Page 1

DOURADOS MS ANO 69 NÂş 13.564

R$ 2,00

O PROGRESSO ★★★★★

Pensamento e ação por uma vida melhor

Quinta-feira 15 de agosto de 2019

Fundador WEIMAR TORRES Diretora-Presidente ADILES DO AMARAL TORRES

Cultura Festival AmĂŠrica do Sul acontece em novembro

Economia InadimplĂŞncia do consumidor sobe 1,7% em julho

MĂşsica Quarteto Toccata faz Concertos em AssunciĂłn

PĂ G. D3

PĂ G. A5

PĂ G. D3

Juiz livra produtores acusados de pulverizar agrotóxico sobre índios O MinistÊrio Público Federal estuda recurso contra decisão da 1ª Vara da Justiça Federal de Dourados, que considerou improcedente a ação por danos morais coletivos no valor de R$ 286.582,00 contra produtores rurais. Eles são acusados de pulverizar agrotóxicos sobre o Território Indígena Guyra Kambi’y, na região de Dourados, em 6 de janeiro de 2015. Pà G. A7

Ex-governadores recebem homenagem da Assembleia WAGNER GUIMARĂƒES

NarguilÊ Ê tema de audiência hoje na Câmara de Dourados Objetivo Ê demonstrar os malefícios que o uso do NarguilÊ traz ao usuårio

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul realizou, na noite de terça-feira (13), sessĂŁo solene de homenagem aos ex-governadores do Estado, com a outorga da Comenda do MĂŠrito Legislativo aos polĂ­ticos que FKHÄ&#x;DUDPR([HFXWLYR(VWDGXDOHPFRPHPRUDĂ?Ă‚RDRVDQRVGDSULPHLUD&RQVWLWXLĂ?Ă‚R(VWDGXDO3d*$

Frente vai monitorar a gestĂŁo dos recursos hĂ­dricos

Douradense busca apoio para competir no MĂŠxico

Deputado Renato Câmara

A Assembleia Legislativa empossou na terça-feira (13) representantes de 30 instituiçþes públicas e privadas como integrantes da Frente Parlamentar de Recursos Hídricos, presidida pelo Deputado Renato Câmara. 3d*$

O tempo Fonte: CLIMATEMPO

HOJE 26Âş MĂĄx | 13Âş MĂ­n Sol o dia todo sem nuvens no cĂŠu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens. Umidade: mĂĄx. 67% Umidade: mĂ­n. 33%

De p o i s d e c o n q u i s tar o segundo lugar no Campeonato Brasileiro Sub-15 + 73kg, que foi disputado na Arena da Juventude, no Rio de Janeiro, a judoca douradense Ana Beatriz Martins Cano, de 14 anos, entra na batalha em busca de apoio para participar de mais uma competição internacional que dessa vez serå realizada em novembro deste ano, no MÊxico. Pà G. A6

Ana Beatriz representa a Associação Cano de Judô e Ê treinada pelo pai desde os três anos

Loteria

Dia do Gordo, do Sorvete, do Gato... sĂł nĂŁo Dia de Deus!

MEGA-SENA - Concurso 2179 

Boiadas

Paulo Ajax Rolim

3d*$

Marçal sugere força-tarefa para salvar a saúde

Deputado Marçal Filho

OpiniĂŁo Wilson Aquino

Ampliação do Aeroporto de Dourados segue cronograma

Em audiência com o governador em exercício Murilo Zauith, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, garantiu a Mato Grosso do Sul o segundo maior percentual do País do Fundo Nacional de Segurança Pública, 5,24%; atrås apenas de São Paulo, que receberå 6,66%. A previsão anual para o Fundo Ê de R$ 1,7 bilhão, o que representa R$ 89 milhþes para o Estado. A reunião aconteceu ontem, em Brasília. Murilo tambÊm discutiu a questão da ampliação do Aeroporto de Dourados com o secretårio nacional de Aviação Civil, Ronei Saggioro Glanzmann. Pà G. D1

ARQUIV O PESSOAL

A Câmara de Dourados, realiza hoje, Ă s 19h, uma audiĂŞncia pĂşblica sobre “Proibição do uso do NarguilĂŠ em local pĂşblico e venda para menor de 18 anosâ€?, com palestra ministrada pelo mĂŠdico psiquiatra e vice-presidente do Conselho Estadual de PolĂ­ticas sobre Drogas (Cead), Marcos EstevĂŁo. A audiĂŞncia ĂŠ uma parceria da Casa de Leis, atravĂŠs da ComissĂŁo Permanentede PolĂ­ticas de Prevenção Ă s Drogas, com o Comad (Conselho Municipal de PolĂ­ticas PĂşblicas sobre Drogas). A audiĂŞncia ĂŠ aberta ao pĂşblico no PlenĂĄrio da Casa de Leis, disse o vereador SĂŠrgio Nogueira, um dos organizadores do evento.

MS receberå segundo maior repasse do País para segurança

QUINA - Concurso 5046  LOTOFĂ CIL - Concurso 1853  

O deputado Marçal Filho sugere uma força-tarefa com a participação de deputados estaduais e federais, senadores, governo do Estado e governo federal para salvar a saúde pública. Pà G. D1


2

Dourados, quinta-feira 15.8.2019 O PROGRESSO

OpiniĂŁo

Escalada do sarampo

A

s recentes estatĂ­sticas divulgadas pela Organização Mundial da SaĂşde alĂŠm de nada animadoras devem recebidas como sinais de alerta pela população planetĂĄria. Trata-se de um levantamento que revela que no primeiro semestre de 2019 foram registrados mais casos de sarampo que em qualquer ano desde 2006, segundo dados provisĂłrios. Em novembro do ano passado, o organismo jĂĄ advertira sobre o avanço histĂłrico do sarampo por causa da redução da cobertura vacinal, e nesta segunda-feira reafirma que a prevalĂŞncia da doença, ascendente hĂĄ trĂŞs anos, ĂŠ “preocupante e continuadaâ€?. Desde janeiro, 182 paĂ­ses notificaram 364.808 casos de sarampo, quase trĂŞs vezes os contabilizados no mesmo perĂ­odo do ano passado. AlĂŠm disso, a agĂŞncia salienta que este nĂşmero ĂŠ uma subestimação, ou seja, calcula-se que reflita apenas 10% dos casos reais. Segundo a Organização Pan-Americana da SaĂşde, o Brasil registra atualmente o segundo maior nĂşmero de casos de sarampo das AmĂŠricas, regiĂŁo que confirmou 2.927 casos neste ano (atĂŠ o dia 7 de agosto). A doença foi identificada em 14 paĂ­ses da regiĂŁo no primeiro semestre. O maior nĂşmero de episĂłdios da infecção foi registrado nos Estados

Unidos (1.172), seguido perealizada no final de 2018 em EDITORIAL lo Brasil (1.045) e Venezuela Manaus, quando mais de 7 mil (417). Segundo especialistas, esses números casos que estavam em investigação foram dão um toque de atenção muito poderoso concluídos. Apesar da situação alarmista, e ao mesmo tempo delicado, uma vez que nas últimas semanas, houve diminuição na saúde do mundo estå em risco sempre que notificação de casos novos no Amazonas e em alguma parte do planeta existir a possi- em Roraima. No Amazonas, a concentração bilidade de epidemia ou de manutenção do de casos desta semana se deu nos meses de vírus. Embora o sarampo fosse considerado julho e agosto. No estado de Roraima, o pico erradicado em todo o continente americano da doença ocorreu entre fevereiro e março e em grande parte da Europa, atualmente hå de 2018. surtos registrados em todas as Apesar do esforço do MinisO Brasil registra regiþes atendidas pela OrganitÊrio da Saúde e de algumas zação Mundial da Saúde. atualmente o segundo condiçþes adversas ao conAtualmente, o país enfrenta maior número de casos trole das autoridades, Ê imdois surtos da doença, sendo portante fazer uma reflexão de sarampo um no Amazonas e o outro em a respeito do crescimento de Roraima. AlÊm disso, outras doenças que pareciam ter sido ocorrências foram registradas em São Paulo, eliminadas em outras dÊcadas. Se o País não Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, ampliar o cuidado e a vigilância em torno do Bahia, Pernambuco, Parå e Sergipe, alÊm do que estå acontecendo, a situação corre o risDistrito Federal. co de fugir de ficar ainda mais grave. Os surtos, segundo o MinistÊrio da Saúde, Segundo estudos jå existentes, o Sarampo Ê estão relacionados à importação, jå que o ge- uma doença infecciosa aguda, transmissível nótipo do vírus que circula no Brasil Ê o mes- e extremamente contagiosa, podendo evoluir mo da Venezuela, país com surto da doença com complicaçþes e óbitos, particularmente desde 2017. Por meio de nota, o ministÊrio in- em crianças desnutridas e menores de um formou que a explosão de casos confirmados ano de idade. Nos últimos anos, casos de sano Amazonas Ê resultado de uma força-tarefa rampo têm sido reportados em vårias partes

O NĂšMERO

182 países notificaram 364.808 casos de sarampo, segundo dados da Organização Mundial da Saúde

do mundo e segundo a Organização Mundial de Saúde, os países dos continentes europeu e africano registraram o maior número de casos da doença. Em 2016, o Brasil recebeu o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo pela Organização, declarando a região das AmÊricas livre do sarampo. Entretanto, como jå foi aqui abordado, a Venezuela enfrenta desde julho de 2017 um surto de sarampo. Por outro lado, a atual situação sociopolítica econômica enfrentada pelo país ocasiona um intenso movimento migratório que contribuiu para a propagação do vírus para outras åreas geogråficas.Por essas e outras razþes o Brasil acabou ficando ainda mais vulneråvel.

Boiadas 3$8/2$-$; 52/,0

*MĂŠdico

O

progresso trouxe grandes mudanças ao belo sertão que conheci: as matas foram desaparecendo sistematicamente, os rios entraram em lenta agonia pelos maus tratos que recebem, as populaçþes ocupam e destroem as åreas de mananciais; as boiadas que eram levadas em longas marchas, hoje em dia são transportadas por caminhþes. Nas estradas ficaram carimbadas as marcas das patas do gado, marcas ho-

je recobertas por asfalto e cascalho. Houve uma debandada da população rural e tambĂŠm dos boiadeiros: foram para as cidades e mudaram de profissĂŁo, levando recordaçþes daqueles tempos; muitos jĂĄ partiram deste mundo carregados de saudades e de mĂĄgoas. As boiadas abriram os caminhos para progresso que se voltou contra os tropeiros. Nos finais de tarde, o tilintar dos cincerros da tropa anunciava que uma boiada estava a caminho - era a linha de frente da “comitivaâ€? que despontava, composta por cavalos e mulas de montaria que os tropeiros iam trocando ao longo da jornada, outros animais vinham carregados de bruacas com charque, arroz, banha, “galhetasâ€?, erva-mate e outros gĂŞneros alimentĂ­cios nĂŁo perecĂ­veis. O cozinheiro vinha sempre na frente, pois

lhe competia arranjar a pou- emagrecidos e estropiados sada para o gado e membros pelas agruras da longa viagem da caravana, que marchavam em curso. logo atrĂĄs. Chegando mais ceA Boca da Picada era um lodo, tinha tempo para preparar cal de pousada de tropeiros e, a cozinha campeira; grandes pela sua localização entre Capanelas de ferro e chaleiras lo- arapĂł e Ponta PorĂŁ, marcava go estavam no fogo de chĂŁo. ponto de parada de “marchaâ€? Subido no topo do mourĂŁo da das boiadas. Uma “marchaâ€? ĂŠ porteira, para enxergar mais o espaço percorrido pela boialonge, atenda no perĂ­odo A Boca da Picada tamente eu de doze hoacompanharas, ou seja, do marcava ponto de va toda aquela parada de “marchaâ€? amanhecer ao m ov i m e n t a anoitecer. das boiadas ção e aguardaNaquela va o momento ĂŠpoca, anos de ouvir o som do berrante do cinqĂźentas, a regiĂŁo do cone peĂŁo ponteiro e logo depois sul do Mato Grosso começaver a poeira levantando-se na va a ser aberta; vastas ĂĄreas de estrada: era a boiada que se matarias foram derrubadas, aproximava, tomava corpo e grandes fazendas e serrarias crescia; a gritaria dos boiadei- surgiram. O ciclo da erva-mate ros misturava-se com sonidos estava se encerrando definitiestalantes das açoiteiras. Por vamente, dando lugar Ă exploĂşltimo, chegava a “culatraâ€? ração da pecuĂĄria. A regiĂŁo de com os animais adoecidos, Bela Vista jĂĄ produzia muito

gado e era de lĂĄ que partiam as boiadas destinadas a ocupar os novos espaços. Saindo da Princesa do Apa, os tropeiros enveredavam pelo atual municĂ­pio de AntĂ´nio JoĂŁo, Ponta PorĂŁ e CaarapĂł, chegando finalmente a NaviraĂ­. Eram homens empoeirados, queimados pelo sol, barbas crescidas; botas de cano alto para protegĂŞ-los do suor da montaria, dos espinhos e das cobras dos caminhos; chapĂŠus de abas largas e barbicachos, facas e revĂłlveres na cintura; cavalgaduras bem encilhadas com aperos caprichados, pelegos coloridos e argolas prateadas; cantis de ĂĄgua ou com cachaça para “limpar a goelaâ€?, alforjes, ponchos e capas na garupa e laço nos tentos. Nas guaiacas, alem das armas, levavam algum dinheiro. Gostavam de contar “causosâ€? e inventar histĂłrias, falavam do tal

“buraco das ararasâ€? que existia lĂĄ pelas bandas de Jardim, contavam façanhas de Silvino Jaques e outros bandoleiros e “quatreirosâ€?. As conversas de galpĂŁo e ao redor do fogo de chĂŁo eram espichadas para preencher o tempo que parecia correr lento naqueles anos. A noite caia e avançava, por vezes escura, enluarada ou nebulosa com chuva; os tropeiros penduravam suas redes ou se deitavam nos pelegos, depois do arroz carreteiro e de uns permitidos tragos de “canhaâ€?. A gente dormia ouvindo o mugido do gado noite adentro, acordava bem cedinho para ver a boiada partir levantando poeira pela estrada atĂŠ desaparecer na picada e ficava esperando a prĂłxima... paulo.ar@pajax.com.br

Dia do Gordo, do Sorvete, do Gato... sĂł nĂŁo Dia de Deus! :,/621 $48,12 $ 8,12 $4

*Jornalista, Professor e CristĂŁo SUD

N

uma pesquisa sobre datas comemorativas no calendĂĄrio 2019, pode-se constatar uma infinidade de profissĂľes, atividades, e personalidades homenageadas em praticamente todos os dias do ano. Vemos atĂŠ alguns absurdos: “Dia do Gordo (10/09); “Dia do Sorveteâ€? (23/09), “Dia do Gatoâ€? (17/02) “Dia do Auto-

mĂłvelâ€? (13/05), “Dia Nacional do Açoâ€? (9/04) e atĂŠ a criação do Facebook, em 2004, ganhou data comemorativa (4/2). SĂł nĂŁo vemos o Dia de Deus. E no domingo (11), com a justa homenagem ao Dia dos Pais, provedores do lar junto com as esposas, nesses tempos modernos e evoluĂ­dos da sociedade, pesa ainda mais a ausĂŞncia de reverĂŞncia ao Pai Eterno, o Criador de tudo e de todos. Nem mesmo Jesus Cristo, que tambĂŠm ĂŠ Pai de todas as criaturas da Terra, inclusive o prĂłprio homem, tem merecida honra no calendĂĄrio. AĂ­ entĂŁo se poderia dizer: - Isso nĂŁo ĂŠ verdade, pois comemoramos sim, Seu nascimento e ressureição, com as respectivas festividades natalinas e a

lugar de Jesus. PĂĄscoa. AlguĂŠm entĂŁo poderia dizer Isso, entretanto nĂŁo ĂŠ inteiramente verdade, pois de que temos a PĂĄscoa, quando Cristo foi “roubadaâ€? a da- se comemora a Ressurreição ta de Seu aniversĂĄrio, em 25 de Cristo, depois que Ele foi de dezembro. Em Seu lugar, morto e pregado na cruz pecomemora-se a chegada de los pecados da humanidade. um tal “papaiâ€? Noel, que ape- Ocorre que essa lembrança sar de sua boa intenção, nem tambĂŠm vem sendo apagada. Nessa data as de longe lemDeus e Jesus crianças estĂŁo bra o pequeno Menino Jesus Cristo precisam ocupar sendo educadas e orientana sua manmais coraçþes das que ĂŠ o dia jedoura. AtĂŠ os presĂŠpios e mentes dos homens do “coelho da pĂĄscoaâ€? que, qu e, nos l ares e nas ruas, vivificavam o contrariando todas as leis da amor e memĂłria do Salvador, natureza, “botaâ€? ovos. E de foram, aos poucos, abolidos chocolates. Duas grandes festas! Marda cultura humana, enquanto Noel, filho de uma indĂşstria cantes na vida de (muitas) internacional de refrigeran- pessoas que desprezam Seu tes, “nascidoâ€? em 1930, salvo Salvador, o Ăşnico capaz de engano, lamentavelmente curar, fazer milagres e proporocupa, no coração do povo, o cionar paz, alegria, harmonia,

e prosperidade a cada indivĂ­duo em todo e qualquer lugar. E olhando para traz, para a histĂłria da humanidade registrada nas Escrituras Sagradas, entristece e preocupa saber que toda comunidade que se afastou de Deus e de Jesus Cristo, sofreu muito, pagando caro por essa lamentĂĄvel escolha. Esqueceram que o propĂłsito da vida ĂŠ descobrir a verdade que estĂĄ entesourada no coração de todo ser humano: A verdade de que Deus ĂŠ o Ăşnico Ser Supremo e Absoluto em quem devemos crer e adorar. Ele ĂŠ o “Grande Pai do Universoâ€?, que contempla toda famĂ­lia humana com cuidado, carinho e atenção paternos. Quando Jesus viveu na Terra, ensinou: “Porque eu desci

do cÊu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou. (...) Porquanto a vontade daquele que me enviou Ê esta: Que todo aquele que vê o Filho, e crê Nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia� (Jo 6:38,40). Então, mesmo fora do calendårio anual das comemoraçþes, Deus e Jesus Cristo precisam ocupar mais diariamente coraçþes e mentes dos homens, em pensamentos, atos e oraçþes, para que possam ser merecedores das incontåveis bênçãos que tornarão suas vidas muito mais felizes e seguras.

ZLOVRQDTXLQR#JPDLOFRP

EXPEDIENTE O PROGRESSO: O MAIS ANTIGO DO ESTADO E DE MAIOR CIRCULAĂ‡ĂƒO EM TODO O INTERIOR Este jornal expressa sua opiniĂŁo pelo Editorial. As demais opiniĂľes sĂŁo de responsabilidade de seus autores. “O PROGRESSOâ€? Registrado no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) sob o nÂş 812285964

Diretora-presidente ADILES DO AMARAL TORRES Diretora-superintendente BLANCHE TORRES Diretora Executiva JUNE ANGELA TORRES Editor-chefe VANDER VERĂƒO Fundador (1951-1969) WEIMAR TORRES Ex-diretor (1969-1985) VLADEMIRO DO AMARAL

(',725$-251$/2352*5(662/7'$

CGC 03.356.425/0001-26 Departamento Comercial, Administração, Redação e Parque Gråfico Av. Presidente Vargas, 447 CEP 79804-030 Dourados-MS. Telefones Redação (0xx) 67-3416-2627/2609 Depto. Comercial (0xx) 67-3416-2610/2601 Serviço de Atendimento ao Assinante (0xx) 67-3416-2666 - 3416-2670 Fax: (0xx) 67-3421-1911

DIA-A-DIA/CIDADES cidades@progresso.com.br

POLĂ?CIA Marli Lange policia@progresso.com.br

ESPORTE Marcos Morandi esporte@progresso.com.br

COLUNA SOCIAL ANĂšNCIOS Simone CapilĂŠ comercial@progresso.com.br

CADERNO B/DMAIS Hakeito Almeida hakeito@progresso.com.br

CLASSIFICADOS Gleison Costa classificado@progresso.com.br

6,7(www.progresso.com.br (0$,/progresso@progresso.com.br

(VWHMRUQDOpÂżOLDGRj

@oprogressodigital

@OPROGRESSODIGITAL

$66,1$785$6

DOURADOS, INTERIOR E CAMPO GRANDE $QXDO  R$ 240 6HPHVWUDO R$ 150 7ULPHVWUDO R$ 100 %LPHVWUDO R$ 70 0HQVDO R$ 45

Pensamento e ação por uma vida melhor

VENDA AVULSA 'RXUDGRV,QWHULRU H&DPSR*UDQGHR$ 2 NĂšMEROS ATRASADOS 'RDQRR$ 2 'RDQRDQWHULRU R$ 4


3

Dourados, quinta-feira 15.8.2019 2352*5(662

PolĂ­tica

MS farå emprÊstimo externo de US$ 47,7 milhþes ao BID 2UHFXUVRVHUÀXWLOL]DGRQRProjeto de Modernização da Gestão Fiscal, que visa profissionalizar a gerência fazendåria com melhoria da administração tributåria DIANA GAÚNA

De Campo Grande Com autorização do Senado, o Estado de Mato Grosso do Sul farå emprÊstimo de US$ 47,7 milhþes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Com o parecer favoråvel, o PRS 74/2019, que teve como relator o senador Otto Alencar (PSD-BA), segue para promulgação em Diårio Oficial. Em seguida vai para o Mi-

2VUHFXUVRVSDUD 0DWR*URVVRGR6XO a serem emprestados FRPJDUDQWLDGD8QLÂR VHUÂROLEHUDGRVHP FLQFRSDUFHODVDQXDLV nistÊrio da Economia para assinatura do contrato, para somente então iniciar o trabalho que tem duração de cinco anos. O dinheiro serå usado no Projeto de Modernização da Gestão Fiscal do Estado do Mato Grosso do Sul (Profisco II), que visa profissionalizar a gerência fazendåria sul-mato-grossense, com melhoria da administração tributåria e do gasto público. Entre as açþes do Profisco II, incluem-se estudos sobre

3URJUDPDGH0RGHUQL]DĂ?Ă‚RYDLDODYDQFDUSUHVWDĂ?Ă‚RGHVHUYLĂ?RHJHVWĂ‚RGRÄ&#x;VFRHVWDGXDO

parcerias público-privadas (PPPs), anålises sobre investimentos e adequação tecnológica da Agência de Previdência de Mato Grosso do Sul (Ageprev) — alÊm de melhorias na årea tributåria, com a busca do atendimento integral ao contribuinte e maior eficiência na cobrança de dívidas fiscais. Os recursos, a serem emprestados com garantia da União, serão liberados em

cinco parcelas anuais: US$ 4,2 milhĂľes em 2019, US$ 6,9 milhĂľes em 2020, US$ 15,7 milhĂľes em 2021, US$ 11,8 milhĂľes em 2022 e US$ 9 milhĂľes em 2023. O estado aplicarĂĄ, como contrapartida, US$ 5,3 milhĂľes nesse perĂ­odo. Projeto O coordenador do projeto, auditor fiscal da Receita Estadual Tadeu de Souza

Lourenço Ferreira, destaca o empenho das equipes e o processo de melhorias com a continuidade da modernização do fisco. “Nosso projeto conta com 16 produtos obrigatĂłrios sĂŁo as açþes estratĂŠgicas para modernização do fisco e melhoria da qualidade do gasto pĂşblico. Todos os servidores estĂŁo bastante empenhados nessa nova etapa que vai proporcionar um salto enor-

Fórum nacional promovido pelo governo do Estado reúne gestores na Capital O evento reúne mais de 600 gestores e termina KRMHHP&DPSR*UDQGH De Campo Grande Nas palavras do secretårio de Governo e Gestão EstratÊgica, Eduardo Riedel, mudanças conceituais estão acontecendo em Mato Grosso do Sul, inserindo o Estado num processo de modernização que traz resultados satisfatórios pela postura e comprometimento da gestão Reinaldo Azambuja em saber conciliar responsabilidade, qualificação e inovação. Riedel falou sobre esse posicionamento e o esforço do governo do Estado para remodelar o processo de desenvolvimento, durante o 7° Fórum Regional de Fortalecimento da Rede + Brasil – etapa MS, promovido pelo governo em parceria com o MinistÊrio da Economia e Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), realizado ontem (14), no Centro de Convençþes Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande. O evento reúne mais de 600 gestores de diferentes regi-

Ăľes do PaĂ­s e tem como foco fortalecer a integração entre os parceiros da plataforma, abordar a importância da governança sobre diferentes perspectivas, assim como inovaçþes nas transferĂŞncias de verbas da UniĂŁo, modernização na gestĂŁo do governo e um panorama na captação de recursos. “O paĂ­s atravessa um momento difĂ­cil e rediscutir modelos ĂŠ fundamental para avançarmos. É claro que essas mudanças trazem consequĂŞncias, mas precisamos refazer conceitos administrativos sob pena de ficarmos para trĂĄs. É sempre importante rever prĂĄticas para melhorar nossa eficiĂŞncia como gestoresâ€?, explicou Conforme o coordenador da plataforma em MS, Luiz Carlos Morente, Mato Grosso do Sul ĂŠ recordista em projetos firmados com o governo federal no perĂ­odo 2015/2017 e um superlativo de 249 convĂŞnios aprovados pela UniĂŁo, que garantem repasses de verbas a serem destinadas para as ĂĄreas de saĂşde, saneamento e infraestrutura. “Quando pensamos em trazer esse fĂłrum para Campo Grande, foi com o intuito

SAUL SCHRAMM

(GXDUGR5LHGHOVHFUHWÀULRGH*RYHUQRH*HVWÂR(VWUDWÒJLFD GXUDQWHDDEHUWXUDGRHYHQWRRQWHPHP&DPSR*UDQGH de auxiliar na gestão atravÊs da integração e compilação de boas pråticas de gestão, visando o aprimoramento organizacional, ao aperfeiçoamento dos fluxos e pråticas, e o aumento da capacidade de geração de valor�, definiu

Morente. Para o coordenador geral de Atendimento do MinistÊrio da Economia, EdÊrcio Marques Bento, chegou a hora da formação de uma nova consciência sobre os limites dos governos e de suas atribuiçþes.

me na qualidade do atendimento aos contribuintes e cidadĂŁos. Tenho certeza que com o treinamento concedido pelo BID, nossa capacidade de gestĂŁo estĂĄ mais que fortalecida para que todos os produtos sejam executados de forma eficaz e efetivaâ€?, reforçou Tadeu. De acordo com o secretĂĄrio Estadual de Fazenda, Felipe Mattos, Mato Grosso do Sul tem sido exemplo de pioneirismo no desenvolvimento de novas tecnologias, haja vista que nos Ăşltimos anos estĂĄ surgindo no ambiente pĂşblico novas exigĂŞncias de eficiĂŞncia da mĂĄquina arrecadatĂłria, tanto no aspecto tributĂĄrio, quanto financeiro, patrimonial, fiscal e de gestĂŁo. “Os recursos financeiros disponibilizados vĂŁo permitir que a gestĂŁo pĂşblica realize intervençþes para garantir mais economicidade, agilidade e eficiĂŞncia tanto para a mĂĄquina pĂşblica quanto para o contribuinte, promovendo o aperfeiçoamento da gestĂŁo fazendĂĄria, reduzindo o gasto pĂşblico e, principalmente, atendendo as diretrizes estratĂŠgicas estaduaisâ€?, frisou Mattos.

Nesse sentido, capacitar gestores torna-se fundamental para imprimir o novo modelo de trabalho. “Estamos trabalhando para o Brasil avançar. No PaĂ­s, jĂĄ foram capacitadas mais de 7 mil pessoas pela plataforma, o que significa uma melhora na gestĂŁo dos recursos. Em tempos difĂ­ceis, ĂŠ importante deixarmos de lado as diferenças ideolĂłgicas e focar no progresso do Brasil e esse evento tambĂŠm cumpre esse papel com a troca de experiĂŞncia nesse ambiente de inovação“, frisou Bento. JĂĄ o presidente da Assembleia Legislativo do Estado, deputado estadual Paulo CorrĂŞa, enalteceu o comprometimento do governador Reinaldo Azambuja e do secretĂĄrio Eduardo Riedel com um modelo de gestĂŁo focado na capacitação e qualificação. “Quero parabenizar a gestĂŁo do Reinaldo e o empenho do Riedel que trabalham com o foco voltado para a modernização e sabem direcionar recursos. Uma gestĂŁo para funcionar bem precisa ser arrojada e trabalhar com capacitação, tecnologia e o governo do Estado sabe muito bem como fazer issoâ€?. O evento nacional prossegue atĂŠ hoje no Centro de Convençþes, com discussĂľes e debates a respeito da atualização de governos e prefeituras sobre a plataforma Rede Mais Brasil.

Senado comemora 40 anos da Associação Nacional dos Jornais $$1-ÒSUHVLGLGDSRU 0DUFHOR5HFKGRMRUQDO Zero Hora de Porto Alegre Agência Senado, De Brasília O Senado realizarå uma sessão especial em comemoração aos 40 anos da Associação Nacional dos Jornais (ANJ), às 10h nesta quinta-feira (15). A homenagem foi requerida pelos senadores Lasier Martins (Podemos-RS), Jayme Campos

(DEM-MT), Eduardo Girão (Podemos-CE), Chico Rodrigues (DEM-RR), Irajå (PSD-TO) e pelo senador licenciado Eduardo Gomes (MDB-TO). A ANJ foi fundada em 17 de agosto de 1979 para defender a liberdade de imprensa e os interesses dos jornais brasileiros, promover estudos e açþes para o desenvolvimento desses veículos de comunicação e representar o Brasil internacionalmente junto a entidades congêneres. Presidida por Marcelo Re-

ch, do jornal Zero Hora de Porto Alegre, a entidade tem 94 associados, como Correio Braziliense (DF), O Globo (RJ), Folha de S. Paulo (SP) e A Gazeta (ES), entre outros que representam cerca de 90% do público leitor de jornais no Brasil, nas plataformas impressa e digital. A ANJ trabalha em conjunto com as principais corporaçþes do mercado de comunicação e do jornalismo, como a Associação Brasileira de Emissoras de Rådio e Televisão (Abert), a

Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner), a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), a Associação Mundial de jornais e Editores de Notícias (Wan-Ifra) e a Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP). Foram convidados para participar da celebração representante dos jornais associados à ANJ, representantes das entidades que trabalham conjunto a associação, representante da Embaixada Americana e da Unesco.

“A entidade ĂŠ responsĂĄvel, anualmente, pela concessĂŁo do PrĂŞmio ANJ de Liberdade de Imprensa, a mais importante premiação em favor do livre exercĂ­cio do jornalismo no paĂ­s. JĂĄ foram premiados, entre outros, os ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Ayres Britto, a ministra do STF Carmem LĂşcia, a jornalista Miriam LeitĂŁo, a Abraji, o jornal Gazeta do Povo e o jornal argentino ClarĂ­nâ€?, destacaram os senadores no requerimento.

CURTAS HerĂłis da PĂĄtria (1)

No dia em que a Igreja Católica celebrou a festa da Irmã Dulce (13 de agosto), a Câmara dos Deputados aprovou a inclusão do nome da religiosa baiana, que dedicou sua vida ao serviço dos pobres e doentes, no Livro de Heróis da Påtria. O livro estå depositado no Panteão da Påtria, em Brasília, e conta com os nomes de Tiradentes, Zumbi dos Palmares, Santos Dumont e Anna Nery, entre outros personagens históricos, conforme divulgou a Agência Câmara Notícias.

HerĂłis da PĂĄtria (2)

O relator da proposta (PL 5727/16), deputado João Roma (PRB-BA), considerou a inclusão de Irmã Dulce entre os Heróis da Påtria uma homenagem importante para essa baiana, exemplo de dedicação religiosa e social. A canonização da freira estå marcada para o dia 13 de outubro deste ano, no Vaticano.

HerĂłis da PĂĄtria (3)

A proposta que inscreve o nome de Irmã Dulce no Livro de Heróis da Påtria foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça. E segue para o Senado, a não ser que haja um recurso para votação pelo Plenårio da Câmara.

PEC da Mobilidade (1)

A proposta de emenda Ă Constituição que inclui a mobilidade e a acessibilidade entre os direitos e garantias fundamentais cumpriu, na ordem do dia de terça-feira (13), sua primeira sessĂŁo de discussĂŁo em 1Âş turno no PlenĂĄrio. Primeiro signatĂĄrio da proposta (PEC 19/2014), o senador Paulo Paim (PT-RS) argumenta que, embora a lei e os tratados internacionais dos quais o Brasil ĂŠ signatĂĄrio deixem implĂ­cito o direito de locomoção, nĂŁo hĂĄ no texto constitucional uma menção explĂ­cita ao direito de mobilidade e acessibilidade para a realização “de atividades corriqueiras como ir de casa ao trabalho, do trabalho para a faculdade, de lĂĄ para hospitais e centros de lazer com agilidade e usando a devida infraestruturaâ€?.

PEC da Mobilidade (3)

Para ser aprovada no Senado, uma PEC precisa passar por cinco sessþes de discussão em primeiro turno. Depois são necessårias mais três sessþes de discussão antes de a PEC ser votada em segundo turno. A exigência Ê de no mínimo 49 votos dos senadores. Se for aprovada pelos senadores, a PEC serå enviada para a anålise da Câmara dos Deputados, conforme divulgou a Agência Senado.

&2/212 - CumpĂĄdri, a tĂĄr da MP da Liberdadi EconĂ´mica foi aprovada onti... =v 3,1*$ - ... ic, ic, ic... ĂŠ, nĂŁo tem nada de liberda purque prevĂŞ a genti trabaiĂĄ nos domingus... ic, ic, ic...


4

Dourados, quinta-feira 15.8.2019 O PROGRESSO

PolĂ­tica

Ex-governadores recebem homenagem da Assembleia

C

Para o deputado Paulo CorrĂŞa, presidente da Casa de Leis, a homenagem ĂŠ importante para o reconhecimento da histĂłria de Mato Grosso do Sul

“Eu poderia dizer assim, com muita tranquilidade de quem quer ajudar o governo, o presidente pode ajudar Ä&#x;FDQGRFDODGRĹ„$IUDVHĂ’GDVHQDGRUDVXOPDWRJURVsense Simone Tebet (MDB), presidente da ComissĂŁo de Constituição e Justiça e a primeira a analisar a Reforma GD3UHYLGĂ“QFLDQR6HQDGR$SURYDGDFRPDPSODPDLRULD pela Câmara dos Deputados, agora a reforma serĂĄ tratada pelos senadores, que estudam mudanças no texto, entre elas a inclusĂŁo de Estados e municĂ­pios – algo que foi GHL[DGRGHIRUDQD&Ă PDUD&DVRDUHIRUPDVHMDDSURYDGD integralmente, sem mudanças, ela vai direto para sanção SUHVLGHQFLDO&RQWXGRVHKRXYHUDOJXPDDOWHUDĂ?Ă‚RRWH[to volta Ă Câmara para nova anĂĄlise dos deputados, que GHFLGHPVHDVPXGDQĂ?DVVHUĂ‚RDFHLWDVRXQĂ‚R

WAGNER GUIMARĂƒES

Ex-governadores foram homenageados durante SessĂŁo Solene realizada na noite de terça-feira na ALMS Ana Maria Assis, AgĂŞncia ALMS De Campo Grande “Uma cidade bonita. Uma beleza vĂŞ-la do cĂŠu como vi nesta manhĂŁâ€?. Assim Nelson Martins, filho do ex-governador Wilson Barbosa Martins, descreveu sua chegada Ă Capital ao receber a comenda do MĂŠrito Legislativo representando o pai. A noite do dia 13 de agosto foi de celebração na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Os deputados estaduais homenagearam todos os ex-governadores do Estado. O evento fez parte das comemoraçþes dos 40 anos da 1ÂŞ Constituição Estadual. A comenda do MĂŠrito Legislativo ĂŠ o reconhecimento aos governadores que fizeram e fazem parte da histĂłria do Estado e do Parlamento Sul-mato-grossense. A sessĂŁo solene aconteceu no PlenĂĄrio JĂşlio Maia. Para o deputado Paulo CorrĂŞa (PSDB), presidente da Casa de Leis, a homenagem ĂŠ importante para o reconhecimento da histĂłria de Mato Grosso do Sul. “A nossa Casa estĂĄ realizando essa sessĂŁo solene dedicada Ă s famĂ­lias

e aos lĂ­deres que merecem nosso respeito e a nossa homenagem. Sem governadores, sem Constituição. Precisamos olhar para o passado, para construir um futuro ainda melhorâ€?, afirmou o parlamentar, que disse ainda: “A histĂłria nĂŁo dĂĄ saltosâ€?. Filho do primeiro governador do Estado de Mato Grosso do Sul, Harry Amorim da Costa, Zeco Amorim falou da satisfação em representar o pai. “Dos filhos do Harry sou o Ăşnico que me mantenho aqui em Campo Grande, tenho filho nascido aqui que carrega o nome do avĂ´. Sei que o pai, como primeiro governador, deu a primeira alavancada pra estruturar o filho mais novo da RepĂşblica do Brasil e, sendo assim, ele se esmerou em fazer a base sĂłlida para que depois disso fosse feito o desenvolvimento. Hoje sinto muita felicidade e muita saudade, fico muito grato a todos vocĂŞsâ€?, afirmou Amorim. Nelson Martins, filho de Wilson Barbosa Martins e irmĂŁo da ex-deputada estadual Celina Jallad, afirmou que se orgulha em receber a homenagem representando o pai.

“Muito me honra receber esta homenagem. Nesta Casa onde foi velada a minha irmĂŁ, Celina Jallad, que tinha muito orgulho deste lugar. Neste momento quero destacar o amor que meu pai tinha pelo Estado de Mato Grosso do Sul. Amor que transbordava em seus discursos improvisados, ao lado de minha mĂŁe. Por todo lugar existem pessoas que nutrem por ele simpatia e admiração. E nĂłs esperamos que ele seja um exemplo para geraçþes futurasâ€?, afirmou. Um dos ex-governadores homenageados, AndrĂŠ Puccinelli (MDB) tambĂŠm afirmou sentir-se honrado. “Esta homenagem nos orgulha e honra, nĂŁo apenas enquanto agente polĂ­tico, mas enquanto cidadĂŁos, filhos de Mato Grosso do Sul. Creio que todos nĂłs, ex-governadores, sentimos esta honra e satisfação por participar dessa bela histĂłria do nosso Estado, que ĂŠ promissorâ€?, afirmou Puccinelli. Na entrega da comenda ao ex-governador Pedro Pedrossian, in memoriam, Pedro Pedrossian Neto representou o avĂ´. Ele relembrou como a

Frente parlamentar vai monitorar a gestĂŁo dos recursos hĂ­dricos de MS TONINHO SOUZA

Renato Câmara empossa representantes de 30 instituiçþes como membros do grupo de trabalho “Precisamos sociabilizar as informaçþesâ€?, diz deputado Renato Câmara De Campo Grande Promover debates com a participação da sociedade civil, apresentar pareceres e informaçþes tĂŠcnicas para subsidiar as iniciativas legislativas, estimular Ă difusĂŁo cultural do uso racional das ĂĄguas e o incentivo a investimentos em polĂ­ticas de gerenciamento de recursos hĂ­dricos. É com esse objetivo que a Assembleia Legislativa empossou na terça-feira (13) representantes de 30 instituiçþes pĂşblicas e privadas como integrantes da Frente Parlamentar de Recursos HĂ­dricos. Foi o primeiro encontro oficial do grupo de trabalho e contou com a explanação sobre a gestĂŁo que o Governo do Estado vem fazendo sobre o tema. Ao dar inĂ­cio ao encontro, o

coordenador e proponente da Frente Parlamentar, deputado Renato Câmara (MDB), reforçou as pretensĂľes do grupo. “Esse ĂŠ um trabalho que se aproxima das instituiçþes para que, por meio de atividade colaborativa, possamos melhorar nossa legislação, fazer apontamentos e conhecer a realidade que MS enfrenta na ĂĄrea dos recursos hĂ­dricosâ€?, esclareceu. Câmara ainda destacou o papel do Legislativo na discussĂŁo dos assuntos que envolvem a sociedade. “Aqui ĂŠ um fĂłrum de debates, precisamos sociabilizar as informaçþes, que por vezes ficam restritas a determinados setores, e nessa discussĂŁo a ALMS amplia o debate, pois podemos levar a mais pessoas o assunto. Temos a oportunidade de avançar na legislação e na busca de apoio e sensibilização de governos e das prefeiturasâ€?, afirmou. O gerente de Recursos HĂ­dri-

cos do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), Leonardo Sampaio Costa, proferiu a palestra “Panorama Geral da GestĂŁo de Recursos HĂ­dricos do MSâ€?. Sobre a disponibilidade hĂ­drica de Mato Grosso do Sul, o especialista classificou-a como “confortĂĄvelâ€? e avaliou como “boaâ€? a qualidade dos rios de MS. CompĂľem a Frente Parlamentar de Recursos HĂ­dricos os deputados NenoRazuk (PTB), Cabo Almi (PT), AntĂ´nio Vaz (PRB), JamilsonName (PDT), Onevan de Matos (PSDB), Professor Rinaldo (PSDB), CapitĂŁo Contar (PSL), Marcio Fernandes (MDB), Lucas de Lima (Solidariedade) e Evander Vendramini (PP). Tomaram posse representantes das seguintes instituiçþes: AgĂŞncia de Desenvolvimento AgrĂĄrio e ExtensĂŁo 6YVEP %KVEIV ÂťKYEW+YEVMroba; Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Bio Sul); Bion

formação em engenharia influenciou Pedro Pedrossian a realizar grandes obras, como o Parque dos Poderes e, ainda, elogiou a iniciativa da Casa de Leis em realizar a homenagem. “Quero agradecer a sensibilidade de Paulo CorrĂŞa e todos os deputados da Casa. Inclusive, por escolher o dia 13 de agosto, que era o aniversĂĄrio do meu avĂ´. É muito bom ver o nome de Miranda nessa Casa hoje, quando hĂĄ quase dois anos vivemos sem o Pedro Pedrossian. Tudo o que meu avĂ´ fez, foi porque ele acreditava na força pujante de Mato Grosso do Sulâ€?, afirmou. Ex-governador e atual deputado estadual, Londres Machado (PSD) afirmou que ĂŠ marcante para ele ter participado dos governos tambĂŠm enquanto parlamentar. “Eu fui um governador constitucional, fui chamado para assumir o governo por ser o presidente da Casa de Leis. Assinei diver-

O evento, que aconteceu na noite de terça-feira, fez parte das comemoraçþes dos 40 anos da 1ª Constituição Estadual sos atos, inclusive em prol do ensino naquela Êpoca, dos profissionais da educação. Assumi o governo e entreguei o Estado em ordem. E eu participei e participo hoje, dentro desta Casa de Leis, de todos os governos, enquanto deputado estadual. Posso dizer que trabalhei junto de todos os governadores de Mato Grosso do Sul�, destacou o deputado. Os governadores homenageados foram Harry Amorim da Costa, Londres Machado, Marcelo Miranda Soares, Pedro Pedrossian, Wilson Barbosa Martins, Ramez Tebet, JosÊ Orcírio Miranda dos Santos, AndrÊ Puccinelli e Reinaldo Azambuja.

Consultoria e Assessoria Ambiental; Consórcio Intermunicipal para Desenvolvimento Sustentåvel da Bacia Hidrogråfica do Rio Taquari (Cointa); Comitê da Bacia Hidrogråfica do Rio Ivinhema; Comitê da Bacia Hidrogråfica do Rio Paranaíba; Comitê da Bacia Hidrogråfica do Rio Miranda; Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de Mato Grosso do Sul (Crea-MS); Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT); Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuåria (Embrapa); Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul S.A. (Sanesul); Federação da Agricultura e Pecuåria de Mato Grosso do Sul (Famasul); Federação do ComÊrcio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul (FecomÊrcio); Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz); Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur); InsXMXYXSHEWKYEWHE7IVVEHE Bodoquena (Iasb); Instituto Histórico e Geogråfico do Estado (IHGMS); Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MS); Rotary Clube de Campo Grande-MS; Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro); Secretaria de Estado de Saúde (SES); Sindicato Rural de Campo Grande-MS; Sociedade de Defesa do Pantanal (Sodepan); Universidade Católica Dom Bosco (UCDB); Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS); Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD); Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS); e Via MS Engenharia e Consultoria Ltda.

INFORME C CĂ?CERO FARIA cicerolfaria@gmail.com

Por que nĂŁo tem calas Jair?

EX-GOVERNADORES Os ex-governadores que fizeram parte dos 40 anos do Estado, se reuniram na noite de terça feira para receber a comenada do MÊrito Legislativo, na Assembleia Legislativa. Cada autoridade foi indicada por um dos deputados, como reconhecimento pelos seus esforços à frente do Estado, desde a sua criação. Marcelo Miranda, Londres Machado e AndrÊ Puccinelli estiveram no evento. O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e Zeca do PT não participaram da solenidade, mas mandaram representantes. O secretario de Planejamento e Finanças de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto recebeu a comenda, representando o avô, Pedro Pedrossian. Representando o pai, Wilson Barbosa Martins, seu filho Nelson Martins tambÊm agradeceu pela honraria. Harry Amorim da Costa, Ramez Tebet e JosÊ Orcírio Miranda dos Santos, completaram a lista de ex-governadores homenageados.

disse que foi pego de surpresa pela decisão de Bolsonaro exonerå-lo. Apesar dr a nomeação ter sido formalizada no dia 7 de agosto, Fona jå vinha trabalhando informalmente no palåcio hå algumas semanas. Desde o início do ano o governo tem dificuldade em preencher a vaga de secretårio de Imprensa e outros três nomes jå foram exonerados do cargo, Alexandre Lara, Fernando Diniz e Fernando Guedes.

LIGEIRINHA O presidente da Frente Parlamentar da AgropecuĂĄria (FPA), deputado Alceu Moreira (MDB-RS), reagiu Ă s declaraçþes da senadora Katia Abreu (PDT-TO), de que “os agricultores que estĂŁo alegres hoje vĂŁo chorar amanhĂŁâ€?. Em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo , KĂĄtia se referia aos impactos da polĂ­tica ambiental do presidente Jair Bolsonaro, que, em sua avaliação, ameaça o acesso de produtos brasileiros no exterior e pode causar prejuĂ­zos ao agronegĂłcio. LĂ­der da bancada ruralista na Câmara, Moreira disse que a senadora “muda de opiniĂŁo muito rĂĄpido, como troca de blusaâ€?. “KĂĄtia Abreu, nesse INSTĂ VEL momento, expressa uma posiUma semana apĂłs a nomea- ção polĂ­tica de oposição. AliĂĄs, Ă?Ă‚RRÄ&#x;FLDORSUHVLGHQWH-DLU se a KĂĄtia Abreu estivesse falanBolsonaro decidiu demitir o do na condição de presidente da secretĂĄrio de Imprensa da CNA (a senadora foi presidente PresidĂŞncia da RepĂşblica, da Confederação da Agricultura o jornalista Paulo Fona. e PecuĂĄria), ela diria completaEscolhido pelo secretĂĄrio mente o inversoâ€?, comentou o especial de comunicação, deputado. Fabio Wajmgarten, Fona foi secretĂĄrio de Comu- SEM O PINGADO nicação dos governos de Todos os fĂłruns de Justiça tiRodrigo Rollemberg (PSB), veram o fornecimento de leite no Distrito Federal, e de Ye- cortado aos servidores na seda Crusius (PSDB), no Rio gunda-feira visando ‘promover Grande do Sul. TambĂŠm tra- a racionalização do gasto pĂşbalhou na liderança do PSB blico’, segundo ofĂ­cio publicado na Câmara. Em nota, Fona nas comarcas.

BATE REBATE O ex-prefeito de Aquidauana, Raul Freixes, agora estĂĄ em prisĂŁo domiciliar, com tornozeleira eletrĂ´nica. Ele ĂŠ acusado de se apropriar de R$ 100 mil em verba pĂşblica do municĂ­pio. Apesar do impasse dentro do PDT, o deputado Jamilson Name ainda nĂŁo deixou a legenda. Ele espera um aval do TRE-MS para trocar de sigla. Enquanto isso nĂŁo ocorre, jĂĄ revelou que nĂŁo vai ao evento do partido, marcado para sexta-feira, que terĂĄ a presença de Ciro Gomes, infomrou o Campo Grande News. Evento marcado para terça-feira entregaria Ă população a iluminação de LED da avenida Duque de Caxias e da Orla Morena, em Campo Grande mas a entrega precisou ser cancelada porque ďŹ os foram furtados e parte da iluminação nĂŁo funcionou. Igual ao que acontecia na avenida Guaicurus ,em Dourados, ondeo furto de cabos elĂŠtricos era corriqueiro.

INFORME CURURU JĂĄ passou do tempo que eu mandava uma indireta pra alguĂŠm, hoje eu mando duas, trĂŞs.


5

Dourados, quinta-feira 15.8.2019 O PROGRESSO

Economia

Inadimplência sobe 1,7% em julho, segundo a Boa Vista Em relação a julho do ano passado, o índice de inadimplência do consumidor recuou 0,6%. Com isto, o índice acumula queda de 4,6% no ano De São Paulo* De acordo com dados nacionais da Boa Vista, a inadimplência do consumidor avançou 1,7% em julho na comparação com junho, jå descontados os efeitos sazonais. Em relação a julho do ano passado, o indicador recuou 0,6%. Com isto, ele acumula queda de 4,6% no ano e 3% no acumulado 12 meses (agosto de 2018 atÊ julho 2019 frente aos 12 meses anteriores).

O avanço da reforma da Previdência e seu impacto na redução dos juros futuros são uma boa notícia para o mercado de crÊdito Regionalmente, na anålise acumulada em 12 meses, todas as regiþes ainda registram queda: Centro-Oeste (-4,3%), Nor te (-2,9%), Nordeste (-2,7%), Sul (-6,5%) e Sudeste (-1,9%). A região Nordeste foi a única a apresentar queda na comparação mensal (-1,4%). A queda da inadimplência observada desde o final de

2016 pode ser explicada pela maior cautela das famílias, pela capacidade de endividamento dos consumidores ainda limitada pelo fraco crescimento da renda e pelo efeito defasado da maior seletividade dos bancos no período mais agudo da crise. Com isto, a inadimplência dos consumidores atingiu um patamar historicamente baixo, o que proporcionou a redução dos juros e motivou o aumento das concessþes a partir de 2017. Os economistas da Boa Vista têm alertado que o elevado nível de desocupação e subutilização da mão-de-obra, somado à lenta recuperação da renda, aumenta o risco de que a expansão recente dos emprÊstimos resulte em maior inadimplência. Ao menos por enquanto, porÊm, o indicador de registros segue oscilando nas variaçþes mensais. Após a queda de junho, o indicador novamente apontou avanço em julho. A queda no acumulado em 12 meses, por sua vez, permaneceu igual ao resultado de junho.

REPRODUĂ‡ĂƒO

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro avançou 0,7% na passagem de maio para junho, segundo o Monitor do PIB, apurado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV ). No segundo trimestre, o PIB cresceu 0,2%

em comparação ao primeiro trimestre do ano, após um ligeiro recuo de 0,1% observada no trimestre anterior. Em relação ao segundo trimestre de 2018, a atividade econômica cresceu 0,7% no segundo trimestre deste ano. A taxa acumulada em 12 meses manteve a alta de 0,9% no segundo trimestre, mesmo resultado observado no trimestre anterior.

em R$

Preço Itau Unibanco PN Petrobras PN Bradesco PN Ambev ON Petrobras ON BRF SA ON Vale ON Itausa PN Cielo ON JBS ON

Variação

R$ 35,89 R$ 25,79 R$ 34,10 R$ 19,38 R$ 27,96 R$ 39,00 R$ 46,50 R$ 12,92 R$ 7,63 R$ 27,97

+1,96% +1,22% +1,01% -0,51% +1,01% +0,96% +2,97% +2,54% +1,46% -3,55%

GLOBAL 40 Cotação: Variação:

JUROS

Valor em 2019:

5,85% ao ano 9,50% ao ano 1,02% ao mĂŞs 5,90% ao ano 5,90%

859,925 centavos de dĂłlar +0,05%

OURO Cotação Ouro US$ 1.514,10 a onça-troy Ouro BM&F (à vista) 206,990

Dia do vencimento 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23

R$ 998,00

UFERMS

A inadimplência do consumidor avançou 1,7% em julho na comparação com junho, diz a Boa Vista

Agosto/2019

R$ 28,77

POUPANÇA (APLICAĂ‡ĂƒOAPARTIRDE 04/05/12)

O avanço da reforma da Previdência e seu impacto na redução dos juros futuros são uma boa notícia para o mercado de crÊdito, que tambÊm tende a ser favorecido pela inclusão automåtica no Cadastro Positivo, em vigor desde o dia 9 de julho. Apesar da inadimplência baixa e do avanço em medidas estruturais, contudo, uma retomada mais vigorosa do crÊdito aos consumidores, sem aumento dos riscos, segue condicionada às condiçþes do mercado de trabalho e ao endividamento das famílias.

Metodologia O indicador de registro de inadimplência Ê elaborado a partir da quantidade de novos registros de dívidas vencidas e não pagas informados à Boa Vista pelas empresas credoras. As sÊries têm como ano base a mÊdia de 2011 = 100 e passam por ajuste sazonal para avaliação da variação mensal. A partir de janeiro de 2014, houve atualização dos fatores sazonais e reelaboração das sÊries dessazonalizadas, utilizando o filtro sazonal X-12 ARIMA, disponibilizado pelo US Census Bureau. (*Assessoria de Imprensa da Boa Vista).

Monitor do PIB aponta alta de 0,7% em junho ante maio Daniela Amorim, AgĂŞncia Estado Do Rio de Janeiro

+1,36% 103.299,47 103.778 pnts 101.414 pnts R$ 18,12 bilhĂľes 17,54% 1,46% +1,44% 26.279,91 +1,9% 8.012,65 +1,65% 103.370 103.840 101.200

SALĂ RIO MĂ?NIMO

ra, coordenador do Monitor do PIB-FGV, em nota oficial. O crescimento de observado na passagem do primeiro trimestre para o segundo trimestre do ano foi puxado pelo setor de serviços, Ăşnico dos trĂŞs grandes setores de atividade a apresentar crescimento no perĂ­odo (0,3%). Sob a Ăłtica da demanda, o consumo das famĂ­lias avançou 0,7%, enquanto a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF, medida dos investimentos no PIB) teve expansĂŁo de 2,3%. “Os dados mostram que, apesar do crescimento, a economia ainda nĂŁo consegue se expandir a taxas mais robustasâ€?, completou Claudio Considera.

O ministÊrio da Agricultura prevê que o Valor Bruto da Produção Agropecuåria (VBP) chegue a R$ 603,4 bilhþes este ano. Esse valor seria o segundo maior alcançado pelo setor

Ibovespa: Pontos: Måxima de Mínima de Volume: Variação em 2019: Variação no mês: Dow Jones: Pontos: Nasdaq: Pontos: Ibovespa Futuro: Pontos: Måxima (pontos): Mínima (pontos):

BLUE CHIPS

Variação -0,20% -0,49%

DĂ?VIDA EM TR OU TRD

dução nacional, estĂŁo rendendo menos que no ano passado. “Essas tendĂŞncias observadas devem permanecer atĂŠ o final do ano, pois a safra deste ano estĂĄ praticamente encerradaâ€?, disse o coordenador-geral de Avaliação de PolĂ­ticas e Informação, da Secretaria de PolĂ­tica AgrĂ­cola, do MinistĂŠrio da Agricultura, PecuĂĄria e Abastecimento, JosĂŠ Garcia Gasques, em declaração divulgada pelo ministĂŠrio.

AgĂŞncia Brasil, De BrasĂ­lia

BOLSAS

* 1 onça-troy equivale a 31,1035 gramas

do cacau (1,9%), da laranja (8,1%), da mamona (34,9%), do milho (22,9%), do tomate (19,6%) e do trigo (8,2%). Jå na pecuåria, destacam-se os valores da carne de frango (13,4%) e de suínos (9,3%), e por último a carne bovina, com aumento de 1,3%. Nem todos os setores produtivos, porÊm, têm apresentado boa performance. Arroz, cafÊ, cana-de-açúcar, mandioca, soja e uva, responsåveis por 58% da pro-

agro nos Ăşltimos trinta anos. O maior valor, de 2017, foi de R$ 607,9 bilhĂľes. De acordo com as estimativas, as principais lavouras representaram R$ 399 bilhĂľes, e a pecuĂĄria, R$ 204,4 bilhĂľes. O otimismo do governo federal se baseia no desempenho das culturas do algodĂŁo, com aumento real de 16,6% no VBP, do amendoim (14,3%), da banana (20,5%), da batata inglesa (117,8%), do feijĂŁo (64,9%),

progresso@progresso.com.br

&'%SUHÄ&#x;[DGRGHGLDV - Capital de giro, - Hot money, - CDI, - Over a

Valor bruto da produção agropecuåria Ê estimado em R$ 603 bilhþes As principais lavouras representaram R$ 399 bi e a pecuåria, R$ 204,4 bi

INDICADORES ECONÔMICOS

“O crescimento de 0,2% da economia neste segundo trimestre, segundo o Monitor do PIB-FGV, pĂľe a economia de volta Ă trajetĂłria de crescimento que havia se perdido no primeiro trimestre. Entre os trĂŞs grandes setores, a agropecuĂĄria e a indĂşstria apresentam taxas negativas, salvando-se os serviços, que jĂĄ apresenta taxas positivas hĂĄ dez trimestresâ€?, avaliou Claudio Conside-

Agosto 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23

0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715%

(Multiplique a quantidade de TR ou TRD do carnê pelo fator de atualização da data do vencimento. A aplicação desse fator único atualiza a dívida pela TR do dia do aniversårio do contrato e converte o resultado para reais).

TBF Julho 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 Agosto 01 02 03 04 05 06

Fatores de Agosto 0,01324706 0,01319710 0,01334021 0,01324654 0,01321624 0,01315846 0,01326085 0,01335276 0,01325023 0,01320709 0,01337649 0,01303346 0,01313268 0,01304337 0,01309468 0,01307680 0,01301082 0,01333021 0,01328298 0,01315390 0,01309747 0,01300851 0,01325100

INSS Trabalhador assalariado e domĂŠstica*

0,4790% 0,5008% 0,4975% 0,4947% 0,4723% 0,4505% 0,4507% 0,4722% 0,4936% 0,4927% 0,4911%

SALĂ RIO DE CONTRIBUIĂ‡ĂƒO

ALĂ?QUOTA

AtĂŠ R$ 1.751,81 De R$ 1.751,82 a 2.919,72 De R$ 2.919,73 a 5.839,45

8% 9% 11%

CHEQUE ESPECIAL Instituição

Taxa de juros% ao mĂŞs ao ano

CEF Bradesco Banco do Brasil ItaĂş/Unibanco Santander (Brasil)

0,4705% 0,4412% 0,4409% 0,4620% 0,4830% 0,4833%

12,52 12,15 11,99 12,13 14,72

312,05 295,86 289,13 295,05 419,55

CĂ‚MBIO DĂłlar comercial no balcĂŁo DĂłlar Paralelo DĂłlar Ptax DĂłlar Turismo DĂłlar Futuro (setembro) Euro Euro comercial Euro turismo

Compra R$ 3,9673 R$ 4,04 R$ 3,9730 R$ 3,9130 R$ 3,9740 US$ 1,1171 (Ă s 17h26) R$ 4,4310 R$ 4,4530

Venda R$ 3,9678 R$ 4,14 R$ 3,9736 R$ 4,1130 US$ 1,1172 R$ 4,4330 R$ 4,6030

Variação -0,39% -0,56% -0,58% -0,48% -0,45% -0,39% -0,74% -0,8%

INFLAĂ‡ĂƒO

ACUMULADO

Ă?NDICES

Junho

Julho

No ano

12 meses

INPC (IBGE) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV) IPCA (IBGE)

0,01 0,80 0,63 0,01

0,40 -

2,45 4,79 4,40 2,23

3,31 6,39 6,04 3,37

IMPOSTO DE RENDA (DESCONTO NA FONTE) TABELA OFICIAL DA RECEITA FEDERAL Base de cĂĄlculo AtĂŠ R$ 1.903,98 De R$ 1.903,99 atĂŠ R$ 2.826,65 De R$ 2.826,66 atĂŠ R$ 3.751,05 De R$ 3.751,06 atĂŠ R$ 4.664,68 Acima de R$ 4.664,68

AlĂ­quota % 7,5 15 22,5 27,5

Deduzir-R$ Isento 142,80 354,80 636,13 869,36

Deduçþes: R$ 189,59 por dependente; pensão alimentícia integral; contribuição ao INSS. Aposentado com 65 anos ou mais tem direito a uma dedução extra de R$ 1.903,98 no benefício recebido da Previdência.

REAJUSTE DE ALUGUEL IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV) IPC-FIPE

1,0639 1,0379

AGOSTO (2019)

IPCA (IBGE) INPC (IBGE) ICV-DIEESE

-

Obs.: Multiplique o valor pelo fator.

AGROPECUĂ RIA MILHO - disponĂ­vel SOJA - disponĂ­vel BOI GORDO VACA GORDA FONTE: Grande FM RURAL

R$ 26,00 (Dourados) R$ 72,00 (Dourados) R$ 145,00 (Brasil Global/Ă vista) - R$ 146,00 (Friboi/PPorĂŁ c/ 30 dias) R$ 135,00 (Brasil Global/Ă  vista) - R$ 136,00 (Friboi c/ 30 dias)


6

Dourados, quinta-feira 15.8.2019 O PROGRESSO

Polícia PF

PM que matou em cinema responde por homicídio duplamente qualificado Ministério Público o denunciou e a justiça acatou; crime ocorreu no mês de julho em Dourados em sala lotada de crianças e adolescentes HEDIO FAZAN

Polícia apreendeu 265 kg de cocaína que deixava Ponta Porã

PF prende traficantes de drogas Grupo é suspeito de pelo menos duas remessas de drogas ao exterior De Ponta Porã

Crime ocorreu no dia 8 de julho em uma das salas do cinema de shopping em Dourados De Dourados progresso@oprogresso.com.br

O policial militar Dijavan Batista dos Santos, de 37 anos, vai responder por homicídio duplamente qualificado. Ele matou no dia 8 de julho em Dourados o bioquímico Júlio Cesar Cerveira Filho, de 43 anos. O crime ocorreu dentro de uma das salas de cinema do Shopping Avenida Center após discussão por causa de uma poltrona. O policial foi denunciado pelo Ministério Público Estadual (MPE) e a justiça acatou. O PM estava preso em uma das celas do Presídio Militar de Campo Grande, mas a Justiça concedeu habeas corpus e desde a semana passada está solto para responder o crime em liberdade. Durante os depoi-

mentos na Polícia Civil, foram ouvidas 20 testemunhas. Com base nos depoimentos, perícia e imagens de câmeras de segurança, foi concluído que o disparo aconteceu depois que a briga já tinha terminado – não no momento em que Júlio Cesar Cerveira Filho tentava tirar a arma do policial, como alegado pelo acusado.

O PM estava preso em em uma das celas do Presídio Militar de Campo Grande, PDVDMXVWLÍDGHXDHOH habeas corpus Conforme o inquérito, Dijavan, que estava lotado na Polícia Militar Ambiental, estava na sala de cinema acompanhado dos dois filhos, de 14 e 10 anos de idade. A família ocupava as poltronas 9, 10, 11

da fileira sete e um dos filhos do policial sentava ao lado do bioquímico. Júlio, conforme relato, começou a abrir e fechar os braços, também as pernas, batendo contra o menino sentado na poltrona 11. Neste momento, o pai optou por trocar de lugar com o filho e pediu para que Júlio parasse com as provocações. O bioquímico teria saído do local e dado um tapa no rosto do filho do PMA. Nas escadarias de saída da sala de cinema, Júlio teria puxado a camisa do PMA e dito para que resolvessem a situação ali mesmo. O homem se identificou como policial e sacou a arma que portava na cintura, uma pistola calibre .40. Júlio tentou tirar a arma do policial, quando houve um disparo fatal que o atingiu. A

Guarda e polícia investigam furtos de fios de energia A. FROTA

0DLVNPGHğRVGDLOXPLQDÍÂR do canteiro da Avenida Guaicurus foram furtados

arma utilizada pelo policial não possui registro e foi apreendida com 12 munições. Co n f o r m e o p r o m o t o r de justiça Luiz Eduardo Sant’Anna Pinheiro, que acusou o policial, o crime ocorreu “em circunstâncias em que a conduta do denunciado resultou em perigo comum, porquanto efetuou disparo de arma de fogo em ambiente coletivo e fechado (sala de cinema), ocupado majoritariamente pelo público infanto-juvenil”. O promotor ainda pontuou que a vítima não teve defesa e que ao sair da sala escura do cinema foi surpreendida pelo PM que estava armado. A denúncia do promotor foi aceita pelo juiz Erguiliell Ricardo da Silva, da 3ª Vara Criminal de Dourados.

Passageiro de van é preso pelo DOF com cocaína Ele contou à polícia que a droga seria revendida em Campo Grande

De Dourados progresso@progresso.com.br

De Dourados

A Guarda Municipal de Dourados está trabalhando para identificar o autor do furto de mais de 3 km de fios da iluminação do canteiro central da Avenida Guaicurus, de acesso ao Exército, aeroporto e Cidade Universitária. O comandante da Guarda, inspetor Divaldo Machado, afirmou ontem que está contando com o apoio da Polícia Civil que está investigando a autoria dos furtos que, além de causar prejuízos financeiros para o município, deixaram os usuários da avenida às escuras. Divaldo disse que as investigações têm como base a prisão em flagrante de dois homens na tarde de 26 de julho no BNH III Plano. “Eles estavam furtando os fios da praça do bairro e foram autuados pela Policia Civil”, disse o inspetor, acrescentando que a partir desse caso a investigação poderá chegar ao autor do furto da avenida Guaicurus. Por causa dos constantes

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prenderam ontem, um homem de 23 anos de idade por Tráfico de Drogas. A prisão ocorreu durante abordagem do bloqueio policial para fiscalização, na região de Maracaju (MS). Um dos passageiros da Van Sprinter abordada, que seguia de Ponta Porã para Campo Grande, estava com 600 gramas de de cloridrato de cocaína. O homem disse aos policiais que comprou a droga em Ponta Porã e revenderia em Campo Grande. A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), onde o homem foi ouvido e autuado, em flagrante, pelo crime de Tráfico de Drogas. Denúncias no DOF podem ser feitas de forma anônima pela população através do telefone 0800 647 6300.

Prefeitura está substituindo cabeamento subterrâneo por aéreo furtos de cabos de cobre da Avenida Guaicurus, a Secretaria de Serviços Urbanos está implantando cabeamento aéreo em toda a extensão da via. Na terça-feira, mais uma vez foram furtados fios no trecho da Guaicurus onde ainda existe o cabeamento subterrâneo. A cidade de Dourados também tem registrado onda de furto de tampas de bueiros. É comum ver pela região central e bairros da cidade, bueiros destampados, colocando em risco a vida da população.

Proprietários de veículos já tiveram danos materiais, com a roda presa no buraco. A Guarda Municipal já prendeu pessoas acusadas por esse tipo de furto. Na delegacia disseram que vendiam as tampas de ferro em empresas de sucata. No entanto, os furtos continuam. Denúncias sobre furto de cabos de energia ou de tampas de bueiros podem ser feitas no 190 da Polícia Militar ou no 199 da Guarda Municipal.

A Polícia Federal deflagrou ontem a Operação Veteranos, dando cumprimento a dois mandados de prisão temporária e cinco mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Federal de Ponta Porã, bem como um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça de Birigui/ SP e realizando a prisão em flagrante de um motorista por tráfico de drogas. A ação foi desencadeada a partir da apreensão, na tarde desta quarta-feira, com apoio da PRF, de um carregamento de 265 kg de cocaína que estavam sendo transportados em um caminhão que deixava Ponta Porã. Imediatamente após a apreensão, foi dado início à fase de cumprimento de mandados, a qual logrou êxito em prender os líderes de uma Organização Criminosa sediada em Ponta Porã voltada para o tráfico transnacional de cocaína e angariar elementos de prova relativos à atividade do grupo, a qual consistia na obtenção de cocaína em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, e

na sua remessa em compartimentos ocultos de caminhões que também transportavam cargas lícitas para dificultar a fiscalização policial. O gr upo é suspeito de pelo menos duas remessas de drogas realizadas em 2019, totalizando cerca de 515 Kg de cocaína. A operação foi batizada de “Veteranos”, em razão de ser esse o nome do time de futebol amador que era mantido pelo líder da organização e de que membros da organização faziam parte como jogadores. Colisão Duas pessoas ficaram feridas em um acidente ocorrido na noite de terça-feira na BR-463, que liga Dourados-Ponta Porã, envolvendo um caminhão e uma caminhonete Hilux com placas de Caarapó. Segundo informações policiais, o caminhão estava saindo de uma lavoura de milho e quando adentrou na rodovia foi atingido na parte traseira pela caminhonete. Com impacto da batida a roda com eixo do caminhão foi arrancada. Dois homens que ocupavam a caminhonete ficaram presos nas ferragens. O motorista Gustavo Siqueira foi transferido para Dourados em estado gravíssimo. Smit Stercio, passageiro, está na ala amarela do Hospital Regional de Ponta Porã.

Ministério aponta redução de homicídios A melhora também foi constatada em indicadores de outros crimes

Agência Brasil De Brasília Nos primeiros quatro meses de 2019, o Brasil registrou 3.528 homicídios dolosos a menos que no mesmo período do ano passado. Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, nos primeiros quatro meses deste ano, 13.142 pessoas foram mortas por alguém que agiu intencionalmente ou assumiu o risco consciente de matar. É um resultado 21,2% inferior aos 16.670 casos registrados entre janeiro e abril do ano passado. A melhora também foi constatada em indicadores de outros nove tipos de crimes acompanhados pelo Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais, de Rastreabilidade de Armas e Munições, de Material Genético, de Digitais e de Drogas (Sinesp) – plataforma de informações integradas criada em 2012 e que está a cargo da Secretaria Nacional de Segurança Públi-

ca (Senasp). A base de dados é alimentada pelos estados e pelo Distrito Federal, responsáveis por lançar os boletins de ocorrência. Segundo o balanço parcial que o Ministério da Justiça e Segurança Pública divulgou terça-feira, a maior variação percentual (-38,5%) foi observada na redução do número de roubos a instituições financeiras, que caiu de 325 para 200 ocorrências na comparação entre o primeiro quadrimestre de 2018 e o de 2019. O total de latrocínios (roubo seguido de morte) teve redução de 23,8% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Já as tentativas de homicídio caíram 8,6%, enquanto o roubo de veículo teve queda de 27,5%. Os dados do Sinesp também apontam para uma redução de 13,6% nos estupros e uma queda de 5,3% no número de crimes de lesão corporal seguida de morte. Ainda segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, o furto de veículos diminui 11,1% e o roubo de carga 27,3%. Para o diretor-executivo da ong Sou da Paz, Ivan Contente Marques, os resultados reforçam uma tendência que já vem sendo observada há algum tempo.


7

Dourados, quinta-feira 15.8.2019 O PROGRESSO

Esportes REPRODUĂ‡ĂƒO

Douradense busca apoio para competir no MÊxico A judoca Ana Beatriz Martins Cano, de 14 anos, entra na batalha em busca de apoio para participar de mais uma competição internacional em novembro ARQUIV O PESSOAL

Marcos Morandi esportes@progresso.com.br

Neymar nĂŁo faz treinamento coletivo no PSG

Depois de conquistar o segundo lugar no Campeonato Brasileiro Sub-15 + 73kg, que foi disputado na Arena da Juventude, no Rio de Janeiro, a judoca douradense Ana Beatriz Martins Cano, de 14 anos, entra na batalha em busca de apoio para participar de mais uma competição internacional que dessa vez serå realizada em novembro, no MÊxico.AlÊm da medalha de prata ela conseguiu uma vaga para Campeonato Pan-Americano Sub-15 que acontece naquele País.

Os 11 anos de luta da judoca sempe foram acompanhados de perto pelo pai, Alexandre Cano que tambĂŠm ĂŠ o seu treinador A judoca estĂĄ no tatame desde os trĂŞs anos. Ao longo de mais de uma dĂŠcada Ana Beatriz coleciona algumas vitĂłrias, entre elas o tĂ­tulo de campeĂŁ estadual, conquistado em Campo Grande e o de campeĂŁ regional, disputado em Ji-ParanĂĄ. Os 11 anos de luta da judoca sempe foram acompanhados de perto pelo pai, Alexandre Cano que tambĂŠm ĂŠ o seu treinador e hĂĄ alguns anos ensina outros adĂŠptos do esporte na Associação Cano de JudĂ´. “Sempre tive o incentivo da minha famĂ­lia e em epecial do meu

Neymar passou a encarar o isolamento nos treinos do PSG

A decisão do clube foi tomada para preservar o elenco Da Redação esportes@progresso.com.br

Ana Beatriz representa a Associação Cano de Judô e Ê treinada pelo pai desde os três anos pai. Esse Ê um esporte que faz parte da minha vida�, explica Ana Beatriz, que tambÊm segue os paços do irmão Giovani Cano que luta na categoria su-18. Acompanhada pela mãe Tatiane Cano, Ana Beatriz tem consciência que suas conquistas são frutos de muitos treinamentos e do esforço pessoal, mas que tambÊm passa pelo incentivo necessårio para garantir o seu acesso nas competiçþes. Para que isso seja possível, ela pecisa de apoio do poder público e

A IMAGEM de Alan Mendes

Daniel estĂĄ pronto para jogar

tambĂŠm das instuiçþes privadas. “Pelo meu desempenho consegui passagens para o Campenato Brasileiro que aconteceu no Rio de Janeiro. Mais do que nunca preciso de apoio financeiro para representar a minha cidade, o meu estado e tambĂŠm o meu PaĂ­s nos jogos que serĂŁo realizados no MĂŠxicoâ€?, ressalta Ana Beatriz. A judoca tambĂŠm relata que desde que começou a construir a sua histĂłrica no mundo dos esportes tem enfrentado muitos desafios,

principalmente em relação Ă falta de apoio financeiro. “Tudo que consegui atĂŠ aqui foi com muito esforçoâ€?, explica Ana Beatriz, reconhecendo a dedicação da familia que sempre esteve ao seu lado. Serviço: Os interessados em contribuir para que Ana Beatriz Martins Cano consiga participar do Campeonato Pan-Americano Sub-15 que acontece no MĂŠxico, devem entar em contato atravĂŠs do telefone (67) 9 9928.4277.

Na reserva, Gustagol pode deixar o TimĂŁo

Irredutível na decisão de deixar o Paris Saint-Germain, Neymar passou a encarar o isolamento em treinamentos do clube. O brasileiro agora faz treino separado do restante do elenco por tempo indeterminado. A tendência Ê de que essa seja a postura atÊ o fim das negociaçþes com Barcelona e Real Madrid - janela internacional de transferências termina dia 2 de setembro. A medida da diretoria do PSG, juntamente com a comissão tÊcnica, entrou em vigor na segunda-feira, e tem como justificativa criar um bem-estar no elenco que estå focado em defender o clube na temporada. Nesta quarta-feira, Neymar foi ao centro de treinamento do PSG para treinar em dois períodos, sem ir ao campo, estando

Palmeiras vai retirar tela do setor visitante

REPRODUĂ‡ĂƒO

Daniel Alves foi regularizado no BID (Boletim Informativo DiĂĄrio) da CBF nesta quarta-feira e estĂĄ liberado para jogar pelo SĂŁo Paulo. O prĂłximo jogo do Tricolor no Campeonato Brasileiro serĂĄ no domingo, dia 18, Ă s 16h, contra o CearĂĄ, no estĂĄdio GR0RUXPEL'DQLHO$OYHVQĂ‚RMRJDXPDSDUWLGDRÄ&#x;FLDOGHVGHD Ä&#x;QDOGD&RSD$PĂ’ULFDQRGLDGHMXOKR'HOĂ€SDUDFĂ€RMRJDGRU estava de fĂŠrias no nordeste do Brasil. Seu primeiro treino pelo SĂŁo Paulo foi na Ăşltima quarta-feira , e ele precisa de um tempo maior de preparação fĂ­sica atĂŠ estar apto.

O jogador teve seu nome ligado ao Bologna, da ItĂĄlia

A falta de visibilidade ĂŠ provocada por uma rede, que foi colocada no Allianz

Da Redação esportes@progresso.com.br

Da Redação esportes@progresso.com.br

Gustagol Ê, hoje, um dos favoritos a deixar o Corinthians nesta temporada para movimentar o caixa do futebol alvinegro. Alvo de diversas sondagens, o jogador teve seu nome ontem (14) ligado ao Bologna, da Itålia. Segundo o jornalista italiano Gianluca Dimarzio, o Timão teria recusado 5 milhþes de euros (R$ 22,2 milhþes) e exigido algo em torno de 8 milhþes de euros (R$ 35,5 milhþes). Na terça, o diretor Duílio Monteiro Alves disse que ainda hå risco de saídas na atual janela de transferências, mas tambÊm afirmou que o clube ainda não recusou propostas

No último domingo, durante o empate entre Palmeiras e Bahia por 2 a 2, a torcida baiana reclamou da falta de visibilidade no setor visitante do Allianz Parque, e após consenso com o Procon-SP (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo), o clube resolverå o problema. A falta de visibilidade Ê provocada por uma rede, que foi colocada no setor visitante do estådio por ordem da Polícia Militar, para que não fossem arremessados objetos nos setores inferiores. No entanto, de acordo com Fernando Capez, presidente do Procon-SP, o Palmeiras

Atacante negocia saída por ninguÊm. Destaque do Fortaleza em 2018, Gustagol voltou ao Timão em janeiro e teve bom primeiro semestre. Com dez gols e três assistências, Ê o artilheiro do elenco, mesmo tendo perdido espaço para Vagner Love e Boselli por uma lesão muscular. De volta no fim de julho, tem jogado pouco. Gustagol tem 45% dos direitos ligados ao Corinthians.

na academia do clube acompanhado de profissionais da preparação física . O último treinamento coletivo de Neymar aconteceu no såbado. Nele, o jogador participou apenas de alguns minutos deixando o campo com relatos de dores na perna após uma pancada, segundo explicação do treinador Thomas Tuchel. Pouco depois, o diretor do PSG, Leonardo, comunicou que o brasileiro não seria relacionado para a estreia do time no Campeonato Francês, por conta das negociaçþes em andamento e de um trabalho de condicionamento físico. Oficialmente, o PSG avisa que a postura do clube com relação a Neymar Ê a mesma passada por Leonardo no final de semana, destacando que o brasileiro tem um planejamento particular por conta da lesão sofrida no tornozelo. O futuro de Neymar segue indefinido. O PSG fez jogo duro em negociação com o Barcelona.O clube não topa negociar o brasileiro por quantia menor que os 222 milhþes de euros pagos por sua contratação hå dois anos.

prometeu retirar a tela antes da prĂłxima partida no Allianz, diante do Fluminense, no dia 10 de setembro. “Entramos em contato com o presidente do Palmeiras, MaurĂ­cio Galiotte, conversamos com ele e ele se comprometeu a retirar as telas para o prĂłximo jogoâ€?, disse. A ira dos torcedores do Bahia viralizou por meio das redes sociais, com vĂ­deos e fotos sendo publicados. De acordo com os visitantes, durante o jogo o clube havia disponibilizado apenas uma ficha de reclamação para preenchimento. â€œĂ‰ impossĂ­vel ver o jogo e eles (Palmeiras) nĂŁo se prontificaram a restituir o valor do ingresso. Um ingresso carĂ­ssimo de R$ 110. Vou fazer a reclamação nesse papel em branco, porque ĂŠ o que me deramâ€?, diz um torcedor em um trecho do vĂ­deo que circula nas redes sociais.


8

Dourados, quinta-feira 15.8.2019 O PROGRESSO

Entrevista Eugenia Barthelmess - Diretora do Departamento da América do Sul do Ministério das Relações Exteriores

Embaixadora acredita em entendimento entre Brasil e Paraguai sobre Itaipu José Romildo, Agência Brasil De Brasília Maior geradora de energia elétrica do mundo e com 46 anos de existência, a Usina de Itaipu enfrenta um impasse causado pela inexistência de um contrato de compra de energia pela Administração Nacional de Eletricidade (Ande), empresa estatal de energia do Paraguai, e pela Eletrobras. Por causa da falta do contrato, a empresa está impedida de emitir faturas desde o início do ano. O fato é inédito desde que a binacional começou a operar, em 5 de maio de 1984. Em entrevista exclusiva à Agência Brasil, a diretora do Departamento da América do Sul do Ministério das Relações Exteriores, embaixadora Eugenia Barthelmess, disse que o problema pode ser resolvido por meio de um acerto técnico entre os dois países com vistas a definir um cronograma de contratação de suprimento de energia para a usina no período de 2019 a 2022. Para que haja acerto entre Brasil e Paraguai, é necessário porém que a Ande concorde em contratar a potência energética a ser utilizada a cada ano e que efetivamente pague por essa utilização. De acordo com a embaixadora, não é isso o que tem acontecido. Nos últimos anos, a Ande estava adotando a prática de subdimensionar a previsão de sua demanda de energia de Itaipu. Como precisava a cada ano de mais energia do que efetivamente havia contratado, a empresa paraguaia acabava utilizando a cota de compra da Eletrobras. Isso provocou transtornos financeiros devido à necessidade de desembolso da empresa paraguaia. Para tentar resolver o problema, Brasil e Paraguai assinaram uma ata, em 24 de maio de 2019, com o objetivo de definir o aumento gradual do volume de potência contratada pela Ande e assim amenizar o impacto do pagamento da energia pela empresa paraguaia. Mesmo com esse acerto, o país vizinho usou seu direito de renunciar aos termos do documento assinado e declarou a ata sem efeito. Porém, no mesmo documento, os dois países acertaram a continuidade das negociações. A embaixadora Eugenia Barthelmess acredita no sucesso da continuidade dos negócios. Segundo ela, “a relação Brasil-Paraguai é de uma importância que transcende esse problemas específicos”. Para a embaixadora, o Brasil tem a visão mais otimista da condução desse assunto no âmbito da relação bilateral. “Eu acredito que para o Paraguai também”, disse.

FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL

Entrevista Leia a seguir os principais trechos da entrevista com a embaixadora Eugenia Barthelmess:

$*¢1&,$%5$6,/3RUTXH %UDVLOH3DUDJXDLDLQGDQäR FKHJDUDPDXPDFRUGRVR EUHRIRUQHFLPHQWRGHHQHU JLDGH,WDLSX" EUGENIA BARTHELMESS: A Itaipu é propriedade conjunta do governo paraguaio e do governo brasileiro. A energia que é produzida pela Usina de Itaipu é adquirida pela Eletrobras, no Brasil, e pela Ande, no Paraguai. Nos últimos anos, a Ande estava adotando a prática de subdimensionar a previsão de sua demanda de energia de Itaipu – a prática de subcontratar em relação à sua demanda efetiva. Para se ter uma ideia, nos últimos quatro anos, a potência que a Ande contratou de Itaipu aumentou 6,7%, não chegou a 7%. Nesses mesmos quatro anos, a energia que a Ande efetivamente usou de Itaipu aumentou em 41,4%. Então, o consumo real de energia aumentou 41,4%, nos últimos quatro anos, mas o volume de contratação pela Ande aumentou apenas 6,7%. Isso levou a um problema técnico na usina, porque, além de utilizar a parcela majoritária da energia excedente de Itaipu, a Ande chegou a consumir energia contratada pela Eletrobras, energia vinculada à potência contratada pela Eletrobras. Isso aconteceu em três ocasiões no ano passado. Em três meses do ano passado, a Ande consumiu energia contratada pela Eletrobras. Isso causou naturalmente um prejuízo à Eletrobras. A Eletrobras e a Ande passaram então a se dedicar a resolver esse problema técnico. A procurar definir um cronograma de contratação de potência. O Anexo C do acordo previu lá atrás, no ano de 1973, que esses cronogramas de contratação de potência deveriam ter 20 anos de extensão. Só que isso nunca foi feito. Depois houve um arranjo que os cronogramas deveriam ter 10 anos. Também nunca foi feito um cronograma de 10 anos. Depois os cronogramas deveriam ser anuais. O fato é que ultimamente não havia cronograma anual nem nada. Não havia uma programação do volume de energia que cada empresa compradora poderia contratatar. Então sentaram-se a Ande e a Eletrobras em um esforço de contornar esse problema técnico e definir um cronograma de potência mensal, que fosse, mas um cronograma para permitir uma mínima previsibilidade da potência a ser contratada.

Frases “O problema pode ser resolvido por meio de um acerto técnico entre os dois países com vistas a definir um cronograma de contratação de suprimento de energia para a usina no período de 2019 a 2022” “Nos últimos anos, a Ande estava adotando a prática de subdimensionar a previsão de sua demanda de energia de Itaipu”

 4XDODVROXÀäRSRO§WLFD EXVFDGDSHORVGRLVSD§VHV" Os dois países chegaram a um documento político que se chamou Ata Bilateral, que foi assinado em 24 de maio de 2019. Esse documento buscou evitar que aconteça novamente essa situação em que a Ande se apropia de energia contratada pela Eletrobras. Esse documento tentou definir aumento gradual do volume de potência contratada pelo Paraguai. Por que gradual? Porque, se fosse súbito, isso significaria um impacto talvez excessivo para os cofres da Ande. O pleito da Eletrobras era que houvesse um aumento único que correspondesse à defasagem verificada ao longo dos últimos anos. O resultado da negociação não foi esse. Foi a definição de aumento de contratação de potência pelo Paraguai gradual, a pedido do lado paraguaio, para não impactar subitamente os recursos da Ande. Gradual a uma razão de 12% ao ano, ao longo dos próximos quatro anos. No último dia da negociação, a Ande, na pessoa de um de seus engenheiros, propôs o seguinte: esse aumento gradual deveria ser feito na base de um gatilho. Esse gatilho funcionaria da seguinte maneira: vamos supor que, em um determinado ano, a Ande não tivesse o aumento de 12% em relação ao ano precedente. Vamos dizer que fosse menor. Então, não seriam cobrados os 12% naturalmente. Consumiu menos, paga menos. Mas, se consumisse mais de 12% em relação ao ano ante-

rior, aí pagaria mais. No último dia da negociação, a Ande propôs, e o lado brasileiro acolheu, o seguinte pedido deles: um freio de 6%, que funcionaria para o patamar superior. Vamos supor que, em um ano X, a Ande gastou mais 12% de energia em relação ao ano anterior. Pagou 12%. Mas aí chega um momento em que a Ande gastou, vamos dizer, 30% a mais do que no ano anterior. No raciocínio do gatilho, pagaria 30%. No raciocínio que a Ande conseguiu fazer valer, pagaria os 12% mais 6%. Ou seja, nunca passaria de 18% a despesa que a Ande teria, independentemente do aumento real de consumo da Ande. Por que isso foi pedido pela Ande no último dia? Como mais uma maneira de preservar os interesses dos cofres da Ande. Vamos supor que, em um determinado ano de grande demanda paraguaia por energia, eles ultrapassassem os 12% numa proporção X, o pedido da Ande é que nunca seria maior essa variação para cima do que 12+6=18. Houve a maneira gradual, flexível, com que isso foi negociado pelo lado brasileiro, e a maneira hábil e eficiente com que isso foi negociado pelo lado paraguaio. O lado paraguaio defendeu seus interesses, o governo brasileiro flexibilizou os seus próprios interesses. Porque é do interesse do governo brasileiro manter uma relação positiva em Itaipu e com o governo paraguaio como um todo. É um país importante para nós. É uma relação bilaterial importante para nós. Nós temos uma série de

projetos muito importantes com o Paraguai na área de combate ao crime transnacional, na área de integração da estrutura física, na área de saúde, nós temos o interesse mais amplo na relação bilateral do que em um determinado problema técnico em Itaipu. Mas esse problema tem de ser resolvido porque a empresa está sem faturar desde o início do ano. Alcançado esse acordo, era preciso traduzir o acordo em forma de contrato. No momento de transformar em contrato o compromisso político, os representantes da Ande passaram a propor a reabertura do compromisso político assumido pelas chancelarias. Restabeleceu-se um impasse.

2LPSDVVHJHUDGRSHOROD GRSDUDJXDLR" Eu não me atreveria a interpretar os acontecimentos do lado paraguaio ou a natureza da crise política que se manifestou no lado paraguaio. Mantendo sempre o foco na natureza do documento, construído para resolver um problema técnico, que é a ata de 24 de maio, com relação a esse documento, na imprensa paraguaia houve uma cobertura que não correspondia à real natureza do documento. Argumentou-se que teria havido uma negociação secreta, quando eu nunca participei de uma negociação secreta. Com tantos atores de cada lado, com tantos negociadores de cada lado, é difícil imaginar que a negociação pudesse ser de natureza secreta. Lemos, por exemplo, que te-

ria havido um pleito paraguaio de que a ata devesse conter um elemento que permitisse à Ande a venda direta de energia no mercado brasileiro. Isso jamais foi objetivo de pleito paraguaio. Isso jamais esteve sobre a mesa de negociação pela razão de que isso não é permitido nos termos do Tratado de Itaipu. Essa negociação é voltada para resolver um problema técnico específico. A possibilidade de que uma determinada empresa pública ou privada pudesse vender energia da Ande no mercado brasileiro, e que essa empresa não fosse a Eletrobras, essa possibilidadde teria de decorrer de uma revisão do corpo do Tratado de Itaipu. O que seria uma negociação de uma importância, de uma complexidade, de um peso político tão extraordinário, e que seria certamente uma negociação que passaria pelo Congresso dos dois países. Não seria uma negociação para resolver um pequeno problema técnico circunscrito. Eu digo pequeno, no sentido de específico e circunstrito, porque na verdade está causando pela primeira vez na história da empresa um problema de caixa. A empresa não pode faturar os seus serviços.

&RPRDVHQKRUDYæDGHFLVäR GR3DUDJXDLGHWHUUHQXQFLD GRDFXPSULUD$WD%LODWHUDO" Ocorre que o governo paraguaio, em um gesto a que tem todo o direito como Estado soberano, comunicou ao governo brasileiro, no dia 1º de agosto, que aquela ata de 24 de maio estava considerada sem efeito, do ponto de vista paraguaio. É um direito que assiste ao governo paraguaio. Que temos diante de nós? Naquele mesmo documento em que o governo paraguaio declarou unilateralmente que a ata de 24 de maio estava sem efeito, os dois governos instruíram as suas instâncias técnicas a continuar os entendimentos ou a retomar os entendimentos com vistas a equacionar esse problema de que é preciso definir um cronograma de contratação de potência para a usina no período de 2019 a 2022. É nesse ponto em que estamos. $VHQKRUDDFUHGLWDTXHKD MDXPLPSDVVHQDVQHJRFLD À¸HV" Não acredito nisso. Acredito que os dois países vão encontrar uma solução técnica, correta e politicamente aceitável para a usina, que é um bem comum aos dois países. Uma usina gigantesca, campeã mundial de energia limpa, de energia barata, energia renovável, que serve ao desenvolvimento aos dois países. Que é propriedade comunitária condominial dos dois países, que é uma agenda positiva, que só traz benefícios aos dois países. O que nós temos aqui é uma questão pontual e técnica, que precisa ser resolvida. Acredito que vai ser resolvida em algum momento ao longo dos próximos meses. O problema tem solução. Acredito que a solução será alcançada porque a relação Brasil-Paraguai é de uma importância que transcende esse problemas específicos. O Brasil tem a visão mais otimista da condução desse assunto no âmbito da relação bilateral, que é muito importante para o Brasil, e eu acredito que para o Paraguai também.


Decisão

Cidades

Produtores são inocentados de uso agrotóxico em aldeias

Bataguassu faz 65 anos e inaugura ampla rodoviária

3»*

3»*

Mandato

DIA A DIA

Prefeito de Caarapó defende projetos em Brasília 3»*

Dourados, quinta-feira 15.8.2019 O PROGRESSO PAULO FERNANDES

MS receberá o 2º maior repasse para segurança Ministro Sérgio Moro disse que o Estado terá 5,24% do Fundo Nacional de Segurança Pública; atrás apenas de São Paulo, que receberá 6,66% De Campo Grande Em audiência com o governador em exercício Murilo Zauith, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, garantiu a Mato Grosso do Sul o segundo maior percentual do País do Fundo Nacional de Segurança Pública, 5,24%; atrás apenas de São Paulo, que receberá 6,66%. A previsão anual para o Fundo é de R$ 1,7 bilhão, o que representa R$ 89 milhões para o Estado. A reunião aconteceu ontem, em Brasília. “Mato Grosso do Sul vai ser o segundo Estado do país mais

contemplado com recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública. O ministro Sergio Moro entende que o estado cumpre grande papel na segurança pública”, afirmou Mu-

Mesmo sendo um estado fronteiriço, Mato Grosso do Sul é o estado que mais elucida homicídios no Brasil rilo Zauith. O governador em exercício falou ao ministro das particularidades de Mato Grosso do Sul, que faz fronteira com dois países e abriga mais de 7

Ministro Sérgio Moro fez compromisso ao governador em exercício Murilo Zauith mil presos por crimes federais e defendeu um trabalho conjunto para garantir a segurança da população e o combate ao tráfico de drogas e armas. “Vamos trabalhar conjuntamente, governo federal e estadual”, acrescentou. Mesmo sendo um estado fronteiriço, Mato Grosso do Sul é o estado que mais elucida homicídios no Brasil, definindo a autoria, materialidade e efetuando prisão do envolvido. O índice de 73% se iguala à taxa de resolução dos órgãos de segurança dos países de primeiro mundo, conforme pesquisa do Instituto Sou da Paz.

Marçal sugere força-tarefa para salvar a saúde em Dourados Deputado quer mobilizar bancada estadual e federal em prol ao município De Dourados Diante da crise financeira que assola a administração municipal de Dourados, o deputado estadual Marçal Filho (PSDB) sugere uma força-tarefa com a participação de deputados estaduais e federais, senadores, governo do estado e governo federal, para salvar a saúde pública. Médicos do Hospital da Vida e da UPA 24 horas estão com salários atrasados e as equipes de enfermagem e administrativa terão salários parcelados até o fim do ano. Diante da crise, os ser-

vidores da Fundação de Saúde (Funsaud) tiveram ontem (13) o corte de hora extra e sem o quantitativo necessário de funcionários para atender a demanda de pacientes, a saúde pode entrar em colapso. A preocupação do deputado sobre a saúde não é de agora. “Chegamos a uma situação de quase calamidade. Os servidores de todas as áreas da prefeitura, conforme anunciou a administração municipal, deverão ter os salários parcelados até dezembro e isso causa preocupação. Educadores já iniciaram a operação tartaruga, liberando os estudantes mais cedo, e agora com o funcionalismo da saúde, sem cumprir hora extra, correremos o risco de ampliar ainda

mais a dificuldade de atendimento no Hospital da Vida e na UPA”, diz Marçal Filho. Ao ocupar a tribuna na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira (14), o deputado mostrou preocupação principalmente na área da saúde e conclamou os demais parlamentares a buscar uma solução. “Mas precisamos que a administração municipal de Dourados tome a iniciativa de assumir essa frente de trabalho, para expor a realidade do município em números e apresentar a real situação financeira para se criar projetos e buscar recursos”, explicou o deputado. O município de Dourados tem recursos para 2019 de

Por meio do programa MS Mais Seguro, o Governo do Estado investiu mais de R$ 130 milhões na segurança pública adquirindo viaturas, equipamentos, munições, contratando servidores e implantando núcleos de inteligência no interior. Aeroporto A ampliação do Aeroporto de Dourados foi discutida ontem pelo governador de Mato Grosso do Sul em exercício, Murilo Zauith, e pelo secretário nacional de Aviação Civil, Ronei Saggioro Glanzmann. Apesar da notícia de contingenciamento

ordem de R$ 1 bilhão. O deputado quer saber como tem sido aplicado esse recurso e como está a situação da Funsaud, autarquia responsável pela administração da UPA e Hospital da Vida. A entidade está afundada em crise com dívidas milionárias desde 2015 e os recursos de quase R$ 5 milhões que recebe por mês não têm sido suficiente para honrar as despesas. Dourados é responsável por atender 34 municípios da região e este tem sido um dos gargalos para não fechar as contas da saúde, crescente a cada ano. Na avaliação de Marçal Filho, é preciso criar parceria para buscar solução neste momento, com a participação do Governo do Estado e Governo Federal, mas o município deve assumir essa frente. “Não podemos mais assistir os problemas que só aumentam”, declarou, ao citar o caso de pacientes renais

de emenda de bancada, Ronei afirmou que a obra segue o cronograma, e Murilo Zauith garantiu empenho do Governo do Estado. A intenção é ter a obra concluída até 2022. “Dourados é um aeroporto importante do ponto de vista de planejamento do setor do transporte aéreo no Brasil. Temos um TED (Termo de Execução Decentralizada) em andamento, junto com o Exército, no montante de R$ 49 milhões e agora estamos fazendo os últimos ajustes no projeto, no licenciamento ambiental, para que já no mês de dezembro consiga se instalar lá na locali-

dade, com seu canteiro de obra, e dê inicio às obras finalzinho de dezembro, início de janeiro. Então, a coisa está caminhando bem. Temos ainda alguns detalhes a resolver de burocracia, principalmente relacionado a licenciamento ambiental, mas estamos aí dentro do cronograma e estamos caminhando bem”, afirmou o secretário Nacional. Ronei disse ainda que a participação do governo de Mato Grosso do Sul tem sido fundamental para a aviação regional. Murilo contou que vai buscar uma parceria com a prefeitura de Dourados para concluir as obras.

LUCIANA NASSAR

Deputado teme colapso na saúde com a crise na prefeitura

crônicos que não encontram mais vagas para tratamento de hemodiálise, essencial para terem qualidade de vida. Atualmente a prefeitura mantém convênio com duas clínicas que ofertam 213 vagas,

quantitativo insuficiente. Por causa disso, cerca de 20 pacientes que poderiam apenas fazer a sessão de hemodiálise e ir para casa, estão vivendo dentro do Hospital da Vida e do Hospital Universitário.


2

Dourados, quinta-feira 15.8.2019 2352*5(662

Dia a Dia REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Carlito do Gás pede abertura de Ceim até janeiro DIVULGAÇÃO

2HVSDÍRHGXFDFLRQDO YDLRFXSDUXPDÀUHD GHPHWURV De Dourados

$GHFLVÂRWDPEÒPDğUPDTXHRVVHUYLÍRVGHVDĎGHGDÀUHDQÂRUHFHEHUDPLQGâJHQDVFRPRVVLQWRPDVGHVFULWRV

Juiz livra produtores acusados de pulverizar agrotóxico sobre índios 0DJLVWUDGRFRPSDURXRXVRGHagrotóxicos ao combate à dengue: “atividade não pode ser suprimida, pelo bem da coletividade”. MPF estuda recurso. De Dourados progresso@progresso.com.br O Ministério Público Federal (MPF) em Mato Grosso do Sul estuda recurso contra decisão da 1ª Vara da Justiça Federal de Dourados, que considerou improcedente a ação por danos morais coletivos no valor de R$ 286.582,00 contraprodutores rurais de Dourados. Eles são acusados de pulverizar agrotóxicos sobre o Território Indígena Guyra Kambi’y, na região de Dourados, em 6 de janeiro de 2015, afetando crianças e adultos da comunidade, que apresentaram dores de cabeça e garganta, diarréia e febre. O MPF ajuizou ação civil pedindo o estabelecimento da multa, que iria ser revertida para programas de saúde e de educação, além do acompanhamento da saúde

e monitoramento mensal da qualidade do solo e da água utilizada pela comunidade, durante 10 anos. Na decisão, o magistrado aceitou a afirmação dos acusados, de que pulverizaram adubo foliar e não agrotóxico, e que a aeronave agrícola apli-

20LQLVWÒULR3ĎEOLFR )HGHUDO 03) HP 0DWR*URVVRGR6XO HVWXGDUHFXUVRFRQWUD decisão cou o produto a pelo menos 12 metros de distância do território indígena. Para ele, “há atividades que não podem ser suprimidas sem grave prejuízo à coletividade. O próprio combate à dengue, por exemplo, exige, muitas vezes, aplicação por pulverização de inseticida pelas ruas da cidade, para matar o mosquito”.

Para o magistrado, para causar dano à saúde, a aplicação de agrotóxico “deveria ser de forma não ocasional nem intermitente”. Ou seja, uma única aplicação de agrotóxico sobre aldeia indígena não é considerada irregularidade. Para o MPF, a Instrução Normativa nº 02/2008, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento é clara, ao determinar que não é permitida “a aplicação aérea de agrotóxicos em áreas situadas a uma distância mínima de 500 metros de povoações, cidades, vilas, bairros, de mananciais de captação de água para abastecimento de população”. No caso da aplicação aérea de fertilizantes e sementes, “em áreas situadas à distância inferior a 500 metros de moradias, o aplicador fica obrigado a comunicar previamente aos

moradores da área”. Indígenas de Guyra Kambi’y alegam que, a partir de 2013, o uso de agrotóxicos junto à comunidade se intensificou e que ele é aplicado tanto de trator quanto de avião. A decisão também afirma que os serviços de saúde da área não receberam indígenas com os sintomas descritos. Para o MPF, a explicação está na distância do posto de saúde mais próximo, a 2 km de caminhada. Dificilmente alguém que está sofrendo os efeitos da contaminação por agrotóxicos consegue caminhar tal distância. Em depoimento, o cacique Ezequiel João alega que, em alguns casos, os indígenas utilizam remédios naturais, como raízes, para resolver a situação. Só quando os meios naturais são ineficazes, eles recorrem aos serviços de saúde.

O vereador Carlito do Gás (Patriota) afirmou esperar que seja ativado já no início do próximo ano letivo o Ceim (Centro de Educação Infantil Municipal) construído no bairro Parque das Nações I. O espaço educacional vai ocupar uma área de 1.200 metros quadrados e disponibilizar inicialmente 90 vagas em cada turno, em uma estrutura ampla, com refeitório, cozinha, nove salas de aula com berçário, uma sala de tecnologia e banheiros adaptados para portadores de necessidades especiais. “A Prefeitura deve agilizar os trâmites legais como as compras das empresas vencedoras das licitações, a instalação dos equipamentos e mobílias e outros procedimentos necessários para equipar e ativar o CEIM, de forma que já no próximo ano letivo os pais tenham onde deixar seus filhos”, diz o vereador que defende que o CEIM funcione em período integral. Carlito afirmou que vai se empenhar junto à prefeita Délia Razuk (PR) e à Secretaria Municipal de Educação para que o CEIM seja ativado no início do ano que vem e também lutar pelo período integral. “Primeiro porque é um compromisso de campanha da prefeita, que, como mulher e mãe, teve a sensibilidade de incluir esse modelo de educação infantil em seu Programa de Governo”, re-

Bebeto cobra recursos para duplicação da Coronel Ponciano 9HUHDGRUWHP PRELOL]DGRRJRYHUQR GR(VWDGRHGHSXWDGRV De Dourados progresso@progresso.com.br O vereador Bebeto (PL) cobrou novamente a destinação de recursos visando a duplicação da Rua Coronel Ponciano e implantação de um viaduto no trevo de acesso à rodovia MS-156, no conhecido “Trevo do DOF”. O cruzamento, localizado entre a Rua Coronel Ponciano e a BR-163, serve de acesso ao Distrito Industrial, Chácara Cidélis aos bairros

Jardim Guaicurus e aos conjuntos habitacionais Harrison de Figueiredo e Dioclécio Artuzi. Durante a sessão de segunda-feira (12) ele apresentou indicação à prefeita Délia Razuk, ao governador Reinaldo Azambuja, aos deputados da bancada federal e estadual e as senadores que representam o Estado, apontando a necessidade urgente de verbas destinadas à duplicação da Rua Coronel Ponciano, partindo do Cemitério Municipal Santo Antonio de Pádua ao Distrito Industrial de Dourados e a construção de um viaduto substituindo a rotató-

ria localizada no cruzamento com a BR 163. Bebeto cita os recentes casos de acidentes com vítimas fatais na via, como exemplo a morte do mototaxista Francisco de Assis Silva, conhecido “Amarelo”, ocorrida no dia 9. “Apesar dos inúmeros acidentes ocorr idos, poucas ações efetivas aconteceram no intuito de aumentar a segurança desta da Rua Coronel Ponciano como no Trevo do DOF, sobretudo na preservação de vidas”, alertou. O vereador ressalta ainda outra dificuldade enfrentada pelos motoristas no período

DIVULGAÇÃO

9HUHDGRU%HEHWRFLWRXYÀULRVDFLGHQWHVGHWUÂQVLWRQRORFDO

noturno, principalmente para quem segue ao Distrito Industrial, como rodovia mal sina-

lizada e escura, dificultando o acesso aos dois lados da via. “Como se não bastasse o peri-

9HUHDGRUSHGHDJLOLGDGHQD DWLYDÍÂRGH&HLPHP'RXUDGRV cordou. “Segundo, porque é uma tendência nacional que leva em conta a necessidade de inserção da mulher mãe de crianças pequenas no mercado de trabalho. A maioria das vagas é em horário comercial, o que acaba por ‘empurrar’ essas mães para o subemprego, pois muitas não têm com quem deixar seus filhos no horário em que não estão na creche”, afirmou o vereador. “Como a estrutura física está praticamente pronta e a licitação já foi concluída, esperamos agilidade da Prefeitura e que o CEIM entre em funcionamento o mais breve possível para que as mães do bairro tenham um lugar seguro para deixar seus filhos”, reforçou Carlito do Gás, que tem atuado para que os Ceims já existentes tenham estrutura adequada, tomando medidas efetivas como a destinação de emendas impositivas (de execução obrigatória) para que estas unidades de educação infantil tenham bebedouros, ar condicionado, lavadoras, armários e outros equipamentos que beneficiam tanto as crianças como os servidores nelas lotados.

go na travessia da rodovia, no período noturno ainda é pior, considerando a falta de iluminação neste cruzamento, reforçando ainda mais nossa solicitação”, enfatizou. A indicação protocolada na Câmara Municipal foi encaminhada a prefeita Délia Razuk (sem partido), com cópias ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB), aos deputados estaduais, Neno Razuk (PTB), Renato Câmara (MDB), Zé Teixeira (DEM), José Carlos Barbosa, o Barbosinha (DEM), e Marçal Filho (PSDB), aos deputados que compõe a bancada federal do NS e aos senadores Nelsinho Trad (PTB), Soraya Thronicke (PSL) e Simone Tebet (MDB).


3

Dourados, quinta-feira 15.8.2019 O PROGRESSO

Dia a Dia

Festival AmĂŠrica do Sul Pantanal

acontece em novembro Evento serĂĄ realizado entre os dias 14 e 17 de novembro em CorumbĂĄ. DeverĂĄ ser mantido o concurso “Soy Loco Por Ti AmĂŠricaâ€?, com a participação de estudantes das escolas pĂşblicas DIVULGAĂ‡ĂƒO

O Festival AmĂŠrica do Sul Pantanal (Fasp) acontecerĂĄ entre os dias 14 e 17 de novembro em CorumbĂĄ. A confirmação ĂŠ da presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Mara Caseiro, que comandou audiĂŞncia pĂşblica para ouvir sugestĂľes da população e classe artĂ­stica do municĂ­pio e da cidade vizinha, LadĂĄrio. â€œĂ‰ importante discutirmos com a comunidade para sabermos o que as pessoas al-

naturais, alÊm de um destaque especial para os grupos carnavalescos e para a identidade fronteiriça da região. Nossos tÊcnicos vão avaliar as sugestþes e vamos atender o que for possível�, detalha Mara Caseiro. Ela tambÊm se reuniu com o prefeito de Corumbå, Marcelo Iunes, o presidente da Fundação de Cultura de Corumbå, Joilson Cruz, e o secretårio de Governo, Cåssio Augusto da Costa Marques, para discutir

“ A classe artĂ­stica nos pediu ainda a inserção da periferia e arte de rua na programaçãoâ€?, diz Mara Caseiro

Festival terĂĄ envolvimento de instituiçþes que trabalham com polĂ­ticas DÄ&#x;UPDWLYDVQRVVHJPHQtos LGBT e negro

mejam para o Festival. É fundamental o envolvimento da sociedade, dos artistas locais para termos um evento que contemple todos os segmentos culturais, que seja plural e bastante democråtico�, afirma. Um dos principais pedidos Ê a participação massiva da classe artística de Corumbå e Ladårio no Fasp 2019, alÊm da contratação de mão de obra local para as atividades de produção e execução de atividades durante o evento.

detalhes e projeçþes sobre o evento. A edição do ano passado do Festival AmÊrica do Sul Pantanal (FASP), teve 17 horas diårias de programação gratuita e cerca de 200 atividades culturais desenvolvidas por artistas e personalidades de dez países da AmÊrica do Sul. Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela, alÊm do Brasil, estiveram presentes nesta grande festa de intercâmbio sul-americano.

EspetĂĄculo “O Homem Que Sabia JavanĂŞsâ€? em apresentação no Festival AmĂŠrica do Sul TambĂŠm foi solicitada a manutenção do concurso “Soy Loco Por Ti AmĂŠricaâ€?, com a participação de estudantes das escolas pĂşblicas e privadas da regiĂŁo, a reedição de evento gastronĂ´mico com possĂ­vel inclusĂŁo da Cozi-

nha Show (a exemplo do que jå aconteceu no Festival de Inverno de Bonito), alÊm do envolvimento de instituiçþes que trabalham com políticas afirmativas nos segmentos LGBT e negro, incluindo as religiþes de matriz africana.

HORĂ“SCOPO TOURO

De 21/03 a 20/04

De 21/04 a 20/05

Dia dos mais propĂ­cios Ă s relaçþes sociais e pessoais. Os assuntos Ä&#x;QDQFHLURVSRUĂ’PGHYHUĂ‚RVHU tratados amanhĂŁ, quando suas possibilidades de sucesso serĂŁo maiores. O seu magnetismo pessoal do perĂ­odo, vai atrair pessoas.

De 21/05 a 20/06

LEĂƒO

VIRGEM

De 22/07 a 22/08

De 23/08 a 22/09

Um novo estímulo e visão, poderão alterar o roteiro dos acontecimentos no dia de hoje, passando a lhe proporcionar mais amplas possibilidades de êxito. Você estå vivendo um ótimo dia. Deixe que seu entusiasmo se fortaleça.

LIBRA

ESCORPIĂƒO

De 23/09 a 21/10

De 23/10 a 21/11

Este ĂŠ o dia realmente ideal para vocĂŞ. Vai progredir no campo SURÄ&#x;VVLRQDOHÄ&#x;QDQFHLUR2DPRU tambĂŠm estĂĄ em excelente aspecto astral. Toda e qualquer chance de melhorar em sua carreira deverĂĄ ser aproveitada.

'LDLPSRUWDQWHHEHQĂ’Ä&#x;FR Excelente para progredir materialmente. Os aspectos planetĂĄrios, deixam vocĂŞ com maiores possibilidades de realizar com melhor ĂŞxito, os seus empreendimentos pessoais. SAGITĂ RIO De 22/11 a 21/12

Demonstre firmeza, convicção e mais confiança em si, que conseguirå, neste dia, influenciar pessoas importantes ao seu progresso e prosperidade profissional e material. Contudo, evite precipitaçþes. Faça prevalecer seu otimismo e receberå reais benefícios.

CAPRICĂ“RNIO

AQUĂ RIO

PEIXES

De 22/12 a 20/01

De 21/01 a 19/02

De 20/02 a 20/03

VocĂŞ tende a se sentir preso aos relacionamentos pessoais. Hoje, vocĂŞ poderĂĄ ter uma ideia brilhante e promissora de sucesso. Mas, somente a coloque em prĂĄtica quando tiver certeza de uma boa chance. Continue cauteloso.

O Quarteto Toccata formado pelos violonistas campo-grandenses Jardel Tartari, Marcos AraĂşjo, Rafael Salgado e Pieter Rahmeier, iniciam nesta quinta-feira, uma sĂŠrie de concertos em AsunciĂłn, o o grupo estĂĄ realizando o lançando e divulgação do seu primeiro CD, “Paisagens Brasileirasâ€?. SerĂŁo realizados quatro Concertos em diversas instituiçþes culturais de AssunciĂłn no Paraguai de hoje atĂŠ sĂĄbado e no dia 4 de setembro o Quarteto embarca para o Rio de Janeiro, onde realizarĂĄ apresentação em um dos principais palcos da mĂşsica brasileira na atualidade, o Espaço Cultural do Banco Nacional de Desenvolvimento EconĂ´mico e Social (BNDES). O Quarteto Toccata concorreu Ă vaga por meio de edital pĂşblico com vĂĄrios grupos do Brasil e foi classificado em primeiro lugar na sua categoria). O CD “Paisagens Brasileirasâ€? tem obras inĂŠditas de Marco Pereira, Rodrigo Vitta, Ernst Mahle, Eduardo Martinelli, Clarice Assad, JoĂŁo Luiz e transcriçþes de Ernani Aguiar e de Edmundo Villani-CĂ´rtes.

Todos os assuntos importantes, particularmente os de ordem Ä&#x;QDQFHLUDVHWUDWDGRVFRP interesse e inteligĂŞncia, obterĂŁo os mais excelentes resultados. Deve evitar se sobrecarregar nos afazeres.

CĂ‚NCER

˜WLPDLQÄ XĂ“QFLDDVWUDODWĂ’R prĂłximo dia onze, ao casamento ou uniĂŁo, ao noivado, namoro, as novas associaçþes e para lucrar em negĂłcios junto ao sexo oposto. Todavia, tome cuidado com rivalidades e inimigos declarados.

De Campo Grande

GĂŠMEOS

De 21/06 a 21/07

NotĂ­cias e novidades com maior LQWHUHVVHSRGHPVXUJLUQRÄ&#x;QDO deste dia. Ao tratar de negĂłcios com outras pessoas, saiba avaliar suas possibilidades e as dos outros. AtĂŠ depois de amanhĂŁ, algo poderĂĄ dar muito lucro.

Grupo se apresenta em setembro no Espaço BNDES no Rio de Janeiro

PALAVRAS-CRUZADAS DIRETAS

Ă RIES Mantenha-se calmo e tranquilo ao LQYĂ’VGHÄ&#x;FDUQHUYRVRHLQTXLHWR por qualquer coisa que possa nĂŁo lhe agradar. Saiba, pois, que estĂĄ vivendo uma fase bastante positiva. VocĂŞ estarĂĄ muito crĂ­tico nos seus relacionamentos pessoais.

“A classe artĂ­stica nos pediu ainda a inserção da periferia e arte de rua na programação, divulgação de açþes de combate Ă violĂŞncia contra a mulher e iniciativas que incentivem a preservação e conservação dos recursos

Quarteto Toccata faz Concertos em AssunciĂłn

Grandes chances de ascensĂŁo e brilho artĂ­stico. Aproveite as prĂłximas horas para manifestar seus pensamentos relacionados com as pessoas que lhe querem bem e tratar de assuntos relacionados a noivado e casamento.

Saiba tirar proveito das situaçþes que se apresentarem. Hoje, seu objetivo principal serå fortalecer os laços sociais que completam sua auto expressão. É hora de começar a resolver as suas questþes pendentes.

SOLUĂ‡ĂƒO DO NÂş ANTERIOR


4

Dourados, quinta-feira 15.8.2019 O PROGRESSO

Dia a Dia DIVULGAÇÃO

Bataguassu faz 65 anos e inaugura ampla rodoviária Construção demandou recursos de R$ 2.428.405.76 milhões por meio de emenda parlamentar de Geraldo Resende e contrapartida da Prefeitura DIVULGAÇÃO

De Dourados progresso@progresso.com.br

Construído na Rodovia BR267, cruzamento com a MS395, trevo de acesso à BR-267, quilômetro 32 (acesso a Anaurilândia), o Terminal Rodoviário “Vlademir Kubik” foi inaugurado ontem pelo prefeito Arlei Caravina e pelo deputado federal licenciado (atual secretário estadual de Saúde) Geraldo Resende, entre outras autoridades locais e regionais. A construção da rodoviária de Bataguassu demandou R$ 2.428.405.76 milhões, por meio de emenda parlamentar indicada por Geraldo Resende, no valor de R$ 1,17 milhão e contrapartida do município de R$ 1,3 milhão. A administração municipal também re-

O chefe do Poder Executivo municipal de Caarapó está buscando liberar recursos De Dourados

Ao comemorar 65 anos de emancipação, Bataguassu ganha um dos mais belos cartões postais alizou todas as intervenções no entorno, como pavimentação asfáltica e acessos. Com área construída de 1.380 metros quadrados, o novo terminal conta com sete guichês para venda de passagens, praça de alimentação com três lanchonetes, guarda volumes, espaço para duas lojas, sanitários, estacionamento, além de cinco plataformas para ônibus (embarque e desembarque). Todo o projeto é dotado de dispositivos de acessibilidade. Deverão atuar no terminal as empresas Viação Motta, Viação Andorinha, Viação São Luiz, Guerino Seiscento Transportes e o operador Henrique Fernandes, com ponto de parada ou origem/ destino em Bataguassu.

Douradina destaca serviço de prótese dentária Serviço oferecido pela prefeitura completa um ano de bom atendimnento De Dourados progresso@progresso.com.br Nesta quarta-feira (14) se completou um ano de implantação dos serviços de prótese dentária em Douradina. Desde sua abertura, o atendimento já proporcionou sorrisos e realizou sonho de dezenas de usuários do Sis-

Prefeito de Caarapó

defende projetos em Brasília

Um dos poucos municípios do país que ainda não possuía um terminal rodoviário, Bataguassu conquista essa estrutura após 65 anos de sua fundação. Além de ser um espaço indispensável para receber os visitantes e para os que viajam para outras regiões, a construção muda totalmente o perfil urbano da cidade, tornando-se um dos mais belos cartões postais de Mato Grosso do Sul.

Com área construída de 1.380 metros quadrados, o novo terminal conta com sete guichês para venda de passagens

Prefeito André Nezzi com o deputado federal Fábio Trad

tema único de Saúde do Município. Ofertado pela Prefeitura Municipal, em convênio firmado com um laboratório da cidade, os serviços iniciaram com o objetivo de atender uma grande e antiga demanda. “Inúmeros eram os pacientes que sentavam na cadeira do meu consultório necessitando de uma prótese dentária, mas que não possuíam condições financeiras para fazer esta aquisição. Com a graça de Deus, através

Atualmente os pontos para embarque e desembarque em Bataguassu funcionam em garagens de empresas ou em frente de estabelecimentos comerciais. Com a nova rodoviária, a expectativa é melhorar a recepção aos visitantes e proporcionar conforto e segurança aos viajantes. “É motivo de satisfação garantir investimentos de grande importância como a rodoviária de Bataguassu. Esta cidade há muito ressentia a falta de um local próprio para o embarque e desembarque de passageiros” afirma Geraldo Resende. “Esse empreendimento vai representar uma nova porta de entrada do município, fortalecendo o turismo e elevando o potencial econômico da cidade”, comemora.

da Administração Municipal e Secretaria de Saúde, nas pessoas do prefeito Jean Sérgio e da Secretária Angela, o serviço foi implantado em nossa cidade e hoje já reduziu significativamente essa fila de pacientes”, conta a dentista Liz Elaine Belo, odontóloga no Município há muitos anos e hoje responsável pelas “instalações” de próteses dentárias juntamente com a odontóloga Thais Ponce. O Ministério da Saúde habilitou o Município a ofertar 20 próteses por mês, dobrando o número de pacientes a serem contemplados no período de 30 dias, segundo a Secretaria de Saúde.

Durante a cerimônia de inauguração, o secretário Geraldo Resende também entregou móveis e equipamentos destinados a sete unidades de saúde e de um veículo destinado à Secretaria Municipal de Saúde. Entre os aparelhos, constam uma autoclave, um bisturi elétrico e um oxímetro de pulso. Entre as mobílias estão cadeiras, mesas e longarinas. Todos os equipamentos e mobílias foram adquiridos por meio de emenda individual de R$ 300 mil, apresentada por Geraldo Resende junto ao Orçamento Geral da União 2019, que inclui ainda um aparelho de ultrassonografia, o qual será entregue no próximo mês de outubro, durante a inauguração da Clínica da Mulher de Bataguassu.

O prefeito de Caarapó, André Nezzi (PSDB), cumpre agenda em Brasília tratando de interesses do município. O dirigente caarapoense está mantendo uma série de reuniões com representantes de Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional e em órgãos federais. O chefe do Poder Executivo municipal de Caarapó está buscando liberar recursos que estão travados em órgãos da administração federal para a conclusão de obras em andamento no município, como o centro de Educação Infantil da Comunidade São Jorge, e para a ampliação da frota de veículos, como caminhão caçamba, caminhão para coleta de lixo e pá-carregadeira. “Seguimos nossa peregrinação, levando aos representantes da nossa

bancada federal, na Câmara e no Senado, os projetos que cadastramos nos ministérios e contamos com apoio deles para liberação. Também trataremos das nossas solicitações e dos nossos vereadores a cada parlamentar para as emendas do orçamento de 2020”, disse o mandatário.

O dirigente está mantendo uma série de reuniões com representantes de MS no Congresso Nacional André Nezzi disse estar “muito confiante” no sucesso de sua ida à Capital federal, especialmente por conta do “bom relacionamento” mantido com os representantes de Mato Grosso do Sul na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. “Como de outras vezes, temos recebido um cordial atendimento dos nossos parlamentares, tendo demonstrado grande sensibilidade às causas da nossa população”, destacou o prefeito. O dirigente diz acreditar que “muito em breve” poderá anunciar novidades para o município.


O PROGRESSO

Dourados, quinta-feira 15.8.2019

1

Imóveis

2

Apartamentos

3

CLASSIFICADOS

Veículos e utilitários

4

Veículos importados

5

Motos

6

Diversos

7

Telefones

8

Empregos e oportunidades


CLASSIFICADOS

2

O PROGRESSO

Dourados, quinta-feira 15.8.2019 86324

R. JOÃO R. GOES 2180 Imob. Gondim Creci-6862-J . 99665-0492

86359

PORTO MADERO 365M²

Terrenos

Esquina excelente localização. 99863-7008

86378

86323

RES. GRAMADOS

PQ. ALVORADA CARRO

03 qtos, c/ A.E.+ esp. Gourmet integrados, aceito troca, veiculos. Opção Imóveis Creci-9485 Tel:99903-3313 ou 98403-4728

Troca terreno x carro. Creci-2645. Tel: 99971-1320

JD. das Palmeiras entrada + 84 parcelas sem juros. Imob. Gondim Creci-6862-J. 99971-1320

03 suites, c/ close e moveis planejados, Imob. Gondim. Creci-6862- J Tel: 99971-1320

85981

Novo Pq. Alvorada e Sta Fé, entrada + 72 parcelas fixas sem juros. Imob. Gondim Creci-6862-J Tratar: 34210034 ou 99971-1320

SOBRADO JD. GIRASSOL

1

Imóveis

86317

CASA VL. PROGRESSO 3 Dorm. 2 salas, coz, pisc. sc. Gondim. Creci- 2645-J Tel: 3421-0034 ou 99665-0492.

Casa-Aluga 85070

3 E 4 QTOS R$890,00 Jd. A. Boa W-13 nº1315. 1/2 Qd. Mov.Rosa. 999525959 86397

3 PEÇAS PRÓX. Evangelico, Quitinete R$600,00 livre. 984381433 85147

BNH-I PLANO 1.180,00 1 apto, 2 qtos, garagem. Rua: R. G. do Sul, 75. 99952-5959 86336

CASA BNH- 2ºPLANO 1 suite, 02 qtos, 2 slas, coz, garagem 3 carros, A. Serv. R$1.600,00. 99971-6201 / 99810-5152 86346

CASA NOVA STA FÉ Nova 185 mts, troco parcelo. 99971-4496 86060

JD EUROPA R$2.690,00 01 suite, 03 qtos, salas, edicula. Tratar: 999525959 85493

KITINET 03 PEÇAS Jardim Colibri. R$400,00Luciano 99908-7260 86330

KITINET R$600,00 1 qto, banh e coz. c/ Energia inclusa p/ 1 pessoa. 98433-8611 part. 86409

KITINETES LEGAL Jd. Colibri e 4º plano. R$400,00 Regi 998258765.

Casa-Venda 84507

CASA ECOVILLE

86325

COLÉGIO IMACULADA 05 suites, 4 slas, Creci-2645. Tel: 99971-1320 86360

86131

15147

R. João Fagundes nº4.185 Creci—2645. Tel: 999711320 86219

MORADAS DOURADOS Cond. fechado R$103 mil. 99972-9200

CHÁCARA ÁREA DE

R. Ranulfo Saldivar, 1425. 01 suite, 02 dom, coz, todos c/ar e moveis planejados. Creci-2645. Tel: 99971-1320 86129

NV. PQ. ALVORADA R. Reinaldo Biachini nº1470. Imob. Gondim Creci-6862-J Tel: 34210034 ou 99971-1320 86343

ÓTIMA CASA NOVA

86392

CHÁCARA URBANA

ESCRITÓRIO AUDITÓRIO Por hora ou mensal. 999856759.

Comercial - Venda 86377

ÁREA COMERCIAL Casa Rua: Missionarios esq. c/ Monte Alegre. 525 m². Opção Imóveis Creci-9485 Tel: 99903-3313 ou 98403-4728 83308

COMERCIAL CENTRO Av. Weimar G. Torres, Esquina, excelente localização. Opção Imoveis Creci-9485 F.99903-3313 ou 984034728

86379

PORTAL DOURADOS Proj. moderno diferenciado, 02 suites + 02 apto esp. goumert, piscina aquec. Opção Imóveis Creci-9485 Tel: 99903-3313 / 98403-4728 86318

PQ. ALVORADA R$490 mil. 01 suite c/ ar, 2 dorm. piscina. Imob. Gondim Creci-2645-J Tel: 99665-0492 ou 3421-0034

PRÓX. COLÉGIO IMAC R. Gustavo A. Pavel, 953. 05 suites. Imob. Gondim Creci-6862-J Tel: 999711320 86350

CASA PORTAL DOURADOS

PRÓX. IMACULADA

Imob. Gondim Creci-6862-J Tel: 3421-0034 ou 99971-1320

Rua: Ipiranga, 1219. Creci-6862-J Tel: 99971-1320

WEIMAR G. TORRES 525m², sub esquina c/ General Osório. Tel: 998637008

Fazendas 86398

Lavoura. São G.do Oeste. 8,5 milhões. Telefone para contato: 98438-1433 86294

100 ALQUEIRES Jateí, pasto mista. Telefone para contato: 991530054

Sítios 86399

Montada, agua cor rente. Telefone para contato: 98438-1433

86286

VECTRA 2.2 8V 00 120.000 km, original gls. Tel: 99943-8286

96924

VENDO TERRENO Em Cruzaltina 12x30 à 60 mts do asfalto, com água e energia fone 99642-4000 86393

02 TERRENOS

Terreno no Vival dos Ipés. Lote-23,24. Tel: 999307342 Transfiro o finac.

2

86403

ALPHAVILLE

Compro terreno á vista. Trt. 99293-0944 86395

CAMPO DOURADO 200m², quitado. R$60.000,00 Trt.98467-6580 86218

ECO PARK CAARAPÓ

Apartamentos

Fechado 434 m², esquina excelente p/ investimento. Quitado da financiamento, aceito troca. 98467-6580. 86348

GREENVILLE 10 X 25 Esquina, R$40 mil + parc. R$414,00 Tel: 998510730. 86322

GUAICURUS ASFALTO 86375

PORTO MADERO 300M²

Quitado, Quadra 31 projeto aprovado. Opção Imoveis. Creci-9485 Tel: 999033313 ou 98403-4728

Branco, Carreta LS Noma 2015, preta. Telefone para contato: 99653-7356 só venda 86388

S-10 2015 PRET. Dupla Diesel. R$75.500,00 Trt. 99655-9983

86282

QUERO TRABALHAR

85961

STRADA CAB.E. 11/11

Apto-Aluga

Volksvagem 86408

86332

APTO PARTICULAR 02 qtos c/ arm. emb. 99963-0016 / 98433-8611 86331

APTO MOBILIADO 02 qtos, part. 99963-0016 / 98433-8611

Apto-Venda

POLO HATCH R$9.850,00 comp. preto, sem troca. Telefone para contato: 99245-2822

4

Mitsubishi

85860

INVESTIDOR Alto padrão em Maringá/ PR com 264 m², novo, duas vagas de garagem, 3 suites com sacada, sendo 1 closet. Com persianas automatizadas. Tratar: (44) 99125-2228.

86335

PAJERO FULL 3.8 V6 Blindado ano 2003 gasolina 4 x 4 automática em estado de nova pego carro no negócio. (67) 9929711260- Joel.

86371

QUERO TRABALHAR Diarista 3 x na semana. 99826-8288-Carla

Venda, instalação, manutenção. 99693-2844.

QUERO TRABALHAR

86373

86353

BALCÃO REFRIGERADO

Diarista 2 x ou 3 x semana. 99669-9701

Vendo, 130 mts, Refrimate. R$1.300,00 Tel:998051777

QUERO TRABALHAR

86221

EKILIBRIO MARMITARIA Delever y, convencional e marmita fit. 99876-6798 aceita cartões. taxa unica entrega 2,00. 99876-6798

86386

Doméstica, 3 x na semana ou todos os dias. 996130755 / 99822-8079 86355

QUERO TRABALHAR Diarista. 99887-6453-Edniz 84741

QUERO TRABALHAR Diarista 3x na semana. 99674-0878

Macho e Femea c/ 40 dias. Telefone para contato: 99985-6975.

ED. ROYAL- UNIGRAN Pr onto para morar c/ elevador execelente investimento. Creci- 6862J. Telefone para contato: 99971-1320

69231

Procuro trabalho em Sitio, Chácara ou Fazenda. Leiteiro ou ser viços gerais. 99999-1480

AR CONDICIONADO

FILHOTES SHITZU

APTO RESD. ITAVERA

86233

INDIO GIGANTE Reprodutores Matrizes, pintinhos e ovos da raça Indio Gigante. Trt. 99855-8779.

86344

86361

02 qtos, aceito carro valor R$120.000,00. Tel: 998637008.

86400

Animais

Veículos importados

Procura-se Emprego

ATENÇÃO LEITOR GOLPISTAS estão postando anúncio nesse espaço se oferecendo para trabalhar como diarista ou doméstica e quando são contratadas acabam praticando furtos em residências ou empresas. Antes de contratar qualquer pessoa por meio de anúncio, procure se informar junto à Polícia Civil sobre os antecedentes da pessoa interessada na vaga. O jornal O PROGRESSO não tem qualquer responsabilidade sobre o comportamento ético das pessoas que anunciam em seu classificado.

86402

86351

Auxiliar de Dentista tem experiência na área. 999811353- Silvana.

O contratante deverá solicitar referências do contratado.

MB 1938 ANO 2015

Completa. R$6.000,00 financiada 27 parcelas de R$980,00. Telefone para contato: 99696-8149

Quitado 12 x 25, R$42 mil. 99972-9200

GOLDEN PARK COND.

6

S-10 LTZ 2013 CINZA

86396

Sitioca, próx. Embrapa. 98438-1433

Partida eletrica doc. pago. 99972-7120

PALIO 07/07 PRATA

Flex. R$65 mil. 999851218, só venda.

Jd. Dubai, no asfalto com toda infra estrutura,cada terreno mede 11 x 40. Valor 65.000,00 cada. Fone: 3426-5042 ou 99971-0750

20 X 50 R$45.000,00

86271

BIZ 125 PRETA 10/10

86390

Utilitários

86384

86406

QUERO TRABALHAR

Diversos

Fiat

TERRENO EM BONITO

VENDO OU TROCA-SE

R$65 mil. Creci- 6862-J Tel: 3421-0034

30 HAS PASTO

2014, R$35.500,00. Trt. 99928-3702

Taruma Hipica park 20 x 50 R$90 mil. Condominio fechado. 99971-9200

Terreno- Porto Unique, ótima localização. R$30.000,00 Aceito carro. Tel: 992030515

86394

1.000 HAS PASTO

86387

SPIN PRATA AUT.

4 pts com ar-cond. 4 pneus novos. 99994-7375

VENDO DIREITO DE

Vendedor e Cobrador. Curriculo para: dourados@ agenteomni.com.br

Motos

Tel: 98110-

86292

86333

86358

VL Indust., 03 qtos, R$450 mil. Creci-9491 Cel.984052947.

86220

Lazer. R$500 mil, aceito troca. 99655-9983

86320

NOVO PQ. ALVORADA

Á 80 mts, Av. 5.000m², 50 x 100 R$ 180 mil. 999004490 Creci-485

86329

CORSA 97/98 R$4.500,00 5653

86374

86389

JD.EUROPA 2 TERRENOS

5

Necessario ter mais de 40 anos e não ter filhos, disponibilidade para morar em Rancho próximo á Itaporã. Falar com Junior- 999833545 ou email para: contato@chialvobalanças.com.br

FINANCEIRA CONTRATA

86362

PRÓX. AV. GUAICURUS

5ha. MS-276, próx. Rio Dourados.

Comercial - Aluga

86132

PROMOÇÃO DE LOTES Terra Dourada entrada + 72 parc. fixas s/ juros. Imob. Gondim. Creci-6862-J Tratar: 99971-1320

CHÁCARA 9952-1844

JARDIM STA FÉ

86067

85980

Chácaras

Apto, 02 qtos, 2 garagens. 99642-3561

ESQUINA JD. MÔNACO 336m², const. facilito pagamento. 99863-7008

86319

Área 210 m², 01 suite e 02 Apar tamentos com aquecimento solar, espaço gourmet. 99987-0291 ou 98118-5464

R. Floriano Peixoto,1915. Com 02 lotes. Imob. Gondim Creci-6862-J Tel: 99971-1320

Pq. das Nações II, 40 x 200 Ótima para plantio, ou para construir área de lazer, aceito terreno no negócio, valor 350.000,00 reais. Fone: 3426-5042 ou 99971-0750

62.000,00 km, s/ detalhe. 99943-8286.

Chevrolet

PROMOÇÃO DE LOTES

86321

Em construção, 03 suites e demais dependencias. Imob. Gondim Creci-6862-J Tel: 3421-0034 ou 99971-1320

SW-4 15/15 PRETA

Veículos e utilitários

85979

86130

86128

86285

PROMOÇÃO DE LOTES

SOBRADO ECOVILLE I

CASA PORTO MADEIRO

3

86391

CONTRATA-SE CASEIRO

Toyota

8

86407

QUERO TRABALHAR procura serviço de tratorista, fazenda, sitio, chácara ou leiteria. 99686-5158 ou 99685-0839 whats. 86356

QUERO TRABALHAR

Empregos e oportunidades

Doméstica, diarista, ou serviços gerais. 99933-4159 86404

QUERO TRABALHAR Casal procura serviço de caseiro em fazenda. (67) 99630-2304 ou 993955181 86370

Renault

86167

CONTRATA-SE

86385

CLIO 08/09 COMPLETO Cor prata. Trt. 99601-7608

Doméstica ou Diarista c/ ref. R$ 1.200,00 menos de 40 anos. Telefone para contato: 99972-2395.

QUERO TRABALHAR Para trabalhar de Guarda noturno ou serviços gerais jardineiro. 99929-4284-Francisco 86381

QUERO TRABALHAR Faxina apartamento escritório, comercio, residencia lava e passa 02 ou 3 x na semana tem ref. mora VL. Industrial tem moto. 999339906- Sueli. 86372

QUERO TRABALHAR Diarista, doméstica, auxiliar de limpeza c/ exp. ref. 99820-2452-Lidia 86313

QUERO TRABALHAR Auxiliar em Restaurante, diaria meio periodo para serviços gerais, faxina ou auxiliar de cozinha na parte da manhã. 99628-1849 86305

QUERO TRABALHAR Diarista 2 x ou 3 x na semana. Telefone para contato: 99669-9401 86401

QUERO TRABALHAR Diaria e ser viços gerais. 99639-5206 ou 998839834 86238

QUERO TRABALHAR Em fazenda, serviços gerais, exp. c/ gado. 999146480 ou 99962-5134 86380

QUERO TRABALHAR Procura serviço de Motorista,.CNH- AE Curso Mopp. contato (67)99177-1616Miro. 86382

QUERO TRABALHAR Doméstica, ajudante de cozinha. 99617-2773 86357

QUERO TRABALHAR Doméstica, diarista ou serviços gerais. Telefone para contato: 99601-0318 86281

QUERO TRABALHO Doméstica para fazenda ou firma para morar. Tel: 99828-0630


ATOS OFICIAIS ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL DE DOURADINA

Data

Dourados, quinta-feira 15.8.2019

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL DE DOURADINA

FUNDO MUNICIPAL DE SAUDE DE DOURADINA MS CNPJ: 15.309.267/0001.32 RUA DOMINGOS SILVA - 0000044 - CENTRO Telefone (000)0000-0000

Extrato de Empenhos

Extrato de Empenhos

12/08/2019

O PROGRESSO

CNPJ: 15.469.193/0001.00 AVENIDA PRESIDENTE DUTRA, 982 - 0000000 - CENTRO Telefone (000)0000-0000

CNPJ: 15.469.193/0001.00 AVENIDA PRESIDENTE DUTRA, 982 - 0000000 - CENTRO Telefone (000)0000-0000

Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

3

406/2019 Tipo: OrdinĂĄrio Data: 12/08/2019 SequĂŞncia: 406 5 02.008.08.244.0013.2032-339030000000 30 Outros Materiais de Consumo 99 Outros Materiais de Consumo 45 ZENI PEREIRA DA SILVA MARTINS DESPESAS COM AQUISICAO DE MANGUEIRAS DE JARDIM PARA USO NA SEDE DA SECRETARIA, ABRIGO E CONSELHO TUTELAR, CONFORME CONSTA NAD 492, 493 E 579/2019 -OBJETO DO PREGAO 39/2019 ARP 24/2019

HistĂłrico

Valor

Empenho

199,20

Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

Data

12/08/2019

Extrato de Empenhos

408/2019 Tipo: Ordinårio Data: 12/08/2019 Sequência: 408 25 02.008.08.244.0013.2035-339032000000 32 Material, Bem ou Serviço para Distribuição Gratuit 00 14 IRMAOS SARRUF LTDA DESPESAS COM AQUISICAO DE DIVERSOS GENEROS ALIMENTICIOS PARA FORMACAO DE CESTA BASICA PARA DISTRIBUICAO GRATUITAS AS FAMILIA EM SITUACAO DE VULNERABILIDADE CONFORME CONSTA LISTA EM ANEXO - NAD 608/2019 - OBJETO PREGAO 16/2019 ARP 11/2019

HistĂłrico

Valor

Empenho

341,90

Data

476/2019 Tipo: Ordinårio Data: 12/08/2019 Sequência: 477 35 03.010.10.301.0020.2047-339030000000 30 Material de Limpeza e Produção de Higienização 22 Material de Limpeza e Produção de Higienização 228 MBP COMERCIO DE ALIMENTOS EIRELI DESPESAS COM AQUISICAO DE AROMATIZADOR DE AR E SABAO EM BARRA PARA CONSUMO NAS UNIDADES DE SAUDE DO MUNICIPIO, CONFORME NAD 557/2019 - PREGAO 18/2019 ATA 13/2019

HistĂłrico

12/08/2019

Valor

Empenho

152,60

Resumo do Empenho:

Resumo do Empenho:

Resumo do Empenho:

Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

Valor Empenhado: 199,20

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Valor Empenhado: 341,90

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Valor Empenhado: 152,60

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Saldo Empenhado: 199,20

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 199,20

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo Pago: 0,00

Saldo Empenhado: 341,90

Saldo Pago: 0,00

Saldo Empenhado: 152,60

Saldo Pago: 0,00

Saldo a Liquidar: 341,90

Saldo a Pagar: 341,90

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 152,60

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo a Pagar: 199,20

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 341,90

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo a Liquidar: 199,20

Saldo a Liquidar: 152,60

Saldo a Pagar: 152,60

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

Data

407/2019 Tipo: Ordinårio Data: 12/08/2019 Sequência: 407 19 02.008.08.244.0013.2034-339030000000 30 Gêneros de Alimentação 07 Gêneros de Alimentação 14 IRMAOS SARRUF LTDA DESPESAS COM AQUISICAO DE PRODUTOS ALIMENTICIOS PARA CONSUMO NO PROGRAMA DE FORTALECIMENTO DE VINCULO - (TERCEIRA IDADE) CONFORME NAD 613/2019 0 PREGAO 16/2019 ARP 11/2019

HistĂłrico

Valor

Empenho

906,10

Resumo do Empenho: Valor Empenhado: 906,10

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Saldo Empenhado: 906,10

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 906,10

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo Pago: 0,00

Saldo a Liquidar: 906,10

Saldo a Pagar: 906,10

Data

12/08/2019

HistĂłrico

Valor

83,50

Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

Data

477/2019 Tipo: Ordinårio Data: 12/08/2019 Sequência: 478 35 03.010.10.301.0020.2047-339030000000 30 Gêneros de Alimentação 07 Gêneros de Alimentação 228 MBP COMERCIO DE ALIMENTOS EIRELI DESPESAS COM AQUISICAO DE DIVERSOS PRODUTOS HORTIFRUTIS PARA CONSUMO NO GRUPO DE CONTROLE DE OBESIDADE - ESF II, CONFORME NAD 563/2019 - PREGAO 17/2019 - ATA 12/2019

HistĂłrico

12/08/2019

Valor

Empenho

96,40

Resumo do Empenho:

Valor Empenhado: 83,50

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Valor Empenhado: 96,40

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Saldo Empenhado: 83,50

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 83,50

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo Pago: 0,00

Saldo Empenhado: 96,40

Saldo Pago: 0,00

Saldo a Pagar: 83,50

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 96,40

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo a Liquidar: 83,50

Saldo a Liquidar: 96,40

Saldo a Pagar: 96,40

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

FUNDO MUNICIPAL DE SAUDE DE DOURADINA MS

FUNDO MUNICIPAL DE SAUDE DE DOURADINA MS

FUNDO MUNICIPAL DE SAUDE DE DOURADINA MS CNPJ: 15.309.267/0001.32 RUA DOMINGOS SILVA - 0000044 - CENTRO Telefone (000)0000-0000

CNPJ: 15.309.267/0001.32 RUA DOMINGOS SILVA - 0000044 - CENTRO Telefone (000)0000-0000

Extrato de Empenhos

Extrato de Empenhos

Extrato de Empenhos

Data

409/2019 Tipo: Ordinårio Data: 12/08/2019 Sequência: 409 5 02.008.08.244.0013.2032-339030000000 30 Gêneros de Alimentação 07 Gêneros de Alimentação 14 IRMAOS SARRUF LTDA DESPESAS COM AQUISICAO DE PRODUTOS ALIMENTICIOS PARA CONSUMO NA SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTENCIA, CONFORME NAD 612/2019 0 PREGAO 16/2019 ARP 11/2019

Empenho

CNPJ: 15.309.267/0001.32 RUA DOMINGOS SILVA - 0000044 - CENTRO Telefone (000)0000-0000

12/08/2019

Extrato de Empenhos

Extrato de Empenhos Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

Resumo do Empenho:

Total Alunado Emp.: 0,00

Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

CNPJ: 15.309.267/0001.32 RUA DOMINGOS SILVA - 0000044 - CENTRO Telefone (000)0000-0000

CNPJ: 15.469.193/0001.00 AVENIDA PRESIDENTE DUTRA, 982 - 0000000 - CENTRO Telefone (000)0000-0000

Extrato de Empenhos

12/08/2019

FUNDO MUNICIPAL DE SAUDE DE DOURADINA MS

FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL DE DOURADINA

CNPJ: 15.469.193/0001.00 AVENIDA PRESIDENTE DUTRA, 982 - 0000000 - CENTRO Telefone (000)0000-0000

Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL DE DOURADINA

478/2019 Tipo: Ordinårio Data: 12/08/2019 Sequência: 479 35 03.010.10.301.0020.2047-339030000000 30 Material de Limpeza e Produção de Higienização 22 Material de Limpeza e Produção de Higienização 54 IRMAOS SARRUF LTDA DESPESAS COM AQUISICAO DE DIVERSOS MATERIAIS DE LIMPEZA CONSTANTE NA NAD 614/2019 PARA CONSUMO DAS UNIDADE DE SAUDE DO MUNICIPIO - OBJETO DO PREGAO 18/2019 ARP 13/2019

HistĂłrico

Valor

Empenho

1.762,20

Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

Data

12/08/2019

479/2019 Tipo: Ordinårio Data: 12/08/2019 Sequência: 480 35 03.010.10.301.0020.2047-339030000000 30 Gêneros de Alimentação 07 Gêneros de Alimentação 54 IRMAOS SARRUF LTDA DESPESAS COM AQUISICAO DE DIVERSOS GENEROS ALIMENTICIOS PARA CONSUMO NO CAFE DA MANHA DOS SERVIDORES E POPULACAO NAS UNIDADES DE SAUDE DO MUNICIPIO, CONFORME CONSTA NA NAD 609/2019 PREGAO 16/2019 E ARP 11/2019

HistĂłrico

Valor

Empenho

443,80

Data

482/2019 Tipo: Ordinårio Data: 12/08/2019 Sequência: 483 16 03.010.10.301.0020.2028-339032000000 32 Material, Bem ou Serviço para Distribuição Gratuit 00 63 ORTIZ & FELTRIM LTDA - ME NOTA DE EMPENHO EMITIDA PARA ATENDER DESPESAS COM AQUISICAO DE MEDICAMENTOS DA LISTA DA ABC FARMA, PARA DISTRIBUICAO AOS PACIENTES POR ORDEM JUDICIAL E EMERGENCIAL. PREGAO 01/2019. ATA DE REGISTRO DE PRECOS 03/2019

HistĂłrico

12/08/2019

Valor

Empenho

5.668,25

Resumo do Empenho:

Resumo do Empenho:

Resumo do Empenho:

Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

Valor Empenhado: 1.762,20

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Valor Empenhado: 443,80

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Valor Empenhado: 5.668,25

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Saldo Empenhado: 1.762,20

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 1.762,20

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo Pago: 0,00

Saldo Empenhado: 443,80

Saldo Pago: 0,00

Saldo Empenhado: 5.668,25

Saldo Pago: 0,00

Saldo a Liquidar: 443,80

Saldo a Pagar: 443,80

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 5.668,25

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo a Pagar: 1.762,20

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 443,80

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo a Liquidar: 1.762,20

Saldo a Liquidar: 5.668,25

Saldo a Pagar: 5.668,25

(GLWDO

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

PREFEITURA DE DOURADINA MS CNPJ: 15.479.751/0001.00 Rua Domingos da Silva - 0000044 - Centro Telefone (067)3412-1155

1HX]HOL%HUQDUGLQRGRV6DQWRV6RDUHVWRUQDS~EOLFRTXHUHTXHUHXGR ,QVWLWXWRGH0HLR$PELHQWHGH'RXUDGRV 06 ¹,0$0D$XWRUL]DomR $PELHQWDO¹ $$ SDUDDWLYLGDGHGH9HQGDVGH3HUIXPDULDH$UWLJRV GH 3UHVHQWHV ORFDOL]DGD QD 5XD 'HPHFLDQR GH 0DWWRV 3HUHLUD 1ž  ¹ %DLUUR -DUGLP 1RYR +RUL]RQWH QR PXQLFtSLR GH 'RXUDGRV 06 1mRIRLGHWHUPLQDGR(VWXGRGH,PSDFWR$PELHQWDO

Extrato de Empenhos Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

AVISO DE LICITAĂ‡ĂƒO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS

Data

12/08/2019

TOMADA DE PREÇOS Nº 10/2019

668/2019 Tipo: Ordinårio Data: 12/08/2019 Sequência: 671 11 01.004.04.122.0005.2004-339039000000 39 Serviços Gråficos 63 Serviços Gråficos 1026 COM GRAF GRAFICA E EDITORA LTDA - EPP DESPESAS COM SERVICOS GRAFICOS PRESTADO NA CONFECCAO DE DIVERSOS IMPRESSOS CONFORME CONSTA NAD 623/2019 - OBJETO DO PREGAO 40/2019 ARP 25/2019. PARA USO DA SECRETARIA DE ADM E SEUS DEPARTAMENTOS

HistĂłrico

Valor

Empenho

2.311,65

Resumo do Empenho:

PROCESSO ADMINISTRATIVO NÂş 126/2019 TIPO: Menor Preço Global OBJETO: Contratação de empresa especializada para execução de mĂŁo de obra para implantação de 80 (oitenta) lĂłculos prĂŠ-moldados (jĂĄ adquiridos pelo municĂ­pio), no cemitĂŠrio vertical de Anaurilândia/MS, conforme projeto bĂĄsico e memorial descritivo integrante deste edital. DATA E HORĂ RIO DA SESSĂƒO PĂšBLICA: a sessĂŁo pĂşblica se darĂĄ no dia 02 (dois) de setembro de 2019, as 08h00min (MS) (oito horas), na Sala de Licitaçþes da Prefeitura do MunicĂ­pio de Anaurilândia-MS. O edital completo e informaçþes estĂŁo disponĂ­veis aos interessados no Departamento de Licitaçþes, na Rua Floriano Peixoto nÂş 1000, e pelo telefone (67) 3445-1110, no horĂĄrio das 08h00min Ă s 12h00min e das 14h00min Ă s 17h00min, e pelo endereço eletrĂ´nico: www.anaurilandia.ms.gov.br. Anaurilândia – MS, 14 de agosto de 2019. JosĂŠ Fonseca Neto Presidente da ComissĂŁo de Licitação

Valor Empenhado: 2.311,65

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Saldo Empenhado: 2.311,65

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 2.311,65

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo Pago: 0,00

Saldo a Liquidar: 2.311,65

Saldo a Pagar: 2.311,65

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA ^ÄžÄ?ĆŒÄžĆšÄ‚ĆŒĹ?Ä‚DƾŜĹ?Ä?Ĺ?ƉĂůĚĞĚžĹ?ĹśĹ?Ć?ĆšĆŒÄ‚Ä•Ä†Ĺ˝

$'-8',&$d­2+202/2*$d­2

AVISO DE LICITAĂ‡ĂƒO (Repetição) (Republicação por incorreção, publicado dia 08/08/2019 no jornal O Progresso) EXCLUSIVO - LC 123/2006 PROCESSO ADMINISTRATIVO NÂş 87/2019 PREGĂƒO PRESENCIAL NÂş 51/2019 A Prefeitura Municipal de Douradina, Estado de Mato Grosso do Sul, atravĂŠs da Pregoeira Oficial, torna pĂşblico para conhecimento dos interessados que farĂĄ realizar licitação na modalidade acima mencionada, do tipo Menor preço por lote, conforme disposiçþes das Leis nÂş 10.520/02, Lei nÂş 8.666/93, de 21/06/93, e suas alteraçþes posteriores e pelo Edital, que tem como objeto: contratação de empresa para prestação de serviços na realização de exames de Raio x e ultrassonografia em atendimento a secretaria municipal de SaĂşde do municĂ­pio de Douradina – MS, em sessĂŁo pĂşblica, Ă s 8:00 horas do dia 27 de agosto de 2019, na sala de licitaçþes, localizada a Rua Domingos da Silva n.Âş 1250 – Centro, Douradina – MS, onde serĂŁo recebidos os envelopes de proposta comercial e documentos de habilitação. O Edital estarĂĄ Ă  disposição dos interessados a ser retirada na Prefeitura Municipal de Douradina, sito na Rua Domingos da Silva n. Âş 1250 Centro, no horĂĄrio das 07:00 Ă s 12:00 horas e no site www.douradina.ms.gov.br Douradina – MS, 05 de julho de 2019 LUCIANA COSTA OREJANA TRINDADE – Pregoeira

(GLWDOGH3URFODPDV 

$'-8',&2H+202/2*2DLQH[LJLELOLGDGHIXQGDPHQWDGDQR³FDSXW´GRDUWGD/HL)HGHUDO Qž  DWUDYpV GR &UHGHQFLDPHQWR Q  SDUD DWHQGLPHQWR GH VHUYLoRV PpGLFRV QDV HVSHFLDOLGDGHVGH2UWRSHGLD9DVFXODU*LQHFRORJLD3HGLDWULD8URORJLD&DUGLRORJLD&OtQLFD *HUDO H 3VLTXLDWULD SHOR SHUtRGR GH  GR]H  PHVHV HP DWHQGLPHQWR j SRSXODomR FDUHQWH GR 0XQLFtSLRGH'RXUDGLQD06 352&(662 &5('(1&,$0(172 9$/25(67,0$'2727$/ WUH]HQWRVHRLWHQWDHTXDWURPLOUHDLV  35$=2PHVHV &5('(1&,$'26 &5('(1&,$'2 /6&/,1,&$0(',&$66

&13-&3) 

(63(&,$/,'$'( &/,1,&$*(5$/

 'RXUDGLQD06GHDJRVWRGH

/8,6$/%(572'(*$1,'(2/,9(,5$ 2),&,$/'25(*,6752&,9,/  

)$d26$%(5TXHKDELOLWDUDPSDUDILPGHFDVDPHQWR  

 RVFRQWUDHQWHV('8$5'2'(6$17('$6,/9$52'5,*8(6H7+$,6'26 6$17266,/9$2SUHWHQGHQWHQDVFHXHP'RXUDGRV(VWDGRGH0DWR*URVVRGR6XO DRVGH]  GHDJRVWR  GHXPPLOHQRYHFHQWRVHQRYHQWDH VHWH  WHFQyORJR HP UDGLRORJLD VROWHLUR ILOKR GH (GLUDOGR GRV 6DQWRV 5RGULJXHV H (GLQDOYD GH 6DQWH GD 6LOYD 5RGULJXHV GRPLFLOLDGR H UHVLGHQWH j 5XD 7RURUy Q¾  (VSODQDGD 'RXUDGRV 06 $ SUHWHQGHQWH QDVFHX HP 6mR 3DXOR (VWDGR GH 6mR 3DXOR DRV GH]HVVHWH   GH MXOKR   GH XP PLO H QRYHFHQWRV H QRYHQWD H VHWH   WHFQyORJD HP UDGLRORJLD VROWHLUDILOKDGH(VWHUGRV6DQWRV6LOYDGRPLFLOLDGDHUHVLGHQWHj5XD7RURUyQ¾ (VSODQDGD'RXUDGRV06    RV FRQWUDHQWHV 0$5&26 52*(5,2 '26 6$1726 H 0$5,$ $3$5(&,'$ '$17$62SUHWHQGHQWHQDVFHXHP&RURQHO%LFDFR(VWDGRGH5LR*UDQGHGR6XODRV YLQWHHQRYH  GHPDLR  GHXPPLOHQRYHFHQWRVHVHWHQWDHTXDWUR  WpFQLFR HP VHJXUDQoD GR WUDEDOKR VROWHLUR ILOKR GH 6HEDVWLDQD GRV 6DQWRV GRPLFLOLDGR H UHVLGHQWH j 5XD %HUQDUGLQR GH 0DWWRV 3HUHLUD Q¾  -DUGLP 1RYR +RUL]RQWH 'RXUDGRV06 $ SUHWHQGHQWH QDVFHX HP &DDUDSy (VWDGR GH 0DWR *URVVR GR 6XO DRV YLQWHHVHWH  GHMXOKR  GHXPPLOHQRYHFHQWRVHRLWHQWD  FRSHLUDVROWHLUD ILOKDGH$QWRQLR'DQWDVH0DULD6RDUHV'DQWDVGRPLFLOLDGDHUHVLGHQWHj5XD%HUQDUGLQR GH0DWWRV3HUHLUDQ¾-DUGLP1RYR+RUL]RQWH'RXUDGRV06   'RXUDGRV06GHDJRVWRGH   'DQXWWD)HUUHLUD$OYHV0LUDQGD 6XEVWLWXWD

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA Resultado de Licitação O MunicĂ­pio de Douradina/MS, torna publica aos interessados, os seguintes resultados: PregĂŁo Presencial: 50/2019 Objeto Contratação de empresa para prestação de serviço de (LRPD), especializada em prĂłtese dentaria a fim de suprir o programa brasil sorridente em atenção Ă Secretaria Municipal de SaĂşde de Douradina/MS, conforme especificaçþes constantes no Modelo de Proposta de Preço - ANEXO I e Termo de ReferĂŞncia - ANEXO II, do Edital Vencedor: WILSON GUSMĂƒO GONCALEZ R$ 90.000,00 Douradina - MS 13 de agosto de 2019. LUCIANA COSTA OREJANA TRINDADE - Pregoeira Termo de Adjudicação Nos termos do Art. 4Âş, Inciso XX da Lei Federal 10.520/02 a Prefeito, decidiu por adjudicar o objeto do PregĂŁo Presencial NÂş 50/2019 Vencedor: WILSON GUSMĂƒO GONCALEZ R$ 90.000,00 Douradina - MS 13 de agosto de 2019. JEAN SÉRGIO CLAVISSO FOGAÇA – Prefeito Termo de Homologação Nos Art. 4, inciso XXII da Lei Federal nÂş 10.520/02, o prefeito municipal, homologa o objeto do PregĂŁo Presencial: 50/2019 Objeto Contratação de empresa para prestação de serviço de (LRPD), especializada em prĂłtese dentaria a fim de suprir o programa brasil sorridente em atenção Ă  Secretaria Municipal de SaĂşde de Douradina/MS, conforme especificaçþes constantes no Modelo de Proposta de Preço - ANEXO I e Termo de ReferĂŞncia - ANEXO II, do Edital Vencedor: WILSON GUSMĂƒO GONCALEZ R$ 90.000,00 Douradina - MS 13 de agosto de 2019. JEAN SÉRGIO CLAVISSO FOGAÇA – Prefeito

-HDQ6pUJLR&ODYLVVR)RJDoD 35()(,72081,&,3$/

1Âş TABELIONATO DE PROTESTO DE TĂ?TULOS DA COMARCA DE DOURADOS EDITAL DE INTIMAĂ‡ĂƒO SĂŠrgio Julian Zanella Martinez Caro, TabeliĂŁo de Protesto da Comarca de Dourados - MS, FAZ SABER que se encontram para serem protestados os tĂ­tulos abaixo descritos. Por nĂŁo ter sido possĂ­vel ou cabĂ­vel a intimação pessoal no endereço fornecido pelo Apresentente, intima os devedores abaixo para pagar ou aceitar os tĂ­tulos, sob pena de protesto.

DATA LIMITE PARA PAGAMENTO 20/08/2019 1Âş TABELIONATO DE PROTESTO DA COMARCA DE DOURADOS - MS Av. Weimar G. Torres, 2077 - Centro - Telefones (67) 3422-0334 / (67) 99835-3467 (whatsapp) HorĂĄrio de atendimento: 08h Ă s 11h e das 13h Ă s 17h

PROTOCOLO 279.347-12/08/2019 279.257-12/08/2019 279.342-12/08/2019 279.360-12/08/2019 279.393-12/08/2019 279.397-12/08/2019 279.341-12/08/2019 279.290-12/08/2019 279.361-12/08/2019 279.309-12/08/2019 279.308-12/08/2019 279.288-12/08/2019 279.266-12/08/2019 279.267-12/08/2019 279.311-12/08/2019 279.351-12/08/2019 279.390-12/08/2019 279.283-12/08/2019 279.265-12/08/2019 279.354-12/08/2019 279.389-12/08/2019 279.256-12/08/2019

DEVEDOR NATUREZA/TĂ?TULO DMI / 3117 A P DE OLIVEIRA XAVIER ME CBI / 401171359 ANTONIO ALVES DE OLIVEIRA DMI / 51062019 ANTONIO LUIZ NOGUEIRA CDA / 91112008600 CARLOS HUMBERTO FERNANDES SILVA CDA / 13116005874 CARLOS HUMBERTO FERNANDES SILVA CDA / 13114005915 CONSTANCIA MARIA DE LIMA DMI / 000339829C DHE PRODUCOES LTDA ME DMI / 0021499602 DISVET COMERCIO E REPRESENTACOES CDA / 13513001127 DOURASER PRESTADORA DE SERVICOS DMI / 56422 FERST CENTRO AGRONOMICO PESQ E T DMI / 5689002 FERTILIZZA FERTILIZANTES EIRELI DMI / 4314707U GENESLAB CLASSIFICACAO VEGETAL LT DMI / 0431250101 JR PRESTADORA DE SERVIOS LTDA DMI / 0428010101 JR PRESTADORA DE SERVIOS LTDA DSI / 003445/2 LAIS CLEMENTE BENVENUTTI CDA / L0130F128 MARCOS ANTONIO RODRIGUES CDA / 13114006379 MARIA APARECIDA GAFFO AREIAS DMI / 0434260101 OSMAR GEDRO VIANA DMI / 0429180101 RAMAO DOS SANTOS SIQUEIRA CBI / 390345841 RODINEI RODRIGUES PINHEIRO CDA / 13616000514 RONALDO PALHANO DIOGO CBI / 401208199 RUBENS ALVES VILELLA

Dourados - MS,15 de agosto de 2019

VALOR R$ 417,00 29.087,52 1.443,75 40.242,91 58.146,05 36.083,44 10.166,80 975,00 26.685,06 2.063,00 20.425,00 906,50 461,31 474,88 140,00 1.152,00 64.480,57 686,50 410,54 17.545,61 95.000,00 90.255,36

Ă€ PAGAR R$ 496,60 2.685,05 1.571,95 93.811,23 99.454,43 78.484,64 10.501,55 1.062,70 26.059,78 2.231,70 20.842,10 994,20 524,96 538,53 192,60 1.752,75 104.459,02 774,20 490,14 3.714,60 161.622,10 27.536,36

EMISSĂƒO 22/07/2019 01/08/2018 26/06/2019 08/08/2019 08/08/2019 08/08/2019 03/05/2019 12/06/2019 08/08/2019 16/05/2019 21/02/2019 08/07/2019 14/06/2019 28/05/2019 04/07/2019 06/08/2019 08/08/2019 03/07/2019 05/06/2019 18/09/2015 08/08/2019 12/11/2018

VENCIMENTO 30/07/2019 A VISTA 10/07/2019 A VISTA A VISTA A VISTA 02/08/2019 31/07/2019 A VISTA 10/07/2019 30/07/2019 05/08/2019 21/06/2019 04/06/2019 25/07/2019 A VISTA A VISTA 13/07/2019 20/06/2019 16/01/2019 A VISTA 19/02/2019

SĂŠrgio Julian Zanella MartĂ­nez Caro TabeliĂŁo de Protesto

MOTIVO Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento


ATOS OFICIAIS

4

O PROGRESSO

Dourados, quinta-feira 15.8.2019

9.5. A penalidade de multa, estabelecida no inciso II, poderå ser aplicada juntamente com as sançþes previstas nos incisos I, III e IV do subitem acima, sem prejuízo da rescisão unilateral do instrumento de ajuste por qualquer d a s h i p ó t e s e s p r e s c r i t a s n o s a r t . 7 7 a 8 0 d a L e i n . 8 . 6 6 6 / 9 3.

13442

TABUA DE CARNE EM POLIETILENO 40CM X 60CM

UNIDADE

SĂƒOJOSÉ

5,00

70,00

350,00

13492

TOALHA PARA MESA DE 4 LUGARES

UNIDADE

LEPPER

2,00

53,00

106,00

13493

TOALHA PARA MESA DE 6 LUGARES

UNIDADE

LEPPER

2,00

60,00

120,00

6.1.2. Proporcionar ao detentor da ata todas as condiçþes para o cumprimento de suas obrigaçþes e entrega do m a t e r i a l d e n t r o d a s n o r m a s e s t a b e l e c i d a s n o e d i t a l ;

9.6. Apresentação de documentação falsa, não manutenção da proposta e cometimento de fraude fiscal, a c a r r e t a r å s e m p r e j u í z o d a s d e m a i s c o m i n a ç þ e s l e g a i s :

9232

TRAVESSA DE VIDRO RETANGULAR 3,1 LITROS

UNIDADE

NADIR

4,00

50,00

6.1.3.Proceder à fiscalização da contratação, mediante controle do cumprimento de todas as obrigaçþes relativas ao fornecimento do material, inclusive à aplicação das sançþes previstas;

I - suspensão temporåria de participação em licitação ou impedimento de contratar com a Administração de atÊ 05 (cinco) anos e descredenciamento do Certificado de Registro Cadastral do Município.

6.1.4.Informar ao Gerenciador da Ata, da inexecução total do compromisso, caracterizada pelo não comparecimento da fornecedora para a retirada da Nota de Empenho e assinatura do contrato, conforme o caso, visando à convocação dos remanescentes e aplicação das penalidades cabíveis;

9.7. A empresa que não recolher as multas tratadas nos incisos anteriores no prazo måximo de 05 (cinco) dias úteis contados da notificação, ensejarå tambÊm a aplicação da pena de suspensão temporåria de participação em licitação ou impedimento de contratar com a Administração, enquanto não adimplida a obrigação.

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

6.1. Compete aos Ă“rgĂŁos ou Entidades UsuĂĄrias:

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA/MS

6.1.1.Firmar ou não a contratação do objeto de registro de preço ou contratar nas quantidades estimadas;

CNPJ: 15.479.751/0001-00 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS NÂş 31/2019 PREGĂƒO PRESENCIAL N°:

52 / 2019

PROCESSO LICITATÓRIO N°: TIPO DE JULGAMENTO:

89/2019

Menor Preçopor Item

DATA DA SESSĂƒO:

02/08/2019

Aos cinco dias do mês deagosto de dois mil e dezenove , na sede da prefeitura do Município de Douradina - MS, Rua Domingos da Silva, n° 1250, Centro, na cidade de Douradina - MS., reuniram para assinatura da presente ata de registro de preços, de um lado como usuårio da ata de registro de preços o MUNIC�PIO DE DOURADINA - Estado de Mato Grosso do Sul, com sede na Rua Domingos da Silva, 1250, Centro, em Douradina. MS., inscrito no CNPJ sob n.º 15.479.751/0001-00, e do outro lado como detentora (s) da ata de registro de preços a ( s ) e m p r e s a ( s ) : 907

COMERCIAL GALIPHE-EIRELI-ME

23.475.963/0001-47

812

MALLONE COMERCIO E SERVICOS LTDA - ME

00.589.733/0001-03

Nos termos da Lei Federal n. 10.520/2002, Lei complementar n. 123/2006 e alteraçþes posteriores, Decreto Municipal nº 05/2018, e, subsidiariamente, pela Lei nº 8.666/93 e alteraçþes posteriores todos representados conforme documento de credenciamento ou procuração inserta nos autos, resolvem registrar os preços, conforme decisão exarada no processo licitatório n° 89/2019 _________, Pregão Presencial n._________devidamente 52 / 2019 H O M O L O G A D A , c o n s o a n t e a s s e g u i n t e s c l å u s u l a s e c o n d i ç þ e s :

6.1.5.Rejeitar, no todo ou em parte, o material entregue em desacordo com as obrigaçþes assumidas pelo forneced 6.1.6. Efetuar os pagamentos dentro das condiçþes estabelecidas no edital. 6.2. Compete ao Fornecedor(a) 6.2.1. Entregar o material nas condiçþes estabelecidas no edital e seus anexos e atender todos os pedidos de contratação durante o período de duração do Registro de preços, de acordo com a sua capacidade de fornecimento fixada na proposta de preço de sua titularidade, observando as quantidades, prazos e locais estabelecidos pelo Órgão Usuårio da Ata de Registro de Preços;

9.9. As penalidades somente poderão ser relevadas ou atenuadas pela autoridade competente, mediante aplicação do princípio da proporcionalidade, em razão de circunstâncias fundamentadas em fatos reais e comprovadas, desde que requeridas por escrito e no prazo måximo de 05 (cinco) dias úteis da data em que for notificada da p r e t e n s ã o d a A d m i n i s t r a ç ã o d a a p l i c a ç ã o d a p e n a .

CLà USULA SEGUNDA- DA VIGÊNCIA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS 2.1. O prazo de validade da Ata de Registro de Preços não serå superior a doze meses, incluídas eventuais prorrogaçþes, conforme o inciso III do §3º, do art. 15, da Lei nº 8.666, de 1993.

CLà USULA TERCEIRA - DOS USUà RIOS DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS 3.1. A Ata de Registro de Preços serå utilizada pelas Secretarias Municipais do Município de Douradina/MS. 3.1.1. Juntamente com a ordem de compra, a Secretaria deverå encaminhar de forma detalhada em qual local serå aplicado o material. 3.2. Caberå à (s) usuåria(s) da Ata de Registro de Preços deste Município a responsabilidade, após o registro de preços, pelo controle do cumprimento de todas as obrigaçþes relativas ao fornecimento. 3.3. Caberå ainda informar ao Órgão Gerenciador do SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS, do não comparecimento da fornecedora para a retirada da nota de empenho ou instrumento equivalente, conforme o caso, visando à convocação dos remanescentes e aplicação das penalidades cabíveis ao fornecedor faltoso.

3.4. Poderå utilizar-se da Ata de Registro de Preços qualquer órgão ou entidade de outros municípios que não tenha participado do certame, mediante prÊvia consulta ao Órgão Gerenciador do SISTEMA DE REGISTRO DE P R E Ç O S d e s t e M u n i c í p i o . CLà USULA QUARTA- DO FORNECIMENTO 4.1. A Ata de Registro de Preços serå utilizada para fornecimento do produto e/ou serviços do respectivo objeto pelas Usuårias da Ata de Registro de Preços do Município de Douradina – MS; 4.1.1. A licitante obriga-se a fornecer os materiais e/ou serviços ofertados a que se refere este pregão, novos e de primeiro uso, em conformidade com as especificaçþes descritas na Proposta de Preços (Anexo I) e Termo de Referência (Anexo II), sendo de sua inteira responsabilidade a substituição, caso não esteja em conformidade com a s r e f e r i d a s e s p e c i f i c a ç þ e s ; 4.2. Cada fornecimento deverå ser efetuado mediante solicitação por escrito, formalizada pela Prefeitura Municipal de Douradina, dela devendo constar: a data, o valor unitårio, a quantidade pretendida, local de entrega e o carimbo e a assinatura do responsåvel, sendo efetuado diretamente a empresa contratada, devidamente autorizado pela autoridade competente, contendo o número de referência da Ata; 4.3. As detentoras classificadas ficarão obrigadas a atender as autorizaçþes efetuadas dentro do prazo de validade d o r e g i s t r o ;

5.2. O fornecedor serĂĄ obrigado a atender todos os pedidos efetuados pelos ĂłrgĂŁos e entidades participantes do SRP durante a vigĂŞncia do contrato, mesmo que a entrega do objeto esteja prevista para data posterior Ă do v e n c i m e n t o d a A t a .

1,00

9,50

9,50

SIMONAGG

4,00

13,10

52,40

6.2.4.Receber os pagamentos respectivos;

CLà USULA DÉCIMA– DO CANCELAMENTO DO PREÇO REGISTRADO

CLĂ USULA SÉTIMA - DO PREÇO E REVISĂƒO 7.1. Os preços registrados serĂŁo fixos e irreajustĂĄveis durante a vigĂŞncia da Ata de Registro de Preços 7.2. A revisĂŁo dos preços poderĂĄ ocorrer quando da incidĂŞncia das situaçþes previstas na alĂ­nea “dâ€? do inciso II e d o § 5 . Âş d o a r t . 6 5 d a L e i n . 8 . 6 6 6 / 9 3 e a l t e r a ç Ăľ e s .

CLĂ USULA OITAVA– DO PAGAMENTO 8.1. O pagamento, decorrente do fornecimento do objeto desta licitação, serĂĄ efetuado mediante crĂŠdito em conta corrente ou na tesouraria desta Prefeitura, em atĂŠ 30 (trinta) dias, contados da data de apresentação da respectiva documentação fiscal, devidamente atestada pelo setor competente, conforme dispĂľe o art. 40, inciso XIV , a lĂ­ne a “a â€?, combina do com o a rt. 73, inciso II, a lĂ­nea “bâ€?, da Lei n° 8.666/93 e alteraçþes. 8.2. Os pagamentos somente serĂŁo efetuados apĂłs a comprovação, pela(s) fornecedora(s), de que se encontra regular com suas obrigaçþes para com o sistema de seguridade social, mediante a apresentação das CertidĂľes N e g a t i v a s d e D ĂŠ b i t o c o m o I N S S , F G T S e T r a b a l h i s t a . 8.3. Ocorrendo erro no documento da cobrança, este serĂĄ devolvido e o pagamento serĂĄ sustado para que a fornecedora tome as medidas necessĂĄrias, passando o prazo para o pagamento a ser contado a partir da data da r e a p r e s e n t a ç ĂŁ o d o m e s m o . 8.4. Caso se constate erro ou irregularidade na nota fiscal/fatura, a Administração, poderĂĄ devolvĂŞ-la, para as d e v i d a s c o r r e ç Ăľ e s .

8.5. Na hipótese de devolução, a nota fiscal/fatura serå considerada como não apresentada, para fins de a t e n d i m e n t o d a s c o n d i ç þ e s c o n t r a t u a i s . 8.6. Na pendência de liquidação da obrigação financeira em virtude de penalidade ou inadimplência contratual o valor serå descontado da fatura ou crÊditos existentes em favor da fornecedora. 8.7. O Município de Douradina/MS não pagarå, sem que tenha autorização prÊvia e formal nenhum compromisso q u e l h e ve n h a a s e r c o b r a d o d i r e t a m e n t e p o r t e r ce i r o s , s e ja m o u nã o i ns t i t ui çþe s fi na nce i r a s. 8.8. Os eventuais encargos financeiros, processuais e outros, decorrentes da inobservância, pela Fornecedora de prazo de pagamento, serão de sua exclusiva responsabilidade. CLà USULA NONA - DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS 9.1. Pelo descumprimento da obrigação assumida, caracterizado pela recusa da fornecedora em assinar a Ata de Registro ou contrato, aceitar ou retirar a nota de empenho ou documento equivalente fora do prazo estabelecido, ressalvados os casos previstos em lei, devidamente informados e aceitos, ficarå a fornecedora, sujeito às seguintes penalidades a juízo do órgão do município no que lhe couber: 8.2. Os pagamentos somente serão efetuados após a comprovação, pela(s) fornecedora(s), de que se encontra regular com suas obrigaçþes para com o sistema de seguridade social, mediante a apresentação das Certidþes N e g a t i v a s d e D Ê b i t o c o m o I N S S , F G T S e T r a b a l h i s t a . I - Multa de 10% (dez por cento) sobre o valor constante da nota de empenho e/ou contrato

9.2. As sançþes previstas nos incisos anteriores poderão ser aplicadas cumulativamente 9.3. Por atraso injustificado na execução do contrato: I - Multa moratória de 1% (um por cento), por dia útil, sobre o valor da prestação em atraso atÊ o quinto d

III - Suspensão temporåria de participação em licitação e impedimento de contratar com a administração por p r a z o d e a t Ê 0 5 ( c i n c o ) a n o s .

FACA DE COZINHA PARA CORTES PESADOS 9 POLEGADAS.

UNIDADE

MUNDIAL

16,00

21,50

344,00

FACA DE MESA EM ACO INOX CABO DE PLASTICO COM LAMINA DE NO MINIMO 11CM

UNIDADE

MONFERR

142,00

3,75

532,50

13504

UNIDADE

MONFERR

2,00

3,20

6,40

preços;

FACA DE MESA PEQUENA EM ACO INOX CABO DE PLASTICO.

11132

UNIDADE

YANGZI

1,00

15,50

15,50

10.1.2. Não retirar a nota de empenho ou instrumento equivalente no prazo estabelecido pela Administração, sem j u s t i f i c a t i v a a c e i t å v e l ;

FACA PARA PAO SERRILHADA, 8 POL, LAMINA EM ACO INOX, CABO EM POLIPROPILENO

13440

FORMA DE ALUMINIO PARA PAO NUMERO 3

UNIDADE

ABC

10,00

16,00

160,00

13450

GARFO DE MESA EM ACO INOX CABO DE PLASTICO

UNIDADE

ART NOX

139,00

3,70

514,30

10.1.3. Não aceitar reduzir o seu preço registrado, na hipótese deste se tornar superior àqueles praticados no m e r c a d o , o u ;

13502

GARFO GRANDE EM ACO INOX COM CABO COMPRIDO

UNIDADE

MIMO

1,00

13,00

13506

JARRA PLASTICA RESISTENTE 5L

UNIDADE

INNVICTO

1,00

17,80

17,80

8468

LEITEIRA DE ALUMINIO GROSSO COM ALCA LONGA 3 LT.

UNIDADE

CONTINEN

5,00

54,00

270,00

8475

PANELA DE PRESSAO 7LT

UNIDADE

ABC

2,00

121,50

243,00

13444

PEGADOR DE MACARRAO EM ACO INOX

UNIDADE

YANGZI

5,00

16,95

84,75

13511

POTE DE VIDRO LISO COM TAMPA METALICA CAPACIDADE DE 240ML

UNIDADE

WHEATON

20,00

7,00

140,00

De scumprir

as

condiçþes

da

ata

de

registro

de

10.1.4. Sofrer sanção prevista nos incisos III ou IV do caput do art. 87 da Lei nº 8.666, de 1993, ou no art. 7º da L e i n º 1 0 . 5 2 0 , d e 2 0 0 2 ; 10.2. Cancelado o Registro de Preço induzirå na convocação da fornecedora com classificação imediatamente subse 10.3. Serå assegurado o contraditório e a ampla defesa do interessado, no respectivo processo, no prazo de 05 ( c i n c o ) d i a s ú t e i s , c o n t a d o s d a n o t i f i c a ç ã o o u p u b l i c a ç ã o .

5485

PRATO DE VIDRO

UNIDADE

NADIR

24,00

6,25

150,00

8495

RALADOR DE LEGUMES EM INOX GRANDE 4 FACES.

UNIDADE

YANGZI

5,00

24,90

124,50

11.1. As despesas decorrentes da contratação da presente licitação, correrão a cargo da Usuåria da Ata de Registro de Preços, cujos Programas de Trabalho e Elementos de Despesas constarão nas respectivas notas de empenho, contrato ou documento equivalente, observada as condiçþes estabelecidas neste edital e ao que dispþe o a r t i g o 6 2 , d a L e i n . 8 . 6 6 6 / 9 3 e a l t e r a ç þ e s .

13509

RALADOR EM INOX 6 FACES

UNIDADE

MIMO

1,00

30,50

13508

SUPORTE PARA BOTIJAO DE GAS COM RODINHAS UNIDADE

PLUGADOR

2,00

22,60

45,20

5490

TAMBOR PLASTICO 100 LT

UNIDADE

JR TAMBO

12,00

73,00

876,00

9237

VASILHA DE PLASTICO RESISTENTE RETANGULAR COM TRAVA CAPACIDADE DE 30 LITROS.

UNIDADE

UNINJET

2,00

69,00

138,00

CLà USULA DÉCIMA SEGUNDA– DO PREÇO REGISTRATO

13491

VASILHA PLASTICA COM TAMPA CAPACIDADE DE 500 G

UNIDADE

MB PLASTI

2,00

11,10

22,20

12.1. Considerando tratar-se de julgamento de licitação na modalidade de Pregão Presencial, tipo menor preço por item, HOMOLOGADA a classificação das empresas conforme abaixo especificado, objeto de publicação no Órgão de Im pr e ns a O ficia l de ste município, fica m a ssim re gistra dos:

13448

VASILHA PLASTICA RETANGULAR RESISTENTE COM TAMPA 10L

UNIDADE

PRATIC PL

6,00

35,00

210,00

13445

VASILHA PLASTICA RETANGULAR RESISTENTE COM TAMPA 3L

UNIDADE

TRITEC

6,00

11,20

67,20

RELAĂ‡ĂƒO DE ITENS POR FORNECEDOR

13446

VASILHA PLASTICA RETANGULAR RESISTENTE COM TAMPA 5L

UNIDADE

MULTIUSO

6,00

12,20

73,20

13447

VASILHA PLASTICA RETANGULAR RESISTENTE COM TAMPA 7L

UNIDADE

TIFFANY

11,00

24,50

269,50

Lote: 1 - UNICO

TOTAL DO VENCEDOR 907 COMERCIAL GALIPHE-EIRELI-ME CĂłdigo

Decrição

Marca

Unidade

Qtde

Valor Unit.

Total

13521

BAIXELA OVAL EM ACO INOX MEDINDO 30 X 20,5 X 2,5 CM

UNIDADE

YAZI

6,00

29,00

174,00

13522

BAIXELA OVAL EM ACO INOX MEDINDO 35 X 24 X 3 CM

UNIDADE

YAZI

6,00

32,00

192,00

13523

BAIXELA OVAL EM ACO INOX MEDINDO 40 X 27,5 X 2,5 CM

UNIDADE

YAZI

6,00

90,00

540,00

13524

BALDE PARA GELO EM ACO INOX COM CAPACIDADE PARA 4L

UNIDADE

YAZI

2,00

72,00

144,00

8496

BANDEJA GRANDE INOX

UNIDADE

ARTINOX

2,00

123,00

246,00

9182

BANDEJA RETANGULAR FLORAL EM POLICARBONATO TAMANHO 25 X 40 CM

UNIDADE

YANGZI

6,00

81,00

486,00

13513

CAIXA PLASTICA, TAMPA COM TRAVA, TIPO CONTAINER, MEDINDO 262 X 177 X 85 MM

UNIDADE

RISCHIOTO

50,00

38,00

1.900,00

13512

CAIXA PLASTICA, TAMPA COM TRAVA, TIPO CONTAINER, MEDINDO 34 X 25 X 25 CM

UNIDADE

RISCHIOTO

6,00

102,00

612,00

13515

CAIXA PLASTICA, TAMPA COM TRAVA, TIPO CONTAINER, MEDINDO 600 X 385 X 315 MM

UNIDADE

RISCHIOTO

4,00

170,00

680,00

11141

CALDEIRAO DE ALUMINIO DE ALTA QUALIDADE, CAPACIDADE DE 20 LITROS, COM TAMPA EM ALUMINIO

UNIDADE

ABC ALUMI

1,00

210,00

210,00

9189

CHALEIRA DE ALUMINIO 3 LITROS

UNIDADE

BORGES

1,00

46,00

46,00

13489

DESCASCADOR DE LEGUMES RESISTENTE COM CABO PLASTICO E LAMINA EM ACO INOX

UNIDADE

YAZI

1,00

11,00

11,00

5458

ESCUMADEIRA CABO DE MADEIRA

UNIDADE

SANTA MO

3,00

5,50

16,50

13441

FORMA DE ALUMINIO REDONDA PARA PUDIM COM 24CM DE DIAMETRO

UNIDADE

MSR

4,00

25,00

100,00

13439

FORMA DE ALUMINIO RETANGULAR NUMERO 3

UNIDADE

MARCOLAR

5,00

68,00

340,00

9206

FORMA DE ALUMINIO RETANGULAR NUMERO 4

UNIDADE

MARCOLAR

10,00

73,00

730,00

GARRAFA TERMICA PARA AGUA 5 LITROS COM TORNEIRA.

UNIDADE

PRINCIPE

2,00

110,00

220,00

UNIDADE

INVICTA

27,00

71,00

1.917,00

9.3. Por atraso injustificado na execução do contrato:

GARRAFA TERMICA PARA CAFE COM PRESSAO 1000 ML

11152

14,00

92,00

1.288,00

GARRAFA TERMICA PARA CAFE COM PRESSAO 2000 ML

UNIDADE

TERMOLAR

5468

JARRA DE VIDRO 2 LT

UNIDADE

RUVOLO

4,00

20,50

82,00

JOGO DE MANTIMENTOS EM ALUMINIO COM 5 PECAS

UNIDADE

CARNEIRO

1,00

110,00

110,00

JOGO DE MANTIMENTOS PLASTICO COM 5 PECAS

UNIDADE

RISCHIOTO

1,00

55,00

55,00

1,00

100,00

100,00 216,00 189,00

5.5. A Administração se reserva no direito de suspender o fornecimento se estiverem sendo executados em d e s a c o r d o c o m a s c o n d i ç þ e s d o p r e s e n t e e d i t a l .

II - Multa de 10% (dez por cento) sobre o valor correspondente à parte não cumprida ou da totalidade do fornecimento ou serviço não executado pela fornecedora;

11137

PANELA DE ALUMINIO BATIDO NUMERO 50 COM TAMPA DE ALUMINIO BATIDO

UNIDADE

BORGES

1,00

615,00

615,00

13490

PANELA DE PRESSAO 10 LT

UNIDADE

PANELUX

1,00

177,00

5.6. Relativamente ao disposto no presente tópico, aplicam-se, subsidiariamente, no que couber, as disposiçþes da L e i n ° 8 . 0 7 8 d e 1 1 / 0 9 / 9 0 – C ó d i g o d e D e f e s a d o C o n s u m i d o r .

III - Suspensão temporåria de participação em licitação e impedimento de contratar com a a d m i n i s t r a ç ã o p o r p r a z o d e a t Ê 0 5 ( c i n c o ) a n o s ;

8474

PANELA DE PRESSAO 4,5 LT DE ALUMINIO POLIDO UNIDADE

PANELUX

4,00

109,00

436,00

8489

PENEIRA PLASTICA COM CABO 19 CM DE DIAMETRO

UNIDADE

SBRIZZA

5,00

22,00

110,00

13510

RALADOR GRANDE DE 1 FACE

UNIDADE

MIMO

1,00

12,90

12,90

13528

REGISTRO PARA FOGAO 2 KG/H

UNIDADE

IMAR

4,00

51,00

204,00

CLà USULA SEXTA– DOS DIREITOS E OBRIGAÇÕES DAS PARTES

IV - Declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou atÊ que seja promovida a reabilitação perante a p r ó p r i a a u t o r i d a d e q u e a p l i c o u a p e n a l i d a d e .

13514

ROLO PARA MASSA

UNIDADE

MALTA

2,00

55,00

110,00

5474

9.5. A penalidade de multa, estabelecida no inciso II, poderå ser aplicada juntamente com as sançþes previstas nos incisos I, III e IV do subitem acima, sem prejuízo da rescisão unilateral do instrumento de ajuste por qualquer das hipóteses prescritas nos art. 77 a 80 da Lei n. 8.666/93.

CNPJ: 15.479.751/0001-00

6.1.2. Proporcionar ao detentor da ata todas as condiçþes para o cumprimento de suas obrigaçþes e entrega do m a t e r i a l d e n t r o d a s n o r m a s e s t a b e l e c i d a s n o e d i t a l ;

9.6. Apresentação de documentação falsa, não manutenção da proposta e cometimento de fraude fiscal, a c a r r e t a r å s e m p r e j u í z o d a s d e m a i s c o m i n a ç þ e s l e g a i s :

6.1.3.Proceder à fiscalização da contratação, mediante controle do cumprimento de todas as obrigaçþes relativas ao fornecimento do material, inclusive à aplicação das sançþes previstas;

I - suspensão temporåria de participação em licitação ou impedimento de contratar com a Administração de atÊ 05 (cinco) anos e descredenciamento do Certificado de Registro Cadastral do Município.

6.1.4.Informar ao Gerenciador da Ata, da inexecução total do compromisso, caracterizada pelo não comparecimento da fornecedora para a retirada da Nota de Empenho e assinatura do contrato, conforme o caso, visando à convocação dos remanescentes e aplicação das penalidades cabíveis;

9.7. A empresa que não recolher as multas tratadas nos incisos anteriores no prazo måximo de 05 (cinco) dias úteis contados da notificação, ensejarå tambÊm a aplicação da pena de suspensão temporåria de participação em licitação ou impedimento de contratar com a Administração, enquanto não adimplida a obrigação.

6.1.5.Rejeitar, no todo ou em parte, o material entregue em desacordo com as obrigaçþes assumidas pelo forneced

9.8. Fica garantida à fornecedora o direito prÊvio da citação e de ampla defesa, no respectivo processo, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, contados da notificação ou publicação do ato.

6.2.1. Entregar o material nas condiçþes estabelecidas no edital e seus anexos e atender todos os pedidos de contratação durante o período de duração do Registro de preços, de acordo com a sua capacidade de fornecimento fixada na proposta de preço de sua titularidade, observando as quantidades, prazos e locais estabelecidos pelo Órgão Usuårio da Ata de Registro de Preços; 6.2.2. Manter, durante a vigência do registro de preços, a compatibilidade de todas as obrigaçþes assumidas e as condiçþes de habilitação e qualificação exigidas na licitação;

9.9. As penalidades somente poderão ser relevadas ou atenuadas pela autoridade competente, mediante aplicação do princípio da proporcionalidade, em razão de circunstâncias fundamentadas em fatos reais e comprovadas, desde que requeridas por escrito e no prazo måximo de 05 (cinco) dias úteis da data em que for notificada da p r e t e n s ã o d a A d m i n i s t r a ç ã o d a a p l i c a ç ã o d a p e n a . 9.10. As penalidades aplicadas serão, obrigatoriamente, anotadas no Certificado de Registro Cadastral do M u n i c í p i o . 9.11. A penalidade estabelecida no inciso III do subitem 9.4 serå de competência exclusiva da autoridade måxima, facultada a ampla defesa, na forma e no prazo estipulado no subitem 9.8, podendo a reabilitação ser concedida mediante ressarcimento dos prejuízos causados e depois de decorridos o prazo de sanção mínima de 02 (dois)

6.2.3.Responsabilizar-se pelos danos causados diretamente à Administração ou a terceiros, decorrentes de sua culpa ou dolo atÊ a entrega do objeto de registro de preços.

9.12. As importâncias relativas às multas deverão ser recolhidas à conta do Tesouro do Município;

6.2.4.Receber os pagamentos respectivos;

CLà USULA DÉCIMA– DO CANCELAMENTO DO PREÇO REGISTRADO

6.2.5.NĂŁo subcontratar, subempreitar, ceder ou transferir, total ou parcialmente o objeto do presente instrumento. o t r a n s p o r t e d o m a t e r i a l ) . ( E x c e t o

10.1. A Ata de Registro de Preço serå cancelada, automaticamente, por decurso do prazo de vigência ou quando não restarem empresas registradas e, por iniciativa da Detentora da Ata de Registro de Preços deste Município

CLĂ USULA SÉTIMA - DO PREÇO E REVISĂƒO

10.1.1. Descumprir as condiçþes da ata de registro de preços;

7.1. Os preços registrados serão fixos e irreajuståveis durante a vigência da Ata de Registro de Preços

10.1.2. Não retirar a nota de empenho ou instrumento equivalente no prazo estabelecido pela Administração, sem u s t i f i c a t i v a a c e i t å v e l ; j

7.2. A revisĂŁo dos preços poderĂĄ ocorrer quando da incidĂŞncia das situaçþes previstas na alĂ­nea “dâ€? do inciso II e d o § 5 . Âş d o a r t . 6 5 d a L e i n . 8 . 6 6 6 / 9 3 e a l t e r a ç Ăľ e s .

10.1.3. Não aceitar reduzir o seu preço registrado, na hipótese deste se tornar superior àqueles praticados no m e r c a d o , o u ;

CLà USULA OITAVA– DO PAGAMENTO

10.1.4. Sofrer sanção prevista nos incisos III ou IV do caput do art. 87 da Lei nº 8.666, de 1993, ou no art. 7º da L e i n º 1 0 . 5 2 0 , d e 2 0 0 2 ;

8.1. O pagamento, decorrente do fornecimento do objeto desta licitação, serĂĄ efetuado mediante crĂŠdito em conta corrente ou na tesouraria desta Prefeitura, em atĂŠ 30 (trinta) dias, contados da data de apresentação da respectiva documentação fiscal, devidamente atestada pelo setor competente, conforme dispĂľe o art. 40, inciso XIV, alĂ­nea “aâ€?, combinado com o art. 73, inciso II, alĂ­nea “bâ€?, da Lei n° 8.666/93 e alteraçþes.

10.2. Cancelado o Registro de Preço induzirå na convocação da fornecedora com classificação imediatamente subse

8.2. Os pagamentos somente serão efetuados após a comprovação, pela(s) fornecedora(s), de que se encontra regular com suas obrigaçþes para com o sistema de seguridade social, mediante a apresentação das Certidþes N e g a t i v a s d e D Ê b i t o c o m o I N S S , F G T S e T r a b a l h i s t a .

CLĂ USULA DÉCIMA PRIMEIRA - DA DOTAĂ‡ĂƒO ORÇAMENTĂ RIA

8.3. Ocorrendo erro no documento da cobrança, este serå devolvido e o pagamento serå sustado para que a fornecedora tome as medidas necessårias, passando o prazo para o pagamento a ser contado a partir da data da r e a p r e s e n t a ç ã o d o m e s m o . 8.4. Caso se constate erro ou irregularidade na nota fiscal/fatura, a Administração, poderå devolvê-la, para as d e v i d a s c o r r e ç þ e s .

10.3. Serå assegurado o contraditório e a ampla defesa do interessado, no respectivo processo, no prazo de 05 ( c i n c o ) d i a s ú t e i s , c o n t a d o s d a n o t i f i c a ç ã o o u p u b l i c a ç ã o .

11.1. As despesas decorrentes da contratação da presente licitação, correrão a cargo da Usuåria da Ata de Registro de Preços, cujos Programas de Trabalho e Elementos de Despesas constarão nas respectivas notas de empenho, contrato ou documento equivalente, observada as condiçþes estabelecidas neste edital e ao que dispþe o a r t i g o 6 2 , d a L e i n . 8 . 6 6 6 / 9 3 e a l t e r a ç þ e s . CLà USULA DÉCIMA SEGUNDA– DO PREÇO REGISTRATO

3.3. Caberå ainda informar ao Órgão Gerenciador do SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS, do não comparecimento da fornecedora para a retirada da nota de empenho ou instrumento equivalente, conforme o caso, visando à convocação dos remanescentes e aplicação das penalidades cabíveis ao fornecedor faltoso.

8.5. Na hipótese de devolução, a nota fiscal/fatura serå considerada como não apresentada, para fins de a t e n d i m e n t o d a s c o n d i ç þ e s c o n t r a t u a i s .

12.1. Considerando tratar-se de julgamento de licitação na modalidade de Pregão Presencial, tipo menor preço por item, HOMOLOGADA a classificação das empresas conforme abaixo especificado, objeto de publicação no Órgão de Imprensa Oficial deste município, ficam assim registrados:

3.4. Poderå utilizar-se da Ata de Registro de Preços qualquer órgão ou entidade de outros municípios que não tenha participado do certame, mediante prÊvia consulta ao Órgão Gerenciador do SISTEMA DE REGISTRO DE P R E Ç O S d e s t e M u n i c í p i o .

8.6. Na pendência de liquidação da obrigação financeira em virtude de penalidade ou inadimplência contratual o valor serå descontado da fatura ou crÊditos existentes em favor da fornecedora.

RELAĂ‡ĂƒO DE ITENS POR FORNECEDOR Lote: 1 - UNICO

CLĂ USULA QUARTA- DO FORNECIMENTO

8.7. O Município de Douradina/MS não pagarå, sem que tenha autorização prÊvia e formal nenhum compromisso que lhe ve nha a se r cobra do dire ta me nte por te rce iros, se ja m ou nã o instituiçþes financeiras.

4.1. A Ata de Registro de Preços serå utilizada para fornecimento do produto e/ou serviços do respectivo objeto pelas Usuårias da Ata de Registro de Preços do Município de Douradina – MS;

8.8. Os eventuais encargos financeiros, processuais e outros, decorrentes da inobservância, pela Fornecedora de prazo de pagamento, serão de sua exclusiva responsabilidade.

4.7. Relativamente ao disposto no presente tópico aplicam-se, subsidiariamente, no que couber, as disposiçþes da Le i n° 8.078 de 11/09/90 – Código de Defesa do Consumidor. 4.8. O prazo para entrega do produto serå de 2 (duas) horas a contar do recebimento da Ordem de Compra e m i t i d a p e l o S e t o r d e C o m p r a s .

CLà USULA NONA - DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS 9.1. Pelo descumprimento da obrigação assumida, caracterizado pela recusa da fornecedora em assinar a Ata de Registro ou contrato, aceitar ou retirar a nota de empenho ou documento equivalente fora do prazo estabelecido, ressalvados os casos previstos em lei, devidamente informados e aceitos, ficarå a fornecedora, sujeito às seguintes penalidades a juízo do órgão do município no que lhe couber: 8.2. Os pagamentos somente serão efetuados após a comprovação, pela(s) fornecedora(s), de que se encontra regular com suas obrigaçþes para com o sistema de seguridade social, mediante a apresentação das Certidþes N e g a t i v a s d e D Ê b i t o c o m o I N S S , F G T S e T r a b a l h i s t a . I - Multa de 10% (dez por cento) sobre o valor constante da nota de empenho e/ou contrato II - Cancelamento do preço registrado; III - Suspensão temporåria de participação em licitação e impedimento de contratar com a administração por p r a z o d e a t Ê 0 5 ( c i n c o ) a n o s . 9.2. As sançþes previstas nos incisos anteriores poderão ser aplicadas cumulativamente

736 ZENI PEREIRA DA SILVA MARTINS-ME CĂłdigo

90,00

59,90

CERAMFIX

70,00

8,40

588,00

87,00

75,00

6.525,00

UNIDADE

CAUE

273,00

26,00

7.098,00

UNIDADE

PINOS

32,00

18,00

576,00

ALMEIDA

12154 AREIA FINA BRANCA

METRO CUB UNIDADE

12155 CASCALHO FINO COM AREIA 3683

METRO CUB

CIMENTO 50KG

12156 FORRO DE MADEIRA PINUS 10CM; MACOS COM 4,5 M²

M2

12160 PISO CERAMICO 50 X 50CM

150,00

17,00

2.550,00

UNIDADE

ZARPA

1,00

215,00

215,00

12153 PORTA EM ACO 0,8X2,1 M (ABRIR LADO DIREITO)

UNIDADE

ZARPA

2,00

249,00

11047 REJUNTE PARA PISOS E CERAMICAS 1KG

UNIDADE

CERAMFIX

81,00

5,00

405,00

12157 RIPAO 2,5X5 DE 5M

UNIDADE

GUAICARA

194,00

7,50

1.455,00

12158 RODA FORRO ARREMATE U; BARRA COM 3 M

UNIDADE

QUIMIPLAS

102,00

12,70

1.295,40

498,00

12151 TELHA FIBROCIMENTO 6MM - 1,10 X 3,66 M

UNIDADE

IMBRALIT

83,00

80,50

6.681,50

12150 TIJOLO 8 FUROS MEDINDO 9X19X19 CM

UNIDADE

BRASILAN

21.000,00

0,56

11.760,00

3692

TRELICA - 12CM X 6MT

UNIDADE

GERDAU

113,00

37,50

3737

VENEZIANA - 1X1,20M

UNIDADE

ZARPA

2,00

200,00

400,00

UNIDADE

GUAICARA

29,00

46,70

1.354,30

TOTAL DO VENCEDOR

9.3. Por atraso injustificado na execução do contrato: I - Multa moratória de 1% (um por cento), por dia útil, sobre o valor da prestação em atraso atÊ o quinto d

15.1. Fica eleito o foro da cidade de Douradina, Estado de Mato Grosso do Sul, renunciando, de qualquer outro, por mais privilegiado que seja, para processar as questþes resultantes desta licitação e que não possam ser d i r i m i d a s a d m i n i s t r a t i v a m e n t e . Douradina - MS, segunda-feira, 5 de agosto de 2019

JEAN SERGIO CLAVISSO FOGACA Prefeito Municipal

COMERCIAL GALIPHE-EIRELI-ME 23.475.963/0001-47 MALLONE COMERCIO E SERVICOS LTDA - ME 00.589.733/0001-03

Rua Domingos da Silva, nÂş 44 - Centro - Fone: (67) 3412-1104 - Douradina - MS



'(&5(72081,&,3$/1ƒ'('($*2672'(    Âł&2192&$ 5(81,­2 $03/,$'$ ( 'Ăˆ 2875$63529,'Ç1&,$6´   $1'5e/8Ă‹61(==,'(&$59$/+23UHIHLWR0XQLFLSDOGH&DDUDSy06QR XVR GDV DWULEXLo}HV TXH OKH VmR FRQIHULGDV SHOR DUWLJR  H  GD /HL 2UJkQLFDGR0XQLFtSLR  &RQVLGHUDQGRDVGLVSRVLo}HVFRQWLGDVQD/HL0XQLFLSDOQžGHGH RXWXEURGHTXHLQVWLWXLX)XQGR0XQLFLSDOGH'LUHLWRVGR,GRVR)0',  &RQVLGHUDQGRR2ILFLRQ&0',&9/GHGHDJRVWRGH   '(&5(7$   $UWƒ)LFDFRQYRFDGD5HXQLmR$PSOLDGDDVHUUHDOL]DGDQRGLD GH VHWHPEUR GH  jV  KRUDV QR &5$6 8UEDQR FRP R 7HPD Âł26 '(6$),26'((19(/+(&(5126e&8/2;;,(23$3(/'$632/Ă‹7,&$6 3Ă’%/,&$6´  $UW ƒ  $V GHVSHVDV GHFRUUHQWHV GD DSOLFDomR GHVWH 'HFUHWR FRUUHUmRSRUFRQWDGHGRWDomRSUySULDGR2UoDPHQWRGRĂ?UJmR*HVWRU0XQLFLSDO GH$VVLVWrQFLD6RFLDO  $UW ƒ  (VWH 'HFUHWR HQWUDUi HP YLJRU QD GDWD GH VXD DIL[DomRSXEOLFDomR  $UWƒ5HYRJDPVHDVGLVSRVLo}HVHPFRQWUiULR  3DoR0XQLFLSDO7DNHLRVKL1DND\DPDHPGHDJRVWRGH    $QGUp/XtV1H]]LGH&DUYDOKR 3UHIHLWR0XQLFLSDO    ÇQLR*RQoDOYHV9DVFRQFHORV 6HFUHWiULR0XQLFLSDOGH$GPLQLVWUDomRH)LQDQoDV

5.391,00

13525 PORTA EM ACO 0,6X2,1 M

13560 VIGA DE MADEIRA 5X11; 4 METROS

CLà USULA DÉCIMA QUINTA– DO FORO

Total

Qtde

Unidade

ARGAMASSA INTERNA 20KG

14.1. Os casos omissos aplicar-se-ão as demais disposiçþes constantes da Lei n.º10.520, de 17 de julho de 2002, do Decreto Municipal nº 05/2018, da Lei 8.666, de 21 de junho de 1993, e demais normas aplicåveis a espÊcie.

06.103.925/0001-44 Valor Unit.

Marca

Decrição

3757

13.1. O extrato da presente Ata de Registro de Preço serå publicado na Imprensa Oficia

CLà USULA DÉCIMA QUARTA - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

177,00

6.1.1.Firmar ou não a contratação do objeto de registro de preço ou contratar nas quantidades estimadas;

6.2. Compete ao Fornecedor(a)

CUSTOS UNITĂ RIOS BĂ SICOS DE CONSTRUĂ‡ĂƒO MĂŠS: JUNHO ANO: 2019 (NBR 12.721:2006 - CUB 2006)

Os valores abaixo referem-se aos Custos Unitårios Båsicos de Construção (CUB/m²), calculados de acordo com a Lei Fed. nº. 4.591, de JUNHO DE 2019 "Estes custos unitårios foram calculados conforme disposto na ABNT NBR 12.721:2006, com base em novos projetos, novos memoriais descritivos e novos critÊrios de orçamentação e, portanto, constituem nova sÊrie histórica de custos unitårios, não comparåveis com a anterior, com a designação de CUB/2006". "Na formação destes custos unitårios båsicos não foram considerados os seguintes itens, que devem ser levados em conta na determinação dos preços por metro quadrado de construção, de acordo com o estabelecido no projeto e especificaçþes correspondentes a cada caso particular: fundaçþes, submuramentos, paredes-diafragma, tirantes, rebaixamento de lençol freåtico; elevador(es); equipamentos e instalaçþes, tais como: fogþes, aquecedores, bombas de recalque, incineração, ar-condicionado, calefação, ventilação e exaustão, outros; playground (quando não classificado como årea construída); obras e serviços complementares; urbanização, recreação (piscinas, campos de esporte), ajardinamento, instalação e regulamentação do condomínio; e outros serviços (que devem ser discriminados no Anexo A - quadro III); impostos, taxas e emolumentos cartoriais, projetos: projetos arquitetônicos, projeto estrutural, projeto de instalação, projetos especiais; remuneração do construtor; remuneração do incorporador."

PROJETOS - PADRĂƒO RESIDENCIAIS

4.237,50

51.029,70

PADRĂƒO BAIXO Projeto

R$/m²

5 33 5 3,6

1.160,68 1.089,40 1.037,25 802,13

PADRĂƒO NORMAL

var.% mĂŞs

-0,17% -0,15% -0,22% -0,19%

CLà USULA DÉCIMA TERCEIRA - DA PUBLICIDADE

5.1. As obrigaçþes decorrentes da execução constantes do Registro de Preços poderão ser firmadas com o Município de Douradina/MS, atravÊs de contrato, observada as condiçþes estabelecidas neste edital e no que d i s p þ e o a r t . 6 2 d a L e i n ° 8 . 6 6 6 / 9 3 .

III - Suspensão temporåria de participação em licitação e impedimento de contratar com a administração por p r a z o d e a t Ê 0 5 ( c i n c o ) a n o s . 9.2. As sançþes previstas nos incisos anteriores poderão ser aplicadas cumulativamente

5.2. O fornecedor serĂĄ obrigado a atender todos os pedidos efetuados pelos ĂłrgĂŁos e entidades participantes do SRP durante a vigĂŞncia do contrato, mesmo que a entrega do objeto esteja prevista para data posterior Ă do v e n c i m e n t o d a A t a .

9.3. Por atraso injustificado na execução do contrato:

5.3. Caso a(s) fornecedora(s) classificada(s) em primeiro lugar não receber ou não retirar a nota de empenho ou instrumento equivalente, no prazo de 03 (três) dias úteis, a contar da notificação por meio håbil (e-mail), a Administração convocarå a segunda melhor classificada (Cadastro de Reserva) para efetuar o fornecimento, e assim sucessivamente quanto às demais classificadas, aplicadas aos faltosos as penalidades cabíveis.

II - RescisĂŁo unilateral do contrato apĂłs o quinto dia de atraso

5.4. A segunda fornecedora classificada (Cadastro de Reserva) só poderå fornecer à Administração, quanto estiver esgotada a capacidade de fornecimento da primeira, e assim sucessivamente, de acordo com o consumo anual previsto para cada item do Anexo I, ou quando a primeira classificada tiver o seu registro junto a Ata cancelado.

I - Multa moratória de 1% (um por cento), por dia útil, sobre o valor da prestação em atraso atÊ o quinto d

III – Cancelamento do empenho IV - Cancelamento do preço registrado.

13.1. O extrato da presente Ata de Registro de Preço serå publicado na Imprensa Oficia

14.1. Os casos omissos aplicar-se-ão as demais disposiçþes constantes da Lei n.º10.520, de 17 de julho de 2002, do Decreto Municipal nº 05/2018, da Lei 8.666, de 21 de junho de 1993, e demais normas aplicåveis a espÊcie.

5.6. Relativamente ao disposto no presente tópico, aplicam-se, subsidiariamente, no que couber, as disposiçþes da Le i n° 8.078 de 11/09/90 – Código de Defesa do Consumidor.

III - Suspensão temporåria de participação em licitação e impedimento de contratar com a a d m i n i s t r a ç ã o p o r p r a z o d e a t Ê 0 5 ( c i n c o ) a n o s ;

CLà USULA SEXTA– DOS DIREITOS E OBRIGAÇÕES DAS PARTES

IV - Declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou atÊ que seja promovida a reabilitação perante a p r ó p r i a a u t o r i d a d e q u e a p l i c o u a p e n a l i d a d e .

'HVSHVDV$GPLQLVWU (TXLSDPHQWRV

R$/m²

var.% mĂŞs

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

R-1 PP-4 R-8 R-16

1.350,58 1.300,98 1.139,97 1.108,33

0,13% 0,18% 0,02% 0,09%

R-1 R-8 R-16

1.697,27 1.386,57 1.453,95

0,30% 0,14% 0,01%

&8672727$/

    

    

0mRGHREUD HQFDUJRV

0DWHULDO 'HVSHVDV$GPLQLVWUDWLYDV (TXLSDPHQWRV

    

PROJETOS - PADRĂƒO COMERCIAIS CAL (Comercial Andares Livres) e CSL (Comercial Salas e Lojas) PADRĂƒO NORMAL

15.1. Fica eleito o foro da cidade de Douradina, Estado de Mato Grosso do Sul, renunciando, de qualquer outro, por mais privilegiado que seja, para processar as questþes resultantes desta licitação e que não possam ser d i r i m i d a s a d m i n i s t r a t i v a m e n t e .

PADRĂƒO ALTO

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

CAL - 8 CSL - 8 CSL - 16

1.347,95 1.138,89 1.521,34

0,04% -0,03% -0,03%

CAL - 8 CSL - 8 CSL - 16

1.450,28 1.250,76 1.665,65

0,05% -0,01% 0,02%

PROJETOS - PADRĂƒO GALPĂƒO INDUSTRIAL (GI) E RESIDĂŠNCIA POPULAR (RP1Q)

Douradina - MS, segunda-feira, 12 de agosto de 2019

I - Advertência, por escrito, nas faltas leves; II - Multa de 10% (dez por cento) sobre o valor correspondente à parte não cumprida ou da totalidade do fornecimento ou serviço não executado pela fornecedora;

0DWHULDO

CLà USULA DÉCIMA QUINTA– DO FORO

9.4. Por inexecução total ou execução irregular do contrato de fornecimento

5.5. A Administração se reserva no direito de suspender o fornecimento se estiverem sendo executados em d e s a c o r d o c o m a s c o n d i ç þ e s d o p r e s e n t e e d i t a l .

9$50(16$/ 0mRGHREUD

CLà USULA DÉCIMA QUARTA - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

PADRĂƒO ALTO

Projeto

CUB/M² - R8-N = R$ 1.139,97

II - Cancelamento do preço registrado; CLĂ USULA QUINTA– DA CONTRATAĂ‡ĂƒO

5.577,55

CLà USULA DÉCIMA TERCEIRA - DA PUBLICIDADE

74,00

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADINA/MS

6.1.6. Efetuar os pagamentos dentro das condiçþes estabelecidas no edital.

30,50

23.475.963/0001-47

8463

6.1. Compete aos Ă“rgĂŁos ou Entidades UsuĂĄrias:

13,00

CLĂ USULA DÉCIMA PRIMEIRA - DA DOTAĂ‡ĂƒO ORÇAMENTĂ RIA

9211

IV - Cancelamento do preço registrado.

89,70

9203

9.2. As sançþes previstas nos incisos anteriores poderão ser aplicadas cumulativamente

I - Multa moratória de 1% (um por cento), por dia útil, sobre o valor da prestação em atraso atÊ o quinto d

8477

11157

10.1. A Ata de Registro de Preço serå cancelada, automaticamente, por decurso do prazo de vigência ou quando não restarem empresas registradas e, por iniciativa da Detentora da Ata de Registro de Preços deste Município

189,00

4.6. O servidor responsåvel pelo recebimento poderå solicitar a substituição do produto por outro, em caso de defeito, inadequação ou falsidade, no prazo måximo de 5 (cinco) dias úteis.

345,05

YANGZI

1,00

4.5. O frete e a descarga ficarĂŁo a cargo do fornecedor, devendo ser providenciada a mĂŁo de obra necessĂĄria.

177,00

UNIDADE

BORGES

4.4. O produto serå entregue conforme solicitação do setor responsåvel, nos locais constantes da Ordem de Compra

74,00

2,95

UNIDADE

UNIDADE

4.3. As detentoras classificadas ficarão obrigadas a atender as autorizaçþes efetuadas dentro do prazo de validade d o r e g i s t r o ;

14,80

60,00

FACA DE COZINHA PARA CORTES LEVES 5 POLEGADAS

PANELA DE ALUMINIO BATIDO NUMERO 36

4.2. Cada fornecimento deverå ser efetuado mediante solicitação por escrito, formalizada pela Prefeitura Municipal de Douradina, dela devendo constar: a data, o valor unitårio, a quantidade pretendida, local de entrega e o carimbo e a assinatura do responsåvel, sendo efetuado diretamente a empresa contratada, devidamente autorizado pela autoridade competente, contendo o número de referência da Ata;

5,00

YANGZI

ESPREMEDOR DE ALHO DE ALUMINIO REDONDO TAMANHO MEDIO.

8491

4.1.1. A licitante obriga-se a fornecer os materiais e/ou serviços ofertados a que se refere este pregão, novos e de primeiro uso, em conformidade com as especificaçþes descritas na Proposta de Preços (Anexo I) e Termo de Referência (Anexo II), sendo de sua inteira responsabilidade a substituição, caso não esteja em conformidade com a s r e f e r i d a s e s p e c i f i c a ç þ e s ;

SANTA MO

UNIDADE

8478

I - AdvertĂŞncia, por escrito, nas faltas leves;

3.1.1. Juntamente com a ordem de compra, a Secretaria deverå encaminhar de forma detalhada em qual local serå aplicado o material. 3.2. Caberå à (s) usuåria(s) da Ata de Registro de Preços deste Município a responsabilidade, após o registro de preços, pelo controle do cumprimento de todas as obrigaçþes relativas ao fornecimento.

UNIDADE

COLHER DE CHA EM ACO INOX CABO PLASTICO.

9199

74,00

3.1. A Ata de Registro de Preços serå utilizada pelas Secretarias Municipais do Município de Douradina/MS.

COLHER DE ARROZ EM INOX MEDINDO APROXIMADAMENTE 20 CM.

13443

9.12. As importâncias relativas às multas deverão ser recolhidas à conta do Tesouro do Município;

216,00

CLà USULA TERCEIRA - DOS USUà RIOS DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

11143

6.2.3.Responsabilizar-se pelos danos causados diretamente à Administração ou a terceiros, decorrentes de sua c u l p a o u d o l o a t Ê a e nt r e g a d o o b j e t o d e r e g i s t r o d e p r e ç o s .

1,00

2.1. O prazo de validade da Ata de Registro de Preços não serå superior a doze meses, incluídas eventuais prorrogaçþes, conforme o inciso III do §3º, do art. 15, da Lei nº 8.666, de 1993.

55,00

6.2.2. Manter, durante a vigência do registro de preços, a compatibilidade de todas as obrigaçþes assumidas e as condiçþe s de ha bilitação e qualificação exigidas na licitação;

1,00

CLà USULA SEGUNDA- DA VIGÊNCIA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

52,00

55,00

83,00

BORGES

Em atendimento as secretarias solicitantes do município de Douradina/MS, especificados no Anexo I e Termo de Referência Anexo II, em conformidade com as propostas vencedoras da licitação, visando à constituição do Sistema de Registro de Preços, firmando compromisso de fornecimento dos objetos às Secretarias, nas condiçþes definidas no ato convocatório, seus anexos, propostas de preços e ata do Pregão Presencial nª. 02/2018-SRP, que i n t e g r a m e s t e i n s t r u m e n t o i n d e p e n d e n t e d e t r a ns c r i ç ã o , p e l o p r a z o d e v a l i d a d e d o r e g i s t r o .

26,00

1,00

160,00

BORGES

REGISTRO DE PREÇOS OBJETIVANDO FUTURA E EVENTUAL AQUISIĂ‡ĂƒO DE MATERIAIS DE CONSTRUĂ‡ĂƒO DO PROJETO MEU CANTINHO TAIS COMO: AREIA FINA, CIMENTO, CASCALHO, TIJOLOS, ENTRE OUTROS, CONFORME LEI MUNICIPAL 296/2001 DE 11/12/2001, EM ATENDIMENTO Ă€S NECESSIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTĂŠNCIA SOCIAL DE DOU

2,00

ABC

160,00

RISCHIOTO

1.1. O presente termo tem por objetivo e finalidade a:

ABC

UNIDADE

1,00

UNIDADE

CLĂ USULA PRIMEIRA - DO OBJETO

UNIDADE

CANECO DE ALUMINIO 2L

ALUMINIO

UNIDADE

Nos termos da Lei Federal n. 10.520/2002, Lei complementar n. 123/2006 e alteraçþes posteriores, Decreto Municipal nº 05/2018, e, subsidiariamente, pela Lei nº 8.666/93 e alteraçþes posteriores todos representados conforme documento de credenciamento ou procuração inserta nos autos, resolvem registrar os preços, conforme decisão exarada no processo licitatório n° 92/2019 _________, Pregão Presencial n._________devidamente 53 / 2019 HOMOLOGADA, consoa nte as seguintes clåusulas e condiçþes:

BACIA DE ALUMINIO PEQUENA

13438

UNIDADE

UNIDADE

06.103.925/0001-44

13505

18,40

ESCORREDOR DE PRATOS EM ACO INOX CAPACIDADE 12 PRATOS.

PANELA DE ALUMINIO BATIDO NUMERO 24

ZENI PEREIRA DA SILVA MARTINS-ME

95,95

9198

LIXEIRA BRANCA COM PEDAL 30 LT

736

95,95

9.11. A penalidade estabelecida no inciso III do subitem 9.4 serå de competência exclusiva da autoridade måxima, facultada a ampla defesa, na forma e no prazo estipulado no subitem 9.8, podendo a reabilitação ser concedida mediante ressarcimento dos prejuízos causados e depois de decorridos o prazo de sanção mínima de 02 (dois)

PANELA DE ALUMINIO BATIDO NUMERO 30 COM TAMPA DE ALUMINIO BATIDO

Aos doze dias do mês deagosto de dois mil e dezenove , na sede da prefeitura do Município de Douradina - MS, Rua Domingos da Silva, n° 1250, Centro, na cidade de Douradina - MS., reuniram para assinatura da presente ata de registro de preços, de um lado como usuårio da ata de registro de preços o MUNIC�PIO DE DOURADINA - Estado de Mato Grosso do Sul, com sede na Rua Domingos da Silva, 1250, Centro, em Douradina. MS., inscrito no CNPJ sob n.º 15.479.751/0001-00, e do outro lado como detentora (s) da ata de registro de preços a ( s ) e m p r e s a ( s ) :

1,00

3,35

9223

DATA DA SESSĂƒO: 09/08/2019

ABC

83,00

11136

92/2019

UNIDADE

44,85

9.4. Por inexecução total ou execução irregular do contrato de fornecimento

Menor Preçopor Item

BACIA DE ALUMINIO MEDIA

2,00

III – Cancelamento do empenho

TIPO DE JULGAMENTO:

18,00

5422

1,00

5.4. A segunda fornecedora classificada (Cadastro de Reserva) só poderå fornecer à Administração, quanto estiver esgotada a capacidade de fornecimento da primeira, e assim sucessivamente, de acordo com o consumo anual previsto para cada item do Anexo I, ou quando a primeira classificada tiver o seu registro junto a Ata cancelado.

PROCESSO LICITATÓRIO N°:

18,00

103,00

9217

53 / 2019

1,00

NEW TURT

II - RescisĂŁo unilateral do contrato apĂłs o quinto dia de atraso

PREGĂƒO PRESENCIAL N°:

LS-LIMAS

PREMISSE

5.3. Caso a(s) fornecedora(s) classificada(s) em primeiro lugar não receber ou não retirar a nota de empenho ou instrumento equivalente, no prazo de 03 (três) dias úteis, a contar da notificação por meio håbil (e-mail), a Administração convocarå a segunda melhor classificada (Cadastro de Reserva) para efetuar o fornecimento, e assim sucessivamente quanto às demais classificadas, aplicadas aos faltosos as penalidades cabíveis.

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 32/2019

UNIDADE

NEW KOLO

13516

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

AMOLADOR DE FACAS, TIPO CHAIRA

UNIDADE

II - Cancelamento do preço registrado; 5.1. As obrigaçþes decorrentes da execução constantes do Registro de Preços poderão ser firmadas com o Município de Douradina/MS, atravÊs de contrato, observada as condiçþes estabelecidas neste edital e no que d i s p þ e o a r t . 6 2 d a L e i n ° 8 . 6 6 6 / 9 3 .

4,60

13507

UNIDADE

III - Suspensão temporåria de participação em licitação e impedimento de contratar com a administração por p r a z o d e a t Ê 0 5 ( c i n c o ) a n o s .

CLĂ USULA QUINTA– DA CONTRATAĂ‡ĂƒO

4,00

UNIDADE

II - Cancelamento do preço registrado;

4.8. O prazo para entrega do produto serĂĄ de 2 (duas) horas a contar do recebimento da Ordem de Compra e m i t i d a p e l o S e t o r d e C o m p r a s .

Qtde

METALDAV

COLHER DE SOPA EM ACO INOX CABO PLASTICO.

4.5. O frete e a descarga ficarĂŁo a cargo do fornecedor, devendo ser providenciada a mĂŁo de obra necessĂĄria.

4.7. Relativamente ao disposto no presente tópico aplicam-se, subsidiariamente, no que couber, as disposiçþes da L e i n ° 8 . 0 7 8 d e 1 1 / 0 9 / 9 0 – C ó d i g o d e D e f e s a d o C o n s u m i d o r .

Total

Marca

UNIDADE

Decrição

DISPENSER PARA PAPEL TOALHA

4.4. O produto serå entregue conforme solicitação do setor responsåvel, nos locais constantes da Ordem de Compra

4.6. O servidor responsåvel pelo recebimento poderå solicitar a substituição do produto por outro, em caso de defeito, inadequação ou falsidade, no prazo måximo de 5 (cinco) dias úteis.

00.589.733/0001-03 Valor Unit.

Unidade

ABRIDOR DE LATA

DISPENSER PORTA COPO DESCARTAVEL DE 180 ML

9.10. As penalidades aplicadas serĂŁo, obrigatoriamente, anotadas no Certificado de Registro Cadastral do M u n i c Ă­ p i o .

10.1.1.

Em atendimento as secretarias solicitantes do município de Douradina/MS, especificados no Anexo I e Termo de Referência Anexo II, em conformidade com as propostas vencedoras da licitação, visando à constituição do Sistema de Registro de Preços, firmando compromisso de fornecimento dos objetos às Secretarias, nas condiçþes definidas no ato convocatório, seus anexos, propostas de preços e ata do Pregão Presencial nª. 02/2018-SRP, que integram este instrumento independente de transcrição, pelo prazo de validade do registro .

812 MALLONE COMERCIO E SERVICOS LTDA - ME

5421

CĂłdigo

5601

1.1. O presente termo tem por objetivo e finalidade a:

REGISTRO DE PREÇOS OBJETIVANDO FUTURA E EVENTUAL AQUISIĂ‡ĂƒO DE UTENSĂ?LIOS DE COZINHA TAIS COMO: ABRIDOR DE LATA, BANDEJA, PANELAS, JARRAS ENTRE OUTROS, EM ATENDIMENTO Ă€S NECESSIDADES DAS SECRETARIAS MUNICIPAIS DE DOURADINA MS, EM CONFORMIDADE COM AS DESCRIÇÕES ELENCADAS NOS ANEXOS INTEGRANTES DESTE EDIT

200,00

13.119,40

13527

6.2.5.NĂŁo subcontratar, subempreitar, ceder ou transferir, total ou parcialmente o objeto do presente instrumento. o t r a n s p o r t e d o m a t e r i a l ) . ( E x c e t o

CLĂ USULA PRIMEIRA - DO OBJETO

9.8. Fica garantida à fornecedora o direito prÊvio da citação e de ampla defesa, no respectivo processo, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, contados da notificação ou publicação do ato.

TOTAL DO VENCEDOR

JEAN SERGIO CLAVISSO FOGACA Prefeito Municipal

ZENI PEREIRA DA SILVA MARTINS-ME 06.103.925/0001-44

SIGLAS R-1: PP-4: R-8: R-16: PIS:

ResidĂŞncia Unifamiliar PrĂŠdio Popular ResidĂŞncia Multifamiliar ResidĂŞncia Multifamiliar Projeto de Interesse Social

Projeto

R$/m²

var.% mĂŞs

RP1Q GI

1.156,24 623,06

-0,19% -0,07% SIGLAS RPQ1: CAL-8: CSL-8: CSL-16: GI:

ResidĂŞncia Popular Comercial Andares Livres Comercial Salas e Lojas Comercial Salas e Lojas GalpĂŁo Industrial

Rua Spipe Calarge, 1479 - Vila Morumbi - CEP: 79051-560 - Campo Grande-MS Telefone: (67) 3387-8884 - Fax: 3387-0909 - E-mail: sindusconms@sindusconms.com.br

Profile for O Progresso Digital

Edição de 15/agosto de 2019  

false

Edição de 15/agosto de 2019  

false

Profile for progresso
Advertisement