremos cumprido nossa pena e teremos vida nova com tudo o que tenho aprendido aqui”, destaca. Sueli trabalhava como auxiliar de produção quando viu seus dois filhos serem presos. Ao tentar pagar uma dívida de um deles no presídio, foi presa tentando entrar com droga na penitenciária. Depois de cumprir parte da pena na Penitenciária de Campo Grande, ela foi para o Semiaberto no regime fecha-

do, local em que encontrou uma verdadeira família. “Aqui a gente se trata como parente e quer o bem uma da outra. Essa relação familiar foi de grande importância para eu voltar a ter esperança de dias melhores”, destaca. A reeducanda Danielli Ribas Soares Nunes, de 23 anos, ganhou um ânimo a mais para continuar seguindo no propósito da ressocialização. Além de aprender com os cursos que são ministrados, ela pode ganhar um reforço emocional que é a permanência do filho de 1 ano e 3 meses com ela. “Posso amamentar e estar com ele. Isso me incentiva e me dá forças. A Luzia é uma mãe para nós e serei grata a ela para sempre por ter me permitido esse benefício”, destaca.


2

Dourados, sĂĄbado/domingo 12/13.5.2018 O PROGRESSO

Dia a Dia DIVULGAĂ&#x2021;Ă&#x192;O

Projeto solidĂĄrio de escola ajuda entidades assistenciais Estudantes, pais e professores da Joaquim Murtinho estĂŁo envolvidos num trabalho que arrecadou donativos e promoveu açþes de solidariedade DIVULGAĂ&#x2021;Ă&#x192;O

FlĂĄvio VerĂŁo flavio@progresso.com.br A comunidade da escola municipal Joaquim Murtinho, na regiĂŁo central de Dourados, encerra hoje as açþes da 1ÂŞ edição do projeto â&#x20AC;&#x2DC;Solidariedade sustentĂĄvelâ&#x20AC;&#x2122;. As atividades iniciaram no dia 14 de abril com a arrecadação de roupas, leite, alimentos e a promoção de açþes solidĂĄrias no dia a dia. TambĂŠm foi arre-

De acordo com a diretora Jailza Ramos, as arrecadaçþes foram divididas e hoje serĂŁo encaminhadas para as entidades cadado materiais reciclĂĄveis. Hoje, por volta das 8h40, haverĂĄ a inauguração do â&#x20AC;&#x2DC;Muro solidĂĄrioâ&#x20AC;&#x2122;. Em frente a escola foram desenhados, no muro, guarda-roupas, sapateiros e prateleiras de materiais escolares e de brinquedos. Nos desenhos foram fixados ganchos para que a comunidade douradense pendure doaçþes. A ideia ĂŠ a de que os produtos sirvam para qualquer pessoa necessitada. Na sequĂŞncia, conforme a

Muro solidårio da escola serå inaugurado hoje programação, professores, pais e estudantes farão carreata que saíra da escola, localizada no cruzamento das ruas Onofre Pereira de Matos com João Cândido Câmara, com destino atÊ a avenida Marcelino Pires, a principal da cidade, onde seguirão atÊ rua Coronel Ponciano, depois do

shopping, fazendo contorno pela Joaquim Teixeira Alves, retornando atÊ a praça Antônio João, próximo da escola. Do local haverå divisão de equipes para distribuir tudo o que foi arrecadado durante os quase 30 dias de projeto. Os 404 alunos da Joaquim Murtinho, com o apoio dos pais,

HORĂ&#x201C;SCOPO

arrecadaram 1657 litros de leite, 1.5 tonelada de roupas, 86 mil unidades de materiais de higiene, mais de 2.5 mil quilos de alimentos e 20 dúzias de ovos. De acordo com a diretora Jailza Ramos, as arrecadaçþes foram divididas e hoje serão encaminhadas para O Iame, entidade que acolhe meninos; Lar Ebenezer, responsåvel pelo acolhimento de meninas; projeto Jeovå Jireh, da igreja IBMR e que atua com dependentes; Lar do Idoso; e Lar Santa Rita, que abriga bebês e crianças. TambÊm vão receber doaçþes a Casa da Criança Feliz e a escola municipal Clori Benedetti, no bairro Jóquei Clube, um dos mais afastados da região central. O projeto movimentou a escola e despertou em toda a comunidade a importância da solidariedade. A diretora Jailza diz que no ano passado a ação contemplou somente a questão ambiental, com arrecadação de pilhas, pets, latinhas, óleo usado. Para essa edição a proposta foi a de humanizar as atividades, com uma sÊrie de açþes solidårias.

Cantor douradense estå lançando seu primeiro disco

Fernando Verona lança mĂşsica â&#x20AC;&#x153;Amor de MĂŁeâ&#x20AC;? Cantor douradense estĂĄ divulgando nas redes sociais o hit de sua autoria De Dourados O cantor Fernando Verona estĂĄ lançando nas redes sociais a mĂşsica â&#x20AC;&#x153;Amor de MĂŁeâ&#x20AC;?. A canção de sua autoria foi composta em junho do ano passado em homenagem a sua mĂŁe e avĂł. â&#x20AC;&#x153;Esta ĂŠ a minha singela homenagem Ă s mulheres da minha vida. Quero com todo meu carinho e respeito oferecer essa canção a todas as mĂŁes do mundo. ParabĂŠns a todas vocĂŞs. Isso ĂŠ pouco, pelo tanto que representam em nossas vidas. Nossas mĂŁes

tem que ser homenageadas todos os diasâ&#x20AC;?, comemora. Paralelamente, Verona estĂĄ lançando o seu primeiro CD oficial â&#x20AC;&#x153;Pra Sentar, Ouvir e Beberâ&#x20AC;?. â&#x20AC;&#x153;Este trabalho gravado no EstĂşdio Rocha Produçþes reĂşne 12 faixas autorais, trazendo cançþes do sertanejo romântico e batidĂŁoâ&#x20AC;?, diz Fernando que desde a adolescĂŞncia fazia poemas e cantava em bares da regiĂŁo da Grande Dourados, sucessos de duplas que sĂŁo sua inspiração como MilionĂĄrio & JosĂŠ Rico, Leonardo, Jorge & Mateus, dentre outros. Contato para apresenta-çþes podem ser feitas atra-vĂŠs dos telefones (67) 99928-8405 e 99432-0887 e Facebook: www.facebook.com/ fveronna/

PALAVRAS-CRUZADAS DIRETAS

Ă RIES De 21/03 a 20/04 'LÄ&#x;FXOGDGHQDYLGDGRPĂ&#x2019;VWLFD VocĂŞ ainda nĂŁo conseguiu atingir sua meta e colocar em ordem sua vida. Talvez seja hora de parar tudo, colocar a cabeça no lugar e depois voltar com força total suas atividades normais.

LEĂ&#x192;O De 22/07 a 22/08 VocĂŞ terĂĄ que rever os impulsos que o levaram a cultivar certas relaçþes, pois neles estĂĄ Ă causa da atual falta de harmonia entre vocĂŞ e DVSHVVRDVGRVHXFRQYâYLR0RPHQto dos mais afortunados para vocĂŞ, mas desde que evite a indecisĂŁo.

SAGITĂ RIO De 22/11 a 21/12 VocĂŞ terĂĄ vantajosas e reais oportunidades, jĂĄ que o seu signo tĂŞm chances e oportunidades. FavorĂĄvel a compras e vendas luFUDWLYDV2SHUâRGRGDQRLWHSRGHUĂ&#x20AC; ser aproveitado em recreação, diversĂŁo.

TOURO De 21/04 a 20/05 Sentimentalmente, este serĂĄ um grande dia. Procure aproveitĂĄORGRPHOKRUPRGRSRVVâYHO9LGD afetiva e conjugal, favorecida. No que tange os negĂłcios, poderĂĄ empreendĂŞ-los a qualquer momento. Evite açþes judiciais e discussĂľes SRUGâYLGDVRXFUĂ&#x2019;GLWRV

VIRGEM De 23/08 a 22/09 Apesar de boas oportunidades para a vida social e o encontro com os amigos, sua disposição nĂŁo lhe permitirĂĄ ir muito longe. Ă&#x2030; ainda XPPRPHQWRGHUHÄ H[Ă&#x201A;RVREUHVL SUĂśSULR0HOKRULDHPWHUPRVÄ&#x;QDQceiros.

CAPRICĂ&#x201C;RNIO De 22/12 a 20/01 $OJXPDSUXGĂ&#x201C;QFLDĂ&#x2019;EDVWDQWH aconselhĂĄvel, uma vez que afastarĂĄ a possibilidade de se perder em pequenos negĂłcios ou assuntos. ,QÄ XĂ&#x201C;QFLDVEHQĂ&#x2019;Ä&#x;FDV3RGHWUDWDU de assuntos importantes. SaĂşde VREERQVÄ X[RV

GĂ&#x160;MEOS De 21/05 a 20/06 6XDSUREDELOLGDGHGHĂ&#x201C;[LWR material serĂŁo aumentados hoje. Por outro lado, deverĂĄ prosperar no campo profissional e social e poderĂĄ conVHJXLURTXHSUHWHQGHQDYLGDDUWâVWLca. VocĂŞ deve utilizar energia positiva para acertar sua vida profissional.

LIBRA De 23/09 a 21/10 Sua criatividade pessoal e participação de outras pessoas favorecerĂŁo o desenvolvimento da FDUUHLUDSURÄ&#x;VVLRQDO,QâFLRGHXPD fase de mudanças nas suas emoçþes e na maneira de se relacionar com as pessoas.

AQUĂ RIO De 21/01 a 19/02 Felicidade amorosa, sentimental e bastante sucesso em diversĂľes e nas festividades onde comparecer, estĂŁo previstos para vocĂŞ neste dia. Bom relacionamento com os familiares e amigos.

CĂ&#x201A;NCER De 21/06 a 21/07 Bons contatos com pessoas EHPLQWHQFLRQDGDVHGHÄ&#x;QDQĂ?DV elevadas, farĂŁo com que solucione boa parte de seus problemas neste GLDw[LWRHPMRJRVHVRUWHLRVHKDUmonia romântica.

ESCORPIĂ&#x192;O De 23/10 a 21/11 $PL]DGHIHOL]VXFHVVRSURÄ&#x;VVLRQDOVRFLDOHÄ&#x;QDQFHLURHRTXHSUHnuncia este dia para vocĂŞ. PoderĂĄ ter por outro lado, algum aborrecimento SDVVDJHLURSURYRFDGRSHORVÄ&#x;OKRV ou pais. No amor, tudo vai parecer muito incerto nesta noite.

PEIXES De 20/02 a 20/3 ,QIOXĂ&#x201C;QFLDVIDYRUĂ&#x20AC;YHLVSDUD novos empreendimentos, Ăłtimo para os estudos, cuide melhor de sua saĂşde. 1HVWHSHUâRGRDOWDPHQWHSRVLWLYR astrologicamente, vocĂŞ encontrarĂĄ em XPDSHVVRDGDVXDIDPâOLDWRGRRDSRLR necessĂĄrio para concluir planos de vida.

SOLUĂ&#x2021;Ă&#x192;O DO NÂş ANTERIOR


3

Dourados, sábado/domingo 12/13.5.2018 O PROGRESSO

Dia a Dia DIVULGAÇÃO

Senac inaugura escola de gastronomia e turismo Unidade construída no Jardim dos Estados vai oferecer cursos para setor de turismo e eventos, com restaurante e bar. Hotelaria também está contemplada CHICO RIBEIRO

Autoridades e empresários acompanharam o evento

Encontro na Aced debate aeroporto de Dourados Orçada em R$ 49 mi, SUHYLVÂRÒTXHDREUDğTXH pronta em julho de 2020

Governador Reinaldo Azambuja durante solenidade de inauguração da nova escola de gastronomia do Senac, em Campo Grande

Elvio Lopes elvio@progresso.com.br O Ser viço Nacional de Aprendizagem Comercial de Mato Grosso do Sul (Senac/ MS), inaugurou, na noite de quinta-feira, sua mais nova unidade na Capital, o Senac Turismo e Gastronomia, que vai atuar nessas áreas e também em hotelaria e hospedagem, mantendo um restaurante e bar para atendimento ao público, bem como cursos para interessados em formação nesse setor da economia, um dos que mais tem crescido no País nos últimos anos. O presidente da Federação do Comércio do Ms (Fecomércio/MS), Edison Araújo, explica que a nova escola do Senac recebeu um investimento de R$ 18 milhões, com previsão de formar cerca de 4 mil alunos por ano nas áreas de gastronomia, hotelaria, turismo e eventos, atendendo candidatos de 21 modalida-

des e em todos os níveis educacionais. Segundo ele, cerca de 95% dos recursos são oriundos do departamento nacional do Senac, que procurou construir uma das melhores unidades voltadas à gastronomia no pais e que se constitui em um importante marco para Campo Grande. “Estamos ampliando a unidade do Senac Horto, com investimentos que representam R$ 25 milhões para atender os demais segmentos profissionalizan-

Os recursos são oriundos do departamento nacional do Senac, que procurou construir uma das melhores unidades tes no Estado”, destacou. O diretor regional do Senac, Vitor Melo explicou que o Senac Gastronomia e Turismo terá cursos rápidos, de até 30 horas e de graduação, com diferentes opções de preços e alguns gratuitos. Alguns dos

Alunos do IFMS viajam para o exterior

cursos exigirão dos candidatos um processo seletivo e outros apenas a inscrição, para ser formado nas áreas oferecidas pela nova unidade. Vitor explicou que a nova unidade conta com 10 ambientes pedagógicos, com restaurante-escola com capacidade para atender 80 pessoas; duas cozinhas didáticas, cozinha de panificação e confeitaria, sala de aula hotel, sala bartender, biblioteca, sala de informática, espaço gourmet com capacidade para 24 pessoas destinado ao atendimento de grupos e pequenos eventos, adega com capacidade para 18 lugares, horta e anfiteatro com capacidade para 68 pessoas. O governador Reinaldo Azambuja participou da inauguração e desatacou que o empreendimento vem ao encontro das ações desenvolvidas pelo Governo do Estado na formação de mão-de-obra especializada e lembrou que, dos 79 municípios do MS, 62

cidades já contam com diversos tipos de cursos. Ele destacou ainda que a formação e qualificação dos profissionais do turismo passa a ter uma importância ainda maior pela perspectiva de crescimento desse setor. “Temos no Brasil hoje um turismo muito aquém das nossas possibilidades, é um segmento que temos tudo para crescer e criar uma opção de formação e qualificação da mão de obra como essa escola é fundamental para dar maior competitividade”. O prefeito Marcos Marcello Trad também participou da solenidade e destacou a parceria entre a prefeitura e o Senac para a qualificação dos campo-grandenses e que essa capacitação reflete no futuro econômico da Capital. “Em 10 anos devemos chegar a um milhão de habitantes e investimentos como este podem contribuir para a geração de empregos e desenvolvimento de nossa cidade”, afirmou.

Comerciantes, empresários, representantes do Exército Brasileiro e autoridades governamentais se reuniram na tarde desta quinta-feira (10), no auditório da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) para debater a reforma e ampliação do Aeroporto Municipal Francisco de Matos Pereira. A prefeita de Dourados, Délia Razuk, lembra que o aeródromo foi escolhido dentre 280 unidades de todo país para a revitalização feita pelo Exército. “Além de todo conhecimento técnico, do know how que o exército tem, nós queríamos essa parceria. Nós temos confiança no trabalho do Exército e é uma satisfação o Exército ter aceitado”, conclui Délia. A obra custará mais de R$ 49 milhões e a previsão é de que fique pronta em julho de 2020. O general de brigada Lourenço Willian da Silva Ribeiro Pinho, comandante da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada explicou aos participantes da reunião que neste ano o Exército está organizando toda parte de projetos e também a abertura de lici-

tação para contratar a empresa responsável pela execução da obra. Os trabalhos de ampliação devem durar um ano e meio, a previsão é que comecem em janeiro de 2019. Já foram adquiridos maquinários, como tratores e equipamentos da usina de asfalto que devem ser entregues no início do segundo semestre deste ano. O efetivo empregado na execução da obra será de pelo menos 210 militares. O general da brigada, Lourenço Pinho, ressalta ainda que será necessário apoio dos comerciantes locais. “É uma obra de grande porte e vai precisar de uma série de insumos para a construção. A Aced, os empresários da região poderão participar dos processos licitatórios fornecendo os insumos. E acho interessante que seja montado um grupo de trabalho para verificar as oportunidades futuras que o aeroporto vai abrir”, ressalta. A Aced apoia este projeto e acredita que a ampliação trará muitos benefícios à cidade. “O desenvolvimento de Dourados passa pelo aeroporto municipal, então acredito que toda sociedade tem que estar envolvida nesse projeto que nós acompanhados de perto, todo o andamento das atividades, com um trabalho atento dos diretores”, afirma a presidente da Aced, Elizabeth Rocha Salomão.

Prefeitura faz homenagem Dourados terá dez às mães de Dourados postos de vacinação

DIVULGAÇÃO

ARQUIVO/ ASSECOM

A. FROTA

Estudantes de Campo Grande e Ponta Porã embarcam para os Estados Unidos

A programação de homenagens às mães segue hoje

De Dourados progresso@progresso.com.br

De Dourados

A oferta de ensino de excelência e a possibilidade de vivenciar uma cultura diferente alimentam o sonho de muitos estudantes brasileiros, que buscam estudar fora do país. Soma-se a esses fatores o reconhecimento que possuem os profissionais com formação em país estrangeiro. Diante deste cenário, dois jovens estudantes de cursos técnicos integrados ao ensino médio ofertados pelo Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) tornaram realidade seus sonhos e estão de malas prontas para uma nova jornada. São eles Juliana Arevalos Bordão e Lucas Mudo de Araújo, dois dos primeiros estudantes da instituição a cursarem graduação no exterior. Juliana, 19, é egressa do curso técnico em Informática do Campus Ponta Porã, tendo estudado na instituição de 2013 a 2016. Ela foi aceita em duas universidades norte-americanas: Bates College (Maine) e Dartmouth College (New Hampshire). Com a dupla aprovação, ela abandonou seu curso de graduação na Universidade de São Paulo (USP), onde havia ingressado neste ano, e teve

O cuidado, o amor, os “puxões de orelha” para construir um cidadão de bom caráter são partes da vivência diária das mães. Na manhã de ontem (11)(11), esses aspectos e muitos outros foram exaltados em uma grande homenagem elaborada pela Prefeitura de Dourados para as mães servidoras municipais tendo em vista que o próximo domingo (13) é dedicado a elas. A ação estruturada pela Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres obteve apoio das secretarias de Assistência Social e de Cultura, reuniu centenas de participantes e contou com homenagens, apresentações culturais com a cantora Izabel Souza, o secretário de Cultura, Jorge Augusto “Peu” e o coral de crianças da Escola Adventista, além de dinâmicas e sorteios de brindes. Sônia Maria Rodrigues Pimentel, da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, destacou que a maternidade por si é um ato de “empoderamento” da mulher. “Essa dádi-

progresso@progresso.com.br

Os jovens são egressos de cursos técnicos do IFMS

que decidir em qual das instituições iria estudar. Assim, em agosto, parte para New Hampshire, onde ingressará no Dartmouth College. “O semestre inicia efetivamente em setembro, mas já vou para os Estados Unidos em agosto, para iniciar minha ambientação”, destacou a estudante. Juliana foi bolsista de iniciação científica no IFMS, tendo apresentado projetos em seminários e congressos. Ganhou cerca de 30 prêmios em competições estudantis. Exemplos desses resultados expressivos foram as primeiras colocações em eventos como a Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul (Fetec/MS), a III Expo Milset e a VI Computer on The Beach.

Ação da prefeitura em homenagem ao Dia das Mães

Dia D de vacinação acontecehoje em dez unidades de saúde

va que Deus oferece as mulheres gera força, luta, pois é uma missão de se transmitir o melhor a um ser totalmente dependente. A data é um dia simbólico para se demonstrar esse amor, o que na verdade é uma prática diária, porém, hoje, a pedido da nossa prefeita Délia Razuk, fizemos esse evento especial para lembrar a vocês mamães o quanto são importantes”, disse. Não somente as mães biológicas, no entanto, as mães adotivas, “de consideração”, as “avós que viram mães”, o pai que acaba fazendo também esse papel ou famílias contemporâneas que optam pela adoção receberam as dedicatórias. A coordenadoria segue com extensa programação de homenagens às mães tanto na sede do município quanto nos distritos e na reserva indígena.

As unidades funcionarão das 8h às 17h, para administração da vacina De Dourados progresso@progresso.com.br

A prefeitura de Durados, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, vai manter abertas, neste sábado, Dia de Mobilização Nacional da Campanha contra a Influenza, dez unidades de saúde para a vacinação da população alvo. As funcionarão no horário das 8h às 17h, exclusivamente para administração da vacina contra Influenza aos grupos de risco. Estarão abertas as unidades básicas de saúde da Seleta, Jardim Santo André, Vila Rosa, Parque do Lago, Parque das Nações I, Par-

que das Nações II, conjunto Izidro Pedroso, Jardim Maracanã, Vila Cachoeirinha e do distrito de Itahum. Durante as semanas subsequentes a vacinação continuará em todas as unidades de saúde, nos períodos matutino e vespertino, até o dia 1º de junho. Os grupos prioritários para vacinação nesta data, de acordo com o calendário do estado de Mato Grosso do Sul, são crianças de seis meses a menores de 5 anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes (em qualquer idade gestacional), puérperas (até 45 dias pós parto), trabalhadores da área de Saúde, professores e indivíduos com 60 anos ou mais de idade. Para os grupos de trabalhadores de Saúde e professores, é necessário apresentar documento que comprove a condição.


4

Dourados, sĂĄbado/domingo 12.13.5.2018 O PROGRESSO

Meio ambiente

IMASUL LANĂ&#x2021;A PLANO PARA O PANTANAL Projeto prevĂŞ conservação de ĂĄgua na superfĂ­cie e subWHUUĂ QHDGDEDFLDKLGURJUĂ&#x20AC;Ä&#x;FDGR3DUDJXDL DIVULGAĂ&#x2021;Ă&#x192;O

Da Redação progresso@progresso.com.br A população de Mato Grosso do Sul vai conhecer o teor do Plano de Recursos Hídricos da Região Hidrogråfica do Paraguai (PRH Paraguai), documento que traça as diretrizes, normatiza e prevê açþes visando a conservação da ågua superficial e subterrânea da vasta região compreendida como bacia do rio Paraguai, que engloba metade do território de Mato Grosso do Sul e um terço do estado de Mato Grosso. O Plano serå lançado oficialmente na terça-feira (15.5), em encontro de divulgação, no Auditório Shirley Palmeira do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do

2ODQ�DPHQWRGR35+ 3DUDJXDLPDUFDRIHFKDPHQWRGHXPORQJR WUDEDOKRUHDOL]DGRSHORV SHVTXLVDGRUHV Sul (Imasul)), às 18h30, com entrada franca e sem necessidade de confirmação. O PRH Paraguai Ê uma construção conjunta entre o MinistÊrio do Meio Ambiente e os governos de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, por intermÊdio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar e o Imasul. O estudo serå apresentado pelo professor Marcio de Araújo Silva, especialista da Agência NaGMSREPHEWKYEW %2% QIWtre em Ciências Ambientais e Florestais e doutor em Biologia Animal. Na semana seguinte a mesma apresentação serå feita em Cuiabå, para os mato-grossenses. Antes, pela manhã, o professor Marcio

DIVULGAĂ&#x2021;Ă&#x192;O

HEDIO FAZAN

%LRGLYHUVLGDGHDPHDĂ?DGD

ESTUDO APONTA RISCO NO PLANALTO PANTANEIRO Os dados sĂŁo de XPUHODWĂśULRGD2QJ ::)%UDVLO

%DFLDKLGURJUĂ&#x20AC;Ä&#x;FDGR3DUDJXDLĂ&#x2019;WHPDGHSODQRGHPDQHMR de AraĂşjo Silva farĂĄ uma apresentação exclusiva para a imprensa, tambĂŠm no auditĂłrio do Imasul. O lançamento do PRH Paraguai marca o fechamento de um longo trabalho que envolveu levantamento de dados, consultas e diagnĂłsticos; a anĂĄlise de especialistas, tudo com transparĂŞncia e participação da população. Foram realizadas Oficinas Regionais e ReuniĂľes PĂşblicas em Coxim, Bonito e CorumbĂĄ, em novembro do ano passado, para apresentação prĂŠvia do estudo e coleta de sugestĂľes. O estudo inicial para elaboração do Plano de Recursos HĂ­dricos começou pela caracterização da Bacia do rio Paraguai, na parte existente em

territĂłrio brasileiro. Abrange metade de Mato Grosso do Sul e o Sul de Mato Grosso, totalizando 362 mil quilĂ´metros quadrados. O rio Paraguai ĂŠ o principal curso dâ&#x20AC;&#x2122;ĂĄgua, mas a regiĂŁo ĂŠ rica em cursos dâ&#x20AC;&#x2122;ĂĄgua por abrigar a planĂ­cie pantaneira. Um resumo do estudo foi apresentado pela primeira vez durante a reuniĂŁo do Conselho Estadual de Recursos HĂ­dricos de MS (CERH/MS) realizada dia 13 de julho, no auditĂłrio do Imasul. O estudo identifica os problemas jĂĄ detectados, como desmatamento em pontos que provocam o assoreamento de rios, mas conclui que as ĂĄguas estĂŁo em quantidade e qualidade adequadas, com problemas isolados.

CORPAL RECEBE LICENĂ&#x2021;A PARA LOTEAMENTO

O Estudo Ă?ndice de Risco EcolĂłgico (IRE) do WWF-Brasil revela que 40% do planalto da bacia do Alto Paraguai estĂĄ em alto risco. Entre as ameaças estĂŁo o intenso processo de conversĂŁo de ĂĄreas de vegetação do Cerrado por pastagens e cultivos agrĂ­colas, a criação de barragens para geração de energia, uso ineficiente e degradação de ĂĄreas agrĂ­colas e pastagens, impactos causados por ĂĄreas urbanas e falta de saneamento bĂĄsico (menos de 15% do esgoto, em mĂŠdia, recebe tratamento e hĂĄ um Ă­ndice mĂŠdio de perda de ĂĄgua nos sistemas de distribuição de 26%). A regiĂŁo do planalto pantaneiro ĂŠ importante porque ĂŠ lĂĄ que se concentram as â&#x20AC;&#x153;torres de ĂĄguaâ&#x20AC;?, ou seja, fontes de ĂĄgua que fazem do Pantanal uma ĂĄrea Ăşmida. Portanto, sĂł ĂŠ possĂ­vel conservar a planĂ­cie alagĂĄvel do Pantanal se essas â&#x20AC;&#x153;fontesâ&#x20AC;? forem preservadas.

$QWRQLR)X]L\UHFHEHDOLFHQĂ?DGRSUHIHLWRGH/DJXQD&DUDSĂ&#x201A; 3UHIHLWXUDGH/DJXQD &DUDSĂ&#x201A;HPLWHOLFHQĂ?D DPELHQWDOSDUDD&RUSDO Na Ăşltima quinta feira, dia 10, a Corpal Incorporadora, na figura do senhor Antonio Fuziy recebeu da prefeitura de Laguna CarapĂŁ, das mĂŁos do prefeito Itamar Bilibio a Licença Instalação e Operação (LIO) para implantação de um empreendimento residencial no municĂ­pio. O licenciamento ambiental ĂŠ prĂŠ requisito para a apro-

vação do projeto que a incorporadora pretende lançar em Laguna nos próximos meses caso as demais aprovaçþes ocorram. Para a prefeitura de Laguna Carapã, trata-se de um marco para o seu desenvolvimento, por se tratar do primeiro licenciamento efetuado pelo município Com este documento, a Corpal Incorporadora pode dar prosseguimentos nas próximas etapas da implantação do loteamento em Laguna, antigo sonho dos moradores da cidade.

OS ATRATIVOS DOS PARQUES ESTADUAIS 3UHIHLWXUDGH/DJXQD &DUDSĂ&#x201A;HPLWHOLFHQĂ?D DPELHQWDOSDUDD&RUSDO Num momento em que os olhares cada vez mais se voltam para a natureza, Mato

Grosso do Sul dispþe de uma abundância de opçþes em endereços como a Serra da Bodoquena e o Pantanal, velhos destinos turísticos jå conhecidos em todo o mundo e que atraem milhares de turistas todos os anos.


União

Música

Seminário debate cooperativismo.

Fernando & Sorocaba faz show hoje.

3»*

3»*

EXPOAGRO

CADERNO B

Exposição Fotográfica da Expoagro. 3»*

Dourados, sábado/domingo 12/13.5.2018 O PROGRESSO HEDIO FAZAN/ARQUIVO

O esporte, inspirado nas atividades pecuárias, une a tradição e a diversão

RANCH SORTING movimenta hoje Pista de Laço no Parque de Exposições de Dourados De Dourados A 5ª etapa da prova Ranch Sorting será realizado hoje, a partir das 8h, na Pista de Laço do Parque de Exposições de Dourados. Serão disputadas as categorias oficiais da Associação Brasileira de Criadores de Ca-valo Quarto de Milha (ABQM): aberta, amador, amador principiante, amador light, amador família, amador master e aberta feminina.Haverá também a categoria “Tira Boi”, que não é oficial e não entra no ranking. A prova distribuirá, ao todo, R$ 20 mil em prêmios. Participam das competições cerca de 70 duplas, ou seja, 140 cavaleiros.

O Ranch Sorting é uma modalidade de esporte equestre que se baseia na prática pecuária de apartação de gado. Conhecido por ser um esporte familiar, conquistou espaço nas competições e entre os criadores de Quarto de Milha. O Ranch Sorting surgiu nos Estados Unidos entre 2006 e 2007. Funciona da seguinte forma: uma dupla precisa apartar dez cabeças de gado entre currais de forma ordenada. Trata-se de uma modalidade com pouco risco. Dois competidores apartam o gado em ordem numérica pré-determinada. O gado fica de um lado em um curral e os competidores do outro lado,

no outro curral. Eles devem transpor entre os currais em ordem, a partir da liberação de início da prova. No começo, um número é indicado pelo locutor. Se o número for o 3, por exemplo, os competidores iniciam pelo 3 e seguem a sequência crescente 4,5,6,7,8,9,0,1,2 . Quem ganha a prova é aquela dupla que transpor o maior número de gado no menor tempo. Se a dupla passa um boi fora da ordem, um Sem Aproveitamento Técnico (SAT) é dado. A prova é interrompida sem aproveitamento. Também pode ocorrer SAT pela violência desnecessária com os cavalos e o gado.


2

Dourados, sábado/domingo 12/13.5.2018 O PROGRESSO

Caderno B | Expoagro PROGRAMAÇÃO

Seminário debate o

cooperativismo Mostras de sucesso estão sendo apresentadas durante evento que começou ontem e segue hoje na 54ª Expoagro realizada em Dourados HEDIO FAZAN

De Dourados O segundo Seminário de Cooperativismo e de Desenvolvimento Local, promovido pelo Sebrae/MS em parceria com a Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) prossegue hoje. O evento, iniciado ontem, acontece no auditório Central do Sindicato Rural de Dourados e tem com objetivo contribuir com o desenvolvimento nos municípios apresentando caminhos e ações em prol do cooperativismo. A programação traz palestras como Making Agricultural, ministrada pelo professor Michael Gertler, da Universidade de Saskatchewan, no Canadá; Ação Coletiva e Cooperação na Agricultura Familiar, com a professora Sylvia Saes, da Universidade de São Paulo (USP); Importância das Cooperativas no Desenvolvimento Rural, com o professor José-Daniel Gómez López, da Universidade de Alicante, na Espanha; além de estudos de caso de cooperativismo e outros temas.“O foco é mostrar experiências nacionais e internacionais que têm transformado as relações de coletividade. A região Sul conta com várias cooperativas, mas ainda existe um grande potencial para fortalecer esse tipo de empreendimento e beneficiar principalmente pequenos produtores, que são uma das bases da economia do Estado; promovendo assim o desenvolvimento local”, destaca Flávia Rosa, gerente do Sebrae na região Sul do Estado. Entre as temáticas com exemplos práticos tratados no evento aborda sobre a importância das Cooperativas do Paraná no Desenvolvimento Local, com exposição do caso de sucesso

ABERTURA OFICIAL DA 54ª EXPOAGRO

8h

Local: Auditório do Parque de Exposições SEMINÁRIO DE COOPERATIVISMO E DESENVOLVIMENTO LOCAL Público Alvo: Pequenos e lideranças da agricultura familiar

13h 14h

Inscrições: (www.sympla.com.br/sindicatoruraldedourados) Making Agricultural Co-operatives Sustainable Palestrante: Prof. Michael Gertler - Universidade de Saskatchewan (Canada) - Membro do “Centre for the Study of Co-operatives”.

15h

Ação Coletiva e Cooperação na Agricultura Familiar: Estudo de Caso em Assentamento do Estado de São Paulo Palestrante : Profª. Sylvia Saes - Faculdade de Economia e Administração – USP (Brasil)

15h15 Importância das Cooperativas no Desenvolvimento Rural Palestrante: Prof. José-Daniel Gómez López - Universidade de Alicante (Espanha) e coordenador do grupo de pesquisa “Cooperativismo, Desarrollo Rural y Emprendimientos Solidarios En La Unión Europea y Latinoamérica”.

16h

Consideração do Ciclo de Vida no Desenvolvimento das Cooperativas e na Participação dos Associados Palestrante: Prof. Olivier Vilpoux – Universidade Católica Dom Bosco – UCDB – Campo Grande (Brasil).

17h30 Encerramento Local: Auditório do Parque de Exposições Realização: SEBRAE e Sindicato Rural de Dourados DIA DE CAMPO HORTIFRÚTI

07h 07h30 09h 12h

Inscrições: (www.sympla.com.br/sindicatoruraldedourados) Café da Manhã Giro Tecnológico ATeG Hortifrúti Legal Almoço Local: Projeto Fazendinha Realização: Sistema FAMASUL, SENAR MS, ATEG Hortifrúti Legal & Sindicato Rural de Dourados

5ª PROVA RANCHSORTING

08h

Local: Pista de Laço Informações: Genilson (67) 99971-9596

Palestra sobre Making Agricultural, ministrada pelo professor Michael Gertler, do Canadá do sistema Ocepar, formado por três sociedades distintas, sem fins lucrativos que, em estreita parceria, se dedicam à representação, fomento, desenvolvimento, capacitação e promoção social das cooperativas paranaenses: o Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar), o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo - Sescoop PR e a Federação e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná - Fecoopar. Conforme ranking do ano passado, do total de cooperativas que compõem o Sistema Ocepar, 15 faturam acima de R$ 1 bilhão, sendo que 14 são do setor agropecuário, e uma do setor de saúde. Parte

PONTO A PONTO VÍNCULOS “ O foco é mostrar experiências nacionais e internacionais que têm transformado as relações de coletividade”. RELEVÂNCIA “Região Sul tem cooperativas, mas potencial para fortalecer esse tipo de empreendimento”. REFERÊNCIA Entre as temáticas tratados no evento aborda sobre a importância das Cooperativas do Paraná. PLANILHA Conforme ranking de 2017, do total de cooperativas do, 15 faturam acima de R$ 1 bilhão.

Hoje tem Dia de Campo hortifruti no projeto Fazendinha na Expoagro ARQUIVO

Na feira, o trabalho do Senar/MS vai envolver a área educacional e o ATeG De Dourados O Dia de Campo do Programa de Assistência Técnica e Gerencial Hortifrúti Legal começa hoje durante a 54ª Expoagro. O evento é promovido pelo Sindicato Rural de Dourados e conta com o apoio do Sistema da Federação de Agricultura e Pecuária de Ma-

12/05 sáb.

Objetivo dos cursos é o de atender a todos os públicos

do sucesso se dá ao fato que, o cooperativismo por ser um modelo de gestão democrática em que as cooperativas são controladas por muitos “donos”, faz com que as decisões tomadas por elas sejam mais bem pensadas. O Seminário conta com o apoio do Sindicato Rural de Dourados, do Sicredi Dourados e do OCB/ MS (Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Mato Grosso do Sul). Ontem o evento foi destinado para médios e grandes produtores rurais, cooperativas, estudantes e profissionais do segmento. Hoje, será destinado para pequenos produtores e lideranças da Agricultura Familiar. As vagas são limitadas.

to Grosso do Sul (Famasul). Na feira, o trabalho do Senar/MS vai envolver a área educacional e o ATeG – assistência técnica e ge-rencial. Nas capacitações de Formação Profissional Rural e Promoção Social serão oferecidos cursos como: Sistemas de Cultivo do Tomateiro; Produção de Mudas de Hortaliças; Cultivo Hidropônico, Sistema NFT e Substrato; Tecnologia de Mulching, Fertirrigação e Plantio Direto de Hortaliças; Manejo da Irrigação Para Cultivo de Hortaliças; Cul-tivo da Banana; Cultivo do Abacaxi; Plantio e Manejo da Cultura da Mandioca; e Cultivo da Goiaba.O objetivo dos cursos é o de atender a todos os públicos.

ABQM: 150,00 (Dupla) Inscrições: Portal SEQN até 10/05 às 20h (Horário de Brasília) Tira-Boi: 100,00 (dupla) - Inscrições no local

24º LEILÃO 4R

12h

Local: Tatersal do Parque de Exposições Realização: LEILOBOI & Sindicato Rural de Dourados

ENTRADA DOS ANIMAIS

7h às 17h

13/05 dom. 7h às 17h

ENTRADA DOS ANIMAIS

Projeto Fazendinha propaga o conhecimento Serão formados grupos de visitas durante a realização da 54ª Expoagro De Dourados O Projeto Fazendinha do Sindicato Rural de Dourados é uma porta aberta a visitas e capacitações aos produtores, associações, cooperativas, prefeituras e demais instituições interessadas em adquirir conhecimentos nas áreas de fruticultura, olericultura, cultivo protegido, hidroponia, adubos verdes, gestão econômica e demais tecnologias. Serão formados grupos de visitas durante a 54ª Expoagro para que os mesmos possam co-

nhecer toda a área do projeto acompanhados de técnicos do Senar/MS e da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agrar) de Mato Grosso do Sul. O projeto Fazendinha iniciou há 16 anos e está localizado no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho. A reformulação do espaço, iniciada em novembro de 2015, foi planejada para oferecer fruticultura e horticultura no qual será possível a realização de cursos do Senar/MS, aulas práticas do curso Técnico em Agronegócio e de parcerias como a Escola Técnica agrícola de Dourados que leva alunos para realizar aulas práticas e participando da manutenção de culturas.


3

Dourados, sĂĄbado/domingo 12/13.5.2018 O PROGRESSO

Caderno B | Expoagro

Fernando & Sorocaba faz show

hoje a noite na Expoagro Dupla, referência na música sertaneja, Ê atração no palco do Parque João Humberto de Carvalho em Dourados. A abertura serå feita pelos douradenses Paulo & Jean que tem sete anos de carreira De Dourados A dupla Fernando & Sorocaba Ê atração desta noite de såbado na 54ª Expoagro de Dourados. Eles vão subir no palco do Parque João Humberto de Carvalho. A abertura serå feita pela dupla douradense Paulo & Jean. Fernando & Sorocaba se conheceram hå dez anos, apresentados por amigos em comum. Após conversarem e tocarem algumas modas juntos, perceberam que tinham afinidade musical e resolve-

Para comemorar dez anos de carreira, a dupla sertaneja Fernando & Sorocaba gravou um projeto intitulado â&#x20AC;&#x153;Sou do Interiorâ&#x20AC;? ram formar uma dupla. Eles misturam mĂşsica, entretenimento e muita diversĂŁo em um show jĂĄ percorreu o paĂ­s inteiro, alĂŠm dos Estados Unidos, Europa e AmĂŠrica Latina. Uma apresentação composta por um repertĂłrio autoral repleto de hits aliado a muita tecnologia, ilusionismo e efeitos especiais. Fernando & Sorocaba somam mais de dois mil shows ao longo da carreira. As apresentaçþes da dupla contam com painĂŠis de leds que se movimentam formando diferentes cenĂĄrios a cada mĂşsica. Destaque para o teletransporte, a bolha e o disco voador que ganharam repercussĂŁo nacional. Atingem direta-

mente mais de 20 milhĂľes de pessoas e geram um grande impacto no mercado da mĂşsica brasileira. Para comemorar dez anos de carreira, a dupla gravou um projeto intitulado â&#x20AC;&#x153;Sou do Interiorâ&#x20AC;?. Com direção de criação e direção executiva do cantor Sorocaba, vem com uma proposta completamente diferente de tudo o que jĂĄ foi visto e feito, em questĂŁo de palco, locação, iluminação, entre outros detalhes. No repertĂłrio, cançþes que viraram hit como â&#x20AC;&#x153;Celebridadeâ&#x20AC;?, â&#x20AC;&#x153;Ă&#x2030; Tensoâ&#x20AC;?, â&#x20AC;&#x153;Paga Pauâ&#x20AC;?, â&#x20AC;&#x153;Bala de Prataâ&#x20AC;?, entre outras. Em sua maior parte, o setlist foi composto de mĂşsicas inĂŠditas como â&#x20AC;&#x153;Sou do Interiorâ&#x20AC;?, â&#x20AC;&#x153;Terapingaâ&#x20AC;?, â&#x20AC;&#x153;Ainda Existem Cowboysâ&#x20AC;? e â&#x20AC;&#x153;Me dĂĄ o Amor Que Eu Mereçoâ&#x20AC;?. Para abrilhantar esse DVD tĂŁo especial, a dupla Fernando & Sorocaba convidou alguns amigos e parceiros para subirem ao palco e animarem ainda mais esse espetĂĄculo, como Luan Santana, Jorge & Mateus , Matheus & Kauan, Nego do Borel e o cantor country norte americano Chris Weaver . Fernando & Sorocaba somam mais de 380 milhĂľes de visualizaçþes no seu canal oficial no YouTube e mais de 245 vĂ­deos lançados. A dupla estĂĄ presente em mais de um milhĂŁo de playlists no Spotify e mais 190.000 fĂŁs na plataforma digital. JĂĄ Paulo Silveira e Jean Brescovit nĂŁo se conheciam, atĂŠ que, um certo dia, em

DIVULGAĂ&#x2021;Ă&#x192;O

Dupla sertaneja Fernando & Sorocaba somam mais de dois mil shows ao longo da carreira Dourados, em uma roda de tererĂŠ, no intervalo das aulas do curso de Agronomia, cantaram algumas mĂşsicas. Pouco depois, vieram a dividir o mesmo palco na cidade de Laguna CarapĂŁ e, a

partir daí, começaram a se apresentar nos bares e casas da região.Paulinho (como Ê conhe-cido por seus amigos) pas-sou grande parte da sua infância na cidade de Boni-to, tendo muito conta-

to com diversos estilos musicais, como o pop e a MĂşsica Popular Brasileira (MPB). Jean, por sua vez, sempre foi muito ligado Ă mĂşsica raiz. Quando pequeno, fazia parte de um projeto que ensinava

viola caipira para as crianças da sua cidade, onde acabou desenvolvendo uma grande paixão pela música em geral. Hoje a dupla com sete anos de formação se encontra no mercado do sertanejo atuando tambÊm como compositores de músicas gravadas por artistas nacionais como Conrado & Aleksandro, Fåbio & Rafael, Maninho & PoconÊ e Fernando & Sorocaba, entre outros. A dupla Paulo & Jean gravou seu primeiro DVD ao vivo em Dourados, composto por 17 músicas, sendo 16 inÊditas e que contou com a participação de Breno & Caio CÊsar, alÊm do amigo Loubet. Aviso A Expoagro tem entrada Ê gratuita todos os dias atÊ às 18h. Nos dias de shows, a cobrança serå feita a partir desse horårio e nos demais, a entrada serå gratuita. Crianças atÊ 11 anos devem estar acompanhadas dos pais. De 12 a 15 anos podem estar junto a responsåveis, que deverão ter declaração autorizada e registrada em cartório assinada pelos pais (modelo disponível no site da Expoagro). A partir de 16 anos pode entrar desacompanhado, mas com documento com foto. Somente após os 18 anos tem acesso a årea de bebida. Os ingressos e passaportes para os shows podem ser adquiridos pelos sites www.expoagrodourados.com.br e www.ingressonacional.com.br.

Taurus mostra compromisso com a sustentabilidade Distribuidora de PetrĂłleo desenvolve projetos voltados Ă proteção ambiental De Dourados Uma empresa preocupada com o meio ambiente e com compromisso social, ideais que estĂŁo na missĂŁo da Taurus Distribuidora de PetrĂłleo LTDA. Fundada hĂĄ 44 anos, sempre apoiou e promoveu dentro e fora de seus portĂľes a importância da preservação da natureza e ajuda ao prĂłximo. Por isso, ĂŠ parceira 12ÂŞExposhopping - â&#x20AC;&#x153;Plantas, Flores e Sustentabilidadeâ&#x20AC;?, realizada pela Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced) na 54ÂŞ Expoagro. â&#x20AC;&#x153;A Aced nos reconheceu como uma empresa que contribui para o meio ambiente. A nossa expectativa ĂŠ dissemi-

nar essa cultura, essa visĂŁo para toda população e tambĂŠm para outros empresĂĄriosâ&#x20AC;?, explica o diretor comercial e novos negĂłcios da Taurus, Jorge Luiz Zenatti Filho. Na Taurus, todas as açþes zelam o meio ambiente, como a coleta de resĂ­duos que dĂĄ a destinação correta aos materiais produzidos pela Distribuidora e a unidade de tratamento de ĂĄgua para a lavagem dos caminhĂľes. O diretor comercial da Distribuidora ainda ressalta que hoje em dia tudo converge para um mundo mais sustentĂĄvel. â&#x20AC;&#x153;Acredito que mais do que nunca os empresĂĄrios tem que adotar essa iniciativa e convergir para essa mesma ideia. Ă&#x2030; a melhor forma de ter menos prejuĂ­zos lĂĄ na frenteâ&#x20AC;?, conclui Zenatti Filho. A Distribuidora de PetrĂłleo apoio e incentiva vĂĄrios projetos sociais e ambientais.

DIVULGAĂ&#x2021;Ă&#x192;O

um exemplo de associado que tem a preocupação em apoiar iniciativas voltadas ao meio ambiente. TĂŞ-los como parceiros por nĂłs, ĂŠ importante para incentivar tambĂŠm outros gestores a terem o olhar tambĂŠm voltado a estes projetosâ&#x20AC;?, comenta a presidente da Aced, Elizabeth SalomĂŁo. Toda essa visĂŁo da empresa serĂĄ apresentada durante a 12ÂŞ Exposhopping, que serĂĄ no PavilhĂŁo Aced durante a 54ÂŞ Expoagro. A Associação realiza o evento em parceria com o AteliĂŞ Cida Arts, Dourahidra, Faems, FamĂ­lia Meurer, GalpĂŁo das Artes Guaicurus, Hospital de Amor de Bar-etos, ImobiliĂĄria Casa X, ImĂłveis do MS, Marcinha Turismo, PĂŠ de Cedro, Purific, OCA Ambiental, Diretor Comercial e Novos NegĂłcios da Taurus, Jorge Luiz Zenatti Filho Prefeitura de Dourados, SaneDurante os anos de 2014 a pĂşblicas e particulares, de- 8IVVEEÂťKYEISGSQFEXIES sul, Semagro Governo do Es2016 organizou o â&#x20AC;&#x153;Taurus em senvolveram desenhos e re- mosquito transmissor da den- tado, Sebrae/MS, Senac/MS, Açãoâ&#x20AC;?, atravĂŠs do qual crian- daçþes voltados a temas que gue. Senar/MS, Sicredi, Sindicato ças e adolescentes de escolas falam sobre cuidados com a â&#x20AC;&#x153;NĂłs vemos a Taurus como Rural, Taurus e Unigran.


Dourados, sĂĄbado/domingo 12/13.5.2018 O PROGRESSO

COLUNA DA ADILES Adi Adiles do Amaral Torres

EXPOSIĂ&#x2021;Ă&#x192;O FOTOGRĂ FICA

adiles@progresso.com.br

â&#x20AC;&#x153;Que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa prĂłpria substância.â&#x20AC;? Simone de Beauvoir

2.LNĂ&#x201A;R5HVWDXUDQWHDSUHVHQWRXDRVVHXVFOLHQWHVXPDH[SRVLĂ?Ă&#x201A;RIRWRJUĂ&#x20AC;Ä&#x;FDTXHVHHQFRQWUDHPVHXHVSDĂ?RFXOWXUDORQGHUHODWDHPLPDJHQVDKLVWĂśULDHD LPSRUWĂ QFLDGD([SRDJURSDUDQRVVDFLGDGH&RPDQRVGHKLVWĂśULDHVWHHYHQWRPRELOL]DRFRPĂ&#x2019;UFLRDFXOWXUDHDWUDGLĂ?Ă&#x201A;RGRQRVVR(VWDGRTXHDFRQWHFH WRGRVRVDQRVDSDUWLUGDVHJXQGDVHPDQDGH0DLRQR3DUTXHGH([SRVLĂ?øHV-RĂ&#x201A;R+XPEHUWRGH&DUYDOKR$([SRVLĂ?Ă&#x201A;R)RWRJUĂ&#x20AC;Ä&#x;FDIRLGLYLGLGDHP(VWUXWXUD6KRZ3DUTXHGH'LYHUVøHV3URMHWR)D]HQGLQKD/HLOøHV/HLORGRP$JURGLQĂ PLFD([SRVLĂ?Ă&#x201A;RGH$QLPDLV-XOJDPHQWR3URYDV6WDQGVH5RGHLR$ H[SRVLĂ?Ă&#x201A;RÄ&#x;FDUĂ&#x20AC;DEHUWDDWĂ&#x2019;GLD

Jasmine Pietramale Bovo

Jasmine, Liana e Murilo

VinĂ­cius e Roberta

Paulo e Jasmine

A Leiloboi LeilĂľes Rurais este ano irĂĄ realizar trĂŞs grandes leilĂľes na 54ÂŞ Expoagro. Hoje o 24ÂŞ LeilĂŁo Elite 4R, dia 14 o 19Âş LeilĂŁo Mulheres do Cone Sul e no dia 19 o 15Âş LeilĂŁo Elite Ribalta MAS. Na foto, Carlos GuaritĂĄ HRVÄ&#x;OKRV)UHGHULFRH&DUOĂ&#x201A;R*XDULWĂ&#x20AC;

MĂ&#x192;E

Evânia, Lucio (pres. Sincato Rural de Dourados), Jasmine e Liana Cristiano, Adair e Claudio

MĂŁe, corpo santuĂĄrio Que abriga nas entranhas 8PDQRYDYLGDDÄ RULU E o coração a sorrir

Aparecido Frota e Jasmine

Na doce sublime espera 9 meses vĂŁo passar Em holocausto, seu corpo Nova vida preparar Eis que nasce a criatura TĂŁo esperada em amar Ă&#x2030; como um botĂŁo de rosa Nova vida a despontar Jasmine, Liana, Gleiber e Carla

MĂ´nica, Karla, Jasmine, Tainara e Danubia

Dr Ailton Stropa e Sumara

O tempo vai se passando Noite ternas, sem dormir Em cuidados e desvelos A vida sempre a aurir JĂĄ crescida e bem esbelta ela jĂĄ sabe falar Sua primeira palavra Ă&#x2030; mamĂŁe a pronunciar

Michael, LĂşcio DamĂĄlia, Tarso e Gilberto

Ozair, Evânia, Jasmine e NÊlida

Jasmine, Ozair e Estanislau PARA SUA MĂ&#x192;E Na "Thenda Art" vocĂŞ encontra presentes diferenciados para agradar sua mĂŁe e a Ăłtimos preços. VĂĄ conhecer e constate, Ă Rua CuiabĂĄ, 2129 ao lado da Maçonaria Centro. RESTAURANTE MONTE LĂ?BANO Se vocĂŞ gosta de comida ĂĄrabe a Casa Monte LĂ­bano tem delĂ­cias, vĂĄ conhecer e saborear, Ă  Rua Joaquim Teixeira Alves, 1214.

)HOLFLGDGHVDDGYRJDGDGUD 1HOOL%HUQDUGRTXHDQLYHUVDULDKRMHUHFHEHQGRRFDULQKR da mĂŁe Sula e das irmĂŁs Neide, Neusa e Noemia

ParabĂŠns a Rozalina Mathias, auxiliar de FR]LQKDGR/DUGR,GRVR TXHDQLYHUVDULDQHVWH domingo

Sidney Vargas, proprietĂĄrio da Aço )RUWTXHRIHUHFHIHUURHDĂ?RGH qualidade, atendendo Dourados HUHJLĂ&#x201A;RÂżUXD&RURQHO3RQFLDQR )RQH  

DATAS Hoje, Dia dos Santos Nereu; Aquiles e Pancråcio; Dia do Enfermeiro; Fundação em 1959 do Sindicato dos Metarlúgicos de São Bernardo do Campo.

Em quanto ela ĂŠ criança E ainda carente de amor EstĂĄ juntinho daquela Que lhe dĂĄ paz e calor 'HSRLVÄ&#x;FDLQGHSHQGHQWH E o mundo jĂĄ lhe sorri Deixando a Ăşltima boneca E da mĂŁe vai prescindir Muitas delas em ouvido Da mĂŁe nem se lembram mais 3RLVQDYLGDMĂ&#x20AC;VĂ&#x201A;RÄ&#x;UPHV E de tudo sĂŁo capaz Esqueceram-se daquela Que a vida lhe doou E quando lembram ĂŠ tarde Porque a morte jĂĄ a levou. Adiles do Amaral Torres


O PROGRESSO

Dourados, sábado/domingo 12/13.5.2018

1

Imóveis

2

Apartamentos

3

CLASSIFICADOS

Veículos e utilitários

4

Veículos importados

5

Motos

6

Diversos

7

Telefones

8

Empregos e oportunidades


CLASSIFICADOS

2

O PROGRESSO

Dourados, sábado/domingo 12/13.5.2018

1

60909

517 HECTARES

R$ 60mil. 99996-4845/ 99210-5078

Vendo ou troco, chacara c/ 2.500m², ótima casa proximo á Rua Potrerito asfalto, ótima localização, contato:99240-7948

Em Por to Mur tinho-MS, R$5.200,000,00 Em Pecuária.

81725

P a n a m b i - M S , R$2.000,000,00 em lavoura. Tel:(67)99933-6060

JD. ÁGUA BOA Edicula c/ 2 qtos. Dina. 99672-0801 R$180.000,00 Creci-4510 81462

JD. MÔNACO 380 MIL

Casa-Aluga 82169

ALUGO CASA 01 sla, 02 qtos, wc, coz, área de serviçi e quintal, R. Adroaldo pizzini nº1.576-centro (67)999556124 82054

CASA DE LAJE 5 PEÇAS Próximo Atacadão, com garagem. Tel:99921-3737 82181

CASA SALA COMERCIAL Rua: Quintino Bocaiuva-centro, casa c/ espaço comercial. R$700,00 Creci-654-J F.3421-4711 82095

JD. STO ANDRÉ 03 qtos, sl, copa coz. gar. Tel:98409-4323 82107

KETINET FLÓRIDA 2 R$390,00 boa localização. 99956-7789 82178

KITINET CENTRO AV. Weimar Gonçalves Torres. qtos, sla, coz, wc, ár. serv. R$580,00 Creci-654-J F. 3421-4711 82068

KITINET JD.COLIBRI Sla, coz, wc. c/ box, 02 qtos, garagem. Tel:996398364

Casa-Venda 81928

1ºPLANO ESQUINA

Piscina, 01 suite, 03 qtos, porcelanato, blindex, esp. gourmet. Creci-680-J Tel:99902-9118. 81935

ALTOS DO INDAIÁ

270 m² terreno, 52 m² const. R$165 mil. Creci-680-J Tel:99902-7676 81926

BNH-3ºPLANO

Rua Anibal Pavão nº3.250 c/3 qts, esq. toda murada, linda. 99852-0770- Luiz Carlos 82198

81922

BONITO-M/S 550MIL Troca por imóvel em Dourados, Creci-680-J Tel:99902-7676 82106

CASA 77M²

81895

MINHA CASA M. VIDA Jd. Pelicano, Creci-6862-J Tel:3421-0034 82177

NOVA DOURADO 165MIL Próx. a escola Caic. Dina 99672-0801 Creci 4510

PQ ALVORADA 550 MIL C/ 03 suites, coz, salas, esc. A. Ser v. todos com moveis planejados. Imob. Gondim Creci-6862-J Tel: 3421-0034 ou 99971-1320 82179

1 apto, 2qts, ter reno 360m². Dina 99672-0801 Creci 4510 82097

PRÓX. HAYEL B. FAKER W-1 c/edicula no fundo, R$280 mil. 99941-7569 81924

PRÓX. HOSP. STA RITA 375 m² terreno, 206m² const. Creci-680-J Tel:99902-7676 81903

SOBRADO SANTA FÊ R. Benjamim Oshiro nº385 esquina c/ R. Eduardo C. Souza, c/ moveis planejado parte. Imob. Gondim Creci-6862-J Tel:3421-0034 82144

TRES LAGOAS 150 MIL 2 casa no mesmo terreno, todo murado c/ grade, ótima localização, Bairro Quinta da Lagoa. Rua:Bruno Garcia nº3.740 á 50 mts do asfalto. Tel:3421-2708 / 99813-4867 ou 999484728.

VILA MAXWEL SOBRADO 01 suíte, 2 qts. Dina 996720801 Creci 4510 82180

VILA TOSCANA 2qts. Dina 99672-0801 Creci 4510

CASA C/ 05 PEÇAS

5 HEC. PRÓX. Á VILA

82131

CASA ECOVILLE 1 Excelente casa alto padrão, 03 salas, 04 suites. 996060244 80406

CASA VL SÃO PEDRO Proximo Posto de saude. 99947-8220 OU 996556399

Comercial - Aluga 80846

SALÃO COMERCIAL 450 m², BR-163 Vila Vargas. 99933-6060 82083

SALAS COMERCIAL No Centro, p/ clinica, consul., escrit. 99971-1250

1000 HECTARES

82104

1500 HA EM JARDIM MS Área plana p/ lavoura. 99616-5617 Creci-797-J 82149

160 HECTARES

Vargas, R$250 mil. Creci-680-J Tel:99902-7676 81626

ARRENDA: VILA VARGAS 1 chác. c/casa, barracão, pom. pisc. conf. leiteria. 99933-6060 81854

CHÁCARA BARREIRINHO Km1.2 á esquerda, área 38.620 mts, c/ casa energia, poço, 03 tanques. ótimo p/ eventos. 99607-8936

81893

PROMOÇÃO DE LOTES

Novo Parque Alvorada. Entrada + 72 parcelas fixas sem juros. Imob. Gondim Creci-6862-J Tel:3421-0034 ou 99971-1320

82153

550 HECTARES Em Nova Alvorada do Sul-MS, R$11.550,000,00 c/ plantio de cana. 999336060 82157

560 HECTARES

ARRENDA-SE 01 FAZ. Em Nova Alvorada do sul, 242 hectares. 99933-6060 ou 99628-5674 81769

De Lavoura em Nova Alvorada do Sul. (67)99933-6060 ou (67)99628-5674 82201

Em Bonito-MS, R$7.000,000,00 Em Pecuária. 99933-6060

MATA NATIVA

81896

AO LADO MÃO DO BRAZ Terra Dourada Creci-6862-J Tel:99971-1320 81917

AV. MARCELINO PIRES

20x64=1.280m², grande opor tunidade unica, Imob. Gondim Creci-6862-J Tel:3421-0034 plantão-99971-1320 82171

CAMPO DOURADO 200M²

Junto a Rodovia. dá financiamento. aceito veiculo menor valor. R$55 mil reais. Tel:99942-5855 81585

P/ Reserva legal c/ Certificação. Tel: 99817-5770 82093

TERRA PARA LAVOURA Arrendo 165 ha. por 5 anos, 30 km de Dourados. Fone:99637-4411

ECOVILLE I 420 M² Ecoville i 18x23,29. Fone: 99967-7814 82101

ESQUINA-NOVO Horizonte 14x30 Creci-680-J. 99902-7676 82163

82189

Em Douradina-MS, R$4.200,000.00 em lavoura. Tel:99933-6060 82158

165 HECTARES Em Nova Alvorada do Sul-MS, R$2.500,000,00 em Pecuária.99933-6060 82150

30 HECTARES Em Douradina-MS, R$550.000,00 em lavoura. Tel:99933-6060 82155

350 HECTARES Em Nova Alvorada do Sul-MS R$7.000,000,00 em Pecuária. 99933-6060 82151

36 HECTARES Em Itaporã-MS, R$15 mil sacas de soja. Tel:999336060 82148

37 HECTARES Vila Sapé-MS, R$800.000,00 em lavoura. Tel:99933-6060 82156

81929

550 HECTARES

ARRENDA-SE 300 HECT. 82159

PROMOÇÃO DE LOTES

Santa Fê imperdivel. Entrada + 72 parcelas fixas sem juros. Imob. Gondim Creci-6862-J Tel:3421-0034 ou 99665-0492

Em Nova Alvorada do Sul-MS, R$11.550,000,00 c/ plantio de cana. 999336060

81826

Fazendas

81894

82154

82135

SALÃO COMERCIAL

Jd. das Palmeiras imperdivel, entrada+ 84 parc. fixas sem juros. Imob. Gondim Creci-6862-J Tel:3421-0034 ou 99971-1320

82146

Comercial - Venda

R. Eulalia pires, R$220,000,00 Tel:996559983

82016

PROMOÇÃO DE LOTES

54 HECTARES

Em Nova Alvorada do Sul-MS, R$7.000,000,00, em Pecuária. 99933-6060

PQ. ALVORADA 250 MIL

Chácaras

R$105.000,00 á negociar. 99829-0033 ou 998366896

Próximo Trevo de Indapolis, R$120,000,00 Tel: 996021508

81902

D o c u m e n t a d a , Va l o r R$150,00 F.67-998087717 81989

CHÁCRINHAS 3.325M²

JD.MANOEL RASSALEN Vendo casa 03 qtos, Rua Irapuru nº1675, Tel:999723791

82182

02 qtos, R$230 mil. Creci-680-J Tel:99902-7676

82160

CHÁCARAS CALIFORNIA

82173

Imóveis

82165

EDÍCULA ÁGUA BOA

400 HECTARES

Em Nova Alvorada do Sul-MS, R$6.500,000,00 port. fechada, em Pecuária. 99933-6060 82105

420 HA EM BONITO

Área p/ Agropecuaria, boa água, ótimo preço. 996165617 Creci-797-J 82145

497 HECTARES V i l a Va r g a s -MS,R$16.500,000,00 c/ plantio de cana. (67)999336060.

VENDO FAZENDAS

JARDIM FLORIDA 2

Dina 99672-0801 Creci 4510

R. Alan. Kardec, 300m², só R$90.mil. 99971-3166

Sítios

81898

JARDIM PELICANO 81822

ARRENDA-SE 30 hectares em Itaporã-MS. 99933-6060 81823

ARRENDA-SE 60 HECT. Em Sirdrolândia-MS. 999336060 82164

PARQUE DAS NAÇÕES 1 Rua: Ur uguay nº 515, 1.800m². 99971-3166

82092

JD BONANZA I Vendo ou troco por carro. 99921-3737 82186

JD CRISTAIS PARC. Dina 99672-0801 Creci 4510 81901

JD. DAS PALMEIRAS

Ao lado do Ecoville Creci-6862-J Tel:3421-0034

Terrenos

JD. GIRASSOL

12X44 BONANZA

400 m², R$200 mil R. General Câmara. Creci—J. 99902-7676

Murado. AV.Principal, 03 qd. BR-463. Tel: 99931-8858

JD. GUAICURUS 55MIL

81889

16.750M² ATRÁS DO Ecoville- prolongamento da albino torraca. Entrada+ 35 parcelas, pagamento facilitado. Guilherme-99627-2476 82130

A. PAINEIRAS-600M² Ótimo preço, opor t. Creci-8675. Tel.99953-2850 82204

ALTO DO INDAIA 4.200 m², 08 terrenos continuos c/ 15x35m², cada. Rua Mario F. Rodrigues nº1940. Tel: (11)985457440 ou (81)99924-3003.

1.576m², próx. Rua Rangel Tor res. Creci-680-J Tel:3422-7676 82064

RES. MONTE CARLO

1.608,75m², 03 terrenos continuo c/ 16,5x32,5m² cada. Rua João A. Rocha á 48,75 mts da Rua MC-12. Tel:(11)98545-7440 ou (81)99924-3003 81573

SITIÒCA BELA VISTA

1000 m² a 100 mts do asf. R$80 mil. (67)99996-8923 82051

SITIOCA OURO FINO Vendo 1000 m². 999225966 ou 99965-8396

82187

Ve n d o A p t o 1 º a n dar, aceito carro. cont. 98132-4161-Helio

R$ 29 mil. 2014 branco, controle volante. 996641202

82170

ED. PADOCK COBERTURA Aceita imóvel c/ forma pagamento, Imob. Gondim Creci-6862-J. Tel:999711320 81900

ED. PLAZA

TERRENO 12X30

82100

R$25 mil. 99616-3094 81721

230.000 m², própria para Loteamento perto do Jardim Mônaco. Tel: (47)99928-2326.

VENDO TERRENO

82006

Em Cruzaltina 12x30 c/ água e energia, R$25.000,00. Trtr. 99214-8234 72531

VILA TOSCANA

Área comercial 12x30, ac. carro 99121-4616 82096

2

Imob. Gondim Creci-6862-J Tel:3421-0034 ou 999711320 81503

OPORTUNIDADE R$160.000, 02 qtos, elevador próx. Unigran Creci-3055. Luiz Masson-99951-7641 82188

VENDO APARTAMENTOS 99672-0801 Dina, Creci 4510.

3

MONTE CARLO 495M² R$ 85 mil. Asfalto pago. Dina 99672-0801 Creci 4510

82184

MONTE CARLO 625M² Esquina, R$ 160 mil. Dina 99672-0801 Creci 4510

82103

PORTO ROYALE R$65 mil+ parcelas, 268 m², Creci-680J. 99902-7676

Aut. + couro, impecavel, part. 99803-7291

Mitsubishi 82109

Peugeot 82094

PEUGEOT-206 COMPLETO Vendo ou troco, R$5.000,00 F.99962-4603-Arlei

Chevrolet

Toyota 82196

CELTA 08/09 R$15.500 Prata, 2 pt. ar+direcão, pneus, som. F.99957-5063

Fiat 82191

PALIO FIRE 2011/2012 04 portas, ar+direção, prata. 99972-7120 82190

UNO WAY MOD.NOVO

82012

COROLLA 13/14 GLI Automatico, kit mult. câmara de rè, rabicho banco couro, farol de milha cor prata. 75 mkm. R$55.000,00 Tel:99874-9813 82194

COROLLA XEI 17/18 Prata, unico dono, 5 mil km . 99972-8474 82195

ETIOS 1.3 15/15

12/12 completo, 70 mkm. 99972-7120

Completo, prata, 1º dono, R$35.000,00. 98127-9063

Ford

HILLUX 13/13

82128

82129

ECO SPORT 2008

2012 por S-10 flex LTZ 2013. 99933-6060

Prata, completa. 999711525

6

Diversos

Utilitários

JD.ALTA DA BOA VISTA 82183

81991

FIT HONDA EXL 15/15

Veículos e utilitários

81824

82108

12x27= 324 m², 999744600

Motor novo, aut. couro, R$21.000,00. Tel:996559983

Branco, 36 mkm, particular. 99974-4600

TROCA-SE 1 FORD KA

Dina 99672-0801 Creci 4510

82134

CIVIC 05/05

OUTLANDER 15/16 2.0

Preto , completo. 999711525

Apartamentos

Honda

81897

EDIFICIO PADDOCK

W-3 12X30 R$180 MIL Próx. ABV-Hayel b. Faker, murado. 99941—7569

4

Veículos importados

R. Humberto de Campos nº1215 c/ elevador Creci-6862-J Tel:3421-0034 ou 99971-1320

82098

Na Av. Weimar G. Torres nº 5000, próx. á Concessionária - JEEP. 17,50 x 40=700 m², Vlr. R$790 mil, Estuda proposta. Tel:99137-0524 / 99199-0646 ou 3422-7379.

81139

GOL GERAÇÃO 06 1.0

TERRENO COMERCIAL

VENDO ÁREA NOBRE

Lotes c/ 450m², R$65 mil Creci-6862-J Tel:3421-0034

82102

81418

R. MONTE ALEGRE

81925

81990

APTO. VILA BELA

82161

Apto-Venda 82074

APTO VENDO”DOURADOS” Excelente apartamento próximo a shopping, supermercado, rodoviaria. de 102.76m² com 02 quartos, 02 wc, sl, de estar/jantar, cozinha e area de serviço, 01 vaga garagem. R$320.000,00 Tel:99207-6644.

S-10 EXECUTIVE 10/11

81744

1 GARAPEIRA MÓVEL

Prata, R$56 mil. 999716335

Com cober tura. 999522313.

Volksvagem

ALUGA CAMA ELÁSTICA

82127

GOL 14/015

Prata, completo. 999711525

82126

GOL 14/15 COMPLETO

Prata. 99971-1525

655

Cama elástica e mesas, 99604-3056/ 99967-8993 766

AR / ELETRICIDADE Instalações e manutenções e elétrica. Tel. 9136-0018(CLARO) / 98319067(VIVO). C/ Edvaldo.


CLASSIFICADOS

3

O PROGRESSO

Dourados, sĂĄbado/domingo 12/13.5.2018

EDITAL DE INTIMAĂ&#x2021;Ă&#x192;O DE TERCEIROS INTERESSADOS - Local de Comparecimento: 2ÂŞ Vara Federal de Dourados, 2ÂŞ Subseção JudiciĂĄria de Mato Grosso do Sul - Dourados/MS - Rua Ponta PorĂŁ, 1875, Dourados - MS. Prazo do Edital: 10 (dez) dias O Doutor RUBENS PETRUCCI JĂ&#x161;NIOR, Juiz Federal Substituto, nos termos do artigo 34 do Decreto-Lei 3.365/1941, FAZ SABER a todos quantos o presente Edital virem ou dele conhecimento tiverem e a quem interessar possa, em especial, EVENTUAIS TERCEIROS INTERESSADOS, que nesta 2ÂŞ Vara Federal de Dourados-MS, situada na Rua Ponta PorĂŁ, 1875, Dourados-MS, tramitam os autos da AĂ&#x2021;Ă&#x192;O DE DESAPROPRIAĂ&#x2021;Ă&#x192;O N. 5000262-46.2018.4.03.6002, que a CONCESSIONĂ RIA DE RODOVIA SUL-MATOGROSSENSE S/A, CNPJ 19.642.306/0001-70, move contra CANDIDO CORDEIRO DOS SANTOS, CPF 469.840.627-72, e ADELAIDE TIEMANN DOS SANTOS, tendo por objeto a desapropriação de 3,568699ha do imĂłvel objeto da matrĂ­cula 181 do CartĂłrio de Registro de ImĂłveis de Nova Alvorada do Sul/MS, localizado na Rodovia BR - 163, KM 284+500m, pista norte, zona rural, Nova Alvorada do Sul/MS, denominada Fazenda GalpĂŁo dos Candinhos, cujo depĂłsito inicial referente Ă indenização provisĂłria realizado pela expropriante ĂŠ de R$84.631,00(oitenta e quatro mil, seiscentos e trinta e um reais), e se encontra depositado em JuĂ­zo, poderĂĄ ser levantado pela parte expropriada apĂłs cumprida a regra do artigo 34, do Decreto-Lei n. 3365/1941. O prazo para eventual manifestação ĂŠ de 10 (dez) dias, contados do prazo final deste Edital, nos termos da decisĂŁo ID 4820845 nos autos acima mencionados. O presente serĂĄ publicado e afixado na forma da lei. Dado e passado, nesta Cidade Dourados, 06 de abril de 2018. Eu, Mariana Sabino Doreto, TĂŠcnica JudiciĂĄria, RF 7394, digitei e conferi. RUBENS PETRUCCI JĂ&#x161;NIOR - Juiz Federal Substituto. Dourados/MS, 6 de abril de 2018.

8

O contratante deverĂĄ solicitar referĂŞncias do contratado.

Empregos e oportunidades

O contratante deverĂĄ solicitar referĂŞncias do contratado.

24219

CERCA ELĂ&#x2030;TRICA Vendo por metro, e motor de portĂŁo, interfone. 999964845. 82132

DINHEIRO PERDIDO Cobrança, investigação, cheques, duplicatas, contratos, localização de pessoas, em todo Brasil. (67)999812300 81182

ELETRICISTA Instalaçþes, manutençþes e montagem de padrão. Aceito Cartþes. Tel: 99943-8856-Rodrigo. 56019

FRETE E MUDANĂ&#x2021;A Erisvaldo. 99699-4974 ou 3424-0386 82055

MOTOR P/ PORTĂ&#x192;O Câmara, alarme. 999964845 82172

POSTE DE CUMARU 04 quadradinhos 30x30 de 3m de cumaru R$600,00 cada um . Fone:999711773 81613

VENDO PONTO DE ESQ. Bar e Petiscaria Centro de Dourados, montado pronto p/ trabalhar. Contato: 99680-0176

Implementos AgrĂ­colas 82002

VENDE 3 PLANTADEIRAS 01 semeato de 08 linhas plantio direto e 01 semeato de 05 linhas, 01 semeadeira 13 linhas Jumil. 99933-6060

FIQUE ATENTO Alguns oportunistas estão ofertando emprego por meio de anúncios nesse espaço, cobrando pelo cadastro e exigindo dados pessoais dos candidatos. Fique atento para os anúncios de oferta de emprego e, na dúvida, procure informação diretamente com o futuro empregador. Não pague por cadastro. Não caia em golpe! 81962

CONTRA-SE CASAL Ela Secretåria em Escritório c/ exp. e Ele em serviços gerais. 99655-4076 ou 99675-6462-Gaucho. 82175

CONTRATA-SE Instrutor de Ingles acima de 23 anos, ensino superior completo ou cursado. Enviar Curriculo:empregoscebracd ourados@gmail.com 82174

CONTRATA-SE

ATENĂ&#x2021;Ă&#x192;O LEITOR GOLPISTAS estĂŁo postando anĂşncio nesse espaço se oferecendo para trabalhar como diarista ou domĂŠstica e quando sĂŁo contratadas acabam praticando furtos em residĂŞncias ou empresas. Antes de contratar qualquer pessoa por meio de anĂşncio, procure se informar junto Ă PolĂ­cia Civil sobre os antecedentes da pessoa interessada na vaga. O jornal O PROGRESSO nĂŁo tem qualquer responsabilidade sobre o comportamento ĂŠtico das pessoas que anunciam em seu classiďŹ cado. 82089

QUERO TRABALHAR Cuidadora de idosos ou babĂĄ de recem nascidos. 99816-9066 82123

QUERO TRABALHAR AviĂĄrio convencional ou Dark c/ exp. e boas ref. 99818-2977 82116

QUERO TRABALHAR Trabalho de Motorista- categoria (E) Tel:99995-9179 ou 98457-1239 82117

QUERO TRABALHAR Menor aprendiz- Marlon Fernando Santos. 9.84571239 ou 99995-9179 82200

QUERO TRABALHAR

Instrutor de Admistração, acima de 23 anos, ensino superior completo. Enviar Curriculo: empregoscebracdourados@gmail.com

DomĂŠstica de segunda ĂĄ sexta, diarista ou aux.liar de cozinha. 99891-2729

82162

Cozinheira geral com pratica e referĂŞncia para fazenda que tenha estrutura. para morar. Solange (67)998280650

CONTRATA-SE Copeiro com experiĂŞncia. 3421-4162 82176

CONTRATA-SE Vendedora e Operadora de Caixa com experiĂŞncia. Enviar curriculo:rose.rik@ uol.com.br

82119

QUERO TRABALHAR

82120

QUERO TRABALHAR Auxiliar de coz. p/ residĂŞncia Restaurante e Fazenda. (67)99999-4727-Vera Lucia

82121

QUERO TRABALHAR Casal se ďŹ lhos procura trabalho em fazenda, exp. c/ lida de gado. 99683-9287

Diarista, atendente de FarmĂĄcia- 99824-1230 82122

Diarista empregada domèstica. 37 anos. 99865-8295 82192

QUERO TRABALHAR Diarista- Tatiane Barros 99699-8527 82124

QUERO TRABALHAR Caseiro na fazenda leiteria ou pesqueiro, exp. com trator. 99660-4673-Jorge 82115

QUERO TRABALHAR Aux. de Serralheiro ou serviço gerais. 99907-1614 82142

QUERO TRABALHAR Diarista ou faxineira, c/ passe de onibus, reside em ItaporĂŁ. (67)99816-0577 81978

QUERO TRABALHAR De auxiliar de cozinha, atendente, diarista, babĂĄ ou passar roupas para familia. moro no Parque Alvorada. Rosi-99658-8799 82143

QUERO TRABALHAR Jailson Ferreira Avalino se oferece p/ fazer diarias de servente, aux. de mecanico, aux. de garson, c/exp. calha de gesso ou serviços gerais. 99888-9965-whats. 82166

QUERO TRABALHAR DomĂŠstica, diarista, ou cuidar de idosos ou em fazendas. disponivel p/ morar no emprego. c/ exp. e ref.99844-9532 82203

QUERO TRABALHAR Edimara Oliveira Paiva, procura serviço de Diarista todoas os dias c/ referência. F.99924-0295

De Loja-CNH- AB, 2Âş Grau, enviar curriculo para: curriculos. multicorestintas@gmail.com

Procura-se Emprego 82091

QUERO TRABALHAR

Diarista c/ ref. e disponibilidade na terça-feira. 99639-4746 82090

QUERO TRABALHAR

Diarista, mensalista predios, apar tamentos, limpezas em geral, tem referĂŞncia. 99893-8106 ou 99945-5794

'(&5(721Â&#x17E;'('(0$,2'(   PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA Resultado de Licitação O MunicĂ­pio de Douradina/MS, torna publica aos interessados, os seguintes resultados: PregĂŁo Presencial: 30/2018. Objeto: Seleção de proposta mais vantajosa para a Administração PĂşblica, perante Microempresas (ME), Empresas de Pequeno Porte (EPP) ou Microempreendedores Individuais (MEI), assim definidos pelo art. 3Âş e 18-A, §1Âş, da Lei Complementar 123/2006, objetivando a aquisição de jogos didĂĄticos para que possa ser feito um trabalho de prevenção e conscientização nas escolas sobre o mosquito Aedes aegypti, em conjunto com a vigilância SanitĂĄria e equipe da saĂşde (Enfermeiras), em atendimento a Secretaria Municipal de SaĂşde do MunicĂ­pio de Douradina - MS, em conformidade especificaçþes contidas na proposta de preços Anexo I e no termo de referĂŞncia Anexo II deste Edital. Vencedor: EDITORA BRASILEIRA PEDAGOGICA LTDA EPP R$ 20.335,00 Douradina - MS 09 de maio de 2018. LUCIANA COSTA OREJANA TRINDADE - Pregoeira Termo de Adjudicação Nos termos do Art. 4Âş, Inciso XX da Lei Federal 10.520/02 o Prefeito Municipal, decidiu por adjudicar o objeto do PregĂŁo Presencial NÂş 30/2018. Vencedor: EDITORA BRASILEIRA PEDAGOGICA LTDA EPP R$ 20.335,00 Douradina - MS 09 de maio de 2018. JEAN SĂ&#x2030;RGIO CLAVISSO FOGAĂ&#x2021;A â&#x20AC;&#x201C; Prefeito Termo de Homologação Nos Art. 4, inciso XXII da Lei Federal nÂş 10.520/02, o prefeito municipal, homologa o objeto do pregĂŁo presencial 30/2018. Objeto: Seleção de proposta mais vantajosa para a Administração PĂşblica, perante Microempresas (ME), Empresas de Pequeno Porte (EPP) ou Microempreendedores Individuais (MEI), assim definidos pelo art. 3Âş e 18-A, §1Âş, da Lei Complementar 123/2006, objetivando a aquisição de jogos didĂĄticos para que possa ser feito um trabalho de prevenção e conscientização nas escolas sobre o mosquito Aedes aegypti, em conjunto com a vigilância SanitĂĄria e equipe da saĂşde (Enfermeiras), em atendimento a Secretaria Municipal de SaĂşde do MunicĂ­pio de Douradina - MS, em conformidade especificaçþes contidas na proposta de preços Anexo I e no termo de referĂŞncia Anexo II deste Edital. Vencedor: EDITORA BRASILEIRA PEDAGOGICA LTDA EPP R$ 20.335,00 Douradina - MS 09 de maio de 2018 JEAN SĂ&#x2030;RGIO CLAVISSO FOGAĂ&#x2021;A â&#x20AC;&#x201C; Prefeito Resultado de Licitação O MunicĂ­pio de Douradina/MS, torna publica aos interessados, os seguintes resultados: PregĂŁo Presencial/SRP: 32/2018. Objeto: Seleção de proposta mais vantajosa para a Administração PĂşblica, perante Microempresas (ME), Empresas de Pequeno Porte (EPP) ou Microempreendedores Individuais (MEI), assim definidos pelo art. 3Âş e 18-A, §1Âş, da Lei Complementar 123/2006, objetivando a aquisição de MATERIAIS DE PROCEDIMENTOS HOSPITALARES em atenção Ă s necessidades da Secretaria Municipal de SaĂşde de Douradina MS, com fornecimento parcelado, conforme Anexo II Termo de ReferĂŞncia. Vencedor: DU BOM DISTRIBUICAO DE PRODUTOS MEDICO-HOSPITALAR R$ 23.987,30 AGUIA DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS E SUPRIMENTOS R$ 24.059,76 ASSUNCAO & MORETTO LTDA R$ 7.856,29 BRASMED COMERCIO DE PRODUTOS HOSPITALARES EIRELI R$ 282,55 CIRURGICA MS LTDA R$ 95,00 COMERCIAL MARK ATACADISTA EIRELI ME R$ 12.306,00 HIDRAMED COM. DE PRODUTOS MEDICOS HOSPITALARES LTDA R$2.423,60 M S SAUDE DISTRIBUIDORA DE MATERIAL HOSPITALARES LTDA 866,80 ODONTOMED CANAA LTDA R$ 6.833,48 Douradina - MS 09 de maio de 2018. LUCIANA COSTA OREJANA TRINDADE - Pregoeira Termo de Adjudicação Nos termos do Art. 4Âş, Inciso XX da Lei Federal 10.520/02 o Prefeito Municipal, decidiu por adjudicar o objeto do PregĂŁo Presencial SRP NÂş 32/2018. Vencedor: DU BOM DISTRIBUICAO DE PRODUTOS MEDICO-HOSPITALAR R$ 23.987,30 AGUIA DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS E SUPRIMENTOS R$ 24.059,76 ASSUNCAO & MORETTO LTDA R$ 7.856,29 BRASMED COMERCIO DE PRODUTOS HOSPITALARES EIRELI R$ 282,55 CIRURGICA MS LTDA R$ 95,00 COMERCIAL MARK ATACADISTA EIRELI ME R$ 12.306,00 HIDRAMED COM. DE PRODUTOS MEDICOS HOSPITALARES LTDA R$2.423,60 M S SAUDE DISTRIBUIDORA DE MATERIAL HOSPITALARES LTDA 866,80 ODONTOMED CANAA LTDA R$ 6.833,48 Douradina - MS 09 de maio de 2018. LUCIANA COSTA OREJANA TRINDADE - Pregoeira Termo de Homologação Nos Art. 4, inciso XXII da Lei Federal nÂş 10.520/02, o prefeito municipal, homologa o objeto do pregĂŁo presencial SRP 32/2018. Objeto: Seleção de proposta mais vantajosa para a Administração PĂşblica, perante Microempresas (ME), Empresas de Pequeno Porte (EPP) ou Microempreendedores Individuais (MEI), assim definidos pelo art. 3Âş e 18-A, §1Âş, da Lei Complementar 123/2006, objetivando a aquisição de MATERIAIS DE PROCEDIMENTOS HOSPITALARES em atenção Ă s necessidades da Secretaria Municipal de SaĂşde de Douradina MS, com fornecimento parcelado, conforme Anexo II - Termo de ReferĂŞncia. Vencedor: DU BOM DISTRIBUICAO DE PRODUTOS MEDICO-HOSPITALAR R$ 23.987,30 AGUIA DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS E SUPRIMENTOS R$ 24.059,76 ASSUNCAO & MORETTO LTDA R$ 7.856,29 BRASMED COMERCIO DE PRODUTOS HOSPITALARES EIRELI R$ 282,55 CIRURGICA MS LTDA R$ 95,00 COMERCIAL MARK ATACADISTA EIRELI ME R$ 12.306,00 HIDRAMED COM. DE PRODUTOS MEDICOS HOSPITALARES LTDA R$2.423,60 M S SAUDE DISTRIBUIDORA DE MATERIAL HOSPITALARES LTDA 866,80 ODONTOMED CANAA LTDA R$ 6.833,48 Douradina - MS 09 de maio de 2018. JEAN SĂ&#x2030;RGIO CLAVISSO FOGAĂ&#x2021;A â&#x20AC;&#x201C; Prefeito

 Resultado de Licitação O MunicĂ­pio de Douradina/MS, torna publica aos interessados, os seguintes resultados: PregĂŁo Presencial/SRP: 33/2018. Objeto: Seleção de proposta mais vantajosa para a Administração PĂşblica, perante Microempresas (ME), Empresas de Pequeno Porte (EPP) ou Microempreendedores Individuais (MEI), assim definidos pelo art. 3Âş e 18-A, §1Âş, da Lei Complementar 123/2006, objetivando a aquisição de Material De Expediente, tais como : envelopes, pastas entre outros em atendimento as Secretarias Municipais do MunicĂ­pio de Douradina - MS, em conformidade especificaçþes contidas na proposta de preços Anexo I e no termo de referĂŞncia Anexo II deste Edital. Vencedor: COMERCIAL GALIPHE EIRELI ME R$ 115.038,40 LINDALVA MARTINS DOS SANTOS & CIA LTDA ME R$ 46.456,75 Douradina - MS 10 de maio de 2018. LUCIANA COSTA OREJANA TRINDADE - Pregoeira Termo de Adjudicação Nos termos do Art. 4Âş, Inciso XX da Lei Federal 10.520/02 o Prefeito Municipal, decidiu por adjudicar o objeto do PregĂŁo Presencial SRP NÂş 33/2018. Vencedor: COMERCIAL GALIPHE EIRELI ME R$ 115.038,40 LINDALVA MARTINS DOS SANTOS & CIA LTDA ME R$ 46.456,75 Douradina - MS 10 de maio de 2018. LUCIANA COSTA OREJANA TRINDADE - Pregoeira Termo de Homologação Nos Art. 4, inciso XXII da Lei Federal nÂş 10.520/02, o prefeito municipal, homologa o objeto do pregĂŁo presencial SRP 33/2018. Objeto: Seleção de proposta mais vantajosa para a Administração PĂşblica, perante Microempresas (ME), Empresas de Pequeno Porte (EPP) ou Microempreendedores Individuais (MEI), assim definidos pelo art. 3Âş e 18-A, §1Âş, da Lei Complementar 123/2006, objetivando a aquisição de Material De Expediente, tais como : envelopes, pastas entre outros em atendimento as Secretarias Municipais do MunicĂ­pio de Douradina - MS, em conformidade especificaçþes contidas na proposta de preços Anexo I e no termo de referĂŞncia Anexo II deste Edital. Vencedor: COMERCIAL GALIPHE EIRELI ME R$ 115.038,40 LINDALVA MARTINS DOS SANTOS & CIA LTDA ME R$ 46.456,75 Douradina - MS 10 de maio de 2018. JEAN SĂ&#x2030;RGIO CLAVISSO FOGAĂ&#x2021;A â&#x20AC;&#x201C; Prefeito

"Dispþe sobre a autorização para o comÊrcio abrir em dia e horårio especial e då outras providências."

  $ 35()(,7$ 081,&,3$/ '( )Ă&#x2C6;7,0$ '2 68/ 06 QR XVR GD DWULEXLomRTXHOKHFRQIHUHRLQFLVR9,,GRDUWLJRGD/HL2UJkQLFDGR0XQLFtSLR  

&RQVRDQWHDVROLFLWDomRHIHWXDGDSHOD$662&,$d­2 &20(5&,$/(,1'Ă&#x2019;675,$/'()Ă&#x2C6;7,0$'268/$&,)$6TXHUHLYLQGLFDD DEHUWXUDGRFRPpUFLRHPKRUiULRHVSHFLDOQRGLDGHPDLRGHViEDGR GLDTXHDQWHFHGHR'LDGDV0mHV  

'(&5(7$

 $UWÂ&#x17E; )LFD DXWRUL]DGD HP FDUiWHU IDFXOWDWLYR D DEHUWXUD GR FRPpUFLR HP KRUiULR HVSHFLDO QR GLD  GH PDLR GH  ViEDGR QR KRUiULR FRPSUHHQGLGRHQWUHKPLQHKPLQ  3DUiJUDIRĂ&#x2019;QLFR 2KRUiULRGHVFULWRQRcaputGHVWHDUWLJRVHUiHVWDEHOHFLGR PHGLDQWHFRPXPDFRUGRHQWUHDVSDUWHVRXVHMDHQWUHR HPSUHJDGRUHRHPSUHJDGRREVHUYDGDVDVGLVSRVLo}HVGD OHJLVODomRWUDEDOKLVWD  $UWÂ&#x17E; (VWH GHFUHWR HQWUD HP YLJRU QD GDWD GH VXD SXEOLFDomR UHYRJDGDV DVGLVSRVLo}HVFRQWUiULDV   

*$%,1(7( '$ 35()(,7$ 081,&,3$/ '( )Ă&#x2C6;7,0$ '2 68/ 06 HP GHPDLRGH

   ,/'$6$/*$'20$&+$'2 3UHIHLWD0XQLFLSDO

CUSTOS UNITĂ RIOS BĂ SICOS DE CONSTRUĂ&#x2021;Ă&#x192;O MĂ&#x160;S: ABRIL ANO: 2018 (NBR 12.721:2006 - CUB 2006)

Os valores abaixo referem-se aos Custos Unitårios Båsicos de Construção (CUB/m²), calculados de acordo com a Lei Fed. nº. 4.591, de ABRIL DE 2018 "Estes custos unitårios foram calculados conforme disposto na ABNT NBR 12.721:2006, com base em novos projetos, novos memoriais descritivos e novos critÊrios de orçamentação e, portanto, constituem nova sÊrie histórica de custos unitårios, não comparåveis com a anterior, com a designação de CUB/2006". "Na formação destes custos unitårios båsicos não foram considerados os seguintes itens, que devem ser levados em conta na determinação dos preços por metro quadrado de construção, de acordo com o estabelecido no projeto e especificaçþes correspondentes a cada caso particular: fundaçþes, submuramentos, paredes-diafragma, tirantes, rebaixamento de lençol freåtico; elevador(es); equipamentos e instalaçþes, tais como: fogþes, aquecedores, bombas de recalque, incineração, ar-condicionado, calefação, ventilação e exaustão, outros; playground (quando não classificado como årea construída); obras e serviços complementares; urbanização, recreação (piscinas, campos de esporte), ajardinamento, instalação e regulamentação do condomínio; e outros serviços (que devem ser discriminados no Anexo A - quadro III); impostos, taxas e emolumentos cartoriais, projetos: projetos arquitetônicos, projeto estrutural, projeto de instalação, projetos especiais; remuneração do construtor; remuneração do incorporador."

PROJETOS - PADRĂ&#x192;O RESIDENCIAIS PADRĂ&#x192;O BAIXO Projeto

R$/m²

5 33 5 3,6

1.127,61 1.053,44 1.003,51 777,39

PADRĂ&#x192;O NORMAL

var.% mĂŞs

-0,01% -0,02% -0,02% -0,01%

35()(,785$081,&,3$/'()Ă&#x2C6;7,0$'268/06 $9,62'(5(68/7$'2'(/,&,7$d­2 35(*­235(6(1&,$/1Â&#x192; 352&(662$'0,1,675$7,921Â&#x192; 2081,&Ă&#x2039;3,2'()Ă&#x2C6;7,0$'268/(VWDGRGH0DWR*URVVRGR 6XODWUDYpVGRSUHVLGHQWHGD&RPLVVmR3HUPDQHQWHGH/LFLWDomR WRUQD S~EOLFR R UHVXOWDGR GD OLFLWDomR QD PRGDOLGDGH 3UHJmR 3UHVHQFLDO QÂ&#x17E;  TXH YHUVD VREUH D &RQWUDWDomR GH HPSUHVD HVSHFLDOL]DGD SDUD LPSODQWDomR H PDQXWHQomR GH VLVWHPD LQIRUPDWL]DGR SDUD DV XQLGDGHV HVFRODUHV YLVDQGR DWHQGHU6HFUHWDULD0XQLFLSDOGH(GXFDomR(VSRUWH&XOWXUDH 7XULVPR GR 0XQLFtSLR GH )iWLPD GR 6XO 06 FRQIRUPH GHVFULomR QR $QH[R , TXH ID] SDUWH GR (GLWDO WHYH FRPR YHQFHGRUD D HPSUHVD *Ă&#x2021;1(6,6 &20e5&,2 ( 7(&12/2*,$ (,5(/,0(TXHSURS{VRYDORUPHQVDOGH5 TXDWURPLO HRLWRFHQWRVUHDLV H5 TXDWURPLOHTXDWURFHQWRVUHDLV  R YDORU SDUD ,PSODQWDomR GR VLVWHPD ILFDQGR 5  VHVVHQWDPLOUHDLV RYDORUWRWDOGDSURSRVWDSHORSHUtRGRGH  GR]H PHVHV )iWLPDGR6XO06GHPDLRGH 0$5&(/2),*8(,5('2'($/0(,'$ 3UHJRHLUR

Resultado de Licitação O MunicĂ­pio de Douradina/MS, torna publica aos interessados, os seguintes resultados: PregĂŁo Presencial: 38/2018. Objeto: O objeto da presente licitação ĂŠ a Seleção de proposta mais vantajosa para a Administração PĂşblica, perante Microempresas (ME), Empresas de Pequeno Porte (EPP) ou Microempreendedores Individuais (MEI), assim definidos pelo art. 3Âş e 18-A, §1Âş, da Lei Complementar 123/2006, objetivando a contratação de empresa especializada para prestação de serviços de arbitragem (equipe composta por ĂĄrbitros, apontadores e bandeirinhas) a serem executados em campeonatos que serĂŁo realizados pela SuperintendĂŞncia de Esportes no ano de 2018 em atendimento Ă Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes do MunicĂ­pio de Douradina - MS, em conformidade especificaçþes contidas na proposta de preços Anexo I e no termo de referĂŞncia Anexo II. Vencedor: LICITAĂ&#x2021;Ă&#x192;O DESERTA Douradina/MS 08 de janeiro de 2018. LUCIANA COSTA OREJANA TRINDADE â&#x20AC;&#x201C; Pregoeira

PADRĂ&#x192;O ALTO

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

R-1 PP-4 R-8 R-16

1.323,47 1.267,08 1.112,63 1.079,72

-0,01% -0,02% -0,02% -0,02%

R-1 R-8 R-16

1.651,58 1.351,87 1.420,38

-0,01% -0,02% -0,02%

CUB/M² - R8-N = R$ 1.112,63 9$50(16$/ 0mRGHREUD 0DWHULDO 'HVSHVDV$GPLQLVWU (TXLSDPHQWRV

&8672727$/

    

    

0mRGHREUD HQFDUJRV

0DWHULDO 'HVSHVDV$GPLQLVWUDWLYDV (TXLSDPHQWRV

    

PROJETOS - PADRĂ&#x192;O COMERCIAIS CAL (Comercial Andares Livres) e CSL (Comercial Salas e Lojas) PADRĂ&#x192;O NORMAL

PADRĂ&#x192;O ALTO

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

CAL - 8 CSL - 8 CSL - 16

1.309,52 1.108,97 1.480,16

-0,02% -0,03% -0,03%

CAL - 8 CSL - 8 CSL - 16

1.409,98 1.217,11 1.620,51

-0,02% -0,02% -0,02%

PROJETOS - PADRĂ&#x192;O GALPĂ&#x192;O INDUSTRIAL (GI) E RESIDĂ&#x160;NCIA POPULAR (RP1Q)



82137

RAPAZ P/ AUXILIAR

  

QUERO TRABALHAR

QUERO TRABALHAR

(67$'2'20$72*52662'268/ 35()(,785$081,&,3$/'()Ă&#x2C6;7,0$'268/ Gabinete da Prefeita



 

82193

SIGLAS R-1: PP-4: R-8: R-16: PIS:

ResidĂŞncia Unifamiliar PrĂŠdio Popular ResidĂŞncia Multifamiliar ResidĂŞncia Multifamiliar Projeto de Interesse Social

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

RP1Q GI

1.137,88 608,74

-0,01% -0,03% SIGLAS RPQ1: CAL-8: CSL-8: CSL-16: GI:

ResidĂŞncia Popular Comercial Andares Livres Comercial Salas e Lojas Comercial Salas e Lojas GalpĂŁo Industrial

Rua Spipe Calarge, 1479 - Vila Morumbi - CEP: 79051-560 - Campo Grande-MS Telefone: (67) 3387-8884 - Fax: 3387-0909 - E-mail: sindusconms@sindusconms.com.br


4

O PROGRESSO

Dourados, sรกbado/domingo 12/13.5.2018

ATOS OFICIAIS


ATOS OFICIAIS

5

O PROGRESSO

Dourados, sábado/domingo 12/13.5.2018

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL DE DOURADINA CNPJ: 15.469.193/0001.00 AVENIDA PRESIDENTE DUTRA, 982 - 0000000 - CENTRO Telefone (000)0000-0000

EXTRATO DO CONTRATO Nº 102/2018 – “AQUISIÇÃO DE DIVERSOS MATERIAIS PARA REPAROS, NAS ESCOLAS MUNICIPAIS E NOS CMEIS DA SEDE DO MUNICÍPIO, DA ALDEIA INDÍGENA TE’YIKUÊ E DOS DISTRITOS DE NOVA AMÉRICA E CRISTALINA, CONFORME PLANILHA ORÇAMENTÁRIA, ANEXO I DO EDITAL E SOLICITAÇÃO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E ESPORTES. ” PARTES:

MUNICÍPIO DE CAARAPÓ-MS CLAYTON ANTÔNIO DE PAULA ARAÚJO JUNIOR – ME

OBJETO: O presente termo tem por objeto a AQUISIÇÃO DE DIVERSOS MATERIAIS PARA REPAROS, NAS ESCOLAS MUNICIPAIS E NOS CMEIS DA SEDE DO MUNICÍPIO, DA ALDEIA INDÍGENA TE’YIKUÊ E DOS DISTRITOS DE NOVA AMÉRICA E CRISTALINA, CONFORME PLANILHA ORÇAMENTÁRIA, ANEXO I DO EDITAL E SOLICITAÇÃO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E ESPORTES, do Processo Administrativo em epígrafe, que integram este instrumento, independente de transcrição em conformidade com as propostas vencedoras da licitação na MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL PMC Nq 031/2018. VALOR: O valor global base do presente Contrato, importa em R$ 12.194,00 (doze mil, cento e noventa e quatro reais), de acordo com o item nº 36, conforme despacho de homologação e adjudicação. PRAZO: A vigência do Contrato será a partir de 08 de maio de 2018 com término em 31 de dezembro de 2018, podendo ser prorrogada conforme Lei Federal nº 8.666/93.

Extrato de Empenhos Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

Data

04/05/2018

164/2018 Tipo: Estimativa Data: 04/05/2018 Sequência: 164 24 02.008.08.244.0013.2035-339030000000 30 Gêneros de Alimentação 07 Gêneros de Alimentação 94 MARCOS ISAMU OSHIRO & CIA LTDA DESPESAS COM AQUISICAO DE DIVERSOS GENEROS ALIMENTICIOS HORTIFRUTIS PARA CONSUMO NO ABRIGO ESTRELA DALVA OBJETO DO PREGAO 21/2018, ATA DE REGISTRO DE PRECO 11/2018.

Histórico

DATA DE ASSINATURA: 08 de maio de 2018 FORO: Comarca de Caarapó-MS. ASSINATURAS: MÁRIO VALÉRIO PREFEITO MUNICIPAL Pela CONTRATANTE CLAYTON ANTÔNIO DE PAULA ARAÚJO JUNIOR CLAYTON ANTÔNIO DE PAULA ARAÚJO JUNIOR – ME Pela CONTRATADA TESTEMUNHAS: José Luiz Bariani Jairo Pinheiro da Silva

700,00

Valor Empenhado: 700,00

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Saldo Empenhado: 700,00

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 700,00

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo Pago: 0,00

Saldo a Liquidar: 700,00

Saldo a Pagar: 700,00

DOTAÇÃO: As despesas decorrentes da contratação, objeto dessa licitação, correrão por conta da dotação abaixo discriminada e para o exercício futuro correrão por conta da dotação que a substituir: 04.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E ESPORTES 04.03 – DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA 12.361.006 – PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2.060 – CONSERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO PÚBLICO 33.90.30.00 – MATERIAL DE CONSUMO FONTE – 101000 – REC. DE IMPOSTOS E TRANSF. IMP. EDUCAÇÃO FICHA – 605

Valor

Empenho

Resumo do Empenho:

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL DE DOURADINA CNPJ: 15.469.193/0001.00 AVENIDA PRESIDENTE DUTRA, 982 - 0000000 - CENTRO Telefone (000)0000-0000

Extrato de Empenhos Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

Data

04/05/2018

166/2018 Tipo: Estimativa Data: 04/05/2018 Sequência: 166 31 02.008.08.244.0013.2036-339030000000 30 Gêneros de Alimentação 07 Gêneros de Alimentação 94 MARCOS ISAMU OSHIRO & CIA LTDA DESPESAS COM AQUISICAO DE DIVERSOS GENEROS ALIMENTICIOS HORTIFRUTIS PARA CONSUMO NO CRAS IPBF OBJETO DO PREGAO 21/2018, ATA DE REGISTRO DE PRECO 11/2018.

Histórico

Valor

Empenho

400,00

Resumo do Empenho: Valor Empenhado: 400,00

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Saldo Empenhado: 400,00

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 400,00

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo Pago: 0,00

Saldo a Liquidar: 400,00

Saldo a Pagar: 400,00

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL DE DOURADINA CNPJ: 15.469.193/0001.00 AVENIDA PRESIDENTE DUTRA, 982 - 0000000 - CENTRO Telefone (000)0000-0000

EXTRATO DO CONTRATO Nº 103/2018 – “AQUISIÇÃO DE DIVERSOS MATERIAIS PARA REPAROS, NAS ESCOLAS MUNICIPAIS E NOS CMEIS DA SEDE DO MUNICÍPIO, DA ALDEIA INDÍGENA TE’YIKUÊ E DOS DISTRITOS DE NOVA AMÉRICA E CRISTALINA, CONFORME PLANILHA ORÇAMENTÁRIA, ANEXO I DO EDITAL E SOLICITAÇÃO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E ESPORTES. ” PARTES:

MUNICÍPIO DE CAARAPÓ-MS JR & C MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LTDA – EPP

OBJETO: O presente termo tem por objeto a AQUISIÇÃO DE DIVERSOS MATERIAIS PARA REPAROS, NAS ESCOLAS MUNICIPAIS E NOS CMEIS DA SEDE DO MUNICÍPIO, DA ALDEIA INDÍGENA TE’YIKUÊ E DOS DISTRITOS DE NOVA AMÉRICA E CRISTALINA, CONFORME PLANILHA ORÇAMENTÁRIA, ANEXO I DO EDITAL E SOLICITAÇÃO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E ESPORTES, do Processo Administrativo em epígrafe, que integram este instrumento, independente de transcrição em conformidade com as propostas vencedoras da licitação na MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL PMC Nq 031/2018. VALOR: O valor global base do presente Contrato, importa em R$ 28.410,05 (vinte e oito mil, quatrocentos e dez reais e cinco centavos), de acordo com os itens nºs. 01 a 04, 06, 07, 10, 11, 20, 29 a 35, 40, 41, 45 e 46, conforme despacho de homologação e adjudicação. PRAZO: A vigência do Contrato será a partir de 08 de maio de 2018 com término em 31 de dezembro de 2018, podendo ser prorrogada conforme Lei Federal nº 8.666/93.

Extrato de Empenhos Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

Data

04/05/2018

Histórico

DATA DE ASSINATURA: 08 de maio de 2018 FORO: Comarca de Caarapó-MS. ASSINATURAS: MÁRIO VALÉRIO PREFEITO MUNICIPAL Pela CONTRATANTE JOSÉ RUBENS GOTARDI JR & C MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LTDA – EPP Pela CONTRATADA TESTEMUNHAS: José Luiz Bariani Jairo Pinheiro da Silva

Valor

Empenho

400,00

Resumo do Empenho: Valor Empenhado: 400,00

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Saldo Empenhado: 400,00

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 400,00

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo Pago: 0,00

Saldo a Liquidar: 400,00

Saldo a Pagar: 400,00

DOTAÇÃO: As despesas decorrentes da contratação, objeto dessa licitação, correrão por conta da dotação abaixo discriminada e para o exercício futuro correrão por conta da dotação que a substituir: 04.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E ESPORTES 04.03 – DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA 12.361.006 – PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2.060 – CONSERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO PÚBLICO 33.90.30.00 – MATERIAL DE CONSUMO FONTE – 101000 – REC. DE IMPOSTOS E TRANSF. IMP. EDUCAÇÃO FICHA – 605

167/2018 Tipo: Estimativa Data: 04/05/2018 Sequência: 167 19 02.008.08.244.0013.2034-339030000000 Gêneros de Alimentação 30 07 Gêneros de Alimentação 94 MARCOS ISAMU OSHIRO & CIA LTDA DESPESAS COM AQUISICAO DE DIVERSOS GENEROS ALIMENTICIOS HORTIFRUTIS PARA CONSUMO NO PROGRAMA FORTALECIMENTO DE VINCULO. OBJETO DO PREGAO 21/2018, ATA DE REGISTRO DE PRECO 11/2018.

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

PREFEITURA DE DOURADINA MS CNPJ: 15.479.751/0001.00 Rua Domingos da Silva - 0000044 - Centro Telefone (067)3412-1104

Extrato de Empenhos Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

Data

04/05/2018

266/2018 Tipo: Estimativa Data: 04/05/2018 Sequência: 266 44 01.010.12.306.0015.2010-339030000000 30 Gêneros de Alimentação 07 Gêneros de Alimentação 945 MARCOS ISAMU OSHIRO & CIA LTDA - EPP NOTA DE EMPENHO PARA ATENDER DESPESAS COM AQUISICAO DE DIVERSOS GENEROS ALIMENTICIOS HORTIFRUTIS PARA CONSUMO PNAE - EDUCACAO INFANTIL. OBJETO DO PREGAO 21/2018, ATA DE REGISTRO DE PRECO 11/2018.

Histórico

Valor

Empenho

2.600,00

Resumo do Empenho: Valor Empenhado: 2.600,00

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Saldo Empenhado: 2.600,00

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 2.600,00

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo Pago: 0,00

Saldo a Liquidar: 2.600,00

Saldo a Pagar: 2.600,00

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

PREFEITURA DE DOURADINA MS CNPJ: 15.479.751/0001.00 Rua Domingos da Silva - 0000044 - Centro Telefone (067)3412-1104

EXTRATO DO CONTRATO Nº 104/2018 – “AQUISIÇÃO DE DIVERSOS MATERIAIS PARA REPAROS, NAS ESCOLAS MUNICIPAIS E NOS CMEIS DA SEDE DO MUNICÍPIO, DA ALDEIA INDÍGENA TE’YIKUÊ E DOS DISTRITOS DE NOVA AMÉRICA E CRISTALINA, CONFORME PLANILHA ORÇAMENTÁRIA, ANEXO I DO EDITAL E SOLICITAÇÃO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E ESPORTES. ” PARTES:

MUNICÍPIO DE CAARAPÓ-MS OLIFER CAARAPÓ MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LTDA – EPP

OBJETO: O presente termo tem por objeto a AQUISIÇÃO DE DIVERSOS MATERIAIS PARA REPAROS, NAS ESCOLAS MUNICIPAIS E NOS CMEIS DA SEDE DO MUNICÍPIO, DA ALDEIA INDÍGENA TE’YIKUÊ E DOS DISTRITOS DE NOVA AMÉRICA E CRISTALINA, CONFORME PLANILHA ORÇAMENTÁRIA, ANEXO I DO EDITAL E SOLICITAÇÃO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E ESPORTES, do Processo Administrativo em epígrafe, que integram este instrumento, independente de transcrição em conformidade com as propostas vencedoras da licitação na MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL PMC Nq 031/2018. VALOR: O valor global base do presente Contrato, importa em R$ 38.721,69 (trinta e oito mil, setecentos e vinte e um reais e sessenta e nove centavos), de acordo com os itens nºs. 05, 08, 09, 12 a 19, 21 a 28, 37, 38, 39, 42, 43, 44 e 47 a 55, conforme despacho de homologação e adjudicação. PRAZO: A vigência do Contrato será a partir de 08 de maio de 2018 com término em 31 de dezembro de 2018, podendo ser prorrogada conforme Lei Federal nº 8.666/93.

Extrato de Empenhos Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

Data

04/05/2018

Histórico

DATA DE ASSINATURA: 08 de maio de 2018 FORO: Comarca de Caarapó-MS.

JOSÉ ROBERTO DA LUZ OLIFER CAARAPÓ MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LTDA – EPP Pela CONTRATADA TESTEMUNHAS: José Luiz Bariani Jairo Pinheiro da Silva

2.200,00

Valor Empenhado: 2.200,00

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Saldo Empenhado: 2.200,00

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 2.200,00

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo Pago: 0,00

Saldo a Liquidar: 2.200,00

Saldo a Pagar: 2.200,00

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

PREFEITURA DE DOURADINA MS CNPJ: 15.479.751/0001.00 Rua Domingos da Silva - 0000044 - Centro Telefone (067)3412-1104

Extrato de Empenhos Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

ASSINATURAS: MÁRIO VALÉRIO PREFEITO MUNICIPAL Pela CONTRATANTE

Valor

Empenho

Resumo do Empenho:

DOTAÇÃO: As despesas decorrentes da contratação, objeto dessa licitação, correrão por conta da dotação abaixo discriminada e para o exercício futuro correrão por conta da dotação que a substituir: 04.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E ESPORTES 04.03 – DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA 12.361.006 – PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2.060 – CONSERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO PÚBLICO 33.90.30.00 – MATERIAL DE CONSUMO FONTE – 101000 – REC. DE IMPOSTOS E TRANSF. IMP. EDUCAÇÃO FICHA – 605

267/2018 Tipo: Estimativa Data: 04/05/2018 Sequência: 267 44 01.010.12.306.0015.2010-339030000000 30 Gêneros de Alimentação 07 Gêneros de Alimentação 945 MARCOS ISAMU OSHIRO & CIA LTDA - EPP NOTA DE EMPENHO PARA ATENDER DESPESAS COM AQUISICAO DE DIVERSOS GENEROS ALIMENTICIOS HORTIFRUTIS PARA CONSUMO PNAE - INDIGENA. OBJETO DO PREGAO 21/2018, ATA DE REGISTRO DE PRECO 11/2018.

Data

04/05/2018

268/2018 Tipo: Estimativa Data: 04/05/2018 Sequência: 268 44 01.010.12.306.0015.2010-339030000000 Gêneros de Alimentação 30 07 Gêneros de Alimentação 945 MARCOS ISAMU OSHIRO & CIA LTDA - EPP NOTA DE EMPENHO PARA ATENDER DESPESAS COM AQUISICAO DE DIVERSOS GENEROS ALIMENTICIOS HORTIFRUTIS PARA CONSUMO PNAE - CRECHE. OBJETO DO PREGAO 21/2018, ATA DE REGISTRO DE PRECO 11/2018.

Histórico

Valor

Empenho

4.400,00

Resumo do Empenho: Valor Empenhado: 4.400,00

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Saldo Empenhado: 4.400,00

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 4.400,00

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo Pago: 0,00

Saldo a Liquidar: 4.400,00

Saldo a Pagar: 4.400,00


ATOS OFICIAIS

6

O PROGRESSO

Dourados, sábado/domingo 12/13.5.2018

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

6.1. Compete aos Órgãos ou Entidades Usuárias:

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA/MS

6.1.1.Firmar ou não a contratação do objeto de registro de preço ou contratar nas quantidades estimadas;

CNPJ: 15.479.751/0001-00

6.1.2. Proporcionar ao detentor da ata todas as condições para o cumprimento de suas obrigações e entrega do m a t e r i a l d e n t r o d a s n o r m a s e s t a b e l e c i d a s n o e d i t a l ;

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 05/2018 PREGÃO PRESENCIAL N°:

19 / 2018

PROCESSO LICITATÓRIO N°: TIPO DE JULGAMENTO:

25/2018

Menor Preçopor Item

DATA DA SESSÃO:

21/03/2018

Aos dois dias do mês deabril de dois mil e dezoito , na sede da prefeitura do Município de Douradina - MS, Rua Domingos da Silva, n° 1250, Centro, na cidade de Douradina - MS., reuniram para assinatura da presente ata de registro de preços, de um lado como usuário da ata de registro de preços o MUNICÍPIO DE DOURADINA - Estado de Mato Grosso do Sul, com sede na Rua Domingos da Silva, 1250, Centro, em Douradina. MS., inscrito no CNPJ sob n.º 15.479.751/0001-00, e do outro lado como detentora (s) da ata de registro de preços a ( s ) e m p r e s a ( s ) : 742

IRMAOS SARRUF LTDA

05.901.906/0001-09

598

POTENCIAL COMERCIO E SERVICOS - EIRELI - EPP

18.729.614/0001-74

Nos termos da Lei Federal n. 10.520/2002, Lei complementar n. 123/2006 e alterações posteriores, Decreto Municipal nº 05/2018, e, subsidiariamente, pela Lei nº 8.666/93 e alterações posteriores todos representados conforme documento de credenciamento ou procuração inserta nos autos, resolvem registrar os preços, conforme decisão exarada no processo licitatório n° 25/2018 _________, Pregão Presencial n._________devidamente 19 / 2018 HOMOLOGADA, consoa nte as seguintes cláusulas e condições: CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO 1.1. O presente termo tem por objetivo e finalidade a:

SELEÇÃO DE PROPOSTA MAIS VANTAJOSA PARA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, PERANTE ROEMPRESAS (ME), EMPRESAS DE PEQUENO PORTE (EPP) OU MICROEMPREENDEDORES INDIVIDUAIS (MEI), ASSIM DEFINIDOS PELO ART. 3º E 18-A, §1º, DA LEI COMPLEMENTAR 123/2006, OBJETIVANDO A AQUISIÇÃO DE MATERIAL DE HIGIENE EM ATENDIMENTO AS SECR Em atendimento as secretarias solicitantes do município de Douradina/MS, especificados no Anexo I e Termo de Referência Anexo II, em conformidade com as propostas vencedoras da licitação, visando à constituição do Sistema de Registro de Preços, firmando compromisso de fornecimento dos objetos às Secretarias, nas condições definidas no ato convocatório, seus anexos, propostas de preços e ata do Pregão Presencial nª. 02/2018-SRP, que integram este instrumento independente de transcrição, pelo prazo de validade do registro .

CLÁUSULA SEGUNDA- DA VIGÊNCIA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS 2.1. O prazo de validade da Ata de Registro de Preços não será superior a doze meses, incluídas eventuais prorrogações, conforme o inciso III do §3º, do art. 15, da Lei nº 8.666, de 1993.

CLÁUSULA TERCEIRA - DOS USUÁRIOS DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS 3.1. A Ata de Registro de Preços será utilizada pelas Secretarias Municipais do Município de Douradina/MS. 3.1.1. Juntamente com a ordem de compra, a Secretaria deverá encaminhar de forma detalhada em qual local será aplicado o material. 3.2. Caberá à(s) usuária(s) da Ata de Registro de Preços deste Município a responsabilidade, após o registro de preços, pelo controle do cumprimento de todas as obrigações relativas ao fornecimento. 3.3. Caberá ainda informar ao Órgão Gerenciador do SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS, do não comparecimento da fornecedora para a retirada da nota de empenho ou instrumento equivalente, conforme o caso, visando à convocação dos remanescentes e aplicação das penalidades cabíveis ao fornecedor faltoso.

3.4. Poderá utilizar-se da Ata de Registro de Preços qualquer órgão ou entidade de outros municípios que não tenha participado do certame, mediante prévia consulta ao Órgão Gerenciador do SISTEMA DE REGISTRO DE P R E Ç O S d e s t e M u n i c í p i o . CLÁUSULA QUARTA- DO FORNECIMENTO 4.1. A Ata de Registro de Preços será utilizada para fornecimento do produto e/ou serviços do respectivo objeto pelas Usuárias da Ata de Registro de Preços do Município de Douradina – MS; 4.1.1. A licitante obriga-se a fornecer os materiais e/ou serviços ofertados a que se refere este pregão, novos e de primeiro uso, em conformidade com as especificações descritas na Proposta de Preços (Anexo I) e Termo de Referência (Anexo II), sendo de sua inteira responsabilidade a substituição, caso não esteja em conformidade com a s r e f e r i d a s e s p e c i f i c a ç õ e s ; 4.2. Cada fornecimento deverá ser efetuado mediante solicitação por escrito, formalizada pela Prefeitura Municipal de Douradina, dela devendo constar: a data, o valor unitário, a quantidade pretendida, local de entrega e o carimbo e a assinatura do responsável, sendo efetuado diretamente a empresa contratada, devidamente autorizado pela autoridade competente, contendo o número de referência da Ata; 4.3. As detentoras classificadas ficarão obrigadas a atender as autorizações efetuadas dentro do prazo de validade d o r e g i s t r o ;

6.1.4.Informar ao Gerenciador da Ata, da inexecução total do compromisso, caracterizada pelo não comparecimento da fornecedora para a retirada da Nota de Empenho e assinatura do contrato, conforme o caso, visando à convocação dos remanescentes e aplicação das penalidades cabíveis;

9.8. Fica garantida à fornecedora o direito prévio da citação e de ampla defesa, no respectivo processo, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, contados da notificação ou publicação do ato.

6.1.5.Rejeitar, no todo ou em parte, o material entregue em desacordo com as obrigações assumidas pelo forneced

9.9. As penalidades somente poderão ser relevadas ou atenuadas pela autoridade competente, mediante aplicação do princípio da proporcionalidade, em razão de circunstâncias fundamentadas em fatos reais e comprovadas, desde que requeridas por escrito e no prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis da data em que for notificada da d a A d m i n i s t r a ç ã o d a a p l i c a ç ã o d a p e n a . p r e t e n s ã o

6.1.6. Efetuar os pagamentos dentro das condições estabelecidas no edital.

9.10. As penalidades aplicadas serão, obrigatoriamente, anotadas no Certificado de Registro Cadastral do M u n i c í p i o .

6.2. Compete ao Fornecedor(a) 6.2.1. Entregar o material nas condições estabelecidas no edital e seus anexos e atender todos os pedidos de contratação durante o período de duração do Registro de preços, de acordo com a sua capacidade de fornecimento fixada na proposta de preço de sua titularidade, observando as quantidades, prazos e locais estabelecidos pelo Órgão Usuário da Ata de Registro de Preços; 6.2.2. Manter, durante a vigência do registro de preços, a compatibilidade de todas as obrigações assumidas e as condições de habilitação e qualificação exigidas na licitação; 6.2.3.Responsabilizar-se pelos danos causados diretamente à Administração ou a terceiros, decorrentes de sua culpa ou dolo até a entrega do objeto de registro de preços.

10.1. A Ata de Registro de Preço será cancelada, automaticamente, por decurso do prazo de vigência ou quando não restarem empresas registradas e, por iniciativa da Detentora da Ata de Registro de Preços deste Município 1 0 . 1 . 1 .

D e s c u m p r i r

a s

c o n d i ç õ e s

d a

a t a

d e

r e g i s t r o

d e

p r e ç o s ;

10.1.2. Não retirar a nota de empenho ou instrumento equivalente no prazo estabelecido pela Administração, sem j u s t i f i c a t i v a a c e i t á v e l ; 10.1.3. Não aceitar reduzir o seu preço registrado, na hipótese deste se tornar superior àqueles praticados no m e r c a d o , o u ;

6.2.5.Não subcontratar, subempreitar, ceder ou transferir, total ou parcialmente o objeto do presente instrumento. ( E x c e t o o t r a n s p o r t e d o m a t e r i a l ) .

10.2. Cancelado o Registro de Preço induzirá na convocação da fornecedora com classificação imediatamente subse

CLÁUSULA SÉTIMA - DO PREÇO E REVISÃO 7.1. Os preços registrados serão fixos e irreajustáveis durante a vigência da Ata de Registro de Preços 7.2. A revisão dos preços poderá ocorrer quando da incidência das situações previstas na alínea “d” do inciso II e d o § 5 . º d o a r t . 6 5 d a L e i n . 8 . 6 6 6 / 9 3 e a l t e r a ç õ e s .

10.3. Será assegurado o contraditório e a ampla defesa do interessado, no respectivo processo, no prazo de 05 ( c i n c o ) d i a s ú t e i s , c o n t a d o s d a n o t i f i c a ç ã o o u p u b l i c a ç ã o .

CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA - DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA 11.1. As despesas decorrentes da contratação da presente licitação, correrão a cargo da Usuária da Ata de Registro de Preços, cujos Programas de Trabalho e Elementos de Despesas constarão nas respectivas notas de empenho, contrato ou documento equivalente, observada as condições estabelecidas neste edital e ao que dispõe o a r t i g o 6 2 , d a L e i n . 8 . 6 6 6 / 9 3 e a l t e r a ç õ e s . CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA– DO PREÇO REGISTRATO

CLÁUSULA OITAVA– DO PAGAMENTO 8.1. O pagamento, decorrente do fornecimento do objeto desta licitação, será efetuado mediante crédito em conta corrente ou na tesouraria desta Prefeitura, em até 30 (trinta) dias, contados da data de apresentação da respectiva documentação fiscal, devidamente atestada pelo setor competente, conforme dispõe o art. 40, inciso XIV, alínea “a”, combinado com o art. 73, inciso II, alínea “b”, da Lei n° 8.666/93 e alterações. 8.2. Os pagamentos somente serão efetuados após a comprovação, pela(s) fornecedora(s), de que se encontra regular com suas obrigações para com o sistema de seguridade social, mediante a apresentação das Certidões N e g a t i v a s d e D é b i t o c o m o I N S S , F G T S e T r a b a l h i s t a . 8.3. Ocorrendo erro no documento da cobrança, este será devolvido e o pagamento será sustado para que a fornecedora tome as medidas necessárias, passando o prazo para o pagamento a ser contado a partir da data da r e a p r e s e n t a ç ã o d o m e s m o .

12.1. Considerando tratar-se de julgamento de licitação na modalidade de Pregão Presencial, tipo menor preço por item, HOMOLOGADA a classificação das empresas conforme abaixo especificado, objeto de publicação no Órgão d e I m p r e n s a O f i c i a l d e s t e m u n i c í p i o , f i c a m a s s i m r e g i s t r a d o s :

RELAÇÃO DE ITENS POR FORNECEDOR Lote:

1 - LOTE UNICO 742 IRMAOS SARRUF LTDA

Código 8763 97

05.901.906/0001-09 Unidade

Marca

Qtde

BLOQUEADOR SOLAR FPS 60 SEM PERFUME 120 ML

UNIDADE

SUNDOWN

240,00

Decrição

Valor Unit.

Total

16,90

4.056,00

CONDICIONADOR INFANTIL 500ML.

UNIDADE

LORYS

52,00

7,70

400,40

10362

CREME DENTAL 70G COM FLUOR

UNIDADE

DENTIL

300,00

1,98

594,00

10364

CREME DENTAL 90G COM FLUOR

UNIDADE

DENTIL

36,00

1,55

55,80

CREME DENTAL 90G SEM FLUOR

UNIDADE

DENTIL

24,00

5,45

130,80

8564

CREME DENTAL ANTI PLACA COM TRICLOSAN E CITRATO DE ZINCO 90 GRAMAS

UNIDADE

DENTIL

20,00

2,98

59,60

8767

CREME PARA PENTEAR TODOS OS TIPOS DE CABELO 300 ML.

UNIDADE

SKALA

12,00

7,98

95,76

8.5. Na hipótese de devolução, a nota fiscal/fatura será considerada como não apresentada, para fins de a t e n d i m e n t o d a s c o n d i ç õ e s c o n t r a t u a i s .

8558

DESODORANTE DO TIPO ROLL-ON PROTECAO 48 HORAS 50M

UNIDADE

SUAVE

12,00

5,20

62,40

ESCOVA DE DENTE INFANTIL MACIA

UNIDADE

DENTIL

1.220,00

2,25

2.745,00

ESCOVA DENTAL ADULTO

UNIDADE

DENTIL

220,00

2,25

495,00

8.6. Na pendência de liquidação da obrigação financeira em virtude de penalidade ou inadimplência contratual o valor será descontado da fatura ou créditos existentes em favor da fornecedora.

10061

FRALDA DESCARTAVEL INFANTIL, COM BARREIRAS DE ANTIVAZAMENTO, ULTRA ABSORCAO, FORMATO ANATOMICO, FITAS MULTIAJUSTAVEIS E AJUSTE DIFERENCIADO, COM 07 UNIDADES EM CADA PACOTE. TAMANHO XXG

PACOTE

LOOPING

400,00

3,20

1.280,00

8.7. O Município de Douradina/MS não pagará, sem que tenha autorização prévia e formal nenhum compromisso que lhe venha a ser cobra do direta mente por terceiros, seja m ou nã o instituições financeiras.

122

FRALDA DESCARTAVEL INFANTIL, COM BARREIRAS DE ANTIVAZAMENTO, ULTRA ABSORCAO, FORMATO ANATOMICO, FITAS MULTIAJUSTAVEIS E AJUSTE DIFERENCIADO, COM 07 UNIDADES EM CADA PACOTE. TAMANHO:G

PACOTE

LOOPING

580,00

3,20

1.856,00

121

FRALDA DESCARTAVEL INFANTIL, COM BARREIRAS DE ANTIVAZAMENTO, ULTRA ABSORCAO, FORMATO ANATOMICO, FITAS MULTIAJUSTAVEIS E AJUSTE DIFERENCIADO, COM 08 UNIDADES EM CADA PACOTE. TAMANHO M

PACOTE

LOOPING

300,00

3,20

960,00

123

FRALDA DESCARTAVEL INFANTIL, COM BARREIRAS DE ANTIVAZAMENTO, ULTRA ABSORCAO, FORMATO ANATOMICO, FITAS MULTIAJUSTAVEIS E AJUSTE DIFERENCIADO, COM 08 UNIDADES EM CADA PACOTE. TAMANHO: XG

PACOTE

LOOPING

780,00

3,20

2.496,00

8.4. Caso se constate erro ou irregularidade na nota fiscal/fatura, a Administração, poderá devolvê-la, para as d e v i d a s c o r r e ç õ e s .

8.8. Os eventuais encargos financeiros, processuais e outros, decorrentes da inobservância, pela Fornecedora de prazo de pagamento, serão de sua exclusiva responsabilidade. CLÁUSULA NONA - DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS 9.1. Pelo descumprimento da obrigação assumida, caracterizado pela recusa da fornecedora em assinar a Ata de Registro ou contrato, aceitar ou retirar a nota de empenho ou documento equivalente fora do prazo estabelecido, ressalvados os casos previstos em lei, devidamente informados e aceitos, ficará a fornecedora, sujeito às seguintes penalidades a juízo do órgão do município no que lhe couber: 8.2. Os pagamentos somente serão efetuados após a comprovação, pela(s) fornecedora(s), de que se encontra regular com suas obrigações para com o sistema de seguridade social, mediante a apresentação das Certidões N e g a t i v a s d e D é b i t o c o m o I N S S , F G T S e T r a b a l h i s t a . I - Multa de 10% (dez por cento) sobre o valor constante da nota de empenho e/ou contrato

10363

112 2063

126

9.2. As sanções previstas nos incisos anteriores poderão ser aplicadas cumulativamente

ENLACE

UNIDADE

123

UNIDADE

LORYS

178

TALCO INFANTIL 200GR

UNIDADE

ANJINHO

40,00

1,35 1,25

95,00

9,00

936,00

42,00

9,45

396,90

TOTAL DO VENCEDOR

Código 119

Decrição

54,00

76,00 104,00

16.768,66

598 POTENCIAL COMERCIO E SERVICOS - EIRELI - EPP

18.729.614/0001-74 Marca

Unidade

BUCHA DE BANHO DUPLA FACE 110X75X20MM

UNIDADE

betanin

FRALDA DESCARTAVEL PARA ADULTOS, COM GEL SUPERABSORVENTE, ANATONICAS, COM FITA ADESIVAS, COM ELASTICO, COM CANAIS DE DISTRIBUICAO DE LIQUIDOS, COM 08 UNIDADES EM CADA PACOTE. TAMANHO M.

PACOTE

descarpack

120

FRALDA DESCARTAVEL PARA ADULTOS, COM GEL SUPERABSORVENTE, ANATONICAS, COM FITA ADESIVAS, COM ELASTICO, COM CANAIS DE DISTRIBUICAO DE LIQUIDOS, COM 08 UNIDADES EM CADA PACOTE. TAMANHO: G.

PACOTE

descarpack

159

SABONETE 90GR, COM GLICERINA HIDRATANTE, TESTADO DERMATOLOGICAMENTE, COMPOSICAO: SEBATO DE SODIO, PALMISTATO DE SODIO, SOJATO DE SODIO, CLORETO DE SODIO, GLICERINA CITRICO EHDP, FRAGANCIA, TRIETANOLAMINA AGUA, CL19140.

UNIDADE

lily

544

SABONETE LIQUIDO ANTI SEPTICO CREMOSO PARA HIGIENIZAÇAO DAS MAOS QUE EVITE RESSECAMENTO GALAO DE 5 LITROS

UNIDADE

proline

I - Multa moratória de 1% (um por cento), por dia útil, sobre o valor da prestação em atraso até o quinto di

III - Suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a administração por p r a z o d e a t é 0 5 ( c i n c o ) a n o s .

CAIXA

SABONETE INFANTIL 90 GR SHAMPOO INFANTIL 500ML

9.2. As sanções previstas nos incisos anteriores poderão ser aplicadas cumulativamente 9.3. Por atraso injustificado na execução do contrato:

HASTES FLEXIVEIS COM PONTA DE ALGODAO COM 75

158 174

94

II - Cancelamento do preço registrado; 5.1. As obrigações decorrentes da execução constantes do Registro de Preços poderão ser firmadas com o Município de Douradina/MS, através de contrato, observada as condições estabelecidas neste edital e no que d i s p õ e o a r t . 6 2 d a L e i n ° 8 . 6 6 6 / 9 3 .

9.12. As importâncias relativas às multas deverão ser recolhidas à conta do Tesouro do Município; CLÁUSULA DÉCIMA– DO CANCELAMENTO DO PREÇO REGISTRADO

10.1.4. Sofrer sanção prevista nos incisos III ou IV do caput do art. 87 da Lei nº 8.666, de 1993, ou no art. 7º da L e i n º 1 0 . 5 2 0 , d e 2 0 0 2 ;

III - Suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a administração por p r a z o d e a t é 0 5 ( c i n c o ) a n o s .

CLÁUSULA QUINTA– DA CONTRATAÇÃO

9.11. A penalidade estabelecida no inciso III do subitem 9.4 será de competência exclusiva da autoridade máxima, facultada a ampla defesa, na forma e no prazo estipulado no subitem 9.8, podendo a reabilitação ser concedida mediante ressarcimento dos prejuízos causados e depois de decorridos o prazo de sanção mínima de 02 (dois)

6.2.4.Receber os pagamentos respectivos;

4.5. O frete e a descarga ficarão a cargo do fornecedor, devendo ser providenciada a mão de obra necessária.

4.8. O prazo para entrega do produto será de 2 (duas) horas a contar do recebimento da Ordem de Compra e m i t i d a p e l o S e t o r d e C o m p r a s .

I - suspensão temporária de participação em licitação ou impedimento de contratar com a Administração de até 05 (cinco) anos e descredenciamento do Certificado de Registro Cadastral do Município.

6.1.3.Proceder à fiscalização da contratação, mediante controle do cumprimento de todas as obrigações relativas ao fornecimento do material, inclusive à aplicação das sanções previstas;

II - Cancelamento do preço registrado;

4.7. Relativamente ao disposto no presente tópico aplicam-se, subsidiariamente, no que couber, as disposições da Le i n° 8.078 de 11/09/90 – Código de Defesa do Consumidor.

9.6. Apresentação de documentação falsa, não manutenção da proposta e cometimento de fraude fiscal, a c a r r e t a r á s e m p r e j u í z o d a s d e m a i s c o m i n a ç õ e s l e g a i s :

9.7. A empresa que não recolher as multas tratadas nos incisos anteriores no prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis contados da notificação, ensejará também a aplicação da pena de suspensão temporária de participação em l i c i t a ç ã o o u i m p e d i m e nt o d e c o nt r a t a r c o m a A d m i ni s t r açã o, e nqua nt o nã o a di m pl i da a obr i ga çã o.

4.4. O produto será entregue conforme solicitação do setor responsável, nos locais constantes da Ordem de Compra

4.6. O servidor responsável pelo recebimento poderá solicitar a substituição do produto por outro, em caso de defeito, inadequação ou falsidade, no prazo máximo de 5 (cinco) dias úteis.

9.5. A penalidade de multa, estabelecida no inciso II, poderá ser aplicada juntamente com as sanções previstas nos incisos I, III e IV do subitem acima, sem prejuízo da rescisão unilateral do instrumento de ajuste por qualquer d a s h i p ó t e s e s p r e s c r i t a s n o s a r t . 7 7 a 8 0 d a L e i n . 8 . 6 6 6 / 9 3 .

Qtde

Valor Unit.

Total

84,00

2,20

184,80

600,00

9,95

5.970,00

1.300,00

9,95

12.935,00

162,00

0,98

158,76

33,50

1.005,00

30,00

TOTAL DO VENCEDOR

20.253,56

CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA - DA PUBLICIDADE

5.2. O fornecedor será obrigado a atender todos os pedidos efetuados pelos órgãos e entidades participantes do SRP durante a vigência do contrato, mesmo que a entrega do objeto esteja prevista para data posterior à do v e n c i m e n t o d a A t a .

9.3. Por atraso injustificado na execução do contrato:

5.3. Caso a(s) fornecedora(s) classificada(s) em primeiro lugar não receber ou não retirar a nota de empenho ou instrumento equivalente, no prazo de 03 (três) dias úteis, a contar da notificação por meio hábil (e-mail), a Administração convocará a segunda melhor classificada (Cadastro de Reserva) para efetuar o fornecimento, e assim sucessivamente quanto às demais classificadas, aplicadas aos faltosos as penalidades cabíveis.

II - Rescisão unilateral do contrato após o quinto dia de atraso

14.1. Os casos omissos aplicar-se-ão as demais disposições constantes da Lei n.º10.520, de 17 de julho de 2002, do Decreto Municipal nº 05/2018, da Lei 8.666, de 21 de junho de 1993, e demais normas aplicáveis a espécie.

III – Cancelamento do empenho

CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA– DO FORO

IV - Cancelamento do preço registrado.

15.1. Fica eleito o foro da cidade de Douradina, Estado de Mato Grosso do Sul, renunciando, de qualquer outro, por mais privilegiado que seja, para processar as questões resultantes desta licitação e que não possam ser d i r i m i d a s a d m i n i s t r a t i v a m e n t e .

5.4. A segunda fornecedora classificada (Cadastro de Reserva) só poderá fornecer à Administração, quanto estiver esgotada a capacidade de fornecimento da primeira, e assim sucessivamente, de acordo com o consumo anual previsto para cada item do Anexo I, ou quando a primeira classificada tiver o seu registro junto a Ata cancelado.

I - Multa moratória de 1% (um por cento), por dia útil, sobre o valor da prestação em atraso até o quinto di

9.4. Por inexecução total ou execução irregular do contrato de fornecimento

13.1. O extrato da presente Ata de Registro de Preço será publicado na Imprensa Oficia

CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

I - Advertência, por escrito, nas faltas leves;

5.5. A Administração se reserva no direito de suspender o fornecimento se estiverem sendo executados em d e s a c o r d o c o m a s c o n d i ç õ e s d o p r e s e n t e e d i t a l .

II - Multa de 10% (dez por cento) sobre o valor correspondente à parte não cumprida ou da totalidade do fornecimento ou serviço não executado pela fornecedora;

5.6. Relativamente ao disposto no presente tópico, aplicam-se, subsidiariamente, no que couber, as disposições da Le i n° 8.078 de 11/09/90 – Código de Defesa do Consumidor.

III - Suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a a d m i n i s t r a ç ã o p o r p r a z o d e a t é 0 5 ( c i n c o ) a n o s ;

CLÁUSULA SEXTA– DOS DIREITOS E OBRIGAÇÕES DAS PARTES

IV - Declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante a p r ó p r i a a u t o r i d a d e q u e a p l i c o u a p e n a l i d a d e .

Douradina - MS, segunda-feira, 2 de abril de 2018

JEAN SERGIO CLAVISSO FOGACA Prefeito Municipal

IRMAOS SARRUF LTDA 05.901.906/0001-09 POTENCIAL COMERCIO E SERVICOS - EIRELI - EPP 18.729.614/0001-74

Edição de 12/maio de 2018  
Edição de 12/maio de 2018  
Advertisement