Page 1

DOURADOS MS ANO 68 | NÂş 13.227 R$ 2,00

O PROGRESSO ★★★★★

Pensamento e ação por uma vida melhor

Segunda-feira  de maio de 01

Fundador WEIMAR TORRES Diretora-Presidente ADILES DO AMARAL TORRES

Capital Sesc transforma espaços em åreas para cultura

Clube Pelo 3Âş ano, IndaiĂĄ estĂĄ entre os 100 melhores do paĂ­s

Dourados XI ArraiĂĄ da UFGD acontece dias 8 e 9 de junho

PĂ G. B1

PĂ G. B3

PĂ G. B3

Mega operação captura 70 pessoas em Dourados e apreende drogas Delegado regional Lupersio Degerone diz que ĂŠ a maior ação policial dos Ăşltimos 10 anos. No total, foram cumpridos  mandados de prisĂŁo e 11 em Ä aJrante memEro de facção morreu durante troca de tiros com a polâcia de Dourados. Dentre os presos estĂ€ um paraJuaio procurado KĂ€ mais de 0 anos, considerado de altâssima periculosidade. PĂ G. A6

Passos reassume Procuradoria de Justiça de MS MPMS

DEM tem nomes para disputar qualquer cargo, diz ZĂŠ Teixeira

Segurança vira demanda dos ruralistas na eleição O avanço da violência no campo desde a última eleição presidencial, levou representantes do agronegócio a elegerem o tema segurança pública como uma das principais demandas dos ruralistas para 2018. Pà G. A3

TRF4 nega anulação da condenação de Lula

Deputado estadual ZĂŠ Teixeira Uma das maiores lideranças do Democratas de Mato Grosso do Sul, deputado estadual ZĂŠ Teixeira declarou que o DEM, fortalecido, tem nomes para disputar qualquer cargo. A afirmação aconteceu durante encontro do DEM na Câmara Municipal de Dourados, na manhĂŁ de sĂĄbado. O DEM tem sido a “noivaâ€? cobiçada pelo PSDB do governador Reinaldo Azamuja e do MDB do ex-governador AndrĂŠ Puccinelli. PĂ G. D2

PĂ G. A3

O procurador-geral de Justiça, Paulo Cezar dos Passos, foi reconduzido ao cargo para o biênio 2018/2020 durante sessão solene do ColÊgio de Procuradores que aconteceu, sexta-feira, no Palåcio Desembargador Leão Neto do Carmo, na sede do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul. Pà G. D4

Em atuação conjunta da 26ª Promotoria de Justiça de Campo Grande e do Núcleo Ambiental, vårias empresas investirão na implementação da logística reversa das embalagens no Estado de Mato Grosso do Sul, o que aumentarå o volume de materiais destinados à reciclagem, a remuneração de catadores e a redução da remessa de lixo

O tempo Fonte: INMET

HOJE 34Âş MĂĄx | 18Âş MĂ­n Claro a parcialmente nublado com possibilidade de chuva isolada. Ventos: Fracos/Moderados Umidade: mĂĄx. 75%. Umidade: mĂ­n. 30%.

para os lixþes e aterros sanitårios. Em investigação, que tramita hå dois anos, foi constatado que o Estado ficou de fora do acordo setorial nacional firmado entre o MinistÊrio de Meio Ambiente e as associaçþes de empresas e que prevê obrigatoriedade na implementação de sistema que determine o retorno das embalagens de produtos em geral aos seus fabricantes, conhecido como logística reversa e previsto no artigo 33 da Lei de Resíduos Sólidos. Pà G. A2

Loteria MEGA-SENA Concurso 03 14 - 16 - 23 - 30 - 45 - 60 QUINA Concurso 4671 36 - 43 - 49 - 54 - 66

ESPORTES

PĂ G. A3

JOKA MADRUGA/AGĂŠNCIA ESTADO

MP solicita empenho em reciclagem de resíduos A medida tambÊm acarretarå na redução da remessa de lixo para os aterros sanitårios

Congresso tenta ‘burlar’ controle de despesas

Integrantes do Movimento Maio Amarelo fazem passeata em CaarapĂł PĂ G. D3 NaviraĂ­ aprova projetos para novas empresas PĂ G. D3 Prefeitura de ItaporĂŁ e Energisa substituirĂŁo 300 ĂĄrvores PĂ G. D3

BrasileirĂŁo Com gols de Bruno Henrique, Marcos Rocha e William, o Palmeiras bate o AtlĂŠtico PR com placar de 3 a 1. PĂ G. A8

TIMEMANIA Concurso 1176 Time do Coração: Palmas (TO)

12 - 61 - 63 - 66 - 67 - 71 - 76 DUPLA-SENA Concurso 174 1Âş sorteio: 05 - 22 - 23 - 33 - 39 - 41 Âş sorteio: 29 - 31 - 33 - 34 - 38 - 48

LOTERIA FEDERAL Extração 1 1º prêmio: º prêmio: 3º prêmio: 4º prêmio: 5º prêmio:

22203 34069 53998 14057 13812

(R$ 700 mil) (R$  mil) (R$ 6 mil) (R$  mil) (R$ .040)

Detentas recebem 1Âş pagamento da prefeitura de JateĂ­ PĂ G. D3


2

Dourados, segunda-feira 7.5.2018 O PROGRESSO

OpiniĂŁo

Desemprego e discriminação

S

e tivesse que cumprir os 12 mil mandados de prisão que estão em aberto, Mato Grosso do Sul teria que construir 79 presídios. Essa situação existente no Estado faz parte de uma realidade cada vez mais crescente, onde faltam vagas para atender a demanda do Judiciårio. Segundo dados MinistÊrio da Justiça, se todas as pessoas com mandados de prisão pendentes no banco de dados do Conselho Nacional de Justiça fossem detidas, o deficit prisional do país cresceria 164%, e a população carceråria brasileira ultrapassaria 1 milhão de pessoas. A mÊdia nacional, de 1,7 preso por vaga existente, subiria para 2,9. Por outro lado, no entendimento de especialistas, o dÊficit de vagas deve ser visto não como causa, mas como sintoma da superlotação, e esta Ê sintoma de um fenômeno muito maior, que Ê o o encarceramento em massa. A estimativa resulta do cruzamento dos dados extraídos do Banco Nacional de Mandados de Prisão, com números obtidos nas secretarias que administram os sistemas penitenciårios estaduais. Só Paraíba e Rondônia não enviaram suas informaçþes.Somados, os 25 estados que se manifestaram registravam em abril cerca de 656 mil deti-

dos nos regimes aberto, seano, segundo levantamento EDITORIAL miaberto e fechado, entre Agência Estadual de Admipresos provisórios e definitivos. Os manda- nistração do Sistema Penitenciårio, eram dos acrescentariam outros 448 mil detentos. 16.173 pessoas cumprindo pena nos regiDe acordo com os dados oficiais, em 18 mes fechado, semiaberto e aberto.na reaestados, o número de mandados supera a lidade, o sistema carcerårio, composto por capacidade das unidades carcerårias. Mes- 50 penitenciårias, tem 8.109 vagas. A mÊdia mo se estivessem vazias, o potencial cum- atual Ê de 1,99 presos por vaga, índice que primento das prisþes resultaria em superlo- subiria para 3,5 se somados os mandados de tação. AC, AL, AM, DF, RS, SC e TO escapam prisão pendentes. Isso que dizer que, com dessa situação.O estado de Pernambuco, todos os mandados de prisão aguardando que jå tem o maior dÊficit pricumprimento inclusos na soO sistema sional do país, continuaria no ma, o Estado teria população topo do ranking, com seu ín- carcerårio em MS tem carceråria beirando as 29 mil dice atual de 2,9 presos por pessoas. Por outro lado, o de50 penitenciårias e vaga chegando a 5,7. Na verficit seria 158% maior e subi8.109 vagas dade, são 30.914 presos para ria de 99% para 257%.As esta10.841 vagas. Esses números tísticas em relação ao sistema revelam um excedente de 20 mil detentos, prisional no Mato Grosso do Sul tambÊm equivalente a quase duas vezes a capaci- deixam evidentes que as feridas expostas dade måxima das unidades.AlÊm disso, O precisam ser cicatrizadas, mas que isso rebanco de dados do CNJ registra mais 31.417 quer medidas eficazes, mesmo que palitivas, mandados de prisão pendentes, número jå jå que a demanda de atendimento Ê muito maior que a população carceråria atual. Se maior do que as vagas oferecidas pelo Goessas ordens estivessem corretas e fossem verno. cumpridas, o total de detentos saltaria para O que tambÊm estå em discussão Ê a re62.331, e o índice de presos por vagas, para lação dicotômica entre o que precisa ser re5,7. solvido, jå que os mandados têm que ser Em Mato Grosso do Sul, atÊ março deste cumpridos, ressaltando dessa forma o ca-

O NĂšMERO

79 presĂ­dios

precisariam ser construĂ­dos em Mato Grosso do Sul para cumprir os 12 mil mandados de prisĂŁo em aberto

råter da legalidade. Entretanto, existe ainda, o aspecto da moralidade, considerando que para diminuir o dÊficit prisonal o poder público terå que construir 79 estabelecimentos penais e, em regras gerais, esses recursos acabam sendo retirados de outros setores. Com se tem observado, diante das notícias veiculadas pelos veículos de comunicação, as verbas são desviadas da Saúde e da Educação. Ou seja, alÊm da inversão de prioridade, embora seja uma exigência legal, deixar de edificar uma sala de aula para contruir uma cela torna-se uma medida no mínimo imoral. Todavia, os desvios de conduta de uma grande parcela dos detentores de cargos públicos jå estão tão normatizados que jå não causam mais estranheza. O que acaba chamando a atenção são as pråticas corretas que, equivocadamente, cada vez mais escassas e anormais.

SuspensĂŁo da CNH 0$5&26 $/&$5Âť $ $/ & &$5Âť

*Advogado e professor do curso de direito da UEMS em Dourados/MS.

D

e n t re a s p e n a lidades dispostas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), aplicåveis aos usuårios do trânsito, consta a pena de suspensão do direito de dirigir veículos, prevista no artigo 261 do re-

ferido Código. Aplica-se nos casos previstos na Lei de Trânsito, pelo tempo mínimo de um mês atÊ o tempo måximo de doze meses de suspensão; e, no caso de reincidência, pelo tempo mínimo de seis meses atÊ vinte e quatro meses de suspensão. Referida pena Ê materializada com a entrega da carteira de motorista perante o Órgão de Trânsito (Detran), onde ficarå guardada, durante o transcurso da pena. De regra, sempre que for aplicada a pena de suspensão do direito de dirigir a determinado condutor, serå exigido dele tambÊm, a pena cumulativa de frequência obrigatória em curso de reciclagem

de condutor infrator; que no ferente ao art. 176 do CTB), caso do Detran/MS, tem sido entre outras. disponibilizado por meio eleEntretanto, de acordo com trônico, devendo o condutor o art. 261 do CTB, a pena de fazer uma avaliação presen- suspensão do direito de diricial ao final do curso online, gir deverå ser aplicada tamperante o Órgão de Trânsito. bÊm ao condutor que coDiversas infraçþes de trân- meter diversas infraçþes de sito previstas trânsito, cujos no CTB, iso- Vårias infraçþes de trânsito pontos de cada ladamente jå previstas no CTB jå preveem uma, somados, preveem a pea pena de suspensão do importem em na de suspenvinte pontos direito de dirigir são do direito dentro do períde dirigir, coodo de um ano. mo por exemplo, dirigir emPara a aplicação da pena briagado (referente ao art. 165 de suspensão do direito de do CTB), dirigir ameaçando dirigir o Detran de cada um pedestres (prevista no art. dos Estados da Federação, irå 170 do CTB), deixar o condu- abrir processo administrativo tor envolvido em acidente de permitindo o contraditório e prestar socorro a vítima (re- a ampla defesa. Sendo que o

condutor poderå defender-se, explicando se foi ele ou não quem cometeu a infração de trânsito que lhe acusam. O Detran diante da defesa apresentada pelo condutor, irå aplicar a pena ao condutor, que, como visto, serå dosada dentro do limite previsto na legislação. Posteriormente, o condutor serå notificado para entregar sua carteira de motorista para o cumprimento da pena que lhe foi imposta. Ressalte-se que no período de cumprimento da pena de suspensão, se o condutor for encontrado dirigindo veículos, serå punido com a pena de cassação da carteira de motorista pelo período de dois anos, devendo posterior-

mente tirar outra carteira de motorista. Acrescente-se que o procedimento de aplicação de suspensão do direito de dirigir previsto no CTB apresenta-se håbil para coibir os desvirtuamentos ocorridos no trânsito por alguns dos condutores, na medida em que permite aos condutores infratores, face ao período em que ficarão sem a carteira de motorista, refletir acerca de seus atos, permitindo um repensar de suas atitudes em busca de tornarem-se melhores condutores.

baixar a bola e nos enxergarmos como realmente existimos. Estamos muito mal. Somos a oitava economia do mundo, mas somos um país profundamente desigual. No aspecto territorial, somos dois países, um de Belo Horizonte para cima e outro com o que fica abaixo. AlÊm disso, somos uma sociedade profundamente desigual no aspecto social. SÊtimo PIB mundial, segundo as Naçþes Unidas, estamos em 64º lugar em PIB percapita (2014), atrås da Argentina, Panamå, Chile, Venezuela e Uruguai. Se o critÊrio for o IDH (�ndice de Desenvolvimento Humano) do PNUD, estamos em 74º lugar, atrås de Cuba e Venezuela, entre outros latino-americanos. Segundo o Relatório da ONU sobre felicidade humana (2017) nos saímos um pouco melhor, conquistando um 22º lugar, onde entre os seis primeiros, cinco são os paí-

ses nórdicos, construídos pelo projeto social democrata. Nosso sucesso relativo, talvez se deva ao futebol e o carnaval. A partir dessa nossa realidade complexa, temos que estabelecer um novo estilo de desenvolvimento, sem medo de mudar, pois a característica principal do mundo atual Ê o da redefinição dos paradigmas. É preciso, assentar os primeiro os trilhos, como diz o senador Cristovam Buarque, para, então, por a correr a locomotiva. Falta redefinir rumos para o Brasil, em um mundo em profunda transformação, com a globalização e com as novas tecnologias que se assentam no conhecimento. Nada, jamais, serå como jå foi um dia.

alcara@uems.br

O Brasil que eu quero )$86720$772 *52662 *52662

*Engenheiro e professor da UFMS

G

overnar Ê resolver p r o b l e m a s. Po r conta disso, surgem nos períodos eleitorais, pesquisas sobre quais seriam os principais problemas do País. TambÊm a Rede Globo, lançou o Programa o Brasil que eu quero para o futuro, pesquisando as percepçþes das pessoas sobre os problemas existentes. Tem uma meia dúzia de problemas que constam de todos os levantamentos: corrupção, saúde, desemprego, segurança, educação e drogas. Nos últimos levantamentos, cor-

rupção, desbancou a tradição da saúde no topo do ranking. Serå possível escolher um deles, como prioridade absoluta, para resolver o país? Imagine, por exemplo, que Sergio Moro coloque na cadeia todos os corruptos. Como estaria o Brasil, do dia seguinte? Só para ajudar no raciocínio: foi estimado que o país perdeu, em 2016, 69 bilhþes de reais com a corrupção, enquanto foram pelo ralo500 bilhþes com a sonegação. Na verdade, todos esses problemas têm uma interdependência sistêmica. Articulam-se no estilo de desenvolvimento, são frutos de opçþes estratÊgicas adotadas. Elas explicam nossa situação atual, bem como e para onde devemos buscara saída. Todos esses problemas tem que serem enfrentados com uma dosimetria adequada. O problema Ê que cada um dos brasileiros tende a pensar os

problemas olhando para si, si- que deva ser valorizado pela tuação tão corriqueira na cul- existência de um modelo de tura individualista atual. Por sucesso, jå criado, o SUS, um exemplo, no topo do ranking, dos mais avançados do munatualmente, estå a corrupção. do. Falta dinheiro, gestão e Serå que na hora da eleição es- combate à corrupção. A corrupção deve ser priorise problema orientarå a decisão do voto? Alguns analistas zada, pelo critÊrio da tendênduvidam disso. Apostam que cia. Perder a oportunidade na hora do vamos ver, o voto criada pela Lava Jato e deixar serå orientado pela pergun- para depois, seria permitir um retrocesso inata: o que eu irei ganhar com is- Tem uma meia dúzia ceitåvel. AlÊm disso, ajudarå so? de problemas que Selecionar e constam de todos os a melhorar a qualidade das priorizar prolevantamentos políticas públiblemas tem lå cas em todas as os seus segredos. Alguns problemas são åreas. Um exemplo de problema graves, outros são urgentes e outros têm a tendências de urgente Ê o desemprego pelo agravamento se não forem tra- efeito devastador que tem produzido na sociedade. Seu entados a tempo. A título de exemplo, a saú- caminhamento, ajuda na saúde Ê dos mais graves, pois diz de, nas drogas, na segurança respeito à vida e à dor das pes- entre outros, tem grande efeito soas, mas sua solução tem multiplicador. Por outro lado, para enfrenbaixa repercussão nos demais problemas. Entretanto, parece tar os problemas, Ê preciso

faustomt@terra.com.br

EXPEDIENTE O PROGRESSO: O MAIS ANTIGO DO ESTADO E DE MAIOR CIRCULAĂ‡ĂƒO EM TODO O INTERIOR Este jornal expressa sua opiniĂŁo pelo Editorial. As demais opiniĂľes sĂŁo de responsabilidade de seus autores. “O PROGRESSOâ€? Registrado no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) sob o nÂş 812285964

Diretora-presidente ADILES DO AMARAL TORRES Diretora-superintendente BLANCHE TORRES Diretora Executiva JUNE ANGELA TORRES Editor-chefe VANDER VERĂƒO Fundador (1951-1969) WEIMAR TORRES Ex-diretor (1969-1985) VLADEMIRO DO AMARAL

(',725$-251$/2352*5(662/7'$

CGC 03.356.425/0001-26 Departamento Comercial, Administração, Redação e Parque Gråfico Av. Presidente Vargas, 447 CEP 79804-030 Dourados-MS. Telefones Redação (0xx) 67-3416-2627/2609 Depto. Comercial (0xx) 67-3416-2600 Serviço de Atendimento ao Assinante (0xx) 67-3416-2666 - 3416-2670 Fax: (0xx) 67-3421-1911 +20(3$*(www.progresso.com.br (0$,/progresso@progresso.com.br

oprogresso.jornal

@JORNALOPROGRESSO

ESPORTE/POLĂ?CIA Renato Giansante esporte@progresso.com.br policia@progresso.com.br DIA-A-DIA Maria Lucia Tolouei marialucia@progresso.com.br CADERNO B/DMAIS Hakeito Almeida hakeito@progresso.com.br

(VWHMRUQDOpÂżOLDGRj

CIDADES Departamento Regional cidades@progresso.com.br

$66,1$785$6

DOURADOS, INTERIOR E CAMPO GRANDE

COLUNA SOCIAL/ANĂšNCIOS Angela Santa Cruz comercial@progresso.com.br

$QXDO  R$ 240 6HPHVWUDO R$ 150 7ULPHVWUDO R$ 100 %LPHVWUDO R$ 70 0HQVDO R$ 45

CLASSIFICADOS Gleison Costa classificados@progresso.com.br

Pensamento e ação por uma vida melhor

VENDA AVULSA 'RXUDGRV,QWHULRU H&DPSR*UDQGHR$ 2 NĂšMEROS ATRASADOS 'RDQRR$ 2 'RDQRDQWHULRU R$ 4


3

Dourados, segunda-feira 7.5. 2018 O PROGRESSO

Política

Ruralistas cobram candidatos por mais segurança no campo Representantes do agronegócio nacional elegeram o tema como um dos principais entraves SDUDRGHVHQYROYLPHQWRGRVHWRUHWDPEÒPXPGRVPDLRUHVGHVDğRVSDUDRVSUÒFDQGLGDWRV CNABRASIL.ORG.BR

Adriana Ferraz e Paulo Beraldo Agência Estado O avanço da violência no campo desde a última eleição presidencial, em 2014, levou representantes do agronegócio nacional a elegerem o tema da segurança pública como um dos principais entraves para o desenvolvimento do setor e também um dos maiores desafios para os pré-candidatos que buscam apoio e voto dos produtores agrícolas. Na pauta de reivindicações estão a expansão de programas de patrulha rural, a criação de delegacias especializadas e a abertura de um debate sobre a flexibilização do Estatuto do Desarmamento. Com a tecnologia empregada hoje no campo, a preocupação dos agricultores e pecuaristas deixou de ser o risco de ter suas propriedades invadidas por movimentos sem-terra para a possibilidade de

Relatos de produtores nos últimos 18 meses mostram que 72% dos roubos e furtos são “encomendados” ver seus investimentos em maquinário e insumos, por exemplo, serem perdidos em roubos praticados por quadrilhas especializadas. Dados oficiais do governo de Mato Grosso, maior produtor de grãos do País, mostram uma alta de 60% nos registros de roubos e furtos no campo entre 2014 e 2017. No mesmo período, houve incremento de 20% dos índices em Goiás, de 7,5% no Rio Grande do Sul e de 4% em Minas Gerais - onde a média dos últimos dois anos é de 139 casos por dia (mais informações no quadro). O setor representa 21,5% do PIB, sendo considerado a atividade econômica mais dinâmica hoje do País - ano passado obteve safra recorde, com 230 milhões de toneladas de grãos, uma alta de 13%. Para pressionar os presidenciáveis a apresentarem propostas que solucionem ou, ao menos, amenizem o proble-

CNA passou a produzir estatística própria para pressionar os presidenciáveis a apresentarem propostas por segurança no campo ma, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) passou a produzir uma estatística própria. Criado em 2016, o Observatório da Criminalidade no Campo serviu de base para um estudo com propostas que será apresentado quarta-feira ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, e ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), um dos pré-candidatos à Presidência. Os demais também receberão o material até as eleições. “Nossa primeira intenção foi montar um banco de dados que nos ajudasse a identificar como e onde ocorrem os crimes, já que a maioria dos Estados não têm essas informações, por incrível que pareça. A partir daí, vamos ter condições de avaliar que tipo de política pública funcionaria e como cobrar por elas”, afirmou ao Estado o secretário executivo do Instituto CNA, André Sanches. Os relatos colhidos com produtores rurais nos últimos 18 meses mostram, por exemplo, que 72% dos furtos e roubos são “encomendados”. “Os bandidos entram nas fazendas sabendo muito bem o que que-

rem levar, o que mostra organização e planejamento. Não são crimes de ocasião, como chamamos. E isso ocorre porque existe um mercado paralelo de insumos agrícolas que custam caro”, disse Sanches. Patrulhas Presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio de Freitas afirma que a falta de segurança levou algumas organizações a adotarem a entrega limitada dos insumos como prevenção. “Há esquemas especiais de distribuição, nos quais os produtores só podem pegar os itens na medida em que forem utilizar.” Freitas pede dos presidenciáveis projetos de patrulhas rurais em parceria com a iniciativa privada. Foi o que um grupo de fazendeiros de Goiás fez. Para se protegerem, produtores de 50 dos 246 municípios do Estado participam de programa de patrulha rural da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), uma parceria de sindicatos com o governo. Segundo o assessor jurídico da entidade, Augusto César de Andrade, a implementação de tecnologias no projeto, co-

Medidas no Congresso tentam ‘burlar’ controle de despesas Restrição imposta pelo teto de gastos tem encorajado o Parlamento a dar aval ao ‘risco’ Anne Warth e Idiana Tomazelli Agência Estado A restrição imposta pelo teto de gastos tem encorajado o Congresso a dar aval a soluções consideradas como precedente perigoso na criação de “válvulas de escape” ao limite de despesas, na avaliação de técnicos que monitoram as contas públicas. Um dos exemplos disso é a medida provisória (MP) 809, que cria um fundo privado para receber o dinheiro da arrecadação de compensações ambientais, que poderá ser usado pelo ICMBio nas unidades de conservação. Em outro exemplo, o relator do projeto de privatização da Eletrobrás, José Carlos Aleluia (DEM-BA), incluiu no texto a criação de uma estrutura fora do Orçamento para aplicar recursos na revitalização da Bacia Rio São Francisco. Fontes ouvidas pelo Estadão/Broadcast avaliam que as iniciativas são forma clara

de burlar o Orçamento, especificamente o teto de gastos. No caso do ICMBio, o texto foi aprovado pela Câmara e está na pauta de terça-feira do Senado. Se aprovado, vai à sanção presidencial. Os parlamentares que formaram a comissão mista dedicada a debater a MP 809 admitem a intenção de burlar o teto. “Por conta da Emenda Constitucional 95, que estabelece limite de gasto, por conta de um parecer do Tribunal de Contas da União, estamos impedidos de usar quase R$ 1,5 bilhão de compensação ambiental”, disse o senador Jorge Viana (PT-AC), relator da MP na comissão. O problema, dizem técnicos, não está no objetivo da política, mas no precedente criado para que o Congresso tente apartar outras receitas e despesas, à medida que o teto imponha restrições maiores. O temor é que a MP abra o caminho para a criação de “orçamentos paralelos”. É justamente esse movimento que está acontecendo no projeto de lei da privatização da Eletrobrás. A proposta enviada pelo governo ao Con-

gresso propõe que a companhia destine R$ 9 bilhões ao longo de 30 anos para a revitalização da Bacia do São Francisco, sendo R$ 350 milhões anuais nos 15 primeiros anos e R$ 250 milhões anuais nos últimos 15. Aleluia quer garantir que esse dinheiro não passe pelo Orçamento, para não ficar sujeito a contingenciamentos e cortes. Uma possibilidade é a criação de uma fundação, a exemplo da Renova, criada para reparar os danos do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), em 2015. O deputado nega que essa seja uma forma de driblar o teto de gastos. “Trata-se de dinheiro privado, e seria uma fundação de direito privado. Teto de gastos só se aplica a gasto público.” O Ministério do Planejamento, que assinou a MP 809 com o Ministério do Meio Ambiente, nega que haja brecha para burlar o limite constitucional. Segundo a pasta, apenas receitas de caráter privado podem ser direcionadas para um fundo à parte, fora do teto de gastos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

mo o uso de GPS e de drones, diminuiu o tempo de resposta das ocorrências, agilizando a ação da polícia. “Com a geolocalização das propriedades, é possível fazer rondas em locais de difícil acesso”, disse ele. Depois de ter sua propriedade em Santa Mariana, no Paraná, assaltada três vezes, o produtor de soja Jayme Telles, de 57 anos, passou a defender não apenas a expansão das patrulhas rurais, mas uma discussão aprofundada sobre flexibilizar o Estatuto do Desarmamento. “Precisamos ter armas na fazenda, até por causa dos animais. Vire e mexe aparece uma onça por lá. Me espanta esse tema não ser amplamente trabalhado pelos pré-candidatos. A violência não está mais só nas cidades”, afirmou Telles, que já perdeu mais de R$ 300 mil com o roubo de produtos para irrigação. Após o prejuízo, o fazendeiro contratou três guardas. Armas Segundo o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Arlindo Moura, o avanço da violência nas zonas rurais justifica o debate sobre armar a

população. “Qual a solução? Para mim, ela só virá no momento em que as fazendas possam estar armadas. Hoje, em função da lei do desarmamento, ele (criminoso) tem certeza de que ninguém tem arma.” O agricultor Antônio Junqueira, de Colina, no interior paulista, também já sofreu três assaltos em sua propriedade na qual planta bananas, eucalipto, cana-de-açúcar e seringueira. Ele comenta que, no pior dos assaltos, ocorrido há três anos, criminosos roubaram 30 mil quilos de borracha. Na época, o prejuízo totalizou R$ 115 mil. “Isso equivale a dois caminhões de 15 toneladas cada um. É gente estruturada, que rouba e depois vende sem nota, o que é pior ainda”, afirmou ele. Nos crimes anteriores, em que lhe roubaram defensivos agrícolas e fertilizantes, contabiliza perdas próximas a R$ 200 mil. “Antes era um paraíso, dormia de janela aberta. Agora, com tudo isso, escutamos carros passar de noite e ficamos preocupados”, disse Junqueira. (Colaboraram Ana Neira e Nathalia Fabro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.)

Gilmar sobre Barbosa: ‘Teria imensa dificuldade de dialogar com políticos’ %DUERVDVHğOLRXHPGH abril ao PSB mas ainda não DğUPRXVHYDLGLVSXWDU

Victoria Abel Agência Estado O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes disse, sábado, que, caso seu ex-colega de Corte Joaquim Barbosa se lance à Presidência, “teria imensa dificuldade de dialogar com políticos”. Barbosa se filiou em 6 de abril ao PSB, mas ainda não admitiu abertamente que entrará na disputa. Em entrevista ao jornalista José Luiz Datena, no programa Brasil Urgente da Band, Gilmar foi questionado sobre o que achava da possível candidatura do ex-ministro relator do mensalão no Supremo. “É uma pessoa capaz, que tem bons propósitos, mas eu ainda vejo que terá imensa dificuldade de

dialogar com políticos”, afirmou. O programa foi ao ar na tarde de sábado Na pesquisa do Ibope, divulgada em 24 de abril, Barbosa aparece em quarto lugar, com 9% de intenção de voto, em um cenário sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso na Lava Jato. O ex-ministro fica atrás do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) e da ex-senadora Marina Silva (Rede). “Imagino que se exija muita flexibilidade para isso (ser político). Quando se fala em carreira política, em geral, o indivíduo foi vereador, foi prefeito, foi deputado estadual e aí, numa fila, consegue ser deputado federal. Isso não significa apenas uma certa oportunidade de carreira, significa uma preparação, um aprendizado para esse processo”, completou Gilmar, quando questionado se Barbosa seria uma pessoa de temperamento difícil.

TRF4 nega anulação da condenação de Lula A vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargadora Maria de Fátima Freitas Labarrère, negou dia 4 recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para suspender a decisão da 8ª Turma do tribunal, que condenou o réu a 12 anos e 1 mês, com execução provisória da pena de prisão. O pedido havia sido protocolado no dia 27 de abril pela defesa do ex-presidente. Os advogados apontaram supostas violações cometidas pelo juíz federal Sérgio Moro, entre elas a falta de comprovada relação entre contratos com a Petrobras e o favorecimento ilícito considerado na sentença. A defesa alega que a 13ª Vara de Curitiba não teria competência para julgar a ação. Segundo a desembargadora, embora presente o periculum in mora (perigo na demora) decorrente da prisão do réu, não estariam preenchidos os demais requisitos necessários ao deferimento da medida, que são a possibilidade de admissibilidade dos recursos junto aos tribunais superiores e a probabilidade de acolhimento das teses levantadas pela defesa.

União libera mais de R$ 4 bi para estados e municípios O presidente Michel Temer anunciou, ontem, por meio de sua conta oficial no Twitter, que assinou a liberação de crédito suplementar no valor de R$ 4 bilhões para estados e municípios. Os recursos são resultado das compensações financeiras pela produção de petróleo e gás natural. “Estes recursos irão beneficiar a população brasileira”, destacou Temer, em seu comunicado. Segundo o Palácio do Planalto, a sanção do projeto de lei será publicada na edição de amanhã do Diário Oficial da União. O crédito suplementar havia sido aprovado no último dia 25, pelo Congresso Nacional, e prevê, além da compensação financeira decorrente da exploração de petróleo e gás, no valor de R$ 4,3 bilhões, a compensação pela utilização de recursos hídricos na geração de energia elétrica, no valor de R$ 6,7 milhões, e devolução de R$ 18,3 bilhões de Imposto Territorial Rural. Os recursos a serem repassados são oriundos de excesso de arrecadação de impostos pela União.

COLONO2VSURGXWRU tão pedido segurança contra invasão no campo ZÉ PINGA (RUHVWR do país qué segurança nas cidade, nas escola, nos ônibus, nas rua...


4

Dourados, segunda-feira 7.5.2018 O PROGRESSO

PolĂ­tica

Ciro Gomes investe C na aproximação com o PIB e o mercado

INFORME C CĂ?CERO FARIA cicerolfaria@gmail.com

NĂŁo foi desta vez que saiu

Foi tudo ‘paz e amor’ na reuniĂŁo DEM no sĂĄbado passado em Dourados. Mas, mesmo no calor democrata, Murilo =DXLWKQĂ‚RFRQÄ&#x;UPRXVXDFDQGLGDWXUDDJRYHUQDGRU)RL o deputado federal Luiz Henrique Mandetta quem se encarregou disso. Mas Murilo apenas sorriu. O ex-prefeito jĂĄ tinha anunciado em entrevista na Grande FM que somenWHHPMXOKRGDUĂ€XPDGHÄ&#x;QLĂ?Ă‚RVREUHTXHFDPLQKRWRPDU nesta eleição. Vai ver o cenĂĄrio atĂŠ lĂĄ...

Ex-ministro da Integração Nacional do governo petista, Ciro tem se GHGLFDGRDFRQVWUXLUSRQWHVFRPHOLWHVÄ&#x;QDQFHLUDHHPSUHVDULDOGR3DâV DIVULGAĂ‡ĂƒO

Pedro Venceslau AgĂŞncia Estado HĂĄ quase 16 anos, o entĂŁo candidato Ă PresidĂŞncia da RepĂşblica pelo PPS, Ciro Gomes, teve que divulgar uma nota oficial para explicar uma frase dita em um jantar com 30 empresĂĄrios na casa do amigo Ricardo Steinbruch, do Grupo Vicunha: “O mercado que se lixeâ€?. Naquele mesmo ano, em 2002, Luiz InĂĄcio Lula da Silva pavimentou o caminho para o PalĂĄcio do Planalto e acalmou o mesmo mercado com a Carta ao Povo Brasileiro, na qual se comprometia a “cumprir contratosâ€? e manter a diretriz econĂ´mica em vigor. Lula venceu a eleição com o apoio de Ciro no 2° turno. Em 2018, o petista - condenado e preso desde abril na Operação Lava Jato - e o ex-governador do CearĂĄ, agora no PDT, novamente se apresentam para a corrida presidencial. Mas Ciro ĂŠ o Ăşnico que tem se dedicado a construir pontes com as elites fi-

Ciro Gomes quer ouvir o setor bancĂĄrio para discutir a redução do spread nanceira e empresarial do PaĂ­s. O ex-governador, que foi ministro da Fazenda de Itamar Franco, tem feito um esforço explĂ­cito para afastar a imagem de imprevisĂ­vel e explosivo e ser bem recebido em cĂ­rculos identificados com o pensamento econĂ´mico liberal. “O Ciro estĂĄ mais aberto a escutar e menos voluntariosoâ€?, disse ao Estado o presidente da Confederação Nacional da IndĂşstria (CNI), Robson Andrade. O empresĂĄrio mineiro teve recentemente uma longa conversa com o prĂŠ-candidato do PDT. Os dois concordaram na necessidade da promover uma reforma da PrevidĂŞncia e o ajuste fiscal - mas nĂŁo tocaram em um ponto nevrĂĄlgico: a reforma trabalhista. Andrade conta que “ouviu pela imprensaâ€? que o prĂŠ-candidato do PDT defende sua revogação. “NĂŁo sei ĂŠ influĂŞncia do PDT ou do Carlos Lupi, mas isso ĂŠ totalmente fora de propĂłsitoâ€?, disse o presidente da CNI. Ciro foi em abril o Ăşnico representante da “esquerdaâ€? em

Ciro jå escolheu local na Rebouças para abrigar o comitê central um evento que reúne anualmente a direita intelectual e empresarial mais engajada: o Fórum da Liberdade, organizado pelo Instituto de Estudos Empresariais (IEE) - fundado hå 30 anos em Porto Alegre e que tem como objetivo formar líderes empresariais e difundir conceitos de economia de mercado e livre iniciativa. Entrevistado no evento, que teve o juiz SÊrgio Moro como maior estrela, Ciro afirmou que não considera Lula um preso político. Ganhou pontos. Ex-ministro da Integração Nacional do petista, Ciro foi tambÊm na semana passada o único presidenciåvel do seu campo político a visitar a Agrishow, a principal feira agropecuåria do País, em Ribeirão Preto. Visitou estandes de empresas, fez discursos e lembrou que a senadora Kåtia Abreu, ex-presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e recÊm filiada ao PDT, estarå na linha de frente das propostas de sua campanha para o setor. Ciro tambÊm foi recebido no Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi) - que reúne atualmente 50 empresårios representantes de grandes empresas nacionais - e por federaçþes empresariais nos Estados por onde passou. Deu tambÊm palestra remunerada para uma agência de investimento e participou de diversos en-

contros privados com empresĂĄrios de vĂĄrios setores. “Ciro estĂĄ aberto a ouvir opiniĂľes de todos os segmentos. Ele quer ouvir o setor bancĂĄrio para discutir a redução do spread. A taxa de juros nĂŁo pode ser fixada por decreto. É consequĂŞnciaâ€?, disse o economista Mauro Benevides Filho. Formado em economia na UnB e com doutorado na universidade Vanderbilt, nos Estados Unidos, Benevides, que foi secretĂĄrio da Fazenda do CearĂĄ por 12 anos, e ĂŠ o responsĂĄvel pelas diretrizes econĂ´micas de Ciro. O filĂłsofo Roberto Mangabeira Unger continua no time, mas foi Benevides Filho quem assumiu a interlocução com o mercado e tem rodado o Brasil para cumprir a missĂŁo. O economista se apresenta sempre com o mantra: o ajuste fiscal nĂŁo pode ter ideologia e Ciro nĂŁo representa risco de ruptura. Quando o assunto ĂŠ a reforma trabalhista, porĂŠm, os apoiadores de Ciro admitem que o prĂŠ-candidato do PDT tem na proposta de revogar a reforma trabalhista - caso eleito - um calcanhar de Aquiles na tentativa de ser palatĂĄvel aos setores financeiros e empresariais. Para Benevides Filho, “Ciro compreende que existem novas formas de trabalho - em casa, Ă distância - e tudo isso precisa ser regulamentado em uma nova reformaâ€?.

MDB lança Skaf para o governo em ato com Temer e Meirelles Ex-prefeita e ex-ministra Marta Suplicy poderå ser a candidata ao Senado JosÊ Maria Tomazela Agência Estado De Jaguariúna O MDB lançou såbado a prÊ-candidatura de Paulo Skaf ao governo do Estado. A cerimônia em Jaguariúna que confirmou o nome do presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) como postulante do partido ao Palåcio dos Bandeirantes contou com a presença do presidente Michel Temer e do

ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A ex-prefeita e ex-ministra Marta Suplicy poderĂĄ ser a candidata do partido ao Senado. Ao discursar, o deputado federal Baleia Rossi, presidente do diretĂłrio estadual do MDB, disse que o partido vive um momento especial em SĂŁo Paulo, com 85 prefeitos e mais de 700 vereadores, estando presente nos 645 municĂ­pios do Estado. “Precisamos sair daqui com a convicção de que, unidos, somos fortes e vamos levar ao governo um homem preparado, que se dedica Ă educação, que poderia atĂŠ nĂŁo entrar para a polĂ­tica,

pois ĂŠ um homem realizado. O momento exige que pessoas boas entrem para a polĂ­tica. Vamos trabalhar em cada cidade para dizer que temos o melhor prĂŠ-candidato para o governo de SĂŁo Paulo, que ĂŠ Paulo Skafâ€?, afirmou. O deputado estadual Jorge Caruso, secretĂĄrio do partido, disparou as primeiras crĂ­ticas ao PSDB. Ele disse que os 20 anos de poder do PSDB no Estado foram muitos ruins. “Parece atĂŠ o tempo do ImpĂŠrio, quando o Poder Moderador se instalou e quem precisava de recurso tinha de beijar a mĂŁo do mandatĂĄrio. Isso foi muito nocivo. Um governo que nĂŁo

Outro economista que aderiu ao projeto do pedetista, o ex-ministro da Fazenda Luiz Carlos Bresser Pereira, reconhece que a proposta de revogar a reforma trabalhista ĂŠ um obstĂĄculo nas conversas com o PIB. “Essa proposta da lei trabalhista ĂŠ realmente contraditĂłria.â€?. Ciro e Bresser se aproximaram em 2016 apĂłs uma palestra do ex-ministro na Fundação GetĂşlio Vargas. Em seguida foram jantar e discutiram longamente a tese de Bresser sobre o “novo desenvolvimentismoâ€?. Algum tempo depois, o economista promoveu outro jantar, mas dessa vez tambĂŠm chamou o petista Fernando Haddad. O trio se reuniu novamente na semana passada no escritĂłrio de Delfim Neto. “Ciro Ă s vezes diz o que nĂŁo devia. É politicamente incorreto, mas no plano das decisĂľes nunca foi ‘porra louca’. É um candidato de centro-esquerda, nĂŁo de esquerda. Sabe que estamos em um regime capitalista e que precisa governar com empresĂĄriosâ€?, disse Bresser. Paulistano Em fevereiro de 2015 o mundo polĂ­tico acreditou que Ciro Gomes, entĂŁo no PROS, estaria fora das eleiçþes de 2018 quando ele aceitou um convite do amigo Benjamin Steinbruch para trabalhar na Companhia SiderĂşrgica Nacional (CSN) em SĂŁo Paulo. O ex-ministro trocou as articulaçþes polĂ­tico-partidĂĄrias por um polpudo salĂĄrio na iniciativa privada. E mudou-se para a capital paulista, longe de sua base eleitoral, o CearĂĄ. Em maio de 2016, porĂŠm, deixou a empresa para, segundo ele, evitar que “perseguiçþesâ€? polĂ­ticas do presidente Michel Temer prejudicassem seu trabalho Ă  frente da Transnordestina, subsidiĂĄria da CSN que era presidida por ele. Mergulhou novamente na polĂ­tica a passou a dividir-se entre sua casa em Fortaleza e o apartamento do filho na capital paulista. Ciro jĂĄ escolheu um local na Avenida Rebouças para abrigar o comitĂŞ central de sua campanha. Ele disse em entrevista ao Estado que procura um “nome da produçãoâ€? do Sudeste para ser seu vice e revelou que jĂĄ conversou longamente com o mineiro JosuĂŠ Gomes, da Coteminas.

mostrou o menor respeito pelo MDB, nem pelas outras bancadas tambĂŠm. Foi um perĂ­odo difĂ­cil.â€? Meirelles, que tenta ser o presidenciĂĄvel do partido, elogiou o governo Temer. “Quando o presidente me convidou para assumir o ministĂŠrio da Fazenda, olhei a situação e vi um homem de coragem enfrentando uma situação dramĂĄtica. O Brasil, naquele momento, precisava de coragem. VivĂ­amos ali a maior crise da histĂłria do PaĂ­s. Uma crise econĂ´mica que gerou 14 milhĂľes de desempregados e o povo passou a perder a esperança no futuro. O presidente Michel Temer assumiu e se comprometeu a fazer reformas fundamentais para o Brasil voltar a crescerâ€?, disse. “O futuro do Brasil requer continuidade, requer o MDB no poder para um PaĂ­s desenvolvido.â€?

UNIDOS? NĂƒO O prĂŠ-candidato ao goverQR$QGUĂ’3XFFLQHOOL 0'%  destacou que nĂŁo tem mais prazo para o seu partido se unir com Reinaldo AzambuMD 36'% +Ă€SRXFRWHPSR nos bastidores, chegou a se FRJLWDUXPDSRVVâYHODOLDQĂ?D entre os dois rivais e AndrĂŠ disse em entrevista que a chapa perfeita seria ele como governador, o juiz federal aposentado Odilon de Oliveira como vice e AzamEXMDQR6HQDGRVHJXQGRR &RUUHLRGR(VWDGRĹƒ7HUĂ?D-feira, na outra semana, esWLYHQR3ODQDOWRHGLVVHPRV TXHR0'%YDLWHUFDQGLGDWXUDSUĂśSULD$JRUDQĂ‚RWHP mais possibilidade de alianĂ?DFRPR5HLQDOGRQĂ‚RWHP PDLVSUD]RSDUDR0'%ID]HU DOLDQĂ?DFRPR36'%Ĺ„GHVWDFRX BOLA CHEIA 2GLUHWĂśULRUHJLRQDOGR3'7 DLQGDQĂ‚RGHÄ&#x;QLXDFRPSRVLĂ?Ă‚RGDFKDSDHQFDEHĂ?Dda pelo juiz aposentando 2GLORQGH2OLYHLUD$WĂ’MXOKRDVDOLDQĂ?DVGHYHPVHU anunciadas, foi o que prometeu o deputado federal 'DJREHUWR1RJXHLUD 3'7  Ĺƒ(VWDPRVPRQWDQGRXPD chapa com muito critĂŠrio, PXLWRFXLGDGR$QDOLVDQGR RVSDUWLGRVDVSHVVRDVĹ„ H[SOLFRXRGHSXWDGR'Dgoberto considera a candiGDWXUDGRFRUUHOLJLRQĂ€ULR Ĺ LUUHYHUVâYHOĹ‚6HJXQGRHOH o partido nĂŁo pode colocar em risco a chance que tem QDVPĂ‚RVĹƒ9DPRVJDQKDU HOHLĂ?Ă‚R QRSULPHLURWXUQR 2GLORQYDLVHUJRYHUQDGRU $OLDQĂ?DGHOHĂ’FRPSRYRĹ„ concluiu o pedetista, citado SHOR0LGLDPD[ REBAIXADOS 2PLQLVWURGR6XSUHPR7ULEXQDO)HGHUDO'LDV7RIIROL GHWHUPLQRXTXHVHLVDĂ?øHV penais e um inquĂŠrito que tramitavam em seu gabine-

te contra parlamentares fossem enviadas para Ă primeira e seJXQGDLQVWĂ QFLD'HQWUHRVSDUlamentares que perderam o foro privilegiado e agora respondeUĂ‚RDRVSURFHVVRVQD-XVWLĂ?DGH primeira e segunda instância HVWĂ‚RVHLVGHSXWDGRVIHGHUDLV PERIGO 2VHFUHWĂ€ULRGH6HUYLĂ?RV8UEDQRV-RDTXLP6RDUHVUHFODPRX muito dos atos de vandalismo Ă  logradouros pĂşblicos e furto de tampas de bueiro, grade das Ĺ ERFDVGHORERĹ‚HILDĂ?Ă‚RHOĂ’WULFD2QGHH[LVWHXPEXHLURVHP WDPSDKĂ€PHVHVĂ’QDUXD&DUORV Alberto Alencar na esquina coPDD0XVWDIĂ€6Ă€WHUQR3DUTXH $OYRUDGD2EXHLURHVWĂ€VHQGR ĹƒVLQDOL]DGRĹ„SRUPRUDGRUHVFRP SHGDĂ?RVGHSDXJDOKRVHRXWURV REMHWRV JUSTIÇA 27ULEXQDO5HJLRQDOGR7UDEDOKR da 24ÂŞ RegiĂŁo vai realizar trĂŞs VHVVøHVLWLQHUDQWHVH[WUDRUGLQĂ€ULDVHP'RXUDGRVQRVGLDV HGHPDLR$SURJUDPDĂ?Ă‚R WDPEĂ’PWHUĂ€XPGHEDWHVREUH DFLGHQWHVHGRHQĂ?DVGRWUDEDOKRHODQĂ?DPHQWRGHOLYUR1RGLD ÂżVKVHUĂ€DDEHUWXUDGD VHVVĂ‚RGR75706QR$QÄ&#x;WHDWURGR%ORFRGD8QLJUDQcV KKDYHUĂ€D6HVVĂ‚RGR7ULEXQDO3OHQRFRPSRVWDSHORVRLWR GHVHPEDUJDGRUHV1RGLDÂżV KVHUĂ€UHDOL]DGDD6HVVĂ‚RGD 6HJXQGD7XUPDGH-XOJDPHQWRcVKRFRUUHUĂ€D6HVVĂ‚R GD3ULPHLUD7XUPD(QFHUUDQGR as atividades, Ă s 19h, o desembargador Francisco das Chagas Lima Filho vai mediar um debaWHVREUHDFLGHQWHVHGRHQĂ?DVGR WUDEDOKRFRPDSDUWLFLSDĂ?Ă‚RGRV SURIHVVRUHV-HIHUVRQ%DTXHWLH )HUQDQGR0DFKDGR$RWRGR 71 processos serĂŁo julgados duUDQWHDVVHVVøHVLWLQHUDQWHV1R DQRSDVVDGRDVGXDV9DUDVGR 7UDEDOKRGH'RXUDGRVUHFHEHUDPQRYRVSURFHVVRV1RV WUĂ“VSULPHLURVPHVHVGHMĂ€ IRUDPMXOJDGDVDĂ?øHVWUDbalhistas e recebidos 452 novos FDVRV

BATE REBATE O volume de repasses do ICMS para os municĂ­pios de Mato Grosso do Sul cresceu 16% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo perĂ­odo do ano passado. A Secretaria de Estado de Fazenda informou que, de janeiro a março, foram repassados R$ 492 milhĂľes. Uma ‘sociedade viciada em Estado’, com uma cultura de ‘desigualdade’ e ‘desonestidade institucionalizada’. Para o ministro LuĂ­s Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), esses sĂŁo os trĂŞs principais problemas ainda enfrentados pelo Brasil. UsuĂĄrios do Whats App relatam um novo bug ao receber um emoji de esquilo, com os dizeres “nĂŁo toque aquiâ€?, travando o app ou mesmo o smartphone apĂłs tentar tocar ou remover a mensagem. A falha, que nĂŁo se trata de um vĂ­rus, afeta celulares Android, e pode ser resolvida fechando e abrindo o app ou reiniciando o celular. Por conta da cheia no Pantanal, a travessia de balsa no rio Paraguai, no distrito de Porto da Manga, em CorumbĂĄ, foi suspensa pela Agesul.

INFORME CURURU O canguru nĂŁo paga a faculdade porque jĂĄ tem a bolsa.


5

Dourados, segunda-feira 7.5.2018 O PROGRESSO

Brasil & Mundo ROVENA ROSA/AGĂŠNCIA BRASIL

Macri enfrenta a primeira grande crise e juros sobem para 40% na Argentina DIVULGAĂ‡ĂƒO

Ao todo foram 3 anĂşncios de alta em 8 dias, pegando os investidores de surpresa Luciana Dyniewicz AgĂŞncia Estado

Desabrigados do edifício que desabou após incêndio no dia 1º de maio recebem doaçþes em frente à Igreja NªSª do Rosårio em SP

Prosseguem buscas em escombros e famĂ­lias terĂŁo auxĂ­lio-moradia Cerca de 10 toneladas de entulhos jĂĄ foram retirados, mas ainda hĂĄ muito a fazer; cinco pessoas estĂŁo desaparecidas: casal, mĂŁe e dois gĂŞmeos Camila Maciel/AgĂŞncia Brasi De SĂŁo Paulo A partir desta semana, 178 famĂ­lias atingidas pelo desabamento do edifĂ­cio Wilton Paes de Almeida, no Largo Paissandu, poderĂŁo sacar o auxĂ­lio-moradia, informou, por meio de nota, a prefeitura de SĂŁo Paulo. As famĂ­lias devem assinar um termo de adesĂŁo.

Corpo de Ricardo GalvĂŁo Pinheiro foi liberado para sepultamento; ele caiu junto com prĂŠdio quando estava sendo resgatado De acordo com o governo municipal, 97 eram moradores do prĂŠdio e 81 pessoas serĂŁo beneficiadas porque tiveram os imĂłveis interditados. Ontem, o trabalho de busca

por cinco desaparecidos nos escombros completou seis dias. Cerca de 10 toneladas de escombros jå foram retiradas, mas ainda hå muito entulho. De acordo com o tenente AndrÊ Elias, porta-voz do Corpo de Bombeiros, 49 homens trabalham no local neste momento. São duas frentes de atuação: uma equipe de busca e resgate em estruturas colapsadas e outra fazendo rescaldo e resfriamento da estrutura. Cinco pessoas ainda estão desaparecidas: um casal e uma mãe com seus dois filhos gêmeos. Elias informou que a todo momento o trabalho das måquinas Ê acompanhado pela equipe de resgate e, caso seja identificado alguma evidência dos desaparecidos, Ê iniciada a busca manual. AlÊm

de duas retroescavadeiras, estĂŁo sendo utilizados cachorros na operação. Ele destacou ainda que a estratĂŠgia, por enquanto, permanece a mesma, mas pode ser reavaliada. Acampamento No Largo Paissandu, muitas famĂ­lias continuam acampadas a espera do auxĂ­lio-moradia que deve ser oferecido pela prefeitura. “A gente recebe muita solidariedade aqui. NĂŁo tem o que dizer. Comida nĂŁo falta, mas a gente quer uma cobertura, nĂŠ? Um lugar pra se abrigar. Estamos na promessa de uma coisa boaâ€?, disse Neuza Souza, 54 anos, que estava desempregada e por isso precisou morar na ocupação. Ela contou que ouviu explosĂľes antes e logo saiu do prĂŠdio com o fi-

lho de 15 anos. “Eu ia pegar os meus documentos, mas ele nĂŁo deixou. Ainda bem, nĂŠ?â€?, relembrou.A prefeitura informou que em março deste ano 171 famĂ­lias ocupantes do edifĂ­cio haviam sido cadastradas. Um abrigo emergencial foi montado embaixo do Viaduto Pedroso, no centro, que funciona das 9h Ă s 16h para cadastramento e o acolhimento funciona 24 horas. Desaparecidos Na manhĂŁ de sĂĄbado, o corpo de Ricardo Oliveira GalvĂŁo Pinheiro, 39 anos, foi liberado pelo Instituto MĂŠdico Legal para sepultamento. Ele foi encontrado sob os escombros do desabamento na sexta-feira. Ricardo estava sendo resgatado pelos bombeiros, quando o prĂŠdio veio abaixo.

Pouco mais de dois anos apĂłs chegar ao comando da Argentina e se transformar em uma das apostas preferidas do mercado financeiro, o governo de Mauricio Macri atravessou sua primeira crise: diante de uma saĂ­da de capitais que desvalorizou sua moeda em 8% em uma semana, o Banco Central aumentou a taxa bĂĄsica de juros de 27,25% para 40% - a maior do mundo. Ao todo, foram trĂŞs anĂşncios de alta em oito dias, todos pegando os investidores de surpresa. Na sexta-feira, apĂłs o BC elevar em 6,75 pontos porcentuais o juro bĂĄsico e o governo reduzir a meta do dĂŠficit pĂşblico de 3,2% do PIB para 2,7% em 2018, o mercado finalmente se acalmou e o dĂłlar caiu quase 2%. A moeda americana encerrou o dia cotada a 21,82 pesos, depois de chegar a 23 pesos na quinta-feira. Na avaliação do economista Alberto Ramos, do Goldman Sachs, o BC atuou ontem de “forma contundenteâ€?, melhorando “um poucoâ€? a situação e corrigindo “a implementação errĂĄtica das Ăşltimas medidasâ€?. A Argentina ĂŠ o paĂ­s que vem sendo mais afetado pela valorização do dĂłlar no mercado internacional, com as perspectivas de um aumento maior dos juros nos Estados Unidos - o que torna o mercado americano mais atraente aos investidores e afeta diretamente as economias emergentes. Nesta semana, a IIF, associação que reĂşne os maiores bancos do mundo, jĂĄ havia manifestado preocupação em relação aos rumos da economia do paĂ­s O Banco Central argentino vinha perdendo credibilidade desde dezembro, quando a equipe econĂ´mica de Macri elevou a meta de inflação de 10% para 15%, em uma tentativa de aumentar o ritmo da economia. Apesar de o mercado jĂĄ

Macri enfrenta problemas nĂŁo acreditar que esses nĂşmeros seriam atingidos - a inflação em 2017 ficou em 24,8% e as projeçþes para 2018 sĂŁo de mais de 20% -, a interpretação foi de que o controle da inflação havia deixado de ser prioridade. TambĂŠm contribuĂ­ram para o caos desta semana a criação de um imposto sobre ganhos financeiros de investidores estrangeiros e a avaliação de que os dĂŠficits das contas pĂşblicas e externo continuam altos. Para MartĂ­n Redrado, ex-presidente do BC, as polĂ­ticas econĂ´micas de Macri nĂŁo tĂŞm conseguido segurar a inflação, e falta ao governo um programa econĂ´mico integral. “Os problemas de fundo nĂŁo foram resolvidos, hĂĄ desequilĂ­brio fiscal e uma inflação resistente.â€? Ramos, do Goldman, acrescentou que o juro na casa dos 40% pode desacelerar a economia. “NĂŁo tem parto sem dor, mas, se o BC nĂŁo tivesse feito nada, a crise seria maior. A inflação perderia o controle.â€? Para ele, a alta dos juros pode ter impacto no Brasil, ainda que nĂŁo muito significativo. Os economistas tambĂŠm nĂŁo descartam a possibilidade de o BC elevar novamente os juros. (As informaçþes sĂŁo do jornal O Estado de S. Paulo.)

Reino Unido tenta acalmar Trump TunĂ­sia faz primeiras eleiçþes em relação ao acordo com IrĂŁ desde a Primavera Ă rabe de 2011 DIVULGAĂ‡ĂƒO

IrĂŁ alerta EUA que deixar o acordo nuclear resultaria em ‘arrependimento histĂłrico’ AgĂŞncia Estado O embaixador do Reino Unido nos EUA disse ontem que seu paĂ­s acredita que ainda ĂŠ possĂ­vel minimizar as preocupaçþes do presidente Donald Trump sobre o acordo nuclear com o IrĂŁ, a tempo de impedi-lo de sair do acordo. Kim Darroch disse que o Reino Unido tem ideias para lidar com essas preocupaçþes. Elas incluem o programa de mĂ­sseis balĂ­sticos do IrĂŁ e seu envolvimento em conflitos no Oriente MĂŠdio, questĂľes que nĂŁo fazem parte do acordo internacional. Trump tambĂŠm se opĂľe Ă clĂĄusula do acordo que permite ao IrĂŁ retomar parte de seu programa nuclear depois de 2025. “Achamos que podemos encontrar alguma lingua-

Trump se opþe à clåusula do acordo que permite ao Irã retomar programa nuclear gem, produzir alguma ação que atenda às preocupaçþes do presidente�, disse Darroch em entrevista a rede de TV CBS. Trump deve tomar uma

decisĂŁo atĂŠ o prĂłximo sĂĄbado, dia 12 de maio. O secretĂĄrio de Relaçþes Exteriores do Reino Unido, Boris Johnson, agendou conversaçþes com autoridades dos EUA em Washington nesta semana. Sua viagem segue visitas feitas nas Ăşltimas semanas pelos lĂ­deres da França e da Alemanha, que tambĂŠm tentaram convencer Trump a manter o acordo. Todos os trĂŞs paĂ­ses europeus assinaram o acordo de 2015, juntamente com a RĂşssia e a China. O presidente do IrĂŁ alertou Trump neste domingo de que deixar o acordo nuclear resultaria em um “arrependimento histĂłricoâ€?. O presidente do ComitĂŞ de Serviços Armados da Câmara dos Deputados norte-americana tambĂŠm desaconselhou a retirada do acordo sem uma ideia mais clara das consequĂŞncias, e pediu a Trump que desse aos europeus tempo para tratar de suas preocupaçþes. (Fonte: Associated Press)

A apatia dos eleitores Ê generalizada, apesar do nível de insatisfação Agência Estado De Túnis Os tunisianos participam ontem da primeira eleição municipal desde a PrimaveVEVEFIIQYQTEWso crucial para a consolidação da democracia no país. A expectativa de participação da população Ê baixa, com apenas 13% de comparecimento atÊ o momento, de acordo com as autoridades eleitorais. O número contrasta com as longas filas de eleitores das eleiçþes parlamentares e presidenciais pós-revolução. A apatia dos eleitores Ê generalizada, apesar do nível de insatisfação da população com a taxa de desemprego batendo em 15% e inflação em 7%. Isso Ê um grande proble-

ma, em especial, para os jovens, que lideraram o levante em 2011 mas nĂŁo viram melhora em suas oportunidades desde entĂŁo. Em busca de votos em Soukra, subĂşrbio da capital Tunis, o presidente Beji Caid Essebsi insistiu que a TunĂ­sia estĂĄ no caminho certo. “Democracia nĂŁo ĂŠ imposta mas exercida e estamos no caminho para consagrĂĄ-la diariamenteâ€?, disse. O lĂ­der do influente partido islâmico moderado Ennahdha, Rached Ghannouchi, tem discurso semelhante. “Queremos enviar a mensagem ao mundo que confirme que a democracia estĂĄ em vigor na TunĂ­sia, apĂłs expulsarmos um ditadorâ€?, disse. O paĂ­s norte africano tem 5,3 milhĂľes de eleitores e uma lista de mais de 2 mil candidatos na disputa por uma posição nos conselhos municipais. Na tentativa de descentralizar a tomada de decisĂŁo e impulsionar regiĂľes marginalizadas os conselhos ganharam

mais poder. Essas eleiçþes representam uma quebra de paradigma em diversos nĂ­veis. Hoje, as mulheres representam 49% dos candidatos, em parte graças a aprovação de leis que nos Ăşltimos anos estimularam a igualdade de gĂŞnero. Um dos destaques no pleito ĂŠ a farmacĂŞutica Souad Abderrahim, que pode se tornar a primeira prefeita da capital, TĂşnis. E na cidade mediterrânea de Monastir, o Ennahdha tem como candidato o judeu Simon Slama. Ao mesmo tempo, quase metade dos candidatos ĂŠ independente e muitos sĂŁo totalmente novos no meio polĂ­tico. “Essas eleiçþes sĂŁo um passo histĂłrico, pois trazem a participação democrĂĄtica para o nĂ­vel local, onde os problemas diĂĄrios sĂŁo administrados e os cidadĂŁos podem realmente se fazer ouvirâ€?, disse o chefe da missĂŁo de observadores da UniĂŁo Europeia, Fabio Massimo Castaldo (Com informaçþes da Associated Press)


6

Dourados, segunda-feira 7.5.2018 O PROGRESSO

PolĂ­cia BPTRAN

Mega operação prende 70 pessoas em Dourados; membro de facção ĂŠ morto Dentre as prisĂľes estĂĄ um pistoleiro proÄ&#x;ssional e de extrema periculosidade. Polâcia CiYil fecKa 8 Eocas de fumo, apreende drogas, dinKeiro e produtos rouEados CIDO COSTA/DOURADOSAGORA

ValÊria Araújo valeria@progresso.com.br Uma mega operação da Policia Civil com o apoio da Policia Militar prendeu cerca de 70 pessoas em Dourados no último såbado. De acordo com o delegado da Delegacia Regional, Lupersio Degerone Ê a maior ação da instituição nos últimos 10 anos. No total, foram 69 mandados de prisão cumpridos e 11 prisþes em flagrante. Alguns dos detidos tinham vårios mandados em aberto por crimes diversos. Dentre os presos estå um paraguaio procurado hå mais de 20 anos, considerado de altíssima periculosidade e pistoleiro profissional. Ele Ê tido como principal suspeito da morte do fazendeiro Luiz

PolĂ­cia Civil acredita que ao tirar os foragidos da justiça de circulação, o nĂşmero de crimes em Dourados deve diminuir Brunetto, de 62 anos que foi executado a tiros e o corpo encontrado no Ăşltimo dia 20 nas proximidades do Posto Capey da PolĂ­cia RodoviĂĄria Federal em Ponta PorĂŁ. Recai sobre o detido a acusação de pelo menos cinco homicĂ­dios, mas a polĂ­cia investiga a participação dele em outros assassinatos em Dourados e Ponta PorĂŁ. Outro fato que tambĂŠm chamou a atenção durante a operação ĂŠ a morte de um membro tido como “importanteâ€? de facção criminosa que tinha mandato de prisĂŁo em aberto. Ele teria recebido os policiais a tiros, que revidaram e mataram o faccionado, que estava sendo investigado por envolvimento em assassinato de policiais. O fato aconteceu em uma residĂŞncia

Operação do BPTran foi realizada na sexta-feira e såbado

Polícia agra mais de 100 infraçþes no trânsito em 40 min 2FRUUÓQFLDVVÂRGHH[FHVVRV de velocidade, falta de KDELOLWD�ÂRHHPEULDJXÓV

De Campo Grande progresso@progresso.com.br

Operação aconteceu em diversos bairros da cidade de Dourados com o apoio da PolĂ­cia Militar no bairro Altos do Alvorada. Na casa havia vĂĄrias pessoas e duas foram presas. Limpeza A operação da PolĂ­cia Civil recebeu o nome de “Assepsiaâ€? que significa “limpezaâ€? e teve o objetivo de cumprir mandados de prisĂŁo em aberto, coibir o trĂĄfico de drogas, os roubos e homicĂ­dios. Os presos nĂŁo tinham relação entre si. De acordo com o delegado regional, alĂŠm dos 80 mandados de prisĂŁo cumpridos, foram fechados 8 pontos de venda de drogas e apreendidos mais de R$ 7 mil em dinheiro do trĂĄfico, armas, alĂŠm de 8 veĂ­culos, drogas e objetos que foram furtados da população nos Ăşltimos meses. De acordo com Degerone,

todo o material foi levado para a delegacia. A PolĂ­cia visa agora identificar as vĂ­timas de furtos para que esses produtos possam ser devolvidos para a sociedade. Aparelhos de som, bicicleta, cadeiras, rodas de veĂ­culos, objetos de trabalho da construção civil foram algumas das apreensĂľes. 7UĂ€Ä&#x;FR)RUPLJXLQKD Em relação a drogas aprendidas, a operação da PolĂ­cia Civil tirou de circulação drogas fracionadas e embaladas, jĂĄ prontas para a comercialização; uma caracterĂ­stica comum do trĂĄfico nos bairros. Apesar de parecer pouca quantidade, os 500 gramas de cocaĂ­na e 3 quilos de maconha apreendidos dariam para produzir milhares de papelotes para serem distribuĂ­dos

pelo “trĂĄfico formiguinhaâ€?, segundo Lupersio Degerone. Aparato policial Participaram da ação mais de 140 policiais entre civis e militares, alĂŠm do patrulhamento aĂŠreo do helicĂłptero da Secretaria de Justiça e Segurança PĂşblica (Sejusp). CĂŁes farejadores da PolĂ­cia Militar tambĂŠm foram utilizados. A ação tambĂŠm contou com importantes instituiçþes como o Garras, Derf e Defron, alĂŠm de policiais de Dourados e de delegacias subordinadas da Policia Civil como a de Maracaju, Rio Brilhante, CaarapĂł, laguna CarapĂŁ, ItaporĂŁ. Toda a operação foi comandada pelo delegado do Serviço de Investigaçþes Gerais (Sig) Rodolfo Daltro, com o apoio da Delegacia Regional.

“Fronteira 67� aborda mais de 130 e Coronel da prende foragido na primeira noite PM capota PM

Ação prepara a região para o Festival AmÊrica do Sul no Pantanal

carro

2RÄ&#x;FLDOFUX]RXDURWDWĂśULD da entrada de FĂĄtima do Sul, colidiu contra uma placa

De CorumbĂĄ progresso@progresso.com.br

FĂĄtima do Sul

Os trabalhos da “Operação Fronteira 67â€? em CorumbĂĄ e LadĂĄrio renderam mais de 130 abordagens e um foragido preso, na primeira noite. A ação prepara o Pantanal para o Festival AmĂŠrica do Sul. A Operação intensifica abordagens em locais pĂşblicos com grande fluxo de pessoas, com participação do Bope, Getam e Força tĂĄtica do 7ÂşBPM e do 11ÂşBPM, PRE, GPA (Grupamento AĂŠreo da PM), Guarda Municipal e PolĂ­cia Boliviana. No primeiro dia da ação, 132 pessoas, 11 carros e 18 motocicletas foram abordados. Um foragido da Justiça foi capturado com 15 gramas de maconha. Durante o lançamento da Operação, o comandante do 6Âş BatalhĂŁo de PolĂ­cia Militar de CorumbĂĄ, tenente-coronel Silva Neto destacou que a operação traz maior segurança Ă população. â€œĂ‰ uma maneira de aproveitar da melhor forma os equipamentos, as viaturas e

Um tenente coronel da Polícia Militar se envolveu em um acidente na sexta-feira (4) na rotatória da MS-376, na saída de Fåtima do Sul para Vicentina. Segundo informaçþes do Siliga News, o tenente coronel seguia em um veículo Chevrolet Agile sentido a cidade de Dourados. O oficial cruzou a rotatória da entrada de Fåtima do Sul, colidiu contra uma placa de sinalização, capotou e caiu em uma ribanceira às margens da rodovia. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e retirou o coronel que ficou retido no interior do veículo. Apesar do violento acidente, o oficial foi retirado do veículo sem nenhum ferido grave, com apenas algumas escoriaçþes pelo corpo. O veículo Agile ficou totalmente destruído e com as rodas para cima.A vítima foi socorrida e encaminhada ao hospital

$Ĺƒ2SHUDĂ?Ă‚R)URQWHLUDĹ„VHJXHDWĂ’RÄ&#x;QDOGRPĂ“VQDFLGDGH

o próprio pessoal com readequação de horårios, conforme períodos que a gente vem identificando que vem acontecendo maior índice de delitos para tentar reduzi-los e trazer maior sensação de segurança à população�, disse Silva Neto. De acordo com o comandante, qualquer tipo de abordagem serå feita, para a identificação de indivíduos com mandado de prisão em aberto, a apreensão de armas de fogo ou drogas não só na re-

giĂŁo urbana, como em ĂĄreas rurais, assentamentos e algumas regiĂľes do Pantanal. FASP - A “Operação Fronteira 67â€?, segue atĂŠ o final do mĂŞs na cidade e tambĂŠm serve como uma ação preventiva para o Festival AmĂŠrica do Sul Pantanal (FASP), previsto para ocorrer entre os dias 24 a 27 de maio, quando a cidade tambĂŠm deverĂĄ contar com o reforço de efetivo de outras cidades para promover o policiamento no perĂ­metro do evento.

Vårias ocorrências de trânsito envolvendo embriaguez, documentos irregulares e falta de habilitação foram registradas em Campo Grande na sexta-feira e såbado. Uma operação do Batalhão da Polícia Militar de Trânsito (BPTran) realizada ontem tambÊm flagrou 100 veículos acima da velocidade permitida em menos em 40 minutos. Em uma das ocorrências registradas, a polícia teve que perseguir um motociclista após ele fugir de abordagem na avenida Campo Nobre, na noite de sexta-feira. O homem de 48 anos seguia para o bairro Los Angeles, mas acabou caindo no asfalto durante a fuga. Em revista pessoal, os oficiais constataram que o condutor não era habilitado. Desta forma, ele foi detido e depois encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento Moreninhas devido aos ferimentos ocasionados pelo acidente. PorÊm, ele recusou atendimento mÊdico no local, segundo o boletim de ocorrência.

TambÊm na noite de ontem (4), um motorista de 35 anos foi preso por dirigir embriagado no bairro Jardim Presidente, na capital. Ele foi parado em uma blitz da região e teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida, bem como o Certificado de Licenciamento Anual (CLA) devido ao vencimento dos documentos desde 2014. Os militares tambÊm encontraram uma garrafa de cerveja com o condutor. Caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitårio (Depac) Centro. Jå na madrugada de såbado (5), um motorista de 28 anos recebeu voz de prisão por tambÊm dirigir embriagado, na avenida Cearå. O teste do bafômetro confirmou o consumo de ålcool e ele foi encaminhado para a Depac-Centro. Segundo o boletim de ocorrência, o carro estava com licenciamento vencido e foi encaminhado ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Operação BPTran O Batalhão da Polícia Militar de Trânsito (BPTran) realizou na sexta-feira uma operação durante vårios períodos do dia em pontos estratÊgicos de Campo Grande. À tarde, oficiais se concentraram na avenida Cônsul Assaf Trad, onde flagraram 100 veículos acima da velocidade em aproximadamente 40 minutos.

Empresa leva multa por derramamento de etanol Fato foi registrado na cidade de Cassilândia às margens da rodovia 158

De Dourados progresso@progresso.com.br

Policiais Militares Ambientais de Cassilândia autuaram ontem (6) uma empresa com sede na cidade de Maringå (PR), por derramamento de etanol, causando poluição do solo, da vegetação e de um córrego à margem da rodovia. O fato ocorreu em razão de um acidente com uma carreta bitrem, carregada com etanol (carga perigosa), na rodovia BR 158, no Km 7, no município. O tombamento da carreta afetou a tampa e parte de um dos tanques e houve derramamento do etanol, que escorreu pelo asfalto, atingindo a vegetação e contaminando o solo e o córrego Ritinha à margem da rodovia. O motorista que ficou ferido foi socorrido ao hospital. Diante dos danos ambientais, a PMA confeccionou um auto de infração, sendo arbitrada multa no valor de R$ 50.000,00 contra a empresa. Os responsåveis poderão responder por crime culposo de poluição. A pena para este crime Ê de seis meses a um ano de detenção.

A empresa foi notificada a realizar a remoção do material contaminante e a recuperação da årea degradada, apresentando em cinco dias os resultados à PMA de Cassilândia, que encaminharå os documentos ao MinistÊrio Publico, depois de vistoria, para constatação da recuperação. Desmatamentos No último dia 1º um balanço da PMA dos primeiros quatro meses da Operação Cervo-do-Pantanal, mostrou que foram autuadas 48 pessoas. O valor em multas chegou a R$ 1,05 milhão após a constatação de desmatamentos ilegais em 1.411 hectares. A ação visa a prevenção e pressão ao desmatamento ilegal. A PMA estå realizando vistorias de possíveis desmatamentos ilegais que foram identificadas por meio de imagem de satÊlites do Nugeo (Núcleo de Geoprocessamento), pertencente ao MPE (MinistÊrio Público Estadual) que Ê parceiro na operação, no fim do ano passado, na bacia do rio Paraguai e Paranå. Conforme a PMA, de janeiro atÊ abril, 48 proprietårios rurais foram autuados nos quatro primeiros meses do ano. No total, foram identificados 1.411,59 hectares de desmatamentos ilegais e as multas atingiram o valor de R$ 1,05 milhão. A previsão de conclusão das vistorias Ê atÊ setembro deste ano.


7

Dourados, segunda-feira 7.5.2018 2352*5(662

(VSRUWHV RODRIGO COCA/AG ĂŠNCIA CORINTHIANS

&RP-HVXV DSDJDGR &LW\HPSDWD VHPJROV DIVULGAĂ‡ĂƒO

(OHFULRXDSHQDVXPD RSRUWXQLGDGHGHJRO De SĂŁo Paulo Da AgĂŞncia Estado

&RULQWKLDQVH&HDUĂ€Ä&#x;FDUDPQRHPSDWHHPDQDPDQKĂ‚GHRQWHPHP,WDTXHUDSHODTXDUWDURGDGDGR&DPSHRQDWR%UDVLOHLURHP6Ă‚R3DXOR

&RULQWKLDQVHPSDWD FRP&HDUÀHPFDVD 2UHVXOWDGRGDSDUWLGDrealizada em São Paulo manteve os paulistas provisoriamente na vice-liderança do Brasileirão, com sete pontos De São paulo Da Agência Estado Corinthians e Cearå ficaram no empate em 1 a 1 na manhã de ontem, em Itaquera, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, e ampliaram os respectivos jejuns de vitória na temporada: ambos somaram o quarto jogo consecutivo sem deixar o campo com os três pontos. O resultado manteve os paulistas provisoriamente na vice-liderança do Brasileirão, com sete pontos. Jå os cearenses, que ainda não venceram na competição, permanecem na zona do rebaixamento, em 17º lugar, com dois. Neste domingo, o complemento da rodada deverå mexer nas posiçþes das duas equipes Agora, o time dirigido por Fåbio Carille acumula dois empates e duas derrotas nas últimas apresentaçþes. AlÊm do Cearå, perdeu por 1 a 0 para o Independiente pela Copa Libertadores e para o AtlÊtico-MG, pelo mesmo placar, no Brasileiro. Ainda empatou sem gols com o Vitória pela Copa do Brasil. Os times voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro na próxima semana. O Corin-

thians tem o clåssico com o Palmeiras pela frente, no domingo, novamente em sua arena. O Cearå tambÊm jogarå em casa, no Castelão, em Fortaleza, mas no dia seguinte, quando recebe o AmÊrica-MG. Antes, porÊm, ambos encaram compromissos por outras competiçþes. Os paulistas jogam na quinta-feira pelas oitavas de final da Copa do Brasil: enfrentam o Vitória, em Itaquera. No mesmo dia, os cearenses fazem o primeiro duelo com o CRB-AL pelas quartas de final da Copa do Nordeste. O Jogo Devido ao desgaste do elenco e dos vårios jogadores lesionados - Ralf, Clayson, Renê Júnior e Fagner - , Carille precisou recorrer a uma formação mista. Deixou Rodriguinho fora atÊ da lista de relacionados, e manteve Balbuena, Jadson, Mateus Vital e Romero no banco. Assim, foi possível promover a estreia do centroavante Roger e dar oportunidade a peças menos utilizadas entre os titulares, como Marquinhos Gabriel, Danilo e Pedrinho. Por sua vez, o tÊcnico Mar-

celo Chamusca levou o que tinha de melhor à disposição no elenco do Cearå e contou com o importante retorno do meia Ricardinho. Na frente, armou seu trio ofensivo com Wescley, Felipe Azevedo e Elton (este último foi a surpresa na escalação, deixando Arthur no banco). Não demorou para os times apresentarem seus cartþes de visita em Itaquera. O dos anfitriþes veio em chute perigoso de fora da årea tentado

$JRUDRWLPHGLULJLGR SRU)ÀELR&DULOOHDFXPXOD GRLVHPSDWHVHGXDV GHUURWDVQDVĎOWLPDV DSUHVHQWD�øHV por Gabriel, aos 6 minutos. O dos visitantes, dois minutos depois, foi fatal. TambÊm em arremate de longe, Wescley acertou o ângulo direito de Cåssio e marcou o primeiro gol dos cearenses em quatro rodadas no campeonato: 1 a 0. A partir daí, o que se viu foi um Corinthians nitidamente sofrendo com o desentrosamento e tendo de atravessar o paredão cearense, que mantinha praticamente todos os atletas atrås da linha do meio-campo quando estava sem a

&UX]HLUREDWHR6HVLH FRQTXLVWDRKH[DGD6XSHUOLJD $HTXLSHMĂ€KDYLDHQWUDGRHP TXDGUDHPYDQWDJHPSHOD YLWĂśULDQRSULPHLURMRJR O Sada Cruzeiro manteve nodomingo a hegemonia na Superliga de VĂ´lei Masculino ao conquistar o hexacampeonato. Mas nĂŁo veio fĂĄcil. Em um duelo emocionante contra o Sesi-SP no estĂĄdio do Mineirinho, em Belo Horizonte, o time anfitriĂŁo chegou a vitĂłria por 3 sets a 2, com parciais de 25/16, 17/25, 25/22, 23/25 e 22/20. A equipe jĂĄ havia entrado em quadra em vantagem por ter vencido o primeiro jogo da final, tambĂŠm por 3 sets a 2. Ao Sesi-SP restava vencer a partida e levar a decisĂŁo para o “Golden setâ€?, o que quase

aconteceu. Diante de um ginåsio lotado, com quase 15 mil pessoas, no tie break, a equipe paulista teve atÊ chance para fechar a partida, mas não conseguiu. O Cruzeiro demonstrou mais tranquilidade. Inverteu a vantagem e garantiu a taça com o ponto anotado por Simon. Ele aproveitou uma devolução errada do Sesi e devolveu de primeira para a quadra adversåria. Das oito disputas da Superliga, o Cruzeiro venceu seis. O Sesi faturou apenas a temporada 2009/2010 e perdeu duas finais para o time mineiro. No duelo deste domingo, o principal responsåvel para o Cruzeiro manter a escrita foi o ponteiro Leal, decisivo especialmente nos momentos

finais da partida. As equipes iniciaram o duelo se revezando na frente do placar. AtÊ que o Cruzeiro conseguiu embalar uma sequência de pontos e abriu vantagem de seis pontos. O Sesi reagiu e chegou a encostar no marcador, em 15/13. No entanto, o time paulista passou a errar muito e a equipe mineira fechou a primeira parcial em 25/16. O segundo set seguiu sem nem uma das equipes abrir vantagem. Leal viu que o jogo estava quente e tratou de incendiå-lo ao anotar um ponto e depois encarar Lipe. Mas a intimidação não funcionou e o Sesi passou a se impor, abrindo 17 a 10. Depois administraram a parcial e fecharam em 25 a 17.

bola. Mas não que abdicasse de atacar. Quando retomava a posse, levava perigo nos contragolpes, especialmente pelo lado direito, onde Sidcley sofria com as ultrapassagens de Wescley e Arnaldo. Em meio à desorganização corintiana, Carille não quis esperar muito tempo para tentar equilibrar a equipe. Aos 27 minutos, tirou Danilo, que sentiu a panturrilha esquerda, e colocou um de seus titulares guardados na manga, Jadson. Coincidência ou não, foi do camisa 10 a assistência para o gol de empate. Aos 39, ele cobrou escanteio na cabeça do zagueiro Henrique, que testou sem chance de defesa para Éverson: 1 a 1. Mas vale uma menção especial a Pedrinho, autor da jogada que originou o escanteio e, disparado o jogador mais perigoso do time paulista. Mostrou habilidade, ousadia e levantou a torcida com dribles e arrancadas pelo lado direito. Na volta do intervalo, o Cearå esteve perto de repetir a dose e vazar o Corinthians com um gol de fora da årea. A diferença, desta vez, foi que Cåssio voou no canto baixo esquerdo e evitou que Elton comemorasse.

E, a exemplo do que fizera na metade inicial da partida, Carille não quis saber de esperar muito para mexer novamente. Aos 11 minutos, Marquinhos Gabriel, muito mal na partida, deixou o campo cabisbaixo e vaiado por parte dos torcedores. Mateus Vital entrou em seu lugar e trouxe muito mais dinâmica ao ataque alvinegro. Mais tarde, tirou Pedrinho, exausto, e apostou em Emerson Sheik. PorÊm, diferentemente do efeito produzido pela mudança do primeiro tempo, o Corinthians não conseguiu balançar as redes. Não que tenha faltado chance. Roger, por exemplo, ficou livre dentro da grande årea após cruzamento de Jadson, aos 36. A cabeçada, porÊm, saiu à esquerda da meta defendida por Éverson. )LFKDWÒFQLFD Corinthians - Cåssio; Mantuan, Pedro Henrique, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Pedrinho (Emerson Sheik), Danilo ( Jadson) e Marquinhos Gabriel (Mateus Vital); Roger. TÊcnico: Fåbio Carille. Cearå - Éverson; Arnaldo (Naldo), Valdo, Luiz Otåvio e Rafael Carioca; Juninho, Richardson, Wescley (Romårio) e Ricardinho; Felipe Azevedo (Hyuri) e Elton. TÊcnico: Marcelo Chamusca. *ROV - Wescley, aos 8, e Henrique, aos 39 minutos do 1º tempo. à rbitro - Savio Pereira Sampaio (DF). &DUWøHVDPDUHORV - Pedrinho e Gabriel (Corinthians); Arnaldo, Naldo, Éverson e Rafael Carioca (Cearå). 3ĎEOLFR - 40.350 pagantes. 5HQGD - R$ 2.416.706,37.ulo.

A IMAGEM de Wander Roberto

)LOLSHFDSLWĂ‚RHPDHVWUR

8PGRVJUDQGHVOâGHUHVGR6DGD&UX]HLURQĂ‚RVĂśQDDWXDO FRQTXLVWDFRPRHPWRGDVDVRXWUDVFLQFR)LOLSHVHWRUQRXR JUDQGHPDHVWURGHVWHWLPHYHQFHGRUGHIRUPDRÄ&#x;FLDOQDWHPSRUDGDTXDQGRVHWRUQRXFDSLWĂ‚RGDHTXLSH6HPSUH DWXDQGRGHIRUPDHQĂ’UJLFDHFRPPXLWDYLEUDĂ?Ă‚RRSRQWHLUR HQFHUURXVHXRLWDYRDQRHQWUHRVFUX]HLUHQVHVFRPSOHWDPHQWHHPRFLRQDGRHIHOL]

O Manchester City parou na retranca do Huddersfield neste domingo, em casa, e as equipes ficaram no empate sem gols em duelo pela penúltima rodada do Campeonato Inglês. A partida não valia nada para o time anfitrião, que jå faturou a competição de forma antecipada. Mas seus torcedores esperavam por um bom espetåculo. O que não aconteceu. O brasileiro Gabriel Jesus começou entre os titulares do City e permaneceu em campo os 90 minutos. O atacante teve uma atuação apagada. Criou apenas uma oportunidade de gol, no segundo tempo, em uma conclusão de cabeça que saiu para fora. Nos acrÊscimos, deu uma assistência para Otamendi, que bateu colocado com muito perigo. Gabriel Jesus ainda tem mais dois jogos para melhorar o rendimento e mostrar ao tÊcnico Tite que pode ser titular da seleção brasileira - alÊm da rodada final, o City tem um jogo remarcado a disputar.

1DSROLFHGH HPSDWHQR Ä&#x;PSHOR ,WDOLDQR DIVULGAĂ‡ĂƒO

)DOWDPGXDVURGDGDVSDUD RWÒUPLQRGDFRPSHWL�ÂR De São Paulo Da Agencia Estado O Napoli cedeu no fim o empate por 2 a 2 para o Torino, em casa, e deixou o título do Campeonato Italiano, mais uma vez, nas mãos da Juventus. O time da casa chegou a ficar por duas vezes na frente do marcador, mas vacilou. Faltam duas rodadas para o tÊrmino da competição e a Juventus agora tem seis pontos de vantagem sobre o Napoli na ponta da tabela (91 a 85). O Napoli só tem a oportunidade agora de igualar a pontuação. Ou seja, tem que torcer para o rival perder os dois próximos jogos e precisa tambÊm vencer seus duelos. Na competição, o primeiro critÊrio de desempate Ê o confronto direto. Mas hå uma vitória para cada lado com um gol de vantagem O segundo critÊrio Ê o saldo de gols. E a Juventus leva vantagem de 18 gols nesse quesito. Portanto só um milagre daria a taça para o Napoli ao fim do campeonato.


8

Dourados, segunda-feira 7.5.2018 O PROGRESSO

Esportes

Palmeiras vence mais uma fora de casa e segue invicto Com gols de Bruno Henrique, Marcos Rocha e Willian, Verdão bate Atlético PR pelo placar de 3 a 1 AGENCIA ESTADO

Lateral Marcos Rocha comemora seu primeiro gol no Brasileirão pelo Palmeiras, com Keno O Palmeiras deu ‘olé’ no time que mais troca passes no Brasil. Neste domingo, o Verdão teve ótima atuação, colocou na roda o Atlético-PR na Arena da Baixada e venceu por 3 a 1. Bruno Henrique, Marcos Rocha e Willian fizeram os tentos antes de Pablo descontar. No primeiro tempo, em certas características, o duelo de estilos entre Roger Machado e Fernando Diniz foi invertido. Individualmente, com

Com a vantagem no marcador, o Palmeiras soube controlar o duelo e praticamente não passou sustos exceção de Jailson e Bruno Henrique, o Verdão não teve uma boa atuação, mas coletivamente a equipe foi bem, como ocorre com o Furacão normalmente. Fora esta inversão de panoramas, os dois times mantiveram suas características, mas a etapa inicial não teve o futebol vistoso que era esperado, muito por conta dos erros de passes dos dois times. No Palestra, a saída de Moisés, com apenas sete minutos,

Assim, o Verdão levava perigo nos contra-ataques, especialmente com Keno e Dudu. Willian, brigando muito no ataque, também colaborou para a estratégia palestrina, e os visitantes ampliaram a vantagem aos 14 minutos. Em cobrança de escanteio ensaiada, Marcos Rocha tocou para Dudu, que bateu firme. O goleiro Santos espalmou nos pés do lateral alviverde, que mandou de primeira para as redes. Com a vantagem no marcador, o Palmeiras soube controlar o duelo e não passou sustos com exceção de uma defesaça de Jailson em cabeceio de Pablo. Após a entrada de Hyoran, em novo contra-ataque, matou o jogo em passe do meio-campista para Willian, que teve frieza para marcar. Por fim, o Atlético-PR ainda descontou com Pablo, mas nada mais pôde fazer. Assim, o melhor visitante do Brasil na temporada, agora com 11 vitórias, um empate e apenas uma derrota, derrubou uma invencibilidade de 17 partidas do Atlético-PR na Arena da Baixada, e causou o primeiro revés de Fernando Diniz no Furacão.

prejudicou a equipe, que viu Lucas Lima entrar na função, mas jogar pelo lado direito em quase todos os momentos. A partir dos 20 minutos da primeira metade do jogo, o Atlético-PR passou a controlar bem a partida. Trocando muitos passes no ataque, forçava o Palmeiras a se defender com seus 11 jogadores e, quando os visitantes recuperavam a bola, não tinham forças para chegar ao campo ofensivo com qualidade. Na reta final antes do intervalo, porém, Roger pediu mais movimentação de seus atacantes, que passaram a trocar de posição. A estratégia fez com que, novamente, o Palmeiras adquirisse uma característica do adversário e, após uma sequência de toques no campo ofensivo, o Alviverde abriu o marcador com Bruno Henrique. Na etapa final, o Palmeiras pôde vivenciar o melhor cenário para enfrentar o Atlético-PR. Roger Machado demonstrou que estudou muito a equipe de Fernando Diniz, manteve sua equipe no ataque, mas passou a marcar apenas a partir do meio-campo quando não tinha a bola.

A IMAGEM da superação

Vasco goleia e tenta sair da crise Depois da decepção com a eliminação da Libertadores, a torcida do Vasco voltou a encontrar motivos para festejar. Em partida disputada na noite deste sábado, em São Januário, o Cruzmaltino, de virada, derrotou o América-MG por 4 a 1 e melhorou sua situação no Campeonato Brasileiro. Com a vitória, a equipe carioca subiu para a segunda colocação com sete pontos ganhos, enquanto o América é o quinto, com seis. Os gols foram marcados por Bruno Cosendey, Caio Monteiro, Andrés Rios e Kelvin para a equipe da casa. Rafael Moura anotou o único do América.

GILVAN DE SOUZA / FLAMENGO

BATE BOLA Homenagem

Copa da Madrugada FKHJDDRğP O time com o nome do Palmeiras foi o campeão da final da 57º edição da Copa da Madrugada disputada no domingo (dia 6) no Rádio Clube, em Campo Grande. O evento homenageou o economista e diretor-presidente do Ipems (Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul), Lauredi Borges Sandim, 63 anos. Além do futebol, teve churrasco e música para celebrar a ocasião entre os fãs de futebol que passaram os últimos dois meses competindo e confraternizando. Pela categoria Super Máster, o Palmeiras venceu de virada por 2 a 1 o Angeluz. Na categoria Máster, o Flamengo foi o campeão sobre o Santos, por 1 a 0. Já na categoria livre, o Real Madrid levou a melhor sobre o Atlético Mineiro por 5 a 2. Também teve premiação para os jogadores e goleiros que mais pontuaram durante todo o campeonato. O homenageado desta edição participa da disputa há 8 anos e já foi campeão em quatro competições. Hoje, o time dele, o Angeluz, não levou o título para a casa. “Nós perdemos, mas no futebol é assim mesmo. O adversário mereceu. Foi uma vitória de virada. O que importa é a integração entre os amigos”, disse o lateral-direito. Ao todo, foram oito rodadas da Copa da Madrugada, em que os participantes disputaram por pontuações individuais, tendo os vinte melhores de cada categoria se credenciado para a final, conforme explicou o coordenador técnico da competição, Isaías Soares. Lauredi já foi dono de uma churrascaria que funcionava no Parque de Exposições Laucídio Coelho, onde servia uma linguiça especial.

Paquetá pega o rebote e chuta para abrir o placar

Flamengo vence Inter e continua na liderança Os cerca de 60 mil presentes soltar os gritos de gol no segundo tempo No jogo que marcou o retorno de Paolo Guerrero aos gramados, o Flamengo não decepcionou a torcida que lotou o Maracanã e, com belos gols de Lucas Paquetá e Everton Ribeiro, venceu o Internacional por 2 a 0. O resultado mantém o rubro-negro na liderança do Brasileirão, agora com 10 pontos. Na próxima rodada, o Fla visita a Chapecoense. O placar coroou a atuação dominante do Flamengo, que tomou as rédeas da partida desde o começo e buscou sempre o gol. O Internacional, por sua vez, tentou contra-ataques, mas não obteve sucesso, exceto em duas bolas pelo alto - ambas com Leandro Damião, que obrigaram intervenções importantes de Diego Alves. Os cerca de 60 mil pre-

sentes (55.283 pagantes) puderam soltar os dois gritos de gol no segundo tempo. O primeiro foi resultado de um belo chute de Lucas Paquetá, pegando o rebote de uma cobrança de falta que ele mesmo mandou na barreira. No segundo, Everton Ribeiro concluiu com precisão no canto de Danilo Fernandes, após sair costurando os marcadores. Guerrero, que cumpriu seis meses de suspensão por doping, já estava em campo quando os gols do Flamengo saíram. Ele substituiu Henrique Dourado, com dores na coxa direita, aos 13 do primeiro tempo, conseguiu boas tabelas e até levou perigo em uma cobrança de falta. O Flamengo chegou à terceira vitória no Brasileirão e agora tem dois pontos de vantagem em relação ao segundo colocado, o Palmeiras. O resultado ainda aumentou a sequência invicta do técnico Mauricio Barbieri à frente da equipe: agora são oito partidas.


Sustentabilidade

Trânsito

Ministério solicita empenho em reciclagem

Movimento Maio Amarelo realiza passeata

3»*

3»*

Direito

DIA A DIA Dourados, segunda-feira 7.5.2018

Paulo dos Passos reassume Procuradoria Geral de Justiça de MS 3»*

O PROGRESSO DIVULGAÇÃO

Secretaria convoca população pertencente aos grupos de risco escalonados para a primeira etapa de aplicação

Saúde convoca população de grupos de riscos para vacinação Todas as Unidades Básicas do município disponibilizam doses da Yacina contra a InĠuenza para a população De Dourados Com uma cobertura geral de apenas 5,76% depois de duas semanas de deflagrada a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza

Dentre os grupos, o de crianças com até 5 anos é o que mais tem integrantes, cerca de 14,8 mil, segundo setor de imunização 2018, a Prefeitura de Dourados, através do Núcleo de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, convoca a população pertencente aos grupos de risco escalonados para a primeira etapa

de aplicação a procurarem as unidades de saúde durante a semana e se vacinar. Até o dia 11 de maio, a vacinação está sendo feita em crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 pós-parto), trabalhadores da saúde e professores, que juntos somam pouco mais de 28 mil pessoas. No entanto, apenas 3.508 doses haviam sido aplicadas até a quinta-feira passada. No total, ao final da campanha, estima-se que de 70 a 80 mil pessoas sejam vacinadas. Dentre os grupos, o de crianças com até 5 anos é o que mais tem integrantes,

cerca de 14,8 mil, segundo o setor de imunização, e apenas 1.321 foram levados para receber a dose. Dos trabalhadores em Saúde, que somam 7.545 pessoas, apenas 1.107 procuraram a vacina-

Dos trabalhadores em Saúde, que somam 7.545 pessoas, apenas 1.107 procuraram a vacinação em Dourados ção.Além destes, o grupo das gestantes, que somam 2.918 pessoas, teve procura de 391. Puérperas, com 480, teve 60 vacinadas. Professores, com 2.788 integrantes é o que, proporcionalmente mais

procurou as unidades, tendo sido vacinados 533 – algo em torno de 19%. Segundo Edvam Marcelo Morais Marques, gerente do Núcleo, todas as Unidades Básicas de Saúde do município disponibilizam doses da vacina para a população, conforme cronograma estabelecido pelo Ministério da Saúde em relação aos grupos de risco, de maneira escalonada, e é importante que as pessoas pertencentes a estes grupos procurem as unidades.“A partir de 12 de maio os idosos serão incluídos ao escalonamento e, a partir de 21 de maio, os presidiários e funcionários do

De Dourados De hoje até sexta-feira, continua a vacinação nas unidades de Saúde em Dourados no horário normal, das 7h às 11 e das 13h às 17h. A partir de 12 de maio, quando ocorre a Mobilização Nacional, até 18 de maio, a va-

cinação incluirá os idosos aos demais grupos, com atendimento nos mesmos horários já estabelecidos. De 21 de maio a 1º de junho, data prevista para o término da campanha de vacinação, serão vacinados ainda os indígenas, portadores de doenças crônicas, presos e funcionários do sistema prisional, com os mesmos horários nos postos de saúde. A vacinação será com uma dose de vacina trivalente,

com antígenos para os tipos Influenza A H1N1 e H3N2 e Influenza tipo B, e será feita exclusivamente nos postos de Saúde. A infecção viral aguda do sistema respiratório, de elevada transmissibilidade e distribuição global, causada pelo vírus da influenza. Há três tipos de vírus da influenza: A, B e C. Pode se disseminar facilmente entre as pessoas. Os sintomas são febre alta, dores musculares, dor

3·%/,&2, Grupo das gestantes, que somam 2.918 pessoas, teve procura de 391. 3·%/,&2,, Professores, com 2.788 integrantes é o que, proporcionalmente mais procurou as unidades sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais, independente da idade. É importante que as pessoas que estão nesta primeira etapa compareçam para tomar a vacina”, disse.

DIVULGAÇÃO

Vacinação nas unidades de Saúde recomeça nesta segunda Imunização será com uma dose trivalente, com antígenos SDUDWLSRVGD,QĠXHQ]D

PRONTUÁRIO

No primeiro lote foram 20 mil doses encaminhadas para Dourados

de cabeça, dor de garganta. A Influenza (gripe), se não tratada a tempo, pode evo-

luir para pneumonia ou outras complicações, principalmente nas pessoas com mais

A campanha termina em 1° de junho.Edvam ressalta que o fato de Dourados não ter casos confirmados de gripe H1N1 ou de H3N2, conforme boletim mais recente de 2 de maio, pode causar na população certa tranquilidade acerca da doença, no entanto, o período de temperaturas mais baixas do clima está chegando e é importante que as pessoas integrantes dos grupos de risco tomem as vacinas. Em Mato Grosso do Sul foram registradas 4 mortes por Influenza do tipo H3N2, sendo duas em Campo Grande e nas cidades de Aquidauana e Naviraí, uma em cada.

de 60 anos, crianças menores de cinco anos, gestantes e doentes crônicos. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com WYTIVJ§GMIWVIG¦QGSRXEQMnadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto à boca, olhos e nariz. A vacina Influenza (gripe) é a melhor e mais segura forma de se proteger contra a doença e suas complicações. Você, que faz parte do grupo de risco para a doença, busque uma Unidade de Saúde para receber a vacina.


2

Dourados, segunda-feira 7.5.2018 O PROGRESSO

Dia a Dia NĂšCLEO AMBIENTAL

DEM tem nomes para disputar qualquer cargo DIVULGAĂ‡ĂƒO

As Associaçþes de empresas e que prevê obrigatoriedade na implementação que determine o retorno das embalagens de produtos

MinistÊrio solicita empenho em reciclagem de resíduos Acordo firmado deixa Mato Grosso do Sul de fora dos investimentos, mas em razão da atuação do MPMS, associaçþes investirão no sistema De Campo Grande Em atuação conjunta da 26ª Promotoria de Justiça de Campo Grande e do Núcleo Ambiental, vårias empresas, representadas por suas Associaçþes, investirão na implementação da logística reversa das embalagens no Estado de Mato Grosso do Sul, o que aumentarå o volume de materiais destinados à reciclagem, a remuneração de catadores e diminuirå a remessa de lixo para os lixþes e aterros sanitårios. Em investigação, que tramita hå dois anos, foi constatado que o Estado ficou de fora do acordo setorial nacional firmado entre o MinistÊrio de Meio Ambiente e as Associaçþes de empresas e que prevê obrigatoriedade na implementação de sistema que determine o retorno das embalagens de produtos em geral aos seus fabricantes (conhecido como logística reversa e previsto no artigo 33 da Lei de Resíduos Sólidos). Em razão disto, a 26ª Promotoria de Justiça, com apoio do Núcleo Ambiental, começou investigação sobre os prejuízos causados pela não implementação da obrigação, levantando em perícia

que entre os anos de 2010 e 2017, a soma chega a R$ 86.696.316,26, em prejuízos ambientais (em razão da não reciclagem destes materiais), sociais (em razão da ausência de remuneração aos catadores de materiais reciclåveis) e ao patrimônio público (em razão dos municípios estarem arcando com uma responsabilidade que Ê do setor privado). AlÊm disto, segundo levantamento do Estudo de Viabilidade TÊcnica e Econômica para Implantação da Logística Reversa por Cadeia Produtiva, realizado pelo Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam), a estimativa de investimentos para a implementação do sistema de logística reversa para o Estado de Mato Grosso do Sul Ê de R$ 39.688.786,72 e o custo operacional mensal do sistema de logística reversa para Mato Grosso do Sul Ê estimado em R$ 2.999.733,88. Durante a investigação, foi proposto às Associaçþes e empresas – fossem elas signatårias ou não do acordo setorial nacional – que firmassem termos de cooperação ambiental para implementar parte do sistema. Algumas Associaçþes jå

firmaram termos de compromisso ou apresentaram projetos de investimento, garantindo a compra de material reciclåvel (como vidro e aço), investimento em cooperativas (nove cooperativas atÊ o momento), alÊm de investirem em Educação Ambiental. As Associaçþes e empresas que jå se comprometeram com tais investimentos são: Associação TÊcnica Brasileira das Indústrias Automåticas de Vidro; Associação Brasileira dos Fabricantes de Tinta, As-

Estimativa de investimentos para a implementação do sistema de logística reversa para o MS Ê de R$ 39.688.786,72 sociação Brasileira de Embalagens de Aço. Outras Associaçþes ainda estão em fase de apresentação de propostas para possíveis termos de cooperação. São elas: Associação Brasileira de Supermercados -RH¼WXVME&VEWMPIMVEHIVZSres, Associação Brasileira de Alumínio; Instituto Brasileiro da Cachaça; Sesc - Administração Regional do Estado do Mato Grosso do Sul; Aurora, Atacadão; Supermercados Comper. A promotora de Justiça Luz Marina Borges Ma-

ciel Pinheiro cita o caso do vidro em Campo Grande como exemplo de como a atuação do MinistĂŠrio PĂşblico vem auxiliando a melhorar a situação. “Antes da atuação, o vidro nĂŁo era destinado Ă reciclagem, causando prejuĂ­zo ao Poder PĂşblico que paga mais de R$ 100 por tonelada para depositĂĄ-lo em aterro e aos catadores que nĂŁo recebiam pelo material. ApĂłs a atuação e articulação com a associação que representa os fabricantes do setor, todo o vidro separado em coleta seletiva na Cidade estĂĄ sendo comprado e destinado Ă  reciclagem.â€?As reuniĂľes em que foram firmados os acordos, bem como as propostas que estĂŁo sendo negociadas tĂŞm apoio tĂŠcnico do Imasul e do Tribunal de Contas, no âmbito do programa “ResĂ­duos SĂłlidos: Disposição Legalâ€?, alĂŠm de auxĂ­lio tĂŠcnico da empresa “Demeter Engenhariaâ€? que foi contratada para a realização da perĂ­cia de valoração dos danos. Das 79 associaçþes e empresas investigadas pelo MinistĂŠrio PĂşblico em que jĂĄ se constatou que deveriam estar implementando projetos na ĂĄrea, 62 nĂŁo se manifestaram em firmar acordos.

Encontro do DEM reuniu lideranças em Dourados $Ä&#x;UPDĂ?Ă‚RĂ’GRGHSXWDGR ZĂŠ Teixeira, durante encontro em Dourados Uma das maiores lideranças do Democratas de MS, deputado estadual ZĂŠ Teixeira declarou que o DEM, fortalecido, tem nomes para disputar qualquer cargo. A afirmação aconteceu durante encontro do DEM na Câmara Municipal de Dourados, na manhĂŁ de sĂĄbado. O presidente do Democratas em Mato Grosso do Sul, Murilo Zauith, diz nĂŁo estar preocupado em tomar posicionamento de imediato sobre o rumo do partido nas eleiçþes deste ano. Murilo colocou seu nome a disposição do DEM para ambos os cargos, no entanto, disse que sĂł serĂĄ candidato se a militância e a população desejar. “NĂŁo posso ser candidato de mim mesmo. É um trabalho em conjuntoâ€?, ponderou. Com o plenĂĄrio da Câmara lotado, Murilo ainda falou que o DEM tem atĂŠ julho para decidir sobre o rumo do partido. Os partidos polĂ­ticos tem de 20 de julho a 05 de agosto para realizar as convençþes para homologação de candi-

daturas no processo eleitoral deste ano. “Por isso nĂŁo vamos decidir logoâ€?, afirmou. O DEM tem sido a “noivaâ€? cobiçada pelo PSDB do governador Reinaldo Azamuja e do MDB do ex-governador AndrĂŠ Puccinelli. Sabendo disso, Murilo declarou no encontro que a polĂ­tica em MS sĂł vai se mover a partir do momento que o Democratas tomar decisĂľes. A chegada de Murilo no partido fortaleceu a legenda, que tem no estado dois deputados federais - Tereza Cristina

$DÄ&#x;UPDĂ?Ă‚RDFRQWHFHX durante encontro do DEM na Câmara Municipal de Dourados e Luiz Henrique Mandetta; e dois estaduais - ZĂŠ Teixeira e JosĂŠ Carlos Barbosa, o Barbosinha. Para Mandetta, Murilo jĂĄ ĂŠ o prĂŠ-candidato ao Governo do Estado. “Mas se o partido decidir nĂŁo sair a majoritĂĄrio, tambĂŠm estaremos na lutaâ€?, minimizou. O deputado estadual JosĂŠ Carlos Barbosa, “Barbosinhaâ€? compartilhou do mesmo posicionamento e disse que Murilo, pela experiĂŞncia como vice-governador, prefeito, deputado estadual e federal, tem grandes chances, nesta eleição, de disputar cargo majoritĂĄrio.

Mochi participa do Encontro de Prefeitos RACHID WAQUED

Deputado defende criação de regras diferenciadas para municípios

Aterro Industrial leva proposta sustentĂĄvel Ă 12ÂŞ Exposhopping DIVULGAĂ‡ĂƒO

A OCA Ambiental atua hå sete anos em Dourados e atende a vårias indústrias Gestor ambiental reforça que a empresa atende muitos produtores rurais e fåbricas De Dourados Pioneira no ramo de Aterro Industrial em Mato Grosso do Sul, a OCA Ambiental trouxe

para o Estado a inovação na destinação correta dos resĂ­duos. Com o foco em atender indĂşstrias, a OCA estarĂĄ na 12ÂŞ Exposhopping - “Plantas, Flores e Sustentabilidadeâ€?, realizada pela Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced) na 54ÂŞ Expoagro. “Para nĂłs que estamos

preocupados com o desenvolvimento regional, Ê importantíssimo estar na Exposhopping. Queremos prestigiar o evento e essa Ê uma maneira de mostrar nosso trabalho para as pessoas, falar pra eles qual Ê a importância de enviar os resíduos para a OCA�, ressalta o gestor ambiental

da empresa, Roque Vieira dos Santos.A OCA Ambiental atua na årea hå sete anos, atende vårias indústrias e då a destinação correta aos resíduos de aproximadamente 10 municípios do Estado. O Aterro Industrial da empresa recebe e processa diversos materiais tanto os classificados como perigosos, quanto os domiciliares. No local Ê feita a compostagem, reciclagem, acondicionamento, coleta, tratamento e destinação final ambientalmente adequada dos resíduos. O gestor ambiental ainda reforça que a empresa atende muitos produtores rurais e fåbricas que industrializam a carne de suína, bovina e aviåria. A OCA fornece o Certificado de Destinação Final (CDF) aos clientes, documento exigido pelo governo que comprova que a indústria då o correto acondicionamento aos resíduos e que não hå risco de acidentes ambientais causados pelos materiais destinados. A 12ª Exposhopping serå de 11 a 20 de maio, durante a 54º Expoagro. Semagro Governo do Estado, As empresas interessadas em fazer parte deste projeto podem entrar em contato atravÊs do telefone (67) 3416-8653.

De Campo Grande Durante o Encontro de Prefeitos e o FĂłrum de SecretĂĄrios Municipais de Desenvolvimento, realizado na manhĂŁ da Ăşltima sexta-feira, no auditĂłrio do Sebrae, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Junior Mochi (MDB), defendeu a criação de regras diferenciadas para os municĂ­pios que possuem um baixo dinamismo econĂ´mico. De acordo com o parlamentar, dos 79 municĂ­pios do Estado, cerca de 30 tĂŞm condiçþes boas de competitividade. Para Mochi, o Programa MS Empreendedor, implementado em 2001, foi extremamente benĂŠfico para a industrialização, portanto, permitiu na competitividade que Mato Grosso do Sul atraĂ­sse importantes investimentos. “Entretanto, grande parte dos municĂ­pios nĂŁo foi favorecido, pois os empresĂĄrios avaliam a distância dos grandes centros consumidores, das hidrovias, das ferrovias e condiçþes das rodovias. Sem condição apropriada, nĂŁo existe competitividadeâ€?, disse.

Deputado Junior Mochi O presidente ainda avaliou a realização do Macrozoneamento EconĂ´mico-EcolĂłgico, que determinou as atividades e potencialidades de cada regiĂŁo do Estado. Mochi tambĂŠm fez crĂ­ticas sobre a distribuição dos recursos pĂşblicos, principalmente nas transferĂŞncias obrigatĂłrias, como a entrada do Imposto sobre Operaçþes relativas Ă Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS). “O ICMS responde de 40% a 50% da arrecadação. E, em função dos critĂŠrios estabelecidos, uma parte das cidades estĂĄ muito abaixo da mĂŠdia nacional. Constatamos a discrepância existente quando avaliamos a mĂŠdia per capita da renda pĂşblica de cada municĂ­pioâ€?.


3

Dourados, segunda-feira 7.5.2018 O PROGRESSO

Cidades DILERMANO ALVES

Naviraí aprova projetos para novas empresas DIVULGAÇÃO

Câmara encaminha ao prefeito projetos para novas empresas Passeata em Caarapó reuniu crianças da educação infantil do município; atividades prosseguem até o dia 25 deste mês De Naviraí

Movimento Maio Amarelo faz passeata em Caarapó Em Caarapó, as atividades do Movimento Maio Amarelo tiveram início em 18 de abril e seguem até o dia 25 com o tema “Nós somos o trânsito” De Caarapó Com participação de alunos da Educação Infantil das escolas Professor Moacir Franco de Carvalho e Arcênio Rojas e do Centro Municipal de Educação Infantil Professor Armando Campos Belo, a coordenação do Movimento Maio Amarelo de Caarapó realizou na manhã de quinta-feira (3) passeata pelas ruas da cidade, com o objetivo de divulgar a iniciativa. Neste ano, o movimento adotou o tema “Nós somos o trânsito”.

O Movimento Maio Amarelo tem a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos Em Caarapó, as atividades do Movimento Maio Amarelo tiveram início em 18 de abril e vão se estender até o dia 25 deste mês. Conforme o cronograma, as atividades envolvem passeatas com alunos da rede pública, visitas às unidades escolares, palestras, blitzes educativas, panfletagem e outras ações de marketing, com envolvimento dos órgãos parceiros do movimento, como a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Departamento Municipal de Transporte e Trânsito (Demtrat), Detran, Secretaria Municipal de Educação e Esportes e autoescolas. O Movimento Maio Ama-

relo tem a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas. A Assembleia-Geral das Nações Unidas editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. O documento foi elaborado com base em um estudo da OMS (Organização Mundial da Saúde) que contabilizou, em 2009, cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Aproximadamente 50 milhões de pessoas sobreviveram com sequelas. São três mil vidas perdidas por dia nas estradas e ruas ou a nona maior causa de mortes no mundo. Os acidentes de trânsito são o primeiro res-

ponsável por mortes na faixa de 15 a 29 anos de idade; o segundo, na faixa de 5 a 14 anos; e o terceiro, na faixa de 30 a 44 anos. Atualmente, esses acidentes já representam um custo de US$ 518 bilhões por ano ou um percentual entre 1% e 3% do PIB (Produto Interno Bruto) de cada país. Se nada for feito, a OMS estima que 1,9 milhão de pessoas devem morrer no trânsito em 2020 (passando para a quinta maior causa de mortalidade) e 2,4 milhões, em 2030. Nesse período, entre 20 milhões e 50 milhões de pessoas sobreviverão aos acidentes a cada ano com traumatismos e ferimentos. A intenção da ONU com a “Década de Ação para a Segurança no Trânsito” é poupar, por meio de planos nacionais, regionais e mundial, cinco milhões de vidas até 2020. O Movimento em 2018 Com o mote “Nós somos o trânsito”, o Movimento chega à sua 5ª edição e fomenta na sociedade discussões e atitudes voltadas à necessidade urgente da redução do número de mortes e feridos graves no trânsito. O tema foi discutido com a Associação Nacional de Detrans (AND) e foi apresentado em reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Assim como em 2017, o tema de 2018 propõe o envol-

vimento direto da sociedade nas ações e propõe uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro. De acordo com o Observatório Nacional de Segurança Viária, os acidentes não acontecem, mas sim são frutos de escolhas inadequadas e arriscadas. Para José Aurelio Ramalho, diretor-presidente do Observatório e idealizador do Movimento Maio Amarelo, 90% dos acidentes têm como motivação as falhas humanas como imperícia, imprudência e desatenção. “Somos os responsáveis pelos nossos atos no trânsito e ter consciência clara disso é um dos caminhos para a reversão do triste cenário não só do Brasil, mas de todo o mundo”, ressalta. Em Caarapó, o prefeito Mário Valério (PR) participou das atividades desta quinta-feira. “A sociedade precisa ter consciência de que a segurança no trânsito depende de todos nós”, destacou o dirigente, acrescentando que reduzir os acidentes deve ser uma questão de atitude, mudança de comportamento. “Só assim a meta de poupar cinco milhões de vidas até 2020 poderá ser atingida”, concluiu.

Prefeitura e Energisa substituirão 300 árvores A Prefeitura de Itaporã em parceria com a Energisa esta realizando um trabalho de substituição de 300 árvores na sede do município. Este trabalho consiste em poda e substituição de arvores comprometidas com broca e cupim. São varias espécies de árvores que serão podadas ou

substituídas principalmente as que estão trazendo riscos para a rede de alta tensão e para a população. Há muito tempo este trabalho não era realizado em Itaporã, mais diante do perigo eminente em arvores com estruturas frágeis e oca, suscetíveis à queda, este é o momen-

to de avaliar todas as plantas visando segurança e melhor qualidade de vida para um futuro próximo. Em Itaporã o trabalho esta sendo acompanhado por uma bióloga e técnicos do meio ambiente. Vale lembrar para a população, que todo este trabalho esta sendo

monitorado pela Secretaria de Meio Ambiente. Segundo o gerente interino de Meio Ambiente Cido Miranda, a população pode ficar despreocupada quando à poda radical e substituição das árvores, pois, tudo foi planejado e orientado pelos técnicos envolvidos no processo.

A Câmara de Naviraí entendendo a importância de atrair novos empreendimentos e a garantia da geração de novos empregos no município aprovou projetos de lei encaminhados pelo prefeito Izauri. O gerente de Desenvolvimento Econômico Fernando Kamitani afirmou que os vereadores demonstraram que estão interessados no crescimento de Naviraí. Segundo o gerente, os projetos garantem a doação de terrenos para que empresas possam se instalar no município. O prefeito Izauri disse que o incentivo de novas empresas para Naviraí demonstra o empenho da administração pública e o envolvimento do Poder Legislativo neste processo. Pelas leis aprovadas a Prefeitura foi autorizada a doar área superior a 22 mil

metros quadrado onde estão sendo instaladas as empresas Silva & Borges Ltda (Treinamento em Desenvolvimento Profissional e Gerencial), TECAGRO Mecanização Agrícola Ltda (Manutenção de Máquinas e Equipamentos para Agricultura e Pecuária), G.S Transportes Ltda (Transporte Rodoviário de carga), Deagri Agrícola e São Miguel Vistorias Veiculares. Somadas as empresas contempladas já estão empregando mais de 100 trabalhadores e juntas poderão atingir nos próximos 5 anos mais de 350 contratações podendo dobrar essa capacidade no prazo 10 anos. O prefeito tem buscado desenvolver uma administração pautada na transparência e licitude, levando ao conhecimento dos naviraienses todas as ações realizadas pela Prefeitura, seja através dos meios de comunicação ou no Portal de Transparência.

Detentas recebem 1º pagamento da prefeitura LUCAS MOURA

Detentas recebem cheque referentes ao trabalho de limpeza De Jateí Na manhã desta quarta-feira (02) no município de Jateí as detentas do projeto pioneiro no Mato Grosso do Sul “Ressocialização de mulheres custodiadas em regime fechado prestando serviços fora da unidade prisional” receberam os respectivos pagamentos correspondentes ao primeiro mês de serviço trabalhado. O prefeito Eraldo Jorge Leite juntamente com a 1ª dama Neres Leite, vice Cileide Cabral e diretora do Estabelecimento Penal feminino ‘Luiz Pereira da Silva’ Solange Pereira entregaram as detentas servidoras os cheques referentes ao trabalho de limpeza realizado nas ruas da cidade, no valor correspondente a ¾ do salário mínimo nacional.

Além da remuneração, tem a remição de um dia na pena a cada três de serviços prestados,cumprindo uma jornada de 8h diárias, acompanhadas de profissionais tanto do Estabelecimento Penal como também sob orientação de uma equipe específica da Secretária Municipal de Infraestrutura. Na oportunidade o prefeito esteve em conversa com as custodiadas servidoras,na intenção de ouvi-las para que opinassem sobre os serviços realizados, como também das dificuldades encontradas durante o trabalho, o mesmo garantiusanar as problemáticas existentes. “A administração esta extremamente satisfeita, essas meninas ajudaram a revolucionaram a aparência da cidade, era disso que estávamos precisando, um projeto que com certeza deu certo”, disse o prefeito Eraldo.


4

Dourados, segunda-feira 7.5.2018 O PROGRESSO

Dia a Dia

Paulo dos Passos reassume Procuradoria Geral de Justiça de Mato Grosso do Sul Reconduzido ao cargo para o biĂŞnio 2018/2020, em sessĂŁo solene do Colendo ColĂŠgio de Procuradores, para seJXQGRPDQGDWRÂżIUHQWHGR0LQLVWĂ’ULR3ÄŽEOLFR(VWDGRSURFXUDGRUUHDÄ&#x;UPDFRPSURPLVVRGHWUDEDOKRSHODVRFLHGDGH Elvio Lopes elvio@progresso.com.br O procurador-Geral de Justiça Paulo Cezar dos Passos foi reconduzido ao cargo, para o biĂŞnio 2018/2020, na SessĂŁo Solene do Colendo ColĂŠgio de Procuradores de Justiça que aconteceu na noite da Ăşltima sexta-feira no PalĂĄcio da Justiça “Desembargador LeĂŁo Neto do Carmoâ€? no Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul. O procurador de Justiça e secretĂĄrio do ColĂŠgio de Procuradores de Justiça, Alexan-

“A OAB parabeniza a gestĂŁo equilibrada do MinistĂŠrio PĂşblico Estadual e saĂşda o bom trabalho que vem sendo desenvolvidoâ€? dre Lima Raslan, fez a leitura do Termo de Compromisso e Posse. Em nome do ColĂŠgio de Procuradores de Justiça, o procurador de Justiça Olavo Monteiro Mascarenhas fez a saudação ao empossado relembrando que Paulo Cezar dos Passos foi reconduzido ao cargo como candidato Ăşnico votado por toda classe, “o que inequivocamente deixa transparecer que conduziu o parquet sul-mato-grossense com serenidade, integridade e sobretudo com inteligĂŞn-

cia necessĂĄria para que o MinistĂŠrio PĂşblico cumpra sua missĂŁo constitucional que ĂŠ de defender a ordem jurĂ­dica, o regime democrĂĄtico, os interesses sociais e individuais com observância dos princĂ­pios institucionais de unidade, indivisibilidade e independĂŞncia funcionalâ€?. Em seguida, o diretor-tesoureiro da OAB/MS, Stheven Razuk parabenizou o procurador-Geral de Justiça, em nome da diretoria da Ordem, e ressaltou o excelente trabalho que o MinistĂŠrio PĂşblico vem desenvolvendo no Estado sob o comando do “competente Paulo Cezar dos Passosâ€?. “A OAB parabeniza a gestĂŁo equilibrada do MinistĂŠrio PĂşblico Estadual e saĂşda o bom trabalho que vem sendo desenvolvido pela instituição reconhecida nacionalmente como um exemplo de eficiĂŞncia e de modelo colaborativo com os interesses da sociedadeâ€?, ressalta. O presidente da Conamp, Victor Hugo Palmeiro de Azevedo Neto, disse que participar da posse do procurador-Geral de Justiça Paulo Cezar dos Passos traz um sentimento de muita felicidade, um momento de reafirmação da democracia Institucional e ressaltou que ĂŠ com muito carinho que transmite a mensagem dos

MPMS

“Nossa solidariedade e a certeza que Vossa ExcelĂŞncia continuarĂĄ trilhando no caminho que sempre trilhouâ€?

Prrocurador-Geral de Justiça, Paulo Cezar dos Passos, que reassumiu cargo na sexta Membros do Conselho Deliberativo, e dos presidentes de todas as associaçþes do Brasil. O procurador-Geral de Justiça Paulo Cezar dos Passos começou o seu discurso relembrando a ocasiĂŁo em que tomou posse pela primeira vez como chefe do MinistĂŠrio PĂşblico do Estado de Mato Grosso do Sul, hĂĄ dois anos, e as palavras ditas naquele momento. “Assumo hoje como procu-

Semana JurĂ­dica da Uems começa nesta segunda-feira em Dourados Eevento serĂĄ no auditĂłrio do Bloco A na Cidade UniversitĂĄria e no FĂłrum De Dourados A Semana JurĂ­dica da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems) inicia hoje e segue atĂŠ sexta-feira. Este ano o evento tem como tema “Justiças Especializadas e Ramos IntrĂ­nsecos do

Direito�. O evento serå no auditório do Bloco A da Uems, na Cidade Universitåria, e tambÊm no Fórum de Dourados. A Semana Ê realizada pelo Centro Acadêmico XXVII de Agosto (C.A.XXVII), entidade representante do corpo discente de Direito da Uems/ Dourados. O evento Ê solidårio, por isso, todos os participantes deverão contribuir com 1 kg

que tinham como objetivo enfrentar os principais problemas que assolam o Estado de Mato Grosso do Sul, fazendo com que nossos MinistÊrios Públicos passem a intervir e dar a sua contribuição para a solução dessas questþes�. Paulo Cezar dos Passos agradeceu ao empenho e seriedade de todos os Membros que fazem parte da Administração Superior do MPMS, e tambÊm a todos os colegas e servidores que contribuem direta e indiretamente para

de alimento não-perecível, o qual serå doado a instituiçþes de apoio. As inscriçþes podem ser feitas atÊ a data do evento. A programação prevê diversas discussþes na Semana Jurídica: hoje, Direito do Trabalho; amanhã, Direito Militar; quarta-feira, Direito Previdenciårio; quinta-feira, Direito Eleitoral e sexta-feira, Tribunal do Júri – Conflito Policial com Criminoso.

rador-Geral de Justiça consciente de que os cargos permanecem e nós passamos, como todos passam. Outros suceder-nos-ão. Tudo o que Ê terreno Ê efêmero. Não Ê o cargo que ocupamos que nos då a dimensão de nossa vida – mas as escolhas que fazemos, de seguir nossa lenda pessoal, acreditar em nossas utopias e lutar por nossos sonhos. Somos todos protagonistas de

nossas vidasâ€?. Ele ressaltou que, neste Ăşltimo biĂŞnio, vĂĄrios problemas surgiram, mas juntamente com os membros, conseguiu levar a cabo a missĂŁo de chefiar o MPMS e atender aos anseios da sociedade. “Lastreados em um plano de trabalho respaldado, entĂŁo, pela maioria dos Membros do MinistĂŠrio PĂşblico, colocamos em prĂĄtica metas de trabalho

o trabalho Institucional. “O MinistĂŠrio PĂşblico do Estado de Mato Grosso do Sul ĂŠ parceiro da sociedade e tem sido, nesses Ăşltimos anos, protagonistas de grandes transformaçþesâ€?. O procurador-Geral de Justiça encerrou o discurso ressaltando a importância da famĂ­lia, da sua trajetĂłria de vida, e dos ensinamentos que recebeu de seus amados pais, Cido e Minerva. “Eu sempre estarei aqui referenciando os ensinamentos que me passaram. Eu sempre os amareiâ€?.

Vale Universidade IndĂ­gena convoca para assinatura de termos AusĂŞncia do acadĂŞmico na assinatura de termos LPSOLFDUĂ€HPGHVFODVVLÄ&#x;FDĂ?Ă‚R

De Campo Grande O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, AssistĂŞncia Social e Trabalho (Sedhast), convoca os acadĂŞmicos habilitados do Programa Vale Universidade

Indígena (PVUI), do processo seletivo 2018, para assinatura dos termos de compromisso, conforme publicação da última sexta-feira, ddo Diårio Oficial do Estado (DOE). A Superintendência de Projetos Especiais (Suproes), que coordena o Vale Universidade Indígena, reforça que os candidatos habilitados deverão observar a data e a hora especificadas para comparecerem no endereço indicado.A ausência do acadêmico-bene-

ficiårio na assinatura de termos implicarå em sua automåtica desclassificação do processo seletivo. O PVUI tem como objetivo assistir ao acadêmico da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, por meio de auxílio financeiro, e a oportunidade de experiências profissionais por meio de atividades desenvolvidas em órgãos da administração pública federal, estadual e municipais, alÊm de organizaçþes não governamentais.


UFGD

Pelo 3Âş ano

XI ArraiĂĄ acontecerĂĄ dias 8 e 9 de junho.

IndaiĂĄ estĂĄ entre os 100 melhores clubes do paĂ­s.

3Âť*

3Âť*

CADERNO B

ClĂĄudio Iguma ĂŠ destaque em “Gente que Aconteceâ€?

Dourados, segunda-feira 7.5.2018 O PROGRESSO

Coluna da Adiles

ARQUIVO

Sede da Academia Sul-MatoGrossense de Letras, que vai instalar busto de fundador

ACADEMIA DE LETRAS vai inaugurar busto de fundador Peça em bronze de Ulysses Serra Neto serå instalada na sede da entidade De Campo Grande Ulysses Serra, escritor e acadêmico que foi fundador da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, terå busto em bronze inaugurado e eternizado na ASL em solenidade a ser realizada amanhã, a partir das 19h30. Oferecida pela família Serra, a escultura – confeccionada em bronze pelo artista Marcos Rezende – serå posicionada no hall de entrada da Academia, cuja sede se situa na Rua 14 de Julho, 4653, nos Altos do São Francisco, em Campo Grande. Com presenças de acadêmicos, familiares e convidados, a solenidade Ê aberta ao público e contarå na sua pauta com homenagens a Ulysses Serra, culminando com o ato de descerramento do busto. Em 30 de outubro de 1971, Ulysses Serra fundou, juntamente com os escritores Germano Barros de Sousa e JosÊ do Couto Vieira Pontes, a Academia de Letras e História de

Campo Grande, que originou a Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, a mais alta e representativa entidade literĂĄria do Estado. O escritor Ulysses Serra nasceu em CorumbĂĄ, em 1Âş de setembro de 1906. Aos dezessete anos de idade veio com seus pais para Campo Grande. Em 13 de outubro de 1971, lançou em Campo Grande o seu antolĂłgico livro “Camalotes e Guaviraisâ€?, obra referencial na literatura regional. Faleceu em 30 de junho de 1972, no Rio de Janeiro – seu corpo foi transportado para Campo Grande e velado na Câmara Municipal. A relação original dos pioneiros nomes que compuseram a Academia foi assim constituĂ­da: Ulysses Serra, Germano Barros de Souza, JosĂŠ Couto Vieira Pontes, J. Barbosa Rodrigues, OtĂĄvio Gonçalves Gomes, JĂşlio Alfredo GuimarĂŁes, Hugo Pereira do Vale, AntĂ´nio Lopes Lins, Jorge Antonio Siufi, Abel

Freire de Aragão, Inah Machado Metelo, Maria da Glória Så Rosa, Henedina Hugo Rodrigues, Oliva Enciso, Demosthenes Martins, Paulo Coelho Machado, Luiz Alexandre de Oliveira, Mariano Cebalho, Ângelo Venturelli, Alcindo Figueiredo, FÊlix Zavattaro, JosÊ Manoel Fontanillas Fragelli, Luiz Så Carvalho, Licurgo de Oliveira Bastos e Rui Garcia Dias. Adotando rigorosos e abalizados critÊrios para a habilitação e eleição de seus membros, com 40 cadeiras vitalícias, aos moldes da Academia Brasileira de Letras (ABL), a ASL registra ao longo da sua existência uma história mar-

cante voltada para a defesa da lĂ­ngua portuguesa e o cultivo da arte literĂĄria, zelando e incentivando todas as derivaçþes da cultura nacional e estadual. Recentemente, a Academia Sul-Mato-Grossense de Letras inaugurou sua nova sede na Capital – com fachada em colunas metĂĄlicas e frontais ‘paredes de vidro’, biblioteca, salas de reuniĂŁo e amplo auditĂłrio. O prĂŠdio possui arrojado estilo de vanguarda, sendo uma das mais modernas sedes de academias estaduais de letras do paĂ­s. A fachada da Academia faz alusĂŁo a uma ‘floresta do conhecimento’ (formada simbolicamente

por ‘lĂĄpis brancos’ que eventualmente se colorem com efeitos de luzes projetadas de holofotes multicores). Atualmentea ASL conta com apenas trĂŞs cadeiras vagas - a cadeira 1, vaga por Manoel de Barros; a 31, vaga por Hildebrando Campestrini, e a 38, vaga por Wilson Barbosa Martins e tem como presidente o escritor, poeta, jornalista e publicitĂĄrio Henrique Alberto de Medeiros Filho e como membros AbĂ­lio Leite de Barros; AbrĂŁo Razuk; Altevir Alencar; AmĂŠrico Calheiros; Antonio JoĂŁo Hugo Rodrigues; Augusto CĂŠsar Proença; Elizabeth Fonseca; Emmanuel Marinho; Enilda

Lazer

Sesc transforma espaços na Capital em ĂĄreas para cultura Elvio Lopes elvio@progresso.com.br O Sesc Cultura Unidade Mello e CĂĄceres do Serviço Social do ComĂŠrcio de Mato Grosso do Sul (Sesc/MS), passa a ser a mais recente opção para lazer, artes plĂĄsticas, desenhos, WHDWURFLQHPDRÄ&#x;FLQDVGHFDpacitação, mĂşsica, literatura e outras manifestaçþes culturais em Campo Grande. A apresentação do espaço foi realizada na Ăşltima quinta-feira pelo presidente da Federação do ComĂŠrcio de Mato Grosso do Sul (FecomĂŠrcioMS), Edison AraĂşjo; a diretora-regional do Serviço Social do ComĂŠrcio (Sesc/MS), Regina Ferro e a gerente do Sesc Cultura, AndrĂŠia Gomes. Foram R$ 2 milhĂľes de investimentos prĂłprios do Sesc

ELVIO LOPES

na reforma, revitalização e adequação do prĂŠdio, construĂ­do em 1922 e que sediou a 9ÂŞ RegiĂŁo Militar, para a realização de manifestaçþes culturais na Capital, com divisĂľes no tĂŠrreo, onde foi construĂ­do um espaço aberto, para apresentaçþes diversas em interação direta com o pĂşblico; galerias de artes, onde foi aberta a exposição do artista plĂĄstico corumbaense Edson Castro, hĂĄ nove anos radicado em Paris; o cinema, em ambiente intimista, com 35 lugares e equipamentos de alta tecnologia; a biblioteca, com um acervo multicultural e WDPEĂ’PGHÄ&#x;OPHVGHDUWHVDFDIHWHULDRVHVSDĂ?RVSDUDRÄ&#x;FLQDV de dança, artes visuais e cĂŞnicas; a sala de audiovisual e de outras atividades artĂ­sticas. Com a nova unidade, o Sesc MS passa a ser a entidade que mais vem realizando investi- Exposição do artista plĂĄstico Edson Castro, que deixou CorumbĂĄ para viver e trabalhar em Paris

Pires; Francisco Albuquerque Palhano; Francisco Leal de Queiroz; Geraldo Ramon Pereira; GuimarĂŁes Rocha; Hermano de Melo; Ileides Muller; JosĂŠ Couto Vieira Pontes; J. P. FrazĂŁo; LĂŠlia Rita de Figueiredo; Lucilene Machado; Maria AdĂŠlia Menegazzo; Marisa Serrano; Orlando Antunes Batista; Oswaldo Almeida; Paulo CorrĂŞa de Oliveira; Paulo Nolasco; Paulo Tadeu Haendchen; Pe. Afonso de Castro; Pedro Chaves; Raquel Naveira; Reginaldo Alves de AraĂşjo; RĂŞmolo Letteriello; Renato Toniasso; Rubenio Marcelo; Samuel Medeiros; Theresa Hilcar e Valmir Batista CorrĂŞa.

mentos na ĂĄrea cultural na Capital, tendo assumido, hĂĄ pouco mais de dois anos, o Sesc Morada dos BaĂ­s, transformado tambĂŠm em espaço cultural e de exposiçþes; mantido o Teatro Prosa, no Sesc Horto, que este ano sedia o Palco GiratĂłrio com diversos espetĂĄculos teatrais por companhias de vĂĄrios estados brasileiros, que tamEĂ’PPLQLVWUDPRÄ&#x;FLQDV Edison AraĂşjo fez questĂŁo de destacar que, em quase quatro dĂŠcadas, o Sesc MS criou novas unidades, ampliou as existentes e se expandiu para Dourados, CorumbĂĄ e TrĂŞs Lagoas e breve deve inaugurar a unidade de Ponta PorĂŁ, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), que tambĂŠm inaugura, nesta quinta-feira (10), a moderna Escola de Gastronomia, Hospitalidade e Turismo, no Jardim dos Estados, na Capital e ainda a pousada e o balneĂĄrio do Sesc em Bonito.


2

Dourados, segunda-feira 7.5.2018 O PROGRESSO

Variedades

Situação delicada entre

Netix e Cannes

NOVELAS

ORGULHO E PAIXĂƒO 17h Felisberto incentiva Elisabeta a correr atrĂĄs de seus sonhos em SĂŁo Paulo, e OfĂŠlia acaba concordando com o marido. Ema decide ir para SĂŁo Paulo com Elisabeta, Ernesto, Darcy e seus amigos. Charlotte se solidariza com Mariana. TibĂşrcio diz a CecĂ­lia que ela o faz lembrar de Josephine. BrandĂŁo e OtĂĄvio percebem a mudança de comportamento de Randolfo, abalado com a fuga de LĂ­dia. Uirapuru e LĂ­dia se instalam em um hotel luxuoso. Estilingue revela a TenĂłria que encontrou uma foto de sua mĂŁe na fazenda do BarĂŁo. Mariana confessa a OfĂŠlia que se entregou para Uirapuru.

Reed Hastings garante que a plataforma nĂŁo tenta “sacudir o sistema do cinemaâ€? DIVULGAĂ‡ĂƒO

O presidente da Netflix, Reed Hastings, admitiu que a plataforma Ă s vezes comete erros e que com o Festival de Cannes, onde nenhum de seus filmes foi selecionado este ano por falta de acordo, se encontra em uma “situação delicadaâ€?. Diferentemente da edição 2017, o Festival de Cannes deste ano (que serĂĄ realizado de 8 a 19 de maio) decidiu que, para os filmes selecionados, fosse respeitado um prazo de trĂŞs anos entre a estreia

3DUDR&(2GD1HWÄ L[DVSODWDIRUPDVQĂ‚RFRPSHWHPFRPDVVDODVGHFLQHPD da Netflix, durante um debate no festival “Series Maniaâ€? em Lille, no norte da França. “Acho que com o Festival de Cannes chegamos a uma situação mais delicada do que querĂ­amosâ€?. “Adoramos o Festival de Cannes, vamos hĂĄ muitos anos, este ano temos ainda alguns compradores. O festival quer encontrar realmente um modelo que funcione para

eles e para nĂłs, e isso acabarĂĄ ocorrendoâ€?, acrescentou. Hastings assegurou que a Netflix nĂŁo tenta “sacudir o sistema do cinemaâ€?. Mas “como nossos assinantes financiam nossos filmes, queremos que tenham acesso a eles rapidamente, e nĂŁo trĂŞs anos depoisâ€?. “Tratamos nossos filmes como nossas sĂŠries, as produzimos diretamente para nossos

HORĂ“SCOPO TOURO

De 21/03 a 20/04

De 21/04 a 20/05

Pessoas amigas, estão propensas a colaborar com seus projetos e aprimorar suas ideias. Receberå informaçþes úteis e promissoras. Uma conversa bem sincera com alguÊm pode ajudar a trazer um colorido especial neste dia.

De 21/05 a 20/06

LEĂƒO

VIRGEM

De 22/07 a 22/08

De 23/08 a 22/09

Dia neutro no qual terĂĄ possibilidaGHVVĂśQRVDVVXQWRVGDSURÄ&#x;VVĂ‚R NĂŁo serĂĄ bem sucedido em outra empresa que jĂĄ nĂŁo tenha sido iniciada. No campo conjugal e, mesmo sentimental, procure ser cauteloso.

LIBRA

ESCORPIĂƒO

De 23/09 a 21/10

De 23/10 a 21/11

3HUâRGREHQĂ’Ä&#x;FRSDUDIĂ’ULDVHSDUD todos os tipos de diversĂŁo. As atividades criativas e lĂşdicas tambĂŠm estĂŁo estimuladas. Relacionamento com os amigos e pessoas da famĂ­lia serĂĄ intenso e afetuoso.

Se necessitar de alguĂŠm para ajudĂĄ-lo a solucionar problemas e negĂłcios importantes, saiba escolher essa pessoa com muito cuidado. Muito dependerĂĄ de sua reserva. A sua saĂşde vai melhorar ainda.

SAGITĂ RIO De 22/11 a 21/12

Invista mais no seu potencial criativo neste perĂ­odo, que estarĂĄ plenamente favorecido. Aproveite para organizar os trabalhos mais difĂ­ceis e ordenar planos e metas para projetos audaciosos de futuro.

CAPRICĂ“RNIO

AQUĂ RIO

PEIXES

De 22/12 a 20/01

De 21/01 a 19/02

De 20/02 a 20/03

Faça com que se sinta impulsionado a procurar os amigos e propor XPDDWLYLGDGHSURÄ&#x;VVLRQDOSDUDlela com possibilidades de lucros e divertimento ao mesmo tempo. Os Ä X[RVSRGHUĂ‚RDMXGĂ€ORVXUSUHHQdentemente, no perĂ­odo da manhĂŁ.

19h45 Estela lamenta a decisĂŁo de AndrĂŠ. Arthur diz que toGRVQDUHGDĂ?Ă‚RGHYHUĂ‚RUHFHEHUDPDUFD&Ă’VDURIHUHFHDMXGDD -RQDV$GULDQRPHQWHSDUDRÄ&#x;OKRHGL]MĂ€WHUUHFHELGRDPDUFD 1RHVFRQGHULMRGRGHVHUWRRVMXGHXVVREUHYLYHQWHVH[DOWDPR 6HQKRU&Ă’VDUGHFLGHVHDIDVWDUGDSROâFLD-RQDVÄ&#x;FDSUHRFXSDGRFRPRLQWHUHVVHGDSRSXODĂ?Ă‚RQDPDUFD%HQMDPLQGL]TXH precisa deter Ricardo. Susana lamenta o posicionamento de VXDÄ&#x;OKD5LFDUGRDVVXPHSDUD,VDEHODTXHDWUDLXFRP$ULHOD CĂŠsar avisa a Guido que deixarĂĄ a polĂ­cia. GlĂłria diz que BenMDPLQGHVHMDIDODUFRP9LWWRULR

Momento em que terå muito sucesso ao tratar com autoridades civis e na solução de seus problemas profissionais, financeiros e pessoais. Farå poucas amizades, mas serå bem sucedido. Êxito religioso. Este período serå muito tranquilo para você.

CĂ‚NCER

Procure mĂŠtodos originais para conseguir o que lhe parecer difĂ­FLOVHMDPRVREMHWLYRVÄ&#x;QDQFHLURV ou de ordem domĂŠstica. Organize o seu programa de pagamentos e recebimentos. Alimente-se bem.

APOCALIPSE

GĂŠMEOS

De 21/06 a 21/07

Neste dia, você poderå enfrentar alguns pequenos obståculos e oposiçþes inesperadas. Com o auxílio de amigos, parentes, colegas e vizinhos poderå contornå-los. Evite atitudes agressivas.

assinantes e eles nĂŁo estreiam nos cinemasâ€?, acrescentou. Para o CEO da Netflix, as plataformas nĂŁo competem com as salas de cinema: â€œĂ‰ como cozinhar em casa, o que nĂŁo impede de ir Ă s vezes ao restauranteâ€?. No entanto, ele admite que “a regulação ĂŠ crucialâ€?. “Temos que encontrar como trabalhar nas regras do sistema. É nossa responsabilidadeâ€?.

20h &ODUDOLJDSDUD5HQDWR*DHODÄ&#x;UPDD&ODUDTXHWHPXP plano para resgatar Tomaz. Samuel e Suzy se divorciam. ZĂŠ Victor ameaça contra a vida de Caetana, mas Zildete, MaĂ­ra e DVRXWUDVPXOKHUHVRH[SXOVDPGRERUGHO'HVLUĂ’HGHVFRQÄ&#x;DGR VXPLĂ?RGH-XYHQDO$PHDĂ?DGRSRU5HQDWR-XYHQDOÄ&#x;QJHQĂ‚R gostar mais de DesirĂŠe e a afasta de sua casa. DesirĂŠe decide voltar a trabalhar no bordel, mas Caetana a alerta. Sophia se UHFXSHUDHRRÄ&#x;FLDOGH-XVWLĂ?DDQXQFLDTXHUHWRPDUĂ€RMXOJDmento. ZĂŠ Victor chantageia a Sophia. Cido anuncia que deixarĂĄ a casa de Samuel. Renato diz a Fabiana que nĂŁo devolverĂĄ Tomaz para Clara.

PALAVRAS-CRUZADAS DIRETAS

Ă RIES

VocĂŞ poderĂĄ estar sentindo sintomas de stress neste perĂ­odo. O clima de indecisĂŁo que ainda estarĂĄ influenciando vocĂŞ farĂĄ com que atravesse uma fase de angĂşstia. Boa influĂŞncia para desenvolver sua inteligĂŞncia.

18h Afonso, Amålia, Levi e o grupo de camponeses marcham rumo a Montemor. Afonso e Amålia encontram Tiago e o levam para o acampamento. Catarina då o anel para Diana entregar a Constantino. Catarina avisa a Betânia que decidiu separar uma parte da reserva destinada ao abastecimento do castelo para distribuir à população. LucrÊcia vende as roupas de Catarina. Afonso e Mesaque veem os soldados de Rodolfo. Constantino coloca no dedo o anel que Diana o entregou e começa a agonizar.

O OUTRO LADO DO PARAĂ?SO

‘Temos que encontrar como trabalhar nas regras do sistema’, diz presidente GD1HWÄ L[ da produção nas salas e a distribuição a seus assinantes. A Netflix decidiu, entĂŁo, boicotar o prestigiado evento do cinema. A companhia, que contabiliza 125 milhĂľes de assinantes no mundo, disse que estaria disposta a autorizar a estreia de seus filmes nas salas francesas, mas que nĂŁo garantia o prazo de 36 meses. “Nos veem como agitadores, e Ă s vezes cometemos errosâ€?, reconheceu Reed Hastings, cofundador e presidente

DEUS SALVE O REI

Boa influência para desenvolver sua inteligência, e para tratar de assuntos ocultos. Todavia deverå evitar acidente e extravagâncias que possam prejudicå-lo física e moralmente. Tome cuidado com notícias falsas.

IndĂ­cios de excelentes contatos com pessoas mais idosas que vocĂŞ HGHERPQâYHOÄ&#x;QDQFHLURHPDWHrial. Aproveite tal oportunidade para tirar algum proveito. InteligĂŞncia clara e forte magnetismo pessoal.

SOLUĂ‡ĂƒO DO NÂş ANTERIOR


3

Dourados, segunda-feira 7.5.2018 O PROGRESSO

Variedades ARQUIVO

Pelo 3º ano Indaiá está entre os 100 melhores clubes do país Presidente recebeu o Prêmio Club Top 100 da Fenaclubes; ranking destaca aqueles que mais promovem ações esportivas, sociais, culturais e de lazer Referência em Mato Grosso do Sul pelo seu tamanho, infraestrutura e pelos serviços oferecidos aos sócios, o Clube Indaiá completa 51 anos em constante desenvolvimento, inovação e recebendo importantes premiações. Durante o CBC (Congresso Brasileiro de Clubes), realizado no fim de semana passado em Campinas (SP), o clube recebeu, pelo terceiro ano consecutivo, o Prêmio Club Top 100 da Fenaclubes (Confederação Brasileira de Clubes), permanecendo entre os 100 melhores clubes do Brasil. O Prêmio Club Top 100 é um ranking elaborado pela Fenaclubes dos cem clubes brasileiros que mais se destacaram no ano por contribuírem de forma significativa para o de-

Outra conquista foi o convite feito pela Fenaclubes ao presidente Ângelo Ximenes, para representar o Estado na Confederação senvolvimento da comunidade e da sociedade na qual estão inseridos por meio de ações esportivas, sociais, culturais e de lazer. Para o presidente Ângelo Ximenes, o momento que o clube vive pode ser considerado a realização do sonho de seus idealizadores, iniciado em 1967. “Inicialmente, como registrado na ata de fundação, o clube teve como objetivo atender as necessidades das pessoas, que nas horas de folga ou nos fins de semana, precisassem de um lugar para sua recreação, onde pudessem passar momentos de lazer e de entretenimento, recuperando as energias gastas no árduo trabalho do dia a dia.

DIVULGAÇÃO

Em todo Arraiá, a UFGD promove o concurso de quadrilhas

XI Arraiá da UFGD acontecerá dias 8 e 9 de junho A festa, que acontece em frente ao prédio da Reitoria, vai oferecer shows Ângelo Ximenes e esposa Carminha durante o recebimentodo Prêmio Club Top 100 pela 3ª vez Hoje somos muito mais que isso, orgulhando não só a nossa cidade como o nosso Estado e o nosso país”, destacou. “Clubes de todas as regiões do Brasil foram agraciados com esta honraria. Para a Fenaclubes é uma grande responsabilidade e ao mesmo tempo, felicidade selecionar estes Clubes Top 100, já que esta homenagem é um selo de garantia de qualidade e que deve ser usado pelos Clubes como forma de valorização de seus atuais associados, bem como de argumentação para potenciais novos sócios”, esclareceu Arialdo Boscolo, presidente da Fenaclubes. Direção estadual Outra conquista histórica para o Clube Indaiá, que reconhece a trabalho realizado pela atual gestão, foi o convite feito pela Fenaclubes ao presidente Ângelo Ximenes, para

representar o Estado na Confederação, ocupando a vaga de Diretor Estadual. Com isso, Ângelo passa a ter um papel importante na confederação, como proponente de ações e de novas atividades, além de divulgar a entidade entre os demais clubes, auxiliando na busca de novos filiados e reforçando a representatividade local. Com o cargo, Ângelo passa a representar o MS perante a entidade, tendo um papel importante nacionalmente, como proponente de ações e de novas atividades, além de divulgar a entidade entre os demais clubes, auxiliando na busca de novos filiados e reforçando a representatividade local. Arialdo destacou a indicação. “Nós vivemos em um país continental, então precisamos ter representantes estaduais para conseguir atuar

em todos os Estados brasileiros. O Ângelo tem feito um trabalho exemplar em Dourados e é a pessoa que possui o perfil que precisamos para ampliar nossa atuação no Mato Grosso do Sul”, disse. O mandato de Ângelo na Fenaclubes vai finalizar junto com a sua gestão à frente do Indaiá, durando até junho do ano que vem. Agora, com a renovação do seu mandato, o diretor deve continuar seu trabalho de conhecer e mobilizar os clubes do Estado para participarem das atividades da Confederação. “Sem dúvida essa função que nos foi atribuída é mais uma importante conquista para o Clube Indaiá. Além do reconhecimento em Dourados e no Estado, temos a Fenaclubes valorizando o nosso trabalho e nos confiando este tão importante cargo”, finalizou Ângelo.

Mostra Literária homenageia Maria da Glória Sá Rosa Evento entre quinta a domingo terá de contação de histórias a grandes shows nacionais Um grande evento, unindo a literatura a outras expressões artísticas como o teatro, artesanato, gastronomia e a música, começa na quinta-feira, 10 de maio - a Mostra Literária Professora Glorinha Sá Rosa. O evento é realizado pela

União Brasileira dos Escritores de Mato Grosso do Sul e com produção de Dalila Saldanha através da Quiquiho Produções. A mostra leva o nome de uma das maiores profissionais e incentivadoras culturais do Estado, Maria da Gloria Sá Rosa, falecida em 28 de julho de 2016, que por mais de duas décadas atuou em vários segmentos da cultura e da educação em

Campo Grande. Glorinha, como era conhecida, atuou por 26 anos como professora universitária. Na política, e sempre a favor da cultura, foi secretária-adjunta da Secretaria de Desenvolvimento Social; diretora executiva da Fundação de Cultura; presidente do Conselho Estadual de Cultura; superintendente da Secretaria de Cultura e Esportes; e, ainda, presiden-

te da Fundação de Cultura. Ela também é autora de 10 livros, quase todos tratando de cultura, sobretudo local. A Mostra Com recursos do Fundo Municipal da Cultura, a Mostra Literária Professora Maria da Glória Sá Rosa traz em sua programação atividades que vão de ‘contação de histórias’ a grandes shows nacionais.

A décima primeira edição do Arraiá Universitário da UFGD vai acontecer nos dias 8 e 9 de junho e já está com inscrições abertas para os concursos de barracas e quadrilhas. O Arraiá é um projeto de extensão realizado anualmente pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEX), com objetivo principal de integrar a comunidade interna e externa, preservando a tradição das festas juninas com barracas de comidas e bebidas típicas e quadrilhas. A festa, que acontece em frente ao prédio da Reitoria (rua João Rosa Góes, 1761 - Unidade 1), oferece também shows musicais para o público presente e premia a melhor barraca e a melhor quadrilha, como forma de incentivo à participação e integração de acadêmicos e servidores. O regulamento para o concurso de barracas já foi publicado e está disponível no site da instituição. As inscrições deverão ser feitas na PROEX, localizada na Unidade 1, com taxa de contribuição no valor de R$ 150,00. Elas deverão ser feitas de 04 a 16 de maio e o sorteio da localização das barracas será no dia 25 de maio, às 13h30, na Sala 401 da Unidade 1. Somente poderão inscrever barracas os cursos de graduação e pós-graduação da UFGD, representados ou não pelo Centro Acadêmico, ou grupos

de projetos de extensão da UFGD. As barracas poderão comercializar maçã do amor e bolos; arroz carreteiro; kafta e churrasco grego; espetinho; tapioca/crepe; pastel e batata frita; pão de queijo, sopa paraguaia e chipa; derivados do milho; cadeia/correio; bobó de galinha; bebidas quentes e batidas; doces diversos; cachorro quente e mini pizza; galinhada; pucheiro; salgados; caldos e lanches. A comissão organizadora vai analisar os quesitos: animação; ornamentação; atendimento e melhor prato. O 1º lugar levará um troféu mais a premiação de R$ 300,00. Em todo Arraiá, a UFGD promove o concurso de quadrilhas como forma de estimular e valorizar a cultura popular. Este ano, os grupos terão de 17 a 30 de maio para inscreverem suas quadrilhas. Só poderão participar as quadrilhas formadas de, pelo menos, 50% de acadêmicos, técnico-administrativos e professores da comunidade universitária da UFGD. E deverão ser constituídas de, no mínimo, oito pares. Ela deverá ter marcador(a); noiva; noivo e convidados. Serão julgados os seguintes quesitos e especificidades: I. Quadrilha: Coreografia, harmonia, animação, originalidade e figurino. II. Marcador: Liderança, animação e figurino. III. Noiva: Interpretação, animação, simpatia e figurino. IV. Noivo: Interpretação, animação, simpatia e figurino. As quadrilhas que atingirem as maiores somas de pontos serão declaradas vencedoras e receberão troféus conforme sua classificação.


Dourados, segunda-feira 7.5.2018 O PROGRESSO

COLUNA DA ADILES Adi Adiles do Amaral Torres

Willian Shakespeare

GENTE QUE ACONTECE

adiles@progresso.com.br

AntĂ´nio Lucena Filho, proprietĂĄrio da excelente "Donana Alimentos"

"É melhor chegar 3 horas mais cedo do que atrasado 1 minuto"

Clarice e JosĂŠ Roberto Fontes, proprietĂĄrios da DZM e Cerrado Brasil

Dr. JoĂŁo Alberto Gusman, competente cirurgiĂŁo plĂĄstico

Inio Coalho e Aparecida Couto Coalho, da Orteco Contabilidade

Claudio Iguma, proprietĂĄrio da conceituada Imob. Continental

ANIVERSARIANTES

ParabĂŠns a Eny de Matos Melo (Dona Zizi) que completa hoje 98 anos com muita lucidez e saĂşde. Ela ĂŠ da tradicional famĂ­lia Matos e foi casada com o Ä&#x;lho de Ciro Melo. Na foto, com sua prima Neuza Amaral

ParabĂŠns e felicidades a querida Eneida Gebaille que muda de idade hoje

Votos de felicidades a Dejair Martins Peres, da Demape Pneus, que aniversaria hoje. Na foto, com sua esposa Rosa

Felicidades ao casal Valdete Santos Lima e Vanderley Pedro de Lima que comemorou 31 anos de casados no dia 2. Valdete aniversaria hoje e recebe o carinho dos Ä&#x;lhos Fernando e Willian

VISITANTES

ParabĂŠns a Amanda Rafaela que aniversaria amanhĂŁ. Na foto, com seu namorado Jonatas Matos

Esteve nos visitando AndrÊ Luiz Viacek Junior, consultor de segurança da Inviolåvel. Ele foi funcionårio deste jornal

Esteve em visita a este jornal na última quinta-feira o gerente da Via Max Caminhøes, sr. Antônio Feuser (Toninho)

PARCERIA

A ACED e O Progresso Ä&#x;rmaram parceria em comemoração aos 73 anos da ACED e aos 68 anos deste jornal, com brinde especial no dia 11 no Camarote de O Progresso na Expoagro. Na foto: Beth SalomĂŁo (pres. da ACED), esta colunista, Angela Santa Cruz e Ely Oliveira

PARABÉNS AOS ANIVERSARIANTES '( +2-(0$,2- JosĂŠ P. Pinto; Tereza Miazaki; Vanderlei Wolf; AntĂ´nio Carlos de Melo; Afonso Campos; Heidy Jordana; Maria Luiza Deguti; Ribeiro Arce; Jussara Cristina S. Oliveira; Frederico Ebling; Valdir RamĂŁo; Maria de Lurdes Santos; Rodrigo Weneland; Aparecido Alves Munhoz; Elizangela M. Nonato; Regiane Lima Blanco Castro. '($0$1+Ç

0$,2- Ramão F. Santos; Wilson Ferreira; CÊlia Olivi; Aloísio R. Fiel; Adriana S. Franca; Antônio V. Lima; Renê Gonçalves; Nelson M. Nakamura; Givaldo F. dos Santos; Francisco dos Santo; JosÊ V. Silva; Edilson P. dos Santos; Adi N. da Silva; Marissa Dåvalo Pereira; Maria de Fåtima B. Pacheco; Leonice Medina de Melo; Marcelo Marques; Ayres R. da Silva; Lourdes Elerbrock.

Nos visitou o ex-funcionĂĄrio deste jornal Osmar Santos. Gratos pela visita

35 ANOS

ParabĂŠns a toda equipe da "Center CĂśpias" que completou 35 anos no mĂŞs de abril, buscando ao longo dos anos, tradição nos trabalhos e o constante aperfeiçoamento de seus equipamentos e colaboradores, fazendo da grĂĄÄ&#x;ca uma das preferidas. A Center CĂśpias estĂĄ localizada Âż av. Weimar Torres, 1818. Na foto: Kamila, Ilana, Marina, Tânia, JoĂŁo Felipe, Gustavo e Vassili


O PROGRESSO

Dourados, segunda-feira 7.5.2018

1

Imóveis

2

Apartamentos

3

CLASSIFICADOS 4

Veículos e utilitários

1

Veículos importados

5

6

Motos

81763

Casa-Venda 81928

1ºPLANO ESQUINA

Imóveis

81935

81921

ALUGA-SE KITINET Rua Palmeiras nº1310 JD. Santo André. Fone: 996529300 82054

CASA DE LAJE 5 PEÇAS Próximo Atacadão, com garagem. Tel:99921-3737 82095

JD. STO ANDRÉ 03 qtos, sl, copa coz. gar. Tel:98409-4323 82107

KETINET FLÓRIDA 2 R$390,00 boa localização. 99956-7789 82068

KITINET JD.COLIBRI

Sla, coz, wc. c/ box, 02 qtos, garagem. Tel:996398364 22988

QUARTO FAMILIAR Av.Pres. Vargas nº40. Próx. a Feira, centro. 996401513.

Terr. 6x30 ac. carro no negocio, 85 mil, parcela. 99925-6470 82082

Piscina, 01 suite, 03 qtos, porcelanato, blindex, esp. gourmet. Creci-680-J Tel:99902-9118.

Casa-Aluga

JD NOVO HORIZONTE

ALTOS DO INDAIÁ 270 m² terreno, 52 m² const. R$165 mil. Creci-680-J Tel:99902-7676 81926

BNH-3ºPLANO 02 qtos, R$230 mil. Creci-680-J Tel:99902-7676 81922

BONITO-M/S 550MIL Troca por imóvel em Dourados, Creci-680-J Tel:99902-7676 82106

CASA 77M² D o c u m e n t a d a , Va l o r R$150,00 F.67-998087717 81989

CASA C/ 05 PEÇAS R$105.000,00 á negociar. 99829-0033 ou 99836-6896 80406

CASA VL SÃO PEDRO Proximo Posto de saude. 99947-8220 OU 996556399 60909

EDÍCULA ÁGUA BOA R$ 60mil. 99996-4845/ 99210-5078

JD. GUAICURUS

F i n a n c i a d a Ent:65.000,00+parc. c/01 suite 02 qtos, 01 wc social, sla, coz. area de serviço. 99614-8131 81462

JD. MÔNACO 380 MIL

Rua Anibal Pavão nº3.250 c/3 qts, esq. toda murada, linda. 99852-0770- Luiz Carlos 81895

MINHA CASA M. VIDA

Jd. Pelicano, Creci-6862-J Tel:3421-0034 82023

PARQUE NOVA DOURADOS

Excelente casa individual c/01 quar to, sala, cozinha, área, de ser viço, banheiro, garagem coberta, R$580.000. Creci-779-J Tel:3423-2255 ou 999566319- Imob. Athenas. 82007

PQ ALVORADA 03 QTOS

170 m², moveis planej., garagem p/dois carros, 03 anos de construção. trt.99999-4933 81902

PQ ALVORADA 550 MIL

C/ 03 suites, coz, salas, esc. A. Ser v. todos com moveis planejados. Imob. Gondim Creci-6862-J Tel: 3421-0034 ou 99971-1320

7

Diversos

82097

8

Telefones

81626

PRÓX. HAYEL B. FAKER

ARRENDA: VILA VARGAS

W-1 c/edicula no fundo, R$280 mil. 99941-7569

1 chác. c/casa, barracão, pom. pisc. conf. leiteria. 99933-6060

81924

PRÓX. HOSP. STA RITA 375 m² terreno, 206m² const. Creci-680-J Tel:99902-7676 82056

SÓ R$250.000,00 02 Casas em terreno de esquina, Rua Monte Castelo nº525, esquina c/ Rua Belo Horizonte. Aceito carro. 3421-2708/99813-4867 ou 99948/4728 81903

SOBRADO SANTA FÊ R. Benjamim Oshiro nº385 esquina c/ R. Eduardo C. Souza, c/ moveis planejado parte. Imob. Gondim Creci-6862-J Tel:3421-0034 81853

TERRA ROCHA 03 qtos, sl, coz, 02 wc + edic. R$210 mil. 996283834 82009

TERRENO C/ 02 CASAS JD. Água Boa, R$150 mil, Creci-9491. Telefone para contato: 98405-2947

Chácaras

81854

CHÁCARA BARREIRINHO Km1.2 á esquerda, área 38.620 mts, c/ casa energia, poço, 03 tanques. ótimo p/ eventos. 996078936 81725

CHÁCRINHAS 3.325M²

5 HEC. PRÓX. Á VILA

Vargas, R$250 mil. Creci-680-J Tel:99902-7676

Fazendas 82104

1500 HA EM JARDIM MS Área plana p/ lavoura. 99616-5617 Creci-797-J 81581

2 MIL HECTARES VENDA Em Ribas do Rio Pardo-MS, R$15 milhões. 99933-6060 82105

420 HA EM BONITO

Próximo Trevo de Indapolis, R$120,000,00 Tel: 996021508

Área p/ Agropecuaria, boa água, ótimo preço. 996165617 Creci-797-J

Comercial - Aluga

ARRENDA-SE 01 FAZ.

82083

SALAS COMERCIAL No Centro, p/ clinica, consul., escrit. 99971-1250

Comercial - Venda 82049

IMOVEL COMERCIAL AV. Weimar torres, centro, 360 m² terreno, 450 mil a/c proposta. Opção Imoveis Creci-9485. Telefone para contato: 999033313/98403-4728 81912

81929

Empregos e oportunidades

81826

Em Nova Alvorada do sul, 242 hectares. 99933-6060 ou 99628-5674 82018

FAZENDA EM CARACOL

250 hectares e 180 hectares. Telefone para contato: 99817-5770 81880

MATA NATIVA

P/ reserva legal c/ certificação. Telefone para contato: 99817-5770 82093

TERRA PARA LAVOURA Arrendo 165 ha. por 5 anos, 30 km de Dourados. Fone:99637-4411 81580

SALÃO COMERCIAL

VENDE-SE 02 FAZENDAS

AV. Joaquim T. Alves Creci-2645. Telefone para contato: 3421-0034

Em Maracajú de 700 hectares e 242 hectares. 999336060 e 99615-3144


CLASSIFICADOS

2

O PROGRESSO

Dourados, segunda-feira 7.5.2018

82103

PORTO ROYALE

Sítios 80650

01 ESTÂNCIA 36 HA Montada em Itapora, 15 mil sacas de soja. 99933-6060 81822

ARRENDA-SE 30 hectares em Itaporã-MS. 99933-6060 81823

ARRENDA-SE 60 HECT. Em Sirdrolândia-MS. 999336060 81713

SITIO DE 30 HECTARES Em Douradina, R$500 mil reais. 99933-6060 ou 99647-8866 81825

VENDE-SE 15,5 ALQUE. No Municipio de Dourados-MS, R$800 mil reais. 99933-6060

Terrenos

R$65 mil+ parcelas, 268 m², Creci-680J. 999027676 82016

PROMOÇÃO DE LOTES Jd. das Palmeiras imperdivel, entrada+ 84 parc. fixas sem juros. Imob. Gondim Creci-6862-J. Telefone para contato: 3421-0034 ou 99971-1320 81894

PROMOÇÃO DE LOTES Santa Fê imperdivel. Entrada + 72 parcelas fixas sem juros. Imob. Gondim Creci-6862-J. Telefone para contato: 3421-0034 ou 99665-0492 81893

PROMOÇÃO DE LOTES Novo Parque Alvorada. Entrada + 72 parcelas fixas sem juros. Imob. Gondim Creci-6862-J Tel:3421-0034 ou 99971-1320 81925

R. MONTE ALEGRE 1.576m², próx. Rua Rangel Tor res. Creci-680-J Tel:3422-7676

81954

Apto-Venda 82010

APARTAMENTO BARATO 02 qtos, Resd. Sta Catarina, Creci-9491 F. 98405-2947

APTO COBERTURA

82074

APTO VENDO”DOURADOS” Excelente apar tamento próximo a shopping, supermercado, rodoviaria. de 102.76m² com 02 quartos, 02 wc, sl, de estar/ jantar, cozinha e area de serviço, 01 vaga garagem. R$320.000,00 Tel:992076644. 81990

APTO. VILA BELA Ve n d o A p t o 1 º a n dar, aceito carro. cont. 98132-4161-Helio 81900

ED. PLAZA

81573

SITIÒCA BELA VISTA 1000 m² a 100 mts do asf. R$80 mil. (67)99996-8923 82051

SITIOCA OURO FINO Vendo 1000 m². 999225966 ou 99965-8396 82098

TERRENO COMERCIAL Na Av. Weimar G. Torres nº 5000, próx. á Concessionária - JEEP. 17,50 x 40=700 m², Vlr. R$790 mil, Estuda proposta. Tel:99137-0524 / 99199-0646 ou 34227379.

R. Humberto de Campos nº1215 c/ elevador Creci-6862-J Tel:3421-0034 ou 99971-1320 82050

EDIFICIO PADDOCK Apto Alto Padrão 390 m² areaa total. Opção Imoveis Creci-9485. Tel:999033313/98403-4728

16.750M² ATRÁS DO Ecoville- prolongamento da albino torraca. Entrada+ 35 parcelas, pagamento facilitado. Guilherme. Telefone para contato: 99627-2476 81896

AO LADO MÃO DO BRAZ Terra Dourada Creci-6862-J. Telefone para contato: 99971-1320 81917

AV. MARCELINO PIRES 20x64=1.280m², grande opor tunidade unica, Imob. Gondim Creci-6862-J Tel:3421-0034 plantão-99971-1320 81585

ECOVILLE I 420 M² Ecoville i 18x23,29. Fone: 99967-7814

TERRENO 12X30 R$25 mil. 99616-3094

82015

TERRENO C/E 1015M²

81897

Imob. Gondim Creci-6862-J Tel:3421-0034 ou 999711320 81503

OPORTUNIDADE

VENDO ÁREA NOBRE

TROCO APTO C.GRANDE

82064

VENDO OU TROCO Por to Madero, Alphaville e Golden Park. 984338611/99963-0016

Horizonte 14x30 Creci-680-J. 99902-7676

W-3 12X30 R$180 MIL

JARDIM PELICANO Lotes c/ 450m², R$65 mil Creci-6862-J Tel:3421-0034 82092

JD BONANZA I Vendo ou troco por carro. 99921-3737

81901

JD. DAS PALMEIRAS

Próx. ABV-Hayel b. Faker, murado. Telefone para contato: 99941 - 7569

82108

JD.ALTA DA BOA VISTA 12x27= 324 m², 999744600

Por Sitioca em Dourados. Tel: 99860-1329

Seu Consórcio? *Ligue para nossa Cor retora* Fone:99855-7147 ou 99144-4433. 82086

VENDO CONSÓRCIO Contemplado. Créd:21.880 E n t . 9 . 4 0 0 + 4 9 x (2x444+47x384) Site www.msconsorcios.com. br Fone:99855-7147 ou 99144-4433. 82057

VENDO OU TROCO Fusca ano 79, doc. ok. Pref. Biz, apartir de 2010. 3422-1804

3

2

DIRETO- PROPRIETARIO Apto 02 quartos e kitinets. 98433-8611/99963-0016 whats.

81955

VENDE-SE HILLUX Hillux 2013 flex- SR, branca. Fone:99233-5256

6

PALIO 1.4 ATRACT 2017 c/ 5.000 km R$39.900 Tel: 99848-1849

82112

S-10 EXCUTIVE Dupla, prata, 10/11, R$56 mil. 99971-6335

82008

STRADA ADVENTURE 14/15 cd R$65 mil km, branca, 03 portas. 99636-5138

Erisvaldo. 99699-4974 ou 3424-0386 82061

INTERFONE Instalação, manutenção. 99655-3780 82055

MOTOR P/ PORTÃO Câmara, alarme. 999964845 82060

MOTOR PARA PORTÃO 81613

Diversos

Bar e Petiscaria Centro de Dourados, montado pronto p/ trabalhar. Contato: 99680-0176

8

Empregos e oportunidades

Honda O contratante deverá solicitar referências do contratado.

82011

CIVIC 05/06 AUT. Motor novo, ótimo carro. 99655-9983

FIQUE ATENTO Alguns oportunistas estão ofertando emprego por meio de anúncios nesse espaço, cobrando pelo cadastro e exigindo dados pessoais dos candidatos. Fique atento para os anúncios de oferta de emprego e, na dúvida, procure informação diretamente com o futuro empregador. Não pague por cadastro. Não caia em golpe!

FIT HONDA EXL 15/15 Aut. + couro, impecavel, part. 99803-7291 82085

NEW CIVIC 2010/2011 Prata, Câmbio manual, 71 mkm, R$38.500,00. Fone:98405-6191

Mitsubishi

81962

82109

CONTRA-SE CASAL Ela Secretária em Escritório c/ exp. e Ele em serviços gerais. 99655-4076 ou 99675-6462-Gaucho. 82021

HB-20 STYLE BRANCO Ano 2014, 32 mkm, R$35.000,00. Fone:984056191

81847

I30 AUTOMÁTICO 2012 Prata, R$36.500,00 4 pneus novos. 99848-1849

TROCA-SE 1 FORD KA

56019

FRETE E MUDANÇA

VENDO PONTO DE ESQ.

4

82084 81843

Instalações, manutenções e montagem de padrão. Aceito Cartões. Tel: 99943-8856-Rodrigo.

Instalação, manutenção. 99655-3780

Veículos importados

Branco, 14.000km. R$56.000,00 F.998481849

Utilitários

82063

HILLUX 03/04 BRANCA Toyota Cab. Dupla, couro, R$28.000,00. Fone:999425126

CONTRATA-SE

81844

Fiat

ELETRICISTA

82066

Auxiliar de mecânico com experiência. Tratar-99936-8024

HB-20 AUT. SEDAN 1.6

2012 por S-10 flex LTZ 2013. 99933-6060

Apto-Aluga

Automático, preto completo, R$24.000,00. (67)996201873

Outros

81824

Apartamentos

82019

COROLLAXEI 04/04

Branco, 36 mkm, particular. 99974-4600

Veículos e utilitários

Vendo por metro, e motor de portão, interfone. 999964845. 81182

OUTLANDR 15/16 2.0

Ford

82102

JD. GIRASSOL

82078

82096

Ao lado do Ecoville Creci-6862-J. Telefone para contato: 3421-0034

400 m², R$200 mil R. General Câmara. Creci—J. Telefone para contato: 99902-7676

82087

QUER VENDER

82006

ESQUINA-NOVO 81898

PADDOCK

VENDO TERRENO Em Cr uzaltina 12x30 c/ água e energia, R$25.000,00. Telefone para contato: 99214-8234

82101

82113

Região central, pgto facilitado. 99863-7008

230.000 m², própria para Loteamento perto do Jardim Mônaco. Tel: (47)999282326.

GOL 2007 1.0 Completo -direção, cinza urano, impecavel, par t. 98125-2747

COROLLA 13/14 GLI Automatico, kit mult. câmara de rè, rabicho banco couro, farol de milha cor prata. 75 mkm. R$55.000,00 Tel:99874-9813

81991

R$160.000, 02 qtos, elevador próx. Unigran Creci-3055. Luiz Masson-99951-7641

R. Benjamin Constant, próx. Colégio Imaculada. Imob. Gondim Creci-6862-J Tel:99971-1320 81721

82076

82012

EDIFICIO PADDOCK

82100 81889

Volksvagem

CERCA ELÉTRICA

Toyota

S-10 flex 10/11, preta, completa. whats. 99689-1095

82048

Ed. São Judas Tadeu, duplex com area de 500 m², piscina, espaço gourmet: Opção Imoveis Creci-9485 Tel:99903-3313/984034728

24219

VENDE OU TROCA

82067

I30 PRETO 2011 Mec.+ couro R$28.000,00 F.99848-1849 81845

IX 35 AUTÓMATICA 2014, prata, R$68.000,00 F.99848-1849

Peugeot 82094

PEUGEOT-206 COMPLETO

Ve n d o ou troco, R$5.000,00. 99962-4603Arlei

82047

82045

02 CAMAS METAL

PRECISA-SE

Valor 170,00 reais cada, Tel: 99952-5959

De Motorista c/ Curso MOPE. Tratar R.Hayel B. Faker, 1110. Esq. W-7

81744

1 GARAPEIRA MÓVEL Com cober tura. 999522313. 81858

Procura-se Emprego

70 MURÕES Sendo 5 mestre, 300mts de arame, R$800,00 Tel:99985-5248 655

ALUGA CAMA ELÁSTICA Cama elástica e mesas, 99604-3056/ 99967-8993 766

AR / ELETRICIDADE Instalações e manutenções e elétrica. Tel. 9136-0018(CLARO) / 98319067(VIVO). C/ Edvaldo. 82062

CERCA ELETRICA Instalação, manutenção. 99655-3780

O contratante deverá solicitar referências do contratado. 82110

QUERO TRABALHAR Diarista. 99939-2551

82111

QUERO TRABALHAR

Doméstica ou diarista. 99835-8738 82091

QUERO TRABALHAR

Diarista c/ ref. e disponibilidade na terça-feira. 99639-4746

ATENÇÃO LEITOR GOLPISTAS estão postando anúncio nesse espaço se oferecendo para trabalhar como diarista ou doméstica e quando são contratadas acabam praticando furtos em residências ou empresas. Antes de contratar qualquer pessoa por meio de anúncio, procure se informar junto à Polícia Civil sobre os antecedentes da pessoa interessada na vaga. O jornal O PROGRESSO não tem qualquer responsabilidade sobre o comportamento ético das pessoas que anunciam em seu classificado. 82090

QUERO TRABALHAR

Diarista, mensalista predios, apar tamentos, limpezas em geral, tem referência. Telefone para contato: 99893-8106 ou 99945-5794 81892

QUERO TRABALHAR Passa-se roupas e limpa apar tamentos ou casas, tem referência. 996135854

82005

QUERO TRABALHAR Auxiliar de serralheiro ou serviços. 99907-1614 82004

QUERO TRABALHAR Cuidar de idosos com exp. em acamados, alimentação atraves de sonda colostomia etc. tel:99940-2706Kelli Regina Semeler

81978

QUERO TRABALHAR De auxiliar de cozinha, atendente, diarista, babá ou passar roupas para familia. moro no Parque Alvorada. Rosi-99658-8799 81965

QUERO TRABALHAR Diarista 2 x ou 3 x por semana. Telefone para contato: 99619-9791-Renata 82020

QUERO TRABALHAR Diaria, passo roupas de segunda á sexta-fei ra. 3 4 2 5 -8 5 4 7 ou 99828-0992-whats. 82073

QUERO TRABALHAR

Graffiato, verniz, cores em geral-Everton. Telefone para contato: 99699-3952 82059

QUERO TRABALHAR

Diarista, R$70,00 reais á diaria todos os dias da semana. Telefone para contato: 99989-8382 82089

QUERO TRABALHAR Cuidadora de idosos ou babá de recem nascidos. 99816-9066 81891

QUERO TRABALHAR Motorista particular, idade 25 anos solteiro tem experiência c/ qualquer tipo de veiculo, tem disponibilidade de horário, tem referência. 99874-7436- Alex Souza


CLASSIFICADOS

82072

QUERO TRABALHAR

DomÊstica todo ser viço com ref. segunda å sexta. 99872-7727.

Diarista ou ser viços gerais. Telefone para contato: 99601-2937

QUERO TRABALHAR

De faxineira em escritorio, resid. ou babå de crianças.99948-3103- thayla.

Casal procuro serviço em sitio, chacara ou fazenda caseiro e campeiro com boas referências. contato: 99960-0186 Assis.

82080

Na ĂĄrea de recepcionista, babĂĄ ou cuidadora de idosos. obs.Ensino superior completo(Pedagogia, PĂłs-graduada Ed.Especial) AndrĂŠia:99924-9238

Dourados, segunda-feira 7.5.2018

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO 11Âş REGIMENTO DE CAVALARIA MECANIZADO (11Âş Regimento de Cavalaria Independente / 1919) “REGIMENTO MARECHAL DUTRAâ€?

81759

QUERO TRABALHAR

QUERO TRABALHAR

O PROGRESSO

82081

QUERO TRABALHAR

82079

3

82053

QUERO TRABALHAR Diarista ou de Segunda ĂĄ sexta. Reside no JD. Ă gua Boa. Telefone para contato: 98467-6724

AVISO DE LICITAĂ‡ĂƒO O 11Âş Regimento de Cavalaria Mecanizado, situado na Praça Duque de Caxias, s/nÂş, Centro, Ponta PorĂŁ-MS, torna pĂşblico por meio de seu Pregoeiro que realizarĂĄ licitação para Registro de Preços, na modalidade PregĂŁo EletrĂ´nico, tipo menor preço, tendo como objeto Serviço de Confecção de Sala e Rack-cofre a fim de atender necessidades do 11Âş Regimento de Cavalaria Mecanizado (Ponta PorĂŁ-MS) e ĂłrgĂŁos participantes. O total de itens licitados ĂŠ de 6 (seis) itens. O edital do PregĂŁo 06/2018 estarĂĄ disponĂ­vel na Seção de Aquisiçþes, Licitaçþes e Contratos do 11Âş R C Mec, de segunda a sexta-feira, das 10:00 Ă s 12:00 e das 14:00 Ă s 16:00 horas, no endereço supracitado ou por e-mail: salc.11rcmec@hotmail.com. A entrega das propostas poderĂĄ ser feita atravĂŠs do site www.comprasgovernamentais.gov.br a partir do dia 07 de Maio de 2018. A abertura do PregĂŁo estĂĄ prevista para o dia 17 de Maio de 2018, Ă s 09:00 horas (horĂĄrio de BrasĂ­lia-DF).

1Âş TABELIONATO DE PROTESTO DE TĂ?TULOS DA COMARCA DE DOURADOS CUSTOS UNITĂ RIOS BĂ SICOS DE CONSTRUĂ‡ĂƒO

EDITAL DE INTIMAĂ‡ĂƒO

MÊS: MARÇO ANO: 2018 (NBR 12.721:2006 - CUB 2006)

Os valores abaixo referem-se aos Custos Unitårios Båsicos de Construção (CUB/m²), calculados de acordo com a Lei Fed. nº. 4.591, de MARÇO DE 2018 "Estes custos unitårios foram calculados conforme disposto na ABNT NBR 12.721:2006, com base em novos projetos, novos memoriais descritivos e novos critÊrios de orçamentação e, portanto, constituem nova sÊrie histórica de custos unitårios, não comparåveis com a anterior, com a designação de CUB/2006". "Na formação destes custos unitårios båsicos não foram considerados os seguintes itens, que devem ser levados em conta na determinação dos preços por metro quadrado de construção, de acordo com o estabelecido no projeto e especificaçþes correspondentes a cada caso particular: fundaçþes, submuramentos, paredes-diafragma, tirantes, rebaixamento de lençol freåtico; elevador(es); equipamentos e instalaçþes, tais como: fogþes, aquecedores, bombas de recalque, incineração, ar-condicionado, calefação, ventilação e exaustão, outros; playground (quando não classificado como årea construída); obras e serviços complementares; urbanização, recreação (piscinas, campos de esporte), ajardinamento, instalação e regulamentação do condomínio; e outros serviços (que devem ser discriminados no Anexo A - quadro III); impostos, taxas e emolumentos cartoriais, projetos: projetos arquitetônicos, projeto estrutural, projeto de instalação, projetos especiais; remuneração do construtor; remuneração do incorporador."

SÊrgio Julian Zanella Martinez Caro, Tabelião de Protesto da Comarca de Dourados - MS, FAZ SABER que se encontram para serem protestados os títulos abaixo descritos. Por não ter sido possível ou cabível a intimação pessoal no endereço fornecido pelo Apresentente, intima os devedores abaixo para pagar ou aceitar os títulos, sob pena de protesto.

DATA LIMITE PARA PAGAMENTO 10/05/2018 1Âş TABELIONATO DE PROTESTO DA COMARCA DE DOURADOS - MS Av. Weimar G. Torres, 2077 - Centro - Telefones (67) 3422-0334 / (67) 99835-3467 (whatsapp) HorĂĄrio de atendimento: 08h Ă s 11h e das 13h Ă s 17h

PROJETOS - PADRĂƒO RESIDENCIAIS PADRĂƒO BAIXO Projeto

R$/m²

5 33 5 3,6

1.127,75 1.053,63 1.003,75 777,47

PADRĂƒO NORMAL

var.% mĂŞs

0,09% 0,12% 0,12% 0,17%

PADRĂƒO ALTO

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

R-1 PP-4 R-8 R-16

1.323,60 1.267,31 1.112,85 1.079,93

0,09% 0,09% 0,10% 0,08%

R-1 R-8 R-16

1.651,71 1.352,11 1.420,72

0,09% 0,08% 0,14%

CUB/M² - R8-N = R$ 1.112,85 9$50(16$/ 0mRGHREUD 0DWHULDO 'HVSHVDV$GPLQLVWU (TXLSDPHQWRV

&8672727$/

    

    

0mRGHREUD HQFDUJRV

0DWHULDO 'HVSHVDV$GPLQLVWUDWLYDV (TXLSDPHQWRV

    

PROJETOS - PADRĂƒO COMERCIAIS CAL (Comercial Andares Livres) e CSL (Comercial Salas e Lojas) PADRĂƒO NORMAL

PADRĂƒO ALTO

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

CAL - 8 CSL - 8 CSL - 16

1.309,84 1.109,27 1.480,55

0,09% 0,09% 0,11%

CAL - 8 CSL - 8 CSL - 16

1.410,31 1.217,41 1.620,91

0,07% 0,10% 0,11%

PROJETOS - PADRĂƒO GALPĂƒO INDUSTRIAL (GI) E RESIDĂŠNCIA POPULAR (RP1Q)

SIGLAS R-1: PP-4: R-8: R-16: PIS:

ResidĂŞncia Unifamiliar PrĂŠdio Popular ResidĂŞncia Multifamiliar ResidĂŞncia Multifamiliar Projeto de Interesse Social

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

RP1Q GI

1.137,95 608,91

0,18% 0,10% SIGLAS RPQ1: CAL-8: CSL-8: CSL-16: GI:

ResidĂŞncia Popular Comercial Andares Livres Comercial Salas e Lojas Comercial Salas e Lojas GalpĂŁo Industrial

Rua Spipe Calarge, 1479 - Vila Morumbi - CEP: 79051-560 - Campo Grande-MS Telefone: (67) 3387-8884 - Fax: 3387-0909 - E-mail: sindusconms@sindusconms.com.br

PROTOCOLO 228.762-02/05/2018 228.763-02/05/2018 228.739-02/05/2018 228.839-02/05/2018 228.731-02/05/2018 228.706-02/05/2018 228.795-02/05/2018 228.823-02/05/2018 228.699-02/05/2018 228.760-02/05/2018 228.842-02/05/2018 228.781-02/05/2018 228.946-03/05/2018 228.812-02/05/2018 228.758-02/05/2018 228.711-02/05/2018

DEVEDOR NATUREZA/TĂ?TULO DSI / 0018210824 ANDRESSA CHAMORRO ESCOBAR DSI / 0018210840 APARECIDA MEDINA DMI / 79001-01 CENTER FRIO REFRIGERACAO LTDA DMI / 700485 DANIEL SALES SANTOS 11078147400 DMI / NF027763-5 DANTAS & GOLONI LTDA DMI / 2809173/3 DENISE DE MELO GONCALVES DMI / 0365902 ELCINIRA NOGUEIRA PAXECO DMI / 014336/3 ERLON RODRIGUES PERERIA FILHO DMI / 0013926/10 GISLENE BARRETO FERNANDES GONCA DMI / 25092017 JESSICA NASCIMENTO NUNES DE JESUS DMI / 037159-4 LHAIS DOS SANTOS DA SILVA DMI / NFE3680 LUCAS DUTRA MENESES DO AMARAL DMI / 92733 MARIO JOSE CASSOL DMI / NF 139904 MARIO TAMOTU ITO DMI / 1380 PETROSOFT TECNOLOGIA EIRELI-ME DMI / 2143-5001 RECCIERE

Dourados - MS,07 de maio de 2018

Ă€ PAGAR R$ VALOR R$ 50,00 101,32 50,00 101,32 800,80 888,50 1.076,60 1.204,80 390,99 465,19 516,67 604,37 463,33 546,98 633,33 721,03 180,00 238,00 838,00 925,70 213,16 275,21 100,00 157,24 400,00 491,68 1.833,00 1.961,20 1.800,80 2.012,53 703,43 791,13

EMISSĂƒO 07/02/2018 18/09/2017 27/03/2018 10/04/2018 22/11/2017 29/09/2017 30/01/2018 26/02/2018 05/06/2017 25/09/2017 06/11/2017 17/04/2018 28/03/2018 19/12/2017 23/04/2018 28/03/2018

VENCIMENTO 15/04/2018 15/04/2018 23/04/2018 23/04/2018 20/02/2018 20/03/2018 28/03/2018 15/04/2018 01/04/2018 20/04/2018 14/04/2018 24/04/2018 27/04/2018 23/04/2018 24/04/2018 17/04/2018

SĂŠrgio Julian Zanella MartĂ­nez Caro TabeliĂŁo de Protesto

MOTIVO Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento


Ç ECUMÊNICO ESPAÇO

4

O PROGRESSO

Dourados, segunda-feira 7.5.2018

Duas realidades do homem )ž%$+»jÜ

T

oda matéria composta é necessariamente sujeita a destruição e desintegração. Esta flor, por exemplo, é uma composição de vários elementos; sua decomposição é inevitável. Quando esta forma composta sofrer decomposição - em outras palavras, quando estes elementos separarem-se e houver desintegração - ocorre o que nós chamamos de morte da flor. Pois uma vez que ela é composta de elementos simples, o agrupamento de numerosos átomos celulares, está sujeita a desintegração. É a mortalidade da flor. De modo semelhante, o corpo humano é composto de vários elementos. A esta composição de elementos foi concedido vida. Quando estes elementos desintegram-se, a vida desaparece, e isto é morte. A existência em vários planos ou reinos, implica em com-

posição; e a inexistência ou morte é decomposição. Mas a realidade interior e essencial do homem não é composta de elementos e, por isso, não pode se decompor. Não é uma composição de elementos sujeita a desintegração ou morte. Um princípio científico fundamental e verdadeiro é que o próprio elemento jamais morre e não pode ser destruído porque é simples e não composto. Por isso, não está sujeito a decomposição. Outra evidência ou prova de que a realidade do homem é indestrutível é o fato de ela não ser afetada pelas mudanças do corpo físico. Estas transformações da composição física são definidas e contínuas. Num tempo elas são normais, em outro, anormais. Ora são fracas, ora fortes. Ela sofre danos; uma mão pode ser amputada, um membro pode se quebrar, um olho perder a visão, um ouvido perder a audição, ou aparecer um defeito em algum órgão,

são ações ou operações que a alma realiza através de instrumentos. Mas, no mundo dos sonhos, a alma vê quando os olhos estão fechados. A pessoa parece estar morta, deitada como um morto; os ouvidos não ouvem, mas ela ouve. O corpo jaz ali, mas ela - isto é, a alma - viaja, vê, observa. Todos os instrumentos do corpo estão inativos, todas as funções parecem inúteis. Não obstante, a alma tem uma percepção imediata e vívida. Experimenta-se alegria. A alma viaja, percebe, sente. Ocorre muitas vezes que uma pessoa que não foi capaz de solucionar um problema em estado de vigília, ao dormir encontra a solução num sonho. Quão freqüentemente a pessoa sonha, assim como os profetas sonharam, a respeito do futuro; e os eventos previstos acontecem literalmente. Por isso, descobrimos que a imortalidade da alma, ou espírito, não é contingente ou dependente da assim chamada imortalidade do

corpo, pois o corpo, no estado de imobilidade, quando está dormindo, parece estar morto, inconsciente, sem sentidos; mas a alma, ou o espírito, possui percepções e sensações, movimento e descoberta. Pode até mesmo obter inspiração e revelação... É um fato evidente que não é o corpo que conduz o processo da compreensão ou pensamento. Ele é apenas o instrumento das sensações mais grosseiras. Este corpo humano é de caráter puramente animal e, tal como o animal, está sujeito apenas às sensações mais grosseiras. Ele é absolutamente privado de concepção ou compreensão, completamente incapacitado para o processo racional. O animal percebe o que seus olhos vêem e julga o que seus ouvidos ouvem. Ele percebe conforme seus sentidos animais, o olfato de suas narinas, a gustação da língua. Nada entende além da percepção dos sentidos. O animal é confinado às suas percepções e sensações

e é prisioneiro dos sentidos. Além disso, o animal é incapaz de processos racionais mais refinados e elevados... Tais evidências demonstram conclusivamente que o homem possui, por assim dizer, duas realidades: uma realidade relacionada aos sentidos que é comum com o animal, e outra realidade que é de caráter consciente e visionário. Esta última é a realidade coletiva e descobridora de mistérios. Aquilo que descobre a realidade das coisas certamente não é feito de substâncias elementares. É distinto delas. Pois mortalidade e desintegração são propriedades inerentes a coisas compostas e são atribuíveis às coisas sujeitas à percepção dos sentidos, mas a realidade coletiva existente no homem, não sendo sujeita a isso, é a descobridora das coisas. Portanto, ela é real, eterna, e não está sujeita a mudanças e transformações... (Parte da palestra de Abdu’l-Bahá em Washington, D.C., EUA - ano 1912). Site oficial: www.bahai.org.br

aceito. Já o homem-parede é aquele que impõe uma barreira e impede qualquer tipo de aproximação, seja lá o que for, antes de examinar tudo. Usando as cores para exemplificar cada tipo, no caso de um homem-espelho, é como se uma pessoa verde vestisse uma túnica laranja, caso essa fosse a cor da moda, só para se entrosar melhor com as pessoas, escondendo seu verdadeiro eu. Ou, no caso do homem-parede, é como se uma pessoa amarela não quisesse ao menos conhecer uma outra azul, somente pela diferença. A questão para a qual eu quero chamar a sua atenção tem a ver com autoconhecimento. Quando você é capaz de olhar pra dentro e reconhecer que age como um homem-parede ou como um homem-espelho, ou então,

que não se identifica com nenhum desses tipos. Ninguém precisa ser o que não é. Só precisamos tentar sempre aprimorar o que somos capazes de ser. Entre essas duas coisas, há um abismo de diferença. Querer melhorar, faz parte do processo evolutivo. Querer ser o que não é faz com que os conflitos nunca sejam sanados, pelo simples fato de que não há aceitação. No final das contas, vamos ver que tudo é uma questão de termos um olhar um pouco mais apurado sobre nós mesmos. Não só apurado, mas também respeitoso. O mesmo vale para o nosso olhar em relação ao outro. Já pensou você da cor laranja não aceitar alguém da cor roxa apenas por causa da diferença? Ora, quanto provincianismo. Se o outro é di-

ferente de você, aceite. Você não pode mudar ninguém. Cada um tem suas qualidades e seus defeitos. Detalhe: você também. Portanto, tire a máscara. Veja a pessoa maravilhosa que você é. A moda passa e sempre tem lugar pra todo mundo. Enxergue-se integralmente. Como alguém em processo e não como alguém que já é resultado. Se você olhar somente para o que resulta no momento, vai estacionar, e deixar de prosseguir. E pra concluir, voltando a falar de cores, talvez tenhamos em nós o arco-íris todinho. Somos tanto, que há um espaço latente para sairmos da superfície na qual nos habituamos. Somos tão coloridos que podemos vibrar em todas as tonalidades. *Luciana Vicente - Jornalista – www.vozesespiritas.com.br

vale a pena passar um bom tempo e como diz o bom gaúcho: prosear com ele. Sim como é bom ter alguém do lado que traz brilho e alegria a nossa vida. Se formos atenciosos, vamos perceber que algumas dessas pessoas estão bem pertinho de nós, outras não estão tão perto assim, pois à distância nos separam; mas é só isso que ela pode fazer; pois lá no fundo estamos ligados por uma amizade e um amor que é verdadeiro que resiste o tempo e a distância. Um amor que tudo supera e

tudo suporta como nos diz o Apóstolo Paulo em suas cartas pastorais. Por isso, meu desafio é que hoje você aproveite este novo dia para conviver com pessoas. Que você tire um tempo para se importar com as pessoas. E como Jesus, se preocupar com elas a ponto de, por um tempo, abrir mão de seus próprios sonhos e projetos, para ajudá-los a encontrarem alegria na sua vida. Será que você ainda é capaz de realizar tal gesto? Sei que o que proponho, neste bom Dia, parece lou-

cura, pois muitas vezes, eu mesmo manifestei a necessidade de nos importarmos menos com os outros. Amigo leitor, uma coisa não exclui a outra. Até porque nossa vida é relacional. Precisamos ser gente para os outros, mas também precisamos de gente para andar conosco. Que hoje você consiga encontrar este equilíbrio e assim como você se alegra com as pessoas que estão do teu lado, que também você possa proporcionar este mesmo sentimento às pessoas a tua volta. Faça isto.

Tome este firme propósito, se importe com gente. Faça elas se sentirem importantes ao teu lado. Sim, com este propósito, transforme este num dia de bênçãos. Faça isto, examine as possibilidades, experimente a amar e se importar com as pessoas e verás como tua vida também será melhor e com maior sentido, pois pais e mães intercedem por nós. Tenham uma abençoada semana. *Erivelton Demari – Pastor na IECLB – ieclbdourados@ yahoo.com.br – www.luteranos. com.br

dam o que justo, honesto e solidário. Para isso, a formação para os valores da dignidade humana é fundamental. Muitos têm medo de se exporem. Embora sendo éticos, falta-lhes o profetismo. Este não é apenas o dizer a verdade, mas criar mecanismos para se defender e promover a real cidadania para todos. Esse trabalho tem mais respaldo quando se unem pessoas em torno de causas que ajudem a tal finalidade. Aliás, é preciso promover a consciência geral do povo para se manifestar ordeiramente em bem de causas que valorizem o bem

comum, a vida e a dignidade humana. Estamos no ano do laicato, promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A vocação do leigo e da leiga na Igreja os faz profetas em seu meio, ou seja, na família, no trabalho, na Igreja e na sociedade. Dentre as atividades humanas, é de fundamental importância que os leigos ajudem a comunicação, a educação e a política a serem instrumentos de mais promoção da cidadania, com a defesa da verdade, da justiça e do trabalho de promoção do interesse de toda a sociedade.

O desfoque desses valores deturpa-os e seu enunciado se torna inócuo. Os verdadeiros profetas são os que defendem a verdade, a justiça, a ética e o bem comum, mesmo se não forem compreendidos e até forem rechaçados. Mas certamente serão valorizados e defendidos por quem tem essas mesmas virtudes ou esses valores. As pessoas de bem os compreendem e apoiam. O verdadeiro profeta é valorizado por Deus: “Eu mesmo pedirei contas a quem não escutar as minhas palavras que ele pronunciar em meu

nome” (Deuteronômio 18,19). A profecia não é baseada em ideologia e sim num valor inerente à verdade, à defesa da dignidade humana e do bem comum. Na revelação divina temos a maior clareza dessa verdade. O próprio Jesus a mostra com nitidez e autoridade absoluta. Quando há infração da mesma, sua palavra se dá com toda a força. Contrariá-la é ir contra Deus. O profetismo não se opõe ao bem, cuja fonte é o Criador. Ao contrário, só pode defender o bem. *Dom José Alberto Moura - Arcebispo de Montes Claros (MG)

mas estas mudanças não afetam o espírito humano, a alma do homem. Se o corpo for robusto ou franzino, débil ou forte, a alma não é afetada por isso. Se uma parte do organismo físico for destruída, ou mesmo completamente desmembrado, a alma continuará a funcionar, mostrando que nenhuma mudança do corpo afeta seu funcionamento. Já vimos que morte e mortalidade são sinônimos de mudança e desintegração. Como constatamos que a alma não é afetada por esta mudança e desintegração do corpo, evidencia-se, portanto, sua imortalidade; pois aquilo que é mutável é contingente e efêmero. Além disso, esta imortal alma humana é dotada de duas formas de percepção: Uma se realiza através de instrumentos, a outra é independente. Por exemplo, a alma vê por intermédio do olho, ouve com o ouvido, cheira através das narinas e percebe os objetos com as mãos. Estas

Qual a sua cor interior? (63,5,7,602

O

que seria do novo se não fosse o velho? O que seria do dia se não fosse a noite? O que seria da morte se não fosse a vida? Perceba que usei a morte antes da palavra vida de propósito. Isso porque podemos estar mortos em vida ou vivos na morte. Felizmente, esse é um artigo espírita que me permite “falar” assim sem causar grande estardalhaço. Nesse exato instante, sou embalada pelo som alto de “New York, New York”, na voz de Frank Sinatra, que escapa da janela de algum vizinho e entorpecida pelo cheiro de um churrasco no fim, quando o carvão está terminando, também da vizinhança. Se você me visse de longe

escrevendo, poderia pensar que eu estou aqui tomando um grande copo de whisky para me inspirar. Porém, se chegasse mais perto observaria que é apenas mate gelado com limão. Pois é, as aparências podem enganar. Por falar em aparência, sempre gostei de coisas coloridas e dia desses estava filosofando sobre a cor de cada um. Como se no lugar de nomes, pudéssemos ser reconhecidos pela nossa cor. Observe que não estou, absolutamente, me referindo ao nosso tom de pele e sim a uma espécie de coloração da alma. A cor que emitimos como sintonia ao que vem de dentro. - Aliás, consegue notar que a palavra coloração só tem uma sílaba a mais, portanto, diferente, da palavra coração? E sabe como é coração em latim?

Cor. É uma coincidência que cabe perfeitamente na frase. Os linguistas que me perdoem. A cor das coisas, verde, amarelo, azul, vermelho, em latim quer dizer “color”. Não confunda. - Foi só uma associação poética. Você deve estar pensando, o que a cor tem a ver com um artigo sobre comportamento humano, com base espírita? Bem, vamos lá. Atualmente, estou lendo um dos livros da série psicológica de Joanna de Ângelis, chamado «O Homem Integral». É um livro com textos curtos e profundos, característicos de Joanna. Num dos textos, ela fala sobre dois homens da sociedade moderna: o homem-espelho e o homem-parede. Resumidamente explicando, o homem-espelho é aquele que reflete a sociedade, simplesmente para ser um igual, ou para ser

Fugazes e superficiais ,*5(-$/87(5$1$

O

lá, bom dia amados por Jesus Cristo. Quero saudá-los com as palavras Bíblicas do livro de Jeremias 23.28-29, onde interpretando lemos:”A palavra de Deus não é pão de ló, mas pão integral”. Portanto, a Palavra de Deus é o pão nosso de cada dia, como uma necessidade na ordem de alimentação. Você já se deu conta de que nestes tempos de correria e

de vidas e relacionamentos fugazes e superficiais, como é precioso ter ALGUÉM do lado, que cuida de nós como gente. Como é precioso ter alguém que sonha conosco. Que nos observa para depois nos incentivar e nos elogiar. Como é precioso ter alguém que torce e se preocupa conosco. Como é bom ter alguém que, ao telefonar quer saber como estamos e também nos dar bons conselhos e sempre nos deseja o melhor. Alguém que nos abraça nos beija e nos conforta com suas palavras. Alguém que

Os profetas ,*5(-$&$7Í/,&$

P

rofeta é quem profere ou comunica algo para o bem dos outros. Na Bíblia temos a apresentação de muitos deles, até dando nome a livros ou escritos contidos nessa palavra divina. Temos profetas fora da inspiração ou revelação bíblica. Muitos personagens humanos têm sido inspirados por Deus para falar com seu exemplo de vida, até dando a própria vida como testemunho de sua

mensagem ou valor humano defendido por eles. São pessoas que têm ajudado a história humana a convergir para a busca de sentido em sua missão na terra. Muitas vezes tais profetas não são compreendidos nem aceitos em seus valores vividos e anunciados. São pessoas que contrariam interesses escusos de indivíduos e grupos mal intencionados ou mal orientados. Vivemos no Brasil e em várias outras partes do mundo, uma verdadeira crise ética e de valores morais. Precisamos de mais profetas que defen-

Edição de 07/maio de 2018  
Edição de 07/maio de 2018  
Advertisement