Issuu on Google+

ANO 60 Nº 11.080 Fundador: Weimar Torres

DOURADOS/MS

QUINTA-FEIRA

9/12 de 2010 Hedio Fazan

R$ 1,50 Diretora-presidente: Adiles do Amaral Torres

Celebrações marcam Dia da Padroeira Antes da procissão, foi celebrada missa campal em frente a Catedral

Em procissão, na noite de ontem, os fiéis percorreram as principais avenidas centrais de Dourados

celebrações em comemoração à nossa Senhora Imaculada conceição, Padroeira de dourados, atraíram milhares de pessoas ontem na Praça Antônio João. Às 18h30 houve missa em frente a catedral, seguida da tradicional procissão iluminada à luz de velas, carregadas por devotos. Eles caminharam pelas principais avenidas da

cidade, levando a imagem da santa até retornar à catedral. no percurso, oração e reverência. Este ano o bispo dom redovino rizzardo preparou mensagens de fé aos cristãos, tratando da realidade em que passa a cidade de dourados. O “furacão” de escândalos políticos que marcou o município refletiu nas mensagens. Dia a Dia 4

Câmara decide futuro de vereadores A Câmara de Dourados vota hoje pedidos de abertura de comissões para cassar nove vereadores que estão afastados A. Frota

Receita de 14 municípios cresce R$ 1,3 mi A receita anual de 14 municípios de Mato Grosso do Sul deverá ser maior em 2011 após a divulgação do resultado do Censo Demográfico do IBGE. O resultado indica que esses municípios terão um acréscimo nominal anual em suas receitas, em média, de 1,390 milhão no FPM em 2011. Página 6

Fonte: InMEt - InStItutO nAcIOnAl dE MEtEOrOlOGIA

Tempo parcialmente nublado a nublado com pancadas isoladas de chuva e trovoadas. Temperatura: estável. Max.: 38°C e Min.: 19°C. Vento direção: NW-SE, intensidade: fracos/moderados c/rajadas. Em Dourados, parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva e trovoadas. Temperatura: estável. Max.: 33°C e Min.: 19°C.

Prefeita Délia Razuk hasteia a bandeira nacional durante ato de entrega da praça

LOTOMANIA - Concurso 1095 09 - 13 - 21 - 23 - 26 - 32 - 34 - 35 - 44 - 50 - 51 56 - 64 - 66 - 73 - 75 - 81 - 86 - 89 - 92 quINA - Concurso 2467 05 - 07 - 33 - 36 - 38

Caderno B Cultura.................1 Variedades.....2 e 3 Capital .................4

nossa praça. Que alegria ver as bandeiras do Brasil, do nosso Estado e do nosso município serem hasteadas depois de tanto tempo da praça fechada”, afirmou a prefeita. délia deixou bem claro que não se tratava de uma inauguração, pois a obra não terminou. Além da concha acústica, ainda será instalada a fonte luminosa, que já foi licitada e deve ser colocada no local dentro de 60 dias. Dia a Dia 1

Marçal Filho participa de debates na ONU

Pesquisa coloca Murilo com 54% e Délia com 23%

Feriado gera polêmica em Ponta Porã

Caarapó integra o Fórum de Turismo

cIdAdes 1

MEGA-SENA - Concurso 1238 13 - 14 - 24 - 39 - 40 - 45

Polícia)...........1 a 4 Cidades .........1 a 4 Classificados.....1 a 8

depois de passar dois anos interditada, cercada por peças de lata numa reforma que parecia interminável, a Praça Antônio João foi reaberta na tarde de terça-feira pela prefeita délia razuk e por dezenas de moradores que foram ao local para ver de perto o resgate de um dos principais símbolos históricos de dourados. “Sinto uma satisfação enorme e uma grande emoção ao ver tantas pessoas aqui na abertura da

PÁGINA 4

Indicadores..................Página 7

Caderno A Opinião ................ 2 Política...........3 a 5 Economia.............6 Brasil....................7 Mulher..................8 Dia a Dia........1 a 4 Esportes (incluindo

Praça Antônio João é reaberta

Rachid Waqued

Educação na berlinda.......Página 2

LOTERIA FEDERAL - Extração 04508 1º prêmio: 13.884 (R$ 250 mil) 2º prêmio: 62.410 (R$ 22 mil) 3º prêmio: 49.340 (R$ 12 mil) 4º prêmio: 69.053 (R$ 11 mil) 5º prêmio: 77.484 (R$ 10.320)

DIA A DIA 3

Cidade do Natal foi montada na noite de anteontem na Avenida Afonso Pena

Campo Grande ganha Cidade do Natal uma cidade de luz dentro de campo Grande. Assim pode ser considerada a cidade do natal, montada nos altos da Avenida Afonso Pena. O ponto turístico temporário foi inaugurado pelo governador

André Puccinelli e o prefeito de campo Grande, nelson trad Filho, acompanhados das primeiras-damas. Após a entrega simbólica da chave da “cidade” ao Papai noel, prefeito, governador e demais

autoridades acompanharam o acendimento da gigantesca árvore de natal e a queima de fogos. Ato que inaugura também a iluminação especial em homenagem ao período festivo na capital. Dia a Dia 4

PÁGINA 5

cIdAdes 2


2

Opinião Opinião Opinião Opinião

Opinião

Opinião Opinião Opinião Opinião

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

P1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Tempos de reflexão III

Itaciana Santiago*

EDITORIal

Educação na berlinda Poucos dias após o Movimento Todos pela Educação ter divulgado relatório mostrando que os estudantes que chegam ao 5º ano e ao 9º ano do Ensino Fundamental não sabem ler e escrever de acordo com o esperado para a série e, tampouco, conseguem assimilar os conteúdos de matemática, a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) também coloca a educação brasileira na berlinda. Dados do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa) comprovam que é possível encontrar estudantes brasileiros com desempenho comparável ao dos chilenos, nação que tem o melhor sistema de ensino público da América Latina, e, ao mesmo tempo, com o aprendizado semelhante ao do Panamá ou Azerbaijão. A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico avaliou o conhecimento de estudantes de 15 anos de idade em matemática, leitura e ciências em 65 países e, acredite, o Brasil ficou na 54ª colocação, ou seja, a qualidade da educação brasileira só é melhor que a de outras 11 nações pesquisadas. O melhor desempenho do Programa Internacional de Avaliação de Alunos foi localizado no Distrito Federal, onde os estudantes de 15 anos atingiram média de 439 pontos na soma das três disciplinas avaliadas e ficaram no mesmo patamar do Chile, país que obteve o melhor resultado entre os latino-americanos. Por outro lado, os alunos de Alagoas e Maranhão atingiram, respectivamente, médias de 354 e 355 pontos, ficando equiparados aos estudantes do Panamá, Peru, Azerbaijão e Quirziquistão, nações que aparecem nas últimas colocações no estudo realizado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico. É impossível, diante deste cenário, não lembrar do senador Cristovão Buarque (PDT), que durante a campanha pela presidência da República, em 2006, reclamava que as agências do Banco do Brasil apresentam o mesmo padrão físico, tecnológico e de recursos humanos em qualquer município brasileiro, mas as escolas públicas não tinham padrão algum, ou seja, quanto mais pobre a cidade, pior a educação que ela oferecia aos

seus estudantes. Essa disparidade fica ainda mais grave quando a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico compara o desempenho de alunos das escolas públicas com aqueles que estudam em instituições particulares. A distância entre as pontuações obtidas pelos estudantes das duas redes, que chegava a 109 pontos em 2006, bateu a marca de 121 pontos no Programa Internacional de Avaliação de Alunos divulgado anteontem. São dados que indicam níveis de conhecimento distintos em leitura, matemática e ciência, comprovando que enquanto o aluno que estuda numa escola particular alcança 519 pontos em média, os matriculados na rede pública apresentam média de 398 pontos. Significa dizer que os alunos das escolas particulares chegam aos 15 anos de idade conseguindo ler um texto e extrair sua ideia principal, identificando argumentos contraditórios e pouco explícitos, além de serem capazes de relacionar informações com situações do cotidiano, enquanto os alunos da rede pública só entendem informações explícitas e não são capazes de perceber trechos mais importantes numa leitura. Essa situação é gravíssima e seria suficiente para motivar denúncias do Ministério Público Federal contra gestores educacionais pelo Brasil afora, já que se trata de um crime grave e que, indiscutivelmente, impedirá o desenvolvimento de toda uma Nação. As autoridades não podem fechar os olhos para um problema que só vem se agravando, sob risco de, num futuro não muito distante, existir um gigantesco abismo entre a qualidade do ensino público e particular. Em 2003, por exemplo, a diferença no desempenho dos alunos das redes públicas em matemática e ciências na comparação com os estudantes da rede particular chegava a 109, saltou para 117 em 2006 e chegou a 132 em 2009, de forma que, neste ritmo, quando chegar em 2020 a discrepância passará dos 200 pontos. O sistema público de educação do Brasil não pode mais continuar fazendo de conta que ensina, enquanto os estudantes seguem fazendo de conta que aprendem, mesmo porque essa conta acabará ficando para as futuras gerações que terão que pagar cada vez mais impostos para resgatar a dívida social que os governos estão criando na atualidade.

Injeção de vaselina na veia e o Direito Penal José Carlos de Oliveira Robaldo* Aqui mesmo nesta coluna, por diversas vezes, critiquei a mania que se tem de recorrer ao Direito Penal como “remédio para todos os males”, isto é, como meio eficiente e eficaz para proteger todo e qualquer bem da via (bem jurídico) ou de proteger a sociedade de todo e qualquer ataque. Essa crítica deve-se ao fato de estar impregnado na nossa cultura o conceito de que o Direito Penal é o “salvador da pátria”, que é o melhor e a única opção de combate à violência. Daí o reclamo social da necessidade de mais leis penais toda a vez que surge um fato violento, como o que ocorreu recentemente em São Paulo, que ficou conhecido como a “violência da Av. Paulista contra os homossexuais”. Neste caso, por discriminação, um rapaz foi agredido violenta e covardemente por pessoas (o que constitui crime), aparentemente avessas a sua possível opção sexual. A propósito, esse episódio reacendeu a discussão sobre um projeto de lei que tramita no Congresso Nacional visando incriminar a homofobia. Agora, de outra parte, não há como negar a necessidade de se recorrer ao Direito Penal, até mesmo como meio de punição aos responsáveis, a casos semelhantes ao que ocorreu recentemente na capital paulista, mais especificamente no Hospital São

Luís Gonzaga, no Jaçanã, com a lamentável e revoltante morte da estudante Stephanie dos Santos Teixeira, de apenas 12 anos de idade. Ao invés de ser medicada com soro, por erro grosseiro, ao que tudo indica, foi-lhe ministrada 50 ml de vaselina na veia. A responsabilidade penal, ao contrário de outros ramos do direito, só se aplica em caso de dolo (intenção/indiferença ou culpa/descuido). No episódio acima, a princípio, pode-se descartar o dolo, pois, ao que se extrai das notícias veiculadas, não houve a intenção de matar a paciente. Entretanto, o homicídio culposo, ao menos em tese, está configurado. A troca de frasco ocorreu por falta de cuidado por parte das pessoas responsáveis pela medicação (médico(s), enfermeiro(s) etc). No caso, a falta de cuidado/ desleixo está evidenciada, dentre outros, no fato de as embalagens dos frascos serem iguais, ambos com tampas azuis, com rótulos idênticos. Isso, por si só, já revela o descuido, sobretudo por se tratar de uma questão de saúde, em que o cuidado deve ser redobrado. O crime culposo trabalha com um termo denominado “previsibilidade” em relação ao resultado decorrente do descuido. Isso significa, em outros termos, que, na medida em que se age com falta de cuidado/desleixo, é perfeitamente possível à pessoa normal antever que poderá causar um mal a outrem. No caso, as substâncias (soro e vaselina) não poderiam estar em frascos idênticos, com rótulos e tampas iguais, pois a possibilidade de engano e

de causar problemas a pacientes é grande, ou seja, é previsível. Na realidade, e infelizmente, a saúde das pessoas, não obstante a sua relevância e com suas merecidas exceções, não tem merecido os cuidados por parte do setor médico que deveria ter. Esse é um tema que deve ser mais bem refletido, até mesmo em respeito à dignidade da pessoa humana. O importante é que a morte da pequena Stephanie não tivesse ocorrido. Contudo, como não há como reverter essa tragédia, resta agora trabalhar com as suas consequências jurídicas. Com isso, pode-se afirmar que, além da responsabilidade penal, esse fato também gera responsabilidade civil (material e moral) em relação aos seus responsáveis (hospital, médico, enfermeiro etc). Embora o resgate da vida da pequena Stephanie seja impossível, ao menos que essa perda irreparável sirva de reflexão para os profissionais e demais pessoas para com a dignidade da pessoa humana. Com efeito, já que a sensibilidade humana foi impotente para evitar esse lamentável quadro, o direito, sobretudo o penal, deve interferir, ao menos, como prevenção. *Procurador de Justiça aposentado. Mestre em Direito Penal pela Universidade Estadual Paulista-Unesp. Professor universitário. Representante do sistema de ensino telepresencial LFG, em Mato Grosso do Sul. Ex Conselheiro Estadual de Educação. Sul. e-mail: jc.robaldo@terra.com.br

Os dias passam, o fim do ano se aproxima, é época de formular novos planos para o ano que chega. Festas, comemorações, alegrias, trocas de presentes... Mas, devemos ter o cuidado de não deixar que o mais importante de tudo fique esquecido, mergulhado no álcool, atolado na gula, isto é, o recolhimento espiritual do ser e a reflexão sobre mais um ciclo de tempo que passou, que nos envelheceu, tempo que não volta mais... a oportunidade de nos autoavaliarmos, de nos corrigirmos, de apararmos as arestas, pois esse mesmo ciclo de tempo que termina e deixa seu rastro grisalho em nossos cabelos, nos mostra diuturnamente que não somos perfeitos. Ao nos aproximarmos das festas de fim de ano nosso coração é invadido pela magia universal e torna-se mais macio, mais caloroso apontando para as oportunidades de reconciliação, de amar, de estender a mão à outra mão que tem frio, fome e desespero... Mas, mesmo assim, ultimamente parece que estamos

muito ocupados com outras coisas, pois, há momentos em que as coisas do coração parecem ter perdido seu valor. Sejamos fortes! para que o bem continue a ser vencedor... vamos visitar aquele irmão que não conversamos há anos, aquele pai , aquela mãe que um dia brigamos e o amigo que por uma tolice deixamos na incompreensão... O ano passa e nasce outra vez para que possamos avaliá-lo e nos autoavaliarmos. É oportunidade de vermos que o amor sempre foi o responsável por nossas vitórias mesmo quando nossas dores pareciam não ter mais solução. E que a sua ausência foi o que nos proporcionou as quedas que tivemos e as amarguras que obtivemos por ainda sermos um tanto imperfeitos, pois, “ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o címbalo que retine”. Dias sucederam dias e cá estamos novamente exauridos pelas brigas, pelos desentendimentos profissionais e familiares, pelas questões humanas, pelos obstáculos que transpomos. E a vida se renova alicerçada nas vitórias que obtivemos, pelos bons trabalhos que executamos, pelos amigos que apoiamos, pelas novas amizades que construímos, pois, é natal e a

magia nos invade e renascemos nas cinzas do ontem apontando otimistas para os dias de amanhã. A vida nos proporciona diversas oportunidades de sermos bons ou ruins, de caminharmos por caminhos tortuosos ou não, de nos atormentarmos pela vitoria do outro ou construirmos nossas próprias vitórias, perdemos muito tempo olhando o que o outro fez! E você? O que você fez? Isso importa muito para nossa paz de espírito, para a suavidade de nosso ser, de nossa integridade, para a chamada transparência do ser, para construirmos a insustentável leveza que temos que nos promete a felicidade, ah! Essa felicidade cantada em versos e em prosa, almejada por todos nós e que na correria do dia a dia a perdemos e quando tentamos encontra-la, ela se acha perdida num labirinto de difícil acesso! Portanto, benditos sejam os finais de ano, para que no intervalo de um ano para outro, possamos nos encontrar conosco mesmo, com nossas deficiências, com nossas qualidades, com as oportunidades de melhoria, com as pessoas queridas e com Deus! *Pedagoga, psicopedagoga, especialista em Família e Políticas Públicas, membro do Comitê de Governança Unicef Opas.

as escolhas de hoje e o que será do futuro Manoel Marques Cardoso* Na revista Ve j a d e s ta semana o professor Jim Collins, num dado momento da entrevista diz o seguinte: “O mundo está mais complexo e mais independente. As empresas não são as únicas forças globalizantes. Estamos nos globalizando em vários aspectos, nos bons e nos ruins, na cultura e na doença. Temos ainda a evolução tecnológica na medicina, na eletrônica, na bioengenharia, na computação, criando coisas que nem imaginamos.” O prezado leitor que está lento este texto, possivelmente, tomará conhecimento ou mesmo participará de algumas das fases mencionadas pelo intelectual americano, porque sabe ler e interpretar corretamente o que está lendo. Muito bem lembrado pelo colega Benê Cantelli que os animais, por si só sabem como proceder sem nenhum ensinamento, porém mostra o articulista o amplo espectro de caminhos que podemos e, se tivermos condições, devemos seguir para ter uma posição social e profissional de conformidade com as evoluções mencionadas pelo professor Collins, que lá do Colorado, nos EUA, é convidado a dar palestras de 45 minutos a R$. 100.000,00 ao redor do mundo. Queremos chegar lá? Todos queremos, é lógico. Mas temos que ter um início em educação e escolaridade, primeiro em educação para saber quanto o serviço a ser exercido e com que maestria temos que fazê-lo para

merecer o valor a ser cobrado e assim chegar a um status na vida que poucos alcançam. Educação, no sentido mencionado, é aquela que você recebe nos primeiros dias de vida, o carinho dos pais, o uso das palavras corretamente, o plural e singular, falar palavras inteiras e não pelas beiradas, coisas que se os pais não tiveram na infância e não obtiveram na idade adulta, vai se perpetuando na tradição do uso errado e a má pronuncia das palavras. Escolaridade é aquela que o estado por excelência deveria nos oferecer de ótima qualidade, para que assim tenhamos um país, que não eleja pessoas que não sejam nossos iguais, ou seja, dotados do mínimo de cultura e desenvolvimento intelectual para saber discernir o que seja certo ou errado em qualquer decisão que tenha que tomar e não ficar sendo chamado de semianalfabeto como fez o senador Magno Malta, que chamou Lula na Veja desta semana, de semianalfabeto. Para completar quer aprovar uma lei em que os analfabetos possam ser eleitos para exercer cargos públicos, tendo Tiririca como pano de fundo. Marcelo Coelho nesta semana dá-nos uma informação preciosa de como está a educação brasileira, que a nossa presidente eleita diz estar em bom caminho. Num universo de sete milhões de alunos da rede pública que participaram, neste ano, de um concurso de redação escolar, organizado pelo MEC e fundação Itaú, depois de muitas eliminatórias sobraram 150 textos elaborados por alunos com idade entre 13-15-17 anos. Se o eleitor dividir 150 por 7.000.000 para

encontrar o percentual de textos aproveitados vai ter somente zeros, ou seja, a quantidade de textos aproveitáveis com algum louvor é ínfima, embora o professor Marcelo teça alguns elogios pela correção das palavras e o sentido romântico de falar sobre revoada de pássaros, regatos límpidos, preservação do meio ambiente etc. Um dos fatores mencionados é que em cidade pequenas, ocorre uma mistura de crianças oriundas de famílias mais instruídas com paupérrimas e daí, surge uma contaminação cultural beneficente aos menos instruídos. Ao contrário do que Lula diz: Os ricos não querem que os pobres comprem carros para manter as ruas livres para eles (os ricos) circularem mais confortavelmente. Esse tipo de observação nasce da hipocrisia de querer separar o Brasil em castas e não combina com um ex operário que entrou na presidência e a primeira coisa que fez foi comprar um avião de 60 milhões de dólares e agora, numa afronta aos seus pobres eleitores, está comprando outro avião de 500 milhões de reais enquanto temos mulheres, Lá na sua região nordestina, caminhando dois quilômetros ou mais carregando uma lata de água na cabeça para fazer comida para os filhos. Veja o que diz Jair Ribeiro na Folha de 5/12/10. ”Sinceramente não entendo porque mais pessoas não se sentem revoltadas diante das condições da educação pública neste país” Eu também não entendo. O leitor entende? *Economista/empresário. e mail manoelmarquescardoso@ hotmail.com

EXPEDIENTE O PROGRESSO: O MAIS ANTIGO DO ESTADO E DE MAIOR CIRCULAÇÃO EM TODO O INTERIOR

Este jornal expressa sua opinião pelo Editorial. As demais opiniões são de responsabilidade de seus autores. EDITORA JORNAL O PROGRESSO LTDA CGC 03.356.425/0001-26 Departamento Comercial, Administração, Redação e Parque Gráfico: Av. Presidente Vargas, 447 CEP 79804-030 Dourados-MS. Telefones Redação: (0xx) 67-3416-2600 Depto. Comercial: (0xx) 67-3416-2600 Depto. Assinaturas (Dourados): (0xx) 67-3421-2094 Fax: (0xx) 67-3421-1911 HOME PAGE: http://www.progresso.com.br E-MAIL: progresso@progresso.com.br Representantes: São Paulo: Contato - Rua Joinville, 654 - Fone (0xx) 11-5572-7577 -Fax 55796861; Rio de Janeiro: JC Representações - Av. Almirante Barroso, 97 - Fone (0xx) 21-3262-7469; Brasília - Armazém de Comunicação SCS Q. 1 BL. "K" - Ed. Denasa 13º andar - sala 1.301 Fone/fax (0XX) 61-3321-3440. Em Campo Grande: Departamento Comercial (Elaine e Alexandre) e Redação: Rua 13 de Maio, 2118 - Telefones (0xx) 67-3325-5343 - Fax 3325-1448

"O PROGRESSO" Registrado no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) sob o nº 812285964

ASSINATURAS DOURADOS, INTERIOR E CAMPO GRANDE Anual ------------------------------------------ R$ Semestral ------------------------------------- R$ Trimestral ------------------------------------ R$ Bimestral ------------------------------------- R$ Mensal ---------------------------------------- R$ VENDA AVULSA Dourados, Interior e Campo Grande Do ano Do ano anterior

NúMEROS ATRASADOS

Este jornal é filiado à:

ABRAJORI - ADJORI - ACOSMS - FEBRACOS

220,00 130,00 85,00 60,00 40,00 - R$ 1,50 - R$ 1,70 - R$ 2,50


P1

Política Política Política Política

Política

Política Política Política Política

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

3

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

a

Assembleia

Bisonhice Sem-Terra

Toda mobilização da massa de manobra do MST, da CUTRural, da Federação da Agricultura Familiar e da Federação dos Trabalhadores na Agricultura para plantar milhares de sem-terra na porteira da Fazenda Paquetá, localizada entre Dourados e Ponta Porã, pode dar com os burros n’água. Tudo porque os proprietários do Grupo Paquetá colocaram como condição para negociar a fazenda com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) que o Instituto de Colonização e Reforma Agrária mantivesse sigilo enquanto o martelo não fosse batido, mas os interesses políticos-eleitorais do pessoal do Incra em Mato Grosso do Sul falaram mais alto e a negociação vazou justamente para os líderes desses movimentos que, imediatamente, acamparam defronte a fazenda.

Terra Zero

Diante da baderna instalada, com os constantes bloqueios da BR-463 e, principalmente, do desgaste da imagem do Grupo Paquetá com o gigantesco acampamento que se formou diante da fazenda, os proprietários já teriam desistido de vender a área para o governo federal. Prova disso é que parte de toda área de pastagem está sendo renovada e o plantio da Safra de Verão já foi finalizado.

Terra Zero 2

Engana-se quem pensa que os proprietários da Fazenda Paquetá decidiram vender a gigantesca área em virtude de dificuldades financeiras. O Grupo Paquetá, que em junho de 1945, em Sapiranga, no Rio Grande do Sul, está mais sólido do que nunca e hoje administra desde indústria de calçados, rede varejista de calçados, empreendimentos imobiliários, administradora de cartões de crédito e fazendas.

Terra Zero 3

O Grupo Paquetá também é dono de importantes marcas como a Dumond, Capodarte, Diadora e Ortopé, ou seja, a venda ou não da Fazenda Paquetá para o governo federal não fará qualquer diferença para os empresários que têm negócios em 13 Estados e na Argentina. Atualmente, o grupo emprega 18 mil pessoas diretamente e gera outros 5 mil empregos indiretos.

Terra Zero 4

Portanto, a baderna do MST e dos seus aliados pode custar caro para a massa de manobra, já que a Fazenda Paquetá apresenta elevados índices de produtividade e não poderá ser desapropriada apenas para atender aos interesses desses organismos marginais. A área que o MST quer ocupar é toda dedicada a criação de gado de corte, plantio de soja, milho, cana-de-açúcar e pastagens, ou seja, reforma agrária na propriedade somente se o Grupo Paquetá quiser.

Planejador

A presidente eleita Dilma Rousseff não fez uma escolha feliz ao tirar o petista Paulo Bernardo do Ministério do Planejamento para instala-lo no comando

Murilo costura apoio em busca de mandato tampão” Vice-governador manteve contato com vários deputados, dentre eles, Zé Teixeira Divulgação

Willams Araújo

Chororô xiita

Vander Loubet e Antonio Carlos Biffi devem participar hoje de um café da manhã entre a bancada do PT e o presidente Lula, no Palácio do Planalto. O encontro de confraternização marcará também a despedida do líder petista que dará o lugar a Dilma Rousseff em 1º de janeiro.

do Ministério das Comunicações, que estava nas mãos do peemedebista Hélio Costa. Se tivesse pesquisado a vida pregressa de Paulo Bernardo, Dilma saberia que ele foi talhado para o “planejamento” e o Mato Grosso do Sul sabe muito bem disso.

Faceiro

Planejador 2

Para quem tem memória curta, Paulo Bernardo é aquele mesmo que foi importado do Paraná pelo então governador Zeca do PT, no primeiro governo, e que fez todo “planejamento” à frente da Secretaria de Estado da Fazenda, criando o regime especial de arrecadação de ICMS que tanto beneficiou os amigos do poder, apelidados de notáveis pelo próprio governador.

Planejador 3

O tal Grupo de Notáveis do Zeca do PT reunia figuras como Antônio Russo, aquele mesmo que conseguiu quebrar o Frigorífico Independência; Aurélio Rocha, da Campina Verde Armazéns Gerais; Jaime Valler; o financiador de campanhas José Carlos Bunlai; o usineiro José Pessoa; Lélio Ravagnani Filho, Luis Fernando Buainain Luiz Humberto Pereira, Pedro Chaves, Sérgio Dias Campos, Valdir Zorzo, entre outros. Vai vendo...

Ponta Porã

Veja essa: a Associação dos Aposentados e Pensionistas da Prefeitura de Ponta Porã firmou convênios com o Maxi Hipermercado, de Pedro Juan Caballero, para atender seus associados. Ou seja, além de prejudicar os supermercado de Ponta Porã, a tal AAPP está incentivando o contrabando de mercadorias, já que os produtos comprados no Paraguai entram no Brasil sem pagar qualquer imposto.

Aparelhada

O aparelhamento político, ou partidarização da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems) pode prejudicar o crescimento da instituição em todo o Estado. Uma audiência pública hoje, na Assembleia Legislativa, vai discutir o futuro da Uems, mas nos corredores do Parque dos Poderes a certeza é que se a partidarização continuar o governo pouco poderá fazer pela universidade.

Ardidas · A prefeita Délia Razuk (PMDB) está colhendo elogios pela abertura da Praça Antônio João, mas, mesmo distante de Dourados, o deputado federal Geraldo Resende comemorou a decisão da prefeita e disse que Délia demonstrou determinação para corrigir o encaminhamento dado pelo ex-prefeito que, deliberadamente, atrasou o projeto por perseguição política. · Geraldo lembra, no entanto, que a Prefeitura terá que fazer novas licitações para aquisição dos equipamentos previstos no projeto original aprovado pela Caixa Econômica Federal, como a fonte luminosa e as tendas. Os pitacos do deputado têm explicação: foram dele as emendas que somaram R$ 1.218.750,00 para a reforma e revitalização da Praça Antônio João. · Por falar em Praça Antônio João, leitor enviou e-mail com a seguinte observação: sou douradense nato e fiquei muito feliz por ter de volta a nossa praça, local onde vivi momentos de minha juventude, quando reunia os amigos de 15 a 17 anos e ficava conversando até tarde da noite. · Finaliza o leitor: “no meu tempo, havia uns guardas que cuidavam da praça e era proibido andar de bicicleta, mas, para minha surpresa, ao levar minha filhinha para conhecer a nova Praça Antônio João encontrei um bando de garotos de 14 a 16 passeando com suas bicicletas pelo interior da praça, enquanto três guardas municipais que estavam próximo ao Posto da Apae nada fizeram. Será que vão agir somente depois que uma criança for atropelada?”

Conjuntura

Murilo Zauith busca apoio para a sua candidatura a prefeito de Dourados área de saúde. Os dois foram soltos recentemente depois de ampo Grande vários dias incomunicáveis na – O vice-governador prisão. Após a conversa, Tita, Murilo Zauith (DEM) decidiu atravessar os que trocou o PMDB pelo PPS limites de Dourados, onde faz apenas para permitir acomodacampanha rumo a um “manda- ções na composição das chato tampão” de dois anos, para pas de candidatos aos cargos buscar apoio na Assembleia proporcionais que apoiaram o Legislativa, na Capital, onde governador André Puccinelli já atuou e tem forte afinidade (PMDB), sugeriu apoio dos com os principais líderes polí- aliados ao democrata. “Acho que agora é a vez ticos de Mato Grosso do Sul. do PMDB apoiar Líder nas ele. Deveria lanpesquisas de inAndré çar o candidato a tenções de voto, Puccinelli vice”, sugeriu o Murilo converdeverá deputado em resou com vários ferência a Murilo apoiar deputados, entre Zauith, que ciros quais, Zé Teicandidato culou ainda por xeira, presidendo PMdB outros gabinetes te regional do na Assembleia. DEM, principal No entanto, o próprio entusiasta da candidatura do correligionário à sucessão governador avisou que apoiará um nome que porventura municipal em 2011. Apesar de ninguém ter seja indicação pelo diretório detalhado o teor da conversa, municipal de seu partido para o deputado estadual Diogo disputar a Pefeitura de DouTita (PPS), revelou que o bate- rados, hoje administrada pela papo com o vice-governador vereadora peemedebista Délia foi sobre o processo sucessório Razuk. Os deputados federais douradense, que ocorrerá em fevereiro do ano que vem por Marçal Filho e Geraldo Recausa da renúncia do prefeito sende são outras opções do Ari Artuzi (sem partido) e do PMDB local para o possível vice-prefeito Carlinhos Cantor confronto com o democrata. Apesar de liderar a cor(PR). Artuzi e Cantor, entre ou- rida pela prefeitura, Murilo tras autoridades políticas, es- se articula na tentativa de tão sendo acusados de integrar fortalecer sua candidatura. A uma quadrilha que sobrevivia ideia do democrata é impedir a custas de propina com di- uma candidatura peemedebista nheiro de licitação pública na e trazer outros partidos para Willams Araújo

C

seu palanque, como PSDB, PR, etc. Articulações nesse sentido devem ser conduzidas também por Zé Teixeira, que tem trânsito livre no gabinete do governador e demais lideranças políticas municipais e estaduais. OPOSIÇÃO Embora fragilizada após derrota nas urnas em 3 de outubro, a oposição, liderada pelo PT, deve buscar seus espaços políticos. Na linha de frente está o ex-governador Zeca do PT, que lidera o deputado federal Vander Loubet, um dos principais articuladores do partido e que tem suas ligações no município, onde atualmente brilha apenas a estrela do exprefeito e deputado estadual eleito Laerte Tetila. Apesar disso, a oposição terá primeiro que se organizar, uma vez que, saiu rachada das eleições devido a incompatibilidade de relacionamento entre Zeca do PT e o senador Delcídio do Amaral, talvez, o único com fôlego no momento para proceder o processo de reorganização partidária num grupo extremamente fragilizado. A advogada Tatiane Ujacow surge como possível nome do PV. Outras legendas de menor expressão eleitoral no município, como o nanico PSDC, também já se manifestaram.

Aproveitando alguns prefeitos que estão em Brasília esperando o movimento do dia 15 em favor sanção presidencial da partilha dos royalties do petróleo, o senador Delcídio do Amaral (PT) vendeu seu peixe. Pré-candidato à sucessão do governador André Puccinelli (PMDB) nunca escondeu seu desejo. “Hoje, atendi vários prefeitos e vereadores de MS. Preparando 2012, até porque, 2014 vem aí, né?”, postou ontem em seu twitter.

Rebeldia

Apesar de amigo da cozinha do italiano, o deputado Diogo Tita (PPS) andou azedando na sessão de anteontem da Assembleia ao votar pela derrubada de um dos vetos do governador. Aliás, dizem que o clima não é dos melhores entre as duas instituições e que tem tudo a ver com atraso na liberação de verbas para atender as bases dos parlamentares.

Agilidade

A reforma do Código de Processo Penal, aprovada pelo Plenário em turno suplementar na noite de anteontem, trará agilidade à Justiça, de acordo com o senador Valter Pereira (PMDB-MS). “O novo código vai impedir aquelas malandragens jurídicas que às vezes tornam a Justiça mais lenta. A partir da vigência deste código a sociedade vai ter as respostas que tem demandado”, disse. (e-mail: conjunturaonline.com.br)

Colono – Cumpádi, ocê viu? A nova praça tá bunita... Zé Pinga – é, só que ia levá a molecada onti prá comê pipoca e deu azar: muita chuva... ic, ic, ic...


4

Política Política Política Política

Política

Política Política Política Política

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

P1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Missão Oficial

Na ONU, Marçal debate temas mundiais Deputado participou de discussões sobre mar territorial, Direito Penal Internacional e Conselho de Segurança Divulgação

Informe C

Cícero Faria cicerolfaria@gmail.com

Afastado

Eleito na coligação de Zeca do PT, George Takimoto (PSL) disse que pretende manter certa distância do governo do PMDB. “Essa é a primeira vez que vou comentar isso com alguém, ficarei na oposição, mas de maneira inteligente e racional, nada que prejudique a população do meu Estado”, confidenciou ao jornalista André Nezzi, de Caarapó. Naquele município – onde trabalhou como médico na década de 60, Takimoto recebeu 509 votos, muito acima do esperado por ele.

50% de cada lado

Como Dourados elegeu quatro deputados estaduais, a divisão de forças ficará dividida meio a meio: do lado do governo, Zé Teixeira (DEM) e Lauro Davi (PSB) e na outra banda, Takimoto e Laerte Tetila (PT). Com isso, a política local fica com ponto e contraponto.

Na poeira

Enquanto o PMDB patina na escolha do candidato a prefeito em 2001, Murilo Zauith já colocou o pé na estrada fazendo contatos nos bairros douraden-

ses. Antenado na modernidade cibernética, postou no twitter que “Depois de um dia de andanças por Dourados vou descansar. Obrigado pelo apoio meus amigos”, fazendo o relato do seu dia na segunda-feira.

Mala e cuia

Indagação mais ouvida nos últimos dias em Dourados se refere ao novo endereço de Ari Artuzi e família. Vale todo tipo de especulação de que teria ido de volta para os pampas gaúchos, até que mudou para Campo Grande ou se instalou numa confortável mansão em Dourados. Mas, como responde processos, ele não pode simplesmente sumir do mapa porque precisará ser intimado pela Justiça. Mas um vizinho jura que a mudança de Artuzi não saiu do Canaã 1.

Efeito Passaia

A Câmara de Dourados abre hoje comissões processantes atendendo a pedido do PPS para cassar (ou não) os oito vereadores presos na Operação Uragano. Sidlei Alves já havia pedido para sair, mas o restante – afastado pela Justiça, continua no cargo. Como os suplentes estão ansiosos para serem efe-

Tá boa a pressão do Zé!

tivados, coube ao PPS (do suplente Walter Hora) provocar a investigação que deverá resultar na cassação dos oito por quebra de decoro parlamentar.

Segue o enterro

O TRE deve marcar para o dia 6 de fevereiro a nova eleição para prefeito e vice de Dourados. Aquele tribunal já foi comunicado da vacância dos cargos e começa a tomar as medidas administrativas para que os douradenses voltem às urnas. Esse é o desejo da maioria. Paralelamente a Câmara tenta derrubar a liminar da Justiça local que garantiu a permanência da prefeita interina Delia Razuk no cargo até a eleição.

Águas turvas

“Em Corumbá, um marco luxuoso de pesca para 20 pessoas foi adquirido por um cabeça coroada, em nome de laranja, e transformado em meio de espaço de lazer. Dizem que a aquisição custou cerca de R$ 700 mil e a embarcação já ganhou o apelido de ‘Navepac’. Ô loco!” Nota da coluna Diálogo, do Correio do Estado, da jornalista Ester Figueiredo.

Então, pode tomar mais umas “tubainas”

Bate-Rebate Muita gente hoje já está pensando em deixar um mundo melhor para nossos filhos. E que tal deixarmos filhos melhores para nosso mundo? Inquietação do arquiteto douradense Luiz Carlos Ribeiro. Questão antiga que tramita na Câmara, o projeto, que regulamenta a exploração dos jogos de bingo, também faz parte do acordo para votação em sessão extraordinária. Aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça em setembro, a lei regulamenta os jogos de bingo, videobingos, videojogos e caçaníqueis. Esses jogos estão proibidos no Brasil desde 2004. Com a sobra do orçamento deste ano, a Câmara de Angélica investiu R$ 36 mil na montagem de uma “academia popular”. Montada ao ar livre, a praça de exercícios terá 13 equipamentos.

Esperto é aquele que aprende errando. Inteligente é aquele que aprende vendo o outro errar

O juiz Marcos Antônio Sanches não atua mais desde setembro de 2001, quando foi afastado, por suspeita de envolvimento com o tráfico e venda de sentença, segundo o Campograndenews.

Recado do senador Delcidio do Amaral no twitter: “Hoje, todos nós são-paulinos continuamos tricolores. Fluminense campeão!”

Em agosto de 2008, ele foi demitido do cargo, no mesmo processo em que foi considerado culpado por corrupção. Apesar disso, ele ainda carrega o título de juiz, recebe os salários normalmente, e move uma briga judicial para ser aposentado pelo TJ.

O secretário de Obras, Antonio Nogueira, disse ontem ao Informe C que pensou que o tapaburaco na rua Oliveira Marques tinha sido feito até a Polícia Federal. Vai verificar o “migué” que passaram nele.

O primeiro foco de ferrugem asiática da soja no MS foi identificado em uma lavoura de Aral Moreira no dia 1º. A planta estava em desenvolvimento vegetativo.

A presença prometida da Guarda Municipal 24 horas na Praça Antonio João é medida pra lá de acertada. Se bobear, a vagabundagem toma conta.

Marçal Filho com os deputados Paulo Pimenta e Pedro Valadares na Conferência da ONU

B

RASÍLIA - O de- julga governantes sobre criputado federal Mar- mes contra a humanidade”, çal Filho (PMDB) enfatizou. “Esse também foi concedeu entrevista um tema importante já que o ao vivo ontem, direto de Brasil é signatário do TPI e Nova York, à 94 FM, onde nossa legislação precisa estar falou sobre os debates que adequada às leis que formam estão sendo travados na 65ª o Tribunal Penal InternacioAssembleia-Geral da Orga- nal”, explicou. nização das Nações Unidas Outro debate que contou (ONU). Marçal é o único com a observação da missão integrante da bancada fede- oficial da Câmara dos Deral de Mato Grosso do Sul a putados foi o que envolveu compor a missão oficial da Brasil, Alemanha, Índia e Câmara FedeJapão para disral e está acomcutir o interesse Deputado é panhado pelos do governo braúnico de MS sileiro por uma deputados Átila presente na vaga no ConLins, Alexandre missão que Santos, Efraim selho de Segua Câmara Filho, Pedro Varança da ONU. ladares e Paulo enviou à ONU “Tudo que é dePimenta. Eles cidido na ONU atuam como observadores são apenas recomendações, nos debates que estão sendo resoluções e não tem poder travados durante toda esta de lei nos países, agora o que semana em busca de soluções o Conselho de Segurança da para os principais problemas ONU decide acaba prevaleglobais. cendo e o Brasil tem apoio “Já participamos das desses e de outros países na conferências que aborda- luta para conseguir um assenram temas como o Direito to no Conselho”, argumentou do Mar, que é a ocupação Marçal Filho. do mar territorial pelos paO deputado explicou íses membros da ONU e o que durante a conferência direito a sua exploração”, houve também a discussão explicou Marçal Filho. “No para a criação de um grupo Brasil, por exemplo, temos dentro da ONU para tratar o pré-sal e o assunto é re- de assuntos relacionados levante para o nosso país, as mulheres. “A ex-presisobretudo neste momento dente do Chile, Michelle em que a Petrobras desco- Bachelet, agora preside essa bre novas reservas de pe- comissão de mulheres na tróleo na camada pré-sal”, ONU e tratará de assuntos concluiu o deputado. como crimes contra a muA missão oficial também lher, além de julgar casos participou da conferência como o da iraniana que foi sobre Direito Penal Inter- condenada a morte por apenacional. “Participamos da drejamento sob acusação reunião de embaixadores da de adultério em seu país”, ONU sobre o Tribunal Pe- exemplificou o deputado. nal Internacional (TPI), que “Nesta comissão, o Brasil

é representado pela embaixadora Maria Luiza Ribeiro Lopes, e nos reunimos com ela e também com a embaixadora brasileira Regina Maria Cordeiro, para discutir o que a Câmara dos Deputados pode fazer nesta área”, revelou. Marçal Filho disse ainda, durante a entrevista ao vivo, que teve a oportunidade de acompanhar uma brasileira até um hospital público de Nova York e como nas unidades saúde dos EUA não existe um serviço como o Sistema Único de Saúde (SUS), do governo federal brasileiro, quem paga a conta são os Estados e municípios norte-americanos. “Aqui nos Estados Unidos cada cidade cuida da sua saúde pública, tanto que aqui em Nova York é a prefeitura daqui qualquer pessoa que chega nesse hospital é atendido, não precisa ter comprovante de residência, encaminhamento, atestado ou conta de água, basta que a pessoa esteja com a carteira de identidade em mãos”, contou Marçal Filho. Ele revelou que a paciente brasileira foi até o Hospital Metropolitano de Nova York e foi prontamente atendida, passou por uma cirurgia sem sofrer com a burocracia existente no Brasil. “Como existem algumas cidades aqui nos EUA que não têm condições de bancar os custos com a saúde publico, o governo federal está tentando criar um tipo SUS como no Brasil”, enfatizou. “O importante é que não importa a nacionalidade, a pessoa é imediatamente atendida”, finalizou.


P1

Política Política Política Política

Política

Política Política Política Política

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

5

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Pesquisa

Murilo tem 54% e Délia 23%, diz Ibrape Pesquisa realizada nos dias 5 e 6 de dezembro revela a intenção de voto para a Prefeitura de Dourados vice-governador Murilo Zauith (DEM) aparece com 54% das OURADOS – Pesqui- intenções de voto, seguido pela sa Ibrape realizada nos prefeita Délia Razuk (PMDB) dias 5 e 6 de dezem- com 23%, do professor Wilson bro, junto a 442 elei- Biasotto (PT) com 11%, do deputado eleito tores dos mais diferentes bairros de Mais de 85% Lauro Davi (PSB) Dourados, mostra das pessoas com 4%, da advoa intenção de voto defendem a gada Tatiana Ujacow com 2%, endos douradenses renúncia de quanto os brancos para a Prefeitura vereadores somam 2% e os de Dourados. Na da Uragano indecisos apenas pesquisa estimu4%. A pesquisa lada, quando o enIbrape tem margem de erro de trevistador apresenta um disco ao entrevistado com os nomes 3 pontos percentuais para mais dos possíveis candidatos, o ou para menos.

adversário do governador. Para 5% dos entrevistados, essa condição é indiferente e outros 5% disseram não saber. Questionados sobre os principais problemas de Dourados, 66% apontaram a saúde pública como o ponto mais problemático, enquanto outros 30% elegeram a falta de segurança pública como maior problema. Outros 18% apontaram a pavimentação das ruas como prioridade e 13% disseram que a educação deveria receber mais investimentos. Para 5% o maior problema é a habitação popular e outros 5% apontaram os problemas no transporte coletivo.

Marcos Santos

D

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) marcou para hoje a reunião dos desembargadores para definir o período das convenções partidárias em Dourados e anunciar o dia em que os douradenses deverão voltar às urnas para eleger um novo prefeito e vice-prefeito. A expectativa dos partidos políticos é que as convenções aconteçam em janeiro e as eleições na primeira quinzena de março. No cenário em que o candidato do PMDB deixa de

ser a prefeita Délia Razuk e passa a ser o deputado federal Geraldo Resende, a vantagem de Murilo Zauith salta de 54% para 56%, enquanto o peemedebista aparece com 21%, seguido por Biasotto com 10%, Lauro Davi com 4%, Tatiana Ujacow com 2%, brancos ou nulos 3% e indecisos 4%. Já em relação à rejeição, a pesquisa Ibrape coloca o petista Wilson Biasotto na liderança com 23%, seguido por Tatiana Ujacow com 21%, Délia Razuk com 20%,

Geraldo Resende com 18%, Lauro Davi com 11% e Murilo Zauith com 6%, enquanto 11% dos entrevistados não souberam responder essa questão. Ao responder se preferiria votar em candidato a prefeito que seja apoiado por André Puccinelli ou em alguém que seja adversário do governador, exatos 75% disseram que votariam em alguém apoiado por Puccinelli, enquanto 15% confessaram que votariam em candidato

VEREADORES O Ibrape também fez a seguinte pergunta aos 440 entrevistados nos dias 5 e 6 de dezembro: “Com relação aos 9 vereadores que foram denunciados e presos pela Operação Uragano, você acha que todos deveriam renunciar ao mandato ou deveriam continuar ocupando os cargos na Câmara Municipal?”. Exatos 85% dos entrevistados disseram que os vereadores que foram presos deveriam renunciar, enquanto apenas 6% entendem que eles não devem renunciar e 9% não quiseram responder à pergunta.

Sucessão

PSDC pode lançar canditura própria

D

OURADOS - O PSDC se reuniu na última terça-feira para discutir a possibilidade de lançar candidatura própria em Dourados, que tem eleições marcadas para fevereiro do ano que vem por causa da vacância deixada com o pedido de renúncia do prefeito Ari Artuzi (sem partido). Além da possibilidade de lançamento de candidatura própria para prefeito, o partido discutiu eventuais composições políticas com outras legendas durante o pleito. A primeira hipótese foi a mais defendida pelos participantes. No entanto, a questão só será fechada nos próximos encontros. Também ficou definida a data da próxima reunião: 14 de dezembro, terça-feira da semana que vem, no Jardim Ouro Verde. Em Dourados, nas eleições passadas, os cristãos obtiveram 7.300 votos numa caminhada marcada para voluntariedade e proposta em defesa de ética e dos bons costumes.

David Roballo

Cristãos acenam com a possibibilidade de lançamento de uma candidatura própria A meta agora é continuar sua escalada paulatinamente sem atropelo para alcançar vôos mais altos, mas consciente de sua responsabilidade e com os obstáculos do caminho. A postura apresentada pelos integrantes mostra o grau de interesse em apresentar-se como mais uma opção aos eleitores douradenses. “Não somos de vender ilusão, o nosso grupo tem

amadurecimento suficiente para saber administrar qualquer situação desde que seja de interesse da coletividade”, comenta Geraldo Sales, que na última eleição obteve mais de mil votos e só não entrou na Câmara de Vereadores por que o grupo não chegou ao quociente eleitoral. REfORçO Na avaliação de analistas

políticos, a legenda é uma das que mais cresce em Dourados com o ingresso de novas personalidades. Além de Upiran Jorge Gonçalves da Silva, Wilson Matos, Julio Saldivar, Allan Domingues Raidan, os cristão estão em festa com o reforço dos ex-secretários Dirson Missio (Obras) e Itaciana Santiago (Assistência Social) e do professor Thiago Prates (Senai).


6

economia economia economia

economia

economia economia economia

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

p1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------o proGreSSo

Censo

14 municípios terão receita maior O incremento total na receita dessas prefeituras em Mato Grosso do Sul será de R$ 19,4 milhões em 2011 Divulgação

Willams Araújo

C

ampo Grande A receita anual de 14 municípios de Mato Grosso do Sul deverá ser maior em 2011 após a divulgação do resultado do Censo Demográfico do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O resultado indica que esses municípios terão um acréscimo nominal anual em suas receitas, em média, de 1,390 milhão no FPM (Fundo de Participação dos Municípios) a partir do próximo exercício financeiro como conseqüência do crescimento populacional. Repassado nos dias 10, 20 e 30 de cada mês, o FPM é composto por 23.5% de tudo que o País arrecada de Beto Pereira diz que municípios que perderam habitantes não terão receita menor IR (Imposto de Renda e de IPI (Imposto sobre Produtos para 1.6), Sonora (de 0.8 para de habitantes do País (12.3%), exercício financeiro, todos incluindo o aumento de R$ 1,390 Industrializados), funcionando 1.0), Tacuru (de 0.6 para 0.8), 190.732.694 pessoas. Portanto, a população do milhão em seus coeficientes. da seguinte forma: 22.5% den- Terenos (de 1.0 para 1.2) e Três Estado que era de 2.078.001 tro do cálculo mensal e 1% em Lagoas (de 2.8 para 3.0). Pelos cálculos da Assoma- habitantes em 2000 passou Sem prejuízo uma única parcela no dia 10 de sul (Associação dos Municí- para 2.449.341 em 2010, conO presidente da Assomadezembro de cada ano. Os municípios que deve- pios de Mato Grosso do Sul), o forme atesta o Censo popula- sul, prefeito de Terenos, Beto incremento total cional do IBGE. Pereira (sem partido), discorda rão receber mais na receita dessas Apenas como exemplo, de matéria divulgada recentedinheiro por conta em uma prefeituras será Anastácio que teve estimativa mente por setores da imprensa do crescimento década o de R$ 19,4 mi- de receita anual de R$ 7,453 local, dando conta que cerca de de seus coeficienlhões ao longo de milhões em 2010, terá R$ 10 municípios do Estado terão estado teve tes são Anastácio (de 1.2 para 1.4), um incremento 2011, já que cada 8,843 milhões em 2011, so- receita menor em 2011 pelo delas terá R$ mados os R$ 1,390 milhão que fato de ter perdido habitantes. Amaral Moreira de 17.87% na uma 1.390 milhão de ganhou por conta do aumento Segundo ele, apesar de o (de 0.6 para 0.8), população crescimento. de seu coeficiente. IBGE ter constatado a diminuiCaarapó (de 1.2 Os dados do Da mesma forma, Corum- ção do número de habitantes para 1.4), Camapuã (de 0.8 para 1.0), Corumbá IBGE foram apresentados após bá, cuja receita anual do FPM de alguns municípios, não (de 3.0 para 3.2), Dois Irmãos quatro meses de trabalho de foi de R$ 18,634 milhões, tem significa que eles perderão do Buriti (de 0.6 para 0.8), coleta, apontando um cresci- estimativa de receber R$ 20,2 receita, uma vez que seus Maracaju (de 1.6 para 1.8), mento de 17.87% na população milhões no próximo ano, en- coeficientes permanecerão os Mundo Novo (de 1.0 para 1.2), de Mato Grosso do Sul de quanto Três Lagoas receberá mesmos. “Nesse caso a faixa Nova Alvorada do Sul (de 0.8 2000 para cá, superior inclu- R$ 19,782 milhões, contra os populacional não foi atingida”, para 1.0), Rio Brilhante (de 1.4 sive ao aumento do número R$ 17,392 milhões do atual explica.

Indicadores Econômicos BOLSAS Ibovespa: -1,68% Pontos: 68.174,92 Máxima de 0,02% : 69.354 pontos Mínima de -1,86% : 68.046 pontos Volume: 6,59 bilhões Variação em 2010: -0,60% Variação no mês: +0,69% Ibovespa Futuro: -1,35% Pontos: 68.120 Máxima (pontos): 69.335 Mínima (pontos : 68.000

CÂMBIO - Dólar comercial no balcão Compra: R$ 1,6920 Venda: R$ 1,6930 Variação: +0,71% - Dólar Paralelo Compra: R$ 1,74 Venda: R$ 1,83 Variação: -1,61% - Dólar Ptax Compra: R$ 1,6884 Venda: R$ 1,6892 Variação: +0,91% - Dólar Turismo Compra: R$ 1,6230 Venda: R$ 1,7900 Variação: +0,56% - Dólar Futuro (janeiro) Cotação: R$ 1,699,00 Variação: +0,41% - Euro Cotação: US$ 1,3255 (às 18h42) - Euro comercial Compra: R$ 2,2420 Venda: R$ 2,2440 Variação: +0,36% - Euro turismo Compra: R$ 2,1430 Venda: R$ 2,3670 Variação: -0,13%

BLUE CHIPS - Petrobras PN EJ (PETR4) Preço: R$ 25,00 Variação: -1,38% - Vale PNA N1 (VALE5): Preço: R$ 49,25 Variação: -1,89% - BMF Bovespa ON EJ NM (BVMF3): Preço: R$ 12,87 Variação: -3,09% - Bradesco PN N1 (BBDC4): Preço: R$ 32,86 Variação: -0,27% - Itaú Banco PN EDJ N1 (ITUB4): Preço: R$ 38,93 Variação: -0,94% - Sid Nacional ON (CSNA3): Preço: R$ 27,13 Variação: -1,42% - Vale ON N1 (VALE3): Preço: R$ 55,46 Variação: -2,22% - Gerdau PN N1 (GGBR4): Preço: R$ 21,42 Variação: -1,56% - Petrobras ON EJ (PETR3): Preço: R$ 27,69 Variação: -1,14% - Usiminas PNA EJ N1 (USIM5): Preço: R$ 18,90 Variação: -2,58%

JUROS - CDB prefixado de 30 dias, 10,72 ao ano. - Capital de giro, 13,57 ao ano. - Hot money, 1,37 ao mês. - CDI, 10,64 ao ano. - Over a 10,66 OURO - Ouro na Comex de Nova York Cotação: US$ 1,381,38 a onça-troy (1 onça-troy equivale a 31,1035 gramas) Variação: -0,90% às 18h44 - Ouro na BM&F Cotação: R$ 84,900 Variação: estável

GLOBAL 40 Cotação: 136,700 centavos de dólar Variação: -0,36%

INFLAÇÃO Índices IPCA (IbGe). INPC (IbGe). IGP-m (FGV).. IGP-dI (FGV).. IPA-dI (FGV). IPC-dI (FGV). INCC (FGV).. IPC (FIPe). ICV (dIeeSe).

. . . . . . . . .

. . . . . . . . .

. . . . . . . . .

AcUMULADO Novembro No ano 12 meses . 4,38 5,20 . 4,75 5,39 . 1,45 10,56 10,27 . 9,16 9,11 . 11,40 11,04 . 4,43 4,96 . 6,66 7,08 . 0,72 5,83 6,01 . 5,14 5,85

IMPOSTO DE RENDA Base de cálculo

(desconto na fonte)

Até R$ 1.499,15. . de R$ 1.499,16..até R$ 2,246,75 de R$ 2.246,76 até R$ 2.995,70 de R$ 2.995,71 até R$ 3.743,19 Acima de R$ 3.743,19..

Alíquota %

7,5 15 22,5 27,5

Deduzir-R$

Isento 112,43 280,94 505,62 692,78

Deduções: R$ 150,69 por dependente; pensão alimentícia integral; contribuição ao INSS. Aposentado com 65 anos ou mais tem direito a uma dedução extra de R$ 1.499,15 no benefício recebido da previdência pública ou privada.

REAjUSTE DE ALUGUEL

- DEZEMBRO/2010

IGP-m (FGV) 1,1027 IPCA (IbGe) IGP-dI (FGV) INPC (IbGe) IPC- (FIPe) 1,0601 ICV (dIeeSe) obs.: Fatores válidos para contratos cujo último reajuste ocorreu há um ano.

POUPANÇA

UFIR

Novembro/2000 ----- R$ 1,0641

SALÁRIO MÍNIMO

dezembRo.............. R$ 510,00

UFERMS

dezembRo................ R$ 14,96

DÍVIDA EM TR ou TRD Dia do Vencimento

-

Fator de Atualização

NOvEMbRO 21..............................0,01234288 22..............................0,01235566 23..............................0,01231187 24..............................0,01231174 25..............................0,01235065 26..............................0,01240924 DEZEMbRO 01..............................0,01210272 02..............................0,01207523 03..............................0,01215518 04..............................0,01227046 05..............................0,01228942 06..............................0,01221779 07..............................0,01214707 08..............................0,01216703 09..............................0,01208393 10..............................0,01224332 11..............................0,01225707 12..............................0,01219807

(Multiplique a quantidade de TR ou TRD do carnê pelo fator de atualização da data do vencimento. A aplicação desse fator único atualiza a dívida pela TR do dia do aniversário do contrato e converte o resultado para reais).

NOvEMbRO 25 ------------------------------ 0,5694% 26 ------------------------------ 0,5522% 27 ------------------------------ 0,5664% 28 ------------------------------ 0,5217% DEZEMbRO 01 ------------------------------ 0,5338% 02 ------------------------------ 0,5395% 03 ------------------------------ 0,5646% 04 ------------------------------ 0,5603% 05 ------------------------------ 0,5587% 06 ------------------------------ 0,5000% 07 ------------------------------ 0,5265% 08 ------------------------------ 0,5636% 09 ------------------------------ 0,5635% 10 ------------------------------ 0,5666% 11 ------------------------------ 0,5486% 12 ------------------------------ 0,5537%

TBF

NOvEMbRO 30 ------------------------------ 0,8213% dezembRo 01 ------------------------------ 0,8716% 02 ------------------------------ 0,8425% 03 ------------------------------ 0,8268% 04 ------------------------------ 0,8091% 05 ------------------------------ 0,8478% 06 ------------------------------ 0,8671% 07 ------------------------------ 0,8418%

TR

NOvEMbRO 30 ------------------------------ 0,1105% dezembRo 01 ------------------------------ 0,1406% 02 ------------------------------ 0,0819% 03 ------------------------------ 0,0663% 04 ------------------------------ 0,0587% 05 ------------------------------ 0,0871% 06 ------------------------------ 0,1361% 07 ------------------------------ 0,1209%

AGROPECUÁRIA MILHO....................................................................R$ 19,50 (disponível) SOJA......................................................................R$ 46,00 (disponível)

bOI GORDO/à vista...................R$ 90,00 (brasil Global) - R$ 92,00 (Frigoforte) vAcA GORDA/à vista................R$ 83,00 (brasil Global) - R$ 84,00 (Frigoforte) * A partir de agora, preços pecuários só livres, com suspensão do Funrural

Fonte: GRANDE FM RURAL

Beto Pereira se referiu a tabela para cálculo dos valores do FPM a qual indica que 25 municípios com até 10.188 habitantes têm coeficiente 0.6; outros 17 cidades na faixa entre 16.981 a 23.772 moradores têm coeficiente R$ 1.2; enquanto que 10 deles, de 10.189 a 13.584 habitantes, têm coeficiente 0.8. Ainda conforme os dados divulgados pela Assomasul 8 municípios, que se encaixam na faixa populacional de 13.585 a 16.980, tem 1.0 de coeficiente; outros 4, de 23.773 a 30.564 habitantes, tem 1.4 de coeficiente.

Corumbá recebe o FPM baseado no coeficiente 3.2, já que encontra-se na faixa populacional de 101.881 a 115.464, enquanto que Três Lagoas têm coeficiente 3.0 por possuir população que se encaixa na faixa populacional de 91.693 a 101.880. O coeficiente de Dourados, a segundo maior cidade do Estado, é 4.0 por se encaixar na faixa das cidades que tem população acima de 156.216 habitantes. Campo Grande, como todas as capitais brasileiras, conta com coeficiente diferenciado para recebimento dos repasses constitucionais.

FNHIS

mS ocupa primeiro lugar em aplicação de recursos

C

ampo Grande Durante a 17ª reunião do Conselho Gestor do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS), realizada na manhã de ontem, no Ministério das Cidades em Brasília, foi divulgado que Mato Grosso do Sul ocupa o primeiro lugar em aplicação oriundos do FNHIS em todo o território nacional. Essa informação partiu da diretora-presidente do Departamento de Urbanização e Assentamento Precário (órgão do Ministério das Cidades responsável pela transferência dos recursos do FNHIS), Mirna Quinderé Belmiro Chaves. Segundo ela, só em 2010, Mato Grosso do Sul já aplicou 58% dos recursos liberados pelo Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social, ficando com o título de Estado com maior eficiência na aplicabilidade efetiva das verbas destinadas à construção de unidades habitacionais que atendam famílias com menor renda. “O governo de MS é um bom executor de uma forma geral. Sempre que podemos atender o Estado o fazemos com tranquilidade, pois sua execução é célere”, afirmou Mirna Quinderé. O secretário de Estado de Habitação e das Cidades, Carlos Marun, participou da reunião e comemorou os resultados apresentados. “Alcançar o status de ser o primeiro Estado brasileiro em efetuar obras com recursos do FNHIS demonstra a competência do governo do Estado e dos municípios parceiros. Isso é prova da eficiência de um governo que quer que as coisas efetivamente aconteçam”, frisou. SNHIS e FNHIS A lei federal nº 11.124, de 16 de junho de 2005, instituiu o Sistema Nacional de Habitação de Interesse Social (SNHIS) e criou o Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS).

O SNHIS foi criado com os seguintes objetivos: I – viabilizar para a população de menor renda o acesso à terra urbanizada e à habitação digna e sustentável; II – implementar políticas e programas de investimentos e subsídios, promovendo e viabilizando o acesso à habitação voltada à população de menor renda e III – articular, compatibilizar, acompanhar e apoiar a atuação das instituições e órgãos que desempenham funções no setor da habitação. A lei também criou o Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS), de natureza contábil, que tem o objetivo de centralizar e gerenciar recursos orçamentários para apoiar a execução de programas habitacionais destinados à população de baixa renda. FNHIS em mS Só em Mato Grosso do Sul, desde a sua criação até 2010, foram garantidas 3.400 moradias. Isso graças aos recursos do FNHIS somados à contrapartida financeira do governo do Estado e dos municípios, totalizando um investimento superior a R$ 53 milhões na construção de unidades habitacionais destinadas às famílias de menor renda. De acordo com dados da Secretaria de Estado de Habitação e das Cidades, existem obras (entre entregues, em execução e contratadas) realizadas por meio do FNHIS em 42 dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. “Em 2010, foram contratadas 763 unidades habitacionais por meio do FNHIS. E já sabemos que 58% dos recursos já estão sendo efetivamente aplicados em MS. Esse é o objetivo do governo André Puccinelli, garantir moradia digna, por meio das mais diversas parcerias e, ainda, durante a execução da obra, gerar emprego e renda em todo o nosso Estado”, finalizou Marun.


P1 6

Brasil Brasil Brasil Brasil Brasil

Brasil

Brasil Brasil Brasil Brasil Brasil

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

P1 7

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

IPCA

Inflação de novembro fica em 0,83% Com o resultado, o índice acumula alta de 5,25% no ano e de 5,63% no período de 12 meses

S

ão Paulo - A inflação de novembro pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 0,83%, informou ontem o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), responsável por esse levantamento de preços. Em outubro, a inflação pelo IPCA havia sido de 0,75%. Com o resultado, o IPCA acumula alta de 5,25% no ano e de 5,63% no período de 12 meses encerrado no mês passado. O índice engloba a variação de preços para famílias com rendimentos mensais de 1 a 40 salários mínimos, residentes nas principais áreas urbanas do País. O IPCA também é o índice oficial utilizado pelo Banco 1 a 6 salários mínimos, foi de Central (BC) para cumprir o 1,03% em novembro. No ano, regime de metas de inflação, o INPC acumula alta de 5,83% determinado pelo Conselho e em 12 meses, de 6,08%. O Monetário Nacional (CMN). O INPC é utilizado em geral para centro da meta de inflação para os reajustes salariais. 2010 foi estabelecido em 4,5%, IPC-S O centro com margem de A inflação da meta de tolerância de dois medida pelo Íninflação para dice de Preços pontos porcentu2010 foi ais para cima ou ao Consumidor estabelecido – Semanal (IPCpara baixo. em 4,5% S) foi de 1,14% INPC até a quadrissemaO Índice Nacional de Pre- na encerrada em 7 de dezembro ços ao Consumidor (INPC), (1ª prévia do mês), informou que apura a inflação para famí- ontem a Fundação Getúlio lias com rendimento mensal de Vargas (FGV). A taxa foi 0,14

Divulgação

ponto porcentual mais alta que a apurada pelo indicador imediatamente anterior, da quadrissemana encerrada em 30 de novembro, que ficou em 1,00%. O resultado divulgado hoje foi o maior desde a primeira semana de fevereiro de 2010, quando o índice registrou variação positiva de 1,33%. Das sete classes de despesa usadas para cálculo do IPC-S, quatro apresentaram acréscimos em suas taxas de variação de preços, do indicador de até 30 de novembro para o índice de até 7 de dezembro. (AE)

Aprovada a proposta que regulamenta a ortotanásia Brasília - A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara aprovou ontem a proposta que regulamenta a ortotanásia, que é a suspensão ou limitação de cuidados para prolongar a vida de pacientes irrecuperáveis. Ficarão assegurados, entretanto, todos os cuidados básicos e paliativos cabíveis. Atualmente, não há legislação específica sobre o assunto, mas em 2006 o Conselho Federal de Medicina editou uma resolução estabelecendo que a adoção da ortotanásia não constitui infração ética por parte do médico. O Ministério Público entrou com ação contra a norma e obteve liminar para suspender o direito à prática. No início deste mês, no entanto, a Justiça federal revogou a liminar. A ação do Ministério Público ainda não foi julgada. O texto que regulamenta a ortotanásia, aprovado ontem pela Comissão de Seguridade Social, é um substitutivo do relator, deputado José Linhares (PP-CE), ao Projeto de Lei 6715/09, do Senado, que previa apenas a descriminalização da conduta. Tramitavam conjuntamente outras três propostas sobre o assunto – PLs

Advogado é procurado

São Paulo - O delegado Antonio Olim, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), afirmou na tarde de ontem que a Polícia Federal(PF) foi acionada para impedir uma possível fuga do advogado Mizael Bispo de Souza e do vigia Evandro Bezerra Silva por portos e aeroportos brasileiros. Os dois são procurados pela Polícia Civil desde terçafeira (07), após terem a prisão preventiva decretada pela Justiça de Guarulhos, na Grande São Paulo. Eles são acusados pela morte de Mércia Nakashima, ex-namorada de Mizael, em maio deste ano. Porém, Olim disse não acreditar em uma fuga para outro País. “Mizael e Evandro não têm passaporte”, afirmou. O delegado informou que a atuação da PF no caso será apenas para impedir uma possível fuga dos procurados passando pelos postos de polícia na fronteira, mas que não há nenhuma ação conjunta. “A função de executar o mandado de prisão é da Polícia Civil”, disse Olim.

Protetor solar

Brasília - A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou projeto que obriga o Sistema Único de Saúde (SUS) a distribuir protetor solar gratuitamente à população. A proposta especifica o tipo de filtro com fator 12, FSP 12. O autor do projeto, deputado Lobbe Neto (PSDB-SP), argumenta que a grande maioria das pessoas que desenvolvem câncer de pele é de trabalhadores rurais, carteiros e catadores de papel. “É de conhecimento geral que os bloqueadores custam muito caro para os padrões salariais dos brasileiros. Nas farmácias temos desconto em remédios e não nos protetores solares, por serem considerados supérfluos”, afirmou Lobbe Neto. Junto com o projeto, a CCJ

Luiz Alves – Agência Câmara

José Linhares defende morte digna a pacientes terminais 3002/08, 5008/09 e 6544/09. O substitutivo estabelece a exigência de autorização expressa do paciente, de sua família ou de seu representante legal para a ortotanásia. O médico assistente do paciente ficará incumbido de apresentá-la a uma junta médica especializada, encarregada de analisar o pedido. O projeto também assegura cuidados especiais a todos os pacientes em estado terminal, como o alívio da dor, por exemplo. O texto aprovado considera pacientes terminais as pessoas portadoras de enfermidade avançada, progressiva e incurável, com prognóstico de morte iminente e inevitável e que não apresentem perspectiva de recuperação

do quadro clínico. De acordo com o relator, dilemas bioéticos relacionados ao fim da vida mostram-se cada vez mais frequentes na prática médica. É urgente, portanto, na avaliação dele, que se regulamente a matéria, criando mecanismos para assegurar o direito a uma morte digna. “Ao defender a ortotanásia, no entanto, cabe ressaltar ser imprescindível que todos os cuidados ordinários demandados por qualquer paciente sejam sempre garantidos”. As propostas, que tramitam em regime de prioridade, serão analisadas agora pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de serem votadas pelo Plenário.

aprovou uma proposta que obriga o empregador a fornecer protetores ou bloqueadores solares a trabalhadores que, no exercício de suas atividades, estejam expostos à radiação solar direta. Independentemente do tempo de jornada, o projeto considera o horário entre 7h e 18h. O empregador que descumprir a obrigação está sujeita a multa de R$ 1.300,00 por cada trabalhador exposto ao sol sem a proteção.

boletim do hospital, as gêmeas continuam na Unidade de Cuidados Intensivos e apresentam expressiva melhora, com perspectiva de retirada do aparelho de ventilação mecânica de Kauany ainda na tarde de ontem. As irmãs foram transferidas da UTI para o quarto no último domingo (5) e o quadro clínico permanece estável, necessitando ainda de cuidados médicos, segundo o boletim. As irmãs chegaram ao Instituto da Criança no dia 18 de novembro e o procedimento da separação transcorreu dentro do que havia sido previsto pela equipe médica. A cirurgia teve início às 8h e durou cerca de 11 horas.

Radares inteligentes

São Paulo - Vinte e quatro rodovias de São Paulo já contam com radares para o monitoramento eletrônico com Reconhecimento de Caracteres Ótico (OCR). Os 42 radares inteligentes detectam veículos com licenciamento atrasado ou outras irregularidades. Os equipamentos estão instalados nas proximidades de postos da Polícia Rodoviária, que aborda os veículos detectados pelo radar, aplica a multa e recolhe em um pátio, até a regularização. Segundo o governo do Estado, esses equipamentos detectam também veículos roubados, furtados ou com pendência judicial em circulação pelas estradas estaduais, colaborando com o trabalho da polícia. Além de monitorar e punir os motoristas que ultrapassam os limites permitidos de velocidade. Em apenas quatro segundos, os radares com sistema OCR fazem a leitura das placas dos veículos, consultam o banco de dados e repassam as informações para a Polícia Rodoviária.

Gêmeas siamesas

São Paulo - As gêmeas siamesas Kauany e Keroly, de 10 meses, se recuperam bem da cirurgia de separação, realizada no último dia 29, no Instituto da Criança do Hospital das Clínicas (HC), em São Paulo. Segundo

Aluno mata professor

Belo Horizonte - O estudante Hamilton Loyola Caires, de 23 anos, confessou ontem, em depoimento à Polícia Civil mineira, ter assassinado o professor Kássio Vinicius Castro Gomes, de 39 anos. O docente foi morto a facadas na noite de terça-feira (07), dentro da faculdade Instituto Metodista Izabela Hendrix, no bairro de Lourdes, área nobre de Belo Horizonte. Caires fugiu após o crime e acabou preso durante a madrugada. Ele foi encontrado por policiais militares em seu apartamento, logo depois de chegar em casa, pouco depois das 2h, sendo levado para o Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DIHPP) da Polícia Civil. O assassinato, ocorrido em um corredor da faculdade, foi filmado pelas câmeras de segurança da instituição. Aluno do 5º período do curso de Educação Física, o estudante alegou em seu depoimento que era “perseguido” pelo professor, mas negou que tivesse a intenção de matar o docente. Segundo a polícia, o rapaz disse que levou a faca usada no crime para a faculdade apenas para “intimidar e assustar” Castro Gomes.


COluna

Mulher ADILES DO AMARAL TORRES

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Raio-X Itaciana Pires Santiago Profissão: Pedagoga, Psicopedagoga, Especialista em Família e Políticas Públicas. Seu signo: Peixes. Estilo musical: Eclético. Tipo de leitura: Livros técnicos, romances, ficção. lugar inesquecível: Serra da Canastra. Prato preferido: Arroz, feijão, bife acebolado, batata frita e salada. Perfume preferido: Floratta in Gold. Objeto de estimação: Alianças. Paixão: Trabalho. O que não pode faltar em casa: Alegria, harmonia e amor. Elegância: Naturalidade. Ídolo: Chico Xavier. Medo: Não tenho. Seu maior defeito: Esquecer nomes.

Sua maior qualidade: Sinceridade. Seu maior orgulho: Família. O que levanta seu astral: Uma boa música e bom livro. O que é fundamental: Paz. Você, em uma palavra: Simplesmente mulher.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira 9 de dezembro de 2010

Comemoração

délia razuk devolve a praça ao povo Após dois anos interditada, Praça Antonio João foi reaberta com apresentações culturais

D

OURADOS - A Praça Délia Razuk deixou bem Antonio João voltou a claro que não se tratava de ser do povo. Depois uma inauguração, pois a obra de passar dois anos não terminou. Além da concha interditada, cercada por peças acústica, ainda será instalada de lata numa reforma que a fonte luminosa, que já foi parecia interminável, a praça licitada e deve ser colocada no foi reaberta na tarde de terça- local dentro de 60 dias. feira pela prefeita Délia Razuk “Fomos procurados por e por dezenas de moradores diretores da Aced, que manique foram ao local para ver festaram preocupação com o de perto o resfuturo da praça, gate de um dos ‘tenho orgulho pois mais um principais símNatal se aproxide fazer bolos históricos mava sem uma parte desse de Dourados. solução. Chamei momento “Sinto uma nosso secretário histórico’, satisfação enorde Obras e fadisse prefeita lei: vamos abrir me e uma grande emoção ao ver a praça, nossa tantas pessoas aqui na abertura equipe consegue. Muita gente da nossa praça. Que alegria não queria [a abertura agora] ver as bandeiras do Brasil, porque a obra não estava do nosso Estado e do nosso pronta. Mas hoje vemos que município serem hasteadas tomamos a decisão certa. A depois de tanto tempo da praça praça é nossa, é do povo”, fechada”, afirmou a prefeita, declarou a prefeita. Ela citou não escondendo a emoção ao o apoio do deputado federal discursar no palco montado no Geraldo Resende (PMDB), local onde ainda será instalada que conseguiu viabilizar a a concha acústica. verba para a obra.

OlhandO para frente Sem esquecer os recentes acontecimentos negativos envolvendo o nome da cidade, a prefeita Délia Razuk disse que não quer falar do que passou, mas trabalhar olhando para frente. “Não sei ainda por quanto tempo ficarei como prefeita interina, mas todos os dias serão de muito trabalho com seriedade e transparência. Devemos pensar que aqui em nossa cidade começou o processo de transformação. Tenho orgulho de fazer parte desse momento histórico”, disse a prefeita. A banda da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada entoou os hinos nacional e de Dourados durante o hasteamento das bandeiras e apresentou mais duas músicas. A prefeita hasteou a bandeira do Brasil; o comandante da Polícia Militar, tenente-coronel Marcos Davi dos Santos hasteou a bandeira de MS e o vereador Cemar Arnal, representando o Legislativo, has-

A. Frota

Prefeita Délia Razuk devolveu a Praça Antonio João aos douradenses na terça-feira teou a bandeira de Dourados. As pessoas que foram à praça assistiram também a outras apresentações culturais preparadas pela comissão organizadora

da programação do aniversário de 75 anos do município. Délia encerrou o discurso convidando a população a participar da comemoração dos 75

anos, no dia 20 de dezembro. Entre os eventos programados está o bolo de 75 metros, que será cortado na Praça Antonio João.

Revitalização

Geraldo destaca reabertura da praça antônio João D

OURADOS - O deputado federal Geraldo Resende (PMDB) elogiou a decisão da prefeita Délia Razuk em reabrir a Praça Antonio João, que ficou cercada por tapumes durante quase dois anos por causa dos trabalhos de revitalização. Segundo o parlamentar a prefeita demonstrou determinação para corrigir o encaminhamento dado pelo ex-prefeito que deliberadamente atrasou o projeto por perseguição política. “Creio que a população douradense, da mesma forma que eu, está feliz com a reabertura da Praça, que está ficando muito bonita e ficará ainda melhor quando forem corrigidas todas as pendências, com a colocação dos equipamentos previstos no projeto original, como as tendas do espaço multiuso, a concha acústica

e a fonte luminosa”, afirma Geraldo Resende. Para tanto, segundo ele, a Prefeitura terá que fazer novos processos licitatórios, uma vez que devido à morosidade da administração passada, as empresas que ganharam anteriormente já não têm interesse em executar esses serviços, por causa do encarecimento dos custos. “Estamos atentos para que a proposta original seja observada com a colocação dos equipamentos aprovados junto à Caixa Econômica Federal, mesmo que tendo sido modificada pela ingerência do ex-prefeito Ari Artuzi, que muitas vezes assumiu o papel de arquiteto e de engenheiro”, salienta. As obras de revitalização tiveram início no final de 2008, porém foram retomadas e paralisadas várias vezes na gestão do ex-prefeito, que

inclusive mutilou o projeto inicial, fazendo modificações que desvirtuaram completamente a proposta. “Apesar de tudo isso, a praça ficou bonita, mas poderá ficar muito melhor quando forem implantadas as demais estruturas previstas, o que dará um aspecto moderno e um visual de verdadeiro cartão postal. Tenho certeza de que a população de Dourados recebe essa obra com um misto de alegria e expectativa”, salienta o deputado. Os recursos para a reforma em andamento foram garantidos por Geraldo Resende, que para tanto apresentou duas emendas. A primeira foi de R$ R$ 487.500,00 e a segunda, de R$ 731.250,00, totalizando R$ 1.218.750,00 A Prefeitura assumiu as contrapartidas de R$ 24.375,00 e R$ 38.500,00, respectivamente.

Ilustração

Projeto original da Praça Antônio João com a concha acústica que será instalada


2

Dia a Dia Dia a Dia Dia a Dia

Dia a Dia

Dia a Dia Dia a Dia Dia a Dia

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

D1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Câmara

Orçamento de Dourados é de R$ 642,4 mi Com 94 emendas, vereadores aprovaram orçamento para 2011, na sessão realizada segunda-feira Eder Gonçalves

D

o u r a d o s - A propuseram 11 emendas adiCâmara Municipal tivas, 17 emendas modificaconclui na noite de tivas e 68 indicativas. segunda-feira (6) a Uma emenda, do vereavotação do Projeto de Lei dor Elias Ishy (PT), proponnº 109/2010, de autoria do do retirada de recursos do Poder Executivo, que estima orçamento da Câmara para a receita e fixa a despesa de obras e serviços de responDourados para o exercício sabilidade do Executivo, foi financeiro de rejeitada pelos 2011. Dourados terá demais vereadoA peça R$ 35 milhões res; outra emenorçamentária, da, do mesmo a mais em elaborada pelos v e r e a d o r, f o i 2011 do que retirada. técnicos da ado exercício ministração muPor outro atual nicipal, recebeu lado, foi aprodos vereadores vada proposi96 emendas, entre aditivas, ção do vereador Walter Hora modificativas e indicativas. (PPS) reduzindo de 25 para Desse total, uma foi rejeita- 20% a verba de suplementada, outra retirada pelo autor ção orçamentária. O projeto e 94 aprovadas. será agora devolvido ao ExeDepois de analisarem cutivo para sanção. a proposta orçamentária do A proposta do orçamento Executivo, os vereadores de Dourados para o ano que

Vereadores de Dourados aprovaram orçamento do município para o ano que vem vem é de R$ 642,4 milhões, ou seja, R$ 35 milhões a mais que o exercício atual, de R$ 607,5 milhões. As áreas com previsão de maiores inves-

Reajuste

timentos são as de saúde, educação e infraestrutura. OUTROS Na sessão de segunda-

feira também foi aprovado, em primeira discussão e votação, projeto de lei complementar do Executivo dispondo sobre cargos na

estrutura da administração municipal. Em primeira e única votação, foi aprovado em caráter de urgência e por unanimidade, projeto de lei do Executivo que concede aumento salarial a servidores municipais concursados. Também foi aprovado projeto de lei do vereador Walter Hora que estabelece a obrigatoriedade de sorteio público como critério de seleção nos programas de habitações populares; de autoria do vereador Bebeto (PDT), que dispõe sobre denominação de diversas ruas do distrito de Vila Vargas; e de autoria do vereador Laudir Munaretto (PMDB), dispondo sobre proibição de jogar lixo de qualquer espécie em área não destinada a depósito ou coleta.

Deficientes

Câmara aprova aumento salarial Laudir propõe cursos e servidores agradecem à prefeita profissionalizantes A. Frota

D

ourados – Por unanimidade, a Câmara de Vereadores aprovou, na noite de segunda-feira, o projeto de lei do Executivo que altera o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração da Prefeitura de Dourados. A medida, adotada pela prefeita Délia Razuk em atendimento a uma reivindicação que se arrastava há dez anos, corrige o salário de pelo menos 1.500 servidores. “Os servidores estão muito contentes com a iniciativa da prefeita Délia Razuk. Queremos elogiá-la pela coragem de mandar esse projeto para a Câmara. Esperamos por dez anos e ninguém tinha feito isso. Ela prometeu e cumpriu”, afirmou a presidente do Sinsemd (Sindicato dos Servidores Municipais de Dourados), Rosa Helena Catelan. Dezenas de servidores lotaram a Câmara durante a sessão de segunda-feira para acompanhar a votação do projeto. “Os servidores têm mais um motivo para comemorar no início do próximo ano. Nossa reivindicação foi atendida pela prefeita”, afirmou a sindicalista. “Estou feliz por ter aten-

Delia durante encontro com representantes de servidores dido esses servidores. Nossa administração defende a valorização de todo o funcionalismo e sei que outras categorias também precisam de correção salarial, mas o que podíamos fazer neste momento nós fizemos”, declarou Délia Razuk, que elogiou aprovação do projeto pela Câmara. “Os vereadores demonstraram que estão do lado do servidor”. A mudança beneficia servidores da prefeitura regidos pela Lei Complementar nº 117, de 31 de dezembro de 2007 e representa correções que variam de 10% a 30%. Com a mudança, o menor salário pago pela prefeitura a servidor de nível fundamental passa a ser de R$ 704,51. Já

o maior salário para ensino fundamental passa a ser de R$ 1.204,32. Para servidores de nível médio, o menor salário passa a ser de R$ 1.165,00 e o maior passa a ser de R$ 2.031,99. Após a aprovação pela Câmara, os novos salários entram em vigor em 1º de janeiro de 2011. Conforme a Prefeitura, a medida aprovada pela Câmara não compromete as finanças da prefeitura, pois a correção dos salários será feita apenas a partir de janeiro de 2011, já com base no orçamento do próximo ano. A correção desses servidores não substituirá o reajuste anual, que será concedido em abril a todo o funcionalismo municipal.

Sorteio

Renascença entrega prêmio em Dourados

D

ourados - A Renascença Veículos, concessionária Renault em Dourados e região, entregou na terça-feira uma TV de LCD 22 polegadas para o cliente José Benedito de Araújo. Ele foi premiado por participar da Promoção Portas Abertas, feita em âmbito nacional pela montadora no mês de agosto deste ano, e que contemplou clientes com 5 veículos Clio 0km, além de 50 televisores de LCD, 500 câmeras digitais, 1 mil mp3 players e 4 mil ingressos de cinema. Durante toda a promoção,

entre os dias 9 e 19 de agosto, os clientes que foram até a concessionária receberam um cupom-raspadinha, com prêmios instantâneos, e uma chave para testar no Renault Clio. Se o carro ligasse, o cliente o levaria para casa. Além disso, ainda receberam um cupom para participar do sorteio de outros prêmios. Este foi o caso de Araújo, que testou a chave da promoção e depois preencheu um cupom, sendo sorteado. A entrega foi feita na própria concessionária, pela equipe de vendas e gerência da empresa.

Divulgação

Ana Maria e José Benedito

D

ourados - A realização de cursos profissionalizantes voltados exclusivamente às pessoas portadoras de necessidades especiais é o objetivo de indicação que o vereador Laudir Munaretto (PMDB) fez à prefeita interina Delia Razuk e à secretária municipal de Assistência Social, Maria de Fátima Silveira Alencar. Laudir justifica que Censo concluído recentemente pelo IBGE revela que 15% da população brasileira – cerca de 24 milhões de pessoas – são de portadoras de necessidades especiais e “essas constituem uma força de trabalho imensa, que deve e precisa ser aproveitada e valorizada. “E em Dourados

Eder Gonçalves

Vereador Laudir Munaretto não é diferente”. O vereador lembra que a legislação vigente busca este objetivo obrigando empresas a reservarem uma pequena cota de seus empregos, “todavia, mais de um milhão dessas

vagas de trabalho continuam sem ser preenchidas, pelo fato de que grande parte das vagas exige mão de obra especializada e o mercado não tem condições de atender tal demanda”. Para Laudir, essa realidade não deve e nem pode ser interpretada como se o grande contingente de trabalhadores que carecem de qualificação profissional por culpa própria. “Até porque é notória a excepcional capacidade dessas pessoas assimilarem conhecimento, transformando-se em funcionários exemplares”, explica. “Na verdade, a escassez da mão de obra qualificada alcança quase todos os segmentos da população economicamente ativa do Brasil”, observa.

Infraestrutura

Cemar Arnal garante obras para Dourados

D

ourados - O vereador Cemar Arnal (PDT) recentemente liderou a bancada de seu partido, numa viagem de trabalho legislativo à capital federal. No retorno, trouxe a informação da garantia de importantes obras para Dourados. Acompanhado de seu companheiro de partido, o vereador Bebeto, o vereador comemora as conquistas garantidas pelo deputado federal Vander Loubet (PT), sendo que uma delas é a revitalização do complexo esportivo do CSU do Jardim Água Boa, que terá uma pista de caminhada. Por intermédio de emenda parlamentar, Vander garantiu recursos para esta obra no Jardim Àgua Boa, que sempre foi uma das principais bandeiras de luta do vereador. Os recursos serão advindos do governo federal e a previsão de

Divulgação

Cemar, Bebeto e Dirceu entregam pedidos aVander Loubet liberação do dinheiro é para o mês de março. “Estou contente por esta conquista, que não é somente de nosso gabinete, mas que eu divido com toda a população do Grande Água Boa e bairros vizinhos”, comemora Cemar. Além da revitalização do CSU e a construção de uma pista de caminhada em seu

entorno, o vereador do PDT obteve de Vander Loubet a viabilização de outras importantes obras para a cidade. “Já estamos viabilizando mais recursos e aguardamos o sinal verde do deputado Vander para poder anunciar à população douradense o advento de mais conquistas”, assinala o vereador.


D1 Dia a Dia

Dia a Dia Dia a Dia

Dia a Dia

Dia a Dia Dia a Dia Dia a Dia

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

3

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Conclusão

Praça deve ficar pronta em 60 dias Apesar da obra estar concluída, o projeto completo não está, pois falta instalação da concha acústica e fonte luminosa Marli Lange

D

Hedio Fazan

ra explica que os suportes para as instalações estão prontos, não sendo mais necessário fazer qualquer intervenção com relação a obras.

OURADOS – Depois de três anos e três meses, as obras da Praça Antônio RESPOSTA João finalmente ficaram conPara dar uma resposta cluídas, no entanto, o projeto para a população completo ainda e principalmente está inacabado, Obras aos comercianjá que ainda falta da Praça tes que já reivina instalação da Antonio João dicavam desde o concha acústica, começaram início do ano a fonte luminosa em setembro abertura da prae cobertura dos ça, para estimude 2007 banheiros. lar a campanha O secretário de Natal, a prefeita interina municipal de Obras, AntôDélia Razuk, com o apoio de nio Nogueira, informou que, efetivamente, com relação às alguns vereadores e o aval obras, não existe mais nada a da Secretaria Municipal de ser feito, o que resta é a insta- Obras, achou por bem retirar lação dos elementos, que estão as tapumes, já que as obras em processo de licitação pela estavam completas e já não corriam mais risco de serem Prefeitura. Ele acredita que no má- prejudicadas ou oferecer alximo em 60 dias as empresas gum risco aos seus visitantes. que venderam a concha acústiCRONOLOGIA ca, fonte luminosa e cobertura As obras da Praça Antôdos banheiros, devem vir a Dourados para fazer a instala- nio João começaram em 22 ção desses elementos. Noguei- de setembro de 2007, ainda na

Sem tapumes, a praça finalmente está liberada para a população circular livremente administração do ex-prefeito, Laerte Tetila (PT). Na época foi trocado todo o calçamento em torno da praça, que era de pedras portuguesas. Elas foram substituídas pelas lajotas de concreto. Nesta época também foi refeito todo o calçamento em frente a Catedral Imaculada Conceição (Igreja

Determinação

Matriz). Em novembro de 2008 começaram, efetivamente, as obras na parte central da praça. No começou não havia tapumes. Foi feita toda a remoção do calçamento e serviço de terraplanagem, removendo os desníveis e jardinamento.

Só foram deixadas as árvores mais antigas e palmeiras. Em janeiro de 2009, depois da posse do ex-prefeito Ari Artuzi (hoje sem partido), foi anunciado a continuação das obras. No entanto, pouco dias depois Artuzi anunciou o embargo junto a Superintendência Estadual da Caixa

Econômica Federal. No entendimento do ex-prefeito e do deputado Geraldo Resende (PMDB) – autor dos recursos para a revitalização e obras da praça – houve falha na elaboração do projeto, que precisaria ser revisto. “Não é sensato investir mais de R$ 1,2 milhão num projeto que está repleto de falhas e que pode motivar, inclusive, uma ação do Ministério Público”, disse Geraldo na ocasião. Com isso, a praça foi fechada com tapumes. Do embargo até o projeto ser refeito, se passou cerca seis meses. Neste período as obras ficaram paralisadas, só retomando em julho de 2009. Com isso, se passou mais um ano e quatro meses. Neste período as obras não foram paralisadas, mas sofreram atrasos motivados pelo próprio excesso de burocracias na liberação de recursos, licitações e ordens de serviços. Até o clima, por causa do excesso de chuva, motivou o atraso, segundo os engenheiros.

Sinvesul

Exames da OAB vão ser Dourados tem Feira da corrigidos novamente Moda sábado e domingo

C

AMPO GRANDE - O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, determinou ontem à Fundação Getúlio Vargas (FGV) – responsável pela realização, aplicação e correção das provas do Exame de Ordem – que proceda imediatamente à recorreção das provas relativas à segunda fase (prova prática) do segundo Exame de Ordem de 2010. A determinação ocorreu em função de equívocos na divulgação dos espelhos de correção das provas, efetuada na terça-feira por parte da Fundação Getúlio Vargas. Segundo Ophir, o objetivo da

OAB é ter certeza de que a falha se deu apenas na divulgação dos espelhos por parte da FGV e não na correção das provas. “Determinei a recorreção para garantir que não haja qualquer prejuízo a nenhum dos candidatos e em face de nosso compromisso com a lisura e segurança do Exame, em respeito aos estudantes de Direito e à sociedade”. Na avaliação do presidente da Seccional de Mato Grosso do Sul, Leonardo Avelino Duarte, a decisão do presidente do Conselho Federal em determinar a recorreção das provas relativas à 2ª fase do Exame de Ordem é acertada. “A OAB/ MS foi uma das seccionais

que defendeu a mudança de Instituição responsável pela aplicação do Exame. No entanto, é preciso que essas provas sejam bem elaboradas e muito bem corrigidas, para que não deixem nenhuma dúvida quanto à sua credibilidade”, disse Duarte. Duarte informou que já havia conversado com o presidente do Conselho Federal da OAB a respeito do número de candidatos que fizeram reclamações após a divulgação dos resultados. “A nova correção determinada pela OAB Nacional será feita para dar mais segurança aos candidatos aprovados na 1ª fase”, informou o presidente da OAB/MS.

C

OURADOS - O Sinvesul (Sindicato das Empresas do Vestuário Industrial da Região Sul de Mato Grosso do Sul) vai realizar, no sábado e domingo, das 10 às 22h, no Centro Esportivo Jorge Antônio Salomão, o Jorjão, em Dourados, a 1ª Feira da Moda. “É uma feira de varejo para que os consumidores possam aproveitar esse período de festas e férias para adquirir produtos da moda produzidos por nossas indústrias. Vamos oferecer produtos de qualidade e com preços competitivos”, avisou o presidente Gilson Lomba. Ainda de acordo com ele, essa primeira edição da

Feira da Moda será realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Indústria e Comércio de Dourados para atender uma reivindicação dos empresários e do público consumidor. “A cada dois anos realizamos a Expoem e, no ano de intervalo, as indústrias e as pessoas nos solicitam oportunidades de negócios. Por isso, a partir deste ano vamos realizar a Feira da Moda”, explicou. A Feira da Moda vai reunir cerca de 20 empresas do setor do vestuário que vão oferecer novidades em produtos como moda feminina, lingerie, artesanato, malharia, roupas infantis entre outros. “Será um momento ímpar

para a população douradense conhecer a linha que ainda não conhece e comprar esses produtos, inclusive como opção de presentes”, detalhou o presidente do Sinvesul. Gilson Lomba ainda ressaltou que a Feira da Moda será um canal de comercialização entre setor produtivo e a classe consumidora de Dourados e Região. Ele acrescentou que as indústrias vão oferecer atrativos aos visitantes. “Esperamos cerca de duas mil pessoas nos dois dias de evento. É bom ressaltar que ao comprar, o consumidor vai concorrer a sorteio de prêmios”, convidou, acrescentando que a entrada no evento é gratuita.

Cassação

Futuro de vereadores afastados é decidido hoje Valéria Araújo

D

OURADOS – A Câmara de Vereadores de Dourados vota hoje os três pedidos de abertura de comissões processantes para cassar nove vereadores de Dourados que estão afastados. O presidente em exercício da Câmara Dirceu Longhi (PT) convocou a bancada para uma sessão extraordinária às 9h de hoje, no plenário Weimar Torres. Na semana passada o PPS, Comitê de Defesa Popular e o farmacêutico Racib Panage Harb, oficializaram os pedidos contra os vereadores na Câmara. O último protocolo foi do Comitê, representado por Ronaldo Ferreira. Ao O PROGRESSO ele disse que só não entrou com o pedido antes porque a entidade ainda

tinha dúvidas se cidadãos comuns poderiam ingressar com a manifestação. Mesmo assim, há um mês, o Comitê, representado por mais de 30 entidades, acionou a Câmara e mesa diretora para formalizarem o pedido. O presidente do PPS, Anivaldo Evangelista Santana, diz que fez o pedido para atender uma reivindicação da população, que cobra renovação não só no Executivo, mas também no Legislativo. “É uma forma de garantir credibilidade aos trabalhos da Câmara, tendo em vista que vencendo o prazo de 90 dias de afastamento dos vereadores titulares, eles podem voltar aos cargos, o que poderia gerar situações de conflito com a população, como vimos este ano”, ressalta. O argumento do partido é que os parlamentares denun-

Hedio Fazan

Vereadores decidem hoje se instalam comissões processantes contra vereadores afastados ciados maculam a moralidade pública, o decoro e a boa conduta. Os pedidos de cassação que foram apresentados, denunciam os vereadores por falta de de-

coro parlamentar, baseados nos documentos das investigações realizadas pela PF e nos processos que estão em andamento na Justiça do Estado.

Segundo Anivaldo, outros partidos políticos devem se manifestar. Os pedidos de cassação são direcionados aos vereadores: Humberto Teixeira Júnior, José

Carlos Cimatti, Zezinho da Farmácia, Paulo Henrique Bambu, Júlio Artuzi, Aurélio Bonatto, Marcelo Barros, Marcelo Hall e Edvaldo Moreira. Sidlei Alves já renunciou o mandato. LEI De acordo com o procurador jurídico da Câmara de Vereadores, Alexandre Magno, como os pedidos são individuais, o Legislativo terá que montar oito comissões processantes, caso sejam aprovados. Ele esclareceu que mesmo com a Câmara em recesso a partir do dia 20, as comissões, caso instaladas, não devem parar. Como a demanda de comissões será grande, a tendência é de que um mesmo vereador esteja em duas ou três CPs diferentes. As investigações e votação de cassação deverá ser concluída em 90 dias.


4

Dia a Dia Dia a Dia Dia a Dia

Dia a Dia

Dia a Dia Dia a Dia Dia a Dia

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

D1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Procissão

Celebrações marcam Dia da Padroeira Em missa, Dom Redovino disse que em tempos de eleição, todos devem intervir pelo bem comum passa a cidade de Dourados. Valéria Araújo O “furacão” de escândalos OURADOS – Ce- políticos que marcou o munilebrações à Nossa cípio refletiu nas mensagens. Senhora Imaculada O bispo convocou os fiéis Conceição, Padro- para intervirem no processo eira de Dourados, atraíram de eleição em Dourados e milhares de pessoas ontem escolherem políticos penna recém-aberta Praça Antô- sando no bem comum, e não nio João. Nem a chuva que de forma individual. “Eles caiu pela manhã e começo devem ser os fermentos dentre a sociedade da tarde foi eme não poderão pecilho para os Chuva não ser omissos. Os fiéis. Às 18h30 foi impecílio fiéis deverão houve missa para as intervir e fazer em frente a Cacelebrações escolhas certas tedral, seguida ontem em para mudar a da tradicional Dourados realidade local. procissão iluNossa Senhora minada à luz da Aparecida influiu e interde velas carregadas pelos devotos. Eles caminharam veio quando necessário. É o pelas principais avenidas da seu exemplo que temos que cidade levando a imagem de seguir”, comentou o bispo Nossa Senhora, até retornar diocesano. Segundo Dom Redovià Catedral. No percurso, no, os fiéis devem lembrar oração e reverência. Este ano o Bispo Dom o que representa a Santa. Redovino preparou men- “É um projeto de Deus, em sagens de fé aos cristãos, que o ser humano vive cortratando da realidade em que retamente. Imaculada quer

D

Estado

Aberta inscrição para professor temporário

C

AMPO GRANDE - Estão abertas as inscrições para cadastramento de professores habilitados para aulas temporárias da Secretaria de Estado de Educação, para atuar em sala de aula no Ensino Fundamental, Médio, EJA Fundamental e Médio, na Educação Especial, no Curso Estadual Preparatório para o Vestibular (CEPV) e no curso Normal Médio, para o ano letivo de 2011. O edital foi publicado ontem (8), pela Secretaria de Estado de Educação (SED), no Diário Oficial do Estado. A ficha de cadastramento estará disponível no site www.sed. ms.gov.br , no período de 8 de dezembro de 2010 a 5 de janeiro de 2011, até às 17h, devendo o interessado acessar o link cadastramento de professor e seguir as instruções

que constarão na tela. O preenchimento da ficha de cadastramento ocorrerá somente pela internet. A Secretaria de Estado de Educação não receberá ficha de cadastramento impressa. A relação de professores cadastrados, por município e por opção de cadastro, será publicada em Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul, até o dia 10 de janeiro de 2011. Estão impedidos de participar do processo seletivo: servidor aposentado em dois cargos, por invalidez ou por aposentadoria compulsória (federal, estadual, ou municipal); servidor que esteja respondendo a processo administrativo; servidor ocupante de cargo administrativo de nível fundamental e médio; professor com readaptação provisória e definitiva; militar e estrangeiro não naturalizado.

dizer livre do pecado, das fraquezas humanas, honestidade. Este é o propósito de Deus sob as nossas vidas e mais do que nunca deve ser adotado e aplicado em todos os momentos das nossas vidas”, explica. De acordo com o bispo, a paróquia de Dourados nasceu com o surgimento da cidade, em 1935. Para ele, a escolha de Nossa Senhora Imaculada Conceição como a padroeira da cidade nasceu com a fé e a devoção dos pioneiros. “A primeira capela criada tinha a Santa Imaculada. Ela continuou no local e foi escolhida a protetora da cidade. Sob o seu manto protetor estão os douradenses”, destacou.

Hedio Fazan

Bispo Dom Redovino comandou a celebração de Nossa Senhora Imaculada Conceição

Inauguração

Campo Grande ganha Cidade do Natal

Rachid Waqued

C

AMPO GRANDE - Uma cidade de luz dentro de Campo Grande. Assim pode ser considerada a Cidade do Natal montada nos altos da Avenida Afonso Pena. O ponto turístico temporário foi inaugurado na noite de terça-feira pelo governador André Puccinelli e o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, acompanhados das primeiras-damas. Após a entrega simbólica da chave da “cidade” ao Papai Noel, prefeito, governador e demais autoridades acompanharam o acendimento da gigantesca árvore de Natal e a queima de fogos. Ato que inaugura também a iluminação especial em homenagem ao período festivo na Capital. “Natal é uma festa de confraternização da família. Que Deus possa dar a todos nós sulmato-grossenses a felicidade, a alegria e a paz. Que possamos todos ter, na noite de Natal, uma noite de lembranças boas do ano que se finda e a certeza de um ano novo promissor”, disse o governador durante a cerimônia. Para reforçar o clima natalino, a iniciativa conjunta do governo do Estado e Prefeitura de Campo Grande oferece apre-

Centenas de pessoas acompanharam a inauguração do ponto turístico na Capital sentações artísticas e culturais durante as próximas cinco semanas, todos os dias, na Cidade do Natal. “Agradeço aos patrocinadores que possibilitaram a construção de uma estrutura do ponto festivo que já se transforma em tradição na Capital”, afirmou o prefeito que aproveitou para incentivar as pessoas a visitar o local. “Tragam suas famílias, chamem seus vizinhos para as noites de

atrações.” Puccinelli e Trad Filho conheceram todos os cantos da estrutura montada na Afonso Pena. Cumprimentaram a grande quantidade de pessoas que lotaram as imediações assim que o Portal da Cidade foi aberto. Estima-se que mais de 500 mil pessoas passem pelo local. “Felizes estamos porque vimos os rostos das crianças, sorrindo, pais e mães eufóri-

cos. Está contente a população, contente estamos nós, Prefeitura e governo Estadual, que presenteia a população”, completou o governador. “Queremos transformar a tradição do Natal como Campo Grande sendo a capital da luz, a capital da paz, a capital da alegria. E o Natal está aqui inaugurado não só para as pessoas de nossa cidade, mas de todo o Mato Grosso do Sul”, finalizou o prefeito.


Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------o pRogREsso

Amanhã e sábado tem

Diogo Portugal Considerado um dos humoristas mais destacados da atualidade, ele promete muitas gargalhadas à plateia

C

hegou a vez de Dourados receber um dos comediantes que mais arranca gargalhadas da plateia. Diogo Portugal estará amanhã e sábado no Teatro Municipal com o espetáculo “Hã!?”, uma apresentação de stand-up comedy que faz interação com o público. Com repertório definido, Diogo sempre busca peculiaridades das cidades por onde passa e, em cima delas, cria improvisos. O ator e produtor Stein Jr, que está trazendo o comediante a Dourados, diz que o espetáculo é personalizado e convida o público a embarcar em uma comédia contagiante. “Conheci o Diogo quando estava no Rio de Janeiro, fui ver seu espetáculo e passei mal de tanto rir. Eu até poderia contar alguns trechos, mas se fizesse

isso estragaria a surpresa. Quem assistir não vai se arrepender”, declara o ator. O espetáculo Hã!, em alguns momentos, parece uma conversa com a plateia e o improviso acontece de acordo com a participação do público. Segundo Diogo, o stand up comedy é apresentado por ele no formato de cara limpa, com observações sobre coisas e fatos do dia a dia. “O stand up está em alta e por isso pretendo fazê-lo em Dourados”, disse o comediante. Em uma próxima oportunidade ele pretende voltar com a peça de personagens “Portugal é aqui” e quem sabe um dia com o “Senta pra Rir”, onde há participação de convidados e abertura de espaço para comediantes locais. Os convites para a apresentação de Diogo podem ser adquiridos ao preço de R$ 60 inteira

e R$ 30 meia, na Chilli Beans (shopping) e Aqua Fitness Academia. CARREIRA Sucesso na Internet, Diogo é um dos humoristas mais vistos na web. Com mais de 20 milhões de acesso se tornou um fenômeno dentro os internautas. Também é contratado da Rede Globo RJ, onde fez seu personagem Elvisley, o “office boy” do Programa “Zorra Total” e participa em outros programas da emissora. Além de estar conquistando reconhecimento com seu trabalho em todo o país, Diogo também movimenta o ambiente do humor nacional, formando plateia e dando projeção a outros artistas. Ele é criador e curador do Risorama, maior festival humorístico da América Latina, que acontece todos os anos durante o Festival de Teatro de Curitiba.


2

Variedades Variedades

Variedades

Variedades Variedades

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

B1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Canal Zap

Manoela reis

Paixão platônica

Luiza Dantas/CZN

F i u k será disputado em “Tal Filho, Tal Pai”, especial de fim de ano da Globo. Uma das meninas que vai fazer tudo para conquistar o coração do ídolo “teen” é Railane Borges. A atriz interpretará Sara, prima do rapaz que nutre uma paixonite por ele desde pequena. “Ela ficou uma temporada nos Estados Unidos e volta disposta a conquistar o primo. Ele se surpreende já que quando ela foi para o exterior ainda era uma menina”, explica Railane. Quando volta ao Brasil, a adolescente vira uma espécie de “groupie” da banda de Fiuk, e passa a acompanhar em todos os shows. Quem não gostará disso é a namorada do rapaz, interpretada por Amanda Richter. O especial de fim de ano vai ao ar no dia 24.

Flagra

Em “Ti-ti-ti”, Help, vivida por Betty Gofman, entra na sala e encontra uma caixa de madeira com um bilhete. Depois, se surpreende ao ver Ariclenes, papel de Murilo Benicio, sair da caixa vestido de Victor Valentim. Ariclenes tenta seduzir Help para que ela não publique a matéria

Horóscopo

com Rony Pears, mas Suzana, personagem de Malu Mader, chega na hora em que eles estão se beijando e fica chocada. Ari tenta se explicar, mas Suzana sai furiosa enquanto Help fica feliz.

Fim de festa

Dia 18 de dezembro, o “Altas Horas” encerra as

comemorações dos 10 anos do programa. Serginho Groisman recebe Gilberto Gil, que faz duetos com Erasmo Carlos, Sandy, Daniela Mercury, Zeca Pagodinho, Céu, Samuel Rosa, Bebel Gilberto, Dinho Ouro Preto, Carlinhos Brown e Yamandu Costa. A produção da Globo vai ao ar depois do “Zorra Total”, que será especial de Natal.

Inéditos

Ontem, Marília Gabriela gravou diversas entrevistas diferentes para o seu programa no SBT. A jornalista conversou com Ivete Sangalo e Claudia Leitte, entre outras pessoas, para conseguir uma boa frente para o “De Frente com Gabi”. Marília entra de férias em janeiro.

Ritmo natalino

Na semana do Natal, a partir do dia 20 de dezembro, o “Video Game” celebra o feriado. A produção, apresentada por Angélica, receberá o grupo musical Roupa Nova. Além da participar do jogo, a banda vai se apresentar no palco do programa.

De volta

Maurício Branco voltará a tevê na próxima temporada de “Amor & Sexo”, produção da Globo apresentada por Fernanda Lima. Ele vai apresentar um quadro que fala sobre homossexuais. Todos os episódios já foram gravados.

omar Cardoso

Inovar somando a experiência: o modo mais fácil de tornar seu dia mais colorido e interessante! Vênus e Plutão carregam nas tintas do amor; ciúmes, paixões, um clima tórrido se anuncia. Faça bom uso.

Em geral um dia em que tudo flui bem mais fácil, a começar pela troca emocional e a empatia com as pessoas. Conte com apoios em horas importantes. O amor precisa de horizontes mais amplos para se manifestar.

Aproveite o ótimo embalo astral para ter uma conversa com o gerente do seu banco, outra com seu chefe, e ainda uma com seu medico. Um dia tão positivo! Criativo, você vai arrasar no trabalho e no amor. Vá fundo!

Vênus acena para momentos de alta criatividade, contatos com empresas poderosas, a admiração de um chefe, um convite de viagem. Encanto maior; mas não mexa com gente ciumenta e controladora!

Sensível demais, você também está captando os sinais do que vem vindo por aí, no futuro. Como ser intuitivo que é, experimente novas abordagens no trabalho. Praticidade em harmonia com idealismo.

Clima astral bom para reverter problemas, refazer negócios e acertar os últimos detalhes de algo grande que se desenvolverá em longo prazo. Aproveite o período bom para isso que vai até 10 de dezembro. Muito amor!

Você conta com um magnetismo poderoso, surpreende e cativa muita gente. Projetos começam a se delinear com mais certeza. Mas tenha cuidado no modo como lida com seu dinheiro. Seja menos impulsivo!

Vênus em seu signo atrai, mas também cobra, e como! Explicações, dedicação, fidelidade, é muito para algumas pessoas. Modere isso se quiser continuar sendo desejado e inspirador. Trabalho em ritmo mais rápido.

Ótimo astral reflete um cenário propicio para bons negócios, sorte e ajuda no campo financeiro, por parte de pessoas amigas ou clientes. Confie no que sabe, os erros serão excelentes mestres. Amor neutro.

rápidas

# na última terça, “ribeirão o Tempo”, folhetim da record, marcou 13 pontos. A produção manteve-se em segundo lugar. # Na próxima sexta, o “Câmera Record” mostra homens e mulheres que lutam contra a balança quando o verão se aproxima. A produção vai ao ar depois de “A Fazenda”. # o episódio de “As Cariocas” exibido na última terça bateu o recorde de audiência da produção. “A iludida de Copacabana”, protagonizado por Alessandra negrini, registrou 21 pontos de média. # No próximo sábado, dia 11, a Record exibe a comédia “A Pantera Cor-de-Rosa”. No papel do Inspetor Clouseau no “remake”, vivido por Peter Sellers na versão original do filme, está Steve Martin.

Foi bem

Hebe Camargo em seu programa na última segunda. Com uma blusa transparente, a apresentadora esbanjou ousadia e bom humor.

Foi mal

Rafael Calomeni, o Newton de “Ribeirão do Tempo”. Atuação robótica. E-mails para esta coluna: canalzap@cartaznoticias. com.br

Novelas

Rede Globo Rede Globo

ArAguAiA - Vitor sugere que Amélia abandone Max para fugir com ele. Geraldo vai à operadora investigar a possível sabotagem ao avião. Estela insinua que Mariquita sabe qual é o segredo de Beatriz e ela tenta disfarçar. Glorinha diz a Neca e Pimpinela que está à procura da testemunha do inquérito contra o palhaço. Terê repara no anel que Cotinha ganhou de seu noivo e fica curiosa para conhecê-lo. Max conversa com Geraldo e acusa Solano de ser o responsável pela sabotagem ao avião de Vitor. Manuela marca um encontro com Solano. Glorinha investiga as suposições sobre a responsabilidade de Solano no acidente de Vitor. Estela não gosta de ver Solano sair de casa tarde da noite. Fred sofre por Janaína e Ametista o consola. Manuela conta para Solano que leu o caderno de Antoninha. Glorinha lembra do dia em que Solano sujou sua farda e pergunta ao domador se a graxa era do avião de Vitor. Ti-Ti-Ti - A emissora não divulgou o resumo do capítulo de hoje. PAssione - Fred afirma ao delegado que Melina mentiu em seu novo depoimento. Melina chora por causa dos comentários feitos por Mauro. Diana consegue prender André no banheiro e liga para Mauro pedindo ajuda. Mauro e Gerson chegam à casa de Diana com enfermeiros da clínica onde Danilo está internado. Agostina defende Mimi e Berilo fica arrasado. Jéssica chega à casa e Olavo a repreende. Mimi dramatiza o seu estado para Agostina e Gemma. Mauro, Gerson e Diana conversam com o médico da clínica. Alfredo leva Kelly até a escola. Melina se enfurece com Fred por tê-la denunciado e o ameaça. Mauro comenta com Laura que Melina é capaz de tudo para conseguir o que quer. Totó convence Agnello e Gemma a dar uma chance para Clara. Berilo visita Olavinho e Olavo prende Jéssica no quarto. Melina conta para Lorena que Laura era amante de Saulo. Lorena conta a Stela e afirma que precisam investigar Laura. Clara chega com Totó para um jantar em família na casa de Gemma e Kelly fica radiante. Arthurzinho conta para Laura que seu caso com Saulo foi revelado. Mauro e Melina se enfrentam na delegacia.

Palavras-cruzadas diretas

O dinheiro não pode comprar tudo, assim como a sedução e essas verdades serão comprovadas hoje, o que o tornará ainda mais profundo e ligado no essencial. Detalhes podem chatear na rotina, cuide disso hoje.

Fazer as mesmas coisas todo dia não é com você! E hoje o mundo está sensível para suas dicas de renovação, portanto solte a criatividade e estimule seus colegas a percorrerem caminhos inusitados. Amor tenso.

Foco e ambição são vitaminas poderosas hoje, e por conta delas você dará um passo importante no trabalho. Pode ser um convite! Amizades oferecem ajuda e apoio, é colheita de plantio anterior. Amor em alta.

solução do nº anterior


B1 Variedades Variedades VariedadesVariedades Variedades Variedades Variedades 3 Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Exposição de artesanato vai até amanhã

Objetos são confeccionados por internos da Unei de Campo Grande Divulgação

A

té amanhã quem visitar o Fórum de Campo Grande vai conferir diversas opções de presentes e de artigos natalinos produzidos pelos socioeducandos das Unidades de Internação (Uneis). A exposição vai funcionar no período das 12h às 18h. A diretora da Escola Estadual Polo Profª Evanilda Maria Neres Cavassa, Eliete Filomena Marques Barros, responsável pelas aulas nas Uneis explica que a exposição com os trabalhos produzidos durante as aulas de artes nas Uneis acontece três vezes por ano na Secretaria Estadual de Educação no mês de maio; na de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) em setembro e no hall do Fórum no fim do ano. “Já são oito anos deste projeto com aulas no contraturno e que resultam em diversos

trabalhos que elevam a autoestima”, ressalta. De acordo com a diretora, os produtos mais procurados nesta exposição de fim de ano são as tradicionais guirlandas e presépios e como opção de presente, as caixinhas de MDF customizadas. As caixas são decoradas de acordo com a finalidade de uso como por ta-bijuterias, por ta-chá, remédios, ferramentas e até de vinhos. No hall do Fórum também estão expostos chinelos e toalhas bordadas nas diversas técnicas, sachês per fumados, colares feitos a partir de tiras de revistas e da técnica do fuxico, além de santos de gesso com pintura envelhecida e cartões de natal utilizando a arte do “quilim” com rolinhos feitos a partir de tiras de jornal.

Os produtos mais procurados na exposição são os objetos natalinos

Você quer atingir metas? José Carlos Cordeiro* “Mantenham seu enfoque na excelência e os que estão ao seu redor seguirão seu exemplo.Os vencedores contribuem para o sucesso; os vencidos apenas reclamam. Vencedores gostam de resolver problemas; os vencidos apenas os identificam”, Chistopher D. Kolenda, tenente membro do exército norte-americano. “Pessoas são como elásticos. Precisam ser esticadas para serem eficazes”, John C. Maxwel. Tenha uma equipe de profissio-

nais colaboradores com melhor desempenho, comprometimento, aumento da produtividade e fixação na empresa. (participe deste “congresso empresarial”, um meeting “encontro”, mensal de 4 horas, para jovens profissionais executivos e colaboradores das empresas no geral, durante 5, 7 ou 12 meses, a começar em janeiro e/ou em fevereiro de 2011, com um programa de treinamentos e palestras de desenvolvimento pessoal, especialização profissional, empresarial, motivacional, espiritual, para vencedores e aqueles que querem vencer. Atualize-se, inove-se, faça acontecer, inscreva seus funcionários colaboradores e sua empresa em nosso pool, o valor do investimento é pequeno). Este imperdível e relevante evento,

contém também um programa de manutenção de recursos humanos “RH”, especialmente desenvolvido para sua empresa, de recrutamento, seleção, capacitação, formação de novos profissionais, especializando os colaboradores existentes na empresa visando crescimento no geral, detectando os melhores talentos, novos líderes, braço direito e sucessor do empresário. Segmento empresarial - É preciso mudanças! Invista em seus profissionais colaboradores, motive, especialize e capacite-os. Nossas palestras e treinamentos são no sentido de agir previamente em favor do restabelecimento no geral de ambas as partes, profissionais e empresa. Promover a perfeita interação e integração entre todos de modo a garantir excelente relação

pessoal, profissional motivadora, com melhor clima organizacional, fixação e produtividade. Treinamentos - 1-Motivação, eficiência, eficácia com excelência no trabalho. 2-Visão multidimensional profissional no geral. 3- Quebra e renovação de paradigmas. 4 - Inteligência emocional. 5 Empreendedorismo. 6-Liderança, técnicas de liderança e reuniões. 7Técnicas de vendas e atendimento. 8-Relacionamento interpessoal, melhor interatividade com os colegas, na família, e intercambio entre deptos na empresa. 9- Fé aliada à inteligência na vida e no trabalho. 10- Quebra e renovação de paradigmas. 11- Relacionamento sentimental. 12- Atendimento a clientes com excelência. Objetivando conquistas de metas, êxitos, ascensão profissional e $UCE$$O para ambas as partes. Durante ministração do evento: Exercícios, Brainstorming “tempestade de idéias”, Testes, Questionário, Work Shop, Mensagens DVDs de Superação e motivação, Slides importantes e interessantes, e no final Certificado de participação. O propósito é treinar profissionais em geral e/ou pessoas interessadas, trazendo um relacionamento satisfatório entre os colaboradores e melhores técnicas para alcançar resultados na empre-

sa, contribuindo assim em um todo com melhor qualidade de vida. É preciso investir em sua empresa, investindo em seus colaboradores no geral com um programa de treinamento que englobe todos os setores da empresa e família, com um profissional de expertise na área do seguimento empresarial e recursos humanos vivenciado com superação e sucesso. As pessoas necessitam de palestras e treinamentos constantes, na descoberta de novos processos, valores, aperfeiçoando ainda mais as técnicas e capacitação de cada profissional de sua empresa. Você investe certo e seus colaboradores se especializam, leva-os a uma nova visão, produzem mais e gasta menos. Nessa parceria de trabalho com o respaldo profissional que possuímos, e em especial com todo o respaldo profissional da empresa, empresário e de todos seus integrantes, é evidente e bem claro que o $uce$$o... é certo. Vale investir! O mesmo já palestrou na “Roda Empresarial” e no “Despertar para o trabalho”, e sua aprovação foi unânime com muito sucesso. Nosso trabalho é diferenciado e imperdível. “As

micros, pequenas, médias, grandes melhores empresas em geral estão conosco: Shopping, Panificadoras, Supermercados, Lojas de Roupas, Presentes, Materiais de Construção, de Motos, Materiais Elétricos, Oficinas Mecânicas, Auto Peças, Industrias de Confecção, Alimentos, Açougues, Escritórios, Associações, Sindicatos, Profissionais Liberais, Corretoras de Seguros, Seguradoras, e palestras coletivas em Bairros, Escolas, Faculdades, entre outras”. Só falta você, participe! Parceira, psicóloga assistente: Silvana Pelichek. Profissional coaching, e psicóloga da Policia Militar de SP. Este evento será ministrado no salão da Aced – Associação Comercial e Empresarial de Dourados. Tel. (67) 8141-6856 – E-mail: jcmscordeiro@gmail. com Leia a Bíblia! *Consultor empresarial, expertise em RH, ministrante de treinamentos, palestras motivacionais de desenvolvimento pessoal, profissional, empresarial, motivacional e espiritual.


QUINTA-FEIRA CIDADÃOS SUL-MATO-GROSSENSES CAMPO GRANDE/MS

9 DE DEzEMbRO DE 2010

Na última quinta-feira (2) várias personalidades do Estado foram honradas com o Título de Cidadão Sul-Mato-Grossense e com a Medalha de Mérito Legislativo. Escolhidos por prestarem serviços relevantes à sociedade, os homenageados receberam suas placas da deputada Dione Hashioka e dos deputados Youssif Domingos e Marcio Fernandes. Veja as fotos: Elias Alves/ALMS

Assinaturas e anúncios (67) 3325-5343 e 3325-1448

Aniversariantes da Semana 09/12 – Abdala Jallad 10/12 – Nathalia dos Santos P. de Barros 12/12 – Airton Saraiva 12/12 – Grazielle Salgado Machado 12/12 – Leandro Fortunato 12/12 – Marcio Magalhães 12/12 – Samir José da Silva 12/12 – Simone Sichinel 13/12 – Hernani Castro 13/12 – Paulo Henrique 14/12 – Danner Siena 14/12 – Iran Coelho das Neves 14/12 – Ulysses Rodrigues 15/12 – Alisson Medeiros 15/12 – Eliseu Filho 15/12 – Sérgio Augusto F. dos Santos

Comemorando idade nova nesta semana, nossos parabéns vão para:

A professora Auta Bordim Sonvezzo re- O médico veterinário Osvaldo Ro- Amélia Andrade recebeu a Comenda cebe o Título de Cidadã Sul-Mato-Gros- drigues recebe o título do deputado do Mérito Legislativo em nome de Nair sense da deputada Dione Hashioka Márcio Fernandes Palácio de Souza (in memorian)

O economista Hernani O vereador Airton Saraiva. Castro de Camargo.

A vereadora Grazielle Machado. Na foto, com o esposo Herlon.

O empresário Munir Saad recebe sua homenagem

A empresária Mercedes Bertelli Alves, conhecida como Dona Mércia, é agraciada com o Título de Cidadã O deputado Marcio Fernandes entrega Sul-Mato-Grossense o título ao empresário Cláudio Cavol

O turismólogo Leandro Fortunato. Na foto, com a esposa Daniela.

O relações públicas Ulysses Rodrigues.

O delegado-geral da Polícia Civil, Jorge Razanauskas Neto, recebeu o Título de Cidadão Sul-Mato-Grossense. Na foto, com José Márcio Andrade Filho recebe o título em nome do o secretário Wantuir Jacini e o deputado Youssif Domingos pai, Durval Andrade Filho.

A deputada Dione Hashioka posa com os homenageados após a sessão solene.

Alessandra Gomes Frazão comemora a nova conquista, a formação em Jornalismo pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Recebe os parabéns da família, amigos e deste jornal

Agenda Cultural

O deputado Márcio Fernandes também registra o momento ao lado das personalidades da noite.

10/12 – Mostra de Teatro Infantil apresenta o espetáculo “Palhashow” com o Grupo Infantil de Teatro BRINCARTE, às 15h, na Escola CNEC. 10/12 – Show do grupo Roupa Nova, às 23h. no ginásio do Rádio Clube Campo. 11/12 – Mostra de Teatro Infantil apresenta o espetáculo “A turma do Catapimba” com Grupo E M Wilson Taveira, às 16h, na Cia das ARTES. 11/12 – Mostra de Teatro Infantil apresenta o espetáculo “A Bruxinha que era Boa com o Grupo Infantil de Teatro BRINCARTE, às 19h, na Cia das

ARTES. 12/12 – Mostra de Teatro Infantil apresenta o espetáculo “Colagens” com a Oficina de Teatro para Crianças, às 19h, na Cia das ARTES. 12/12 – Mostra de Teatro Infantil apresenta o espetáculo “Palhashow” com o Grupo Infantil de Teatro BRINCARTE, às 20h, na Cia das ARTES. 12/12 – Apresentação do espetáculo “ABBA, o Musical”, às 20h, no teatro do SESC Horto. 15/12 – Lançamento da terceira edição da revista Cultura em MS, às 19h, no auditório do Sebrae/MS.


InCluIndO

Polícia Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Pontos corridos

CBF afasta possibilidade de mudança Presidente da CBF diz que fórmula está consagrada e discussão da entrega de jogo pode ocorrer também no mata-mata

S

ÃO PAULO - O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, negou com veemência a possibilidade de o principal campeonato do País voltar a ser disputado no sistema de mata-mata. Para ele, o Brasileiro de 2010, encerrado no domingo, foi “um sucesso” e mais uma vez consagrou o modelo de pontos corridos. “Essa discussão (de mudança) não existe para a CBF. Não vamos perder tempo com isso.” Ele contou que a entidade já admitiu desde o ano passado programar clássicos regionais para as últimas rodadas da competição - o que poderia motivar um clube já sem objetivo na competição, por causa da rivalidade -, mas disse não acreditar que a medida teria alguma influência na classificação. “O campeonato com pontos corridos vem evoluindo desde 2003. Chegou para ficar, e ficou.” De acordo com Ricardo Teixeira, a eventual falta de empenho de um clube na reta final do Brasileiro é uma realidade que ocorreria também nos jogos que antecederiam a formação do bloco dos oito melhores colocados para os confrontos diretos – quartas de final, semifinais e a decisão – como estabelecia o regulamento do Brasileiro antes de 2003. “O problema se repetiria na fase classificatória. Haveria jogos importantes para alguns clubes e sem nenhuma pretensão para outros.” O dirigente se disse convicto de que os clubes, em sua maioria, aprovam o atual modelo de disputa. O argumento mais forte, segundo Teixeira, é o que diz respeito ao retorno financeiro. “A venda da transmissão de jogos pelo sistema pay-perview depois de 2003 é algo fantástico, a receita dos clu-

bes com a venda de camisa em grande parte ao sucesso também aumentou muito”, do Campeonato Brasileiro. declarou. “Todo ano vem alguém dizer Teixeira afirque não está funmou que o fatu“Campeonato cionando bem ramento anual de assim, coisa e com pontos vários clubes da tal. Os números corridos vem elite do futebol mostram o conevoluindo desde brasileiro - não trário.” 2003. Chegou quis citar nomes Média de pra ficar e ficou” - pulou em sete público. Durante anos de US$ 10 exposição sobre milhões para aproximada- o andamento das obras nos mente US$ 100 milhões. Em estádios da Copa do Mundo sua avaliação, isso se deve de 2014, na sede do comitê

organizador do evento, no Rio, Teixeira citou ainda a média de público nos jogos das últimas edições do Brasileiro para reforçar sua convicção. “Tivemos uma queda neste ano e vai ser assim nos próximos três anos por causa das obras em grandes estádios do País.” Ao elogiar o Fluminense pelo título do Brasileiro, Teixeira disse o que muitos tricolores pensam: se o jogo final, contra o Guarani, fosse

realizado no Maracanã, o público seria superior a 100 mil pessoas. “Em tantas outras partidas no Rio e em Minas, por exemplo, se estivessem liberados o Maracanã e o Mineirão, em vez do Engenhão e da Arena do Jacaré, a presença da torcida seria multiplicada.” Na noite de segundafeira, Teixeira foi hostilizado por alguns torcedores do Fluminense quando fez o discurso de abertura da

festa de encerramento do Campeonato Brasileiro, no Teatro Municipal do Rio. As reclamações se referiam ao fechamento do Maracanã, no início de setembro, o que ocorreu para que fossem iniciadas as obras de reforma do estádio. Ontem, o dirigente explicou que a decisão não podia ser adiada, a fim de não comprometer o cronograma previsto para a adequação do Maracanã às exigências da Fifa.


2

Polícia Polícia Polícia Polícia

Polícia

Polícia Polícia Polícia Polícia

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

E1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Interrogatório

SIG ouve acusado de triplo homicídio Empresário negou qualquer participação nas mortes e acusou Marco Aurélio de ser o mandante dos crimes dentro de um berço, numa casa do pesqueiro, de propriedade do sogro, onde Júnior mora OURADOS – Acom- com a esposa desde janeiro panhado do advogado deste ano. Durante interrogatório de defesa, o criminalista Isaac Duarte de o empresário negou qualBarros Júnior, o empresário quer participação no triplo Júnior de Souza Pereira, preso homicídio e também no deapós a polícia de Dourados saparecimento dos corpos cumprir um mandado de pri- das vítimas. Ele acusou ainda são expedido pela Justiça Marcos Aurélio, que é dono de um lava-rápido, do Paraná, pelo envolvimento Comerciante na cidade, de ser o mandante do em tráfico de preso disse crime. drogas, prestou que Dirceu Segundo depoimento no confessou ter ele, o crime teria final da tarde da participado sido motivado última terça-feidas execuções por uma dívida. ra, ao delegado Ele teria receHumberto Peres Lima, a respeito da morte bido de Manuel uma pick up de José Elio Lavandoski, do Fiat/Strada como parte do pafilho Maicon Elio Marques gamento da dívida de Acácio Lavandoski e de Manoel Leal Aguero, com quem ele tinha negócios e que lhe devia cerca de Araújo. O comerciante também de R$ 45 mil. Júnior disse ao foi autuado em flagrante por delegado que Manuel também posse ilegal de arma de uso devia para o Marcos Aurélio, restrito das Forças Armadas de que ficou sabendo da transação Israel, depois que a polícia en- e resolveu receber a dívida. Na tarde do dia 7 de secontrou uma pistola calibre 9 milímetros de fabricação isra- tembro, uma pessoa identielense, com pente municiado, ficada como Paulo, que é da um pente de pistola 380 e ain- família de Manoel, teria dito da vários projéteis do mesmo ao empresário, que Manuel calibre. A arma foi encontrada havia saído para ir a um superJoão Rocha e Sidnei Lemos - Bronka

D

mercado e depois iria ver um caminhão no Posto da Base e não mais retornou. No dia seguinte, Júnior teria ligado para Paulo para saber notícias de Manoel, sendo informado que ele ainda não havia aparecido. Ainda em interrogatório Júnior disse que um mês depois desse episódio encontrou Dirceu Vasques, que é tio da sua esposa. Ele relatou que este aparentava estar drogado. Durante conversa, que ocorreu numa lanchonete que é de sua sogra, Dirceu teria dito ao empresário que o desaparecimento de Manoel não tratava de um golpe, afirmando que o problema estava bem perto dele. “O Dirceu me disse que ele e o Zé Goré tinham participado de toda a ação a mando de Marcos Aurélio. Foi ele que tinha mandado matar Maicon e Manoel. Naquele momento, não dei tanta importância porque ele estava drogado”, ressalta no interrogatório assinado por ele. O empresário informou ainda que dias depois encontrou com Marcos, que confessou que a dívida de Manoel não se tratava de um financia-

Sidnei L. Bronka

O empresário durante interrogatório do delegado Humberto Perez Lima mento e que com ele não tinha “pilantragem”. Júnior também contou que Marcos chegou a ameaçá-lo dizendo que se acontecesse algum problema em relação ao desaparecimento das vítimas ele seria responsabilizado. Marco teria usado a seguinte frase: “mandei fazer a horta no quintal da sua casa”. Diante das informações, ele concluiu que os corpos estariam enterrados próximo ao pesqueiro do sogro dele, onde estava morando.

Passadas cerca de duas semanas, o empresário teria procurado Dirceu exigindo que este contasse tudo e mostrasse o local onde os corpos foram enterrados, o que ocorreu. No entanto, Júnior disse que não cavou à procura dos corpos, porque o local não parecia haver covas. Ele também disse que não procurou a polícia por temer novas ameaças de Marcos. “Me disse que se eu não tivesse problema com a polícia, teria com ele”, ressal-

tou no interrogatório. Ele acrescentou que Marcos escondeu os corpos próximo do pesqueiro onde morava para que servisse de 'bode expiatório'. O dono do lava-rápido acreditava que o empresário estava criando obstáculos para que recebesse sua dívida. Marcos Aurélio continua foragido. A polícia está à procura dele para que preste depoimento referente às acusações feitas por Júnior durante o interrogatório.

Julgamento

Acusados de matar taxista são condenados F

ÁTIMA DO SUL - Anderson Pedro de Moraes, de 22 anos, e José Luciano Irineu dos Santos Sobrinho, de 19 anos, mais conhecido como Cabelo, foram condenados a 26 anos e 8 meses de prisão e 200 dias de multa cada um. Eles são acusados pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte) contra o taxista Antônio Francisco de Andrade, conhecido como “Antônio da Funerária”. O crime aconteceu no dia 4 de janeiro deste ano, na Rodovia MS-278, entre Fátima do Sul e a cidade de Caarapó.

A vítima teve o carro roubado e foi morta com pedradas no rosto. A dupla foi presa dois dias após o crime, durante uma operação conjunta entre policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), da Polícia Militar e da Civil de Vicentina e Fátima do Sul, além da Delegacia de Fronteira (Defron).Após ser presa, a dupla confessou o homicídio e afirmou ter levado o veículo para o Paraguai, onde foi vendido pelo valor de R$ 1.645,00. “Cabelo” foi localizado no distrito de Culturama, a 30 quilômetros do município de

Fátima do Sul, e Anderson foi preso no distrito de São José, município de Vicentina, local onde residia. Em depoimento ao delegado Carlos Videira, os jovens alegaram que mataram o taxista para não serem reconhecidos pela vítima. A morte aconteceu por meio de pedradas, socos e chutes. Eles ainda teriam pulado na cabeça da vítima. Anderson e José contaram que a intenção era de apenas assaltar um taxista em Dourados, porém, nenhum quis fazer a corrida. (Informações Renato Vessani/FatimaInforma)

Arquivo/Bronka

Momento em que Anderson Pedro e José Luciano chegavam à sede do DOF em Dourados

Cuidados

Violência

Adolescente tenta matar Polícia orienta sobre cunhado e é apreendido compras pela Internet Sidnei L. Bronka

D

OURADOS - Um adolescente de 14 anos, morador na Vila Cachoeirinha, foi apreendido por policiais do Serviço Reservado (P2) e Radio Patrulha após tentar matar o cunhado, de 18 anos, morador na Sitióca Ouro Fino, em Dourados. O crime aconteceu em uma residência na Rua Deolinda Rosa da Conceição, na Vila Cachoeirinha. Segundo a polícia, o menor chegou ao local e encontrou o cunhado. Com um revólver calibre 32, o adolescente fez um disparo contra a vítima e fugiu em seguida. Apesar do tiro não ter acertado o cunhado, a PM foi acionada e localizou o menor

Revólver calibre 32 apreendido com adolescente de 14 anos em uma mata, entre os bairros Cachoeirinha e Estrela Porã. A arma foi apreendida. Os motivos que levaram ao crime estão sendo investigados, mas informações de testemunhas à polícia dão conta que o cunhado não esta-

ria aceitando o relacionamento da irmã com o acusado. O adolescente também teria reafirmado à polícia que assim que sair da Unei pretende matar o cunhado. Ele foi apreendido por tentativa de homicídio e disparo em via pública.

C

AMPO GRANDE - A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), por intermédio da Polícia Civil, alerta para cuidados que devem ser tomados em operações de compras efetuadas pela internet. Com a proximidade das festas de final de ano, algumas pessoas buscam fugir da correria das lojas e realizam suas compras por meio de sites de venda on-line. A Polícia Civil recomenda muito cuidado, e dá dicas para não perder dinheiro: o consumidor deve estar atento para algumas ofertas absurdas encontradas nos sites, preços muito baixos podem esconder perigo; deve-se evitar fazer compras em sites desconhecidos ou intermediários (que fazem o elo entre o consumidor e a loja) – o mais apropriado é que a compra seja feita diretamente no endereço virtual da loja; todas as lojas têm fatores de segurança

que devem ser verificados, como qualificação dada por consumidores que já compraram no endereço e número de vendas já realizadas, dados que garantem a equidade da instituição comercial. O crime de estelionato é o mais comum registrado em casos de compra e venda de produtos

pela internet. O consumidor que se sentir lesado em compras realizadas na rede devem registrar uma ocorrência notificando a ação para a polícia. O registro pode ser feito em qualquer delegacia ou através da DelegaciaVirtual (Devir) ou a Delegacia do Consumidor (Decon).


E1

Esporte Esporte Esporte

Esporte

Esporte Esporte Esporte

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira 9 de dezembro de 2010

3

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Jogos Especiais

Joresd começa hoje para 165 atletas Atletas disputam modalidades de atletismo, basquete em cadeira de rodas e tênis de mesa adaptado para deficientes visuais Arquivo

D

OURADOS – Hoje a ficavam nas escolas, nas enpartir das 8h e amanhã tidades, e não tinham como acontece no Complexo mostrar o que aprendiam. Não Esportivo, Cultural e havia um estímulo para jogar. de Lazer Jorge Antonio Salo- Agora são eles que cobram os mão, o ‘Jorjão’, os VI Joresd jogos desde o início do ano. (Jogos Recreativos Especiais Eles querem participar e fazer de Dourados), com a finalida- novas amizades. Por isso é tão de de promover e estimular a importante.” participação da Segundo população com ele, 165 pessoas Parcerias com mobilidade reduse inscreveram empresas zida nas diversas nas modalidaestão modalidades esdes de atletismo, garantindo a basquete em caportivas. realização De acordo deira de rodas dos jogos com o atleta cae tênis de mesa deirante Arceliadaptado para no Arce, um dos instituidores deficientes visuais. do evento, os jogos são a forPara o coordenador geral ma que a administração mu- do Centro da Convivência da nicipal encontrou de valorizar Pessoa com Deficiência, Edo empenho, a dedicação e os mir de Souza, a competição é talentos dos deficientes. diferente dos jogos usuais em “Dourados não tinha nada vários sentidos. “A diferença de esporte adaptado, nenhu- é que, além de os jogos serem ma competição. Os alunos adaptados, a equipe envolvida

Basquete sobre cadeiras de rodas será disputado pelos Joresd hoje e amanhã no Jorjão é bem maior. Temos 25 pessoas cuidando da arbitragem, fora os acompanhantes. Mas

Volante

é diferente principalmente na importância que os jogos têm. São dois dias de confraterniza-

ção e em termos de autoestima é fantástico. Eles se sentem muito felizes e valorizados.”

O coordenador explicou que foram enviados convites para que as escolas municipais, estaduais e as entidades participem. O trabalho é feito por meio de parcerias. A Medianeira, empresa responsável pelo transporte público na região de Dourados, vai transportar os alunos das escolas até o local dos jogos, enquanto a prefeitura oferece a alimentação. “No Joresd, podemos sentir a alegria das pessoas em poder fazer parte deste evento grandioso, em que contamos com a participação efetiva dos atletas com deficiência física, visual, intelectual e auditiva. Os jogos vêm somar com o anseio desses atletas em poder mostrar para a sociedade uma lição de vida, e que todos nós podemos atingir nossos ideais”, destacou a secretária de Assistência Social, Maria Fátima Alencar.

Grama sintética

Zé Roberto admite que Taça Pro Gol tem hoje pode voltar ao Santos quatro jogos na Principal

S

SÃO PAULO - O volante Zé Roberto revelou ontem que pretende voltar ao futebol brasileiro no próxi-

mo ano. Seu contrato com o Hamburgo vence no final da temporada e, segundo informou o jogador, um de seus possíveis destinos pode ser o

Santos, clube em que atuou com grande destaque entre 2006 e 2007. Outros times, como Fluminense, Corinthians e Grêmio, também já manifestaram interesse na contratação. “Meu pensamento é de voltar para o Brasil no próximo ano, sinto saudades de lá. E como joguei pelo Santos por muito tempo, não descarto esta possibilidade”, admitiu o meio-campista para a ESPN Brasil. “Mas existem outras também, não tem nada fechado”. Sobre sua condição física, Zé Roberto explicou que vem atuando normalmente no Hamburgo e, assim, está bem preparado. Também contou que pretende retornar ao futebol brasileiro para atuar como meia, função que exerceu no Santos. “Eu me sinto bem fisicamente, até por isto ainda não planejei minha aposentadoria. Sou titular de uma equipe que luta pelo título do Campeonato Alemão, eu me sinto muito bem”, garantiu o jogador de 36 anos. “Cheguei até a jogar alguns jogos na lateral-esquerda no início da temporada, mas prefiro jogar como segundo volante ou até mesmo chegando mais na frente, como armador, como joguei no Santos. Me sinto muito a vontade como um meia de ligação”, finalizou Zé Roberto.

Divulgação/Gazeta MS

Quatro jogos acontecem hoje na Pro Gol Esporte e Lazer pela Taça Pro Gol

D

OURADOS – A Taça Pro Gol de Futebol Society de Grama Sintética terá quatro jogos hoje a partir das 21h, na Pro Gol Esporte e Lazer. E são jogos decisivos. A fase de reconhecimento ficou para trás e a competição começa a se afunilar. JOGOS DE hOJE Campo 1 - às 20h50, IBMR x Ótica Isis. Campo 2 - às 20h50, Central Táxi x Center Cópias. Campo 1 - às 21h50, Kanguru Transportes x Drograria Genesis. Campo 2 - às 21h50, Casados x Santa Pura. Por ser uma competição curta, com poucos jogos, as

equipes que vêm de tropeço têm essa e a outra rodada para se recuperarem. “São jogos que agora nas últimas rodadas as equipes estão muito mais soltas. A fase de estreia é passado e agora é jogar pela vitória”, analisa Reginaldo Rosa, que realiza a competição. Por ser uma competição com o objetivo de fomentar o esporte na grama sintéti-

ca, as equipes veteranas e a principal têm mostrado que conhecem bem o terreno onde pisam. E com isso, realizam jogos de excelente nível. “As duas categorias têm mostrado intimidade com a grama sintética e com isso estão acontecendo ótimos jogos”, destacou Salim Raidan Neto, que coordena os jogos da Taça Pro Gol de Futebol Society.


4

Esporte Esporte Esporte Esporte

Esporte

Esporte Esporte Esporte Esporte

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

E1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

Mundial

Roth promete Inter forte como na Libertadores ‘Vamos chegar 100% física e taticamente, com jogadas ensaiadas’, revelou o técnico do clube gaúcho

S

ÃO PAULO - A dele- Preparar o time durante o gação do Internacio- Brasileirão foi o melhor que nal embarcou ontem poderíamos fazer, embora seja para Abu Dabi, con- difícil explicar ao torcedor o fiante na conquista do título porque de alguns resultados no Mundial de Clubes. Nem piores”, declarou o técnico mesmo os resultados ruins na Celso Roth, em entrevista ao reta final do Campeonato Bra- site oficial da Fifa, antes do sileiro, quando embarque para venceu apenas Internacional Abu Dabi. duas das últimas A equipe é uma das nove partidas, brasileira chega equipes tiraram a certeza ao Mundial em favoritas da equipe gaúAbu Dabi como ao título do cha de que fará uma das favoritas Mundial um bom trabalho ao título, ao lado nos Emirados da Internazionale Árabes Unidos - a estreia será de Milão, da Itália. No entanto, apenas no dia 14 de dezem- de acordo com Roth, se engana bro, contra adversário ainda quem acha que o caminho até a indefinido. decisão será facilitado pela fra“O Internacional é tão for- gilidade dos outros adversários te quanto aquele (da conquista - o Inter estreia já na semifinal, da Libertadores, em agosto). na próxima terça-feira, diante Estamos preparados e vamos do vencedor da partida entre chegar 100% física e tatica- Pachuca, do México, e Mazemmente, com jogadas ensaiadas. be, do Congo.

“Após o último jogo do Brasileiro passamos a focar totalmente no Mundial. Agora vamos conversar com os jogadores, mostrar vídeos do Pachuca e do Mazembe e treinar para um jogo que será certamente muito difícil”, afirmou Roth. O Inter luta para chegar ao seu segundo título mundial, já que em 2006 foi campeão diante do Barcelona. A campanha da primeira conquista, aliás, está servindo de exemplo para os jogadores lutarem pelo bicampeonato. “Os exemplos servem para provar as dificuldades que existem no futebol. Por isso temos que nos espelhar em nós mesmos, com a confiança de que podemos vencer. O maior respeito que podemos ter por um adversário é trabalhar muito para vencê-lo”, concluiu Roth.

Amistoso

Divulgação/Jefferson Bernardes

Equipe do Internacional, favorita ao título, embarcou ontem para disputa do Mundial

Fifa

Brasil marca revanche Blatter nega corrupção e contra Holanda em junho chama ingleses de maus

R

IO - O Brasil vai ter em 4 de junho de 2011 a oportunidade de uma revanche contra a Holanda, a seleção que eliminou a equipe dirigida por Dunga no Mundial da África do Sul. O amistoso foi confirmado pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira. O jogo será disputado em uma das 12 cidades-sedes da Copa de 2014 - Porto Alegre e São Paulo são as mais cotadas. Na negociação com a Fifa e clubes europeus para a liberação dos atletas - há um impedimento de que o Brasil exija a presença dos que atuam na Europa para realizar amistosos em casa -, a CBF se dispôs a abrir mão de utilizar outra data estabelecida pela Fifa, em junho.

Presente no encontro de dirigentes da CBF e do Comitê Organizador da Copa de 2014 com a imprensa, no Rio, o técnico Mano Menezes demonstrou bom humor ao enfatizar quais os adversários do Brasil já confirmados para 2011. “Primeiro, a França (em fevereiro), depois a Holanda e ainda a Alemanha (em agosto). O presidente (Teixeira) não quer vida fácil não.” O comentário descontraído de Mano recebeu uma pequena correção do dirigente. “Ele está se esquecendo que, após o jogo com a Holanda, o Brasil vai disputar a Copa América na Argentina.” Mano ressaltou que uma vitória sobre a Holanda “não vai devolver nada ao futebol brasileiro”. Mas reconheceu que esse não será o sentimento dos torcedores. “Vão

querer o troco daquele 2 a 1, a todo custo, é assim que eles vão ver esse jogo, apesar de ser um outro momento, com times diferentes.” Mano contou que a eliminação do Brasil na última Copa é motivo frequente de brincadeiras na Inter de Milão, clube em que atuam Julio Cesar, Lucio e Maicon. Recentemente, em visita ao trio na Itália, Mano ouviu uma gozação de Sneijder, autor de um dos gols da Holanda nos 2 a 1 sobre o Brasil na África. “Diga aí para o “mister” que eu sou muito bom de cabeça”, dissera o jogador holandês para Julio Cesar, no momento em que o goleiro conversava com o técnico. “Será um jogo especial, sem dúvida, com esse apelo todo. Um clássico do futebol mundial”, disse Mano.

S

ÃO PAULO - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, rejeitou acusações de corrupção na Fifa após as escolhas de Rússia e Catar para sediar as Copas do Mundo de 2018 e 2022, e disse que a Inglaterra teve uma reação de quem não sabe perder. “Para ser honesto, fiquei surpreso com toda reclamação inglesa após a derrota. A Inglaterra, de todas as pessoas, a mãe dos ideais do jogo limpo”, disse Blatter à revista suíça Weltwoche em entrevista divulgada antes da publicação do semanário, na quinta-feira. “Alguns deles estão se mostrando maus perdedores”, disse. “Você não pode vir e dizer depois que pessoas prometeram votar na Inglaterra. Os resultados estão aí. Eles foram divulgados claramen-

te”, acrescentou. Roger Burden, presidente em exercício da federação inglesa de futebol, retirou sua candidatura para assumir o cargo de forma integral na semana passada, alegando que não conseguia mais confiar nos membros da Fifa após a derrota inglesa na eleição para sediar a Copa do Mundo de 2018. Ele acrescentou que a delegação inglesa em Zurique, que incluiu o premiê David Cameron e o príncipe William, recebeu promessas de votos que não foram concretizadas na votação dos membros do comitê executivo da Fifa. Blatter disse que a reação de alguns países derrotados demonstrou uma falta de entendimento a respeito da intenção da Fifa de expandir o futebol para outras regiões. “Eu realmente sinto em algumas reações um pouco de

arrogância do mundo ocidental cristão”, disse. O chefe da candidatura inglesa, Andy Anson, sugeriu após a derrota de seu país que Blatter tinha influenciado os membros do comitê executivo ao lembrá-los pouco antes da votação de reportagens publicadas na mídia britânica denunciando casos de corrupção da Fifa. Blatter rejeitou as acusações de corrupção e disse que está sendo alvo de jornalistas anti-Fifa. “Não há corrupção sistemática na Fifa. Isso não tem sentido. Somos financeiramente limpos e claros.” Perguntado se ainda será o presidente da Fifa na Copa do Mundo de 2022 no Catar, Blatter respondeu: “Com certeza não. Se Deus quiser, serei convidado para a cerimônia de abertura, de bengala ou numa cadeira de rodas.”

Michel Platini

Jogadores franceses da Copa são absolutos idiotas S

ÃO PAULO - O presidente da Uefa e ex-jogador da França, Michel Platini, detonou ontem os atletas que defenderam a seleção francesa durante a Copa do Mundo da África do Sul. Além de pedir

suspensão para o resto da vida destes “rebeldes”, Platini afirmou que eles são “absolutos idiotas” e “completamente inúteis”. Durante o Mundial, a França protagonizou uma série de vexames. Na derrota para o

México por 2 a 0, o atacante Nicolas Anelka xingou o então técnico Raymond Domenech e acabou cortado do time. Irritados com a decisão, os jogadores entraram em greve e se recusaram a participar de um treino. Em meio ao clima

turbulento, a equipe foi eliminada ainda na primeira fase. A confusão rendeu suspensão de 18 partidas para Anelka, cinco para Patrice Evra, três para Franck Ribery e uma para Jeremy Toulalan. Mas meses depois do inciden-

te, Platini mostrou sua revolta com o caso e disse que a punição foi muito branda para os jogadores. “Você não pode sujar a imagem da seleção francesa. Eu teria sido mais duro com os jogadores, teria dado uma

suspensão pelo resto da vida”, atacou Platini ontem, minimizando a culpa de Domenech no incidente. “José Mourinho não teria feito melhor. Não tínhamos um bom time, não temos uma grande geração de jogadores”.


Caarapó integra o Fórum de Turismo O objetivo do Fórum é estabelecer a mediação das relações entre a sociedade e o Estado. Cidades 2

Alunos expõem poesias em livro Mão de Poeta

Gilberto Garcia está entre os 100 do País

Lançamento do livro de poesias elaboradas pelos próprios alunos ainda repercute em Itaporã. Cidades 3

Prefeito de Nova Andradina recebeu ontem premiação da União Brasileira de Divulgação em Recife. Cidades 4

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Dia de São José

Feriado vira polêmica em Ponta Porã Dia do padroeiro da cidade e abertura aos sábados causam impasse no comércio e Acepp busca revogar Lei Eder Rubens

P

onta Porã - O setor comercial inicia neste mês o período de maior volume de vendas, com a chegada das festas de final de ano, no entanto, dois temas estão norteando as discussões entre o setor patronal organizado pela Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã e o Sindicato do Comércio Varejista e o Sindicato dos Comerciários. O primeiro é a tentativa de revogar o feriado municipal de 19 de março, Dia de São José, Padroeiro de Ponta Porã, que provocaram reações da Igreja Católica e fiéis, e contraria aos anseios dos comerciantes que veem na data, um entrave para o comércio local. A questão chamou atenção da comunidade religiosa e foi debatida na segunda-feira, no Salão Paroquial da Igreja Matriz São José, com a presença de alguns vereadores que se demonstraram contrários ao projeto para revogar a Lei

Municipal. A diretoria da Acepp – Associação Comercial de Ponta Porã – considera o feriado prejudicial ao comércio, em virtude dos inúmeros feriados já existentes no país, causando prejuízo aos empresários. Na reunião de terça-feira, o presidente da Acepp, Evaldo Pavão Senger, disse que o tema precisa ser debatido como forma de sobrevivência do comércio local, que enfrenta a concorrência com o mercado paraguaio e não pode ficar de braços cruzados. Duas reuniões demonstraram o impasse causado pelo tema, onde comerciantes se disseram totalmente à favor da revogação da Lei e na outra, religiosos questionam a solicitação dos comerciantes. No meio da discussão se encontra o Legislativo, que estará debatendo o tema na próxima sessão desta quintafeira, mas parece ter uma linha de apreciação que deve ser a criação do Ponto Facultativo no dia 19 de março.

Quanto ao feriado de 19 de março, o presidente do Sindicato dos Comerciários, Divino José, reafirmou o seu posicionamento contra a existência de tantos feriados municipais. “Neste caso, a minha opinião é à favor que reveja esta Lei do Feriado Municipal. É claro que a Igreja tem o direito de se posicionar, mas o município já possui outras datas e realmente não vejo necessidade de mais uma”, explicou Divino. Ele disse ainda que cada cidadão tem direito de professar a sua fé, praticar a sua religiosidade, mas se diz contrário à permanência do feriado de São José. O segundo tema trata da abertura do comércio aos sábados, deixando de ser ponto facultativo, o chamado “Sábado Inglês” que desagradou o Sindicato dos Comerciários que na reunião realizada na última segunda-feira (6), no plenário da Câmara Municipal, se posicionou totalmente contrário à decisão e na reunião de terça-feira (7), definiram pelo

Divulgação

Reunião da Acepp na Câmara Municipal debateu assuntos que dividem opiniões pedido de extinção da lei que proíbe a abertura do comércio aos sábados à tarde. O presidente do Sindicato dos Comerciários, Divino José, se posicionou contra nesta questão, considerando que esta é uma prática que beneficia o trabalhador e em caso de abertura aos sábados, nada mais justo que cumprir a Lei

Municipal e Federal em forma de dois turnos. “Este é um tema que temos o posicionamento definido, é um direito garantido.Os comerciantes poderiam abrir dois turnos, fazer a negociação com a categoria como horas extras, jornadas de trabalho e gerar novos empregos, mais contratações” disse Divino,

ressaltando que “esta é uma conquista do trabalhador, o direito ao descanso”. Na Câmara de Vereadores de Ponta Porã o tema divide opiniões, mas não terá tempo hábil para ser debatido em plenário, já que a última sessão do ano acontece hoje e dificilmente entrará em regime de urgência.


2

Cidades Cidades Cidade Cidades

Cidades

Cidades Cidades Cidade Cidades

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

C1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PrOGrESSO

Grande Dourados

Caarapó integra Fórum de Turismo O objetivo do Fórum é estabelecer a mediação das relações entre a sociedade e o Estado

C

aarapó - Aconteceu entidades, conselhos e empreem Dourados, no dia 3 sas ligadas à área de turismo deste mês, no auditório dos municípios, estudantes da Aced – Associação universitários e representantes Comercial e Empresarial de de universidades. Dourados –, o lançamento do O município de Caarapó Fórum de Turismo da Grande está representado na diretoria Dourados, como parte do Pro- do fórum, por meio do coordegrama de Regionador de Cultura nalização do Tue Turismo local, Lançamento rismo, presente aconteceu na José Carlos Fano Plano Naciogundes, o CobriAssociação nal de Turismo nha, na vice-preComercial (2007-2010), sidência, que tem e Empresarial como presidente configurando-se de Dourados como estratégia o secretário de de fortalecimenAgricultura, Into da gestão descentralizada da dústria, Comércio e Turismo de atividade turística nas regiões. Dourados, Mauricio Peralta. O objetivo é estabelecer a Fagundes disse que “uma mediação das relações entre a das metas para o próximo ano sociedade e o Estado. em Caarapó é reestruturar o Participaram do evento Conselho Municipal de Turisa diretora-presidente da Fun- mo, criado em 2005, fomentar dação de Turismo de Mato o turismo local, através de Grosso do Sul, Nilde Brun, a projetos para implementar prefeita de Dourados, Délia as áreas de lazer existentes e Razuk (PMDB), o secretário de obter recursos para a consDesenvolvimento Econômico trução de outras, através de de Caarapó, Carlos Martins, gestões junto ao Ministério de o coordenador de Cultura e Turismo”. Turismo de Caarapó, José Para o secretário de DeCarlos Fagundes, secretários senvolvimento Econômico, de Turismo, representantes de Carlos Martins, o turismo

Divulgação

não se resume somente em infraestrutura. “Temos que nos mobilizar na organização de eventos, destacando a exposição agropecuária, aniversário da cidade e para 2011 temos a proposta de realizar uma grande festa, que irá atender todas as camadas da sociedade e que possa criar uma identidade do nosso município para ser reconhecido em nível estadual e quem sabe até nacional, além da realização de eventos para movimentar a cidade, aquecendo a rede hoteleira, gastronômica e o comércio local”, destacou o secretário. Fórum A Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul – Fundtur/MS – desenvolveu uma importante conscientização da importância do Fórum para o fortalecimento da região. Através da Gerência de Políticas e Programas do Desenvolvimento do Turismo, em agosto, apresentou palestra sobre o processo de formação e o formato do Fórum. Construir projetos, propor programas e políticas, articular

Douradina

José Carlos Fagundes assina posse no cargo de vice-presidente do Fórum de Turismo parcerias, pensar e promover a região estrategicamente, desenvolver ações voltadas para o turismo, estas são algumas das ações propostas pelo Fórum Regional. O Fórum é um espaço de comunicação, debates, intercâmbio e articu-

lação para solução de dúvidas, problemas, além de exposição de idéias sobre determinado tema. O formato do Fórum é definido pelos atores locais em função do estágio de desenvolvimento turístico do território e do grau de amadurecimento

do capital social. Fazem parte da Região Grande Dourados os municípios: Caarapó, Deodápolis, Douradina, Dourados, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Itaporã, Maracaju, Rio Brilhante e Vicentina.

Hanseníase

Evento na Escola Barão Tema vira capacitação é coroado de sucesso de servidores da Saúde Divulgação

O coreógrafo e bailarino de Dourados, Rilvan, com os garotos eleitos Nayara e Gilmar

D

ouradina - A Escola Estadual Barão do Rio Branco realizou no sábado (4), um megaevento na Poliesportiva de Douradina, trata-se do concurso “Garoto e Garota Barão 2011 e 1º Bailão da Barão”. O desfile contou com a participação de 40 candidatos divididos em três categorias: Garotinho e Garotinha Barão 2011, com alunos de 5 a 10 anos; Garoto e Garota Barão Teen 2011, com alunos de 11 a 13 anos; e Garoto e Garota Barão 2011, com alunos de 14 a 18 anos. Os vencedores foram: Thiago Alves (garotinho Barão 2011), Geovane Pellegrin (garotinho simpatia), Tais Nieri (garotinha Barão 2011), Lorrayne Freitas (garotinha simpatia), Caio Marques (garoto Barão teen 2011 e garoto Teen Simpatia), Mylena Marques (garota Barão teen 2011), Talita Piccioni (garota

teen simpatia), Gilmar Ishii (garoto Barão 2011), Rafael dos Anjos (garoto simpatia), Nayara Melo (garota Barão 2011), Jhenifer Matos (garota simpatia) O Desfile contou com a participação, mais que especial, da Miss Universo Teen Thais Artuzi, que abrilhantou a noite com sua beleza e fez parte do corpo de jurados. O cerimonial ficou a cargo do jornalista Ademar Cardoso, de Campo Grande. Logo após o desfile, teve início o “1º Bailão da Barão” com animação de DJ Santiago e Grupo Soneto ao Luar. “Com certeza esse evento entrará para a história da cidade como um dos bailes de maior público. A Escola Barão do Rio Branco já vem realizando eventos que são sempre sucesso, como o “Arraiá da Barão” que com apenas dois anos de existência, já entrou para o calendário de festas

da cidade. Porém o concurso Garoto e Garota Barão e o 1º Bailão da Barão superou todas as expectativas”, destacou a direção da escola. A população douradinense compareceu em massa para prestigiar toda a beleza e simpatia dos alunos da Barão. Na ocasião, foi feita uma homenagem ao diretor da Escola, o professor Jean Sérgio Fogaça, pela competência com que ele vem administrando a escola e pela passagem do Dia do Diretor. Homenagem feita pela diretora adjunta Aparecida Adomaitis que representou todos os professores e coordenadores e pela secretária da Escola, Laudicéia Simas, representando os funcionários administrativos. A organização do desfile ficou a cargo das professoras Ana Célia, Ângela Marques, Elismar Caminha, Janaina Spessoto e Martinha Furtado.

I

vinhema - A Hanseníase é uma doença causada por um micróbio chamado bacilo de Hansen (Mycobacterium leprae), que ataca normalmente a pele, os olhos e os nervos. Também conhecida como lepra, mal-da-pele ou mal-dosangue. E para atualizar toda a equipe da Saúde de Ivinhema sobre a doença, foi realizada recentemente uma capacitação para intensificar o diagnóstico e tratamento dessa moléstia. O evento aconteceu no auditório da UEMS local e foi promovido pela Prefeitura, através da Secretaria de Saúde. Estiveram presentes médicos, agentes comunitários, enfermeiros e outros profissionais da área. “Essa é mais uma ação que a nossa secretaria realiza com o objetivo de capacitar ainda mais os nossos profissionais”, destaca a secretária de Saúde, Sônia Aparecida Dias Henrique Garção.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o Brasil é líder mundial em prevalência da hanseníase. Em 1991, foi assinado pelo governo brasileiro um termo de compromisso mundial se comprometendo a eliminar a doença até 2010. Entretanto, a cada ano, há mais de 40 mil novos casos tendo, entre eles, vários indivíduos em situação de deformidade irreversível. “Lepra”, designação antiga desta doença, era o nome dado a doenças da pele em geral, como psoríase, eczema e a própria hanseníase. Devido ao estigma dado a essa denominação e também ao fato de que hoje, com o avanço da medicina, há nomes apropriados para cada uma dessas dermatoses, esse termo deixou de ser utilizado. OuTrAS AçõES A Secretaria Municipal de Ivinhema atualmente de-

senvolve diversas ações que têm como objetivo prevenir doenças. Um desses trabalhos é o mutirão contra a dengue que vem sendo realizado em toda a cidade de Ivinhema. A Prefeitura de Ivinhema, através das Secretarias de Saúde e de Obras, juntamente com agentes comunitários e de vetores, intensificou a campanha de conscientização de combate ao mosquito transmissor da dengue. Para isso foi desenvolvido um mutirão de limpeza em todos os Bairros e agora os trabalhos estão concentrados no Distrito de Amandina. Outra atividade realizada em Ivinhema foi no dia 1º de dezembro – Dia Mundial de Combate à Aids – em que aconteceu uma mobilização no centro da cidade e que teve como um dos objetivos esclarecer a população sobre os riscos desse mal. Na ocasião, foi feita também uma distribuição de panfletos educativos e de preservativos. Paulo César

Profissionais da área de Saúde de Ivinhema participaram de diversos trabalhos


C1 Cidades Cidades Cidade Cidades Cidades Cidades Cidades Cidade Cidades Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

3

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO

“Mão de Poeta”

Lançamento é sucesso de público Livro de poesias elaboradas pelos alunos de tradicional escola de Itaporã repercute positivamente com as presenças do presidente da Academia Sul-mato-grostaporã - O lança- sense de Letras, Reginaldo mento de poesias ela- Alves de Araújo, que enalteceu boradas pelos próprios o apoio recebido pelo jornal o progresalunos da so, lendo na Escola EstaduLançamento íntegra uma real Antônio João contou com portagem sobre Ribeiro, a mais o assunto e um quase 1.000 tradicional de Itaporã, intituladas pessoas e foram representante da União Bra“Mão de Poeta”, revendidos sileira de Escriainda repercute 370 livros tores (U.B.E). positivamente em A quantitodo o Estado. O lançamento aconteceu no dia 1º dade de livros (370) revendidos deste mês, contando inclusive ao preço simbólico de R$ 5,00

Fotos: Divulgação

Nilza Menani ao lado das alunas poetisas do livro

esgotou-se rapidamente, assim como os assentos dos lugares, pois compareceram ao evento quase 1.000 pessoas, o mesmo número de alunos da Escola Antônio João. A idealizadora e coordenadora do projeto “Mão de Poeta”, Nilza Menani, agradeceu o apoio e a participação dos alunos enfatizando que sem eles seria impossível o lançamento da obra. Ela entende que, considerando ser a leitura uma atividade indispensável na vida do estudante, como um meio para aquisição de novos conhecimentos; procurou-se evocar uma série de reflexões, desenvolvendo a capacidade intelectual, espiritual e melhora do nível de cultura; sendo um dos fatores de mudança na condição social; o texto poético pode estimular a emoção estética, inspiração, encanto, graça, atração; impulsionando a inteligência, incentivando a criatividade, a apreciação pelo belo; propondo o desenvolvimento desse projeto, visando

Amambai

Caarapó

Oficina leva peça de teatro ao povo

Cantora Damares é a atração de domingo

César Cordeiro

I

Felipe Schinaider

“Uma Noite com Cecília Meireles” foi encenada na 6ª

A

mambai - Fazendo parte da Oficina de Teatro que a Prefeitura de Amambai realiza através da Fundesc, oferecendo aulas gratuitas de teatro que são aplicadas pela atriz amambaiense Alessandra Tavares, foi encenada na última sexta-feira (3) a peça de teatro Uma Noite com Cecília Meireles”, fechando a primeira fase das aulas da oficina de teatro. A peça, dirigida pela atriz Alessandra Tavares e com a participação dos alunos que participam da oficina, contou em forma dinâmica a história de uma das mais importantes atrizes brasileiras, nascida em 1901, no Rio de Janeiro, sua infância foi marcada pela dor e solidão, pois perdeu a mãe com apenas 3 anos de idade e o pai não chegou a conhecer (morreu antes de seu nascimento). Foi criada pela avó Dona Jacinta. Por volta dos 9 anos de idade, Cecília começou a escrever suas primeiras poesias. Formou-se professora (cursou a Escola Normal) e com apenas 18 anos de idade, no ano de 1919, publicou seu primeiro livro “Espectro” (vários poemas de caráter simbolista). Embora fosse o auge do Modernismo, a jovem poetisa foi fortemente influenciada pelo movimento literário simbolista, sua formação como

professora e interesse pela educação levou-a a fundar a primeira biblioteca infantil do Rio de Janeiro no ano de 1934. Escreveu várias obras na área de literatura infantil como, por exemplo, “O cavalinho branco”, “Colar de Carolina”, “Sonhos de menina”, “O menino azul”, entre outros. Esses poemas infantis são marcados pela musicalidade (uma das principais características de sua poesia). Cecília faleceu em sua cidade natal no dia 9 de novembro de 1964. A Oficina de Teatro realizada pela Prefeitura Municipal está funcionando desde setembro e conta com cerca de 25 alunos inscritos, onde estes aprendem a desenvolver a capacidade de desenvolver em grupo, além de ser uma maneira muito gostosa de desinibir-se, treinar a memória, disciplinar o corpo, e treinar a dicção, se expressar melhor e saber lidar com situações apresentadas no dia a dia. Para o prefeito Dirceu Lanzarini, eventos como esse servem para estimular e desenvolver a cultura no município, fazendo a integração do público com o teatro. “Fico muito feliz em ver que Amambai está se desenvolvendo culturalmente, e vamos continuar trabalhando para que isso continue acontecendo”, disse Lanzarini.

C

aarapó - A maior expressão da música gospel do Brasil na atualidade se apresentará em Caarapó no próximo domingo (12). Trata-se da cantora Damares, de Curitiba/Paraná, o evento faz parte da 5ª Noite de Ação de Graças realizado por ocasião das comemorações dos 52 anos de emancipação político-adminsitriva de Caarapó, e será realizado na Praça Central, a partir das 20h30. A cantora Damares ficou conhecida em todo o País em 2009, com a música “Sabor de mel”. A intérprete possui atualmente cinco CDs gravados, sendo eles: Agenda de Deus; O Deus que faz; Diário de um vencedor; Apocalipse e o seu mais novo álbum lançado no último dia 20 pela Sony Music, que traz como título “Diamante”. Abrindo as comemorações, a administração municipal de Caarapó realiza amanhã a partir das 20h30 defronte ao Estádio Carecão, o grande show popular com da dupla sertaneja Chrystian & Ralf, que retornam a Caarapó depois de 22 anos. No sábado na Praça Central a partir das 20h30, será a vez do grande show católico com a banda Anjos de Resgate. As noites de 11 e 12 deste mês serão dedicadas à ação de graças. Segundo o prefeito Mateus Palma de Farias (PR), “é o momento de agradecer a Deus pelas conquistas obtidas em 2010. As expectativas para todos os eventos são as melhores, pois todos os artistas contratados são conhecidos nacionalmente e temos certeza de que não só a população de Caarapó, mas de outras cidades marcarão presença nos eventos”, destacou. Fim DE anO No dia 31 de dezembro,

Presidente da Academia Sul-mato-grossense de Letras esteve presente no evento a despertar no coração dos alunos ecos prolongados e profundos, pois o texto poético transforma as ações da humanidade por meio do sentimento e da interação, porque a poesia fala direto à imaginação. Na visão de Nilza, é importante compreender a importância da leitura de textos poéticos para o crescimento pessoal e intelectual, destacan-

do curiosidades do universo poético e explorando o desenvolvimento da capacidade de produção de textos. Segundo ela, por isso procurou-se ao longo do projeto desenvolver o interesse dos alunos pela poesia e a capacidade para apreciá-la, despertar no aluno, através de textos significativos, o prazer pela leitura.

Divulgação

Damares foi recentemente contratada pela Sony Music

“Proporcionar ao aluno momentos de prazer e descontração no ato de ler, adquirir, através da leitura, maior compreensão, interpretando e refletindo os acontecimentos, ampliando o mundo da imaginação, fantasia e criatividade. Ter direito a opinião própria e a liberdade de expressão, desenvolvendo o senso crítico e participativo do aluno”, destacou ela.

uma série de atividades está programada para a Praça Central. A partir das 20h, a Associação Comercial e Empresarial (Acec) realizada o sorteio de dezenas de prêmios da campanha 'Quando a gente acredita, não há limites para os nossos sonhos', desenvolvida pela instituição como forma de aquecer as vendas no comércio local. No mesmo evento será sorteado pela Prefeitura local o terreno da promoção Lote Premiado, campanha de incentivo ao pagamento em dia do IPTU.


4

Cidades Cidades Cidade Cidades

Cidades

Cidades Cidades Cidade Cidades

Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

C1

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PrOGreSSO

Gestores

Garcia está entre os 100 do País Prefeito de Nova Andradina recebeu a premiação da União Brasileira de Divulgação em Recife

N

ova andradina Web TV Studios, com 30 anos - O prefeito de Nova de existência, e que já conceAndradina, Gilber- deu homenagens a personalito Garcia, acaba de dades de 38 países, o Prêmio ser agraciado com mais um do Instituto Brasileiro de Veprêmio, e está entre os 100 rificação de Gestão (IBVG), Melhores Gestores do País, de do Rio de Janeiro, que todos acordo com pesquisa da União os anos homenageia personaBrasileira de Dilidades do mundo vulgação (UBD), político, empreO Prêmio localizada em foi entregue sarial, classista Recife/PE. e esportivo, Top ontem no Segundo o Prefeitos 2010, recife Palace que neste ano prediretor de pesHotel, em quisa Fernando miou as melhores Pernambuco administrações Vieira da Cunha, os prefeitos clasmunicipais brasisificados nas pesquisas serão leiras de 2010 sob o enfoque apresentados no site www. da Sustentabilidade Urbana, ubd.com.br, adotando-se como também do Rio de Janeiro, critérios os índices de saúde, entre outros prêmios. “Não educação, infraestrutura, e podemos deixar de buscar esse qualidade total nos serviços prêmio, que homenageia Nova municipais. Andradina, que graças ao seu A pesquisa foi realizada povo ordeiro e trabalhador, em 3.700 municípios do País, tem alcançado destaque no para obter a classificação dos País”, expõe o prefeito Gil100 melhores gestores com as berto Garcia. melhores notas. A UBD foi criada em OrnamentaçãO 2001, com a finalidade de diUm dos mais belos projevulgar turismo e eventos das tos de ornamentação pública, regiões brasileiras através de para comemorar as festas pesquisas interativas, desta- natalinas e o aniversário da cando as melhores administra- cidade, foi inaugurado no dia ções municipais do Brasil. 5, na Praça Brasil, no Obelisco O prefeito Gilberto Gar- Central e na Praça do Museu cia ficou muito feliz pela clas- Municipal. sificação e recebeu o troféu e Coordenado pelo Deparhomenagem como um dos 100 tamento de Cultura, o projeto Melhores Prefeitos do Brasil. teve como principais atrações, A premiação foi realizada on- várias telas pintadas a óleo, tem, no Recife Palace Hotel. pelas artistas Ana Lúcia e Desde que assumiu o seu Cristina Garcia, lembrando mandato, o prefeito Gilberto a trajetória de Jesus, Maria e Garcia tem recebido vários José. Também compõe a beprêmios, mas por motivos de leza plástica do projeto, uma contenção de gastos, muita enorme árvore de Natal, um vezes, não é possível partici- presépio e muitas luzes, espapar dos eventos para buscar os lhadas pela principal Praça da troféus. Dentre as honrarias cidade. No Obelisco, uma orconcedidas, estão o Prêmio namentação no mesmo estilo Integração e Prêmio Imprensa, da árvore de Natal e da Praça, realizado pela Quality TV e cobre o monumento, que se

transformou num verdadeiro espetáculo, com singeleza, mas uma plasticidade que sensibilizou a todos. Presentes à cerimônia, o prefeito Gilberto Garcia acompanhado da primeira-dama Joana D’Arc; a deputada Dione Hashioka, os vereadores Adriano Palopoli (presidente da Câmara), Márcio Costa, Magrelo Brambila e Sandro Hoici; os secretários Nair Lorencini Russo, Umberto Canesque, Roberto Ginel, Maria Eugênia, Dra. Elizabeth Nogueira, Tito José, Fábio Selhorst, além de coordenadores e superintendentes dos diversos órgãos da Prefeitura, fizeram coro junto com a população, tão logo se deu a contagem regressiva e as luzes foram acesas, ao som da Banda Marcial Getúlio Vargas, que entoou “Noite Feliz”. A emoção tomou conta da população, ao ver a profusão de luzes e cores, formando um espetáculo coroado pela queima de fogos, abrindo oficialmente as comemorações natalinas e do aniversário de Nova Andradina. A praça lotada, também ouviu as autoridades, após a execução de duas músicas pela Banda Marcial Getulio Vargas, sob o comando do maestro Edson. Nair lembrou as dificuldades que precisaram ser vencidas, para que se concretizasse aquele projeto lindo e tão significativo. Desejando boas festas e um feliz 2011, a Secretária de Educação agradeceu ao Prefeito “por este ano tão profícuo na Educação, que nos possibilitou tantos avanços e conquistas”. O presidente Adriano Palopoli cumprimentou a população e ao também parabenizou e agradeceu ao

Parque dos Ervais

Deodápolis

Governador vistoria fase inicial das obras

P

onta Porã – Com pouco mais de três meses de obras, o Parque dos Ervais de Ponta Porã está em fase de implantação de estacas para início das edificações, além disso já foram feitas as fundação para a colocação dos sistema elétrico do parque que recebeu a visita do governador André Puccinelli anteontem (7) durante passagem pelo município. A obra do Parque Estadual dos Ervais é considerada emblemática para Ponta Porã e é desenvolvida com recursos exclusivos do programa MS Forte, do governo do Estado. O valor total do investimento é de R$ 11.284.572,43, de acordo com a Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos do Estado (Agesul). De acordo com a fiscal do empreendimento, Suzana Lorenzon Wetters, já foram

colocadas as estacas dos pórticos de entrada do parque, da área de rapel e sanitários. Conforme o gerente de obra civil da Agesul, Hélio Batislani, o Parque Estadual dos Ervais terá pórticos de entrada com guaritas, praças esportivas com vestiários, quadra de vôlei de areia e poliesportiva, campo de futebol society, praça das crianças, praça radical e uma lagoa com ponte. De acordo com o gerente, ainda está sendo definida a construção de um museu ou espelho d’água dentro do parque. A área total da obra tem cerca de 18 mil metros quadrados. A assinatura de ordem de serviço foi feita pelo governador André Puccinelli no dia 12 de julho com prazo de conclusão de 690 dias. O vencimento da obra está previsto para 31 de maio de 2012.

Divulgação

Desde que assumiu o seu mandato, Gilberto Garcia tem recebido vários prêmios prefeito por aquele lindo espetáculo. Desejou um lindo Natal e um novo ano de muito sucesso. Para a deputada Dione, “esta é uma oportunidade de agradecer a todos os que têm estado ao meu lado, incentivando e apoiando, e a todos os que me confiaram este novo mandato”. Também parabenizou o prefeito “por sua força de trabalho e disposição de luta, que “tanto tem beneficiado Nova Andradina”. Dione também destacou a atuação do ex-prefeito Hashioka, que implantou a decoração natalina como um dos pontos altos das comemorações de dezembro. “Desejo a todos um Natal com muita luz e que realizem seus sonhos, durante 2011”, completou ela. Para o prefeito Gilberto

Garcia “esta é uma oportunidade muito feliz, onde podemos destacar o trabalho de nossos artistas, colocado em praça público, abrilhantando esta decoração”, disse ele, parabenizando as artistas Ana Lucia e Cristina Garcia, autoras das telas em óleo. Parabenizou ainda o Departamento de Cultura e todos os que colaboraram para a execução do projeto, que, de fato, foi um dos mais bonitos e que recebeu total aprovação de quem passa pelo local. O prefeito ainda aproveitou para agradecer e parabenizar a Banda Marcial Getúlio Vargas, “orgulho dos novandradinenses”, e desejou a todos um Natal de luzes e cores, de amor e de grandes realizações. “Felicidades a

todos os novandradinenses, pelo aniversário e que vamos em frente, avançando e promovendo novas e grandes conquistas”, finalizou ele. Após promoveu uma visita a cada tela, a cada motivo que compôs a decoração, aprovando e se emocionando com a beleza e o esplendor de cada detalhe. A ornamentação das ruas e da Praça do Museu, promovida pela Acina será inaugurada em breve, de acordo com o vereador Magrelo Brambila, que, no ato, representou a Associação Industrial e Empresarial de Nova Andradina, da qual o Governo Municipal é parceiro, para que a ornamentação das avenidas seja a mais bonita e do agrado de toda a população.

Duplicação da avenida Deodato está adiantada

D

eodáPolis - Em Deodápolis estão bem adiantadas as obras de ampliação e duplicação da Avenida Deodato Leonardo da Silva, saída para o distrito de Lagoa Bonita e Dourados. Estão sendo executadas obras de ampliação, duplicação, canteiro central e iluminação ornamental. São mais de 300 metros de obras do que se tornará um belo cartão postal embelezando a entrada da cidade, vista por quem passar pela rodovia MS276, sentido Dourados/Lagoa Bonita. Essa avenida terá um papel fundamental para evitar acidentes no período de festas, tendo em vista que o fluxo de trânsito nesta rodovia aumentou consideravelmente, e o Parque de Exposição da cidade fica nessa região que terá acesso e saída por esta via, garantindo também aos moradores dos bairros Jardim América e Jardim Europa uma segurança a mais, além da valorização dos imóveis na área. O prefeito Manezinho destacou essa importante obra que município ganhará em breve e ressalta também o tão sonhado recapeamento da rodovia MS-

Wilson Amaral

Depois de concluídas as obras, local se tornará um belo cartão postal no município 276, que está sendo feito e que encurtará o espaço de tempo e a segurança entre Deodápolis e Dourados, que muito contribuirá para o crescimento da região como um todo. “Quem faz a diferença nos pequenos muni-

cípios com certeza é o nosso parceiro governador do Estado e a bancada federal por Mato Grosso do Sul, é uma satisfação a nossa equipe de trabalho estar seguindo à risca todo o nosso plano de trabalho, pois é nosso

objetivo transformar a vida das pessoas com melhor qualidade de vida e nós estamos fazendo a nossa parte, cumprindo tudo aquilo que prometemos durante a campanha”, destacou o prefeito Manezinho.


Classificados

Classificados Classificados

Classificados Classificados

O PROGRESSO - Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO


2

Classificados Classificados

Classificados

Classificados Classificados

C2

O PROGRESSO - Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

42365

APTOS VÁRIOS LOCAIS

Jd. Vitória, R$ 40 mil, aceita proposta. 9978-6293

Vendo casa de madeira, excelente local. Terreno 12x32. 9904-0518

Rua Bahia c/ 200m². R$ 350 mil. 9238-2659

Térreo c/ 2 qts, no centro. 9238-2659 8426-2743

NOVA ALVORADA DO SUL

MAISON BLANCHE

Por uma em Dourados. 9288-9499

ZAGAIA RESIDENCE

IZIDRO PEDROSO

Vila Tonani c/ 02 suítes c/ AE, 2 qts c/ AE, 03 salas, coz. c/ AE, escritório c/ AE dep. empregada, despensa, piscina, churrasqueira. R$ 2.900,00. 3423-2255 Creci 779-J (Imob. Athenas)

Gondim Creci 2645. 34210034

TROCO EM CPO. GRANDE

C/ 1 qto, sala, coz, varanda, banheiro e garagem. R$ 300,00. 3423-2255 Creci 779-J (Imob. Athenas)

42599

Vários setores. Creci 3865. 9959-9781

42498

CASAS/CHÁCARAS Fazenda, vários setores. 9959-9781 42624

COHAB II R$ 65 MIL 1 Apto, qto, sala, coz, wc. 9238-2659 8426-2743 42535

42630

ATENÇÃO ADVOGADOS Excelente opor tunidade p/ livrarem-se do aluguel, unam-se e comprem imóvel próprio para escritório. José Gondim Corretor de Imóveis Creci 2645 3421-0034 ou 9971-1320 42513

BNH 3. PLANO

EDÍULA R$ 65 MIL R: 1. abril n. 75 Vila industrial, não dá financiamento. 9942-6163/3426-6455 42387

IZIDRO PEDROSO

42469

CAMPO DOURADO

42347

CANAÃ I DÁ FINANC. 2 qtos, sl/coz, wc. 99461027

38564

CANAÃ IV R$ 28 MIL Rua 08 n.45, troco por casa no Joquei ou Pq. I ou II. 3424-8603 ou 9298-9190 42446

2 qtos, sla, coz, copa, wc, garagem c/ edícula, 2 qtos, sla, coz, wc e varanda 11x30, centralizado, aceito carro (-) valor. 9283-9515 Mika Naysanro@gmail.com 42514

NOVO HORIZONTE Gondim Creci 2645. 34210034

42517

PARQUE ALVORADA Sobrado Gondim Creci 2645. 3421-0034 42622

POLO SEDAN 06 PRATA Confortline, completo, 1.6. 9961-9867

42518

PORTAL DE DOURADOS Casa venda Gondim Creci 2645. 3421-0034

JARDIM FLÓRIDA

PQ. ALVORADA 160 MIL

42515

41359

Gondim Creci 2645 34210034

3 Qts, sl, coz, gar, piscina, 1 apto. 9971-9664

JARDIM SANTO ANDRÉ

PQ. ALVORADA VENDO

R: Humaitá, R$ 111 mil, Gondim Creci 2645. 3421-0034

42546

3 qtos, wc, sala, cozinha, edícula nos fundos, rendendo R$ 500 de aluguel. 9973-8323

42428

2 qts, sala, coz, wc. 84111927 Creci 2649

42520

Linda, Gondim Creci 2645. 3421-0034

42262

42522

PRÓX. AO IMACULADA

CASAS E TERRENOS

4º PLANO ESQUINA

42476

EDÍCULA TERRA ROXA

Próx. Imaculada. R$ 350 mil. 9672-0801

R$ 95 mil, 3 qts. 84262743 ou 9238-2659

42478

PRÉDIO COMERCIAL

42613

42625

42623

JD. ÁGUA BOA W10

CASA VILA PROGRESSO

CASA-VENDA

38643

CASA INACABADA

JD. COLIBRI 100 MIL Rua Amoreira, Quadra 15, lote 8. Aceito carro, dá financiamento pela CEF. 9202-2674 ou 9618-4349 42607

JD. COLIBRI 100 MIL 3 qts, sala, coz, banheiro. 9921-5520 41173

JD. ÁGUA BOA Rua José Garcia Pires 890. 9964-0072 ou 3425-5636

41899

CASA EM MARACAJU

JD. ÁGUA BOA 130 MIL

Ótima residência no BNH. 9619-7367

Casa 3qts + edícula 2qts. Financia 8426-2743

42497

Vendo casa Rua Antonio Spoladore, no Pq. Alvorada, c/ 205m² contruídos, c/ 1 apto, 2 qts, wc todos c/ box vidro temperado, sl estar, sala jantar, coz, área de serviço, edícula completa (churrasqueira, pia, balcão de marmore) + qto e wc anexo. Aceita Financiamento. Particular 9971-1878 42504

PQ. NOVA DOURADOS Bem localizada, próx. a prefeitura, c/ 3 qtos, sla, coz., varanda, garagem, edícula no fundo, forrada, toda murada, portão, eletrônico, dá financiamento, R$ 130 mil. 3425-0539/9951-0730 c/ Gilmar

42291

41499

VENDE-SE PSICULTURA Com 28 tanques, completa, doc. ok. (67) 9618-1586

41621

VENDO IMÓVEL

42480

C/ 1 apto, 2 qts, sala, coz, churrasqueira garagem, piscina. R$ 800,00. 34232255 Creci 779-J (Imob. Athenas) 42479

Próximo ao Banco do Brasil. 9971-4823

41898

VILA ADELINA W2 C/ 120m², 2 qts. R$ 145 mil. 9238-2659 84262743

42614

JD. GUANABARA

42477

VILA TONANI

JD. STO ANDRÉ C/ 2 qts, sala, coz, garagem. R$ 600,00 34232255 creci 779-J (Imob. Athenas)

CASA-ALUGA ALUGO KITINETE Rua Ipanema, 1070. Jd. Sto André. Telefone 81775007 42485

APARTAMENTO CENTRO

R: Dr Nelson Araújo, c/ 2 qts, sala, coz, banheiro. R$ 660,00. Telefone 34232255 Creci 779-J (Imob. Athenas) 42474

BNH 4º PLANO C/ 1 qto, sala, coz, banheiro, garagem. R$ 300,00. Telefone 3423-2255 Creci 779-J. (Imobiliária Athenas)

42473

CENTRO MARC. PIRES C/ 1 quar to, sala, coz, banheiro. R$ 450,00. 34232255 Creci 779-J (Imob. Athenas)

Rua Major Capilé, c/ qto, cozinha, banheiro. R$ 250,00. 3423-2255 Creci 779-J. (Imob. Athenas) 42175

C/ 1 apto, 2 qts, 2 salas, coz, garagem p/ 2 carros, churrasqueira. R$ 1.200,00 3423-2255. 3423-2255 Creci 779-J (Imob. Athenas)

Rua Antonio Car valho, 1760, c/ 140m², 1 suíte, 2 qts, 2 salas, coz. 99531996

42628

42491

QUARTOS NO CENTRO

SALÃO DE FESTAS Ótima localização, c/ ar. 3422-0408 42481

VILA PLANALTO Próx. centro c/ 1 apto, 1 qto, sala, coz, garagem p/ 02 carros, dep. empregada, despensa varanda. R$ 850,00. 3423-2255 Creci 779-J. (Imob. Athenas)

42523

RES. PALLADIUM 41738

Mobiliado e decorado, seminovo, 2 suítes, 2 dorm., gondim Creci 2645. 99711320

Condomínio fechado, ao lado da Unigran, 2qts. Gondim Creci 2645 99711320

RES. AMARILIS

ZAGAIA RESIDENCE

42005

Creci-4239. 9616-4677

42626

RES. ILHA BELA 3º andar, financia. R$ 130 mil. 9238-2659 ou 8426-2743

42354

42496

Visite apartamento decorado, sem compromisso. Gomdim Creci 2645. 34210034 ou 9692-4433

RES. MONTREAL II

APTO-ALUGA

Apto 1. andar, 2 qtos, 69m², 1 vaga na garagem, R$ 130 mil. 9973-1776

APARTAMENTO NOVOS

42297

42486

Aptos, casas de R$ 80 mil a R$ 1.500,000,00. 96720801 Creci 4510

Vila Eldourado, próx. Shopping c/ 2 qts, sala, coz, banheiro, garagem. R$ 470,00. 3423-2255 Creci 779-J

KIT NOVA CENTRO

ZAGAIA RESIDENCE

Rua Floriano Peixoto, c/ 1 qto, sala, coz, garagem. R$ 450,00. 3423-2255 Creci 779-J. (Imob. Athenas)

Rua Balbina de Matos, 2131, lado Unigran, c/ 2 qts, sala, coz, a. serv, sac, garagem, tipo cond. fechado. Gondim creci 2645 3421-0034

EDIF. ELLUS CENTRO

42490

41734

42489

KIT. PQ ALVORADA Nova, c/ 1 qto, sala, coz, banheiro. R$ 250,00. 34232255 Creci 779-J (Imob. Athenas) 42558

PENSIONATO 1º PLANO Alugo qtos para rapazes. Telefone para contato 99212845

42255

APTO-VENDA

PENSIONATO NO CENTRO Quar to individual c/ internet. Telefone contato 3427-2991

42475

PQ. NOVA DOURADOS C/ 3 qts, sala, coz, garagem, varanda. R$ 600,00. 3423-2255 Creci 779-J (Imobiliária Athenas)

VENDO VÁRIOS

41559

APARTAMENTOS Obra em andamento e pronto. Creci 2556. 3427-6100 ou 8118-8184

42612

APTO DONA JOSEFA R$ 80 mil, c/ 1 qto, sala, coz, wc. 9672-0801

42483

C/ 1 suíte c/ AE, 1 qto c/ AE, sala, cozinha c/ AE, churrasqueira, elevador, salão festa, garagem. R$ 850,00. 3423-2255 creci 779-J (Imob. Athenas)


C2

Classificados Classificados

Classificados

Classificados Classificados

3

O PROGRESSO - Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

42108

42519

41537

ED. SILVANO TEIXEIRA

AO LADO UNIGRAN

TERRENO ECOVILLE

No 2º andar. Tratar 99712900

Terreno p/ prédio Gondim Creci 2645. 3421-0034

Ótima localização na parte alta, quitado, 525m². 99199201

41411

42482

EDIF. MILTON ROCHA Próx. Unigran c/ 1 suíte, 1 qto, sala, coz, garagem, churrasqueira. R$ 1.000,00. 3423-2255 Creci 779-J (Imob. Athenas) 42488

EDIFÍCIO ITAIPU C/ 1 suíte c/ AE, 2 qts c/ AE, coz. c/ AE, 2 salas, garagem p/ 2 carros, 2 elevadores, piscina, etc. R$ 2.400,00 3423-2255 creci 779-J (Imob. Athenas)

CACHOEIRINHA 16 MIL

CHÁCARAS 42569

CHÁCARA 1 HA C/ casa, energia, água. 9909-3110 ou 9264-2727

C/ água/energia, murado c/ escritura. 9290-3294

42566

42410

CHÁCARA 5000M²

COMPRO TERRENO

Av: Presid. Vargas, 1800mts do Centro. 9971-4496

Pq. do Lago, Jd. Novo Horizonte, Pq. Alvorada ou nas proximidades. até R$ 35 mil, que de financiamento. 9218-1690

40392

CHÁCARAS CALIFÓRNIA 1.500m² e 4.000m², vizinhas. 8144-4146 34217855

42403

ESQUINA R$ 28 MIL

42432

Jd. Aydê, 14x32 à 100m do seminário Batista. Aceito carro. 9238-2659 ou 8426-2743

EM FRENTE EMBRAPA

C/ 2 suítes, sala, lavabo, coz. c/ AE, garagem p/ 2 carros, churrasqueira. R$ 950,00. 3423-2255 Creci 779-J. (Imob. Athenas)

Gondim Creci 2645. 34210034 Pl 9971-1320

Chácara 3000m², com escritura, casa alvenaria 150m², contruído poço artesiano 150m e árvores encherto 1.000. 3422-1009 ou 9226-1187 Jeanete

JD. EUROPA 490M²

VENDO CHÁCARA

RESID. ITAVERÁ

Rua Espanha, 14x35. 99719737 Jr

42484

RESID. CONTINENTAL

42492

Pq. Alvorada c/ 2 qts, sala, coz, garagem, portão eletr. R$ 600,00. 3423-2255 Creci 779-J (Imob. Athenas) 42487

RESID. MAXWELL

42521

JARDIM GIRASSOL

42601

42589

JD. GUAICURUS

ALTOS DO INDAIÁ

ALTOS DO INDAIÁ C/ casa de madeira, 5 peças, 14x45. Telefone 9908-5007

FAZENDAS 140 HA PASTO

42516

ALTOS DO INDAIÁ Gondim Creci 2645. 34210034

Água corrente. www.satorreimoveis.com.br. 84111927

42196

PQ. ALVORADA 65 MIL

R: Monte Alegre, próx. escola Reis Veloso. 9978-6293

42385

41125

VENDE-SE OU TROCA-SE 2 terrenos 12x30, Pq. Do Lago, doc. ok. 9273-3500

42572

41126

Part. R: Pedro Rigotti 23. 9998-8371

Pq. Alvorada, esquina, 14x30, doc. ok. 9273-3500

TERRENO 95 MIL

AR, TE, VE, LDT. R$ 13.500,00. 9615-7984

42550

Álcool. R$ 4.000,00. 99799591

GOL 96/96 AZUL

VOLKSVAGEM

42386

PQ ALVORADA 80 MIL

TERRENO 13X30

Completo, impecável, única dona. 9951-8485

GOL 84/85 VERMELHO

42629

42551

PORTAL DE DOURADOS

42366

GOL 00/01 PRATA 4P

Ve n d o / t r o c o / f i n a n c i o . 9976-6040 ou 3422-3331

42512

Asfalto. Aceito carro. 92382659 ou 8426-2743

FOX 1.0 PRETO 08/09

42549

8403-7128 Creci 3056

42466

AR, DH, bom estado. R$ 21.000,00. 9607-8677

GOL 96 BOLA 1.0

42631

2 juntos ou separados, 568m² cada. Telefone 9971-4374

Flex, completo, prata, R$ 30.000,00. 9916-0697

Entr. R$ 3.500 parcelo o restante. 9639-6827

JD. MÔNACO 12X30

TERRENOS

Até 86 de part. óitmo estado. 9994-3830

42463

42038

Gondim Creci 2645. 34210034

GOL 04/05 G3 PRATA

GOL 90 CHT R$ 5.500

Murado um lado. 99175551/8177-4807 R$ 80 mil. Ligar só interessados 9987-3745

42500

42524

FOX 1.6 PLUS 06/07

42544

Formada de 4,5 ha, c/ 720m² construção final da rua Caiuás, próx. ao Centro. 9911-2893

42508

C/ 2 qts, sala, coz, garagem. R$ 420,00 34232255 creci 779-J (Imob. Athenas)

41666

42455

COMPRO UM FUSCA

VENDO/TROCO 2 TERR.

18 ALQ. PASTO

54869

GOL MI 98 - 8V

Cor cinza metálico, Vidro e trava elétrica, R$ 10.700,00 - 9935-1949 45863

FUSCA 77

Troco por moto. 92216454 42548

GOL 98 VE/TE/AL Ve n d o / t r o c o / f i n a n c i o . 9976-6040 ou 34223331

42528

GOL 98/99 VERMELHO AL, TE, som, R$ 11.000. 9977-7653

Montada. www.satorreimoveis.com.br. 8411-1927

Cor branca, Telefone 96424000

ÁREA 10 HECTARES

ABAIXE A PARCELA

GOL 99/00 4P C/ TE

Imóvel rural, a 8Km Centro, prox. ao HU, R$ 150 mil por ha. 9973-1776

Carro caminhão e moto. Telefone para contato 679271-8259

Alarme, cinza, 16V. R$ 13 mil. Telefone contato 9243-6541

42355

42257

41322


4

Classificados Classificados

Classificados

Classificados Classificados

C2

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO - Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010 42443

42172

42584

42427

GOL BOLA 1.6 BRANCO

ASTRA HATCH 06/07

KOMBI FURGÃO 89/90

SANTA FÉ 2009 COMPL.

95, trava, alar me, R$ 10.700,00. 9617-4523

Preto, flex, 2.0, impecável, completo. 9976-9781

Branca, vendo ou troco. 9914-4764

7 lugares, preta. R$ 87 mil, troco (-). 8401-5374

GOL BRANCO 00 C/ TE

ASTRA SEDAN 03/03

MB 1113

TUCSON GL 08/09

AL, R$ 12.800, revisado. 9933-1964

R$ 23.500, 1.8, compl. branco. 9238-2659

Ano 75, azul, toco. 99717975

Prata, mecânica. R$ 55 mil, troco (-). 8401-5374

GOL CITY 07/08

ASTRA SEDAN CD 04

S10 07/08 4X4

42436

42449

Completo, 4P, único dono, 48mKm, R$ 25.500,00. 9944-7008 42559

GOL CITY 2004 CINZA 4P, TE, AL. R$ 80 mil, novo. 9961-9867

42401

GOL G3 BRANCO 2005 Completo, step sem uso, 4pts. 9906-2722

42611

GOL MIL 04 8V PRATA 4P. R$ 17.500,00. 99845333

42268

GOLF GENERATION 2003 1.6, c/ air bag. Vendo/troco. R$ 27.800 9686-4085

42582

GOLF SPORTILINE 2009 Prata, comp, único dono. R$ 46.500. 8401-5374 42348

KOMBI 1.4 06 AP flex, motor novo, impecável. 9628-6899

42408

PARATI 1.8 94/95 R$ 7.000,00. 9953-2764 ou 9953-6327

42503

PARATI COMPLETA

41896

42280

Prata. 9607-5856 Sergio

42590

CELTA 07/08 PRATA

42444

POLO SEDAN 04 PRATA Completo, roda. 96197367

VENDO GOL 99 BORDÔ

42510

S10 ESTENDIDA 97/98

CLASSIC C/ AR 06/07

S10 EXECUTIVE PRETA

R$ 20.500,00. 84640809

4X4, 03/03, filé. 99714496

CORSA 03/03 PRATA

S10 LUXO BORDÔ 02/03

Comp, c/ 75mkm, particular. R$ 23 mil. 9692-1518

Completa, 4x2. 99714496

CORSA 99 C/ AR

SAVEIRO 2001 CINZA

Trava, alarme, vermelho, R$ 13 mil. 9663-2012

Completa, roda 15. R$ 19.500, troco (-) 84015374

42574

42378

42430

42434

CORSA HATCH 98 C/ AR TE, AL, branco, 4P, R$ 13.500. 9933-1964 42534

KADETT 1.8 91

42564

42565

42577

42578

SAVEIRO S. SURF 2004 Azul, compl. R$ 23.500, troco (-) vlr. 8401-5374

42417

PALIO 08/09 CINZA Completo, c/ 34mkm. 8138-1110 41431

PALIO 4P 04/05 PRATA Ar, VE, TE, AL, som. 99715161

42588

PALIO ADVENTURE 41897

PALIO ELX 07/08 4P R$ 23.500,00 flex, modelo novo. 9238-2659

42560

PALIO FIRE 01/01 Azul, 4p, completo (-) ar. R$ 15.700,00 9628-3508 42592

42400

PALIO WEKEEND ADV

42309

Vermelho, couro. R$ 25 mil, troco (-). 8401-5374

R$ 4.700,00, conservada, 8mkm. 9972-0318

VECTRA 99 R$ 25 MIL

BIZ 125 ES 07

42425

42358

Cor prata. 9269-6632 ou 8162-5477

42452

VECTRA GLS 2000

42248

Cinza. 9971-7975

BIZ KS 08/08 NOVA Cinza met. c/ 13mkm, pneus novos. 9930-0193

FORD

42468

BROS 2008 ESD PRETA

42511

Vendo ou troco. 99487762

2º dono, 13mkm, ótimo estado, troco - vlr. 92914811

CORCEL 2 80/80

BROS KS 2006 PRETA

3 PASSAT

42441

Branca. R$ 3.500,00. 92536708 ou 9287-9701

42579

ESCORT HOBY 95/96 Azul met, muito novo. R$ 6.900,00. 8429-7196 42422

FIESTA 07/8 1.6 FLEX Completo, bco de couro, 23mkm. 8402-3108

FIESTA SEDAN 08/08 Flex, 1.6, completo + rodas. 3421-7855 8144-4146

42389

FRONTIER 2.8 TD 04 Ano 04, preta, completa, couro, quitada Particular. R$ 45 mil. 8422-5962

41907

SAVEIRO SUMMER 1.8 01/01, compl, banco couro, roda 17, 4 pneus novos, R$ 22 mil. 9961-9498 42310

STRADA 1.4 CE FLEX Ver melha, DH, 06/07. 9972-0318 42615

STRADA CS FIRE 1.3 2005, TR, AL, capota, BR, ótima. 9971-6355

42634

VAN 83 18 LUGARES Motor MWM novo. R$ 20 mil. 9961-1155

CAMINHÃO AGRALE

42594

42575

MITSUBISHI 42568

L200 07/07 PRATA Automática, completa. 9971-4496

FIT LX 04/04 DOURADO Completo, banco de couro, som. 9971-5161

42299

42573

FIT LX 2006/2007

UNO 07/08 CINZA COMP

R$ 32.000, par ticular. 9912-4405

Kit Way, Celebration, 2º dono. 9965-9876

42597

42397

HONDA CITY 09/10

UNO 07/08 PRATA COMP 1 dono, conser vado. R$ 23.900 3422-5869 81117957

Prata, LX, automático, 7.600Km. 9207-2011

UNO 91 NOVO BRANCO

Completo, prata. 34260071 ou 8173-4998

42531

HONDA CIVIC 05

42595

2P,88mKm. 9931-8200

42542

42608

VENDO HONDA FIT LX

UNO 93/93 IE PRATA

04/04, 70mKm, preto. 9971-3586 Adriana

AR, ve, 2p. 9913-9789

42451

UNO FIRE 2004 BRANCO Básico, 4 por tas, R$ 13.800,00. 3426-6236 ou 3496-1297

CAMINHÃO MERCEDES 75

UNO PRATA 07/08 4P

R$ 35 mil. Troca-se. 96655064

42424

42633

D20 86 MODIFICADA P/ 96, 4p, motor, lata novos. R$ 30 mil 9961-1155

41753

D20 DUPLA 91 MOD 5 Completa, 2 pneus novos. 9974-6064 42368

42505

ASTRA GLS 2000 Completo, cinza, hatch. Telefone para contato 96066705

D20 DUPLA 93 Bordô, R$ 43 mil. 92437773

42246

DUCATO 07/08 Ideal p/ turismo. 84121804 Particular 42070

F1000 95/95 Completa. Telefone 99719439

42616

42609

TITAN 150 05/05 ESD Vermelha, part. freio a disco. 9913-9789

42433

TITAN 150 2004 PRETA 42435

41430

SIENA EL 2009/2010

Preta. R$ 4.500,00. 96257920 Tiago

Par t. R$ 3.900. 99331964

HONDA

Completo, 10mKm. 99519302

R$ 12.000,00 + parcelas. Telefone contato 91158903

Impecável, R$ 1.500. 96073787

R$ 4.100,00, estado zera. 9943-8286

42501

AGILE LTZ 10/10

42538

DT 180 DE TRILHA

TITAN 07/07 ESD

Único dono, 29mkm, compl., R$ 33.500, aceito carro de até R$ 26 mil. 9928-6612

42464

Vendo ou troco. 99721903

Prata, 5.800km. 81367089

SIENA EL 1.4 08

CHEVROLET

42458

CRF 230 07/08

SUZUKI YES 125 2008

42457

Tempra 95, completo. 9623-9012

R$ 12.500. 3425-3829 ou 9930-1556

FAN KS 07/08 CINZA

1990, cab. dupla, carroceria nova. 9971-4496

SIENA 1.0 09/10

VENDO OU TROCO

42506

CB 500 PRETA

42439

42563

Fire, flex, preto, completo, computador de bordo. R$ 30 mil. 9943-1704

42467

Preta, ótimo estado, doc ok. 9952-4299

C/ documento. 99714901

UTILITARIOS

42375

Prata, 4P, vidro, TV, LPDT, excelente estado. 99723322

42618

BROSS 150 ES 06/06

42606

Completa, 9906-2861

UNO SMART 01/01

único dono, Km baixa. 9614-6344

DT 200 P/ TRILHA

PARATI 00 1.6 GAS

42586

42454

BIZ 07/08 ES PRETA

42557

Ar, VE, TE, R$ 21.500,00. 9633-3494

R$ 4.200, prata, bom estado de conservaçao. 91034425 ou 3426-6067

MONTANA SPORT 2005

Flex, 05/06, cinza, 2º dono, completo. 9971-3112

42371

42533

BIS 125 ES 2006

Revisada, com documento pago. 9154-9557

42576

PALIO FIRE FLEX 05/06, cinza, básico, R$ 17.600. 9251-4102

Aceito carro. 9105-0728

Motor e câmbio revisado. 9605-3772

40756

Looker, 2009, prata, R$ 47.000. 3424-1530

42447

150 SPORT 2007/2008

BIZ 03/03 ES VERDE

42567

FIAT

42585

Completa, banco ótimo estado. 9616-7367 Prata, gasolina, 4cl, completa. 9974-2566

42552

AL, TE, som, MP3, 4p, roda. 9671-4378

42445

2P, c/ ar, spoler, aerofoler, parachoques da cor do carro. 9601-1694

Ou troco. 9665-5064

2003, 1.6, prata, super conservada. 9639-7762

42453

TITAN 150 AZUL Completa, R$ 4.900. 99331964 42460

TITAN 150 ES 05/05 Azul. R$ 4.000,00. 96334844

42380

TITAN 150 ESD 05/06 Preta. c/ 45mkm. R$ 4.300,00. 8174-3667

42247

TITAN 150 ESD 08/08 Cinza met, c/ 7mkm, moto nova. 9930-0193

42315

TITAN 150 ESD 2008 Preta, completa, c/ 2 capacetes, baú. 9999-2592

42414

TITAN 150 MIX EX 10/10, cinza, quitada. R$ 7.500,00 9902-8089

TOYOTA

42596

42604

COROLLA SEG PRATA 05/05, ótimo estado. 99919504 42605

COROLLA XLI AUT C/ 49mkm, completo, rodas, air bag, bem conservado. 9971-4901

OUTROS

TITAN OK LIGA LEVE 10/10, R$ 4.000 + parc. R$ 167,00. 9908-7260 42526

TORNADO P/ TRILHA Compro, pago até R$ 3.500. 9142-3575

41432

TRAXX 110 08/08 Preta, roda liga, freio disco. 9971-5161

42536

42580

AUDI A3 1.8 2002 Preto, completo. R$ 23.900, troco (-) Telefone 8429-7196

42583

VENDO TITAN 2007 Preta, R$ 4.700,00, IPVA 2011 pago. 8404-1947 Igor 42532

VENDO TWISTER 04/04

AZERA 2009 PRETO

Vermelha, R$ 5.500,00. 9971-4944

Compl, teto solar. R$ 61 mil, troco (-) Telefone 84015374

XLX 250 TRILHA

42581

F4000 BAÚ 78 ÓTIMO

BMW 328I 98/99 PRETA

Vendo ou troco, MWM, DH, baú 5x2,40. 9971-6355

Modelo novo. R$ 32 mil, troco (-) vlr. 8429-7196

42357

Motor tornado, c/ doc. 8422-3018

42617

YBR 125 06/07 PRATA R$ 3.500,00. 9235-1917


C2

Classificados/Atos Oficiais

5

O PROGRESSO - Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------42302

PROMOÇÃO!!!!!

CITROEN 42587

C3 GLX 1.4 08/08 Prata, R$ 29 mil. 99716490 Elza

Decoração de casamento, igreja e salão, para janeiro, ganhe 1 brinde. 96127358 36686

SERRALHERIA EM GERAL Fabricamos grades, portas, portões, estruturas metálicas entre outros serviços. Ligue para nós e faça seu orçamento sem compromisso. Serviço de qualidade 9227-5357 Nivaldo 42363

SERVIÇOS DE PINTURA Em geral. 9654-4150 César

41433

SOFÁ E JOGO JANTAR 6 cadeiras, balcão. 99715161

40726

41881

AC PORTÕES Automatização, conser to. 8466-9793 ou 9996-3534

31010

ALUGA CAMA ELÁSTICA Novas c/ ótimos preços. 9928-1949

2026

ALUGA-SE BRINQUEDOS Tobogã, cama e recreações. 3421-6380 e 9286-4992

39600

ALUGA-SE DATA-SHOW 9236-0240 ou 8116-2317 c/ Italo 31298

ALUGO CAMA ELÁSTICA Piscina e infláveis. 81636022 ou 9905-8391

41890

ALUGO CAMA ELÁSTICA E piscina de bolinhas. 96752729 e 3021-1400

42413

ALUGO CAMA ELÁSTICA E piscina de bolinhas. 9972-5420 42431

ALUGO CAMA ELÁSTICA Grande e nova, melhor preço. 8416-1484 ou 96148998 42352

ALUGO FANTASIAS

SORVETERIA VENDO Instalações, bem montada em Dourados. 8136-5462

42222

TIJOLOS EM GERAL Tijolinho 195-TJ, 8F,R$ 370,00 o mlh. 9973-2665

42562

VENDE-SE DECORAÇÕES Casamento e 15 anos, c/ pilares de ferro e vidro, arranjos, tecidos, capas de cadeiras e muito mais, tudo por R$ 3.200,00. 99042276 ou 9969-3120 42540

VENDE-SE LANCHONETE R: João Rosa Góes n. 280, com lava rápido, c/ ótima clientela. 9959-2850 ou 3422-7502

42591

VENDE-SE VESTIDOS De festas e noivas. 34414557 e 3422-6201

42509

VENDO ACORDEON Interessados rua antiga W6 Jd. água Boa

42530

VENDO BARRACA De ferro, desmontável, reformada, p/ comércio. 9611-9400/3416-7405

42529

Adulto e infantil. 34232211 32585

ALUGO SOM ILUMINAÇÃO E data show p/ festa em geral 9242-0258 Wellington

27714

AULAS DE REFORÇO

VENDO LOJA CONFECÇÃO Bem localizada rua Hayel Bon Faker. 8162-3965 ou 8162-3964. 42537

VENDO MAQ. SORVETE Italiano, R$ 13.500 96038999

42426

Sou formada em letras e na Cultura Inglesa. Interessados ligar 8118-7842 C/ Dharana

R$ 80 MIL ou troco. 96655064

BERÇO AMERICANO

VENDO MÓVEIS

VENDO MERCADO 4º PL

42176

CEIA COMPLETA

1 Persiana e 1 ventilador de parede, semi novos. 34235888 Paulo

42539

Natal e ano novo( carneiro e leitoa). 3422-0408 42411

COMPRO MÓVEIS USADOS 9953-0240, 3424-7741 OU 8419-9416

42470

CUBO P/ CONTRABAIXO Meteoro Demolidor FWB 80. R$ 700,00. 9618-0646 42620

CÂMARA FRIA Toshinobu Katayama, 670, preço à combinar. 3421-9027 42541

FAÇO FRETE!!! Camionete furgão. 96125326 José 42547

JOGOS DE MESA

Ágil, dinamico, conhecimento em ADM, informática, comunicativo, que tenha visão de futuro em vendas. expressodourados@expressodourados.com.br 42391

CONTRATA-SE 2 camareiras. Joaquim T. Alves 190. 3421-7623

42527

CONTRATA-SE Segurança com habilitação, levar curriculum rua Firmino Vieira de matos 403 42571

CONTRATA-SE Pedagoga c/ experiência em educação infantil, idade entre 25 e 35 anos. 99656147 ou 3423-6699 42553

CONTRATO DOMÉSTICA P/ cozinhar/limpar, todos os dias, c/ boas referências comprovada em car teira paga-se bem. Agendar entrevista c/ Ramona. 92042607 42471

OFFICE BOY CNH A Agil, dinâmico que queira crescer, damos a moto, sal. comercial. Currículo para: expressodourados@ expressodourados.com. br3425-7480 42493

PRECISA-SE DOMÉSTICA C/ Ref. p/ tods os dias. sal. R$ 600,00 9985-5248 42442

VENDEDOR(A) Contrata-se vendedor com dip. para viagens e veículo. Treinamento, ajuda de custo e salaário compatível.Produto com ótima aceitação no mercado, interessados levar currículo COM FOTO para selec2010@live.com

42621

42356

Com colchão ortobom antialérgico. 9678-3528

42472

ASSISTENTE ADM

VENDO PESQUEIRO

PROCURA-SE EMPREGO 42593

COZINHEIRA

Com 5 tanques p/ pesca e piscina para banho com ótima clientela. 9959-2850

C/ experiência comprovada de 12 meses em marmitaria ou restaurante. 9239-2941

VENDO RODAS ARO 17

DIARISTA

42277

Modelo reflex, marca TSW. 9942-9053 ou 9211-0947

IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS 11/12

TRATOR VALMET 1780

42543

2 vezes na semana. 92375646

42610

DIARISTA 9636-3840 Ana Paula

42437

DIARISTA/DOMÉSTICA 9617-3730. Silvia

42502

DOMÉSTICA

Ano 95, hidraúlico, conservado 9941-0106

P/ trabalhar 2 vezes na semana. 9663-4975 Maria

TRATOR VALMET 980

DOMÉSTICA

11/12

42619

9 jogos. 9941-8559 ou 8125-1197

Ano 89, traçado hidraúlico, 9941-0106

Segunda à sexta, todo serviço (-) coz. 9201-8231

LAVA-SE ROUPAS

TRATOR CBT 8440

FAÇO FAXINA

42376

11/12

Buscamos e entregamos. 3425-0074 ou 9918-2723

Ano 92, completo hidraúlico, 9941-0106

LOJA CENTRO 22 MIL

TRATOR FORD 6600

11/12

42465

Motivo de mudança, avaliada .R$ 47 mil. 9235-3455

Ano 80, hidraúlico ok, pouco uso, 9676-1009

MESA SINUCA 6 TACOS

ANIMAIS

42461

Semi nova. R$ 600,00. 9914-5767

41365

MUDANÇAS/MONTAGENS Para todo o Brasil. 99716897 Jucelino

42561

MÁQ. ASSAR FRANGOS Capac. p/ 30 unidades, nova. 9968-5862 42462

MÁQ. GELO FORMA INOX 14 Barras 10kg, motor 220 wats. 9914-5767

42602

MÁQ. SORV. ITALIANO Semi nova. R$ 18 mil, parcelo. 8467-6998

42499

MÁQUINA DE SORVETE

35900

BULDOG FRANCÊS/PUG Shitzu, Gatos Persas e Hotweiller. 3422-1724/96023131. Av: Weimar Torres, 1312, Centro 42459

FILHOTES BOXER R$ 250,00, c/ 25 Dias. 9211-9050 ou 92119111 42379

FILHOTES ROTTWEILER

SECRETÁRIA Recepcionista, financeiro, meio período 9601-2835 Alessandra

42078

TECNICA DE ENFERMAG. P/ cuidar de idoso, criança, clínica médica ou recepcionista. 9919-9787 Karla

42092

VIGILANTE/SEGURANÇA C/ curso e experiência. 9939-0835 Marrone

FILHOTES ROTWEILLER

EXCURÇÃO FLORIPA

42507

LINDOS FILHOTES

42494

42600

De Border Collie Puros, vac e vermif. 3427-0024

42603

PUG C/ PEDIGREE

POSTE AROEIRA 3,20M

Vendo filhotes. Telefones (67) 8427-9528 ou 34319948

Esticador aroeira 2,70M lasca. 9961-1155

VENDO BOIS

PRECISO DE DOAÇÃO!!!

60 bois de 24 meses. Telefone para contato 96627633

De colchão e cama de solteiro, 1 televisão, p/ uma pessoa que se encontra muito doente e necessita de ajuda. 9224-0249

De motorista ou entregador, tenho CNH AB. 9226-8763

TURISMO

MÓVEIS À VENDA

42440

42351

PROCURO VAGA

Fêmeas vacinadas. R$ 300,00. 9663-6338

Linhagem pura, pedigre, R$ 900,00. Telefone 81442081

42632

Em apto R$ 35,00, em residência R$ 40,00, lavar e passar R$ 30,00. 99339906 Sueli

42627

Italiano, tecsoft c/ liquidificador ind 9637-5218

Sofá 2 e 3 R$ 250; geladeira 260lts R$ 250,00; mesa 6 cad. R$ 250; rack R$ 150; fogão 4 bocas R$ 150. Nayara 8446-8103

42438

42244

42154

VENDO FILHOTES 2 Pincher macho. 84051640

42374

Saída em 7 Janeiro, retorno 18 janeiro. 9996-3534


6

Atos Oficiais Atos Oficiais

Atos Oficiais

Atos Oficiais Atos Oficiais

C2

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO - Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010     

                        

  

              

                                                                          

 

   

    

%% " 75

                                                                            

 

 

 

                                 

! 76&& 76&

''' 0/.2@. .# *+. .42321.

& $0&  #"& & & /%"& #&   #&  #"& &   - "'& # & & #& & & "'& #& $#& &  & & % $& +(+.'&  40& '& # "&& & #"&3(&**+),*+*(& %6 '& ##& $ & &  # '&& !$!& #&  #& #&  #"# #& & #& *1& &  $%& & ,*+*'&     & #& &/%"&3(&**+),*+*'& ##&  $ & &#& #&&  4& /%"&$ #"& &  - "&5&(& ).% & *.% & +.% & ..% &

)/% & */% & +/% & ./% &

)0% & *0% & +0% & .0% &

)1% & *1% & +1% & .1%

"#&

)4% & *4% & +4% & .4% &

)7% & *7% & +7% & .7% &

)9% & *9% & +9% & .9% &

*)% & +)% & .)% & /)% &

:% ;% )*% )+% ).% & & & **% *+% *.% & & & +*% ++% +.% & & & .*% .+% ..% & & &

)/% & */% & +/% & ./% &

)0% & *0% & +0% & .0% &

)1% & *1% & +1% & .1% &

)4% & *4% & +4% & .4% &

)7% & *7% & +7% & .7% &

)9% & *9% & +9% & .9% &

*)% & +)% & .)% & /)% &

:%- %% )*% )+% ).% & & & **% *+% *.% & & & +*% ++% +.% & & & .*% .+% ..% & & &

)/% & */% & +/% & ./% &

)0% & *0% & +0% & .0% &

)1% & *1% & +1% & .1% &

)4% & *4% & +4% & .4% &

)7% & *7% & +7% & .7% &

)9% & *9% & +9% & .9% &

*)% & +)% & .)% & /)% &

:%%% % )*% )+% ).% )/% )0% & & & & & **% *+% *.% */% *0% & & & & & +*% ++% +.% +/% +0% & & & & & .*% .+% ..% ./% .0% & & & & &

)1% & *1% & +1% & .1% &

)4% & *4% & +4% & .4% &

)7% & *7% & +7% & .7% &

)9% & *9% & +9% & .9% &

*)% & +)% & .)% & /)% &

:% %% %% %% )*% )+% ).% )/% )0% )1% & & & & & & **% *+% *.% */% *0% *1% & & & & & & +*% ++% +.% +/% +0% +1% & & & & & & .*% .+% ..% ./% .0% .1% & & & & & &

)4% & *4% & +4% & .4% &

)7% & *7% & +7% & .7% &

)9% & *9% & +9% & .9% &

*)% & +)% & .)% & /)% &

:%%%  ;% ; % )*% )+% ).% )/% )0% )1% )4% & & & & & & & **% *+% *.% */% *0% *1% *4% & & & & & & & +*% ++% +.% +/% +0% +1% +4% & & & & & & & .*% .+% ..% ./% .0% .1% .4% & & & & & & &

)7% & *7% & +7% & .7% &

)9% & *9% & +9% & .9% &

*)% & +)% & .)% & /)% &

:% %  3%%6% )*% )+% ).% )/% )0% & & & & & **% *+% *.% */% *0% & & & & & +*% ++% +.% +/% +0% & & & & & .*% .+% ..% ./% .0% & & & & &

)7% & *7% & +7% & .7% &

)9% & *9% & +9% & .9% &

*)% & +)% & .)% & /)% &

)1% & *1% & +1% & .1% &

)4% & *4% & +4% & .4% &

!$.  . . ..............................." !.B.1.1.3<21<3=..

    



:%- %% )*% )+% & & **% *+% & & +*% ++% & & .*% .+% & &

     $  $  $ %$  $ !  $ $ $  %*+)$ $ &$

%$    $ $$ $)-..+052()))*&*+$ $  $ ('$ $$  $ !$  %$ $ $    $ $ $  $ )-$ "6#$ $ $ $   $ $ $ $$  $ $ $'$$$ $/$   $7$    $ 4/$ ,$$! $ $  $!$  $%$ $$'+--$$+-1$$ $   $3$)+5(+))1'$ 

     

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$&%$)2$ $  !$ $+)*)'$

 $   $ $   $ $$$$$$$$$$$$$$   $

5&#$))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))) C '$ '  !<C '!' '' ''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''' # # !' ;'/2+,7('!  !!' !' '' ''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''' # # ! '/@+,:(' '27+,:' '1'!'' '''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''' D!*'''''''''''''''''''''''''''''''''''' ''''''''''''''''''''''''''''''''''''''' '  ) $#) ) #6 $('!' '!''' ('!'!$ ' '!' 4#!!'  ! ' ' )'!!'!'  ' *' ,)0<')'!'  !'!' ' # # !' ;',/2+,7' ',7' '$' '/,,7('!  !!' !' '

# # ! '/@+,:' '27+,:(' ' !!'!'!'#'!'  ' !<6B' '''''''',)07,) )A)1<*'!!'!  '!'  !'!#!!('' # ' '/-'%' ' &''! '! '!'  !'  ' !!# (' !'  D!' ! ' '   ' 3$ ' ' 0 '  '  4!' )' ('   !!(' #! 1' !'  !'  '  6' !$ !!' #'  #$ $) @)   $)  &$ $,) ))))))))),)0;)' $<6''0 ' ' 4!'?'!' '!''' ('A'0!'  ' '''<!# ' ! ' ' 1'!  !!'$ ''! '# ! '!'$! ' '$<6''  '   '  !' '  #!' !' #!' ' A) 0<) ) ) 0?)  !'  ' # # !*) '  ! ' '.5(@,-'%! '0 !' !' ' &*' ''''''',) 11' ' $<C ' ' 0 ' ' '  !'  6'   !' # ! #  ' !'  D!' ! ' '   ' 3$ ' ' 0 '  '  4!' ?('   !!' ?' '  '   !!' '  C ' !A' .7;' %A#' &' !' 3 ' ' #D' $ 8  ' !' #D'  '    !(' !' #!' !$ !' #'  <6' > !*' '''''',)47)'<6' '   ''!$! ' ! (' ' # ! !!A' ) ) '  C ' ! !!(' #$' '   ' ' " '  ! ' ! !)  ' ' ' " 0('  ' <C ' #! !' ' #!!' !!' !' !'  ! !<6('  ' !!' !'   '

!$ ! '! '! ''#!!(' '!A'.=,'% ' ' !&'!'! >'' #'  *''' ''''$3$)=)'  ' ' ! ! #'!' C '1!''  ' '  1'  ' #' " ' ' ! ' !  ' !' //) ( ) )  &' '  # ' '  '  '  !!# '2&'#) )0.9' ' 6'  !#  ' ! !!*' )),)4:' '!' '#!!''   ' '  '!' D!'! ''  '3$ ' '0 ' ' 4!')'('  !!' 1' ',2'%D&'!(' #!' <6*' '',)4?*' '''''''''''A) 1<*' ' !'  ' ! '  '  ' !!'  ' ('  1' 0' '   ' !(' #'  # !<6' !  '!''  ''!''" ' ! ' '!'!'#!'' "''  !' *' ))+)) $) ) & )  )@) %))$' #$)) ))+) $) ) & ) &) &8)+) %))$' #$)) ) 8)  )$)&$) )) 41) $) ) ,)1)+)!' ' !1' #''!'!!' '!' $ !<6(' !!'!' <C ' #'1' '*' ''''''''''''''''''''''''''''''''''''!$  ''  ' ! ('!',9'% &'!''#D' '  #$' '/,.,*'

!

 % %%"%

 - -..0

 " $

1"#*  * & # * *$*

3.* $

./(&$)

35

 - -..3

*&* &$:6

1"#*<  * & #

5.* $

.0( $)

/0

1"#*<  * & #

3.* $

.0( $)

/.

% %% %  - -..5

                    "!        '        

    )( '#%%"$# &  &  & &  &  &  3 & & &    &&- & &  5&-&  & & & 2&01,)71'&  8&  &  &    '& & &  & #3: &  &  &   & &  " &  '& " &    & &  & -& '& & +,'& & ! &   &  &  &  & " &  /& &&   &  & &  &    & &  & $#     %#$#   '&;&49**& & &    & & &3/& &$ &  &&  &/&  %(& &    &   "& & # & &   & 9& $! &  (&

 5&6&'&*1& &  "#& &,*+*(&         &&  &

# $

$'* * *$ *.8*()* $* *&=* * &' * *0./.

 !    !  !  ! *!''#%$  ! !  !! !!)!! & ! !! !+ !!  (!!, !"!  ,  !!  !! - !

  !

*! 9**%  !*! !!   ! ! !

*+/.5  *  1"#*<  * & # 5.* $ ./(&$)

*+/.5 * $ $ $ *4'#$* ;$,

*+/.7  *2 **  1"#*<  * & # 5.* $ ./(&$)

*+/.7 1  * $ $ $ *4'#$* ;$,

*+/.7  *$ 1"#*<  * & # 5.* $ ./(&$)

*+/.7 * $ $ $ *4'#$* ;$,

$'* * *$ *.8*()* $* *&=* * &' * *0./.,

 !    ! 

                        

 

                                                            

                           



  

 !! !!)!! & ! !! !+ !!  (!!, !"!  ,  !!  !  !

  !

*! 9**%  !*! !!   ! ! !  - -../

$  1"#*  * & # 5.* $ ./(&$) 35 * * * 

%  %%"%

''' 0/.23. .  *+. .42321.

!)!  ))> ) )  ) <,).99-1.0.)

!  ! *!''#%$  !

%

/. $   $ $   /.1.;22@;279@7./.   /.+' '.'. . (  /. *.*' .*..'.'.'?:/... .'.'+?G .& '/.* .. * *+. '. $ "C .  %$ . .  "J8. .   . 0. $/.  ' .% .'*' /.'&.' . .'/. *'.'.&#'.(''. .'.?'&# . /. ''.  '. . '+'&.  . & ?:. '. #'.  '. .  &. '&. '. '?:.  . ' . .

 ..+ . ''.*'. *+&E'.  '&/. '. . '&''..  $ *2$  $   "#$  $ +)*)%$ "%$ $  $ $   %$   $$ %  $ $ $!  $ $ %$+..%$ $ $# %$", $ $   %$ $ $ $$$%.'.2@F22.6.33F22.'.*. '.'&' . . &  .'. #'. '/.  &.'&/. ''..*''. .24.,-.'/. 5. .3D.  .  *+. .4232.'E.3D. .  *+. .42341 '. '+ & .. 5. .2<. .  *+.'E.32. .  *+. .4232.'E.K. 3=F22.'/. .*.&'&. .?:.'.  .'.$ "C . %$ .. "J8. .  .0.$/.&'&''.. .! &A. .''' /.'#1.%:. . ' /. 477</.

/...6.* '&/. ''.?:.'. ' '.  .'. & /. ./.''#E.  . *.   * . ':. ,'. #'-.  . &'. $:.  '&.  . ' /. ''. &.

''.'.   /. &''?:.& #'..* *+.'.' '/.''.'.?:.'.' '1.. ' '. 6.5'. F.   /.( 0   /.3>., * -.  6/.4>., -.  6/.3>. , * -.!  /.4>., -.!  . .  &.'&/.* . .7.* *+.&' . .7 * *+. &  1.!. # :. .' .'*'. .3@.'.* & 1. '. '+ & ..  .A.*. .'.#F0.. ...................................."-*..'.'&. .*. 5. .'.72.,'-.'I.. ""- .*.'.+'?G . '6'1. *'. ''.#'?:F.. "-.5.  ..'&'*'?:I.. ""- ''. A.  6.  . '. *. #/. :.  .  . ) . ''#E.  .   H'.. '?:I.. """-.! .' .'*'. .3@.'.* & I.. "(-. +'A.'   '.* . ." ' .*.I.. (-.6.'.#'?:.B.2@F22.6.33F22.'1. .  '. *+&E'. '&. 6.'.  . *..'F. 3>-.& ?:. .#. . .  ..* *+.'. '. . . &  /. ''. . 5. .3D. .  *+. .4232.'E.3D. .  *+. .42341. 4>-. & ?:. . #.  . .   . . * *+. .  &. '&. .  .  &  /. ''.. 5. .3D. .  *+. .4232.'E.3D. .  *+. .42341. 7>-. .. *+.'. '. .  &.'&1.

 

"%%%    %

8%%%"%

$$ ! 41

      

8%  %%  %6 %

 & #%% 

  03&$ $!  $ $ %$+..$&$ $$# $&$   &$ $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ $&$*)'+/-'*.2($)))*&.+$

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$&%$)2$ $  !$ $+)*)'$

)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))$#)$) ))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))  ) $#)

  ,  &%)1% %  #$% %+)*)'%

 $

/.!$.  . /.   /.+' '.'.  .(  /. *. *' .*..'.'.'?:/... .'.'+?G .& '/.* ..29.,'-. * *+.'.$ "C . %$ .. "J8..  /.$/. ' . % .'*' /.'&.' . .'/.'.?'&# . . . *'.'.&#'.(''. ''. '.. '+'&.  . & ?:. '. #'.  '/.  &. '&. '. '?:.  . ' . .  . ' & :.&# .  '. .#....' .*.+' . '&..  . ' & :.&# .   '. ''.*'. *+&E'. '&/.'. . '&''..!%*0% %  #$% %,*+*&%#&%!%  % !% ! &% ! !!% !% !% -% !#$!&% 2% *6&% % !  /%   %   !&% #- % %!!!&%!% %!%%% /.'.2DF22.6.33F22.'.*.'.'&' . .

&  .'. #'. '/.  &.'&/. ''..*''. .24.,-.'/. 5. .2;. .  *+. . 4232.'E.2;. .  *+. .42341. '. '+ & .. 5. .2@. .# *+.'E.4<. .# *+. .4232.'E.K. 3=F22.'/. .*.&'&. .?:.'.  .'.$ "C . %$ .. "J8. .   /. $/. &'&''. .  .  . ! &'.  . ''' /. #1. %:.  .  ' /. 47<2/.

/. . 6. * '&/. ''. ?:. '. ' '.   . '. & /. . /. ''#E.  . *.   * . ':. ,'. #'-.  . &'. $:. '''   .  . '?G .  . ' /. ''. &. ''. '.    /.  &''?:. & #'. . * *+. '. ' '/. ''. '. ?:. '. ' '1. . ' '.  6. 5'.  F.    /. ( 0   /. 3>. , * -.   6/. 4>. , -.   6/. 3>. , * -. !  /. 4>. , -. !  . .

 &.'&/.* . .7.* *+.&' . .4.* *+. &  1.!. # :. .' .'*'.  .3@.'.* & 1. '. '+ & ..  .A.*. .'.#F0.. ..................................."-*..'.'&. .*. 5. .'.72.,'-.'1.. ...................................""-. .*.'.+'?G . '6'1. *'. ''.#'?:F.. "-.5.  I.. ""-. ''. A.  6.  . '. *. #/. :.  .  . ) . ''#E.  .   H'.. '?:I.. ..................................."""-! .' .'*'. .3<.'.* & I.. "(-. +'A.'   '.* . ." ' .*.I.. (-.6.'.#'?:.B.2DF22.6.33F22.'1. .  '. *+&E'. '&. 6.'.  . *..'F. 3>-.& ?:. .#. . .  ..* *+.'. '. . . &  /. ''. 5. .2;. .  *+. .4232.'E.2;. .  *+. .42341. 4>-. & ?:. . #.  . .   . . * *+. .  &. '&. .  .  &  /. ''. 5. .2;. .  *+. .4232.'E.2;. .  *+. .42341. 7>-. .. *+.'. '. .  &.'&1.

  $  $  $ %$  $ !  $ $ $  %*+)$ $ &$

%$    $ $$ $)-..+052()))*&*+$ $  $ ('$ $$  $ !$  %$ $ $    $ $ $  $ )-$ "6#$ $ $ $   $ $ $ $$  $ $ $'$$$ $/$   $7$    $ 4/$ ,$$! $ $  $!$  $%$ $$'+--$$+-1$$ $   $3$)+5(+))1'$

!&!  &&2& %%%%%% 8%  %%  %6 %  %2 % 5'%)*(+)*)% % 5'%))0(+)*)%

!%-%!#$!&% 2%*6&% % !  /%'%!!!%%'%

%4%16(+0*'***% %%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% %4%*6(*.3(60*'***+)3*%


C2

Atos Oficiais Atos Oficiais

Atos Oficiais

Atos Oficiais Atos Oficiais

7

O PROGRESSO - Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------#(0

 '" ' >',==+.,-,('',.''''.,-,*'

(0  ' '  $' '   ' '  "D?' D 8 ' '    ' ' E?' '  D?'  ' '  (' ' $  ' '  D' ' ' " 7 '  ' '  7 ''.,-,''8'"'$ 3 *'' '  ' " ' ' E)(' " ' '  " D2'"''?'   '' '< ' " (' $  ' ' "  ' '  D?' ' ''  D'; 'B'

 < - - +' '- - '- +-  - '- ''.- '- '-  +-  '&- ' - - ' - +H- - +, - - 4232- -  '+' '- ''- ''+ -  +H- -!' - -4233.-5 -+- - -+ 5 - $6--' - -  ' -   .-' -< -!'+-' ' -  -  - 'E- - '-83-  +, - -4232I-

(##0

 < - -  - +-  - '- ''-  ' - - < -  ' - - + $ &' - '- $,'- -  $H - -  -   - '- %< - - - ' .' '- -< -'E- - '-83134132.-  - -!'+-'-$,'- + $' '+ + + '- +-  '- +0- - $'& -    - K- '&'- -   B -< -! '+- .-  - -  '+- , '-''-$'.' &'- ''0--

(###0

#0

'' ''''' *' -:- /- - B< - -  - * $ .- '-   '@G- - -   - + '< - '-'$ ' - @'+6'.-''--'+ '- -'+ - -*5 -4232- -'  - +-'- +'- - -- +'- +'- 5 '-&'--;08421>;--3231220*'.:-/--'&'@< - -  -&'B --+< - -+  , < -' - -' -&+F-

##0

###0

#(0

'- $ ' '- '- '- '- ''- - +< - -  - '- ', '- -   &'B -'-+ '& ' F- +' '- -@ .-  H'--&&< I-

#/# ' 1 - C- - $ -  - < - ''- '- '@< - -  '-  + - -  -'E-'- ''- '- -' -6- - $ &$- -'& -< - & 0-

-  ' - @'+6'- '+'< -  &'@< - - + - 'E- - #' .,' '

 %& ' ' .,-,.-    ' '- K-  ,& ' - -   - ' - *'- ''I-

*'9:-/ - - -", '@< - $6-'+'-' - - - ',& ' - &'B - -'& -*-+-5$ '-$'.-'E- - '-82- - +, - -4232-''-@<  -'&'@ -'+ '&- -42320-

-+< - -+ - - '-6-'&' '-'E- - #'.,' '  %& ' '.,-,.   ' '-K-  ,& ' - -  -' -*-'- ''0-

*' =:- / - ,- +B$.- +B$.- *- $< - - $'' '+.-- -&'B -'+' -' - - - ',& ' -'E- - '-44- - +, 42320-

- ''+ - - '- @'+6'- +' '- - &  ' '.- ,+-  + - ' '-*'/ @'+6'.-6-'&' -'E- - #'..' '  %& ' '.,-, - '-&  ' '- - ' - +- ''-*'- -''+ - '%C' '  %& '

'.,-,-< -'&' '-'E- - '-44- - +, - -4232.-++ - - -$+ - ' -  '-+- ''-  I-

###0

" '-'- '- +- '&--' - $6--''-'E-..' '  %& ' '.,-,I-

#(0

-''+ -&'$ -'-'+ '@< --' - '- 5$ '-9,&'- ,' -K- ' -'H'- -' - - '-%< - < -- ' -'E-82- - +, - 42320-

*' 4:- /- -  &'- - ''+ - $< - - '+' '- ' -  -  ',& ' - ''-  $ '- -  -  6,- - ''+ - - '  -  +-  -' -&+F#0

##0

#A' ' #'-,' '  %& ' '.,-,-'- %#!#- '- &'- - E+ - - $6-'+' '-' -6 - -'@'-''-'6&- - '+'@< - -''+ -+'&'-''- -+H- - +, - -4232--''--+ - -+ - -+'$'I'E- - '- -5' '  %& ' .,-,- $6- - '+' '- '-  &'- - +H-  +, 14232--'-'&'-'&--' -''+ - - E+ - 0-

*5:- /- - '&'+ - - + - - @< - -  - K- ''- $< , -' -- F-#0  < --'-+- -'-''- -*5 - -4232-'- '-+' '-$'+- &  ' '.-  -   '+-   - ' - ''- - $ ''+ .-'- +'- -' -;4- '-- +&+'-?-32314222I##0

###0

 < --'-+- -'-''- -*5 - -4232-'- '-+' '-< -  ' '- - '- $@ -  5 - - * @< - - ,'.-  -   '+  - ' - ''- - $ - ''+ .- '-  +'- - ' - ;4- '-  +&+'-?-32314222I-

 0

   %     -



  0& &    &  "&  "& & # & & 1.                       1.                     1.         1.    " &  5; & &  !& & &  &  "& "& / '&  &  "&  & " &   & &52& "&"  &"&&  &  & &52& &     .      '!" !   0& &&#&# & &    & '&" & "&+&--)-1,',,&$ &"'& & &&  %'& & &"&& "&4& ," &  & &"52& &  52)&

 0&&<& &    &&0&& & &,-& &  "#& &.,-,&"&9"&

"&.,& &  "#& &.,-,'&   & &  & & &"&& & &4&6)333*81)& 1. 0&  &   &  & & 2& && & 5; &5" 0& #!& " & & & 5; & &&#/ "&& ! /&  :& , -    1.   , !-   %  ,"&& "$-            *   "!! - 1.       $$/ $  -     0$)"  0&,-& &  "#& &.,-,)&

&

  0 "& &  7() 0            

       0

0 & & && &

 && & &&&&

  

  

       



   

 %  >/%  %  5 % % ?"% %  %% >; %% %%# % % "% %   $%      &%       % % % % - % %  4 % %  >; %  %   %  % #  %   $% %   4 % % ?'&% % 5% %  "0 (%

> % % % % 8%   %  " % % %   %%  %% %(% % +7. 0. &. 6&. %&.    . % . &DH . &.   7.  . *E# .&.&.+&&. . .&.%&%& . &&. #&.&&.&.&.&%/.  . +% *. &. % &D>.  . #  . &&#F. &. )I&.  . *&. *&&. ,.  . %&#&. .*-.  /.  /.  7# . %&.&*>.&.  . .&. + .&*& %&. . .&.  F . .%6 /.%.&&/.&. &D>..  ., &&* .&-..<*+..*6 . . &&& E21. %,7.0.9. # . ...   7/.%..  7# . . *E# . .  .   &/.   . +&%/. &+ % * . * &/. &/. *  &&/.DH . ;+%&/.&&DH .>.# &* &/.%+ . . #D. ..  * .&. & /.&..*6 . . &&& E1. J.4C.0.& .&.&.* &.  # #&.  7&. *.&.7 &. &. . ) &. &. *. .* .&. % &D>. .#  . #&.&. )I&. . *&.*&&. ,.  . %&#&. . *-    /.   . .  . &.  F .  . %6 . . &&* .&1. J. 5C. 0. . &&&. ) &/. + *. *. &. &%D&&. &.   & .  &&. F.  &&/. &&..  . &.% /.*. ) >. . & .&.7 &. . #&D>. &&... .8& @1........................................ J. :C. 0. &.  E  .  . *E# .  . #  *.  &. . &+&&. .  &.M.%&D>. .*+%7&/.   7..  7# /. # 7. . . *  .  . %&. . & . &.  .  /. . &. #&.  >.  &&. *. &* &&* . .   7# .. . &. . % . &/.+. &. .. &%& .&.* *.. &. .   & .% &/.*.*%&. .2*%.&.&&.I&1. J. =C. 0. . *E# .  &/. &+&&. . *.  .  &*. * &. &. &&..  . . % . . *&/.  . *7. .&; . ..  .

   . &. E>.  . &%&D>/. &>.  . &.  .  . &%. #&. M.  D>... &.% /.*... .&& . %&%/. .  71.

J.?C.0..   7/. & ..  7# %. .*E# %. .# &.&. &&. .  .. .&&...=C. &.% . . &>.&.&&* .M.   & .&. *%&. %2*%/.&.&&.I&1. J. AC. 0. 9. +. . *E# . .  . &&. . &. 5C.  &. % /. &. & &&.  . +% *. &. % &D>. . *. .    /.   /. &.  F . .%6 . .. &&* .&1......... %.7.0. &. E  .  .  *. &/.& .&.#&/. &*+  .

 6. M. % &D>. &. *&. *&&.  . %6 /. .  &/.   D&.  . %&#&. . *.  /.  .. .&.  F  . &&* .&/. # 7.  . *&. * &&*  . &. E>. *   . .  . ) #. *.  &&* . &. .'%<&.&7&/. .*+  . ..  . #%#.

&&.& %&D>.&.&D>.&+6# %/.* .  G. ".0.*. .&&. .   & . &%&/. *..%&#G.

&- &. * &.I&G.&# I&K.

*' @:- / - ''-  '&- -  +'@< - - '@'- $6- '- &$''+ - -$'& -*-'-" ''- -'&- -*5 - -4232.- - '-82-  +, - -42320--

*' -,- /- A' ' #' .,' '  %& ' ' .,-,- '- ''-  '&-  +'@< - - '@'- $6-  &'- K-  @G- ''- -  -  - ' @< - '- 5$ '-  ' '-+-83- - +, - -4232-''-@< - -,'&'@ -'+ '&0*' --- / - '- '-  ,&'@< - -  - < -   ' '- -  6'-'-'$ ' -$ &' '-K- ',& ' .-K-* @< - @'+6'--' -$6 .+- - -B< -- ' - '-' +'@< -9,&'-+ '&- '-- '0*' -.- /-  -  + + - ' -  &'- - $H .- + - '! - -'H'-$ & 6'-'&' - +-  -- '- '@< -< --'&'+'- +'-',& '- -'0-4?.-8?--;?- - 0-

+-  &.I&G.1*%K. -  *&. I&G..+..#&%.& *  .& &1. ""0. *.  . &&.  .   & . *.  .  . %&% . .   . &+ % * . *  &&%/.&%.. E . ;+%G. &- &. * &.I&G.&# I&K. +-  &.I&G.+**%%'%! %! %%!% % -  *&. I&=%,2*%#$.&.&&.&&D>. .&&D>.. .&%#&7.* &%. .&* 1. J.4C.0.   7. %&.&DH .&*&.  &..%&.&.   & . . &. . &E.  .  .  . *E# .   #. . . &&. *+%7. &.   &.  &%. . &&& E0. /..%&..&. .*E# %.%&1. J. 5C. 0.    7/. %&&*  /. %&. &DH . 7&/. &. &. 6&. . .&.+ ..*E# %. * . &.% 1.

*'-0-/--' -* '-< -*'+-'  ' -& - -

J.:C.0. 7.&&..&%#&7.* &%. .&* .M. &. 6&.  .  &*. &&..%&%. *. . . & *.*&.*&&. . % .,. . %&#&.  . *-.        /.  . &.  F . .  &D>.  . &&* 1.

*'-4-/-- -'-+-$ -'- ''- - '- ,&'@< 0-

J. =C. 0. .  >.  . #. &%#&7.  . &* . &7.  . M.  &D>. &%.&. %&& . &&/.+ *.*.&. &&* . &%.&.*%&.

 #&. &.% 1.

 '&0-

J- % # #- ")##- ) .- +- 24- - +, - 42320   ' 

'

'

    *' - '- ''-  '&- -  +'@< - - '@'- +- 24-  +, - -42320    

-'& - -+ --'- '- -< -- ' +- - - #-- ##' - $< --' &' -& -  ' - - 'I-

      + !')" !  - #1.                       1.                   1.      1.  (

- - - ',& ' - $ '6-'E-0,' '  %& ' '.,-,- -'&'+ - '& - '-  '- -  - K- ''-  ' - - < -  ' - &'$ - ' *5 -' -'-4232- -< -'+-  ,& ' - -'*'.-+- ,$:'' -'0-4?- '--?-32024A14222.-' ' --' - .-''$E- '-+< - '- '- + -  - *5 - -  + - '- 5$ '- K-  '- - &+ - - '7         =0--

*' 6:- /- -  6$-  -  + - -   - $< -  '-  &+ - - '& - < - '&' - 'E- -5' '  %& ' ' .,-,(- '' - '   - '@< - -  '.- K- *@< - -  + - -   - - $@ - '9 .- - $< -'- '-'E-0,' '  %& ' '.,-,0-

- ', '- -   - &'B - '- + '& ' - - ''-  $- - < $' -K-' @< - -,--$@ -''- -*5 - -4232-6-'&' '-#A',6' '

 %& ' ' .,-,.-    ' '- K-  ,& ' - -   - ' - *'- ''I-

*' 0:- /- - +< - -  +- - ''+ - , 6- ' -  - ' -

##0

-  ' - @'+6'-< -'E- - '--5' '  %& ' '.,-,-''-'+'+K-''- '&- -'@'- -'& - -+ -'5$- -'&'+ -''- - - -'@G-'-! '$'- -' &'@< - -+ -''- $ H' - + - -  < .- ' &'@< - - '+ - -  ' -  - $< - &', ' -'E-82- - +, - -42320-

#/# '1 ')'-''- '&- -'@'- &'6- - - - '-'-' &'@G- -+ - - -'& - -+ -  ' - ,!'+- ' '-'E- - '-0,' '  %& ' '.,-,0-

&+F#0

%  % :%+*.*),*+*&%%*3%%  %%,*+*(%

% % % &%  %   % %

?&% %% %  % %&%%

 ' - '-  ' - - &'- -   + - ' +'$ &' ' -  +-  +'.- &'@< .- * @< - @'+6'.-  ',& ' . ''.-,' --'+D -''-- -'+ - -*5 - -4232F-

#0

< - ' &' - 'E- - '- 0,' '  %& ' ' .,-,.- 'B- '- &  '@< - - ''+  - -'& - -+ -+ - -+'$'I-

(#0

 ' - -'+ - -*5 --'- ' - - ++ - ' +'@G- - - ' - * - &'- - ;08421>;- - &'- -  ',& ' -'&I  ' -'- ' - -'  '-'- +'- -'@'-9,&'-$ &' '''- ',& ' -'-< -'&.- - &5, -- -'& - -'$ -- '$ - ' -  - ,'&'@ - '+ '&- '- - &$'' - +- 83- - +, -4232-- - &' -+6 -- +'&I-

-  ' - - $@ -  5 - - - * @< - - ,'-  ! - + -  '+'&' -  - + - - ' - $< - - +' -  - *5 - - 4233- '  - +-'-  ,& ' - @'+6'--''I-

J. ?C. 0. . *E# %. &+&&. &*+F*.  .  &7. M. &DH .   &. . .". .""/.+ #&0 .&.&&D>.&.*%&.&. &D>.&%..* *.,   & .

&%&. *..%&#..   & . .. *  &&%.. ;+%-1. J.AC.0.."*E# . .   & ..  .;+%.&.  &. &%/. &&%. .  &%/.. . &*.%&. %.* */.&*+F*. . &>.&. . &. % /. .   >. %&. &%& .* &.%&&*  .. .  #.  7# 1. J.BC.0..  . . % . . *&/.  . *7. .&; . . .   .    . &. E>.  . . &%&D>/. )  >. &. #&. &.

  & .   &.  &. % /.  .  . .  &&* .  &.  . '%<&. &7&/.  . *+  . . .  &. %.  . ) #.  >. *+. %&. & %&D>.&.&D>.&+6# %1. % 17. 0. &. )  &*  /. +. &. %&D>.  . #&. .  . & .    .*.7&.. . &*.&*%&.7&.&. I&.. *F. * &/. &. &. &*&D>.  &%. *+&.  . )&. &. &&.  &. . * *. *.%&.#6# .&.  &.*&DH /.%# .* &. &.% 1.. %27%'%!..  &* . .*& &.%&. *.D>.#%.  . &*. &*%&. 7&. .  # *.  . &. &. *G. &.  . *>/. &)&. &&.

 &.  . *&&. . /.  # >.  . *&. &+%&*  .  . . *. %&%. + 1. &.&.&*+ . ..  #&E.%&. &&.&*& &* . .7&..* *.  # *. *&  . #&*  .&* &1...

                                                                                                                                       

% 37'% .   7. .   7# . %. &+ % * . &/. * &. &. &#& .  . +&&&/.  &&&.  .  /. *& &.  . D>/. 0# %/. E. .*& &. %7# .. .*& &. *. &%/.*  G. J. 4C% '% & . .  . .  .  #&.  . . &*& &. *. %&. + . #&*  .  . .#&K. J. 5C. '% . &.  . +&&&. . *%& . *& . . &.   7. &.&.& .%&. &&.# &D>. . &D>. .  1.. J.:C.'%& . . .&+&. .#&.& .    . #   .  .*F. .*& &. .D>. .. . &*. .7&1.. J. =C% '% &. &. * & .  . &&*. &. 7 &.  . D&/. &&/.  0 # %. .*& &. %7# /. # >.*& . .*& &..  .*& &. *.%&%.+ 1. % 67. 0.  7. .  . ) #.  . . &. *&. * % * & /.  7&.M. ) D>. &.% 1. % 97. 0. .  . ) #.  7.  &%&. &* &&. &&. #%&DH . + . .  .  &. % /. + *. *. &* &&. &#&/. *. . *.  .  &. &.

 %&D>. + . &. *&.  . % . . *.    /.   /.       .%6 . .&&* 1. %<7.0..  &.  .&.& %&D>. &.% . >. .&. . &DH .D&* 7&. E &/. % * &&. .  71.

% +*. 0. &. % . &7. *. #. A3. ,  &-. &. &. &&.  . &.

+%&D>/. #&&.&. DH . *.7. L. $ " ". !("". ( /. *. 3A.  .   *+.  . 53431.     


8

Atos Oficiais

Atos Oficiais Atos Oficiais

Atos Oficiais Atos Oficiais

C2

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------O PROGRESSO - Dourados, Mato Grosso do Sul, quinta-feira, 9 de dezembro de 2010   

 

    "

ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x201E; ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;¤ď&#x20AC;Ľď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;Śď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;¨ď&#x20AC;¤ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;

ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC; ď&#x20AC;Šď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;˘ď&#x20AC;Łď&#x20AC;Łď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;¤ď&#x20AC;Ľď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;Śď&#x20AC;§ď&#x20AC;Şď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;Şď&#x20AC;Şď&#x20AC;&#x201E;

ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;Ťď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;¤ď&#x20AC;Źď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;Źď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;§ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;&#x201E;

 $      +        .+

ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;­ď&#x20AC;&#x201E; ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;Žď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;Żď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC;&#x17E;

  $ -,  )     *    -, *         

    *( '"#&!#" )  ")  #") ) A#) #") <) ,,,) ) ### ;*) 1 ) "#)  )  #") 8) 55=-=7*) ##!>) )  )    *) ) ) #) #&9@ )  ) " )   ) )  % )  *) % )   #) )  ) # 1")

*)

) 38) ) 58*))  ) % %&) ##) #)  4) $# 2#  )  ")  )  2) ) #)")   $"#"   *) C) .:) #)   ##)  #") ) 94)

 $       !%(                  *    $     *$  !           !& !  "    !& ! 

#")' > )#)"# ) ) #")4)# (,)  $      #    '     -,  *     -,  *  

 )          

) ##) 2) )  )#?) +)# ) )B) +) #94) )#B) +)  1)! #B) +)) #,)

$   $   

     

### ;)<)*).7)) )  %&)) )0./.,)   $ 



   $ #!! "

 %     ) )

  $        $"# "#! 

EXTRATO DO CONTRATO NÂş 193/2010 â&#x20AC;&#x201C; â&#x20AC;&#x153;CONTRATAĂ&#x2021;Ă&#x192;O DE EMPRESA PARA EXECUĂ&#x2021;Ă&#x192;O DE SERVIĂ&#x2021;OS DE INSTALAĂ&#x2021;Ă&#x192;O E DESATIVAĂ&#x2021;Ă&#x192;O DE ILUMINAĂ&#x2021;Ă&#x192;O ORNAMENTAL (NATALINA) NAS AVENIDAS PRESIDENTE VARGAS, SETE DE SETEMBRO E XV DE NOVEMBRO E UMA ENTRADA DE ENERGIA ELĂ&#x2030;TRICA, EM REGIME DE EMPREITADA GLOBAL, CONFORME MEMORIAL DESCRITIVO, PLANILHA ORĂ&#x2021;AMENTĂ RIA, CRONOGRAMA FĂ?SICO FINANCEIRO, PROJETO E SOLICITAĂ&#x2021;Ă&#x192;O DA SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E SERVIĂ&#x2021;OS.â&#x20AC;? PARTES:

MUNICĂ?PIO DE CAARAPĂ&#x201C;-MS CONSTRUTORA B & C LTDA

ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x201C;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x2013;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2122;ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x201D;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x153;ď&#x20AC;Ąď&#x20AC;Ąď&#x20AC;&#x;ď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;&#x2014;ď&#x20AC;˘ď&#x20AC;&#x2022;ď&#x20AC;&#x17E;ď&#x20AC;&#x161;ď&#x20AC;&#x2DC;ď&#x20AC;&#x203A;ď&#x20AC;

ď&#x20AC;

#  # 4#00,%(&'&##&3## ##(&'&$ * 6 # " # !#  !5/# #  !#  ! #  # !5/# # )# !# 7!1# , , , ,  # +#  -,   ,  &%, ,   4 %-,& , ,&,, ,%-,,, ,&,&)<A ,% &-,&, &) , ,&, 6(&&, &%, ,  4 %,& #, , % ,&&,&,  ,  /, $# '4, ., &, & #& , , %&,  &%, ,  &<8-, & , , ( ,& '-,(, &<8, ,10,* +,&/, 8#'4,.,,%&, &%, , &<8-,&   & ,( ,,,1, , &, ?;, &, % , ,   , , )& , &,  &<8, &&%-,   . .4, %,

3 , &, (&&, , &, &(&-, )& , &, ,  ,  &, &, <8, &,  5)%&, , &, <8, , & , , &, , , %-, (,&()@(,&, , &, '  ,,3 /,, 8# (4, ., , %&,  &%, ,  &<8, @(, , ) #, ,  & ,

&&, &, &<8, , 3 -, &(, (, &,   -, ) #, , ( &, &&, ,3# , , ,( , ( ,& '/, # 8# ,4, ., ,  &,   , &, & %&<8, &, % ,  8, , &, &, # )&, <&( 4&, = &-,  % ( & &,  ,   4&-, , ,  ,& & ,,  , &, ' <8, ,%&/ $# (4, ., , ' <8, , %&,  &%, ,  &<8,  , &&4, %,  ( , ,%&)&<8,  ,&,$8-,,& -,,3 , ,&, & ,#%/, 8#'4,.,, ,5)%, &%, '  4, & %, ,&,( % ( &<8, ,) #, ,( &, &) %  ,  ,%&/, 8#(4# .,, &, &,#B&, &, -,&,<A , , &<8,"&%, , ,, &( &%-,%# ,&,( &% & , ,  , %&, & , &, , &%-, (,&%&<8,(,&, , & &%, , #& &-, ,( A (,,  (&,& &%, ,-, # 8,&&, , %& &( , ,  #%# , &,&<A , &#&-,(,)& ,,%&, &%, , &<8/, 8,4,.,, , %&#-, , (@ , , , & -,&( &&4, &, ' <8, ,%&, &%, , &<8/, $# ,4, ., , 3 -, (, &%&<8, (, &, $8-, , & , , &,  & , #%-,  4, C, &#&%&<A , = &, , ( % ( &<8, , %&,  &%, , &<8-, , 8, &%& &,&, &, ,  ,&, ,#B&, &, , ,&,   -,&,& &,2,* +,&/,

OBJETO: Constitui objeto do presente Contrato a realização de Obra e Serviço de Engenharia, correspondente a CONTRATAĂ&#x2021;Ă&#x192;O DE EMPRESA PARA EXECUĂ&#x2021;Ă&#x192;O DE SERVIĂ&#x2021;OS DE INSTALAĂ&#x2021;Ă&#x192;O E DESATIVAĂ&#x2021;Ă&#x192;O DE ILUMINAĂ&#x2021;Ă&#x192;O ORNAMENTAL (NATALINA) NAS AVENIDAS PRESIDENTE VARGAS, SETE DE SETEMBRO E XV DE NOVEMBRO E UMA ENTRADA DE ENERGIA ELĂ&#x2030;TRICA, EM REGIME DE EMPREITADA GLOBAL, CONFORME MEMORIAL DESCRITIVO, PLANILHA ORĂ&#x2021;AMENTĂ RIA, CRONOGRAMA FĂ?SICO FINANCEIRO, PROJETO E SOLICITAĂ&#x2021;Ă&#x192;O DA SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E SERVIĂ&#x2021;OS.

!)!# -# >, ,  B&,  &%,  4, && &, %&,   &&,  &%, ,  &<8-,   -, %&, , & -, ,  , , &( &&( , , #&%&<8, &, "( % ( &<8, , %&, ( &%, ,  &<8/,,

VALOR: O valor global base para a realização total da obra, objeto do presente Contrato, importa em R$ 31.665,88 (trinta e um mil, seiscentos e sessenta e cinco reais e oitenta e oito centavos). PRAZO: A vigência do presente contrato serå de 60 (sessenta) dias, contados a partir de 03 de dezembro de 2010, com tÊrmino em 01 de fevereiro de 2011, podendo ser prorrogado, conforme dispþe a Lei Federal nº 8.666/93.

$#.4,.,, , ,( &&( , ,#&%&<8, &,"( % ( &<8, , %&,  &%, ,  &<8-,  4, ( , ,    & , ,   , ' #, , %&#-,  %, &%, , &<8, , % & ,%& -,  & , #%,&& &-,  %, ,( &&( , ,$ , , , , (&,  %, &/, 8#'4,.,,  &&, &%, , &<8-,  -, %&, ,& -, # 4,

# &, ,  )%&, &, (8, , #&%&<8, , ( &&( , , -, & , &3, &&, &,  &%&<8, , & <8, &&#&-, , &( &&( , ,(&( , ,  , &&%/, 8#(4#.,,  &&, &%, , &<8-,  -, %&, ,& -, # 4,  %&( &, &, &# & , &, (8, , ( &&( , , #&%&<8, , %&/,

DOTAĂ&#x2021;Ă&#x192;O: As despesas do presente Contrato correrĂŁo por conta da seguinte dotação: 06.00 â&#x20AC;&#x201C; SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E SERVIĂ&#x2021;OS 06.01 â&#x20AC;&#x201C; GABINETE DO SECRETĂ RIO 15.452.013 â&#x20AC;&#x201C; PROGRAMA DE ADM. PLANEJAMENTO, OBRAS E SERVIĂ&#x2021;OS 2.070 â&#x20AC;&#x201C; MANUTENĂ&#x2021;Ă&#x192;O DAS ATIVIDADES DO GABINETE 33.90.39 â&#x20AC;&#x201C; OUTROS SERVIĂ&#x2021;OS DE TERCEIROS â&#x20AC;&#x201C; PESSOA JURĂ?DICA FICHA=147 DATA DE ASSINATURA: 03 de dezembro de 2010. FORO: Comarca de CaarapĂł-MS. ASSINATURAS:

$04,.,,%&,%&&, ,3 , 8, %&)& , ,( ,&, &,  ,C,( &,& , ,%&, &%, , &<8/,

MUNICĂ?PIO DE CAARAPĂ&#x201C; MATEUS PALMA DE FARIAS Pela CONTRATANTE

$# 24, ., ,  , 5)%,  &%,  , ( &4, &, #%&<8,  , %&, , &,  #&,  &%&<8, ,  , ) #, , ( &-, &&,  , &,  & ,, <&,&( %&(  , ,&( & ,&,( % ( &<8/,

CONSTRUTORA B & C LTDA ADEMIR DA GUIA DE SOUSA SILVA Pela CONTRATADA

$#34,.,&, , &, (,#,&, &&, ,&, )%&<8-, #& &,&,  <A , (,&/,

TESTEMUNHAS: ClĂĄudia Lopes da Silva Bortolotte Veridiana Roso Prates de Falchi

" !, , "!, $ " ", , 9"-, !, , !, , , $-, , 0:, *!+, ", , 7, , ,,2/010/, !!..:A..!."!"(..  !!. D.:?2744G1.  ." "!!"(J.4752744G. !.F.8  . . ''' E0..'.* '.  .6. '.!.F.. %!.F. .. +  . . .* .' # /.'.'&'B< . .+*.:17. '.

&9&'.!'.F.'. *'. .)B< .. .+*.;15. '. &9&'.''.F. . #'& ..' . ' .D.:?2744G. J.H* . .5=. '. ('& J.H* . .3.?:15=@/74.,'..L.*&/. ..>'...'. .#.'# -. $  !.J.." ."". .'1.=@.. ."(. .M5D. .'1.=@.2.M5D. .'1. ?=. '..D.C1???2G:..'&'BK.  . &''.. '. 8  .') .' .   1. 1.=@/."". '.. '&.1.C1???2G:1. !"" NIJ..'*.'' '. '.'. *'.&9&'. . ' 1. " J.. .. . '&.0.'.'&*'. .''. &'. ''1. 1.%&' .'. . '.. &'. '' '1.

ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2021; ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2039;

ď&#x20AC;

      ! 

      (!!)" ! 



  ($%)" !

 ( #'" ! 

 *

*

  &      +  

ď&#x20AC;



'    '  #' '  #' ' $ ' !' !  !;5' ' ! '  $! ' ! #  ' !!'  ' !' 1 !'   !' ' !' #!' :' //<+0-/-(' $ #' #' !' !;5' '

!'  '!' 1 !'!!''  '# *'' #' !5'  ' !>#' !' !!' ' $ '  ' !' 1 !' # !' ' !' #!' :' //<+0-/-(' # !' #' ,' 3/*=-6(--' %!' ' #' # ('   ' ' '  !&'     ' !' 04(9=06.(' # '  ! !'  ' '

! '  ! ' '  ' #!' :' //<+0-/-(' ' ! '  $! '  ' ,' /0<*8<<(09' % ' '  ' ' ' # ('   ' '  !' ' '  !' '  ' '   '  !&'  ' !' 1 !'   !(' !!' !'  '  ' ,' /8-*6=3(--' % ' ' '   !' # ('  ' ' !' '?' !&*'

ď&#x20AC;

CUSTOS UNITĂ RIOS BĂ SICOS DE CONSTRUĂ&#x2021;Ă&#x192;O MĂ&#x160;S: OUTUBRO ANO: 2010 (NBR 12.721:2006 - CUB 2006)

Os valores abaixo referem-se aos Custos Unitårios Båsicos de Construção (CUB/m²), calculados de acordo com a Lei Fed. nº. 4.591, de 16/12/64 e com a Norma TÊcnica NBR 12.721:2006 da Associação Brasileira de Normas TÊcnicas (ABNT) e são correspondentes ao mês de outubro de 2010 ."Estes custos unitårios foram calculados conforme disposto na ABNT NBR 12.721:2006, com base em novos projetos, novos memoriais descritivos e novos critÊrios de orçamentação e, portanto, constituem nova sÊrie histórica de custos unitårios, não comparåveis com a anterior, com a designação de CUB/2006". "Na formação destes custos unitårios båsicos não foram considerados os seguintes itens, que devem ser levados em conta na determinação dos preços por metro quadrado de construção, de acordo com o estabelecido no projeto e especificaçþes correspondentes a cada caso particular: fundaçþes, submuramentos, paredes-diafragma, tirantes, rebaixamento de lençol freåtico; elevador(es); equipamentos e instalaçþes, tais como: fogþes, aquecedores, bombas de recalque, incineração, ar-condicionado, calefação, ventilação e exaustão, outros; playground (quando não classificado como årea construída); obras e serviços complementares; urbanização, recreação (piscinas, campos de esporte), ajardinamento, instalação e regulamentação do condomínio; e outros serviços (que devem ser discriminados no Anexo A - quadro III); impostos, taxas e emolumentos cartoriais, projetos: projetos arquitetônicos, projeto estrutural, projeto de instalação, projetos especiais; remuneração do construtor; remuneração do incorporador."

PADRĂ&#x192;O NORMAL

R$/m²

var.% mĂŞs

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

R-1 PP-4 R-8 PIS

787,71 766,83 736,30 542,84

0,23% 0,22% 0,22% 0,00%

R-1 PP-4 R-8 R-16

887,69 871,31 759,45 739,50

0,17% 0,17% 0,18% 0,20%

R-1 R-8 R-16

1.145,23 951,00 975,65

0,14% 0,15% 0,23%

VARIAĂ&#x2021;Ă&#x192;O 0,18% Ult. 12 meses -

CUSTO TOTAL

100,00% 37,71% 57,92% 4,37%

MĂŁo de obra (encargos 134,39 %) Material Despesas Administrativas

714,71 756,93 286,40 439,90 33,15

PROJETOS - PADRĂ&#x192;O COMERCIAIS CAL (Comercial Andares Livres) e CSL (Comercial Salas e Lojas) PADRĂ&#x192;O NORMAL

'

'

      ! 

      '!#!" !  ď&#x20AC;



 (

(



R$/m²

var.% mĂŞs

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

CAL - 8 CSL - 8 CSL - 16

894,60 755,06 1.009,25

0,21% 0,24% 0,25%

CAL - 8 CSL - 8 CSL - 16

979,24 842,52 1.121,04

0,21% 0,22% 0,23%

PROJETOS - PADRĂ&#x192;O GALPĂ&#x192;O INDUSTRIAL (GI) E RESIDĂ&#x160;NCIA POPULAR (RP1Q)

ResidĂŞncia Unifamiliar PrĂŠdio Popular ResidĂŞncia Multifamiliar ResidĂŞncia Multifamiliar Projeto de Interesse Social

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

731,69 418,48

-0,01% 0,09%

  %     

  

ď&#x20AC;

#    #  # #  # #   # # 4/# # #  #7#  ## ,### ## 3#).)'*()(&## # # # +#  # (.# ! "#   $# # #  # 7#  ## ,### ##3# ).)'*()($### #(6&))&*()(&#

PADRĂ&#x192;O ALTO

Projeto

RP1Q GI

!!!)('/6' '$' '0-/-*'



  '!&!" !

 ' $"" !

CUB/M² - R8-N = R$ 759,45 Mensal

'

PADRĂ&#x192;O ALTO

Projeto

Em 2010

   * *'69('@'/:('"' '86('('2$7'**'@@'/:' '0:'!'  '   ! ':'<*888+=3''    

 *''''' ''!' !'"!!'

*'''''''!' !'!'''''

ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2021; ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x2039;

PROJETOS - PADRĂ&#x192;O RESIDENCIAIS PADRĂ&#x192;O BAIXO

SIGLAS R-1: PP-4: R-8: R-16: PIS:

ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2019;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;?ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x2018;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;

   ( &#02$##&&#8#*3## #  #3#5&111'6-

SIGLAS RPQ1: CAL-8: CSL-8: CSL-16: GI:

ResidĂŞncia Popular Comercial Andares Livres Comercial Salas e Lojas Comercial Salas e Lojas GalpĂŁo Industrial

   

 (##### #####

(#######  ### #

#

#

%$#(5# #  # #*()(&#

 #+# #

ď&#x20AC; ď&#x20AC;&#x201A;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x201E;ď&#x20AC;&#x192;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x2020;ď&#x20AC;&#x2021;ď&#x20AC;&#x2C6;ď&#x20AC;&#x2030;ď&#x20AC;&#x160;ď&#x20AC;&#x2039;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;&#x152;ď&#x20AC;&#x2026;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x17D;ď&#x20AC;?ď&#x20AC;&#x2C6; ď&#x20AC;&#x2C6;



Edição de 09/dezembro de 2010