Issuu on Google+

ANO 61 Nº 11.203 Fundador: Weimar Torres

Dourados/MS

SÁBADO e DOMINGO 14 e 15/5 de 2011

R$ 2,00 Diretora-presidente: Adiles do Amaral Torres

Pai espanca bebês com relho Gêmeos de 9 meses deram entrada em hospital de Dourados com hematomas e cortes profundos

Vacinação contra a gripe é prorrogada

Divulgação

a secretaria de saúde de dourados, através do setor de imunização, informou que a campanha de vacinação contra a gripe comum (sazonal) foi prorrogada. de acordo com a gerente de imunização, carla cristina ribeiro da silva, o ministério da saúde informou da prorrogação, mas não estabeleceu data do encerramento da campanha, que começou em 25 de abril. Hoje, a vacinação estará sendo feita apenas no Pam e na 47ª expoagro, das 14h às 22h. no Parque de exposições a equipe estará presente no exposhopping. Dia a Dia 2

Hoje tem Ação Global em Campo Grande o sesi e a tV morena realizam hoje, das 8 às 17h, no Parque tarsila do amaral, na rua santo augusto, s/n, no bairro nova lima, a ação global 2011 com expectativa de atrair 15 mil pessoas e oferecer 45 mil atendimentos nas áreas de cidadania, educação, saúde e lazer, em conjunto com 91 parceiros e 1,4 mil voluntários. “a região em campo grande abriga 80,7 mil habitantes distribuídos pelos bairros estrela dalva, mata do Jacinto, novos estados, coronel antonino, mato do segredo e nova lima. Dia a Dia 3

POLÍCIA 2

Ficha Limpa deve abranger comissionados a lei da Ficha limpa poderá abranger, além dos cargos do “primeiro escalão” do governo, os cargos públicos comissionados em assessoramento no estado. esta é a proposta da emenda aditivida apresentada na quinta-feira pelos deputados estaduais Zé teixeira (dem) e marquinhos trad (PmdB). a emenda acrescenta ao projeto de emenda constitucional, aprovado na assembleia legislativa, a vedação nos cargos comissionados, de pessoas consideradas inelegíveis. Página 5

Os cantores sertanejos Hugo Pena & Gabriel fazem hoje, na Expoagro, o último show da carreira

Hugo Pena & Gabriel fazem hoje último show

a 47ª exposição agropecuária e industrial de dourados (expoagro) também entrará para a história como a festa que recebeu o último show da dupla sertaneja Hugo Pena & gabriel, que se apresenta hoje, às 23h, no Parque João Humberto de carvalho. após a apresentação, a dupla consolida a separação que foi anunciada no começo do mês em comunicado

enviado à imprensa e publicado no site da dupla. de acordo com a nota, a decisão de pôr fim à parceria partiu de Hugo Pena e foi comunicada através de um sms enviado no dia 20 de abril ao empresário marcos carlesse. Hoje também acontece a abertura oficial da expoagro 2011 com a presença do ministro da agricultura, Pecuária e abastecimento, Wagner rossi,

do governador andré Puccinelli e o embaixador da Polônia, Krzysztof gieranczyk. na programação, ainda, tem Julgamento de raças, a partir das 7h, e o 8º leilodom, às 20h, que vai arrecadar fundos para a rede Feminina de combate ao câncer. neste domingo, a dupla João carreiro & capataz apresentam o show “Xique Bacanizado”, às 23h. Rural 3

Marçal Filho vai à OIE em missão oficial o deputado federal marçal Filho (PmdB) foi um dos 26 parlamentares indicados para compor a missão oficial que o governo brasileiro enviará à reunião da organização internacional de epizotias (oie), em Paris, de 20 a 28 de maio. “a reunião deste ano tem um caráter especial, já que será anunciada a erradicação da peste bovina em todo o planeta”, explica marçal. Página 4

Divulgação Divulgação

Fonte: inmet - instituto nacional de meteorologia

Parcialmente nublado com períodos de nublado, pancadas de chuva e trovoadas em áreas isoladas no sul e oeste; demais áreas parcialmente nublado a nublado com possibilidade de chuva em áreas isoladas. Temperatura: estável. Max.: 31°C e Min.: 17°C. Vento direção: S-NE. Intensidade: fracos/moderados c/rajadas. Em Dourados, parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva e trovoadas. Temperatura: declínio. Max.: 24°C e Min.: 17°C. Vento direção: S-NE. Intensidade: fracos/moderados c/rajadas.

Professores confeccionando o jornal mural

Educadores produzem jornal mural na Redação

Câncer globalizado ..........Página 2

Indicadores..................Página 6

DuplA-sEnA - Concurso -967 1º Sorteio: 09 - 22 - 27 - 28 - 33 - 48 2º Sorteio: 06 - 13 - 16 - 35 - 48 - 49 quinA - Concurso 2595 29 - 40 - 43 - 62 - 68

Caderno A Opinião ................ 2 Política...........3 e 4 Economia.......5 e 6 Brasil....................7 Veículos ...............8 Dia a Dia........1 a 4

Esportes (incluindo Polícia)...........1 a 4 Classificados.....1 a 6 Dmais Páginas..........1 a 8 Caderno Rural Páginas..........1 a 8

Ações de combate à dengue realizadas pela Secretaria Municipal

Dourados de Saúde apresentam resultados positivos em relação ao número de pesinfectadas pelo mosquito. De janeiro a abril deste ano, 45 pessoas controla casos soas tiveram o tipo clássico da doença confirmado e nenhum caso de dengue hemorrágica ou com complicações foi registrado. Alunos da Escola de dengue Etalívio Penzo participam de ação contra a dengue. Dia a Dia 1 Use seu cardápio a favor da beleza

Técnicas ajudam a motivar malhação

Sono na medida ideal preserva o cérebro

DMAIS 3

DMAIS 4

dmais 5

a sistemática da produção de um jornal mural na escola foi trabalhada com os educadores do Programa Jornal e educação “O PROGRESSO – ensinando a ler o mundo”, através do instituto Weimar torres. a oficina promoveu momentos de reflexão e planejamento de ações para

a criação do jornal mural. o evento aconteceu na biblioteca sesi do conhecimento e na redação do O PROGRESSO. um dos objetivos do jornal mural é valorizar o trabalho dos alunos, sem perder de vista as opções deles, em termos de assuntos, tratamento e estética. Dia a Dia 4


2

Opinião Opinião Opinião Opinião

Opinião

P1

Opinião Opinião Opinião Opinião

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Indefinição angustia agricultores Edivaldo Del Grande*

EDITORIal

Câncer globalizado O Instituto Gallup Internacional fez a seguinte pergunta a 50 mil pessoas em 62 países: entre todas as instituições que você conhece, qual, no seu entender, é a mais corrupta? As respostas da maioria foram surpreendentes: os partidos políticos lideram o ranking da corrupção em todo o mundo. A questão era simples: o entrevistado dava nota 1 a 5 para as instituições livres de corrupção, de forma que quanto maior a nota, mais corrupta era a instituição. Os partidos políticos receberam nota média 4 em todos os países onde o Instituto Gallup Internacional realizou a pesquisa. Em segundo lugar, na pesquisa que mede a corrupção, aparece os parlamentos com nota 3,7, de forma que as Casas de Leis dos países avaliados estão todas, no entender dos cidadãos, mergulhadas na corrupção. A terceira posição ficou com a polícia, com nota 3,6, empatada com o Poder Judiciário, que recebeu a mesma nota e também aparece, de acordo com os entrevistados, em posição duvidosa quando o assunto é transparência, retidão, ética e honestidade. O Brasil participou da pesquisa pela primeira vez e os brasileiros confirmaram o que a maioria pensa e não faz questão de esconder. O setor tributário do país, aqueles órgãos públicos responsáveis pela arrecadação de impostos, aparece em quarto lugar no ranking da corrupção com nota 3,4. Na sequência, aparecem as autoridades alfandegárias, os serviços de saúde e sistema educacional. O mais preocupante é que a pesquisa Gallup confirmou levantamentos anteriores onde o brasileiro se mostrou profundamente pessimista com relação a todas as instituições democráticas. Não faz muito tempo, as maioria dos brasileiros afirmou em pesquisa semelhante que preferiria viver em um sistema totalitário desde que houvesse mais segurança, emprego e menos corrupção. Esta situação aponta que a democracia está ameaçada na América Latina e, caso os políticos não se enquadrem, poderão ser varridos pelo próprio povo. Quando uma sociedade diz preferir um totalitarismo livre

de corrupção a uma democracia corrupta, é porque a situação é muito grave. A pesquisa Gallup também aferiu as percepções dos entrevistados sobre a importância da corrupção política – aquela praticada pelas elites, líderes e empresas importantes - e da chamada pequena corrupção ou corrupção administrativa – aquela praticada por cidadãos comuns em suas vidas diárias, tais como subornos pagos por concessões e infrações de trânsito. Resultado: a maioria critica todo e qualquer modelo de corrupção, mas reconhece que já precisou ser agente passivo desta prática ou para escapar do fisco, ou para escapar de uma multa aplicada por agentes de trânsito. Para 57% dos brasileiros a corrupção política é um problema maior do Brasil, enquanto outros 43% citaram os atos de pequena corrupção ou corrupção administrativa como um grande problema. De acordo com os dados divulgados no documento batizado de Barômetro Global, a corrupção afeta principalmente os países mais pobres. O estudo apurou que no Brasil, Bolívia, Bósnia e Herzegovina, Equador, Gana, Índia, Quênia, México, Paquistão, Peru, Filipinas e Turquia, um em cada três entrevistados afirma que a corrupção nas instituições afetam diretamente a vida cotidiana e impedem a solução de problemas crônicos como a miséria, o analfabetismo, a falta de segurança e o desemprego. No ranking global da corrupção, o Equador aparece como o país mais corrupto do mundo com nota 4,9 na escala que vai até 5, enquanto segundo lugar é dividido por Argentina, Peru e Índia. O Brasil está em terceiro lugar junto com a Bolívia, Costa Rica e México. Para os 50 mil entrevistados, as religiões tem menor índice de corrupção: apenas 2,7 pontos, seguidas pelas Organizações Não Governamentais (ONGs) em segundo lugar e com as Forças Armadas ficando num confortável 3º lugar. Tomara que esta pesquisa sirva para acordar governos e governantes. Passou da hora do Brasil iniciar uma cruzada contra a corrupção em todos os setores, principalmente nas esferas dos serviços públicos, nas entranhas do Poder Executivo e na alma do Poder Legislativo. A democracia corre um sério risco por culpa dos próprios democratas.

Heróica e bravamente José Alberto Vasconcellos* Temos acompanhado pela imprensa, mais especificamente através deste lendário jornal, que a Assembléia Legislativa resiste, heróica e bravamente, contra as investidas do Ministério Público que deseja examinar suas contas. Ver onde os deputados andam gastando o dinheiro do contribuinte. Louvável a bravura dos deputados. Em reduzido número de duas dúzias, têm demonstrado renhida resistência em defesa daquilo que julgam, talvez por inacreditável ingenuidade, que o colegiado legislativo, estabelecido e mantido com o dinheiro público, consuma-se na própria existência deles, que não devem, entendem, satisfação a ninguém. Onde já se viu – protestam eles – tamanha desfaçatez, o MP querer xeretar onde não foi chamado? Reconhecemos: é bravura indômita, própria daqueles que matam a cobra e mostram o pau! Todos sabemos que a administração pública, do vereador ao presidente da república, é constituída de mandatários, isto é: o indivíduo recebe do povo, – o mandante, que detém todo o poder (§-único do Art. 1º, da CF) –, uma procuração através do voto, para que administrem os bens públicos, propriedade comum de toda a Nação. A resistência dos deputados em não mostrar onde têm enfiado o dinheiro do povo, suscita a dúvida: NÃO ESTANDO REPRESEN-

TANDO SEUS ELEITORES, estes os verdadeiros donos do poder e mais: do prédio da Assembléia e de tudo mais que ali foi introduzido, então ESTARIAM ELES REPRESENTANDO QUEM, ou apenas representando? Acredita-se que apenas representam. A homenagem prestada no plenário a Bin Laden, não deixa dúvida. O prejuízo social com os elevados gastos da Assembleia Legislativa, depois do didático pronunciamento do ex primeiro secretário da mesa da Assembleia, deputado Ary Rigo, em filme colorido distribuído para a imprensa televisionada, no qual explica em quais cuecas o dinheiro é enfiado, dispensa outros esclarecimentos, mas o reembolso do Erário não pode ser cobrado, sem o exame das contas, e isso não acontece porque medida judicial deferida, exime os deputados da obrigação legal e inibe o trabalho do MP, por falta dos registros. Quando um órgão da administração pública resiste em explicar onde vem enfiando o dinheiro do povo; e que este mesmo povo está carente até mesmo de aparelhos de hemodiálise; de leitos de UTI; de vagas nos hospitais e de melhoria geral na saúde e no ensino; de providências urgentes para dar um basta à violência praticada por bandidos, que não são punidos por falta de jaulas; e tudo o mais que a população carente precisa , FICA PATENTE: temos que saber onde foi gasto o dinheiro público! O que se sabe, é que o estado sempre repassa para a Assembléia, mais dinheiro do que é necessário, e o órgão colegiado pouco ou nada

tem feito em favor do interesse público. Desdobra-se, contudo, vigorosamente para gastar o dinheiro do contribuinte em rubricas (?) que se negam, com o respaldo em decisão judicial, explicar (?). Veja a Câmara de Vereadores de Dourados. Quando fui vereador, a minha assessoria era uma máquina de escrever (minha) e uma pasta onde levava os pedidos dos eleitores. Hoje, além dos funcionários de carreira do órgão, há SETE assessores para cada vereador. E os deputados, quantos assessores tem cada um? Comendo parte dos proventos desses assessores, vereadores e deputados sentem-se fartos e realizados. Esse amontoado de pessoas tem servido apenas para gastar o repasse que está muito acima da necessidade do órgão. O excesso de dinheiro fomenta a velhacaria, que sem constrangimento consome com os recursos necessários e indispensáveis, para acudir a classe social mais miserável, que precisa do apoio do poder público, para conseguir viver. Testemunhamos um tempo de descalabro: O LEGISLATIVO ESTADUAL NÃO QUER DIZER ONDE ENFIOU O DINHEIRO PÚBLICO; vereadores e prefeito vão parar na cadeia por furto e fraude. Diante de tudo isso, temos que lembrar o que disse Ruy Barbosa: “— O homem que trabalha e paga impostos, vai sentir-se um bobalhão por custear toda essa bandalheira!” *Bacharel em ciências jurídicas e sociais.

As negociações em torno do novo Código Florestal nos bastidores da Câmara Federal se transformaram em queda de braço de consequências imprevisíveis, e isso só faz aumentar a angústia e a insegurança no campo. Em meio às incontáveis divergências, em apenas um argumento é possível identificar unanimidade entre parlamentares ditos ambientalistas e os que defendem a produção agropecuária. Todos afirmam estar preocupados em preservar e garantir um mundo melhor. O que muda, naturalmente, é a forma como cada um propõe alcançá-lo. Para uns, esse mundo será conquistado com a preservação ambiental, com a recomposição das matas, ignorando o potencial produtivo que tem nosso País. Para outros, esse mundo está ligado à garantia do abastecimento de alimentos, à permissão para que produtores possam investir cada vez mais em tecnologia e produtividade, comprometendo-se sim com a preservação, mas sem limitar o potencial brasileiro de atender à crescente demanda mundial por alimentos. São preocupações que merecem ser consideradas, mas não são excludentes, e sim complementares. Mas, da forma como vêm sendo tratadas, colocadas sob a mira de radicalismos e ideologias descabidas, não chegaremos a lugar algum. Discutir o Código Florestal Brasileiro é de suma importância para o Brasil e toda a sua população. Somos detentores das maiores reservas naturais do mundo e não podemos correr o risco de colocar isso a perder. Da mesma forma, ocupamos lugar de destaque na produção e abastecimento mundiais de alimentos, o que nos garante uma economia superavitária e, mais importante que isso, o prato de comida na mesa do nosso cidadão, bem mais barato do que

em outros países. Respeitar opiniões, discutir, confrontar ideias é saudável, faz parte da democracia, mas é um processo que precisa ser revertido em resultados eficientes e equilibrados. E para isso tem de estar despido de paixões e apoiado em bases claras e objetivas. O texto do novo Código Florestal, apesar de ter demandado incontáveis horas de discussão e entendimentos, não contempla a diversidade brasileira. Tirar dos estados e dos municípios a autonomia para gerir questões ambientais regionais é um erro. Não há como a União administrar adequadamente todo o território nacional com uma única regra, sem respeitar as especificidades de cada região. Como imaginar dar o mesmo tratamento às grandes extensões de mata da floresta Amazônica, aos latifúndios desmatados da região Oeste para pastos, e às pequenas propriedades produtivas das regiões Sul e Sudeste? São solos, climas, topografias, vegetações, plantios e práticas diversos. E com diferentes históricos. Cada região tem sua especificidade – seu passado de lutas e sofrimento, seu presente de incertezas, seu futuro comprometido com a sustentabilidade – e merece tratamento adequado. As terras do Sul e do Sudeste do nosso País são em sua grande maioria ocupadas por famílias de pequenos produtores rurais que há décadas, incentivados por governos desenvolvimentistas, se arriscaram, desbravando sertões para produzir alimentos. A possibilidade da obrigatoriedade dos 30 metros de mata ciliar inviabilizaria a permanência dessas famílias nessa região que, por sua própria história, já se revela sustentável, face aos longos anos de produção e solo fértil. Essas e outras questões precisam ser levadas em conta. O homem do campo sabe mais do que qualquer outro cidadão da importância da preservação das nossas riquezas naturais para a

nossa sobrevivência. Mas não há como negar que, em nome dessa preservação, sua sobrevivência está ameaçada. A partir de 11 de junho de 2011 passa a valer o texto do atual Código Florestal, que determina que as propriedades rurais devem ter uma reserva entre 20% e 80% da vegetação nativa de acordo com a região do país. Essa reserva, segundo o código, deve ser registrada em cartório. Os produtores infratores terão quatro meses para recuperar a área desmatada ilegalmente e aquele que não o fizer vai arcar com multa diária de até R$ 500. Com a manutenção desse Código, não só o homem do campo está ameaçado, como também todos os brasileiros, que terão de arcar com a elevação dos preços dos alimentos. Por outro lado, os países que destruíram suas florestas e, hoje, bancam essas ONGs ambientalistas vão aplaudir de pé. O Brasil será menos produtivo e menos competitivo na produção agrícola, enquanto tais países serão beneficiados e poderão diminuir os subsídios que dão aos seus produtores rurais. Veja que os interesses transpõem as nossas fronteiras. Em meio a essa disputa, em que não se vislumbra o entendimento, resta ao produtor rural brasileiro o pior dos mundos: viver na incômoda situação de aguardar, na incerteza de seu destino. Certo mesmo é que no dia 11 de junho, se nada mudar até lá, será dada sua sentença de culpa e, repito, toda a nossa população será afetada. Agricultores e não agricultores brasileiros pagarão pelo bem-estar da população dos países ricos. Será que são mesmo defensores do meio ambiente brasileiro os que discutem e votam no Congresso o nosso Código Florestal? *Presidente da Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo (Ocesp) - diretoria@ ocesp.org.br

a César o que é de César Geraldo Resende* A conquista de uma Praça do PAC para Dourados é uma das notícias mais positivas que os douradenses, principalmente os jovens, poderiam ter nos últimos meses. Ela seria anunciada oficialmente durante a visita do ministro Orlando Silva, que estava programada para a segunda-feira passada (9), após a inauguração da Vila Olímpica Indígena. A vinda do ministro acabou cancelada por uma pane no avião em que ele iria tomar para Dourados, mas as duas ações já podem ser computadas como ações do Ministério do Esporte em favor de nossa cidade. Nessa semana o ministro confirmou visita em Dourados no mês de junho para conhecer a Vila Olímpica Indígena e lançar a Praça da Juventude, também conhecida como Praça do PAC. Anunciamos a inclusão de Dourados no Programa em dezembro do ano passado, depois que o Ministério do Planejamento publicou a Portaria N.º 484, selecionando o Município para receber uma praça de 3 mil metros quadrados, condicionando, porém a confirmação da seleção à apresentação dos documentos e projetos técnicos necessários à celebração dos Termos de Compromisso.

Para chegar a esse ponto, porém, foi necessário um grande trabalho de articulação política, não apenas junto à Prefeitura de Dourados, mas também ao Ministério do Esporte. E, justiça seja feita, o Conselho Municipal da Juventude demonstrou ser uma entidade responsável e antenada, pois pediu (e obteve) o nosso apoio quando o prazo para o cadastramento do Município (que era 29 de outubro de 2010) estava expirando. Como resultado dessa articulação do Conselho da Juventude, foi que, na época, informamos ao prefeito interino Eduardo Rocha, sobre a necessidade do cadastramento para que o Município pudesse ser contemplado neste Programa. Posteriormente, devido à posse da vereadora Délia Razuk no cargo de prefeita interina, voltamos a alertar a administração municipal acerca do prazo, fato que a sensibilizou, levando-a a incumbir o secretário municipal de Obras, Antonio Nogueira, a tomar as providências, de maneira urgente. Aliás, a proposta de lutar pela implantação de uma Praça do PAC foi um compromisso que firmei com a juventude douradense, em reunião que realizei em 18 de outubro de 2010, com diversos membros do Conselho Municipal, ocasião em que entreguei cópias de documentos repassados à administração municipal. A publicação da Portaria N.º

484 do Ministério do Planejamento, portanto, veio menos de dois meses depois, já com a especificação do endereço, ou seja, à Rua Filomeno João Pires, na Vila Ubiratan (Parque das Nações I). A publicação especifica que na construção desta praça no Modelo II, serão investidos recursos federais da ordem de R$ 1,9 milhão, constando de cine de 60 lugares, telecentro, biblioteca, salas multiuso e CRAS, além de pista de skate, jogos de mesa, espaço criança, quadra coberta, equipamentos de ginástica, kit básico esportivo e pista de caminhada. Portanto, essa é mais uma vitória para Dourados, que, no entanto, ainda depende de uma atenção constante do poder público municipal. Foi por isso que alertei, essa semana, por meio de ofício, a administração municipal para a data da reunião de trabalho que acontecerá em Brasília com os entes selecionados para as praças, marcada para o próximo dia 19, no Teatro Funarte Plínio Marcos, quando acontecerá a apresentação do Manual de Contratação e dos Projetos de Referência. Estaremos lá para apoiar, em tudo o que se fizer necessário, a equipe da administração municipal que comparecer para dar mais esse importante passo nessa conquista. *Médico e deputado federal (PMDB-MS)

EXPEDIENTE O PROGRESSO: O MAIS ANTIGO DO ESTADO E DE MAIOR CIRCULAÇÃO EM TODO O INTERIOR

Este jornal expressa sua opinião pelo Editorial. As demais opiniões são de responsabilidade de seus autores. EDITORA JORNAL O PROGRESSO LTDA CGC 03.356.425/0001-26 Departamento Comercial, Administração, Redação e Parque Gráfico: Av. Presidente Vargas, 447 CEP 79804-030 Dourados-MS. Telefones Redação: (0xx) 67-3416-2600 Depto. Comercial: (0xx) 67-3416-2600 Depto. Assinaturas (Dourados): (0xx) 67-3421-2094 Fax: (0xx) 67-3421-1911 HOME PAGE: http://www.progresso.com.br E-MAIL: progresso@progresso.com.br Representantes: São Paulo: Contato - Rua Joinville, 654 - Fone (0xx) 11-5572-7577 -Fax 55796861; Rio de Janeiro: JC Representações - Av. Almirante Barroso, 97 - Fone (0xx) 21-3262-7469; Brasília - Armazém de Comunicação SCS Q. 1 BL. "K" - Ed. Denasa 13º andar - sala 1.301 Fone/fax (0XX) 61-3321-3440. Em Campo Grande: Departamento Comercial (Elaine e Alexandre) e Redação: Rua 13 de Maio, 2118 - Telefones (0xx) 67-3325-5343 - Fax 3325-1448

"O PROGRESSO" Registrado no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) sob o nº 812285964

ASSINATURAS DOURADOS, INTERIOR E CAMPO GRANDE Anual ------------------------------------------ R$ Semestral ------------------------------------- R$ Trimestral ------------------------------------ R$ Bimestral ------------------------------------- R$ Mensal ---------------------------------------- R$ VENDA AVULSA Dourados, Interior e Campo Grande Do ano Do ano anterior

NÚMEROS ATRASADOS

240,00 150,00 100,00 70,00 45,00 - R$ 2,00 - R$ 2,00 - R$ 3,00

Este jornal é filiado à:

ABRAJORI - ADJORI - ACOSMS - FEBRACOS


P1

Política Política Política Política

Política

Política Política Política Política

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

3

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Tribunal de Contas

André acena com chance de apoiar Arroyo Possibilidade da senadora Marisa ir para o Tribunal reduziria oportunidade de emplacar Youssif na AL Divulgação

C

AMPO GRANDE o próprio Youssif em função - O governador André deste pertencer ao mesmo Puccinelli (PMDB) partido do atual secretário, deu sinais na manhã ou Rinaldo, pela coligação de ontem que encerrou sua que elegeu Marun, composta, luta para emplacar a senadora por ironia, entre outros, pelas Marisa Serrano (PSDB) no legendas desses parlamenTCE (Tribunal de Contas do tares. Estado), cuja vaga foi aberta Decepcionado, então, com com a morte da conselheira a decisão do STF que acabou Celina Jallad. com as esperanças de Youssif Em vez de se debruçar de voltar à Assembleia, Puccinesse projeto, agora ele vai nelli então começou negociatrabalhar para levar de vol- ções de bastidores, com deputa à Assembleia tados de sua base Legislativa o exherdará a vaga de sustentação, deputado Yousno TCE quem, para reintegrar o sif Domingos ex-presidente da entre Marisa (PMDB), que Câmara de Vereae Arroyo, ocupa um cargo dores ao Legislacontabilizar de assessor estivo estadual. 13 votos pecial no seu goO primeiro verno. empecilho para a O ex-parlamentar, que já consolidação desse propósito foi presidente da Câmara da residia no fato do governador Capital e possui um grande estar, inicialmente, propenso trânsito junto a Puccinelli, a indicar Marisa Serrano para não se reelegeu em 2010 e o TCE, na vaga deixada pela recentemente perdeu queda de ex-conselheira Celina Jallad, braço com o deputado tucano falecida recentemente. Professor Rinaldo, na disputa Com a senadora indo para ocupar, como suplente, a para o Tribunal, o governavaga do deputado licenciado dor teria reduzidas as chane secretário estadual de Habi- ces de emplacar Youssif na tação Carlos Marun (PMDB) Assembleia. A saída então na Assembleia. seria Puccinelli mudar o disA derrota de Youssif curso nesse sentido e passar para Rinaldo veio em função a apostar na candidatura do de decisão recente do STF deputado estadual Antônio (Supremo Tribunal Federal) Carlos Arroyo (PR) para a sobre quem teria direito a vaga de Celina. Indo para o ocupar a vaga de Marun: ou TCE, Arroyo então abriria

Conjuntura Willams Araújo

Persistente

Expulso recentemente do PPS, juntamente com outros 21 membros do partido, por suposta infidelidade, o vereador Mario César, da Capital, vai insistir na recondução à legenda. Para isso, entrou ontem com recurso no diretório nacional da sigla. A expulsão foi decidida no dia 16 de abril, durante reunião da executiva regional. Além de Mario César tiveram de deixar a legenda outros 19 vereadores, um prefeito e um vice-prefeito.

Lacrados

Governador André dá sinais de que encerrou sua luta para emplacar Marisa no TCE caminho para Youssif voltar à Assembleia. O projeto, que até então parecia impossível, começou a ganhar ares de realidade na manhã de ontem. Num evento no Parque das Nações Indígenas, na Capital, Puccinelli deu o sinal: disse que vai se empenhar para que o deputado peemedebista regresse à Assembleia, o que permitiria também que o seu partido

ampliasse de cinco para seis o número de representantes naquela Casa. No discurso de ontem, o governador foi direto. Falou que chegou a hora de “se meter na disputa” para o TCE, para que o seu correligionário “assuma uma cadeira na Assembleia”. “Por enquanto ainda não me meti, mas vou me meter, é lógico. Porque o ônus ou o bônus da indicação vai ser meu. Já me dão esse ônus ou bônus”, lembrou Puccinelli. DECISÃO DO STF Ele falou que não teria ainda se envolvido diretamente na disputa pela vaga no TCE porque estava aguardando a decisão do STF sobre a quem caberia a suplência de Marun. Resolvido o impasse, Puccinelli ressaltou que che-

gou, afinal, o momento dele influenciar na disputa da vaga deixada por Celina. Pelo regimento da Assembleia, herdará a vaga no TCE quem, entre Marisa e Arroyo, contabilizar 13 votos (a metade mais um do total de deputados) na eleição que aquela Casa fará para decidir a questão. No entanto, poucos parlamentares acreditam que a Casa seguirá à risca o regimento. A unanimidade no Legislativo é de que o imbróglio será resolvido, mesmo, após Puccinelli dar a palavra final sobre o assunto. O candidato que ele indicar certamente emplacará no TCE. E nas últimas horas o nome mais cotado para a vaga foi o de Arroyo. A decisão, no entanto, ainda não tem data para acontecer.

Na reunião que decidiu pela degola dos chamados “infiéis” da legenda, o PPS também sacramentou o fechamento de 11 diretórios municipais, por suposta má conduta da direção desses locais. O grupo defenestrado da sigla foi acusado de dar apoio a candidatos de outras legendas nas eleições de 2010.

Maus-tratos

O CNJ (Conselho Nacional de Justiça) detectou maus tratos e violência contra internos no interior de três Uneis (Unidades Educacionais de Internação) que funcionam nos municípios de Corumbá, Três Lagoas e Dourados. Além disso, foi constatado descaso do poder público com as estruturas físicas destas unidades.

Relatório

As denúncias do CNJ contra as Uneis das três cidades consta de relatório divulgado ontem pelo Tribunal de Justiça do Estado. Para realizar o estudo, o Conselho ouviu 10% dos internos das Uneis que operam em Mato Grosso do Sul. Os complexos abrigam menores infratores detidos pela polícia. (E-mail: conjunturaonline.com.br)

COLONO: Cumpádi, ninguém se alembrô que onti foi sexta-feira 13... ic, ic, ic... ZÉ PINGA: ... pudera, cumpádi, com tanto azarão sorto, todo dia é 13! Ic...


4

Política Política Política Política

Política

Política Política Política Política

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

P1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Câmara

Marçal Filho vai à OIE em missão oficial Deputado vai a Paris defender que Mato Grosso do Sul seja considerado livre da aftosa com vacinação Informe C Produção

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wagner Rossi está sendo esperado agora de manhã em Dourados para a abertura oficial da 47ª Expoagro, por volta das 12h, já que os atrasos na cerimônia têm sido recorrentes nos últimos anos. Ele foi ministro de Lula, dentro da cota do PMDB, depois de passar pela direção da Conab, sendo mantido no governo Dilma. O último ministro desta pasta a visitar o parque de exposições foi Roberto Rodrigues, hoje coordenador de Agronegócio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Cheiro do povo

Com menos de 90 dias no cargo, o prefeito Murilo Zauith já pegou o gosto de comer poeira nos bairros na verificação dos problemas da periferia. Essa tarefa de fazer política cara a cara é obrigação de prefeito e vereadores que precisam “ouvir a voz rouca que vem das ruas”. Artuzi, por exemplo, tinha essa característica de contato permanente com o povão. Na realidade, aos políticos antenados nada melhor

Cícero Faria cicerolfaria@gmail.com do que afagar a população e atender suas reivindicações para ser reconhecido como eficiente.

resultando em recursos para o município.

Padrinhos

Secura

O agrometeorologista da Embrapa Agropecuária Oeste, Cláudio Lazarotto disse que as chuvas serão mais escassas neste outono/inverno por causa do fenômeno La Nina, que, dando as caras em maio, está mais seco. As chuvas do inicio do mês foram poucas e o milho começa a sentir a falta de umidade. Lazarotto deu entrevista sobre o tema ao Grande FM Rural que será levada ao ar na segunda-feira. O programa começa às 6h na 92,1.

Desafinados

A Praça de Juventude, a ser lançada com recursos do PAC no Parque das Nações, vai causar mais uma saia justa entre Marçal Filho e Geraldo Resende. O primeiro anunciou que foi ele quem conseguiu os recursos junto ao Ministério dos Esportes, mas o segundo, segundo sua assessoria, informou que o ministro Orlando Silva estará em Dourados para o lançamento da obra. Pelo menos esse entrevero político entre os dois deputados federais está

Morador no distrito de Vila Vargas, o vereador Alberto Alves dos Santos, o Bebeto, tomou as dores dos moradores da zona rural, principalmente quando o assunto são as estradas vicinais, saúde e educação. Antes quem reinava no distrito era Sidlei Alves. Pelo Panambi, o defensor juramentado do distrito é o vereador Idenor Machado, enquanto Albino Mendes tenta “adotar” o Itahum.

Ruas

As ruas do parque de exposições receberão o nome dos ex-presidentes do Sindicato Rural de Dourados. O “batismo” simbólico das vias ocorrerá na próxima terça-feira às 19h, durante a Expoagro. Serão homenageados, Nélson de Araújo, Oswaldo Wolff, Celso Müller do Amaral, José Aparecido Ambrósio, Orestes d’Ávila Lima, Gustavo Adolfo pável, Cícero Irajá Kurts, Rubens Malta de Souza Campos, Wilson Benedito Carneiro e Zeferino Vicente Almeida Filho.

Depois da aliança com o DEM, só me resta perguntar: é pra esse lado que fica Passo Fundo?

Bate-Rebate A Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) deu largada em Brasília às negociações com o governo para a pauta do 17º Grito da Terra Brasil. A mobilização de agricultores está marcada de 16 (segunda-feira) a 20 de maio. A Prefeitura já começou a organizar a 34ª Festa Junina de Dourados, que neste ano volta a ser realizada no estacionamento do estádio Douradão, de 16 a 19 de junho. Recorda-se que Artuzi “matou” a festa junina em 2009, para frustração de entidades e da população. A Comissão de Agricultura do Senado aprovou o projeto de lei que regulamenta a produção de agrotóxicos genéricos no país. O relator foi o senador Waldemir Moka. Tem carro de som ambulante circulando pelo centro de Dourados fazendo barulho acima do permitido, segundo reclamações de comerciantes. De fato, a zoada é grande na Marcelino Pires. Os subsídios do seguro rural deixaram de ser pagos pelo governo federal desde setembro de 2010. De la para ca, a divida acumulou R$ 162 milhões com seguradoras e resseguradoras nacionais e internacionais. O Ministério da Agricultura pagou R$ 35 milhões dos R$ 197 milhões contratados. A colônia paraguaia está em festa com

Esperto, tatu não entra em buraco que tem cobra

as comemorações hoje dos 200 anos de independência do seu país de origem ou de onde vieram seus familiares. Aliás, o Paraguai deixou de ser colônia da Espanha antes do Brasil romper os laços coloniais com Portugal. O caixa do Sindicato Rural de Dourados está turbinado para a Expoagro: recebeu R$ 100 mil da Prefeitura e R$ 50 mil do Ministério da Agricultura, como patrocínios oficiais.

B

Divulgação

RASÍLIA – O deputado federal Marçal Filho (PMDB) foi um dos 26 parlamentares indicados para compor a missão oficial que o governo brasileiro enviará à reunião da Organização Internacional de Epizotias (OIE), em Paris, de 20 a 28 de maio. A OIE é uma organização intergovernamental criada por 28 países em 25 de janeiro de 1924 e hoje conta com quase 180 nações associadas. “A reunião deste ano tem um caráter especial, já que será anunciada a erradicação da peste bovina em todo o planeta”, explica Marçal Filho. “A última doença considerada erradicada foi a varíola, de forma que esse encontro deverá entrar para a história da saúde animal”, Marçal Filho vai representar os interesses de MS no encontro conclui o deputado. Ele lembra que a OIE Cristina, para mapear todo his- ser homologados pela OIE nasceu depois da infestação tórico da febre aftosa, apontar para que a carne produzida no de novos vírus da peste bovina os trabalhos realizados para Brasil tenha trânsito livre em na Europa, através do porto conter o vírus e relatar os in- todo o mundo”, analisa Marçal de Antuérpia, na vestimentos que Filho. Bélgica, quando A plataforma de goverPara Marçal, o governo fez em veterinários decipolíticas de saninança foi desenvolvida e imEstado tem diram criar uma dade animal em plantada pela CNA e repassada condições organização glotodas as regiões. ao Mapa, conforme estabelece de erradicar “São inegáveis o acordo de cooperação técbal capaz de foraftosa com necer os seus paos esforços do nico. Por outro lado, toda a vacinação íses membros em governador An- operacionalização do sistema caso de epidemias dré Puccinelli, Sisbov ficará sob a responsae para a prestação de informa- com apoio do Ministério da bilidade da CNA. No futuro ções científicas relevantes para Agricultura, Pecuária e Abas- poderão ser integrados outros combater as doenças animais tecimento (Mapa) para livrar o sistemas de monitoramento. com melhores armas. “Os Estado do vírus da febre aftosa, Uma das possibilidades é o esforços deram certo e hoje portanto, nada mais justo que a sistema de sanidade vegetal. são 198 países reconhecidos OIE coroar esses esforços com A delegação brasileira como livres da peste bovina o reconhecimento de área livre que vai à Organização Interpela OIE, representando todos com vacinação”, conclui. nacional de Epizotias é comos países do mundo com popuMarçal Filho também vai posta por 30 participantes, lações de animais suscetíveis à debater o reconhecimento pela sendo 26 parlamentares brasiinfecção”, explica. “A missão Organização Internacional de leiros, o delegado da missão, brasileira vai testemunhar o Epizotias da plataforma de Guilherme Henrique da Silva anúncio do fim da peste bovina dados sobre o rebanho bovino Marques, diretor do Departae esperamos que num futuro do Brasil, a chamada rastreabi- mento de Saúde Animal do próximo possamos anunciar a lidade bovina que foi assumida Ministério da Agricultura, erradicação da febre aftosa”, pela Confederação da Agri- Pecuária e Abastecimento, enfatiza. cultura e Pecuária do Brasil Francisco Sérgio Ferreira Marçal Filho levará na (CNA) por meio de convênio Jardim, secretário de Defesa bagagem uma cópia do re- de Cooperação Técnica com Agropecuária do Mapa, Benelatório de quase 50 páginas, o Ministério da Agricultura, dito Fortes de Arruda, presitodo ilustrado com mapas e Pecuária e Abastecimento. dente do Conselho Federal de gráficos, que o governo de “Os dados do Serviço de Ras- Medicina Veterinária e Victor Mato Grosso do Sul enviou à treabilidade da Cadeia Produ- Emmanuel Vieira Saraiva, Organização Internacional de tiva de Bovinos e Bubalinos superintendente Federal de Epizotias requerendo que o (Sisbov) desenvolvidos por Agricultura do Estado do Rio Estado seja considerado livre técnicos brasileiros precisam de Janeiro. de febre aftosa com vacinação, fator que abrirá as portas dos produtos animais para toda Europa, Ásia e Estados Unidos. “Vou defender na OIE a tese que o governo de Mato Grosso do Sul adotou todas as medidas necessárias durante a Zona de Alta Vigilância (ZAV) e que o setor produtivo rural também está investindo em sanidade animal para manter a aftosa longe do nosso Estado”, explica o deputado. Ele destaca o trabalho realizado pelos técnicos de Mato Grosso do Sul, sob o comando da secretária de Estado da Agricultura, Tereza


P1

Política Política Política Política

Política

Política Política Política Política

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

5

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Incoerência

PT insiste que vaga de Brito é equívoco Petistas não se conformam com nomeação dele no comando da Funasa em Mato Grosso do Sul

C

AMPO GRANDE - O os descredenciam para assumir PT não se conforma. In- cargos federais no Estado. siste em condenar o que No entanto, Brito garante chama de “incoerência” ter feito campanha para a petista a nomeação de Flávio Brito no Dilma Rousseff à Presidência da comando da Funasa (Fundação República. “O Biffi (deputado Nacional de Saúde) em Mato federal Antonio Biffi) colocou Grosso do Sul. adesivo no meu carro”, atestou o Da cota do superintendente em deputado federal entrevista ao jornal Brito peemedebista GeO PROGRESSO, garante raldo Resende, Brilembrando que, inter feito to teve confirmada clusive, pediu afasna noite de terçatamento do PPS campanha feira, durante um durante a campapara petista jantar em Brasília, nha para não ser Dilma sua recondução à expulso. frente da fundação. Segundo Do evento, além de Resende e Duarte, ao apoiarem Serra em Brito participaram os ministros detrimento da candidatura de Antonio Palocci (Casa Civil) e Dilma Rousseff, as duas siglas Alexandre Padilha (Saúde). endossaram sua posição de opoOs ataques do PT à perma- sicionistas ao governo dela em nência de Brito no comando da MS e, por esse motivo, não teriam Funasa começaram na quarta- legitimidade para cobrar o tipo feira. Em discurso na tribuna de cargo. da Assembleia Legislativa, o O discurso de Duarte foi deputado Paulo Duarte, além de reforçado na quinta-feira pelo seu defender um nome da sigla para colega de bancada na Assembleia, a direção regional da pasta, disse o igualmente petista Pedro Kemp. que o fato de o PMDB e o PPS Este avaliou como “ultrajante locais terem apoiado José Serra e revoltante” a permanência de na eleição presidencial de 2010, Brito à frente da Funasa.

“Ele e o superintendente da Polícia Rodoviária Federal no Estado, Valter Favaro, fizeram campanha contrária ao projeto de Dilma. Por esse fato, não deveriam ter sido mantidos nessas funções, que são estratégicas politicamente e pertencem ao PT por direito”, afirmou Kemp. Ele entende que a presidente Dilma Rousseff deveria prestigiar seus aliados em MS, no momento de fazer nomeações para cargos federais no Estado. Kemp lembrou que, a exemplo do governador André Puccinelli (PMDB), Brito e Favaro fizeram campanha aberta para Serra, além de hostilizarem o PT nas eleições de 2010. “Por esse motivo espero que Dilma reveja as duas recentes nomeações”, ressaltou o deputado petista. Ao contrário da esfera federal, onde o partido é um dos principais aliados do governo de Dilma Rousseff, em MS o PMDB é adversário histórico do PT. Tanto, que já foi incluído na lista das legendas aliadas de Dilma que insistem em contrariar, nos estados, a determinação da cúpula nacional de atuar em sintonia com

divulgação

Deputados Paulo Duarte e Pedro Kemp (e) são contra nomeações de adversários o Palácio do Planalto nas políticas regionais. PRIMEIRA DERROTA A nomeação de Brito na Funasa foi o primeiro grande duro golpe sofrido pelo PT na disputa que trava com o PMDB por cargos federais em MS. Anteriormente, os petistas já haviam perdido a direção regio-

nal da delegacia do Trabalho e Emprego, desta vez para o PDT, que emplacou na pasta Anízio Pereira Tiago, ex-diretor da Agepan (Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul). Resta agora ao PT lutar por indicações de membros da sigla para os comandos do Ibama, Incra e Eletrosul no Estado. No

caso das duas primeiras pastas, a legenda se esforça para emplacar, respectivamente, Carlos Longo e Tatiana Ujacow, ambos da cota do ex-governador Zeca do PT. Já o PDT pretende conduzir o ex-deputado federal Dagoberto Nogueira no comando da Eletrosul, embora o PMDB também tenha o desejo de abocanhar pelo menos uma dessas três pastas.

Restos

Delcídio quer pressa em Lei da Ficha Limpa deve ser liberação de recursos estendida a comissionados B Cargos

Giuliano Lopes

C

AMPO GRANDE - A Lei da Ficha Limpa poderá abranger, além dos cargos do “primeiro escalão” do Governo, os cargos públicos comissionados em assessoramento no Estado. Esta é a proposta da emenda aditivida apresentada, na quinta-feira, pelos deputados estaduais Zé Teixeira (DEM) e Marquinhos Trad (PMDB). A emenda acrescenta ao projeto de emenda constitucional, aprovado na Assembleia Legislativa, a vedação nos cargos comissionados, de pessoas consideradas inelegíveis. Segundo Zé Teixeira, a proposta estende também a proibição a todos que foram condenados nas diversas instâncias da Justiça. “O objetivo é, principalmente, assegurar a probidade administrativa dos recursos públicos, moralizar a política e garantir transparência”, ressaltou. Teixeira acredita que da mesma forma os políticos devem ser enquadrados na Lei da Ficha Limpa, nada mais correto incluir tanto os cargos de chefia de pasta governamental quanto os servidores estaduais, afinal eles também serão representantes públicos, seja qual for a função. “Temos que que primar pelas pessoas

Proposta foi apresentada por Zé Teixeira e Marquinhos Trad que trabalham para o Legislativo e o Executivo e que até mesmo representam outros funcionários públicos”. Para o deputado Marquinhos Trad a legislação vem para higienizar e moralizar a administração pública no Estado. “Esta emenda com certeza fará frear que pessoas ‘ficha sujas’, mas com influência de amizade, sejam nomeadas”, enfatizou. PEC Na quarta-feira, os deputados estaduais aprovaram em 1º discussão o Projeto de Emenda

Constitucional, que veda a nomeação nos cargos públicos de pessoas inelegíveis. A restrição vale para cargos de secretário de Estado e secretário-adjunto, Procurador-Geral do Estado, Defensor Público-Geral, DiretorGeral ou Diretor-Presidente de órgãos da administração pública indireta, fundacional, de agências reguladoras, autarquias, empresas públicas e sociedades de economia mista, Diretor-Geral da Polícia Civil, Comandante-Geral da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, e reitor de universidade pública estadual.

RASÍLIA - O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) quer que o governo federal acelere a liberação dos recursos incluídos nos restos a pagar, relativos aos anos de 2007 e 2008, que ainda estão retidos no Tesouro Nacional. “Conversei com o ministro Luiz Sergio (Relações Institucionais da Presidência da República) a quem manifestei a preocupação de toda a bancada federal de Mato

Grosso do Sul, especialmente com a situação dos municípios, que precisam ter seus pleitos atendidos. Muitas obras tiveram seu ritmo reduzido ou foram paralisadas em função da falta de recursos. Temos que regularizar rapidamente os repasses para as prefeituras”, observou o senador, após sair de audiência no Palácio do Planalto, onde apresentou o levantamento feito pelos deputados e senadores com a relação de todas as emendas ainda não

liberadas. Delcídio tratou também da indicação de nomes para a direção de órgãos federais no estado. “O ministro me adiantou que vai se reunir com o Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci, para definir o preenchimento dos cargos federais em todo o país. Nesse pacote estão inclusos também os cargos de Mato Grosso do Sul”, revelou o senador.


6

Economia Economia Economia

Economia

Economia Economia Economia

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

P1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Percentual

Juro de empréstimo pessoal é de 5,6% Taxas médias cobradas por bancos voltaram a subir em maio; é a maior desde abril de 2009

S

ão Paulo - As taxas de juros médias do empréstimo pessoal e do cheque especial cobradas por bancos voltaram a subir em maio, de acordo com pesquisa divulgada hoje pela Fundação Procon de São Paulo. O empréstimo pessoal foi o destaque, com taxa média de 5,60% ao mês – a maior desde abril de 2009, quando alcançava 5,74%. Em abril deste ano, a taxa média estava em 5,49% ao mês. Fizeram parte da pesquisa Banco do Brasil (BB), Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra e Santander. A única queda na cobrança de taxa para empréstimo pessoal foi promovida pelo BB, que reduziu os juros de 5,48% ao mês em abril para 5,39% ao mês em maio. No caso do cheque especial, a taxa média dos bancos pesquisados foi de 9,47% ao

Biosul

Produção de etanol em MS é maior que média

Divulgação

Hollanda diz que aumento na produção é tendência natural mês em maio, patamar superior ao registrado no mês anterior (9,35%), o que indica um acréscimo de 0,12 ponto

porcentual. Todos os bancos expectativas inflacionárias, pesquisados aumentaram a fruto de incertezas na condutaxa do cheque especial em ção da política monetária e de maio. Nos cinco primei- uma conjuntura internacional ros meses deste ano, a taxa desfavorável”. média do cheque Para o Proespecial já subiu con-SP, os esEsforços 0,35 ponto porforços do goverdo governo centual, o que no para segurar para segurar a expansão do representa uma a inflação alta superior à de crédito e a inflaresultam em ção já estão se 0,34 acumulada em todo o ano de traduzindo em juros altos 2010. taxas de juros De acordo com os téc- mais altas, principalmente nicos do Procon-SP, a taxa para os consumidores. “O média do cheque especial momento não é oportuno “voltou ao mesmo patamar para realizar financiamentos das taxas praticadas no segun- ou solicitar empréstimos do trimestre de 2003, quando pessoais”, afirmou o Proo País vivia uma piora das con-SP.

Indicadores Econômicos BOLSAS Ibovespa: -1,20% Pontos: 63.235,30 Máxima de +0,25% : 64.165 pontos Mínima de -1,47% : 63.063 pontos Volume: 6,16 bilhões Variação em 2011: -8,76% Variação no mês: -4,38% Ibovespa Futuro: -1,65% Pontos: 63.650 Máxima (pontos): 64.910 Mínima (pontos : 63.530

CÂMBIO - Dólar comercial no balcão Compra: R$ 1,6350 Venda: R$ 1,6370 Variação: +0,92% - Dólar Paralelo Compra: R$ 1,68 Venda: R$ 1,76 Variação: +1,15% - Dólar Ptax Compra: R$ 1,6310 Venda: R$ 1,6330 Variação: +0,76% - Dólar Turismo Compra: R$ 1,5870 Venda: R$ 1,7170 Variação: +0,59% - Dólar Futuro (junho) Cotação: R$ 1,644,00 Variação: +1,04% - Euro Cotação: US$ 1,4099 (às 17h28) - Euro comercial Compra: R$ 2,3050 Venda: R$ 2,3080 Variação: estável - Euro turismo Compra: R$ 2,3000 Venda: R$ 2,4400 Variação: +0,29%

BLUE CHIPS Telemar PN Preço: R$ 53,31 Variação: -1,28% Vale PNA N1 Preço: R$ 42,27 Variação: -1,81% Petrobras PN EJ Preço: R$ 23,52 Variação: -0,68% Bradesco PN ED N1 Preço: R$ 30,75 Variação: -2,57% Embratel PAR PN * Preço: R$ 9,00 Variação: estável Eletrobras PNB N1 Preço: R$ 28,37 Variação: -0,63% Usiminas PNA N1 Preço: R$ 15,07 Variação: -0,99% SID Nacional ON Preço: R$ 22,17 Variação: -2,12% Vivo PN Preço: R$ 65,56 Variação: -0,59% Cemig PN ED N1 Preço: R$ 30,65 Variação: -2,08%

JUROS - CDB prefixado de 30 dias, 11,92% ao ano. - Capital de giro, 15,20% ao ano. - Hot money, 1,37% ao mês. - CDI, 11,90% ao ano. - Over a 11,92% OURO - Ouro na Comex de Nova York Cotação: US$ 1,493,50 a onça-troy (1 onça-troy equivale a 31,1035 gramas) Variação: -0,75% às 17h30 - Ouro na BM&F Cotação: R$ 79,000 Variação: estável

GLOBAL 40 Cotação: 137,000 centavos de dólar Variação: -0,11%

INFLAÇÃO Índices INPC (IBGE). IGP-M (FGV). IGP-DI (FGV).. IPA-DI (FGV). IPC-DI (FGV). IPC (FIPE). IPC (C. GDE). ICV (DIEESE). ICVM ORDEM. IPCA (IBGE). IPCA-E (IBGE). COB (Sinduscon). INCC (FGV). IPCE (PINI). IPA-M (FGV).

Fevereiro . 0,54. . 1,00. . 0,96. . 1,23. . 0,49. . 0,60. . 0,64. . 0,41. . -. . 0,80. . 0,16. . 0,16. . 0,28. . -. . 0,20.

. . . . . . . . . . . . . . .

. . . . . . . . . . . . . . .

Março 0,62 -

AcUMULADO

No ano 1,49 2,43 1,94 2,20 1,77 1,75 2,05 1,70 1,64 1,80 0,44 0,69 4,82 1,97

12 meses 6,36 10,95 11,11 13,69 6,02 6,05 6,61 6,26 5,35 6,01 6,08 5,64 7,44 4,71 13,93

IMPOSTO DE RENDA Base de cálculo

(desconto na fonte) TABELA OFICIAL DA RECEITA FEDERAL

Até R$ 1.566,61. . De R$ 1.466,62..até R$ 2.347,85 De R$ 2.347,86 até R$ 3.130,51 De R$ 3.130,52 até R$ 3.911,63 Acima de R$ 3.911,63..

Alíquota %

7,5 15,0 22,5 27,5

Deduzir-R$

Isento 117,49 293,58 528,37 723,95

Deduções: R$ 157,47 por dependente; pensão alimentícia integral; contribuição ao INSS. Aposentado com 65 anos ou mais tem direito a uma dedução extra de R$ 1.566,61 no benefício recebido da previdência pública ou privada.

REAjUSTE DE ALUGUEL

- ABRil/2011

IGP-M (FGV) 1,1095 IPCA (IBGE) IGP-DI (FGV) INPC (IBGE) IPC- (FIPE) ICV (DIEESE) Obs.: Fatores representam a variação do indicador de reajuste nos últimos 12 meses.

POUPANÇA

UFIR

Novembro/2000 ----- R$ 1,0641

SALÁRIO MÍNIMO

ABRIL........................ R$ 545,00

UFERMS

ABRIL.......................... R$ 15,56

DÍVIDA EM TR ou TRD Dia do Vencimento

Fator de Atualização

MAIO 05..............................0,01233952 06..............................0,01227495 07..............................0,01220189 08..............................0,01221803 09..............................0,01213353 10..............................0,01229755 11..............................0,01231602 12..............................0,01223394 13..............................0,01200021 14..............................0,01193851 15..............................0,01200619 16..............................0,01210326 17..............................0,01230797 18..............................0,01236105 19..............................0,01245932 20..............................0,01238494 21..............................0,01243775 22..............................0,01240710 23..............................0,01237345

(Multiplique a quantidade de TR ou TRD do carnê pelo fator de atualização da data do vencimento. A aplicação desse fator único atualiza a dívida pela TR do dia do aniversário do contrato e converte o resultado para reais).

MAIO 06 ------------------------------ 0,5887% 07 ------------------------------ 0,5828% 08 ------------------------------ 0,5612% 09 ------------------------------ 0,5365% 10 ------------------------------ 0,5603% 11 ------------------------------ 0,6036% 12 ------------------------------ 0,5631% 13 ------------------------------ 0,5771% 14 ------------------------------ 0,5851% 15 ------------------------------ 0,5681% 16 ------------------------------ 0,5395% 17 ------------------------------ 0,5635% 18 ------------------------------ 0,5927% 19 ------------------------------ 0,5693% 20 ------------------------------ 0,5765% 21 ------------------------------ 0,5890% 22 ------------------------------ 0,5890%

TBF

MAIO 04 ------------------------------ 0,9775% 05 ------------------------------ 0,9293% 06 ------------------------------ 0,9010% 07 ------------------------------ 0,8890% 08 ------------------------------ 0,9316% 09 ------------------------------ 0,9610% 10 ------------------------------ 1,0031% 11 ------------------------------ 1,0061% 12 ------------------------------ 0,9648%

TR

MAIO 04 ------------------------------ 0,1662% 05 ------------------------------ 0,1283% 06 ------------------------------ 0,1101% 07 ------------------------------ 0,1082% 08 ------------------------------ 0,1306% 09 ------------------------------ 0,1498% 10 ------------------------------ 0,1816% 11 ------------------------------ 0,1846% 12 ------------------------------ 0,1536%

AGROPECUÁRIA MILHO....................................................................R$ 25,00 (disponível) SOJA......................................................................R$ 39,00 (disponível)

bOI GORDO/à vista.................................... R$ 96,00 (Frigoforte e Brasil Global) vAcA GORDA/à vista................................. R$ 86,00 (Frigoforte e Brasil Global) * A partir de agora, preços pecuários só livres, com suspensão do Funrural

Fonte: GRANDE FM RURAL

C

aMPo GRaNDE Dados da Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Biosul) e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) indicam que mesmo com o aumento na produção de açúcar, o Estado destina 31,96% da cana para esta finalidade contra 45% da média nacional. De acordo com o presidente da Biosul, Roberto Hollanda, o aumento que o Estado teve na produção de açúcar é uma tendência natural do mercado. “MS é o estado que mais cresce em área de cana, vamos produzir 22% a mais que no ano passado. O açúcar teve aumento por conta de três usinas que entraram em funcionamento nesta safra. Mesmo assim, o mix de produção daqui favorece a produção de etanol”, esclarece. A alta nos preços deste ano ocorreu por causa de uma entressafra que seguiu uma crise internacional e difíceis condições climáticas, como

seca e chuvas excessivas. “As condições das últimas safras influenciou nos investimentos do setor, que acabaram ficando parados. Com isso, aumentou a demanda, mas a produção não. Agora, a força tarefa é para transformar essa realidade”, sustenta Hollanda. Sobre a comparação com os dados da Conab, a Biosul informa que são muito parecidos, com variação de no máximo 10%. “Essa diferença acontece porque se trata de uma previsão. Nossos números nem poderiam ser diferentes porque ajudamos a Conab a fazer esse levantamento”, explica Hollanda. QUEDA DE PREÇOS Como era esperado, o preço do etanol iria começar a cair nesse mês, com o início da safra. Dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Esalq/USP indicam que nos último dias, a queda chegou a 20% e deve continuar caindo nos próximos dias.


P1 6

Brasil/Mundo Brasil/Mundo

Brasil/Mundo

Brasil/Mundo Brasil/Mundo

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

P1 7

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Investimentos

Saúde no Brasil perde para ‘africanos’ Governo destina uma das menores proporções do Orçamento ao setor, inferior à média entre países da África no Brasil vinha do bolso de famílias de pacientes e de planos enebra - O gover- pagos por indivíduos. Mesmo assim, a taxa é no brasileiro destina considerada como uma das uma das menores proporções de seu Orça- mais altas do mundo. Dos 192 países avaliados mento à saúde, pela OMS, apenas inferior à média Saúde no africana, e o setor brasil ainda 41 tem um índice mais preocupante no País ainda é é paga, que o do Brasil. pago em grande em grande A proporção de parte pelo cidaparte, pelo gastos privados dão. Os dados são cidadão no Brasil com a da Organização saúde é em meMundial da Saúde (OMS) que apresentou dia superior ao que africanos, ontem um raio-x completo asiáticos e latino-americanos do financiamento da saúde e gastam em média. Para fazer a comparação, escancarou uma realidade: o custo médio da saúde ao bolso a OMS utiliza dados de 2008, de um brasileiro é superior considerados como os últimos à média mundial. Segundo disponíveis em todos os paíos dados, famílias brasileiras ses para permitir a avaliação ainda destinam mais recursos completa. Um dos fenômenos para a saúde que o próprio go- notados pela OMS no País foi verno. Em termos absolutos, a explosão de planos de saúde. o governo brasileiro destina à Há dez anos, 34% do dinheiro saúde de um cidadão um déci- na saúde no Brasil vinha de mo do que europeus destinam planos. Em 2008, a taxa subiu para 41%. aos seus. Um brasileiro gasta ainda O raio-x é apresentado às vésperas da abertura da quase duas vezes o que um Assembleia Mundial da Saú- europeu usa de seu próprio de, em Genebra, e que terá salário para saúde. Em média, a presença de ministros de apenas 23% dos gastos com todas as regiões para debater, a saúde na Europa vem dos entre outras coisas, o futuro do bolsos dos cidadãos. O resto financiamento ao setor. Dados é coberto pelo Estado. A taxa da OMS apontam que 56% dos de dinheiro privado na saúde gastos com a saúde no Brasil no Brasil também é muito vem de poupanças e das rendas superior à media mundial, de de pessoas. O número repre- 38%. No Japão, 82% de todos senta uma queda em relação os gastos são cobertos pelo a 2000. Naquele ano, 59% de governo. Na Dinamarca, essa tudo que se gastava com saúde taxa sobe para 85%. Em Cuba,

The New York Timês

Jamil Chade

G

Bin Laden

Ataque no Paquistão é vingança, diz Talibã

os gastos privados de cidadãos com a saúde representam apenas 6% do que o país gasta no setor. Já países onde o sistema de saúde é praticamente inexistente, o cenário é bem diferente. No Afeganistão, 78% dos gastos com a saúde depende dos cidadãos. No Laos, a taxa chega a 82%, contra 93% em Sierra Leoa. ORÇAMENTO Outro dado revelador para a OMS é a quantidade de recursos num orçamento nacional que é destinado à saúde, o que mostraria a prioridade política do governo em relação

ao tema. A entidade alerta que é esse dado que revela quanto de fato um governo está preocupado com a saúde de sua população, e não os discursos políticos ou anúncios de novos programas. Nesse ponto, o Brasil está entre os que 24 países que menos destinam recursos de seu orçamento para a saúde. Em 2008, 6% do orçamento nacional ia para a saúde. A taxa representou um salto real dos 4,1% em 2000. Mas é menos da metade da média mundial. Em geral, a OMS descobriu que 13,9% dos orçamentos nacionais vão para a saúde. Nos países ricos, a taxa chega

a 16,7%. No Canadá, ela é de 17%. A proporção do orçamento nacional que vai para a saúde é ainda inferior à média africana, de 9,6%. Segundo a OMS, o governo brasileiro destina à saúde menos que o grupo de países mais pobres do mundo. Em valores absolutos, o levantamento da entidade constata que os recursos para a saúde dobraram em dez anos no Brasil, somando gastos governamentais e privados. Por pessoa, a saúde no País consome o equivalente a US$ 875,00. Há uma década, esse valor era de apenas US$ 494,00. Desse total, US$ 385 são arcados

B

maioria das vítimas era recruta, mas há também pelo menos quatro civis mortos. Os feridos foram levados a um hospital próximo, e as forças de segurança isolaram a região. A cidade de Shabqadar fica na fronteira com o Afeganistão, a cerca de 35 quilômetros a noroeste de Peshawar. Na região, as forças de segurança lutam contra o Talibã e sofrem frequentes ataques desse tipo. Porém, os de hoje foram considerados os mais violentos. De acordo com especialistas, o Exército do Paquistão é alvo de críticas desde a operação que matou Bin Laden. (Com ABr)

AVANÇOS Apesar das constatações preocupantes em relação ao Brasil, os dados da OMS apresentam alguns avanços no País. O primeiro deles é de que o total gasto por privados e governos com a saúde aumentou de 7,2% do PIB em 2000 para 8,4% em 2008. A taxa ainda é inferior aos 11% em média destinado á saúde nos países ricos. Mas próximo da média mundial de 8,5%. Outros avanços também são registrados. A expectativa de vida passou de 67 anos em 1990 para 73 anos, em 2009. Em geral, o brasileiro viva mais que a média mundial. A morte de crianças com menos de um ano também desabou no País. Em 1990, eram 46 por cada mil crianças. 20 anos depois, essa taxa caiu para 17. (AE)

Preventiva

Mulher de Mubarak é presa no Egito freecops

Agência Lusa

B

BBC Brasil rasília - Um ataque a bomba contra uma academia paramilitar no Noroeste do Paquistão matou ao menos 80 pessoas na manhã de ontem, segundo a polícia local. Várias pessoas ficaram feridas no atentado, cujo alvo foi um centro de treinamento em Shabqadar, no distrito de Charsadda. A cidade de Shabqadar fica na fronteira do Paquistão com o Afeganistão, uma das áreas mais violentas da região. O Talibã paquistanês assumiu a autoria do atentado e disse que foi uma vingança pela morte do líder e fundador do Al Qaeda, Osama Bin Laden, no último dia 1º, por forças especiais norte-americanas. Há relatos de que as explosões foram ocasionadas por um homem-bomba, que usava uma motocicleta, e de que a segunda bomba foi colocada no centro de treinamento. O atentado ocorreu no momento em que cadetes recém-formados entravam em ônibus para sair de folga. Segundo as autoridades, a

Proporção do orçamento brasileiro que vai para a saúde é ainda inferior à média africana, de 9,6%

pelo governo, um valor dez vezes menor que o que gastam os governos da Dinamarca e Holanda com a saúde de cada um de seus habitantes Em Luxemburgo, o governo gasta 13 vezes mais que o brasileiro para cada um de seus habitantes. Quem mais destina recursos de seu orçamento à saúde é o principado de Mônaco, 17 vezes mais que o Brasil, cerca de US$ 5 mil. No outro extremo, o governo de Sierra Leoa gasta US$ 7 por ano por pessoa. Em Mianmar, cada habitante recebe o equivalente a 2 dólares.

rasília – A ex-primeira-dama do Egito Suzanne Mubarak, mulher do ex-presidente Hosni Mubarak, foi presa ontem preventivamente por 15 dias. Ela, assim como o marido, e os dois filhos são acusados de enriquecimento ilícito. De acordo com autoridades do Egito, o casal Mubarak mantém várias contas bancárias, em moeda egípcia e em divisas estrangeiras, além de apartamentos de luxo e propriedades. Hosni e Suzanne Mubarak foram interrogados anteontem sobre o processo que trata de enriquecimento ilegal. Hosni como Suzanne Mubarak foram interrogados

Ex-primeira-dama do Egito, Suzanne Mubarak, presa ontem em Sharm El Sheikh, cidade balneária turística, onde o casal passou a viver desde a renúncia do ex-presidente, em

11 de fevereiro. O ex-presidente, de 83 anos, além deste processo também responde sobre denúncias

de responsabilidade na morte de manifestantes durante os protestos contra seu governo. Mas ontem foi a primeira vez que Suzanne, de 70 anos, foi ouvida pela polícia. As autoridades policiais perguntaram a Suzanne sobre uma conta de 20 milhões de libras egípcias (cerca de 2,3 milhões de euros) em um banco do Cairo e sobre a sua luxuosa residência na capital egípcia. Os dois filhos do casal Mubarak, Alaa e Gamal, estão detidos no Cairo, acusados de abuso de poder e enriquecimento ilícito, além de participação na repressão da revolta. Ambos estão presos preventivamente por 30 dias. (Com ABr)


8

Veículos Veículos Veículos

Veículos

Veículos Veículos Veículos

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 15/16 de maio de 2011

P1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Kia

Novo Sportage supera as expectativas Utilitário esportivo da Kia quer bater “irmão” ix35 e rivais de outras fabricantes para conquistar mercado

S

ÃO PAULO - Você já passa batida nas ruas. No que viu o novo Kia Spor- depender da Kia, mais Sportage na rua? A res- tage vão circular pelo país. O posta provavelmente modelo faz parte das ambicioserá negativa, pois restrições sas metas de crescimento da na produção immarca. Só com o pediram a fabrimodelo a fabriO novo kia cante de vender Sportage já cante quer vender altos volumes do mais que o dobro Tem fila de modelo, cuja fila do ano passado, Espera nas de espera anda chegando a 16 Revendas de mil unidades até grande nas concessionárias. Mas dezembro. A Kia Todo brasil quem viu não esdo Brasil também quece. Desenhado pelo alemão prometeu regularizar e aumenPeter Schreyer, o Sportage não tar o volume de importação do nega a nacionalidade de seu modelo. criador. Com visual agressivo Logo de cara dá para ver e ousado, a nova geração do que a Kia aprendeu com os utilitário esportivo da Kia não erros passados. De desenho

previsível, o Sportage de segunda geração sofreu com a concorrência do “irmão” Tucson, cujos comerciais agressivos transformaram o modelo no queridinho do segmento. O modelo da “azul” (como a Kia define a compatriota) mudou e virou o ix35, mas o Sportage não seguiu o mesmo caminho. Enquanto o Hyundai aposta nas já repetitivas linhas angulosas espalhadas pela carroceria, o Kia optou por um desenho mais moderado – mas não conservador. Ex-designer da Audi, Schreyer deixou o Sportage com uma “cara de mau”, ao melhor estilo germâ-

Divulgação

Novo Kia Sportage: procura maior que oferta das revendas logo no lançamento do modelo nico. Agora só dá para ver as semelhanças dos dois modelos sob a carroceria. Mais especificamente, sob o capô. Isso porque o 2.0 16V de 166 cv (cavalos) é o mesmo em ambos, assim como a transmissão, manual de cinco velocidades ou automática de seis. Mas a cabine é completamente diferente. Tão bem acabado quanto o do ix35, o painel do Sportage aposta em linhas mais quadradas, com um discreto LCD no console central e comandos do arcondicionado posicionados na parte inferior. Nesse ponto o Sportage fica aquém do ix35, mas ao menos ganha em personalidade. Mas é algo que infelizmente não ocorre na hora de dirigir o Kia. O volante de diâmetro menor do que o usual é o único item que remete ao “esportivo” da sigla SUV. Os moderados 166 cv do motor não mostram disposição para empurrar os 1.500 kg do modelo ladeira acima, principalmente na versão automática. Quando o sistema decide reduzir uma marcha, já pode ser tarde para iniciar uma ultrapassagem. A letargia do trem de força é acompanhada pela direção hidráulica leve e suspensão (independente nas quatro rodas) macia. O inusitado é que, quando equipado com as rodas de 18 polegadas, o Sportage fica mais duro em pisos irregulares, mas a maior rigidez dos pneus de perfil baixo não é compensada nas curvas, situação em que a carroceria oscila tanto quanto no ix35. O fato de o controle de estabilidade e airbags laterais e de cortina só serem oferecidos nas três versões mais caras não ajuda. A contrapartida é que os freios mostraram-se muito eficientes, evitando o acionamento do ABS mesmo

FICHA TÉCNICA Kia Sportage Motor: dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 16 válvulas, a gasolina, 1.998 cm³ de cilindrada Potência: 166 cv a 6.200 rpm Torque: 20,1 kgfm a 4.600 rpm Direção: hidráulica Câmbio: manual de cinco velocidades ou automático de seis velocidades Suspensão: dianteira independente, pseudo McPherson; traseira independente, tipo multibraço Freios: a disco ventilado na dianteira e disco sólido na traseira (ABS de série) Dimensões: 4,45 m de comprimento; 1,86 m de largura; 1,64 m de altura; 2,64 m de entreeixos Peso: 1.482 kg a 1.576 kg, dependendo da versão Tanque: 55 litros Porta-malas: 740 litros Preços: R$ 83.900 (P.324), R$ 87.900 (P.374), R$ 97.900 (P.395), R$ 103.400 (P.495) e R$ 105.900 (P.396) em frenagens mais bruscas, como foi observado durante o test-drive do modelo, realizado por Interpress Motor em um percurso de 135 quilômetros entre Piracicaba e Itu (SP). Durante o teste, um dos jornalistas afirmou que seria impossível distinguir os modelos sul-coreanos caso o motorista fosse vendado. A falta de personalidade dinâmica do Sportage faz com que o SUV, assim como o ix35, seja inferior a Tiguan e CR-V. O diferencial do Kia em relação ao seu irmão e, principalmente, aos seus concorrentes, se faz em outro ponto. Como o ix35, o Sportage é oferecido com diversos itens de série. Felizmente sem os adjetivos usados pela Caoa para os pacotes de equipamentos (sempre variações da palavra “completo”) e, principalmente, sem os preços. Com o esperado para o segmento, a versão de entrada tem ar-condicionado (manual), direção hidráulica, trio elétrico, airbag duplo, ABS (antitravamento), encosto de cabeça ativo e sensor de estacionamento por R$ 83.900. Por menos do que a Hyundai cobra pelo ix35 mais barato – e manual –, a Kia oferece o Sportage automático (R$ 87.900), que pode agregar mimos como ar-condicionado digital, controle de estabilida-

de, bancos de couro e rodas de 18 polegadas por R$ 97.900. A tração integral é oferecida na versão de R$ 103.400, enquanto a nova moda de tetos-solares panorâmicos é atendida no Sportage topo de linha, de R$ 105.900. Bem, o que isso resulta na prática é um SUV compacto bem equipado, espaçoso e com preço inferior ao dos concorrentes equivalentes. Se o CR-V é até mais aconchegante (principalmente para quem vai atrás), o Sportage tem design mais ousado. O Tiguan é mais divertido de guiar, mas também é menor. Em resumo, o principal concorrente do Sportage é o ix35, mas a Hyundai facilitou a vida da Kia ao posicionar o preço do novo Tucson muito acima de seus rivais. Desenho marcante é quase pré-requisito para um carro fazer sucesso no Brasil, como mostraram os novos Gol, Uno e Civic. Mas o Sportage vai além do visual, com custo-benefício, espaço e acabamento equivalentes e até superiores ao dos seus concorrentes. A Kia já aprendeu a vender (muito) e vai repetir a receita de sucesso em todos os seus modelos. Com essa bem acertada mistura de Ásia e Europa, o Sportage tem tudo para ser cada vez mais visto nas ruas brasileiras.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo 14/15 de maio de 2011

Saúde

Dourados controla casos de dengue Neste ano 45 pessoas contraíram a doença, 1% do número registrado no mesmo período de 2010

D

OURADOS - Ações do vetor, ou seja, elimina o de combate à dengue foco do mosquito na região realizadas pela Se- onde foi registrado o atendicretaria Municipal mento”, explica o diretor de de Saúde apresentam resul- Vigilância em Saúde, Eduartados positivos em relação ao do Arteiro Marcondes. número de pessoas infectadas Segundo ele, as ações pelo mosquito Aedes aegypti. compartilhadas entre os seDe janeiro a abril deste ano, tores da secretaria e o plano 45 pessoas tiveram o tipo de prevenção à doença têm clássico da doença confirma- contribuído para o envoldo e nenhum caso de dengue vimento e conscientização hemorrágica ou da comunidade com complicapreocupação no trabalho de ções foi regisvigilância. do Ministério trado. “A prevenda Saúde agora No mesmo é o vírus 4, que ção é a principal período de 2010, forma de comjá circula no foram notificabater uma epiBrasil dos 4.589 casos demia. Com a de dengue coparticipação da mum, 29 com complicações população vamos estar mais e cinco de dengue hemorrá- preparados para receber o tipo gica. 4 da doença que pode provocar Um dos atos do municí- aumento de casos no próximo pio tem sido a integração de verão”, alerta o diretor. dados e informações sobre Entre os trabalhos de a dengue entre os órgãos de prevenção está o aumento Vigilância em Saúde. “Hoje, de visitas domiciliares, que se um morador procura uma passaram de 3 mil em anos unidade de saúde com sin- anteriores para 8 mil visitas tomas da doença, o Centro semanais neste ano, e a imde Controle de Zoonoses plantação do programa de [CCZ] recebe, no mesmo ação compartilhada com as dia, a notificação e então Equipes de Saúde da Famíinicia o trabalho de bloqueio lia. O controle tem sido feito

Divulgação

ainda através de notificações e multas, prevista na Lei da Dengue, em vigor no município desde 2006. Neste ano já foram aplicadas 424 notificações em residências, 1.200 em terrenos baldios e 522 multas em áreas que não atendem solicitação de manutenção. “A conscientização também acontece através das palestras que a Saúde tem realizado para orientar a população sobre a importância de manter quintais e terrenos baldios limpos e sem entulhos que favorecem o acúmulo de água e a criação de larvas do mosquito da dengue”, afirma Eduardo. AtiviDADe Palestras de orientação são realizadas em escolas e na comunidade. Nesta semana pelo menos 60 alunos da Escola Municipal Etalívio Penzo, no Parque das Nações

Alunos da Escola Municipal Etalívio Penzo participam de ação contra a dengue II, participaram do projeto da Secretaria de Saúde, que apresenta um seminário sobre prevenção. “São dois dias de discus-

são e depois das instruções os alunos vão a campo e agem como agentes de saúde. Eles fazem visitas domiciliares e verificam se há lixo com água

parada, eliminam as larvas do mosquito e o principal, aprendem na prática como combater a dengue”, assegura Eduardo Marcondes.

Espírita

Marlene Nobre faz palestra em Dourados Hedio Fazan

D

OURADOS – A União Regional Espírita de Dourados, (URE), em parceria com a Federação Espírita de Mato Grosso do Sul, (Fems), promovem eventos espiritas em Dourados e Ponta Porã. O destaque é para a palestra da médica, escritora e presidente da Associação Médico Espirita do Brasil e Internacional, Marlene Nobre, que abordará o tema “As Máscaras da Obsessão. O evento será no dia 28 de maio, na Câmara Municipal de Dourados, às 19h30. O psicólogo clínico e membro da Federação Espiri-

Marlene é presidente da Associação Médica do Brasil ta de Mato Grosso, Lacordaire Abraão Faiad, estará em Ponta Porã no dia 21 de maio, para

apresentar a palestra “Energia Mental e Auto-Cura”, às 19h30 na Câmara Municipal. No do-

mingo, 22 de maio, Lacordaire abrão fará a palestra no seminário “ Vivência do Amor”, das 8h às 12h, na Câmara Municipal de Dourados. Para a coordenadora da URE, em Dourados, Jovina Nevoletti, “o evento representa a oportunidade de aprimorar os conhecimentos de todos os simpatizantes do espiritismo e espíritas de Dourados e de Mato Grosso do Sul. Os palestrantes irão oferecer o conhecimento e a reflexão sobre as questões psicológicas e espirituais, tão necessárias para o desenvolvimento do ser humano”, avalia Jovina Nevoleti.


2

Dia a Dia Dia a Dia Dia a Dia

Dia a Dia

Dia a Dia Dia a Dia Dia a Dia

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

D1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Doação

Projeto entrega alimentos a famílias 40 cestas básicas foram arrecadadas durante campanha e entregues na tarde de ontem na Associação do Canaã I Divulgação

D

OURADOS – Vo- cialismo. Há momentos de fé, luntários do projeto religião. “Levamos palavra de “Caminhando com conforto e procuramos ajudar Jesus” entregaram na as pessoas de acordo com as tarde de ontem 40 cestas básicas necessidades”, diz o voluntário para famílias carentes do Jar- José Orlando, integrante do dim Carisma, Canaã I, Estrela projeto. Hory e Vila Morada do Sol. Os Ele se emocionou ao enalimentos foram arrecadados tregar a cesta às famílias. “É durante a campanha “Alimente muito bom ver o sorriso no rosuma criança”, que teve início to das pessoas, principalmente no mês de mardas crianças. É ço. A entrega foi um trabalho praSegunda feita na sede da zeroso”, avalia o etapa da Associação dos voluntário. “Tecampanha já mos também, é Moradores do começou e vai claro, que agraCanaã I. até o final de decer as doações, A Guarda Municipal auxipois sem a ajuagosto liou no trabalho da da sociedade e ficou encarredouradense não gada de fazer o transporte dos conseguiríamos levar a diante alimentos arrecadados até a o projeto”, acrescenta. Associação, onde realizaram ainda palestras sobre violência SEGunDa EtaPa doméstica, combate a drogas, A arrecadação de alimentos entre outros assuntos. A co- não-perecíveis continua. Os munidade do Canaã I e região mantimentos podem ser entreprestigiou as palestras. gues nas seguintes instituições: Alexon dos Santos, co- escolas Floriano Viegas, Meordenador do projeto ‘Cami- nodora Fialho de Figueiredo, nhando com Jesus’, disse que Caic, Reis Veloso, Presidente as famílias foram beneficiadas Vargas, Nelson de Araújo, Pingraças à ajuda da sociedade. go de Gente e Aurora Pedroso “Tivemos vários pontos de Camargo. A Câmara Municipal arrecadação espalhados pela de Dourados também participa cidade. Durante quase dois da campanha. meses fizemos panfletagem na Essa segunda etapa vai até Rede Abevê, para conscientizar o dia 28 de agosto, quando haa população a colaborar com verá a entrega das cestas básicas. a campanha. Tivemos êxito e Assim como na edição anterior, conseguimos montar 40 ces- os integrantes do projeto Camitas”, comemora Alexon. nhando com Jesus vão estar nos O projeto tem dezenas de supermercados da Rede Abevê. famílias cadastradas. O traba- Mais informações sobre o prolho desenvolvido com elas não jeto podem ser obtidas pelo teconsiste apenas em assisten- lefone 8465-8754, com Alexon.

Unigran

Casa do agronegócio é aberta hoje na Expoagro

D

Defesa coletou alimentos que estavam nos pontos de entrega para serem doados

Multa

Comerciante denuncia abuso do Parquímetro

Hedio Fazan

D

OURADOS – O comerciante Florivaldo Almeida está denunciando uma grave irregularidade que estaria sendo praticada pela funcionárias do Rotativo Dourados, que explora os serviços de estacionamento por meio do parquímetro. Ele procurou a reportagem na tarde de ontem para denunciar que a atendente aplicou duas notificações no mesmo veículo num espaço de 42 minutos. “Estacionei meu veículo em frente ao número 1.669 da Avenida Marcelino Pires para descarregar mercadorias e quando retornei a notificação já estava no para-brisa”, explica Almeida. “Como já havia sido notificado, voltei para a loja para outros compromissos e meia hora depois, ao retornar ao veículo, tinha outra notificação no para-brisa”, conclui. O comerciante entende que o fato de ter sido notificado uma vez impediria a atendente de aplicar a segunda notificação. “Em tese, é como

Florivaldo Almeida mostra as duas notificações que recebeu se eu fosse punido duas vezes pelo mesmo crime, ou seja, mesmo com uma notificação presa ao limpador de parabrisa a funcionária do parquímetro emitiu uma segunda notificação”, reclama. Florivaldo Almeida relata que telefonou para a administração do parquímetro e recebeu como resposta a informação que ele teria que ir ao escritório da empresa para que o caso dele fosse analisado. “Ainda terei que

perder tempo com isso”, lamenta. “Não estou dizendo que não deveria ter sido notificado na primeira meia hora, e sim que a segunda notificação foi abusiva, de forma que se a funcionária passasse 10 vezes pelo meu carro iria deixar uma dezena de notificações”, conclui. “Ainda bem que o contrato com essa empresa está chegando ao fim e o prefeito Murilo Zauith já anunciou que não pretende renová-lo”, finaliza.

Imunização

Vacinação contra a gripe é prorrogada

D

OURADOS - A Secretaria Municipal de Saúde de Dourados, através do setor de Imunização, informou que a campanha de vacinação contra a gripe comum (sazonal) foi prorrogada. De acordo com a gerente de Imunização, Carla Cristina Ribeiro da Silva, o Ministério da Saúde informou da prorrogação, mas não estabeleceu data do encerramento da campanha, que começou em 25 de abril. Ontem em Dourados foi grande a procura pela

vacina nos postos de saúde e no PAM (Pronto Atendimento Médico). A meta de vacinar 80% das pessoas que fazem parte dos quatro grupos de risco estabelecidos pelo Ministério da Saúde foi cumprida. Em Dourados são aproximadamente 32 mil pessoas incluindo idosos acima de 60 anos, indígenas, gestantes, trabalhadores da saúde e crianças de seis meses a dois anos. Ontem a vacinação esteva disponível na Praça Antônio João, das 13h às

16h30, e na 47ª Expoagro no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho, das 18h às 22h, bem como em todos os postos de saúde e no PAM. Já neste sábado a vacinação estará sendo feita apenas no PAM e na 47ª Expoagro, das 14h às 22h. No Parque de Exposições a equipe de vacinação estará presente no Exposhopping. Neste ano a vacina para gripe comum foi desenvolvida com um componente que previne também a H1N1, conhecida como gripe suína.

OURADOS - A Unigran abre hoje, às 10h, a “Casa do Agronegócio”, no Parque de Exposições. O espaço, que tem fins pedagógicos, é utilizado para que os acadêmicos de Administração em Agronegócio possam expor suas pesquisas e assistir às palestras sobre a área. Ainda na manhã de hoje, a Instituição lança a nova edição do “Unigran Notícias”, que será focado na atuação dos acadêmicos na Exposição Agropecuária de Dourados. De acordo com o coordenador de Administração em Agronegócios, Josimar Crespan, o espaço representa aos acadêmicos o contato com parte da prática profissional e o contato específico com o mercado de trabalho em que atuarão. “Os alunos se reúnem na Casa durante a semana da Expoagro, recebem palestras e desenvolvem lá o que aprenderam em sala, além de fazerem contato com pessoas que podem abrir as portas para um futuro trabalho”, aponta. A Unigran possibilita que os acadêmicos, não só do curso de Administração em Agronegócios, vivenciem a profissão durante a Expoagro. Estudantes de Agronomia e Produção Agrícola também participam de palestras e exposições realizadas na Casa do Agronegócio. Assim como Engenharia e Arquitetura, que também expõem seus trabalhos no espaço. Os acadêmicos de Medicina Veterinária participam de uma experiência única, que é a realização do Plantão Veterinário durante toda a Exposição. Os animais expostos são atendidos por alunos do último ano, sob o acompanhamento dos professores do curso. De acordo com Klaus Casaro Saturnino, coordenador do curso, o pronto-atendimento oferecido pela Unigran “mostra o potencial e a qualidade oferecida pelo curso de Medicina Veterinária”. A parceria é vantajosa para os alunos e muito proveitosa ao Sindicato Rural. Segundo Marisvaldo Zeuli, presidente da entidade, o Sindicato exige que os animais expostos tenham atendimento de ótima qualidade e a Unigran oferece exatamente o que eles precisam. “A gente fica tranquilo por conta do excelente serviço veterinário que é prestado durante a Expoagro”, afirma o presidente. Além dos cursos com ênfase nas áreas rurais, os acadêmicos da área da saúde estarão presentes no espaço da Exposhopping. Estética realiza todos os dias higienização facial e maquiagem. Já os outros cursos farão ações em dias alternados, Biomedicina realiza glicemia capilar, Enfermagem, afere pressão e orienta sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e Fisioterapia realiza a “quick massage” e atividades sobre a percepção corporal sobre a bola.


D1

Dia a Dia Dia a Dia Dia a Dia

Dia a Dia

Dia a Dia Dia a Dia Dia a Dia

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

3

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------o ProGresso

Evento

ação Global é hoje em campo Grande Sesi montou estrutura para acomodar os 91 parceiros e oferecer 45 mil atendimentos em diferentes áreas

C

AMPO GRANDE - por exemplo, que pode parecer O Sesi e a TV Morena simples para muita gente, é realizam hoje, das capaz de provocar grandes be8 às 17h, no Parque nefícios na vida de quem não Tarsila do Amaral, na Rua o tem”, declarou, reforçando Santo Augusto, s/n, no Bairro que cada R$ 1,00 investido na Nova Lima, a Ação Global ação tem retorno garantido de 2011 com expectativa de atrair R$ 10,84. 15 mil pessoas e Segundo a oferecer 45 mil técnica do Sesi Quem atendimentos nas comparecer à responsável pela áreas de cidadaAção Global em ação poderá nia, educação, Mato Grosso se inscrever saúde e lazer em do Sul, Rozane aos cursos de Leite, as pessoconjunto com 91 qualificação parceiros e 1,4 as que buscarem mil voluntários. atendimento em “A região abriga 80,7 mil serviços de cidadania, como habitantes distribuídos pelos emissão de RG e CPF, prebairros Estrela Dalva, Mata cisam levar a certidão de do Jacinto, Novos Estados, nascimento ou casamento Coronel Antonino, Mato do e comprovante de residênSegredo e Nova Lima. Trata- cia. Ela lembra ainda que as se de uma área com famílias emissões de RG e CPF são que muitas vezes não têm apenas alguns dos serviços acesso a serviços básicos, mais procurados, mas que como emissão de documentos durante o sábado também será e atendimento médico”, disse possível buscar as orientação o presidente da Fiems, Sérgio da Justiça Itinerante, emissão Longen, que fará a abertura do cartão do SUS e carteira do evento. para transporte intermunicipal. A superintende do Sesi, “Também haverá orientações Maura Gabínio, destaca que na área de saúde, corte de cao evento trata-se de uma mo- belo e muita diversão para as bilização em prol do acesso à crianças”, disse. cidadania. “A Ação Global é um investimento social privaParceiros do, que mobiliza a sociedade O delegado da Receita para construir um mundo me- Federal de Campo Grande, lhor. A emissão de documento, Flávio de Barros Cunha, in-

Divulgação

Durante o Ação Global na Capital serão ofertados atendimentos nas áreas de cidadania, saúde, educação e lazer forma que o órgão vai oferecer serviços como a emissão de CPF primeira e segunda via e a verificação da situação fiscal, tanto da pessoa física, quanto de pessoa jurídica. “A Receita Federal atua em três vertentes, sendo arrecadação, controle aduaneiro e atendimento. Participar da Ação Global é uma forma de atingir esses objetivos e nos aproximarmos da população”, declarou, completando que para o evento deste sábado

a intenção é emitir até 500 CPFs, sendo que para obter o documento é imprescindível que o interessado leve certidão de nascimento ou casamento, além do comprovante de residência. Esses também são os documentos exigidos para aqueles que buscarem a emissão do RG junto ao Instituto de Identificação. “Este ainda é um serviço muito procurado pela população e vale destacar que daremos entrada na emis-

são durante a Ação Global, mas que as pessoas atendidas deverão retirar o documento após 30 dias em um dos postos de atendimento”, detalhou o diretor do Instituto de Identificação, Celso José de Souza, detalhando que a meta é emitir 350 cédulas de identidade. Além de poderem buscar atendimentos nas áreas de cidadania, saúde, educação e lazer, quem comparecer à Ação Global poderá se inscrever para cursos de qualificação

gratuitos do Senai no âmbito do Programa Indústria Ativa Campo Grande. “Os moradores poderão se inscrever nos cursos de armador, carpinteiro, pintor, eletricista predial, encanador e pedreiro para atender o segmento da construção civil e de costura industrial para as indústrias do vestuário”, disse o gerente da FatecSenai Campo Grande, Artur Quitella, pontuando ainda que as turmas serão montadas a partir do número de inscritos.

a unidade da avenida Afonso Pena. Garçonete (duas vagas)- Ensino fundamental completo, sem exigência de experiência, destinadas para a unidade da avenida Afonso Pena. Os selecionados traba-

lharão no horário das 16 às 24h, com direito à premiação por produtividade, cesta básica (após três meses de experiência), uniforme, refeição no local e transporte de retorno ao domicílio.

Campo Grande em Foco

andré quer antecipar a entrega do aquário

Edemir Rodrigues

profissão exige, no estágio durante o curso. O Programa Vale Universidade e Vale Universidade Indígena se destacam pelo monitoramento executado pela Superintendência de Projetos Especiais (Suproes) que acompanha o desenvolvimento do acadêmico dando todo suporte necessário durante o período de estudos.

Vagas de Trabalho

A obra na Capital está na fase de terraplanagem; estão sendo replantadas 64 árvores Campo Grande - O governador André Puccinelli realizou ontem pela manhã uma vistoria do início das obras do Aquário do Pantanal (Centro de Pesquisa e de Reabilitação da Ictiofauna Pantaneira), que está sendo construído no Parque das Nações Indígenas. “Com a vistoria, pedimos à construtora que antecipe em três meses a entrega da obra, ou seja, em agosto de 2013, para que seja entregue no aniversário de divisão de Mato Grosso do Sul, em outubro”, disse o governador. A empresa construtora é a Egelte Engenharia Ltda. Considerado um dos maiores aquários de água doce, com 6 milhões de litros de água, 263 espécies e 7 mil animais, o Aquário do Pantanal será construído com recursos do governo estadual. “O Aquário do Pantanal é a denominação, na realidade, do Centro de Pesquisa e de Reabilitação da Ictiofauna Pantaneira. Além da ictiofauna pantaneira, queremos reproduzir o ambiente pantaneiro, por isso estamos transplantando as árvores. É uma preocupação do governo do Estado com o meio ambiente”, destacou o governador. No local onde será construído o Aquário, estavam plantadas diversas espécies de árvores, principalmente Ipês. As obras do complexo terão início no próximo dia 23 de maio e a previsão é de que sejam concluídas em 2013. A obra está prevista para ser concluída em 30 meses, conforme o edital. A intenção do governo do Estado é entregar a obra para a população sul-mato-grossense no 36º aniversário de criação do Estado. A obra está na fase de terraplanagem. Estão sendo replantados 54 ipês brancos, dois ipês amarelos, dois ipês roxos, um ipê amarelo do cerrado, uma bocaiúva, um coqueiro, uma farinheira, uma goiabeira e uma imbaúva, totalizando 64 árvores.

Vale Universidade

Juntamente com 20 instituições de ensino superior públicas e privadas, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas),

assina o termo de convênio do Programa Vale Universidade, com o valor de R$ 6,8 milhões. A cerimônia acontece segunda-feira (16), às 10h, no auditório da Governadoria e terá a presença da secretária Tania Mara Garib, da superintendente de Projetos Especiais,

Dulce Maria Martins, de autoridades e acadêmicos. O governo do Estado reitera o compromisso com os acadêmicos sul-mato-grossenses, dando-lhes a oportunidade de concluírem seus estudos e, ao mesmo tempo, praticarem as funções que a

A rede Habib´s, considerada a maior franquia de comida árabe do mundo, com unidade na Av. Afonso Pena e outra a ser inaugurada no shopping Norte Sul Plaza, na Capital, abre processo seletivo para preenchimento de 25 vagas. É preciso, acima de tudo, ter disponibilidade de horário (inclusive aos finais de semana) e ter idade superior a 18 anos. Confira as vagas para cada função: Auxiliar de Cozinha (14 vagas) – Ensino Fundamental incompleto. Vagas para primeiro emprego (não é necessário ter experiência), sendo dez para o shopping e quatro para a unidade da avenida Afonso Pena; chefe de lanchonete – (uma vaga) – Ensino médio completo, com experiência mínima de seis meses em ramo alimentício, destinada ao shopping. Cumim (ajudante de garçom) – (três vagas) – Ensino Fundamental completo. Vaga para primeiro emprego (não é necessário ter experiência), destinada ao shopping. Garçons (cinco vagas) – Ensino Fundamental completo, sem exigência de experiência, destinadas para

acessibilidade: 3 mil imóveis são notificados Denilson Secreta

Calçadas devem estar adequadas a acessibilidade Com a retomada das atividades de fiscalização de acessibilidade desde a segunda quinzena de janeiro deste ano, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur) já soma mais de três mil notificações de irregularidades nas calçadas de imóveis comerciais e residenciais de Campo Grande. Somente na região central, foram cerca de 1300 notificações correspondentes à ausência de piso tátil, de rampas de acesso e a rebaixos irregulares no meio fio, dentre outras, conforme o relatório do último dia cinco. De acordo com o diretor do Departamento de Controle Urbanístico e Postura, Waldiney Costa da Silva, até o momento nenhuma multa chegou a ser aplicada, pois os proprietários dos imóveis têm realizado as intervenções dentro do prazo. “Para termos uma ideia, cerca de 40% dos imóveis do perímetro central já solucionaram os problemas de suas calçadas, o que revela a grande receptividade em relação ao Programa de Acessibilidade. As pessoas têm consciência que esta melhoria na cidade reflete na inclusão de pessoas com deficiência, que têm o mesmo direito de transitar pelas ruas”, explica Waldiney. Os valores das multas variam de acordo com cada infração. Nos casos de ausência de calçada, mau estado de conservação e ausência de piso tátil, o valor das multas é de R$ 14,38 por metro linear. Nas situações em que os imóveis apresentarem rebaixo irregular de meio fio ou, no caso das edificações em esquinas, conterem irregularidades ou não apresentarem rampas de acesso, a multa varia de R$ 4.312,00 a R$ 8.625,00.


4

Dia a Dia Dia a Dia Dia a Dia

Dia a Dia

Dia a Dia Dia a Dia Dia a Dia

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

D1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Jornal e Educação

Jornal mural é tema de oficina A produção e circulação de temas de interesse dos estudantes serão valorizados pelos educadores

D

OURADOS – A sis- grama Jornal e Educação “O temática da produção PROGRESSO – Ensinando de um jornal mural na a Ler o Mundo”. escola foi trabalhada A implantação do jornal com os educadores do Pro- mural será no decorrer do prigrama Jornal e Educação “O meiro semestre. Com a leitura PROGRESSO – Ensinando a do Jornal O PROGRESSO, Ler o Mundo”, através do Ins- estudantes e educadores terão tituto Weiacesso à diversidade mar Torres. de temas sociais. PaProfessores A oficina tiveram acesso ralelo à leitura e propromoveu dução na sala de aula, a todas etapas momentos a equipe de alunos e para a de reflexão educadores irão seleprodução do e planejacionar as seções e os jornal mural mento de responsáveis por cada ações para uma delas. a criação do jornal mural. O Os educadores tiveram evento aconteceu na biblioteca acesso a todas etapas para a Sesi do Conhecimento e na re- produção do jornal mural. dação do O PROGRESSO. A definição clara do público Um dos objetivos do jor- leitor, do padrão, dos materiais nal mural é valorizar o trabalho e apresentação e sistemática dos alunos, sem perder de vista de produção são pontos que as opções deles, em termos de devem nortear o trabalho do assuntos, tratamento e estética. educador. “Conhecendo as “Ouvir o que os alunos gostam técnicas e o passo-a-passo, de ler, é fundamental. Partindo fica clara a importância da desse interesse é que o educa- leitura do jornal e a forma de dor irá formar as equipes para produzir um jornal pelos edua produção do jornal, com os cadores e estudantes”, avalia temas escolhidos por eles”, o professor Marcio Palácios, esclarece a pedagoga Fátima da escola municipal Efantina Frota, coordenadora do Pro- de Quadros.

Hedio Fazan

Educadores do projeto Jornal e Educação "Ensinando a Ler o Mundo" na biblioteca Sesi do Conhecimento

Pessoas da oficina conhecendo a estrutura e forma de impressão, bem como se faz a produção de um jornal

Na redação do Jornal O PROGRESSO, a produção de um jornal mural sendo feita pelos professores do Programa Jornal e Educação "O PROGRESSO - Ensinando a Ler o Mundo"


2

Dmais Dmais Dmais Dmais Dmais

Dmais

Dmais Dmais Dmais Dmais Dmais

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

D2

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Maria Eugênia Carvalho do Amaral*

Quem diria? Eu... fazendo prendas para um leilão! U m leilão beneficente. Nunca me imaginei tendo parte ativa em um evento como este. Em minha vida acadêmica, ao longo de mais de trinta anos como cientista, enfurnada na universidade, no mato, no laboratório ou no computador, dando aulas ou pesquisando, permaneci tão isolada que, aos poucos, fui me transformando em um tipo pouco

sociável. E confesso que gostava. Sempre fui chegada a poucos e bons amigos; nada de badalação. Trocava qualquer evento festivo por um “petit comitê” (e ainda troco!). Mas o trabalho, os prazos, a correria e a pressão acadêmica não me deixavam tempo livre. Também não tinha paciência e tampouco tesão para atividades beneficentes. Quando muito, colaborava. Mas não me deixava envolver. Agora, aposentada da universidade e afastada da vida acadêmica, aprendi a conviver com pessoas que não respiram ciência e acabei por me aproximar de um

grupo de amigas que promove um leilão beneficente há oito anos. No começo, eu até mudava de assunto, disfarçava. Mas o desfecho era inevitável: o grupo me prendeu e fui laçada, pelo coração. Pois é... Coisas que a vida faz com a gente. Neste sábado, dia 14, estarei no 8.° LEILO DOM, ajudando e torcendo para que minhas duas prendas sejam arrematadas com bons lances. Meses atrás, em pleno verão, cliquei uma foto contemplativa, em que mostro o final de uma chuva mansa, com flores caídas que boiam na água rasa que empoçara na calçada. Uma visão da janela,

sem pressa, esperando a chuva aquietar-se de vez. É essa imagem que ampliei e emoldurei para o LEILO DOM. Recentemente, passei a fazer umas cadeiras personalizadas. E me pus a pintar, lixar, recortar retalhos e costurar. Com uma artesã e costureira impecável ― Jussara Godoy Araújo ―, fiz um curso-relâmpago para aprender os pontos corretos, e comecei. A primeira cadeira, com mão de obra totalmente minha, decidi doar ao LEILO DOM. Uma antiga cadeira que pintei de rosa e na qual apliquei corações feitos de retalhos.

Quarenta e dois corações! E sabe o que mais? Costurei cada um deles sentindo um nó na garganta, emocionada – comovida por me permitir mudar e brincar. Com toda minha rigidez e exigência, estava me concedendo, me devolvendo, a capacidade de ser leve como uma menininha. Não era um artigo científico que precisava do crivo de meus pares. Era somente uma cadeira... Cor-de-rosa... E nela criei, me diverti, coloquei laços e corações, em uma profusão de cores e tamanhos. Corações! Existe algo mais adequado para doar?

COMPAREÇA: LEILO DOM – 8.º Leilão Beneficente – Obras Artesanais. DATA: 14 de maio, sábado, a partir das 20 h. LOCAL - Tatersal, Parque de Exposições – EXPOAGRO de Dourados. LEILOEIRA - Leiloboi. O leilão será em prol da Rede Feminina de Combate ao Câncer. *Bióloga, mestre e doutora em Ecologia, é também escritora, articulista e blogueira. BLOG: www.mariaeugeniaamaral.com

Ruth de Aquino*

O mito e o troféu Osama está morto. Viva Obama! O acerto de contas foi americano. O mundo se sentiu vingado num primeiro momento. Todos lembramos o que fazíamos quando, há quase dez anos, um atentado bárbaro matou cerca de 3 mil inocentes nas Torres Gêmeas. Não choramos agora pelo terrorista. Mas o que aconteceu na semana passada não enobrece a democracia. A balbúrdia de contradições oficiais reforça o mito Osama e adia seu sepultamento no inconsciente coletivo. “Acho ótimo matá-lo. Quer prender para interrogar o quê? E

os 3 mil que ele mandou morrer?”, disse nosso poeta Ferreira Gullar. Essa foi a reação normal. Não só dos ocidentais. Muçulmanos, entrevistados no mundo inteiro, se disseram aliviados com o “desaparecimento” de Osama Bin Laden. Por um motivo simples: o terror e o fanatismo distorcem o islã. Osama era o símbolo-mor de uma face cruel e minoritária do islamismo, que prega o sacrifício de civis inocentes e o suicídio de jovens mártires como tática de poder na guerra santa. Carismático, filho de burgueses, Osama incomodava por comandar a Al-Qaeda nas sombras. Barack Obama era candidato quando prometeu encontrar, prender ou matar o inimigo que humilhava seu país. Cumpriu a promessa. Sua popularidade deu

um salto. Ele deixou de ser considerado um líder tíbio, relutante. O povo americano é nacionalista, protecionista e imperialista. Gosta de demonstrações de força, idolatra a bandeira. Pode ser uma generalização – mas ela define a média da população nativa e dos imigrantes naturalizados. Obama foi eleito por uma maré de decepção econômica. Conquistou jovens e velhos, idealistas e desiludidos, de ideologias diversas. Seu ótimo slogan “Yes, we can” era vago o bastante para ser completado da maneira mais conveniente a cada um. Sim, nós podemos tudo? Podemos entrar em outro país para capturar um terrorista sem autorização local? Talvez sim, em raras exceções. Violar essa regra do Direito Internacional parece mais aceitável do que abrigar um

homicida do porte de Osama Bin Laden. Sua fortaleza murada ficava em Abbottabad, uma cidade de classe média habitada por famílias de militares, a apenas 56 quilômetros da capital paquistanesa. Se um país – no caso o Paquistão – posa de aliado, mas é suspeito de proteger um terrorista que prega assassinatos em massa, seria crime ou cautela não alertar o governo de Islamabad? Podemos torturar presos para chegar ao terrorista? Podemos executar o terrorista, mesmo que ele não ameace com uma arma? Podemos jogar o corpo ao mar sem sepultálo? Moralmente, não. Podemos censurar a divulgação da foto do morto? Eticamente, não. Podemos confundir a opinião pública com uma mentira diferente a cada dia? Claro que não. Podemos fingir que o

mundo estará mais seguro e melhor a partir de agora? Ninguém acredita nisso. Podemos dizer que “a justiça foi feita”? Sim, mas com desvios. As imagens de Osama morto são de interesse público. A censura provoca mais danos que benefícios. E a comunicação do Pentágono precisa ser disciplinada – porque nem eles mesmos se entendem sobre o que realmente aconteceu. Entende-se a preocupação dos Estados Unidos em não acirrar a ira de fanáticos ao exibir Osama morto. Não se entende por que os exímios atiradores da tropa secreta da Marinha, conhecida como Seal Team 6, precisaram desfigurar seu rosto a curta distância – ele poderia continuar um cadáver apresentável, não? Entende-se que tenham preferido matá-lo a prendê-lo para evitar que, detrás das grades, continuasse

a exercer uma liderança maligna. Entende-se que era melhor matar sem plateia do que transformar em espetáculo a execução pública de um Osama condenado à morte pela Justiça. Entende-se que era melhor não criar, com seu túmulo, um local de culto, peregrinação e manifestações de ódio aos dois lados. “Osama não é um troféu. Não queremos transformá-lo num mito”, afirmou Obama, ao justificar a morte sem corpo. Osama Bin Laden é um mito e um troféu, não importa o que se diga agora. E seu desaparecimento no mar, sem fotos, cercado de sigilo e contradições, só reforça a dupla aura que Obama deseja evitar.

jogar em algum destino sem ter a completa convicção. Escolher uma profissão não é somente escolher um emprego que lhe dará dinheiro. Escolher uma profissão é escolher um estilo de vida a ser adotado. É escolher maneiras diferenciadas de você ser reconhecido e também se sentir gratificado em fazer algo que lhe desperta interesse e, em alguns casos, amor. É não apenas o FAZER e sim o SER. É escolher um caminho a ser trilhado por muitos anos e se o caminho escolhido for o de acordo com sua vocação, não será um caminho árduo, será um caminho de avanços e conquistas.

Saber a real vocação é se conhecer como pessoa, é conhecer e reconhecer seus pontos fortes e os não tão fortes assim. É descobrir habilidades e capacidades talvez antes nunca descobertas, é descobrir o que realmente gosta e o que lhe desperta interesse. É descobrir um novo mundo de grandes possibilidades. E você pré-vestibulando? Está pronto para esse novo mundo?

*Ruth de Aquino é jornalista e diretora da sucursal da Revista Época, no Rio de Janeiro.

Claudia Goellner Signoretti*

Pré-vestibulando? Todas as pessoas que já fizeram uma faculdade ou todos que irão fazer sentem-se atormentados pela seguinte questão: “qual caminho irei seguir?”. Algumas pessoas têm alguns cursos em mente, sabem a área a seguir, ou em alguns casos não têm a mínima ideia de que curso escolher. Não é fácil escolher em qual

curso se inscrever no vestibular, afinal essa é uma escolha para toda a vida para a grande maioria dos casos. E escolher no período da adolescência o que se quer ser para toda a vida não é tão simples, afinal é um período de constantes transformações. Escolher um caminho com certeza e convicção sem dúvidas, ansiedade e medos pode ser muito difícil. Para que a escolha se dê de maneira assertiva e com convicção um fator é essencial: descobrir a real vocação. Afinal, antes de mais nada, o pré-vestibulando deve descobrir o que gosta de fazer, em

quê tem habilidades e onde ele pode realmente desenvolver suas reais capacidades, tornando-se um excelente profissional na área escolhida de acordo com sua vocação. Outro aspecto que deve ser levado, e bastante, em consideração é que se a vocação de tal pessoa está sendo valorizada no mercado de trabalho. Por exemplo, um estudante descobre que tem vocação no curso X, mas que os profissionais formados por este curso recebem um salário ao qual o estudante não almeja para sua vida. E, para muitos, o retorno financeiro é tão importante quanto o reconhecimento da profissão.

Afinal, quando falamos de escolha profissional, devemos levar em conta vários aspectos. Como no exemplo acima citado, se a pessoa deixar sua vocação de lado para fazer outra coisa que não lhe desperta interesse nenhum pelo simples fato de ganhar grandes salários ela realmente conseguirá se realizar profissionalmente? Se um dos dois forem deixados de lado, como ela poderá se sentir uma pessoa completamente bem sucedida? E nessas questões referentes às profissões, seus salários, seus cotidianos no trabalho que muitos alunos se perdem e resolvem se

*Psicóloga e Professional and Self Coach. Escreve semanalmente para o Dmais. Email: claudia_signoretti@hotmail.com

Lúcia Rosenberg*

Do amor, com amor Será imaginável que o Amor é aquele que vem pronto, do jeitinho que a gente imaginou? O outro pé do sapatinho de cristal, perfeito! - mas tão frágil, tão ilusório... Ou será que é um encontro de gigantes que se enchem de coragem e humildade para despirem-se um para o outro, juntos e para que assim seja - juntos e verdadeiros, íntimos nas suas imperfeiçõesdinâmicas, mutantes, alquímicas imperfeições.

Compartilhadas, convividas e compreendidas para que, na alquimia da comunhão, a matéria-prima da imperfeição possa ser transformada, integrada e virar mais intimidade, maior penetração, mais encontro, mais entrega. Para mais Amor. Maiúsculo e melhor. Melhor e mais maduro, porque mais real, ainda que menos ideal. Tudo bem, eu nunca quis ser um sonho. Já sei que amar se aprende amando - do direito e do avesso, de a a z, dos ossos à pele. De verdade. Também sei que cada um chega para O Encontro com marcas, marcos, cicatrizes, hematomas e fantasmas de dores e amores já vividos antes. Onde

enfiar isso tudo para viver um Grande Amor? Eu, que nunca quis ser um sonho, acredito que isso tudo também é da alçada do Amor, da grandeza do Amor: poder abrirse e ser de verdade. Transformar o casal ideal (e irreal) em dois seres de verdade que vão, aos poucos, se revelando e crescendo juntos. Eu, que nunca quis ser um sonho, prefiro ser à vontade, mas atenta e zelosa. Quanto mais leve e despida de defesas, mais atenta, quanto mais despida, mais zelosa. Assim, creio, o Amor perdura, cresce, ensina, alimenta, fortalece, leva adiante - juntos. Será isso um sonho? É com

o meu Amor que eu quero crescer. Aprender junto, perto, com. Quero poder rever e compartilhar minhas marcas, nódoas, marcos, medos e vícios com a mesma serena soltura com que partilho meus brilhos e néctares. Não para imperar, só para revelar, para contar dos caminhos da minha alma, das armadilhas que invento (ora presa, ora algoz), das artes e manhas de que quero me desenroscar. Sonho é conversar sobre isso de mãos dadas, no banco da praça, na beira do lago, ao pé do fogo, no morno da cama, enroscada e saciada trocando confidências de alma nos braços do meu amado companheiro.

Como poderia ser a amizade suprimida das relações amorosas? Por que não ser o seu amor, também um de seus grandes amigos? Aliás, como amar alguém em quem não se confia e que não admiramos? Saber que, às vezes, o outro acredita em meus potenciais mais que eu mesma – e me incentiva o salto, acreditando na minha força de voo, é nutriente importante para o crescimento pessoal e profissional. Amor estimula e nutre. Sinto que um amor desse tamanho nos obriga a enfrentar o que é difícil, aquilo que nãose-sabe-ainda, mas que demanda esforço e atenção. Porque nada

vem pronto, nem chega de encomenda. Conviver não é fácil, apesar de tão desejável, porque envolve também nossos medos e manias. Sei que, por ser difícil, não se resolve no choque nem se dissolve do ato, requer esforço com paciência, porque requer tempo, a atenção. Assim, devagarinho e com dedicação, a relação cria raízes fundas na confiança e no diálogo, na parceira que constroi a intimidade – onde se faz o ninho em que o casal pode se aconchegar.

e, outros acontecimentos, onde a oratória, tendo como base a voz, a articulação precisa, o uso dos gestos, deve ter harmonia, para que se alcance o sucesso desejado. Todos esses aspectos da comunicação precisam atuar de forma harmoniosa e nunca se deve esquecer que não basta conhecer o conteúdo, a matéria que irá expor. Para ser bem sucedido, é preciso que você fale sempre com energia, entusiasmo, disposição e com muita emoção. Além de tudo seja você mesmo, seja natural, quanto mais espontânea for a sua maneira de se

comunicar, mais confiança você sentirá e mais respeito e admiração você vai conquistar. A qualidade vocal é considerada, nos dias atuais, o mais completo atributo do indivíduo. A habilidade de comunicação interpessoal é extremamente exigida no ambiente profissional. Falar bem, ter uma voz bem impostada, ter uma boa oratória, é uma arte a ser conquistada.

*Lúcia Rosenberg é psicóloga pela PUC-SP, mestre em Psicologia pela New School for Social Research em Nova York.

Ademir G. Baena*

A voz e a oratória Muitas pessoas desejam e, por razões profissionais ser um bom comunicador. No entanto, comunicarse bem, transmitir segurança, personalidade, credibilidade não é algo tão fácil quanto parece ser, mas é algo que pode ser aprendido, conquistado. A voz é o cartão de visita do orador, embora, muitos oradores não possuem uma voz bonita, que

pudesse servir de exemplo estético, mas com certeza demonstram personalidade na maneira de se expressar. Independentemente da qualidade estética da voz, é importante que se fale com firmeza e demonstre personalidade, conhecimento, sobriedade. As pessoas nos julgam pelo modo como falamos. A voz manifesta, projeta para o ambiente a personalidade do comunicador. Através dela nós expressamos nossos sentimentos, com a voz nós informamos, fazemos sugestões, persuadimos, a voz fascina ou desencanta os ouvintes.

A oratória é uma arte, arte esta que pode ser desenvolvida, algumas pessoas tem uma habilidade natural de se expressar, possuem um talento natural de persuasão, convencer, deleitar, ou comover por meio das palavras. O uso da palavra falada deixou de ser privilégios de profissionais que tem a voz como instrumento de trabalho, como os religiosos, políticos, advogados, alastrou-se para outros e variados setores de atividades. Atualmente, uma maioria de outras classes de profissionais como: empresários,

profissionais liberais, executivos, técnicos, entre outros, necessitam cada vez mais de uma boa comunicação, necessitam ser bons oradores. Considerando que, normalmente, no seu cotidiano, precisam falar bem, expressar-se bem, ter uma voz bem impostada, saber usar os gestos – lembrando que o corpo fala- para enfrentar as mais diferente situações: dirigir ou participar de reuniões, presidir trabalhos e solenidades, comandar subordinados, vender ou apresentar os mais variados produtos e serviços, ministrar cursos e palestras

*Ademir G. Baena é fonoaudiólogo especialista em voz. CRFa. 0176/MS.


D2

Dmais Dmais Dmais Dmais Dmais

Dmais

Dmais Dmais Dmais Dmais Dmais

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

3

Use seu cardápio a favor da beleza

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Saciar a fome é só o começo... escolha alimentos que ajudam a fortalecer a pele, os cabelos e as unhas!

P

ara você, ter cabelos sedosos, unhas fortes, pele bonita e bumbum livre das celulites é sinônimo de uma eficiente combinação de tratamentos estéticos? Nada disso! Recheando suas refeições com os alimentos certos, dá para conquistar todos estes objetivos de uma maneira deliciosa. A nutricionista clínica funcional, Daniela Jobst, explica que, por meio de exames e histórico pessoal de cada paciente, é possível identificar desequilíbrios na alimentação e situações emocionais que alteram oorganismo, refletindo na beleza física. A especialista fez uma prévia do que alguns alimentos são capazes de fazer pela sua beleza. Segundo Daniela, se as recomendações forem seguidas corretamente, os resultados começam a ser notados dentro de três meses. Para melhorar a saúde dos cabelos e das unhas, os ingredientes são basicamente os mesmos. Isso porque eles são formados pelo mesmo tecido, compostos por queratina, um tipo de proteína produzido pelo organismo, esclarece a nutricionista. A vitamina B12, encontrada nas carnes, ovos e leite, por exemplo, atua na formação da queratina e por isso é apontada como beneficiadora dos cabelos e das unhas. Aveia, cevada e salsa são mais participantes do prato de quem quer manter cabelos brilhosos e unhas fortes. O ponto comum entre eles é que são ricos em silício, nutriente presente no colágeno, res-

ponsável pela estruturação das cartilagens e tecidos, entre outras funções. As oleaginosas, como castanha, amêndoas e nozes, desempenham o mesmo papel, pois contêm outro nutriente colaborador da estruturação das unhas e dos cabelos, o selênio. Já a biotina é aliada dos que lutam contra a queda dos fios, por estimular a síntese capilar. A vitamina pode ser encontrada na gema de ovo, no fígado e nos pães. Eu sempre aconselho o paciente a fazer um mix desses alimentos. Inserir as castanhas, amêndoas e nozes no cereal matinal, consumir um bife médio de carne vermelha no almoço, e um ovo cozido no jantar exemplifica a especialista em nutrição funcional. CELULITE A celulite nada mais é que um processo inflamatório da pele. Por isso, as mulheres que sofrem com os furinhos devem recorrer a alimentos antiinflamatórios, afirma Daniela Jobst.. Na lista dos alimentos com tal atuação, estão os ricos em ômega-9 e ômega-6, como azeite e castanha, respectivamente. Os ricos em vitamina E (também encontrada nos óleos vegetais e sementes) são bons exemplos de alimentos com efeito antiinflamatório. A lima da pérsia e a melancia também destacam-se no cardápio anticelulite, por ter ação desintoxicante. Elas contêm substâncias que ativam as reações de desintoxicação realizadas pelo fígado, ressalta a especia-

lista. Alimentos amarelos e alaranjados são mais combatentes dos furinhos causados pelo acúmulo de gordura. De acordo com a nutricionista, os efeitos começam a ser notados depois que os alimentos responsáveis pela desinflamação da pele já fizeram seu serviço. Esses alimentos fornecem boas doses de vitamina A, nutriente que ajuda na renovação de tecidos. Para o sucesso ser garantido, Daniela aconselha a inserir pelo menos uma porção diária das frutas e acrescentar os demais ingredientes citados durante as refeições principais e intermediárias, sempre que possível. As celulites aparecem sem dar nenhuma pista. Vão chegando de mansinho e, quando você repara, já tomaram conta das pernas, do bumbum e, algumas vezes, até da barriga. Sim, é verdade que elas podem surgir por vários motivos desde uma roupa aper tada demais, que atrapalhe a circulação sanguínea, até a incontornável herança genética. Mas também é para lá de sabido que uma dieta desequilibrada pode contribuir até demais! para transformar aqueles minifurinhos em big crateras. A nutricionista da Unifesp, Cibele Crispim, explica que não existe um alimento que assina, sozinho, o atestado de culpa, como causador absoluto das celulites. Mas sabemos que, apesar dos mitos que a literatura científica não comprova, há algumas tentações que realmente colaboram para o aparecimento dos buraquinhos. Cibele listou as

guloseimas que precisam ser monitoradas, caso você queira manter distância da aparência cheia de grumos. O delicioso grupo dos doces compõe o time dos alimentos que aumentam o acúmulo de gordura, origem do mal. Isso porque o açúcar em excesso não é transformado em energia pelo organismo e acaba sendo armazenado na forma de gordura uma reser va que, nas mulheres, tende a acontecer sob a pele. Seguindo as orientações da pirâmide alimentar, os doces devem corresponder diariamente a, no máximo, 220 kcal de um menu balanceado. As gorduras vêm em seguida no ranking das tentações que favorecem o surgimento das celulites.. Muito calóricos, creme de leite, chantilly e frituras são poderosos no quesito esburacamento da pele. Também de acordo com a pirâmide, o grupo alimentar formado pelas gorduras e pelos óleos devem somar até duas porções diárias, cada uma com 73 kcal. Coladinhos às gorduras, estão os alimentos que prejudicam a circulação sanguínea, como café, refrigerante e água com gás. De acordo com a nutricionista da Unifesp, eles favorecem o inchaço, fazendo com que a irrigação dos tecidos seja prejudicada. Limite-se a duas xícaras de café por dia, por exemplo, para ficar com tudo em cima. Já as bebidas gaseificadas não devem ultrapassar os 200 ml. RUGAS Rechear as refeições

de alimentos formadores de colágeno deve ser a estratégia de quem quer prolongar o aparecimento das rugas, já que eles ajudam a deixar a pele mais rígida. Laranja, morango, limão e acerola fazem parte do time desses alimentos. A responsável pela estabilização da estrutura do colágeno em tais frutas é a vitamina C. O cobre e o manganês também participam da síntese de colágeno e podem ser encontrados na soja, amêndoa, feijão, lentilha, nozes e grão-de-bico.

Contar com uma mãozinha dos alimentos fotoprotetores, ou seja, que protegem a pele dos raios UVA e UVB, também é impor tante para manter a pele bonita. Para isso, inclua tomate, cenoura, mamão, abóbora e outros alimentos amarelo-alaranjados no seu menu. Mantenha estes alimentos nas refeições principais para desfrutar dos nutrientes. “O segredo é não deixar o cardápio monótono”, aconselha a nutricionista Daniela Jobst.


4

Dmais Dmais Dmais Dmais Dmais

Dmais

Dmais Dmais Dmais Dmais Dmais

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

D2

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Técnicas que ajudam a motivar malhação

Definir novos objetivos e procurar companhia são algumas opções para quem busca motivação para os exercícios físicos É difícil encontrar alguém que esteja sempre motivado para ir à academia, correr, nadar, dançar, ou fazer exercício físico que for. Por mais que a pessoa goste da atividade que pratica, altos e baixos na força de vontade são normais. “Nossa humanidade é instável por definição. É natural”, explica a psicóloga Ana Kiyan. Um dos conselhos do personal trainer Eduardo Colmanetti para sair do período de desânimo é criar novas metas. Esse objetivo pode ser quilos a mais para perder, centímetros de cintura para reduzir, músculos dos braços para aumentar, qualidade do sono para melhorar, ansiedade para diminuir, ou qualquer outra necessidade que você identificar. O grau de dificuldade, porém, deve ser mudado gradativamente, já que algo muito rígido pode piorar ainda mais a motivação. Outro ponto que não deve ser radicalizado é a dieta. Seguir um cardápio muito restrito é um atalho para cair no desânimo, pois deixa a pessoa fraca e sem energia. O baixo consumo de carboidratos (pão, bolacha, aveia, barra de cereal, macarrão, arroz, batata) também afeta o humor. Ana ressalta, ainda, que restrições acentuadas na alimentação exigem um sacrifício disciplinar muito grande, tudo o que você não precisa quando já está desestimulado. Focar na sensação que tem após malhar, em vez de só pensar na preguiça, é mais uma técnica que pode ajudar. Como se exercitar faz o organismo produzir endor fina, um dos neurotransmissores responsáveis por prazer e relaxamento, algumas pessoas chegam até a ficar irritadas, ansiosas, depressivas, cansadas e com péssimo humor quando deixam de fazer atividades físicas. A velha saída de encontrar uma companhia para se motivar também pode ser usada. Procure um amigo ou uma pessoa com quem se divirta. “Quando se vê o mundo mais colorido, se presta mais atenção nas pequenas coisas e, assim, a atividade deixa de ser vista como monótona”, diz Colmanetti. Por isso, se seu colega de malhação também estiver desanimado, o tiro pode sair pela culatra. Caso não ache ninguém para lhe acompanhar, um personal trainer pode ser a solução. Com treinos desenvolvidos es-

pecificamente para você e praticados nos horários que melhor se encaixam na sua agenda, malhação pode se tornar muito mais agradável. Além disso, a companhia de alguém com quem possa conversar e passar boas orientações sobre os exercícios também é motivadora. Procurar realizar exercícios no início do dia é outro segredo para se manter empolgado. Isso porque, segundo um estudo publicado no jornal Psychology and Health, existe uma certa quantidade de força de vontade limitada para cada dia. Portanto, à medida que as horas passam e as pessoas destinam atenção para outras atividades cotidianas, a motivação é perdida. Independente da técnica utilizada para recuperar a animação, o importante, destaca Colmanetti, é não deixar a situação se estender por muito tempo. “Desmotivados não conseguimos despender energia suficiente para atividade nenhuma. Motivados, não só conseguimos realizar os exercícios com mais facilidade, como temos mais prazer e resultados”. ENERGIA É importante comer alguma coisa antes e depois de terminar os exercícios. A maior fonte de energia para o trabalho muscular durante o exercício físico é proveniente da glicose do fígado. “Isso ocorre quando

estamos fazendo nossa atividade física habitual, ou quando um atleta de alta performance está em atividade”, explica Ellen Simone Paiva, endocrinologista e nutróloga, diretora clínica do Centro Integrado de Terapia Nutricional. “Essa utilização dos nossos estoques hepáticos de glicose determina perda de até 50% da reserva de glicose na primeira hora”, argumenta. A utilização dessa fonte de energia também ocorre normalmente durante as atividades da vida diária, inclusive no repouso noturno, o que determina grande perda noturna da glicose do fígado e a necessidade de nos alimentarmos pela manhã antes da ginástica. “Se o maior substrato para o exercício e para a manutenção da atividade cerebral é a glicose, nada mais óbvio do que utilizá-la antes da malhação. Isso poderá evitar os sintomas nada agradáveis da hipoglicemia baixa de glicose no sangue caracterizada por mal estar, sudorese fria, palidez cutânea, tremores, palpitações e o vexame de um desmaio durante os treinos”, enfatiza Ellen Simone Paiva. Muitas vezes, os sintomas são mais sutis, como cansaço físico, baixo rendimento na ginástica e dores de cabeça. A melhor forma de ingerir glicose é aquela em que as inúmeras moléculas de glicose são ligadas entre si em uma

longa cadeia, produzindo um carboidrato complexo ou amido na forma de pão. “Isso mesmo! O pão é o melhor alimento para garantir nosso substrato de glicose quando vamos nos exercitar”, explica. “Não adianta comer uma banana

e ir para a academia como muitas pessoas fazem. A diferença básica é de que no amido, as moléculas de glicose são liberadas para o sangue de maneira lenta e gradual, garantindo um suporte energético estável e contínuo, ao passo que

os carboidratos das frutas são basicamente frutose e sacarose, que são carboidratos de liberação rápida”, orienta Ellen Simone Paiva. “Além disso, podemos ir um pouco além e fazer uma dieta balanceada, que nos garanta a ingestão de carboidratos em todas as refeições, inclusive naquela que antecede o dia da ginástica, garantindo, assim, estoques completos de glicose no fígado e um alto rendimento físico durante a ginástica”, completa. A ingestão de carboidratos não atrapalha os planos de quem deseja perder peso. Uma dieta balanceada tem 50% de suas calorias na forma de carboidratos e para que ela induza a perda de peso, basta que seu total calórico seja menor do que o gasto calórico da pessoa em questão. “Além disso, é importante entender que a perda de peso não ocorre somente enquanto nos exercitamos, uma vez que a prática regular de atividade física aumenta o nosso gasto calórico diário e não apenas enquanto nos exercitamos”, explica. “Como nosso estoque de glicose é limitado, o organismo humano utiliza as gorduras como fonte de energia quando a prática de atividade física tem duração superior a 30 minutos”, finaliza Ellen Simone Paiva.


D2

Dmais Dmais Dmais Dmais Dmais

Dmais

Dmais Dmais Dmais Dmais Dmais

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

5

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Sono na medida ideal preserva o cérebro Dormir muito ou pouco pode envelhecer o cérebro em até sete anos; tempo ideal de sono estaria entre seis e oito horas diárias

E

xagerar nas horas do sono é prejudicial tanto quanto dormir pouco. Um estudo feito pela University of London, Inglaterra, e publicado pelo periódico Sleep, indica que dormir menos de seis horas ou mais de oito horas diárias pode envelhecer o cérebro em até sete anos, já que aumenta a velocidade do declínio cognitivo e afeta habilidades, como o raciocínio. A pesquisa alerta que a piora das funções cerebrais pode até mesmo adiar o declínio físico, causando morte precoce. Os testes feitos pelos pesquisadores mediram memória, raciocínio, vocabulário, fluência fonêmica, estado cognitivo global e fluência semântica em 5.431 voluntários (1.459 mulheres e 3.972 homens) de 45 a 69 anos de idade, durante cinco anos. Entre as pessoas que dormiram mais do que o recomendado, 7 a 8% tiveram resultados inferiores em todos os testes cognitivos, menos nos relacionados à memória verbal de curto prazo. Já entre os que dormiram menos que o indicado, um quarto das mulheres e 18% dos homens sofreram diminuição em sua capacidade de raciocínio e vocabulário. Os pesquisadores observaram que as mulheres que dormiram por, aproximadamente, sete horas por noite renderam os melhores resultados de todas as medições cognitivas, seguido por seis horas de sono. Os homens obtiveram resultados satisfatórios quando dormiram entre seis e oito horas, sendo que apenas sonos muito curtos (de menos de seis horas) ou muito longos (mais de oito horas) foram associados a resultados baixos. Assim, pessoas que dormem o tempo ideal, segundo a pesquisa, vivem mais. Enquanto pessoas que dormem tempo insuficiente possuem suas capacidades cerebrais reduzidas, quem dorme o suficiente fica mais longe de doenças mentais e físicas, garantindo melhor qualidade de vida no perí-

odo que precede a terceira idade. Garantindo uma boa noite com alimentação: Para garantir uma boa noite de sono, até mesmo a alimentação tem um papel importante. Segundo a nutricionista Salete Campos, do Hospital de Clínicas da Unicamp, existe nos alimentos uma substância que favorece o trabalho do nosso corpo em restabelecer o equilíbrio durante a noite: o triptofano. “Uma vez no cérebro, ele aumenta a produção da serotonina, substância conhecida como o hormônio do bom humor, que tem poder sedativo e ajuda a induzir e melhorar o sono”, salienta. Essa substância pode ser encontrada em carnes magras, peixes, leites e iogurtes desnatados, queijos brancos e magros, nozes, banana e leguminosas. “A serotonina ainda regula o nosso relógio biológico”, explica. A insulina também tem papel importante no padrão do sono. Hipoglicemia, ou baixa quantidade de açúcar no sangue, costuma ocorrer à noite porque é quando não nos alimentamos. Quando o nível de glicose cai, a adrenalina é liberada como uma fonte se-

cundária. Como o hormônio é estimulante, pode causar distúrbios do sono. Por isso, é necessária a ingestão de carboidratos. “Eles favorecem o aumento nos níveis de insulina, que auxiliam na ‘limpeza’ dos aminoácidos circulantes no sangue”, explica Salete. Algumas fontes de carboidratos são pães, cereais, biscoitos, massas, arroz, frutas, legumes, granola e polenta. Vitamina B6 e magnésio são outros nutrientes essenciais para que o organismo esteja em paz

na hora de ir para a cama. Segundo Salete, os dois também estão envolvidos na produção da serotonina. A vitamina B6 está presente em frango, atum, banana, cereais integrais, levedo de cerveja, arroz integral, cará e semente de gergelim. O magnésio em alimentos como tofu, soja, caju, tomate, salmão, espinafre, aveia e arroz integral. Além de saber o que fazer, é bom ter consciência do que é preciso evitar. Se o objetivo é deitar e relaxar, não exagere na quantidade de alimentos e na ingestão

de comidas gordurosas. Entretanto, de nada adianta refeições equilibradas e ricas nos itens acima se antes de dormir não houver cautela com as bebidas consumidas. Para não correr o risco de ter uma noite de sono agitado ou com pesadelos, a orientação da especialista é não beber líquidos que são fontes de xantina e cafeína, que estimulam o sistema nervoso central. Entre eles: chocolate, café, chá preto ou mate, guaraná, refrigerantes à base de coca e, claro, bebidas alcoólicas.

No caso de serem consumidos, é aconselhável que seja quatro horas antes do sono. Se, mesmo observando as orientações acima, você acaba passando mais tempo tentando dormir do que dormindo de fato, a nutricionista diz que o chá de camomila é uma boa alternativa. “Uma florzinha de longa data, conhecida de nossas tataravós que sempre foi usada para acalmar crises de nervosismo. Ela tem efeitos relaxantes, ameniza a ansiedade e reduz a depressão”, finaliza.


66

Dmais Dmais Dmais Dmais Dmais

Dmais

Dmais Dmais Dmais Dmais Dmais

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

D2

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Corolla 2012 é sucesso em Dourados Modelo supera expectativa de vendas e já ilumina as ruas da cidade com sua nova aparência

A

s ruas de Dourados estão mais iluminadas. É o Corolla 2012 que esbanja beleza com seu novo visual e que enche os olhos de desejos, confirmando, mais uma vez, porque continua no topo da lista dos sedans mais vendidos no Brasil e no mundo. A aparência externa do Corolla 2012 foi atualizada para agradar os consumidores que desejam um design leve que demonstra ao mesmo tempo poder e segurança. O carro líder de vendas no Brasil ficou mais bonito e permanece com tecnologia que garante a tranquilidade de dirigir na cidade e nas estradas. O Corolla ganhou uma pequena mudança nos para-choques, lanternas e grade. O conforto do interior fica ainda mais convidativo com as atualizações externas que, somadas à força do seu motor, torna o ato de dirigir mais prazeroso. Entre as atualizações, destacam-se o farol dianteiro, que ficou um pouco mais profundo e teve leves mudanças de for-

Divulgação

Toyota 2012 está conquistando os douradenses que adoram conforto e sofisticação xaram o Toyota Corolla 2012 tal qual um sedan de luxo, já que os brasileiros consideramno como um veículo com alto padrão de luxo. Aliado a todas estas qualidades o Corolla

2012 é vendido em várias versões por preços que estão dentro da capacidade de uma grande parcela de consumidores que, a cada ano, ficam mais exigentes na escolha de um novo carro. Para o modelo 1.8 XLI e GLI a potência de 136 CV, foi aumentada para 144 CV, passando o motor destas versões para duplo comando de válvulas. Neste contexto, a Toyota com o Corolla assume a dianteira neste mercado cada vez mais competitivo. Em Dourados, o Corolla 2012 está à venda na Douramotors, concessionária Toyota para toda a região, oferecendo assistência técnica de excelente qualidade e um atendimento personalizado, que garante uma viagem segura e a certeza de que a aquisição do Corolla 2012 foi acertada. A Concessionária Douramotors coloca à disposição dos seus clientes um veículo Corolla linha 2012 para test drive com agendamento. A Douramotors Veículos tem sua sede na Av. Marcelino Pires nº 8805, fone 3416-4350, Dourados.

mato, enquanto as lanternas traseiras, ganharam formato mais reto e fino. No interior do Corolla 2012, pode ser observado que no volante foram incluídas funções para

falar ao telefone; e, ainda, nos modelos top incluindo câmera de marcha-ré e portas USB e Ipod. Os detalhes da versão top de linha são cromados e o acabamento em madeira

ganhou novas cores, aumentando o requinte, dando outros ares de sofisticação ao sedan campeão de preferência, entre os brasileiros. Todas estas alterações dei-

Manhã adequada para o cumprimento da lista de pequenas t a r e fa s e o p e rações menores que tornam sua vida mais equilibrada, gostosa e leve. A partir da tarde, tendências contraditórias estarão em jogo, alternando-se no comando de seu coração.

TOurO

Ótimo desempenho em provas, competições, concursos até início da tarde; mostre toda a sua engenhosidade! Você está com segurança para se decidir por opções realistas e adequadas neste período. Depois, começam os testes ao seu autocontrole.

GÊMEOs

Reunir-se com um superior será altamente p r o d u t ivo n a manhã de hoje. Acerte o planejamento de algum negócio importante e capriche na apresentação. De tarde, clima astral estimula seu espírito criativo. Tudo o que você quer é amor!

cÂNcEr

Como o apelo do mundo tem sido intenso nas últimas semanas, é bom você alternar os momentos de alta exposição e atuação externa com escapadas estratégicas. Suas anteninhas estão superpoderosas para captar onde e como pode fazer isso.

lEÃOO O

O dia vai começar a ficar bacana mesmo, pra você, a partir da tarde! Viagens curtas, contatos interessantes, leituras esclarecedoras, conversas animadoras estão no horizonte. Até lá, o jeito é repassar tarefas e ver se está tudo conforme o esperado.

Sensibilidade maior ainda hoje, reserve a parte da manhã para tratamentos, cuidados com a saúde, com o visual e para ajustar situações complicadas em casa ou com a família. De tarde você estará renovado, mais seguro e desenvolto. Contatos sociais!

lIBra

EscOrpIÃO

saGITÁrIO

caprIcÓrNIO

aQuÁrIO

pEIXEs

Horóscopo

Sensibilidade maior ainda hoje, reserve a parte da manhã para tratamentos, cuidados com a saúde, com o visual e para ajustar situações complicadas em casa ou com a família. De tarde, você estará renovado, mais seguro e desenvolto. Contatos sociais!

Clima astral bom pra você acertar pendências com amigos e rever aspectos secundários de projetos em comum. Um amigo pode dar o que pensar - conflitos e altercações resultam de uma grave diferença de expectativas.. Recolhimento saudável.

Você ainda tem alguns dias para aproveitar a grande energia e entusiasmo que vem de Áries, renovando seu cotidiano c o m a t iv i d a d e s divertidas e um gosto maior pela aventura. Hoje, porém, vale mais ser flexível, humilde e ajustar-se aos outros.

NOvElas

Alguns sinais interessantes surgem, você pode se interessar por alguma teoria nova, mas tem de ir lá conferir. Pra quem gosta, c o m o vo c ê , d e praticidade e eficiência, o dia será perfeito. À noite, encargos pesam mais, e talvez se sinta mais só.

www.globo.com

cordel encantado - Miguézim lembra de seu sonho ao saber que Açucena é a princesa perdida. Farid chega à casa de Bartira. Cesária pede que Augusto tenha paciência para tentar conquistar sua filha. Jesuíno vê Felipe dar um presente a Açucena e sai sem que a noiva perceba. Miguézim chega ao palácio no momento em que Timóteo está prestes a entrar para levar Açucena. Miguézim impede a entrada de Timóteo no palácio e o enfrenta. Todos na cidade acordam assustados com a pregação de Miguézim. Miguézim afirma a Açucena que ela corre perigo. Jesuíno tenta falar com a noiva, mas Felipe o afasta. Augusto pede consolo a Úrsula e Cesária vê os dois juntos. Dora consola Jesuíno. Açucena se preocupa com Cícero. Timóteo manda Tibungo dar uma lição em Miguézim. Bartira revela para Farid que está grávida. Neusa faz promessa para engravidar. Lilica procura Nicolau no palácio. Miguézim é levado pelos capangas de Timóteo. Janaína leva Nidinho para acalmar Petrus. Antônia desmaia e Benvinda a acode. Bel e Zóio-Furado deixam Cícero em uma estrada deserta, mas Penélope o encontra. Felipe beija Açucena, contra a sua vontade, quando Jesuíno chega. Morde e aSSoPra - Virgínia revela para Júlia que já tinha um caso com John. Júlia descobre que John e Virgínia pretendiam roubar seus fósseis. Cristiano briga com John para defender Júlia. Pimentel aceita investigar Naomi. Júlia tenta denunciar John e Virgínia por tráfico de fósseis. Guilherme diz que não sabe porque Inês mentiu sobre ele. Everton mostra o vídeo de Inês para a família de Alice. Padre Francisco se afasta de Melissa. Wilson suspeita que foi Caco quem colocou o vídeo da irmã na Internet. Minerva invade a casa de Eliseu para reclamar de Inês e a acusa de inventar mentiras sobre Guilherme. Virgínia planeja comprar a fazenda de Abner com a verba dos financiadores secretos de Júlia. Ícaro conta para Júlia que mandou investigar Naomi. Melissa diz a Pimentel que está apaixonada por outro homem. Ícaro encontra Naomi tocando piano e se emociona. Abelha tenta seduzir Cristiano quando Júlia surge. John e Virgínia influenciam Minerva contra Júlia. Celeste se aconselha com Áureo para conquistar Abner. Pimentel avisa Herculano e Xavier que irá se ausentar por um tempo. Márcia passal mal e Dulce a acode. John demite Júlia da pesquisa. Janice avisa Júlia que sua conta no hotel não está sendo paga. Naomi entrega o resultado do teste de DNA para Ícaro e os dois se beijam. InSenSato coração - Carol desconfia da intimidade entre Leila e André. Pedro desconversa quando Marina pergunta sobre a investigação do roubo da imagem. Raul e André sentem uma antipatia mútua. Carol questiona André sobre Leila. Helena convida Wanda para morar fora com ela nos Estados Unidos. Bibi faz uma entrevista coletiva para falar sobre a sua relação com Henrique. Os vizinhos hostilizam Eunice. Serginho convida Olívia para sair. Norma se irrita por não ter encontrado nenhuma pista do paradeiro de Léo. Pedro entrega a Freitas a escuta que usava no encontro com Darcy e avisa que ela aceitou sua proposta para ver as imagens em uma igreja. André tem uma conversa séria com Leila e pede para ela sair de sua casa. Norma comenta com Cida que vai procurar um detetive para encontrar Léo. Raul fica incomodado ao descobrir que Léo será seu vizinho. Natalie convence Cortez a passar a noite com ela. Leila se encontra com Cecília e Fabíola para acertar o pagamento do quarto onde vai morar. André fica pensativo ao ler um bilhete deixado por Leila. Norma encontra Jandira na saída do presídio. Cortez elogia o trabalho de Léo. Jandira mostra a Norma a foto de Léo na revista e ela descobre o nome completo de seu inimigo

Respostas para seus profundos questionamentos devem começar a chegar a partir de hoje. Através de contatos com pessoas de fora de seu círculo, leituras, viagens de trabalho, informações da mídia. Fique ligado para entender as mensagens.

vIrGEM

Este é um período de intensa plantação no campo financeiro e profissional e você não pode perder o astral de hoje de manhã, excelente para contatar clientes novos e antigos, e planejar uma ação conjunta com seu sócio. Depois, relaxe e curta a vida!

palavras-cruzadas

SOluçãO antERiOR

ÁrIEs


D2

Dmais Dmais Dmais Dmais Dmais

Dmais

Dmais Dmais Dmais Dmais Dmais

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 maio de 2011

7

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Doze erros que acabam com os cabelos A falta de cuidados no dia a dia é a maior inimiga dos fios bem tratados: veja como ter um cabelo perfeito

P

ode acreditar, não há mulher neste mundo que não tenha alguma reclamação para fazer do próprio cabelo: oleosidade, pontas duplas, ressecamento, fios preguiçosos, cabelos quebradiços, opacos, muito volume, pouco volume e outros dramas de arrepiar as madeixas. O lado bom da história é que todo esse xororô pode ter fim. Bastam que os cuidados e as recomendações dos especialistas sejam seguidos à risca em casa. A seguir, você confere quais são os hábitos que mais detonam os fios e aprende como fazer para se livrar deles de vez. 1. Passar condicionador na raiz: o condicionador colabora com o aumento da oleosidade e, como tampa os poros capilares, aumenta a incidência de caspa. “Existem cabelos que possuem raiz oleosa, e o condicionador aumenta ainda a produção de sebo. Já a caspa pode aparecer em casos avançados, já que o condicionador irá fazer o couro cabeludo ficar com excesso de umidade, tampando os poros capilares”, explica o cabeleireiro Gennaro Preite. 2. Deixar o condicionador no cabelo: os condicionadores abrem as escamas dos fios. “Assim conseguem penetrar e tratá-los”, afirma o cabeleireiro Paulo César Schettini. Mas deixar o produto depois do banho é péssimo, porque as escamas não se fecham, o cabelo fica elástico e acaba se quebrando à toa. 3. Esquecer as hidratações: a hidratação tem a capacidade de dar leveza e nutrir os cabelos, recuperando a maciez, o brilho e o aspecto saudável deles. Em função do grande uso dos produtos químicos (tinturas, alisamentos, relaxamento, entre outros), os fios tendem a ficar danificados. A função da hidratação é de reverter tudo isso. Mesmo os fios oleosos merecem hidratações, feitas com produtos específicos. 4. Lavar os cabelos com água quente: evite a água muito quente, pois ela pode causar irritações no couro cabeludo, estimulando a produção de sebo e favorecendo a oleosidade, o que também inibe o crescimento dos fios. “Varie sempre o xampu e o condicionador e use um xampu de limpeza profunda (uma vez

por semana ou a cada 15 dias) para retirar excessos de químicas, sujeira e oleosidade para que o couro respire melhor”, explica o cabeleireiro Marcus Corazza. 5. Usar máscara hidratante na praia: não adianta inventar. Para tomar sol, o ideal é passar um creme sem enxágue com proteção solar. E nada mais. “Muitas mulheres acham que, usando uma máscara mais poderosa, estão protegendo o cabelo”, diz Paulo César. Na verdade, elas estão queimando os fios. Esses produtos, além de não formarem uma capa contra os raios ultravioletas, têm um tempo de permanência. Excedê-lo enfraquece os cabelos. 6. Prender os fios molhados: fazer isso uma vez ou outra não tem problema nenhum. Mas achar que vai domar o volume dos fios dando um bom nó em volta deles é assinar um atestado de raiva permanente. “Manter o couro cabeludo molhado por muito tempo faz juntar fungos e criar caspa, além de enfraquecer a raiz e provocar a queda”, afirma Paulo César. Usar um leave-in e evitar o vento enquanto a cabeça não seca são medidas suficientes para evitar o cabelo armado demais. 7. Passar chapinha no cabelo molhado: este é um daqueles pecados sem misericórdia nenhuma. A gravidade é tanta que dá para sentir os efeitos na mesma hora. Os fios são profundamente agredidos. Além de queimados, eles se quebram. “O único jeito de consertar é cortando”, alerta Paulo Schettini. Antes de usar a prancha, seque bem os cabelos. Nem úmidos eles podem estar. 8. Usar o secador do jeito errado: procure mantê-lo a 30 centímetros de distância da cabeça e sempre com a temperatura intermediária ou fria, nunca na máxima, para não queimar e danificar os fios. Também evite direcionar o jato quente para a cabeça, isso estimula a oleosidade na raiz e diminui a duração da sua escova. 9. Ficar mais de três meses sem cortar: para muita gente, isso é papo de cabeleireiro. Mas não é, fique certa. A não ser que seu cabelo demore muito para crescer, este é o tempo médio de duração de um corte. Passada essa fase, as pontas começam

a abrir e os fios quebram-se com facilidade. Os arrepiados aumentam o volume e os fios fracos começam a cair. 10. Desembaraçar com escovas maleáveis demais: as cerdas moles são de manuseio mais difícil, além de quebrarem os fios. Por isso, os especialistas recomendam um pente com dentes bem largos e firmes, ou uma escova do tipo raquete, mais resistente. 11. Fazer mais de duas químicas: você precisa escolher os tratamentos que quer aplicar. Re-

laxamento, coloração, progressiva, luzes... tudo isso junto deixa os fios porosos e fracos demais, arrebentando todas as pontas. “Escolha dois tratamentos, no máximo, e faça hidratações mensais, no mínimo”, indica Paulo. 12. Dispensar o leave-in: quem pretende aderir ao look natural, atenção para o alerta da cabeleireira Daniela Rocha: sem xampu, condicionador e cremes leave-in (cremes sem enxágue) não existem cachos bonitos. Isso porque cabelos crespos precisam

de mais cuidados, pois as curvas dos fios dificultam que a oleosidade natural presente na raiz chegue até as pontas - assim, elas acabam ficando ressecadas, daí a importância da hidratação. E nada de improvisar, usando o condicionador como se fosse um leave-in. “O enxague é necessário no caso do condicionador. Só assim as cutículas (camada externa) dos fios são fechadas. Do contrário, o cabelo enfraquece, quebrando mais facilmente e aumentando o efeito arrepiado”, diz a profissional.


Adiles COlunA dA

"O perdão é a forma final do amor" (Reinhold Niebuhr)

O PROGRESSO

15 anos de Laura Verão

Para comemorar seus 15 anos, Laura Verão recebeu amigos e parentes no Restaurante Guarujá. Foi uma linda festa, organizada por Verinha Manfredini Eventos e fotos de Flávio do Studio FHOX, decoração da Leslie, buffet elaborado pela Graça do Guarujá, bombons da Bete, bolo cenográfico da Ivete, Hair Stylist Ilson do Detalhes da Beleza e o mestre de cerimônia foi o competente Paulo Corrêa.

Laura Verão e sua mãe Ana

Vanessa, Danielly, Julia, Loren, Laura, Thaline, Letícia, Amanda, Bruna, Bárbara, Gabrielli, Katharine e Nany.

Aniversariantes Parabéns para Matheus Barbosa de Oliveira, que aniversaria amanhã, recebendo o carinho dos pais Orlando de Oliveira Jr. e Evelyn F. Barbosa

Aniversariando hoje, o colega de trabalho Agnaldo Matos de Oliveira, que recebe os parabéns da esposa Valdenice, que aniversaria na quinta-feira (19).

Janaína Ávila continua recebendo os parabéns de toda equipe da Arezzo.

Em Maracaju

No dia 28 do corrente, a primeira dama de Maracaju, Giovana Correia Vargas, vai promover feijoada beneficente. Participe, vai ser show!

Casamento

Laura Verão e Mai Taemdee

Mei Lin, Adolfo, Laura, Eric e Marilene

Saúde

Você sabia que tomar suco de maçã à noite é ótimo para dormir bem? É bom comer alface à noite, ajuda a dar sono.

Perguntar não ofende

A aniversariante Laura Verão

Studio Blanche Torres em Fátima do Sul Antônio Firmino Vieira e Ercília Pereira da Silva unem-se em matrimônio neste sábado, na Igreja Deus é Verdade, recebendo os cumprimentos dos amigos e do pastor Sebastião. Alunas de BabyClass do Studio Blanche Torres, em Fátima do Sul, com a professora cubana Lorena Hernández.

AnivERSARiAntES dE HOjE Gisele C. Fuji Adão Valenzuela Vitor Yoshikawa Ralf Marques Alexandrino Barbosa Elizabete Almeida Prado Tereza Rodrigues Nivaldo M. da Silva Margarida A. Bezerra Oscar M. da Silva AmAnHã Saulo Espanhol João Arnar Ribeiro Fauser O. Maia Terezinha Marin Tulia Paggi Antonio Rolin Juceli Cardoso Sebastião Novaes Veruska Cavalheiro Ary Rigo Matheus B. de Oliveira Nilson P. de Carvalho

Flashes

O que os nossos parlamentares responsáveis pelas nossas leis estão esperando para mudar as leis de execuções penais? O maníaco da Cruz, em breve, será solto. Sabem por que? Porque a lei diz que ele era menor na ocasião dos crimes, fica três anos e tchau... Pode?!

Datas

O jornalista Dimas Braga divulgou na sua revista de Campo Grande "Infnews", pesquisa do Ibrape, onde o Jornal O Progresso é o mais lido em Dourados, com 61% e os outros, com 29%. Obrigada pela surpresa!

Hoje dia de: São Matias; Dia do seguro; Em 1811, independência do Paraguai; Morte, em 1987, da atriz Rita Rayworth; Em 1993, no Rio de Janeiro, bicheiros são presos; Maluf é lançado candidato a presidência, em 1989; Em 1989, Collor afasta-se do governo de Alagoas para concorrer à presidência pelo PRN.

Hoje

A partir das 20h, no Tattersal do Sindicato Rural, 8ª edição do LeiloDom, leilão beneficente em prol da Rede Feminina de Combate ao Câncer.

Pensamentos

As pessoas maldosas só sabem destilar veneno... Por isso, vivem caluniando as pessoas que trabalham honestamente. Amigos são parentes que a gente pode escolher.

Wagner Batista (arquiteto de Caarapó) foi o primeiro cliente da Douramoto a comprar uma Super Teneré XT 1200. Na foto, com o proprietário da Douramoto, José Rosa e Guilherme.

Alunas de pré-balé do Studio Blanche Torres em Fátima do Sul.

"O amor, diz velho ditado, é o nada de uma ilusão... mas esse nada é tão grande que enche o meu coração..."

Salmo

W. Torres

"O justo florescerá como a palmeira; crescerá como o cedro no Líbano".


1 - EsportE

O PROGRESSO

MAto Grosso Do sUL, sรกbADo/DoMinGo, 14/15 DE MAio DE 2010


2

Polícia Polícia Polícia Polícia

Polícia

Polícia Polícia Polícia Polícia

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

D1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Conselho Tutelar

Pai espanca bebês com relho de cavalo Gêmeos de 9 meses apresentam cortes profundos no rosto e hematomas em todo o corpo Segundo informações, vizinhos, que ouviram os gritos das crianOURADOS – Bebês ças desconfiaram de crimes de gêmeos, uma menina maus-tratos e resolveram pedir e um menino de 9 ajuda. A conselheira Maria de meses, foram espanFátima Medeiros esteve no cados com um relho de cavalo local. Ele conta em Dourados. O que ao chegar crime aconteceu Pai, de na casa se depana noite de quin33 anos, rou com a mãe ta-feira em uma seria da criança, uma residência locaalcoólatra e adolescente de lizada na Rua viciado em 15 anos. A meSilidônio Verão, nor revelou que drogas no bairro Parque ainda tentou sodos Coqueiros. correr as crianças As vítimas sofreram cortes profundos no rosto e lesões mas foi impedida pelo pai. Na por todo o corpo como braços, ocasião, ele teria tentado agredi-la, fato que fez com que se barriga e cabeça. As vítimas foram socorri- escondesse atrás da casa onde das por uma equipe do Conselho moram. Segundo a mãe, o pai Tutelar, que foi acionada através tem 33 anos, é alcoólatra e dedo serviço Disque Denúncia. pendente químico. Ele fugiu do

Hédio Fazan

Valéria Araújo

D

Crime Ambiental

PMA prende traficante com canários peruanos

Divulgação

As crianças estão internadas no Hospital Universitário local minutos antes da chegada do Conselho Tutelar. A mãe faz tratamentos na saúde mental.

Decisão

Juiz manda soltar PF que matou policial militar

D

Essa foi a maior apreensão de aves contrabandeadas de 2011

M

IRANDA - Policiais Militares Ambientais de Miranda, em fiscalização na BR262, em frente ao Pelotão, realizou a maior apreensão de aves de 2011. Na ação, realizada na manhã de ontem, por volta das 5h, um homem foi preso acusado pelo tráfico de aves. Segundo a PMA, ele foi preso com 1.250 canários peruanos. O acusado estava conduzindo um veículo VW/ GOL, com placas de Corumbá. As aves estavam escondidas no porta malas, em 25 pequenas gaiolas, que estavam cobertas com sacolas plásticas. Depois de preso, o acusado relatou aos policiais ambientais que havia comprado as aves em Corumbá de um homem conhecido por “Tico” e que não sabia o nome verdadeiro dele. Os pássaros serão encaminhados ao Centro

de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras), em Campo Grande, onde serão dados os destinos adequados para cada canário. O acusado foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Miranda, onde foi autuado em flagrante, acusado de tráfico de aves. A pena para este crime é de três meses a um ano de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 625 mil. A PMA tem dados que indicam que os canários saíram do Peru e da Bolívia e seriam levados para Brasília e também na região Nordeste para serem utilizados em rinhas. Esta é a quarta grande apreensão de canários peruanos nos últimos oito meses. Em fevereiro deste ano foram apreendidos 1.005, neste mês 1.022 e, em setembro do ano passado 1.236.

OURADOS - O juiz Adriano da Rosa Bastos concedeu, na tarde de ontem, liberdade provisória ao agente federal Leonardo Lima Pacheco, acusado de matar o policial militar Sandro Alvares Morel e deixar ferido o também PM José Ferreira Souza. O crime aconteceu no último domingo na casa do acusado. De acordo com os autos do processo, Leonardo alegou ter agido em legítima defesa. No documento, ele diz que “temendo ser vítima de uma agressão atual e injusta acabou disparando contra o policial militar, ceifando-lhe a vida”. O juiz indeferiu o pedido de relaxamento de prisão mas concedeu a liberdade provisória. O juiz analisou documentos e concluiu que o acusado “é primário, sem antecedentes criminais, ou seja, em tese o fato isolado na sua vida, razão pela qual indica-se que não há uma personalidade voltada para a prática de delitos e que possui uma conduta social ajustada, não havendo indicativo de que a liberdade trará prejuízo a ordem pública. (...) Não há fundamento concreto que indique que sua liberdade trará prejuízo a instrução criminal, mesmo porque, pelos documentos trazidos com o requerimento ora analisado, verifica-se tratar de bom profissional e com personalidade que não leva a crer que prejudicará de alguma forma a produção de provas”, alegou o magistrado. De acordo com o delegado que conduz as investigações, Humberto Perez Lima, o policial federal deverá prestar depoimento oficial na próxima segundafeira. Com o alvará de soltura em mãos, o advogado Fernando Azuma, que faz a defesa de Leonardo foi até a Delegacia de Polícia Federal para apresentar o documento para libertar o cliente.

Maria de Fátima disse que como medida de prevenção, encaminhou ao Lar Santa Rita

o terceiro filho do casal, uma criança de 2 anos, que presenciou toda a agressão. Os gêmeos foram levados às pressas para o Hospital Universitário, onde estão internados. Uma assistente social do hospital acompanha tudo. De acordo com informações do HU, as crianças passaram por uma primeira avaliação, foram transferidas para o Pronto Atendimento Pediátrico e devem ser encaminhadas para a ala de Pediatria. O quadro clínico é estável e ambas não correm risco de morte. Elas seguem em observação e não há previsão de alta. O Conselho Tutelar registrou Boletim de Ocorrência e encaminhou denúncia para a Promotoria da Infância e Juventude de Dourados. O pai está foragido.

CREAS Este ano o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) já atendeu 48 crianças vítimas de violência. Destas, 20 foram vítimas de estupros, uma de exploração sexual, uma de ameaça psicológica, uma agressão física e ameaça, uma agressão física e psicológica, quatro agressões físicas, seis maus-tratos, uma agressão psicológica e 10 trabalhos infantis. Das vítimas, 27 são do sexo feminino, 21 são do sexo masculino e um caso é indígena. Seis crianças têm entre 0 e 6 anos, 28 têm entre 7 e 14 anos e 14 das crianças agredidas têm entre 15 e 17 anos. No ano passado, foram 133 casos de violência contra a criança.

Segurança Pública

Rodoviária Federal recebe novas viaturas

Divulgação

D

OURADOS - A Polícia Rodoviária Federal recebeu ontem dez novas viaturas de um total de 15 que ajudarão nos trabalhos desenvolvidos em diversas atividades. As viaturas restantes já estão compradas, dependendo apenas de questões documentais para serem remetidas ao Mato Grosso do Sul. A PRF recebeu cinco caminhonetes Nissan / Frontier, sendo três delas preparadas com compartimentos especiais para transportes de pessoas infratoras, conforme normas internacionais de direitos humanos, e outras duas do mesmo fabricante para ações rotineiras e operações especiais. Também foram adquiridas cinco caminhonetes GM / Blazer para atividades de apoio operacional. Segundo o Superintendente da PRF em Mato Grosso do Sul, Inspetor Valter

PRF ganha novas viaturas para reforçar fiscalização Aparecido Favaro, “estas viaturas trazem mais agilidade ao trabalho policial e segurança tanto para a sociedade quanto para os próprios policiais. Mesmo com a contenção de gastos, o governo federal por intermédio do Ministério da Justiça, está apoiando o Departamento de Polícia Rodoviária Federal em suas iniciativas de tornar sempre

prestar um serviço eficiente à sociedade”. As dez viaturas estiveram em exposição durante esta tarde na “Cidade do Trânsito”, em Campo Grande, onde a Polícia Rodoviária Federal está com um estande até domingo, com demonstrações de equipamentos e prestando esclarecimento e informações à população.

Acidente

Caminhão desgovernado invade casa em Vicentina

Renato Vessani

V

ICENTINA - Um caminhão modelo “Cara Chata”, da marca Mercedes Benz, com placas de Vicentina, invadiu uma casa, localizada na esquina das ruas Weimar Gonçalves Torres e Santa Catarina, nas proximidades do Hospital Maria Santos Bastos, área central de Vicentina. O acidente aconteceu na manhã de ontem, por volta das 10h30. Segundo informações de testemunhas à polícia, o caminhão desceu desgovernado por, aproximadamente, 70 metros até bater contra o muro da frente da residência, que ficou destruído, o veículo só parou após bater numa das colunas, de concreto, da residência. O motorista e proprietário do caminhão, Cido Gomes,

Caminhão destruiu o muro e bateu na parede da casa informou à reportagem do site Fátima Informa que estava aguardando o caminhão ajuntar ar no compressor para poder sair, quando ele teria descido. Francisca Conceição Alves, de 58 anos, proprietária da residência, contou que no momento do acidente não tinha ninguém na casa. Ela

estava no trabalho. A moradora informou que o proprietário do caminhão teria ido ao seu trabalho avisar sobre o acidente. Uma equipe da Polícia Militar do município esteve no local para fazer os levantamentos. Nenhuma pessoa ficou ferida. (Com informações de Renato Vessani)


E1

Esporte Esporte Esporte

Esporte

Esporte Esporte Esporte

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

3

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Santos

Rafael diz estar pronto para os pênaltis “Não penso ser herói, mas se a decisão for para os pênaltis, eu sei como todos eles batem”, afirmou Rafael

S

antos - Rafael terá jogos seguidos pelo Paulisuma motivação espe- tão e pela Libertadores. Mas, cial na finalíssima do para compensar, ele assistiu Campeonato Paulis- aos vídeos montados pela ta, amanhã, contra o Corin- equipe da TV Santos com os thians, na Vila Belmiro. Se últimos pênaltis batidos pelos não levar gol, como já aconte- corintianos. ceu nos últimos seis jogos do “O aproveitamento deSantos, ele vai ficar a apenas les contra o Deola (goleiro 40 minutos da do Palmeiras, marca histórica Rafael está perto na semifinal do de 691 minutos Paulistão) foi de de se tornar o sem ser vazado 100% porque, goleiro que ficou de Fábio Costa, quando o pênalti maior tempo em 2006. Se o 0 é bem batido, o sem tomar gol a 0 do primeiro goleiro não pega da história jogo das finais mesmo acertanse repetir, a dedo o canto em cisão será em cobrança de que a bola vai”, contou Rafapênaltis, o que não assusta o el, cujo histórico em pênaltis goleiro santista. é positivo. Desde que ele se “Não penso ser herói, tornou titular do time, foram mas se a decisão for para os 10 pênaltis contra o Sanpênaltis, eu sei como todos tos, com quatro defesas, três eles batem”, afirmou Rafael, chutes para fora e três gols ao comentar sobre os cobra- marcados. dores do Corinthians. O goleiMesmo estando muito ro santista pouco tem treinado perto de se tornar o goleiro fundamentos, em razão dos que ficou maior tempo sem

tomar gol da história do Santos, em menos de um ano como titular, Rafael afirma que trocaria o sucesso individual pela faixa de campeão. “Não entro em campo pensando em bater recorde, mas, se acontecer, ficarei feliz. Prefiro muito mais ser campeão a alcançar a marca histórica. Estou lá para ajudar. O importante é a gente ganhar o título”, avisou. Para Rafael, o Corinthians, por jogar fora de casa no domingo, vai apostar no contra-ataque e marcar mais forte do que fez na primeira partida da final, realizada no Pacaembu. Por isso, segundo o goleiro, o Santos precisa ter cuidado. “Eles tem jogadores rápidos e que sabem fazer bem o abafa. Além disso, Liedson é muito perigoso. Tanto que no primeiro jogo, Neymar quase fez o gol para o Santos e o Corinthians recuperou a bola e por pouco não marcou

Gauchão

Finalmente

Internacional faz treino fechado no Gigante

Divulgação

Para conquistar o gaúchão, Inter precisa vencer por 2 gols

P

oRto aLEGRE (Rs) - O Internacional intensifica a preparação para o segundo clássico decisivo do Gauchão que será disputado amanhã, às 15h, no Olímpico. A quarta-feira será de carga dupla de treinos, e no primeiro turno de atividades, o técnico Paulo Roberto Falcão orientou um trabalho tático no gramado principal com os portões cerrados. A movimentação durou cerca de uma hora e serviu para o técnico fazer observações. Pela tarde, o grupo realizará um trabalho físico. O Inter deverá ter o retorno de Guiñazu na partida de volta. O jogador argentino ainda será julgado na quinta-feira, mas a

tendência é que ele seja condenado a apenas uma partida, já cumprida no Gre-Nal do último domingo. O mesmo deve ocorrer com Bolatti, que será julgado pela expulsão diante do Juventude, na semifinal da Taça Farroupilha. Tinga, suspenso pelo terceiro amarelo, e Rafael Sobis, lesionado, são os desfalques. O zagueiro Rodrigo participou do treino desta quarta, mas segue sendo observado pelo departamento médico. Para conquistar o título gaúcho, o Inter precisa vencer por dois gols de diferença. Vitória por um gol de vantagem só serve a partir do escore por 4 a 3. Novo placar de 3 a 2 leva a decisão para os pênaltis.

Ricardo Saibun

Rafael pode entrar para história do Santos como goleiro com maior tempo sem levar gols com Bruno César”, lembrou. Mas, apesar de respeitar a força corintiana, Rafael considera que o título está mais para o Santos. “Temos uma oportunidade de ouro

para ganhar o segundo título paulista seguido, diante da nossa torcida. Isso nos deixa feliz. No ano passado, fizemos história conquistando pela primeira vez a Copa do

Brasil para o Santos e agora temos a chance de ganhar a primeira decisão do Campeonato Paulista pelo sistema de mata-mata na Vila Belmiro”, concluiu o goleiro.

Corinthians fecha contratação do meia Alex

S

ão PauLo - Com cinco meses de atraso, o Corinthians finalmente conseguiu acertar a contratação do meia Alex, do Spartak de Moscou, da Rússia, que era um pedido do técnico Tite e o grande sonho da diretoria corintiana desde o início da temporada. Depois de ouvir “não” dos russos algumas vezes, o clube enviou o diretor adjunto de futebol, Duílio Monteiro Alves, à Rússia para sacramentar o negócio. E o acordo foi fechado ontem. Contratado por 6 milhões de euros (cerca de R$ 16 milhões), Alex defenderá o Corinthians nos próximos três anos. O negócio, porém, era para ter sido anunciado apenas na próxima segunda-feira, dia em que o Corinthians promete anunciar seu recheado pacote de contratações para o Campeonato Brasileiro. Mas o Spartak Moscou acabou revelando o acordo ontem. Além de Alex, um volante experiente também será contratado pelo Corinthians. O clube ainda corre para fechar com um zagueiro, com um goleiro (o jovem Renan, do Avaí, é o nome mais cotado), com o meia holandês Seedorf (Milan) e com o atacante André (Dínamo de Kiev, da Ucrânia). O lateral-direito Weldinho, ex-Paulista, o volante Edenilson, ex-Caxias, e o atacante Gilberto, atualmente no Santa Cruz, são outros que devem vestir a camisa corintiana no Brasileirão. Evitar falar em contratações é missão dos dirigentes

corintianos para não prejudicar a preparação da equipe para a decisão do Paulistão, domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro. Mas faltou combinar com o Spartak, que soltou ontem uma nota revelando a saída de Alex. “Alex viajará ao Brasil para um exame médico e para discutir seu contrato pessoal. Se passar no exame, então os dois clubes irão assinar o contrato de transferência”, diz o comunicado publicado no site oficial da equipe russa. Assim, Alex desembarca no Brasil neste sábado. Deve ir direto para a realização dos

exames médicos, numa clínica em Santana, zona norte de São Paulo. Depois, com os resultados em mão, parte ao Parque São Jorge para a assinatura do contrato de três temporadas. Apesar do acerto, o meia de 29 anos, que foi revelado pelo Guarani e ganhou notoriedade em seis temporadas no Internacional (2004 a 2009), ainda não sabe quando poderá entrar em campo pela primeira vez com a camisa do Corinthians. A janela de transferência europeia só abre em agosto, o que custaria 13 rodadas do

Brasileirão ao novo maestro corintiano - Alex deve vestir uma camisa com número diferenciado, já que a 10 pertence a Adriano. A estreia, portanto, ficaria para a 14ª rodada do campeonato, diante do América-MG, no Pacaembu. Mas há a esperança de que a estreia seja antecipada para a 11ª rodada, diante do Cruzeiro, também em casa. No ano passado, a Fifa atendeu um pedido da CBF e antecipou em duas semanas a abertura da janela de transferências, o que deve ser repetido nesta temporada por solicitação dos clubes.


4

Esporte Esporte Esporte Esporte

Esporte

Esporte Esporte Esporte Esporte

Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

E1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Série A

Sete aposta na experiência para vencer Jogo contra o Ivinhema hoje é encarado como o da classificação para as quartas de final do Estadual com atletas diversos. E a semana também foi de muitas conversas. DiáOURADOS – A vitória que o Sete logos abertos que sempre o de Dourados tan- técnico realiza com o elenco. to busca em casa e E particularmente o de onque bate na trave, pode vir tem teve conotação com a nesta noite contra o Ivinhe- importância da partida conma, no Douradão, a partir tra o Ivinhema. “Falei com eles de duas sidas 19h30. Pelo tuações: a immenos é o que Meia Gilberto portância de um acredita o técnié uma das bom resultado co Eloi Kruger. grandes e de um granE tamanha conesperanças de apresentação fiança se deve do Sete para a torcida ao fato dele popara hoje que merece”, der contar com resumiu o treio meia Gilberto que está recuperado de lesão nador Eloi Kruger. E o Ivinhema, que pree fisicamente ele está bem. “Em um jogo como este, a cisa de pontos, muito mais experiência conta muito, e que o Sete deve apostar o Gilberto é um dos mais num jogo de contra-ataques. rodados em clássicos como “Eles querem a classifio deste sábado”, disse o cação assim como nós. E as armas que eles tiverem técnico. usarão contra nós. Eu partiApesar de ainda estar em dúvida como escalará cularmente aposto que eles a equipe, o treinador está vão imprimir um forte ritmo comedido em afirmar algo de marcação e tentar nos sobre a equipe titular. Tudo surpreender com contra-ataporque ainda não tem em ques”, avalia Kruger. E por pensar dessa formãos os nomes dos jogadoma e entitular o treinador res que estão liberados pelo Departamento Médido. E do Ivinhema Douglas Risegundo ele, isso pode acon- cardo como um moderno tecer até uma hora antes da técnico, que Eloi reza para poder contar com um time partida. E como a semana foi extremamente experiente de interrogações sobre qual para essa partida que não atleta poderá contar e de será nada fácil para o time como montará a equipe douradense. E os atletas que para enfrentar o Ivinhema, o estão em avaliação médica treinador optou em realizar é tudo que ele deseja para o vários esquemas de jogos Ivinhema.

Fotos: Marcelo Humberto

Marcelo Humber to

D

Eloi Kruger aposta em jogadores experientes para hoje

Velocidade

Circuito de Rua de Kart será neste final de semana

C

AMPO GRANDE - A Capital sedia hoje e amanhã, em frente ao Parque das Nações Indígenas, na Via Park, o I Circuito de Rua Pantanal de Kart como parte das atrações do projeto “Domingo na Avenida é a gente que faz”. A prova terá supervisão da Federação de Automobilismo de Mato Grosso do Sul. A corrida contará com pilotos profissionais dos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, e também de pilotos do Paraguai e acontecerá nas categorias Cadete (idade mínima de 6 anos), Executive, Five Speed, Super F4 e F4. O trajeto do circuito – aproximadamente 700 metros –, percorrerá a Avenida Professor Luiz Alexandre de Oliveira, Rua Ivan Fernandes Pereira e Rua Hélio Yoshiaki, que serão fechadas e terão fluxo de trânsito remanejado, a partir de hoje, às 5h. Dez mil unidades de pneus amarrados por sete mil metros de cordas e rolos de feno garantirão a proteção do trajeto, auxiliando no amortecimento em caso de colisão. O evento é aberto ao público. São esperadas cerca de seis mil pessoas. Hoje, as atividades começam às 14h, com os treinos livres. E amanhã, das 7h às 17h, será realizada a competição, com pódio previsto para as 17h15.

Técnico Douglas Ricardo quer vencer o Sete no Douradão

Leda

Amador pode definir hoje mais classificados Marcelo Humberto

D

OURADOS – A nona rodada do Campeonato Amador da Leda pode definir hoje e amanhã mais dois classificados para as quartas de final da competição. E são confrontos decisivos para quem sonha em possivelmente disputar o título da competição. “Algumas equipes podem se classificar com até três pontos. E a rodada deste final de semana está equilibrada. Ninguém é de ninguém até o final da partida”, observa Mário Lucio da Silva Manteiga, que acredita em rodada a ser decidida em detalhes. Hoje, às 15h, o Real Cachoeirinha, com quatro pontos, decide a sua permanência no Amadorzão enfrentando o Douradina Esporte Clube que tem três pontos. Na avaliação de Manteiga, essa partida é muito delicada. Como as duas equipes mantêm no elenco jogadores técnicos e decisivos para situações como essa, o vacilo pode resultar em gols. E as atenções são redobradas dos dois lados. Neste domingo, às 15h, o União Nova Dourados/Santa Pura, com um ponto conquistado, decide a classificação com o Inter Flórida/Erva Mate Caseira que tem três. Para o Inter Flórida/Erva Mate Caseira, vencer é tudo.

Inter Flórida decide amanhã na Leda vaga para as quartas E essa mesma situação eles viveram no ano passado, quando disputaram duas decisões simultâneas e perderam as duas. “Este ano não podemos cometer os mesmos erros do passado que está enterrado e serviu como um grande aprendizado para nós. E colocamos em nosso projeto de trabalho este ano conquistar as maiores competições da cidade. E o Amadorzão é meta nossa. Nada de erros”, destacou Binho da Erva Mate Caseira, que é patrocinador da equipe. E o técnico Jânio do Inter Flórida reconhece que enfrentar um adversário que precisa de pontos para se classificar é uma faca de dois gumes. Tanto

pode dar certo para a sua equipe encaixar contra-ataques precisos como pode sofrer uma grande pressão e sair com derrota. “É uma partida onde devemos ser cautelosos. Temos que respeitar a posição em que eles se encontram e buscar com nossa forma de jogar, o gol que é o que mais interessa a nós”. Além da vaga para as quartas de final do Amadorzão, o Inter Flórida/Erva Mate Caseira disputa ainda no domingo uma vaga para a final da Copa Okinawa de Futebol Society, categoria veterano. Outro título importante que o clube quer. E esse pode ser o bicampeonato da equipe.


Classificados

Classificados Classificados

Classificados Classificados

O PROGRESSO - Dourados, Mato Grosso do Sul, sรกbado/domingo, 14/15 de maio de 2011 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO


2

Classificados Classificados

Classificados

Classificados Classificados

C2

O PROGRESSO - Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

48760

49065

48966

JARDIM MARACANÃ

JD. DAS PRIMAVERAS

PQ NOVA DOURADOS

Rua Rio G. Sul, 156. Gondim creci 2645 3421-0034

3 peças. R: G13, Guaicurus. 8123-0368 9924-4153

BNH 2. PLANO

EM RIO BRILHANTE 1 suíte, 2 qts, sl, coz, wc, A.S ampla. 9961-6100

Casa com 2 quartos, sala, cozinha, sala de jantar, wc, murada com ar condicionado. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888

1 Suíte, 2 qts, sl, coz, wc, piscina. Não finnacia. R$ 180 mil. Aceito carro. (67) 9237-3078

01 apto, 02 qtos, sala c/ lavabo, copa, coz, R$ 165.000. 34232255/9957-4597 (Imob. Athenas)

Casa c/ sala, copa, coz, 3 qtos, wc, área de serviço, garagem aceita carro ou imóvel no negócio. Imob. Ajur ycaba 820J. 34219888

FLÓRIDA I

JARDIM MÔNACO

Casa c/ suíte, 2 qtos, sala, wc, coz, área de seerviço e varanda, lote de 420m². Imobiliária Ajurycaba 820J. 3421-9888

Casa c/ 2 suítes, sala estar/jantar, bar, coz planej., escr, lavanderia, wc, armário emb. e garagem. Imob. Ajur ycaba 820J. 3421-9888

R: General C. Branco 687, aceita carro no negócio. 3425-5636 ou 9964-0072

1 apto, 2 qts, garagem, a. serviço. 9642-3561

JD. NOVO HORIZONTE

PQ. DAS NAÇÕES

Nova, asfalto, 2 qtos, sl, coz, wc, toda de laje, financia-se. 9601-6106

Casa com 2 quartos, sala, cozinha, wc social, quintal. Imob. Ajur ycaba 820J. 3421-9888

48888

BNH 4 PLANO W16 R$ 65.000,00. 96121703 49039

48890

48958

48891

48965

CASA BNH 1. PLANO

FLÓRIDA II

Com 1 apto, 2 qtos, sala estar, coz, wc, toda, reformada, financia. 9601-6106

De laje, 3 qts, sl, coz, wc, edícula. 9961-6100

CASA DIREITO

2 QTS, suíte, wc, garagem. R$ 220 mil. 8122-7753

Água Boa, sob esquina W17 c/ 50m², 2 qts, sl, coz, murada. R$ 60 mil, aceito carro. 3425-8063 ou 9275-3609

Casa c/ sala, coz, escritório, suíte, 1 qto, wc, despensa, varanda, c/ lavanderia, edícula c/ 2 qtos, wc. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888

ALTOS DO INDAIÁ

CASA PQ DO LAGO I

IMÓVEL COML. 360M²

JARDIM PANTANAL

Vendo. R$ 110.000,00 Nildo 9905-0007

A.T, c/ barracão 182m², Jd. Água Boa, Dourados/ MS. Inicial R$ 84.000,00. www.leiloesjudiciais.com.br ou 0800-707-9272

01 apto, 01 qto, 01 wc social, esq, murada, aceita finan, R$ 115.000. 34232255/9957-4597( Imob. Athenas) Creci 779J

JARDIM COLIBRI

JARDIM VITAL

48276

ALTOS DO INDAIÁ

48242

03 quartos, próx. avenida. 8411-1927 48750

ALTOS DO INDAIÁ 48960

Casa c/ suíte, 2 qtos, wc, sala, coz, garagem, edícula, c/ 2 qtos, wc e churrasqueira, lote 540m². Imobiliária Ajurycaba 820J. 3421-9888 48961

ALTOS DO INDAIÁ Casa c/ sala, coz, área de ser viço c/ despensa, 3 qtos, wc, garagem, forro madeira, lote 540m². Imob. Ajur ycaba 820J. 34219888 49138

ALTOS DO INDAIÁ Rua Tatisugi Fukuchima, R$ 128.000. 8111-9358

48959

ALTOS MONTE ALEGRE Casa c/ quarto, sala, coz, wc, lote de 456m², pode construir na parte superior. Imobiliária Ajurycaba 820J. 3421-9888

49076

EDÍCULA R$ 36.000,00 49116

CASA-VENDA

48971

BNH 1º PLANO

49066

49071

CASA TERRENO Vários setores da cidade. 9959-9781 48703

CASA+BARRACÃO

48967

48969

FLÓRIDA II

49097

48972

Vila São Pedro/Dourados, na BR 163 em ótimo estado, terreno de 20x85, R$ 450.000. Tel: 9614-1511

Casa com 3 quartos, sala, copa, cozinha, wc, área de serviço, garagem, murada, cerca elétrica. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888

CONJ KITINETES

JARDIM INDEPENDÊNCIA

49114

Jardim Maxwel, c/ 06 kit, alugadas, espaço p/ construir + 6 kit, R$ 400.000, aceita terreno c/ parte do pag. 3423-2255/99574597 (Imob. Athenas) Creci 779J 49024

EDÍCULA N. HORIZONTE Aceito carro. Telefone 99818633

48744

Rua Monte Castelo, 555. Gondim Creci 2645. 34210034 ou 9971-1320

48968

JARDIM MAIPÚ Casa c/ sala, c/ 2 ambientes, coz, suíte, 2 qtos, wc, varanda, laje, lote de 400m², dá financiamento. Imob. Ajur ycaba 820J. 3421-9888

JARDIM MÔNACO

48836

JD. FLÓRIDA II

47854

48759

JD. OURO VERDE

48736

PQ. ALVORADA Vendo. 9668-6939

48517

PQ. ALVORADA (NOVA) 48973

49007

Casa c/ 2 suítes, 1 qto, escr, c/ wc, armário embutidos, sala, coz, lavanderia, despensa, garagem. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888

Gondim creci 2645. 34210034 ou 9692-4433

JD. SANTO ANDRÉ

14X30, +/- 100m² construção, alvenaria, R$ 140 mil. 9958-1961

JARDIM OLIVEIRA

R: Pedro Rigoti, 1468, R$ 45 mil. 8467-6419

PQ. NOVA DOURADOS

48762

Sobrado novo. Gondim creci 2645. 3421-0034 49113

49111

48784

47231

JD. ÁGUA BOA W10 Terreno 12x32, casa de madeira bem conservada, excelente local. 9904-0518

48560

LINDOS SOBRADOS R: Santos Dumont 557. 9971-8404 ou 96365138 49034

Sobrado, 01 suíte, 03 quartos, 02 salas, coz, wc social, edícula c/ churras, desp, banheiro ext, pia, balcão, R$ 360.000,00, aceita finan. 3423-2255/99574597 (Imob. Athenas) Creci 779J 48970

JARDIM ÁGUA BOA Casa c/ 2 qtos, suíte, sala estar e jantar, coz, wc, área de serviço, laje, garagem. Imob. Ajur ycaba 820J. 3421-9888 48912

JD. DAS PRIMAVERAS Vendo 2 casas quitadas. 8109-7790 ou 3426-6541

NOVA ESPERANÇA 02 quartos, banheiro, sala, cozinha e área, R$ 35.000. (66) 3421-0772

48962

PARQUE ALVORADA Sobrado, c/ sala, copa, coz, área de serviço, 3 qtos, wc, suíte, garagem, dá financiamento. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888 48963

PARQUE ALVORADA 3 aptos, c/ 1 qto, sala, copa e coz, wc, área de serviço, lote 360m², aceita imóveis no negócio. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888

PQ. DOS COQUEIROS

48974

Casa com 2 quartos, sala, cozinha, wc social, quintal. Imob. Ajur ycaba 820J. 3421-9888 49108

PRÓX. CEPER I PLANO 02 aptos, 02 qtos, sala, copa, coz, sala de TV. 8411-1927

49112

RES. PORTO BELO

02 qtos, sala, coz, varanda, murada, R$ 50.000. 34232255/9957-4597(Imob. Athenas) Creci 779J 49080

RESIDENCIAL JEQUITI

2 Casas novas c/ 2 qts, sala, coz, wc, garagem, 60m². 9949-7383 ou 9971-4749 48763

SALÃO COMERCIAL Vila Industrial. Gondim creci 2645. 3421-0034

48889

SOBRADO GIRASSOL 2 suítes, 2 qts, 3 sls, piscina, coz, 380m², pgto em soja, prazo 5 anos. 9972-2521


C2

Classificados Classificados

Classificados

Classificados Classificados

3

O PROGRESSO - Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

48641

48474

VENDE-SE BARACÃO

PROCURO MOÇAS

Pré-moldado, 620m². R$ 35.000. 9973-7504

P/ dividir aluguel casa no Centro. 8481-5062

48882

49028

VENDE-SE CASA

PRÓX AO HU 9608-9392

No Jardim Mônaco. 99714192

Casa c/ 5 peças, R$ 550,00 .

VENDE-SE SALÃO

QUARTO FAMILIAR

Na Av: Marcelino Pires 243, 140m² de const. e terreno de 400m². R$ 250.000,00. 8136-4580

Próx. feira, av: PRes. Vargas n. 40 Centro.

48901

48532

APTO-ALUGA 48866

EDIFÍCIO ANA PAULA 1 suíte, 2 qtos, wc, 2 salas, coz. e A. serv. amplas, próximo Extra. 9973-4517

TERRENOS 48831

48706

QUARTO P/ MOÇAS

14X40 MISSIONÁRIOS

VILA PLANALTO

EM Ap. Familiar. 9674-4282 ou 3423-1537

Esq., c/ Iguassu. 84051927 Creci 2877

Rua Major Capilé, 3102. Gondim Creci 2645 34210034

SALÃO COMERCIAL

ALTO DAS PAINEIRAS

Esq. Joaquim T. Alves c/ Hayel, antigo Calcário Bodoquena. 9622-8407

12,80X32, ent Europa/ Mônaco, R$ 70 mil. 81430134

48747

49110

VILA ROSA

49141

48996

Esquina, murada, 02 qtos, sala, coz, varanda, garagem, laje, aceita finan, R$ 140.000. 34232255/9957-4597 (Imob. Athenas) Creci 779J

48942

ALTOS DO INDAIÁ 12X45, próx. av, José R. Teixeira. 9243-1777

48982

ALTOS DO INDAIÁ

49115

Ótimo lote medindo 420m², 12x35, R$ 45 mil. Imob. Ajur ycaba 820J. 34219888

JARDIM CUIABÁ 03 salas, 01 apto, 02 qtos, copa, coz, wc, edícula c/ qto, coz, sala, wc, aceita finan, R$ 155.000,00. 34232255 ou 9957-4597(Imob. Athenas) Creci 779J

48980

ECOVILLE

ÁGUA BOA R$ 135 MIL

Ótimo lote, c/ 450m², entrada + 46 parcelas, ótima oportunidade. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888

C/ 3 qtos, bem localizada, próx. á Hayel. 9908-8920

EM ITAPORÃ 10X20

49153

48915

APTO-VENDA

CASA-ALUGA 49160

2. PLANO C/ 3 QTOS Sl, coz, copa, wc, var, R$ 800,00, incluído IPTU. 9971-0806 49023

ALUGA-SE 02 QUARTOS Para moças, no Centro. 9607-1094

48916

ALUGO SALA COMERCIAL 3421-2845 ou 9924-6380 particular 48556

DENTISTAS Divide-se horário em consultório odontológico, edifício Adelina Rigotti. 84316780

48920

KITINETE C/ 2 DORM. Sala, cozinha, banheiro, a. serviço, estacion. fechado, próx. HU. 9948-0873 49129

MONTE CARLO

48832

APTOS NOVO CENTRO C/ 2 e 3 qtos, wc, lavabo. 8405-1927 Creci 2877

48828

CENTRO NOVO 3 QTOS Wc, lavabo. 8405-1927 Creci 2877

48745

EDIF. JARDIM 1 suíte, 2 qts. Gondim creci 2645. 3421-0034 48301

FLAT CLUBE SOCIAL Vende cota no flat clube social Ddos. 9292-5703 João Paulo G. Castro Creci 1586

VENDE-SE FARDOS DE JORNAIS VELHOS

49164

PROCURA-SE CASA P/ alugar de particular, nas proximidades do Centro, c/ 3 quartos. Telefone 99329628

48975

FLÓRIDA II Ótimo lote, medindo 532,98m², R$ 55 mil. Imob. Ajur ycaba 820J. 3421-9888 49118

JARDIM AYDÊ

Quitado, 12x30, murado lateral e fundo, R$ 18.000,00. 3423-2255/9957-4597 (Imob. Athenas) Creci 779J 49090

JARDIM GUAICURUS

47487

48470

NOVO HORIZONTE ESQ.

PRÓX. MERC FORTALEZA

860m², rua Clóvis Bevilaqua 565, R$ 130 mil. 92229953

R$ 18 mil + parc. R$ 408,50. 9955-3613

JD. MÔNACO

Murado, 12x57, á 1.500m do shopping, R$ 60.000,00, aceita carro. 3423-2255 ou 9957-4597(Imob. Athenas)

Rua José Domingos Baldasso. Telefone contato 9649-7766

47867

12X65=784m², murado, aterrado. 9972-2521 48843

JD. NOVO HORIZONTE

47874

PARQUE ALVORADA

49037

PARQUE ALVORADA

Vende-se lote 02, Q 23, quitado. R$ 25 mil. 81458733

JARDIM MARCIA

Ótimo lote medindo 360m², R$ 45 mil. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888

1.800m², 20x90, somente R$ 50 mil. 34266490/9971-3166

JD. NOVO HORIZONTE

PORTAL DE DOURADOS

48981

Ótimo lote medindo 360m², R$ 50 mil, murado, no asfalto. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888

49119

JD. MATO GROSSO

Esq, R$ 37 mil, aceito carro (-) valor. 9953-6615

48979

JD. NOVO HORIZONTE

49025

No asfalto, 12x45. 84024671/8121-7776

48933

PARQUE DAS NAÇÕES I

48300

48764

PRÓXIMO UNIGRAN 2 terrenos juntos. Gondim Creci 2645 3421-0034

49092

SITIÓCA CAMPO BELO Medindo 20x50. 92210990 49098

TERRENO 576M²

Jd. Europa, Dourados/MS. Inicial R$ 63.000. www. leiloesjudiciais.com.br ou 0800-707-9272

48815

Quitado, 1 quadra do asfalto, próx. colégio, creche, posto de saúde, murado, c/ esgoto, R$ 45.000. 92158434 ou 3425-8950

Parc. murado, não precisa aterro, 15x40, 600m². 9292-5703 Creci 1586 MS João Paulo Garcete de Castro

Por chácara, lote Pq. Alvorada p/ chácara. 9618-5892

JD. DAS PRIMAVERAS

JD. STO ANDRÉ 12X30

PQ. ALVORADA 58 MIL

ZAGAIA RESIDENCE

Ótimo lote medindo 360m², R$ 40 mil. Imob. Ajurycaba 820J. 3421-9888

Rua Palmeiras. 3422-7035 ou 9644-2987

60m/asfalto. 8405-1927 Creci 2877

Guaicurus, financio. 99339941

Ao lado Unigran 2 qts, sl, coz, A. serv, sacada, garagem. José Gondim corretor imóveis Creci 2645 34210034 ou 9971-1320

JD. DAS PRIMAVERAS

MONTE CARLO

PQ. DO LAGO II

Esq., lado murado, 456m², R$ 17.000 + parc. 34260222

Ótimo lote medindo 360m², R$ 40 mil. Imob. Ajurycaba 820J. Telefone contato 3421-9888

Ótimo lote, medindo 360m², R$ 45 mil. Imob. Ajurycaba 820J. Telefone contato 3421-9888

49117

48829

NOVO CENTRO 2 QTOS

JARDIM MÔNACO

Wc, lavabo. 8405-1927 Creci 2877

Vários. 3423-2255/99574597( Imob. Athenas) Creci 779J

49061

Casa c/ 02 quartos, 01 wc, cozinha e sala conjugada, lavanderia coberta e fechada. 9996-2434 Lindomar

Parte murado. R$ 28 mil. 9607-8665 ou 9605-3122

VENDO APTO

48978

Em construção ao lado do BB-centro. 3421-0728 48743

49010

48830

48839

48977

48976

TROCO TERRENO 49106

VENDO LOTES

CHÁCARAS 48807

145 HA ÁGUA CORRENTE Pasto, 18 alq. pasto. 84111927


4

Classificados Classificados

Classificados

Classificados Classificados

C2

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO - Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011

48584

48739

48952

49003

48880

3 ALQUEIRES E 3/4

GOL RALLY 2005

PUNTO ELX 2008 1.4

CELTA PRATA 4P 05/05

FORD KA GL 99/00

cultivo agrícola, na linha do Potreirito, próx. á Dourados. Cultivo agrícola, na linha do Potrerito próx. a Dourados. 8163-5343 Maria

G3, preto, completo. 99987422

Preto, compl, R$ 32.000, troco(-)vlr. 8411-2001

Branco, TE, AL, VE, quitado. (67) 9239-8968

GOLF 1.6 02/02 PRATA

STILO SPORTING 07

Completo, ótimo estado, R$ 21.000. 8147-3957/81594636

Aceito troca menor valor. 8454-1888

Teto solar, preto, 2º dono. 9915-1827

CHEVETTE 86 1.6 VERM

Prata, diesel. 3422-7035 ou 9644-2987

GOLF 2.0 2005 PRETO

STILO VERMELHO 09

49148

48786

3 CHÁCARAS

48895

10.000m² cada, c/ nascente. 9602-5041 ou 91044448

Completo. 8159-1312

49081

GOLF SPORTLINE 09

46629

59 ALQ. LAVOURA

Vendo, c/ doc ok, não aceito troca, opor tunidade. R$ 42.000,00. 9133-8048 ou 9296-9013 Raphael

Próx. Dourados, casa/ energia 8411-1927 www. satorreimoveis.com.br 49058

6.2 ALQUEIRES TERRA Localizado nos fundos do Posto da Capela, Rod. Dourados/Caarapó, á 9km dacidade. 9907-5792 Sidnei 48941

CHÁCARA 20.000M² Chácara California, água, luz, tel, pomar, casa alvenaria, aceito troca p/ casa, R$ 220.000. 9933-3952

48867

CHÁCARA 3.6 HA Á 10 minutos do centro. 8138-0053 49099

CHÁCARA 5.841M² C/ 02 casas e açude, Jd. Naná, Dourados/MS. Inicial R$ 80.000,00 www. leiloesjudiciais.com.br ou 0800-707-9272 49096

CHÁCARA 6.960M² (Parte ideal), c/ casas, confront. Rio Brilhante e córrego Laranja Doce, DouradosMS. Inicial R$ 105.000,00. www.leiloesjudiciais.com.br ou 0800-707-9272 48740

PQ. DAS NAÇÔES À 50 metros do asfalto, com 30.000 m². 9998-7422

48856

PRECISO ARRENDAR Área p/ pecuária, c/ 50 alqueires. 8134-9674

49026

SÍTIO 5 ALQUEIRES Perto de Lagoa Bonita e Deodapolis, R$ 90 mil. 9959-9174 48935

VENDO CHÁCARA Ao lado da Escola Rincão Florido, Laguna Caarapã. 9914-0829 49107

VENDO CHÁCARA

VOLKSVAGEM 48939

CROSSFOX 1.6 05/06 Prata, completo, R$ 34.000. 8145-1703

47792

FINANCIAMENTOS

48407

1.500 HAS PASTO Montada, Jardim/MS. 8411-1927 48277

1000 HA PASTO Jardim-MS. 8411-1927 Solo misto vermelho, água corrente, há 5km asfalto www. satorreimoveis.com.br 49120

30 ALQUEIRES Rod. Macaúba/Porto Vilma, região do Air Pedroso, R$ 900.000,00, estuda proposta. 3423-2255/9957-4597(Imob. Athenas) Creci 779J 49051

37 ALQ. REG DOURADOS

48950

PARATI GLI 97/97 Verde, comp, R$ 13.900, troco (-) vlr. 8129-7196

48445

R$ 7.000. 9602-6556

49045

UNO 94 2P BORDO R$ 7.500. 9628-3508

49150

UNO 96 EP 4 PORTAS Cinza, VE, TE, ar. 96076121

UNO 96/97 BRANCO 4P, SX. 9961-8112

48858

Motor 1.6, VE, AL. R$ 8.500. 3421-8155

GOL 1.0 CINZA 2007

Parachoque, farol, lataria, etc...(67) 3029-9999. www. topcarparts.com.br

2P, DH, AL, TE, som, lic. 11. 9980-3479

POLO HATCH 02/03

Carro/moto ou caminhão. 9988-1562 49046

48609

GOL 1.0 G4 4P C/ AR

Completo, prata. 81188292

TE, AL, rodas, 2006, cinza. 9988-1562

POLO HATCH 02/03

48794

48501

GOL 1.0 PLUS 4P 2001 Completo, 4 pneus novos. 9988-1562 49075

GOL 1.0 PRATA 2007 Completo. 9613-9450

48792

GOL 1.6 POWER 2006 Prata, completo, R$ 24.000. 9982-5947

48988

GOL 16V 2000 Completo. 9624-5302

48618

GOL 16V TURBO 01/01 Completo, branco, 4 portas c/ 98.000 Km, originais, R$ 17.000. 9981-7649

48945

GOL 85 1.8 DH MT/AP Filé, 2. dono, R$ 69.000, branco, s/ detalhes. 92713081

48796

GOL 95 1.6 2P BRANCO Ar, DH. 9918-7465 Eder

49001

GOL 96 QUADRADO Prata, impecável, R$ 9.500, parcelo. 8429-7196

Motor AP. 9968-5519/92278471

48934

GOL 97 MI 1.0 R$ 11.000, VE, TE, rodas, som, met.,imp .96225807

48937

GOL G4 POWER 1.6 2008, prata, ar, DH, AL. 8162-5473 48395

GOL G5 08/09 1.0 Completo, kit, trend, conservado. 8467-0615

48940

GOL GIII 8V 4P 04/04

Vermelho, ar, DH, Te, AL, R$ 18.300. Telefone 81451703

49000

GOL MI 99 VERDE

48853

Completo, mecânica perfeita, lindo, inteiro, somente R$ 19 mil. 8120-7227

39841

POLO HATCH 06/07 Preto, completo. 34203000

UNO FIRE BCO 04/04 4P, básico, mod. novo, R$ 15.000. 9255-4168

48930

UNO WAY 08/08 PRATA 4P, trio elet., LDT, revisado, pneus novos, R$ 19.900. 9971-5810

48998

UNO WAY 2008/2009 Ar, vidro, TE, AL, direção, cinza. 9668-1296

49133

A álcool, impecável, R$ 6.500. 9201-2700

49067

CHEVROLET D40 90 Vendo. R$ 30.000,00 Nildo 9905-0007

49043

CORSA 2003 COMPL. 4P Ar, vidro, trava, AL, DH. 9911-9916 49016

CORSA 97/98 BRANCA Trava, alarme, som, mp3, insulfilm. 9908-9421

VE, DH, 1.8, gas, cinza, conser vado. Vendo/troco. 9948-0226 ou 9629-1521

4P, comp. (-) ar, som, prata, R$ 21 mil . 9222-0100

49149

CORSA HATCH 97/97 Chumbo, completo, 4 portas, R$ 13.000. 99880917

49054

CORSA PRATA 95/96 Ar, TE, AL, 4P, 4 pneus novos, R$ 12.500. 99331964 49121

CORSA SEDAN CLASSIC

OMEGA 96/97 GLS 2.2 Preto, único dono. R$ 15.000,00. 9971-6666

48448

49146

C/ couro, R$ 9.000, troco(-) vlr. 8429-7196

48447

PEÇAS USADAS Parachoque, farol, lataria, etc...(67) 3029-9999. www. topcarparts.com.br

UTILITARIOS 49094

F1000 87 TURBO Motor MWM, DH, AR. 99059912

48729

F350 03 COMPLETA Impecável. 9937-5536

49033

FIORINO FURGÃO 07 Conser vada, R$ 23.500. 9904-5003

48500

FIORINO FURGÃO 94/94

Vendo gabine Mercedes, Volks. 8155-5967

48431

PEÇAS USADAS

VENDO GOL 95 CL 1.6

48946

KA GL 97/98 VINHO

KADETT 96 PRATA 1.8

49069

Roda 17, 2.2, 4cc, conservado, troco. 9968-4854

C/ AR, 3.000km rodado, 1.0. R$ 8.800 + 35x fixas de R$ 1.200,00. 84585516

Ótimo estado, completo. 9971-7858

1.0, 8V, conservada. 99881562

48919

49082

49158

FUSION 06/06 PRETO

Cinza, 04 portas, trava, alarme, ar, som, revisado, R$ 20.000. 9957-4597(Imob. Athenas)

OMEGA 95 R$ 15.000

VENDO GOL 2011 G5

48840

FORD RANGER 98

48997

CORSA HATCH 04 GAS

Impecável, AL, TE, roda. R$ 9.500,00. 9663-7227

SANTANA QUANTUM 89

47960

GABINE MERC./ VOLKS 49031

MB 608 ANO 72 Com gaiola, revisado. 99410386 49030

MONTANA 07 PRETA Compl, bco couro, R$ 20.000 + parc. 96640895 48697

OPORTUNIDADE D20

Gas, branco, R$ 9.500, bás. 9222-6695

Parachoque, farol, lateria, etc...(67) 3029-9999. www. topcarparts.com.br

86/96, branca, cab. dupla, motor novo. 9961-1155

VOYAGE 1.0 TREND

PICKP CORSA CHAMP

49068

48504

48449

PEÇAS USADAS

10/11, prata, comp. R$ 34.500,00. 9205-8647

96/96, VE, TE, AL, conservada. 9988-1562

Parachoque, farol, lataria, etc...(67) 3029-9999. www. topcarparts.com.br

FIAT

VECTRA CD 2.2 2000

PICKUP FIORINO IE

48712

49017

49100

DOBLO ADVENT. 06 Flex, preto, bom estado. Inicial R$ 14.560,00. www. leiloesjudiciais.com.br ou 0800-707-9272 48991

MILLE FIRE 07/08 4P Cinza, completo, c/ kit, max junior. 9645-2825

49077

PALIO 1.4 07/08 Prata, completo. 99035685 49151

PALIO 1.4 ELX 06/07 Prata, completo, troco. 9999-9322

48900

PALIO 2004 PRATA

VENDO UNO 00/01 4P Prata. R$ 11.900,00. 99410552 49093

VENDO UNO 03/04 Branco, 2pts. R$ 11.000,00 + 2.000. 8453-4677

48989

VENDO UNO E STRADA Uno 01/02, Strada ar, DH, 04, CE. 9293-6595

CHEVROLET

Compl, aceito moto/carro. 9939-2385

49036

PALIO ELX 4P 04/04 Prata, comp, 5 pneus novos, troco (-) vlr. 9678-8454

GOL MI SPECIAL 99

Prata, flex, ar, VE, TE, LDT, lic. 2011. 9971-5161

2P, bem conservado, particular. 9642-0611

PALIO FIRE 07/08

48810

PALIO FIRE 06/07 4P 49032

Prata, completo, R$ 24.000. 9943-1704

48446

PEÇAS USADAS Parachoque, farol, lataria, etc...(67) 3029-9999. www. topcarparts.com.br

Cinza aperolado. R$ 21.000. Aceito carro (-) valor. 92618734 ou 9977-7570

49005

VECTRA GLS 2000 Cinza, comp, R$ 21.500, troco(-) vlr. 8411-2001

46672

VECTRA GLS 2000/2000 Prata, completo. 3000

3420-

48704

95/96, TR+AL, ver de. 9991-9008

49049

RANGER 2005 XLS 2.3 Cab. dupla, gasolina. 81771173 48938

S-10 CS 05/05 BRANCA Comp, couro, pneus BF, R$ 33.500. 8145-1703

48520

S-10 ESTENDIDA Vendo ou troco, S-10 completa, prata, 4cc. 99742566

FORD

48932

ASTRA 01 MILLENIUM Completo, 2. dono, revisado, R$ 18.000. 99715810

ASTRA 2002 PRATA

ESCORTE EUROPEU 1.8 93, som, roda, pneus novos. R$ 5.500. 9616-7490

FIESTA 02/03 BRANCO

FIESTA ANO 98 AZUL

ASTRA SEDAN R$ 18MIL

De mulher. 9661-6814 ou 8469-0636

48879

49102

4 portas, 02/02, compl. 9955-2587

FIESTA HATCH 00/00

CELTA 2003 E 2005

Preto, 4P, c/ VE e DH. 8124-0211

48957

Completos. 9947-6222

49130

CELTA 2P 07/07 PRATA TE, AL, R$ 17.500. 99117171 49052

CELTA FINANCIADO 04 Ar, R$ 12 mil+ 21 parcelas. 8432-1981 ou 92032957

48817

FOCUS SEDAN 1.6 05

Contato 8431-8499

09/10, prata, completo, R$ 40.000. 8127-2045

2007/2008, completo. 3420-3000

STRADA ADVENTURE

HONDA

49131

Vendo pick-up strada preta, 08/08. 9971-3247/99727513

48696

VAN 83 18 LUGARES Motor MWM novo, F2000. 9961-1155

48956

VENDE 9971-1950 GM/ S-10 Tornado, D., preta, 09/10.

49020

VENDO SAVEIRO 07/08 Básica, ótimo estado. 99713664

48873

CIVIC 05/05 PRETO Completo, couro, farol aux. R$ 30 mil. 9677-0801 48572

CIVIC LX 1.6 AT Prata, 1999/1999, completo. 3420-3000

48573

CIVIC LX MT PRATA 2004/2004, completo. 3420-3000

48931

CIVIC LXS 2008 FLEX 48793

CIVIC SEDAN 08/08 Prata, aut + couro, R$ 50.000. 9982-5947

48921

CR-V EXL PRATA 2010/2010, completo. 3420-3000

S10 FLEX 08/09 PRETA Executive. 9946-0442

48577

Completo, manual, 39mKm, único dono. 9971-5810

48481

43330

CR-V LX AT 08/08

48635

SAVEIRO 1.6 AP 95

Preto, completa. 34203000

Cinza. R$ 10.500, aceito propostas. 8416-8841

FIT LX 06/07 PRATA

Contato 9953-4884

49145

48508

MITSUBISHI

49154

L200 4X4 99/99

SAVEIRO 86

48405

Completo, preta. 99550914

FORD KA 2010/2011

PAJERO SPORT PRETO

49156

S10 EXECUTIVE 4X2

FORD KA 05/05 48773

STRADA ADV. LOCKER

Pr eta, 09/10, diesel, 19.000km. 8455-7266

SAVEIRO TREND 08/08

AR, VE, AL, TE. 9972-2242

HPE, aut, preta, completa. 9925-5332

48837

Prata, comp., baixa Km. ótimo estado. 9238-3245

49074

Traking, comp, prata. Troco por (-) vlr 9601-3688

S10 2000 4X4 PRATA

48876

Completo. 92047382/9648-6960

48955

PAJERO SPORT 08/08

1 serra circular trifásica. 9954-2970

49126

04 portas, básico. 99599515/8438-1636

48723

STRADA 04/05 1.8 CE

48844

49063

48984

46 HA JARDIM

48874

49006

49088

C/ facilidade pagamento. 9987-6460

E 320 ha pasto, montada. 8411-1927

49021

UNO 92/93 GAS. CINZA

48903

Vendo ou troco p/ moto, R$ 10.500. Telefone 96027529

48406

Sporting Dualogic, c/ teto solar. 9282-5169

UNO AZUL 4P ANO 93

GOL 97 1.6 PRATA

FAZENDAS

PARATI 1.0 16V TURBO Prata, 2001/2001, ar, direção, RL. 3420-3000

48528

PEÇAS USADAS

49143

Barato. 9933-9941

48578

48714

49035

SILVERADO 97/98 R$ 33 mil, troco p/ carro (-) vlr. 9261-1919

4 pneus novos, R$ 29 mil, somente venda. 81629997

48576

FIT LX CVT DOURADO

Ar, DH, bem conservada. Telefone para contato 99093110

2008/2008, completo. 3420-3000

PAJERO SPORT 00/01

FIT LX MT 05/06

44846

48620

Automático, diesel. 99380392

Cinza, completo. 34203000


C2

Classificados/Atos Oficiais

5

O PROGRESSO - Dourados, Mato Grosso do Sul, sábado/domingo, 14/15 de maio de 2011 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

46671

FIT LX MT 08/08 Cinza, completo. 34203000

48922

FIT LX MT DOURADO 2008/2008, completo. 3420-3000

48073

FIT LX MT PRATA 2004/2004, completo. 3420-3000

48574

FIT LX MT PRATA 2005/2005, Completo. 3420-3000 48575

FIT LX MT VERDE 2007/2008, completo. 3420-3000

TOYOTA

11 de junho

Fazemos todos os tipos de reformas em calçadas, inclusive Piso Tátil (calçada especial para deficientes Visuais).

49123

49085

9971-1990

49122

150 ESD 04/04 PRETA

TITAN 2001 KS VERDE

Vendo, R$ 4.000, ótimo estado. 9968-5241

Conser vada, R$ 2.800. 9982-5947

BIZ 100 00/01 ES

TITAN 2003 VERMELHA

Vermelha. R$ 2.500,00. 9693-9976

Completa, R$ 3.300. 99825947

48791

49078

COROLLA 09/10 XEI

BIZ 125 ES 08 CINZA

TITAN KS 2001 PRATA

Partida, doc. pgo, R$ 5 mil. 9923-3399

Conservada. R$ 2.700,00. 9933-1525

BIZ ES 06/07 PRATA

Flex, automático, totalmente completo, único dono. 9971-2078

C/ partida, final 4 pago. R$ 4.200. 9628-6462

COROLLA SEG 03/03

Liga leve, inj. elet., novíssima. 9648-6960

48709

Preto, a toda prova. Valor ã combinar. 8412-1909

48713

COROLLA SEG PRATA 04 Novossímo. 9915-1827 ou 9128-7010 49027

COROLLA XEI 05/05 Autom., bege. 9984-9621

49157

COROLLA XEI 2005/06 Preto, bco couro, aut. 99717858 48910

COROLLA XEI 2007

48849

48894

48983

BIZ ES 2009 GRAFITE 49161

BIZ KS VERDE 2005 R$ 3.200, ótimo estado. 9288-6409

48721

BROS 07/08 R$ 6.500 NXR, ESD, preta. 99439818

49014

BROS 09/09 PRETA

TORNADO 250C 2003 Vendo/troco por carro de maior valor. 9209-2070 ou 3422-3863

48749

COROLLA XLI 06/07 Completo + couro, prata, particular. 9623-8857

48838

COROLLA XLI 07/08 Prata, couro, roda, 40.000km, mec, único dono, novíssimo. R$ 42 mil. 9922-9464 48698

HILLUX 09/09 PRATA

48892

CB450 DX AZUL 91 Ótimo estado, documentação em dia. 9961-6100

48499

CB500 98/99 NOVA

4X4, novíssima, couro, liga leve. 9961-1155

Sem detalhes. R$ 11.500,00. 9988-1562

HILLUX 4X4 MEC 08/08

CBX ANO 92 VERMELHA

47956

Prata, 86 mKm, u. dono, particular, impecável, doc. 2011 pago. (67) 99942091

47957

HILLUX AUT. 06/07 Preta, 56 mKm, estepe novo, u. dono, part., impecável, doc. 2011 pago. (67) 9994-2091 49002

HILLUX SW4 2001 Preta, comp, R$ 44.500, troco(-) vlr. 8411-2001

49070

HILUX 06 TOP 77 MIL Branca e S10, ADV, 4p, flex, 07/08, preta, completo, R$ 41 mil. 9621-1522 81233381 Part. 48911

HILUX 97 R$ 25.000 Ótimo estado. 8413-9233 ou 3421-8491

48914

150, ES. R$ 2.000,00. 9995-0233

48734

DT 200R 94 Ótimo estado, vendo/troco por fan. 9624-7488

48813

FAIZER 08/08 8.300 Vermelha, 12 mil Km. 99438065

49134

FALCON 2005 Preto/prata, R$ 8.900. 9674-5996

48732

FALCON PRETA 05/05 IPVA pago, final 08, AL, revisada. 9945-0709 ou 9913-2084 48503

48924

HORNET 2006 AMARELA

OUTROS 48936

TUCSON GL 2.0 PRATA 2009/2010, Completo. 8162-5473

21.000Km, ótimo estado. 9973-3627 ou 81453335 48949

HORNET 2006 PRETA Impecável, R$m 22.500, troco (-) vlr. 8411-2001 49087

PEUGEOT

MOTO P/ TRILHA XR200 48923

PEUGEOT 207 PRETO 2010/2010, completo. 3420-3000

Per feito estado, c/ equipamentos de segurança. R$ 2.500,00. (67) 84020851

49048

SHADOW 01 PRETA Super nova, R$ 14.500. 9923-3399 49011

SUNDOWN 100CC 08/09 Preta, imperdível. 99590663/3428-3569 49095

SUZUKI GS-500 07/08 Preta, R$ 15 mil, impecável, 16.000Km, doc. ok. 9628-1541

49147

TITAN 125 ES AZUL 49018

150 ES 2005 VERMELHA S-10 96, gas. 92438915/3422-9076

2003, R$ 3.000. 96027571

48992

TITAN 150 05 VERDE Vendo/troco por Biz. 96123428

ORDENHADEIRA Marca Westfalia modelo 700 com capacidade para 04 conjuntos de ordenhas, Anilton 9971-9373

19/05

LINHA DE MILHO Para Jonh Deere SLC com lararia, 3421-3139

41881

AC PORTÕES Automatização, conser to. 9133-7575 ou 9996-3534 Novas c/ ótimos preços. 9995-4025 ou 9296-6176

XTZ 09/09 PRETA R$ 7.000, PE, muito nova. 9976-6880

48795

XTZ 125 MOD. 2007 Preta, completa, ótimo estado. 9664-3489 48863

XTZ ED 2005 R$ 4.500 Azul, vários acessórios. 9974-2139 49124

YAMAHA YBR 125 2008 Par tida, azul, R$ 4.000, nova. 9136-4990 48412

YBR 125 05/06 Vermelha. 9636-0255 Genivaldo

48909

YBR FACTOR 125 2009. R$ 3.800,00. 96616805 ou 8152-4240

49127

LOGAN 07/08 1.6 16V Preto met, comp, cons. 9959-9515 ou 8438-1636

49004

LOGAN EXPRESS. 2010 Prata, comp, R$ 28.000, troco(-) vlr. 8411-2001

49086

SANDERO 08/09 BRANCO Completo. R$ 29.500,00. 9986-2018 48865

SANDERO 09/10 Stepway, completo, air bag novo. 9668-7474

ALUGA CAMA ELÁSTICA Piscina e infláveis. 99058391 ou 8163-6022

47987

ALUGA CAMA ELÁSTICA E piscina de bolinhas. 30211400 ou 9675-2729

ALUGA CAMA ELÁSTICA

45565

Completo. 3420-3000

48985

C4 PALLAS 08/08 Prata, R$ 42.000, novo, aceito carro (-)vlr. 99618612 48502

C4 PALLAS 2008 AUT. GLX, Couro, computador, top. 9988-1562 49041

PICASSO GLX 1.6 Preto, 07/08, 46mKm, único dono, ótimo estado de conservação, revisões feitas na concessionária Citroen. 9287-8560

BABÁ OU DOMÉSTICA

VAN P/ TRANSPORTE

Não passo roupas, de segunda á sexta. 9139-7548 Solange

Canon, 8MP, 3 lentes sendo 1 75x300 Baterigrip, 3 baterias, disparador, memória de 1GB. 8121-7171 49136

DANÇA DE SALÃO 48738

DECORAÇÕES INFANTIL

33238

DISK FRETE MUDANÇAS Baú. montagem de móveis. 9609-1756 Joào Carlos

48851

48860

E decorações infantil. 84690109 9918-4027 48139

ALUGO SOM

48785

JARDINAGEM Roça-se terreno e corta-se grama. 9126-3123

49091

JARDINAGEM EM GERAL Jardins, paisagismo, vasos de cimento e flores em geral. Faça seu orçamento e conheça nossos preço s/ compromisso. 3425-3187 ou 8428-2358 Elza

LANCHONETE CENTRO 49040

Sito na av. Marcelino Pires, 3100, próximo ao shopping, completa, montada, com show room, mobiliário e estoque. 9287-8560 49008

LOJA DE RECARGAS

Vendo móveis de loja, ótimo preço. 9112-3838

CERCA ELÉTRICA 3,00 o metro, motor p/ portão 3x 90,00. 9996-4845

49132

VENDO LOJA CENTRO Moda íntima, R$ 25 mil, ac. carro. 9679-7962

48987

48881

49022

48495

MÓVEIS Á VENDA 49144

PET SHOP Loja + banho e tosa, ótimo ponto, negocia valor. 8124-2111

47925

EXCURSÃO ROCK IN RIO RJ, cidade do rock, saída 29/09/2011. 34233503/9662-3487 ou 96437926

INFORMÁTICA 49019

VENDO LAN HOUSE

APRENDIZ MARKETING Acima de 18 anos, ambos os sexos, para trabalhar em casa, produzindo impressos de publicidade, ganhos a partir de R$ 800,00 por produção. Trabalho feito em casa via correios. Interessados escrever p/ Caixa postal 69 Cep. 79800-000 48737

CONTRATA-SE Cabeleireiro, salário + comissão e registro. 34227011

49155

CONTRATA-SE 2 vagas p/ aux. produção em fábrica de ração. 34240421 49140

DOMÉSTICA C/ CNH B, p/ todo o serviço, apto 3 pessoas, registro em carteira. 9676-4368 ou 9926-9019 48944

ENTREGADOR(A) P/ entregas, cobranças e serviços gerais. Interessados, na rua Ediberto Celestino, 385. 3422-1060 48724

Rapaz p/ entregas, CNH AB, 2º grau completo, até 35 anos de idade. Interessados enviar currículo p/ Hayel Bon Faker, 1410

48725

PRECISA-SE Rapaz p/ vendas. Exige-se 2º grau completo, CNH AB, currículo p/ Rua Hayel Bon Faker, 1410 Água Boa 48905

PRECISA-SE

No Novo Horizonte ou troco por moto. 9149-0325

Doméstica e 1 babá c/ exp. em carteira e ref. 34218282 ou 9257-6509

ANIMAIS

PRECISA-SE

49089

11664

ADESTRAMENTO CÃES Todas raças/portes, obediência/guarda. 9202-9218

49009

FILHOTE BASSET 3245-5339/9603-0613

48951

FILHOTES DIVERSOS Venda permanente de filhotes Pug, Shitzu, York, Samoieda, vacinados e micro chipados. (44) 9983-4077 ou pelo e-mail: canilroyal@ hotmail.com

49057

FILHOTES LHASA APSO 60 dias, macho. 34224078/9971-9661

49163

PRESENTEIE COM AMOR Fazemos corações trufados(beijinho e brigadeiro) e crocantes(amendoim, castanha de caju e flocos) de vários tamanhos, p/ o dia dos namorados, chocolate de qualidade e ótimo preço. Ótima oportunidade p/ você que tem comércio no ramo alimentício ou floriculturas. Temos preços a partir de R$ 10,00. 9242-2547 antecipe suas encomendas!!!

48722

PRECISA-SE

TURISMO

49073

ANTENA PARABÓLICA

49084

49128

VENDO POSTO GASOLINA

Excelente ponto, c/ ótimo faturamento. 9672-3033

BÚZIOS E CARTAS

Av. Marcelino Pires, 3240. 9951-9811

Próximo á Dourados. 99714192

E data show p/ eventos em geral 9242-0258 Wellington

Ligue 9905-6966, trago seu amor de volta. Ligue e confira, axé.

48665

VENDO LANCHONETE

GRÁFICA RÁPIDA

MERCEARIA E CONVEN.

49012

Fotográfica, seminova, estado de nova, EOS digital Rebel XT, 8.1 MP + 1 lente 38-76+ 1 lente 75-300mm, 3 baterias + 1 memórias de 1 GB + bolsa em lona, cabo disparador, battery grip Lcd Timer Canon Eos Rebel. 8121-7171

Banners, cartazes, cartão visita, adesivos. 96465020

ALUGO SOM ILUMINAÇÃO

De rádio AM, STD Fortex. Inicial R$ 32.000. www. leiloesjudiciais.com.br ou 0800-707-9272

49042

VENDO MOBÍLIA

32585

49101

VENDO 4 PNEUS

De casa completa. 96044795

De cartucho e tonner, equipada no Centro de Ddos/ MS. 9958-1961

ANTENA TRANSMISSORA

49029

F4000 CARROCERIA

Som, luz, telão, Dj. 99120088

Nova e manutenção. 99711951 ou 9211-4884

Contato 9916-0184

Proc. serviço em firma ou fretes. 9969-2977

LOJA DE ILUMINAÇÃO

ALUGA-SE BRINQUEDOS

48925

DIARISTA

48835

VENDO CÂMERA

48816

ALUGA-SE BRINQUEDOS 25341

Universitário e turismo. 9288-6409 ou 3424-7478

DETETIVE PARTICULAR

2026

48893

49162

21 temas + toalha de mesa. 9998-7422

Completa, ótima clientela. 8116-6383

Ótimos preços. 9286-4992 3421-6380

49056

Aro 16 Pirelli P265/70, original, novo, R$ 1.000,00. 8431-5798

(67) 9248-6556

48616

49053

VENDE-SE BETONEIRA

Curso, inicio 07 de junho. 9667-1821

E piscina de bolinhas. 9972-5420

Motor p/ portão, alarme. 3421-0896 ou 9615-4015

C3 2006/2006 PRETO

Balança digital, balcão sorvete. 8136-5462

48173

49050

CERCA ELÉTRICA

CITROEN

CÂMERA REBE XT 8M

44496

48868

RENAULT

TV LCD 32 POL. NOVA

31010

VENDO/TROCO TORNADO

48990

Roupas, calçados e acessórios. 9603-0594

De segunda a sexta-feira das 17:00 as 23:00hs, com referência. 9995-6070 Cleusa

48899

ALUGA CAMA ELÁSTICA

XTZ 06/06 PRETA

Alugo cadeira p/ cabeleireiro. 3423-1537

8158-5458

1. dono. Tratar 9938-0461

R$ 5.400. 9961-8612

COMPRO SEMI NOVOS

ESTOQUE AUTO ELÉT.

48705

48986

BABÁ NOTURNO

49038

49064

03/03, vermelha, 2º dono. R$ 6.500,00. 3423-0171

SALÃO DE BELEZA

COMPRO MÓVEIS USADOS

DOMICILIAR

TWISTER 2002

48708

9953-0240 ou 3424-7741

Sobrancelha, maquiagem. 8129-0959 ou 9651-3295

R$ 7.300,00, só interessados. 9996-6560

VENDO BIZ 2005

(Estágiario) em Advocacia. 9297-8477 Cristiano

48741

48730

TWISTER 08/08 PRETA

49142

HD 250 Celeron/ ar 10.000. 9971-5161

Semi-novos. 9998-1267

DISQUE LAVANDERIA

48842

Vendo/troco. 9991-9008

AUX./ASSISTENTE

Lavamos/passamos, buscamos e entregamos 99610301

TWISTER 06/06

HORNET 2005 ESCAPE Rabeta, tem tudo original. 9988-1562

16/05

Único dono, preta, R$ 6.000. 9978-0910

TWISTER CINZA 08/08

CB 500 R$ 14.000,00

RESFRIADOR DE LEITE Marea etehaid com capacidade para 1000 litros, anilton 9971-9373

49109

BROS 10/10 ES PRETA

00/00, Impecável, doc. ok, troco carro/ moto. 99684854

16/05

Vendo/troco por carro. 9971-5161

Vermelha. R$ 3.800,00. 9217-0992

48918

Esteira larga CR 80, R$ 65.000,00 - 3424-7727 ou 9906-3979

48811

novíssima! ESD, completa, c/ 3.700 Km, R$ 8.500. 8146-0346 Vendo ou troco por saveiro CL. 9606-1304 ou 91465485

292 4X4 / 2003 revisado autorizada R$ - 56.000,00 9938-0011 - Celso

48872

48812

NOTEBOOK/AR

COMPRO MÓVEIS

47573

TRATOR MASSEY

TRAXX 110 PRETA 08

48770

Cinza met, completo, manual. R$ 45.000. Muito bem conservado. 9972-4601

20/05

MÁQUINA POCLAIN 48790

49083

IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS

20/05

Tel: 9654-4120 ou 9674-6634 Falar com Cezar

49047

COROLLA 06 XEI COURO

48928

REFORMAS DE CALÇADAS

49072

VENDO URGENTE

49060

DIARISTA C/ REF. 9244-8208 Jéssica

48927

DOMÉSTICA 9977-3816 Fátima

49139

DOMÉSTICA P/ limpar, lavar e passar, 3x na semana ou de segunda a sexta-feira em casas ou aptos, não cozinho. 84425461 48907

DOMÉSTICA/DIARISTA 3x na semana. 9686-0549 Rosa

48841

ENSEMINADOR Ou mecânico manutenção de máquinas agrícolas p/ trabalhar em agropecuaria. 9608-4720 Ricardo 49137

JARDINEIRO Faço fossa, limpo caixinha de pia. 9908-6325 Fernando

49104

MOTORISTA DE CARRETA Curso mop., experiência. (67) 9106-9407 ou 96470329 48848

OPERADOR SERV.GERAIS Ou operador pá carregadeira. 9960-4594 Antonio

48559

P/ TODO O SERVIÇO De segunda á sexta, cozinho também. Tenho exp. e ref. 9201-0800 c/ Izabel

Precisa-se

Entregador de Gás com experiência e referencias Tratar Coronel Pociano, 2570 Vila Industrial

48511

PEDREIRO PARTICULAR Empreiteiro, trabalho p/ fora da cidade. 9657-9508 Gilmar 48999

PEDREIRO PARTICULAR 9635-4572 Eli

PROCURA-SE EMPREGO

48774

PROCURO EMPREGO

ACOMPANHANTE IDOSO

Como secretáira, recepcionista ou auxiliar de escritório. 9908-8099 Andréia

Para o dia ou á noite. 96447163

PROCURO EMPREGO

ACOMPANHANTE IDOSO

Secretária ou recepcinista/auxiliar de escritório. 9696-9790

48621

AUX. ENFERMAGEM

Lhasa vacinado, ver m. 9916-4746

9916-9696 Maria

3X por semana. Rua Ciro Melo, 6580 período da Tarde.

VENDE-SE ROTWEILLER 49125

49059

DIARISTA C/ REF.

49079

E Sharpei. 3422-3637 ou 9244-3653

48943

9108-1385 ou 9618-8678 Célia

PRECISA-SE DOMÉSTICA

Sou formada em técnica de enfermagem, em busca primeiro emprego, tenho disp. p/ trabalhar durante o dia/noite. 3425-4730 ou 9117-3524

Fêmea, vacina 2 doses, 4 meses. 9609-7410

48913

DIARISTA 2 OU 3X

Montador de calhas e rufos. 3426-0222

49015

FILHOTES PITBULL

2X na semana, p/ passar e limpar par te externa. 9633-5409

48926

P/ acompanhante de idosos ou acompanhamento hospitalar. 9909-1695 Fátima

49152

49135

TÉC. DE ENFERMAGEM P/ cuidar de idoso ou criança, clínica médica ou recepcionista. 9602-2867 ou 9149-0375 49062

ÁREA DE VENDAS/BABÁ Ser viços gerais ou área comercial. 9287-5450 ou 9934-2091 Ana Paula


6

Atos Oficiais Atos Oficiais

Atos Oficiais

Atos Oficiais Atos Oficiais

C2

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO - Dourados, Mato Grosso do Sul, sĂĄbado/domingo, 14/15 de maio de 2011

ď€

ď€ ď€‚ď€ƒď€„ď€…ď€†ď€‡ď€…ď€ ď€‡ď€ˆď€„ď€ƒď€†ď€‡ď€‰ď€Šď€†ď€‚ď€‚ď€†ď€‡ď€…ď€†ď€‡ď€‚ď€‹ď€Œď€‡ ď€ˆď€‹ď€?ď€?ď€?ď€‘ď€Žď€†ď€‡ď€…ď€ ď€‡ď€ˆď€„ď€Šď€„ď€?   **  :8 *  *&$*7**6*-04,/-..* *1+*!$$*"*$ *

 '           

  2%&$      2 $*",,&".61#$$$%!%&  7       -       4 **1    &.      &$%%  '    !  )  /$*  &$%%5 3-

  (" .             2 $*0#&$%%           3-   * !  *

  '%*    $* #$$59 ** $* *.3*( )*$

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARACAJU EXTRATO DO TERMO ADITIVO 001 AO CONTRATO ADMINISTRATIVO NÂş 059/2010

Contratada:

Processo Administrativo – Autos nÂş 117/2010 PREGĂƒO PRESENCIAL NÂş 007/2010

EXTRATO DO TERMO ADITIVO 001 AO CONTRATO ADMINISTRATIVO NÂş 057/2010

PARTES Contratante: Contratada:

Processo Administrativo – Autos nÂş 117/2010 PREGĂƒO PRESENCIAL NÂş 007/2010

MUNIC�PIO DE MARACAJU-MS CARLOS PARÉ DE ARAÚJO-ME

OBJETO O presente Termo Aditivo tem por objeto a prorrogação do prazo de vigência previsto na Clåusula Quarta do Contrato Administrativo nº 059/2010. Em razão de saldo remanescente, fica prorrogado pelo período de 02 (dois) meses, o prazo previsto na Clåusula Quarta do Contrato Administrativo nº 059/2010, a contar de 12.04.2011.

  "&** ( +     $&6#&$$0                   **1#&$%%"  -     (  3-     " ! %$  &$%%"

FUNDAMENTO LEGAL: Art. 57, I c.c. § 2º da Lei Federal nº 8.666/93 ASSINANTES Contratante: Celso Luiz da Silva Vargas Contratada: Carlos Pare de Araújo

8888888888888888888888888888888  #*$ *    *$* &2* $ *

ď€ $  $ :$*)2)(+)*)%$$*+$$ $$+)**'$ -/$  $    =; $  $  $  " $   $ $ $ "0  $

$ $ $  "$   $ &$  %$ $ 4$ $ "0 3'$  $ $ $ %$  $   $ $ >%$ $$ $  $ $ %$$ = $$ $$ 8$  $ " $ $ $  $$   $$  $'$ '$*:$/- -&-- -("- &%-&& -&-)&"D-)-&-&- "&- && -/- .-  - - $->-4;0;;90<;413334/ 5<.--"&%- -&A-2-<;0333.33-+&---)%-&,.- &&---(60!,!$7$/--"D- --&&--- -&)- -&% & -- &- -.- %-6 .-&-&- "&- && .- &&&--  &B-!- @-  &- - - &&- &- &%&=:- &- A- 15344.- )& & .-=:- -&%&.-)&&- ".-0.--"&%- -2-830333.33-+&-)%&,E!!- @- - - &) &- 7- - )& .- & &=:- %&&=:- - 7 - &&- &- & &=:- - &) &- & &%.- - "&%- - 28;0333.33-+&---)%-&,E!!!- @-  &- - - &&- &- & &=:- &-  &- &- &%.- - "&%- - 2- 430333.33- + - )%- &,.-  -  && - - "&%- - 2- 50333.33+ -)%-&,- &&-& &-&0'$ +:$ /- - &-  "&- && - /-  .- &*7- &*&7&-  6&- - &7- &- &- 6 .- & & -  - - )&".%&?-- )-&-( - %- *&%- - &- -& 0$ $ '$.:$/- -- - &- -%-:-G-& &- &=:- =&)7&- &- - &)&- - &*&%- )1)2'+5'9*.'))9'+')12$ &$ ..2)1.$&$))$&$# 6< $!'$

'$1:$/- -&- - &7- )- "- &- &&- - &- *%&=:.)--& -&- &- -4>- -&*%- -53440'$2:$/-"&)/-&-  =C-)-70F- # ! !- '!!- ' .- )- 45- )&- -53440ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021; ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;$$ ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;

ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;¤ď&#x20AC; ď&#x20AC;¤ď&#x20AC;¤ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ľď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;¨ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;Šď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;Şď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;Ťď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;Źď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Ťď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;Žď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Žď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Ąď&#x20AC;Łď&#x20AC;¤ď&#x20AC;Ľď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;Šď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Şď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ťď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď&#x20AC;Źď&#x20AC;Łď&#x20AC;˘ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Žď&#x20AC;˘ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;Żď&#x20AC;˘ď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;°ď&#x20AC;ąď&#x20AC;˛ď&#x20AC;Ťď&#x20AC;Łď&#x20AC;¨ď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;Šď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;Łď&#x20AC;Śď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Šď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Šď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;¤ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Ťď&#x20AC;˛ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;łď&#x20AC;Łď&#x20AC;˛ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Şď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Ťď&#x20AC;­ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC;´ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Žď&#x20AC;ąď&#x20AC;¤ď&#x20AC;Ľď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;­ď&#x20AC; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;­ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Šď&#x20AC;Łď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Žď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC; ď&#x20AC;Şď&#x20AC;Ąď&#x20AC;˘ď&#x20AC;ąď&#x20AC;¤ď&#x20AC;Ľď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC; ď&#x20AC;Žď&#x20AC;Źď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC; ď&#x20AC;Žď&#x20AC;ľď&#x20AC;Şď&#x20AC;Ąď&#x20AC;­ď&#x20AC;Žď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC; ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;¤ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;˛ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;śď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;ąď&#x20AC; ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Žď&#x20AC;ˇď&#x20AC;Šď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Łď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Šď&#x20AC;¸ď&#x20AC;śď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;šď&#x20AC;¨ď&#x20AC;łď&#x20AC;­ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Šď&#x20AC;Łď&#x20AC;Şď&#x20AC;Şď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;şď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;ťď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;şď&#x20AC;śď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;źď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;˝ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;žď&#x20AC;ąď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Şď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Žď&#x20AC;§ď&#x20AC;˛ď&#x20AC;§ď&#x20AC;łď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;¨ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC; ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Ľď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Šď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;­ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;§ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;Żď&#x20AC;Śď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;­ď&#x20AC; ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Şď&#x20AC;Ąď&#x20AC;Żď&#x20AC;˘ď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;ąď&#x20AC;˘ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Şď&#x20AC;¨ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Šď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Şď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;Łď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Šď&#x20AC;§ď&#x20AC;˛ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;Łď&#x20AC;­ď&#x20AC;´ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;Žď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC; ď&#x20AC;żď&#x20AC;¨ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Žď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď &#x20AC;ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;˛ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;ąď&#x20AC; ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Žď&#x20AC;ˇď&#x20AC;Šď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Łď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Šď&#x20AC;¸ď&#x20AC;śď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;łď&#x20AC;°ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;­ď ď&#x20AC;Łď&#x20AC; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC;´ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Žď&#x20AC;ąď&#x20AC;¤ď&#x20AC;Ľď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;Şď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;Ťď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;¨ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Şď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď &#x20AC;ď&#x20AC;­ď&#x20AC; ď&#x20AC;Łď&#x20AC;˛ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Śď&#x20AC;Łď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;Şď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;ąď&#x20AC;˘ď&#x20AC;ˇď&#x20AC;Şď&#x20AC;Ąď&#x20AC;­ď&#x20AC;Žď&#x20AC;Łď&#x20AC;Şď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď &#x201A;ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Žď&#x20AC;Łď&#x20AC; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;şď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;Łď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;Żď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;Źď&#x20AC;şď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;­ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;°ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;ąď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;˛ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;łď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;´ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;Šď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;ľď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;śď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;śď&#x20AC;ˇď&#x20AC;ˇď&#x20AC;ˇď&#x20AC;Ťď&#x20AC;¸ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;ťď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;šď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;šď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;şď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;šď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;ťď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;źď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;śď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;łď&#x20AC;ťď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC;˝ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;śď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;ąď&#x20AC;Žď&#x20AC;§ď&#x20AC;˛ď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;Łď&#x20AC;˛ď&#x20AC;łď&#x20AC;­ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x201D;ď &#x192;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;¤ď&#x20AC; ď&#x20AC;¤ď&#x20AC;¤ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ľď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;¨ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;Šď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;ˇď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;Ťď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;Źď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;Şď&#x20AC;Ťď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;Žď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Žď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Ąď&#x20AC;Łď&#x20AC;¤ď&#x20AC;Ľď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;Šď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Şď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ťď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď&#x20AC;Źď&#x20AC;Łď&#x20AC;˘ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Žď&#x20AC;˘ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;Żď&#x20AC;˘ď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;°ď&#x20AC;ąď&#x20AC;˛ď&#x20AC;Ťď&#x20AC;Łď&#x20AC;¨ď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;Šď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;Łď&#x20AC;Śď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Šď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Šď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;¤ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Ťď&#x20AC;˛ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;łď&#x20AC;Łď&#x20AC;˛ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Şď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Ťď&#x20AC;­ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC;´ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Žď&#x20AC;ąď&#x20AC;¤ď&#x20AC;Ľď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;­ď&#x20AC; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;­ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Šď&#x20AC;Łď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC; ď&#x20AC;Şď&#x20AC;Ąď&#x20AC;˘ď&#x20AC;ąď&#x20AC;¤ď&#x20AC;Ľď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Şď&#x20AC;Žď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;˛ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Ąď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;­ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;˛ď&#x20AC;Łď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC; ď&#x20AC;¤ď &#x201E;ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Şď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC; ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;­ď&#x20AC;Žď&#x20AC;ąď&#x20AC;˛ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Śď&#x20AC;Łď&#x20AC;Şď&#x20AC;&#x2020; ď &#x2026;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;šď&#x20AC;¨ď&#x20AC;łď&#x20AC;­ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;˛ď&#x20AC;Łď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;Łď&#x20AC;Şď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;Šď&#x20AC;˘ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Şď&#x20AC;Şď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;Şď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Šď&#x20AC;§ď&#x20AC;˛ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;Śď&#x20AC;ąď&#x20AC;Žď&#x20AC;Łď&#x20AC;¤ď&#x20AC;Ľď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Žď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC; ď &#x201A;ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC; ď ď &#x2020;ď&#x20AC; ď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x2020; ď &#x2021;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;şď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;žď&#x20AC;ąď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Şď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Žď&#x20AC;§ď&#x20AC;˛ď&#x20AC;§ď&#x20AC;łď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;¨ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď &#x20AC;ď&#x20AC;ąď&#x20AC; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Žď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC; ď&#x20AC;Łď&#x20AC;˛ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;§ď&#x20AC;Şď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;˛ď ď&#x20AC;­ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;Śď&#x20AC;ąď&#x20AC;Žď&#x20AC;Łď&#x20AC;¤ď&#x20AC;Ľď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;śď &#x20AC;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;ąď&#x20AC; ď&#x20AC;­ď&#x20AC;Žď&#x20AC;ˇď&#x20AC;Šď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Łď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Šď&#x20AC;¸ď&#x20AC;śď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;´ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;°ď&#x20AC;ąď&#x20AC; ď&#x20AC;Źď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;Żď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;Źď&#x20AC;şď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;­ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;°ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;ąď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;˛ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;łď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;´ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;Šď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;ľď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;śď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;śď&#x20AC;ˇď&#x20AC;ˇď&#x20AC;ˇď&#x20AC;Ťď&#x20AC;¸ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;ťď&#x20AC;&#x2020; ď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;šď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;šď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;şď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;šď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;ťď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;źď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;śď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;łď&#x20AC;ťď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC;˝ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;śď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;ąď&#x20AC;Žď&#x20AC;§ď&#x20AC;˛ď&#x20AC;§ď&#x20AC; ď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;Łď&#x20AC;˛ď&#x20AC;łď&#x20AC;­ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2C6;

Maracaju-MS, 11 de abril de 2011. EXTRATO DO TERMO ADITIVO 001 AO CONTRATO ADMINISTRATIVO NÂş 056/2010

Lair Fernandez

Maracaju-MS, 11 de abril de 2011.

PARTES Contratante: Contratada:

MUNICĂ?PIO DE MARACAJU-MS S. F. MAYER-ME

OBJETO O presente Termo Aditivo tem por objeto a prorrogação do prazo de vigência previsto na Clåusula Quarta do Contrato Administrativo nº 057/2010. Em razão de saldo remanescente, fica prorrogado pelo período de 02 (dois) meses, o prazo previsto na Clåusula Quarta do Contrato Administrativo nº 057/2010, a contar de 12.04.2011. FUNDAMENTO LEGAL: Art. 57, I c.c. § 2º da Lei Federal nº 8.666/93 ASSINANTES Contratante: Celso Luiz da Silva Vargas Contratada: Sirlene de Fåtima Mayer Maracaju-MS, 11 de abril de 2011.

Processo Administrativo â&#x20AC;&#x201C; Autos nÂş 117/2010 PREGĂ&#x192;O PRESENCIAL NÂş 007/2010

EXTRATO DO TERMO ADITIVO 001 AO CONTRATO ADMINISTRATIVO NÂş 061/2010

PARTES Contratante: Contratada:

Processo Administrativo â&#x20AC;&#x201C; Autos nÂş 117/2010 PREGĂ&#x192;O PRESENCIAL NÂş 007/2010

MUNICĂ?PIO DE MARACAJU-MS MERCADO GONĂ&#x2021;ALVES LTDA-ME

OBJETO O presente Termo Aditivo tem por objeto a prorrogação do prazo de vigĂŞncia previsto na ClĂĄusula Quarta do Contrato Administrativo nÂş 056/2010. Em razĂŁo de saldo remanescente, fica prorrogado pelo perĂ­odo de 02 (dois) meses, o prazo previsto na ClĂĄusula Quarta do Contrato Administrativo nÂş 056/2010, a contar de 12.04.2011. FUNDAMENTO LEGAL: Art. 57, I c.c. § 2Âş da Lei Federal nÂş 8.666/93 ASSINANTES Contratante: Celso Luiz da Silva Vargas Contratada: InĂĄcio RamĂŁo Pereira Gonçalves Maracaju-MS, 11 de abril de 2011. EXTRATO DO TERMO ADITIVO 001 AO CONTRATO ADMINISTRATIVO NÂş 060/2010 Processo Administrativo â&#x20AC;&#x201C; Autos nÂş 117/2010 PREGĂ&#x192;O PRESENCIAL NÂş 007/2010 PARTES Contratante: Contratada:

MUNICĂ?PIO DE MARACAJU-MS CAMERSON BENITES CARDOSO-ME

OBJETO O presente Termo Aditivo tem por objeto a prorrogação do prazo de vigĂŞncia previsto na ClĂĄusula Quarta do Contrato Administrativo nÂş 060/2010. Em razĂŁo de saldo remanescente, fica prorrogado pelo perĂ­odo de 02 (dois) meses, o prazo previsto na ClĂĄusula Quarta do Contrato Administrativo nÂş 060/2010, a contar de 12.04.2011. FUNDAMENTO LEGAL: Art. 57, I c.c. § 2Âş da Lei Federal nÂş 8.666/93 ASSINANTES Contratante: Celso Luiz da Silva Vargas Contratada: Evandro R. Pletsch Maracaju-MS, 11 de abril de 2011. EXTRATO DO TERMO ADITIVO 001 AO CONTRATO ADMINISTRATIVO NÂş 058/2010 Processo Administrativo â&#x20AC;&#x201C; Autos nÂş 117/2010 PREGĂ&#x192;O PRESENCIAL NÂş 007/2010 PARTES Contratante: Contratada:

MUNICĂ?PIO DE MARACAJU-MS LAIR FERNANDEZ-ME

OBJETO O presente Termo Aditivo tem por objeto a prorrogação do prazo de vigência previsto na Clåusula Quarta do Contrato Administrativo nº 058/2010. Em razão de saldo remanescente, fica prorrogado pelo período de 02 (dois) meses, o prazo previsto na Clåusula Quarta do Contrato Administrativo nº 058/2010, a contar de 12.04.2011. FUNDAMENTO LEGAL: Art. 57, I c.c. § 2º da Lei Federal nº 8.666/93 ASSINANTES Contratante: Celso Luiz da Silva Vargas

PARTES Contratante: Contratada: LTDA-ME

MUNICĂ?PIO DE MARACAJU-MS CASADE CARNES NOVILHADE OURO

OBJETO O presente Termo Aditivo tem por objeto a prorrogação do prazo de vigĂŞncia previsto na ClĂĄusula Quarta do Contrato Administrativo nÂş 061/2010. Em razĂŁo de saldo remanescente, fica prorrogado pelo perĂ­odo de 02 (dois) meses, o prazo previsto na ClĂĄusula Quarta do Contrato Administrativo nÂş 061/2010, a contar de 12.04.2011. FUNDAMENTO LEGAL: Art. 57, I c.c. § 2Âş da Lei Federal nÂş 8.666/93 ASSINANTES Contratante: Celso Luiz da Silva Vargas Contratada: TĂŠrcio Alves Ferreira Maracaju-MS, 11 de abril de 2011. EXTRATO DO TERMO ADITIVO 001 AO CONTRATO ADMINISTRATIVO NÂş 062/2010 Processo Administrativo â&#x20AC;&#x201C; Autos nÂş 117/2010 PREGĂ&#x192;O PRESENCIAL NÂş 007/2010 PARTES Contratante: Contratada:

MUNICĂ?PIO DE MARACAJU-MS S. A. A. CORREA-ME

OBJETO O presente Termo Aditivo tem por objeto a prorrogação do prazo de vigĂŞncia previsto na ClĂĄusula Quarta do Contrato Administrativo nÂş 062/2010. Em razĂŁo de saldo remanescente, fica prorrogado pelo perĂ­odo de 02 (dois) meses, o prazo previsto na ClĂĄusula Quarta do Contrato Administrativo nÂş 062/2010, a contar de 12.04.2011. FUNDAMENTO LEGAL: Art. 57, I c.c. § 2Âş da Lei Federal nÂş 8.666/93 ASSINANTES Contratante: Celso Luiz da Silva Vargas Contratada: Sonia Aparecida de AraĂşjo Correa Maracaju-MS, 11 de abril de 2011. EXTRATO DO TERMO ADITIVO 001 AO CONTRATO ADMINISTRATIVO NÂş 063/2010 Processo Administrativo â&#x20AC;&#x201C; Autos nÂş 117/2010 PREGĂ&#x192;O PRESENCIAL NÂş 007/2010 PARTES Contratante: Contratada:

MUNICĂ?PIO DE MARACAJU-MS ADC COMERCIAL LTDA-ME

OBJETO O presente Termo Aditivo tem por objeto a prorrogação do prazo de vigência previsto na Clåusula Quarta do Contrato Administrativo nº 063/2010. Em razão de saldo remanescente, fica prorrogado pelo período de 02 (dois) meses, o prazo previsto na Clåusula Quarta do Contrato Administrativo nº 063/2010, a contar de 12.04.2011.

FUNDAMENTO LEGAL: Art. 57, I c.c. § 2Âş da Lei Federal nÂş 8.666/93 ASSINANTES Contratante: Celso Luiz da Silva Vargas Contratada: Cerineu Rosa Maracaju-MS, 11 de abril de 2011. EXTRATO DO TERMO ADITIVO 001 AO CONTRATO ADMINISTRATIVO NÂş 014/2011 Processo Administrativo â&#x20AC;&#x201C; Autos nÂş 350/2010 CONVITE NÂş 006/2011 PARTES Contratante: Contratada:

MUNICĂ?PIO DE MARACAJU-MS TRIPOLI & DIAS LTDA

OBJETO O presente Termo Aditivo tem por objeto a alteração do valor global inicialmente contratado descrito na ClĂĄusula Terceira do Contrato Administrativo nÂş 014/2011, bem como a prorrogação do prazo previsto na ClĂĄusula Quarta do referido instrumento. Em razĂŁo de acrĂŠscimo ao quantitativo do objeto descrito na ClĂĄusula Primeira do Contrato Administrativo nÂş 014/2011, importando em R$ 9.934,98 (nove mil, novecentos e trinta e quatro reais e noventa e oito centavos) correspondente a 24,99%, conforme Planilha de Aditivo parte integrante do Processo Administrativo nÂş 350/2011, o valor global de R$ 39.755,26 (trinta e nove mil, setecentos e cinqĂźenta e cinco reais e vinte e seis centavos), descrito na ClĂĄusula Terceira, passa a ser de R$ 49.690,24 (quarenta e nove mil, seiscentos e noventa reais e vinte e quatro centavos). FUNDAMENTO LEGAL: Arts. 57, § 1Âş, IV e 65, I, â&#x20AC;&#x153;bâ&#x20AC;? c.c. §§ 1Âş e 2Âş da Lei Federal nÂş 8.666/93 ASSINANTES Contratante: Celso Luiz da Silva Vargas Contratada: Romero AntĂ´nio TrĂ­poli JĂşnior Maracaju-MS, 11 de abril de 2011. EXTRATO DO TERMO ADITIVO 001 AO CONTRATO ADMINISTRATIVO NÂş 166/2010 Processo Administrativo â&#x20AC;&#x201C; Autos nÂş 583/2010 PREGĂ&#x192;O PRESENCIAL NÂş 022/2010 PARTES Contratante: Contratada:

MUNICĂ?PIO DE MARACAJU-MS TRIPOLI & DIAS LTDA

OBJETO O presente Termo Aditivo tem por objeto a alteração do valor global inicialmente contratado descrito na ClĂĄusula Terceira do Contrato Administrativo nÂş 166/2010. Em razĂŁo de acrĂŠscimo ao quantitativo do objeto descrito na ClĂĄusula Primeira do Contrato Administrativo nÂş 166/2010, importando em R$ 101.826,54 (cento e um mil, oitocentos e vinte e seis reais e cinqĂźenta e quatro centavos) correspondente a 23,9692%, conforme Planilha de Aditivo parte integrante do Processo Administrativo nÂş 350/2011, o valor global de R$ 424.822,25 (quatrocentos e vinte e quatro mil, oitocentos e vinte e dois reais e vinte e cinco centavos), descrito na ClĂĄusula Terceira, passa a ser de R$ 526.648,79 (quinhentos e vinte e seis mil, seiscentos e quarenta e oito reais e setenta e nove centavos). FUNDAMENTO LEGAL: Art. 65, I, â&#x20AC;&#x153;bâ&#x20AC;? c.c. §§ 1Âş e 2Âş da Lei Federal nÂş 8.666/93 ASSINANTES Contratante: Celso Luiz da Silva Vargas Contratada: AntĂ´nio Dias Maracaju-MS, 19 de abril de 2011. EXTRATO DO TERMO ADITIVO 001 AO CONTRATO ADMINISTRATIVO NÂş 064/2010 Processo Administrativo - Autos nÂş 296/2010 CONVITE NÂş 023/2010 PARTES Contratante: Contratada:

MUNICĂ?PIO DE MARACAJU-MS RAFAEL ARANTES BISPO-ME

OBJETO O presente Termo Aditivo tem por objeto a prorrogação do prazo de vigência previsto na Clåusula Quarta do Contrato Administrativo nº 064/2010. Em razão de saldo remanescente, fica prorrogado pelo período de 03 (três) meses, o prazo de vigência previsto na Clåusula Quarta do Contrato Administrativo nº 064/2010, a contar de 13.04.2011. FUNDAMENTO LEGAL: art. 57, I c.c. § 2º da Lei Federal nº 8.666/93 ASSINANTES Contratante: Celso Luiz da Silva Vargas Contratada: Rafael Arantes Bispo Maracaju-MS, 12 de abril de 2011.


Edição de 14/maio de 2011