Page 1

O PR PROGRESSO

DOURADOS MS AnO 62 nº 11.750

Terça-feira 2 de abril de 2013

HHHHH

R$ 2,00

Pensamento e ação por uma vida melhor

fundador WEIMAR TORRES Diretora-Presidente AdIlES dO AMARAl TORRES

Teatro Ana Carina Melo promove oficina no Sesc Dourados

Futebol Palmeiras encara o Tigre hoje pela Libertadores

Economia Inflação pelo IPC-S acelera e fecha março em 0,72%

Pág. B3

Pág. E3

Pág. A5

Ministra garante apoio do governo aos municípios

Alunos da UEMS têm ‘aula’ em calçadão Estudantes dos sete cursos de graduação da Uems, em Campo Grande, continuam em protesto. De forma inusitada, eles iniciaram ontem um ‘aulão’ na calçada entre as ruas Barão do Rio Branco e 13 de Maio. Pág. D3

O encontro reuniu 73 dos 79 prefeitos e prefeitas de Mato Grosso do Sul ontem em Campo Grande. O governador André Puccinelli garantiu durante o evento apoio do Executivo Estadual para as 79 prefeituras de MS na elaboração de projetos na busca de recursos junto ao governo federal ChiCO RibEiRO

Ao participar, na manhã de ontem, da abertura do Encontro Estadual com Novos Prefeitos e Prefeitas, realizado na Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), a ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Ideli Salvatti, garantiu apoio do governo federal aos municípios do Estado. Segundo ela, o governo federal está à disposição para parceria com todos os municípios do País. O encontro reuniu 73 dos 79 prefeitos e prefeitas de Mato Grosso do Sul. O governador André Puccinelli garantiu apoio do Executivo Estadual para as 79 prefeituras de MS na elaboração de projetos na busca de recursos dos programas e ações previstas pelo governo federal. PágS. A3, A4, C6 e C7

A Associação de Pais e Amigos dos Autistas da Grande Dourados (AAGD) alerta para a importância do Dia Mundial do Autismo, com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre o problema. Pág. D2

Alcides Bernal (prefeito da Capital), governador André Puccinelli, ministra Ideli Salvatti e Douglas Figueiredo, presidente da Assomasul

Mais de 3 mil podem perder título de eleitor hédiO FAzAn

César Borges vai assumir o Ministério dos Transportes Em nota divulgada ontem, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República confirmou a troca no comando do Ministério dos Transportes: sai Paulo Sérgio Passos, entra César Borges, ex-governador da Bahia. Desde que o senador Alfredo Nascimento (PR-AM) foi defenestrado do Ministério, em junho de 2011, no rastro de denúncias de corrupção, o PR quer retomar o controle da pasta. Embora Passos seja filiado ao partido, ele era considerado pela cúpula do PR como integrante da “cota pessoal” de Dilma. Para Dilma, o PR tem a oferecer um dote de 1 minuto e 10 segundos na propaganda política do ano que vem.

Em Dourados, cartórios já começam a receber fluxo maior de eleitores em busca de regularização Eleitores faltosos têm até o dia 25 de abril para se regularizar

Dados do Tribunal Regional Eleitoral ( TRE-MS) mostram que, em Dourados, 3.036 elei-

tores podem ter o título cancelado. Tratam-se de pessoas que deixaram de votar nas últimas três eleições, não justificaram nem pagaram a multa pela falta. Para se regularizar, o eleitor deve comparecer ao Cartório Eleitoral até o

próximo dia 25 munido de documento oficial com foto, o título, comprovante de votação ou de justificativa eleitoral. O eleitor deverá pagar multa no valor de R$ 3,50 por eleição que deixou de votar e justificar a ausência. Pág. D1

O TEMPO HOjE

29º Máxima 20º Mínima

LOTERIA

Associação alerta para Dia Mundial do Autismo

Chuvoso durante o dia e à noite.

AMAnHÃ

30º Máxima 19º Mínima

Chuvoso durante o dia e à noite.

QuInTA-FEIRA TA-FEIRA

28º Máxima 18º Mínima

Sol e muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

lOTOFÁCIl - COnCuRSO 887

QuInA - COnCuRSO 3157

01 - 06 - 08 - 10 - 11 - 12 - 15 - 17 18 - 19 - 20 - 21 - 23 - 24 - 25

10 - 22 - 31 - 54 - 72

Exportações de industrializados já registram aumento de 19,2% no ano

Casos de dengue 4 avançam no Estado

PÁG. A5

Os casos de dengue tipo 4 avançaram em pouco mais de 100% nos últimos dez dias em Mato Grosso do Sul. Conforme boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, 13 cidades já confirmaram o novo sorotipo que há pelo menos 30 anos não atingia o território brasileiro. Segundo o Laboratório Central, até a semana passada foram inoculadas 353 amostras de isolamento viral. Dessas, 222 deram positivas, sendo que 102 foram para dengue 4, enquanto 48 para dengue 2, e 72 para a dengue 1. Há cerca de dez dias, eram 51 amostras positivas para a dengue 4. Pág. D4

ÍndIcE

CAdERnO A OpInIÃO pOlÍTICA ECOnOMIA MEIO AMbIEnTE bRASIl/MundO RuRAl CAdERnO b dIA A dIA ESpORTES/pOlÍCIA CIdAdES ClASSIFICAdOS TOTAl

Bebê é encontrado morto em aldeia Pág. E4

1 2 3e4 5 6 7 8 1a4 1a4 1a4 1a8 1a8 36

Coreia do Sul promete retaliação à provocação de Pyongyang PÁG. A7 Juiz manda Incra retirar fazenda de estudo quilombola PÁG. A8


Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

2

Opinião

Mosquito assassino

O

Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, segue fazendo vítimas em todo o Brasil e a maioria dos Estados já declarou situação de emergência diante da epidemia que avança sobre as cidades. Em Mato Grosso do Sul, por exemplo, a dengue já provocou 22 mortes apenas neste ano, tirando vidas em Aparecida do Taboado, Campo Grande, Aquidauana, Nioaque, Camapuã, Miranda, Sidrolândia, Nova Andradina, Dourados e Rio Verde de Mato Grosso. A epidemia se confirma toda vez que um município registre mais de 300 casos de dengue por cada grupo de 100 mil habitantes e apresente curva ascendente de transmissão da doença sustentada por três semanas ou mais consecutivas, e com números acima do limite esperado para a localidade num determinado período de tempo. Por esses critérios, apenas Campo Grande vive epidemia de dengue neste momento, mas a doença está presente em todo o Mato Grosso do Sul. A situação é grave em todo o Brasil, mas

EDITORIAl alguns estados sofrem um Gerais confirmou ontem que pouco mais com a epideo Estado já tem mais de 38 mia. No Rio de Janeiro, por exemplo, dos 92 mil casos de dengue confirmados. Desse municípios fluminenses, 42 têm epidemia total, 37.733 são da forma clássica da doende dengue. De 1º de janeiro até 26 de março ça. Em Mato Grosso já foram confirmados foram notificados 69.343 casos da doença, mais de 24 mil casos da doença, o dobro do com três mortes, nas cidades de Magé, Volta volume apurado no mesmo período do ano Redonda e Itaocara. No mesmo período do passado de acordo com o Sistema de Notiano passado, foram anotados 48.361 casos ficação de Agravos de Notificação (Sinan). da doença, com 12 mortos. Ao longo de No Paraná, são mais de 14 mil casos confir2012, o Rio de Janeiro teve mados da doença que avança Dengue provoca 184.123 casos suspeitos de sobre as principais cidades e dengue, com 42 mortes. O a expectativa das autoridades mortes em todo o último mapa da dengue no de saúde é que a situação se Brasil e já matou Estado fluminense revela que agrave nas próximas sema16 pessoas em MS os focos do mosquito estão nas em virtude das chuvas em ambientes domésticos, típicas do outono. A situação sobretudo em pratinhos de vasos de planta; também é crítica no Distrito Federal (DF) caixas d’água, cisternas ou tambores usados em virtude do aumento da incidência do como reservatórios de água; piscinas não vírus tipo 4, de circulação recente no país, tratadas; fontes ornamentais; calhas, lajes mas que tem se espalhado em virtude de e toldos; além de bebedouros de animais, epidemias em diversos municípios goianos. garrafas vazias e latinhas vazias abandonaSomente em Goiânia foram confirmados das em quintais. 36.045 casos de dengue de 1o de janeiro a 31 A Secretaria Estadual de Saúde de Minas de março, sendo que 71% deles correspon-

dem ao tipo 4. Diante da gravidade do problema, fica o apelo para que as pessoas combatam o mosquito da dengue todos os dias, no cotidiano natural das famílias, se policiando para evitar que pontos de proliferação do Aedes aegypti se multipliquem. Se cada um fizer a parte que lhe compete, a doença poderá ser evitada, porém se a população continuar deduzindo que o risco da doença é mínimo, todos acabarão virando vítimas em potencial da dengue. Neste momento vale lembrar antigas e eficientes medidas preventivas: não deixe nenhum ponto de água parada no quintal e, nem mesmo, no interior da residência; troque diariamente a água das planteiras; não jogue lixo em terrenos baldios; tampe a caixa d’água e, principalmente, denuncie a existência de imóveis fechados, sobretudo se esses imóveis tiverem piscina, que são os locais prediletos de proliferação do mosquito. Esses cuidados podem fazer a diferença na prevenção de uma epidemia e, mais importante, pode fazer a diferença entre a vida e a morte.

O crescimento florestal de MS: quem ganha com isso? alEx MElotto*

*Biólogo, especialista em gestão e manejo ambiental em sistemas florestais, mestre em biologia vegetal e doutorando em agronomia

D

uvido que haja sequer um sul-mato-grossense viajante que nunca tenha se deparado com uma bela plantação de eucalipto aqui ou acolá. O aumento da área plantada com florestas é uma verdade absoluta em nosso estado. Grandes maciços surgem como que por mágica no

horizonte quando viajamos para Três Lagoas, Ribas do Rio Pardo ou Água Clara. A área plantada saltou de 300 mil hectares em 2006 para mais de 600 mil hectares em 2012. Crescimento de 22% ao ano, muito acima da média nacional. Somente em 2012, mais de 600 milhões de reais foram investidos no setor. Árvores pujantes carregam consigo empresas da mesma magnitude, grandes equipes, máquinas a cada dia mais modernas, eficientes e seguras. Migram para os estados prestadores de serviços ligados ao reflorestamento, produtores de mudas, fábricas de insumos e outros. Estes são fatos óbvios, mas, além do horizonte maciço, o que temos? Sabe-se que a maior parte do crescimento florestal é

através das grandes empreou agrossilvipastoris, podensas, chamadas de “Empredo contar com serviços de sas Âncora”. Seguem o seu qualidade. O plantio florestal avanço um grande número não será mais um “teste” ou de empresas por ela atraídas “experiência”, e sim um inpara o estado para oferecevestimento em uma lavoura rem também seus produde árvores, que será plantatos e serviços aos refloresda, manejada e colhida com tadores independentes e alta qualidade. aos pequenos plantadores Inventores de garagem de florestornaram-se tas, os quais fabricantes de Árvores pujantes finalmente equipamentos carregam consigo têm acesso florestais, um empresas da mesma mercado que a mudas de magnitude qualidade, depende exinsumos floclusivamente restais, assistência técnica da capacidade de criar que especializada e até mesmo cada serralheiro ou metacolheita florestal tercerilúrgico tem. Construindo zada, realidade recente em novos ou adaptando antigos Mato Grosso do Sul. implementos utilizados na Desta forma, agricultores e agricultura temos subsopecuaristas podem ter suas ladores, sulcadores, carreáreas integradas com florestas pipa, distribuidores de tas nossistemas silvipastoris fertilizantes e muitas outras

máquinas outrora chamadas de engenhocas agora sendo comercializadas para todo o Brasil made in Pantanal-MS. Além disso, as reflorestadoras são largamente fiscalizadas e buscam incansavelmente e certificação florestal, principalmente os selos FSC ou PEFC. Portanto é necessário que estas tenham boas condições de trabalho para seus funcionários, resultando em emprego de qualidade para um grande número de homens e mulheres que têm suas oportunidades de crescimento pessoal e profissional nas pequenas mudas de eucalipto. Para o meio ambiente, as áreas florestais são, simplesmente, florestas intocadas por pelo menos cinco anos. Durante este período, servem como abrigos

constantes para a fauna, locais de reprodução para aves e grandes corredores de biodiversidade. Também por este período, o solo fica completamente protegido, recebendo ano após ano camadas de folhas e galhos que são grandes tapetes de matéria orgânica pronta a reciclar seus nutrientes no sistema. O estado está no centro dos holofotes silviculturais do mundo. As mudanças e oportunidades são diárias e depende de cada cidadão saber aproveitá-las. Afinal, quem corta sua própria lenha, é aquecido duas vezes (Henry Ford). Versão on-line em www.progresso. com.br

O nascimento da Pátria Amada Brasil WilSon MatoS da Silva*

*Índio, residente na Aldeia Jaguapirú, advogado OAB-MS 10.689, jornalista SRTE 773MS

O

nascimento da Pátria Amada Brasil ocorreu quando a soberania dos povos indígenas “morreu”. Em 22 de abril de 1500, Nascia aí um país, primeiro Ilha de Vera Cruz, que logo mudou para Terra de Santa Cruz, que finalmente se definiu como Brasil. Já dava aí a demonstração de (trapalhadas) que é peculiar dos invasores, travestido de valentes desbravadores

portugueses, a indecisão que lhes peculiar país continente. De pequeno ficou grande, espaçoso e imponente. Mas, as nossas nações indígenas nasceram por aqui, já tinham seu recorte no tempo e no espaço, já eram nação antes mesmo de se conceberem como tal. Eram donas “inatas” destes lugares, tinham suas próprias políticas, seus próprios domínios e conceitos de paz e guerra. As nações indígenas não foram inventadas pelos colonizadores, nossos ancestrais antecederam os brasileiros. O curioso é como os nossos povos foram “engolidos” pelo recémnascido e monstruoso Brasil? Sim, “engolidos” numa relação indigesta, recheadas de muitas atrocidades cometidas contra o povo indígena. Atualmente as nossas nações indígenas em território brasileiro, constituem por

força política e econômica, estrangeiros se apoderem parte inalienável da Nação de nosso capital e riqueza brasileira. Somos nativos humana. Assim como fizeram deste, no entanto, nascemos os portugueses neste solo em índio, mas, acima de tudo 1500, fazem os estrangeiros está a terra mãe, que para no Brasil do século XXI. Não nós índios é a própria vida, se propaga a fé e o império é ela nos batiza como ser sem qualquer interesse de vivente, hoje como brasileiros. dominação! Os brasileiros constituem Quando o Brasil permite uma nação que, respeitadas que estrangeiros façam aqui todas as diferenças, devem o que o estado deveria estar satisfação e subordinação à fazendo, acabamos por nossa Constituição Federal, entregar ouro ao bandido. que atende (ou O índio tem Não é justo pelo menos direito a terra, condenar os deve atender) a saúde, escola, aos direitos estruturas povos indígenas e deveres de básicas, direito à marginalidade todo cidadão de preservação brasileiro. de culto, de Não é justo condenar cultura. os povos indígenas No início do século XX, à marginalidade, à a postura dos governantes mediocridade, ao preconceito, perante a situação dos índios à falta de estrutura e de não era muito diferente condições mínimas de das posturas tomadas educação e saúde. Não se tempos atrás. A tentativa de faz justiça permitindo que integrar o índio aos padrões

da sociedade moderna continuava firme e forte. A criação do chamado Serviço de Proteção aos Índios (SPI) em 1910, sendo um órgão subordinado ao ministério da agricultura, confirmou a tutela dos índios por parte do Estado nacional. O SPI seria a primeira instituição do governo que tinha a responsabilidade de cuidar da relação entre os índios, os não índios e o poder estatal. O SPI já nos seus primeiros anos mostrou ser uma instituição que não tinha os interesses dos índios como principal objetivo, alguns avanços no tratamento do Estado com a população indígena, a maior repressão ao extermínio de índios e alguns territórios foram reservados. O SPI mais serviu como órgão legalizador de práticas ofensivas à cultura e costume indígenas, do que propriamente à proteção.

Devido ao descaso com o SPI, em 1967 o governo militar criou a Fundação Nacional do Índio (Funai) em substituição ao SPI. A Funai é, até, hoje o órgão que representa os índios, porém, mesmo depois da Carta constitucional de 1988, que realmente garantiu o direito de auto-determinação dos povos indígenas, os direitos dos índios além de não serem respeitados, muitas vezes são negados para atender interesses econômicos e políticos. Estamos revivendo a colonização às avessas, estão nos saqueando a última coisa que nos resta a nossa dignidade, a nossa cultura as nossas crenças e os nossos costumes. O etnocídio silencia lenta e gradual a última resistência indígena. wilsomatosdasilva@hotmail.com

EXPEDIENTE O PROGRESSO: O MAIS ANTIGO DO ESTADO E DE MAIOR CIRCULAÇÃO EM TODO O INTERIOR Este jornal expressa sua opinião pelo Editorial. As demais opiniões são de responsabilidade de seus autores. “O PROGRESSO” Registrado no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) sob o nº 812285964 Diretora-presidente ADILES DO AMARAL TORRES Diretora-superintendente BLANCHE TORRES Diretora Executiva JUNE ANGELA TORRES

Editor-chefe VANDER VERÃO Fundador (1951-1969) WEIMAR TORRES Ex-diretor (1969-1985) VLADEMIRO DO AMARAL

Pensamento e ação por uma vida melhor

Editora Jornal o ProGrESSo ltda

CGC 03.356.425/0001-26 Departamento Comercial, Administração, Redação e Parque Gráfico Av. Presidente Vargas, 447 CEP 79804-030 Dourados-MS. Telefones Redação (0xx) 67-3416-2600 Depto. Comercial (0xx) 67-3416-2600 Depto. Assinaturas (Dourados) (0xx) 67-3416-2666 - 3416-2667 - 3416-2668 3416-2669 - 3416-2670 Fax: (0xx) 67-3421-1911 HoME PaGE: www.progresso.com.br E-Mail: progresso@progresso.com.br

rEPrESEntantES

Campo Grande Departamento Comercial (Lânia Torres) e Redação: Rua Padre João Crippa, 996 - Sala 3 Telefones (0xx) 67-3325-5343 - Fax 3325-1448 São Paulo Contato - Rua Joinville, 654 Fone (0xx) 11-5572-7577 Fax 5579-6861 Rio de Janeiro JC Representações - Av. Almirante Barroso, 97 Fone (0xx) 21-3262-7469 Brasília Armazém da Comunicação SCS Q. 1 BL “K” - Ed. Denasa 13º Andar - sala 1.301 - Fone/fax (0xx) 61-3321-3440

aSSinatUraS

DOURADOS, INTERIOR E CAMPO GRANDE anual ---------------------------- R$ 240 Semestral ----------------------- R$ 150 trimestral ---------------------- R$ 100 Bimestral ------------------------ R$ 70 Mensal ---------------------------- R$ 45 VeNda aVULsa dourados, interior e Campo Grande -----------------R$ 2 NúmerOs atrasadOs do ano -------------------------R$ 2 do ano anterior -------------R$ 3

Este jornal é filiado à: ABRAJORI - ADJORI - ACOSMS - FEBRACOS


Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

3

Política

M Ideli garante apoio do governo aos municípios do Estado

ARDIDAS

O encontro teve como finalidade proporcionar orientações aos prefeitos na elaboração de projetos e programas Elvio lopEs

Ideli salvatti e outras autoridades durante encontro ontem de prefeitos na Assomasul

Elvio Lopes De Campo Grande Ao participar, na manhã de ontem, da abertura do Encontro Estadual com Novos Prefeitos e Prefeitas, realizado na Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), a ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Ideli Salvatti, garantiu apoio do governo federal aos municípios do Estado. Até o início da tarde, 73 dos 79 prefeitos e prefeitas de Ma-

“A presidenta quer erradicar a pobreza extrema no Brasil”, diz Ideli to Grosso do Sul anunciaram participação no encontro. Ideli, ao iniciar seu pronunciamento, fez questão de explicar que, pouco antes, havia se ausentado da mesa diretora dos trabalhos para falar, por telefone, com a presidenta Dilma Rousseff, quando passou à chefe do Executivo Nacional, uma posição sobre o evento, que tinha o registro da maioria dos prefeitos do Estado e que considerou um sucesso. Segundo Ideli, sua presença em Campo Grande foi uma determinação muito clara da presidenta Dilma, para que pudesse ouvir dos prefeitos e prefeitas, as reais necessidades dos municípios do MS, bem como localizar, por meio

do Programa Busca Ativa, as pessoas que ainda vivem na extrema pobreza. “A presidenta quer erradicar a pobreza extrema no Brasil e um dos caminhos é esse cadastro, que pode ser feito pelas prefeituras, que é a primeira porta que o povo bate para pedir apoio”, destacou Ideli. Ela anunciou que o encontro teve como finalidade proporcionar orientações aos prefeitos na elaboração de projetos e programas, para que os municípios possam ser contemplados com os recursos disponíveis para cada área e saber o que o governo vem, ou não vem realizando nas cidades brasileiras. A ministra explicou que na oportunidade o governo federal estava oficializando duas ações em Campo Grande, a primeira, de apoio às gestões municipais na execução de projetos federais, com a disponibilização da estrutura da União e do governo estadual objetivando uma soma de esforços para que prefeitos e prefeitas do MS não percam recursos que o governo federal disponibiliza aos municípios. “Os prefeitos, assim como a presidenta, foram eleitos com a maioria da vontade da população e o governo da presidenta Dilma está procurando atender a todos, em todos os cantos, sem distinção partidária, oferecendo apoio para que conquistem melhorias para suas cidades”, destacou Ideli. Em segundo lugar, segundo

André também garante apoio e pede asfalto em BR Projeto para asfalto da Br-389 está há dois anos no Dnit

Elvio Lopes, De Campo Grande O governador André Puccinelli, ao participar do Encontro de Prefeitos e Prefeitas na Assomasul, na manhã de ontem, também garantiu apoio do governo estadual aos municípios do MS na elaboração de projetos para a obtenção

de recursos federais para obras e serviços e aproveitou para pedir à ministra apoio à liberação de recursos para asfalto em uma BR no Estado. Ele lembrou que, em 16 de janeiro deste ano, promoveu em Campo Grande, um encontro com prefeitos e prefeitas para apresentar os projetos do governo do Estado aos municípios, oportunidade em que disponibilizou as secretarias estaduais para assessoria aos municípios.

a ministra, está a organização, em Campo Grande, de um fórum de gestores federais, para que órgãos federais como o Incra, Ibama, universidades, possam atuar de forma conjunta, resolvendo os problemas locais, sem que cada um os leve para o governo federal. “O fórum vai tornar mais fácil a realização de projetos com o apoio dos órgãos federais que atuam no Estado, cujas soluções serão encontradas aqui”, afirmou. Ela lembrou dos prazos para o encaminhamento de projetos para a obtenção de recursos federais e alertou os prefeitos em dívida com a Previdência Social, que procurem negociar seus débitos de acordo com uma Medida Provisória sobre o setor, lembrando que para projetos do PAC, o prazo final é dia 5 de abril; na área da Educação em maio próximo e que os projetos aprovados e sem início e uso de recursos no prazo de dois anos, serão automaticamente cancelados. Ideli também lembrou que, atendendo à solicitação do presidente da Assomasul, Douglas de Melo Figueiredo (PSDB), o governo federal vai estudar a liberação de recursos do PAC para os municípios com menos de 25 mil habitantes, conforme anunciou o ministro das Cidades, Agnaldo Ribeiro, que a antecedeu. “Vamos manter as parcerias para que nenhum dos 79 municípios deste Estado não fique sem receber recursos federais”, encerrou a ministra.

Aproveitando a presença da ministra, André lembrou do apoio do Estado na pavimentação da rodovia BR389, na região do Bolsão e solicitou recursos federais para o asfaltamento da BR419, cujo projeto já está no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), há dois anos. “Peço à ministra que interceda pelos recursos e tenho certeza de que, com o apoio do “Antonio Fagundes do Pantanal”(o senador Delcídio do Amaral – sentado ao lado da ministra), vamos estreitar essa parceria com o MS, que é, como diz o nosso hino, o futuro do Brasil”, encerrou o governador.

Acadêmicos da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems), em Campo Grande, decidiram inovar na forma de protesto contra a falta de autonomia financeira da instituição. Durante toda semana, eles trocarão as salas de aula improvisadas na unidade da Uems na Capital por aulas a céu aberto no Calçadão da Rua Barão do Rio Branco, uma das mais importantes de Campo Grande.

MALAgUeTA MArcOs sAnTOs marcos@progresso.com.br

esquemas do Dnit A denúncia do Ministério Público Federal (MPF) envolvendo servidores e ex-servidores da superintendência do Departamento nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em Mato grosso do sul, coroa as denúncias que a coluna vem fazendo há mais de três anos em relação a péssima qualidade das obras realizadas nas rodovias federais que cortam o estado. Para os promotores de Justiça o bando desviou mais de r$ 14 milhões em recursos públicos federais destinados apenas ao Dnit em Dourados, mas existe a expectativa que esse montante seja muito maior já que as obras na Br-267, no trecho entre nova Alvorada do sul e Bataguassu, consumiram mais de r$ 250 milhões e já estão em frangalhos.

FRAUDANDO é bem possível que outras investigações do Ministério Público Federal estejam em curso para apurar superfaturamento das obras de recuperação do trecho da Br-163, entre nova Alvorada do sul e Vila Vargas, e entre Dourados e Mundo novo. Outra obra que precisa ser investigada é a recuperação da Br-463, que liga Dourados a Ponta Porã, que já está deteriorada. Atualmente, equipes realizam trabalho de tapa-buraco na pista que tem menos de As aulas da Ue- três anos de uso. ms acontecem na Barão do Rio FRAUDANDO 2 Branco com a O MPF apurou que o bando desviava diRua 13 de maio, nheiro por meio de contratos do Dnit com próximo do as empresas Técnica Viária construções, Hotel Jandaia. rodocon construções rodoviárias e ecr Os acadêmicos sociedade civil de engenharia e consulirão estudar toria. Os problemas encontrados pelos nessa instala- promotores foram justamente em trechos ção com o pro- da Br-163 e Br-267, onde uma empresa era pósito de cha- contratada pelo Dnit para supervisionar o mar atenção trabalho que era realizado pela outra. da comunidade para a situação FRAUDANDO 3 precária de com as denúncias contra o ex-superintenestruturação. dente do Dnit, Marcelo Miranda; o exO protesto teve -supervisor do Dnit em Dourados, carlos início na ma- roberto Milhorim; o ex-chefe do serviço nhã de ontem de engenharia na superintendência regiocom aulas mi- nal do Dnit, guilherme de Alcântara carnistradas pelos valho; o engenheiro da ecr, gustavo rios acadêmicos Milhorim; e o engenheiro da rodocom, Nadja Bea- Francisco roberto Berno, é bem possível triz (Turismo), que parte do dinheiro seja devolvido aos Felipe Cuencas cofres públicos. (Turismo) e Andressa Morais FRAUDANDO4 (Turismo). Também foram denunciados pelo MPF o encarregado geral da rodocom, Vilmar No período da José rossoni; os sócios da Base engenhatarde foi a vez ria, que prestava serviço para a rodocom e dos acadêmi- Técnica Viária, renato Machado Pedreira e cos Gabriel José carlos rozin; o engenheiro da Técnica Felipe (Letras), Viária, Hilário Monteiro Horta; a funcioRômulo Baena nária da Técnica Viária, solange regina de (Pedagogia), souza; e o proprietário da spessato Diesel, Kelly Leão (Ge- Dori spessato. ografia), Kelly Leão (Geogra- REMEMBER fia), Sandra em 2011 a coluna chamou a atenção do Dittamar Ministério Público Federal para a péssi(Geografia) e ma qualidade das obras de recuperação Larissa Emilia do trecho de 84,6 quilômetros da Br-163, (Geografia), entre nova Alvorada do sul e o Distrito de ministra- Vila Vargas, em Dourados. A obra custou rem as aulas r$ 46.441.492,74 aos cofres públicos e de protesto. passou a apresentar problemas menos de Hoje, o espaço um ano após sua conclusão. será ocupado pelos acadê- REMEMBER 2 micos Marcus A coluna sugeriu ainda que a controlaVinicius Costa doria-geral da União (OgU) instaurasse (Geografia), procedimento para investigar as duas emFabíola Bran- preiteiras, já que a vencedora do primeiro dão Guara- lote ficou responsável pela recuperação ni Kaiowá do trecho da Br-163 entre Vila Vargas e (Letras), Ana rio Brilhante, pelo qual abocanhou r$ Beatriz Vaz 22.727.974,53, enquanto a vencedora do (Turismo), Fa- segundo lote recuperou o trecho rio Bribíola Brandão lhante e nova Alvorada do sul, embolsan(Letras), Kelly do r$ 23.713.518,22. Leão (Geografia), Kenia Mo- REMEMBER 3 lina (Letras), A coluna também chamou a atenção, em Natália Felix 2011, para a péssima qualidade das obras (Letras), Al- de recuperação do trecho de 260 quilômefrânio Pedroso tros da Br-267, entre nova Alvorada do sul (Letras) e Ta- e Bataguassu, onde indícios de superfatutiane Pinheiro ramento foram encontrados pelo Tribunal (Letras). de contas da União (TcU). A obra consumiu mais de r$ 250 milhões, quase r$ 1 milhão por quilômetro, e, mesmo assim, apresentou qualidade duvidosa. REMEMBER 4 na época, a coluna ouviu operários que trabalham nas obras de recuperação da Br-267 e motoristas que transportam a matéria-prima direto da fábrica da Petrobras, e eles confirmaram que a quantidade de material que estava sendo usado é muito inferior ao necessário para garantir uma obra de qualidade. O pavimento asfáltico que deveria ter 15 centímetros de espessura foi entregue com menos de 8 centímetros.

ConJunTuRA Williams Araújo willams.araujo@bol.com.br

Dificultou

Mesmo estando em vias de um acerto para as eleições de 2014, o PT não deixou de dar uma espetada no rival durante análise do projeto que cria três novas secretarias no Governo. A bancada petista decidiu por não votar em regime de urgência e pediu tempo para analisar a matéria. Embora saibam que em Plenário eles perdem, os deputados quiseram apenas demonstrar que discordavam da urgência na votação.

Vontade

Entre o desejo do governador André Puccinelli (PMDB) em ter o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) de volta ao seu grupo político e o que tem de concreto a oferecer ao tucano, há um abismo quase intransponível. Para que isso aconteça, existe apenas duas opções: dar a Azambuja o posto de candidato ao Governo ou, no mínimo, ao Senado. Qualquer outra proposta nesse sentido morre no nascedouro.

Teorias

Mas vamos admitir que haja essa aproximação de Azambuja com o projeto do PMDB. Seria mais um nome a se juntar aos três já existentes que lutam por duas vagas: o próprio governador, a vice, Simone Tebet, e o ex-prefeito Nelsinho Trad. Nesse caso, a proposta é deixar que a pesquisa aponte o candidato ao Governo e também ao Senado. Mas será que Azambuja e os demais interessados aceitariam ficar sob essa condição? Pelo que se vê, é muito difícil de acontecer.

Jogo de empurra

A reunião entre os vereadores da Capital e o corregedor-geral do Ministério Público, Mauri Riciotti, sobre as graves denúncias da saúde, teve seus momentos de saia justa. O promotor disse que os parlamentares têm a obrigação de apurar as denúncias porque são os representantes da população. Ou seja, ou fazem o que precisa ser feito ou o próprio MP vai se encarregar desse trabalho. Os fiscais do povo, ao que se sabe, ainda são os membros do Poder Legislativo.

Banho Maria

O PDT deve estar esperando a posse de João Leite Schimidt para começar a construir seu futuro com relação às eleições de 2014. Embora seu dirigente provisório tenha alardeado que o partido está livre de compromissos para traçar seu rumo, concretamente nenhum passo foi dado até agora. Seguramente, o norte da sigla brizolista será dado por seu futuro presidente.

cOLOnO - E aí, cumpádri, mentiu muitu onti?

Zé PIngA - ... ic, ic, ic... quí nada... só falei a verdadi e até paguei a conta no buteco... ic, ic, ic...


4

Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

Política

Douglas quer mais municípios de MS no “PAC Vias Urbanas” Presidente da Assomasul diz que municípios precisam do apoio dos governos federal e estadual para poder escapar da falência CHICO RIBEIRO

Douglas Figueiredo cobra apoio dos governos federal e estadual para os municípios

Willams Araújo, De Campo Grande O presidente da Assomasul, Douglas Figueiredo (PSDB), ontem, durante ato na entidade, que os municípios de Mato Grosso do Sul precisam com urgência do apoio dos governos federal e estadual para poder escapar da falência. O apelo foi feito durante o Encontro Estadual de Prefeitos e Prefeitas de Mato Grosso do Sul com Órgãos Federais na presença da ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, do governador André Puccinelli (PMDB) e parlamentares. A principal cobrança do dirigente foi com relação à exclusão de 70 municípios de Mato do Grosso do Sul do Programa

70 municípios de Ms foram excluídos do “PAC Vias Urbanas” de Aceleração do Crescimento, o chamado “PAC Vias Urbanas”, do qual apenas 9 municípios do Estado foram contemplados. Segundo Douglas, não se pode negar as boas ações do governo federal, mas há um forte sentimento de exclusão por parte dos prefeitos do “PAC Vias Urbanas”, anunciado para contemplar cidades com até 25 mil habitantes. Conforme o dirigente, são municípios cuja maioria depende exclusivamente dos repasses de recursos federais - como o FPM”, acrescentou. Douglas abriu um parêntese para elogiar a parceria com o governo estadual, aproveitando a presença do governador André Puccinelli para pedir apoio logístico, por meio de convênio com os municípios,

para equipar com técnicos o setor de projetos que a Assomasul está na iminência de inaugurar visando auxiliar aos prefeitos. O presidente da Assomasul disse que essa aproximação com o governo federal demonstra o interesse nas parcerias públicas, “consciente de que nenhuma obra é fruto do esforço ou trabalho de um só homem e sim de grupos comprometidos com o bem-estar de nossa gente”. “Reconhecemos que o governo federal tem sido parceiro e generoso na condução de projetos e ações voltados aos nossos municípios, principalmente os de cunho social, mas ainda há demandas do ponto de vista estrutural”, disse Douglas, acrescentando que os municípios brasileiros ainda sofrem com essa indiferença chamada pacto federativo, por isso vivem de pires na mão, batendo na porta dos ministérios e na dependência do Congresso por uma distribuição igualitária do bolo tributário nacional. Ele garantiu que os prefeitos têm suas convicções e sabem que é imprescindível reduzir as despesas com a máquina pública e dar prioridade à recuperação da capacidade de investimento. No entanto, advertiu que os municípios brasileiros não podem continuar andando mais na contramão da história, esperando eternamente por um pacto federativo justo que resulte efetivamente numa distribuição igualitária da arrecadação de impostos. Segundo ele, já não é mais novidade o impacto financeiro negativo no caixa das prefeituras por conta da redução do FPM. No caso de Mato Grosso do Sul, houve uma queda de 43% em março, um prejuízo

CPI do tráfico de Pessoas realiza três audiências A CPI vai ouvir hoje diretor do consórcio Belo Monte

Agência Câmara, De Brasília A CPI Tráfico de Pessoas no Brasil realiza uma série de audiências públicas nesta semana e na próxima. Há reuniões

marcadas para os dias 2, 4, 5 e 9 de abril. Hoje, a CPI vai ouvir o diretor da Área de Qualidade, Meio Ambiente, Segurança, Saúde Ocupacional e Responsabilidade Social do Consórcio Construtor Belo Monte, Antonio Carlos de Oliveira. A reunião será realizada no Plenário 11, a partir das 10h. Na quinta-feira (4), a comis-

de mais de R$ 42 milhões em relação a fevereiro. Douglas lembrou que em visita recente ao Estado de Pernambuco, a presidente Dilma foi taxativa ao dizer que “nenhum governador e nenhum prefeito têm dinheiro suficiente para pagar professor no Brasil”, ao defender a destinação de 100% dos royalties do petróleo para a educação. “Sem as mudanças tão sonhadas é praticamente impossível honrar compromissos, levando educação de qualidade, saúde eficiente, enfim investimentos para todos os municípios”, pontuou. “Sem o sentimento de independência, não há motivação para o trabalho duro que a prosperidade coletiva exige, e sem a autonomia econômica, é muito difícil conquistar e preservar a soberania administrativa”, acrescentou o dirigente. De acordo com ele, “um gestor público para ter a dimensão da sua missão não pode apenas ser um exímio administrador, é preciso que ele encarne os sonhos e as esperanças do povo”. “Termino minhas palavras, desejando a todos um dia promissor nas audiências itinerantes que o governo federal generosamente proporciona aos prefeitos e prefeitas de Mato Grosso do Sul”, concluiu, ao agradecer o apoio do governo federal e destacar a parceria principalmente com a bancada federal. O NÚMerO

R$

42 mi

Foi o prejuízo que os municípios de MS tiveram por conta da queda do FPM em março

são realiza audiência pública no Recife, na Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco, a partir das 15h. Na sexta-feira (5), os deputados da CPI vão à João Pessoa, na Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba, a partir das 9h. Na próxima semana, na terça-feira (9), às 10h está marcada uma audiência com o vereador de Rio Branco, Fernando Martins; e com presidente da Federação de Agricultura do Acre, Assuero Doca Veronez. O local não foi definido.

Conselho apoia federalização de crimes contra jornalistas O Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional aprovou ontem o envio, ao deputado Delegado Protógenes (PCdoB-SP), de moção de apoio à proposta de federalização de crimes cometidos contra jornalistas. Protógenes é o autor da proposta (Projeto de Lei 1078/11). O projeto permite à Polícia Federal participar de inquéritos de crimes contra a atividade jornalística quando houver omissão ou ineficiência das esferas competentes nos estados e municípios, caracterizada após 90 dias de investigações. O conselho vai sugerir ao Delegado Protógenes a ampliação da abrangência do projeto para incluir outros profissionais envolvidos na produção jornalística, como blogueiros e radialistas. O conselho também aprovou o envio de sugestões à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) relativas ao regulamento da nova lei de TV por assinatura (Lei 12.485/11). Essa lei estabelece que o conselho tem 30 dias para apresentar parecer sobre a minuta de norma formulada pela agência. Os conselheiros, no entanto, querem inverter a ordem: “A publicação da regulamentação da Anatel deveria ser precedida do parecer do Conselho de Comunicação Social”, salienta o documento.

Governo quer ampliar número de creches A presidenta Dilma Rousseff disse ontem que o governo federal deve entregar um total de 8.685 creches até 2014, superando a meta estabelecida de 6 mil. As unidades, segundo ela, poderão ser construídas por meio de Regime Diferenciado de Contratação, processo considerado pelo governo como menos burocrático, mais ágil e mais seguro. Outra novidade, de acordo com a presidenta, é que o Ministério da Educação fez uma licitação para escolher um projeto padrão de creche pré-moldada. A ideia é que a unidade passe a ser construída de forma mais rápida. O prazo para entrega, segundo Dilma, pode ser reduzido em até três anos, sendo que o modelo fica 20% mais barato. “Essa creche pré-moldada tem conforto térmico para que as crianças não passem calor nos meses mais quentes, nem frio durante o inverno. As salas de aula têm de ter uma boa acústica. E a empresa responsável pela construção tem de garantir que a obra seja de qualidade e que dure muitos anos”, explicou. No programa semanal Café com a Presidenta, Dilma fez um balanço das creches em todo o país. Segundo ela, desde o início do governo, 612 unidades foram entregues, 2.568 estão em obras e 2.217 foram contratadas, totalizando 5.397. O governo seleciona agora projetos de municípios para financiar a construção de mais 3.288 creches até 2014. “O processo funciona assim: o prefeito indica o terreno onde a creche vai ser construída e faz um projeto mostrando as necessidades de vagas naquela localidade. Aí, nós avaliamos o projeto e, se ele for aprovado, nós repassamos o dinheiro para a construção da creche. A seleção já está aberta e vai ficar aberta até o dia 31 de maio”, destacou.

C INFORME CURURU

A inteligência encobre a feiúra. Mas a beleza não disfarça a burrice.

bAtE REbAtE Durante o feriadão, a Polícia Rodoviária Federal aplicou quase 2.000 testes do bafômetro em Mato Grosso do Sul, flagrante 17 motoristas com teor de álcool acima do permitido. A presidente Dilma Rousseff publicou no “Diário Oficial da União” de ontem a lei que cria a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, que terá status de ministério, o 39º do governo. O deputado federal e pastor evangélico Marco Feliciano (PSC-SP) recentemente empossado presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara declarou que o colegiado era “dominado por Satanás” antes de sua chegada ao posto. Cruz credo... Os escândalos e a queda de popularidade do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), em menos de 100 dias de mandato, estão se transformando em pesadelo para o senador Delcídio do Amaral (PT), segundo jornal Correio do Estado. Delcídio apostou também em Artuzi.

INFORME C CÍCerO FArIA cicero@progresso.com.br

De mal a pior O secretário municipal de Obras, Jorge de Lúcia, anunciou a abertura de contrato com empreiteira que deverá iniciar a recuperação das estradas vicinais de Dourados nos próximos dias. Os estragos causados pelas abundantes chuvas de março foram escandalosos e acabaram com as estradas municipais, prejudicando o agronegócio e o transporte escolar, como alertou o vereador Bebeto (PT), que conhece bem o assunto por ser da zona rural ,Vila Vargas. Agora, a Prefeitura tem que ficar com um olho na cidade e outro na zona rural, quando o assunto é buraco, valeta... DE VOLTA O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) retomará a administração de duas rodovias federais, que foram estadualizadas em Mato grosso do sul em 2002. estão na lista a Br-060 entre Campo grande-sidrolândia-Bela Vista e a Br 463, entre Dourados e Ponta Porã. A medida, que englobará outros estados também, foi tomada porque os recursos do Dnit mandados para a manutenção das estradas aos governos estaduais foram usados para outras finalidades. MAIS BARATOS O governo prorrogou até o final do ano a redução das alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para automóveis e caminhões. A medida foi anunciada na noite de sábado, dois dias antes do prazo previsto para o fim da redução, 1º de abril. O Ministério da Fazenda justificou que, com a medida, o governo, “não só estimula o setor automotivo um dos principais motores da economia, como toda a cadeia automobilística, como as indústrias de autopeças, de estofado e de acessórios”. A prorrogação da desoneração do IPI até 31 de dezembro, representará renúncia fiscal de r$ 2,2 bilhões de abril a dezembro. APRENDENDO A Universidade Federal da grande Dourados (UFgD) vai oferecer um curso gratuito de informática para pessoas da terceira idade, com início em maio. As aulas de noção básica terão duração de 12 semanas e serão realizadas no Centro de Convivência do Idoso Andrés Chamorro, no Jardim Água Boa. serão ministradas aulas de aplicativos de computador, acesso a internet, participação de redes sociais, como o Facebook, entre outras atividades. As inscrições estão abertas até que as 50 vagas sejam preenchidas. Os encontros serão realizados nas quintas-feiras das 13h30 às 15h30. Mais informações pelo fone 3411-7648. INVERTIDO embora evite comentar oficialmente sobre política, o senador Delcídio Amaral (PT) gosta de fazer comentários rápidos sobre a sucessão estadual nas redes sociais, citou o Midiamax. “Na política de Ms, ao invés do cachorro balançar o rabo, estão querendo que o rabo balance o cachorro”... FIM DO MUNDO Três assaltantes invadiram uma igreja evangélica no jardim esmeralda, na zona sul de são Paulo, na noite de domingo. eles recolheram dinheiro, cartões e celulares dos fiéis. A Polícia Militar foi chamada e os suspeitos foram presos ainda dentro do templo. Os assaltantes chegaram de moto e renderam um guarda civil que estava na frente da igreja. O objetivo dos assaltantes era levar o dinheiro do dízimo. eles só não conseguiram porque, na hora do assalto, uma funcionária da igreja se trancou na sala onde fica o cofre. “GATO” A enersul anunciou fiscalização intensificada para combater furto de energia elétrica em 150 mil imóveis em 2013. A operação abrange desde imóveis pequenos a industrias. No ano passado, a enersul identificou 31.715 consumidores com irregularidades, sendo 30% reincidentes. O furto de energia causou, ao País, um prejuízo de r$ 5 bilhões,em 2012.


5

Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

economia

Exportações de industrializados já registram aumento de 19,2% no ano De janeiro a fevereiro a receita já atingiu o montante de US$ 474,6 milhões, alavancada pelos grupos “Couros e Peles” e “Papel e Celulose” Divulgação - Fiems

De Campo Grande As receitas de exportações dos industrializados de Mato Grosso do Sul já apresentam crescimento de 19,2% no acumulado de janeiro e fevereiro deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems com base nos dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Nos dois primeiros meses de 2013, as vendas para o exterior somaram US$ 474,6 milhões contra US$ 398,2 milhões de janeiro a fevereiro de 2012 graças aos grupos “Couros e Peles”, com alta de 93,8%, e “Papel e Celulose”, com crescimento de 68,5%, no período avaliado. Segundo o presidente da Fiems, Sérgio Longen, com uma receita equivalente a US$ 237,7 milhões, fevereiro de 2013, registra o melhor resultado já alcançado para o mês em toda a série histórica da exportação de industrializados de Mato Grosso do Sul. “Comparado com os resul-

O grupo “Complexo Carne” também contribuiu para o avanço da receita da exportações tados de igual mês, ao longo da série, vale ressaltar que de janeiro de 2009 até agora foram registradas 36 quebras de recorde nas receitas de exportação. O que equivale a dizer que o recorde mês a mês, ao longo desse período, foi quebrado em 72% das vezes. No acumulado do ano, a participação das vendas externas de industrializados atingiram a marca de 70,4%”, destacou. Ele destaca ainda que o desempenho observado de ja-

progresso@progresso.com.br

BOLsAs Ibovespa: Pontos: máxima de mínima de Volume: Variação em 2013 Variação no mês: Dow Jones: Pontos: Nasdaq: Pontos: Ibovespa Futuro: Pontos: máxima (pontos): mínima (pontos):

BLUe CHIPs -0,8% 55.902,18 -0,01%:56.348 pnts -0,81%:55.897 pnts 4,91 bilhões -8,28% -0,80% -0,04% (17h54) 14.572,85 -0,87% (17h54) 3.239,17 -0,56% 55.885 56.330 55.845

JUrOs - CDB prefixado de - Capital de giro, - Hot money, - CDI, - Over a

7,02% ao ano. 9,33% ao ano. 0,% ao mês. 6,99% ao ano. 7,16%

Novembro/2000

neiro a fevereiro de 2013 se deu sobre uma forte base de comparação, pois, em igual período nos anos de 2010, 2011 e 2012, as receitas totais da exportação de industrializados alcançaram US$ 208,2, US$ 327,6 e US$ 398,2 milhões, respectivamente. “Deste modo, é possível afirmar que, de 2010 a 2013, no intervalo considerado, a exportação de industrializados cresceu, em média, 22,9%”, pontuou. grupos Com relação aos grupos que mais apresentaram crescimento, o “Couros e Peles” destacou-se em função do expressivo aumento nos embarques de outros couros bovinos e bubalinos, não divididos e úmidos e de couros bovinos inteiros “wet blue”. No período de janeiro e fevereiro de 2013, o volume total do grupo alcançou 6,6 mil toneladas, resultado 127% maior que o obtido em igual

mês de 2012, quando o total não ultrapassou as 2,9 mil toneladas, proporcionando, deste modo, uma receita adicional equivalente a US$ 11,8 milhões, tendo como principais compradores a China, a Itália e Hong Kong. Já a expansão do grupo “Celulose e Papel” decorre do início da atividade de uma nova planta de celulose em Mato Grosso do Sul, que dobrou a capacidade nominal de produção do Estado, permitindo que novos clientes fossem atendidos e, principalmente, que os tradicionais compradores da celulose sul-mato-grossense pudessem ampliar ainda mais os volumes de suas aquisições. Na primeira condição, observou-se que em igual período do ano passado, são 24 novos destinos para os produtos do grupo “Papel e Celulose”, proporcionando uma receita adicional equivalente a US$ 11,7 milhões. Em relação à segunda condição, países como a Holanda,

Fim do efeito do corte da tarifa de energia impacta o IPC-s em março

Beatriz Bulla, Agência Estado De São Paulo

terior, estava em -0,20%. Da terceira prévia do mês para a quarta, o grupo Habitação, puxado pelo desempenho da energia, foi um dos dois únicos a registrar acréscimo na taxa de variação (passou de 0,65% na terceira quadrissemana do mês para 0,74%). No final de fevereiro, esta classe de despesa registrava deflação de 1,28%.

O outro grupo que apresentou aceleração no fechamento de março foi Vestuário (de 0,68% na terceira quadrissemana para 0,81%), puxado pelos preços das roupas, que subiram de 0,71% para 0,90%. Os demais grupos analisados pela FGV apresentaram decréscimo nas taxas de variação da terceira para a quarta quadrissemana, com

China, Itália e Coréia do Sul aumentaram suas compras. O grupo “Complexo Carne” também contribuiu para o avanço da receita das exportações de produtos industrializados graças ao aumento dos valores obtidos com as vendas das carnes desossadas e congeladas de bovinos, pedaços e miudezas comestíveis congelados de frango, carnes desossadas frescas ou refrigeradas de bovinos, frango em carcaça e bexigas e estômagos de animais, exceto peixes que, somados, apresentaram um crescimento de US$ 28,3 milhões. saiba mais

Principais compradores Dentre os principais compradores destacaram-se Hong Kong, Venezuela, Japão, Chile, Israel e Alemanha, que geraram uma receita adicional total equivalente a Us$ 29,9 milhões

destaque para Transportes (de 0,60% para 0,34%), puxado pela desaceleração nos preços da gasolina, cuja taxa foi de 1,83% para 0,12% no período. No grupo Alimentação, que saiu de 1,42% para 1,31%, foi destaque o comportamento dos preços das carnes bovinas, que acentuaram a queda de 2,14% para 2,61%. Os demais grupos que registraram decréscimo nas taxas de variação foram Saúde e Cuidados Pessoais (0,59% para 0,51%), Comunicação (0,48% para 0,45%), Educação, Leitura e Recreação (0,32% para 0,24%) e Despesas Diversas (0,19% para 0,18%), com destaque, respectivamente, para os itens artigos de higiene e cuidado pessoal (0,27% para -0,02%), tarifa de telefone residencial (0,70% para 0,38%), show musical (3,13% para 2,20%) e cartório (0,70% para 0,26%). Entre as maiores pressões negativas da terceira para a quarta quadrissemana estão alcatra (de -3,48% para -5,14%), passagem aérea (de -5,71% para -5,75%), contrafilé (de -6,33% para -5,97%), licenciamento/IPVA (de -1,26% para -1,26%) e tarifa de táxi (de -1,42% para -1,57%). Do outro lado, entre as maiores influências de alta, aparecem refeições em bares e restaurantes (de 1,06% para 0,85%), tomate (de 9,79% para 11,62%), cebola (de 22,40% para 25,04%), aluguel residencial (de 0,73% para 0,85%) e empregada doméstica mensalista (de 1,46% para 1,13%).

R$ 9,60

+5,15%

gLOBAL 40

Variação +0,13% +0,48%

DÍVIDA em Tr OU TrD Dia do vencimento março 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 Abril 1 2 3 4 5 6

R$ 678,00

R$ 17,46

(aPlICaÇãoaPaRTIRdE04/05/12)

No período de janeiro e fevereiro de 2013, o volume total do grupo “Couros e Peles” alcançou 6,6 mil toneladas

Variação -2,5% -1,69% estável -1,45% -1% +0,37% +0,66% -1,48% +5,27% +0,35%

* 1 onça-troy equivale a 31,1035 gramas

R$ 1,0641

POUPANçA março/2013 24 25 26 27 28 Abril/2013 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10

Preço R$ 32,41 R$ 18,04 R$ 2,31 R$ 35,45 R$ 33,80 R$ 13,69 R$ 27,63 R$ 15,33 R$ 11,39 R$ 17,39

Cotação 1,99,10 a onça-troy Ouro Ouro Bm&F (à vista) 104,000

UFerms Fevereiro

Vale PNA Petrobras PN OgX Petróleo ON Itaú Unibanco PN Bradesco PN Bm&FBOVesPA ON Banco do Brasil ON gerdau PN Usiminas PNA Cyrela realt ON Cia siderúrgica Nacional ON

OUrO

sALárIO mÍNImO Fevereiro

em R$

Cotação: 909,071 centavos de dólar Variação: estável

UFIr

Inflação pelo IPC-S acelera e fecha março em 0,72%

Mesmo com uma pressão bem menor nos preços da gasolina, o Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) acelerou de 0,33% em fevereiro para 0,72% em março, por causa do fim do efeito do corte da tarifa de energia na inflação. No final de fevereiro, a gasolina registrava alta de 5,02% e a tarifa de eletricidade residencial, queda de 13,91%, o que puxava para baixo o resultado da inflação do mês. Já no fechamento de março, a gasolina desacelerou para alta de 0,12% e saiu da lista de maiores pressões de alta, mas a tarifa de energia passou para o terreno positivo (0,82%) e foi a responsável pelo avanço do indicador de um mês para o outro. A pressão negativa do corte da tarifa de energia vinha diminuindo desde o final de fevereiro, mas, na quarta quadrissemana de março, o item passou a registrar inflação pela primeira vez desde o anúncio da medida. Na quadrissemana imediatamente an-

INDICADOres eCONômICOs

0,4134% 0,4134% 0,4134% 0,4134% 0,4134% 0,4134% 0,4134% 0,4134% 0,4134% 0,4134% 0,4134% 0,4134% 0,4134% 0,4134% 0,4134%

Fator de Atualização 0,01227388 0,01243607 0,01245666 0,01239390 0,01216134 0,01209179 0,01214830 0,01225150 0,01246594 0,01249395 0,01261791 0,01252723 0,01252073 0,01255779 0,01253193 0,01251418 0,01253952 0,01259763

(multiplique a quantidade de TR ou TRd do carnê pelo fator de atualização da data do vencimento. a aplicação desse fator único atualiza a dívida pela TR do dia do aniversário do contrato e converte o resultado para reais).

TBF

Tr

março 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28

março 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28

0,5354% 0,5988% 0,5334% 0,5173% 0,5185% 0,5445% 0,5718% 0,5765% 0,5779% 0,5527%

0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000%

CÂmBIO Dólar comercial no balcão Dólar Paralelo Dólar Ptax Dólar Turismo Dólar Futuro (abril) euro euro comercial euro turismo

Compra R$ 2,0180 R$ 2,06 R$ 2,0180 R$ 1,9830 R$ 2.032,00 US$ 1,2847 (às 17h52) R$ 2,5930 R$ 2,5370

Venda R$ 2,0200 R$ 2,13 R$ 2,0186 R$ 2,1130 US$ 1,2851 (às 17h52) R$ 2,5940 R$ 2,7030

INFLAçãO

Variação -0,1% -0,93% +0,24% -0,47% +0,05% +0,31% +0,04% +0,22% aCUmUlado

ÍNDICes INPC (IBge) IgP-m (FgV) IgP-DI (FgV) IPA-DI (FgV) IPC-DI (FgV) IPC (FIPe) IPCA (IBge) INCC (FgV) ICV - DIeese

Fevereiro 0,52 0,29 0,20 0,09 0,33 0,22 0,60 0,80 0,12

no ano 1,44 0,63 0,51 0,09 1,34 1,37 1,47 1,19 1,89

12 meses 6,77 8,29 8,24 9,24 6,04 5,91 6,31 7,35 6,87

ImPOsTO De reNDA (dESCoNTo Na FoNTE) TABeLA OFICIAL DA reCeITA FeDerAL Base de cálculo Até r$ 1.710,78 De r$ 1,710,79 até r$ 2.563,91 De r$ 2.563,91 até r$ 3.418,59 De r$ 3.418,59 até r$ 4.271,59 Acima de r$ 4.271,59

Alíquota % 7,5 15 22,5 27,5

Deduzir-r$ Isento 128,31 320,60 577,00 790,58

deduções: R$ 171,97 por dependente; pensão alimentícia integral; contribuição ao INSS. aposentado com 65 anos ou mais tem direito a uma dedução extra de R$ 1.710,78 no benefício recebido da previdência.

reAJUsTe De ALUgUeL IgP-m (FgV) IgP-DI (FgV) IPC- (FIPe)

1,0829 1,0824 1,0591

maRÇo/2013

IPCA (IBge) INPC (IBge) ICV (DIeese)

1,0631 1,0677 1,0687

obs.: o fator acima representa a variação do indicador de reajuste nos últimos 12 meses. Para fazer o cálculo, basta multiplicar o valor atual do aluguel pelo fator.

AgrOPeCUárIA mILHO sOJA Boi gordo/à vista/livre Vaca gorda/à vista/livre FoNTE: Grande Fm RURal

R$ 19,00 (disponível) R$ 48,00 (disponível) R$ 92,00 (JBS) R$ 84,00 (JBS)


Dourados, terça-feira 2.4. 2013 O PrOgressO

6

Meio Ambiente

Florestas artificiais ameaçam biodiversidade do Pampa Os campos sulinos concentram uma diversidade vegetal três vezes maior que a da floresta. Os dados foram apresentados no segundo evento do Ciclo de Conferências 2013 do Biota Educação Karina Toledo, Agência FAPESP De São Paulo Em estados como Mato Grosso e Pará, a Floresta Amazônica está sendo transformada em pasto. No Rio Grande do Sul ocorre o problema inverso: a vegetação campestre dos pampas – que há séculos convive em harmonia com a pecuária – está sendo dizimada para dar lugar a florestas plantadas pelo homem. O impacto visual da destruição pode ser maior na Amazônia, mas se engana quem pensa que a perda biológica

Com 176 mil km², o bioma era considerado parte da Mata Atlântica até 2004 no Bioma Pampa é menor. Segundo levantamento coordenado pela professora Ilsi Boldrini, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), os campos sulinos concentram uma diversidade vegetal três vezes maior que a da floresta, quando se leva em conta a proporção da área ocupada por cada bioma. Os dados foram apresentados no segundo evento do Ciclo de Conferências 2013 do BIOTA Educação, organizado pelo Programa BIOTA-FAPESP, que teve como tema o Pampa. Com 176 mil km², o bioma era considerado parte da Mata Atlântica até 2004. Originalmente, ocupava 63% do território gaúcho. Hoje, apenas 36% dessa área ainda está coberta pela vegetação original. “A paisagem campestre pode parecer homogênea e pobre para quem não conhece, mas nesse pequeno remanescente do bioma mapeamos 2.169 táxons – a maioria espécies diferentes, pertencentes a 502 gêneros e 89 famílias. Desses, 990 táxons são exclusivos do Pampa. É um número muito grande para uma área tão pequena. No Cerrado, por exemplo, são 7 mil espécies

em 3 milhões de km²”, afirmou Boldrini. Segundo a pesquisadora, aproximadamente 1 milhão de hectares – ou 25% do Bioma Pampa – foi ocupado nos últimos cinco anos por florestas de eucalipto e de pinus, que visam a abastecer a indústria de papel e celulose. Poucas plantas nativas sobrevivem debaixo das árvores, pois há pouca luz disponível e as espécies de campo aberto precisam de muito sol. “Quando as árvores forem cortadas, restarão apenas os tocos e um solo descoberto – ambiente propício para espécies invasoras como o capim-annoni ou a grama-paulista, que são muito fibrosas e não servem para pasto”, disse. Mas, segundo Boldrini, o mais antigo e ainda hoje o principal fator de destruição do Pampa é a agricultura. “As plantações de soja e trigo nas terras mais secas e as plantações de arroz nas áreas úmidas, próximas a rios. O cultivo começou no planalto e está se espalhando para todo o Pampa, embora a vocação da região seja para a pecuária”, argumentou. Mesmo a criação de gado para corte, introduzida no Rio Grande do Sul pelos jesuítas ainda no século XVI, tem se tornado uma ameaça por falta de manejo adequado. “Os produtores usam uma carga animal muito alta. Como consequência, o campo fica baixo e falta pasto no inverno. Eles então aplicam herbicidas para eliminar a vegetação nativa e abrir espaço para plantar espécies hiberO NÚMERO

151

espécies endêmicas da região já descritas, estão ameaçadas de extinção. O Pampa é hoje o segundo bioma mais devastado do país – atrás apenas da Mata Atlântica

Fabio RoDRigues Pozzebom – abR

Cultivo de eucalipto e pinus para a indústria de papel e celulose já ocupou 25% do bioma, que também sofre com a expansão da agricultura e o manejo inadequado do gado

nais exóticas, como azevém, trevo branco e cornichão”, alertou Boldrini. A prática não só ameaça a biodiversidade local, como contamina o solo e a água e ainda diminui a produtividade dos pecuaristas. O ideal, segundo Boldrini, seria ter uma oferta de forragem de três a quatro vezes maior do que o gado é capaz de consumir. Dessa forma, o animal escolhe as espécies mais adequadas para sua alimentação, desenvolve-se mais rápido e se reproduz de forma mais eficiente. “A produtividade média do estado hoje é de 70 kg de carne por hectare ao ano. Com o manejo correto, pode passar para 200 kg a 230 kg por hectare ao ano. Além disso, a qualidade da carne também melhora. Basta cuidar para o animal não liquidar com a vegetação”, disse. sOs Pampa Segundo dados do Ministério do Meio Ambiente, o Pampa é hoje o segundo bioma mais devastado do país – atrás apenas da Mata Atlântica. Entre

as espécies vegetais endêmicas da região já descritas, 151 estão ameaçadas de extinção. “Algumas plantas, como a Pavonia secreta, existem apenas em uma pequena região do Pampa. No momento em que aquele lugar for devastado, elas vão se extinguir”, disse Boldrini. O desaparecimento da flora local ameaça não apenas a fauna a ela associada como também os mananciais da região, alertou a pesquisadora. “As nascentes de todos os afluentes e subafluentes dos grandes rios do estado, como Jacuí, Ibicuí e Uruguai, estão completamente interligadas à vegetação de campo. Se não cuidarmos da periferia dessas nascentes, não adianta plantar pinus depois”, afirmou a professora. Desconhecimento Ainda durante o evento, Márcio Borges Martins, da UFRGS, afirmou que um dos principais obstáculos à preservação do Pampa é o desconhecimento da biodiversidade local. “Há muitas pesquisas sendo feitas, mas quase nada

publicado. Isso dificulta a definição de áreas prioritárias para a conservação”, disse. A falta de informações sobre as espécies de animais da região também foi destacada por Eduardo Eizirik, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), que apresentou a palestra “Origem, evolução e diversidade da fauna de vertebrados do Bioma Pampa”. Organizado pelo Programa Biota-Fapesp, o Ciclo de Conferências 2013 tem o objetivo de contribuir para o aperfeiçoamento do ensino de ciência. A terceira etapa será no dia 18 de abril, quando estará em destaque o “Bioma Pantanal”. Em 16 de maio, o tema será “Bioma Cerrado”. Em 20 de junho, será abordado o “Bioma Caatinga”. Em 22 de agosto, será a vez do “Bioma Mata Atlântica”. Em 19 de setembro, “Bioma Amazônia”. Em 24 de outubro, o tema será “Ambientes Marinhos e Costeiros”. Finalizando o ciclo, em 21 de novembro, o tema será “Biodiversidade em Ambientes Antrópicos – Urbanos e Rurais”.

WWF-Brasil e ICMBio inauguram base flutuante Base contribuirá para a integração entre a equipe gestora do Parque e as comunidades locais

De Brasília O WWF-Brasil e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) inauguraram no dia 27 de março, uma base operacional flutuante no interior do Parque Nacional do Juruena, situada entre o Amazonas e o Mato Grosso. Na ocasião, foi realizada uma solenidade que contou com a presença do presidente do ICMBio, Roberto Vinzentin, do superintendente de conservação do WWF-Brasil, Mauro Armelin, de técnicos das duas instituições e representantes de comunidades próximas, como a Barra do São Manoel. Dentro do Parque Nacional do Juruena, o flutuante servirá como instrumento de apoio às ações de fiscalização e proteção da unidade. Além de garantir maior presença institucional do Estado no interior da Unidade de Conservação (UC), a base flutuante vai contribuir para a integração entre a equipe gestora do Parque e as comunidades locais. O flutuante também será utilizado como base de apoio a pesquisadores, possibilitando a geração de conhecimento

científico sobre a biodiversidade local e apoiando a geração do plano de uso público da Unidade de Conservação. Este plano indica os potenciais turísticos da região, como cachoeiras, corredeiras, cavernas e locais propícios ao ecoturismo ou turismo de aventura. estrutura impressionante A base flutuante foi construída por uma empresa contratada pelo WWF-Brasil. Sua construção custou cerca de R$ 470 mil e utilizou madeira oriunda de apreensões realizadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Am-

Dentro do parque, o flutuante servirá como instrumento de apoio às ações de fiscalização e proteção da unidade biente (Ibama) no município mato-grossense de Sinop, a 505 quilômetros de Cuiabá. Após o fim da construção, a base foi entregue e doada ao ICMBIo pelo WWF. Ao vivo, a base flutuante impressiona por seu tamanho e pela estrutura disponível. Ela possui 14 metros de comprimento, seis metros de largura, 11 cômodos e pode suportar pesos de até 20 toneladas. O flutuante possui quartos para oito pessoas, cozinha, sala de comunicações e

reunião, dois banheiros, área de serviço e área externa. A construção da base flutuante levou cerca de quatro meses. Ela foi concebida com o auxílio de uma equipe composta de um arquiteto, engenheiros navais, gestores do Parque Nacional do Juruena e profissionais com experiência em construção de cascos flutuantes. O equipamento conta ainda com outras estruturas cujo objetivo é minimizar seu impacto no rio Juruena: ele possui um sistema fotovoltaico, de captação de energia solar, para a geração de energia (com gerador sobressalente caso seja necessário); e uma estação de tratamento de esgoto que limpa os efluentes domésticos (produtos de pias, cozinhas e banheiros) antes de despejá-los no rio. Base possui mobilidade A base flutuante atende todas as normas de segurança estabelecidas pela Marinha e possui mobilidade - pode ser “rebocada” por pequenas voadeiras e atingir vários pontos distintos dentro do Parque Nacional do Juruena, que possui 1,95 milhão de hectares. O superintendente de conservação do WWF-Brasil, Mauro Armelin, destacou que a ajuda aos governos e o apoio ao estabelecimento de parcerias públi-

JoRge eDuaRDo Dantas - WWF-bRasil|

Flutuante é móvel e pode ser transportado pelo interior do Parque Nacional do Juruena, situada entre o Amazonas e o Mato grosso

co-privadas é uma das missões do WWF-Brasil. “Ao realizar esta doação ao ICMBio, estamos promovendo mais oportunidades de conservação do Parque Nacional do Juruena e mostrando que a sociedade civil brasileira está interessada e atenta à conservação das UC’s do País, nossos maiores patrimônios naturais e econômicos”, disse. Comunidades beneficiadas O presidente do ICMBio, Roberto Vizentin, lembrou que a base flutuante também vai beneficiar as comunidades que vivem no Parque. “É como se estivéssemos instalando uma base avançada do Instituto ali. Estamos nos aproximando fisicamente não só do Parque, mas também

das comunidades do entorno. Além disso, o funcionamento dessa base móvel é uma resposta às demandas dos ribeirinhos e possibilita um diálogo e uma presença mais permanente do Instituto”, explicou o presidente. Vizentin afirmou ainda que a base flutuante representa uma grande melhoria nas condições de trabalho das equipes do ICMBio - que terão uma base de apoio para incursões mais difíceis e demoradas ao interior do Parque, um pedaço ainda inóspito da Amazônia. Esta base será, nas palavras de Vinzentin, “condição essencial a para a gestão do Juruena” e “uma referência para um conjunto enorme de ações”. (www. www.wwf.org.br).

Sapos matam fêmeas para preservar espécie Os machos da espécie de sapo Rhinella proboscidea matam acidentalmente as fêmeas por afogamento. Avaliação é dos pesquisadores do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Estudos Integrados da Biodiversidade Amazonas (Cenbam). O estudo apontou que o acidente ocorre durante o acasalamento quando os machos matam a fêmea e depois extraem os ovos. A pesquisa foi realizado na Reserva Florestal Adolpho Ducke, do Inpa, Km 26 da AM-010 (Manaus – Itacoatiara). Para análise foram coletadas 15 fêmeas em duas lagoas diferentes durante a reprodução explosiva em que envolvem dezenas de machos. A reprodução dos sapos da espécie R. proboscidea é chamada de reprodução explosiva. Segundo William Magnusson, pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI), explica que na reprodução explosiva há grande competição entre machos, que se reúnem em grande número de indivíduos por dois ou três dias. “A fêmea está na água, tem muito machos e todos estão tentado subir na fêmea então ela fica embaixo e eles acabam afogando ela. Normalmente, quando a fêmea chega lá, ela desova e vai embora, mas os machos ficam a noite inteira brigando por cada fêmea que chega”, detalhou.

Jovem projeta sistema para limpar o lixo plástico do mar O jovem holandês Slat Boyan tem apenas 19 anos, mas já carrega em seu currículo um projeto importante para a preservação ambiental. Ainda na escola, Boyan desenvolveu uma matriz de limpeza oceânica. O equipamento foi pensado para retirar os resíduos plásticos do mar. Apesar de ainda estar em fase de projeto e não ter previsão de quando estará disponível para o uso, o desenho da matriz já foi premiado como o melhor Desenho Técnico de 2012 na Universidade de Tecnologia de Delft, na Holanda. No entanto, o objetivo do estudante ainda é muito maior. A inspiração para o projeto é a quantidade de partículas de plástico presentes nos oceanos. Esse lixo é responsável pela contaminação de espécies marinhas e também pela morte de outros animais que ingerem ou, até mesmo, ficam presos aos resíduos. A expectativa é de que a matriz de limpeza criada por Boyan seja capaz de retirar mais de sete milhões de toneladas de plástico do oceano. A máquina tem a aparência de uma arraia e é equipada com pás gigantes que ajudam a aglomerar todo o resíduo. Depois de centralizar todo o material, ele é direcionada às plataformas que separam os plânctons, filtram o lixo e armazenam o plástico para a reciclagem. Para minimizar os impactos ambientais deste processo, as equipe de 50 engenheiros que trabalham na viabilidade da tecnologia, pretendem utilizar placas solares e também aproveitar a força das ondas e correntes marítimas para gerar a energia necessária para o funcionamento do sistema.


dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgreSSO

7

Brasil & Mundo Ahn Young-Joon/AssocIAted Press/estAdão conteúdo

Militares sul-coreanos usam tanques durante exercícios militares em Panmunjom, Paju. A nova presidente da Coreia do Sul prometeu uma forte resposta militar a qualquer provocação norte-coreana

Presidente sul-coreana promete “forte” retaliação à provocação de Pyongyang No entanto, a Coreia do Norte nomeia premiê reformista e deixa a retórica belicosa em 2º plano, pelo menos temporariamente. Isso é sinal que Pyongyang pode estar recuando Seul, Da Agência Estado A nova presidente da Coreia do Sul prometeu ontem uma forte resposta militar a qualquer provocação norte-coreana, depois de Pyongyang ter anunciado que os dois países estão em estado de guerra. A advertência da presidente Park Geun-Hye foi feita no momento em que o Parlamento norte-coreano iniciava sua sessão anual, um dia

eUA enviaram caças que não podem ser detectados por radares inimigos depois dos líderes do partido comunista terem consagrado em lei o direito de Pyongyang possuir armas nucleares. O anúncio foi feito também depois de os Estados Unidos informarem que enviaram caças que não podem ser detectados por radares inimigos para a Coreia do Sul, como parte dos exercícios militares conjuntos.

Em reunião com graduados oficiais militares e com o ministro da Defesa Kim Kwan-Jin, Park disse ter levado “muito a sério” a série quase diária de ameaças que vem sendo feita pela Coreia do Norte no último mês. “Eu acredito que devemos retaliar, de maneira forte e imediata, sem quaisquer outras considerações políticas se (Pyongyang) fizerem qualquer provocação contra nosso povo”, afirmou ela. Park, uma conservadora que havia defendido em engajamento cauteloso com o Norte durante sua campanha, tem sido compelida a tomar uma postura mais dura após assumir o cargo, em fevereiro. O ministro da Defesa deixou claro que o Sul pode realizar ataques preventivos contra instalações nucleares e de mísseis norte-coreanas no caso do surgimento de hostilidades. “Vamos... bestabelecer a chamada ‘dissuasão ativa’ com o objetivo de neutralizar rapidamente as ameaças nucleares e de mísseis do Norte”,

afirmou Kim. A península coreana entrou num ciclo de crescentes tensões desde que Pyongyang lançou, em dezembro, um foguete de longo alcance, que segundos críticos do país foi um teste de míssil balístico. As sanções impostas pela Organização das Nações Unidas (ONU) foram seguidas por um teste nuclear, realizado em fevereiro, depois do qual mais sanções foram impostas e mais ameaças foram feias por Pyongyang, na medida em que a Coreia do Sul e os Estados Unidos realizavam exercícios militares conjuntos. Ontem, o Exército norte-americano informou que enviou caças F-22 Raptor na Coreia do Sul como parte dos exercícios militares, que recebem o nome de “Foal Eagle”. A Coreia do Norte já ameaçou atacar o território norte-americano e bases dos Estados Unidos no Pacífico em resposta ao uso dos aviões B-52 e B-2, com capacidade nuclear, durante os exercícios realizados neste ano.

“Eu acredito que devemos retaliar, de maneira forte e imediata, sem quaisquer outras considerações políticas se (Pyongyang) fizerem qualquer Park Geun-Hye provocação contra presidente da nosso povo”. Coreia do Sul

Premiê reformista A retórica belicosa adotada pela Coreia do Norte nas últimas semanas ficou em segundo plano, pelo menos temporariamente, ontem com o anúncio do novo primeiro-ministro do país. Após declarar que a construção da bomba nuclear e uma economia forte são as prioridades, o governo recolocou no topo do gabinete norte-coreano Pak Pong Ju, conhecido por propor a reformulação de políticas econômicas. A reaparição de Pak Pong Ju como primeiro-ministro na sessão anual de primavera do Parlamento é vista por analis-

tas como um sinal claro de que o líder Kim Jong Un está recuando em seus comentários recentes e prometendo focar no fortalecimento do desenvolvimento da economia. A Organização das Nações Unidas dizem que dois terços da população do país de 24 milhões de pessoas enfrenta falta constante de alimentação. Park era primeiro-ministro quando foi demitido em 2007, após propor um sistema de salários no estilo dos EUA. A escolha do governo sinaliza que Pak terá um papel importante na formação da política econômica novamente. “Par Pong Ju é a face da reforma econômica, com as características da Coreia do Norte”, afirmou John Delury, professor e analista da Coreia do Norte Universidade de Yonsei em Seul. Qualquer mudança econômica não deve ser radical, afirmou Delury, e, por enquanto, ela deve ser principalmente um desejo. Uma mudança possível seria a transferência de parte dos gastos militares para a economia como um todo, avalia o professor.

Pyongyang reagiu com fúria aos exercícios militares da Coreia do Sul e dos EUA e à nova rodada de sanções da ONU e dos EUA que se seguiu ao seu teste nuclear de 12 de fevereiro, o terceiro do país. Analistas não acreditam em uma escala total de ataques por parte de Coreia do Norte e dizem que as ameaças estão mais relacionadas com esforços para provocar políticas mais flexíveis em direção a Pyongyang por parte do novo governo de Seul, para vencer as discussões diplomáticas com Washington e solidificar as credenciais militares do jovem líder norte-coreano em casa. Apesar do aumento da hostilidade, há uma mudança distinta na retórica da Coreia do Norte para uma mensagem que busca equilibrar esforços para fazer uma reviravolta na moribunda economia com os acontecimentos nucleares. “Existe o perigo de isso chegar eles permanecerem em pé de guerra permanente”, afirmou Delury. “No centro dessa tensão, retórica militar e postura, Kim Jong Un está dizendo, “vejam, estamos focados na economia, mas estamos fazendo isso com nosso meio de intimidação nuclear intacto”. (As informações são da Associated Press e Dow Jones)

CURTAS Energia

Sífilis

Imposto

CNJ

Mensalão

Vazamento

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, assinou ontem o termo de cooperação do Plano Inova Energia, por meio do qual serão investidos R$ 3 bilhões no desenvolvimento da área energética no país. Para o projeto, o BNDES disponibilizará um orçamento de R$ 1,2 bilhão, que formará o fundo de financiamento com mais R$ 1,2 bilhão da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e R$ 600 milhões da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Com esse orçamento, empresas sediadas no Brasil poderão receber créditos com taxas reduzidas, subvenções e dinheiro não reembolsável para o desenvolvimento de pesquisas, explicou o presidente do BNDES.

A Mobilização Nacional de Prevenção e Testagem de Sífilis (doença sexualmente transmissível) começou ontem e vai até o próximo domingo (7) em todo o país. De acordo com o Ministério da Saúde, a campanha tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância do diagnóstico precoce da doença. Segundo boletim epidemiológico divulgado pelo ministério, em 2011 foram registrados 14 mil casos de sífilis. Por meio do Fique Sabendo, a população terá acesso ao teste rápido de sífilis durante toda a semana. Nos casos positivos, as pessoas terão de exames complementares em laboratórios. Até agora, dos 26 estados, 20 solicitaram ao Ministério da Saúde 128.740 testes rápidos para sífilis.

Em um mês desde o início do prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física, apenas 22,3% dos contribuintes acertaram as contas com o Fisco. Até as 16h de ontem, a Receita Federal tinha recebido 5.797.085 declarações, de um total de 26 milhões esperadas para este ano. O prazo de entrega começou em 1º de março e vai até as 23h 59min 59s de 30 de abril. O programa gerador está disponível na página da Receita Federal desde 25 de fevereiro. Para transmitir a declaração, é preciso instalar também o Receitanet, disponível no mesmo endereço. Além da internet, a declaração do imposto de renda poderá ser encaminhada em disquetes de computador nas agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil.

O Conselho Nacional de Justiça lança hoje um novo recurso para evitar prisões ilegais, que ocorrem quando pessoas são detidas após a pena que receberam perder validade. O mecanismo, chamado Calculadora de Prescrição da Pretensão Executória, ficará acessível no Portal do CNJ na internet para ajudar magistrados a descobrir quanto tempo falta para a prescrição de determinada pena imposta a um condenado. A calculadora será lançada em Natal durante a abertura do Mutirão Carcerário no Rio Grande do Norte. Em 2011, o Conselho publicou uma resolução determinando que os juízes informem o prazo de prescrição da pena em todos os mandados de prisão. Dessa forma, o mandado só vale enquanto a pena não prescrever.

Terminou ontem o prazo dado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, para a publicação do acórdão do julgamento da Ação Penal 470, conhecida como mensalão. Relator do processo, ele pretendia publicar o acórdão dentro do prazo regimental de 60 dias. O atraso se deve ao fato de que três ministros não liberaram seus votos por escrito. Faltam os votos dos ministros Celso de Mello, Dias Toffoli e Rosa Weber. Como o prazo não foi cumprido, o ministro Joaquim Barbosa terá de aguardar os votos dos três ministros. Não há previsão para a liberação dos documentos. O acórdão traz um resumo do julgamento do mensalão e os votos dos ministros, e só após a sua publicação as partes podem recorrer.

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) multou ontem, em R$ 300 mil, a empresa Francis José Chehuan & Cia, responsável pela balsa de onde vazaram, na última terça-feira (26), cerca de 15 mil litros de óleo que contaminaram um trecho do Rio Negro, próximo a Manaus. A empresa foi notificada também para apresentar, em até 30 dias, um relatório circunstanciado do acidente. No documento, a empresa terá que detalhar o que ocorreu durante o vazamento, o que pode ter causado o acidente, as medidas adotadas para recolher o óleo que vazou e remediar o impacto causado pelo produto - o CAPCM20 - derivado do petróleo e usado para produzir massa asfáltica, bem como o que foi feito dos resíduos recolhidos no rio.

Governo vai investir R$ 3 bilhões

Saúde promove mobilização nacional

Apenas 22,3% entregaram a declaração

Calculadora vai evitar prisões ilegais

Publicação depende do voto de 3 ministros

Empresa é multada em R$ 300 mil


Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

8

Rural aRquitetuRa&uRbanismo

segunda-feiRa

RuRal

teRça-feiRa

saúde

quaRta-feiRa

mulheR

quinta-feiRa

tuRismo

veículos

sexta-feiRa

sábado&domingo

juiz livRa áRea de quilombo

Decisão da Justiça Federal impede que área de 3.500 hectares localizada no Distrito da Picadinha, seja demarcada como quilombo em Dourados; decisão em caráter liminar anula ato administrativo do presidente do Incra marcos santos marcos@progresso.com.br O juiz federal Francisco Neves da Cunha, da 22ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal (DF), mandou o presidente do Instituto Nacional de de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Carlos Guedes, retirar do processo de demarcação de área quilombola no Distrito da Picadinha, em Dourados, uma área de 3.538,6215 hectares pertencente a Alcides Pereira Cortez. “A decisão faz parte da ação cível núme-

Com decisão da Justiça, o ato administrativo do presidente do Incra não terá efeito para estudo e demarcação de terras ro 0059544-16.2012.4.01.3400 impetrada pelo produtor rural contra ato do presidente do Incra e deve refletir sobre os demais processos que contestam a existência de área quilombola em Dourados”, explica o advogado Cícero Costa, que representa o produtor na ação. Na ação, o advogado contesta o ato administrativo que teria conferido às terras da Picadinha a qualidade de “ocupadas por descenden-

tes de escravos”,ou seja, o ato declaratório, que deveria ser consequente de um amplo estudo tornou-se a causa da identificação das terras como quilombolas. Em sua defesa, o presidente do Incra alegou que o ato administrativo assegurava “um direito associado à identidade étnica do grupo, posto que a terra que vem sendo ocupada pelo grupo, bem como a terra que deveria estar sendo ocupada pelo grupo, é o elo que mantém a união do grupo e que permite a sua continuidade no tempo, através das gerações, possibilitando a preservação da cultura, dos valores e do modo peculiar de vida da comunidade.” Para o juiz federal Francisco Neves da Cunha o cerne da questão posta nos autos é o reconhecimento do caráter de Comunidade Remanescente Quilombola às terras cujo perímetro se consubstanciaria na Fazenda Alvorada, de propriedade de Alcides Pereira Cortez, dado em processo administrativo para regularização fundiária. “Sustenta a autoridade impetrada ser necessária a desapropriação das áreas inseridas no perímetro do território que o impetrante pretende demonstrar ser

héDIo fazan

Advogado Cícero Costa entende que decisão do Juiz Federal do Distrito Federal favorece outras ações

de sua propriedade para que haja comprovação do domínio”, relata o juiz. “O que pretende o impetrante é afastar a desapropriação porque não materializada uma das condições impostas pelo texto do art. 68, do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição da República Federativa do Brasil de 5 de outubro de 1988”, conclui. O magistrado lembra que o

Art. 68 da CF/88 garante que aos remanescentes das comunidades dos quilombos que estejam ocupando suas terras é reconhecida sua propriedade definitiva, devendo o Estado emitir-lhes os títulos respectivos. “Todavia, a ocupação das terras pelas comunidades afrodescendentes é uma circunstância essencial, que deve remontar à data da promulgação da Carta Políti-

ca da República, ou seja: ao dia 5 de outubro de 1988”, ressalta o juiz. “É dizer que o processo de desapropriação somente deve ser instaurado se demonstrada a ocupação das terras pela comunidade de remanescentes quilombolas já em 5 de outubro de 1988”, enfatiza. Para o juiz federal Francisco Neves da Cunha é fundamental observar que terras

quilombolas se caracterizam por essa situação de fato, não pela edição do procedimento demarcatório, que não tem caráter constitutivo. “Neste sentido, já teve ocasião de decidir a colenda Quinta Turma do egrégio Tribunal Regional Federal da 1ªRegião, em veredito razoavelmente recente, na Relatoria da eminente Desembargadora Federal Selene Maria de Almeida”, ressalta o magistrado. Finalmente, o juiz federal Francisco Neves da Cunha decide: “assim, caso não concedida a liminar requestada, o impetrante teria cancelada a matrícula do imóvel hoje constituído pela Fazenda Alvorada, situação esta que já modificaria o status do processo, quiçá com consequências na futura prolação da sentença, o que constitui matéria de ordem pública, assaz significativa. Com estas considerações, de fato e de direito, concedo a liminar para determinar ao presidente do Incra, até ulterior deliberação, adote as providências necessárias no sentido de promover a imediata sustação do Processo Administrativo nº 54290.000373/2005-12 bem como dos atos já levados a efeito”.


Orientação

AAGD alerta para o Dia Mundial do Autismo pág. 2

dia a dia

Capital

Alunos da UEMS têm ‘aula’ em calçadão pág. 3

Câmara

Dourados, terça-feira 2.4.2013

Vereador Silas Zanata (PV) sugere a criação de setor de fisioterapia nos postos de saúde de Dourados pág. 2

O prOgrESSO

HEDIO FAZAN

Em Dourados, cartórios já começam a receber fluxo maior de eleitores devido à campanha pela regularização do título. Zonas eleitorais ficam abertas durante a semana das 12h às 18h

Mais de 3 mil podem perder o título de eleitor em Dourados

Eleitores que faltaram às últimas três eleições e não jutificaram têm até o dia 25 de abril para se regularizar Valéria Araújo valeria@progresso.com.br Dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS) mostram que, em Dourados, 3.036 eleitores podem ter o título cancelado. Tratam-se de pessoas que deixaram de votar nas últimas três eleições, não justificaram nem pagaram a multa pela falta. Para se regularizar, o eleitor deve comparecer ao Cartório Eleitoral até o próximo dia 25 munido de documento oficial com foto, o título, comprovante de votação ou de justificativa elei-

toral. O eleitor deverá pagar multa no valor de R$ 3,50 por eleição que deixou de votar e justificar. De acordo com a chefe da 43ª Zona Eleitoral de Dourados, Milca Pereira,

Para ficar em dia com a Justiça Eleitoral, faltante deverá pagar o montante de R$ 3,50 por eleição que deixou de votar se um eleitor deixou de votar no primeiro e no segundo turno de uma mesma eleição, já serão contadas duas eleições para efeito de cancelamento.

Em Dourados, o eleitor deve ficar atento à eleição de 2011 que foi suplementar devido à renúncia do então prefeito Ari Artuzi. Segundo Milca, além das extemporâneas serão contadas faltas às eleições municipais e referendos. Não serão computadas as eleições que tiverem sido anuladas por determinação da Justiça. Os eleitores no exercício do voto facultativo, como os menores de 18 anos, maiores de 70 anos e os analfabetos não serão identificados nas relações de faltosos. As pessoas com deficiência para as quais

o cumprimento das obrigações eleitorais seja impossível ou extremamente oneroso também não terão o título cancelado. Milca diz que devido às

Em todo o Estado, a Justiça Eleitoral poderá cancelar 27 mil títulos de pessoas que não votaram nas três últimas eleições campanhas de divulgação da Justiça Eleitoral, já há forte procura em Dourados pela regularização do título. Em todo o Estado, 27.966

eleitores são considerados faltosos nas últimas três eleições. Em todo o Brasil, 1.512.884 eleitores não votaram e não justificaram a ausência. A Justiça Eleitoral ressalta que não será expedido qualquer tipo de notificação ao eleitor, seja de forma impressa (correspondência) ou eletrônica (e-mail), sobre a situação do título. O não comparecimento ao Cartório Eleitoral para comprovação do exercício do voto, da justificativa de ausência ou do pagamento das multas correspondentes,

implicará no cancelamento automático do título de eleitor, entre 10 a 12 de maio de 2013. Quem não regularizar a situação do título eleitoral a tempo de evitar o cancelamento do registro poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e obter certos tipos de empréstimos e inscrição. A relação das inscrições passíveis de cancelamento ficará disponível nos cartórios eleitorais para consulta através do site do TRE (www.tre-ms.jus.br).


2

Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

Dia a Dia

Associação alerta para Dia Mundial do Autismo entidade fará dia de conscientização sobre a síndrome para ajudar as pessoas a identificar cada vez mais cedo crianças autistas para iniciar o tratamento Divulgação

Da redação/Dourados progresso@progresso.com.br A Associação de Pais e Amigos dos Autistas da Grande Dourados (AAGD) está alertando para a importância do Dia Mundial do Autismo, que é lembrado hoje, com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre o problema que atinge milhões de pessoas em todo o planeta. Em Dourados, a AAGD realiza todo ano blitz com divulgação sobre a síndrome, com intuito de alertar a sociedade como reconhecer uma criança autista para começar o tratamento o quanto antes. Neste ano, o dia de conscientização acontece na Praça Antonio João, no próximo sábado, para lembrar o Dia Mundial do Autismo. Serão distribuídos panfletos, balões personalizados e fitas azuis para sensibilizar a sociedade sobre a complexidade do distúrbio, a necessidade de mais

Dia de conscientização sobre o Autismo acontece sábado, na Praça Antonio João com panfletagem e orientações pesquisas e a importância da inclusão social. Durante a mobilização, os integrantes da associação estarão trajando azul, cor símbolo do autismo. Isso porque a síndrome é quatro vezes mais comum nos meninos do que meninas. A Guarda Municipal e Polícia Militar serão parceiras do evento novamente. O Autismo é uma síndrome que afeta o desenvolvimento em três importantes áreas: comunicação, socialização e comportamento. “No mundo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que tenhamos 70 milhões de pessoas com au-

Ana Cláudia e pais durante o Dia de Conscientização sobre o Autismo, realizado no ano passado

tismo. No Brasil, a estimativa é de 2 milhões de autistas. O autismo é mais comum em crianças, por exemplo, do que se somarmos os casos infantis de câncer, diabetes e Aids, juntos”, enfatiza Ana Cláudia Pereira da Silva Brito, presidente da Associação de Pais e Amigos dos Autistas da Grande Dourados. Ela explica que a ONU criou O Dia Mundial da Conscientização do Autismo no fim de 2007, iniciando a campanha em 2 de abril de 2008. Desde então, anualmente o mundo todo se ilumina de azul pelo autismo. Os familiares dos autistas estarão presentes na praça. “Nossa proposta é chamar a atenção da sociedade e esclarecer o que é o autismo, como identificar, bem como orientar sobre

a inclusão social”, ressalta. Em Dourados, 30 famílias são integrantes da associação fundada há quatro anos. “Juntos buscamos mecanismos para nos fortalecer, levar atendimento aos autistas e inserí-los da melhor forma possível na sociedade”, ressalta Ana Cláudia. “O nosso maior desafio é encontrar atendimento integrado para as crianças, já que os autistas precisam de equipe multiprofissional”, continua. “Como em Dourados não há uma centro específico, temos que levá-los separadamente em cada profissional, o que compromete o tratamento e o custo é muito elevado para as famílias”, conclui Ana Cláudia. Ela ressalta que muitas famílias não sabem que o filho é autista e quando descobrem

Vereadora Virginia Magrini quer legislativo independente Thiago Morais

“Os vereadores foram eleitos para fiscalizar a prefeitura e suas secretarias” De Dourados progresso@progresso.com.br “As atuais investidas do executivo municipal têm influenciado na Câmara dos Vereadores”. Este é o pensamento da vereadora Virginia Magrini (PP). Segundo a parlamentar, as reuniões de pré-pauta com a presença de secretários municipais e ausência de 17 vereadores na audiência “Mais Saúde - Um Novo Hospital para Dourados”, realizada pelo deputado federal Marçal Filho (PMDB) na Casa de Leis de Dourados “mostra a influência do executivo sobre o legislativo na cidade”, diz.

Virginia diz que André pediu para ela manter postura fiscalizadora

“Os vereadores foram eleitos para fiscalizar a prefeitura e suas secretarias. No meu ponto de vista, os papéis estão invertidos. A Câmara tem que trabalhar sem influência de se-

cretários ou prefeito”, ressaltou Virginia. Sobre a audiência pública realizada na Câmara, dia 16, que contou com a presença do governador André Puccinelli

Enersul deflagra operação para combater o furto de energia Fraudes oneram a conta de energia de 4% até 17%, aponta a concessionária De Campo Grande progresso@progresso.com.br A Enersul deflagrou operação para combater o furto de energia em mais de 150 mil

imóveis no Estado. Segundo a empresa, o número é 7% maior que o a do ano passado e inclui desde simples moradia a grandes plantas industriais. O trabalho inclui criteriosa análise sobre o histórico de consumo e as denúncias que entram por meio dos canais de atendimento ao público.

Em caso de violação dos lacres e adulteração no medidor, o equipamento é substituído e encaminhado para perícia técnica no Inmetro. O furto de energia causa risco de morte a quem vive num imóvel com esse tipo de ligação, pode gerar interrupções no abastecimento e causar prejuízo aos clientes hones-

a criança já cresceu. “Quanto mais cedo descobrir, melhor será o tratamento”, alerta. Recentemente foi aprovada e sancionada a Lei nº 12.764, de 27 de dezembro de 2012, esta Lei institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. “Precisamos fazer agora essa Lei sair do papel e virar realidade e isso cabe a nós os pais dessas crianças tão especiais lutarem pelos seus direitos”, finaliza Ana Claudia Pereira da Silva Brito. A sede da Associação de Pais e Amigos dos Autistas da Grande Dourados (AAGD) está localizada à Rua Eisei Fujinaka, 705 –Bairro Altos do Indaiá. Telefone para contato 3426-8147 e 8468-1906. E-mail: aagd.autismo@hotmail.com.

(PMDB), dos deputados federais Marçal Filho e Antônio Carlos Biffi (PT) e dos deputados estaduais Laerte Tetila (PT) e George Takimoto (PSL), Virginia informou que faltou interesse dos representantes dos douradenses. “Esta é uma obra que pode acabar com o problema que a saúde tem enfrentado no município, e assim como eu, todos os vereadores também receberam o convite para a audiência, mas não compareceram. Tivemos a presença de vários prefeitos de cidades vizinhas que estão interessados na construção deste hospital. Mas, o prefeito de Dourados que seria o principal beneficiado não apareceu”, enfatizou a vereadora. Virginia diz que continuará com a mesma postura que vem tendo desde que assumiu o mandato . O governador pediu empenho da vereadora para que o prefeito faça a doação do terreno o mais rápido possível para a construção do Hospital Regional.

tos já que, uma parte dos custos da energia desviadas pelas fraudes, é rateada entre todos os consumidores. Só no ano passado, enquanto a Enersul identificou e tomou as medidas legais contra 31.715 consumidores com irregularidades, sendo 30% reincidentes, o furto de energia causou, ao País, um prejuízo de R$ 5 bilhões, no mesmo período. Por conta das fraudes o impacto na tarifa do consumidor honesto, dependendo da concessionária, variou de 4% a 17%.

Direito do povo ARTIGO DO DIA Carlos Magno Couto O autor é advogado e Conselheiro Estadual da OAB/MS*

S

e no passado prerrogativa podia ser confundida com privilégio, na atual quadra, prerrogativa da advocacia significa imperativo legal de exercício de sua função pública, sob pena de subversão das franquias democráticas e de aniquilação dos direitos do cidadão. A Ordem dos Advogados do Brasil, de inspiração francesa, com funda raízes no togarum consortium dos romanos, também denominado collegium, desde sua criação em 18 de novembro de 1930, luta pelos direitos da humanidade, assim como, contra toda e qualquer prática abusiva e atentatória à dignidade da profissão e às normas éticas que lhe regram o exercício. Aqui no Mato Grosso do Sul, vivencia-se uma ação afirmativa e pedagógica de onze mil advogados contra as violações a direitos, prerrogativas, dignidade e prestígio da advocacia. O dever do advogado é dignificar a cidadania encerrada em nós mesmos. Não permitindo que o Direito seja pisoteado impunemente, posto que a função do advogado consiste em ser, por exemplo, em sede penal, ao lado do acusado, inocente ou culpado, a voz de seus direitos. Esta é uma posição de defesa de princípios. Por outro lado, a utilização do instituto do Desagravo Público a favor de advogados ofendidos no exercício da profissão constitui um pregão cívico e solidário da advocacia contra a afronta à autoridade do Estatuto da Advocacia brasileira, de modo

a proteger a altivez do advogado, dando efetividade ao lema preconizado pelo battonier da atual gestão do Conselho Federal: “Advogado respeitado, cidadão valorizado”. Isso porque, as prerrogativas insuprimíveis da cidadania são exercidas pelo advogado, mas pertencem aos cidadãos. Logo devemos exigir o respeito ao advogado do cidadão por parte de todas as autoridades públicas. Assim, a Ordem na grandiosa significação de sua finalidade, não compactua com aqueles que teimam em agir fora das balizas normativas do Estado de Direito, até porque, os direitos e deveres da Advocacia interessam ao próprio Estado, cabendo a este o dever de protegê-los contra qualquer restrição. Há setores do poder público que, na realidade, não são contemporâneos do presente. São remanescentes dos estágios mais primitivos de nossa formação cultural. Os procedimentos estatutários da Ordem e da democracia são decepcionantes para aqueles que não têm apreço pela Justiça nem pelo Estado Democrático de Direito. Essa luta deve ser permanente, pois como dizia Nelson Rodrigues, subdesenvolvimento não se improvisa, é uma obra de séculos. O advogado com as mãos sobre o Estatuto da OAB, deve sempre reafirmar para si mesmo, o juramento de manter, defender e cumprir as finalidades da corporação, exercendo com dedicação e ética a profissão e pugnando pela dignidade, independência, prerrogativas e valorização da advocacia, cumprindo dessa maneira o seu papel social de garantidor dos valores constitucionais dos cidadãos. Honrar a advocacia e poder falar em Justiça, liberdade, democracia, lutando com ciência e consciência pela evolução civilizatória dos direitos do povo, é algo que dá sentido às nossas vidas e um certo respeito por nós mesmos, sobretudo quando mantemos as mãos limpas para acariciar o rosto de nossos filhos.

Vereador Zanata sugere fisioterapia nos postos Thiago Morais

Camadas carentes não podem obter benefícios de modo independente De Dourados progresso@progresso.com.br

O vereador Silas Zanata (PV) fez indicação ao prefeito Murilo Zauith (PSB), com cópias aos secretários Sebastião Nogueira (Saúde) e Jorge Zito Filho (Governo), para que adotem providências no sentido de criar setor de fisioterapia nos postos de saúde da rede pública em Dourados. Silas justifica que as camadas mais carentes da população não podem obter esses benefícios de modo independente. “É com objetivo de facilitar o acesso aos atendimentos em nível de tratamento e prevenção nas áreas de fisioterapia e terapia ocupacional que apresentamos a proposta de levar estes atendimentos até a população, por meio da lotação de profissionais em cada um dos postos de saúde do município. Desta forma, permitiremos um maior acesso da população a esses serviços; evitando grandes deslocamentos, já dificultados pelas limitações físicas, mentais e econômicas”, completa. O vereador diz acreditar na reversão do quadro atual em que, segundo a Or-

Zanata também quer silêncio perto de escolas e postos

ganização Mundial de Saúde (OMS ), 10% da população portam qualquer tipo de deficiência e só 2% têm acesso às instituições, em muitos casos, pela dificuldade de locomoção em função da limitação física. “Pode-se minimizar esta situação ao manter o serviço especializado na própria comunidade. Muitos poderiam se beneficiar, pois o profissional fisioterapeuta e terapeuta ocupacional são habilitados a tratar uma gama de patologias, desde o pré-natal, passando pela criança, o adulto, até o idoso”, observa. Zanata também solicitou sinalização e orientação em áreas de escolas, hospitais e demais unidades de saúde, públicas e particulares, para garantir conforto e segurança dos usuários.


Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

3

Dia a Dia

Em protesto, alunos da UEMS têm ‘aula’ em calçadão na Capital estudantes levaram carteiras para o centro de Campo grande e simularam um aulão em manifesto contra a atual estrutura física da universidade na Capital; protesto segue até a próxima sexta-feira Flávio Verão progresso@progresso.com.br Estudantes dos sete cursos de graduação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), campus de Campo Grande, continuam em protesto pelo terceira semana consecutiva. De forma inusitada, eles iniciaram ontem um ‘aulão’ na calçada entre as ruas Barão do Rio Branco e a 13 de Maio, centro da cidade. O manifesto segue até sexta-feira. Para chamar a atenção, os estudantes levaram cadernos, livros, caneta e carteiras para simular o aulão de rua. “Algu-

Estadual Hércules Maymone e a Irmã Bartira. “Não há infraestrutura adequada para dizer que nesses locais funcionam cursos universitários”, questiona a estudante. O manifesto desta semana tem início às 10h e segue até as 16h. Os alunos dos cursos de Artes Cênicas e Dança, Geografia, Letras Bacharelado, Letras (Português-Espanhol), Letras (Português-Inglês), Pedagogia e Turismo se revezam durante o ‘aulão’. O manifesto é representado por uma comissão de estudantes que critica a falta de espaço físico e que nenhum curso está sendo contemplado

Alunos iniciaram ontem aulão na calçada entre as ruas Barão do rio Branco e a 13 de Maio, centro de Campo grande

“Não há infraestrutura adequada para dizer que nesses locais funcionam cursos universitários”, dizem os alunos

ma coisa tem que ser feita por nós. Estamos cansados de promessa e pouca ação. A população tem que saber da atual realidade do campus da UEMS na Capital”, disse a estudante Fabíola Brandão, do curso de Letras. Na semana passada, os estudantes saíram em protesto nas ruas de Campo Grande. A UEMS tem sede em Dourados e campus em outras 14 cidades de Mato Grosso do Sul. Somente Campo Grande não tem prédio próprio. Os cursos na Capital funcionam em salas de aulas improvisadas em duas instituições de ensino, a Escola

com laboratórios exigidos nos projetos pedagógicos, o que ocasiona uma defasagem no processo de ensino/aprendizado, pesquisa e extensão. De acordo com Fabíola, outra preocupação, além do prédio próprio, é a avaliação dos cursos da unidade que será feita ainda este ano. “Os três cursos que formam as primeiras turmas (Letras, Geografia e Artes Cênicas) devem passar pela avaliação. Nós sabemos que se os cursos forem reprovados, serão fechados. Não queremos correr o risco de concluir um curso que não será reconhe-

Hospital Veterinário da Unigran investe em diagnóstico Di vulgação

Aparelho de ultrassonografia avalia o sistema cardíaco do animal Unigran conta com aparelho de ultrassonografia que visualiza o filtro sanguíneo do animal

De Dourados progresso@progresso.com. br O Hospital Veterinário da Unigran tem investido sempre para que seja realizado o melhor atendimento aos animais de pequeno, médio e grande porte. A última aquisição foi o aparelho de ultrassonografia - Mindray Colorido M5 VET - que possui dobler (técnica que visualiza o filtro sanguíneo) para avaliar a área cardíaca, caso o animal de pequeno porte tenha refluxo, insuficiência cardíaca congestiva etc. O médico veterinário Guilherme dos Santos diz que o aparelho dá mais informações para se chegar a um diagnóstico mais preciso,

pois a qualidade de imagem é bem maior. “Para o setor acadêmico é melhor ainda, porque a tela é de 15’’, o de antigamente era de 10’’ para os acadêmicos acompanharem e se caso quiséssemos colocar uma TV de 50’’, também dá. Tem entrada para impressora, podendo até mesmo fazer vídeos. E esse aparelho é utilizado em centros de diagnósticos especializados e para animais de pequeno porte”, conta. De acordo com o médico, o aparelho traz facilidade de diagnóstico. “Com esse aparelho de ultrassom podemos fazer, por exemplo, um exame para ver se existe insuficiência da válvula mitral do animal. Antigamente esse exame era feito no raio-X, que era muito superficial. Agora podemos ter mais acesso a resultados rápidos e satisfatórios para um melhor tratamento”, destaca.

Divulgação

estudantes da UeMs da Capital se revezam em protesto no calçadão na área central

cido, por isso queremos uma solução com urgência nesse impasse”, explica. Já, Ederlon Correia, do curso de Geografia, disse que os estudantes não sabem o que é um laboratório. “Diante da precariedade, da falta de investimento, não tive-

Cães e gatos FIV e FeLV ou Imunodeficiência Felina e Leucemia Felina são doenças transmitidas através da mordida e lambedura de gato para gato altamente infectocontagiosa. O Hospital Veterinário da Unigran está à disposição da comunidade com kits de testes para o diagnóstico e tratamento dessas doenças. A médica veterinária Marcela Lima explica como é feito o processo de vacinação e tratamento, caso o animal já tenha contraído alguma dessas doenças. “São feitas três doses e o animal a partir dos 45 dias de vida, já recebe a primeira dose da vacina, depois são feitos três reforços uma vez por mês e uma vez por ano. E com essas vacinas evitamos a transmissão de doenças, porque a FIV e FELV são altamente contagiosas”. Para os cães, o Hospital Veterinário possui os testes para SNAP Canino 4DX. É um teste de diagnóstico para Erlichia, Babesia e Anaplasma, doenças transmitidas ao cão pelo carrapato. “É um teste rápido, coleta o sangue na hora, só pinga uma gotinha e depois de três a quatro minutos está pronto o exame que não tem nenhuma contraindicação”. “O tratamento dos cães é super tranquilo: fazemos terapia, caso esteja muito doente, ele acaba sendo internado, pode ser necessária realização da transfusão do sangue e também o tratamento é feito por medicação intravenosa. Se a doença estiver em fase inicial, o animal é tratado em casa. Já no caso dos gatos, as duas doenças são muito complicadas de ser tratadas. Porque a imunodeficiência é como a Aids. Qualquer contato com a bactéria o organismo já consegue responder. Tentamos dar uma estabilidade na qualidade de vida do animal, mas não tem cura”, explica a médica.

mos até agora aula em laboratório, atividade essencial para a nossa formação. O pior de tudo é que as salas de aulas improvisadas nas escolas do Estado não oferecem condições para um ensino universitário de qualidade”, disse ele.

Projeto A unidade de Campo Grande já tem o local e o recurso de R$ 45 milhões para iniciar a construção e segundo a assessoria da universidade, as obras devem começam em junho deste ano. O pré-projeto já foi anali-

Pepa propõe acesso às informações de serviço público Programa ‘Poupa Tempo’ visa a desburocratizar a informação De Dourados progresso@progresso.com.br

O vereador Pedro Pepa (DEM) propôs, na Câmara, que sejam enviados esforços visando à implantação do Sistema Poupatempo em Dourados, a exemplo do modelo existente há mais anos em várias cidades do Estado de São Paulo. “Trata-se de um programa que visa a facilitar o acesso do cidadão às informações e serviços públicos em um único local, num amplo leque de órgãos e empresas prestadoras de serviços de natureza pública/privada, facilitando o atendimento e a desburocratização”, explica. Pepa sugere a realização de parceria com empresas privadas e órgãos públicos para que em um único lo-

cal sejam realizados diversos serviços, como a emissão de Carteira de Identidade, de Habilitação, de Trabalho, Licenciamento de Veículos, Atestado de Antecedentes Criminais, operadoras de telefonia móvel e fixa e guichês rápidos de agências bancárias. Existe também a ideia de atendimento online por uma espécie de e-poupatempo, que incentivaria os serviços de utilidade pública, como consulta de débitos de IPVA, DPVAT, multas de trânsito, pontos na CNH, registro de Boletim de Ocorrência, entre outros serviços. “A ideia é aproveitar a Central do Cidadão, órgão douradense que poderia ser adaptado ao modelo paulista para atendimento de nossa gente, onde, em um único e amplo local, órgãos públicos e empresas privadas realizariam atendimentos mais simples e rápidos, visando à descentralização e a redução de tempo de espera da população”, explica o vereador. Thiago Morais

Vereador Pedro Pepa propõe sistema de acesso à informação

sado em reunião e o governo do Estado lançou a licitação para a contratação da empresa que fará o projeto executivo de arquitetura. A abertura das propostas será neste mês, na sede do órgão, no Parque dos Poderes. Ainda de acordo com a assessoria, todas as solicitações para a infraestrutura da UEMS estão em processo de andamento. No ano passado, conforme explicou, a universidade fez a maior compra de acervo bibliotecário e parte dos materiais foram encaminhados para Campo Grande. Isso também ocorreu com a aquisição de computadores para sala de informática. Sobre investimento humano, a assessoria informou que a instituição está finalizando edital para lançamento de concurso para técnico administrativo e de professores. Quanto à avaliação dos cursos, segundo a assessoria, será feita pelo Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso do Sul e não pelo Ministério da Educação (MEC), por se tratar de uma universidade estadual. O Conselho é responsável por constituir e enviar uma comissão composta por professores, de outras instituições de ensino superior e de áreas afins àquelas avaliadas, que visita em loco as instalações da Universidade e atribui os devidos conceitos aos cursos analisados.

Voluntário busca ajuda para doar PCs reciclados empresas ou pessoas podem doar equipamentos para o projeto social De Dourados progresso@progresso.com.br

Mesmo com as facilidades para se comprar um computador (PC) de última geração em suaves prestações mensais, ainda há pessoas que buscam no mercado equipamentos usados, que sirvam para as atividades essenciais, como acesso à internet e elaboração de textos. Na maioria das vezes, são estudantes do ensino médio e universitários que têm seu orçamento apertado. De acordo com o jornalista e técnico em eletrônica, Ademir Machado, que há mais de dois anos vem reciclando computadores descartados, ainda aparecem pessoas buscando equipamentos para doação. “O problema é que não temos memórias e discos rígidos para completar algumas máquinas que estão desmontadas. Sabemos que oficinas de informática e grandes empresas, incluindo instituições de ensino, descartam grandes quantidades de equipamentos, que são enviados ou para a Capital ou outros estados”, disse ele. Empresários que vão descartar equipamentos de informática (exceto monitores de tubo), incluindo impressoras matriciais que ainda funcionam, podem entrar em contato com o jornalista pelo fone 34270434 no horário comercial ou pelo e-mail: recicladourados@gmail.com


Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

4

Dia a Dia

Avançam os casos de dengue do tipo 4 em Mato Grosso do Sul O aumento foi de pouco mais de 100% em relação aos últimos dez dias; o Estado contabiliza 73.846 notificações de casos de dengue com 22 mortes

AprosojAMs

Produção de 6 milhões de toneladas do grão proporcionou uma safra recorde de soja em Mato grosso do sul

MS finaliza safra de 6 milhões de toneladas de soja Com média de 48 sacas por hectare, o estado encerrou a colheita de soja De Dourados progresso@progresso.com.br

O mapa mostra incidência da dengue nos municípios de Mato grosso do sul

Marli Lange marli@progresso.com.br Os casos de dengue tipo 4 avançaram em pouco mais de 100% nos últimos dez dias em Mato Grosso do Sul. Conforme boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgado na quarta-feira passada, 13 cidades já confirmaram o novo sorotipo que há pelo menos 30 anos não atingia o território brasileiro. Segundo o Laboratório Central (Lacen), até a semana passada foram inoculadas 353 amostras de isolamento viral. Dessas, 222 deram positivas, sendo que 102 foram para dengue 4, enquanto 48 para a dengue 2, e 72 para a dengue 1. Há cerca de dez dias, eram 51 amostras positivas para a dengue 4. Isso mostra que o virus está dominante no Es-

tado. De acordo com os especialistas, o Estado não está imune a uma epidemia em todos os 79 municípios, já que a população está sensível a esse tipo de vírus porque há décadas que este não atingia o Brasil. Até a semana passada, o Mato Grosso do Sul totalizava 73.846 notificações com 22 mortes confirmadas pela

O vírus tipo 4 atinge 13 cidades que tiveram isolamento viral positivo; são 102 tipo 4, 48 dengue 2, e 72 para dengue 1 doença. Em Campo Grande, a dengue já fez 10 vítimas fatais. Foram confirmadas dengue 4 nas cidades de Amambai, Anastácio, Bonito, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Jardim, Miranda, Nova Andradina, Rio Verde do MT, São Ga-

briel do Oeste, Sidrolândia e Três Lagoas.

do para a localidade num determinado período de tempo.

Incidência O Boletim Epidemiológico do Estado revela que 71 municípios mantêm alto percentual da doença para cada 100 mil habitantes. A maior incidência ocorre no município de Nova Alvorada do Sul, com um índice de 7.602,3 para uma população de 16.929 habitantes. O menor é em Juti com índice de 335 para 5.971 habitantes. Conforme o Ministério da Saúde, entre os critérios considerados para que um município entre em epidemia de dengue está o registro de mais de 300 casos por 100 mil habitantes, curva ascendente de transmissão da doença sustentada por três semanas ou mais consecutivas, e com números acima do limite espera-

Dengue 4 Os sintomas da dengue tipo 4 não são diferentes dos outros vírus (tipo 1, 2 ou 3). São semelhantes aos de uma gripe forte, e podem surgir de 6 a 15 dias após a picada do mosquito, que em geral não é perceptível, nem coça como as picadas dos mosquitos em geral. Após o ‘ataque’, os sintomas da dengue tipo 4 surgem de repente, com dor no fundo dos olhos; febre alta repentina; dor nas articulações (juntas); dor muscular e cansaço extremo. Os sintomas da dengue tipo 4 começam a desaparecer por volta dos 15º dia após o início do aparecimento dos sintomas, embora geralmente o cansaço próprio da dengue ainda se mantém por mais tempo.

Com média de 48 sacas por hectare, Mato Grosso do Sul encerrou a colheita de soja correspondente à safra 2012/13. Mesmo com fatores climáticos negativos na região sul do Estado, a produção de 6 milhões de toneladas do grão proporcionou uma safra recorde, representando um aumento no volume de 20,4% em relação a colheita passada. A Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja MS) e a Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul) realizaram o levantamento da atual safra por meio do Sistema de Informações Geográficas do Agronegócio de MS (SIGA-MS) e divulgaram os números ontem. Os maiores índices de produtividade foram registrados nos municípios do Centro/Norte do Estado,

que apresentaram média de 55,5 sacas por hectares, com destaque para as propriedades de Chapadão do Sul, Costa Rica, Coxim, São Gabriel do Oeste e Sonora, que apresentaram médias acima de 52 sacas por hectares. Segundo dados do Siga-MS, a safra representou um acréscimo de 11% na área total destinada à soja em relação ao ciclo anterior, passando de 1,8 milhões de hectares para 2,1 milhões. No comparativo com a safra 2009/10, verifica-se que Campo Grande, Naviraí e Ponta Porã são os municípios que mais aumentaram sua área de produção da oleaginosa. A Capital do Estado teve acréscimo de 62% na área, passando dos 13 mil hectares para 21 mil; Naviraí destinava 47,1 mil hectares e acrescentou 30% de área, chegando a 61,1 mil hectares, enquanto que Ponta Porã passou dos 139,9 mil hectares para 176,7 mil, aumento de 26%. A média acumulada de chuva, entre outubro de 2012 e fevereiro de 2013 ficou em 697,9 milímetros, o que desfavoreceu o rendimento do grão.


Canal Zap

Dramaturgia

PÁG. 2

PÁG. 3

Cristiana Oliveira vive Yolanda em Salve Jorge

Sesc promove oficina de teatro infantil

caderno b Dourados, terça-feira 2.4. 2013

Inauguração de OKA Pisos e Acabamentos

O PrOgreSSO

Coluna Adiles

Mostra “Trajetos Urbanos” de Esther Casanova propõe reorganizar o espaço urbano por meio da utilização de fotografias

Primeira Temporada de Exposições do Marco inicia dia 9 Serão expostos trabalhos de Esther Casanova, de Evandro Prado, Henrique de França e Yara Dewachter De Campo Grande A Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul abre no próximo dia 9 de abril, às 19h30, no Museu de Arte Contemporânea (Marco), a Primeira Temporada de Exposições 2013 com quatro mostras: “Trajetos Urbanos”, de Esther Casanova, “Peccatoribus”, de Evandro Prado, “O Mesmo Sonho”, de Henri-

que de França e “Afogados”, de Yara Dewachter. “Trajetos Urbanos” é a exposição fotográfica da artista plástica Esther Casanova, de São Paulo, que propõe reorganizar o espaço urbano por meio da utilização de fotografias captadas durante o percurso diário entre a casa e o ateliê da artista. A mostra “Peccatoribus”, do artista campo-grandense Evandro

Prado, por meio das fotografias, alerta o visitante para a efemeridade da vida, o perigo das vaidades sociais e a eminência da morte utilizando os mais diversos materiais. “O Mesmo Sonho”, mostra do artista paulista Henrique de França, revela a efemeridade da memória coletiva e individual, relacionando figura e espaço de modo a propor uma relação entre a

distância física e a distância emocional. A exposição “Afogados”, da artista paulista Yara Dewachter, propõe uma instalação composta de pequenas e médias esculturas que consistem em bonecos de personagens de desenhos infantis que são “afogados” em parafina e expostos em prateleiras, criando um ambiente que lembra um labo-

ratório experimental que no conjunto refletem o momento de descoberta, a perda da inocência, a noção das injustiças e o real entendimento do mundo e suas possíveis e dolorosas relações. A Primeira Temporada de Exposições 2013 do Marco tem entrada franca e estará aberta à visitação de terça a sexta, das 12h às 18h. Sábados, domingos e feriados, das

14h às 18h. As obras permanecem em exposição até 2 de junho. Outras informações ou agendamento com escolas para a realização de visitas mediadas com as arte educadoras do Programa Educativo pelo telefone (67) 3326-7449. O Museu de Arte Contemporânea fica na Rua Antônio Maria Coelho, nº 6.000, no Parque das Nações Indígenas.


2

Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PROGRESSO

Variedades CANAL ZAP

Carol Borges/CZN.

canalzap@cartaznoticias.com.br

Do avesso Encarnar a perua Yolanda de “Salve Jorge” foi uma das melhores formas de se desvincular do papel da rude Aracy de “Fina Estampa” para Cristiana Oliveira. O figurino chamativo e os enormes saltos altos atraem a atenção da atriz, que chega a se estranhar no vídeo. “Fisicamente eu sou muito diferente na televisão. Eu nunca usaria aquelas roupas, aqueles saltos”, explica ela, que optou por não dar uma carga de sensualidade para sua personagem. “Eu quis fazê-la uma mulher grande e meio atrapalhada, que eu acho muito legal”, completa. Prestes a completar 50 anos, Cristiana não se incomoda com o fato de ter um papel que aparece esporadicamente no folhetim de Gloria Perez. A atriz, inclusive, prefere sempre se despir de qualquer vaidade na carreira. “Eu sou a favor do trabalho e do oficio”, afirma. Apesar de estar em um núcleo cô-mico, Cristiana acredita não ser muito apta para a comédia e não esconde sua preferência pelos clássicos e papéis mais densos. “Minha tendência é para coisas mais sérias. Eu não tenho aquela natureza da comédia. Tenho de usar técnicas para trabalhos cômicos”, ressalta.

“Fake’’ Thaís Fersoza irá manipular todos à sua volta para alcançar seus objetivos em “Dona Xepa”, próxima novela da Record. A intérprete da ambiciosa Rosália, filha da protagonista-título da história, cria um perfil # O “Infortú- em uma rede social. Embora utilize o mesmo nio” de hoje nome, ela muda seu recebe o vocalista Dinho sobrenome para enganar seus novos amigos, já Ouro Preto que finge ser uma mulher e a skatista da alta classe. Karen Jonz. rápidas # Estreia, hoje, na Record, a versão brasileira do “reality show’’ “Got Talent”.

Fim da linha ‘’Guerra dos Sexos’’ já tem seu desfecho pronto. Silvio de Abreu terminou de escrever o ‘’remake’’ durante um período nos Estados Unidos. “São 23 personagens. Todo mundo junto no mesmo cenário. Tenho de entregar os capítulos # O ‘’Pânico com antecedência para a na Band” produção fazer um bom do último trabalho”, explica o audomingo tor, que mudou os finais registrou 7 pontos de au- em relação à primeira diência, com versão. # Nesta terça, Reginaldo Faria volta a fazer uma participação em “Louco Por Elas”.

pico de 11.

O quadro “O Mundo Sem Mulheres”, do “Fantástico”. A produção mostra de forma bem-humorada a vida algumas famílias sem sua matriarca por sete dias.

novelas Rede Globo

nome de peso Após um longo período de negociações, Paloma

amantes O personagem de Mateus Solano em “Amor à Vida” terá um amante gay interpretado por Lucas Malvacini, o Mister Brasil. As cenas devem ir ao ar na primeira fase da novela em formato de ‘’flashback’’ para mostrar o passado homossexual do personagem. nova voz Ivete Sangalo irá assumir a música de abertura do seriado “A Grande Família”, que volta à programação na próxima quinta, dia 4. Durante os últimos 12 anos, a canção tema da produção era embalada pela voz de Dudu Nobre.

A participação de Marcelo Adnet no “Domingão do Faustão”. A presença do humorista se resumiu a um show de “stand up comedy’’, passando despercebida a divulgação do seriado “O Dentista Mascarado” .

DIVULGAÇÃO

FLOR DO CARIBE

GuERRA DOS SExOS

18h00 Isabel aceita o convite de Ciro, Amadeu e Rodrigo para conhecer sua casa. Cassiano colhe uma flor do Caribe para dar a Ester quando chegar ao Brasil. Bibiana tenta animar Donato. Cassiano e Duque conseguem embarcar em um ônibus que passa pela estrada. Alberto ordena a Hélio que feche a mina e se livre dos funcionários, ameaçando demiti-lo caso não cumpra suas ordens. Bibiana procura Hélio e pede para o filho arrumar um emprego para o pai. Dom Rafael manda os capangas procurarem Cassiano e Duque.

19h00 Nando e Roberta conversam emocionados. Vânia vai atrás de Ulisses na academia. Kiko aceita o plano de Lucilene e Dalete. Semíramis não deixa Frô entrar em casa. Nando se despede de Roberta. Olívia se preocupa com o jeito como Charlô fala sobre Dominguinhos. Felipe afirma que irá desmascarar Nando. Nando elogia Roberta para Ulisses. Vânia tenta se entender com Lucilene. Carolina insinua a Nieta que Felipe está interessado em Roberta. Nenê beija Charlô na frente de Dominguinhos.

Donato discute com Hélio. Amaralina oferece ajuda para esconder Cassiano e Duque em uma casa noturna.

Duarte é o novo nome escalado para ‘’Pecado Mortal’’, título provisório da primeira novela de Carlos Lombardi na Record. A atriz dará vida a Dorotéia e fará parte da família de bicheiros Ascar. A personagem terá diversos toques de vilania. O último travalho de Paloma havia sido em “Máscaras”.

SALvE JORGE 21h00 Théo e Morena se beijam. Nunes consegue falar com Helô. Lívia repreende Wanda por ter ido atrás do coronel. Lucimar descobre que a filha fugiu. Érica e Áurea se preocupam com o sumiço de Théo. Helô e Barros procuram Morena na casa de Théo. Morena volta para o esconderijo e Lucimar a repreende. Aída convida Antonia para seu casamento. Érica descobre que Morena está viva. Wanda é fotografada saindo do hotel. Érica conta para Márcia que acordou se sentindo mal.

ÁRIES De 21/03 a 20/04 a troca de informações será essencial no trabalho, proporcionando maior integração em relações e novos contatos. dia em que a comunicação e as palavras serão essenciais diante de seus relacionamentos mais íntimos e para esclarecer assuntos com quem mais gosta.

LIBRA De 23/09 a 21/10 este é o momento em que favorece contatos sociais, interesses culturais, planos para viagens e estudos em geral. Cuide para não querer encontrar explicações lógicas para os sentimentos de certas pessoas. Época positiva para conversas sobre costumes na vida a dois.

TOURO De 21/04 a 20/05 o momento é especial para definir algumas prioridades materiais e assuntos financeiros. período especial para se dedicar a novos estudos. a vontade de expor opiniões estará mais intensa, o que trará mais oportunidades para esclarecer assuntos diante de suas relações mais próximas.

ESCORPIãO De 23/10 a 21/11 o sigilo com informações e assuntos será vital para atingir metas ou resolver situações no trabalho. momento propenso a repensar parcerias diante de negócios. na vida amorosa, confidências, assuntos íntimos e mesmo a sexualidade tendem a ser vividos de maneira mais intensa.

GÊMEOS De 21/05 a 20/06 Um momento de forte relações sociais e contatos com pessoas diferentes. possibilita melhores entendimentos nas relações e a mediação de contatos em grupos e amizades. o poder de atração estará maior para paqueras. aposte mais no romantismo na vida amorosa.

SAGITÁRIO De 22/11 a 21/12 há propensões para esclarecimentos em assuntos que envolvam sociedades profissionais e de negócios. Com oportunidades para entendimentos com pessoas que pensam diferente de você, até mesmo em vínculos familiares.

CâNCER De 21/06 a 21/07 o momento é para refletir sobre sacrifícios que tenha feito aos outros e cuidar mais de si mesmo(a), especialmente na parte emocional, de saúde e espiritual. na vida afetiva, evite fugir de novos sentimentos e paqueras por causa de receios vinculados a situações passadas.

CAPRICóRNIODe22/12a 20/01 o momento é essencial para lidar com despesas mais emergenciais e úteis que envolvam sua rotina. as relações no trabalho estarão favorecidas, com oportunidades para novos contatos e parcerias. nos assuntos afetivos, poderá surpreender bem mais se valorizar gestos e situações simples com quem estiver.

LEãO De 22/07 a 22/08 o espírito de grupo e a interações com pessoas diferentes tende a ser proveitoso, tanto em assuntos profissionais como em períodos de lazer junto as amizades. nas questões afetivas, evite exigências ou se expor de forma radical na vida a dois. se estiver só, sua popularidade ajudará em paqueras.

AqUÁRIO De 21/01 a 19/02 sua originalidade e seu poder de interação será determinante em metas profissionais. divulgações também estarão favorecidas para proporcionar resultados no trabalho e em negócios. nas relações, a expressão dos sentimentos tende a ser mais intensa e afetuosa, especialmente na vida amorosa.

VIRGEM De 23/08 a 22/09 Momento para definir assuntos que envolvam sociedades e temas financeiros no trabalho. o modo de lidar com as relações profissionais terá mudanças, com melhores entendimentos e novos contatos. em qualquer relação, cuide para não esclarecer situações excedendo-se nas críticas e nos impulsos.

PEIXES De 20/02 a 20/3 tende a resolver assuntos que interferem em sentimentos que cultiva por outras pessoas. Bom momento para superar qualquer ressentimento ou sensação negativa ligada a alguém. a retomada de velhos hábitos será muito proveitosa na vida afetiva e junto a familiares.

palavras-cruzadas diretas

solução do nº anterior


Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PROgReSSO

3

Variedades

Sesc Dourados promove oficina

de teatro infantil

“O Corpo Poético em busca da Palavra Orgânica” será ministrada por Ana Carina Melo dos Santos, integrante do núcleo artístico da Companhia do Gesto do Rio de Janeiro Divulgação

De Dourados O Serviço Social do Comércio (Sesc) de Dourados promove de 5 a 7 de abril, a oficina “O Corpo Poético em Busca da Palavra Orgânica”, que será ministrada por Ana Carina Melo dos Santos, integrante do núcleo artístico da Companhia do Gesto do Rio de Janeiro. A oficina integra a programação do ciclo “Leituras em Cena”, que tem o intuito de fazer intercâmbio entre artistas de teatro, apreciadores, pesquisadores e público em geral. Este ano o foco é a dramaturgia direcionada para o público infantil. A oficina de Ana Carina vai acontecer no Salão Social do Sesc Dourados (Rua Toshi-

Oficina vai utilizar textos de Maria Helena Kühner e/ou Renata Mizhari voltados para o universo infantil dramaturgia, que resultarão ao fim do processo na leitura dramatizada de trechos de textos escolhidos pela turma.

Oficina de Ana Carina vai utilizar ferramentas técnicas do teatro gestual para a preparação e instrumentalização do ator nobu Katayama, 178), de 5 a 7 de abril, das 13h às 17h. O curso tem carga horária de 12 horas. Os 28 participantes da primeira etapa (5 a 7 de abril), serão selecionados para compor quatro grupos para as encenações dos textos, sendo quatro diretores e 24 atores. As leituras serão encenadas no período de 4 a 7 de junho de 2013. A segunda etapa terá pagamento de incentivo aos participantes (válida apenas para os participantes da oficina com Ana Carina). “O Corpo Poético em Busca da Palavra Orgânica” vai

Ana Carina Melo dos Santos é mestre em Literatura pela UFRJ, que ministrará oficina direcionado para a dramaturgia

utilizar as ferramentas técnicas do teatro gestual para a preparação e instrumentalização do ator, através da construção de estados de cena sensoriais não habituais, preenchidos por imagens, sons e estímulos lúdicos. Segundo Ana, todas as fer-

ramentas são direcionadas para a aproximação do texto de dramaturgia. O contato e estudo da estrutura cênica dramática e de seus elementos estruturais será realizado através de textos de Maria Helena Kühner (“A Menina Que Buscava o

Lollapalooza 2014 está confirmado para abril Festival ficou devendo mesmo em qualidade de som na edição deste ano De São Paulo Da Agência Estado Chope a R$ 8, comida cara e fila de uma hora no banheiro já são clichês sedimentados em qualquer festival de rock, mas nunca é demais chiar de novo. Quem sabe isso muda já que a edição de 2014 já está acertada para os dias 18, 19 e 20 de abril. Afora essa ressalva sempre fundamental, o Lollapalooza ficou devendo mesmo em qualidade de som este ano. O

elementos das linguagens não habituais do teatro gestual (máscaras e palhaços) em relação orgânica com a palavra, imprimindo à fala do ator possibilidades da voz que adquire qualidades surpreendentes, livres de possíveis vícios e cristalizações. As aulas, de quatro horas, serão divididas em dois momentos interligados: o treinamento corpo-vocal criativo e o contato com o texto e os elementos teóricos da

palco mais prejudicado foi o Alternativo, mas o palco Butantã alternou bons e maus momentos: foi ótimo para Of Monsters and Men, foi péssimo para o Cake e o Foals. O vazamento do som da tenda eletrônica prejudicou algumas bandas orgânicas. O palco K idzapalooza, que recebeu cerca de 1,2 mil crianças, talvez possa ser acomodado em um local mais reservado, porque o barulho dos palcos grandes encobre o esforço dos artistas que se apresentam ali. Talvez nas áreas mais externas ao corpo principal do Jockey. A organização precisa tam-

bém equacionar melhor o uso das “pillas”, o dinheiro do Festival (R$ 4 cada): nos dois primeiros dias, o fã foi informado que as fichas não valem para todos os dias, então as pessoas se obrigaram a gastá-las alucinadamente quando começava a acabar o festival (se sobrasse no bolso, seria prejuízo para o espectador, o que não é justo). Isso precisa ser melhor explicado. Públicos de até 60 mil pessoas por noite no Jockey Club são um pouco exagerados. Umas 40 mil pessoas por noite dariam bom espaço de circulação, o espectador poderia ouvir e assistir ao seu concer-

Sol”) e/ou de Renata Mizhari (“Joaquim e as Estrelas”), voltados para crianças e de característica extremamente lúdica. A fim de dar consistência à compreensão da estrutura cênica e estimular o desenvolvimento criativo dos par-

to com algum conforto. Quanto ao transporte, poucos locais de shows na cidade são tão acessíveis quanto o Jockey Club. Mas a fila de ônibus e táxis na saída poderia ser melhorada, para facilitar a saída após o passageiro conseguir uma condução. O público reclamou do “cheiro de estrume” que surgiu depois que a lama macerou a grama no primeiro dia do festival. Bom, considerando-se que o Rio Pinheiros corre ali pertinho todos os dias, também não foi assim essa tragédia, convenhamos. “Festival sem lama não é festival”, disse Brandon Flowers, do Killers. Segundo a organização, 167 mil pessoas foram ao Jockey Clube nos três dias do evento: 52 mil no primeiro dia, 55 mil no segundo e 60 mil no último. Mais de 300 jornalistas credenciados cobriram o festival.

ticipantes, serão lidos e adaptados coletivamente trechos selecionados de “O Sofá Estampado”, de Lygia Bojunga Nunes, para o exercício da leitura dramatizada. Ela desenvolveu um processo de aproximação do trabalho técnico que utiliza

Renovação Ana Carina Melo dos Santos é mestre em Literatura Brasileira pela UFRJ (2003), onde dedicou-se à palavra poética. É integrante do núcleo artístico da Companhia do Gesto (RJ) desde 2001, onde atua como atriz, assistente de direção e diretora de cena, diretora de produção e oficineira nos diversos projetos de formação teatral e espetáculos do grupo. No teatro, iniciou sua trajetória como atriz em Belém do Pará, na década de 90, integrando diversas companhias. Outras informações sobre a oficina “O Corpo Poético em Busca da Palavra Orgânica” pelo telefone (67) 3410-0700.

Divulgação

A banda americana Pearl Jam se apresenta no fechamento do Lollapalooza


Dourados, terça-feira 2.4.2013 O prOgressO

COLUNA AdiLes inauguração oka

Adiles do Amaral Torres adiles@progresso.com.br

dourados ganhou, no último dia 22, uma loja especializada em pisos e acabamentos em geral, campeã em modernidade e beleza. O mais

fumio nishioka, Zilda, Janete, alessandro buque e aida

Juliana, natalia, Janaina, ana beatriz, patrícia, cristiani e lucimar

“A alegria e o senso de humor são lubrificantes para suavizar e melhorar a vida” Dicas para Ser um Vencedor

novo empreendimento da cidade está localizado na rua dr. camilo e. da silva 850 e o telefone é 3421-8736. Visite-a e comprove.

Mirian, gessica e Jamile

dr. cesar e João paulo

Tapete Vermelho para o casal de empresários Marcelo Vardasca e sra. Janis

aniversariando hoje, sandra araújo Oliveira e o esposo Mario sérgio de Oliveira, no dia 7. ao casal, nossos parabéns e votos de felicidades!

nossos votos de felicidades ao juiz de direito da comarca de dourados, dr. José carlos de souza, que aniversaria hoje

brinde dos sócios e familiares

Muda de idade hoje o deputado estadual e médico dr. george Takimoto, a quem desejamos toda a felicidade!

comemorou seu 1º aniversário no último dia 29, João Otávio, filho do casal Magva sanches e leonel Jonas. parabéns e felicidades! erasMO braga

A Escola Presbiteriana Erasmo Braga vai comemorar 74 anos em Dourados. Foi a escola particular pioneira em nossa cidade. Eu estudei lá e afirmo sempre que foi excelente, com ótimos professores. Parabéns à dedicada diretora Dona Ester, que em comemoração no dia 5, às 19h, terá culto de ação de graças com o Rev. Wilson do Amaral Filho, na Igreja Presbiteriana de Dourados (Igreja do Relógio, na Marcelino Pires) e no sábado, dia 6, às 9h, na Escola Erasmo Braga, será inaugurada a Biblioteca e sala de ginástica rítmica. Parabéns!

ediçãO de aniVersáriO

No dia 19 do corrente, este jornal vai circular com edição especial comemorativa de entrada no Ano 63. Estamos preparando com ca-

rinho esta edição. Já estamos com 30 mensagens elaboradas. Você já enviou a sua? Os participantes vão concorrer a duas meia-páginas coloridas. Ligue 3416-2610 e fale com Angela.

ana Maria gonçalves, fadu e darcy freire, prefeito de douradina, durante café da manhã na aced, realizado no dia 27 de março, na roda empresarial

páscOa

Espero que todos tenham tido uma ótima Páscoa, com Deus no coração, reflexão e amor ao próximo.

cliMa

Nas previsões do tempo consta chuva para os dois próximos dias, o calor aumentou muito, depois de alguns dias de clima mais ameno.

pOesias

O livro de poesias de minha autoria, que vou lançar, terá a renda revertida totalmente para a “Rede Feminina de Combate ao Câncer”, cuja presidente é Rosane Braga, que é excelente dirigente, pessoa séria e que luta com garra e determinação.

comemora aniversário hoje o pecuarista carlos guaritá, recebendo o carinho da esposa élvia guaritá. parabéns!

parabéns e felicidades

AniversAriAntes de HOJe, 2/Abril

Jamil Ferreira Prates; Mitiko Kuwahara; Sandra Araújo de Oliveira; Aurelio Rocha; Carlos Guaritá; José Dias Gonçalves; Marcelo Centurião Marcelino; José Carlos de Souza; Elias Marcio da Silva; Dorvalina Alta Ferreira; Janaína M. de Araújo


Capital

IEL

PÁG. 5

PÁG. 7

Blitz desperta interesse por estágio

cidades

Certificados serão entregues nesta quinta

Coluna Social

Confira os destaques de Maracaju com Fábio PÁG. 8

Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgrESSO

foto: ChiCo RibeiRo

O encontro foi providencial no momento em que os prefeitos precisam de um norte

AssomAsul

Encontro reúne 73 prefeitos de ms De Campo Grande O presidente da Assomasul, Douglas Figueiredo, consi-

dera o ‘Encontro Estadual de Prefeitos e Prefeitas de Mato Grosso do Sul com Órgãos Federais’, ocorrido ontem

(1º), na sede da entidade, um dos maiores eventos políticos e administrativos já ocorridos na história de MaDivulgação

Jateí

Alunos do Peti comemoram a Páscoa

A equipe do Peti festejou a semana da Páscoa com muita alegria e descontração no município de Jateí. A comemoração foi marcada com diversas atividades lúdicas, como teatro, danças, jogral, dramatizações e músicas, com vestes à caráter, desenvolvidas pelos professores e alunos do programa. PÁG. 3

Turma do Peti do distrito comemora a Páscoa

aMaMbai 28º Máxima 19º Mínima

Institucionais, Ideli Salvatti, e pelo presidente da Assomasul. Os prefeitos tiveram a oportunidade de discutir

os problemas, receber orientações e encaminhar reivindicações aos ministérios. PÁG. 6

assessoRia

Maracaju

Vereador solicita melhorias para iluminação pública

O TeMPO Hoje

to Grosso do Sul. O encontro contou com 73 prefeitos e foi aberto pela ministra-chefe da Secretaria de Relações

O vereador Thiago solicitou melhorias no setor de iluminação pública. “A cobrança por concertos e melhorias neste seguimento está muito grande por parte da população, isso se deve pelo grande numero de deficiências que ainda se encontram nas ruas, como lâmpadas queimadas, concertos em geral dentre outros”, disse. PÁG. 2

A iluminação é a maior cobrança dos moradores

anaurilândia Chuvoso durante o dia e à noite

amanHÃ

29º Máxima 18º Mínima

Chuvoso durante o dia e à noite

Hoje

32º Máxima 23º Mínima

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

amanHÃ

30º Máxima 21º Mínima

Chuvoso durante o dia e à noite


2

Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

Cidades aSSESSORIa

Aluno destaque recebe certificado em Paranhos aSSESSORIa

O presidente Arthemio Olegário participou da Academia de empreendedorismo rural (AerMs)no dia 15 de março na sede da Famasul

Sindicato Rural de Maracaju participa de AERMS A AerMs é um fórum de análises estratégicas criado para desenvolver, capacitar e aperfeiçoar lideranças do agronegócio de Mato Grosso do Sul De Maracaju O presidente do Sindicato Rural de Maracaju, Arthemio Olegário de Souza Junior, participou da Academia de Empreendedorismo Rural (AERMS) no dia 15 de março na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do MS (Sistema Famasul).

Inicialmente vai desenvolver quatro projetos voltados para a formação e fortalecimento, intercâmbios e educação A AERMS é um fórum de análises estratégicas criado para desenvolver, capacitar e aperfeiçoar lideranças do agronegócio de Mato Grosso do Sul. Inicialmente vai desenvolver quatro projetos voltados para a formação e fortalecimento de lideranças, intercâmbios e educação

infanto-juvenil. Conforme o diretor executivo do site Observador Político, Xico Graziano, a iniciativa fornece bases para as mudanças essenciais do agronegócio brasileiro, ainda caracterizado pela cultura individualista e pela falta do entendimento do conceito de empreender. “Com o consumidor mais exigente, a disponibilidade tecnologias e a velocidade da comunicação, quem opera no campo precisa de atualização”, enfatizou. Graziano também ressaltou a importância da modificação da imagem que o campo passa à opinião pública. “O setor ainda não aprendeu a comunicar-se adequadamente com a sociedade, principalmente com a ascensão das mídias sociais”, provocou. Durante a aber tura do evento, o coordenador do projeto Líder MS II, professor

Fernado Curi Peres, mostrou as fases históricas do setor e ressaltou a importância da AERMS no conceito regional. “A academia é atual e visionária ao optar por desenvolver capital humano e social, trabalhando crianças e jovens, mas principalmente, convocando lideranças”, enfatiza Peres.

Durante o evento, o coordenador mostrou as fases históricas do setor e ressaltou a importância da AerMs Para o presidente do Sistema Famasul, Eduardo Riedel, com a criação da Academia, no futuro trabalharemos com pessoas que entendem de agronegócio de uma forma mais concreta e ampla. Riedel salientou a importância do projeto Agrinho e o de intercâmbio na formação do

público infanto-juvenil. renovação Também palestrou no evento, o ex-presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Luiz Hafers, enfatizou o real papel do jovem produtor no desenvolvimento do agronegócio brasileiro. Após comparar técnicas desenvolvidas na agricultura entre os países da América Latina, Hafers destacou que não desconsidera o trabalho dos antigos, mas que o jovem é responsável pela ruptura da zona de conforto do setor e o classificou como o principal disseminador de informações. “Não basta conjugarmos o verbo ter, temos de saber. E ter conhecimento para defender a categoria é uma das características dos jovens que estão antenados com as mudanças que ocorrem cotidianamente”, destacou Hafers.

Thiago Caminha solicita melhorias para iluminação pública

Durante o evento foram entregues certificados aos alunos

De Paranhos O índice de reprovação e desistência no período noturno sempre foi um dos maiores problemas de todas as escolas do Brasil e na escola municipal Doutor Mitsuro Saito em Paranhos/MS, não é diferente. Pensando nisso diretores e coordenadores da escola adotaram medidas com o intuito de combater essa situação que em ano de avaliação a nota da escola

No mês março, 51 alunos obtiveram o certificado, onde em uma cerimônia festiva foram entregues pelo prefeito abaixa drasticamente. O diretor Celso José Schuler e a diretora Gislaine Deise Carniatto Porto, desenvolveram o projeto “Aluno Destaque” que tem como objetivo, premiar os alunos que não tiverem nenhuma falta durante o mês, com um certificado. Neste mês de março, 51 alunos obtiveram o certificado, onde em uma cerimônia festiva foram entregues pelo prefeito Júlio Cesar (PDT), vice-prefeito Donizete Aparecido Viaro (PMDB), vereador Professor Guto (PT), vereadora

professora Beth (PSDB), secretário de Educação professor Antônio Carlos, diretores, coordenadores e professores da escola. “O Projeto consiste na frequência do aluno, cada vez que o mesmo comparece na sala de aula, recebe uma ficha a qual ele preenche com seu nome, essa ficha é guardada, (assim quanto mais o aluno comparece, mais tem chance de ser sorteado) e no final do mês ela é sorteada entre as outras.Um prêmio é dado para o aluno que for sorteado e um certificado é entregue para todos que tiveram 100 % de frequência durante o mês”, explicou o diretor Celso. O prefeito Júlio mostrou-se interessado no projeto e anunciou que dará,juntamente com seu vice Donizete e o vereador Guto, um notebook para ser sorteado entre os vencedores, no final do ano: “Toda iniciativa de incentivar nossos alunos é muito bem-vinda, parabéns aos autores desse projeto e aqui faço um compromisso juntamente com Donizete e o vereador Guto em oferecer um notebook para ser sorteado no final do ano entre os vencedores de cada mês”. Na ocasião do evento, a secretaria de Educação distribuiu ovos de páscoa para todos os alunos presentes.

Prefeito se reúne com presidentes de bairros aSSESSORIa DIvulGaçãO

A cobrança por melhorias neste seguimento está muito grande por parte da população De Maracaju O vereador Thiago Caminha (PSDB), solicitou através de requerimento à prefeitura de Maracaju melhorias no setor de iluminação pública do município. Conforme o vereador, a cobrança por consertos e melhorias neste seguimento está muito grande por parte da população.“Isso se deve pelo grande numero de deficiências que ainda se encontram nas ruas, como lâmpadas queimadas, consertos em geral, dentre outros”, disse. Thiago Caminha ressaltou que no início do ano de 2013 foi aprovado pela Câmara Legislativa o Projeto de Lei nº 006 de 31 de janeiro de 2013, destinado a investimentos para melhorias na iluminação pública do município. “Pedimos ao poder executivo que nos informasse a decorrência desse recurso, pois não temos essa informação, a qual seria

Prefeito durante reunião com os presidentes de bairro

De Fátima do Sul

Uma das principais reivindicações por parte dos moradores acerca da iluminação pública é a respeito da segurança

muito importante para que nós pudéssemos dar maiores explicações e também possíveis soluções a população que tanto tem nos cobrado”, disse Caminha. Segundo ele, uma das principais reivindicações por par-

te dos moradores acerca da iluminação pública é a respeito da segurança, uma vez que as ruas que não possuem iluminação ou estão com lâmpadas queimadas ficam propícias a possíveis crimes, “a escuridão é uma porta aber-

ta para a criminalidade, por isso a importância de fazermos melhorias na iluminação pública do nosso município, nosso intuito é ajudar, e somar forças em prol da nossa população”, finalizou Thiago Caminha.

Na última quarta-feira (27), o prefeito de Fátima do Sul, Júnior Vasconcelos (PSDB), realizou uma reunião com os presidentes de bairro de Fátima do Sul. Segundo Júnior, o encontro com os líderes teve por objetivo salientar o compromisso de que a prefeitura municipal efetuará um trabalho itinerante. “É fundamental ouvir as reivindicações e necessidades da população. O presidente é responsável pelo bairro e o mesmo se preocupa com o bem-estar de seus moradores. Nossa gestão

administrativa pretende executar os projetos em parceria com os líderes de bairro e por fim ouvir o que população tem a dizer. Estaremos à disposição de todos”, afirmou o prefeito. De acordo com Júnior, novas reuniões serão elaboradas, onde a Prefeitura em parceria com os presidentes, irá discutir as necessidades de cada bairro. “Vamos realizar constantemente encontros com os líderes, que irão nos auxiliar e mostrar as melhorias que deverão ser executadas nas ruas do nosso município. Contamos com a colaboração e desde já agradecemos a participação de todos”, finalizou Júnior.


3

Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

Cidades DivulGação

Turma do Peti do Distrito Nova esperança comemora a Páscoa em Jateí

Turma do Peti comemora a Páscoa As comemorações aconteceram nos respectivos lugares de ensino, envolvendo os alunos da cidade, do distrito e da Gleba De Jateí A equipe do Serviço de Convivência de Crianças e Adolescentes - Peti - festejou a semana da Páscoa com muita alegria e descontração no município de Jateí. A comemoração foi marcada com diversas atividades lúdicas, como teatro, danças, jogral, dramatizações e músicas, com vestes à caráter, desenvolvido pelos professores e alunos do programa. Na direção de Antonia Marcilia, as comemorações aconteceram nos respectivos lugares de ensino, envolvendo os alunos da cidade, do distrito Nova Esperança, e os da Gleba festejando junto à escola municipal rural. As atividades foram prestigiadas pela primeira-dama e secretária

OS dAdOS

288 km

de distância da Capital do Estado está localizado o município de Jateí

4.008

habitantes era a população de Jateí estimada em 2011, segundo o IBGE

de Assistência Social Mafalda Maria Targino, que entregou muitos ovos de chocolate. Desejando felicitações de Páscoa, Mafalda Targino ficou impressionada com a agili-

Prefeito Hélio Sato ouve vereadores em Vicentina O prefeito de Vicentina vem correspondendo firmemente com as expectativas deles

De Vicentina O prefeito municipal de Vicentina Hélio Sato (PMDB) esteve reunido com os nove vereadores da Câmara Municipal de Vereadores de Vicentina, na manhã de ontem (1º), em seu gabinete da Prefeitura Municipal. Hélio Sato ouviu cada vereador e suas respectivas reivindicações, e destacou que o momento agora é de união. “Vamos esquecer as eleições e as cores partidárias e juntos vamos lutar para o melhor da nossa Vicentina. Quero dizer a cada vereador aqui presente, que o Poder Executivo está à disposição para atender todos os nove vereadores naquilo que for do nosso alcance”, frisou o prefeito. O prefeito lembrou também que todos os requerimentos estão sendo analisados por ele próprio e passando para sua equipe de secretários o que pode ser feito para atender na medida do possível as reivindicações apresentadas por cada um durante as sessões ordinárias da Câmara Municipal. “Eu mesmo estou acompanhando os requerimentos e indicações de cada vereador e, procurando junto com a minha equipe, solucionar as demandas que o Executivo conseguir resolver o mais rápido possível”, destacou o

prefeito. Para os vereadores, Helio vem correspondendo firmemente com as expectativas deles e também de toda a população. “Fizemos aqui várias reivindicação ao prefeito Hélio Sato e sabemos que são inúmeros pedidos que vêm da nossa comunidade e sabemos também que tudo isso exige gastos para o município, mas temos consciência que o prefeito vai nos atender como já vem nos atendendo através dos nossos requerimentos e indicações, e até mesmo através de um telefonema”, enfatizaram. Para finalizar, o prefeito pediu para cada vereador utilizar de seus deputados, seja ele federal ou estadual e também senadores, para tentarem buscar recursos e apoio para trazer obras para

dade das crianças durante as apresentações, demonstrando criatividade e interesse pelo que fazem. “Esta é uma data muito especial que não poderia deixar de ser comemorada, pois além das crianças aprenderem realmente o significado da Páscoa, todos já ficam na expectativa de ganhar o chocolate”, destacou a secretária. Além das apresentações foram expostas em mural as atividades trabalhadas dentro da sala de aula, como poemas e versos, abordando o significado da Páscoa e sua importância, como um símbolo de amor de paz, na coordenação pedagógica de Neide Brito, incentivados pela administração do prefeito Arilson Targino no desenvolvimento de atividades significativas no decorrer do programa.

o município “Todos aqui têm seus representantes no cenário político e todos sabem que eles tiram votos aqui em Vicentina, então cabe a cada um tentar buscar benfeitorias e eu estarei à disposição para ir com cada parlamentar aqui presente nesta reunião, em busca desses recursos para o melhor da nossa querida Vicentina”, finalizou Hélio Sato. Estiveram presentes na reunião os nove vereadores da Casa de Leis, sendo eles: presidente: Juraci Rodrigues de Carvalho “Japão” (PSDB), Thiago Brigatti Dias Venâncio (PMDB), vice-presidente; Eduardo Costa da Silva “Oncinha” (PMDB), primeiro-secretário; e Petruça Lourenço da Silva (DEM), segunda-secretária. E os demais vereadores da Casa são Clodoaldo Cândido Pinheiro “Zoinho” (PSB), José da Silva Machado “Duda” (PR), Eliaquim Schausst (PR), Chiquinho da Ambulância (PMDB) e Nairton do Nascimento (PSL). RoGéRio SancheS/Fátima newS

Helio sato ouve reivindicação de cada vereador de Vicentina

1ª parcela do IPTU 2013 vence dia 10 e carnes chegam pelos Correios A Secretaria de Planejamento e Finanças de Ponta Porã informou que os Correios já estão entregando os carnês do IPTU 2013 e dia 10 de abril é o prazo final para o pagamento total à vista com desconto de 20% ou da primeira parcela com desconto de 10%. Os contribuintes que ainda não receberam o carnê e já querem pagar o IPTU, podem procurar a Secretaria de Finanças para ter acesso aos boletos que já estão disponíveis na sede da Secretaria, localizada no térreo do Paço Municipal no setor de arrecadação, mas os contribuintes podem aguardar pelo recebimento dos carnês, que serão entregues pelos Correios. Os contribuintes que fizerem o pagamento à vista terão desconto de 20% do valor do imposto lançado. Já os que optarem pelo parcelamento que poderá ser em até nove parcelas dependendo do valor a ser pago, o desconto será de 10%. O IPTU é a mais importante receita do município para a realização de obras e serviços, por isso a importância dos contribuintes pagarem em dia o imposto. Os contribuintes em dia vão concorrer a vários prêmios, entre eles, televisores, geladeiras, bicicletas, fogões, fornos de microondas, tablets. Os cupons podem ser depositados no Paço Municipal, com o primeiro sorteio marcado para o dia 13 de maio e o último no mês de outubro. Conforme o secretário de Planejamento e Finanças, Ricardo Ramos Zacarias, os proprietários de imóveis de até 80 metros quadrados poderão ficar isentos do pagamento do IPTU, desde que comprove renda de até dois salários mínimos, seja proprietário de um único imóvel padrão baixo ou inferior e esteja enquadrado na Lei Complementar 086 de 17 de outubro de 2012, que dispõe sobre o Código Tributário Municipal.

Ciat ainda têm vagas para o ProJovem em Ponta Porã O Ciat, mantido pela administração do prefeito Ludimar Novais, está com vagas disponíveis para os interessados em se inscreverem no ProJovem Urbano, cujas aulas iniciaram ontem (1º). De acordo com o coordenador executivo do Ciat, advogado Cícero Lemos, o ProJovem é um programa federal desenvolvido em parceria com a Prefeitura de Ponta Porã e que tem o objetivo de promover a inclusão social dos jovens brasileiros de 18 a 29 anos que, apesar de alfabetizados, não concluíram o ensino fundamental, buscando sua reinserção na escola e no mundo do trabalho, de modo a propiciar-lhes oportunidades de desenvolvimento humano e exercício efetivo da cidadania. O programa proporciona formação integral aos jovens por meio de formação básica para elevação da escolaridade, qualificação profissional, participação cidadã com a promoção de experiência de atuação social na comunidade. O ProJovem também visa à identificação de oportunidades potenciais de trabalho e a capacitação dos jovens para o mundo, incentivando a participação em ações coletivas de interesse público, promovendo a inclusão digital como instrumento de inserção produtiva e de comunicação e ampliação do acesso dos jovens à cultura.

A

ATeNTA CésAr COrDeIrO cordeiro@progresso.com.br

Mas, será o Benedito?

Que frase! Passaram-se muitos meses até que a cobrança

“Eu não sou o rei, Cristo é o rei. Eu sou apenas um artista.” (Elvis Presley) Governo federal

Deselegante, Bernal puxou uma discussão sobre as obras realizadas em Campo Grande durante a era PMDB, cornetando que os avanços ocorreram por obra e graça do governo federal. O recado logicamente que era para o ex-prefeito Nelsinho Trad e foi dado na presença dos ministros, Ideli Selvatti (Relações Institucionais) e Aguinaldo Ribeiro (Cidades), como se eles tivessem alguma participação na rivalidade entre PMDB e PP em Mato Grosso do Sul. “Campo Grande só é o que é porque contou com o apoio do Governo Federal”, provocou Bernal.

pela Prefeitura de Dourados da chamada Taxa de Publicidade fosse regulamentada. No início parecia um bicho de sete cabeças, bicho este que pegaria até mesmo os ambulantes mais humildes, como vendedores de pipoca e cachorro-quente, mas ontem, 1º de abril, o Diário Oficial publicou de verdade o Edital 009/2013, que trata do lançamento das taxas de publicidade previstas no Código Tributário Municipal. De lá pra cá choveram críticas em cima do secretário Walter Benedito Carneiro Júnior por conta da cobrança, misturada ainda aos resquícios da revolta do IPTU.

Haja Biotônico Mas até Waltinho provar que focinho de porco não era tomada, o seu inseparável vidro de Biotônico Fontoura foi secando a cada dia. Apesar do pior já ter passado, Carneiro diz que vai continuar tomando o centenário fortificante, que significa Ferro para o sangue e fósforo para os músculos e nervos. só assim para suportar o ritmo puxado e repuxado do seu padrinho, o prefeito Murilo Zauith (PsB). Dama Das reDes A vereadora Virgínia Magrini (PP), a grande dama das redes sociais, disse à Atenta que vai propor a criação do ponto digital para controlar o expediente dos médicos na rede pública de Dourados. Virgínia se diz perseguida por alguns médicos, mas nem todo médico a persegue. assim vai longe O médico e governador André Puccinelli, por exemplo, quando participou recentemente de um evento na Câmara de Dourados, chegou a cumprimentar a vereadora pela postura que ela tem adotado no Legislativo Municipal. “ele me disse para seguir no mesmo ritmo porque assim eu vou longe”, confirmou Virgínia à Atenta. Pés emBarraDos se engana quem pensa que o vereador silas Zanata (PV) atua somente na defesa de seus colegas produtores rurais. entre um atoleiro e outro, um barro e outro, Zanata consegue chegar à Câmara e colocar em prática suas boas ideias em favor também da saúde pública. ele vem solicitando providências no sentido de que seja criado nos postos de saúde de Dourados o setor de fisioterapia e terapia ocupacional.

PaPel do os mais carentes Governo Justifica o vereador Verde que a própria

O ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro corrigiu muito bem a fala de Bernal e bem que ele poderia dormir sem esta. “Nós (governo federal) não executamos as obras, nós transferimos o investimento para que o município execute. Nosso objetivo é manter parceria realizando ações e programas junto aos municípios”, explicou o ministro.

Constituição Federal trata a saúde como direito fundamental e as pessoas mais carentes que não podem pagar por um tratamento de fisioterapia também são aquelas que, em virtude de suas condições físicas, não têm como se locomover até os poucos locais destinados a esse tipo de tratamento que beneficia desde o pré-natal, à criança, o adulto e o idoso. “Prata Da casa” O jornalista “prata da casa” Luís Carlos Luciano, vice-presidente regional CentroOeste da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), foi um dos 42 sindicalistas do País a participar da reunião do Conselho de representantes da Fenaj, no dia 16 de março, em Brasília. entre os assuntos em pauta, foram definidas as linhas gerais do processo eleitoral da federação, marcado para os dias 16, 17 e 18 de julho deste ano.

eleições Diretas A Fenaj é a primeira federação de trabalhadores do Brasil a realizar eleição direta para a sua direção. encerrada a agenda oficial, no dia 17 de março, aconteceu a reunião dos apoiadores do grupo 1 da Fenaj, da qual Luciano faz parte há seis anos ocupando o espaço político do sindicato dos Jornalistas Profissionais na sem Projetos região da grande Dourados (sinjorgran) nada feito junto à federação. “Se não houvesse reeleição De scHröDer projetos e O sinjorgran mantém apoia a reeleição do equipe técnica atual presidente da Fenaj, Celso schröder, eficiente, do rio grande do sul. Ainda não se sabe ao nada seria certo qual será o candidato de oposição. Na feito. Sete eleição de 2010 foi o jornalista e professor secretários Pedro Pomar, de são Paulo. que atuaram nas gestões FarPas De verDaDe passadas Ontem, no dia da mentira, o prefeito de subiram em Campo grande Alcides Bernal (PP) e o nível nacional governador André Puccinelli (PMDB) porque têm trocaram farpas de verdade, durante o eficiência e encontro de Novos Prefeitos e Prefeitas, competência realizado na Assomasul (Associação dos técnica”. Municípios do Mato grosso do sul). sem equiPe naDa Feito O governador André Puccinelli (PMDB), última autoridade a discursar, reiterou que realmente graças à parceria do governo federal e os municípios é possível executar obras, no entanto, de nada adianta ter verba sem equipe capacitada para elaboração de projetos.


4

Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

Cidades

Programa Elimine a Dengue do seu Bairro, chega hoje à 11ª região

Produtores visitam agroindústria Divulgação

O polo da ação será no Bairro vila Nhá-Nhá, onde serão oferecidos os serviços médicos e também partirão as equipes de campo para orientar os moradores Divulgação

Acodecol presente na 16ª edição do showtec

Pela manhã, eles estarão na unidade de processamento de vegetais De Sonora

Foram visitadas 38.389 residências para reforçar junto aos moradores as medidas de prevenção à dengue e realizados 1.514 atendimentos de saúde em diversos bairros

De Campo Grande No âmbito do Programa Elimine a Dengue do seu Bairro, o Sesi chega hoje e prossegue até amanhã com as ações de combate à doença nos bairros Piratininga e Nhá-Nhá, finalizando os trabalhos em 11

O sesi chega hoje e segue até amanhã com as ações de combate à doença nos bairros Pisratininga e Nhá-Nhá regiões de Campo Grande. O polo da ação será na sede da Associação de Moradores do Bairro Vila Nhá-Nhá, localizada na Rua Eduardo Peres, nº 538, onde serão oferecidos os serviços médicos e de onde também partirão as equipes de campo para orientar os moradores sobre as medidas de prevenção à doença. Segundo a coordenadora do Programa, Maria José dos Santos Souza, de 26 de janeiro até o dia 28 de março foram visitadas 38.389 residências para reforçar junto aos moradores as medidas de prevenção à dengue e realizados 1.514 atendimentos de saúde

nos bairros Coophavila II, Aero Rancho I, II, III e IV, Dom Antônio Barbosa, Los Angeles, Nova Lima, Campo Belo, Vila Popular, Nova Campo Grande, Jardim Aeroporto, Jardim Inápolis, Núcleo Industrial, Tiradentes, Novo Tiradentes, Noroeste, Moreninha I, Moreninha II, Portal Caiobá, Santa Emília e São Conrado, Santo Amaro, Coophatrabalho, Santo Antônio, Vila Sobrinho, Zé Pereira, José Abrão, Vila Nasser, Coronel Antonino, São Francisco, Estrela do Sul e Novos Estados.

A limpeza é a forma mais eficaz de prevenção. Por isso, é necessária a intensificação das orientações despertando a população “Até o momento, as comunidades estão receptivas ao trabalho que estamos fazendo. Todos estão preocupados em reduzir o número de casos de dengue em Campo Grande. Então estamos bem engajados levando informações para os moradores”, ressaltou a coordenadora do Programa. Moradores

PONTO A PONTO TRABALHO

“Até o momento, as comunidades estão receptivas ao trabalho que estamos fazendo” MORAdORes

De casa em casa é que se começa a combater a dengue. A limpeza é a forma mais eficaz de prevenção InfORMAções

Levar informações educativas aos vizinhos é um alerta para situações graves que tem acontecido CAMpAnHA

A campanha chegou em um bom momento. Todos deveriam saber que é preciso tomar conta não só de dentro da sua casa, mas dos lixos nas ruas

“De casa em casa é que se começa a combater a dengue. A limpeza é a forma mais eficaz de prevenção. Por isso, é necessária a intensificação das orientações para despertar ainda mais a atenção da população para esse problema de saúde pública”, declarou a professora Iraci de Aguiar,

44 anos, que mora no Bairro Novos Estados. Já o aposentado Vilson dos Santos, 61 anos, também morador do bairro, conta que pela vizinhança há muitos casos de contaminação, além de uma morte constatada. “Levar informações educativas aos vizinhos é um alerta para situações graves que tem acontecido. Com essa ação espero que as pessoas abram os olhos para combater unidos contra a doença”, afirmou. Para o também aposentado Agostinho Borges, 55 anos, outro morador da região, toda ação em prol da saúde é válida para que cada morador fique mais consciente dos seus deveres. “A campanha chegou em um bom momento. Todos deveriam saber que é preciso tomar conta não só de dentro da sua casa, mas dos lixos nas ruas, porque isso nos atinge diretamente”, falou. Dessa forma também pensa a dona de casa Sueli Aparecida Marcelino, 50 anos, que mora no Novos Estados há mais de 10 anos. “Devemos ficar todos atentos com acumulo de água nos vasos, pneus, latas e garrafas”, disse.

Uma missão técnica formada por produtores rurais de Sonora e Chapadão do Sul; técnicos e consultores do Sebrae no MS, além de representantes das prefeituras destes municípios visita amanhã dois estabelecimentos gerenciados pela Acodecol (Associação Comunitária de Desenvolvimento Artístico e Cultural de Caracol). Pela manhã, eles estarão presentes na unidade de processamento de vegetais, para conhecer a estrutura e a forma como as atividades são organizadas. Na parte da tarde, se dirigem até o laticínio, onde conferem o porquê do local ter sido escolhido para fornecer produtos a estabelecimentos que recebem em 2014 delegações de mais de 30 países, durante a Copa do Mundo FIFA de Futebol. “Nossa intenção é mostrar aos produtores um caso de sucesso que se encaixa na realidade local”, afirma Carlos Eduardo Cordeiro, técnico do Sebrae no MS. Fazem parte da missão membros dos assentamentos Piquiri, de Sonora, e Aroeira, de Chapadão do Sul, que receberam capacitações da entidade de apoio à micro e pequena empresa nas áreas de mercado e gestão; com consultoria financeira, diagnóstico de boas práticas,

Rio Brilhante poderá firmar convênio com a Cassems Para Foroni a prefeitura será parceira neste projeto, mas a decisão é de cada servidor

De Rio Brilhante Convênio com a Cassems pode ser uma realidade ainda este ano para o servidor público municipal de Rio Brilhante. A Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do (Cassems) poderá atender os servidores públicos municipais de Rio Brilhante. O prefeito Sidney Foroni (PMDB) esteve em audiência com o diretor presidente da Cassems, Dr. Ricardo Ayache, que firmou o compromisso de celebrar o convênio para assistência de

saúde dos servidores públicos municipal, ainda este ano. O custo do convênio para cada interessado é de 15 a 16% sobre o salário bruto de cada servidor, este valor deixará o titular e seus dependentes segurados, sem qualquer acréscimo. Foroni afirmou que a prefeitura será parceira neste projeto, mas a decisão está nas mãos de cada servidor, que terá a responsabilidade de decidir se quer continuar sem o convênio.“Já trouxemos a ficha adesão, que estará a disposição de todos na Gerência de Recursos Humanos e também nas escolas, postos de saúde e demais órgãos da administração”, finalizou o prefeito. É importante ressaltar que

quanto maior o número de servidores aderindo, menor será o valor pago. A Cassems é o maior plano de saúde para servidores públicos estaduais em autogestão do país. Conta com 73 unidades de atendimento em todo o Estado, rede credenciada com mais de 2 mil profissionais de saúde nas áreas de medicina, odontologia, fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia e nutrição, rede própria com 14 Centros Odontológicos, 08 Centros Médicos e 07 hospitais em Aquidauana, Dourados, Naviraí, Nova Andradina, Três Lagoas, Paranaíba e Ponta Porã, atendendo em sua estrutura, mais de 175 mil vidas em todo o Estado.

melhoria de embalagens; entre outros. O objetivo é preparar estas comunidades para comercializar os produtos por meio de canais do governo, como o PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) e o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos); e também através do mercado privado. “Um dos grupos já industrializa leite, mas precisa de exemplos para visualizar como aumentar a produção, expandir os negócios, diversificar o mix de produtos oferecidos e formar parcerias com outros produtores da região”, explica Carlos Eduardo. Segundo ele, na ocasião, médicos veterinários dos municípios, que atendem diretamente aos assentados, mostram pontos fundamentais da estrutura que devem ser respeitados no processo de produção. Além disso, uma consultora do Sebrae/ MS aponta medidas técnicas e administrativas que devem ser usadas como modelo. sobre o laticínio de Caracol O investimento inicial para que a planta saísse do papel foi de R$ 400 mil. No início, o local recebia 80 litros de leite por dia e, hoje, são 20 mil litros. Diante do aumento da demanda, a previsão é que em dezembro deste ano seja inaugurado um novo laticínio. A obra, que tem início em julho com o apoio da Seprotur (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo), possui investimento de R$ 1,9 milhão para a compra de maquinários mais modernos e vai gerar 35 empregos diretos em toda a cadeia produtiva.

assessoria

Foroni e presidente da Cassems, ricardo Ayache, durante reunião


5

Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

Cidades Divulgação

Sindicato Rural e Senar capacitam mais de 70 Divulgação

A blitz contribuiu para despertar o interesse em realizar o cadastro no IeL e buscar uma vaga no mercado de trabalho

Blitz do IEL ajuda a despertar o interesse pelo estágio Durante a noite de ontem a equipe do instituto esteve na unaes anhanguera para divulgar vagas de estágio e a Feira Caça Talentos Expo De Campo Grande “O conhecimento da prática soma-se ao aprendizado teórico durante o estágio. Isso nos dá mais bagagem para escolher de forma mais acertada o ramo que iremos atuar dentro da nossa área”, declarou a acadêmica do curso de Relações Internacionais da Unaes Anhanguera, Giovana Petelinkar, 19 anos, durante blitz informativa realizada segunda-feira passada (26) pelo IEL para divulgar o cadastro de currículos, a disponibilidade de vagas para estágio e a Feira Caça Talentos Expo, que será realizada nos dias 9 e 10 de maio, no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, em Campo

Caça Talentos expo irá propiciar um espaço para a integração do capital humano ao ambiente organizacional Grande (MS). Para alguns estudantes, a blitz contribuiu para despertar o interesse em realizar o cadastro no IEL e buscar uma vaga no mercado de trabalho. Esse foi o caso da acadêmica

do curso de Administração da Unaes Anhanguera, Kátia Martins Isernhagen, 21 anos. “O estágio é uma experiência importante para o desenvolvimento da carreira, pois traz para o aluno um conhecimento prático daquilo que estudamos teoricamente na faculdade”, disse. Já a acadêmica do curso de Administração da Unaes Anhanguera, Raquel Domingues Figueiredo, 31 anos, busca uma oportunidade no mercado de trabalho para ter mais conhecimento e experiência profissional. “Já fiz o cadastro no IEL e quero atuar na minha área para que, no fim do meu curso, esteja mais atualizada com tudo que está acontecendo”, afirmou. O também acadêmico do curso de Administração da Unaes Anhanguera, Diego Dorta, 23 anos, acredita que o estágio é uma oportunidade de melhorar o currículo e desenvolver novas habilidades. “Atualmente, trabalho como vendedor, mas foi no meu primeiro estágio que adquiri mais desenvoltura para lidar com os clientes. Antes era inibido e com o trabalho você passa a lidar com outras

pessoas, facilitando o contato”, avaliou. Divulgação As blitze informativas do IEL também já visitaram o Colégio Dom Bosco, a Escola Estadual Hércules Maymone, a Faculdade Estácio de Sá, a Escola Estadual Joaquim “O estágio é uma experiência importante para o desenvolvimento da carreira, pois traz um conhecimento prático” Acadêmica Kátia

Murtinho e, na próxima semana, prossegue na UFMS (2), Uniderp Anhanguera (3), IFMS (4), Escola Estadual Lúcia Martins Coelho (9), Escola Estadual Arlindo de Andrade (10) e UCDB (11). Segundo a coordenadora de estágio do IEL, Rosângela Ramos, o objetivo da ação é despertar o maior número de interessados possíveis nas vagas de estágio que estão em abertas para atender a demanda das empresas parceiras. “O projeto de realização das blitze nas universidades serve, principalmente, para cadastrar alunos para as va-

Prefeito Darcy Freire entrega peixes em Douradina assEssoria

Prefeiro Darcy Freire e primeira-dama Maria Freire, acompanhados de secretários e vereadores

Foram entregues cerca de 3.500 kg de peixe para cerca de 1.400 famílias carentes De Douradina A Prefeitura de Douradina distribuiu na última quinta-feira, às 10h, no Estádio Municipal, cerca de 3.500 kg de peixe para cerca de 1.400 famílias carentes cadastradas pela Assistência Social.

A quantidade de peixes para cada família foi de acordo com a quantidade de pessoas que previamente constavam no ticket. A entrega foi iniciada pelo prefeito Darcy Freire, pela primeira-dama Maria Aparecida, vice-prefeito Aírton Nunes, secretários municipais, vereadores e pela ex-prefeita Nair Branti. Esse é o 13° ano que a Prefeitura de Douradina, na Semana Santa, distribui aos

mais carentes peixes, numa forma de expressar a Semana Santa. “Virou tradição no município na Semana Santa a entrega dos peixes à comunidade carente. O nosso trabalho sempre foi apoiado por funcionários municipais, juntamente com o apoio de vereadores que mantêm uma distribuição de peixe de uma forma ordeira e rápida”, disse Darcy Freire. Na mesma quinta-feira foi

gas de estágio, além de divulgar a existência delas. No entanto, como vamos promover no mês de maio a Caça Talentos Expo, resolvemos divulgar a feira junto aos estudantes, que também integram o público alvo do evento”, explicou. Ela acrescenta ainda que a Caça Talentos Expo irá propiciar um espaço para a integração do capital humano ao ambiente organizacional com a oferta de serviços de qualificação, informação sobre mercado de trabalho, cursos técnicos, cadastro e atualização de currículos, promoção do empreendedorismo e inovação para o setor de recursos humanos. “O evento tem o intuito de gerar uma interação entre o mercado de trabalho e as pessoas, além da oportunidade de divulgar vagas de estágios e empregos e realização de cadastro de currículos. A intenção é promover um espaço voltado para tecnologia e empreendedorismo, ampliando e desenvolvendo a capacidade de inovação”, destacou o superintendente do IEL, Bergson Amarilla.

liberado o salário de março para todos os funcionários público municipais. Segundo o prefeito, para que todos pudessem ter condições de passar a Páscoa em condições favoráveis. Douradina Douradina foi fundada em 20 de dezembro de 1956 por Luiz Zahran, José Manoel da Silva, Andrez Fernandes, João Francisco Janos, Abraão Nunes Cerqueira, Firmo Inácio da Silva, Abílio Janos e José Nunes de Andrade. Além de fundadores eram proprietários de vários lotes rurais, pertencentes ao núcleo colonial de Dourados, os quais, forma implantados a um novo povoado, origem da atual cidade. Foi elevada a distrito pela Lei N.º 2.093, de 20 de dezembro de 1963. Em 1977 passou a fazer parte do atual Estado de Mato Grosso do Sul. O município foi criado pela Lei nº 78, de 12 de maio de 1980 e está situado no Sul da região Centro-Oeste do Brasil, no sudoeste de Mato Grosso do Sul (Microrregião de Dourados). Localiza-se na latitude de 22º02’24” Sul e longitude de 54°36’46” Oeste. Douradina fica a 197 quilômetros de distância de Campo Grande e 1.331 km de Brasília.

Apenas no mês de março foram capacitadas 72 pessoas

No mês de abril o sindicato rural e senar estarão realizando diversos cursos De Maracaju O Sindicato Rural de Maracaju, em parceria com o Senar, continua capacitando e aprimorando a mão de obra no município e região. Apenas no mês de março foram capacitadas 72 pessoas em diferentes áreas de trabalho.

O senar/Ms foi criado pela Lei n. 8.315, de 23 de dezembro de 1991, e regulamentado pelo Decreto n. 566 De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Maracaju, Arthemio Olegário de Souza Junior, o objetivo é alavancar cada vez mais a mão de obra local visando a atender as exigências do mercado atual. “Trazemos qualificação profissional através dos cursos do Senar para os trabalhadores do nosso município com o intuito de valorizar a mão de obra local, proporcionando oportunidades para os empresários que atuam em Maracaju contratarem trabalhadores daqui mesmo, isso implica diretamente no desenvolvimento do município”, explicou o presidente. No mês de março foram realizados os cursos de, Analise e Classificação de Grãos que capacitou 20 pessoas, Controle de Formigas Cortadeiras que capacitou

12 pessoas na Comunidade Quilombola, NR31 para trabalhadores com agrotóxicos, 20 pessoas na Fundação MS e NR31 para trabalhadores com agrotóxicos realizado na Usina LDC capacitando 20 pessoas. Cursos de abril Neste mês de abril o Sindicato Rural e o Senar estarão realizando os cursos, de Fabricação Caseira de Pães Bolos e Biscoitos, Fabricação Caseira Derivados do Leite, Fabricação de Produtos de Limpeza, Análise e Classificação de Grãos (soja e milho) e Criação de Galinha Caipira. Maiores informações pelo telefono (67) 3454-2565. senar O Senar/MS foi criado pela Lei n. 8.315, de 23 de dezembro de 1991, e regulamentado pelo Decreto n. 566, de 10 de junho de 1992. Em 2012 completa a trajetória de 20 anos ao lado do homem do campo. O trabalho do Senar/MS é organizar, administrar e executar, em todo o território nacional, a Formação Profissional Rural (FPR) e a Promoção Social (PS) de jovens e adultos, homens ou mulheres do meio rural. É uma instituição de direito privado, paraestatal, mantida pela classe patronal rural, vinculada à Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e dirigida por um Conselho Administrativo, de composição tripartite e paritária, por ser composto por representantes do governo, da classe patronal rural e da classe trabalhadora, com igual número de conselheiros.

Fiems e CNI realizam curso de planejamento O curso será realizado na sede da Incubadora sindical, das 14 às 21h De Campo Grande No âmbito do PDA (Programa de Desenvolvimento Associativo), a Fiems e a CNI realizam, nesta quarta-feira (3), o curso sobre planejamento tributário para orientar as indústrias sindicalizadas. O curso será realizado na sede da Incubadora Sindical, das 14 às 21h. Segundo a assessora sindical do Sistema Fiems, Camila Alves, são esperados quase 30 empresários. “O curso pretende abordar as questões legislativas, com foco na legislação vigente e nos regimes do Estado”, declarou. Ela destacou ainda que o curso será ministrado pelo consultor da CNI, Alexandre Andrade da Silva, formado em Ciências Contábeis e com MBA Executivo em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria. Durante o curso os par-

ticipantes poderão compreender as características dos regimes tributários Simples, Lucro Presumido e Lucro Real. O programa vai abordar o sistema tributário brasileiro, regimes tributários, lucro real, lucro presumido e simples nacional, regras de escolha dos regimes tributários, apuração de tributos nos regimes tributários vigentes e ação da indústria para competitividade - a questão tributária. Inscrições e mais informações podem ser obtidas por meio do telefone (67) 33241963 ou pelo e-mail camila@ fiems.org.br Fiems A indústria é a força capaz de mover e transformar a economia de Mato Grosso do Sul, consolidando a essência da cidadania e produzindo mais justiça social. Com o objetivo de promover o desenvolvimento das indústrias e apoiar empreendedores e colaboradores, o Sistema Fiems é composto de um conselho de representantes dos Sindicatos Patronais da Indústria e de sua diretoria.


6

Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

Cidades

Encontro na Assomasul reúne 73 prefeitos e lideranças políticas de MS A presença de ministros e técnicos do governo federal no evento em Campo Grande foi muito importante para os municípios de Mato Grosso do Sul ChiCo RibeiRo

DivuLGação

Prefeito Léo Matos com o ministro Aguinaldo ribeiro

Naviraí participa do Encontro Estadual No evento teve apresentação dos programas prioritários do governo Federal De Naviraí

Os prefeitos tiveram oportunidade de discutir problemas, receber orientações e encaminhar reivindicações aos ministérios

De Campo Grande O presidente da Assomasul, Douglas Figueiredo (PSDB), considera o ‘Encontro Estadual de Prefeitos e Prefeitas de Mato Grosso do Sul com Órgãos Federais’, ocorrido ontem (1º), na sede da entidade, um dos maiores eventos políticos e administrativos já ocorridos na história

O evento, que contou com 73 prefeitos, foi aberto pela ministra Ideli salvatti e pelo presidente da Assomasul de Mato Grosso do Sul. O evento, que contou com 73 prefeitos, foi aberto pela ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e pelo presidente da Assomasul. Durante o evento, os prefeitos tiveram a oportunidade de discutir os problemas dos municípios, receber orientações sobre liberação de re-

cursos por meio de linha de crédito e encaminhar reivindicações aos ministérios. Além de Ideli, participam da programação os ministros de Desenvolvimento Social, Tereza Campello; das Cidades, Aguinaldo Ribeiro; e de Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas. Para o presidente Douglas Figueiredo, o encontro foi providencial no momento em que os novos prefeitos, principalmente, precisam de um norte para poder tocar suas administrações. Segundo ele, a presença de ministros e técnicos do governo federal na Assomasul foi muito importante para os municípios de Mato Grosso do Sul no encaminhamento de propostas e discussão de assuntos de interesse local. Na prática, o governo federal, por meio da Secretaria de Relações Institucionais, está promovendo nos estados uma rodada de capacitações para orientar os

PONTO A PONTO encontro

Durante o evento, os prefeitos de Mato grosso do sul tiveram a oportunidade de discutir os problemas dos municípios oportunidade

eles receberam orientações sobre liberação de recursos por meio de linha de crédito e encaminhar reivindicações aos ministérios participação

Além da ministra-chefe Ideli, participam da programação os ministros de Desenvolvimento social, Tereza Campello; das Cidades, Aguinaldo ribeiro; e de Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas

novos prefeitos sobre as políticas públicas, cujo objetivo é apresentar os principais programas, ações e linhas de financiamento voltados às cidades. A programação abordou

Ministra sugere criação de planos de superação da extrema pobreza ChiCo RibeiRo

Durante o evento, os prefeitos e prefeitas conheceram as ações e os programas sociais

De Campo Grande A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, sugeriu na tarde de ontem (1º), durante palestra na Assomasul, a criação de planos locais de superação da extrema pobreza. A palestra de Tereza Campello, proferida no plenário da entidade, fez parte do Encontro Estadual de Prefeitos e Prefeitas de Mato Grosso do Sul com Órgãos Federais, aberto da parte da manhã pela ministra-chefe da Secretaria de Relações Institu-

Ministra do Desenvolvimento social e Combate à Fome, Tereza Campello, ministrou palestra em Campo grande

cionais, Ideli Salvatti, e pelo presidente da Assomasul, Douglas Figueiredo (PSDB). Durante o evento, os prefeitos e prefeitas conheceram as ações e os programas sociais do governo federal e as linhas de financiamento dis-

poníveis para os municípios. As capacitações voltadas aos gestores municipais estão sendo realizadas em todo o país. Mato Grosso do Sul é o segundo Estado a realizar o evento. O primeiro foi Sergipe, no último dia 26.

os principais programas do governo federal nas áreas de saúde, educação, social, infraestrutura, saneamento básico, habitação e políticas públicas voltadas à modernização da gestão pública. Na sede da Assomasul, os principais ministérios do governo federal atenderam individualmente para esclarecer as dúvidas de cada município. Além disso, houve oficinas de capacitações para acessar programas federais e em salas distintas montadas na sede da Assomasul. O encontro contou com a presença do governador André Puccinelli (PMDB), do senador Delcídio do Amaral (PT), deputados federais Reinaldo Azambuja (PSDB), Vander Loubet (PT ), Fábio Trad (PMDB), Antônio Carlos Biffi (PT), Geraldo Resende (PMDB) e Edson Giroto (PMDB), deputados estaduais, vereadores, secretários estaduais e municipais.

“Não existem políticas públicas que não sejam com a participação dos municípios, por isso que essa conversa com os prefeitos é fundamental, porque está acontecendo muita coisa nova”, enfatizou a ministra, ao elogiar o movimento que reúne 73 dos 79 prefeitos de Mato Grosso do Sul. Durante sua fala, Campello destacou as ações e os programas que estão sendo colocados em prática no governo da presidente Dilma Rousseff, mas ressaltou a importância de os gestores públicos obedecerem os prazos para que seus municípios não fiquem de fora na hora da liberação dos recursos disponíveis. “Nossa ideia é construir essa parceria de modo que zere a miséria em cada um dos municípios”, sugeriu a ministrar ao mostrar, por meio de um datashow, dados do governo federal que apontam para o crescimento do setor social em várias regiões do País.

O município de Naviraí esteve presente ontem (1º) no Encontro Estadual com Novos Prefeitos e Prefeitas de Mato Grosso do Sul. O evento foi realizado em Campo Grande, promovido pela Associação dos Municípios do Mato Grosso do Sul (Assomasul) e contou com a presença da ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Ideli Salvatti, ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro, ministra da Assistência Social Wanda Engel, governador do Estado André Puccinelli, senador Delcídio do Amaral e deputados estaduais e federais. O encontro, que contou com a presença do prefei-

to de Naviraí, Léo Matos, teve apresentação dos programas prioritários do Governo Federal, dentre eles: PAC II – Programa de Aceleração do Crescimento; Minha Casa Minha Vida; Desastres Naturais; Plano Brasil Sem Miséria, Políticas da Educação e Saúde; Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse do Governo Federal, dentre outros. Léo Matos classificou como positivo o encontro, que além dele, parte de seu secretariado esteve presente, como os gerentes: Ciro Toaldo (Educação); Adelvino Freitas (Finanças); Gesse de Andrade (Obras); Roberto Rocha (Desenvolvimento Econômico); representando a Gerência de Saúde, Renata Sena Moraes Hervatini e o gerente geral Francisco de Aquino. “Eu e nossos gerentes tivemos a oportunidade de sanar algumas dúvidas pertinentes a esses projetos e recursos oriundos de emendas parlamentares”, destacou o prefeito.

Prefeitura paga o funcionalismo hoje Luiz CLáuDio

De Amambai A Prefeitura paga nesta terça-feira (2), os salários do funcionalismo público municipal referente ao mês de março, em Amambai. Pela legislação vigente no país, o empregador, seja ele público ou privado, tem até o quinto dia útil do mês seguinte, no caso deste mês, até a próxima sexta-feira (5) para quitar a folha referente ao mês anterior. Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, no pagamento desta terça-feira já será acrescido dos 6,5% de reajuste aprovado pela Câmara

Prefeito de Amambai, sérgio Barbosa

Municipal de Amambai durante sessão extraordinária realizada na terça-feira passada (26).

Ciat divulga mais de 270 vagas de emprego O mercado local busca mão de obra para mais de 270 vagas de emprego

De Ponta Porã O Centro Integrado de Atendimento ao Trabalhador (Ciat) divulgou ontem (1º) novas oportunidades de trabalho para os moradores de Nova Andradina e região. Conforme o órgão, o mercado local busca mão de obra para mais de 270 vagas de emprego que admitem profissionais nas mais variadas áreas de atuação. As maiores chances são para os setores sucroalcooleiro, frigorífico, comércio e rural. As contratações são

efetuadas por meio do Ciat em parceira com a Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social. As oportunidades contemplam profissionais de todos os níveis de ensino, desde o fundamental ao superior. Na área sucroalcooleira as vagas oferecidas são: ajudantes de serviços, almoxarife, atreladores, copeiro, mecânicos, motorista, operador, jardineiro, técnico de enfermagem, eletricista de maquinas e veículos, frentista de posto de abastecimento, fiscais de campo, técnico segurança do trabalho, motorista, auxiliar de tratos culturais, auxiliar de fertirrigação, auxiliar de controle agrícola, almoxarifado agrícola, engenheiro agrônomo, engenheiro mecânico e auxiliar de ferramentaria.


7

Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

Cidades Divulgação

Delcídio destaca apoio do governo federal Divulgação

Termina dia 5 de abril, o prazo para cadastramento das prefeituras nos programas De Campo Grande

As empresas receberam consultorias de profissionais especializados, com um treinamento voltado para a qualificação de fornecedores

IEL entrega certificados do PQF para mais 16 empresas de Três Lagoas O programa desenvolvido em parceria com o Sebrae e a Prefeitura Municipal, busca atender as necessidades das empresas-âncoras Eldorado, Fibria e Sitrel De Três Lagoas No âmbito do PQF (Programa de Desenvolvimento de Qualificação de Fornecedores) Avançado, o IEL vai entregar, nesta quinta-feira (04/04), a partir das 19h, no Druds Express, os certificados de Sistema de Gestão e Qualificação em Fornecimento, Ambientais e de Segurança e Saúde para mais 16 empresas de Três Lagoas. Segundo o superintendente do IEL, Bergson Amarilla, o Programa, desenvolvido em parceria com o Sebrae e a Prefeitura Municipal, busca atender as necessidades das empresas-âncoras Eldorado, Fibria e Sitrel, com o desenvolvimento, qualificação e capacitação das empresas-fornecedoras

A cerimônia de entrega dos certificados do PQF Avançado será realizada, a partir das 19 horas, no Druds express dentro dos padrões considerados adequados. Ele informa que as empresas certificadas são Best Life, Chácara Beira Rio, Criativa Print, Combate Serviços Florestais, Druds Express, FeisCar, Foco Hotelaria, Hidráulica Quinelli, Júlio Cesar Mamede, Limpidoz - Higiene Industrial, Plantar, PP Esteque Logística, RKM

Máquinas, Vidrobox, Yama Rios Serviços e Zizo Pneus. “Essas empresas receberam consultorias de profissionais especializados, com um treinamento voltado para a qualificação de fornecedores a fim de atender as empresas-âncoras e ainda desenvolver a capacidade de expandir o seu atendimento”, detalhou. Bergson Amarilla acrescenta que cada vez mais as empresas têm observado os benefícios de participar de um programa como o PQF Avançado, que melhora em todos os aspectos o sistema de fornecimento, gerando mais qualidade e competitividade. “Ao todo, o PQF Básico contemplou 35 empresas nos anos de 2008 e 2011, enquanto o PQF Avançado certificou, em 2011, 17 empresas, das quais 9 ainda estão certificadas após passarem por auditoria realizada a cada dois anos da 1ª certificação. Essa avaliação analisa a realização dos processos em conformidade com os requisitos ISO9001 e é feita por profissionais das empresas-âncoras”, pontuou. Investimentos Na avaliação do coordenador do comitê gestor do PQF Avançado e gerente de suprimentos da regional da Fibria em Três Lagoas, Paulo Edson

Os DADOs

16

Empresas de Três Lagoas recebem certificados nesta quinta-feira a partir das 19h

35

Empresas ao todo foram contempladas pelo PQF Básico nos anos de 2008 e 2011

Vieira, a conclusão de mais um ciclo de trabalho representa a consolidação do Programa como referência e a necessidade de investimento por parte das empresas-âncoras para a melhoria da capacidade de entrega dos fornecedores locais com qualidade. “O PQF simboliza uma oportunidade única, principalmente para as empresas de pequeno porte, que passam a ter acesso a um sistema de gestão e uma perspectiva de crescimento, garantindo com a capacitação das empresas a oportunidade de adquirir um modelo de excelência, aumentando a competitividade”, avaliou. Para Leonardo Konno, proprietário da empresa Druds Express, o Programa contri-

Prefeitos pedem a ministra intercessão por fim de conflitos De Campo Grande Os prefeitos do Conesul do Estado e a deputada estadual Mara Caseiro (PTdoB) pediram ontem que a ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, interceda em Brasília por uma solução que coloque fim na briga por terras entre índios e fazendeiros. Também participaram das discussões o governador André Puccinelli (PMDB), o senador Delcídio do Amaral (PT-MS), o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, e

o presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Douglas Figueiredo (PSDB). A reunião aconteceu logo após o Encontro Estadual de Prefeitos e Prefeitas com Órgãos Federais. Na prática, a classe política de Mato Grosso do Sul está pedindo socorro à ministra, na tentativa de conter o agravamento da situação pelas constantes invasões de terras na região. Mara Caseiro lembrou à ministra que uma equipe do governo federal já realizou audiência em Campo Grande, visando

compreender melhor a situação das invasões no Estado e encaminhar providências. Depois disso, ficou acertado que qualquer decisão a ser tomada teria o aval de todas as partes interessadas. Mesmo assim, três novas portarias da Funai (Fundação Nacional do Índio) foram baixadas após a visita dos técnicos do governo a Mato Grosso do Sul. A deputada também disse a Ideli Salvatti que a Funai e as ONG’s internacionais têm dado um enfoque distorcido à questão, na qual os produtores rurais, que têm a titulação

buiu significativamente para ampliar a visão de negócio, melhorando a qualidade do atendimento e a prestação de serviços. “Por meio do PQF Avançado, conseguimos implantar uma série de processos e a sua padronização, principalmente nas questões internas, de contratação, avaliação e treinamento. Tudo isso tem refletido de forma positiva e contribui para o desenvolvimento para a empresa crescer e ganhar mais destaque”, disse. Segundo o sócio-proprietário da RKM Máquinas, Nedir Antonio Mazzonetto, participar do Programa possibilitou o aprimorar o serviço e oferecer um atendimento diferenciado. “O mercado exige qualidade e o programa realmente é importante para que as empresas se capacitem. Embora, já tivéssemos um processo dentro da empresa, com a participação no projeto, modificamos algumas regras pontuais em cada atividade, para atender da melhor forma nossa demanda”, afirmou. Serviço A cerimônia de entrega dos certificados do PQF Avançado será realizada, a partir das 19h, no Druds Express, que fica na Avenida Ranulpho Marques Leal, Bairro Jardim Alvorada, em Três Lagoas.

das terras, aparecem sempre como “bandidos”. A ministra se comprometeu em conversar com os técnicos do governo envolvidos com a questão da demarcação de terras consideradas indígenas, na tentativa de buscar uma solução para o conflito. “A ministra disse que vai fazer o possível, vai conversar com a equipe, para ver de que forma ela pode ajudar”, detalhou Mara Caseiro. Participaram da reunião os prefeitos de Sete Quedas, Casé , Amambai, Sérgio Barbosa, Novo Horizonte do Sul, Nilza Ramos, Paranhos, Júlio César de Souza, Eldorado, Marta Araújo, Naviraí, Léo Mattos, Tacuru, Pedrinho Rodrigues, Juti, Isabel Cristina Rodrigues, e de Coronel Sapucaia, Nilcéia Alves de Souza .

O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) voltou a alertar os administradores municipais que termina nesta sexta-feira, 5 de abril, o prazo para cadastramento das prefeituras nos programas do governo federal que receberão este ano investimentos do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento). “Quem ainda não tomou todas as providências deve se apressar, seguir as orientações para a elaboração dos projetos e fechar as propostas. Queremos garantir o maior volume possível de investimentos do governo da presidente Dilma, sem dúvida alguma o maior parceiro do desenvolvimento de Mato Grosso do Sul”, disse Delcídio , durante o Fórum de Gestores Federais realizado ontem, na sede da Associação sul-mato-grossense de Municípios

Quem ainda não tomou todas as providências deve se apressar, seguir as orientações para a elaboração dos projetos (Assomasul), em Campo Grande. O senador chegou ao evento acompanhado da ministra das Relações Institucionais da Presidência da República, Ideli Salvatti, e do ministro das Cidades, Agnaldo Ribeiro, que vieram de Brasília a convite de Delcídio e da Assomasul, especialmente para participar do Fórum. Também estiveram presentes os ministros do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, e do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, o

O senador Delcídio do Amaral

governador André Puccinelli, o presidente da Assomasul, Douglas Figueiredo, 73 dos 79 prefeitos sul-mato-grossenses, os deputados federais Vander Loubet (PT) , Antonio Carlos Biffi (PT) , Geraldo Resende (PMDB) , Reinaldo Azambuja (PSDB) , Fabio Trad (PMDB) e Edson Giroto (PMDB) , além de deputados estaduais, vice –prefeitos , vereadores, secretários e técnicos municipais. “É uma alegria receber aqui a ministra Ideli, o ministro Aguinaldo, e todos os demais participantes desse evento, em uma ação competente da Assomasul, que mostra um governo federal presente, parceiro dos municípios. É assim que se faz a boa política, realizando um trabalho competente para atender, acima de tudo, a população. Tenho orgulho de participar de um governo que não coloca a disputa partidária na frente e espero que os nossos prefeitos e prefeitas aproveitem bastante, se informando, se qualificando e qualificando também as suas equipes. Somos parceiros e estaremos à disposição de todos, em Campo Grande e Brasília, acima de tudo defendendo os interesses da população e dos municípios do nosso Estado”, afirmou o senador.

Municipal de Futsal terá rodada nesta quinta-feira Divulgação

Diretor de esportes Luiz Antônio Nogueira, o “Pezão”

De Eldorado O Departamento de Esportes da Prefeitura realiza nesta quinta-feira, 4 de abril, mais uma rodada do Campeonato Municipal de Futsal, em Eldorado. A competição, que reúne as principais equipes do município, acontece no Ginásio de Esportes Antônio Carrocini. Segundo a direção do campeonato, que tem a frente da coordenação o diretor de esportes do município, Luiz Antônio Nogueira, o “Pezão”, três partidas abrem a rodada na quinta-feira e outras três fecham a rodada na sexta-feira, dia 5. Na quinta-feira irão se enfrentar em quadra as equipes, Os Canalhas x Granja Rochedo, Conveni-

ência Martins x Mega Cargas e Usina x Penasso. Na sexta-feira (5) os confrontos serão entre Conjunto Manoel Gomes x Morumbi, Penasso x Posto Pioneiro e Rafagin x Mega Recarga. De acordo com o Departamento de Esportes, na próxima semana já terá início a fase decisiva do certame. eldorado Graças ao esforço de vários políticos da região foi elevado a categoria de Município, sendo emancipada na data de 13 de maio de 1976, com a Lei estadual nº. 3.692. Teve como primeiro prefeito Antonio Carrocini, nomeado em 1 de fevereiro de 1977, por José Garcia Neto, o então governador do Estado de Mato Grosso. No mesmo ano passa a fazer parte do Estado de MS.


Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

8

Coluna social MaraCaju rObertO COsta (FábiO) cidades@progresso.com.br

FLASHES

Em Maracaju você assina O PROGRESSO pelos telefones (67) 9909-6758 / 8408-6663

Primeira-dama Leila azambuja presenteando as crianças na Páscoa

Primeira-dama Leila, secretaria de educação sandra, prefeito Dr. Maurilio, secretaria de assistência eliane

Prefeito Maurilio e primeira-dama Leila

secretaria de assistência eliane na comemoração da Páscoa

Comemoração da Páscoa na escola Pereira da rosa

secretaria de assistência presenteia costureiras

Primeira-dama Leila, prefeito Dr. Maurilio , vice-prefeita eliane e vereador Hélio albarello

Curso do senac é ministrado em Maracaju


Reforma

Série A

PÁG. 2

PÁG. 3

Após 20 anos, Ginásio será reformado

esportes

Diego não preocupa o Itaporã

“O projeto está pronto e aprovado, só falta mesmo a liberação do capital”

Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PROGReSSO

Antonio Coca, da Funed - Sobre a reforma do Ginásio Municipal

Jânio Amaro, diretor de esportes da Funed, ao lado do coordenador Salim Raidan Neto: Copa Ceart inova em premiação e faz com que arbitragem seja muito mais comprometida

Começa hoje a Copa Ceart de Futsal adulto e de base

Na categoria adulta, a atração da noite é o confronto de equipes finalistas de competição estadual: Aefa e Aral Moreira De Dourados Acontece hoje, a partir das 18h45, a abertura oficial da Copa Ceart de Futsal Adulto e Base. Todos os jogos serão realizados no Ginásio do Ceart, no prolongamento da Rua Monte Alegre. Três jogos nas categorias de base e um no adulto marcam a abertura. Às 18h45, estreiam Ceart e Pro Gol na categoria Fraldinha; ás 19h30, a Apaefs 2 enfrenta a Aefa pela categoria Pré-Mirim; 20h10, no Mirim, jogam a Ceart e ABC Dourados. E encerrando a rodada,

a Aefa enfrenta Aral Moreira pela categoria adulta. “Principalmente na categoria adulto, muitas equipes estão usando a Copa Ceart como um forte teste antes de competição estadual. O nível está forte. Tanto que após encerrar as inscrições, muitas equipes nos procuraram para participar. Isso demonstra que a Copa Ceart, antes mesmo de começar, já é referência de competição de altissimo nível”, destacou Salim Raidan Neto, coordenador dos jogos. O sucesso da Copa Ceart,

Dourados

Torneio do Jardim Clímax será neste domingo está previsto acontecer neste domingo, a partir das 8h, no Campo do Ceper Antenor martins, no Jardim Flórida, a segunda edição do Torneio da Associação de moradores do Jardim Clímax. A competição, segundo o presidente da Associação, Rodinei Alves, era para acontecer no último final de semana. “Estamos realizando neste final de semana com o propósito de não apenas fomentar o esporte em nosso bairro mas também para contribuir com a Associação”, destacou. De acordo com ele, o valor arrecadado pelas inscrições será para custear despesas da Associação.

O Torneio será coordenado por Edmar “Pretinho”. Até o momento, 12 equipes confirmaram participação. A intenção é chegar a 15. Haverá premiação em troféu e dinheiro aos três primeiros colocados. O campeão receberá R$ 500, o segundo R$ 300 e o terceiro R$ 200. “São valores simbólicos que a Associação está oferecendo. A competição tem o seu lado social, para nós do bairro. esperamos a participação das equipes de Dourados”, destacou Rodinei. Informações sobre a competição podem ser obtidas com ele, pelo telefone 9616-2784 ou com Douglas Novaes, pelo número 9917-2919.

antes de seu início, se deve aos atrativos da competição que é a premiação diferenciada que a diretoria do Ceart está oferecendo, não somente às equipes que chegarem à final como também para a arbitragem. À equipe campeã, além do troféu, receberá uma moto Shineray 0 Km, a equipe vice-campeão, um televisor e o terceiro colocado na categoria adulto, um micro-sistem. Porém, este ano, a Ceart abriu um grande leque para que a arbitragem também seja beneficiada com uma pre-

fique por dentro NOvIDADeS essa é a primeira competição realizada pelo Ceart onde os árbitros são alvos e serão premiados pela coordenação BASe A competição é uma grande oportunidade para os coordenadores de equipes de base testarem suas equipes PRemIAçãO A equipe campeã na categoria adulta receberá, além do troféu, uma moto Shineray 0 Km GINáSIO Todos os jogos serão realizados no Ginásio do Colégio Ceart no prolongamento da Rua monte Alegre

miação. O árbitro que se destacar na competição receberá um televisor de 32 polegadas. “É o mínimo que a nossa escola oferece. Sabemos do grande potencial esportivo que Dourados tem e por isso investimos no esporte. E os árbitros, também são alvos do nosso trabalho. Acreditamos em Dourados e em sua gente. O Colégio Ceart chegou para somar. E esse é o primeiro eventos de muitos que pretendemos fazer em prol do esporte douradense”, destacou o empresário Reinaldo, do Colégio Ceart.


Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

2

esportes

Pato será titular no jogo contra o Millonarios

BATE BOLA são Paulo

ganso recupera o seu espaço na equipe

Alexandre Pato deve assumir a função que cabia ao peruano Guerreiro e será parceiro de Emerson na partida arquivo

Nem tudo foi tristeza para o torcedor do São Paulo após a derrota para o Corinthians. Mesmo amargando o tropeço de virada para o rival, Paulo Henrique Ganso finalmente fez uma boa partida e deu esperança para quem espera vê-lo brilhar como fez quando estourou no Santos. Além de se apresentar para o jogo, surpreendeu pela postura vibrante e aplicação tática. O Ganso que enfrentou o Corinthians deu carrinhos, desarmou jogadas, protestou contra a arbitragem e arrancou aplausos da torcida. A evolução não passou despercebida por Ney Franco, que elogiou a atuação do meia e comemorou a sua evolução. A principal exigência era que o meia fosse mais participativo sem a bola e auxiliasse a marcação. Coincidência ou não, o crescimento de produção do jogador apareceu justamente quando ele mudou de atitude. A maior reclamação era de que ele era muito desligado.

santos

Alexandre Pato volta a ser titular após lesão de guerreiro; ele fará dupla com emerson

Da Agência Estado A contusão do centroavante peruano Guerrero abriu espaço para que Alexandre Pato seja titular no jogo que pode definir a classificação às oitavas de final da Copa Libertadores. Se o Corinthians vencer o Millonarios, nesta quarta-feira, em Bogotá, pode voltar da Colômbia com a vaga garantida. “É uma decisão, sabemos da importância

essa será a primeira partida de Alexandre Pato como titular desde a última partida pela Libertadores dessa partida e vamos lutar pela vitória e para sair de lá com a classificação”, disse o atacante, que começou o clássico contra o São Paulo na reserva, mas foi essencial na virada de 2 a 1 sobre o rival no último domingo. Alexandre Pato deve assumir a função que cabia ao peruano, a de centroavante, e pode jogar ao lado de Emerson. Será o primeiro jogo de Alexandre Pato como titular desde a última partida do time na Libertadores - na vitória por 3 a 0 contra o Tijuana, do México, no Pacaembu.

Nesta partida, ele havia sentido um incômodo muscular na coxa direita e foi poupado em quatro jogos do Campeonato Paulista. Retornou no clássico de domingo e marcou um gol “polêmico” após pênalti cometido por Rogério Ceni. Na comemoração, pediu silêncio aos torcedores rivais que, durante o jogo, gritavam “assassinos”, manifestação em alusão à morte do boliviano Kevin Espada em Oruro. “Para vocês que nos chamaram de assassinos! Somos apenas jogadores tentando levar alegria para vocês”, publicou o jogador no Twitter. “O que tinha de disse sobre isso já falei”, disse Alexandre Pato antes do embarque do time para a Colômbia. A entrada de Alexandre Pato no time titular deve a ser única mudança do time em relação à equipe que derrotou o São Paulo. O técnico Tite pretende manter Romarinho como armador ao lado de Danilo, como foi no clássico. Outra opção seria escalar Jorge Henrique como um terceiro atacante e jogar só com Danilo na armação. Esse problema em montar o meio de campo se deu com a grave contusão de Renato Augusto, que machucou a

coxa direita e deve ficar fora do time por pelo menos mais um mês. Douglas, que seria opção, também está machucado. Daí a insistência do treinador em testar Romarinho na armação. Guerrero sequer viajou com o grupo, nesta segunda, para a Colômbia. O departamento médico do clube informou que o atacante não sofreu lesão grave na coxa direita, mas que achou melhor tirá-lo da partida desta quarta. “Para vocês que nos chamaram de assassinos, somos apenas jogadores tentando dar alegria para vocês” Alexandre Pato

Matemática O Corinthians é o segundo colocado no Grupo 5, com sete pontos em quatro jogos. O Millonarios tem três. A classificação corintiana viria já nesta quarta se o San Jose empatar com o Tijuana, na Bolívia, e o time bater o Millonarios. O grupo está confiante em alcançar esse objetivo e celebra o bom momento após vencer o clássico. “Merecíamos o resultado contra o São Paulo”, disse o meia Danilo.

romário e Ivo Herzog vão à CBF pedir a saída de Marin Marin teria perseguido o pai de Herzog que depois foi morto sob tortura Da Agência Estado O filho do jornalista Vladmir Herzog (assassinado pela ditadura em 1975), Ivo Herzog, entregou ontem na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro, uma cópia do abaixoassinado feito pela internet com mais de 54 mil assinaturas que pede a saída do presidente da entidade, José Maria Marin. Acompanhado dos deputados federais Romário (PSB-RJ), presidente da Comissão de Turismo e Desporto da Câmara, e Jandira Feghali

(PC do B-RJ), presidente da Comissão de Cultura, Ivo Herzog protocolou a cópia e teve de deixá-la na recepção da sede da CBF, já que, segundo lhe foi dito, Marin não estava no prédio. O filho de Herzog está convencido de que Marin estimulou a perseguição a seu pai, que trabalhava na TV Cultura e foi morto sob tortura quando detido nas dependências do Departamento de Operações e Informações (DOI) do 2.º Exército, em São Paulo. Cópias do abaixo assinado e de dois discursos de Marin enquanto deputado estadual (em São Paulo) pela Arena foram enviadas aos presidentes das 27 federações estaduais de futebol e aos 20

clubes da Série A do Campeonato Brasileiro: todos que têm direito a voto na próxima eleição para o comando da CBF, em abril de 2014. “Cabe a eles se manifestarem contra. Se ficarem calados, é um sinal de conivência”, disse Ivo Herzog. Romário também cobrou um posicionamento por parte dos clubes e federações. “Muitos falam que esses problemas não afetam muito dentro de campo, mas hoje estamos na 18.ª posição do ranking da Fifa. Isso é uma vergonha. É claro que eles (dirigentes) não jogam, mas sem uma administração séria e honesta vai ser difícil recolocar o futebol brasileiro no topo do ranking”, disse o ex-atacante.

Muricy fará ajustes na equipe da Vila O técnico Muricy Ramalho vai usar os três jogos restantes da fase de classificação do Campeonato Paulista para fazer ajustes na defesa e dar descanso aos jogadores mais desgastados fisicamente. Começou com Edu Dracena, Léo e Arouca no jogo passado. O volante viajou com a delegação para Bauru e estava escalado para enfrentar o Oeste, mas se queixou de dores musculares na coxa direita e ficou fora por precaução. O plano do treinador é poupar outros titulares diante do São Caetano, nesta quinta-feira, no estádio do Pacaembu. Estão fora da lista Neymar e o argentino Montillo porque eles decidem jogos Não é apenas o risco de contusões que preocupa. Longe de ter a eficiência ofensiva de 2010, que encantou o país, e o aproveitamento de 2011 (conquistou a terceira Copa Libertadores da história), o time tem sofrido muitos gols na atual temporada. Já foram 19 no Paulistão, média de 1,19/jogo.

goleiro

Ceni se recupera e não preocupa o são Paulo O goleiro Rogério Ceni recupera-se bem do trauma no pé direito sofrido no lance em que cometeu pênalti no corintiano Alexandre Pato na derrota do São Paulo por 2 a 1 no último domingo, no Morumbi, pela 16ª rodada do Campeonato Paulista. De acordo com o médico do clube, José Sanchez, Rogério está com menos dores na região e tem evoluído bem, mas seria prematuro dizer que o camisa 1 estará em campo na quinta-feira contra o The Strongest em La Paz, em partida válida pelo Grupo 3 da Copa Libertadores. O exame realizado ainda no domingo indicou que Ceni não teve fratura no local, que no entanto permanece bastante inchado. Um novo exame deve ser realizado nesta quarta-feira para decidir se o capitão viaja ou não com a delegação para La Paz.

Coca vai ao DF buscar recursos para o ginásio arquivo

Antonio Coca, presidente da Funed, viaja hoje para Brasília

De Dourados A prefeitura de Dourados deu o pontapé inicial para a reforma do Ginásio Municipal Ulisses Guimarães, empreendimento construído há mais de 20 anos e que ultimamente tem enfrentado problemas estruturais que impedem a realização de alguns eventos. Técnicos da Fundação de Esportes (Funed) e Secretaria de Planejamento (Seplan) encaminharam um projeto de recuperação para o Sistema de Convênios do Governo Federal (Sincov), porém, ainda não há previsão para início das obras. O presidente da Funed, Antonio Coca, viaja hoje para Brasília (DF) para tentar angariar recursos estimados em R$ 20 milhões. Essa quantia também será utilizada em outros setores do esporte no município.

“Ficarei no Distrito Federal até sexta-feira, acompanhado dos senadores Waldemir Moka e Delcídio do Amaral. Vamos nos encontrar com representantes do Ministério do Esporte e outras autoridades políticas, para tentar adquirir os recursos necessários. O projeto está pronto e aprovado, só falta mesmo liberação de capital”, explicou. Segundo Coca, a reforma é uma das prioridades da atual administração. O ginásio passará por algumas mudanças e terá problemas crônicos solucionados. “A ideia é mudar todo sistema hidráulico da área, inclusive a caixa d’água. Reparos no teto também estão no cronograma, assim como a construção de um palco externo e de novos banheiros e vestiários. O perímetro será cercado e fechado, e receberá uma academia a céu aberto. A quadra, remodelada recentemente, ficará como está”, afirmou.

Paris saint-germain testa a sua força hoje Contra o Barcelona, o Paris saint-germain busca consolidar o seu projeto Da Agência Estado O Paris Saint-Germain coloca o seu sonho de grande à prova hoje diante do maior time dos últimos cinco anos. Em seu estádio, o Parque dos Príncipes, receberá o temível Barcelona de Messi naquele que será o seu primeiro confronto contra um gigante europeu desde que foi comprado por um grupo árabe há quase dois anos. O jogo vale pela rodada de ida das quartas de final da Liga dos Cam-

peões da Europa - a volta será no próximo dia 10, no Camp Nou. A primeira temporada do Paris Saint-Germain como “novo rico” serviu para classificar o time para a principal competição europeia, posto que garantiu por ter acabado o Campeonato Francês em segundo lugar. Nesta, com a chegada de Ibrahimovic, Thiago Silva, Lucas e Lavezzi (contratações que consumiram mais de 110 milhões de euros, o equivalente a R$ 286 milhões), o título nacional parece uma questão de tempo (lidera com sete pontos de vantagem sobre o Olympique de Marselha e faltam oito rodadas) e o time quer fazer barulho na Liga dos Campeões.

Abel Braga faz mistério no time O treinador não deu nenhuma pista sobre o time para o jogo de sábado Da Agência Estado Fluminense se reapresentou ontem, nas Laranjeiras, já com um treinamento coletivo. O técnico Abel Braga escalou duas equipes mescladas com jogadores das categorias de base, mas com direito a Deco, Fred e Felipe em campo. Os dois primeiros em um time; o meia ex-Vasco, no outro. O treinador, no entanto, não deu nenhuma pista sobre qual deve ser a formação da equipe no próximo sábado contra o Resende, pelo Campeonato Carioca. O atacante Wellington

Nem, que na semana passada havia se machucado sozinho durante um treino do time (sofreu uma entorse no joelho esquerdo e perdeu os últimos dois jogos do Fluminense), reapareceu nas Laranjeiras e começou o processo de recondicionamento para voltar à equipe. Ele deu corridas leves ao redor do gramado e ainda não se sabe se terá condições de entrar em campo na próxima rodada da Taça Rio (segundo turno do Estadual). O agueiro Anderson, que também se recupera de lesão, foi outro a fazer exercícios separadamente. O meia Thiago Neves, com uma lesão na panturrilha, e o lateral-direito Wellington Silva, que fraturou o calcanhar, continuam lesionados.


Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

3

esportes

Palmeiras encara o Tigre em duelo decisivo Classificação do Palmeiras naLibertadores está em jogo; porém, a descrença do torcedor palmeirense é grande e no Pacaembu pode sobrar lugares marcos bezerra

Da Agência Estado O Palmeiras tem a primeira grande decisão da temporada nesta terça-feira, às 20h30 (de MS), em um estádio do Pacaembu que não deve lotar, tamanha a descrença dos torcedores com o time comandado pelo técnico Gilson Kleina, mas que vai estar efervescente. Muitas coisas estão em jogo. A principal delas, a classificação às oitavas de final da Copa Libertadores está ameaçada e vencer os argentinos do Tigre é mais do que uma obrigação. É uma necessidade. São 90 minutos que separam o Palmeiras do céu e o inferno. Se vencer, pode chegar ao segundo lugar do Grupo 2, ficar em uma boa situação para conseguir a classificação e dar sobrevida ao trabalho de Gilson Kleina. O time alviverde é o terceiro, com três pontos, assim como o Tigre, que aparece logo abaixo pelo saldo de gols. O Libertad, do Paraguai, lidera com oito pontos e o Sporting

Uma derrota hoje pode deixar o Palmeiras bem longe de uma competição importante para o clube Alviverde Cristal, do Peru, está em segundo, com cinco - as duas equipes têm quatro jogos. Mas uma derrota pode fazer a vaga se tornar um sonho distante e a pressão em cima do treinador se tornar próxima do insustentável. Depois do jogo desta terça, o Palmeiras tem ainda o Libertad, em casa, e o Sporting Cristal, no Peru. A diretoria nega intenção de demitir Gilson Kleina em caso de fracasso nesta terça, mas ele sabe que a corda já estará em seu pescoço, pronta para ser puxada. Fora de campo, os jogadores e a comissão técnica esperam por apoio, mas sabem que rapidamente os aplausos podem virar vaias. “Temos que fazer valer o mando e mais uma vez tenho de fazer apelo ao torcedor pedindo apoio”, disse Gilson Kleina. A Mancha Alviverde, torcida organizada rompida com o clube, está de volta Suspensa pela Federação Paulista de Futebol (FPF) de frequentar os estádios no estado, ela tem liberdade quando a partida é sob a batuta da Conmebol. E

Após vitória no Paulistão, a equipe do Palmeiras joga hoje com a missão de vencer para ganhar moral na competição e com o torcedor

os torcedores prometem pegar no pé do time do início ao fim do jogo. Além da questão extracampo, Gilson Kleina tem mais um problema para resolver. O temor dele no início da

André Luiz, Léo Gago e Leandro estão fora da Libertadores por não estarem inscritos temporada aconteceu. Jogadores que chegaram depois do período de inscrições na Libertadores, ou que já foram inscritos por outros clubes, estão se destacando no

Campeonato Paulista, mas não poderão atuar na competição continental. Três titulares no Estadual desfalcam a equipe por não estarem inscritos. Casos do zagueiro André Luiz, do volante Léo Gago e do atacante Leandro. Além disso, o meia Rondinelly, que poderia ser uma opção, também fica fora pelo mesmo motivo. Como desafios se tornaram uma dura rotina para o Palmeiras nesta temporada, este jogo apresenta mais um problema para Gilson Kleina superar. Outros importantes titulares estão machucados, casos do zagueiro Henrique,

do meia Valdivia e dos atacantes Maikon Leite e Kléber. “Acredito que eu terei algo em torno de 19 jogadores para usar”, projetou o treinador, que deverá encher o banco de reservas com garotos da base que ainda nem jogaram como Bruno Dybal, Luiz Gustavo e Emerson. Dois jogadores entram em campo ainda mais pressionados, pois sabem que podem ter a última - ou uma das últimas - oportunidade de mostrar serviço. Na zaga, o jovem Marcos Vinícius, de 21 anos, tem mais uma chance de atuar, já que Henrique e Leandro Amaro estão ma-

chucados e Vilson e André Luiz não podem jogar. Assim, ele forma dupla com Maurício Ramos. “Claro que bate uma ansiedade, mas estou preparado”, disse o zagueiro, que estreou marcando um gol contra com 45 segundos de jogo diante do Mirassol, na vexatória goleada por 6 a 2, na última quarta. Outro que está na berlinda é o atacante Vinícius. Apontado como uma revelação do clube nos últimos anos, mas que ainda não conseguiu se firmar, ele sofre uma enxurrada de críticas pelas más atuações, mas é mantido no time pela falta de opções.

Diego não preocupa e vai para o jogo Gazeta ms

Goleiro passou por avaliação médica e não irá desfalcar a equipe nesta reta final De Itaporã O goleiro Diego não deve desfalcar o Itaporã para o confronto decisivo do próximo sábado contra o Aquidauanense, válido pelas quartas de final do Campeonato Estadual. O defensor sentiu uma fisgada na coxa enquanto cobrava um tiro de meta no primeiro jogo realizado domingo (empate em 1 a 1), no Chavinha, mas de acordo com o técnico Pedro Caçapa, estará disponível para entrar em campo no final de semana. “Nesta segunda-feira pela manhã (ontem), ele passou por exames médicos que indicaram uma contratura no

músculo da coxa, porém, lesão leve. Ele vai se recuperar ao longo da semana para estar pronto quando eu precisar. Temos que levar em consideração o desgaste, já que ele atuou em praticamente todas as partidas. Por isso vai ficar

O defensor sentiu uma fisgada na coxa enquanto cobrava um tiro de meta no primeiro jogo

Goleiro Diego sente fisgada na coxa, sai de maca, mas não preocupa para a partida contra o Aquidauanense no sábado

em repouso nesta semana”, disse o treinador. Após empate em casa, o Itaporã precisa de uma vitória simples para conquistar a classificação à semifinal da competição. Por sua vez, o Aquidauanense joga por um empate, pois teve melhor campanha na primeira fase e leva vantagem segundo regula-

mento elaborado pela Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS). De acordo com Caçapa, o duelo no Noroeste promete ser equilibrado, assim como foi no Chavinha. “O jogo foi bom, com as duas equipes se comportando bem. Saímos na frente, mas infelizmente em um lance de bola parada sofremos o gol de empate. Não está nada definido e do mesmo jeito que eles [Aquidauanense] dificultaram para a gente aqui, nós vamos dificultar para eles lá. Eles têm a vantagem do empate e por isso não vão se expor. Nós pretendemos aproveitar o espaço para chegar ao ataque com bom toque de bola. Vamos confiantes, pois marcamos gols em quase todos os compromissos, exceto um”, explicou Caçapa. A partida acontece às 15h de sábado, em Aquidauana.

Botafogo poderá ter dois atacantes Da Agência Estado O técnico Oswaldo de Oliveira comandou ontem um treinamento coletivo e escalou o Botafogo com dois atacantes: Bruno Mendes e Rafael Marques. Nesta quarta, o time enfrenta o Vasco, em Volta Redonda. O meia Seedorf, suspenso após a polêmica expulsão contra o Madureira no último jogo, está fora. Vitinho, que havia sido titular na partida passada, ficou entre os reservas no treino. Na atividade, Oswaldo de Oliveira cobrou muito a marcação na saída de bola adversária. O zagueiro Antônio Carlos, com uma indisposição, foi poupado. O técnico escalou o time titular com Jefferson; Lucas, Bolívar, Dória e Júlio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Lodeiro e Fellype Gabriel; Rafael Marques e Bruno Mendes. A entrada do segundo atacante dividiu opiniões no time. Para Lodeiro, Bruno Mendes na vaga de Seedorf não muda o jeito de jogar do time. Já para o goleiro Jefferson, capitão da equipe, a “bola parada” melhora principalmente na defesa. Vasco Mal assumiu e o técnico Paulo Autuori já reclamou dos salários atrasados no Vasco. Segundo ele, antes de assinar o contrato, lhe foi prometido pelos dirigentes vascaínos que a delicada situação financeira do clube - velho problema que culminou em 2012 com a saída de jogadores importantes como Juninho Pernambucano - seria normalizada. O Vasco trabalha para não acumular três meses de vencimentos atrasados. “Isso não pode acontecer. Qualquer outro clube atrasa e falam isso, acham normal. O Vasco é um deles, não é novidade. Isso tem que acabar”, disse o treinador.

Jorginho barra jogadores no Flamengo Da Agência Estado Depois de seguidas atuações ruins no Campeonato Carioca, o Flamengo terá a chance da recuperação nesta quarta-feira contra o Remo, fora de casa, na estreia pela Copa do Brasil. O técnico Jorginho não relacionou três jogadores importantes do elenco: o zagueiro Alex Silva, muito criticado pela torcida na derrota para o Audax, e os volantes Ibson e González. O chileno era titular, mas não tem ficado sequer no banco de reservas depois de ter voltado da seleção de seu país. Já Ibson não havia sido relacionado contra o Bangu, na quarta da semana passada, e entrou no segundo tempo contra o Audax. Já Alex Silva tinha sido titular nos três jogos sob o comando de Jorginho (um empate, uma vitória e uma derrota). Ontem, o jovem meia Adryan anunciou a sua renovação de contrato com o Flamengo. O atleta, de 18 anos, renovou até março de 2016. Nas últimas semanas, outras revelações recentes, Rafinha e Rodolfo, também tinham renovado: por cinco e quatro anos, respectivamente.


Dourados, terça-feira 2.4.2013 O PrOgressO

4

Polícia Divulgação

Bebê é encontrado morto com sinais de espancamento De Dourados

em dois acidentes, seis pessoas morreram, três em cada um deles, dada à violência das colisões

Mortes diminuem no país, mas crescem no MS

Um c r i a n ç a i n d í g e n a de quatro meses foi encontrada morta na noite de domingo, na aldeia Te’ykuê, em Caarapó. De acordo com o perito da Polícia Civil, André Kioshi, que esteve no local para recolher evidências, o bebê apresentava vários hematomas pelo corpo. Os hematomas podem ter sido causados por algum tipo de violência. Conforme apurado junto a testemunhas, a criança é filha de pais indígenas separados. Na tarde de do-

mingo, a mãe da criança levou o bebê para a casa do pai, deixando com uma prima dele, dizendo que não iria mais cuidar da criança, alegando não ter condições de criar o garoto. Até esse momento a criança estava bem e saudável. Mas na noite de domingo, lideranças da aldeia receberam a informação de que a criança estaria morta e acionaram a Polícia Civil na manhã de ontem. O garoto, segundo a mãe, estava bem de saúde. Segundo Kioshi, somente um médico legista poderá informar a causa da morte. O corpo foi encaminhado para o IML de Dourados. ciDo costa

O feriado de semana santa no Mato Grosso do Sul foi o mais violento dos útimos quatro anos; seis pessoas morreram em acidentes nas rodovias De Dourados Na contramão da estatística nacional, que registrou queda nos acidentes nas rodovias federais do país, Mato Grosso do Sul teve o feriado de Semana Santa mais violento dos últimos quatro anos, quando seis pessoas perderam a vida. Durante os quatro dias da Operação Semana Santa 2013,

uma colisão frontal contra um caminhão, três mulheres que estavam em um veículo Pegeot (com idades de 55, 27 e 16 anos) perderam a vida. A família havia saído de Campo Grande para passar o feriadão no interior de São Paulo. No segundo acidente, na tarde de domingo, na BR-163, entre o distrito de Anhanduí e Campo Grande, nova tragédia

em nível nacional os números revelam que, houve queda de 15% nos índices de mortes e de acidentes, e 25% no total de feridos

No Ms, em dois acidentes, seis pessoas morreram, três em cada uma das colisões; nos dois casos, da mesma família

a Polícia Rodoviária Federal conseguiu baixar os índices de letalidade nos 70 mil quilômetros de rodovias federais. Entre zero hora de quinta-feira e meia-noite de domingo, foram contabilizados 2.429 acidentes, contra 2.674 em 2012 (menos 9%), 1.371 feridos, contra 1.721 em 2012 (redução de 20%) e 108 mortes contra 120 em 2012 (queda de 10%).

com três mortes, também de uma mesma família. A colisão frontal entre um Siena e um Logan matou duas mulheres, uma de 47 anos e outra de 65, e um homem de 70 anos. Todos ocupantes do Siena. Neste ano, foram 47 acidentes e 41 feridos. De quinta-feira a domingo, 17 pessoas foram presas por dirigir sob efeito de álcool nas rodovias federais.

Na avaliação comparativa, em que se considera a frota registrada, a redução é ainda maior, com queda de 15% nos índices de mortes e de acidentes e de 25% no total de feridos. Com sete mortos, a Operação Semana Santa de 2013 teve o saldo mais trágico dos

últimos quatro anos nas rodovias federais que cortam Mato Grosso do Sul. A ação foi realizada entre quinta-feira e domingo. Em dois dos acidentes, um na BR-262 e outro na BR-163, seis pessoas morreram, três em cada um deles. Na 262, em

A polícia encontrou o bebê envolto em panos numa cama

Homem é preso com adolescente bêbada De Dourados Um homem de 24 anos foi preso pela Polícia Militar na noite de domingo (31), em Coxim, após ser flagrado com uma menina de 12 anos visivelmente embriagada, em sua residência. A mãe da menina procurou a polícia para denunciar o desaparecimento da filha, repassando à policia a informação de que a garota havia sido vista na casa do acusado.

Quando os policiais entraram na casa flagraram a menina embriagada no quarto com o homem e outro adolescente, de 16 anos. Na casa os policiais também encontraram latas de cerveja. Todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil, onde a menor contou que à tarde foi para um balneário, ingeriu drogas e bebida alcoólica, mas que não havia sofrido nenhum tipo de abuso sexual.

Garotas trazem ovos e crack do Paraguai

Homem morre com Turista é o maior tiro de 12 no pescoço predador dos rios

De Dourados

De Dourados

Policiais Militares lotados no Terceiro Pelotão de Mundo Novo realizaram, na noite de sábado (30), na Avenida Castro Alves, a detenção de duas adolescentes, uma de 15 anos de idade e outra de 16, ambas residentes naquele município, devido à prática de tráfico de drogas. As duas jovens estavam em um táxi de origem paraguaia, que foi abordado no momento em que adentrava o núcleo urbano do lado brasileiro. Questionadas sobre os motivos da

viagem, elas disseram que tinham ido ao Paraguai comprar ovos de Páscoa. Desconfiados de que as garotas poderiam estar transportando algo ilícito, os militares realizaram uma vistoria nos pertences delas e além de três ovos de Páscoa, havia uma caixa de som, que depois de aberta revelou ser o esconderijo para “uma pedra esbranquiçada, envolta em fita plástica, com odor e aparência de crack”, que as garotas confirmaram ser crack e que haviam comprado na cidade de Salto Del Guairá, no “vizinho país”.

a FOTO Divulgação

Maníaco está sumido há um mês

Um rapaz de 28 anos foi assassinado a tiro em frente a um bar na cidade de Rio Brilhante. Minutos antes de ser morto, por volta das 20h de ontem, ele estava jogando sinuca em companhia de um irmão num bar. Segundo a polícia, duas pessoas que ocupavam um veículo Uno verde pararam em frente ao estabelecimento e um deles chamou a vítima. Ele conversou por alguns minutos com os acusados e, na sequência,

Passional Populares acionaram socorro, mas o homem já estava morto. Ele foi atingido no pescoço, por um tiro de espingarda de calibre 12. O rapaz assassinado trabalhava em uma usina do setor sucroalcooleiro, no município de Rio Brilhante. A polícia trabalha com algumas hipóteses, uma delas é que o crime de homicídio poderia ter sido passional.

Falando ao celular, homem bate e morre De Dourados

Amanhã completa um mês que o “Maníaco da Cruz” fugiu da Unidade educacional de Internação (Unei) de Ponta Porã. Desde então surgiram diversos boatos sobre aparições do assassino em diversas cidades do Ms, do Mato grosso e do Paraná, porém, seu verdadeiro paradeiro continua sendo um mistério.

ouviram tiros. A dupla deixou o local no carro que arrancou em alta velocidade.

Um pedreiro de 48 anos morreu no início da tarde de ontem, no Hospital da Vida, após se envolver em um acidente de trânsito ocorrido durante a manhã, no Jardim Água Boa, em Dourados. Ele colidiu sua motocicleta na traseira de um Ford Belina de propriedade de outro pedreiro, de 44 anos. Segundo o boletim de ocorrência, a vítima seguia pela Rua 20 de Dezembro por volta das 11h, pilotando e falando ao celular, quan-

do perdeu o controle da direção. Com a força do impacto, sofreu ferimentos graves, sendo socorrido por uma equipe do Samu e encaminhado ao hospital. Mas, por volta das 13h, ele faleceu. Se for comprovado que ele estava ao telefone enquanto conduzia, o caso será a segunda morte provocada pela imprudência no trânsito nas últimas horas. No final da madrugada de domingo, um rapaz de 18 anos morreu ao bater sua moto na lateral de um carro no cruzamento da Marcelino Pires com a Presidente Vargas.

De Dourados A Polícia Militar Ambiental (PMA) divulgou ontem (1º) o resultado da Operação Semana Santa, que se iniciou na última quarta-feira (27). A operação contou com o efetivo de 330 homens. Devido ao feriado prolongado, bem como pela tradição religiosa de se consumir peixe durante a Semana Santa, o foco da fiscalização foi prevenir a pesca predatória, pois o número de turistas de fora e do Estado aumenta significativamente nos rios neste período. Entre os crimes mais cometidos no meio ambiente ainda se destaca a pesca

predatória, das 17 autuações 11 foram por pesca, embora este ano, com 76 quilos de pescado apreendidos, foi a operação em que se apreendeu a menor quantidade de peixes, desde 2005, porém, os policiais retiraram de redes armadas nos rios apreendidas, quase 100 quilos de peixes vivos que foram soltos. Na operação passada foram apreendidos 362 quilos. As multas aplicadas nesta operação foram menos de um terço da operação do ano passado e o menor valor desde 2005. Foram R$ 20,7 mil contra R$ 69.740,00. A Polícia Ambiental ainda autuou 17 pessoas por falta de licença de pesca, número bem menor se comparado com o dos últimos anos. Divulgação

17 pessoas foram autuadas por falta de licença para pescar


o progresso

Dourados, terça-feira 2.4.2013

1

Imóveis

2

Apartamentos

3

classificados

Veículos e utilitários

4

Veículos importados

5

Motos

6

Diversos

7

Telefones

8

Empregos e oportunidades


2

classificados

o progresso

Dourados, terça-feira 2.4.2013

1

20232

24004

JD FLÓRIDA II

PQ ALVORADA

Pq. Alvorada. F.3426-5826 ou 9613-3388.

Casa c/ 80m² c/2 qtos, sala, coz, wc, lavanderia, churrasq. e garagem. Imob. Ajur ycaba 820J. F.34219888.

3 qtos, sl, coz, wc, 148m². R$ 80.000,00. F.96849951.

Casa c/ 152m², 3 qtos, sala, wc, coz, edícula, garagem. Imob. Alternativa 5938J. F.3032-1040.

R$ 240mil. Atrás do Aurora. Financia. 9917-9135.

No Pq. Alvorada. F.34260370 ou 9971-5099.

ALUGA-SE COBERTURA

Casa-Aluga

Adelina Rigoti. R$ 700,00. F.9972-0108. 24091

CASA DE MADEIRA W-10, Água boa c/ 3 qtos, sl, coz. R$ 600,00. F.96881339.

24134

EDÍCULA P/ CASAL 9928-6889 / 9236-8909 ou 8111-0511.

24104

24044

3º PLANO REFORMADA 1 suíte, 2 qtos, coz, copa, sala de tv, escritório, á. ser v. churrasq. garagem. R$ 1.200,00. R. Guaratuba nº160. F.9958-3899 Jones. 23912

ALUGA KITINETE R$350 General Osório nº1.150. F.9648-6163.

24155

ALUGA-SE Salão Av. Marcelino Pires nº3128. R$ 2.000,00. F.9972-0108. 24157

ALUGA-SE Casa Rua MT. R$ 1.000,00. F.9972-0108. 24058

ALUGA-SE 2 QTOS P/ estudantes, próximo UFGD. telefone para contato 9660-3638.

FLÓRIDA I 3 QTOS 2 wc, alvenaria. R$ 400,00. F.3423-2255. 24154

KIT ÁGUA BOA INDIV. C/ água, net, imposto incluso, garagem p/ moto, frente p/ rua. F.3425-6937.

23781

KITINETE 3 PEÇAS Aluga. Jardim Colibri. R$ 350,00. F.9908-7260 Luciano. 24071

23908

23830

PRÓX. AO ATACADÃO 2 qtos, sl, coz. R$ 700,00. F.3428-5247 ou 99213737.

23708

PRÓX. SUP. PÉROLA Casa nova. R$ 550,00 + peço fiador. 9825-5485. 22988

QUARTO FAMILIAR Pres. Vargas nº40. Próx. a Feira, centro. 9611-7159.

23749

SALÃO COMERCIAL Aluga. R$ 600,00 no centro. 9916-0184. 21833

SOBRADO OURO VERDE 2 qtos, sala, coz, lav. F.9971-8404 ou 96365138. 24170

VILA HILDA 695 3 peças com varanda. R$ 420,00. F.9904-8942.

Casa-Venda

KITINETE PARTICULAR 1 quarto, 1 cozinha e 1 banheiro. 9251-6034. 24171

KITINETE R$ 600,00

24122

4º PLANO R$ 120MIL 3 qtos, wc, copa, coz, gar. 3 carros, piscina, á vista. F.9999-6545. 23853

ÁGUA BOA Piscina, perto escola, farmácia, abevê. 9630-9336. 24019

ALTOS DO INDAIÁ 133m². 1 suíte, 2 qtos. 9656-5181.

23977

ALTOS DO INDAIÁ R$ 180mil. Nova c/ suíte, ótimo local. 9917-9135.

17314

ALTOS DO INDAIÁ 3 qts, wc, sala, coz. americ. salão comerc. na frente. Edícula c/ qto, despensa, varanda, R$ 180 mil. Imob. Ajur ycaba 820J. F.34219888. 24003

ALTOS DO INDAIÁ Imóvel Residencial/ comercial, contém 2 aptos, 1 salão comercial e 1 barracão, área terreno 525m². Imob. Ajurycaba 820J. F.3421-9888. 23586

23962

P/ CLÍNICA

3 CASAS NOVAS Em Fátima do Sul, próx. Prefeitura. R$ 140, R$ 130 e R$ 120mil. F.9971-2828. 23991

3 QUARTOS + SALÃO 1/2 terreno. R$ 75mil. Jd. Novo Horizonte. 99256470.

EM RIO BRILHANTE R$ 120mil. No asfalto, 2 qtos, sl, coz. Financia. Ac. carro ou casa em Fátima do Sul. F.9903-0809.

IZIDRO PEDROSO 2 qtos, financia. Creci 5548. F.9929-3510.

JD NOVO HORIZONTE

PQ ALVORADA R$370MIL

Casa c/ 2 qts, suíte, sala, wc, coz, área de serviço e garagem. Imob. Ajurycaba 820J. F.3421-9888.

1 suíte, 2 qtos. Creci 3022. F.9955-9950 ou 99722521.

JD NOVO HORIZONTE

Casa c/ 240m², c/ 1 suíte, 4 qtos, wc, sala, copa, coz, edícula, garagem. Imob. Alternativa 5938J. F.30321040.

23906

CANAÃ 3 FINANCIA 3 qtos, sala, coz, wc, varanda, garagem. F.9996-6743.

23774

CASA 9622-9285

24005

JARDIM ÁGUA BOA Casa c/ 90m², 2 qtos, sala, coz, wc, área de serv. garagem p/ 1 carro. Imob. Ajur ycaba 820J. F.34219888.

24006

J. Paulo II, boa residência, 12 peças.

23601

CASA C/ BARRACÃO Bnh 4º Pl. Rua General Osório nº21. R$ 150mil. Aceito troca. F.9933-9971 ou 9803-4984. 23803

CASA EM ITAPORÃ 130m², no asfalto, Jardim Vitória. 9668-1855.

19434

CASA VL PLANALTO 14x50, R.Toshinobu Katayama nº 1.310. F.3421-3458. 24024

CASAS

JARDIM CARISMA Casa c/ 52m², 2 qtos, wc, sala, coz, área de serv. e garagem. Imob. Ajurycaba 820J. F.3421-9888. 24007

JARDIM MARACANÃ Casa c/ 192m², 2 qtos, suíte, 2 salas, wc, coz, garagem, edícula c/ 1 qto, wc, churrasqueira. Dá financiam. Imob. Ajurycaba 820J. F.3421-9888. 22614

JD ÁGUA BOA 24125

JD CUIABÁ R$270 MIL

BNH 3º PLANO

Casa c/ 220M², 01 suíte, 02 qtos, 1 wc, coz, copa, área serviço, varanda, churrasqueira, piscina, edícula, garagem. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888.

16203

21434

Casa c/ 120m² c/ 3 qtos, wc, sala, coz, área de serviço, garagem 2 carros. Imob. Ajur ycaba 820J. 3421-9888. 24025

COMPRAR OU VENDER Imóveis? Fale comigo. Casas, terrenos, aptos, sítios. F.9601-0311.

Condomínio fechado c/ 10 casas, c/ 2 qtos, 1 wc, sala, cozinha, área serviço e garagem. Dá financ. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888. 18771

JD DOS ESTADOS

18772

23714

Aceito troca por outra casa em Bonito. Não dá financiamento. F.9865-8540 Maria. 23589

MANSÃO DOS PODERES 4 suítes, 3 dormitórios, 1 apto p/ personal do lar, garagem 6 veíc. Creci 2645. F.3421-0034 ou 9971-1320. 24011

NOVO PQ ALVORADA

Casa 63,68m² c/ 2 qtos, sala, coz, wc, área de serviço e garagem. Imob. Ajurycaba 820J. F.3421-9888.

PQ ALVORADA R$ 270mil. Ac. financiamento. Ao lado colégio. 9917-9135. 22874

23997

PQ DAS NAÇÕES II

23892

R. CIRO MELO 960M² De madeira, próx. Abevê. F.9972-9412 ou 99269345.

23996

SALA COMERCIAL

R. Monte Alegre nº 5.345. Gondim. Creci 2645. F.3421-0034.

Excelente localização. O Sucesso do seu negócio depende da localização. R. Toshinobu Katayama, em frente à antiga Mercearia Gaúcha. Imóvel em fase de acabamento, sala medindo 170m², wc social, portas de blindex. F.9962-4334. Creci 5000.

PARQUE COQUEIROS

SALÃO COMERCIAL

C/ 3 qtos, 1 suíte, gar. p/ 2 carros, churrasq. aquecedor solar. C/ prop. 8136-7790 (Tim) ou 9838-8075 (Vivo). 23593

Rua 20 Dezembro. F.92375396 ou 9628-4929.

JD DAS PRIMAVERAS

16200

23976

CAMPO DOURADO

23824

CIDADE UNIVERSITÁRIA

BNH IV PLANO

R$ 220mil. Perto da padaria. 9917-9135.

Casa c/ 55m² c/ qto, wc, sala, coz e lavanderia coberta. Imob. Ajurycaba 820J. F.3421-9888.

21433

3 qtos, sl, coz, wc + edícula, var. 9612-3566.

R$ 225mil. 2 qtos, 1 suíte, garagem p/ 3 carros. 9238-6440.

21436

JD MONTE LÍBANO

23978

PQ ALVORADA

Casa c/ 100m², 3 qts, 1 suíte, sala, coz, área serviço, garagem 2 carros. Imob. Ajur ycaba 820J. 3421-9888.

3 qtos, sala, coz, varanda, de esquina. F.9996-6743.

R$ 130; R$ 120; R$ 160; R$ 300; e R$ 350.000,00. F.9601-0311

23989

23302

CAMPINA VERDE

23705

Part. 110m², R$ 215mil. Ac. financiamento. F.9956-1718.

ALTOS DO INDAIÁ NOVA

2 qtos, sl, coz, nova, laje. Jd. Água Boa. 9118-8424.

4 salas c/ banheiros, 1 cozinha e recepção. C/ prop. 9972-2146.

23980

EM DOURADINA

PENSIONATO MISTO 24158

23998

CACHOERINHA 22332

Imóveis

24126

PENSIONATO

OURO VERDE R$ 180MIL

23909

23545

R$ 100mil à vista, esq. 2 qtos, sl, coz, wc. 99966743.

Em alvenaria e laje, 13x15, total 195m². Em Ribas do Rio Pardo-MS. 9909-1251.

PARQUE DOS COQUEIROS

SANTA FÉ

23638

2 dorm. esq. asfalto, garag. coberta. Exc. custo x benefício. Frente ao CAIC. Baixei o valor p/ vender: de R$ 165mil por R$ 160mil. Pode financiar. Ac. carro em parte do pagamentto. F. 9971-5855.

22176

Casa c/ 82,25m² c/ suíte, 2 qtos, wc, sala, coz. americ. lavand. garag. Imob. Ajurycaba 820J. F.3421-9888. 23979

STA BRÍGIDA

R$ 280mil. Troca em carro ou financia. 9917-9135.


classificados

2705

23826

24020

o progresso

Dourados, terça-feira 2.4.2013

24151

23956

VENDE-SE EDÍCULA

7.200M² BR163

JARDIM GUAICURUS

PQ NAÇÕES 2

C/ salão no Jd. Novo Horizonte. Ac. carro. 9995-8274

Saída Caarapó. F.99713855.

12x48. Dá financiamento. 9656-5181.

R$ 46mil à vista. 12x30. F.8427-7436 Rony.

Entrega mês 07. R$ 180mil. F.9931-8858.

VENDO CASA PANAMBI

AGORA É A HORA

JARDIM LARANJA DOCE

PQ NAÇÕES I

APTO NOVO R$ 120MIL

Centro, esquina, 3 quartos, sala, cozinha. 9630-9336.

2 quartos, garagem, particular. 9971-3700.

PRIMAVERA R$69MIL

CONDOMÍNIO BARCELONA

Casa nova, 3 qtos, laje. Ac. financ. 9984-9519.

ALTO DO INDAIÁ 540M²

Ter r enos c/ 704m² e 489m². Ótima localização, vendidos separad. Imob. Ajur ycaba 820J. F.34219888.

R$ 58mil. Esquina, 500m². 9917-9135.

VENDO GUAICURUS

Lotes de 20x50, saída p/ Caarapó, plantão 99713855 ou 8411-1927. Creci 2649. Mt 64201.

VILA BERLIM

Q54. R$ 70mil. F.34266490 ou 9971-3166. Creci 2694.

23851

23548

12122

Casas c/ 01 qto, 1 suíte, sala c/ 2 ambientes, coz, área de lazer, área de serviço, garagem. Imob. Ajurycaba. 820J. 3421-9888. 23986

VILA INDUSTRIAL 3 qtos, sl, coz, em condomínio. R$ 115.000,00. Financia-se. F.9601-6106. Creci 3684.

24111

VILA SÃO PEDRO R. Monte Castelo nº 1457. C/ 1 suíte c/ ae, 2 qtos, ampla sala p/ 3 ambientes, cozinha c/ ae, escritório, mezanino, piscina, churrasqueira, etc. 9931-2880.

15316

23961

CHÁCARA 5000M² Cercada. Aceita carro (-) vlr. 9955-1030.

Fazendas 23829

1.652 ALQUEIRES Pasto, montada. 99713855. 23827

256 HAS PASTO Montada, próx. Jardim-MS. 9971-3855.

23274

COMPRO FAZENDA Região Caarapó. 2.000ha. F.3422-1135 Kamimura.

Sítios 23462

30 hec. R$ 350.000,00. F.9607-8863. 24086

SÍTIO 27 HA C/ casa e edícula, confront. córrego da Picada, Dourados/MS. Inicial R$ 150.000,00 Saiba mais 0800-534-5637. 24084

SÍTIO 36,64 HA C/ barracão e casas 588m², Dourados/MS. Inicial R$ 175.877,00 Saiba mais 0800-534-5637.

JARDIM PELICANO

TERRENO 12X32

ALTOS DO INDAIÁ

JARDIM PIRATININGA

C/ 2 peças, 1 varanda, murado, Santa Ermínia. R$ 49mil. Final da Monte Alegre. F.9935-5108.

Terrenos c/ 420m², 540m² e 623m². Ótima localização. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888.

Casa + edícula. 9924-4280.

21439

23985

ALTOS DO INDAIÁ

1/2 TERRENO

Jd. Novo Horizonte, R$ 22mil + parc. R$ 140,00. F.9925-6470.

23053

20X50 R$ 20.000,00

Saída p/ Caarapó. F.9971-3855.

23828

20X60

Próx. ao Eta. F.9971-3855. 24113

34000M² P/ INDÚSTRIA

200m x 170m. Rodovia MS 156. 4km do trevo da R. Coronel Ponciano e 2km antes do Distrito Industrial, à margem do asfalto. 9931-2880.

22820

24140

23108

JD AYDÊ ESQ. R$55MIL

21932

AV. JOAQUIM T. ESQ.

CHÁCARAS CALIFÓRNIA

Rua Mohamed H. Haji, Q24, L6. R$ 81mil, part. F.99561718. 23974

24085

TERRENO 400M²

JD GUAICURUS

R. Nilson Vieira de Matos, Vl. Santa Clara, Dourados/ MS. Inicial R$ 72.000,00 Saiba Mais 0800-5345637.

Ac. carro. R$ 45mil. 99734161.

TERRENO EXCELENTE

Frente Clube da Caixa, 540m². F.9926-5168. 23831

R$ 115mil. Esquina 15x45. Ótimo local. 9917-9135.

23688

23995

Próx. CCZ, ótima localização. 9801-0485.

50m do Colégio Imaculada, c/ área de 700m² e frente de 20m. Todo murado. F. 9962-4334. Creci 5.000.

JD GUAICURUS 23884

24121

Área central, c/ 1 suíte, 2 qtos, coz, wc social, área ser viço, sacada c/ churrasq. 2 vagas garagem, salão social, etc. 9931-2880. 23430

EDIFÍCIO BURITIS

Excelente localização. 1 suíte, 2 qtos, 3 wc, sala de estar, sala de jantar, coz, lavanderia e sacada c/ churrasq. Pequena entrada e aguarda financ. F. 9962 4334 - CRECI 5.000. 21438

ITAJUBÁ II Apto c/ 42,17m² c/ 2 qtos, wc, sala, coz, lavanderia, garagem. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888.

17315

ITAVERÁ

Ac. carro (-) valor. R$ 70mil. F.9987-4429.

CHÁCARAS CALIFÓRNIA

JEQUITIBÁS

Próx. Sesi, 400m². R$ 130mil. F.8455-7096 ou 8403-0036.

Apto c/ 45,84m² c/ 2 qts, wc, sala, coz, lavanderia, garagem. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888.

Área 5.000m² c/ barracão 14x30, casa alvenaria, estrada Proteirito. Aceita proposta ou troca por imóvel rural. Imob. Alternativa 5938J. F.3032-1040.

Murado, 13x35. R$ 75mil. 9656-5181.

VILA SANTA HELENA

JD AMÉRICA

23931

COLIBRI

LADO UNIGRAN Terreno 450m², murado, aterrado, doc. em dia, oportunidade única. 9901-7990.

24042

Entrada + parcelas. 92621695. 22998

COMERCIAL 17,50x40,00. Weimar G. Torres, lado do IAGRO, próx. Atacadão. Ac. troca por imóveis. 3422-7379 ou 9137-0524.

LOTE NO ECOVILLE I 15x30, 450m². R$ 180.000,00. F.9292-5703 João Paulo Castro. Creci 1586 MS.

2

Apartamentos

23894

Terreno 16,5 x 32,5. R$ 75mil. F.8110-8630. 22819

MONTE CARLO

Frente Padaria, final feira. 9656-5181.

Lt 25, Qd 22, asfalto, 12x30. F.3421-7021 ou 9670-2989.

COMPRO Á VISTA

Terreno c/ 400m², 12,5x32. R$ 65mil. Ótima localização. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888.

MONTE CARLO

COMERCIAL R. CUIABÁ 24072

Apto-Aluga

24000

De esquina, próx. ao Centro. Pago até R$ 70mil à vista. F.9672-0801 Dina. Creci 4510. 23437

COND. FECHADO

MONTE CARLO Terreno área 450m², 15x30, asfalto, murado 2 laterais. Imob. Alternativa 5938J. F.3032-1040. 23852

Golden Park Residence, 421,44m². F.8123-2786. 22818

CORONEL PONCIANO Te r r e n o c o m 9 1 0 m ² . F.3421-7021 ou 96702989.

N. ALVORADA DO SUL 02 saída São Paulo e 02 C. Grande. 9630-9336.

23907

OURO FINO Esquina. Aceito car ro. 9996-6743.

24002

ESQUINA CENTRO

PARQUE DO LAGO

Joaquim T. Alves, 20x23. R$ 280mil. telefone 99265168.

Terreno área 420m², 14x30, asfalto, murado. Imob. Alternativa 5938J. F.3032-1040.

EXC. LOCALIZAÇÃO

PARQUE DO LAGO II

Ótimo para prédio e comércio, 25x32. R. Balbina de Matos sub-esquina Monte Alegre. Ac. troca por imóveis. 3422-7379 ou 91370524.

R$ 52mil. 12x30. Ac. carro. 9926-5168.

23932

GUAICURUS

Entrada + parcelas. 92621695. 24001

GUAICURUS

Te r r e n o á r e a 3 6 0 m ² , 12x30, ótima localização. Imob. Alternativa 5938J. F.3032-1040. 23802

JARDIM GUAICURUS

Próximo Zoonoses, G10. R$ 35mil + 24x R$ 370,00. F.9950-6636 ou 81822710.

16205

20631

24051

22882

23955

ALUGA-SE APARTAMENTO No centro, mensal, semanal, diária. Interessados tratar 9206-1379 ou 98602802. 23891

APTO ITAÓCA R$500,00 Alugo + condomínio. 81170802. 23925

EDIFÍCIO DONA JOSEFA 2 qtos, ar, antena. R$ 750,00. F.9926-9666.

Apto-Venda

PARQUE DO LAGO II Terreno 360m², 12x30, muro nas laterais e nos fundos. Imob. Ajur ycaba 820J. 3421-9888. 23984

PIRATININGA R$58MIL Financia M. casa M. vida. 12x30. F.9917-9135. 23981

PQ ALVORADA R$ 120mil. 1ª rua na passarela. 9917-9135.

23850

PQ ALVORADA ESQUINA Osman Gebara, murado. 14x30. telefone 99265168.

24008

ALTOS DO INDAIÁ Apto c/ 43,18m² c/ 2 qtos, wc, sala, coz, lavanderia, garagem. Imob. Ajurycaba 820J. F.3421-9888.

23133

APARTAMENTOS

Vaga dupla de garagem. Entr. + parcelas de R$ 1.990,00 2 e 3 qtos, c/ suíte. F.9962 4334. CRECI 5.000.

Chevrolet

24181

17437

ESCORT HOBB 94/95 24053

AGILE LTZ 10/10

24119

ASTRA HATCH 01 Completo, preto c/ rodas. R$ 16.000,00. F.96840262. 23662

CELTA 01/02 PRATA 2p, ve, te e alarme. F.99429053. 23964

CELTA 03/04 4P Azul c/ ar, te e al. R$ 15.500,00. Par t. 96389666. 23928

CELTA 07/08 VERM. 2p, ar, te, al. R$ 18.000,00. F.8126-3161. 23846

CELTA 12/13 4P

PQ DOS IPÊS 2 DORM.

C/ al, te, dt e som. 98216212.

Exc. apto. semi-mobiliado. 1º andar. Sacada. Garag. coberta, coz plan. wc c/ armários e blindex. Exc. custo x benefício. Frente ao parque. Baixei o valor p/ vender: de R$ 235mil por R$ 220mil. Pode financiar. F. 99715855. 23132

RES. CEREJEIRAS Ao lado pão e cia. Excelente apar tamento, melhores acabamentos, 1 suíte, 2 qtos, sl 2 ambientes, coz, lavanderia, ampla sacada c/ churrasq. garagem subterrânea. Entrega em 3 meses. F. 9962-4334. Creci 5.000. 23130

RESID. JACARANDÁ Pronta entrega. Somente R$ 129 mil. 2 qtos, wc, sala de estar, sala de jantar, coz. lavanderia, sacada, salão de festas e churrasq. Ac. Financiamento. F.9962 4334. CRECI 5.000. 24114

RESIDENCIAL JARDINS

23968

CELTA 2P 03/03 23899

CELTA FLEX 10/11 Branco, 4p, ve, te. R$ 19.500,00. F.9207-4176.

22404

CORSA 99 ORIGINAL Vendo ou troco (+/-), volto até R$ 10mil. F.9657-7732. 24023

CORSA HATCH 98/98 Branco, 4p, ar, impecável. 8405-9935.

24066

CORSA MAXX 04/05 Cinza, ar, 4p, ótimo estado. Aceito troca. F.9935-5525 ou 9638-5245. 24015

CORSA SEDAN 1.4 2008 Prata, completo, mod. novo. R$ 26.000,00. F.84364130.

24147

MONTANA 09/10 24184

MONZA 89 4P 24133

RESIDENCIAL RUBI

Branco, completo, única dona, com 40mkm. 9972-6670.

SOBRE AS ONDAS Empreendimento c/ um projeto inovador que traz p/ Dourados o maior edifício da cidade. Entre em contato para agendar uma visita para que você conheça este projeto. F.9962 4334. CRECI 5.000. 23588

ZAGAIA RESIDENCE Com 2 quar tos, ao lado da Unigran. Gondim. Creci 2645. F.3421-0034 ou 9971-1320.

24160

PUNTO 1.4 10/11 FLEX Prata, completo, roda liga, 41mkm. 9807-3363.

17438

S10 DE LUX 2.2 97/98 Azul, completa, extendida. R$ 20.000,00. Tratar 96935256, C. Hilton. 24178

OPALA 78 6CC

PRISMA 08/09

24115

Corsa super, 4p, 98. R$ 10.800,00. F.9903-9706. 23914

VECTRA 97 AZUL Ótimo estado. 9905-1536.

24176

VECTRA 99 GLS 8V Prata, revisado. R$ 16mil. Ac. troca. 9916-5376.

24129

VECTRA GL 97/97

23903

VECTRA GLS 2000 Prata, R$ 18mil, particular. 9954-8522.

15mkm, completo. R$ 23.500,00. F.9678-5538. 23971

RANGER 98/99 VERDE Ar, dh, roda esp. bem conservada. 9968-5519.

Utilitários 24050

CAÇAMBA TRUCK

CAMINHÃO VW 8140

Ar, dh, ve, te, dt, comp. de bordo, nota fiscal, rodas liga leve. F.9961-7343.

Baú 97/97, branca. F.99459704 ou 9115-6288.

SIENA 99 BORDÔ

De 5 tampas rem. para 2008. R$ 35.000,00. Aceito trocas. 3425-7480.

23875

24047

4p, completo. 9971-1525.

24127

SIENA 99/00

24012

24143

CARRETA LS GUERRA

24138

Completo. 9602-7571.

23959

CHEVROLET D-60

UNO 01 SMART 4P

Caminhão c/ munck de capacidade para 3500kg, c/ lança hidráulica, motor Mercedes Bens, cambio e diferencial Perkins, dh. F.9971-3250.

Prata. R$ 11mil. Ac. moto. 9916-5376.

F-1000 92/93 CINZA

UNO 03/03 CINZA 2P

R$ 28mil. Aceito troca. 9916-5376.

Básico. R$ 10.000,00. F.9997-1982.

F-1000 98 XLT

UNO 08/09 FLEX 1.0

Completa, motor mwm x10. F.9971-3492 Valter.

Prata, 4p, economic, completo. 9807-3363.

F-250 XLT-L 04/05

UNO 09/10 WAY FLEX

Completa, revisada. 99380392.

1.0, prata, 4p, completo, economic. 9807-3363.

KOMBI 97 TETO ALTO

UNO 92/93 4P 1.6

Branca. R$ 12mil. Ac. troca. 9916-5376.

Bordô, R$ 6mil. Ac. moto. 9916-5376.

OUTDOOR GLS 06/07

TEMPRA 96/96 8V Compl. conservado. 96090925.

24182

23014

24161

24159

24187

24185

UNO 95 4P R$ 7.500,00. Aceito moto. 9916-5376.

24059

UNO BRANCO MILLE EX

24179

23492

23910

24174

24165

Vendo/ troco. Boa, verde. R$ 39.000,00. F.91423575. 23608

PAMPA 1.6 GASOL. 95

99, bem conservado, quitado. F.8115-0498.

Ap, branca, ótimo est. R$ 12.500,00. Vendo/ troco. 9971-0047.

UNO CELEBRATION 4P

PAMPA 94 R$ 8MIL

07/08, c/ ar, dh, ve, te, al, prata. F.9971-1525.

Marrom, documento ok, gasolina. 9949-6038.

UNO FIRE 02/02 2P

PICK UP STRADA 99

Preto, básico + al, te, som usb. 9281-8406.

C.s. em ótimo estado de conservação. 9609-8996.

UNO FIRE 03/04

PICK UP STRADA 99/00

Azul, 2p, básico. R$ 11.300,00. F.9864-1536.

Cinza, R$ 14mil, 1.5. Ac. moto. telefone para contato 9916-5376.

UNO FIRE 03/04 2P

24168

23895

24183

24033

S-10 95 C.S. 4CC GAS

R$ 5.500,00 + 11 parc. R$ 485,00. Aceito biz até R$ 3.000,00. F.9278-4991.

Conservada. R$ 15.000,00. F.9989-2373.

VENDO/ TROCO (+) VLR

S-10 95/96 2.2. GAS.

23965

Uno Prata 4p, 01/01, part. 9942-7507.

Ford

24035

Preta, c.s. c/ ar, te, al, dh, roda esp. completa. R$ 15.500,00. F.9903-0809. 23729

S-10 EXECUTIVE 4X4

24048

BELINA 90

Diesel, 08/09, azul escura, conservada. 9905-0828.

24100

Azul met. F.9971-1525.

(-) Alar me, cinza. R$ 11.500,00. F.9613-5101.

24017

FORD KA 11/12 PRETO

SIENA 09/10 R$ 25MIL

24167

TROCO POR MOTO

Teto solar e código na porta. F.8208-6666 Paula.

Básico. R$ 14mil. Azul, ac. troca. 9916-5376.

23847

24078

FORD FUSION 08/08

Vw 13130/ 81 de R$ 55mil por R$ 45mil. Muito conservado. F.9901-7990 Henrique.

SIENA 04/05 4P

23901

Bordô, completo. R$ 6mil. Ac. moto. 9916-5376. Branco, 2 por tas. Aceito troca p/ moto. 9903-7224.

23410

PALIO FIRE 03/04 Completo. R$ 16mil. Ac. troca. 9916-5376.

24046

Completa, R$ 24mil. F.9906-2860 Deangeles.

Área central, 1 suíte, 2 qtos, coz, wc social, área serviço, sacada c/ churrasq. 2 vagas garagem, salão social. 9931-2880.

23134

AO LADO DA UNIGRAN

DOBLO ADVEN. 05/05

Prata, completo. 99728922.

23685

24032

FIESTA 02/03 4P C/ ar, te. Aceito moto (-) valor. 9989-2373.

R$ 26.000,00. Completa. 9829-0462.

Apto c/ 68,55m², 2 qtos, 2 wc, sala, coz, lavanderia, garagem. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888.

Próx. Atacadão c/ elevador, entrada + 24 parc. à partir R$ 154mil. F.9926-5168.

21441

R$ 6mil. Aceita moto. 99165376.

23918

Completo, cinza, artemis, excelente estado. 96620641.

VILA INDUSTRIAL

24021

Compl. Troco por materiais de construção. F.96236552.

23954

ENTREGA IMEDIATA

23131

24188

ESCORT HOBY 94 1.0

Fiat

gasolina, prata, otimo estado. 9913-9729 Valmir.

JD PRIMAVERA 373M²

23999

Veículos e utilitários

1 suíte, 2 qtos. Creci 3022. F.9955-9950 ou 99722521.

Esq. c/ 6.000m² à 100m Br163 e Pq. Exp. 99265168.

22996

23994

23587

SANTA FÉ 12X30

Área 50x100. F.3421-7021 ou 9670-2989.

21351

Terrenos

Ótimo local. Financia M. casa MV. 9917-9135.

3

23799

VECTRA PRATA 95/96

24112

23983

ALTOS DAS PAINEIRAS

24018

LINHA DO POTRERITO

JARDIM MÔNACO

23807

23982

Excelente para residência. Hayel Bom Faker, lado 6975. Ac. troca por imóveis. 3422-7379 ou 9137-0524.

22997

23849

24136

11711

APTO 3 QTOS QUITADO

Terrenos 630m², 420m², 360m², 540m², ótima localização. Imob. Ajurycaba. 820-J. 3421-9888

R$ 280mil. 20x23= 460m². F.9926-5168.

Chácaras

24009

3

24169

ECOSPORT XL 1.6 06/07, vendo completo, prata, novinho, aceito troca menor valor, final 08, 2013 pago. F.9676-5909.

SAVEIRO 07 FLEX Completa, bem conservada. 9642-0611.

24041

SAVEIRO 1.6 FLEX 06

Branca, ar, G4, 4 pneus novos. 9608-6431.


4

classificados

o progresso

Dourados, terça-feira 2.4.2013

23709

24128

Mitsubishi

SAVEIRO 99 AZUL

GOL 2011 FLEX 1.0 G5

Completa + lona + rabicho. Particular. 9825-5485.

C/ ar, 4p. R$ 9.800,00 + revisional. 9630-2809.

SAVEIRO 99 BRANCA

GOL 4P CINZA 03/03

L200 02/03 GLS

Saveiro R$ 10.000,00. Financiada. 9658-0113.

8v, te, al. (67) 9969-0283.

Hpe interculada. R$ 35mil. Ac. troca. 9916-5376.

SAVEIRO CROSS 11/12

Alcool, R$ 7mil. Aceita moto. 9916-5376.

24014

23635

Preta, novíssima, controle, som, abs. 8408-1392 23953

SAVEIRO SPORTLINE 2006, R$ 25.500,00. Só vendo. F.9942-5523.

23825

STRADA 08 PRATA Cabine estend. completa. 9910-9711. 24163

STRADA 1.4 09 FLEX Preta, trekking, cab. simples. compl. 9807-3363.

24162

STRADA ADVENT. 12/13 Cinza met. locker, est. compl. 9807-3363.

24164

STRADA ADVENT. 2010 Prata, estendida, completa, locker. 9807-3363. 24166

STRADA C. EST. 08/08 Adventure, preta metálica, completa. 9994-7375.

24068

STRADA LOCKER 09/10 Prata, cab. estend. 92353455. 24144

TROCO POR CAMINHÃO 3/4, toco ou truck, uma Carreta Guerra 95 rem. p/ 2008. F.3425-7480. 23967

VAN MITSUBISHI

24186

GOL 93 1.6 CHT

23686

23921

GOL 94/94 R$ 8.300 Branco, básico, 1.0. F.8121-4995.

24135

GOL 96 BRANCO Ótimo estado conservação. 9609-8996. 24103

GOL 97 8V AZUL

Toyota

Motor e pneus novos. F.9674-3211. 23893

GOL FLEX 05/06 PRATA Básico, R$ 16mil. 91180027. 23832

GOL G3 8V PRATA 03, bem conservado, particular. 9642-0611.

23897

GOL G5 09/09 CINZA 1.0, compl. único dono, 31mkm. F.9963-0997.

23879

GOL PRATA 94/95 Básico. 9956-4883.

24116

GOL SPECIAL 01/02

Bem conservado, bx km. F.8414-1885.

VENDO CABINE F1000

24079

24052

GOLF 00/00 GTI 4P Preto, top de linha. R$ 16.500,00. F.9867-9485.

24094

GOLF 03 PRETO Couro. R$ 24.000,00. F.9923-3399.

23861

Ou F4000, toda reformada. 8403-6713

GOLF GL 1.8 1996

Volksvagem

Verde. F.3426-7666 ou 9952-8586.

14630

CONSÓRCIOS Vendo c/ super desconto. Tenho sorteados ou não. F. 9656-7873 / 9155-4785 ww.msconsorcios.com.br 16739

CONSÓRCIOS

24123

FOX 09 PRETO 4P Completo. F.3421-3520 ou 9601-7608.

23946

FOX 1.0 4P TREND Prata, compl. + comp. de bordo, consorciado R$ 20mil + parc. R$ 263,00. F.9978-6155.

23885

FOX 1.6 R$ 28MIL Completo, 29mkm, prata, vulcan. 9951-0348.

23916

GOL 01 PRETO COMPL. R$ 12.000,00. Aceito moto. F.8409-2816 ou 81587819.

23609

GOL 01/02 CINZA 8V

23484

Ar, dh. Aceito moto. F.96499316.

E semi novos s/ limite de ano, parcelas à par tir R$ 207,00. Faça uma simulação. Consórcio Magazine Luiza. telefone para contato 3416-2218 ou 9924-4441. 23424

VENDE-SE UM GOL Com ar. telefone para contato 9118-0378 ou 99522777. 24118

VOYAGE CONFORTLINE 2010, preto + Corolla 09/10, prata. telefone 9634-6059.

4

COROLLA XLI 10/10 Aut. prata, único dono, R$ 52.000,00. F.9972-2004 ou 9995-0113 Marcel.

24095

HILLUX 2000

CITROEN C3

GOL 08/09 4P TREND

Honda 24177

CIVIC 03 BORDÔ

GOL 1000 93 BRANCO

R$ 22mil. Ac. troca. 99165376.

Completa. F.9963-4637 Sônia. 23681

23836

Completo, 1.6, branco, total flex. 9615-6758.

CIVIC 1.7 LXL 05/06 Dourado, manual, comp. + bco couro, abs, airbag, impecável, R$ 25mil. F.99915554.

FARMÁCIA JD ÁGUA BOA

1 balcão carnes por R$ 900,00. 6 tesouras de estrutura metálica p/ área. 9609-7011.

FRETE F1000 Dourados e região, bom preço. F.9643-2165.

22407

HILLUX GAS. 2009 Prata, revisão Toyota. R$ 60.000,00. F.9975-3815.

5

A FESTA INFANTIL

602

ALUGA CAMA ELÁSTICA Piscina e infláveis. 99058391 ou 8163-6022

655

ALUGA CAMA ELÁSTICA

Motos

Mesa, cadeira e castelinho inflável. 9204-1680 ou 9967-8993.

ALUGA CAMA ELÁSTICA A R$ 50,00 seg à sexta. 9935-4467 ou 9231-3842

22861

24092

BIZ 125 PRETA

ALUGA CAMA ELÁSTICA

Par tida elétrica, 07/08. F.(67) 9901-1023 ou 96124595.

Cast. inflável. R$ 60,00 ou 2 brinq. R$ 100,00. F.98088449. 23936

BIZ 2011 ES PRETA

ALUGA CAMA ELÁSTICA

Vendo ou troco por Biz (-) valor. 9954-8781.

Nacional, nova. 9996-9679 ou 9202-0826.

CB 300 11/11 PRETA

ALUGA CAMA ELÁSTICA

15m k m , d o c . o k . R $ 10.500,00. F.9649-1095.

Mesa, cadeira, caixa térmica. 9951-0675 ou 96085758.

10771

24099

23769

CG FAN 150 ESI

24080

11/11, semi nova, R$ 5.800,00. F.9967-7814.

24075

COMPRO BIZ ES

ANTENAS PARABÓLICAS Manutenção, vendas. 99711951 Gilson.

23822

Em bom estado. R$ 2.500,00. F.9822-0350.

APARELHOS DIGITAIS

FALCON 2000

Concerto de câmera digital, tablet, gps e celulares. 3422-5008.

Azul, R$ 6.500,00. Vendo ou troco. F.9999-0010.

APARELHOS DIGITAIS

FAN 125 ES 2010

Compramos celulares usados com ou sem defeitos. 3422-5008.

24150

S/ limite de ano, parc. à partir de R$ 57,00. Consórcio Magazine Luiza F.34162218 ou 9924-4441. 24030

TITAN 150 COMPLETA

23823

24043

AR CONDICIONADO Instalação, manutenção, limpeza. 9841-2728. 23872

AR CONDICIONADO Consul split, 9000 btus, 1 ano de garantia, instalado, 4x R$ 287,50. F.99025232.

766

AR CONDICIONADO

2008, impecável. Falar c/ Paula. 9692-9526.

Instalações e manutenções. Telefone 9999-0892. C/ Denis.

TITAN AZUL 2001

AR MUDANÇA E FRETE

Partida. F.9683-8714 Márcia.

F4000 baú 5 metros. 98216936.

TITAN ES 125 VERDE

COMPLEXO INDL.

2003, ótimo estado. R$ 2.900,00. telefone 99945999.

263.400m² a.t., c/ galpões, depósitos, almoxarifado e outras benfs. 7.015m², Rod. BR-163, Dourados/MS. Inicial R$ 1.860.000,00 Saiba mais 0800-534-5637

20758

24082

23812

TITAN KS 10/10 azul, final 9. F.99546601.

24060

Completo para lava rápido. 9253-4082.

20695

Temos crepe, alg. doce, cachorro quente, pipoca. 9960-5582.

New Star om 60. F.96130842.

HYDRA DOCOL, etc. F.99344936 ou 9242-9291. Garcia.

FRALDAS PAMPERS

Pé e mão R$ 18,00. Hidratação capilar, todos os tipos de química. 9969-8857.

23949

VENDE-SE PLOTTER

VENDO EQUIPAMENTOS

Huggies R$ 33,00. Huggies prematuro R$ 17,00. F.9904-5508.

23917

23992

ELETRICISTA/ MANUT.

23990

24142

23890

de camelô, na rodoviária, box 28. Interessados (67) 9960-4548 Vânia.

FORNO TURBOLENHA

24077

18.000km. F.9225-3705 ou 9944-6826.

ELETRICISTA

P/ padaria ou salgados. R$ 400,00. F.3425-6937.

19177

24190

24137

VENDE-SE BANCA

24152

À DOMICÍLIO

24040

VENDE-SE

DISQUE CONSERTO

Troco por carro/ moto. Ótimo lugar, R$ 45.000,00 p/ negociar. F.3425-0015 ou 9682-4535.

24070

Sor veteria completa, tecsoft. 9841-4676.

Celular, tablet, notebook e pc. 9685-4090.

21582

COROLLA SEG PRETO

FAN 150 ESI PRETA

Único dono, 11/11. R$ 28.990,00. F.9651-0162.

GOL 2004/2004

Diversos

VENDE-SE

Panificadora completa com ponto formado. R$ 50.000,00. F.8124-5442.

Predial, comercial, industrial, pequenos reparos, telefonia, reforma elétrica e obras novas. F.9608-0961 ou 3423-2442 Sandro.

05, completo, comp. bordo. 9235-3455.

24065

GOL 04/05 BÁSICO

Gasol. perfeito estado. R$ 8.000,00. F.9620-7568.

6

24069

Azul, doc. 2013 pago, por R$ 3.700,00. F.9604-6199.

Citroen

DISK FRETE MUDANÇAS Baú, montagem de móveis. 9609-1756 João Carlos

24076

COROLLA SEG 06/06

23975

Veículos importados

24054

Faça já e rec. 1º. F.99680083 ou 3423-5829.

24039

Freio à disco e partida. R$ 4.300,00. F.9825-3304.

24148

VEÍCULOS NOVOS

Ún. dono. R$ 14.500,00. F.8426-0777.

23896

23683

XTZ 2007 PRETA

8216

PARATI 98/99 1.0

GOL 09/09 PRETO

R$ 8.000,00. Venda urgente. 9617-2797.

Prata, revisões em dia, manual, chave reserva, top de linha. F.9640-5652.

Completa, ótimo preço. telefone para contato 81850841 César.

23096

120

24057

MOTO NOVA E SEMI

23951

24146

XRE 09/10 PRETA

23947

GOL 03/03 CINZA

Prata, te, al, ar, ve. 99744154.

Preta. 8405-6591.

COROLLA 12/13 XEI

PARATI 1.8 2003

20349

23837

DECLARAÇÃO IR 2013

23558

COROLLA 05/05 AZUL

2010, final 03 pg. R$ 5.000,00. F.9957-5063.

23913

TORNADO 08/08

De confecção, na Marcelino Pires, à combinar. Aceita proposta. F.9989-7885.

R$ 30.800,00. Compl. 1.8, at. F.8121-4995.

Ve, 4p, 1.0. R$ 12mil. F.9996-6451. Básico. 9942-9053.

Roupas, calçados e acessórios. 9962-0184.

23874

23821

24191

Compro, vendo, contemplados e não contemplados. www.msconsorcios.com. br F. 9155-4785 ou 96567873.

Ve r d e , d o c . o k . R $ 2.000,00. F.9867-0810.

23920

Prata. F.9942-6730.

24029

VENDE LOJA CENTRO

TUCSON AUTOMÁTICA

23876

24036

COMPRO SEMI NOVOS

23547

GOL 97 MI PRATA

Executiva, completa, 08/09. F.9641-2245 C/ Jacaré.

23636

Branca, carroceria madeira, preço ocasião. 8174-8181.

Ótimo estado, R$ 7.500,00. F.9844-8472.

GOL SPECIAL 02/03

Mercedes alta c/ acessórios 1113, 1313 e 1519. F.9678-6298 Mário.

24022

HR100 HYUNDAI 2008

09/10, preta, bem coservado. F.9984-9519 ou 3423-4131.

VAN RENAULT

VENDO CABINE

Outros

GOL 95 1.0 AZUL BOLA R$ 9mil. Ac. moto. 99165376.

Básico, 2p, prata, 1.0, 8v. 9638-6530.

23973

PAJERO 02/02 COMPL. Prata, 4x4, banco de couro, 4 pneus novos, hpe sport, 2.8. F.9971-4196 ou 91901919.

24175

Branca, 97, 12 lugares, diesel, completa. R$ 16.000,00. F.9933-1964. 24063

24180

23819

24016

TITAN KS 2001

FRETE F4000 BAÚ Mudanças e fretes. Dourados e região. 9977-5991. 24081

GARAPARIA Vendo ponto. Weimar / Bahia. R$ 17mil. F.92044779.

24083

INSTA. P/ INDÚSTRIA 2.300m² a.t., c/ edificações, cabines e outras benfs. 200m² (partes ideais), R. Ponta Porã, Dourados/ MS. Inicial R$ 346.032,00 Saiba mais 0800-5345637.

24055

VENDO FATIADOR

24028

VENDO LAN HOUSE Aceita troca. F.9688-8260 ou 3032-1502.

23573

VENDO MÁQ. AÇOUGUE Câmara fria, assadeira de frango, amaciador de bife, serra fita. F.9998-2901. 22873

VENDO RESTAURANTE De Marmitex. F.9205-2054 ou 9922-0848.

23898

VENDO SOFÁ Guarda roupa 6p, mesa, armário. 9921-7109.

24149

VENDO SOM C/ 4 auto falantes de 15, 2 de 12 com mesa e 1 potência. F.9987-2812 Edir.

24153

VIDEOKE P/ COMÉRCIO Maquinário completo c/ 2000 mús. 3425-6937.

24131

LAVANDERIA Lavamos por mês e por dúzia. 9904-5940. 23527

LOJA DE CONFECÇÃO Ótima localização, centro Dourados. F.9203-0333.

Animais

23413

LOJA DE CONFECÇÕES

23193

BORDER COLLIE

E calçados, bem localizada, em Maracajú-MS. F.84185559.

Venda permanente, pedigree. F.9234-6904 ou cleidelimper@hotmail.com

MÁQ SORVETE ITALIANO

CAVALOS CRIOLOS

24056

Tecsoft digital, batedor calda e milk shake. R$ 20mil. Ac. carro. F.9909-3359 Marinez 24117

00021096

Venda de animais e cobertura. 3421-3975.

9356

FILHOTES CÃES/GATOS

Novos e semi novos, preço ótimo. F.9971-2828.

Rot, Shih tzu, Pug, Lhaza, Buldog francês, Fox, Dachshund e gato persa, etc. Av: Weimar G. Torres, 1312, Dourados. 3422-1724 ou 9602-3131 3427-4107. Em até10x cartão. Face: Alex Moraes Estimacão.

PÃO DE MEL RECHEADO

FILHOTES POODLE

MÁQUINAS COSTURA Diversas máquinas. 98184739. 23303

MÓVEIS P/ ESCRITÓRIO 19931

E bombons com mais de 7 sabores. F.3426-9578 / 84446373 ou 9978-5099 Nilza.

21903

PIZZA EXPRESS Pronta em 90 segundos. Para sua festa e eventos em geral, mini e brotinho. Assamos no local c/ qualidade de forno à lenha. Faça seu orçamento sem compromisso. 9918-6010, 8465-3412 ou 9200-8447. Leandro. 24172

PLANTIO DE GRAMAS E jardinagens em geral, limpezas e dedetizações de terrenos. 9849-6161. 23502

PONTO COMERCIAL

24173

Poodle toy machos, 40 dias. F.9648-0383.

24037

PASTOR BELGA Malinois, fêmea 5 meses c/ pedigree. F.8121-6752.

23801

SCHNAUZER Vende-se filhotes. 92524466.

23966

VENDE-SE Filhotes de cocker. F.96120240.

23950

VENDE-SE 70 garrotes todos brancos e 50 vacas com cria. F.96638518.

Pronto p/ bar e/ou restaurante. Av. Weimar Torres nº1.932. Próx. ao correio central e Subway. F.81262224.

Implementos Agrícolas

PONTO P/ SALGADO

CARREGADEIRA 55A

24027

24073

E espetinho, excelente. Vendo já c/ equip. 9688-2711.

Michigan 55A. F.9928-9729 ou 9693-8040.

TELEVISOR 29” LG

PÁ CARREGADEIRA

23737

Vendo. Prata. F.9655-3727 ou 8119-8094.

23461

Michigam, mod. 35a. F.9655-4076.

PROMOÇÃO FARDOS DE JORNAIS VELHO


classificados

o progresso

5

Dourados, terça-feira 2.4.2013

TABELIONATO OLIVEIRA Protestos de Títulos e Outros Documentos de Dívida Comarca de Dourados - Estado de Mato Grosso do Sul EDITAL DE INTIMAÇÃO Nº - 296

CUSTOS UNITÁRIOS BÁSICOS DE CONSTRUÇÃO MÊS: JUNHO ANO: 2012 (NBR 12.721:2006 - CUB 2006)

Os valores abaixo referem-se aos Custos Unitários Básicos de Construção (CUB/m²), calculados de acordo com a Lei Fed. nº. 4.591, de 16/12/64 e com a Norma Técnica NBR 12.721:2006 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e são correspondentes ao mês de Junho de 2012 "Estes custos unitários foram calculados conforme disposto na ABNT NBR 12.721:2006, com base em novos projetos, novos memoriais descritivos e novos critérios de orçamentação e, portanto, constituem nova série histórica de custos unitários, não comparáveis com a anterior, com a designação de CUB/2006". "Na formação destes custos unitários básicos não foram considerados os seguintes itens, que devem ser levados em conta na determinação dos preços por metro quadrado de construção, de acordo com o estabelecido no projeto e especificações correspondentes a cada caso particular: fundações, submuramentos, paredes-diafragma, tirantes, rebaixamento de lençol freático; elevador(es); equipamentos e instalações, tais como: fogões, aquecedores, bombas de recalque, incineração, ar-condicionado, calefação, ventilação e exaustão, outros; playground (quando não classificado como área construída); obras e serviços complementares; urbanização, recreação (piscinas, campos de esporte), ajardinamento, instalação e regulamentação do condomínio; e outros serviços (que devem ser discriminados no Anexo A - quadro III); impostos, taxas e emolumentos cartoriais, projetos: projetos arquitetônicos, projeto estrutural, projeto de instalação, projetos especiais; remuneração do construtor; remuneração do incorporador."

PROJETOS - PADRÃO RESIDENCIAIS PADRÃO BAIXO

PADRÃO NORMAL

PADRÃO ALTO

Projeto

R$/m²

var.% mês

Projeto

R$/m²

var.% mês

Projeto

R$/m²

var.% mês

R-1 PP-4 R-8 PIS

875,14 840,31 804,64 603,00

0,20% 0,09% 0,09% 0,21%

R-1 PP-4 R-8 R-16

999,58 969,60 847,04 822,86

0,20% 0,14% 0,18% 0,15%

R-1 R-8 R-16

1.280,69 1.053,54 1.079,55

0,42% 0,32% 0,17%

100,00% 41,65% 54,28% 4,07%

714,71 847,04 352,81 459,77 34,46

CUB/M² - R8-N = R$ 847,04 VARIAÇÃO Mensal 0,18% Em 2012 Ult. 12 meses -

CUSTO TOTAL Mão de obra (encargos 134,39 %) Material Despesas Administrativas

PROJETOS - PADRÃO COMERCIAIS CAL (Comercial Andares Livres) e CSL (Comercial Salas e Lojas) PADRÃO NORMAL

PADRÃO ALTO

Projeto

R$/m²

var.% mês

Projeto

R$/m²

var.% mês

CAL - 8 CSL - 8 CSL - 16

996,80 841,65 1.123,77

0,20% 0,23% 0,21%

CAL - 8 CSL - 8 CSL - 16

1.088,67 937,39 1,246,43

0,17% 0,19% 0,17%

PROJETOS - PADRÃO GALPÃO INDUSTRIAL (GI) E RESIDÊNCIA POPULAR (RP1Q)

SIGLAS R-1: PP-4: R-8: R-16: PIS:

Projeto

R$/m²

var.% mês

RP1Q GI

832,32 468,94

0,22% 0,37% SIGLAS RPQ1: CAL-8: CSL-8: CSL-16: GI:

Residência Unifamiliar Prédio Popular Residência Multifamiliar Residência Multifamiliar Projeto de Interesse Social

8

23721

Empregos e oportunidades

QUERO TRABALHAR

Empresa ramo atacado contrata rep. comercial p/ Naviraí e região. Mandar currículo para wagnerkeler@ gmail.com

Cozinheira p/ residência ou restaurante, tenho experiência e referência. F.98027765 / 9115-6342 ou 3426-0266 Daiana.

Procura-se Emprego

QUERO TRABALHAR

24189

Atendente de balcão e auxiliar de cozinha. F.91196558 ou 9810-0524.

23626

Limpezas em salões de festas e comerciais. 9839-1201 ou 9917-7903 Jaqueline

24062

CONTRATA

23820

VENDEDOR NAVIRAÍ

ANALISTA DE RH Masc. c/ experiência. Currículo p/ institutocs@hotmail. com

Residência Popular Comercial Andares Livres Comercial Salas e Lojas Comercial Salas e Lojas Galpão Industrial

24109

3X NA SEMANA

23805

QUERO TRABALHAR

Lavar, passar e limpar p/ fora. Do portal p/ o centro. 9991-8031 Citi

Ajudante de cozinha, atendente de lanchonete, abate de frigorífico e ser viços gerais. 9841-8377 Jùnior.

ACOMPANHANTE IDOSO

QUERO TRABALHAR

513

24034

CONTRATA-SE

P/ noite. Tenho boas referências, p/ morar. 92270746 Maria.

Camareira de motel, auxiliar de cozinha, diarista ou doméstica. F.9688-8235 Vânia.

Sexo feminino, cnh AB. F.9901-8966 Anderson.

AUXILIAR DE COZINHA

QUERO TRABALHAR

24120

24107

24098

CONTRATA-SE

Á noite, ser viços gerais. 9603-8370

Serviços gerais. 8203-9073 ou 9843-2182 Jéssica.

Garçon para pizzaria. 81516970.

COZINHEIRA

QUERO TRABALHAR

23911

24132

CONTRATA-SE Pizzaiolo e entregador. 8130-4462.

24061

CONTRATO MULHERES Trabalhar em casa de frango. Salário R$ 900,00. Levar currículo Weimar Torres nº870.

24045

LAVADOR DE CARRO Com prática. Av. Weimar G. Torres nº 1.435. 23948

OP. DE TELEMARKETING C/ exper. Salário fixo + vale transporte. Currículo p/ riaj. dourados@terra.com.br 24031

PACOTEIRA Serv. gerais, 16/17 anos, cursando ensino médio. Av. Marcelino Pires nº1971 centro.

24110

9920-2919 ou 3424-8065 Sandra 24108

DIARISTA 9624-3316

24102

Doméstica ou faxina em restaurante, loja ou mercado. 9957-2820 Patrícia. 24105

19377

PRESTADOR DE SERVIÇO Pedreiro, pintor, azulegista, jardineiro, encanador, serviços gerais, 24h. 8138-6426 César. 24124

PROCURO EMPREGO 2x por semana ou diarista. F.9903-7234 ou 34241071 Cida.

24106

PROCURO EMPREGO Na área de vendedora, auxiliar de vendas, garçonete, etc... 9904-7153 24145

QUERO TRABALHAR

PRECISA DE MANICURE

Diárias ou 3x na semana em casas, aptos ou escritório ou passar roupas. 96810784.

Com experiência. 34269011.

QUERO TRABALHAR

QUERO TRABALHAR Diarista, residência, escritório, empresa. 9945-1457 Cida

23972

QUERO TRABALHAR Diarista ou faxina. 98366180 Irma Aguilar.

23431

QUERO TRABALHAR

Tratorista, caseiro, corto, planto e passo veneno. Operador de máquinas. F.9680-1230 Alcides. 9653-4436 Lucilene. 9698-8274 Josilene. 24130

QUERO TRABALHAR Auxiliar de copeira ou serviços gerais. 9802-7032. 23304

QUERO TRABALHAR

PRECISA ENCANADOR

Babá ou diarista, c/ ref. F.9934-4879 Ana Cristina.

Construtor de casa, salão, condomínio, prédio. Experiente em fechamento de pré moldado e construção de grandes hotéis. 35 anos de exp. no ramo. Faço seu orçamento sem compromisso. F.99711463 ou 9289-8956. Camilo.

C/ experiência. F.96713029 ou 9288-0432.

QUERO TRABALHAR

QUERO TRABALHAR

23742

23958

24141

PRECISA-SE Rapaz p/ técnico de purificador de água, sem exp. Rua Cuiabá nº 2152, centro.

23960

23969

2 ou 3x por semana (-) cozinhar. 9646-7945 Micheli.

23889

QUERO TRABALHAR

PRECISA-SE

Manicure, diarista, babá ou doméstica. Região do Água Boa. 9607-2109 Rejane.

Peão p/ fazenda, salário rural. 9972-0108.

QUERO TRABALHAR

24156

24074

PRECISO DE DOMÉSTICA Para todo o serviço de casa. Que more nas proximidades do Jd. Itália. F.9615-4381 ou 9253-5636. 23905

RAPAZ P/ AUX. VENDAS 2º grau, cnh ab, acima 21 anos. Currículo R. Hayel Bon Faker nº1410.

24101

RECEPCIONISTA Interessados entregar currículo na R. Ciro Melo nº 1.550. F.3422-6523.

24139

REDE HOTELEIRA Contrata profissionais p/ unidade de Campo Grande. Início imediato, necessário conhecimento em Hotelaria e idioma inglês. Enviar currículo hotelrh1@gmail.com 24192

VENDEDOR EXTERNO C/ moto. Empresa distribuidora de bebidas contrata c/ experiência. Tratar pelos fones 3428-2839 ou 98209865.

23882

3x na semana das 7h às 12h em loja, farmácia ou residência. Trabalho de tarde no Hosp. do Coração. F.8192-8671. 23878

QUERO TRABALHAR Diarista ou doméstica. 9690-0273. 23987

QUERO TRABALHAR Na área administrativo financeiro/ fiscal, formada em administração de empresas. F.9624-3048 ou 9613-0282.

23848

QUERO TRABALHAR Diarista em casa, apto, finalizo obras e limpeza pós festas. 9939-1784 Kátia ou 9828-5134 Célia. 23835

QUERO TRABALHAR Babá, meio período na parte da manhã. 9932-6431 Luciana.

24064

QUERO TRABALHAR Diarista para residências e apartamentos. 9845-6211 Viviane.

23988

Pedreiro e construtor, reformas e constr uções. F.9814-3931 ou 81478697 Emerson.

23993

QUERO TRABALHAR Diarista, faxineira. Tenho referência. 9680-8508. 23806

Marcelino Cesar M. de Oliveira - Tabelião de protesto de títulos e outros documentos de dívida da Comarca de Dourados, Estado de Mato Grosso do Sul, na forma da lei, etc. FAZ SABER que se encontra(m) no Tabelionato Oliveira Protesto de Títulos, sito à avenida Presidente Vargas, nº 329, Dourados-MS Telefones: 67-2108-2550 e 3422-5311, para ser(em) protestado(s), por falta de pagamento, o(s) título(s) abaixo(s) descrito(s).

Data Apresentação: 26/03/2013 Protocolo: 039188 Motivo: Falta de Pagamento Devedor: AMELIA ANDRADE DA SILVA CPF 66382564168 Endereço: RUA CARLOS GARCETE, 2750, CANAA III Cedente ou Credor: BV FINANCEIRA S.A. CREDITO FINAN E INVESTIMENTO; Endossante: BV FINANCEIRA S.A. CREDITO FINAN E INVESTIMENTO Apresentante: BV FINANCEIRA S.A. CREDITO FINAN E INVESTIMENTO; Endereco: AV DUQUE DE CAXIAS, 882, 9 AND, SL 901,Z 07, MARINGA-PR Nº do Título: 241019891 Natureza do Título: CBI Emissão: 06/12/2010 Vencimento: À Vista Valor: R$ 32.837,10 Saldo Devedor: R$ 2.937,20 Juros: R$ 0,00 Emolumentos: Apontamento: R$ 72,00 Intimação: R$ 31,00 FUNJECC 10%: R$ 7,20 FUNJECC 3%: R$ 2,16 ISSQN 5%: R$ 3,60 FUNADEP: R$ 0,00 TOTAL A PAGAR: R$ 3.071,00 Data Apresentação: 26/03/2013 Protocolo: 039111 Motivo: Falta de Pagamento Devedor: CARLA JULLIANY R S CPF 00303012110 Endereço: RUA BENJAMIM CONSTANT N:555 Cedente ou Credor: D STAQUE EVENTOS FOTOS E FILMA; Endossante: D STAQUE EVENTOS FOTOS E FILMA Apresentante: BANSICREDI; Endereco: AG.DOURADOS-MS Nº do Título: 7703 Natureza do Título: DMI Emissão: 23/01/2013 Vencimento: 20/02/2013 Valor: R$ 80,00 Saldo Devedor: R$ 80,00 Juros: R$ 1,17 Emolumentos: Apontamento: R$ 4,17 Intimação: R$ 31,00 FUNJECC 10%: R$ 0,42 FUNJECC 3%: R$ 0,13 ISSQN 5%: R$ 0,21 FUNADEP: R$ 0,00 TOTAL A PAGAR: R$ 136,97 Data Apresentação: 26/03/2013 Protocolo: 039072 Motivo: Falta de Pagamento Devedor: EDEMAR FONSECA GOMES CPF 60783001134 Endereço: GERONIMO MARQUES DE MATOS 550 CASA 6 Cedente ou Credor: BURGO & ANDRADE LTDA ME; Endossante: BURGO & ANDRADE LTDA ME Apresentante: BANCO DO BRASIL S/A; Endereco: AG. DOURADOS-MS Emissão: 18/10/2012 Vencimento: 25/02/2013 Nº do Título: 731/04 Natureza do Título: DMI Valor: R$ 60,00 Saldo Devedor: R$ 60,00 Juros: R$ 0,78 Emolumentos: Apontamento: R$ 4,17 Intimação: R$ 31,00 FUNJECC 10%: R$ 0,42 FUNJECC 3%: R$ 0,13 ISSQN 5%: R$ 0,21 FUNADEP: R$ 0,00 TOTAL A PAGAR: R$ 116,58 Data Apresentação: 26/03/2013 Protocolo: 039106 Motivo: Falta de Pagamento Devedor: EUGENIO OSNI RIBEIRO DOS SANTOS CNPJ 15641323000131 Endereço: AV JOSE ROBERTO TEIXEIRA, 234JD FLORIDA Cedente ou Credor: CONTABIL FACONT LTDA ME; Endossante: CONTABIL FACONT LTDA ME Apresentante: BANSICREDI; Endereco: AG.DOURADOS-MS Emissão: 05/03/2013 Vencimento: 11/03/2013 Nº do Título: 183/13 Natureza do Título: DSI Valor: R$ 900,00 Saldo Devedor: R$ 900,00 Juros: R$ 7,50 Emolumentos: Apontamento: R$ 25,00 Intimação: R$ 31,00 FUNJECC 10%: R$ 2,50 FUNJECC 3%: R$ 0,75 ISSQN 5%: R$ 1,25 FUNADEP: R$ 0,00 TOTAL A PAGAR: R$ 987,25 Data Apresentação: 26/03/2013 Protocolo: 039113 Motivo: Falta de Pagamento Devedor: FRANCIELE LIMA CPF 04839776164 Endereço: RUA MELVIN JONES 594 JD AMERICA Cedente ou Credor: ABRAAO GIUSEPPE BELUZI; Endossante: ABRAAO GIUSEPPE BELUZI Apresentante: BANSICREDI; Endereco: AG.DOURADOS-MS Emissão: 13/02/2013 Vencimento: 15/03/2013 Nº do Título: 13-02-2013 Natureza do Título: DMI Valor: R$ 66,40 Saldo Devedor: R$ 66,40 Juros: R$ 0,46 Emolumentos: Apontamento: R$ 4,17 Intimação: R$ 31,00 FUNJECC 10%: R$ 0,42 FUNJECC 3%: R$ 0,13 ISSQN 5%: R$ 0,21 FUNADEP: R$ 0,00 TOTAL A PAGAR: R$ 122,66 Data Apresentação: 26/03/2013 Protocolo: 039112 Motivo: Falta de Pagamento Devedor: FRANCIELE LIMA CPF 04839776164 Endereço: RUA MELVIN JONES 594 JD AMERICA Cedente ou Credor: ABRAAO GIUSEPPE BELUZI; Endossante: ABRAAO GIUSEPPE BELUZI Apresentante: BANSICREDI; Endereco: AG.DOURADOS-MS Nº do Título: 160114 Natureza do Título: DMI Emissão: 12/01/2013 Vencimento: 15/03/2013 Valor: R$ 75,83 Saldo Devedor: R$ 75,83 Juros: R$ 0,53 Emolumentos: Apontamento: R$ 4,17 Intimação: R$ 31,00 FUNJECC 10%: R$ 0,42 FUNJECC 3%: R$ 0,13 ISSQN 5%: R$ 0,21 FUNADEP: R$ 0,00 TOTAL A PAGAR: R$ 132,16 Data Apresentação: 26/03/2013 Protocolo: 039202 Motivo: Falta de Pagamento Devedor: JULIANA PEREIRA FERREIRA CPF 04508672183 Endereço: RUA RAUL FROST 2755 FDS, Cedente ou Credor: ABSTRATA COSMETICOS E ACESSORIOS LTDA; Endossante: ABSTRATA COSMETICOS E ACESSORIOS LTDA Apresentante: CAIXA ECONOMICA FEDERAL; Endereco: AG. DOURADOS-MS Nº do Título: 231123/004 Natureza do Título: DMI Emissão: 23/11/2012 Vencimento: 11/03/2013 Valor: R$ 100,00 Saldo Devedor: R$ 100,00 Juros: R$ 0,83 Emolumentos: Apontamento: R$ 4,17 Intimação: R$ 31,00 FUNJECC 10%: R$ 0,42 FUNJECC 3%: R$ 0,13 ISSQN 5%: R$ 0,21 FUNADEP: R$ 0,00 TOTAL A PAGAR: R$ 156,63 Data Apresentação: 26/03/2013 Protocolo: 039126 Motivo: Falta de Pagamento Devedor: OSVALDO DOMINGUES MARQUES ME CNPJ 11662105000122 Endereço: R CEL PONCIANO DE MATOOS PEREIRA,1905 Cedente ou Credor: MULTIPRESENTES P E BRINQ LTDA; Endossante: MULTIPRESENTES P E BRINQ LTDA Apresentante: BANCO ITAU S/A; Endereco: AG. DOURADOS-MS Nº do Título: 7199/3 Natureza do Título: DMI Emissão: 12/12/2012 Vencimento: 11/03/2013 Valor: R$ 1.142,40 Saldo Devedor: R$ 1.142,40 Juros: R$ 9,52 Emolumentos: Apontamento: R$ 48,00 Intimação: R$ 31,00 FUNJECC 10%: R$ 4,80 FUNJECC 3%: R$ 1,44 ISSQN 5%: R$ 2,40 FUNADEP: R$ 0,00 TOTAL A PAGAR: R$ 1.258,12 Data Apresentação: 26/03/2013 Protocolo: 039082 Motivo: Falta de Pagamento Devedor: ROSILENE CANAVARROS MONTEIRO CPF 90262190249 Endereço: RUA GUSTAVO ADOLFO PAVEL 2415 Cedente ou Credor: SOLDAMAQ COMERCIO DE FERRAMENTAS LTDA; Endossante: SOLDAMAQ COMERCIO DE FERRAMENTAS LTDA Apresentante: BANCO DO BRASIL S/A; Endereco: AG. DOURADOS-MS Nº do Título: 7860-05 Natureza do Título: DMI Emissão: 05/12/2012 Vencimento: 19/03/2013 Valor: R$ 359,91 Saldo Devedor: R$ 359,91 Juros: R$ 2,04 Emolumentos: Apontamento: R$ 17,00 Intimação: R$ 31,00 FUNJECC 10%: R$ 1,70 FUNJECC 3%: R$ 0,51 ISSQN 5%: R$ 0,85 FUNADEP: R$ 0,00 TOTAL A PAGAR: R$ 432,50 Data Apresentação: 26/03/2013 Protocolo: 039117 Motivo: Falta de Pagamento Devedor: WANDREZA SARATI COELHO CPF 01605371181 Endereço: R RUI BARBOZA N 1107 Cedente ou Credor: A3 FORMATURAS EVENTOS LTDA ME; Endossante: A3 FORMATURAS EVENTOS LTDA ME Apresentante: BANCO ITAU S/A; Endereco: AG. DOURADOS-MS Nº do Título: 06/12 Natureza do Título: DMI Emissão: 18/09/2012 Vencimento: 12/03/2013 Valor: R$ 192,00 Saldo Devedor: R$ 192,00 Juros: R$ 1,54 Emolumentos: Apontamento: R$ 8,00 Intimação: R$ 31,00 FUNJECC 10%: R$ 0,80 FUNJECC 3%: R$ 0,24 ISSQN 5%: R$ 0,40 FUNADEP: R$ 0,00 TOTAL A PAGAR: R$ 253,74 Não tendo sido encontrados em seus respectivos endereços, e esgotados todos os meios de intimação pessoal ou recusando-se a receberem as intimações, ficam os devedores intimados pelo presente edital à comparecerem neste Tabelionato Oliveira, para efetuarem os pagamentos, em moeda corrente nacional ou em cheque administrativo emitido por estabelecimento bancário, sem prejuizo dos emolumentos devidos, ou darem as razões de suas recusas, ficando desde já, cientificados dos protestos, caso não compareçam até o dia 05/04/2013 . Certifico que o presente edital foi afixado também no mural desta Serventia. DOURADOS - MS., 02 de abril de 2013

QUERO TRABALHAR

Ajudante de cozinha, atendente de lanchonete e conveniência, camareira e serviços gerais. 9608-8418 Célia.

-Marcelino Cesar Medeiros de OliveiraTabelião de Protesto de Títulos e Outros Documentos de Dívida


6

classificados

o progresso

Dourados, terça-feira 2.4.2013

PREFEITURA MUNICIPAL DE FÁTIMA DO SUL Relatório Resumido da Execução Orçamentária Demonstrativo do Resultado Primário Orçamento Fiscal e da Seguridade Social Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

01/04/2013

1

Atualizada (a)

Previsão Inicial

RECEITAS (EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (I)

Receitas Realizadas No Bimestre (b)

31.130.100,00

31.130.100,00

2

RECEITAS CORRENTES

31.130.100,00

3 4

RECEITA TRIBUTÁRIA Impostos

% (b/a)

Saldo a Realizar (a-c)

% (c/a)

Até o Bimestre (c)

5.349.972,89

17,19

5.349.972,89

17,19

25.780.127,11

31.130.100,00

5.349.972,89

17,19

5.349.972,89

17,19

25.780.127,11

2.004.600,00 1.867.100,00

2.004.600,00 1.867.100,00

183.489,35 139.177,64

9,15 7,45

183.489,35 139.177,64

9,15 7,45

1.821.110,65 1.727.922,36

5

IPTU

585.100,00

585.100,00

14.942,80

2,55

14.942,80

2,55

6

ITBI

352.000,00

352.000,00

46.730,22

13,28

46.730,22

13,28

305.269,78

7 8

ISS Outros Impostos

468.000,00 462.000,00

468.000,00 462.000,00

62.739,84 14.764,78

13,41 3,20

62.739,84 14.764,78

13,41 3,20

405.260,16 447.235,22

137.500,00

137.500,00

44.311,71

32,23

44.311,71

32,23

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

1.106.100,00 589.400,00

1.106.100,00 589.400,00

97.821,29 0,00

8,84 0,00

97.821,29 0,00

8,84 0,00

1.008.278,71 589.400,00

516.700,00

516.700,00

0,00

0,00

0,00

0,00

516.700,00

0,00

0,00

97.821,29

0,00

97.821,29

0,00

-97.821,29

470.800,00 6.000,00

9

Taxas

10

Contribuição de Melhoria

11 12

RECEITA DE CONTRIBUIÇÕES Contribuições Sociais

13

Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico - CIDE

14

Contribuição de Iluminação Pública

15 16

RECEITA PATRIMONIAL Receitas Imobiliárias

570.157,20

93.188,29

470.800,00 6.000,00

11.585,46 2.785,42

2,46 46,42

11.585,46 2.785,42

2,46 46,42

459.214,54 3.214,58

17

Receitas de Valores Mobiliários

464.800,00

464.800,00

8.800,04

1,89

8.800,04

1,89

455.999,96

18

Receita de Concessões e Permissões

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

19 20

Compensações Financeiras Outras Receitas Patrimoniais

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

21

RECEITA AGROPECUÁRIA

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

22

Receita da Produção Vegetal

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

23 24

Receita da Produção Animal e Derivados Outras Receitas Agropecuárias

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

25

RECEITA INDUSTRIAL

26

Receita da Indústria de Transformação

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

27 28

Receita da Indústria de Construção Outras Receitas Industriais

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

26.357.100,00

26.357.100,00

5.008.085,85

19,00

5.008.085,85

19,00

21.349.014,15

23.673.100,00

23.673.100,00

4.790.998,98

20,24

4.790.998,98

20,24

18.882.101,02

29

RECEITA DE SERVIÇOS

30

TRANSFERÊNCIAS CORRENTES

0,00

Transferências Intergovernamentais

32 33

Transferências de Instituições Privadas Transferências do Exterior

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

34

Transferências de Pessoas

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

2.684.000,00

2.684.000,00

217.086,87

8,09

217.086,87

8,09

2.466.913,13

0,00 1.191.500,00

0,00 1.191.500,00

0,00 48.990,94

0,00 4,11

0,00 48.990,94

0,00 4,11

0,00 1.142.509,06

0,00

0,00

0,00

35

Transferências de Convênios Transferências para o Combate à Fome OUTRAS RECEITAS CORRENTES

38

Multas e Juros de Mora

39

Indenizações e Restituições

40 41

Receita da Dívida Ativa Receitas Correntes Diversas

42

RECEITAS DE CAPITAL

43

0,00

PREFEITURA 142.400,00 MUNICIPAL DE142.400,00 FÁTIMA DO SUL 0,00 242.000,00da Execução 242.000,00 36.840,94 Relatório Resumido Orçamentária 807.100,00 807.100,00 12.150,00 Balanço Orçamentário 0,00 0,00 0,00 Orçamento Fiscal 0,00 e da Seguridade 0,00 Social 0,00 Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

OPERAÇÕES DE CRÉDITO

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

142.400,00

15,22 1,51

36.840,94 12.150,00

15,22 1,51

205.159,06 794.950,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

Receitas

0,00

Operações de Crédito Externas

Receitas Realizadas

Atualizada (a)

Previsão Inicial

No Bimestre (b) 0,00

% (b/a)

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

Alienação de Bens Imóveis

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

49

AMORTIZAÇÕES DE EMPRÉSTIMOS

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

50 51

TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL Transferências Intergovernamentais

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

52

Transferências de Instituições Privadas

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

53

Transferências do Exterior

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

54 55

Transferências de Pessoas Transferências de Outras Instituições Públicas

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

56

Transferências de Convênios

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

57

Transferências para o Combate à Fome

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL Integralização do Capital Social

60

Dív. Atv. Prov. da Amortiz. de Emp. e Financ.

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

61

Receitas de Capital Diversas

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

1.048.800,00 1.048.800,00

1.048.800,00 1.048.800,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

1.048.800,00 1.048.800,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

RECEITAS (INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (II) RECEITAS CORRENTES

64

RECEITA TRIBUTÁRIA

65

Impostos

66 67

Taxas Contribuição de Melhoria

68

RECEITA DE CONTRIBUIÇÕES

69

Contribuições Sociais

70

Contribuições Econômicas

71 72

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

1.048.800,00

1.048.800,00

0,00

0,00

0,00

0,00

1.048.800,00

1.048.800,00

1.048.800,00

0,00

0,00

0,00

0,00

1.048.800,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

RECEITA PATRIMONIAL Receitas Imobiliárias

O

m

N

m

38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55

D

N

m

m

R

D

C

R

RC

m

m

N

m

Assinatura

m

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

Receitas de Valores Mobiliários

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

Receita de Concessões e Permissões Compensações Financeiras

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

Outras Receitas Patrimoniais

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

4

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

5 6

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

Receita da Produção Vegetal

79 80

Receita da Produção Animal e Derivados Outras Receitas Agropecuárias

81

RECEITA INDUSTRIAL

82

0,00 0,00 PREFEITURA MUNICIPAL DE FÁTIMA DO SUL 0,00 0,00 Relatório Resumido da Execução Orçamentária 0,00 0,00 Balanço 0,00 Orçamentário 0,00 Orçamento Fiscal 0,00 e da Seguridade 0,00 Social Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

Receita da Indústria de Transformação

83 84

Receita da Indústria de Construção Outras Receitas Industriais

85

RECEITA DE SERVIÇOS

86

TRANSFERÊNCIAS CORRENTES

01/04/2013

Receitas

Receitas Realizadas

Atualizada (a)

Previsão Inicial

No Bimestre (b)

% (b/a)

87

Transferências Intergovernamentais

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

88

Transferências de Instituições Privadas

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

89 90

Transferências do Exterior Transferências de Pessoas

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

91

Transferências de Convênios

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

92

Transferências para o Combate à Fome

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

93 94

OUTRAS RECEITAS CORRENTES Multas e Juros de Mora

95

Indenizações e Restituições

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

96

Receita da Dívida Ativa

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

97 98

Receitas Correntes Diversas RECEITAS DE CAPITAL

99

OPERAÇÕES DE CRÉDITO

100

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

32.178.900,00

32.178.900,00

5.349.972,89

17,19

5.349.972,89

17,19

26.828.927,11

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

17,19

5.349.972,89

17,19

26.828.927,11

Operações de Crédito Internas

101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117

Operações de Crédito Externas ALIENAÇÃO DE BENS Alienação de Bens Móveis Alienação de Bens Imóveis AMORTIZAÇÕES DE EMPRÉSTIMOS TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL Transferências Intergovernamentais Transferências de Instituições Privadas Transferências do Exterior Transferências de Pessoas Transferências de Outras Instituições Públicas Transferências de Convênios Transferências para o Combate à Fome OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL Integralização do Capital Social Dív. Atv. Prov. da Amortiz. de Emp. e Financ. Receitas de Capital Diversas

118

SUBTOTAL DAS RECEITAS (III) = (I + II)

119 120 121 122 123 124 125

OPERAÇÕES DE CRÉDITO / REFINANCIAMENTO (IV) Operações de Crédito Internas Mobiliária Contratual Operações de Crédito Externas Mobiliária Contratual

126

SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (V) = (III + IV)

127

DÉFICIT (VI)

128

TOTAL (VII) = (V + VI)

PREFEITURA MUNICIPAL DE FÁTIMA DO SUL 32.178.900,00da Execução 32.178.900,00 5.349.972,89 Relatório Resumido Orçamentária 0,00 Orçamentário 0,00 0,00 Balanço 32.178.900,00 32.178.900,00 Orçamento Fiscal e da Seguridade Social5.349.972,89 Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

0,00

0,00

0,00

0,00

17,19

5.349.972,89

17,19

26.828.927,11

129 130 131

SALDOS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES (UTILIZADOS PARA CRÉDITOS ADICIONAIS) Superávit Financeiro Reabertura de Créditos Adicionais

Dotação Inicial (a)

Despesas 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145

DESPESAS (EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) DESPESAS CORRENTES PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA OUTRAS DESPESAS CORRENTES DESPESAS DE CAPITAL INVESTIMENTOS INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA RESERVA DO RPPS RESERVA DE CONTINGÊNCIA DESPESAS (INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (IX) DESPESAS CORRENTES PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS

146 147 148 149 150 151 152 153

JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA OUTRAS DESPESAS CORRENTES DESPESAS DE CAPITAL INVESTIMENTOS INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA RESERVA DO RPPS RESERVA DE CONTINGÊNCIA

154

SUBTOTAL DAS DESPESAS (X) = (VIII + IX)

155 156 157 158 159 160 161

AMORTIZAÇÃO DA DÍV. / REFINANCIAMENTO (XI) Amortização da Dívida Interna Dívida Mobiliária Outras Dívidas Amortização da Dívida Externa Dívida Mobiliária Outras Dívidas

162

SUBTOTAL C/ REFINANCIAMENTO (XII) = (X + XI)

0,00 0,00 0,00

No Bimestre (b) 0,00 0,00 0,00

% (b/a)

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

No Bimestre (f)

Até o Bimestre (g)

% (g/c)

163

9.994.640,99 9.488.461,97 5.945.242,75 0,00 3.543.219,22 506.179,02 248.229,08 0,00 257.949,94 0,00 0,00 943.818,40 943.818,40 860.094,41

9.994.640,99 9.488.461,97 5.945.242,75 0,00 3.543.219,22 506.179,02 248.229,08 0,00 257.949,94 0,00 0,00 943.818,40 943.818,40 860.094,41

2.150.741,45 2.068.203,85 1.371.290,15 0,00 696.913,70 82.537,60 70.038,96 0,00 12.498,64 0,00 0,00 6.274,29 6.274,29 6.274,29

2.150.741,45 2.068.203,85 1.371.290,15 0,00 696.913,70 82.537,60 70.038,96 0,00 12.498,64 0,00 0,00 6.274,29 6.274,29 6.274,29

7,11 7,77 9,31 0,00 5,86 2,54 2,36 0,00 4,35 0,00 0,00 0,33 0,33 0,40

28.113.998,55 24.554.536,15 13.355.509,85 3.500,00 11.195.526,30 3.169.462,40 2.894.761,04 0,00 274.701,36 390.000,00 0,00 1.907.885,71 1.907.885,71 1.579.385,71

0,00 328.500,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 328.500,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 83.723,99 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 83.723,99 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 328.500,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

32.178.900,00

0,00

32.178.900,00

10.938.459,39

10.938.459,39

2.157.015,74

2.157.015,74

7,44

30.021.884,26

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

2.157.015,74

2.157.015,74

7,44

30.021.884,26

SUPERÁVIT (XIII) TOTAL (XIV) = (XII + XIII)

PREFEITURA MUNICIPAL DE FÁTIMA DO SUL Relatório Resumido da Execução Orçamentária 0,00 32.178.900,00 10.938.459,39 10.938.459,39 Balanço Orçamentário Orçamento Fiscal e da Seguridade Social Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

Despesas Empenhadas

Dotação Atualizada (c)=(a+b)

Creditos Adicionais (b)

Despesas Líquidadas

Até o Bimestre (e)

No Bimestre (d)

No Bimestre (f)

Até o Bimestre (g)

% (g/c)

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

3.192.957,15

0,00

0,00

0,00

32.178.900,00

10.938.459,39

10.938.459,39

2.157.015,74

5.349.972,89

7,44

30.021.884,26

Dotação Atualizada (a)

Despesas Empenhadas No Bimestre (b)

No Bimestre (d)

Até o Bimestre (e)

% (e/total e)

m

MD

9.994.640,99 0,00 0,00 0,00 0,00 4.336.630,57 3.936.511,44

9.994.640,99 0,00 0,00 0,00 0,00 4.336.630,57 3.936.511,44

2.150.741,45 0,00 0,00 0,00 0,00 962.898,32 655.401,60

2.150.741,45 0,00 0,00 0,00 0,00 962.898,32 655.401,60

99,73 0,00 0,00 0,00 0,00 44,64 30,38

7,11 0,00 0,00 0,00 0,00 14,19 11,06

28.113.998,55 1.508.600,00 1.508.600,00 8.000,00 8.000,00 5.823.101,68 5.270.098,40

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA ADMINISTRAÇÃO DE RECEITAS COMUNICAÇÃO SOCIAL ASSISTÊNCIA SOCIAL ADMINISTRAÇÃO GERAL ASSISTÊNCIA AO IDOSO

66.400,00 45.700,00 801.400,00 1.089.600,00 20.600,00 84.500,00

53.400,00 35.700,00 771.400,00 1.075.600,00 20.600,00 84.500,00

1.580,00 817,72 397.721,41 153.268,48 8.600,00 718,50

1.580,00 817,72 397.721,41 153.268,48 8.600,00 718,50

0,00 0,00 307.496,72 20.682,28 0,00 0,00

0,00 0,00 307.496,72 20.682,28 0,00 0,00

0,00 0,00 14,26 0,96 0,00 0,00

0,00 0,00 39,86 1,92 0,00 0,00

53.400,00 35.700,00 463.903,28 1.054.917,72 20.600,00 84.500,00

ASSISTÊNCIA A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE ASSISTÊNCIA COMUNITÁRIA PREVIDÊNCIA SOCIAL ADMINISTRAÇÃO GERAL PREVIDÊNCIA BÁSICA PREVIDÊNCIA DO REGIME ESTATUTÁRIO SAÚDE NORMATIZAÇÃO E FISCALIZAÇÃO

426.400,00 558.100,00 1.592.000,00 176.500,00 38.000,00 1.377.500,00 5.925.900,00 10.500,00

426.400,00 544.100,00 1.592.000,00 176.500,00 38.000,00 1.377.500,00 5.855.900,00 10.500,00

18.103,39 125.846,59 0,00 0,00 0,00 0,00 1.403.463,36 0,00

18.103,39 125.846,59 0,00 0,00 0,00 0,00 1.403.463,36 0,00

3.777,18 16.905,10 0,00 0,00 0,00 0,00 352.430,45 0,00

3.777,18 16.905,10 0,00 0,00 0,00 0,00 352.430,45 0,00

0,18 0,78 0,00 0,00 0,00 0,00 16,34 0,00

0,89 3,11 0,00 0,00 0,00 0,00 6,02 0,00

422.622,82 527.194,90 1.592.000,00 176.500,00 38.000,00 1.377.500,00 5.503.469,55 10.500,00

ATENÇÃO BÁSICA ASSISTÊNCIA HOSPITALAR E AMBULATORIAL SUPORTE PROFILÁTICO E TERAPÊUTICO VIGILÂNCIA SANITÁRIA VIGILÂNCIA EPIDEMIOLOGICA EDUCAÇÃO ADMINISTRAÇÃO GERAL ASSISTÊNCIA A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO ENSINO FUNDAMENTAL EDUCAÇÃO INFANTIL EDUCAÇÃO ESPECIAL DIFUSÃO CULTURAL

3.967.900,00 1.032.900,00 812.800,00 16.300,00 85.500,00 6.683.140,00 170.000,00 35.600,00 255.900,00 5.800.040,00 265.300,00 36.100,00 43.400,00

3.897.900,00 1.032.900,00 812.800,00 16.300,00 85.500,00 6.884.140,00 170.000,00 25.600,00 375.900,00 5.769.040,00 265.300,00 11.100,00 20.400,00

1.002.002,56 207.836,23 181.559,33 633,58 11.431,66 1.950.909,20 0,00 2.986,12 87.340,67 1.585.098,19 81.870,43 0,00 1.654,32

1.002.002,56 207.836,23 181.559,33 633,58 11.431,66 1.950.909,20 0,00 2.986,12 87.340,67 1.585.098,19 81.870,43 0,00 1.654,32

266.444,42 1.649,00 83.648,45 633,58 55,00 419.991,19 0,00 186,12 0,00 344.168,89 65.858,96 0,00 364,32

266.444,42 1.649,00 83.648,45 633,58 55,00 419.991,19 0,00 186,12 0,00 344.168,89 65.858,96 0,00 364,32

12,35 0,08 3,88 0,03 0,00 19,48 0,00 0,01 0,00 15,96 3,05 0,00 0,02

6,84 0,16 10,29 3,89 0,06 6,10 0,00 0,73 0,00 5,97 24,82 0,00 1,79

3.631.455,58 1.031.251,00 729.151,55 15.666,42 85.445,00 6.464.148,81 170.000,00 25.413,88 Página 375.900,00 5 de 5 5.424.871,11 199.441,04 11.100,00 20.035,68

DESPORTO COMUNITÁRIO CULTURA ADMINISTRAÇÃO GERAL URBANISMO ADMINISTRAÇÃO GERAL

76.800,00 15.000,00 15.000,00 3.058.800,00 1.082.500,00 1.813.900,00 28.400,00

246.800,00 5.000,00 5.000,00 2.920.800,00 1.082.500,00 1.775.900,00 28.400,00

191.959,47 0,00 0,00 781.512,14 760.435,33 14.836,81 6.000,00

191.959,47 0,00 0,00 781.512,14 760.435,33 14.836,81 6.000,00

9.412,90 0,00 0,00 182.482,61 182.242,61 0,00 0,00

9.412,90 0,00 0,00 182.482,61 182.242,61 0,00 0,00

0,44 0,00 0,00 8,46 8,45 0,00 0,00

3,81 0,00 0,00 6,25 16,84 0,00 0,00

237.387,10 5.000,00 5.000,00 2.738.317,39 900.257,39 1.775.900,00 28.400,00

240,00 0,00 0,00 0,00

0,01 0,00 0,00 0,00

0,71 0,00 0,00 0,00

33.760,00 356.800,00 356.800,00 13.000,00

134.000,00 356.800,00 356.800,00 31.000,00

PREFEITURA MUNICIPAL DE FÁTIMA DO SUL 34.000,00 240,00 240,00 Relatório Resumido da Execução Orçamentária 240,00 356.800,00 0,00 0,00 0,00 356.800,00 0,00 0,00 Demostrativo da Execução das Despesas 0,00 por Função/Subfunção 13.000,00 0,00 0,00 0,00 Orçamento Fiscal e da Seguridade Social Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

Dotação Inicial

Função/Subfunção PRESERVAÇÃO E CONSERVAÇÃO AMBIENTAL

No Bimestre (b)

Despesas Liquídadas

Até o Bimestre (c)

No Bimestre (d)

O

C

R

D

Até o Bimestre (e)

% (e/total e)

13.000,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

13.000,00

124.600,00 6.800,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

124.600,00 6.800,00

PRESERVAÇÃO E CONSERVAÇÃO AMBIENTAL PROMOÇÃO DE PRODUÇÃO VEGETAL ABASTECIMENTO EXTENSÃO RURAL IRRIGAÇÃO INDÚSTRIA CONTROLE AMBIENTAL

20.300,00 27.300,00 123.800,00 18.800,00 45.600,00 189.700,00 127.600,00

20.300,00 10.300,00 43.800,00 2.800,00 40.600,00 89.700,00 57.600,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

20.300,00 10.300,00 43.800,00 2.800,00 40.600,00 89.700,00 57.600,00

62.100,00 811.500,00 811.500,00 1.080.700,00 200.000,00 880.700,00 52.900,00 52.900,00 602.500,00 50.700,00 551.800,00 580.000,00 390.000,00 190.000,00 0,00 0,00 1.914.160,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1.371.600,00 1.371.600,00 19.500,00 300,00 14.800,00

32.100,00 803.500,00 803.500,00 942.700,00 62.000,00 880.700,00 65.900,00 65.900,00 842.500,00 290.700,00 551.800,00 390.000,00 390.000,00 0,00 0,00 0,00 1.914.160,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1.371.600,00 1.371.600,00 19.500,00 300,00 14.800,00

0,00 519.671,83 519.671,83 71.237,66 1.172,78 70.064,88 10.966,68 10.966,68 766.981,07 257.949,94 509.031,13 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 943.818,40 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 696.730,79 696.730,79 2.418,91 0,00 901,18

0,00 519.671,83 519.671,83 71.237,66 1.172,78 70.064,88 10.966,68 10.966,68 766.981,07 257.949,94 509.031,13 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 943.818,40 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 696.730,79 696.730,79 2.418,91 0,00 901,18

0,00 110.347,89 110.347,89 3.966,69 812,78 3.153,91 5.165,10 5.165,10 92.776,92 12.498,64 80.278,28 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 6.274,29 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 110.347,89 110.347,89 3.966,69 812,78 3.153,91 5.165,10 5.165,10 92.776,92 12.498,64 80.278,28 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 6.274,29 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 5,12 5,12 0,19 0,04 0,15 0,24 0,24 4,30 0,58 3,72 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,29 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

32.100,00 693.152,11 693.152,11 938.733,31 61.187,22 877.546,09 60.734,90 60.734,90 749.723,08 278.201,36 471.521,72 390.000,00 390.000,00 0,00 0,00 0,00 1.907.885,71 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1.371.600,00 1.371.600,00 19.500,00 300,00 14.800,00

4.400,00 1.000,00 1.000,00 208.000,00 200,00 145.400,00

4.400,00 1.000,00 1.000,00 208.000,00 200,00 145.400,00

1.517,73 0,00 0,00

1.517,73 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 6.274,29 0,00 400,04

0,00 0,00 0,00 0,29 0,00 0,02

0,00 13,73 13,73 0,42 1,31 0,36 7,84 7,84 11,01 4,30 14,55 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,33 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 3,02 0,00 0,28

5.874,25 0,00

0,27 0,00

9,44 0,00

56.325,75 200,00

RESERVA DE CONTINGÊNCIA DESPESAS INTRA-ORÇAMENTÁRIA LEGISLATIVA Ação Legislativa Controle Externo JUDICIÁRIA Ação Legislativa Controle Externo ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO GERAL ASSISTÊNCIA SOCIAL ASSISTÊNCIA AO IDOSO ASSISTÊNCIA A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE ASSISTÊNCIA COMUNITÁRIA PREVIDÊNCIA SOCIAL ADMINISTRAÇÃO GERAL SAÚDE NORMATIZAÇÃO E FISCALIZAÇÃO ATENÇÃO BÁSICA SUPORTE PROFILÁTICO E TERAPÊUTICO VIGILÂNCIA EPIDEMIOLOGICA

62.200,00 200,00

PREFEITURA131.883,65 MUNICIPAL DE FÁTIMA DO SUL6.274,29 131.883,65 0,00 da Execução0,00 Relatório Resumido Orçamentária 0,00 115.086,86 115.086,86 400,04 Demostrativo da Execução das Despesas por Função/Subfunção 62.200,00 16.796,79 16.796,79 5.874,25 Social 200,00Orçamento Fiscal 0,00 e da Seguridade 0,00 0,00 Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

RESERVA DE CONTINGÊNCIA TOTAL

Assinatura

Dotação Atualizada (a)

Despesas Empenhadas No Bimestre (b)

Despesas Liquídadas

Até o Bimestre (c)

No Bimestre (d)

Até o Bimestre (e)

% (e/total e)

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

4.630,86

0,00

1.686,69

2.944,17

Juros e Encargos da Dívida Outras Despesas Correntes

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 10.000,00

0,00 28.730,33

0,00 0,00

0,00 35.839,24

0,00 2.891,09

7

Investimentos

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

2.522,45

0,00

0,00

0,00

2.522,45

8

Inversões Financeiras

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 175.453,76

0,00 0,00

0,00 174.216,37

0,00 1.237,39

Amortização da Dívida Administração Indireta (Exceto Intra-Orçamentário) Pessoal e Encargos Sociais

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

128.773,76

0,00

127.536,37

1.237,39

12 13

Juros e Encargos da Dívida Outras Despesas Correntes

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 46.680,00

0,00 0,00

0,00 46.680,00

0,00 0,00

14

Investimentos

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

15 16

Inversões Financeiras Amortização da Dívida

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

LEGISLATIVO (Exceto Intra-Orçamentário) Administração Direta (Exceto Intra-Orçamentário) Pessoal e Encargos Sociais Juros e Encargos da Dívida

92.265,18 92.265,18 20.519,87 20.519,87 0,00 0,00 0,00 0,00

92.265,18 92.265,18 20.519,87 20.519,87 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

254.560,00 254.560,00 58.200,00 58.200,00 1.300,00 1.300,00 0,00 0,00

32.178.900,00

32.178.900,00

10.938.459,39

10.938.459,39

2.157.015,74

2.157.015,74

100,02

7,11

30.021.884,26

RREO - ANEXO XVI (ADCT, art. 77)

PREFE TURA MUN C PA DE FÁT MA DO SU R R R m E O m Sm R R m E O m F S S F Bm

D m

O

m

Previsão Atualizada (a)

Inicial

16 17 18 19 20 21 22 23 24

DESPESAS CORRENTES Pessoal e Encargos Sociais Juros e Encargos da Dívida Outras Despesas Correntes DESPESAS DE CAPITAL Investimentos Inversões Financeiras Amortização da Dívida TOTAL (IV)

Despesas com Saúde (Por Grupo de Natureza de Despesa)

23.905.800,00 1.867.100,00 242.000,00 21.796.700,00 13.245.200,00 8.551.500,00 2.654.000,00 2.085.400,00 568.600,00 0,00 0,00 0,00 12.200,00 4.118.200,00 22.453.800,00

23.905.800,00 1.867.100,00 242.000,00 21.796.700,00 13.245.200,00 8.551.500,00 2.654.000,00 2.085.400,00 568.600,00 0,00 0,00 0,00 12.200,00 4.118.200,00 22.453.800,00

5.874.500,00 3.181.200,00 0,00 2.693.300,00 126.200,00 126.200,00 0,00 0,00 6.000.700,00

Despesas Próprias com Ações e Serviço Públicos e de Saúde DESPESAS COM SAÚDE (V) = (IV) (-) DESPESAS COM INATIVOS E PENSIONISTAS (-) DESPESAS CUSTEADAS COM OUTROS RECURSOS DESTINADOS À SAÚDE Recursos de Transferências do Sistema Único de Saúde - SUS Recursos de Operações de Crédito Outros Recursos (-) RESTOS A PAGAR INSCRITOS NO EXERCÍCIO SEM DISPONIBILIDADE TOTAL DAS DESPESAS PRÓPRIAS COM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE

D m

0,00

0,00

0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

24

Amortização da Dívida

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

O

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 36.067,18 0,00 0,00 PREFEITURA MUNICIPAL DE FÁTIMA DO 12.522,45 SUL 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 244.882,13 0,00 211.742,30 Relatório Resumido da Execução Orçamentária Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE Orçamento Fiscal e da Seguridade Social Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

25

RESTOS A PAGAR (Intra-Orçamentários)(II)

36.067,18

26

TOTAL(III) = (I+II)

45.662,28

01/04/2013

1- RECEITA DE IMPOSTOS 1.1- Receita Resultante do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial

S

P

m

m

% (c) = (b / a)Página x100 1 de 1

Até o Bimestre (b)

2.109.100,00 827.100,00

172.483,62 48.248,78

172.483,62 48.248,78

8,18 5,83

1.1.1- IPTU 1.1.2- Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do IPTU

585.100,00 0,00

585.100,00 0,00

14.942,80 0,00

14.942,80 0,00

2,55 0,00

1.1.3- Dívida Ativa do IPTU 1.1.4- Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e Outros Encargos da

242.000,00 0,00

242.000,00 0,00

33.305,98 0,00

33.305,98 0,00

13,76 0,00

0,00 352.000,00

0,00 352.000,00

0,00 46.730,22

0,00 46.730,22

0,00 13,28

352.000,00 0,00

352.000,00 0,00

46.730,22 0,00

46.730,22 0,00

13,28 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 468.000,00

0,00 468.000,00

0,00 62.739,84

0,00 62.739,84

0,00 13,41

468.000,00 0,00

468.000,00 0,00

62.739,84 0,00

62.739,84 0,00

13,41 0,00 0,00 0,00

9 10

1.2.1- ITBI 1.2.2- Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do ITBI

11 12

1.2.3- Dívida Ativa do ITBI 1.2.4- Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e Outros Encargos da 1.2.5- (-) Deduções da Receita do ITBI 1.3- Receita Resultante do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza - ISS 1.3.1- ISS 1.3.2- Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do ISS 1.3.3- Dívida Ativa do ISS 1.3.4- Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e Outros Encargos da 1.3.5- (-) Deduções da Receita do ISS 1.4- Receita Resultante do Imposto de Renda Retido na Fonte - IRRF 1.4.1- IRRF 1.4.2- Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do IRRF

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 462.000,00

0,00 462.000,00

0,00 14.764,78

0,00 14.764,78

0,00 3,20

462.000,00 0,00

462.000,00 0,00

14.764,78 0,00

14.764,78 0,00

3,20 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

1.4.3- Dívida Ativa do IRRF 1.4.4- Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e Outros Encargos da 1.4.5- (-) Deduções da Receita do IRRF 1.5- Receita Resultante do Imposto Territorial Rural - ITR (CF, art. 153, §4º, inciso

27 28

1.5.1- ITR 1.5.2- Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do ITR

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

29 30

1.5.3- Dívida Ativa do ITR 1.5.4- Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e Outros Encargos da

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 20.591.400,00

0,00 20.591.400,00

0,00 4.433.641,81

0,00 4.433.641,81

0,00 21,53

31 32

O

No Bimestre

2.109.100,00 827.100,00

1.1.5- (-) Deduções da Receita do IPTU 1.2- Receita Resultante do Imposto sobre Transmissão Inter Vivos - ITBI

25 26

Receitas Realizadas

Previsão Atualizada (a)

Previsão Inicial

1.5.5- (-) Deduções da Receita do ITR 2- RECEITA DE TRANSFERÊNCIAS CONSTITUCIONAIS E LEGAIS

33 34

2.1- Cota-Parte FPM 2.1.1- Parcela referente à CF, art. 159, I, alínea b

12.190.000,00 12.190.000,00

12.190.000,00 12.190.000,00

2.545.735,50 2.545.735,50

2.545.735,50 2.545.735,50

20,88 20,88

35 36

2.1.2- Parcela referente à CF, art. 159, I, alínea d 2.2- Cota-Parte ICMS

0,00 7.540.000,00

0,00 7.540.000,00

0,00 1.378.714,18

0,00 1.378.714,18

0,00 18,29

37 38

2.3- ICMS-Desoneração - L.C. nº87/1996 2.4- Cota-Parte IPI-Exportação

34.200,00 57.100,00

34.200,00 57.100,00

0,00 1.252,43

0,00 1.252,43

0,00 2,19

39 40

2.5- Cota-Parte ITR 2.6- Cota-Parte IPVA

26.100,00 744.000,00

26.100,00 744.000,00

595,21 507.344,49

595,21 507.344,49

2,28 68,19

41 42

2.7- Cota-Parte IOF-Ouro 3- TOTAL DA RECEITA DE IMPOSTOS (1 + 2)

45 46

0,00

0,00

0,00

0,00

22.700.500,00

4.606.125,43

4.606.125,43

20,29

4- RECEITA DA APLICAÇÃO FINANCEIRA DE OUTROS RECURSOS DE 5- RECEITA DE TRANSFERÊNCIAS DO FNDE 5.1- Transferências do Salário-Educação 5.2- Outras Transferências do FNDE

Receitas Realizadas

Previsão Atualizada (a)

Previsão Inicial

Receitas Adicionais para Financiamento do Ensino 43 44

0,00 22.700.500,00

Até o Bimestre (b)

No Bimestre

% (c) = (b / a) x100

0,00 166.300,00

0,00 166.300,00

0,00 42.618,63

0,00 42.618,63

0,00 25,63

166.300,00 0,00

166.300,00 0,00

42.618,63 0,00

42.618,63 0,00

25,63 0,00

47 48

5.3- Aplicação Financeira dos Recursos do FNDE 6- RECEITA DE TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS

0,00 288.500,00

0,00 288.500,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

49 50

6.1- Transferências de Convênios 6.2- Aplicação Financeira dos Recursos de Convênios

288.500,00 0,00

288.500,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

51 52

7- RECEITA DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO 8- OUTRAS RECEITAS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO

53

9- TOTAL DAS RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO (4

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

454.800,00

454.800,00

42.618,63

42.618,63

9,37

55

Atualizada

6.000.700,00 0,00 2.654.000,00 2.654.000,00 0,00 0,00 0,00 3.346.700,00

PREFEITURA MUNICIPAL DEAtualizada FÁTIMA DO SUL Até o Bimestre Inicial No Bimestre (b) Relatório Resumido da Execução(a) Orçamentária 10- RECEITAS DESTINADAS AO FUNDEB 4.118.280,00 4.118.280,00 886.728,37 Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino -886.728,37 MDE 10.1- Cota-Parte FPM Destinada ao FUNDEB - (20% de 2.1.1)Orçamento Fiscal 2.438.000,00 2.438.000,00 509.147,10 509.147,10 e da Seguridade Social Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

% (c) = (b / a) x100 21,53 20,88

Página 1 de 3

m

01/04/2013

RREO - ANEXO X (LDB, Art. 72)

m

FUNDEB

56

10.2- Cota-Parte ICMS Destinada ao FUNDEB - (20% de 2.2)

57

10.3- ICMS-Desoneração Destinada ao FUNDEB - (20% de 2.3)

58

10.4- Cota-Parte IPI-Exportação Destinada ao FUNDEB - (20% de 2.4)

59

10.5- Cota-Parte ITR ou ITR Arrecadados Destinados ao FUNDEB - (20% de (1.5

60

10.6- Cota-Parte IPVA Destinada ao FUNDEB - (20% de 2.6)

61 62

m

m

1.508.000,00

11- RECEITAS RECEBIDAS DO FUNDEB 11.1- Transferências de Recursos do FUNDEB

O

D m

O

O

R

O

O

M

m

Até o Bimestre (b)

No Bimestre

1.508.000,00

275.742,84

6.840,00

6.840,00

0,00

0,00

11.420,00

11.420,00

250,49

250,49

2,19

5.220,00

119,04

119,04

2,28

148.800,00

101.468,90

101.468,90

68,19

3.340.600,00

3.340.600,00

695.668,06

695.668,06

20,82 12,49

3.340.600,00

3.340.600,00

417.400,85

417.400,85

11.2- Complementação da União ao FUNDEB

0,00

0,00

278.267,21

278.267,21

11.3- Receita de Aplicação Financeira dos Recursos do FUNDEB

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

-.777.680,00

-.777.680,00

-.469.327,52

-.469.327,52

60,35

65

12- RESULTADO LÍQUIDO DAS TRANSFERÊNCIAS DO FUNDEB (11.1 - 10)

66 67

[SE RESULTADO LÍQUIDO DA TRANSFERÊNCIA (12) > 0] = ACRÉSCIMO RESULTANTE DAS TRANSFERÊNCIAS DO FUNDEB [SE RESULTADO LÍQUIDO DA TRANSFERÊNCIA (12) < 0] = DECRÉSCIMO RESULTANTE DAS TRANSFERÊNCIAS DO FUNDEB

Despesas Liquidadas

Dotação Atualizada (d)

Dotação Inicial

0,00

0,00 469.327,52

Até o Bimestre (e)

No Bimestre

% (f) = (e / d) x100

68 69 70 71 72 73

13- PAGAMENTO DOS PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO 13.1- Com Educação Infantil 13.2- Com Ensino Fundamental 14- OUTRAS DESPESAS 14.1- Com Educação Infantil 14.2- Com Ensino Fundamental

2.602.860,00 0,00 2.602.860,00 847.140,00 0,00 847.140,00

2.602.860,00 0,00 2.602.860,00 847.140,00 0,00 847.140,00

229.887,36 0,00 229.887,36 12.522,45 0,00 12.522,45

229.887,36 0,00 229.887,36 12.522,45 0,00 12.522,45

8,83 0,00 8,83 1,48 0,00 1,48

74

15- TOTAL DAS DESPESAS DO FUNDEB (13 + 14)

3.450.000,00

3.450.000,00

242.409,81

242.409,81

7,03

DEDUÇÕES PARA FINS DE LIMITE DO FUNDEB PARA PAGAMENTO DOS PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO

S

P

Valor

75 76

16- RESTOS A PAGAR INSCRITOS NO EXERCÍCIO SEM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA DE RECURSOS DO FUNDEB 17- DESPESAS CUSTEADAS COM O SUPERÁVIT FINANCEIRO, DO EXERCÍCIO ANTERIOR, DO FUNDEB

77 78

18- TOTAL DAS DEDUÇÕES CONSIDERADAS PARA FINS DE LIMITE DO FUNDEB (16 + 17) 19- MÍNIMO DE 60% DO FUNDEB NA REMUNERAÇÃO DO MAGISTÉRIO COM EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL1 ((13 - 18) / (11) x 100) %

0,00 0,00

79 80

20- RECURSOS RECEBIDOS DO FUNDEB EM <EXERCÍCIO ANTERIOR> QUE NÃO FORAM UTILIZADOS 21- DESPESAS CUSTEADAS COM O SALDO DO ITEM 20 ATÉ O 1º TRIMESTRE DE <EXERCÍCIO >2

0,00 33,05

CONTROLE DA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS NO EXERCÍCIO SUBSEQUENTE

m

m

81

m

0,00 0,00

22- IMPOSTOS E TRANSFERÊNCIAS DESTINADAS À MDE (25% de 3)3

5.675.125,00

90 91

27- ENSINO PROFISSIONAL NÃO INTEGRADO AO ENSINO REGULAR 28- OUTRAS

92

29- TOTAL DAS DESPESAS COM AÇÕES TÍPICAS DE MDE (23 + 24 + 25 + 26 +

Até o Bimestre (b)

No Bimestre

5.675.125,00

1.151.531,36

% (c) = (b / a) x100

1.151.531,36

20,29

Despesas Liquidadas

Dotação Atualizada (d)

Dotação Inicial

23- EDUCAÇÃO INFANTIL 23.1- Despesas Custeadas com Recursos do FUNDEB 23.2- Despesas Custeadas com Outros Recursos de Impostos 24- ENSINO FUNDAMENTAL 24.1- Despesas Custeadas com Recursos do FUNDEB 24.2- Despesas Custeadas com Outros Recursos de Impostos 25- ENSINO MÉDIO 26- ENSINO SUPERIOR

Receitas Realizadas

Previsão Atualizada (a)

Previsão Inicial

Despesas com Ações Típicas de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino 82 83 84 85 86 87 88 89

m

Valor

MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO – DESPESAS CUSTEADAS COM A RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS E RECURSOS DO FUNDEB

Receitas com Ações Típicas de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino

m

0,00

5.220,00 148.800,00

O

PRE E URA MUN C PA DE Á MA DO SU R R m E O m D P R m P O m S S Bm

m

18,29

64

O O

% (c) = (b / a) x100

275.742,84

63

Despesas do FUNDEB

M

Receitas Realizadas

Previsão Atualizada (a)

Previsão Inicial

Receitas do FUNDEB

Até o Bimestre (e)

No Bimestre

265.300,00 0,00 265.300,00 6.090.700,00 6.090.700,00 0,00 0,00 0,00

265.300,00 0,00 265.300,00 6.034.700,00 6.034.700,00 0,00 0,00 0,00

65.858,96 0,00 65.858,96 344.168,89 344.168,89 0,00 0,00 0,00

65.858,96 0,00 65.858,96 344.168,89 344.168,89 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

% (f) = (e / d) x100 24,82 0,00 24,82 5,70 5,70 0,00 0,00 0,00

6,10 7,98 0,00 3,88 0,00 0,00 0,00 0,00 5,97

Até o Semestre (e)

0,00 0,00

PREFEITURA MUNICIPAL FÁTIMA DO SUL 6.356.000,00 DE6.300.000,00 410.027,85 410.027,85 Relatório Resumido da Execução Orçamentária Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE Deduções / Adições Consideradas para Fins de Limite Constitucional Valor Orçamento Fiscal e da Seguridade Social Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

6,51

Página 2 de 3

01/04/2013

Deduções / Adições Consideradas para Fins de Limite Constitucional

358.399,74 253.886,35 0,00 104.513,39 0,00 0,00 0,00 0,00 358.399,74

6.000.700,00 0,00 2.654.000,00 2.654.000,00 0,00 0,00 0,00 3.346.700,00

Receitas Realizadas

Previsão

Previsão

Receitas do FUNDEB

RREO - ANEXO X (LDB, Art. 72)

93 94 95 96 97 98 99 100 101 102

Valor

30- RESULTADO LÍQUIDO DAS TRANSFERÊNCIAS DO FUNDEB = (12) 31- DESPESAS CUSTEADAS COM A COMPLEMENTAÇÃO DO FUNDEB NO EXERCÍCIO 32- RECEITA DE APLICAÇÃO FINANCEIRA DOS RECURSOS DO FUNDEB ATÉ O BIMESTRE = (50 h) 33- DESPESAS CUSTEADAS COM O SUPERÁVIT FINANCEIRO, DO EXERCÍCIO ANTERIOR, DO FUNDEB 34- DESPESAS CUSTEADAS COM O SUPERÁVIT FINANCEIRO, DO EXERCÍCIO ANTERIOR, DE OUTROS RECURSOS DE IMPOSTOS 35- RESTOS A PAGAR INSCRITOS NO EXERCÍCIO SEM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA DE RECURSOS DE IMPOSTOS VINCULADOS AO ENSINO4 36- CANCELAMENTO, NO EXERCÍCIO, DE RESTOS A PAGAR INSCRITOS COM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA DE RECURSOS DE IMPOSTOS 37- TOTAL DAS DEDUÇÕES CONSIDERADAS PARA FINS DE LIMITE CONSTITUCIONAL (30 + 31 + 32 + 33 + 34 + 35 + 36) 38- TOTAL DAS DESPESAS PARA FINS DE LIMITE ((23 + 24) - (37)) 39- MÍNIMO DE 25% DAS RECEITAS RESULTANTES DE IMPOSTOS EM MDE5 ((38) / (3) x 100) %

-.469.327,52 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 -.469.327,52 879.355,37 19,09

Outras Informações para Controle Financeiro OUTRAS DESPESAS CUSTEADAS COM RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO 103 104 105 106

40- DESPESAS CUSTEADAS COM A APLICAÇÃO FINANCEIRA DE OUTROS 41- DESPESAS CUSTEADAS COM A CONTRIBUIÇÃO SOCIAL DO SALÁRIO42- DESPESAS CUSTEADAS COM OPERAÇÕES DE CRÉDITO 43- DESPESAS CUSTEADAS COM OUTRAS RECEITAS PARA

107

44- TOTAL DAS OUTRAS DESPESAS CUSTEADAS COM RECEITAS

108

45- TOTAL GERAL DAS DESPESAS COM MDE (29 + 44)

Dotação Atualizada (d)

Dotação Inicial 0,00 0,00 0,00 0,00

O

O Q

109

0,00 0,00 0,00 0,00

Até o Bimestre (e) 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

6.300.000,00

410.027,85

410.027,85

6,51

Cancelado em 2013

Saldo Até o Bimestre

46- RESTOS A PAGAR DE DESPESAS COM MDE

0,00

Fluxo Financeiro dos Recursos do FUNDEB 110 111 112 113 114

% (f) = (e / d) x100

0,00 0,00 0,00 0,00

6.356.000,00

Restos a Pagar Inscritos com Disponibilidade Financeira de Recurso de Impostos Vinculados ao Ensino

PRE E URA MUN C PA DE Á MA DO SU R R m E O m D m R N m O m S S Bm

Despesas Liquidadas No Bimestre

0,00

Valor

47- SALDO FINANCEIRO EM 31 DE DEZEMBRO DE <EXERCÍCIO ANTERIOR> 48- (+) INGRESSO DE RECURSOS ATÉ O BIMESTRE 49- (-) PAGAMENTOS EFETUADOS ATÉ O BIMESTRE 50- (+) RECEITA DE APLICAÇÃO FINANCEIRA DOS RECURSOS ATÉ O BIMESTRE 51- (=) SALDO FINANCEIRO NO EXERCÍCIO ATUAL

3.191,01 695.668,06 302.556,38 928,03 397.230,72

Assinatura

% (e) / desp.

358.399,74 0,00 410.906,26 410.906,26 0,00 0,00 0,00 -52.506,52

100,00 0,00 114,65 114,65 0,00 0,00 0,00 -14,65

PRE E URA MUN C PA DE Á MA DO SU R R m E O m R O C D O m S S Bm

FONTE: - Limites mínimos anuais a serem cumpridos no encerramento do exercício. - Art. 21, § 2º, Lei 11.494/2007: Até 5% dos recursos recebidos à conta dos Fundos, inclusive relativos à complementação da União recebidos nos termos do §1º do art. 6º desta Lei, poderão ser utilizados no 1º trimestre do exercício imediatamente subseqüente, mediante abertura de crédito adicional. - Caput do art. 212 da CF/1988 - Os valores referentes à parcela dos Restos a Pagar inscritos se

D m

O

C

OM

RESTOS A PAGAR INSCRITOS COM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA DE RECURSOS PRÓPRIOS VINCULADOS Inscritos em Exercicios Anteriores

Cancelados em 2013 (f)

0,00

Dotação Atualizada 3.980.100,00 1.032.900,00 875.000,00 16.300,00 85.700,00 0,00 0,00 5.990.000,00

m

0,00

PARTICIPAÇÃO DAS DESPESAS COM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE NA RECEITA DE IMPOSTOS LÍQUIDA E TRANSFERÊNCIAS CONSTITUCIONAIS E LEGAIS - LIMITE CONSTITUCIONAL <%>² ((VI - VII f) / I)

3.980.100,00 1.032.900,00 875.000,00 16.300,00 85.700,00 0,00 0,00 5.990.000,00

0,00 0,00 0,00

0,00

23 24

PREFE TURA MUN C PA DE FÁT MA DO SU R R m E O m D P R m P O m F S S F Bm

R

Despesas Liquidadas

RESTOS A PAGAR DE DESPESAS PRÓPRIAS COM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE (VII)

Dotação Inicial

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00

15 16

O

Despesas Liquidadas Até o Semestre (d) % (c / d)

Dotação

CONTROLE DE RESTOS A PAGAR VINCULADOS À SAÚDE INSCRITOS EM EXERCÍCIOS ANTERIORES

0,00 0,00 0,00

Outras Despesas Correntes

19 20

4.743.386,06 19,84 139.177,64 7,45 33.305,98 13,76 4.570.902,44 20,97 2.653.456,84 20,03 1.917.445,60 22,42 410.906,26 15,48 338.533,85 16,23 72.372,41 12,73 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1.169,07 9,58 -.886.477,78 -21,53 6.041.939,17 Página 3 de26,91 3

5.874.500,00 3.181.200,00 0,00 2.693.300,00 126.200,00 126.200,00 0,00 0,00 6.000.700,00

Inicial

0,00 0,00 0,00

Investimentos Inversões Financeiras

17 18

Receitas Realizadas Até o Semestre (b) % (b / a)

Dotação Atualizada (c)

Inicial

0,00 0,00 0,00

21

13 14

m

01/04/2013

Receitas

0,00 0,00 0,00

22 23

7 8

O

254.560,00 254.560,00 58.200,00 58.200,00 1.300,00 1.300,00 0,00 0,00

RECEITA DE IMPOSTOS LÍQUIDA E TRANSFERÊNCIAS CONSTITUCIONAIS E Impostos Multas, Juros de Mora e Divida Ativa dos Impostos Receita de Transferencias Constitucionais e Legais Da União Do Estado TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE - SUS (II) Da União para o Município Do Estado para o Município Demais Municípios para o Município Outras Receitas do SUS RECEITAS DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO VINCULADAS À SAÚDE (III) OUTRAS RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS (-) DEDUÇÃO PARA O FUNDEB TOTAL

0,00 0,00 0,00

RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS (caput do at. 212 da Constituição)

4.400,00 1.000,00 1.000,00 201.725,71 200,00 144.999,96

254.560,00 254.560,00 58.200,00 58.200,00 1.300,00 1.300,00 0,00 0,00

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15

Página 1 de 0,00 1

11

5 6

Saldo (a-e)

% (e/a)

PREFEITURA MUNICIPAL DE FÁTIMA DO SUL Relatório Resumido da Execução Orçamentária Demonstrativo das Receitas de Impostos e das Despesas Próprias com Saúde Orçamento Fiscal e da Seguridade Social Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

Atenção Básica Assistência Hospitalar e Ambulatorial Suporte Profilático e Terapêutico Vigilância Sanitária Vigilância Epidemiológica Alimentação e Nutrição Outras Subfunções TOTAL

9.595,10 8.357,71

Pessoal e Encargos Sociais

RECEITAS DO ENSINO

01/04/2013

Dotação Inicial

Despesas com Saúde (Por Subfunção)

9.595,10

211.742,30 37.525,93

C

Página 2 de 3

RREO - ANEXO II (LRF, Art. 52, inciso II, alíneas "c")

EDUCAÇÃO ENSINO FUNDAMENTAL URBANISMO ADMINISTRAÇÃO GERAL AGRICULTURA ADMINISTRAÇÃO GERAL

211.742,30

0,00 0,00

3 4

Saldo (a-e)

% (e/a)

31.000,00 266.600,00 30.800,00

Função/Subfunção

0,00

208.814,95 33.361,19

1 2

R

A Pagar

208.814,95

12.522,45 12.522,45

m

O

AGRICULTURA ADMINISTRAÇÃO GERAL

PRODUÇÃO INDUSTRIAL ENERGIA ENERGIA ELÉTRICA TRANSPORTE TRANSPORTE AÉREO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DESPORTO E LAZER LAZER ENCARGOS ESPECIAIS SERVIÇO DA DÍVIDA INTERNA OUTROS ENCARGOS ESPECIAIS RESERVA RESERVA DO RPPS RESERVA DE CONTINGÊNCIA

Pagos

12.522,45

0,00 0,00

RREO - ANEXO X (LDB, Art. 72)

R

01/04/2013 Despesas Empenhadas

Cancelados

31 de Dez. do Ano Anterior

0,00

0,00 0,00

Assinatura

Página 1 de 3

RREO - ANEXO II (LRF, Art. 52, inciso II, alíneas "c") Dotação Atualizada (a)

Exercícios Anteriores

0,00

0,00 0,00

54

30.264.740,00 1.508.600,00 1.508.600,00 8.000,00 8.000,00 6.786.000,00 5.925.500,00

LAZER HABITAÇÃO HABITAÇÃO URBANA GESTÃO AMBIENTAL

A Pagar

0,00

0,00 0,00

20

D

Pagos

0,00

0,00 0,00

17

mM

Cancelados

0,00

EXECUTIVO (Exceto Intra-Orçamentário) Administração Direta (Exceto Intra-Orçamentário)

18 19

D

31 de Dez. do Ano Anterior

RESTOS A PAGAR (Exceto Intra-Orçamentários)(I)

Saldo (a-e)

% (e/a)

30.264.740,00 1.508.600,00 1.508.600,00 8.000,00 8.000,00 6.412.000,00 5.498.500,00

INFRA-ESTRUTURA URBANA SERVIÇOS URBANOS

01/04/2013 RP Não-Processados Inscritos

FUNDEB

Despesas Liquídadas

Até o Bimestre (c)

0,00

1

01/04/2013

Dotação Inicial

DESPESAS EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIA LEGISLATIVA AÇÃO LEGISLATIVA JUDICIÁRIA DEFESA DO INTERESSE PÚBLICO NO PROCESSO ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO GERAL

35 36 37 38 39 40 41 42

M

Saldo (c-g)

0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

2 3

9 10

PREFEITURA MUNICIPAL DE FÁTIMA DO SUL Relatório Resumido da Execução Orçamentária Demostrativo da Execução das Despesas por Função/Subfunção Orçamento Fiscal e da Seguridade Social Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

Função/Subfunção

34

M

01/04/2013

RREO - ANEXO II (LRF, Art. 52, inciso II, alíneas "c")

33

% mR

Página 4 de 5

32.178.900,00

Assinaturas:

25 26 27 28 29 30 31 32

R

O

30.264.740,00 26.622.740,00 14.726.800,00 3.500,00 11.892.440,00 3.252.000,00 2.964.800,00 0,00 287.200,00 390.000,00 0,00 1.914.160,00 1.914.160,00 1.585.660,00

RREO - ANEXO I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e § 1º)

164

m

Saldo (c-g)

0,00 263.000,00 117.000,00 0,00 146.000,00 -73.000,00 -.313.000,00 0,00 240.000,00 0,00 -.190.000,00 0,00 0,00 0,00

Dotação Inicial (a)

m

21 22

30.264.740,00 26.359.740,00 14.609.800,00 3.500,00 11.746.440,00 3.325.000,00 3.277.800,00 0,00 47.200,00 390.000,00 190.000,00 1.914.160,00 1.914.160,00 1.585.660,00

32.178.900,00

Despesas

M

0,00 0,00 0,00

Despesas Líquidadas

Até o Bimestre (e)

No Bimestre (d)

N m

Saldo a Realizar (a-c)

% (c/a)

Até o Bimestre (c)

0,00 0,00 0,00

Despesas Empenhadas

Dotação Atualizada (c)=(a+b)

Creditos Adicionais (b)

Receitas Realizadas

Atualizada (a)

Previsão Inicial

2.074.478,14 1.377.564,44 0,00 696.913,70 2.074.478,14 82.537,60 70.038,96 0,00 0,00 0,00 0,00 12.498,64 70.038,96 0,00 0,00 2.144.517,10 3.196.405,16 0,00

Valor Corrente

Inscritos Exercícios Anteriores

R

01/04/2013

Receitas

Até o Bimestre 2012

Até o Bimestre

2.074.478,14 1.377.564,44 0,00 696.913,70 2.074.478,14 82.537,60 70.038,96 0,00 0,00 0,00 0,00 12.498,64 70.038,96 0,00 0,00 2.144.517,10 3.196.405,16 0,00

RP Processados

Página 3 de 5

RREO - ANEXO I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e § 1º)

28.536.900,00 16.312.460,00 3.500,00 12.220.940,00 28.533.400,00 3.252.000,00 2.964.800,00 0,00 0,00 0,00 0,00 287.200,00 2.964.800,00 0,00 390.000,00 31.888.200,00 -.891.880,00 0,00

PREFEITURA MUNICIPAL DE FÁTIMA DO SUL Relatório Resumido da Execução Orçamentária Demostrativo dos Restos a Pagar por Poder e Órgão Orçamento Fiscal e da Seguridade Social Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

Poder / Órgão

Saldo a Realizar (a-c)

% (c/a)

Até o Bimestre (c)

No Bimestre

RREO - ANEXO IX (LRF, Art. 53, inciso V)

Página 2 de 5

RREO - ANEXO I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e § 1º)

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

56 META DE RESULTADO PRIMÁRIO FIXADA NO ANEXO DE METAS FISCAIS DA LDO P/ O EXERCÍCIO DE REFERÊNCIA

76 78

5.340.922,26 183.489,35 14.942,80 62.739,84 46.730,22 14.764,78 44.311,71 0,00 0,00 97.821,29 0,00 97.821,29 2.785,42 11.585,46 8.800,04 5.007.835,26 1.001,94 0,00 217.086,87 2.036.588,40 1.102.971,34 405.875,59 476,17 1.243.834,95 48.990,94 36.840,94 12.150,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 5.340.922,26

Despesas Liquidadas

Dotação Atualizada

DESPESAS CORRENTES (VIII) Pessoal e Encargos Sociais Juros e Encargos da Dívida (IX) Outras Despesas Correntes DESPESAS PRIMÁRIAS CORRENTES (X) = (VIII - IX) DESPESAS DE CAPITAL (XI) Investimentos Inversões Financeiras Concessão de Empréstimos (XII) Aquisição de Título de Capital já Integralizado (XIII) Demais Inversões Financeiras Amortização da Dívida (XIV) DESPESAS PRIMÁRIAS DE CAPITAL (XV) = (XI - XII - XIII - XIV) RESERVA DE CONTINGÊNCIA (XVI) RESERVA DO RPPS (XVII) DESPESA PRIMÁRIA TOTAL (XVIII) = (X + XV + XVI + XVII) RESULTADO PRIMÁRIO (XIX) = (VII - XVIII) SALDO DE EXERCÍCIOS ANTERIORES

Até o Bimestre 2012

Até o Bimestre

5.340.922,26 183.489,35 14.942,80 62.739,84 46.730,22 14.764,78 44.311,71 0,00 0,00 97.821,29 0,00 97.821,29 2.785,42 11.585,46 8.800,04 5.007.835,26 1.001,94 0,00 217.086,87 2.036.588,40 1.102.971,34 405.875,59 476,17 1.243.834,95 48.990,94 36.840,94 12.150,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 5.340.922,26

Discriminação da Meta Fiscal

R

74 75

RECEITA AGROPECUÁRIA

No Bimestre

30.996.320,00 2.004.600,00 585.100,00 468.000,00 352.000,00 462.000,00 137.500,00 0,00 0,00 1.106.100,00 589.400,00 516.700,00 337.100,00 470.800,00 133.700,00 26.357.020,00 45.680,00 27.360,00 2.684.000,00 9.752.000,00 6.032.000,00 595.200,00 20.880,00 7.199.900,00 1.191.500,00 242.000,00 949.500,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 30.996.320,00

Despesas Primárias

m

73

77

RECEITAS PRIMÁRIAS CORRENTES (I) Receitas Tributárias IPTU ISS ITBI IRRF Taxas Contribuição de Melhoria Outras Receitas Tributárias Receitas de Contribuições Receitas Previdenciárias Outras Receitas de Contribuições Receita Patrimonial Líquida Receita Patrimonial (-) Aplicações Financeiras Transferências Correntes LC 61/89 LC 87/96 Convênios FPM ICMS IPVA ITR Outras Transferências Correntes Demais Receitas Correntes Dívida Ativa Diversas Receitas Correntes RECEITAS DE CAPITAL (II) Operações de Crédito (III) Amortização de Empréstimos (IV) Alienação de Bens (V) Transferências de Capital Convênios Outras Transferências de Capital Outras Receitas de Capital RECEITAS PRIMÁRIAS DE CAPITAL (VI) = (II - III - IV - V) RECEITA PRIMÁRIA TOTAL (VII) = (I + VI)

R

0,00

0,00

ALIENAÇÃO DE BENS Alienação de Bens Móveis

48

62 63

m

Saldo a Realizar (a-c)

% (c/a)

Até o Bimestre (c)

0,00

46 47

58 59

O

01/04/2013

Operações de Crédito Internas

45

D m

Página 1 de 5

RREO - ANEXO I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e § 1º)

44

PREFE TURA MUN C PA DE FÁT MA DO SU R R m E O m Sm R R m E O m F S S F Bm

0,00 0,00 0,00

31

36 37

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37

Receitas Realizadas

Previsão Atualizada

Receitas Primárias

RREO - ANEXO I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e § 1º) Receitas

01/04/2013

RREO - ANEXO VII (LRF, Art. 53, inciso III)

PREFEITURA MUNICIPAL DE FÁTIMA DO SUL Relatório Resumido da Execução Orçamentária Balanço Orçamentário Orçamento Fiscal e da Seguridade Social Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

m

M

-1,11

m

Despesas Liquidadas Até o Bimestre (i) 266.539,46 1.649,00 89.522,70 633,58 55,00 0,00 0,00 358.399,74

% (i / total i)

m

Q

74,37 0,46 24,98 0,18 0,02 0,00 0,00 100,00

Assinatura

CONTINUAÇÃO NA PRÓXIMA PÁGINA


aTos oficiais CONTINUAÇÃO DA PAGINA ANTERIOR

01/04/2013

RREO - ANEXO XIII (LRF, art. 53, § 1º, inciso II) Exercicio

Receitas Previdenciárias (a)

Resultado Previdenciário (c)=(a-b)

Despesas Previdenciárias (b)

Saldo Financeiro do Exercicio (d)=("d" exerc. anterior)+(c)

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

0,00 0,00 0,00 PREFEITURA MUNICIPAL DE0,00 FÁTIMA DO SUL 0,00 0,00 Relatório 0,00 Resumido da Execução 0,00 Orçamentária 0,00 0,00 do regime Prórpio de0,00 Demonstrativo da Projeção Atuarial Previdência Social dos 0,00 Servidores Públicos 0,00 0,00 0,00 Orçamento Fiscal e da Seguridade Social Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Página 1 de 2

01/04/2013

RREO - ANEXO XIII (LRF, art. 53, § 1º, inciso II) Exercicio

Receitas Previdenciárias (a)

Resultado Previdenciário (c)=(a-b)

Despesas Previdenciárias (b)

o progresso Dourados, terça-feira 2.4.2013

EMAD-EMPRESA ARMAZENADORA DE DOURADOS S/A AVENIDA 3 Nº. 425,DISTRITO INDUSTRIAL-DOURADOS CNPJ-24.655.631/0001-07 IE-28.254.823-8 BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO I

PREFEITURA MUNICIPAL DE FÁTIMA DO SUL Relatório Resumido da Execução Orçamentária Demonstrativo da Projeção Atuarial do regime Prórpio de Previdência Social dos Servidores Públicos Orçamento Fiscal e da Seguridade Social Janeiro à Fevereiro de 2013 / 1º Bimestre

Saldo Financeiro do Exercicio (d)=("d" exerc. anterior)+(c)

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

0,00 0,00

CIRCULANTE

1.292.090,93 1.084.115,10 31.505,10 1.052.610,00 191.066,50 191.066,50 5.043,17 5.043,17 11.866,16 247,48 11.618,68

4.064. 236,32

4.514.984,73

10.524,50 10.524,50 4.053.711,82 4.040.010.96 13.700,86

8.737,79 8.737,79 4.506.246,94 4.490.783,76 15.463,18

5.679.274,72

5.807.075,66

Imobilizado Intangível

TOTAL DO ATIVO

As notas explicativas são partes integrantes das demonstrações contábeis. PASSIVO II

CIRCULANTE

2012 489.402,74

2011 454.336,12

27.133,19 27.133,19 60.031,73 60.031,73 44.123,49 44.123,49 311.377,68 311.377,68

5.245,07 5.245,07 42.135,57 42.135,57 42.975,07 42.975,07 311.377,68 311.377,68

46.736,65 46.736,65

52.602,73 52.602,73

809.912,52

1.150.976,50

809.912,52 544.910,82

1.150.976,50 856.288,50

FORNECEDORES Fornecedores Nacionais OBRIGAÇOES SOCIAIS Sociais

OBRIGAÇOES TRIBUTARIAS Diversos EMPRESTIMOS BANCARIOS

Financiamentos OUTRAS OBRIGAÇOES

Acionistas-Dividendos NÃO CIRCULANTE EXIGIVEL À LONGO PRAZO

Financiamento Tributos

TOTAL DO PASSIVO

265.001,70

294.688,00

1.299.315.26

1.605.312,62

PATRIMONIO LIQUIDO III CAPITAL SOCIAL

3.197.905,85

2.944.252,13

3.344.931,00 (147.025,15)

3.134.511,00 (190.258,87)

Capital Social Realizado (-) Ações em tesouraria

RESERVAS DE CAPITAL

1.041.844,10

1.099.702,73

Reserva Legal Ajuste de Avaliação Patrimonial

376.645,51 665.198,59

366.805,76 732.896,97

RESULTADO DO EXERCICIO

140.207,35

157.808,18

Lucro Líquido do Exercício

TOTAL PATRIMONIO LIQUIDO

TOTAL II E III

140.207,35

157.808.18

4.379.957, 30

4.201.763,04

5.679.274,72

5.807.075,66

As notas explicativas são partes integrantes das demonstrações contábeis.

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCICIO 01- Receita Bruta de Venda de Serviços Mercado Interno ISSQN, COFINS e PIS S/Faturamento.

03-Receita Liquida Venda de Serviços 04-Receita Bruta Sobre Vendas de Resíduos 05- Tributos sobre Vendas de Resíduos

2012

2011

2.331.901,95

2.143.998,42

2.331.901,95

2.143.998,,42

246.706.58

223.616,78

246.706,58

223.616,78

2.085.195,37 125.559,42 3.578,34

1.920.381,64 99.128,01 2.824,64

Funrural

3.578,34

2.824,64

121.981.08 2.207.176,45 89.167,49 2.296.343.94 1.803.157,38 493.186.56 155.681,93

96.303,37 2.016.685,01 192.322,01 2.209.007,02 1.714.269,70 494.737,32 173.473,07

84.256,42 71.425.51

83.109.42 90.363,65

337.504,63 140.709,63 196.795,00 56.578,56

321.264,25 99.779,08 221.485,17 63.676,99

Reserva Legal 9.839,75 Dividendos Obrigatórios 46.738,81 17- Lucro Liquido à Disposição da AG 140.216,44 Lucro por Ação 0,09 As notas explicativas são partes integrantes das demonstrações contábeis.

11.074,26 52.602,73 157.808,18 0,10

06- Receita Liquida de Venda de Resíduo 07- Receita Liquida de Vendas (03+06) 08- Receitas Financeiras 09- Receita Liquida Total (07+08) 10-Custos Operacionais 11-Lucro Operacional (09-10) 12- Despesas Operacionais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINARIAE EXTRAORDINARIA

Administrativas Financeiras

O Presidente do Conselho de Administração da EMAD-Empresa Armazenadora de Dourados S.A. CNPJ-24.655.631/0001-07 em cumprimento ao Artigo 9º dos Estatutos Sociais, convoca seus acionistas, para reunirem-se as 8:00(oito horas) do dia 20/04/2013,no ESPAÇO SABER DA FARMACIA GUILHERMINA ORTIZ, situado a Rua João Rosa Goes,696 -Centro , nesta Cidade e Estado , para em Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária deliberarem sobre a seguinte Ordem do Dia;

13- LUCRO OPERACIONAL LIQUIDO (11-12) 14- Provisões para IRPJ e CSSL 15-LUCRO LIQUIDO DO EXERCICIO 16- Destinações Estatutárias

DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA METODO INDIRETO

a)- Da Extraordinária

1)-Alteração Estatutária Artºs.5º;9º e 13º e em seus parágrafos 2º e 3º ;Art.14ºinclusão do inciso XII;Art.20º em seu paragrafo 2º; Art.23º inclusão do inciso IV.

b)-Ordinária

1)-Prestação de contas do exercício de 2012,compreendendo: Relatório da Administração,Demonstrações Contábeis e Pareceres da Auditoria Independente e Conselho Fiscal; 2)-Destinação do Resultado do Exercício de 2012; 3)-Eleição do Conselho de Administração; 4)-Eleição do Conselho Fiscal; 5)-Fixação de verba global para a remuneração dos conselheiros; 6)-Autorização para investimento, e 7)-Outros assuntos de interesse Societário. Página 2 de 2

OBS.1º Encontra-se a disposição dos Senhores Acionistas na Sede Social os documentos a que se refere o Artigo 133 da LEI n.º6404/76, relativos ao exercício encerrado em 31/12/2012. 2º Esta AGO/AGE será realizada fora da sede Social por falta de espaço físico para acomodação dos Acionistas

2012 715.789,33 196.795,00 518.994,33

(1) Atividades Operacionais Lucro Liquido Depreciação

(66.950,98)

23.512,31

Redução /Aumento Almoxarifado Redução/Aumento em Despesas Antecipadas Redução/Aumento em Fornecedores Redução Adiantamento de Clientes Aumento/Redução em Salários a Pagar Aumento em Tributos Outras Contas

(18.766,11) (2.755,38) 21.888,12 x.x 17.896,16 1.148,42 (103.952.32)

76,90 1.159,97 (1.248,34) (107.899,10) (9.616,47) 32.263,97 (15.735,73)

Caixa Líquido Consumido nas Atividades Operacionais

564.297,24

655.007,88

(2) Atividades de Investimento Recebimento de Venda de Imobilizado Pagamento pela compra de Imobilizado

(66.459,21) x-x (66.459,21)

(40.689,97) 10.000,00 (50.689,97)

Caixa Líquido Consumido nas Atividades de Investimento

(66.459,21)

(40.689,97)

(268.143,96) 95.836,45 (52.602,73) (311.377.68) (268.143,96)

(459.962,97) (22.605,47) (125.979,82) (311.377,68) (459.962,97)

Aumento Líquido nas Disponibilidades

Dourados, 01 de abril de 2013.

Saldo de Caixa- Equivalente – Em 31/12/2010/2011 Saldo de Caixa- Equivalente – Em 31/12/2011/2012

229.694,07

154.354,94

1.084.115.10 1.313.809.17

929.760,16 1.084.115,10

229.694,07

154.354,94

Diferença

Ramão Sanabria Presidente do Conselho de Administração

DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES PATRIMONIAIS 2012

HISTORICO

CAPITAL REALIZADO

Saldo em 31/12/2010

RESERVA LEGAL

AJUSTES AVALIAÇÃO PATRIMONIAL

355.731,23

1.174.219,47

377.939,45

4.370.828,75

377.939,18

0,27

x.x

(377.939,45)

x.x

Aporte de Acionistas

125.979,82

x.x

x.x

x.x

125.979,82

Maria Inês da Silva Pregoeira

11.074,26

Realização de Ajustes Resgate de Ações Ações em Tesouraria

221.485,17

221.485,17

(63.676,99)

(52.602,73)

(105.321,78)

(105.321,78)

167.653,40

167.653,40

(190.258,87)

(190.258,87)

Impostos Diversos

(336.000,72)

Saldo em 31/12/2011

Caarapó-MS, em 01 de abril de 2013.

SALDO

2.462.938,60

Transferência Estatutária

O Município de Caarapó, Estado de Mato Grosso do Sul, por intermédio da Pregoeira designada através do Decreto Municipal nº 003/2013 de 02 de janeiro de 2013, torna público aos interessados que promoverá licitação na Modalidade PREGÃO PRESENCIAL, do tipo “MENOR PREÇO”, objetivando a seleção de Empresa devidamente constituída para a Aquisição de dois veículos zero km, quatro portas, ano de fabricação e modelo 2013/2013, tração 4x4, ar condicionado, motor turbo diesel de no mínimo 170 cv, direção hidráulica, roda liga leve aro 16”, capacidade para 05 passageiros, câmbio manual de 05 marchas a frente e uma ré, vidros elétricos nas quatro portas, e todos os demais itens e equipamentos de segurança exigidos pelo Código Nacional de Trânsito em vigor, conforme anexo I do edital e solicitação da Secretaria Municipal de Educação e Esportes e do Fundo Municipal de Saúde. Local e Data do Credenciamento, da Entrega dos Envelopes e da Realização do Pregão: O credenciamento e o recebimento dos envelopes de propostas de preços e de habilitação serão no dia: 12 de abril de 2013, às 10horas, na sala do Departamento de Licitações do Município, localizada à Av. Presidente Vargas, nº 465, Centro, Caarapó–MS. Retirada do Edital: O Edital poderá ser obtido, no endereço supracitado, no horário de expediente das 7h30min às 11h30min, de segunda a sexta-feira. Valor da pasta: R$ 10,00 (dez reais), que serão recolhidos no Banco do Brasil Unidade de Atendimento de Caarapó e/ou pontos de recebimentos de correspondentes bancários. Na hipótese de ocorrer feriado ou outros fatos impeditivos, que impeça a realização da sessão pública, fica a mesma adiada para o primeiro dia útil que se seguir, no mesmo local e horário.

RESULTADO DO EXERCICIO

Transferências Resultado do Exercício

AVISO EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO N° 032/2013 PREGÃO PRESENCIAL N° 023/2013

2011 732.494,37 221.485,17 511.009,20

Redução/Aumento em Duplicatas a Receber

(3) Atividades de Financiamento Redução/Aumento de Capital Distribuição de Dividendos Redução de Financiamento Caixa Líquido Gerado nas Atividades de Financiamento

2.944.252,13

366.805, 76

732.896,97

Resultado do Exercício

(336.000,72) 157.808, 18

4.201.763,04

196.795,00

196.795,00

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRILHANTE/MS PREGÃO PRESENCIAL Nº 018/2013 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 026/2013 O MUNICIPIO DE RIO BRILHANTE - MS, através de sua Pregoeira Oficial, torna público que fará realizar licitação na modalidade de Pregão (presencial) com critério de julgamento de menor preço por item. DATA DA REALIZAÇÃO DA SESSÃO DE RECEBIMENTO DOS ENVELOPES (01 – PROPOSTA E 02 - DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO): às 08:00 horas do dia 15/04/2013. LOCAL: Sede Administrativa da Prefeitura Municipal. OBJETO: Aquisição de 01 (um) veiculo, zero km, ano/modelo 2013, tipo minibus, para o transporte de passageiros, atendendo a Secretaria Municipal de Saúde desta prefeitura. Fica designada como Pregoeira no processo licitatório pela modalidade PREGÃO, em obediência a Portaria nº 026/2013, de 08 de janeiro de 2.013, a Srª. Irene Melo Caetano. Local e horário para retirada do edital: Departamento de Licitações da Prefeitura Municipal de Rio Brilhante – MS, Rua Prefeito Athayde Nogueira nº 1.033 – Centro, das 07:00 as 12:00 horas, mediante apresentação do recibo de pagamento da taxa no valor de R$ 50,00 (cinqüenta reais). Rio Brilhante - MS, 01 de abril de 2.013. IRENE MELO CAETANO - Pregoeira Oficial.

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRILHANTE/MS PREGÃO PRESENCIAL Nº 019/2013 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 027/2013 O MUNICIPIO DE RIO BRILHANTE - MS, através de sua Pregoeira Oficial, torna público que fará realizar licitação na modalidade de Pregão (presencial) com critério de julgamento de menor preço global. DATA DA REALIZAÇÃO DA SESSÃO DE RECEBIMENTO DOS ENVELOPES (01 – PROPOSTA E 02 - DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO): às 08:00 horas do dia 16/04/2013. LOCAL: Sede Administrativa da Prefeitura Municipal. OBJETO: Contratação de empresa especializada para fornecimento de licença e locação de sistemas de gestão pública municipal com acesso simultâneo para usuários da Administração Pública Municipal, que atendas as especificações técnicas, os quantitativos e serviços correlatos, descritos no Termo de Referencia, pelo prazo de 09 (nove) meses. Fica designada como Pregoeira no processo licitatório pela modalidade PREGÃO, em obediência a Portaria nº 026/2013, de 08 de janeiro de 2.013, a Srª. Irene Melo Caetano. Local e horário para retirada do edital: Departamento de Licitações da Prefeitura Municipal de Rio Brilhante – MS, Rua Prefeito Athayde Nogueira nº 1.033 – Centro, das 07:00 as 12:00 horas, mediante apresentação do recibo de pagamento da taxa no valor de R$ 50,00 (cinqüenta reais). Rio Brilhante - MS, 01 de abril de 2.013. IRENE MELO CAETANO - Pregoeira Oficial.

43.233,72

43.233,72 (46.736,65)

Capitalização

157.817,27

Aporte Acionista Saldo em 31/12/2012

(46.736,65)

(157.817,27)

52.602,73 3.197.905,85

-.(67.698,38)

Dividendos

1.313.809,17 23.578,64 1.290.230,53 258.017,48 258.017,48 23.809,28 23.809,28 19.402.47 5.028,41 14.374,06

AÇÕES/QUOTAS Sicredi Centro Sul PERMANENTE

(9.839.30) (67.698,38)

Resgate de Ações

1.615.038,40

Bancos C/Movimento Aplicações Financeiras CLIENTES Clientes Nacionais ESTOQUES Almoxarifado OUTROS CREDITOS Impostos a Recuperar Adiantamentos p/Despesas

9.839.30

Realização de Ajustes

2011

DISPONIVEL

NÃO CIRCULANTE

Transferência Estatutária

2012

02-Tributos Sobre Vendas de Serviços Assinatura

7

-.52.602,73

376.645,06

665.198,59

140.209,96

4.379.959,46

NOTAS EXPLICATIVAS DA ADMINISTRAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTABEIS DO EXERCICIO DE 2012 NOTA 1-APRESENTAÇÃO EMAD-Empresa Armazenadora de Dourados S.A., sociedade de capital fechado, com sede a Avenida 3, nº. 425, Distrito Industrial, Dourados ( MS), e tem como objetivo principal à guarda e conservação de produtos agrícolas. NOTA 2- SUMARIO DAS PRÁTICAS CONTÁBEIS 2-1-As Demonstrações Contábeis foram elaboradas de acordo com as Leis 6404/76 e suas alterações, e 11638/07 e ainda Resoluções do Conselho Federal de Contabilidade, e aplicações parciais de normativas do CPC ( Comitê de Pronunciamentos Contábeis). 2-2-Os registros contábeis foram conduzidos em obediência aos Princípios Fundamentais de Contabilidade. 2-3-Foram obedecidas as Leis 10865/04 e 10925/04, Decreto 3000/99- RIR e IN-SRF. Vigentes. 2-4-Os valores constantes do Ativo e Passivo Circulantes terão suas realizações não excedentes ao exercício 2013. 2-5-Os valores em bancos c/movimento, estão representado por depósitos no Sicredi-Centro Sul- em R$ 17.674.82(Dezessete mil seiscentos e setenta e quatro reais e oitenta e dois centavos) e no Banco do Brasil em R5.903,82(Cinco mil novecentos e três reais e oitenta e dois centavos), todos em agencias desta cidade de Dourados-MS. 2-6-Os valores em aplicações financeiras foram atualizados para 31/12/2012 e estão representados por aplicações junto ao Banco do Brasil em R$ 1.017.782,00 (Hum milhão dezessete mil e setecentos e oitenta e dois reais.) e no Sicredi Centro Sul R$ 272.498,53 (Duzentos e setenta e dois mil, quatrocentos e noventa e oito reais e cinquenta e três centavos). 2-7-As depreciações dos bens operacionais foram realizadas de acordo com as taxas direcionadas pela RFB e vida útil de cada bem, 2-8 - As provisões trabalhistas (férias e encargos) foram realizadas conforme regime de competência. 2-9-Há empréstimo de longo prazo contratado junto ao FCO – Banco do Brasil, em R$ 544.910,82 (Quinhentos e quarenta e quatro mil, novecentos e dez reais e oitenta e dois centavos) com vencimentos mensais até 01/09/2015, juros pactuados de 10% aa. e bônus de adimplência de 15%, referente aos recursos para construção da unidade que recairão sobre os juros contratados.

2-10- Imobilizado e Intangível BENS PATRIMONIAIS RUBRICA VALOR ORIGINAL AJUSTE DEPRECIAÇÃO SALDO Terrenos 12.214,25 230.162,38 xx 242.376,63 Benfeitorias xx 5.000,00 2.000,16 2.999,84 Edificações 773.724,72 250.229,28 164.802,17 859.151,83 Pá Carregadeira e Trator xx 33.000,00 26.400,00 6.600,00 Veículos 94.499,32 xx 51.099,10 43.400,22 Secadores/ Equipamentos 924.914,89 20.000,00 340.502,49 604.412,40 Aparelhos de Informática 53.785,61 3.333,10 27.424,58 29.694,13 Moveis e Utensílios 36.935,96 4.175,30 14.649,88 26.461,38 Intangível 20.167,02 xx 6.466,16 13.700,86 Conjunto de Silos 2.700.286,20 xx 1.072.606,81 1.627.679,39 Secador GSI 795.918,94 xx 198.683,80 597.235,14 TOTAL IMOBILIZADO 5.412.446,91 545.900,06 1.904.635,15 4.053.711,82 2-10-1-Investimentos - O valor em Quotas-Parte - Sicredi-Centro Sul foi atualizado para 31/12/2012 Em R$10.524,50(Dez mil quinhentos e vinte e quatro reais e cinquenta centavos ). 2-11-Estoques R$23.809,28 (Vinte e três mil oitocentos e nove reais e vinte oito centavos). Os valores constantes dos estoques em almoxarifado estão representados por bens de consumo, materiais de escritório, segurança e expurgo todos avaliados pelo preço de aquisição. NOTA 3- PATRIMONIO LIQUIDO 3-1-O Capital Social Realizado de R$3.344.931,00 (Três milhões trezentos e quarenta e quatro mil e novecentos e trinta e um reais), encontra-se registrado sob. N. º 54325283, na JUCEMS em 24/05/2012. 3-2-O Capital Social está representado por 2.274.140 –(dois milhões, duzentos e setenta e quatro mil e cento e quarenta) - ações ordinárias sem valor nominal, para 106(cento e seis) acionistas. 3-3-Ações em Tesouraria As ações em tesouraria no valor de R$ 147.025,15 (cento e quarenta e sete mil vinte e cinco reais e quinze centavos)estão representadas por 72.380(Setenta e dois mil trezentos e oitenta ) ações ordinárias sem valor nominal, adquiridas de acionistas com intuito de revenda. 3-4-Ajustes de Avaliação Os ajustes de avaliação patrimonial de R$971.513.01 ( Novecentos e setenta e um mil quinhentos e treze reais e um centavo.) foram retificados pelos impostos diferidos sobre a sua realização em R$ 306.314.42(Trezentos e e seis mil trezentos e quatorze reais e quarenta e dois centavos.) com o liquido de R$665.198,59(seiscentos e sessenta e cinco mil cento e noventa e oito reais e cinquenta e nove centavos). 3-5-Reserva Legal – A reserva legal de R$376.645,51(trezentos e setenta e seis mil seiscentos e quarenta e cinco reais e cinquenta e um centavos) foi constituída através das disposições estatutárias. 3-6-Lucro Líquido do Exercício Os Lucros gerados no exercício alcançaram o valor de R$140.216.44(cento e quarenta mil duzentos e dezesseis reais e quarenta e quatro centavos) ,já retificados pela reserva legal de R$9.839,75(Nove mil oitocentos e setenta e cinco centavos) e dos dividendos obrigatórios de R$46.738,81(quarenta e seis mil setecentos e trinta e oito reais e oitenta e um centavos). 3-7- Lucro por Ações O lucro liquido do exercício de 2012, antes das destinações estatutárias, em R$196.795,00 (Cento e noventa e seis mil setecentos e noventa e cinco reais) para as 2.274.l40 ações ordinárias sem valor nominal gerou o lucro por ação de 0,9(nove centavos ). NOTA 4- DIVERSOS. 4-1-Ônus sobre elementos do Ativo- O imóvel garantidor da operação de FCO junto ao Banco do Brasil S/A, para construção dos seis silos graneleiros esta representada pela área dita de lote A1 ,formada pelos lotes 04 a 08 e 12 a 16 da quadra 03 e ainda o lote 01 a 03 e 09 a 11 do loteamento sendo a medida total da área de 80.792,12m2 denominado Distrito Industrial, da cidade de Dourados MS, sobre os quais estão assentados os silos antes mencionados. 4-2-Há seguro de cobertura geral com Mapfre Seguros, apólice N.3352/0002942/18 vigindo até 23/08/2013 garantindo o sinistro de R$10.0000,00(Dez milhões de reais) 4-3-Cumprindo a política governamental relacionado ao “Menor Aprendiz” mantemos no quadro Funcional no amparo do Artigo 429 da CLT e 9º do Decreto 5598/05 menores de idade. Dourados, 31 de dezembro de 2012. CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO: Ângelo Cesar Ajala Ximenes, Carlos Mario Wendisch, Domingos Sávio de Souza Silva, Edio Neuls e Ramão Sanabria. DIRETORIA: Gelci Kunzel de Vargas – Presidente e Sergio Ferri Diretor Operacional Gelci Kunzel de Vargas Diretora Presidente CPF-126.313.370-34

Tatiane M. Gomes Lima Contadora CRC-009008/O2 -MS CPF-000.143.101-39

“Relatório DE AUDITORIA INDEPENDENTE” Srs. Acionistas e Conselheiros da EMAD. Avenida Três, 425 – Distrito Industrial. Dourados - MS Examinamos as Demonstrações Contábeis da EMAD – EMPRESA ARMAZENADORA DE DOURADOS S.A., CNPJ 24.655.631/0001-07, que compreendem o balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2.012, e as respectivas demonstrações de resultado, das mutações patrimoniais e dos fluxos de caixa para o exercício findo naquela data , assim como o resumo das práticas contábeis e demais notas explicativas. A administração da sociedade é responsável pela elaboração e adequada apresentação dessas demonstrações contábeis de acordo com as Normas Internacionais de Relatório Financeiro (IFRS) e as práticas contábeis adotadas no Brasil e pelos controles internos que ela determinou como necessários para permitir a elaboração de demonstrações contábeis livre de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro. Nossa responsabilidade é a de expressar uma opinião sobre essas demonstrações contábeis com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem o cumprimento de exigências éticas pelos auditores e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurança razoável de que as demonstrações contábeis estão livres de distorção relevante. Uma auditoria envolve a execução de procedimentos selecionados para a obtenção de evidência a respeito de valores e divulgações apresentadas nas demonstrações contábeis. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante nas demonstrações contábeis, independente se causada por fraude ou erro. Nessa avaliação de riscos, o auditor considera os controles internos relevantes para a elaboração e adequada apresentação das demonstrações contábeis da sociedade para planejar os procedimentos de auditoria que são apropriados nas circunstâncias, mas não para fins de expressar uma opinião sobre a eficácia desses controles internos. Uma auditoria inclui, também, a avaliação da adequação de práticas contábeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contábeis feitas pela administração, bem como a avaliação da apresentação das demonstrações contábeis tomadas em conjunto. Acreditamos que a evidência de auditoria obtida é suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinião. Em nossa opinião, as demonstrações contábeis acima, apresentam adequadamente em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira da EMAD – EMPRESA ARMAZENADORA DE DOURADOS S.A., em 31 de dezembro de 2.012, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para aquela data de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil. Os valores correspondentes ao exercício findo em 31 de dezembro de 2.011, apresentados para fins de comparação, foram anteriormente auditados por esta empresa de acordo com as normas de auditoria vigentes por ocasião da emissão do relatório em 12 de janeiro de 2.012, e não conteve nenhuma modificação. Campo Grande (Ms), 15 de janeiro de 2.013 Fernando Martins de Freitas Contador CRC-Ms 10.293/0-7 CPF 994.602.394-40

Wanessa K.Coimbra Arzamendia Contadora CRC/Ms 4792/0-1 CPF 089.348.011-15 Sócio Responsável Audicon Auditoria e Contabilidade Ltda. – CRC/Ms 049 “PARECER DO CONSELHO FISCAL” Os membros do Conselho Fiscal da EMAD-Empresa Armazenadora de Dourados S/A, abaixo assinados no cumprimento das disposições estatutárias, realizaram as avaliações mensais dos balancetes contábeis e documentos que os sustentaram e mais as Demonstrações Contábeis do exercício encerrado em 31/12/2012 tudo assessorado pelo serviço de auditoria independente da AUDICON- Auditoria e Contabilidade Ltda, com sede em Campo Grande –MS, conforme o seu parecer final emitimos este documento em que respalda as contas da administração e recomenda a aprovação das Demonstrações Contábeis em Assembleia Geral. Dourados- MS, 27 de fevereiro de 2013.

Enio Roberto Urio CPF-480.941.371-34 Conselho-Fiscal

Gerson Yuiti Miyazaki CPF-164.671.401-68 Conselho-Fiscal

Gilberto Kiyoharu Nishioka CPF-542.791.191-04 Conselho-Fiscal


8

aTos oficiais

o progresso

Dourados, terça-feira 2.4.2013

ERRATA NO AVISO DE EDITAL DO PROCESSO ADMINISTRATIVO N° 030/2013 – PREGÃO PRESENCIAL N° 021/2013, constou errado a data da sessão pública ONDE SE LÊ 04 de abril de 2013, LEIA-SE 11 de abril de 2013. Ficam mantidas as demais

informações constantes no aviso do edital do processo supramencionado. Caarapó-MS, 01 de abril de 2013.

Maria Inês da Silva Pregoeira

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

CÂMARA MUNICIPAL DE JARDIM RESULTADO DE LICITAÇÀO CONVITE Nº 005/2013 A Câmara Municipal de Jardim, através de sua Comissão Permanente de Licitação, torna público o resultado do processo supra. Processo: 006/2013 Objeto: Aquisição de Combustível para o veículo oficial da Câmara Municipal de Jardim para o exercício de 2013. Empresa Vencedora: Farias e Varela Ltda que apresentou a proposta de preços em formulário próprio no valor de R$ 3,059 (três reais e cinco centavos e nove centésimos de centavos) o litro da gasolina perfazendo um total de R$ 24.472,00 (vinte e quatro mil quatrocentos e setenta e dois reais). Data: 01.04.2013 Homologo e Adjudico o resultado proferido pela Comissão Permanente de Licitação.

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL CláudiaMUNICIPAL Wanessa de Souza Barbosa CÂMARA DE JARDIM Presidente do Parlamento Municipal

CÂMARA MUNICIPAL DE JARDIM – MS

EXTRATO DO CONTRATO n° 002/2013 PROCESSO n° 003/2013 – CONVITE Nº 003/2013 PARTES: Câmara Municipal de Jardim e N&A Informática Ltda – EPP OBJETO: locação de software na área de contabilidade pública, compras e licitações, gestão financeira, execução orçamentária, recursos humanos e administração patrimonial para atender a Câmara Municipal, no exercício de 2013. FUNDAMENTAÇÄO LEGAL: O presente Contrato é regido pelas cláusulas e condições nele contidos, pela Lei 8.666/93, e demais normas legais pertinentes. DOTAÇÃO: 01.00 – Câmara Municipal 01.01 – Gabinete do Presidente 010311012001 – Operacionalização das atividades da Câmara Municipal 339039 - Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica Valor: O valor estabelecido para o presente Contrato de R$ 4.500,00 (quatro mil Av.global Duque de Caxias, 206 – Fone/Fax (67) 3251-1911 – CNPJ:é01.952.654/0001-88 e quinhentos reais) mensal perfazendo total de R$- 45.000,00 (quarenta cinco CEP: 79240-000 Centro - umJARDIM Estado de Mato Grossoe do Sul mil reais). VIGÊNCIA: O prazo de execução dos serviços será até 31 de dezembro de 2013, podendo ser prorrogado por igual DE período, na forma da LeiDO nº 8.666/93 ESTADO MATO GROSSO SUL e suas alterações. DATA DA ASSINATURA: 18.03.2013 ASSINAM: Sra. Cláudia Wanessa de Souza Barbosa – Presidente do Parlamento Municipal Sra. Andreia Silva de Lima – Contratada CÂMARA MUNICIPAL DE JARDIM – MS

CÂMARA MUNICIPAL DE JARDIM

EXTRATO DO CONTRATO n° 001/2013 DISPENSA Nº 001/2013 PARTES: Câmara Municipal de Jardim e Editora Jornal o Progresso Ltda OBJETO: Contratação de empresa de Jornalismo como Imprensa Oficial para a Câmara Municipal de Jardim, que possua jornal de circulação diária e sem limite de publicação. FUNDAMENTAÇAO LEGAL: pela Lei Federal no. 8.666/93 e suas posteriores alterações. DOTAÇÃO: 01.00 – Câmara Municipal 01.01 – Gabinete do Presidente 010311012001 – Operacional das atividades da Câmara Municipal 339039 - Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica Valor: O valor estimado global estabelecido para o presente Contrato é de R$ 3.000,00 (três mil reais). VIGÊNCIA: O prazo de execução dos serviços será de 45 (quarenta e cinco) dias, contados a partir da assinatura, podendo ser prorrogado por igual período, na forma da Lei nº 8.666/93 e suas alterações. MATO GROSSO DO 01.952.654/0001-88 SUL Av. Duque deESTADO Caxias, 206 –DE Fone/Fax (67) 3251-1911 – CNPJ: DATA DA ASSINATURA: 05.03.2013 CEP 79240-000 Centro JARDIM Estado de Mato Grosso do Sul ASSINAM: Srtª. Cláudia Vanessa de Souza Barbosa – Presidente Editora Jornal o Progresso Ltda – Contratada CÂMARA MUNICIPAL DE JARDIM – MS

CÂMARA MUNICIPAL DE JARDIM

EXTRATO DO CONTRATO n° 003/2013 PROCESSO n° 002/2013 – CONVITE Nº 002/2013 PARTES: Câmara Municipal de Jardim e AEG – Assessoramento e Consultoria Ltda OBJETO: Contratação de empresa especializada para prestação de serviços técnicos contábeis, com responsabilidade no fechamento dos balancetes mensais e balanços, anexos da lei de responsabilidade fiscal e demais serviços de escrituração contábeis da Câmara Municipal de Jardim - MS. FUNDAMENTAÇÄO LEGAL: O presente Contrato é regido pelas cláusulas e condições nele contidos, pela Lei 8.666/93, e demais normas legais pertinentes. DOTAÇÃO: 01.00 – Câmara Municipal 01.01 – Gabinete do Presidente 010311012001 – Operacionalização das atividades da Câmara Municipal 339039 - Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica Valor: O valor estabelecido para o presente Contrato é de R$ 6.900,00 (seis mil e Avenida Duque de Caxias, 206 – Fone e Fax: (067) 3251-1911/2501 - CGC 01.952.654/0001-88 novecentos reais) mensal perfazendo total de R$- 69.000,00 mil CEP 79240-000 Centro - umJARDIM Estado de(sessenta Mato Grosso edonove Sul reais). VIGÊNCIA: O prazo de execução dos serviços será até 31 de dezembro de 2013, podendo ser prorrogado por igual período, na forma da Lei nº 8.666/93 e suas alterações. DATA DA ASSINATURA: 18.03.2013 ASSINAM: Sra. Cláudia Wanessa de Souza Barbosa – Presidente do Parlamento Municipal AEG – Assessoramento e Consultoria Ltda – Contratada

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA - MS TERMO DE ADJUDICAÇÃO Carta/Convite 12 / 2013 Nos termos do Art. 43, inciso VI da Lei Federal N° 8.666/93 e as suas alterações, o Prefeito Municipal de Douradina - MS, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por Lei, concluído os trabalhos de abertura, j ulgamento e classificação de habilitação e proposta (s) ap resentada (s) ao presen te certame, tendo por base o resu ltado classificatório antes apresentado pela CPL, decidiu por Adjudicar o objeto d a p resen te l i c i taç ão ao ( a) l i c i tan te c l assi f i cad o ( a) : CONTRATACAO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NO FORNECIMENTO DE FILTROS E LUBRIFICANTES PARA ATENDIMENTO PARA MAQUINAS, CAMIN HOES E VEICULOS DA FR OT A MUNICIPAL. Vencedor(es): BAHIA COMERCIO DE PECAS AUTOMOTIVAS LTDA - EPP CNPJ/CPF 14.385.712/0001-80 COM VALOR TOTAL DE: R$ 9.205,00 ELICECHE & LIMA LTDA - ME CNPJ/CPF 08.820.754/0001-08 COM VALOR TOTAL DE: R$ 46.450,00 MICHAEL PREGUICA MARQUES GUSMAO -ME CNPJ/CPF 04.752.669/0001-90 COM VALOR TOTAL DE: R$ 23.895,00 Douradina - MS, terça-feira, 26 de março de 2013 PAULO CESAR BIAGI PIRES Presidente CPL PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA - MS TERMO DE ADJUDICAÇÃO Carta/Convite 13 / 2013 Nos termos do Art. 43, inciso VI da Lei Federal N° 8.666/93 e as suas alterações, o Prefeito Municipal de Douradina - MS, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por Lei, concluído os trabalhos de abertura, j ulgamento e classificação de habilitação e proposta (s) ap resentada (s) ao presen te certame, tendo por base o resu ltado classificatório antes apresentado pela CPL, decidiu por Adjudicar o objeto d a p resen te l i c i taç ão ao ( a) l i c i tan te c l assi f i cad o ( a) : CONTRATACAO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE DIVERSOS MA TER IAIS DE LIMPEZA E H IGIENE PARA ATENDIMENTO PA RA D I V E R S A S S E C R E T A R I A D O M U N I C I P I O Vencedor(es): IRMAOS SARRUF LTDA CNPJ/CPF 05.901.906/0001-09 COM VALOR TOTAL DE: R$ 64.730,65 MERCEARIA BOM JARDIM LTDA-ME CNPJ/CPF 00.980.516/0001-40 COM VALOR TOTAL DE: R$ 11.652,40 Douradina - MS, quarta-feira, 27 de março de 2013 PAULO CESAR BIAGI PIRES Presidente CPL PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA - MS TERMO DE ADJUDICAÇÃO

Pregao Presencial 4 / 2013 Nos termos do Art. 4º, inciso XX da Lei Federal N° 10.520/02 e as suas alterações, o Pregoeiro(a) Municipal de Douradina - MS, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por Lei, concluído os trabalhos de abertura, julgamento e classificação de habilitação e proposta (s) apresentada (s) ao presente certame, tendo por base o resultado classificatório antes apresentado pela Equipe de Apoio, decidiu por Adjudicar o objeto da presente licitação ao (a) licitante classificado (a): Vencedor(es): SUELY DA SILVA SANTOS MEI-SEBRAE CNPJ/CPF 12.252.119/0001-30 COM VALOR TOTAL DE: R$ 30.528,00 Douradina - MS, terça-feira, 26 de março de 2013 OSMIR MARQUES SILVA Pregoeiro PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA - MS TERMO DE ADJUDICAÇÃO Carta/Convite 15 / 2013 Nos termos do Art. 43, inciso VI da Lei Federal N° 8.666/93 e as suas alterações, o Prefeito Municipal de Douradina - MS, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por Lei, concluído os trabalhos de abertura, j ulgamento e classificação de habilitação e proposta (s) ap resentada (s) ao presen te certame, tendo por base o resu ltado classificatório antes apresentado pela CPL, decidiu por Adjudicar o objeto d a p resen te l i c i taç ão ao ( a) l i c i tan te c l assi f i cad o ( a) : C ON TR AT AC AO D E E MPRE SA E SPEC IALIZAD A N A LOCAÇ ÃO D E SOFTWARE DE GESTAO PUBLICA AFIM DE ATENDER AS NECESSIDADES D A SE CR ET AR IA MUN IC IP AL D E A SSIS TENC IA SOCIAL P ARA O E X E R C I C I O D E 2 0 1 3 .

COMUNICADO AOS USUÁRIOS DA DOURAMED A DOURAMED ASSISTÊNCIA MÉDICO-HOSPITALAR GLOBAL S/S. LTDA., inscrita no CNPJ 15.480.130/0001-46, registro na ANS 31.936-8 em cumprimento ao disposto no § 4º, IV do artigo 7-A da Resolução Normativa 186/2009 alterada pela RN 252/2012, vem comunicar Av. Duque de Caxias, 206 – Fone/Fax (67) 3251-1911 – CNPJ: 01.952.654/0001-88

79240-000 que JARDIM Estado de Mato Sul aos seusCEP beneficiários noCentro dia 18 de- março de 2013, -foi publicado em Grosso DiáriodoOficial da

União pela Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS - a Resolução Operacional - RO n. 1.389, de 15 de março de 2013, que concedeu prazo de 60 (sessenta) dias para que os beneficiários da DOURAMED Assistência Médico - Hospitalar Global S/S Ltda. exerçam a portabilidade especial de carências para plano individual ou familiar ou coletivo por adesão a sua escolha, na forma prevista na Resolução Normativa nº 186, de 14 de janeiro de 2008, alterada pela Resolução Normativa nº 252, de 28 de abril de 2011, observadas as seguintes especificidades:

I - a portabilidade especial de carências pode ser exercida por todos os beneficiários da operadora, independentemente do tipo de contratação e da data de assinatura dos contratos; II - o beneficiário que esteja cumprindo carência ou cobertura parcial temporária na DOURAMED Assistência Médico-Hospitalar Global S/S Ltda., pode exercer a portabilidade especial de carências sujeitando-se aos respectivos períodos remanescentes; III - o beneficiário que esteja pagando agravo e que tenha menos de 24 (vinte e quatro) meses de contrato no plano de origem pode exercer a portabilidade especial de carências, podendo optar pelo cumprimento de cobertura parcial temporária referente ao tempo remanescente para completar o referido período de 24 (vinte e quatro) meses, ou pelo pagamento de agravo a ser negociado com a operadora do plano de destino. IV - o beneficiário que tenha 24 (vinte e quatro) meses ou mais de contrato no plano de origem pode exercer a portabilidade especial de carências tratada nesse artigo sem o cumprimento de cobertura parcial temporária e sem o pagamento de agravo. - Não se aplicam à portabilidade especial de carências tratada nesse artigo os requisitos previstos nos incisos I e II e o disposto nos §§ 2º, 3º e 4º do artigo 3º de Resolução Normativa nº 186, de 14 de janeiro de 2009. - Aplicam-se à portabilidade especial de carências os requisitos previstos nos incisos

III, IV e V e o disposto no § 1º do artigo 3º da Resolução Normativa nº 186, de 14 de janeiro de 2009.

Vencedor(es): AGILI - MS INFORMATICA LTDA - ME CNPJ/CPF 11.461.945/0001-27 COM VALOR TOTAL DE: R$ 18.900,00 Douradina - MS, quinta-feira, 7 de março de 2013 PAULO CESAR BIAGI PIRES Presidente CPL PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA - MS TERMO DE HOMOLOGAÇÃO

Pregao Presencial

4 / 2013

Nos termos do Art. 43, inciso VI da Lei Federal N° 8.666/93 e as suas alterações, o Prefeito Municipal de Douradina – MS, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por Lei, abaixo assinado, acolhendo a manifestação da Comissão Permanente de Licitação, levando em consideração a abertura e julgamento do presente PROCESSO DE LICIT AC Ã O , ten do cu m p ri d o tod o s o s req ui si to s e pr in cí pi os estabelecidos em lei, HOMOLOGA o objeto da Licitação supra citada , q u e tem c o mo ven c ed o r( es ) ab ai xo e c u jo o b jeto é: CONTRATACAO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NO FORNECIMENTO DE M A R M IT E X E R E F E IC O E S P A R A A T E N D IME N T O A D IV E R S A S S E C R E T A R I A S D O M U N I C I P I O . Vencedor(es): SUELY DA SILVA SANTOS MEI-SEBRAE CNPJ/CPF 12.252.119/0001-30 COM VALOR TOTAL DE: R$ 30.528,00 Ciência aos interessados, observando as prescrições legais. Douradina - MS, segunda-feira, 1 de abril de 2013 DARCY FREIRE Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA - MS TERMO DE HOMOLOGAÇÃO Carta/Convite 12 / 2013 Nos termos do Art. 43, inciso VI da Lei Federal N° 8.666/93 e as suas alterações, o Prefeito Municipal de Douradina – MS, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por Lei, abaixo assinado, acolhendo a manifestação da Comissão Permanente de Licitação, levando em consideração a abertura e julgamento do presente PROCESSO DE LICITACÃO, tendo cumprido todos os requisitos e princípios estabelecidos em lei, HOMOLOGA o objeto da Licitação supra citada , que tem como v e n c e d o r ( e s ) a b a i xo e c u j o o b j e t o é : CONTRATACAO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NO FORNECIMENTO DE FILTROS E LUBRIFICANTES PARA ATENDIMENTO PARA MAQUINAS, CAMIN HOES E VEICULOS DA FR OT A MUNICIPAL. Vencedor(es): BAHIA COMERCIO DE PECAS AUTOMOTIVAS LTDA - EPP CNPJ/CPF 14.385.712/0001-80 COM VALOR TOTAL DE: R$ 9.205,00 ELICECHE & LIMA LTDA - ME CNPJ/CPF 08.820.754/0001-08 COM VALOR TOTAL DE: R$ 46.450,00 MICHAEL PREGUICA MARQUES GUSMAO -ME CNPJ/CPF 04.752.669/0001-90 COM VALOR TOTAL DE: R$ 23.895,00 Ciência aos interessados, observando as prescrições legais. Douradina - MS, DARCY FREIRE Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA - MS TERMO DE HOMOLOGAÇÃO Carta/Convite 13 / 2013 Nos termos do Art. 43, inciso VI da Lei Federal N° 8.666/93 e as suas alterações, o Prefeito Municipal de Douradina – MS, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por Lei, abaixo assinado, acolhendo a manifestação da Comissão Permanente de Licitação, levando em consideração a abertura e julgamento do presente PROCESSO DE LICITACÃO, tendo cumprido todos os requisitos e princípios estabelecidos em lei, HOMOLOGA o objeto da Licitação supra citada , que tem como v e n c e d o r ( e s ) a b a i xo e c u j o o b j e t o é : CONTRATACAO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE DIVERSOS MA TER IAIS DE LIM PEZA E H IGIENE PARA ATENDIMENTO PA RA D I V E R S A S S E C R E T A R I A D O M U N I C I P I O Vencedor(es): IRMAOS SARRUF LTDA CNPJ/CPF 05.901.906/0001-09 COM VALOR TOTAL DE: R$ 64.730,65 MERCEARIA BOM JARDIM LTDA-ME CNPJ/CPF 00.980.516/0001-40 COM VALOR TOTAL DE: R$ 11.652,40 Ciência aos interessados, observando as prescrições legais. Douradina - MS, segunda-feira, 1 de abril de 2013 DARCY FREIRE Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA - MS TERMO DE HOMOLOGAÇÃO Carta/Convite 15 / 2013 Nos termos do Art. 43, inciso VI da Lei Federal N° 8.666/93 e as suas alterações, o Prefeito Municipal de Douradina – MS, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por Lei, abaixo assinado, acolhendo a manifestação da Comissão Permanente de Licitação, levando em consideração a abertura e julgamento do presente PROCESSO DE LICITACÃO, tendo cumprido todos os requisitos e princípios estabelecidos em lei, HOMOLOGA o objeto da Licitação supra citada , que tem como v e n c e d o r ( e s ) a b a i xo e c u j o o b j e t o é : C ON TR AT AC AO D E E MPRE SA E SPEC IALIZAD A N A LOCAÇ ÃO D E SOFTWARE DE GESTAO PUBLICA AFIM DE ATENDER AS NECESSIDADES D A SE CR ET AR IA M UN IC IP AL D E A SSIS TENC IA SOCIAL P ARA O E X E R C I C I O D E 2 0 1 3 . Vencedor(es): AGILI - MS INFORMATICA LTDA - ME CNPJ/CPF 11.461.945/0001-27 COM VALOR TOTAL DE: R$ 18.900,00 Ciência aos interessados, observando as prescrições legais. Douradina - MS, terça-feira, 12 de março de 2013 DARCY FREIRE Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA - MS RESULTADO DA LICITAÇÃO Carta/Convite 12 / 2013 A Prefeitura Municipal de Douradina-MS, através da sua Comissão Perm anente de Licitação, torna público o resultado do precesso Objeto: CONTRATACAO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NO FORNECIMENTO DE FILTROS E LUBRIFICANTES PARA ATENDIMENTO PARA MAQUINAS, CAMIN HOES E VEICULOS DA FR OT A MUNICIPAL. Vencedor(es): BAHIA COMERCIO DE PECAS AUTOMOTIVAS LTDA - EPP CNPJ/CPF 14.385.712/0001-80 COM VALOR TOTAL DE: R$ 9.205,00 ELICECHE & LIMA LTDA - ME CNPJ/CPF 08.820.754/0001-08 COM VALOR TOTAL DE: R$ 46.450,00 MICHAEL PREGUICA MARQUES GUSMAO -ME CNPJ/CPF 04.752.669/0001-90 COM VALOR TOTAL DE: R$ 23.895,00 Douradina - MS, terça-feira, 26 de março de 2013 PAULO CESAR BIAGI PIRES Presidente CPL PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA - MS RESULTADO DA LICITAÇÃO Carta/Convite 15 / 2013 A Prefeitura Municipal de Douradina-MS, através da sua Comissão Perm anente de Licitação, torna público o resultado do precesso Objeto:

EXTRATO DO CONTRATO Nº 046/2013 – “CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM SERVIÇOS DE FISIOTERAPIA, PARA ATENDIMENTO AOS USUÁRIOS DO SUS, QUE DEVERÃO SER PRESTADOS EM CLÍNICA PARTICULAR NA SEDE DO MUNICÍPIO DE CAARAPÓ-MS, CONFORME ANEXO I DO EDITAL E SOLICITAÇÃO DO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE.” PARTES:

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE CAARAPÓ/MS CENTRO DE FISIOTERAPIA E REABILITAÇÃO CLÁUDIA MANTOVANI S/C LTDA

OBJETO: O presente termo tem por objeto a CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM SERVIÇOS DE FISIOTERAPIA, PARA ATENDIMENTO AOS USUÁRIOS DO SUS, QUE DEVERÃO SER PRESTADOS EM CLÍNICA PARTICULAR NA SEDE DO MUNICÍPIO DE CAARAPÓ-MS, CONFORME ANEXO I DO EDITAL E SOLICITAÇÃO DO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE, do Processo Administrativo em epígrafe, independente de transcrição em conformidade com as propostas vencedoras da licitação na MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL PMC N 010/2013. VALOR: O valor global base do presente Contrato, importa em R$ 78.809,30 (setenta e oito mil, oitocentos e nove reais e trinta centavos), de acordo com os itens nºs. 01 e 10, conforme despacho de homologação e adjudicação. PRAZO: A vigência do presente Contrato será a partir de 20 de março de 2013, com término em 20 de dezembro de 2013, podendo ser prorrogado conforme dispõe a Lei Federal nº 8.666/93. DOTAÇÃO: As despesas decorrentes da contratação, objeto dessa licitação, correrão por conta das dotações orçamentárias abaixo discriminadas e para o exercício futuro correrão por conta das dotações que a substituírem: 05.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 05.01 – FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10.301.010 – PROGRAMA DE ATENDIMENTO A SAÚDE DO MUNICÍPIO 2.046 – MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DO PLANTÃO DE ATENDIMENTO EMERGENCIAL 33.90.39.00 – OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS – PESSOA JURÍDICA 114017 – SUS - MÉDIA ALTA COMPLEXIDADE - MAC FONTE 1140 FICHA 486 05.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 05.01 – FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10.301.010 – PROGRAMA DE ATENDIMENTO A SAÚDE DO MUNICÍPIO 2.046 – MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DO PLANTÃO DE ATENDIMENTO EMERGENCIAL 33.90.39.00 – OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS – PESSOA JURÍDICA 102000 – RECURSOS PARA A SAÚDE FONTE 1020 FICHA 468 DATA DE ASSINATURA: 20 de março de 2013. FORO: Comarca de Caarapó-MS. ASSINATURAS:

IREU NATAL BARROS GESTOR DO FMS Pela CONTRATANTE CLÁUDIA MANTOVANI CENTRO DE FISIOTERAPIA E REABILITAÇÃO CLAUDIA MANTOVANI S/C Pela CONTRATADA TESTEMUNHAS: Cláudia Lopes da Silva Bortolotte Veridiana Roso Prates de Falchi EXTRATO DO CONTRATO Nº 049/2013 – “AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL (GASOLINA, ÁLCOOL E ÓLEO DIESEL) PARA OS VEÍCULOS OFICIAIS DO MUNICÍPIO DE CAARAPÓ/MS, A SEREM RETIRADOS DIRETAMENTE NA BOMBA NO MUNICÍPIO DE CAMPO GRANDE/MS, PARA ATENDER DIVERSAS UNIDADES ADMINISTRATIVAS, CONFORME ANEXO I DO EDITAL E SOLICITAÇÃO DOS FUNDOS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO, SAÚDE E DE ASSISTÊNCIA SOCIAL.”

PARTES:

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAARAPÓ-MS FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE CAARAPÓ-MS FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE FUNDO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO – FUNDEB POSTO RODOVANA LTDA

OBJETO: O presente termo tem por objeto a AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL (GASOLINA, ÁLCOOL E ÓLEO DIESEL) PARA OS VEÍCULOS OFICIAIS DO MUNICÍPIO DE CAARAPÓ/MS, A SEREM RETIRADOS DIRETAMENTE NA BOMBA NO MUNICÍPIO DE CAMPO GRANDE/MS, PARA ATENDER DIVERSAS UNIDADES ADMINISTRATIVAS, CONFORME ANEXO I DO EDITAL E SOLICITAÇÃO DOS FUNDOS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO, SAÚDE E DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, do Processo Administrativo em epígrafe, que integram este instrumento, independente de transcrição em conformidade com as propostas vencedoras da licitação na MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL PMC N 008/2013. VALOR: O valor global base do presente Contrato, importa em R$ 47.452,00 (quarenta e sete mil, quatrocentos e cinquenta e dois reais), de acordo com os itens nºs. 01 a 03, conforme despacho de homologação e adjudicação. PRAZO: A vigência do Contrato será a partir de 22 de março de 2013 com término em 20 de dezembro de 2013, podendo ser prorrogado conforme Lei Federal nº 8.666/93. DOTAÇÃO: As despesas decorrentes da contratação, objeto dessa licitação, correrão por conta da dotação orçamentária abaixo discriminada e para o exercício futuro correrão por conta da dotação que a substituir: 02.00 – GABINETE DO PREFEITO 02.01 – GABINETE DO PREFEITO 04.122.002 – PROGRAMA MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DO GABINETE DO PREFEITO 2.002 – MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DO GABINETE DO PREFEITO 33.90.30.00 – MATERIAL DE CONSUMO 100000 – RECURSOS ORDINÁRIOS FONTE: 1000 FICHA: 4 03.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO 03.01 – GABINETE DO SECRETÁRIO 04.122.003 – PROGRAMA DE CONTROLE DEPTO PESSOAL/ADMIN/FINANÇAS/CONTAB 2.008 – MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DO GABINETE DO SECRETÁRIO 33.90.30.00 – MATERIAL DE CONSUMO 100000 – RECURSOS ORDINÁRIOS FONTE: 1000 FICHA: 32 04.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E ESPORTES 04.01 – GABINETE DO SECRETÁRIO 12.361.006 – PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2.023 – MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DO GABINETE 33.90.30.00 – MATERIAL DE CONSUMO 101000 – RECURSOS PARA EDUCAÇÃO FONTE: 1010

FICHA: 92 04.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E ESPORTES 04.04 – FUNDO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO – FUNDEB 12.361.006 – PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2.041 – MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DO FUNDEB – 40% 33.90.30.00 – MATERIAL DE CONSUMO 119000 – RECURSOS ORDINÁRIOS FONTE: 1190 FICHA: 364 05.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 05.01 – FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10.301.010 – PROGRAMA DE ATENDIMENTO À SAÚDE DO MUNICÍPIO 2.046 – MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA 33.90.30.00 – MATERIAL DE CONSUMO 102000 – RECURSOS PARA A SAÚDE FONTE: 1020 FICHA: 263 06.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS 06.03 – DEPARTAMENTO DE OBRAS E SERVIÇOS RURAIS 26.782.013 – PROGRAMA DE ADMINISTRAÇÃO, PLANEJAMENTO DE OBRAS E SERVIÇOS 2.079 – MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DO DEPTO 33.90.30.00 – MATERIAL DE CONSUMO 100000 – RECURSOS ORDINÁRIOS FONTE: 1000 FICHA: 252 07.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO 07.01 – GABINETE DO SECRETÁRIO 04.122.018 – PROGRAMA DE APOIO À AGROPECUÁRIA 2.081 – MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DO GABINETE 33.90.30.00 – MATERIAL DE CONSUMO 100000 – RECURSOS ORDINÁRIOS FONTE: 1000 FICHA: 185 08.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 08.01 – FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 08.244.023 – PROGRAMA DE ATENDIMENTO AO BEM ESTAR SOCIAL DO MUNICÍPIO 2.100 – MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DO FUNDO DE ASSISTÊNCIA 33.90.30.00 – MATERIAL DE CONSUMO 100000 – RECURSOS ORDINÁRIOS FONTE: 1000 FICHA: 308 DATA DE ASSINATURA: 22 de março de 2013. FORO: Comarca de Caarapó-MS. ASSINATURAS: EVINEI ARCE DA SILVA OLIVEIRA GESTORA DO FMAS Pela CONTRATANTE

MÁRIO VALÉRIO PREFEITO MUNICIPAL Pela CONTRATANTE

IREU NATAL BARROS GESTOR DO FMS Pela CONTRATANTE

ZORAIDE CÁCERES ROJAS GESTORA DO FUNDEB Pela CONTRATANTE EDSON REGINALDO GESSE POSTO RODOVANA LTDA Pela CONTRATADA

C ON TR AT AC AO D E E MPRE SA E SPEC IALIZAD A N A LOCAÇ ÃO D E SOFTWARE DE GESTAO PUBLICA AFIM DE ATENDER AS NECESSIDADES D A SE CR ET AR IA M UN IC IP AL D E A SSIS TENC IA SOCIAL P ARA O E X E R C I C I O D E 2 0 1 3 .

TESTEMUNHAS:

Vencedor(es): AGILI - MS INFORMATICA LTDA - ME CNPJ/CPF 11.461.945/0001-27 COM VALOR TOTAL DE: R$ 18.900,00

PARTES:

Douradina - MS, quinta-feira, 7 de março de 2013 PAULO CESAR BIAGI PIRES Presidente CPL

VALOR: O valor mensal da presente locação será de R$ 400,00 (quatrocentos reais) mensais, sem reajustes, ficando certo que o pagamento referente ao primeiro mês de locação será efetuado antecipadamente, na data de assinatura e publicação do presente contrato.

Cláudia Lopes da Silva Bortolotte Veridiana Roso Prates de Falchi EXTRATO DO CONTRATO Nº 060/2013 – “LOCAÇÃO DE IMÓVEL URBANO.”

MUNICÍPIO DE CAARAPÓ - MS IZAIAS DOS SANTOS ROCHA

OBJETO: O objeto do presente instrumento contratual é a locação de um Imóvel Residencial, localizado na Av. Dom Pedro II, n° 2820 - Vila Planalto, nesta cidade e Comarca de Caarapó-MS, que será utilizado pela Sra. ALINE LOPES MENEZES, tendo em vista o Parecer Técnico, assinado pela Assistente Social – inscrita no CRESS sob n° 2335, Sra. Joyce A. Codonho, cópia anexo.

PRAZO: A vigência do presente contrato é por um período de 180 (cento e oitenta) dias, com início na data de 22 de março de 2013 e término em data de 22 de setembro de 2013. DOTAÇÃO: As despesas decorrentes desta locação, serão empenhadas no orçamento vigente da Prefeitura Municipal de Caarapó, na seguinte dotação orçamentária: 0801.08.244.023.2.100-339036 – 10000 Outros Serviços de Terceiros Pessoa Física DATA DE ASSINATURA: 01 de abril de 2013. FORO: Comarca de Caarapó-MS.

- Na portabilidade especial de carências, a comprovação de cumprimento do requisito previsto no inciso I do artigo 3º da Resolução Normativa nº 186, de 14 de janeiro de 2009 se dá através da apresentação de cópia dos comprovantes de pagamento de pelo menos quatro boletos vencidos, referentes ao período dos últimos seis meses.

A Resolução Normativa 186/2009, alterada pela Resolução Normativa 252/2012 encontra-se disponível para consulta no site www.ans.gov.br .

Dourados – MS., 28 de março de 2.013.

DOURAMED ASSISTÊNCIA MÉDICO-HOSPITALAR GLOBAL S/S. LTDA.

ASSINATURAS: MÁRIO VALÉRIO Município de Caarapó LOCATÁRIO TESTEMUNHAS: Cláudia Lopes da Silva Bortolotte Veridiana Roso Prates de Falchi

IZAIAS DOS SANTOS ROCHA LOCADOR

Edição de 02/abril de 2013