Page 1

DOURADOS MS ANO 68 | Nº 13.278 R$ 2,00

O PROGRESSO ★★★★★

Pensamento e ação por uma vida melhor

Quarta-feira 11 de julho de 2018

Fundador WEIMAR TORRES Diretora-Presidente ADILES DO AMARAL TORRES

Cinema Documentário debate sobre crianças indígenas

Economia IBGE estima safra 2018 em 227,9 milhões de t

Integração Inscrições para Mostra e Festival nas escolas

PÁG. B1

PÁG. A5

PÁG. B3

Em Dourados, 10 crianças índias vivem abandonadas em hospitais Abandonadas por familiares, pelo menos 10 crianças indígenas vivem em hospitais de Dourados. É o que constatou a Vara da Infância e Juventude em levantamento realizado em junho. De acordo com o juiz Zaloar Murat Martins, tratam-se de crianças entre 5 e 12 anos com doenças neurológicas, como a paralisia cerebral. PÁG. D1

CIDO COSTA/DOURADOS AGORA

Idoso é encontrado morto em sua residência Um idoso de 68 anos foi encontrado morto ontem em sua residência no Altos do Indaiá, em Dourados. A vítima seria mecânico de veículos e máquinas pesadas e apresentava sinais de violência por todo o corpo. A polícia acredita que o autor usou um pedaço de madeira para agredir o idoso até a morte. O corpo foi achado no quarto da edícula por trabalhadores de uma obra ao lado da residência do idoso, que logo acionaram a polícia. O possível objeto utilizado para matar a vítima foi encontrado no local com manchas de sangue e seria um cabo de uma enxada ou algo parecido. Além disso, haviam bebidas alcoólicas e dois copos, possivelmente utilizado pelo (s) autor (es) do crime. PÁG. A7

PÁG. A4 Demanda e prêmio pago pela soja brasileira aumentam PÁG. A5 Projeto prevê prêmio por denúncia que ajude a recuperar dinheiro PÁG. A6 Resgate de garotos em caverna é encerrado com sucesso PÁG. A6

Pedaço de madeira foi encontrado na residência, no Altos do Indaiá, onde o corpo do idoso foi achado na manhã de ontem

França vence a Bélgica e é a 1ª finalista da Copa da Rússia Na Copa do Mundo das zebras e das novidades, haverá tradição na final do próximo domingo. A França bateu a Bélgica por 1 a 0 ontem, em São Petersburgo, e é a primeira equipe a garantir vaga na decisão do título. Quem eliminou Argentina, Uruguai e Bélgica faz a torcida esperar de forma eufórica por um dos azarões: Croácia ou Inglaterra, seleções que se enfrentam nesta quarta-feira na outra semifinal, às 14h (de MS), em Moscou. PÁG. A8

O tempo

Loteria

Fonte: CLIMATEMPO

QUINA - Concurso 4720 12 - 22 - 36 - 72 - 75

HOJE 20º Máx | 4º Mín Dia de sol, com geada ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde. Umidade: máx. 95%. Umidade: mín. 45%.

A presidente do STJ, Laurita Vaz, deu uma resposta ao conflito jurídico instaurado no último domingo dentro Tribunal Regional Federal da 4ª Região e decidiu que o desembargador Rogério Favreto, que concedeu um pedido de liberdade a Lula, não é competente para julgar o caso do ex-presidente. PÁG. A3

Projeto pode criar 300 municípios no Brasil

TIMEMANIA - Concurso 1203 11 - 24 - 31 - 44 - 50 - 57 - 62 DIA DE SORTE - Concurso 22 02 - 04 - 05 - 12 - 18 - 22 - 27 Mês de sorte: 07 (Julho)

DAVID VINCENT/AP/ESTADÃO CONTEÚDO

Prisão após condenação em segunda instância está na pauta da CCJ

Presidente do STJ nega habeas corpus a Lula

A equipe econômica disparou nos últimos dias alertas a lideranças políticas no Congresso para barrar a aprovação do projeto de lei que abre caminho para a criação de 300 municípios. Faltando três meses para as eleições, o projeto de 2015 entra na pauta de votação de hoje. PÁG. A4

Lars Grael faz palestra amanhã em Dourados

-RJDGRUHVGD)UDQÍDFRPHPRUDPDYLWöULDGDHTXLSHSRUDHDFODVVLğFDÍÂRSDUDDğQDOGD&RSD

DUPLA-SENA Concurso 1811 1º sorteio: 01 - 03 - 16 - 24 - 28 - 42 2º sorteio: 13 - 17 - 20 - 34 - 41 - 42 LOTOMANIA Concurso 1882 01 - 02 - 08 - 16 - 24 - 32 - 36 - 41 - 42 - 44 47 - 51 - 54 - 62 - 69 - 75 - 77 - 80 - 90 - 98

DUPLA-SENA A Mega-Sena acumulou e pode pagar hoje o prêmio de R$ 31 milhões ao apostador que acertar os seis números da sorte do concurso 2.058. Caso apenas um ganhador leve o prêmio e aplique todo o valor na Poupança da CAIXA, receberá aproximadamente R$ 115 mil em rendimentos mensais.

O Clube Indaiá recebe amanhã o velejador e superintendente de Relações Institucionais do Comitê Brasileiro de Clubes, Lars Grael, que vem a Dourados ministrar a palestra “A trajetória de um guerreiro”. PÁG. D2


2

Dourados, quarta-feira 11.7.2018 O PROGRESSO

OpiniĂŁo

Legislativo bilionĂĄrio

E

m tempos de crise, onde a maioria da população que vive de salårio mínimo praticamente precisa fazer mågica para sobreviver, o Poder Legislativo brasileiro navega como se estivesse sobre åguas mansas, na contramão da história. Na realidade a maioria dos parlamentares ignora o mar de lama que inunda o Planalto Central e finge que estå na mansidão do Caribe. Ao contrårio das dificuldades enfrentadas por seus eleitores, que sobrevivem praticamente a pão e ågua, os parlamentares degustam o manjar dos deuses. É o que fica evidente para quem acompanha os gastos da Câmara Federal, conforme levantamentos recentes, e que acabaram se transformando em notícias constrangedoras, como a de que o Parlamento brasileiro Ê considerado um dos mais caros do mundo. Quando todas as despesas são colocadas na ponta do låpis, chega-se a uma soma assustadora de R$ 1 bilhão por ano. Todo esse dinheiro, que Ê do povo brasileiro, Ê utilizado para pagamento de salårios, verbas extras para moradia, funcionårios, aluguel de escritório, telefone, veículos, combustível, divulgação do mandato, passagens

aÊreas, entre outras coisas. tribuinte todo mês e que acaba EDITORIAL Plano de saúde em condiçþes equivalendo a R$ 1 bilhão por vantajosas e atÊ vitalício. Ajuda de custo equi- ano. Esses dados aqui divulgados são de levanvalente a dois salårios adicionais no início e no tamento do Congresso em Foco, com base nos fim do mandato. valores atualizados dos benefícios dos parlaSe detalhadas, as despesas relativas a cada mentares na Câmara. deputado tornam-se estarrecedoras e no míniNo ranking internacional do constrangimento, mo repugnantes, comparadas a batalha diåria o Brasil ocupa a sexta colocação em salårio de de cada cidadão comum pela sobrevivência. deputados em razão do Produto Interno BruO salårio Ê de R$ 33.763, acrescido de um au- to (PIB) per capita. Nesse sentido, o país perde xílio-moradia de R$ 4.253 ou apartamento de apenas as naçþes mais pobres do planeta, como graça para morar. AlÊm disso, NigÊria, Gana e Quênia, que licada um recebe uma verba de O parlamento brasileiro deram o ranking da disparidade R$ 92 mil para contratar atÊ 25 segundo estudo, estå entre as despesas com parlamenfuncionårios, de R$ 30.416,80 a tares e a mÊdia da riqueza de sua entre os mais R$ 45.240,67 por mês para gaspopulação. Nesse mapeamento caros do mundo tar com alimentação, aluguel de vergonhoso, o país tambÊm se veículo e escritório, divulgação destaca internacionalmente pelo do mandato, entre outras despesas. Dois sa- número de assessores pessoais por congressista, lårios no primeiro e no último mês da legisla- como jå foi abordado inúmeras vezes por este tura como ajuda de custo, ressarcimento de jornal. Nos Estados Unidos, por exemplo, cada gastos com mÊdicos. Esses são os principais deputado pode contar com atÊ 18 auxiliares. No benefícios de um deputado federal brasileiro, Chile, com 12, e na França, com 8. Jå no Brasil que somam R$ 168,6 mil por mês. Juntos, os esse número chega a 25 assessores. O Senado 513 custam, em mÊdia, R$ 86 milhþes ao con- brasileiro permite a contratação de 55 funcio-

O NĂšMERO

R$ 86 milhĂľes.

Esse ĂŠ o custo mensal de 513 parlamentares federais barsileiros, conforme levantamentos nĂĄrios, mas hĂĄ senadores que chegam a quase 90. A imoralidade segue adiante. Levantamento feito recentemente pelo Congresso em Foco aponta a disparidade entre os ganhos dos parlamentares e o salĂĄrio mĂŠdio dos cidadĂŁos que eles representam. Um congressista brasileiro recebe, por mĂŞs, somente de salĂĄrio, o equivalente a 35 salĂĄrios mĂ­nimos.O que tambĂŠm desperta a atenção, ĂŠ que nem mesmo a avalanche de denĂşncias de imoralidades envolvendo os trĂŞs poderes, ĂŠ suficiente para acabar com as mordomias existentes no Congresso. Um benefĂ­cio concedido a novos parlamentares permitiu que suplentes recebessem atĂŠ cerca de R$ 70 mil por menos de uma semana de trabalho. A verba, descrita como “ajuda de custoâ€?, ĂŠ concedida no inĂ­cio e no fim do mandato.

De imigração e emigração )$86720$772 *52662

*Engenheiro e professor da UFMS

A

questão dos imigrantes estå hoje no centro da agenda mundial com seus dramas e desafios. Diariamente, os meios de comunicação nos falam dessa questão na Europa, nos Estados Unidos e no Oriente MÊdio. Nosso país foi construído por imigrantes e escravos. Mesmo a nossa população indígena – cerca de 4 milhþes na Êpoca do descobrimento - jå era originåria de imigraçþes. A

esse respeito, a tese mais aceita ĂŠ que os amerĂ­ndios sĂŁo descendentes de caçadores asiĂĄticos que cruzaram da SibĂŠria para AmĂŠrica do Norte, atravĂŠs do Estreito de Bering, durante o final da era do gelo. HĂĄ cerca de 10 mil anos esses povos chegaram ao atual territĂłrio brasileiro. Colombo os chamou de â€œĂ­ndiosâ€? porque imaginava ter chegado Ă s Ă?ndias. O novo ciclo de imigração para o Brasil, nĂŁo começou, tambĂŠm, com o descobrimento, pois as primeiras pessoas que aqui ficaram – condenados e degredados - nĂŁo o fizeram por vontade prĂłpria, o que nĂŁo caracteriza a situação de imigrantes. A imigração - pessoas que para cĂĄ vieram para morar e viver - teve inĂ­cio em 1530 com a chegada dos primeiros colonos portugueses. TambĂŠm vieram para cĂĄ muitas famĂ­lias

portuguesas ricas, que se fixa- organizada pelo governo. Os ram em Pernambuco e Bahia. primeiros foram cerca de 300 Os portugueses pobres fica- chineses de Macau, trazidos ram em outras regiþes mais príncipe regente (futuro rei D. perifÊricas, como o Maranhão. João VI) com o objetivo de inNo Sec. XVI, vieram para cå troduzir o cultivo de chå no cerca de 50 mil portugueses e Brasil. TambÊm, nesse perío50 mil escravos africanos, es- do, vieram os suíços para ocutes, principalmente para a la- par a região serrana do Rio de voura da cana de açúcar. Jå no Janeiro e que deram origem ao Sec. XVII, aqui aportaram cerca município de Nova Friburgo. Após a Indede 550 mil africanos e 50 mil Hå cerca de 10 mil anos p e n d ê n c i a a p o r t u g u e s e s esses povos chegaram imigração visava principalna Êpoca de ao atual território mente ocupar grande desenbrasileiro as terras vazias volvimento da do sul do País mineração especialmente em Minas Gerais. Rio Grande do Sul, Santa CaOs escravos não se enquadram tarina e Paranå. Os alemães se exatamente como imigrantes, dirigiram principalmente para pois não vieram para cå por o Vale do Rio dos Sinos, onde deram origem à cidade de São vontade própria. Com a abertura dos Portos do Leopoldo. Italianos foram asBrasil, em 1808, inicia-se uma sentados na Serra Gaúcha onde nova fase de imigraçþes e esta plantavam uva, trigo e milho e passa a ser feita, normalmente, deram origem a Caxias do Sul.

No inĂ­cio do sĂŠculo XX, chegaram os japoneses. A maior parte desses imigrantes se dirigiram para as plantaçþes de cafĂŠ no estado de SĂŁo Paulo. Nesse mesmo perĂ­odo vieram os sĂ­rio-libaneses e palestinos, com destino aos centros urbanos, em particular SĂŁo Paulo e Rio de Janeiro. Todos esses povos tiveram grande impacto na cultura, na demografia e na economia brasileira. O Brasil foi, portanto, um grande receptor de imigrantes que para cĂĄ vieram buscar uma vida melhor, “fazer a AmĂŠricaâ€?, como se dizia. Essa situação começa a se inverter a na dĂŠcada de 1980, quando passamos Ă condição de paĂ­s exportador de brasileiros, sobretudo para os Estados Unidos, o Paraguai, a Europa e o JapĂŁo. Pesquisa recente do Instituto Datafolha apontou que 70 milhĂľes de brasileiros com mais

de 16 anos, deixaria o Brasil se pudessem. O número Ê assustador, corresponderia ao desaparecimento de toda a população de SP, RJ e PR. Iriam embora do Brasil 62% dos jovens da faixa 16 a 24 anos; 43% da população adulta; 56% daqueles com curso superior; 51% das classes A e B. Os Estados Unidos teriam 14% dos nossos emigrantes, e 8% iria descobrir Portugal. Nosso País deixaria de ser o destino dos imigrantes, que fizeram nossa história, nossa cultura e nosso desenvolvimento e passaria a exportar gente desiludida, desesperançada e que quer buscar vida melhor fora do Brasil. Estaria invertido a nosso perfil como País, para nossa vergonha e indignação.

faustomt@terra.com.br

Somos todos escritores, porque o autor nĂŁo existe '$9, 52% %$//2 52%$//2

*Jornalista, Especialista em Comunicação e Marketing / Especialista em Jornalismo Político

E

m certa ocasião, ao visitar um amigo, deparei-me com enormidade de escritos acumulados durante mais de vinte anos. Entusiasmado, li uma pequena parte de cada encadernação e disse-lhe que deveria publicar suas ideias, separadas em poemas e outros escritos que dariam uns oito livros com mais de 200 påginas cada um. Mudei de ideia

depois de o amigo argumentar nĂŁo ter maturidade suficiente para ver seu nome na capa de um livro, pois, segundo ele, se sentiria conforme o que diz o psicanalista Bion: “o idiota que tiver seu nome impresso na capa de um livro vai pensar que o livro ĂŠ deleâ€?. A quem poderia ser atribuĂ­da Ă dĂĄdiva de tudo saber? Por incrĂ­vel que pareça, existe uma palavra que resume isso, ou seja, o intelectual. Tal ĂŠ a presunção humana que em palavras doura a ignorância para que nĂŁo mostre a estupidez e o absurdo que sĂŁo rĂłtulos como esse. A presunção em algumas pessoas estĂĄ no fato de que ao entender melhor alguns dados sobre um assunto delimitado, lhe outorga o direito de se intitular dono da verdade. Todos nĂłs sabemos que ĂŠ im-

possĂ­vel se dominar a imensi- so cintilante que se derrama em dĂŁo de assuntos relativos ao um sem-nĂşmero de sistemas que percebemos do mundo e solares, havia uma vez um astro, do universo atĂŠ agora, atĂŠ mes- onde animais inteligentes invenmo de um determinado assun- taram o conhecimento. Foi o mito delimitado, seja qual for a nuto mais soberbo e mais mentiĂĄrea do conhecimento. roso da ‘histĂłria universal’: mas No entanto, os homens dos tambĂŠm foi somente um minuto. “saberesâ€? se denominam co- Passados poucos fĂ´legos da namo intelectutureza congeO conhecimento ais e os demais, lou-se o astro, e c o m o l e i g o s, os animais inteĂŠ uma construção como se sepaligentes tiveram sem fim, rassem homens de morrer. Assem dono que estejam na sim poderia allama junto com guĂŠm inventar os porcos em “criadores de por- uma fĂĄbula e nem por isso teria cosâ€? e os “donos dos porcosâ€?, ilustrado suficientemente quĂŁo sem perceberem que ambos lamentĂĄvel, quĂŁo fantasmagĂłrifedem e estĂŁo chafurdados na co e fugaz, quĂŁo sem finalidade e lama tanto quanto tais animais. gratuito fica o intelecto humano Quem melhor pontuou a ques- dentro da natureza.â€? tĂŁo do conhecimento e o que O maior engano intelectual que significa foi Nietzsche: “Em al- um homem do conhecimento gum remoto rincĂŁo do univer- pode cometer e comete como

um ser alfabetizado, levado pela presunção, ĂŠ ter certeza de que o livro que escreveu ĂŠ dele. Autointitulado como autor, como se isso o diferenciasse dos demais, o colocando numa situação super-humana, como alguĂŠm que cria, outra grande mentira, pois, segundo Mario Quintana, “NĂŁo hĂĄ tolice que se diga agora / que nĂŁo tenha sido dita antes / por um sĂĄbio grego de outroraâ€?. Todo aquele que escreve ĂŠ um plagiador indireto por excelĂŞncia, simplesmente porque o conhecimento ĂŠ como se fosse uma corrida de bastĂŁo, tudo o que sabemos hoje, outros pensaram de outra forma, e antes desses, outros pensaram, e assim sucessivamente. No entanto, como nĂŁo somos bons em hombridade, damos o eufemismo de inspiração ao plĂĄgio que fizemos de ideias universais, que por sua vez

tambÊm passaram pelo mesmo processo, ou seja, para chegarem atÊ nós passaram por outros que acreditaram piamente que a ideia era deles. NinguÊm cria e adquiri sozinho o conhecimento, somos pobres demais para isso. O conhecimento Ê uma construção sem fim, sem dono, Ê algo que estå à espera de quem o busca. Quando se escreve, Ê dever do escritor ser consciente de que nada de sua escrita Ê inÊdito, como foi encontrado na simplicidade e hombridade de Freud, -ao responder a um repórter que enaltecia seu trabalho- que nada do que ele escreveu deixou de ser anteriormente dito pelos poetas de outrora. daviroballo@gmail.com

EXPEDIENTE O PROGRESSO: O MAIS ANTIGO DO ESTADO E DE MAIOR CIRCULAĂ‡ĂƒO EM TODO O INTERIOR Este jornal expressa sua opiniĂŁo pelo Editorial. As demais opiniĂľes sĂŁo de responsabilidade de seus autores. “O PROGRESSOâ€? Registrado no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) sob o nÂş 812285964

Diretora-presidente ADILES DO AMARAL TORRES Diretora-superintendente BLANCHE TORRES Diretora Executiva JUNE ANGELA TORRES Editor-chefe VANDER VERĂƒO Fundador (1951-1969) WEIMAR TORRES Ex-diretor (1969-1985) VLADEMIRO DO AMARAL

(',725$-251$/2352*5(662/7'$

CGC 03.356.425/0001-26 Departamento Comercial, Administração, Redação e Parque Gråfico Av. Presidente Vargas, 447 CEP 79804-030 Dourados-MS. Telefones Redação (0xx) 67-3416-2627/2609 Depto. Comercial (0xx) 67-3416-2600 Serviço de Atendimento ao Assinante (0xx) 67-3416-2666 - 3416-2670 Fax: (0xx) 67-3421-1911 +20(3$*(www.progresso.com.br (0$,/progresso@progresso.com.br

oprogresso.jornal

@JORNALOPROGRESSO

ESPORTE/POLĂ?CIA Renato Giansante esporte@progresso.com.br policia@progresso.com.br DIA-A-DIA Maria Lucia Tolouei marialucia@progresso.com.br CADERNO B/DMAIS Hakeito Almeida hakeito@progresso.com.br

(VWHMRUQDOpÂżOLDGRj

CIDADES Departamento Regional cidades@progresso.com.br

$66,1$785$6

DOURADOS, INTERIOR E CAMPO GRANDE

COLUNA SOCIAL/ANĂšNCIOS Angela Santa Cruz comercial@progresso.com.br

$QXDO  R$ 240 6HPHVWUDO R$ 150 7ULPHVWUDO R$ 100 %LPHVWUDO R$ 70 0HQVDO R$ 45

CLASSIFICADOS Gleison Costa classificados@progresso.com.br

Pensamento e ação por uma vida melhor

VENDA AVULSA 'RXUDGRV,QWHULRU H&DPSR*UDQGHR$ 2 NĂšMEROS ATRASADOS 'RDQRR$ 2 'RDQRDQWHULRU R$ 4


3

Dourados, quarta-feira 11.7.2018 O PROGRESSO

PolĂ­tica

Presidente do STJ nega habeas corpus a Lula Ministra diz que decisĂŁo do plantonista causa “perplexidade e intolerĂĄvel insegurança jurĂ­dicaâ€?, e foi tomada por alguĂŠm “manifestamente incompetente ADEM AUT VELIQUE NECUM ID

Amanda Pupo, Agência Estado De Brasília A presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Laurita Vaz, deu uma resposta ao conflito jurídico instaurado no último domingo dentro Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) e decidiu que o desembargador RogÊrio Favreto, que concedeu um pedido de liberdade a Lula, não Ê competente para julgar o caso do ex-presidente. O entendimento foi firmado em decisão que negou um habeas corpus contra a determinação do presidente do TRF-4, Thompson Flores, que

/DXULWDDÄ&#x;UPDTXHD determinação de Favreto “forçouâ€? a reabertura de discussĂŁo encerrada em instâncias superiores cassou a concessĂŁo de liberdade do petista. O pedido ao STJ foi apresentado por um advogado de fora da defesa de Lula, e tambĂŠm requer a soltura do petista. No despacho, Laurita ĂŠ enfĂĄtica e crĂ­tica em torno do imbrĂłglio jurĂ­dico gerado pela atuação de Favreto durante o plantĂŁo, chamando a situação de “tumulto processual sem precedentes na histĂłria do direito brasileiroâ€?. Para a presidente do STJ, a decisĂŁo do plantonista causa “perplexidade e intolerĂĄvel insegurança jurĂ­dicaâ€?, e foi tomada por alguĂŠm “manifestamente incompetente, em

Laurita ainda destaca que a atuação do presidente do TRF-4, foi “absolutamente necessĂĄriaâ€? situação precĂĄria de PlantĂŁo judiciĂĄrioâ€?. Ao concordar com a movimentação do juiz Sergio Moro e do relator da Lava Jato no TRF-4, JoĂŁo Pedro Gebran Neto, Laurita afirma que a determinação de Favreto “forçouâ€? a reabertura de discussĂŁo encerrada em instâncias superiores, “por meio de insusten-

tåvel premissa�. A presidente do STJ recorda que o caso de Lula jå passou pelo TRF-4, que determinou a prisão do petista, e tambÊm jå foi analisado pelas Cortes Superiores. Em março, a Quinta turma do STJ rejeitou por unanimidade um habeas corpus do petista. A vez do STF foi abril, quando o plenårio

negou por seis votos a cinco um pedido preventivo de liberdade de Lula. Laurita faz observaçþes sobre o tumulto gerado no Ăşltimo domingo e recorda que o plantonista “insistiu em manter sua decisĂŁoâ€?, proferindo outras decisĂľes e “aumentando o tomâ€?, ameaçando o JuĂ­zo Federal de primeiro grau - pe-

CURTAS diu a provocação da Corregedoria da Corte Regional e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) - e a PolĂ­cia Federal. “Diante dessa esdrĂşxula situação processual, coube ao JuĂ­zo Federal de primeira instância, com oportuna precaução, consultar o Presidente do seu Tribunal se cumpriria a anterior ordem de prisĂŁo ou se acataria a superveniente decisĂŁo teratolĂłgica de solturaâ€?, diz Laurita em sua decisĂŁo. “E, evidentemente, a controvĂŠrsia, Ă quela altura - em pleno domingo, mexendo com paixĂľes partidĂĄrias e polĂ­ticas - ganhou vultoâ€?, assinala a presidente da Corte Superior. Laurita ainda destaca que a atuação do presidente do TRF-4, ao cassar a soltura e resolver o conflito de competĂŞncia entre Gebran e Favreto, foi “absolutamente necessĂĄriaâ€?. â€œĂ‰ Ăłbvio e ululante que o mero anĂşncio de intenção de rĂŠu preso de ser candidato a cargo pĂşblico nĂŁo tem o condĂŁo de reabrir a discussĂŁo acerca da legalidade do encarceramento, mormente quando, como no caso, a questĂŁo jĂĄ foi examinada e decidida em todas as instâncias do Poder JudiciĂĄrioâ€?, afirmou a ministra sobre os argumentos supostamente novos envolvidos no pedido de liberdade de Lula no TRF4, que citava sua intenção de ser candidato Ă  presidĂŞncia da RepĂşblica. Ao observar que o pedido de liberdade ao STJ foi apresentado por pessoas que nĂŁo constituem a defesa tĂŠcnica de Lula, Laurita ainda pede que os advogados do ex-presidente se manifestem, em cinco dias, para dizer sobre o interesse no processamento do habeas corpus. Laurita ainda analisa o pedido da Procuradoria-Geral da RepĂşblica (PGR), que pede que o STJ declare sua competĂŞncia para decidir sobre os pedidos de liberdade do petista.

Novo ministro do Corregedoria do CNJ vai apurar condutas de Favreto, Gebran e Moro Trabalho defende GLĂ UCIO DETTMAR/AGĂŠNCIA CNJ

O CNJ recebeu oito representaçþes contra Favreto e duas contra Moro

VALTER CAMPANATO/AGĂŠNCIA BRASIL

A alteração de legislação ĂŠ “uma coisa normalâ€?, diz ministro

Teo Cury, AgĂŞncia Estado De BrasĂ­lia O ministro corregedor do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), JoĂŁo OtĂĄvio de Noronha, determinou a abertura de procedimento para apurar as condutas dos desembargadores RogĂŠrio Favreto e JoĂŁo Pedro Gebran Neto, ambos do Tribunal Regional Federal da 4ÂŞ RegiĂŁo (TRF-4), e tambĂŠm do juiz federal SĂŠrgio Moro, da 13ÂŞ Vara Criminal Federal de Curitiba (PR). O CNJ recebeu oito representaçþes contra Favreto e duas contra Moro. Elas pedem a apuração sobre possĂ­vel infração disciplinar dos magistrados no episĂłdio que resultou na liminar em habeas corpus a favor do ex-presidente Luiz InĂĄcio Lula da Silva, condenado e preso na Operação Lava Jato, e posteriores manifestaçþes que resultaram na manutenção da prisĂŁo. As dez representaçþes serĂŁo sobrestadas e apensadas ao procedimento “jĂĄ que se trata de uma apuração mais ampla dos fatosâ€?, informou a Corregedoria. De acordo com nota do ĂłrgĂŁo, o pedido de providĂŞncias serĂĄ autuado e os trabalhos de apuração iniciados imediatamente pela equipe. Apesar da decisĂŁo do desembargador Favreto, Lula continua preso porque o presidente do TRF-4, Carlos Eduardo Thompson Flores, manteve a posição do desembargador JoĂŁo Pedro Gebran Neto, relator da Lava Jato, que vetou a libertação do petista,

atuação tÊcnica na pasta

Ana Cristina Campos e Yara Aquino, AgĂŞncia Brasil De BrasĂ­lia

Corregedor Nacional de Justiça, Ministro JoĂŁo O. de Noronha preso desde abril. Antes disso, o prĂłprio Moro divulgou despacho em que recomendava o nĂŁo cumprimento da liminar. Representaçþes A primeira representação ao CNJ foi protocolada no domingo (8) pela ex-procuradora do Distrito Federal Beatriz Kicis. A segunda foi apresentada pela promotora de Justiça do MinistĂŠrio PĂşblico do Rio Adriana Miranda Palma Schenkel. Outra representação foi feita pelo deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP). Para cerca de cem integrantes do MinistĂŠrio PĂşblico e do Poder JudiciĂĄrio, a decisĂŁo do desembargador Favreto “viola flagrantemente o princĂ­pio da colegialidadeâ€?. “A quebra da unidade do direito, sem a adequada fundamentação, redunda em ativismo judicial pernicioso e arbitrĂĄrio, prin-

cipalmente quando desembargadores e/ou ministros vencidos ou em plantão não aplicam as decisþes firmadas por Órgão Colegiado do Tribunal�, citam. Ainda hå uma representação do Partido Novo, duas do senador JosÊ Medeiros (Podemos-MT) e uma do deputado federal Laerte Bessa (PR-DF). Quem assina as representaçþes contra Moro são o estudante de Direito de Rolândia (PR) Benedito Silva Junior, que jå protocolou habeas corpus a favor de Lula em outras ocasiþes, e o advogado mineiro Lucas Carvalho de Freitas. Os três deputados que pediram a liberdade de Lula - Paulo Teixeira (PT-SP), Paulo Pimenta (PT-RS) e Wadih Damous (PT-RJ) - vão entrar com representaçþes no CNJ não só contra Moro, mas tambÊm contra os desembargadores Gebran Neto e Thompson Flores.

ApĂłs tomar posse na tarde de ontem (10), em cerimĂ´nia no PalĂĄcio do Planalto, o novo ministro do Trabalho, Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello, disse que o ministĂŠrio tem que ser “extremamente tĂŠcnicoâ€?. “Temos que funcionar tecnicamenteâ€?, afirmou. Perguntado se serĂĄ necessĂĄrio fazer uma revisĂŁo nos cargos da pasta apĂłs a terceira fase da Operação Registro EspĂşrio, deflagrada pela PolĂ­cia Federal, que afetou a cĂşpula do ministĂŠrio, entĂŁo comandado pelo PTB, o novo ministro afirmou que se as mudanças forem necessĂĄrias serĂŁo feitas. “Como bom mineiro vou examinar bem a situação e as medidas serĂŁo tomadas, com transparĂŞnciaâ€?, disse. No entanto, Caio Vieira de Mello ressaltou que se os indicados polĂ­ticos tiverem capacidade tĂŠcnica, eles permanecem no cargo. “NĂŁo estou dizendo que vou trocar (os cargos). Eu vou conduzir o ministĂŠrio tecnicamenteâ€?, disse. O desembargador aposentado tambĂŠm destacou que o presidente Michel Temer pediu que ele desse agilidade ao MinistĂŠrio do Trabalho “e ajudasse a resolver os problemas que existem lĂĄâ€?.

Fakes (1)

O acordo de colaboração firmado com o Tribunal Superior Eleitoral para a manutenção de um ambiente eleitoral imune Ă disseminação de notĂ­cias falsas (fake news) nas Eleiçþes Gerais de 2018 jĂĄ conta com a assinatura de 28 partidos polĂ­ticos. A informação ĂŠ da Assessoria de Comunicação do TSE. Pelos texto do documento, os signatĂĄrios “se comprometem a manter o ambiente de higidez informacional, de sorte a reprovar qualquer prĂĄtica ou expediente referente Ă  utilização de conteĂşdo falso no prĂłximo pleitoâ€?, atuando como colaboradores contra a proliferação de notĂ­cias falsas.

Fakes (2)

O termo de compromisso foi firmado no dia 5 de junho pelo presidente do TSE, ministro Luiz Fux, e por representantes de dez agremiaçþes partidårias. Agora, o acordo jå conta com 28 signatårios: AVANTE, DC, DEM, MDB, PCB, PCdoB, PMB, PR, PSDB, PDT, PHS, NOVO, PPL, PP, PRB, PROS, PRP, PSC, PSD, PSL, PSOL, PSB, PTB, PV, PATRI, REDE, SD e PMN). AtÊ o momento, apenas sete partidos - PCO, PMB, PT, PRTB, PSTU, PTC e PODE - não firmaram o compromisso.

Fakes (3)

Com o mesmo objetivo, o TSE firmou parceria, no dia 19 de junho, com representantes do Clube Associativo dos Profissionais de Marketing PolĂ­tico (Camp). Por meio do acordo, os integrantes do Clube se comprometem a manter um ambiente informacional saudĂĄvel, reprovando qualquer meio relacionado ao uso de conteĂşdo falso nas eleiçþes. TambĂŠm assumem a missĂŁo de colaborar com o TSE e outros ĂłrgĂŁos na identificação das chamadas fake news, auxiliando na promoção de “um ciclo eleitoral mais transparente e justoâ€?.

Fakes (4)

Jå no último dia 28 de junho, o presidente do TSE assinou dois memorandos de entendimento com entidades representativas do setor de comunicação e com as empresas Google e Facebook. Os signatårios assumiram o compromisso com o TSE de prevenir e combater a desinformação gerada por terceiros, alÊm de apoiar a Corte em projetos de fomento à educação digital, e em iniciativas de promoção do jornalismo de qualidade.

Fakes (5)

Caio Luiz de A. Vieira de Mello, novo ministro do Trabalho No Ăşltimo dia 5, o chefe da Casa Civil da PresidĂŞncia da RepĂşblica, ministro Eliseu Padilha, havia assumido interinamente o MinistĂŠrio do Trabalho, no lugar de Helton Yomura, que pediu exoneração do cargo apĂłs ser um dos alvos da terceira fase da Operação Registro EspĂşrio. O objetivo da operação foi aprofundar as investigaçþes sobre uma suposta organização criminosa suspeita de fraudar a concessĂŁo de registros sindicais junto ao MinistĂŠrio do Trabalho. Reforma Trabalhista Sobre a reforma trabalhista, o novo ministro disse a alteração de legislação ĂŠ “uma coisa normalâ€?. “A adaptação vai se fazendo pela jurisprudĂŞncia e o tempo vai mostrando a vantagem ou desvantagem. Se houver necessidade, haverĂĄ mudança tambĂŠm. NĂŁo vejo nenhuma necessidade de mudança no momentoâ€?.

Com esse mesmo propósito, o Tribunal instituiu, por meio da Portaria TSE n° 949/2017, o Conselho Consultivo sobre Internet e Eleiçþes. Integram o Conselho representantes da Corte e de diferentes instituiçþes públicas, como o MinistÊrio Público Eleitoral, a Polícia Federal, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), os MinistÊrios da Defesa, da Justiça, da Ciência e Tecnologia, Inovaçþes e Comunicaçþes entre outros.

COLONO - CumpĂĄdri, co-mu todu mundu di]LDD)UDQĂ?DWĂ€QDÄ&#x;QDO ZÉ PINGA LFLFLF ĂŠ, desta veiz o canarinhu QĂ‚RGHXFHUWXQHPR EHOJDLFLFLF


4

Dourados, quarta-feira 11.7.2018 O PROGRESSO

PolĂ­tica

PrisĂŁo apĂłs condenação C em segunda instância estĂĄ na pauta da CCJ O assunto ĂŠ polĂŞmico e o ST Ä&#x;UPRXMXULVSUXGĂ“QFLDSRUYRWRV DSHUPLWLQGRDSULVĂ‚RDSĂśVDFRQGHQDĂ?Ă‚RHPĹžLQVWĂ QFLD PEDRO FRANÇA/AGĂŠNCIA SENAD0

Agência Senado, De Brasília A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado deve analisar nesta quarta-feira (11) o projeto de lei (PLS 147/2018), do senador Cåssio Cunha Lima (PSDB-PB), que tenta regularizar a questão da prisão após condenação em segunda instância no país. A proposta altera a Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro (LINDB), a antiga Lei de Introdução ao Código Civil, para explicitar a legalidade de execução de pena confirmada em segundo grau de jurisdição por um colegiado.

A proposta altera a Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro (LINDB), a antiga Lei de Introdução ao Código Civil O assunto Ê polêmico e o Supremo Tribunal Federal firmou jurisprudência, por 6 votos a 5, permitindo a prisão após a condenação em segunda instância. Apesar disso, o entendimento vem sendo questionado. No fim de abril, o relator Ricardo Ferraço (PSDB-ES) apresentou voto favoråvel ao projeto. Segundo ele, nas democracias mais consolidadas e com sistemas judiciais da defesa dos direitos humanos, a presunção de inocência, direito fundamental, Ê compatibilizado com o direito à segurança jurídica e à efetividade das decisþes judiciais. Cartórios TambÊm deve ser votado o projeto que aumenta o valor e prevê a cobrança de novas

INFORME C CĂ?CERO FARIA cicerolfaria@gmail.com

Situação continua complicada ao DEM

O DEM estĂĄ de olho nas vagas de vice-governador e senador. Presidente regional do partido, ex-prefeito Murilo Zauith seria candidato a senador, e o deputado estadual =Ă’7HL[HLUDÄ&#x;FDULDFRPDYDJDGHYLFH2GHSXWDGRIHGHUDO Luiz Henrique Mandetta (DEM) fez essa anĂĄlise ao Correio do Estado mostrando quais cargos os colegas deveriam ocupar nas eleiçþes deste ano. Essa seria uma opção para o DEM, no caso de nĂŁo lançar candidatura prĂłpria. PorĂŠm, Mandetta continuou com o mistĂŠrio e nĂŁo disse qual em FKDSDR'HPRFUDWDVYDLÄ&#x;FDUQHVVDVHOHLĂ?øHV36'%RX MDB. Os tucanos jĂĄ informaram ter duas vagas disponĂ­veis para o Senado. Uma delas disputada pelo ex-secretĂĄrio de Infraestrutura, Marcelo Miglioli e pelo deputado federal Geraldo Resende. A outra reservada para o ex-prefeito Nelsinho Trad (PTB). Resta saber, entĂŁo, onde Zauith seria encaixado no PSDB. GELADA 2IULRGHRQWHPHP'RXUDGRV IRLGHUDFKDUFRPRVHGL]SRSXODUPHQWH&RPRSUHYLVWR SHODPHWHRURORJLDDWHPSHUDWXUDFDLXPXLWRQDPDGUXJDGDPDLVIULDGHVWHLQYHUQR TXHFRPHĂ?RXQRGLDGH MXQKR$HVWDĂ?Ă‚RDJURFOLPDWROĂśJLFDGD(PEUDSD$JURSHFXĂ€ULD2HVWHUHJLVWURXJUDXV ÂżVK1DVHJXQGDIHLUDR IULRKDYLDVLGRGHJUDXV$ IUHQWHIULDYHLROĂśJLFRGRVXO GR3DâVDFRPSDQKDGDGH PDVVDGHDUSRODUIULDHVHFD GHUUXEDQGRWHPSHUDWXUDV VHPWUD]HUFKXYD

taxas e alíquotas sobre os serviços prestados pelos cartórios do Distrito Federal (PLC 99/2017). Apresentado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), o texto cria uma taxa de 10% e uma alíquota de 7% sobre os serviços notariais no DF. A taxa de 10% serå destinada a açþes de reaparelhamento da Justiça, reunidas sob o nome de Projus (Programa de Modernização e Aperfeiçoamento da Justiça do Distrito Federal). A alíquota de 7% destina-se a criar a Conta de Compensação do Registro Civil das Pessoas Naturais (CCRCPN), uma espÊcie de fundo em que os cartórios de maior demanda passariam a subsidiar aqueles de menor movimento. Um registro de casamento, por exemplo, passaria a cus-

tar R$ 281,08, quando hoje Ê cobrado, segundo tabela da Associação dos Notårios e Registradores do Distrito Federal (Anoreg-DF), R$ 164,75. Jå uma escritura pública passaria de R$ 1.248,30, no seu valor måximo, para R$ 2.208,42. Conselhos tutelares TambÊm estå na pauta o PLS 631/2011, da senadora Lídice da Mata (PSB-BA), que promove alteraçþes no processo de escolha dos membros e no funcionamento dos conselhos tutelares. O projeto jå esteve na pauta da CCJ, mas não foi votado por conta de um pedido de vista. A proposta a ser analisada Ê na verdade um substitutivo da relatora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), com alteraçþes no texto original. Segundo ela, muitas das novidades trazi-

das pelo projeto jĂĄ foram incorporadas ao estatuto pela Lei 12.696/2012, que trata dos conselhos tutelares. Todavia, ainda hĂĄ lacunas, na opiniĂŁo da senadora, “o que estimula discrepâncias no funcionamento desses organismosâ€?, observou em seu relatĂłrio. Outros temas A pauta da CCJ tem outras 23 propostas, entre elas a definição de regras mais precisas para condutas consideradas atos de terrorismo (PLS 272/2016); o aumento de penas para os adultos que usam crianças ou adolescentes para a prĂĄtica de crimes (PLS 358/2015) e a instituição da PolĂ­tica Nacional de Busca de Pessoas Desaparecidas (PLC 144/2017). A reuniĂŁo estĂĄ marcada para Ă s 10h, no PlenĂĄrio 3 da Ala Alexandre Costa.

PERIGOSO 5HVSRQVĂ€YHOSRUPRUWHV QR%UDVLOHPRHVFRUSLĂ‚RXOWUDSDVVRXDVVHUSHQWHVQRWRSRGDOLVWDGHDQLPDLVSHĂ?RQKHQWRVTXHPDLV PDWDPQR%UDVLOGHDFRUGR FRPGDGRVGR0LQLVWĂ’ULRGD 6DÄŽGH1RPHVPRDQRIRUDPUHJLVWUDGRVFDVRVGH PRUWHSRUYHQHQRGHFREUD 'HSDUDFĂ€DXPHQWRX HPRQÄŽPHURGHĂśELWRVFDXVDGRVSRUHVVHDUWUĂśSRGHQDTXHOHDQRHUDP DSHQDV$SURSRUĂ?Ă‚RQR DXPHQWRGDVPRUWHVĂ’PXLWR PDLRUGRTXHDGRVFDVRVQRWLÄ&#x;FDGRVGHHVFRUSLRQLVPR RXVHMDVLWXDĂ?øHVHPTXHR HVFRUSLĂ‚RLQMHWDYHQHQRHP XPDSHVVRDDWUDYĂ’VGRIHUUĂ‚RVHPQHFHVVDULDPHQWH OHYĂ€ODÂżPRUWH(OHVVRPDUDPQRDQRSDVVDGR GLDQWHGHHPXP DXPHQWRGHTXDVH

QDV*HUDLVHVWĂ‚RSDUWLFLSDQGR GHXPDPLVVĂ‚RHPXPDUHVHUYD LQGâJHQDHP'RXUDGRV6Ă‚RRIHUHFLGRVDWHQGLPHQWRVPĂ’GLFR HQIHUPDJHP RGRQWROĂśJLFR SVLFROĂśJLFRHDWĂ’MXUâGLFRSDUD RVLQGâJHQDV$PLVVĂ‚RWDPEĂ’P WURX[HFDPLQKøHVFDUUHJDGRV GHDOLPHQWRVURXSDVHEULQTXHGRV6Ă‚RWRQHODGDVGHGRDĂ?øHV7XGRTXHIRLDUUHFDGDGR GXUDQWHRDQRSHORVYROXQWĂ€ULRV Ä&#x;FDUĂ€DUPD]HQDGRQDVVDODVGH DXODGDHVFRODGDDOGHLD-DJXDSLUXDWĂ’VHUGLVWULEXâGR$LGHLD GDDĂ?Ă‚RKXPDQLWĂ€ULDSDUWLXGR SDGUH(GXDUGR$OYHVGH/LPDGD GLRVHVHGH-DOHVQRLQWHULRUGH 6Ă‚R3DXOR2WUDEDOKRFRPHĂ?RX HP FARRA $PHQRVGHVHLVPHVHVSDUDR ILPGHVHXPDQGDWRRSUHVLGHQWH0LFKHO7HPHUDFHOHURXD OLEHUDĂ?Ă‚RGHYHUEDGR2UĂ?DPHQWRLQGLFDGDSRUSDUODPHQWDUHV )RUDP5ELOKøHVSDJRVHP HPHQGDVLQGLYLGXDLVDWĂ’DSULPHLUDVHPDQDGHMXOKRPDLV GRTXHRWRWDOGRDQRSDVVDGR LQWHLUR GH5ELOKøHV2V GDGRVVĂ‚RGD&RQVXOWRULDGH 2UĂ?DPHQWRGD&Ă PDUD

SEM CORRER 'HVFUHQWHGHTXHQĂ‚RSRGHULD Ä&#x;FDUVROWRSRUPXLWRWHPSRRH[SUHVLGHQWH/XODDÄ&#x;UPRXDDGYRJDGRVTXHRYLVLWDUDPQDVHJXQGDIHLUDQD6XSHULQWHQGĂ“QFLDGD 3)RQGHFXPSUHSULVĂ‚RTXHQĂ‚R GHL[DULDDFDSLWDOSDUDQDHQVHFDVRWLYHVVHVLGRVROWRQRGRPLQJR (OHPHGLVVHFODUDPHQWHĹƒ(XQHP VDLULDGH&XULWLEDÄ&#x;FDULDHVSHUDQGRRTXHGHFLGLULDPDPHXUHVSHLWRSRUTXHVDELDTXHLVVRQĂ‚RLULD MAIS AJUDA (VWXGDQWHVGHXQLYHUVLGDGHV ORQJHĹ‚Ĺ„GHFODURXRH[PLQLVWUR GH6Ă‚R3DXOR0DWR*URVVR GD-XVWLĂ?D(XJĂ“QLR$UDJĂ‚RDSĂśV 0DWR*URVVRGR6XOH0L- YLVLWĂ€OR

BATE REBATE

Equipe econĂ´mica alerta para risco de projeto que pode criar 300 cidades AGENCIA BRASIL

O projeto de 2015 entrou na pauta de votação de quarta-feira Adriana Fernandes, Agência Estado, de Brasília A equipe econômica disparou nos últimos dias alertas a lideranças políticas no Congresso Nacional para barrar a aprovação do projeto de lei complementar que abre caminho para a criação de 300 municípios. Faltando três meses para as eleiçþes, o projeto de 2015 entrou na pauta de votação de quarta-feira (11), na Câmara, em regime de urgência. A årea econômica vê risco no desmembramento dos municípios para as contas públicas. A avaliação Ê de que a facilitação da criação de novos municípios aumenta os gastos com a duplicação de funçþes das prefeituras sem a compensação de novas receitas para bancar o custo adicional. AlÊm disso, pode levar à criação de prefeituras sem capacidade financeira, aumentando a dependência de recursos dos governos federais e estaduais. O pedido de urgência desse projeto foi aprovado em maio com grande apoio dos parlamentares em meio

Lideranças políticas do Congresso Nacional foram acionadas ao avanço das negociaçþes políticas para as eleiçþes de outubro. Na esfera política, mais municípios significam a ampliação da influência regional com o aumento de número de vereadores. O projeto, de 2015, Ê de autoria do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) e jå foi aprovado no Senado. Procurado, o relator do projeto, deputado Carlos Gaguim (DEM-TO), não quis falar sobre o projeto. Relatório da Instituição Fis-

cal Independente (IFI) mostra que os municĂ­pios arrecadaram 2,1% do Produto Interno Bruto em 2017. Mas com as transferĂŞncias feitas pelo governo federal e Estados, as receitas disponĂ­veis para as prefeituras mais que triplicaram para 6,6% do PIB. Em 2002, a receita disponĂ­vel era de 5,7% do PIB. Um projeto similar sobre desmembramento de municĂ­pios, aprovado pelo Congresso, foi vetado pela ex-pre-

sidente Dilma Rousseff com o argumento de que provocaria aumento expressivo de despesas sem a criação de novas receitas, preju-dicando ainda a repartição dos recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), principalmente municípios menores e com maiores dificuldades financeiras. Simples A equipe econômica tambÊm vê com grande preocupação a aprovação de projeto de lei complementar que readmite no Simples Nacional empresas que foram excluídas do regime beneficiado de tributação por existência de dívidas. Segundo o relator, deputado Jorginho Mello (PR-SC), 470 mil microempresas haviam sido excluídas do regime simplificado de tributação em janeiro deste ano e agora poderão retornar. De acordo com o projeto, para voltar ao Simples Nacional os empresårios deverão aderir ao chamado Refis da micro e pequena empresa, programa que permite renegociar dÊbitos e pagå-los em parcelas de atÊ 15 anos. O Comitê Gestor do Simples Nacional se mani-festou de forma contråria ao projeto, aprovado na Câmara e que tramita agora no Senado.

A Justiça manteve o decreto da Prefeitura de Campo Grande que acabou com a cobrança da tarifa mĂ­nima na conta de ĂĄgua. A decisĂŁo ĂŠ do juiz Marcelo Andrade Campos, que rejeitou pedido da concessionĂĄria Ă guas Guariroba para anular o decreto. O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB), avaliou como “uma sucessĂŁo de erros motivados pelo desrespeito Ă lei e Ă  hierarquiaâ€? o que ocorreu no domingo em relação Ă  briga de decisĂľes judiciais envolvendo Lula. De janeiro a junho deste ano, os oito deputados federais de Mato Grosso do Sul utilizaram mais de R$ 1,5 milhĂŁo em cota parlamentar para despesas do mandato. Levantamento feito pelo Midiamax com base em dados do Portal da TransparĂŞncia da Câmara dos Deputados revela que mensalmente os polĂ­ticos gastam de R$ 20 a R$ 43 mil. O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) sancionou um projeto de lei que obriga os estabelecimentos comerciais a informarem aos consumidores sobre seu direito de receberem o troco integralmente.

INFORME CURURU Em baile de tamanduå, formiga não dança.


5

Dourados, quarta-feira 11.7.2018 O PROGRESSO

Economia REPRODUĂ‡ĂƒO

INDICADORES ECONÔMICOS progresso@progresso.com.br

BOLSAS Ibovespa: Pontos: Måxima de Mínima de Volume: Variação em 2018: Variação no mês: Dow Jones: Pontos: Nasdaq: Pontos: Ibovespa Futuro: Pontos: Måxima (pontos): Mínima (pontos):

BLUE CHIPS -0,25% 74.553,06 75.127 pontos 73.756 pontos 8,92 bilhĂľes -2,42% 2,46% +0,75% 24.356,74 +1,12% 7.586,43 -0,64% 74.880 75.810 74.070

Preço Itau Unibanco PN Petrobras PN Bradesco PN Ambev ON Petrobras ON BRF SA ON Vale ON Itausa PN Cielo ON JBS ON

A produção nacional de soja deve alcançar o recorde histórico de 116,3 milhþes de toneladas em 2018

Cotação: Variação:

IBGE estima safra 2018 em 227,9 milhþes de toneladas O resultado divulgado ontem Ê 230.143 toneladas menor que o estimado pelo levantamento feito maio, um ligeiro recuo de 0,1% Daniela Amorim, Agência Estado Do Rio de Janeiro A safra agrícola de 2018 deve totalizar 227,9 milhþes de toneladas, uma queda de 5,3% em relação à produção de 2017, o equivalente a 12,7 milhþes de toneladas a menos. Os dados são do Levantamento Sistemåtico da Produção Agrícola de junho, divulgado na manhã de ontem (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Conab prevê uma redução de 3,9% ou 9,2 milhþes de toneladas a menos que a da safra passada 2016/17 O resultado Ê 230.143 toneladas menor que o estimado pelo levantamento feito maio, um ligeiro recuo de 0,1%. Em 2017, a safra havia somado 240,6 milhþes de toneladas. Os produtores brasileiros devem colher 61,2 milhþes de hectares na safra agrícola de 2018, uma elevação de 0,1% em relação à årea colhida em 2017, o equivalente a 31.009 hectares a mais, segundo o IBGE.

A expectativa ficou eståvel em relação ao previsto no levantamento de maio, devido a um decrÊscimo de apenas 12.251 hectares. Recorde na soja A produção nacional de soja deve alcançar o recorde histórico de 116,3 milhþes de toneladas em 2018. O resultado Ê 1,2% maior este ano do que o obtido em 2017, segundo o Levantamento Sistemåtico da Produção Agrícola. A årea colhida deve aumentar em 2,6%. A safra de milho, porÊm, deve encolher 15,9% em 2018, com queda de 7,3% na årea. Jå o arroz registra recuo de 7,2% na produção, e redução de 4,2% na årea colhida. O arroz, o milho e a soja são os três principais produtos agrícolas do País, responsåveis por 92,8% da estimativa da produção brasileira em 2018 e 87,0% da årea a ser colhida. Em relação às estimativas de maio, a produção de soja serå 0,5% maior que o previsto. A colheita de milho de segunda safra serå 1,9% inferior. Jå a produção de milho

de primeira safra serå 1,1% maior que o estimado em maio. Conab A produção brasileira de grãos na safra 2017/18 deve ser de 228,52 milhþes de toneladas, com uma redução de 3,9% ou 9,2 milhþes de toneladas a menos que a da safra passada 2016/17, quando foi atingido recorde de 237,7 milhþes de t. A informação Ê da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em seu dÊcimo e antepenúltimo levantamento sobre a safra 2017/18, divulgado nesta terça-feira, mesmo dia da divulgação de dados de safra IBGE. O resultado Ê 1,2 milhão de t inferior ao levantamento anterior, como consequência dos impactos climåticos que levaram a uma nova estimativa de produtividade para o milho segunda safra. A expectativa para a årea Ê de 61,6 milhþes de hectares, a maior jå registrada. Entre as culturas avaliadas, a soja registrou o maior volume de årea semeada, com um aumento de 33,9 milhþes para

Demanda e prĂŞmio pago pela soja brasileira aumentam, diz secretĂĄrio O efeito para o mercado de soja brasileiro pode ser positivo, diz secretĂĄrio De Campo Grande* A demanda e o prĂŞmio pago pela soja brasileira estĂŁo aumentando com a guerra comercial entre os Estados Unidos (EUA) e a China, disse o secretĂĄrio adjunto de PolĂ­tica AgrĂ­cola do MinistĂŠrio da Agricultura, SĂĄvio Pereira, ao apresentar o 10Âş levantamento da safra de grĂŁos, elaborado pela pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O prĂŞmio ĂŠ uma remuneração extra para a exportação de soja. Na Ăşltima sexta-feira (6), a China anunciou que iniciou “de forma imediataâ€? medidas de represĂĄlia contra importaçþes de produtos americanos, apĂłs a entrada em vigor nos Estados Unidos de tarifas a mercadorias chinesas importadas, no valor de US$ 34 bilhĂľes. Foi aplicado um conjunto de tarifas de 25% sobre produtos como a soja. Com isso, houve queda nos preços da soja na Bolsa de Chicago. “Os preços sĂŁo definidos pela Bolsa de Chica-

go, mas a bolsa reflete muito o mercado americano. Os mercados regionais, como do Brasil, da Argentina e do Paraguai se adaptam Ă Bolsa de Chicago por meio dos prĂŞmios pagos nos portos. Como hĂĄ essa queda na procura pela soja americana, os prĂŞmios nos portos brasileiros pela soja brasileira sobemâ€?, explicou Pereira. O secretĂĄrio adjunto acrescentou que o efeito para o mercado de soja brasileiro pode ser positivo. “Semana passada, jĂĄ havia informaçþes que foram canceladas com-

6,43% ao ano 9,77% ao ano 1,08% ao mĂŞs 6,39% ao ano 6,40%

35,1 milhþes de hectares e ganho absoluto de 1,2 milhão de hectares. Outros ganhos absolutos ocorreram com o algodão que alcançou 1,2 milhão de hectares, com aumento de 236,9 mil hectares, e com o feijão segunda safra, que obteve 1,5 milhão de hectares, com o ganho de 108,3 mil hectares. Segundo a Conab, o desempenho poderia ser melhor, se não houvesse redução de årea do milho primeira e segunda safras, em virtude de expectativas de mercado O primeiro caiu de 5,5 milhþes para 5,1 milhþes de hectares e o segundo, de 12,1 milhþes para 11,6 milhþes de hectares. Com boa produtividade, a soja Ê destaque positivo. A soja e o milho, que têm os maiores volumes de produção do País, devem ter produção de 118,9 milhþes e 82,9 milhþes de toneladas, respectivamente, segundo a Conab. Do total da produção de milho, 26,9 milhþes de toneladas deverão ser colhidas na primeira safra e 56 milhþes de toneladas na segunda safra.

pras de 500 mil toneladas de soja americana. Significa que a soja americana vai custar 25% a mais para os chineses. Evidentemente isso provocou queda na Bolsa de Chicago, que reflete muito o produto americano. Mas, em compensação, os prêmios nos portos brasileiros subiram. Então, a taxação americana, com a queda em Chicago, afetou o Brasil, eu diria, atÊ positivamente. A procura Ê para o produto brasileiro agora�. Segundo a Conab, a produção de soja no Brasil pode chegar a 118,9 milhþes de toneladas, com crescimento de 4,2% em relação à safra passada. Entre as culturas avaliadas, a soja registrou o maior volume de årea semeada, com aumento de 33,9 milhþes para 35,1 milhþes de hectares.

-0,63%

R$ 1,0641

DĂ?VIDA EM TR OU TRD

R$ 954,00

R$ 26,33

POUPANÇA (APLICAĂ‡ĂƒOAPARTIRDE 04/05/12)

Junho 27 28 Julho 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14

Variação +0,42%

* 1 onça-troy equivale a 31,1035 gramas

UFERMS Julho

745,117 centavos de dĂłlar -0,35%

Cotação Ouro US$ 1.258,80 a onça-troy Ouro BM&F (à vista) 156,501

SALĂ RIO MĂ?NIMO Julho

-0,64% -3,2% -0,21% +1,66% -2,99% +3,62% +3,48% +0,21% estĂĄvel -0,93%

OURO

UFIR Novembro/2000

Variação

R$ 41,70 R$ 17,86 R$ 28,09 R$ 18,40 R$ 20,09 R$ 21,45 R$ 49,70 R$ 9,70 R$ 16,00 R$ 9,55

GLOBAL 40

JUROS - &'%SUHÄ&#x;[DGRGHGLDV - Capital de giro, - Hot money, - CDI, - Over a

em R$

0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715% 0,3715%

Dia do vencimento

Fatores de

Julho 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19

0,017352965 0,017619894 0,017850766 0,018302627 0,018747269 0,018921335 0,019179338 0,019751724 0,019565833 0,020040471 0,020230264 0,020639839 0,020943806 0,021171202 0,022034837 0,022302130 0,022430034 0,022679581 0,022871571

(Multiplique a quantidade de TR ou TRD do carnê pelo fator de atualização da data do vencimento. A aplicação desse fator único atualiza a dívida pela TR do dia do aniversårio do contrato e converte o resultado para reais).

TBF

TR

Junho 23 24 25 26 27 28 29 30 Julho 01 02 03 04 05 06 07 08 09

Junho 23 24 25 26 27 28 29 30 Julho 01 02 03 04 05 06 07 08 09

0,4659% 0,4893% 0,5128% 0,5106% 0,5105% 0,5092% 0,4844% 0,4608% 0,5070% 0,5302% 0,5294% 0,5324% 0,5106% 0,4879% 0,4863% 0,5095% 0,5327%

0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000% 0,0000%

CĂ‚MBIO DĂłlar comercial no balcĂŁo DĂłlar Paralelo DĂłlar Ptax DĂłlar Turismo DĂłlar Futuro (agosto) Euro Euro comercial Euro turismo

Compra R$ 3,9299 R$ 4,01 R$ 3,9186 R$ 3,8670 R$ 3,9400 US$ 1,169 R$ 4,5910 R$ 4,5070

Venda R$ 3,9304 R$ 4,11 R$ 3,9192 R$ 4,0770 US$ 1,169 R$ 4,5930 R$ 4,7770

Variação +0,44% +0,57% +0,34% +0,59% +0,42% +0,29% +0,7% +0,78%

INFLAĂ‡ĂƒO

ACUMULADO

Ă?NDICES

Maio

Junho

no ano

12 meses

INPC (IBGE) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV) IPC (FIPE) IPCA (IBGE) CUB (SINDUSCON) FIPEZAP-SP (FIPE)

0,43 1,38 1,64 0,19 0,40 0,55 0,24

1,87 -

1,12 5,39 3,91 0,22 1,33 1,51 0,94

1,76 6,92 5,20 1,54 2,86 3,07 1,66

IMPOSTO DE RENDA (DESCONTO NA FONTE) TABELA OFICIAL DA RECEITA FEDERAL Base de cĂĄlculo AtĂŠ R$ 1.903,98 De R$ 1.903,99 atĂŠ R$ 2.826,65 De R$ 2.826,66 atĂŠ R$ 3.751,05 De R$ 3.751,06 atĂŠ R$ 4.664,68 Acima de R$ 4.664,68

AlĂ­quota % 7,5 15 22,5 27,5

Deduzir-R$ Isento 142,80 354,80 636,13 869,36

Deduçþes: R$ 189,59 por dependente; pensão alimentícia integral; contribuição ao INSS. Aposentado com 65 anos ou mais tem direito a uma dedução extra de R$ 1.903,98 no benefício recebido da Previdência.

REAJUSTE DE ALUGUEL IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV) IPC-FIPE

1,0426 1,0520 1,0154

JUNHO (2018)

IPCA (IBGE) INPC (IBGE) ICV-DIEESE

1,0286 1,0176 1,0250

Obs.: Fatores vĂĄlidos para contratos cujo Ăşltimo reajuste ocorreu hĂĄ um ano. Multiplique o valor pelo fator.

AGROPECUĂ RIA MILHO - disponĂ­vel SOJA - disponĂ­vel Boi gordo Vaca gorda FONTE: Grande FM RURAL

R$ 28,00 (Dourados) R$ 73,00 (Dourados) R$ R$ 130,00 (Friboi/PPorĂŁ - c/ 30 dias) - 130,00 (Brasil Global/Guia Lopes - Ă vista) R$ 122,00 (Brasil Global - Ă  vista) - R$ 122,00 (Friboi/PporĂŁ - c/ 30 dias)


6

Dourados, quarta-feira 11.7.2018 O PROGRESSO

Brasil/Mundo

Projeto prevê prêmio por denúncia que ajude a recuperar dinheiro

MUNDO Tailândia

Resgate de garotos é encerrado com sucesso VINCENT THIAN/AP/ESTADÃO CONTEÚDO

O senador Antonio Carlos Valadares, autor do projeto, diz que a prática já é adotada com sucesso nos Estados Unidos e em outros países JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO

Agência Senado, De Brasília Pessoas que fizerem denúncias de irregularidades que resultem na recuperação de dinheiro público podem receber recompensas em dinheiro. A retribuição é uma das medidas previstas no PLS 323/2018 para incentivar a denúncia de suspeitos. O texto, em análise na Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC) do Senado, também prevê medidas de proteção aos delatores. De acordo com o projeto, se o relato de irregularidade resultar em imposição de penalidades e na obrigação de reparar danos ao erário, a pessoa que fez a denúncia terá direito a receber uma retribuição. O valor varia entre 15% e 25 % da soma dos valores das penalidades impostas e do montante fixado para reparação do dano, se o total for menor que R$ 1 milhão. Para valores entre R$ 1 milhão e R$ 10 milhões, a retribuição ficará entre 5%

Além da preservação de sua identidade, a SHVVRDTXHğ]HUD denúncia tem várias outras garantias e 15%. Se o valor recuperado for maior que R$ 10 milhões, a recompensa ficará entre 1% e 5% do montante. Segundo o autor do projeto, senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), a prática já é adotada com sucesso em outros países. Nos Estados Unidos, explicou, o Departamento de Justiça recebeu milhares de dicas sobre comportamentos ilícitos, que resultaram na recuperação de aproximadamente US$ 22 bilhões. “A ideia de estímulo em dinheiro, por meio de percentual da multa aplicada e dos valores arbitrados para a reparação dos danos, é realista, pois os reportantes, em geral, são mais prejudicados do que beneficiados por suas denúncias. Ainda que existissem boas normas de proteção antirretaliação na legislação pátria,

Helicóptero transportando um dos garotos resgatado da caverna MAE SAI, Tailândia, Da Agência Estado

Senador Antonio Carlos Valadares a prática já é adotada com sucesso em vários países não seriam elas suficientes para incentivar os reportantes ao risco de abrir mão de sua paz em prol do interesse público”, diz senador. O projeto adota, em grande parte, a proposta da Campanha Unidos Contra a Corrupção, que apresentou 70 medidas para o enfrentamento do problema no país. As sugestões foram formuladas por mais de 200 especialistas, com consultas a 373 instituições e sugestões de 912 participantes cadastrados em plataforma pública. O processo foi liderado pelo Centro de Justiça e Sociedade, da Fundação Getúlio Vargas, e pela Transparência Internacional. Proteção Além da preservação de sua identidade, a pessoa que fizer a denúncia tem outras garantias, como a proteção contra retaliação no ambiente familiar, social ou de trabalho, com a punição dos responsáveis e a reparação dos danos causados. A proteção contra a integridade física pode incluir inclusive a alteração da identidade, entre outras medidas previstas na lei que trata dos programas de proteção à testemunha. Também podem ser adotadas medidas de caráter fun-

cional, como transferências, proteção contra demissão e autorização temporária de trabalho domiciliar, entre várias outras. O texto estipula o mínimo de duas vezes o salário mensal do autor da denúncia ou do ofensor, caso seja maior, como valor para a indenização por danos morais no caso de retaliação. Também são previstas indenizações no caso de retaliação no ambiente de trabalho que gere prejuízo remuneratório ou demissão. As medidas podem ser estendidas à família do denunciante ou a pessoas jurídicas ligadas a ele, para evitar cancelamento de contratos existentes como forma de retaliação, por exemplo. A proteção pode ser cancelada caso seja comprovado que as informações são falsas e que a pessoa que denunciou sabia disso. Delação O senador também explicou que o projeto não tem a ver com a delação premiada, já que as denúncias podem ser feitas apenas por pessoas que não tenham ligação com os fatos reportados. As suspeitas podem ser relatadas a instituições públicas ou que recebam recursos públicos, como os partidos políticos e

XIII Semana Nacional da Conciliação será entre os dias 5 e 9 de novembro GIL FERREIRA/AGÊNCIA CNJ

Em sua primeira edição, foram agendadas 83.900 audiências

Regina Bandeira, Agência CNJ de Notícias De Brasília Símbolo da conciliação no Judiciário, a próxima edição da Semana Nacional da Conciliação já tem data marcada. Será entre os dias 5 e 9 de novembro, nos Tribunais Estaduais, Federais e do Trabalho, em todo o País. O evento para promover a cultura do diálogo entre as partes de um conflito, criado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ocorre, anualmente, desde 2006. Em sua primeira edição, foram agendadas 83.900 audiências e efetuados 46.493 acordos. Em 2017, mais de 225 mil processos que estavam em tramitação foram solucionados de forma consensual. Foram realizadas 318.902 au-

Em 2017, 225 mil processos que estavam em tramitação foram solucionados de forma consensual diências, das quais 70% resultaram em acordo. O valor dos acordos atingiu o montante de R$ 1,57 bilhão. Acesse aqui os resultados de 2017. Como conciliar Nos meses que antecedem a Semana Nacional de Concilia-

ção, os tribunais selecionam os processos que têm possibilidade de acordo e intimam as partes envolvidas a solucionarem conflitos. Cidadãos e instituições podem pedir a inclusão de seus processos nas pautas da Semana Nacional da Conciliação. Para isso,

organizações sociais, além de empresas. Na área privada, o texto prevê que é obrigatória a criação de uma estrutura para receber as denúncias em estabelecimentos com mais de cinquenta empregados. As suspeitas podem ser sobre irregularidades tanto em âmbito público quanto privado que contrariem a lei ou atentem contra os princípios da administração pública, o patrimônio público, a probidade administrativa e os serviços públicos, por exemplo. Também estão na lista irregularidades contra diversos direitos e garantias constitucionais, contra a ordem econômica e tributária e o sistema financeiro, contra o meio ambiente, contra a livre concorrência e contra bens e direitos de valor artístico, por exemplo. O projeto traz ainda regras sobre o recebimento e o encaminhamento das denúncias a instâncias superiores ou ao Ministério Público, em caso de suspeita de crime. Também fixa prazos para a avaliação da admissibilidade da denúncia e para a apuração pelas autoridades. Depois da CTFC, o texto ainda terá de passar pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

devem procurar o tribunal no qual tramita seu processo e informar que desejam conciliar. As questões que ainda não têm processo judicial (pré-processual) e outros atendimentos voltados aos cidadãos também podem ser solucionados na Semana Nacional. Vale lembrar que é possível procurar o tribunal para propor a conciliação a qualquer momento, não somente durante a Semana Nacional da Conciliação. Os tribunais também selecionam mediadores judiciais e conciliadores para atuação durante a Semana Nacional de Conciliação. Só podem atuar mediadores judiciais e conciliadores cadastrados no tribunal. A conciliação é orientada pela Resolução n. 125/2010 do CNJ, que instituiu a Política Judiciária Nacional de tratamento adequado dos conflitos de interesses no âmbito do Poder Judiciário. A Semana Nacional da Conciliação é realizada anualmente nos tribunais de todo o País para estimular a solução consensual de conflitos, com orientações padronizadas.

Todos os 12 garotos e o técnico de futebol deles foram resgatados de uma caverna inundada no extremo norte da Tailândia, de acordo com agentes da Marinha do país. Com isso, foi encerrada operação que durou mais de duas semanas para salvar o grupo. As autoridades locais disseram que quatro garotos e o técnico foram resgatados ontem, após os demais terem sido retirados nos dois dias anteriores, todos em segurança. A Marinha tailandesa informou que ainda espera por um médico e por três mergulhadores envolvidos na operação. Os oito primeiros resga-

tados estavam com “bom ânimo” e possuem um sistema imunológico forte, de acordo com uma fonte médica. Ainda assim, os médicos mostram cautela sobre o estado deles por causa do risco de infecções e os meninos estão isolados no hospital. A difícil situação chamou a atenção na Tailândia e em grande parte do mundo, desde a notícia da desaparição e as primeiras imagens em vídeo do grupo, quando foram achados dez dias depois por dois mergulhadores britânicos. Eles estavam presos na caverna Tham Luan Nang Non, que sofreu inundações pelas chuvas de monção durante uma visita ao local, após um treinamento dos garotos ocorrido em 23 de junho. (Fonte: Associated Press).

Comércio

Processo

UE rechaça críticas de Donald Trump

Depp é acusado de agredir assistente

Bruxelas, Da Agência Estado

São Paulo, Da Agência Estado

A União Europeia divulgou uma reação forte às críticas do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre gastos com defesa, ressaltando os vínculos longínquos em segurança e advertindo os americanos para que não minem a aliança, um dia antes da reunião anual da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). As críticas “quase diárias” de Trump aos gastos da defesa na Europa ignoram o fato de que estes são bem maiores que os da Rússia e quase se igualam aos da China, afirmou ontem o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, após o bloco e a Otan firmarem um acordo para aprofundar a cooperação. (Fonte: Dow Jones Newswires).

O ator norte-americano Johnny Depp está sendo processado por um assistente de produção que alega ter sido ofendido e levado dois socos de Depp no set de filmagens do longa City of Lies, em abril de 2017. Segundo Greg Brooks, Depp o agrediu após ter sido avisado que as filmagens teriam que ser encerradas pela noite. No processo, Brooks disse que o diretor do filme Brad Furman mandou ele avisar Depp que uma cena externa que eles estavam filmando seria a última do dia. O assistente alega que Depp estava com cheiro de álcool e agindo como se estivesse bêbado quando começou a ofendê-lo e lhe deu dois socos na região das costelas.

Defesa

Brexit

Otan agradece Trump por liderança

May diz que teve reunião ‘produtiva’

Bruxelas, Da Agência Estado

Londres, Da Agência Estado

O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, agradeceu ontem o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pela “liderança” dos americanos nos gastos com defesa. A declaração foi dada após Trump reclamar pelo Twitter que os EUA gastariam em demasia e os aliados, pouco. Stoltenberg acrescentou que haverá discussões “robustas” nos próximos dias entre os membros da aliança, inclusive sobre gastos militares. “Esta reunião mostrará o que somos capazes de entregar em segurança, defesa, apesar dos desacordos sobre comércio e outras questões”, disse o secretário-geral da Otan. Stoltenberg ainda disse que planeja minimizar efeitos negativos sobre a aliança das divergências entre EUA e UE em comércio. (Fonte: Dow Jones Newswires).

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, realizou uma reunião de gabinete de ontem enquanto tentava restaurar a união do governo após a renúncia dos ministros David Davis e Boris Johnson. Nos últimos dias, os dois disseram que os planos de May para as futuras relações com a União Europeia após o Brexit não estavam de acordo com a ideia da saída britânica do bloco europeu. Em um tuíte, May comentou que teve uma “reunião de gabinete produtiva” e que “aguardava ansiosa por uma semana agitada”. As demissões abalaram a premiê em uma semana que inclui a cúpula de líderes da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) na quarta-feira e a visita do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ao Reino Unido a partir de quinta-feira. (Fonte: Associated Press).


7

Dourados, quarta-feira 11.7.2018 O PROGRESSO

Polícia MARINA PACHECO/CG NEWS

Idoso é encontrado morto em sua residência em Dourados Vítima apresentava sinais de violência principalmente na cabeça possivelmente causadas por um cabo de enxada e polícia tenta encontrar o suspeito CIDO COSTA/DOURADOS AGORA

Da Redação De Dourados Um idoso de 68 anos foi encontrado morto na manhã de ontem em sua residência no Altos do Indaiá, em Dourados. A vítima seria mecânico de veículos e máquinas pesadas e apresentava sinais de violência por todo o corpo. A polícia acredita que o autor usou um pedaço de madeira para agredir o idoso até a morte. O corpo foi achado no quarto da edícula por trabalhadores de uma obra ao lado da residência do idoso e logo

%RPEHLURVLVRODUDPDUHVLGÓQFLDTXHWHYHHVWUXWXUDGDQLğFDGD

Residência pega fogo e bebê tem queimaduras Menina teve ferimentos na cabeça e nas palmas da mão, além de inalar fumaça

Homem pode ter sido morto na noite de seJXQGDIHLUDDSöVLQJHULU EHELGDVDOFRöOLFDVFRPR suspeito do crime acionaram a polícia. O possível objeto utilizado para matar a vítima foi encontrado no local com manchas de sangue e seria um cabo de uma enxada ou algo parecido. Além disso, haviam bebidas alcoólicas e dois copos, possivelmente utilizado pelo (s) autor (es) do crime. Conforme apurado, o idoso guardava ferramentas e alguns materiais da obra e por isso trabalhadores foram até o local na manhã de ontem. A perícia esteve na residência e verificou que a maioria das agressões foi na região da cabeça que provavelmente

De Campo Grande policia@progresso.com.br

Pedaço de madeira foi encontrado na residência onde o corpo do idoso foi achado na manhã de ontem provocou a morte. Policiais do Serviço de Investigações Gerais (SIG) tentam encontrar mais pistas para se achar o possível autor do crime e deve ouvir pessoas próximas para solucionar o caso. Mais Dourados Uma mulher de 45 anos foi baleada dentro de sua residência no Jardim Novo Horizonte na noite de segunda-feira. Ela teria ouvido barulhos de tiros

vindos de um bar próximo e ao se caminhar até a porta de entrada sentiu o impacto no peito. Após ser atingida, ela gritou pelo marido de 47 anos que acionou o socorro. Ela foi levada até o Hospital da Vida onde uma equipe médica constatou que a munição atingiu por raspão. A mulher foi atendida e liberada. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Dourados como lesão corporal.

Assalto Também na segunda-feira, uma mulher de 26 anos que reside no Jardim Paulista, em Dourados, deixou sua motocicleta Honda Biz preta estacionada em frente a escola em que trabalha na região do BNH III Plano e quando retornou ao local não mais encontrou o veículo. De acordo com a vítima, o caso aconteceu por volta das 18h e foi registrado no 1º Distrito Policial de Dourados.

FOTO de Cido Costa/Dourados Agora

Três bandidos morrem em troca de tiros com a PM Homens tentaram roubar uma motocicleta em Corumbá e acabaram mortos De Corumbá policia@progresso.com.br Três homens morreram na tarde de segunda-feira após tentar assaltar uma motocicleta na estrada da Bocaina em Corumbá e trocar tiros com a Polícia Militar (PM). Os bandidos estavam armados com três revólveres e uma faca. O assalto foi frustrado, pois a vítima conseguiu fugir e acionou a polícia. Equipes da PM de Ladário e da Patrulha Comunitária de Corumbá fizeram rondas na região até que a Força Tática encontrou os suspei-

tos encapuzados próximos a um morro que receberam os policiais a tiros e estes revidaram. Nenhum oficial ficou ferido. De acordo com moradores da região, o local onde foram localizados os suspeitos é conhecido por ter grande movimentação de criminosos. Os bandidos tinham 19, 22 e 26 anos e portavam dois revólveres de calibre 38 e um revólver de calibre 22, de acordo com o 6ª Batalhão de Polícia Militar de Corumbá. Um quarto suspeito que também estaria na tentativa de roubo segue foragido. As armas foram entregues na delegacia e os corpos foram levados ao Instituto Médico e Odontológico Legal (Imol) da cidade e posteriormente identificados.

Acidente entre Dourados e Itaporã

Um incêndio na manhã de ontem em uma residência no Parque do Lageado em Campo Grande deixou um bebê de 10 meses com queimaduras de 1º e 2º grau. Além dela, pelo menos outras seis crianças precisaram de atendimento médico após intoxicação por inalarem fumaça. De acordo com o site Campo Grande News, o Corpo de Bombeiros precisou de reforços para controlar

o fogo que deixou a casa destruída. Devido ao fogo, o teto desabou e a estrutura da casa foi comprometida. As causas ainda são desconhecidas. A mãe do bebê tentou quebrar as janelas e portas na tentativa de salvar a menina, mas só conseguiu com a chegada dos bombeiros. As crianças foram encaminhas a Unidade de Pronto Atendimento Comunitário (UPA). Já a bebê foi levada a Santa Casa onde permanece internada com ferimentos no couro cabeludo, no lado direito da face, nas palmas das mãos, assim como nas costas e pernas. Apesar dos machucados e da gravidade das queimaduras, o estado de saúde da menina é estável.

Goiano é preso em Dourados com maconha DIVULGAÇÃO/PM

Droga estava sendo transportada em uma mala dentro de um ônibus De Dourados policia@progresso.com.br

Um acidente na manhã de ontem na rodovia MS-156, que liga Dourados a Itaporã, deixou uma mulher ferida. O veículo, Fiat 6LHQDğFRXFRPDVURGDVSDUDFLPDDSöVFROLGLUQDPXUHWDTXH divide a rodovia e capotar. O Corpo de Bombeiros socorreu a vítima que teve lesões leves.

Um jovem de 20 anos e morador em Goiânia (GO) foi flagrado na tarde de ontem em Dourados com 30 tabletes de maconha em uma mala dentro de um ônibus que seguiria até Campo Grande. O goiano foi abordado no cruzamento da avenida Hayel Bon Faker com a rua Antônio Emilio de Figueiredo por policiais militares da Força Tática/Canil. No boletim de ocorrência, o veículo havia saído de Ponta Porã e seguiria até a capital sul-mato-grossense quando foi parado em Dourados. Os cães farejadores identificaram a droga que pesou 34 quilogramas.

Droga aprendida que seria levada até Goiânia (GO) O suspeito alegou que foi contratado para buscar a droga na fronteira com o Paraguai e levar até Goiânia (GO) para receber R$ 1 mil pelo transporte. Ele preso em flagrante. foi levado até o 1º Distrito Policial de Dourados e responderá pelo crime de tráfico de drogas.

CURTAS Nova Andradina

Paranaíba

Paraguai

Sidrolândia

Campo Grande

Dourados

Motorista que matou ciclista se apresenta a polícia

Homem é preso com 787 quilos de maconha

Advogado escapa de atentado de morte na fronteira

Filho de deputado é amarrado em banheiro

Traficante quebra tornozeleira eletrônica e foge

Polícia Militar divulga balanço do semestre

Um homem de 51 anos se entregou a polícia confessando ter atropelado e matado um ciclista de 37 anos no domingo passado em Nova Andradina. De acordo com seu depoimento, ele estava em uma caminhonete Toyota Hilux pela MS-473 seguindo outra caminhonete dirigida pela esposa e não viu a vítima devido a poeira na estrada. Ainda segundo o homem, temendo represálias, fugiu do local e não prestou socorro. O motorista foi indiciado por homicídio culposo de trânsito qualificado por omissão de socorro, mas responderá em liberdade pelo comparecimento espontâneo à delegacia.

Um homem de 26 anos foi flagrado na de segunda-feira transportando 786 quilogramas de maconha e 1,62 quilogramas de skunk (super maconha) na rodovia BR-158, em Paranaíba. A droga estava sendo levada em um veículo com placas de Cuiabá (MT) quando a Polícia Rodoviária Federal interceptou. O motorista se mostrou nervoso e logo os policiais acharam um compartimento oculto nas laterais, assoalho e painel do carro onde estava escondida os tabletes da droga. Ele disse que pegou carro em Campo Grande e que levaria para Uberaba (MG) onde receberia R$ 7 mil.

Um advogado paraguaio de 39 anos escapou com vida de um atentado em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã. O fato aconteceu na noite de segunda-feira quando chegava em sua residência com sua mãe em uma caminhonete Toyota Hilux preta. Em depoimento, o homem disse que dois pistoleiros se aproximaram em um Corolla branco e desceram atirando com pistolas calibre 40. Ele acelerou o veículo e fugiu sem sofrer ferimentos. O advogado também disse que desconhece os motivos da tentativa de morte.

Dois homens armados e encapuzados invadiram uma residência na noite de segunda-feira em Sidrolândia onde estava o filho de deputado estadual de Mato Grosso do Sul. A dupla anunciou o assalto e a vítima foi amarrada por cintos e camisetas no banheiro enquanto os criminosos faziam a revista na casa. Os bandidos fugiram levando uma televisão, dois relógios e um aparelho de telefone celular. O jovem conseguiu se soltar e acionou a polícia. Juntos, tentaram localizar o celular através de um aplicativo de rastreamento, mas não tiveram sucesso.

Um homem de 33 anos conseguiu fugir da polícia ao romper a tornozeleira eletrônica na noite de segunda-feira em Campo Grande. Ele comercializa drogas em uma residência mesmo com o sistema de monitoramento. Agentes da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras) receberam a denúncia e foram à casa no Parque do Lajeado onde encontraram apenas a filha do traficante. No local também havia cocaína. A Agepen informou que o homem tinha rompido a tornozeleira no mesmo horário da chegada da equipe.

O comando do 3º Batalhão de Polícia Militar de Dourados divulgou os resultados operacionais alcançados no primeiro semestre de 2018 onde foram realizadas quase 700 ações que resultaram em mais de 22 mil abordagens e 17 mil abordagens a veículos. Foram encaminhadas 1012 pessoas as delegacias da região, sendo lavrados 390 autos de prisão em flagrante pela prática de crime. Também foram apreendidas 40 armas de fogo, recuperados 112 veículos com queixa de roubo/furto, 4,7 toneladas de maconha, 3,4 quilogramas de cocaína e 1,1 quilograma de crack.


8

Copa do Mundo

Esportes Dourados, quarta-feira 11.7.2018 O PROGRESSO

DIVULGAĂ‡ĂƒO/FIFA

&5RQDOGRĂ’ DQXQFLDGRQD -XYHQWXV,7$ DIVULGAĂ‡ĂƒO

=DJXHLUR8PWLWLFRPHPRUDRÄŽQLFRJROTXHGHXDYLWĂśULDHDYDJDQDGHFLVĂ‚RGD&RSDGR0XQGRSDUDD)UDQĂ?DRQWHPFRQWUDD%Ă’OJLFD

França ĂŠ a primeira Ä&#x;QDOLVWDGD&RSDGR 0XQGRGD5ÄŽVVLD 6HOHĂ?Ă‚RGHUURWDD%Ă’OJLFDpor 1 a 0 e agora espera pelo YHQFHGRUGH,QJODWHUUDH&URĂ€FLDQDVHPLÄ&#x;QDOGHKRMH candidatas ao tĂ­tulo antes da Copa iniciar. A final serĂĄ contra CroĂĄcia ou Inglaterra A Copa do Mundo da RĂşssia que jogam hoje em Moscou jĂĄ tem seu primeiro finalista. na segunda semifinal Ă s 14h CampeĂŁ em 1998 e finalista (de MS). Depois de vencer o Brasil em 2006, a França volta a decisĂŁo apĂłs eliminar ontem a nas quartas de final, a BĂŠlgica boa seleção da BĂŠlgica com viu o sonho de decidir a comgol Ăşnico do zagueiro Umtiti petição escapar e agora vai para a disputa de terceiro luem SĂŁo Petersburgo. gar no sĂĄbado, Ă s 10h (de MS) )UDQĂ?DGLWRXRULWPRH novamente atuando em SĂŁo WLURXDEULOKDQWHJHUDĂ?Ă‚R Petersburgo. EHOJDGDFKDQFHGHGHFLGLU O confronto de ontem, colocou frente a frente duas seD&RSDGR0XQGRSHOD leçþes talentosas. O jogo foi SULPHLUDYH]QDKLVWĂśULD equilibrado e com chances Com uma geração renova- para os dois lados. Mais uma da e com o talento do jovem vez, a BĂŠlgica povoou o meioMbappĂŠ, a seleção francesa -campo e tentava chegar ao mostra força pelo bicampeo- ataque com os habilidosos nato ao passar na fase elimi- Hazard e De Bruyne. JĂĄ a FrannatĂłria por Argentina, Uru- ça respondia com a velocidaguai e agora BĂŠlgica, todas de de MbappĂŠ e as chegadas Renato Giansante esportes@progresso.com.br

de Griezmann e Pogba. A BÊlgica começou melhor e criou pelo menos três chances claras de abrir o placar. O goleiro Lloris foi um dos destaques com grandes defesas. Após o susto, a França acelerou o jogo e buscava o talento individual para assustar Courtois que tambÊm apareceu vårias vezes para salvar os belgas. Após o primeiro tempo sem gols, a etapa final foi bastante estudada e um erro poderia causar a eliminação de uma das equipes. Quis o destino que a mesma maneira que a BÊlgica encontrou o gol contra o Brasil, a França tambÊm achou ontem. Em cobrança de escanteio, Umtiti se antecipou aos zagueiros e cabeceou para o fundo do gol. A BÊlgica sentiu o golpe e

precisou de alguns minutos para voltar ao jogo, mas precisou se abrir em busca do empate e via o adversĂĄrio se armar para o contra-ataque. Fellaini e Witsel finalizaram para o gol, porĂŠm a BĂŠlgica nĂŁo conseguiu impor uma pressĂŁo que pudesse ameaçar a vitĂłria francesa que ainda teve chances de ampliar nos acrĂŠscimos, mas Cortouis evitou o segundo gol. A decisĂŁo da Copa do Mundo da RĂşssia acontece no domingo, Ă s 10h (de MS) em Moscou. &RPSDUDĂ?Ă‚R O tĂŠcnico Didier Deschamps evitou comparar a seleção atual com a campeĂŁo de 1998 durante a entrevista coletiva apĂłs o jogo de ontem. “VocĂŞ pode viver uma fase de cada vez. Eu nunca mencionei a minha histĂłria. NĂŁo se pode comparar com situaçþes de 20 ou talvez atĂŠ dez anos atrĂĄs. Estamos aqui para escrever uma nova histĂłria. NĂŁo que nĂŁo tenha orgulho do passado, mas agora ĂŠ sĂł uma foto na parede. Cada um vive no seu tempo. NĂŁo podemos olhar para trĂĄs, mas sim para frenteâ€?, disse o tĂŠcnico que jogou de volante a Copa de 1998 e comandou a seleção em 2014. Deschamps deu folga aos jogadores hoje e recomendou ao elenco para passar o dia livre com as famĂ­lias antes de voltar aos treinos pensando na final de domingo.

&URĂ€FLDH,QJODWHUUDGXHODPKRMHSRUÄ&#x;QDO DIVULGAĂ‡ĂƒO/FIFA

&5HVWDYDKĂ€DQRVQRWLPHHVSDQKRORQGHFRQTXLVWRXWXGR -RJDGRUGHL[RXR5HDOSRU 5PLHDVVLQRXFRPR WLPHLWDOLDQRSRUDQRV Da AgĂŞncia Estado A novela sobre o destino de Cristiano Ronaldo finalmente teve um fim ontem, e com uma nova casa para o craque portuguĂŞs. Depois de nove temporadas vestindo as cores do Real Madrid, o astro de 33 anos foi confirmado como novo reforço da Juventus, naquela que pode ser considerada a principal transação do futebol mundial nos Ăşltimos anos. A confirmação do acordo veio inicialmente por meio de comunicado oficial divulgado pelo clube espanhol. “O Real Madrid comunica que, atendendo a vontade e pedido expressados pelo jogador Cristiano Ronaldo, acertou sua transferĂŞncia para a Juventus. Hoje, o clube quer expressar seu agradecimento a um jogador que demonstrou ser o melhor do mundo e que

marcou uma das Êpocas mais brilhantes de nossa história�, apontou. Após o comunicado do Real, foi a vez de o clube italiano oficializar a negociação por meio de nota publicada em seu site. O valor da transferência serå de 100 milhþes de euros (cerca de R$ 450 milhþes), a ser pago em duas parcelas, e o tempo de contrato foi firmado em quatro anos, atÊ junho de 2022. A Juventus tambÊm informou que vai arcar com custos que somam 12 milhþes de euros (cerca de R$ 54 milhþes), por encargos financeiros e por causa do mecanismo de solidariedade da Fifa para remunerar clubes formadores. O porcentual de 5% deverå ser dividido entre Sporting e Manchester United, porque foram as equipes onde o português jogou dos 12 aos 23 anos. Na Juventus, Ronaldo terå o novo desafio esportivo que tanto buscava, com a responsabilidade de tornar a hegemonia nacional do clube em resultados expressivos a nível europeu.

&RP&Ă€VVLR&RULQWKLDQV HQIUHQWDR&UX]HLUR DANIEL AUGUSTO JR./AGĂŠNCIA CORINTHIANS

6HOH�øHVEXVFDPYDJDQD GHFLVÂRGHGRPLQJRGD&RSD FRQWUDD)UDQ�D

7LPHVID]HPÄŽOWLPRVWHVWHV DQWHVGDYROWDDRFDPSHRQDWR %UDVLOHLURGH

Da Agência Estado Renato Giansante A Croåcia tem mais uma missão dura na Rússia. Ela desafia os inventores do futebol, a Inglaterra, para chegar à sua primeira final de Copa do Mundo. Inglaterra e Croåcia não estavam cotadas para serem semifinalistas. Por isso, fazem hoje, em Moscou, a partir das 14 horas (de MS), um confronto de surpresas. Os dois países foram beneficiados pela eliminação precoce de seleçþes tradicionais. A SuÊcia, adversåria dos ingleses nas quartas, roubou a vaga da Alemanha, atual campeã. A Rússia, oponente da Croåcia tambÊm nas quartas, havia eliminado a Espanha, campeã em 2010. Com isso, as duas tiveram um caminho teoricamente mais fåcil atÊ aqui. O retrospecto tambÊm comprova que não eram favoritas. A Inglaterra tenta chegar à final pela primeira vez desde 1966, quando conquistou o título em casa. Hå

(VWUHODVGRGXHORGHKRMHSRXVDUDPSDUDDFKDPDGDGD)LIDGHVWDVHJXQGDVHPLÄ&#x;QDOGD&RSDGR0XQGR 28 anos, o time nĂŁo alcançava uma semifinal de Copa. A CroĂĄcia nunca foi finalista e chegou entre as quatro uma vez, em 1998, quando conquistou o terceiro lugar. A CroĂĄcia, entretanto, nega o rĂłtulo de zebra. O tĂŠcnico Zlatko Dalic afirmou que sua equipe tem jogadores nos

grandes clubes europeus. Ele acredita que a falta de bons resultados recentes levou a uma subvalorização do time. A Inglaterra chegou desacreditada à Rússia por dois motivos principais. O tÊcnico Gareth Southgate dirigia a seleção sub-21, não tem títulos relevantes e só assumiu o

cargo depois de o treinador principal ter sido afastado por envolvimento em irregularidades na transferĂŞncia de jogadores. Foi uma prova de fogo para sua prĂłpria carreira. AlĂŠm disso, a Copa ĂŠ o primeiro grande teste de um time jovem, que tem em mĂŠdia 25 anos.

Depois de duas vitórias em amistosos durante a Copa do Mundo contra Cruzeiro no Mineirão e Grêmio na Arena, o Corinthians encerra a preparação para voltar ao Brasileirão nesta noite em mais um teste contra o Cruzeiro, porÊm desta vez em São Paulo. A grande novidade serå pela presença do goleiro Cåssio que voltou ontem aos treinos após participar da Copa do Mundo com a seleção brasileira. AlÊm do goleiro, que serå titular hoje às 19h (de MS), o time comandado por Osmar Loss terå outras duas mudanças em relação ao time que iniciou contra o Grêmio no domingo. Pedrinho e Roger saem para as entradas de Mateus Vital e Matheus Matias. Este último marcou um gol na vitória sobre o time gaúcho. Assim, o Corinthians deve entrar com Cåssio, Man-

&Ă€VVLRYROWDDRWLPHSDXOLVWD tuan, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel, RenĂŞ JĂşnior, Romero, Rodriguinho e Mateus Vital; Matheus Matias. NĂŁo foram relacionados o atacante Clayson que foi poupado, o recĂŠm chegada Jonathas, o veterano Sheik que estĂĄ machucado e o atacante Junior Dutra que negocia com o Fluminense. Outro jogador que disputou a Copa do Mundo, o lateral FĂĄgner irĂĄ se apresentar entre hoje e amanhĂŁ e serĂĄ utilizado na prĂłxima quarta-feira contra o Botafogo pelo nacional.


Esportes

Agrocultura

Lars Grael faz palestra em Dourados

Vazio sanitário da soja está em vigor em MS

3»*

3»*

DIA A DIA

Legislativo

Dourados, quarta-feira 11.7.2018

Idenor apresenta balanço do primeiro semestre de 2018 3»*

O PROGRESSO HÉDIO FAZAN

Juiz Zaloar reúne orgãos de proteção para que pacientes tenham convívio familiar

Em Dourados, 10 crianças índias vivem abandonadas em hospitais Vara da Infância quer mapeamento das famílias que abandonaram os pacientes. MP instaura medidas de proteção Valéria Araújo valeria@progresso.com.br Abandonadas por familiares, pelo menos 10 crianças indígenas vivem em hospitais de

A convivência familiar é um direito fundamental garantido pela Constituição Federal (artigo 227) e pelo ECA Dourados. É o que constatou a Vara da Infância e Juventude em levantamento realizado no mês de junho. De acordo com o juiz Zaloar Murat Martins, tratam-se de crianças entre 05 e 12 anos com doenças

neurológicas, como a paralisia cerebral. Oito delas estão na Casai e duas no Hospital da Missão. Uma delas está há 9 anos internada. Segundo o magistrado, esses pacientes são pessoas com deficiência e dependência de cuidados médicos permanentes, mas é dever da família acompanhar, para que não cresçam sozinhas dentro dos hospitais. Por isso, Zaloar tem mobilizado a Secretaria Especial de Saúde Indígena, Secretaria de Saúde de Dourados, Secretaria de Assistência Social e Ministério Público para encontrar alternativas para evitar que essas crianças vivam de forma

institucionalizada e longe do convívio familiar. A Promotoria da Infância, através do promotor Luiz Gustavo Terçariol já solicitou medidas protetivas para todas as crianças, o que

O direito à convivência familiar e comunitária é tão importante quanto o direito à vida faz com que haja uma união de esforços para garantir a convivência familiar, que é um direito fundamental de crianças e adolescentes garantido pela Constituição Federal (artigo 227) e pelo Estatuto da Crian-

ça e do Adolescente (ECA). No artigo 19, o ECA estabelece que toda criança e adolescente tem direito a ser criado e educado por sua família e, na falta desta, por família substituta. O direito à convivência familiar e comunitária é tão importante quanto o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito e à liberdade. Prova disso é que a constituição diz que a “família é a base da sociedade” (art. 226) e que compete a ela, ao Estado, à sociedade em geral e às comunidades “assegurar à criança e ao adolescente o

DESTAQUES $126 De acordo com a Vara da Infância, uma das crianças está há 9 anos internada 0$3($0(172 Vara da Infância e entidades de proteção vão começar a mapear as famílias exercício de seus direitos fundamentais” (art. 227). Saída Vara da Infância, Ministério Público e entidades de proteção vão começar a mapear as

R7

No Brasil, 1,2 mil pacientes estão morando em hospitais públicos De Douradoss progresso@progresso.com.br No Brasil, 1.200 pessoas vivem em hospitais porque foram abandonadas pelos próprios parentes. É o que mostrou em edição especial do Programa Domingo Espetacular do site R7, da TV Record. De acordo com o levantamento feito em 2017 pela reportagem, essas pessoas contam com a ajuda de médicos e enfermeiras para sobreviverem, além disso,

esses profissionais se transformam na nova família desses pacientes. Sem parentes próximos ou com laços familiares rompidos, milhares de brasileiros como são abandonados por dias, semanas, meses e até anos em hospitais públicos do País. Alcoolismo, drogas, doenças mentais, configurações familiares frágeis e situação de rua são alguns dos fatores que levam pessoas a serem deixadas em leitos sem receber uma úni-

ca visita e sem ter para onde ir. Muitas vezes com condição de receber alta médica, mas com a necessidade de cuidado diário, elas acabam tendo os hospitais como endereço por mais tempo simplesmente porque não há outra saída. Presos na absoluta falta de afeto e nos entraves administrativos e burocráticos de um sistema social cheio de lacunas, esses pacientes só encontram alento na ajuda de profissionais da assistência social e saúde ou vo-

Pacientes abandonados tem equipe médica de companhia

luntários, desconhecidos, que se dedicam a encontrar o melhor destino possível para eles.

Quando a Justiça decide pela institucionalização, o UNISUAS (Central de vagas de

famílias dessas crianças para que possam conviver com elas. No Hospital da Missão, uma ala especial para esses pacientes está sendo discutida para que pacientes e família possam estar juntos. O cooordenador da Sesai, Fernando de Souza, disse que vários são os aspectos que contribuem para esse abandono e que vão desde situações culturais a econômicas, em que muitas mães acabam se distanciando do filho doente para poder cuidar dos demais. Ele disse que a Sesai está a disposição do Judiciário para ajudar no que for preciso.

acolhimento e atendimento emergencial do DF) passa a gerir a vaga, e o paciente só sai do hospital quando tem para onde ir. Isso significa dizer que o paciente pode estar em condições de alta mas acaba tendo que ocupar um leito de hospital até que um local possa recebê-lo. Na teoria, há locais para esses pacientes, mas na prática a assistência social de Brasília relata várias dificuldades no processo: casas que atendem só um tipo de paciente, ou que são distantes de um tratamento importante, como no caso da hemodiálise, ou há vaga e não há transporte.


2

Dourados, quarta-feira 11.7.2018 O PROGRESSO

Dia a Dia DIVULGAÇÃO

Campeão olímpico Lars Grael faz palestra em Dourados Dono de duas medalhas olímpicas, dez títulos nacionais e cinco sul-americanos, Lars Grael é um dos maiores nomes do esporte DIVULGAÇÃO

De Dourados progresso@progresso.com.br

Empresário participou de palestra em Campo Grande

O Clube Indaiá vai receber amanhã (12) o velejador e superintendente de Relações Institucionais do Comitê Brasileiro de Clubes CBC (CBC) Lars Grael, que vem a Dourados ministrar a palestra “A trajetória de um guerreiro”. O evento vai acontecer às 19h, no Salão Nobre do clube. Devido a sua trajetória olímpica, o acidente que sofreu, sua superação e sua visão política, Lars Grael desperta o interesse de muitas organizações públicas, privadas e não-governamentais para

Lars Grael aborda Dedicação, Superação, Mudança e Adaptação, Treinamento, Liderança e Trabalho em equipe ouvi-lo falar sobre sua vida e seus valores, superação, garra, preparação, espírito de equipe, coragem e outros temas. A vida de um esportista é sempre marcada pelo desafio. A vida de Lars Grael além de ter todos os ingredientes de superação, disciplina, força de vontade, planejamento e garra, que marcam as carreiras vitoriosas dos campeões olímpicos e grandes ícones do esporte, trouxe ainda um novo obstáculo: um acidente que quase lhe tirou a vida e o deixou sem uma perna. A maneira como o homem Lars Grael enfrentou a luta pela vida, a aceitação de sua nova condição, os novos paradig-

Presidente da Biosul defende virada na economia Empresário acredita que o candidato eleito terá amplo apoio da população De Dourados

Após acidente acontecido há 10 anos, Lars Grael se tornou um exemplo de superação mas e desafios, as mudanças de planos e novos objetivos, a luta contra o preconceito, as novas vitórias no esporte e na gestão públicatem uma carga muito forte de mensagens que servem de exemplo para os mais variados públicos. Por isso, Lars tem sido chamado pelas mais diversas organizações para compartilhar um pouco das suas experiências. Em sua palestra motivacional, Lars Grael aborda ostemas, Dedicação, Superação, Mudança e Adaptação, Treinamento, Liderança, Trabalho em equipe e Planejamento. A palestra é gratuita para os sócios do Indaiá e os convites

podem ser retirados na secretaria do clube. Já os não-sócios interessados em participar podem entrar em contato com a secretaria do clube no telefone 3426 4777 para maiores informações. Sobre Lars Grael Dono de duas medalhas olímpicas, dez títulos nacionais e cinco sul-americanos, Lars Grael é um dos maiores nomes do esporte nacional de todos os tempos. Com uma vasta coleção de títulos e medalhas, Lars sempre pautou sua carreira com muita dedicação, suor e treinamento, visando enfrentar os desafios

Idenor apresenta balanço do primeiro semestre de 2018 DIVULGAÇÃO

Durante o primeiro período de 2018, foram mais de 60 matérias apresentadas De Dourados progresso@progresso.com.br O vereador Idenor Machado (PSDB) apresentou um balanço das principais ações desenvolvidas por ele no primeiro semestre deste ano na Câmara Municipal de Dourados. “Considerando todas as dificuldades, nossa atuação foi bastante positiva e produtiva no sentido de atender as reivindicações da população”, afirmou Idenor. Durante o primeiro período de 2018, foram mais de 60 matérias apresentadas, entre requerimentos, indicações e ofícios direcionados às secretarias municipais. “É claro que nem todos pedidos foram atendidos, mas fizemos o nosso papel de mediar e de estar presente atendendo

Idenor considerou o 1º semestre de 2018 como produtivo a comunidade”, confirma o vereador. “Tivemos a apresentação neste semestre das emendas impositivas, que beneficiaram a Educação e a Saúde, e que serão efetivadas ainda este ano”, completou. Segundo Idenor, todas as

matérias apresentadas foram importantes, pois vieram atender os mais variados setores da administração pública, tendo a saúde e a educação como sua prioridade. “Durante este semestre as dificuldades foram imensas.

impostos por competições profissionais de alto nível. Mas Lars Grael teve que provar que podia ir além, pois se deparou com o maior desafio imposto a um atleta de ponta: a possibilidade de nunca mais poder competir. Em 1998, Lars sofreu um acidente. Uma lancha desgovernada o atingiu, o que o fez perder uma perna e o deixou entre a vida e morte. Após vencer a batalha pela vida, faltava ainda voltar à sua grande paixão: a vela. Lars foi além. Não contente em competir entre os para-atletas, voltou aos campeonatos profissionais mais difíceis do mundo.

Questões como o do concurso público do magistério, que está judicializado, foram desafiadores, tendo que imperar o bom sendo, assim, aos poucos, o Poder Legislativo colocou o ano letivo em funcionamento”, lembrou. Idenor reconheceu a disponibilidade do Secretário de Educação ao atender a Comissão de Educação da Câmara Municipal, a fim de procurar resolver problemas que atinge todo o magistério. “Eu e os demais membros da comissão estaremos atentos a toda reivindicação desta categoria lutando por melhorias e garantindo os direitos da classe”, assegurou o vereador. “Ainda temos muito pelo que lutar, questões como a retomada da construção da nova UNEI (Unidade Educacional de Internação), reforma completa do PAM (Pronto Atendimento Médico), manutenção do UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e a efetivação dos CEIMs (Centro de Educação Infantil Municipal) que estão em fase de construção ainda continuarão em pauta”, finalizou Idenor Machado.

Ao participar da palestra do jornalista especializado em economia Carlos Alberto Sardenberg, realizada no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, pela Rádio CBN Campo Grande com patrocínio da Fiems, o presidente da Biosul (Associação dos Produtores de Bionergia de Mato Grosso do Sul), Roberto Hollanda, reforçou que o Brasil está em um momento político importante para dar uma virada na estratégia de condução da política econômica. “A questão econômica é o cerne da preocupação da maioria dos candidatos, a diferença é como cada um vai agir. Nesse sentido é muito importante eventos como esse para aprendermos um pouco mais, ver

a opinião de outras pessoas para que a gente possa avaliar melhor, sugerir. Como representantes da indústria temos condições de contribuir e apresentar nossa visão e estar aqui é importante porque ajuda nesse processo de construção”, afirmou Roberto Hollanda. Com relação às expectativas com as eleições presidenciais, o presidente da Biosul acredita que o candidato elei-

A questão econômica é o cerne da preocupação da maioria dos candidatos, a diferença é como cada um vai agir to terá amplo apoio da população. “Ele vai estar com a faca e o queijo na mão porque o País todo clama por mudança e ninguém está satisfeito. Independentemente de quem seja eleito, acho que ele vai ter apoio da sociedade para implementar mudanças e aí entra a necessidade de diminuição do Estado, com reformas estruturantes, como a da Previdência”, completou.

Troco Solidário vai ajudar SOS Pantanal ARQUIVO/SOS PANTANAL

O Instituto SOS Pantanal é uma organização não-governamental De Dourados Entre esse mês e o fim de agosto a Rede Comper de Supermercados em Campo Grande arrecadará o Troco Solidário para beneficiar o Instituto Socioambiental da Bacia do Alto Paraguai SOS Pantanal, que tem por missão informar e promover diálogo para um Pantanal sustentável. Moedas que os clientes doarem nos caixas das lojas quando fizerem suas compras nesse período serão revertidas à entidade. O Instituto SOS Pantanal é uma organização não-governamental, privada, sem vínculos partidários ou religiosos e sem fins lucrativos. Lançada em julho de 2009, a entidade conta com representantes de diversos

Pantanal terá recursos setores da sociedade e busca estabelecer a necessidade da gestão do conhecimento e do diálogo intersetorial para a conservação da biodiversidade e dos recursos naturais do planeta. Conforme Felipe Augusto Dias, diretor-executivo do Instituto SOS Pantanal, o monitoramento anual da cobertura vegetal gera mapa que contribui para estabelecer ações de proteção do Pantanal.


3

Dourados, quarta-feira 11.7.2018 O PROGRESSO

Dia a Dia BRUNO SELEGUIM

Itaquiraí conquista R$ 190 mil para Saúde O recurso é para aquisição de um veículo van para a Secretaria Municipal de Saúde. A verba foi viabilizada pelo deputado federal Geraldo Resende ARQUIVO

De Itaquiraí progresso@progresso.com.br

Arraiá Mulheres de Atitude atrai bom público

O município de Itaquiraí acaba de conquistar recursos na ordem de R$ 190 mil para a aquisição de um veículo van para a Secretaria Municipal de Saúde. A verba, viabilizada pelo deputado federal Geraldo Resende (PSDB), foi paga ao Fundo Municipal pelo Tesouro Nacional, no último dia 06. De acordo com o parlamentar, a van será destinada para o atendimento de pacientes que precisam se deslocar tanto dentro, como fora do município para atendimentos eletivos, ou seja, procedimentos médicos que são programados e que não são considerados de urgência e emergência. Essa

Itaquiraí comemora a conquista de diversos investimentos por ação do deputado Geraldo Resende modalidade de transporte é voltada ao usuário que demanda serviços de saúde e que não apresenta risco à vida, nem necessidade de recursos assistenciais durante o deslocamento. De acordo com Geraldo Resende é de fundamental importância esse serviço, tendo em vista a necessidade de viabilizar o acesso da população ao atendimento clínico em cidades polos como Dourados e Campo Grande. “A conquista desses investimentos tem o objetivo de diminuir as dificuldades relacionadas ao transporte identificadas como uma das barreiras ao acesso dos usuários aos serviços de saúde”, destaca, observando que a conquista dos investimentos atende a um pedido do prefeito Ricardo Fávaro Neto e

O objetivo foi resgatar a tradição das festas juninas na cidade

De Nova Andradina progresso@progresso.com.br

Prefeito Ricardo Fávaro, deputado federal Geraldo Resende e o presidente da Câmara Edilson Pereira

da Câmara de Vereadores ao parlamentar. Segundo Geraldo Resende é preciso garantir atendimento de qualidade na Saúde. “Vemos o quanto pacientes que residem no interior já sofrem para conseguir vagas em cidades polos e quando conseguem, enfrentam outro desafio que é o transporte. Com essa nova van a Prefeitura poderá dar uma atenção a mais a esses pacientes que precisam se deslocar além de economizar, já que poderá transportar mais pacientes para um mesmo destino ao invés de realizar várias viagens com veículos menores. É um cuidado a mais quando se mais precisa”, destaca. Mais conquistas Itaquiraí comemora a conquista de diversos investimentos por ação do deputado Geraldo Resende. O

prefeito cita, por exemplo, a reforma geral e ampliação do Posto de Saúde do Assentamento Indaiá. “Também em nossa gestão, pudemos executar obras de drenagens e de pavimentação asfáltica em diversas ruas do Jardim Primavera, tornando realidade um sonho de centenas de famílias. Hoje, os moradores têm melhores condições de vida e os imóveis foram valorizados”, aponta o prefeito Ricardo Fávaro Neto (PSDB). O presidente da Câmara, Edilson Pereira (PR), reconhece o compromisso de Geraldo Resende com a população de Itaquiraí. “Sempre que reivindicamos, temos respostas do deputado Geraldo aos pleitos apresentados. Recebemos patrulha mecanizada, convênios para a Saúde, como na implantação de uma academia ao ar livre e investimentos no setor da Educação, com a

destinação de ônibus para o transporte escolar e, recentemente, inauguramos junto com o prefeito e o Governo do Estado, uma moderníssima escola no Assentamento Santo Antônio. Todos estes benefícios têm a chancela do deputado Geraldo, direta ou indiretamente”, afirma Edilson. “Queremos continuar contando com esta mão amiga do deputado Geraldo Resende. Itaquiraí possui demandas que ainda precisam de apoio político, como por exemplo, para solucionar a questão do saneamento básico, onde o Município precisa da construção de sua Estação de Tratamento de Esgoto”, observa o vereador Cícero do Táxi (PPS), outra liderança de Itaquiraí em defesa dos interesses coletivos e que sempre encontra respaldo através do trabalho do deputado Geraldo Resende.

Com o intuito de resgatar a tradição das festas juninas, a Secretaria de Cidadania e Assistência Social (Semcias) / Políticas Públicas para a Mulher de Nova Andradina, promoveu nos dias 6, 7 e 8 deste mês, a 1ª edição do Arraiá Mulheres de Atitude. O local escolhido foi a Praça Geraldo Mattos Lima, centro da cidade, e atraiu um bom público. A festa contou com todos os elementos que compõem um verdadeiro arraiá: decoração, brincadeiras, música ao vivo com Naiara Nantes e Ditinho Sanfoneiro, quadrilha com os integrantes do Conviver, comidas e bebidas típicas. A secretária Julliana Ortega esteve à frente dos preparativos. “Já promovemos diversas edições comemorativas da Feira Mulheres de Atitude, em datas especiais como Natal e aniversário do município. Porém, essa temática para celebrar as

Ivinhema encerra oficina de artesanato $RğFLQDŃ0DøVTXHID]HP acontecer” foi oferecida pela prefeitura e parcerias De Ivinhema progresso@progresso.com.br

Naviraí realiza o 1º Encontro de Piscicultura

Marcos Pacco entrega patrulha mecanizada

DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Evento vai acontecer no dia 18 deste mês na Câmara Municipal

A entrega foi feira na sextafeira (dia 6) aos pequenos produtores no municípío

De Naviraí progresso@progresso.com.br

De Itaporã

A Prefeitura de Naviraí através da Gerência de Desenvolvimento Econômico irá realizar o I Encontro da Piscicultura. O objetivo do evento e de Fomentar a capacitação em piscicultura no município de Naviraí, com intuito de futura implantação deste tipo de cultivo como fonte de renda para os produtores locais. O 1º Encontro da Piscicultura vai acontecer no próximo dia 18 de julho e tem como local o Plenário da Câmara Municipal que tem capacidade para 280 pessoas. A Gerência de Desenvolvimento Econômico – GEDEC que tem como gerente Fernando Kamitani solicita a todos os produtores que caso queiram participar do evento deverão realizar sua inscrição na própria gerência na Avenida Campo Grande, 661 A ou pelos fones 3924 – 4150 e 3924 – 4157, ou ainda no local do evento. O encontro conta o apoio da Agraer e outros parceiros e terá voluntariamente palestra com os seguintes palestrantes: César Moura de Assis - Coordenador Federal de Aquicultura e Pesca da SEAP/EFPA-MS;Katia Maria Garicoix - Engenheira Agrô-

Na manhã de sexta- feira (06), o prefeito Marcos Pacco em meio representantes da Agraer, vereadores e servidores municipais, fez a entrega de uma patrulha mecanizada para servir os pequenos produtores rurais do município. A patrulha é composta por trator, grade aradora e distribuidor de calcário, pá carregadeira traseira e rotoencanteirador. Nesta solenidade realizada em frente ao Paço Municipal, o prefeito esteve acompanhado do presidente do CMDR José Claudio Cesco, Flavio de Oliveira-representante regional da Agraer, e do técnico Gilberto Macedo e gerentes municipais. O prefeito Marcos Pacco (PSDB) elogiou mais esta importante parceria com o governo do estado, dizendo que o trator e os equipamentos vêm em boa hora, pois, são equipamentos novos que vão auxiliar muito aos pequenos produtores em diversas atividades rurais. A Agraer mais uma vez reitera a parceria com o município, e vai fazer todo um trabalho de planeja-

progresso@progresso.com.br

Evento visa fomentar a atividade no município

noma da Agraer- Mestre em Agronegócios e Rafael Foresti - Zootecnista PHD em Gestão Empresarial da Brasil Piscis. O evento está sendo organizado pela Medica Veterinária, Mestre em Produção Animal Ana Paula Catalano Neto lotada no Núcleo de Agricultura e Pecuária e responsável pelo Serviço de Inspeção Municipal (SIM), na Gerência de Desenvolvimento Econômico de Naviraí. Segundo Fernando Kamitani esse é o trabalho da Gerência de Desenvolvimento que com apoio da atual administração do prefeito Izauri de Macedo, vem realizando eventos para incentivar o crescimento econômico em todas as áreas produtivas do munícipio, tanto na agricultura familiar, industrial, produção de leite e agora a incrementarão para a piscicultura.

Prefeito Marcos Pacco faz entrega de Patrulha

mento do uso dessas máquinas, que foram repassadas pra o CMDR-Conselho Municipal de Desenvolvimento rural. Os recursos para a aquisição deste maquinário são oriundos de emenda da bancada federal, oito deputados federais e três senadores, de recursos do próprio Governo do Estado e de propostas voluntárias da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento (Sead), Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco). Em meio às autoridades presentes estiveram os vereadores: Givanildo Rondina, Dico, Adriano Martins, Márcio Lobo presidente da Câmara, Marley, Lourdes Struziati, Ney Bulla, Cascatinha, Célia Frota e Lindomar.

tradicionais festas juninas é inédita. Agradeço o apoio das secretarias que fizeram do nosso 1° arraiá esta festa agradável e que proporcionou momentos de lazer, diversão e boa gastronomia para as famílias”, declarou a gestora. Além da secretária, o vice-prefeito Nenão, a primeira dama e vereadora Joana Darc Bono Garcia, a diretora AgehNova, Marcia Lobo, entre outras autoridades municipais marcaram presença no evento. Após percorrer todas as barracas e bater um papo com as integrantes do projeto de geração de renda voltado às mulheres, o vice-prefeito Newton Luiz Oliveira disse que gostou da proposta do resgate às raízes do povo nova-andradinense. “Essa festa traz a lembrança da nossa infância, das tradicionais quermesses. No passado, as festas sempre atraíram grande público nas praças nos bairros e quarteirões para curtir a fogueira, as comidas típicas e tudo que envolve essa tradição junina”, afirmou Nenão.

No dia 4 deste mês encerrou na Vila Cristina, em Ivinhema, a “Oficina Mãos que fazem acontecer” uma realização da Prefeitura de Ivinhema através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Secretaria de Habitação, trabalho e inclusão digital e a Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural). O curso está sendo ministrado pela Gestora Sócio Organizacio-

nal Rural Mayara Firmino Bardelli funcionária da Agraer. A Oficina desenvolveu técnicas de artesanato como: papietagem, pintura, bem como a utilização de materiais como casca de ovo, pó de café, areia, papéis de revista, entre outros na reciclagem de garrafas. Entre os objetivos do projeto estavam desenvolver a concentração, despertar a criatividade, novas habilidades, promover a autoestima e a socialização. A primeira Dama Valéria agradeceu a oportunidade de levar esta oficina para a Vila Cristina “logo estaremos trazendo novos aperfeiçoamentos para as artesãs, este é o objetivo da administração, levar conhecimento”.


4

Dourados, quarta-feira 11.7.2018 O PROGRESSO

Dia a Dia HEDIO FAZAN

Vazio sanitário da soja está em vigor em Mato Grosso do Sul Estado adota o período sem plantas vivas de soja nas propriedades para prevenir a incidência de ferrugem asiática nas lavouras PRISCILLA PIRES

De Dourados progresso@progresso.com.br

Madrugadas prometem ser geladas em boa parte de MS

Clima frio permanece até o fim de semana

O período de vazio sanitário da soja, instituído para prevenir o surgimento de esporos da ferrugem durante a entressafra, continua em vigor em Mato Grosso do Sul e nos outros estados que intensificaram o plantio da cultura nos últimos anos, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rondônia, São Paulo e Tocantins. Nesse período, que teve início há 27 dias, fica proibido o plantio da soja no Estado.

Em Dourados, ontem, os termômetros marcaram 5ºC HHP3RQWD3RUÂş& De Dourados

O descumprimento das normas nesse período, de acordo com a Lei, pode implicar em autuação da Iagro Além de não plantar o grão, os produtores devem eliminar todas as plantas voluntárias – conhecidas como guaxas ou tigueras – nas propriedades, seja por meio de processos mecânicos ou químicos, e antes de plantar ele deve ficar atento ao prazo de cadastramento das áreas onde será feito o cultivo da soja. O cadastro é obrigatório e os dados recebidos são mantidos no banco de informações da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) servindo de base para identificar o total de área plantada, prevenir os agricultores vizinhos quando houver

Vazio da soja começou há quase um mês e continua em vigor nas lavouras do MS até 15 de setembro foco da ferrugem por meio de alerta sanitário, além de facilitar as atividades da equipe da Iagro. A medida preventiva é uma estratégia de manejo para reduzir a inoculação nos primeiros plantios, diminuindo a possibilidade de incidência de ferrugem asiática no período vegetativo e, consequentemente, reduzindo o número de aplicações de fungicidas e o custo de produção. O período de 90 dias foi estabelecido considerando que o tempo máximo de sobrevivência dos esporos no ar, que é de 55

Dourados fica em 2º lugar no Desafio de Robótica

dias. Dessa forma, o término do vazio sanitário em MS será 15 de setembro. O descumprimento das normas nesse período, de acordo com a Lei, pode implicar em autuação da Iagro e multa de até mil Uferms, que é a Unidade Fiscal Estadual de Referência de Mato Grosso do Sul. A unidade teve seu valor estabelecido para o mês de junho em R$ 24,66. Para sanar quaisquer dúvidas e prestar maiores esclarecimentos a agência coloca à disposição do produtor o telefone 0800 647 2788.

Capital lança concurso de frase sobre sobá

DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

As competições foram entre robôs de Lego montados pelos próprios alunos

Resultado será divulgado com premiação do vencedor durante o Festival

De Dourados progresso@progresso.com.br

De Campo Grande progresso@progresso.com.br

Pela primeira vez disputando o Desafio de Robótica da Indústria, realizado durante na 10ª edição da Olimpíada do Conhecimento (OC 2018), em Brasília (DF), entre os dias 5 e 8 de julho, alunos da Escola do Sesi de Dourados ficaram em 2º lugar na competição. No domingo (08/07), os estudantes, que integram o time MegaMentes, disputaram as provas com 240 alunos da rede nacional de educação do Sesi, sendo 48 equipes do DF e de 23 Estados. As competições foram entre robôs de Lego montados pelos próprios alunos, que realizaram missões estritamente relacionadas à realidade da indústria, incluindo simulações de tarefas que envolviam oito segmentos industriais: veículos automotores, celulose e papel, construção civil, frigorífico, máquinas e equi-

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Associação da Feira Central, Cultural e Turística de Campo Grande (Afecetur) lança o Concurso Cultural do Festival do Sobá. O Festival acontece de 10 a 12 de agosto. As inscrições encerram no dia 13 de julho de 2018 e podem participar somente estudantes de 3º ao 5º ano da Rede Municipal de Ensino (Reme), matriculados e comprovados. A escola participante deve entregar uma frase, com a temática de valorização do Sobá como símbolo cultural de Campo Grande, que contenha as palavras “Sobá” e “Campo Grande” com intervenção

'HVDğRWHYHSDUWLFLSDQWHV GHHVWDGRV

pamentos, mineração, têxtil e panificação. Para a analista de educação do Sesi, Glaucia Campos, os alunos da Escola do Sesi de Dourados conquistaram um novo olhar sobre o mercado de trabalho e novas tecnologias que o cercam. “Nossa participação foi de excelência, tanto na iniciação científica, quanto na robótica. Foi uma oportunidade par os alunos crescerem e conquistarem um novo olhar sobre a carreira, principalmente pelo fato de estarem disputando desafios inéditos para eles e ligados à indústria”, pontuou.

HISTÓRICO Em 2006, a medida foi instituída em Mato Grosso, Goiás e Tocantins. Em 2007, foi publicada pelo Ministério da Agricultura a Instrução Normativa Número 2, instituindo o Programa Nacional de Controle da Ferrugem Asiática da Soja (PNCFS), no qual, entre outras diretrizes, ficou estabelecido que os estados deveriam ter um calendário de semeadura de soja, com um período de, pelo menos, 60 dias sem a presença de plantas cultivadas ou voluntárias.

A frente fria acompanhada de uma forte massa de ar frio de origem polar influencia o tempo no centro-sul do País até o fim de semana. Em Mato Grosso do Sul e em grande parte do Sul, as madrugadas prometem ser gelada, com mínimas abaixo de 10ºC. O tempo começa a esquentar a partir de sábado. A mudança de tempo que teve início na noite de domingo não irá trazer chuva para os próximos dias. Amanhã e sexta há previsão de muitas nuvens, podendo até ocorrer pancadas isoladas, mas no fim de semana o sol volta a bri-

A Campo Grande Expo, acontece no período de 16 a GHMXOKR De Dourados Hoje a participação das mulheres ativamente nas diferentes ocupações da sociedade integra uma realidade cada vez mais crescente. No agronegócio, não é diferente. De olho neste crescimento, as mulheres

provocada pelo professor em sala de aula. O concurso irá premiar o autor da melhor frase com um notebook. De acordo com o Regulamento, os participantes poderão se inscrever no concurso somente uma vez e concorrer com apenas uma frase.Cada escola interessada em participar do concurso deverá orientar seus alunos, segundo os critérios estabelecidos no regulamento, sendo que, das cartas confeccionadas com a frase pelos alunos participantes, apenas uma deverá ser enviada para a comissão, representando a escola.

Em Dourados, os termômetros marcaram ontem 5ºC e em Ponta Porã 2ºC. Já na Capital o registro foi de 9ºC. Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o sul-mato-grossense não deve guardar o casaco, pelo menos até sexta. As temperatura abaixo de 10ºC devem continuar em todo o Estado. Uma das grandes preocupações em Mato Grosso do Sul é sobre a falta de chuva. Desde o mês de abril o tempo está seco. Em Dourados choveu apenas 11 milímetros, com distribuição das chuvas de forma irregular na região. Os solos permaneceram com níveis insatisfatórios de umidade todo esse período. A temperatura média em Dourados foi praticamente igual à média histórica. Não houve registro de geadas na região.

Exposição dedica um dia especial às mulheres

progresso@progresso.com.br

Escultura em homenagem ao sobá, na Feira Central

lhar com força.

do agro inspiraram conteúdo especial durante a mais nova feira de agronegócios do Centro-Oeste, a Campo Grande Expo, que acontece de 16 a 20 de julho, no Terra Nova Eventos. Mulheres de destaque no cenário nacional estarão presentes, tal como Tereza Vendramine, ; as produtoras rurais, Dora Bileco, Maria Eloá de Souza Rigolin e Leda Garcia de Souza; Roberta Servsal, ; Leyde Pedro e Adriane Zart, médica veterinária.


Cinema

“O Nó do Diabo” repensa o Brasil. 3»*

CADERNO B Dourados, quarta-feira 11.7.2018

Inauguração do Villa Sanson.

O PROGRESSO

Coluna da Adiles

DIVULGAÇÃO

Produzido pela Rede Marista de Solidariedade, o documentário “Guarani-Kaiowás Ivy Poty – Flores da Terra, faz uma contextualização da vida, ressaltando a concepção de criança e o valor das relações

Documentário debate situação dos direitos das crianças Guarani-Kaiowá Produção tem pré-lançamento nesta quarta-feira para comunidade indígena de Dourados que participou do filme. Evento que teve início segue até sábado e reúne representantes de todas as aldeias do Conesul De Dourados O documentário “Guarani-Kaiowás Ivy Poty – Flores da Terra”, que aborda o contexto das crianças e jovens indígenas em Dourados, terá um pré-lançamento exclusivo nesta quarta-feira, ás 19h, durante a “VI Kuñangue Aty Guasu – Grande Assembleia das Mulheres Kaiowá Guarani”, na Aldeia Amambai. O evento que teve início ontem segue até sábado, dia 14, reúne representantes de todas as aldeias do Conesul do Mato Grosso do Sul, bem como organizações indigenistas e autoridades ligadas às questões indígenas. “Nós demos prioridade para que os Guarani-Kaiowás fossem os primeiros a ter

acesso ao conteúdo produzido”, destaca Lucas José Ramos Lopes, um dos coordenadores do projeto do filme. A garantia dos direitos das

Documentário destaca importância da valorização da cultura e da identidade étnica no desenvolvimento “ Guarani-Kaiowás Ivy Poty – Flores da Terra” revela um cenário de sistemáticas violações de direitos crianças Guarani-Kaiowá está intimamente ligada à preservação de seu modo de ser tradicional. É o que mostra o documentário “Guarani-

-Kaiowás Ivy Poty – Flores da Terra”, ao traçar um panorama da infância indígena de Dourados. Produzido pela Rede Marista de Solidariedade, o filme faz uma contextualização da vida dos Guarani-Kaiowá, ressaltando a concepção de criança e o valor das relações intergeracionais naquele modelo de organização familiar e comunitária. Ele destaca a importância da valorização da cultura e da identidade étnica no processo de desenvolvimento das crianças e dos jovens e aborda o cenário das políticas públicas de atenção a esses meninos e meninas. “O documentário promove uma escuta dos indígenas, de atores da rede de atendimento, de organizações da socie-

dade civil e outros profissionais sobre questões sociais, políticas, culturais e identitárias da população guarani-Kaiowá, com a proposta de contribuir para a promoção e defesa de seus direitos, em especial das crianças e jovens”, apontam os diretores do filme, Camilla da Silva e Souza e Vinícius Gallon. De acordo com a coordenadora do projeto, Juliana Kuwano Buhrer, “a expectativa é de que a produção contribua para os debates e formações das redes locais e seja utilizada como subsídio para os agentes que participam da formulação, implementação e monitoramento das políticas públicas”. “Guarani-Kaiowás Ivy Poty – Flores da Terra” revela um

cenário de sistemáticas violações de direitos, que afetam diretamente as crianças e jovens indígenas. Além das dificuldades de acesso a condições básicas, como alimentação e saúde, a perda das referências culturais pelo contato com a cidade tem comprometido a perspectiva de vida de meninas e meninos e levado muitos ao suicídio. Os entrevistados no filme indicam que no campo da Educação também há grandes desafios, como a garantia de acesso a todas as crianças, a precariedade e falta de manutenção na infraes-trutura das escolas, o olhar dos professores e a carência de materiais didáticos específicos e diferenciados, que contemplem a cultura e a língua nativas.

Curtas da Mostra serão exibidos sábado na UFGD Na programação, estão seis produções. Sessão gratuita será na Unidade I

O projeto de extensão Cineclube da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), exibe no próximo sábado, seis curtas da 17ª Mostra do Filme Livre. A sessão gratuita começa ás 17h e será realizada no Cineauditório da Unidade I da instituição, localizada à rua João Rosa Gões, 1761, Vila Progresso. A apresentação integra a ação independente Cineclubes Livres com produções de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Minas Gerais. A Sessão Curtas Livres apresentará: “Historiografia”, “Travessia”, “CorpoStyle-DanceMachine, “A Paz Ainda Virá Nesta Vida”, “A Retirada Para Um Coração Bruto” e “Talaatay Nder”. A 17ª Mostra do Filme Li-

vre ocorreu em abril e maio em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. A partir dos filmes premiados na Mostra foi elaborada a curadoria para a ação Cineclubes Livres, com previsão de promover mais de 170 exibições em todo Brasil. Em Dourados, o Cineclube UFGD inscreveu-se para ser exibidor de duas sessões, sendo que a primeira ocorreu no sábado passado, com o longa “Fernando”. O Cineclube Livres é a maior ação cineclubista em voga no país, há 11 anos apresentando filmes livres para um numeroso público pelo Brasil. Segundo a organização da17ª Mostra do Filme Livre, o desejo é de, mais uma vez, expandir o alcance desse cinema vivo, que emerge à margem das leis de incentivo e do capital especulativo, livres na forma, livres no conteúdo, livres para fazerem suas pequenas revoluções.

DIVULGAÇÃO

A programação segue as melhores tendências da MFL#2018 com sessões que representam muito bem a dinâmica e multiplicidade da atual produção de cinema livre. O projeto da Mostra do Filme Livre nasceu no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro e o Banco do Brasil até hoje é o patrocinador do evento. Sinopses “Historiografia” (Amanda Pó, 4min, 2017, SP). Este filme é mudo. Travessia (Safira Moreira, 5min, 2017, RJ). Utilizando uma linguagem poética, “Travessia” parte da busca pela memória fotográfica das famílias negras e assume uma postura crítica e afirmativa diante da quase ausência e da estigmatização da representação do negro. “CorpoStyleDanceMa-chine” (Ulisses Arthur, 7min,

“Travessia” utiliza uma linguagem poética e parte da EXVFDSHODPHPöULDIRWRJUÀğFDGDVIDPâOLDVQHJUDV

2017, BA). “Ando por mistério, vivo por mistério [...] Nosso corpo é uma máquina, ou cuida ou sabe como é né?” Entre memórias da boate e relatos

de resistências cotidianas; Tikal, importante personalidade do Recôncavo da Bahia, dança e afronta as normas. “A Paz Ainda Virá Nesta Vi-

A história dos guaranis e kaiowás é marcada pela resistência para que, nas palavras de um deles registradas no documentário, tenham minimamente seu “direito de existir”. Na programação da “VI Kuñangue Aty Guasu – Grande Assembleia das Mulheres Kaiowá Guarani”, além de pautas relacionadas aos territórios e às perspectivas de candidaturas indígenas nas eleições deste ano, estão previstos também temas como “o genocídio das crianças indígenas e o direito aos filhos e a educá-los do modo de ser nativo”, “o direito à Medicina tradicional e ao parto humanizado” e “o direito a uma educação diferenciada nas escolas indígenas e ao ensino na língua materna”.

da (Isabella Geoffroy, Nícolas Bezerra, 6min, 2017, RJ). Dois amigos, e a necessidade de fazer um filme sobre o cotidiano violento da favela aonde vivem. “A Retirada Para Um Coração Bruto” (Marco Antônio Pereira, 15min, 2017, MG). Ozório é um senhor que vive sozinho onde o Judas perdeu as botas, na zona rural de Cordisburgo (MG). Passa seus dias ouvindo rock no rádio, enquanto vive o luto da sua companheira. Até que um movimento no céu quebra sua solidão. “Talaatay Nder” (Chantal Durpoix, 20min, 2016, BA). “Talaatay Nder”, significa em língua Wolof “Terça feira de Nder”, é uma homenagem poética para as mulheres de Nder, na região do Walo, Saint-Louis, Senegal. Em 1820, as rainhas de Nder, lutaram e escolheram o suicídio coletivo para escapar à escravidão e preservar a sua liberdade e dignidade. A história de Nder continua viva e atualiza-se na modernidade.


2

Dourados, quarta-feira 11.7.2018 O PROGRESSO

Variedades

Mostra Cultural e Festival de MĂşsica

das Escolas Eventos serão de 1º a 3 de outubro, no Centro de Convençþes Arquiteto Rubens Gil de Camillo, na Capital JUAREZ JUNIOR

De Campo Grande Estão abertas as inscriçþes para a 12ª Mostra Cultural das Escolas Estaduais e tambÊm para o Festival de Música das Escolas Estaduais de Mato Grosso do Sul – MS In Concert, promovidos pela Secretaria de Estado de Educação (SED), atravÊs do Núcleo de Arte e Cultura.

Festival de MĂşsica das Escolas Estaduais no ano passado

HORĂ“SCOPO TOURO

De 21/03 a 20/04

De 21/04 a 20/05

PerĂ­odo dos mais favorĂĄveis para realizar, com muito sucesso, grandes negĂłcios, empreendimentos e tudo aquilo que possa elevĂĄ-lo materialmente. Bom dia para a vida social e ao amor. Momento em que estarĂĄ predisposto a cometer excessos.

DEUS SALVE O REI 18h Afonso pede a OlegĂĄrio que descubra quem ĂŠ responsĂĄvel pela venda de pĂłlvora. Larissa sugere que Augusto vĂĄ com o grupo de teatro para outra aldeia. Ulisses avisa aos pais TXHHVWĂ€QDPRUDQGR7HRGRUD*UHJĂśULR&RQVWĂ QFLDDÄ&#x;UPDD $PĂ€OLDTXH*UHJĂśULRVHLQWHUHVVDSHODÄ&#x;OKD2WĂ€YLRSDUWHFRP seu exĂŠrcito para invadir Artena. LucrĂŠcia entra no castelo de Lastrilha Ă procura de GlĂłria. AmĂĄlia pergunta a Catarina se foi ela quem provocou a explosĂŁo da mina.

SEGUNDO SOL 20h Valentim e Luzia/Ariella se aproximam. Manuela conta para Ă?caro sobre a conversa com Luzia/Ariella. Groa decide levar Luzia/Ariella atĂŠ Pai Didico. Beto/Miguel pensa em Luzia/Ariella, enquanto namora Karola. Beto/Miguel incentiva Valentim a compor uma mĂşsica. Luzia compĂľe uma letra para a mĂşsica de Beto/Miguel. Cacau se reconcilia com Roberval. 5RFKHOOHHORJLD(GJDUSRUGHVWUDWDU.DUHQ0DQXHODFRQÄ&#x;UPD com Zefa a histĂłria de Luzia. Ă?caro reclama das cobranças de Laureta. ClĂłvis teme que Gorete descubra que Beto FalcĂŁo HVWĂ€YLYR*RUHWHDÄ&#x;UPDÂżIDPâOLD)DOFĂ‚RTXHIH]XPFRQWDWR sobrenatural com o cantor.

AS AVENTURAS DE POLIANA 19h45 Joana vai atĂŠ a escola falar com HelĂ´ sobre os meninos que estĂŁo perseguindo Luigi, mas nĂŁo percebe que esses meninos sĂŁo Éric e Hugo. Marcelo pede para os alunos tirarem fotos de alguĂŠm que seja especial para eles. Guilherme descobre que foi Brenda quem fez a pĂĄgina falsa de “Branca Boladaâ€? e faz a garota apagar a pĂĄgina. Luigi e Poliana ajudam Gabi a gravar o programa de eleição da sua chapa. Na escola as crianças pensam que o fantasma ĂŠ de um garoto que desapareceu no passado e se chama “Vitinhoâ€?. Poliana descobre o esconderijo de JoĂŁo na escola onde o menino estĂĄ morando.

De 21/05 a 20/06

LEĂƒO

VIRGEM

De 22/07 a 22/08

De 23/08 a 22/09

O excesso de prazer e de trabalho que requeiram grande concentração e capacidade mental, nĂŁo serĂĄ IDYRUĂ€YHOKRMH%RPÄ X[RWRGDYLD aos negĂłcios iniciados anteriormente. Positivo para a vida religiosa e ao amor.

LIBRA

ESCORPIĂƒO

De 23/09 a 21/10

De 23/10 a 21/11

Muita disposição, otimismo e compreensão para com os outros. Assim estarå você nesta fase que tem tudo para ser maravilhosa. Mas evite estragar tudo isso, por causa dos ciúmes e do orgulho pessoal exagerado.

CAPRICĂ“RNIO

AQUĂ RIO

De 22/12 a 20/01

De 21/01 a 19/02

Boas indicaçþes de esperanças que se concretizarĂŁo num futuro prĂłximo. Ainda hoje ou amanhĂŁ vocĂŞ estarĂĄ favorecido no que diz respeito ao amor. InĂ­cio de um bom SHUâRGRQRFDPSRSURÄ&#x;VVLRQDOH Ä&#x;QDQFHLUR

17h AmÊlia cobra a Ema a promessa que ela lhe fez. O Barão decide se mudar para São Paulo. Lady Margareth fala mal de Darcy para Julieta. Elisabeta ouve o depoimento de Ernesto contra a fåbrica de tecidos. Ema leva o namorado para jantar na casa de Jorge. Mårio/Mariana sai escondido da casa de Brandão. Uirapuru encontra Josephine. Julieta tira satisfaçþes com Darcy sobre o andamento da construção da ferrovia. AmÊlia se incomoda com a presença de Ernesto em sua casa. Lady Margareth manipula Olegårio. Uirapuru vê Brandão e Josephine se beijando.

Bom dia para iniciar negócios relacionados com a indústria, e propriedades. Contudo, não deixe de olhar e zelar pelo bem de seus familiares e não fuja as suas responsabilidades e problemas. Mais energia, otimismo e determinação são recomendados.

CĂ‚NCER

Fase em que serå notado onde comparecer. Sua reputação serå elevada e seus ideais e açþes deverão ser seguidas por pessoas que vivem a sua volta. Mas, para que tudo isso aconteça, siga e dependa da sua própria capacidade.

ORGULHO E PAIXĂƒO

GĂŠMEOS

De 21/06 a 21/07

Dia em que poderĂĄ lhe trazer desentendimentos no ambiente de trabalho e atĂŠ atritos e discussĂľes, mesmo com pessoas desconhecidas. Para o amor e negĂłcios, o dia tambĂŠm e negativo. O momento ĂŠ propĂ­cio ao comĂŠrcio de roupas feitas e artigos de couro.

A temåtica segue a mesma proposta sobre as influências culturais na formação da identidade de MS e contarå com atraçþes que vão desde Orquestras aos diversos estilos musicais, todas compostas por alunos da Rede Estadual de Ensino. AlÊm de todas as apresentaçþes culturais das escolas estaduais, os eventos contarão com as participaçþes especiais de artistas do MS, com entrada franca. Para outras informaçþes, o Núcleo de Arte e Cultura atende pelo telefone: (67) 3323-7205 ou pelos e-mails: mostracultural.nuac@gmail. com ou eventosmusica.nuac@gmail.com.

NOVELAS

PALAVRAS-CRUZADAS DIRETAS

à RIES Serå improdutivo preocupar-se com o que os outros possam fazer ou dizer a seu respeito. NinguÊm Ê perfeito. Mais vale uma orientação do que uma crítica amarga. Problemas familiares. Tudo poderå mudar para melhor. Hå vantagens nas aventuras, mas não abuse.

A Mostra, com o tema “As ,QÄ XĂ“QFLDV&XOWXUDLVQD Formação da Identidade de MSâ€? ĂŠ um importante acontecimento Para outras informaçþes, o NĂşcleo de Arte e Cultura atende pelo telefone: (67) 3323-7205

TemĂĄtica segue a mesma SURSRVWDVREUHDVLQÄ XĂ“Qcias culturais na formação da identidade de Mato Grosso do Sul Os eventos acontecerĂŁo de 1Âş a 3 de outubro, no Centro de Convençþes Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande. . A Mostra, com o tema “As InfluĂŞncias Culturais na Formação da Identidade de MSâ€?, ĂŠ um importante acontecimento no cenĂĄrio cultural de Mato Grosso do Sul e, alĂŠm de estimular a produção artĂ­stica

dentro das escolas, possibilita a difusão das mesmas, no âmbito estadual, para uma apresentação de parte dos resultados alcançados durante desenvolvimento do ano letivo. Simultaneamente, como parte complementar do evento, acontece o Festival de Música das Escolas Estaduais de Mato Grosso do Sul – MS In Concert. Diante da grande adesão das escolas em participarem da Mostra, a comissão organizadora resolveu realizar um evento paralelo somente com a música, com diversas atraçþes durante os três dias.

NĂŁo ĂŠ conveniente aventurar-se em novos negĂłcios. Cuidado com o excesso de gastos. Mantenha-se em suas atividades rotineiras e muitos benefĂ­cios receberĂĄ em breve. PerĂ­odo favorecido no progresso artĂ­stico, na popularidade, na melhoria financeira e cultural.

%RDLQÄ XĂ“QFLDSDUDFXLGDUGRV seus interesses pessoais e assuntos sentimentais. Pessoas nascidas conhecidas irĂŁo ajudĂĄ-lo. SaĂşde, dinheiro, amor, jogos, esportes e loteria sob-bons auspĂ­cios SAGITĂ RIO De 22/11 a 21/12

Dia dos melhores para o comĂŠrcio de modo geral. Pode solicitar favores de amigos e superiores em qualTXHUFDVRGHGLÄ&#x;FXOGDGHV)OX[R EHQĂ’Ä&#x;FRÂżVXDVDÄŽGHHDYLGDVHQWLmental. Bom, tambĂŠm, para as pesquisas e investigaçþes. PEIXES De 20/02 a 20/03

Dia negativo para os negócios, para tratar de assuntos jurídicos e mudanças, de um modo geral. Bom para os casos sentimentais e um tanto quanto ruim para passeios. Cuide da saúde e tenha cautela com acidentes. Dia dos mais SURSâFLRV¿VUHOD�øHVVRFLDLVHSHVVRDLV

SOLUĂ‡ĂƒO DO NÂş ANTERIOR


3

Dourados, quarta-feira 11.7.2018 O PROGRESSO

Variedades DIVULGAĂ‡ĂƒO

Gramado divulga ďŹ lmes em competição DIVULGAĂ‡ĂƒO

Um total de nove longasbrasileiros e cinco latinos concorrem nas mostras Da AgĂŞncia Estado

Filme cria horror social para

pensar o Brasil Na semana passada, homenageada no Festival Internacional de Mulheres =H]Ă’0RWWDTXHLQWHUSUHWDRHSLVĂśGLRÄ&#x;QDOOHPEURXVXDWUDMHWĂśULD Da AgĂŞncia Estado Talvez seja uma facilidade da crĂ­tica - da imprensa em geral. Colar etiquetas que, no fundo, podem ser reducionistas. “O NĂł do Diaboâ€?, em cartaz, ĂŠ - seria - o “Corra!â€? brasileiro. Como admirador do longa vencedor do Oscar de roteiro original, para Jordan Peele, o diretor Ramon Porto Mota, que assina dois episĂłdios de “O NĂł do Diaboâ€?, o primeiro e o Ăşltimo, sĂł tem motivos para se sentir lisonjeado. â€œĂ‰ um filmaço, o Corra!â€? Mas quando o repĂłrter da AgĂŞncia Estado lembra “Esposas em Conflitoâ€?, de Bryan Forbes, 1975, (quase) clonado por Peele, ele diz que conhece o filme antigo. E observa. “Gosto muito de Corra!, mas a parte de comĂŠdia ĂŠ melhor que a de horror.â€? Ramon fala com o repĂłrter de Campina Grande, sede da produtora Vermelho Profundo. “Minha formação ĂŠ de historiador. Sempre me interessei pelo perĂ­odo da escravidĂŁo porque nela estĂĄ a pedra fundadora da estrutura social brasileira, que persiste atĂŠ hoje “ Ramon, descendente de Ă­ndios e portugueses, esclarece. “Como tenho a pele branca, todo mundo pergunta o porquĂŞ do meu interesse pelo tema. JĂĄ falei da minha formação como historiador, mas tambĂŠm ĂŠ necessĂĄrio destacar que estou desconforme com a situação polĂ­tica e social do paĂ­s. Esse nĂŁo ĂŠ o Brasil que eu quero.â€? Na semana passada, homenageada no Festival Internacional de Mulheres

(FIM) -, ZezĂŠ Motta, que interpreta o episĂłdio final de “O NĂł do Diaboâ€?, lembrou sua trajetĂłria, e a mĂ­tica Xica da Silva, que a projetou, nos anos 1970, no Brasil e no mundo. É uma imagem emblemĂĄtica do cinema do Brasil. ZezĂŠ, como Xica, com sua carta de alforria, avança cheia de alegria para a Igreja, cuja porta se fecha na cara dela. A sociedade dos brancos nĂŁo abre mĂŁo assim de seus privilĂŠgios. Isso vale para o passado, e o presente. “Temos mais de 3 mil quilombos no Brasil e os quilombolas seguem discriminadosâ€?, diz ZezĂŠ, guerreira nas causas do feminismo e do racismo.â€? NĂŁo estĂĄ sozinha. “Toda a equipe de “O NĂł do Diaboâ€? pegou junto no esforço de fazer uma obra de resistĂŞncia e militância.â€? “Sou um diretor de horror, todo mundo me conhece como cineasta de gĂŞnero. “O “NĂł do Diaboâ€? jĂĄ nasceu com esse perfil, mas com a vocação de ser um filme de gĂŞnero para espelhar a situação social e polĂ­tica brasileira.â€? Pode muito bem ser que este ano de 2018 venha a ser um marco para o cinema de gĂŞnero no paĂ­s. “As Boas Maneirasâ€?, de Juliana Rojas e Marco Dutra, que subverte cĂłdigos, fez sucesso de pĂşblico e crĂ­tica na França, e foi parar nas pĂĄginas da prestigiada Cahiers du CinĂŠma. “Pode imprimir que considero Juliana a grande diretora dessa geraçãoâ€?, diz Ramon. De volta ao filme dele, do seu coletivo, ele diz que a obra nasceu horizontal, com a equipe

miscigenada, de brancos e negros, participando de todas as etapas do processo. “Para a gente, sempre foi muito importante o lugar da fala. A fala da conceituação da obra, do roteiro, da iluminação, da direção.â€? Embora seja um filme em cinco episĂłdios e quatro diretores, “O NĂł do Diaboâ€? passa a impressĂŁo de ser obra unitĂĄria. “Justamente por sermos vĂĄrios diretores, o conceito da luz foi definido e perfeitamente executado pelo mesmo diretor de fotografia, o Leo(nardo) Feliciano, em todos os episĂłdiosâ€?, conta Ramon. Outro aspecto fundamental - “Se estamos falando da fundação da estrutura social brasileira, entĂŁo a questĂŁo territorial ĂŠ decisiva. O filme começa em 2018, numa disputa por terras, e vai recuando atĂŠ 1818. Em todas essas etapas, a luta pela terra perpassa as histĂłrias e existe sempre esse lugar mĂĄgico de bonança e liberdadeâ€? - o quilombo? Engajamento A pergunta que nĂŁo quer calar – “O NĂł do Diaboâ€? concorreu em BrasĂ­lia, no ano passado. O Festival ĂŠ considerado o mais politizado do Brasil. Sendo um filme de gĂŞnero, foi considerado em pĂŠ de igualdade com os demais, ou a tendĂŞncia foi colocĂĄ-lo â€˜Ă parte’? “Acho que o mais importante nesse projeto foi nossa absoluta transparĂŞncia. Esse filme ĂŠ o que ĂŠ, com seus cĂłdigos. E o pĂşblico percebe isso.â€? Em SĂŁo Paulo, entre outras salas, “O NĂł do Diaboâ€? estĂĄ no circuito Spcine e no Olido, uma

JoĂŁo Gilberto ĂŠ mais ouvido nos EUA que no Brasil no YouTube VĂ­deos com mĂşsicas jĂĄ tem m 18,4 milhĂľes de visualizaçþes desde dezembro de 2016 Transformado em sĂ­mbolo da bossa nova hĂĄ 60 anos, quando colocou sua voz em “Chega de Saudadeâ€?, JoĂŁo Gilberto tem hoje mais ouvintes nos Estados Unidos que em seu paĂ­s de origem no YouTube, mostram dados do site. Em meio a uma briga judicial que afeta a comercialização de obras do cantor, vĂ­deos com mĂşsicas dele acumularam 18,4 milhĂľes de visualizaçþes desde 30 de dezembro de 2016, quando o serviço do Google passou a divulgar es-

ses dados. Desse total, 3,9 milhĂľes vieram dos EUA e 2,5 milhĂľes, do Brasil. O YouTube considera postagens do canal oficial do artista, alĂŠm de clipes enviados por fĂŁs com trechos ou mĂşsicas inteiras. Conforme o portal G 1, na plataforma, ao menos cinco dos dez vĂ­deos mais vistos do cantor no perĂ­odo estĂŁo indisponĂ­veis no Brasil, entre eles uma versĂŁo de “Chega de Saudadeâ€?, na quinta posição. Procurado, o YouTube nĂŁo esclareceu o motivo. A produção de JoĂŁo ĂŠ objeto de uma disputa envolvendo o cantor e a gravadora EMI Records, hoje controlada pe-

la Universal Music. Em 2015, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) proibiu a empresa de vender os discos do artista sem seu consentimento. A Universal não comenta o caso. Com obras embargadas, registros de João disponíveis em serviços de streaming são, muitas vezes, versþes presentes em compilados, e não discos originais. No Spotify, o cantor tem 1,3 milhão de ouvintes mensais. Na plataforma, São Paulo aparece em primeiro lugar na lista de cidades onde ele Ê mais popular, seguida por Santiago, no Chile. João era um músico desa-

sala localizada na ĂĄrea central da cidade. O circuito possui salas por toda SĂŁo Paulo, e nas comunidades. Havia bom pĂşblico no sĂĄbado Ă tarde, quando a sessĂŁo batia com o jogo entre RĂşssia e CroĂĄcia (quando o filme terminou, ainda foi possĂ­vel conferir a prorrogação e a decisĂŁo nos pĂŞnaltis). Houve gente que saiu durante a projeção. A maioria nĂŁo apenas ficou, como saiu comentando as intençþes, e o resultado. Por ser de gĂŞnero, a tendĂŞncia ĂŠ comparar com as produçþes que a indĂşstria cultural, leia-se Hollywood, despeja no mercado brasileiro (e internacional). “O NĂł do Diaboâ€? sustenta-se? “Corra! ĂŠ grande e chegou referendado, o que praticamente obrigou o pĂşblico a ver o filme que jĂĄ era um fenĂ´meno social e artĂ­stico. A gente nĂŁo possui esse referencial prĂŠvio. Tem de criar, o que ĂŠ sempre difĂ­cil.â€? No Ăşltimo episĂłdio, mortos-vivos - esses seres bizarros que hoje inundam a ficção - integram-se Ă  luta por direitos. Uma concessĂŁo a Hollywood? “Estou aqui com um livro na mĂŁo, “Monstros e Monstrengosâ€? do Brasil, com prefĂĄcio da Mary Del Priore.â€? Um peixe que tem pedras no lugar dos miolos, um molusco que menstrua como as mulheres, um gambĂĄ cujo fedor deixa um homem ou um cavalo desacordado durante trĂŞs ou quatro horas, etc. “Colocamos o morto-vivo que estĂĄ no imaginĂĄrio do pĂşblico, mas a zoologia fantĂĄstica brasileira ĂŠ inesgotĂĄvel e poderia alimentar muitos filmes.â€?

creditado quando, em 10 de julho de 1958, entrou no estĂşdio da gravadora Odeon, no Rio, para gravar um disco de 78 rotaçþes por minuto como eram chamados os singles na ĂŠpoca - com “Chega de Saudadeâ€? e “Bim Bomâ€?. Composição de Tom Jobim (1927-1994) e Vinicius de Moraes (1913-1980), “Chega de Saudadeâ€? jĂĄ havia sido apresentada no LP lançado por Elizeth Cardoso (19201990) em abril de 1958, “Canção do Amor Demaisâ€?. Com a voz de JoĂŁo, a versĂŁo mais conhecida da mĂşsica foi lançada em agosto do mesmo ano. Recluso, JoĂŁo foi interditado judicialmente pela filha, Bebel Gilberto, no fim do ano passado. Em nota, a advogada de Bebel disse que a intervenção foi motivada por problemas de saĂşde e complicaçþes financeiras do cantor.

Um total de nove longas-metragens brasileiros e cinco latinos concorrem nas duas principais mostras do 46Âş Festival de Gramado, um dos mais importantes do paĂ­s, que acontece entre 16 e 25 de agosto na serra gaĂşcha. Na lista dos longas metragens brasileiros estĂŁo: “10 Segundos Para Vencerâ€? (RJ), de JosĂŠ Alvarenga Jr, “ O Banqueteâ€? (SP), de Daniela Thomas, “Benzinhoâ€? (RJ), de Gustavo Pizzi, “A Cidade dos Piratasâ€? (RS), de Otto Guerra, “Correndo AtrĂĄsâ€? (RJ), de Jeferson De, “Ferrugemâ€? (PR), de Aly Muritiba, “Mormaçoâ€? (RJ), de Marina Meliande, “Simonalâ€? (RJ), de Leonardo Domingues, “A Voz do SilĂŞncioâ€? (SP), de AndrĂŠ Ristum.Na categorias de longas-metragens estrangeiros constam:

Na lista dos longas brasileiros estĂŁo: “O Banqueteâ€?, â€?Ferrugemâ€?, “Mormaçoâ€?, dentre outros “Avernoâ€? (Uruguai/BolĂ­via), de Marcos Loayza, “Las Herederasâ€? (Paraguai/Brasil/ Uruguai/França/Alemanha), de Marcelo Martinessi, “Mi Mundialâ€? (Uruguai/ Argentina/Brasil), de Carlos Morelli, “Recreoâ€? (Argentina), de HernĂĄn Guerschuny e JazmĂ­n Stuart, “Violeta al Finâ€? (Costa Rica/MĂŠxico), de Hilda Hidalgo. Na categoria dos curtas-metragens brasileiros, estĂŁo: â€œĂ€ Tonaâ€? (DF), de Daniella Cronemberger, “Apenas o Que VocĂŞ Precisa Saber Sobre Mimâ€? (SC), de Maria Augusta V. Nunes, “Aquarelaâ€? (MA), de Thiago Kis-tenmacker e Al Danuzio, “Catadora de Genteâ€? (RS), de Mirela Kruel, “Estamos Todos Aquiâ€? (SP), de Chico Santos e Rafael Mellim, “Um Filme de Baixo Orçamentoâ€? (SP), de Paulo Leierer, “Guaxumaâ€? (PE), de Nara Normande, “Kairoâ€? (SP), de Fabio Rodrigo, “Majurâ€? (MT),

Festival de Gramado ĂŠ um dos mais importantes do paĂ­s

de Rafael Irineu, “Minha MĂŁe, Minha Filhaâ€? (SP), de Alexandre Estevanato, “Nova Iorqueâ€? (PE), de Leo Tabosa, “Plantaeâ€? (RJ), de Guilherme Gehr, “A Retirada Para Um Coração Brutoâ€? (MG), de Marco AntĂ´nio Pereira, “Torreâ€? (SP), de NĂĄdia Mangolini. JĂĄ na lista de curtas-metragens gaĂşchos - PrĂŞmio Assembleia Legislativa, competem: â€œĂ€ Sombraâ€? (Canoas), de Felipe Iesbick, “O Abismoâ€? (Sapucaia do Sul), de Lucas Reis, “Antes do Lembrarâ€? (Porto Alegre), de Luciana Mazeto e VinĂ­cius Lopes, “CoĂĄguloâ€? (SĂŁo Leopoldo), de JĂŠssica Gonzatto, “O Comedor de Sementesâ€? (SĂŁo Leopoldo), de Victoria Farina, “Um Corpo Femininoâ€? (Porto Alegre), de Thais Fernandes, “Entre SĂłsâ€? (Porto Alegre), de Caetano Salerno, “Fè Mye Talèâ€? (Encantado), de Henrique Both Lahude, “A FormidĂĄvel Fabriqueta de Sonhos Menina Betina (Pelotas)â€?, de Tiago Ribeiro, “Gasparottoâ€? (Porto Alegre), de Zeca Brito, “Gritoâ€? (Santa Maria), de Luiz Alberto Cassol, “Maçãs em Fogoâ€? (Porto Alegre), de Bruno de Oliveira, “Movimento Ă Margemâ€? (Porto Alegre), de LĂ­cia Arosteguy e Lucas Tergolina, “Mulher Ltdaâ€? (Canoas), de TaĂ­sa Ennes, “NĂłs Montanhaâ€? (Porto Alegre), de Gabriel Motta, “Pelos Velhos Temposâ€? (Porto Alegre), de Ulisses da Motta, “Sem Abrigoâ€? (Porto Alegre), de Leonardo Remor, “Subtextoâ€? (Caxias do Sul), de Cristian BeltrĂĄn, “Vinilâ€? (Porto Alegre), de Catherine Silveira de Vargas e Valentina Peroni Freire Barata, “O ViĂşvo (Porto Alegre), de Luiz Carlos Wolf Chemale.

MinC e Funarte lançam manual para instrumentos DIVULGAĂ‡ĂƒO

Obra Ê resultado de um trabalho o feito pelo autor para bandas de música O MinistÊrio da Cultura, por meio da Fundação Nacional de Artes (Funarte), disponibilizou a edição online do Manual de Reparo e Manutenção de Instrumentos Musicais de Sopro, desenvolvido por JosÊ Vieira Filho. A obra, que estå em sua terceira edição, Ê resultado de um trabalho pioneiro feito pelo autor para bandas de música de Portugal e dos Açores e, posteriormente, do Brasil. A edição brasileira representa um guia seguro para o trabalho de milhares de alunos que frequentaram os 200 cursos realizados no país pelo autor, a maioria dos quais feitos nos PainÊis da Funarte. O arquivo publicado Ê da 3ª edição ampliada, com revisão tÊcnica de Marcelo Jardim. Todas as versþes impressas em 1991, com reediçþes em 1998 e 2015, estão esgotadas.Parte integrante do Projeto Bandas

Manual oferece mĂŠtodo para habilitar mĂşsicos

de Música, desenvolvido pela Funarte, o manual foi digitalizado pela Coordenação de Banda de Música do Centro da Música (Cemus) da Funarte. De acordo com o diretor do Centro, Marcos Souza, a publicação era uma das mais solicitadas pelos músicos. O autor, que Ê autodidata, criou com o Manual um mÊtodo de ensino para habilitar músicos a conservar melhor seus instrumentos. Dividido por unidades, o livro tem capítulos dedicados às orientaçþes e ferramentas para a pequena oficina de reparo e manutenção.


Dourados, quarta-feira 11.7.2018 O PROGRESSO

COLUNA DA ADILES Adi Adiles do Amaral Torres

“O pior cansaço nĂŁo ĂŠ do corpo e sim da alma.â€?

INAUGURAĂ‡ĂƒO VILLA SANSON

Rafael Raniere

adiles@progresso.com.br

1DÄŽOWLPDVH[WDIHLUD  DFRQWHFHXDLQDXJXUDĂ?Ă‚RGR9LOOD6DQVRQHVSDĂ?RGHHYHQWRVORFDOL]DGRQD5XD0HOYLQ-RQHV'RXUDGRV1RHYHQWRIRLVHUYLGRXPGHOLFLRVRFRTXHWHOGD$OHFULP %DQTXHWHULD$JUDGHFHPRV0RQLTXH)LRUDYDQWL6DQVĂ‚R%D]DQSHORFRQYLWHHGHVHMDPRVVXFHVVR FOTOS: HEDIO FAZAN

3URSU0RQLTXHH'LHJRFRPDVÄ&#x;OKDV0DUâOLDH&HFâOLD

)UDQFLVFR(OL]DEHWH0RQLTXHH=LOGR

(GVRQH1HLD

0DUFHOR9LYLDQHH*XLOKHUPH

Mara e Luiz

Lidi, Maira e Rosana

Leandro, Adriano e Suzana

-RVÒH7KDâV

'LDQH-RVĂ’3LYHWDH6DUD

)UDQFLVFRH5RVDQD

0DUFHORH<DUD

*LVHOOHH0DQĂ&#x2019;'RXUDGR

0LFKHOHH0DXUâFLR

7DWLDQD)HUQDQGRH)HUQDQGD

'DQLHO6DEULQDH0DULDQD

ANIVERSARIANTES

,GHWH%DVTXHWWL0HQGHVFRPSOHWD PDLVXPDQRGHYLGDKRMH1DIRWR com o esposo

2UDGLDOLVWD$QWáQLR1HUHVID] )HOLFLGDGHVDRGHVHPEDUJDGRU 3DUDEĂ&#x2019;QVSDUD+HUPHV=RUQLWWDTXHFRPSOHWD DQLYHUVĂ&#x20AC;ULRKRMH$HOHGHVHMD 0DUFRV-RVĂ&#x2019;GH%ULWR5RGULJXHV PDLVXPDQRGHYLGDKRMH1DIRWRFRPDHV PRVIHOLFLGDGHV TXHID]DQLYHUVĂ&#x20AC;ULRKRMH 

SRVD&OHX]D

/XLV&DUORV6RFFROFRPSOHWDPDLVXP 3DUDEĂ&#x2019;QVSDUD,VDEHOD6HQD(FKHYHUULD 3DUDEĂ&#x2019;QVHIHOLFLGDGHVSDUD-XQH$QJHOD )HOLFLGDGHVD-RUJH/DQJHTXH DQRGHYLGDQHVWDTXLQWDIHLUD  1D TXHFRPSOHWDDQLQKRVDPDQKĂ&#x201A;1D 7RUUHVTXHFRPSOHWDPDLVXPDQRGHYLGD DQLYHUVDULDVH[WD  1DIR IRWRFRPDHVSRVD0HLUH IRWRFRPDPĂ&#x201A;H$OLFHHDSULPD%HDWUL] QHVWDVH[WDIHLUD  4XH'HXVDSURWHMD WRFRPDHVSRVD5HJLDQH

HOMENAGEM A OAB realiza amanhĂŁ (12) uma homenagem ao Dia da Mulher Advogada. O evento serĂĄ na 4 subseção da OAB de Dourados e conta com uma palestra com LaĂ­s Torres com tema â&#x20AC;&#x153;O impacto da imagem no suFHVVRSHVVRDOHSURÄ&#x;VVLRQDOĹ&#x201E; PARABĂ&#x2030;NS AOS ANIVERSARIANTES '(+2-(-8/+2- Marilda Arantes; JosĂŠ Manoel de Lima; Ana Luiza de Ă vila Lacerda; Idete Bosquetti Mendes; Aurealice da Silva Fernandes; Carlos de Oliveira Souza; Daniela Segimoto; Hermes Zornitta; Vanessa de Souza Rocha;VitĂłria MaĂ­sa de Paula Pierre; Daniele Amaro de AraĂşjo; Eryvelton Alessandro de Camargo; Vanessa Rodrigues Lange; Thales Arthur; Luiz Fernando FlorĂŞncio Oliveira. '($0$1+Ă&#x2021; -8/+2- Maria Aparecida P. PavĂŁo; Laurindo Agua; Luis Carlos Soccol; Alice Rosa ViĂŠgas; Meire Yuko Toguchiota; EugĂŞnio Carlos Radaelle; Renata Gottardi Queiroz; AndrĂŠa de Oliveira; Evaldo Michelli; FlĂĄvia Rosa dos Santos da Silva; JosĂŠ Carlos da Silva; Lucas Fernandes Rocha; Agenor Faustino Franco; JoĂŁo Batista da Silva Vieira; Adelino da Silva; Gilberto Luz; Fabiane Barbosa; Mariel de Souza Ramalho; Marcelo Silla; Cleide Mirian Jara; MaurĂ­cio Zanchetta Nantes; EloĂ­sa Aquino. '(6(;7$ -8/+2- JeovĂĄ do Nascimento; Valderez Bandeira MagalhĂŁes; Alzira Marques de Vasconcellos; Maria Carolina Picolli; Claudiane Cosmo da Silva; Alice Fernandes Leite; Lucilene Ferreira do Amaral Silva; Gesriel Cardoso; Angela Maria Borges; Luiz ClĂĄudio Bonassini da Silva; Hudson de Souza Fernandes.


O PROGRESSO

Dourados, quarta-feira 11.7.2018

1

Imóveis

2

Apartamentos

3

CLASSIFICADOS 4

Veículos e utilitários

1

Veículos importados

5

6

Motos

80729

Imóveis

PRÓX. COL. IMACULADA

Qt, sala, coz,, Á. serviço. gar. só p/ moto, pg. só luz, R$ 450,00. 99113-9788

Casa, Imob. Gondim. Creci-6862-J. 99971-1320 82496

SOBRADO SANTA FÉ

PQ. NOVA DOURADOS

R. Benjamim Oshiro 385, Imobiliaria Gondim Creci-6862-J. 34210034/99971-1320

3 qts, 2sl, coz, WC dup. R$ 1000,00. Tel: 99925-5332

Casa-Venda Casa-Aluga ALUGA KITINET Jardim santo André, Rua Vereador Aguiar Ferreira de Souza nº386. Tel:34241498 ou 99652-9300 82751

CASA JD. GIRASSOL 04 quartos, 02 salas, coz. garagem. 99955-8385 82611

JD NOVO HORIZONTE

03 Q.SUITE 01 GARAGEM QUINTAL TODOS GRNADE. Telefone para contato: 996466694 82682

JOSÉ DE ALENCAR 1010

Edicula, 02 qtos, wc, coz, copa, A.s., gar. R$550.00. Telefone para contato: 99690-3937 75246

KITINET R. Adroaldo Pizzini, 647, 1qt, coz, wc. Telefone para contato: 99908-0766

82350

TERRA ROCHA R$200MIL

04 KITINETES

82692

TERREA ECOVILLE 2

Já alugadas, ótimo acabamento Documentação em dia. 99971-1138 82694

CASA 4 QUARTOS Campo Dourado, troca, p/ apto e casa. Tel: 98405-2947 82774

82741

JARDIM IPACARAY

CASA VL SÃO PEDRO

Próx. Unigran R. Cider Cerzózimo de Souza. terreno com 2 casas ideal p/morar ou comercio. 98111-6500 Creci-8422 ou 99656-5181 Creci-6731.

Proximo Posto de saude. 99947-8220 OU 99655-6399

JD.BARA R$850MIL

03 qtos, garagem coberta, piso porcelanato, toda reformada. 99971-1138 80406

60909

EDÍCULA ÁGUA BOA R$ 60mil. 99996-4845/ 99210-5078 82740

JARDIM EUROPA R. França. 1 suite, c/ closet, 02 aptos, sala, cozinha com armario planejado, piscina. 98111-6500 Creci-8422.

Empregos e oportunidades

82757

Comercial - Aluga 82598

SALÃO COMERCIAL 450,00. Com agua e luz. R.Por to Alegre,409, J.Indepedência. cont: 99916-0184

Comercial - Venda

03 qtos, sl, coz, 2 wc + edicula. 99628-3834

82775

CASA JD. IPIRANGA

8

Telefones

82474

KITINET PRÓX. CENTRO

82724

82649

7

Diversos

82473

R. Izat Bussuan, 930. Creci-2645. 99971-1320 82479

MINHA CASA M. VIDA JD. Pelicano, Creci-6862-J. 3421-0034. 82477

PORTAL C/1.815M² TER imob. Gondim, Creci-6862-J. 3421-0034

525m² de terreno, 350m² de const., 3 suites sendo master com closet planejado. André. Creci 8699. Telefone para contato: 99991-0912 82537

VENDE-SE CASA Vende-se casa próx.parque do lago. Valor 28.000$. Cont:99904-1901 82239

VENDO CASA R$200 MIL Próximo Jd. Maracanã, 159 m², na laje, terreno 12x50. Telefone para contato: 99933-9955

82650

TERRENO COMERCIAL 12 x 50 mts 600 m² rua Aquidauana 820 R$490,000,00 tel:99971-7708.

Fazendas 160 HECTARES

82149

82680

30 900 M² CHÁCARA

Pq. Nações II frente asfalto. Telefone para contato: 99931-8858

37 hectares em Itaporã.99914-7287 82356

ARRENDA-SE P/LAVOURA

Em Nova Alvorada do Sul. 500 hectares. Tel:99933-6060 82707

ARRENDO

500 alqueires para agricultura está em pecuária, contrato para 5 anos renovando, localizado no MS região de Nova Andradina. Somente interessados entrar em contato pelo zap. (67)99672-0801 82779

VENDE FAZENDA

Laguna-70 alqueires e 40 Alqueires-1000 sacas soja o Alqueire. 99933-6060 ou 99996-0386 82755

Em Douradina-MS, R$4.200,000.00 em lavoura. Tel:99933-6060 82158

165 HECTARES

Em Nova Alvorada do Sul-MS, R$2.500,000,00 em Pecuária.99933-6060 82148

37 HECTARES

Vila Sapé-MS, R$800.000,00 em lavoura. Tel:99933-6060

Chácaras

ARRENDA-SE

82145

497 HECTARES V i l a Va r g a s - M S , R $ 16.500,000,00 c/ plantio de cana. (67)99933-6060.

VENDE OU ARRENDA

517 hectares p/pecuaria. Porto Murtinho. 99933-6060 82358

VENDO OU ARRENDO

1.200 Ha. em Nova Alvorada do Sul p/ lavoura. 99933-6060

Sítios 82765

MINI SITIO Á 300 MTS

Vila Var gas 18 km de Dourados 28x98 mts, R$65.000,00. Aceito carro. 99963-0252 ou whats 99663-0252


CLASSIFICADOS

2

O PROGRESSO

Dourados, quarta-feira 11.7.2018

82586

RES. EXPLANADA

Terrenos 81418

BONANZA R$80 MIL 12x44, Murado. AV.Principal, á 03 qd.da BR-463. Tel: 99931-8858 82768

12.597M² AV.PRES.VAR Aceita permulta em Móveis/ carro, estudo parceria. 99971-1138 82780

CAMPO BELO 02 Sitiócas 20x50 m², R$60 mil reais cada escriturada. contato. 99616-1136 82482

CIDADE JARDIM Já financiado 10x20 m². Tel:99927-2751-Cida. 82725

300 m², lot-02, quadra-29 sub esquina. cont. (67)99891-5252 82717

STA FÉ ESQUINA Troca por carro. Creci 6862J. Tel: 99971-1320

82379

ECOVILLE (2) 15x35 m², área total 525 m². 99264-6604 82475

JARDIM PELICANO Lotes c/ 450 m,² 65 mil. Creci-6862-J. 3421-0034

81721

VENDO ÁREA NOBRE 230.000 m², própria para Loteamento perto do Jardim Mônaco. Tel: (47)999282326. 82745

VNDO TERRENO C/ 1 Gaveta Cemitério Bom Jesus, bem localizado. (67)99636-8057

2

PARQUE ALVORADA R. Olivio Waldemar Beker, R$ 105 mil. Creci 2645. Tel: 999711320. Troca por carro. 82766

PORTO MADERO Lote-21, Qd-29, nascente. 99186-8585 ou 3421-1690 82671

PORTO SEGURO 283 m² frente nascente, aceita casa p/ troca, particular. 99883-7979 82714

PROMOÇÃO DE LOTES

Terra Dourados Entrada + 72 parcelas fixas s/ juros. Imob Gondim. Creci 6862-J. Tel: 3421-0034 ou 99711320 82481

PROMOÇÃO DE LOTES Santa Fé, entrada+72 parc. fixas s/ juros. Imob. Gondim. Creci-6862-J. 99971-1320 82472

PROMOÇÃO DE LOTES Novos PQ. Alvorada entrada+ 72 parcelas fixas sem juros Imob. Gondim Creci-6862-J. 3421-0034 ou 99971-1320 82715

PROMOÇÃO DE LOTES JD das Palmeiras imperdível, entrada + 84 parcelas sem juros. Imob Gondim. Creci 6862-J. Tel: 34210034 ou 999711320

82691

F4000 78 Tel: 99997-0154 82771

RANGER XLT 4X4

Chevrolet 82679

COBALT 1.8 AUT. 2016 Completo, aceito carro de menor valor. Tel:984034948 82689

S10 95/96 CINZA

Apartamentos

AO LADO DA UNIGRAN Ed. Royal c/ elevador / 2 garagem. Imob. Gondim. Creci 6862-J. Tel: 99971-1320 82776

APARTAMENTO 4.15 M² 02 suites 02 quartos, 02 banheiros, sala, 03 ambientes, sacada c/ churrasqueira, 03 vagas garagem, deposito. 99971-1138 82748

APTO NOVO OCASIÃO Parque Alvorada, 02 quartos. 99823-1225.

Imob. Gondim. Creci 6862J. Tel: 3421-0034 ou 99971-1320 82478

EDIFICIO PADDOCK Imob. Gondim Creci-6862-J. 3421-0034 ou 99971-1320 82480

EDIFICIO PLAZA R.Humber to de Campos, 1215 c/ elevador, Creci-6862-J. Telefone para contato: 3421-0034 ou 99971-1320 81503

OPORTUNIDADE R$160.000, 02 qtos, elevador próx. Unigran Creci-3055. Luiz Masson-99951-7641

82769

SAVEIRO C.S. 2013

24219

82747

CERCA ELÉTRICA

Fiat

Volksvagem

Aut. completa 4x4 SRV Flex. 99823-1225

Vendo por metro, e motor de portão, interfone. 999964845.

82761

82763

Prata, 2011/212, ar + direção, 4 portas. 99972-7120

2011/2012, completo, 4 portas. 99972-7120

FIAT PALIO FIRE

SIENA 08 PRATA E Palio 08 prata completos. Tel: 99808-7717

04 por tas basico, vlr. R$7.500,00 Fone: 996236205

GOL GS PRATA

4

Veículos importados

82731

TITAN 150 14/14 ESD

UNO WAY 2012/2012 82764

VENDO UNO 90 Execelente conser vação de lataria e mecanica lindo R$6.000,00. Tel:984841428

6

Erisvaldo. 99699-4974 ou 3424-0386 82734

INTERFONE/ALARME

Diversos

Instalação e manutenção. Tel: 99655-3780

82701

82610

C3 2008 1.4 GLX

LANCHONETE (PONTO)

Completo cinza flex. R$ 16,500,00. Tel: 999575063

Montada funcionando, clientela formada, excelente localização ao lado da praça, faturamento mensal bruto 60 á 80 mil, aceito carro. (67)99910-9777

Honda

ECOSPORT 2008 Preta, completa. 999711525 82773

FORD KÁ 2012 Completo, preto. 999711138 82760

FORD KÁ CLASS 2009/2010 preto, completo.99972-7120

Tenho 3 casas, tábuas, vigas e caibros. 99262-1695

82772

PAJERO TR4 4X4

Gasolina automática banco couro, prata, aceita troca, 07/08. 99971-1138 81824

TROCA-SE 1 FORD KA 2012 por S-10 flex LTZ 2013. Telefone para contato: 99933-6060

82733

MOTOR PARA PORTÃO

HONDA CITY EX 2013

Instalação/manutenção. Tel: 99655-3780

Completo, automático, cinza, aceita troca. 999711138

82750

PALANQUE DE ITAÚBA

Toyota COROLLA 15/16 PRETO Auto. completo. 996231225. 82696

COROLLA 15/16 PRETO Auto. Completo. Tel: 998231225 82690

COROLLA XEI 2016 Completo, muito novo. R$ 78.500,00. Tel: 998607519

02 filhotes de Boxer. 999413914/99865-2205

Doméstica e atendente c/ referência.99693-2624

Implementos Agrícolas

Procura-se Emprego

82002

VENDE 3 PLANTADEIRAS 01 semeato de 08 linhas plantio direto e 01 semeato de 05 linhas, 01 semeadeira 13 linhas Jumil. 99933-6060

8

Empregos e oportunidades

MADEIRAS DEMOLIÇÃO

82770

82746

82778

PRECISA-SE

82749

82651

Couro, automático, impecável, part.99803-7291 82561

82739

VENDO FILHOTES BOXER

56019

CIVIC LXR 14/15

Ford

Residencial e comercial. montagem de Padrão. Aceito Cartões. 99943-8856-Rodrigo

FRETE E MUDANÇA

Preta. Tel: 99614-8131

Citroen

82762

Completo, mec. novo, 4 portas. 99972-7120

Instalação e manutenção eletrica em geral. cel. whats.99989-6354

Motos

82742

UNO 08 BASICO R$11.000,00. Aceito proposta, ótimo estado. 98412-7628

5

82678

ELETRICISTA

ELETRICISTA

82767

82718

ED. PLAZA MOBILIÁRIO

Prata 03/04, 180MKM. R$ 19mil. Tel: 98128-1720 ou 3452-6274. Junior.

HILLUX 15/16 PRETA

SIENA 1.0 99/2000

82716

82730

SAVEIRO 1.6 SF 04

Completa, 1.6 aceita troca. 99971-1138

82349

Apto-Venda

Diesel, 2008, preta, ac. troca. 99971-1138

2 por tas, básica. Tel: 99606-9119

82693

P. MADERO-SÓ 130 MIL

82712

1997, truck, pneus novos ac. troca. 99971-1138

TERRENO COMERCIAL Na Av. Weimar G. Torres nº 5000, próx. á Concessionária - JEEP. 18,90 x 40=756 m², Vlr. R$790 mil, Estuda proposta. Whasts App 99199-0646

82589

Vlr.pago. +37 parc. c/ cessão de direitos. Cel:99971—9747

82777

CAÇAMBA UW 16/220

Veículos e utilitários

82098

CIDADE JARDIM 1 Vendo/troco por carro e moto. Tel: 99901-1871

3

Utilitários

81744

1 GARAPEIRA MÓVEL Com cober tura. 999522313. 766

AR / ELETRICIDADE Instalações e manutenções e elétrica. Tel. 9136-0018(CLARO) / 98319067(VIVO). C/ Edvaldo. 82732

10 palanques de 3,20 x40cm largura. 992621695 82677

VENDO ESTOQUE D LOJA Completo, de loja de Camelô c/ balcões de vidro, prateleiras etc. Aceito carro ou moto. 99904-7626

Animais

O contratante deverá solicitar referências do contratado.

CONTRATA-SE

82754

Ve n d e d o r ( a ) ( m o t o , consórcio, seguros) Remuneração:Salário + comissão. Interessados encaminhar curriculo para: douramotovendas@gmail. com

CONTRATA-SE

82744

Cabeleireira que saiba tambem Manicure. 998676629 ou 3422-8826

82736

82606

CERCA ELÉTRICA

300 BEZERROS E

Instalação/manutenção Tel: 99655-3780

300 Bezer ras Nelor e. 99933-6060 e 99636-8490

EMPREGO NO JAPÃO

Trabalho em diversas áreas e reg. p/ descendentes. Tel: (67) 3027-2065 ou (67) 99652-0063

O contratante deverá solicitar referências do contratado. ATENÇÃO LEITOR GOLPISTAS estão postando anúncio nesse espaço se oferecendo para trabalhar como diarista ou doméstica e quando são contratadas acabam praticando furtos em residências ou empresas. Antes de contratar qualquer pessoa por meio de anúncio, procure se informar junto à Polícia Civil sobre os antecedentes da pessoa interessada na vaga. O jornal O PROGRESSO não tem qualquer responsabilidade sobre o comportamento ético das pessoas que anunciam em seu classificado. 82698

ALINE 99854-1116 Babá, serviço doméstico, lavar passar, limpeza, todos os dias ou 3 vezes na semana. 82726

CLAUDIA DOS SANTOS

Doméstica e serviços gerais com expêriencia. Tel: 99850-6989 82705

JOÃO

Operador pá carregadeira, tratorista, colhedor. Motorista exp. em carteira. Tel: 99697-2485 82708

MARIA FÁTIMA SILVA

Doméstica 3x ou diária. Tel: 99616-6541


CLASSIFICADOS

82723

82166

PROCURO EMPREGO

QUERO TRABALHAR

Ser viços gerais faxineira, diarista e outros. Tel: 99921-1666 Gislaine

DomĂŠstica, diarista, ou cuidar de idosos ou em fazendas. disponivel p/ morar no emprego. c/ exp. e ref.99844-9532

82659

QUERO TRABALHAR Laudemir procura trabalho em Aviario e Açogueiro, disponivel para estes trabalho. 99972-8688.

QUERO TRABALHAR

QUERO TRABALHAR

82661

QUERO TRABALHAR Casal procura trabalho em sitio ou fazenda em Dourados ou regiĂŁo c/ experiĂŞncia de campeiro tratorista caseiro ou em borracharias. Cristiano- 99960-0186 /99651-2184

82599

DomĂŠstica. 2x3 ou todos os dias. Com ref. cont:998474599 82657

QUERO TRABALHAR Motorista- (AD) com curso MOPP NR-20 NR-35 Procura oportunidade de trabalho. 99956-8618-Leandro.

82759

82687

QUERO TRABALHAR

QUERO TRABALHAR

Diarista casa de familia ou cuidar de idoso.98162-9089

Diarista, cuidadora de idosos casa de familia, disponivel ĂĄ qualquer horĂĄrio. 99949-9446-micheli.

82635

QUERO TRABALHAR Auxiliar de cozinha, atendente, babĂĄ ou p/ passar roupas.99658-8799- Rosi, Reside no P. Alvorada. 82753

QUERO TRABALHAR DomÊstica 3x semana ou ser viços gerais. 996522723

82566

QUERO TRABALHAR DiĂĄrista com referĂŞncias Cont: 99948-4828 Dora 82601

EDITAL DE INTIMAĂ&#x2021;Ă&#x192;O

DATA LIMITE PARA PAGAMENTO 16/07/2018 1Âş TABELIONATO DE PROTESTO DA COMARCA DE DOURADOS - MS Av. Weimar G. Torres, 2077 - Centro - Telefones (67) 3422-0334 / (67) 99835-3467 (whatsapp) HorĂĄrio de atendimento: 08h Ă s 11h e das 13h Ă s 17h

PROTOCOLO 234.771-06/07/2018 234.669-04/07/2018 234.718-05/07/2018 234.775-06/07/2018 234.779-06/07/2018 234.809-06/07/2018 234.797-06/07/2018 234.798-06/07/2018 234.828-06/07/2018 234.795-06/07/2018 234.804-06/07/2018 234.767-06/07/2018 234.836-06/07/2018 234.835-06/07/2018 234.837-06/07/2018 234.825-06/07/2018 234.826-06/07/2018 234.788-06/07/2018

82752

QUERO TRABALHAR

DEVEDOR NATUREZA/TĂ?TULO DMI / 51858/1 CAMPOS & PAVANI LTDA CH / 000008 CICERO LAERCIO DA SILVA CARVALHO DMI / 000184241A DIEGO CESAR SOUZA PENHA EIRELI DMI / 000025631A DIEGO CESAR SOUZA PENHA EIRELI DMI / 000008096A DIEGO CESAR SOUZA PENHA EIRELI CDA / 185387 ELIMAR GONCALVES DA SILVEIRA DMI / 0016014/07 ERICKSON RODRIGUES DA SILVA DMI / 0016014/08 ERICKSON RODRIGUES DA SILVA DMI / 490 GABRIEL LOPES PRIETO MAGALHAES DMI / 220319 GABRIELE GUIMARAES DAS FLORES DMI / 00011104 JONATA DE SOUZA GODE CH / 000839 MADSON PEREIRA FERNANDES DMI / 44082-3/5 MERELEZ REPRESENTACOES AGRICOLA DMI / 43755-5/5 PRIME SERVICOS, TRANSPORTES E COM DMI / 44081-3/5 PRIME SERVICOS, TRANSPORTES E COM DMI / 880 T. SANCHES EIRELI - ME DMI / 1017 T. SANCHES EIRELI - ME DMI / 07011941/0 WALESKA FERNANDES DE OLIVEIRA

EXTRATO DO CONTRATO NÂş 157/2018 â&#x20AC;&#x201C; â&#x20AC;&#x153;AQUISIĂ&#x2021;Ă&#x192;O DE CARTUCHOS DE TINTA, CARTUCHOS DE TONER E REFIL PARA TINTAS, PARA ATENDER DIVERSAS UNIDADES ADMINISTRATIVAS, CONFORME ANEXO I DO EDITAL E SOLICITAĂ&#x2021;Ă&#x192;O DAS SECRETARIAS MUNICIPAIS DE ADMINISTRAĂ&#x2021;Ă&#x192;O E FINANĂ&#x2021;AS, DE EDUCAĂ&#x2021;Ă&#x192;O E ESPORTES E DOS FUNDOS MUNICIPAIS DE SAĂ&#x161;DE E DE ASSISTĂ&#x160;NCIA SOCIAL.â&#x20AC;? PARTES:

MUNICĂ?PIO DE CAARAPĂ&#x201C;/MS FUNDO MUNICIPAL DE SAĂ&#x161;DE FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTĂ&#x160;NCIA SOCIAL LINDALVA MARTINS DOS SANTOS & CIA LTDA â&#x20AC;&#x201C; ME

OBJETO: O presente termo tem por objeto a AQUISIĂ&#x2021;Ă&#x192;O DE CARTUCHOS DE TINTA, CARTUCHOS DE TONER E REFIL PARA TINTAS, PARA ATENDER DIVERSAS UNIDADES ADMINISTRATIVAS, CONFORME ANEXO I DO EDITAL E SOLICITAĂ&#x2021;Ă&#x192;O DAS SECRETARIAS MUNICIPAIS DE ADMINISTRAĂ&#x2021;Ă&#x192;O E FINANĂ&#x2021;AS, DE EDUCAĂ&#x2021;Ă&#x192;O E ESPORTES E DOS FUNDOS MUNICIPAIS DE SAĂ&#x161;DE E DE ASSISTĂ&#x160;NCIA SOCIAL, que integram este instrumento, independente de transcrição em conformidade com as propostas vencedoras da licitação na MODALIDADE PREGĂ&#x192;O PRESENCIAL Nq 049/2018. VALOR: O valor global base do presente Contrato, importa em R$ 148.708,00 (cento e quarenta e oito mil, setecentos e oito reais), de acordo com os itens nÂşs. 01 a 49, conforme despacho de homologação e adjudicação.

Diarista em apto c/ exp. e ref. ou babĂĄ. 99843-0176

PRAZO: A vigĂŞncia do contrato serĂĄ a partir de 06 de julho de 2018, com tĂŠrmino em 31 de dezembro de 2018, podendo ser prorrogado de acordo com a Lei Federal nÂş 8.666/93.

82605

QUERO TRABALHAR

DOTAĂ&#x2021;Ă&#x192;O: As despesas decorrentes da contratação, objeto dessa licitação, correrĂŁo por conta das dotaçþes orçamentĂĄrias abaixo discriminadas e para o exercĂ­cio futuro correrĂŁo por conta das dotaçþes que as substituĂ­rem:

Domestica 3x semana, auxiliar de coz, serviços gerais c/ ref. 99632-4712

VALOR R$ 311,75 6.000,00 2.347,57 464,95 510,71 10.000,00 199,00 199,00 207,14 525,58 2.476,67 35.000,00 784,00 784,00 840,00 1.187,75 5.851,50 2.981,29

Ă&#x20AC; PAGAR R$ 381,90 6.294,25 2.516,27 528,60 578,41 23.959,01 237,00 237,00 287,93 642,82 2.645,37 35.460,30 871,70 851,70 907,70 1.295,95 6.125,75 3.149,99

Dourados - MS,11 de julho de 2018

QUERO TRABALHAR Tcnica em enfermagem, cuidadora de idosos e pessoas especiais. c/ exp. e boa ref. Tel:99672-2757 Mirian

Dourados, quarta-feira 11.7.2018

SÊrgio Julian Zanella Martinez Caro, Tabelião de Protesto da Comarca de Dourados - MS, FAZ SABER que se encontram para serem protestados os títulos abaixo descritos. Por não ter sido possível ou cabível a intimação pessoal no endereço fornecido pelo Apresentente, intima os devedores abaixo para pagar ou aceitar os títulos, sob pena de protesto.

82738

Acompanhante de idoso ou babĂĄ. 99972-8688-Lucia

82658

O PROGRESSO

1Âş TABELIONATO DE PROTESTO DE TĂ?TULOS DA COMARCA DE DOURADOS

QUERO TRABALHAR Cuidadora de idosos e cozinheira, babĂĄ e diaria disponivel ĂĄ qualquer horĂĄrio. 99664-9595.

3

03.00 â&#x20AC;&#x201C; SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAĂ&#x2021;Ă&#x192;O E FINANĂ&#x2021;AS 03.01 â&#x20AC;&#x201C; GABINETE DO SECRETĂ RIO 04.122.003 â&#x20AC;&#x201C; PROGRAMA DE CONTROLE DEPTO PESSOAL/ADMIN/ FINANĂ&#x2021;AS/CONTAB 2.008 â&#x20AC;&#x201C; MANUTENĂ&#x2021;Ă&#x192;O DAS ATIVIDADES DO GABINETE DO SECRETĂ RIO 339030 â&#x20AC;&#x201C; MATERIAIS DE CONSUMO FONTE â&#x20AC;&#x201C; 100000 â&#x20AC;&#x201C; RECURSOS ORDINĂ RIOS FICHA â&#x20AC;&#x201C; 17

EMISSĂ&#x192;O 08/06/2018 26/02/2018 25/04/2018 26/04/2018 26/04/2018 05/07/2018 16/10/2017 16/10/2017 05/02/2018 22/03/2018 26/03/2018 15/11/2017 24/05/2018 08/05/2018 24/05/2018 05/03/2018 25/05/2018 30/04/2018

VENCIMENTO 15/06/2018 18/06/2018 25/05/2018 26/05/2018 26/05/2018 A VISTA 15/05/2018 15/06/2018 05/05/2018 25/06/2018 29/06/2018 17/11/2017 02/07/2018 02/07/2018 02/07/2018 09/05/2018 10/06/2018 14/05/2018

MOTIVO Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento Falta de Pagamento

SĂŠrgio Julian Zanella MartĂ­nez Caro TabeliĂŁo de Protesto

(;75$72'235,0(,527Ă&#x2021;502$',7,92'2&2175$721Â&#x17E;   &2175$7$17( ,35()68/ Âą ,167,7872 '( 35(9,'Ă&#x2021;1&,$ 62&,$/ '26 6(59,'25(6081,&,3$,6'()Ă&#x2C6;7,0$'268/  &2175$7$'2 &5(',72  0(5&$'2 *(67­2 '( 9$/25(6 02%,/,Ă&#x2C6;5,26/7'$  2%-(72$66(6625,$'(,19(67,0(1726  9$/25'27Ă&#x2021;502$',7,925 6(,60,/&(172(75(=(5($,6 (6(7(17$(80&(17$926   )250$ '( 3$*$0(172 5  48,1+(1726 ( 129( 5($,6 ( 48$5(17$(6(7(&(17$926 0(16$,6  9,*Ă&#x2021;1&,$$  )81'$0(17$d­2$57,*2'$/(,'('(-81+2'(  &/$66,),&$d­2 25d$0(17Ă&#x2C6;5,$  287526 6(59,d26 '( 7(5&(,526Âą3(662$-85Ă&#x2039;',&$  )252&20$5&$'()Ă&#x2C6;7,0$'268/06  $66,1$17(6  &2175$7$17( 0$5,9$/'26,/9$'(628=$ ',5(72535(6,'(17(   &2175$7$'2 &5(',72 0(5&$'2*(67­2'(9$/25(602%,/,Ă&#x2C6;5,26/7'$

04.00 â&#x20AC;&#x201C; SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAĂ&#x2021;Ă&#x192;O E ESPORTES 04.03 â&#x20AC;&#x201C; DEPARTAMENTO DE EDUCAĂ&#x2021;Ă&#x192;O BĂ SICA 12.361.006 â&#x20AC;&#x201C;PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2.028 â&#x20AC;&#x201C; MANUTENĂ&#x2021;Ă&#x192;O DAS ATIVIDADES DA EDUCAĂ&#x2021;Ă&#x192;O BĂ SICA 339030 â&#x20AC;&#x201C; MATERIAIS DE CONSUMO FONTE â&#x20AC;&#x201C; 115049 â&#x20AC;&#x201C; TRANSFERĂ&#x160;NCIA DO SALĂ RIO EDUCAĂ&#x2021;Ă&#x192;O FICHA â&#x20AC;&#x201C; 182



 

05.00 â&#x20AC;&#x201C; SECRETARIA MUNICIPAL DE SAĂ&#x161;DE 05.01 â&#x20AC;&#x201C; FUNDO MUNICIPAL DE SAĂ&#x161;DE 10.601.011 â&#x20AC;&#x201C; PROGRAMA DE ATENĂ&#x2021;Ă&#x192;O BĂ SICA

2.048 â&#x20AC;&#x201C; MANUTENĂ&#x2021;Ă&#x192;O DAS ATIVIDADES DOS PSFs 339030 â&#x20AC;&#x201C; MATERIAIS DE CONSUMO FONTE â&#x20AC;&#x201C; 114008 â&#x20AC;&#x201C; COMP. PISO ATENĂ&#x2021;Ă&#x192;O BĂ SICA â&#x20AC;&#x201C; PAB FICHA â&#x20AC;&#x201C; 450 08.00 â&#x20AC;&#x201C; SECRETARIA MUNICIPAL DE AĂ&#x2021;Ă&#x192;O SOCIAL 08.01 â&#x20AC;&#x201C; FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTĂ&#x160;NCIA SOCIAL 08.244.040 â&#x20AC;&#x201C; PROGRAMA DE GESTĂ&#x192;O 2.100 â&#x20AC;&#x201C; MANUTENĂ&#x2021;Ă&#x192;O DAS ATIVIDADES DO FUNDO DE ASSISTĂ&#x160;NCIA 339030 â&#x20AC;&#x201C; MATERIAIS DE CONSUMO FONTE â&#x20AC;&#x201C; 100000 â&#x20AC;&#x201C; RECURSOS ORDINĂ RIOS FICHA â&#x20AC;&#x201C; 241

EDITAL DE CONVOCAĂ&#x2021;Ă&#x192;O ASSEMBLĂ&#x2030;IA GERAL EXRADORDINARIA DA ASSOCIAĂ&#x2021;Ă&#x192;O - CLUBE RECREATIVO BONITENSE.

DATA DE ASSINATURA: 06 de julho de 2018

A Presidente da ASSOCIAĂ&#x2021;AO - CLUBE RECREATIVO BONITENSE, com sede na cidade de Bonito-Ms, ĂĄrea rural, Rodovia Bonito Guia Lopes da Laguna, Km 4, no uso de suas atribuiçþes estatutĂĄrias, artigo 20, inciso VI e VII e ParĂĄgrafo Ăşnico, vem convocar todos os associados e/ou representantes legais para comparecerem Ă AssemblĂŠia Geral ExtraordinĂĄria que irĂĄ ser realizada na sede da Câmara Municipal, Ă  Rua Cel Nelson FelĂ­cio dos Santos esquima com a Rua PĂŠrcio Schermann, Centro, nesta cidade de Bonito â&#x20AC;&#x201C; MS, do dia 21 de julho de 2018, a instalar-se em primeira convocação Ă s 9:00 horas e, em segunda convocação Ă s 9:30 horas, com qualquer nĂşmero de pessoas presentes, para deliberação da seguinte ordem do dia:

ASSINATURAS: MĂ RIO VALĂ&#x2030;RIO PREFEITO MUNICIPAL Pela CONTRATANTE

CAROLINA SILVA CARVALHO GESTORA DO FMAS Pela CONTRATANTE

VALBERTO FERREIRA COSTA GESTOR DO FMS Pela CONTRATANTE

LINDALVA MARTINS DOS SANTOS & CIA LTDA-ME

SALETE TEREZINHA DO AMARAL Presidente ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

PREFEITURA DE DOURADINA MS CNPJ: 15.479.751/0001.00 Rua Domingos da Silva - 0000044 - Centro Telefone (067)3412-1104

Extrato de Empenhos Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

Data

03/07/2018

451/2018 Tipo: Estimativa Data: 03/07/2018 Sequência: 452 56 01.010.12.361.0015.2012-339039000000 39 Serviços Gråficos 63 Serviços Gråficos 1025 L. F. DE SOUZA ME NOTA DE EMPENHO EMITIDA PARA ATENDER DESPESAS COM SERVICOS NA CONFECCAO DE DIVERSOS IMPRESSOS, PARA ATENDER A SEC. DE EDUCACAO, CONFORME ATA DE REGISTRO DE PRECO 12/2018. PREGAO 22/2018.

HistĂłrico

Valor

Empenho

4.834,00

Resumo do Empenho: Valor Empenhado: 4.834,00

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Saldo Empenhado: 4.834,00

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 4.834,00

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo Pago: 0,00

Saldo a Liquidar: 4.834,00

Saldo a Pagar: 4.834,00

Pela CONTRATADA

TESTEMUNHAS: JosĂŠ Luiz Bariani Carlos Cezar Scalco

PREFEITURA MUNICIPAL DE FĂ TIMA DO SUL - MS AVISO DE LICITAĂ&#x2021;Ă&#x192;O PREGĂ&#x192;O PRESENCIAL N° 019/2018 PROCESSO ADMINISTRATIVO N° 040/2018 O MUNICĂ?PIO DE FĂ TIMA DO SUL, Estado de Mato Grosso do Sul, atravĂŠs do seu pregoeiro oficial, torna pĂşblico que se encontra aberta Ă licitação na modalidade PregĂŁo Presencial. OBJETO: Aquisição de Refeiçþes, para atender os servidores pĂşblico municipais da cidade de FĂĄtima do Sul-MS, que estejam desempenhando algum serviço no municĂ­pio de Dourados/MS; conforme descrito no objeto do Edital. REGIME DE EXECUĂ&#x2021;Ă&#x192;O: Indireta; TIPO: Menor Preço Global; DATA / HORĂ RIO E LOCAL DA ABERTURA: a proposta e documentação deverĂŁo ser entregues Ă s 09:00 horas do dia 24/07/2018, na Sala de ReuniĂŁo da Prefeitura Municipal de FĂĄtima do Sul â&#x20AC;&#x201C; MS, sito ĂĄ Rua Ipiranga, NÂş 800 em FĂĄtima do Sul â&#x20AC;&#x201C; MS. Sendo que os interessados poderĂŁo obter o Edital contendo as especificaçþes e bases da Licitação no Departamento de Licitaçþes, Contratos e ConvĂŞnios, no endereço mencionado. O edital deverĂĄ ser retirado somente no local acima informado, atravĂŠs de requerimento formalizando o pedido. FĂĄtima do Sul - MS, 10 de julho de 2018. MARCELO FIGUEIREDO DE ALMEIDA Pregoeiro





(;75$727(502'(+202/2*$d­2($'-8',&$d­2 Nos termos do art. 32 da Lei n° 13.019/2014, a Prefeitura Municipal de CaarapóMS, atravÊs do Secretårio Municipal de Administração e Finanças, torna público o processo de inexigibilidade do chamamento público para firmar Termo de Colaboração com a Organização da Sociedade Civil a LIGA ESPORTIVA CAARAPOENSE. Valor Total da transferência de recursos público para a Organização:

Forma da transferência: parcelas mensais e sucessivas de julho a setembro/2018. Prazo de Execução: 03 (três) meses.

FABRĂ?CIO DOURADO DA SILVA

1 â&#x20AC;&#x201C; APROVAĂ&#x2021;AO DA ALIENAĂ&#x2021;Ă&#x192;O DO IMĂ&#x201C;VEL: 2 - DESTINAĂ&#x2021;Ă&#x192;O DO PATRIMONIO E DISSOLUĂ&#x2021;Ă&#x192;O DA ASSOCIAĂ&#x2021;Ă&#x192;O.

Bonito â&#x20AC;&#x201C; Ms, 09 de julho de 2018

 

EXTRATO DE INEXIGIBILIDADE DE TERMO DE COLABORAĂ&#x2021;Ă&#x192;O

R$ 34.500,00 (trinta e quatro mil e quinhentos reais) no exercĂ­cio financeiro de 2018.

FORO: Comarca de CaarapĂł-MS.

(67$'2'20$72*52662'268/ 35()(,785$081,&,3$/'()Ă&#x2C6;7,0$'268/ Gabinete da Prefeita

Dotação OrçamentĂĄria: 0405.27.813.008.2.045-335041 Fonte: 100000 A Prefeitura Municipal de CaarapĂł-MS, abre o prazo de cinco dias corridos, apĂłs a publicação deste extrato para qualquer impugnação, que deve ser dirigida ao SecretĂĄrio Municipal de Administração e Finanças da Prefeitura Municipal de CaarapĂł-MS. Qualquer impugnação deve ser respondida em cinco dias a contar da data do protocolo da impugnação. CaarapĂł-MS, em 06 de julho de 2018. MĂ RIO VALĂ&#x2030;RIO PREFEITO MUNICIPAL ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

FUNDO MUNICIPAL DE SAUDE DE DOURADINA MS CNPJ: 15.309.267/0001.32 RUA DOMINGOS SILVA - 0000044 - CENTRO Telefone (000)0000-0000

Extrato de Empenhos Empenho: Dotação: Elemento: SubElemento: Credor: Histórico:

Data

05/07/2018

320/2018 Tipo: Estimativa Data: 05/07/2018 Sequência: 320 22 03.010.10.302.0020.2027-339039000000 39 Serviços Gråficos 63 Serviços Gråficos 67 L.F. DE SOUZA - ME NOTA DE EMPENHO EMITIDA PARA ATENDER DESPESAS COM SERVICOS NA CONFECCAO DE DIVERSOS IMPRESSOS, PARA ATENDER A SEC. DE SAUDE, CONFORME ATA DE REGISTRO DE PRECO 12/2018. PREGAO 22/2018.

HistĂłrico

Valor

Empenho

2.985,75

Resumo do Empenho: Valor Empenhado: 2.985,75

Total Em Liquidação:

Total Liquidado:

Total Pago:

Total Alunado Emp.: 0,00

Total Anulado Em Liq.: 0,00

Total Anulado Liq.: 0,00

Total Anulado Pag.: 0,00

Saldo Empenhado: 2.985,75

Saldo Em Liquidação: 0,00 Saldo a Em Liquidar: 2.985,75

Saldo Liquidado: 0,00

Saldo Pago: 0,00

Saldo a Liquidar: 2.985,75

Saldo a Pagar: 2.985,75

  &RP EDVH QDV LQIRUPDo}HV FRQVWDQWHV QR 3URFHVVR $GPLQLVWUDWLYR QÂ&#x17E;  UHIHUHQWH DR 3UHJmR QÂ&#x17E;  TXH WHP FRPR REMHWR D &RQWUDWDomRGHLQVWLWXLomR EDQFiULDSDUDRSHUDURVVHUYLoRVGHSURFHVVDPHQWRHJHUHQFLDPHQWRGHFUpGLWRVSURYHQLHQWHV GDIROKDGHSDJDPHQWRGRV$JHQWHV3~EOLFRVH6HUYLGRUHV3~EOLFRVGD3UHIHLWXUD0XQLFLSDOGH )iWLPD GR 6XO 06 VHP {QXV SDUD D FRQWUDWDQWH H HIHWXDU RV GHSyVLWRV RX WUDQVIHUrQFLDV EDQFiULDVFRQIRUPHLQVWUXomRSDUDDFRQWDLQGLFDGDSDUDFDGDVHUYLGRUFRQVWDQWHGD)ROKDGH 3DJDPHQWR FRQIRUPH GHVFULomR QR $QH[R , TXH ID] SDUWH GR (GLWDO FRQVLGHUDQGR TXHIRUDPREVHUYDGRVRVSUD]RVUHFXUVDLVQRVWHUPRVGRDUWLQFLVR9,GD/HL )HGHUDO QÂ&#x17E;  H /HL )HGHUDO QÂ&#x17E;  HP VXD DWXDO UHGDomR +RPRORJDH$GMXGLFDRSURFHGLPHQWROLFLWDWyULRHPQRPHGDLQVWLWXLomRILQDQFHLUD %DQFR %UDGHVFR 6$ TXH SURS{V R YDORU WRWDO GH 5  TXDWURFHQWRV H QRYHQWDHRLWRPLOHFLQFRUHDLV   )iWLPDGR6XO06HPGHMXOKRGH    ,/'$6$/*$'20$&+$'2 3UHIHLWD0XQLFLSDO

35()(,785$081,&,3$/'()Ă&#x2C6;7,0$'268/06 $9,62'(5(68/7$'2'(/,&,7$d­2 35(*­235(6(1&,$/1Â&#x192; 352&(662$'0,1,675$7,921Â&#x192; 2 081,&Ă&#x2039;3,2 '( )Ă&#x2C6;7,0$ '2 68/ (VWDGR GH 0DWR *URVVR GR 6XO DWUDYpV GR VHXSUHJRHLURRILFLDOWRUQDS~EOLFRRUHVXOWDGRGDOLFLWDomRQDPRGDOLGDGH3UHJmR 3UHVHQFLDOQÂ&#x17E;TXHYHUVDVREUHD([HFXomRGRVVHUYLoRVGHWRUQRHVROGD HP PiTXLQDV GR PXQLFtSLR GH )iWLPD GR 6XO06 FRQIRUPH HVSHFLILFDo}HV GR $QH[R , GR HGLWDO RQGH FRQVWDP RV TXDQWLWDWLYRV SUHYLVWRV H DV GHPDLV HVSHFLILFDo}HV UHVXOWRX QR VHJXLQWH D HPSUHVD &(/62 ,66$08 6+,0$'$ 72512(33 YHQFHX RV VHJXLQWHV LWHQV LWHP  QR YDORU GH 5  VHWHQWDHVHLVPLOUHDLV HLWHPQRYDORUGH5 WULQWDHRLWRPLOUHDLV  WRWDOL]DQGR RV LWHQV ILFD XP YDORU WRWDO GH 5  FHQWR H TXDWRU]H PLO UHDLV HDHPSUHVD72512)$7,0$/7'$0(YHQFHXRLWHPQRYDORUWRWDOGH 5 FHQWRHTXDWURPLOUHDLV  )iWLPDGR6XO06GHMXOKRGH 0$5&(/2),*8(,5('2'($/0(,'$ 3UHJRHLUR


4

O PROGRESSO

Dourados, quarta-feira 11.7.2018

ESPAÇO ECUMÊNICO

Maior poder do reino humano )ž%$+»jÜ

O maior poder do reino humano e dentro dos limites da existência humana é o espírito - o divino sopro que anima e permeia todas as coisas. Manifesta-se em toda a criação em diferentes degraus ou reinos. No reino vegetal, é o espírito de ampliação, ou poder de crescimento, o sopro de vida e desenvolvimento nas plantas, árvores e organismos do mundo vegetal. Neste nível de sua manifestação, o espírito é inconsciente dos poderes que qualificam o reino animal. A virtude distintiva ou adicional do animal é a percepção sensorial; ele vê, ouve, tem olfato, gustação e tato, mas, por sua vez, é incapaz de ter concepção

consciente ou reflexão que caracteriza e diferencia o reino humano. O animal, não exerce e nem apreende esta capacidade e dom que são característicos do homem. A partir do visível ele não pode tirar conclusões sobre o invisível, ao passo que a mente humana, de premissas visíveis e conhecidas, chega ao conhecimento do desconhecido e do invisível. Cristóvão Colombo, por exemplo, a partir de informações baseadas em fatos conhecidos e prováveis, tirou conclusões que o levaram inequivocamente através do vasto oceano para o desconhecido continente americano. Tal poder de realização está além do âmbito da inteligência animal. Por isso, este poder é um atributo distintivo do espírito e do reino humano. O espírito animal

não pode penetrar e descobrir os mistérios das coisas. Ele é cativo dos sentidos. Não há grau de ensinamento, por exemplo, que o possa fazer perceber o fato de que o sol é estacionário e que a terra gira em torno dele. Do mesmo modo, o espírito humano tem suas limitações. Ele não pode compreender os fenômenos do Reino que transcendem a posição do homem, pois ele é cativo das capacidades e forças vitais que operam em seu próprio plano de existência, e não pode ultrapassar esse limite. Há, entretanto, outro Espírito, que pode ser denominado Divino, ao qual Jesus Cristo Se refere quando declara que o homem deve nascer de sua vivificação e ser batizado pelo seu fogo vivo. Almas privadas desse

Espírito são consideradas mortas, embora possuam o espírito humano. Jesus Cristo declarou-os mortos uma vez que não participam do Espírito de Deus. Ele diz: “Deixa que os mortos enterrem seus mortos.” (Mateus 8:22) Em outra ocasião, Ele declara: “Aquele que é nascido da carne é carne; e aquilo que é nascido do Espírito é espírito.” Com isto Ele quer dizer que as almas, embora vivas no reino humano, são no entanto mortas se destituídas deste espírito particular de vivificação divina. Elas não participaram da vida divina do Reino superior, pois a alma que participa do poder do Espírito Divino está verdadeiramente viva. Este espírito vivificador emana espontaneamente do Sol da Verdade, da realidade

da Divindade, e não se trata de revelação ou manifestação. É como os raios do sol. Os raios são a emanação do sol. Isto não significa que o sol tenha se tornado divisível e que parte do sol tenha se desprendido para o espaço. Esta planta aqui ao meu lado cresceu de uma semente; portanto é uma manifestação e desenvolvimento da semente. A semente, como podeis ver, desenvolveu suas potencialidades, e o resultado é esta planta. Toda folha da planta é parte da semente. Mas a realidade da Divindade é indivisível e cada indivíduo do gênero humano não pode ser uma parte dela como muitas vezes se diz. Não, as realidades individuais do gênero humano, quando espiritualmente nascidas, são emanações da realidade

Divina, tal como a chama, o calor e a luz do sol são fulgências do sol e não partes do próprio sol. Por isso, um espírito emana da realidade Divina e seus esplendores se tornam visíveis nas realidades e entidades humanas. Este raio e este calor são permanentes. Seus esplendores não cessam. Enquanto o sol existir, o calor e a luz existirão, e uma vez que a eternidade é própria da Divindade, esta emanação é infindável. Não pára de fluir. Quanto mais o mundo humano evoluir, mais as fulgências ou emanações da Divindade serão reveladas, assim como a pedra, quando polida e pura como espelho, reflete a plena glória e esplendor do sol.” (“Palestra de ‘Abdu’l-Bahá em Washington ano 1912”). Visite o site oficial: www.bahai.org.br

mos oposição sistemática e adotarmos postura de indiferença ou mesmo crítica descabida. Isso ocorre numa família, numa empresa, numa cidade, e mesmo numa nação; ocorre nas diversas áreas profissionais, políticas, artísticas e mesmo religiosas. Que pena! Perde-se valioso tempo que poderia ser aproveitado para aproveitar ou descartar ideias, se essas fossem analisadas com o critério da imparcialidade e da ética, que respeita o direito de livre expressão. Note-se que as grandes ideias apresentadas à humanidade foram rejeitadas, perseguidas (e, em consequência, com

perseguição a seus autores e pessoas que a elas aderiram), combatidas, inclusive a maior delas, que ainda não foi compreendida completamente… No fundo, porém, esse período de rejeição é até útil, pois que permite o amadurecer das próprias ideias, a maturação junto às mentes que a elas aderem ou às que a elas se opõem. Não há outro jeito: é o preço do amadurecimento. É um processo ainda necessário no mundo que vivemos. Felizmente, em todos os tempos, estamos acompanhados de idealistas corajosos e determinados. Tais reflexões cabem no momento atual do mundo.

Ideias e opositores em todas as áreas de ação humana. Situação bem própria de um planeta em transição, no entrechoque das opiniões. A lei do progresso, todavia, bem descrita por Kardec em O Livro dos Espíritos, é inevitável, e levará ao despertamento dos que ainda dormem e trará alegria verdadeira aos que lutam por um mundo melhor. Por isso, nada de desistir. Coragem e determinação, persistência com o uso da paciência que constrói gradativamente, são os ingredientes dessa luta de conquistas, que amadurece e desperta. *Autor: Orson Peter Carrara

Preço do amadurecimento (63,5,7,602

H

á muito tempo, desde a época de menino quando ia visitar a chácara de minha avó paterna, eu não ouvia o “cantar de galo”. Um dia desses, fui surpreendido por um galo cantando logo ao amanhecer. Qual dos vizinhos foi arrumar um galo? fiquei a pensar. O interessante, porém, é que o canto do galo incomodou o cachorro que desfruta de nossa convivência doméstica. A cada “cantada” do galo, lá vinha o cachorro com suas “latidas” incomodadas.

É que, para ele, vivendo na vida urbana, o barulho soou estranho. E isto incomodou todo mundo, acho mesmo que acordou os vizinhos. Aí fiquei a pensar como os barulhos externos nos incomodam. Tudo que é novo traz desassossego, incomoda, pois temos, também os humanos, resistências a novidades. Se incomoda o cachorro, a intensidade é ainda maior entre seres humanos. Assim é que as grandes ideias, especialmente as novas, incomodam tanta gente. Igualmente as mudanças, que muitas vezes se fazem necessárias, incomodam e muito. Aí surgem as divergências, as

resistências naturais que em muitas ocasiões se tornam inclusive violentas. Aliás, vale dizer que qualquer nova ideia sempre encontrará opositores e questionadores de plantão. Questionadores que se posicionam contra só para se oporem mesmo, sem conhecerem as novas propostas, sem analisarem razões, benefícios ou propostas apresentadas. É necessário que, antes de criticar posturas ou ideias, habituemo-nos a pelo menos conhecer a ideia, conhecermos o assunto, para depois apresentar, aí sim, argumentos contrários bem fundamentados, ao invés de simplesmente apresentar-

A caminhada dos Super-heróis ,*5(-$/87(5$1$

O

lá, bom dia amados por Jesus Cristo. Será que é impressão minha, ou a cada dia que passa, as pessoas nos passam, ou nos tentam passar a impressão de que elas não são mais humanas, pois fazem de tudo para se assemelhar aos personagens dos super-heróis de filmes ou de revistas. Durante as caminhadas de protesto, de ambos os lados existiam heróis intocáveis. Elas vivem como se fossem indestrutíveis, como se não sentissem dor ou a dor dos outros. Como se o poder estivesse nelas e imanasse delas. Além disso, tentam abraçar tudo e todos,

tentam resolver tudo. Claro que do jeito delas e acreditam que são as únicas que estão certas e sabem tudo. Quanta dor tal modo de vida já causou nas pessoas! No entanto, sabemos que a vida não é assim. Direitos são direitos e desvio dos direitos é profanar a verdade. Não existem super-heróis como nos são apresentados em filmes e revistas. A verdade e da qual nenhum de nós consegue fugir é a de que não passamos de pessoas comuns. Pessoas de carne e osso, que precisam aprender que o segredo de viver e viver bem a cada novo dia está, na verdade, no fato de reconhecermos que não somos super mulheres nem super-homens, mas sim, seres humanos finitos, limitados e fracos. Ansiosos pela desco-

berta da eternidade com este corpo e aqui. Por isso, temos a necessidade de ser ajudados por Deus e pelas pessoas postas por Ele, em nossa vida. Você pode até não concordar, mas nós precisamos das pessoas que estão a nossa volta. Não somos ilhas e não fomos criados para tal. Você não tem o poder e a força não está em ti. Esta é a verdade. Nós juntos poderemos mostrar e formar uma grande força. Sabendo disso, tomando consciência disso, nos é tirado um enorme peso das nossas costas e um sentimento de liberdade toma conta de nós. No entanto, não podemos de maneira alguma sentir vergonha das nossas limitações, porque o Senhor, na Sua bondade, nos socorre em todas as nossas necessidades.

Não precisamos nos sentir inferiores por não sabermos e não podermos tudo. Somos o que somos e nada mais do que isso. E aqui está o nosso valor. Ninguém mais se iguala a nós. Na fé, coloque em oração como se tudo dependesse de Deus, mas atue como se só de você dependesse. Além do mais, temos na Bíblia, a promessa de que o Espírito Santo vem em auxílio exatamente nos momentos de fraqueza. Sim meus amados, é na nossa fraqueza que o Senhor manifesta a Sua força e o seu poder. Pois ele quer nos ajudar, quer nos levantar, quer nos encorajar, quer nos mostrar que tudo podemos naquele que nos fortalece. Sei que isto nem sempre é ou parece ser fácil, mas esta é a única verdade e

a única certeza com a qual podemos sempre contar. Não precisamos esconder nossa humanidade, não precisamos passar a imagem de sermos indestrutíveis, ou de sermos super-heróis. Pois na verdade não o somos. Somos seres humanos com nossas limitações e imperfeições. Somos vasos de barro, mas quando preenchidos com o poder do Espírito Santo, nos transformamos em vasos de bênçãos. Mas permanecemos vasos e nada mais do que isto. Por isso, aproveite este novo dia, esta nova semana, para estar na presença do Senhor. Não tente ser o que você não é. Não viva para impressionar as pessoas. Seja você mesmo. Reconheça a tua humanidade e como conta o livro de Jó: Encontre-

-se como pó! Quando errares, peça perdão. Quando acertares, seja humilde para que os outros possam conviver contigo sem o sentimento de inferioridade. Mostre para o mundo que ainda é possível sermos humanos. Esqueça os tais de super-heróis, mas reconheça que assim como você é você pode fazer a grande diferença. Faça isto, comece agora, experimente a amar e se importar com as pessoas e verás como tua vida também será melhor e com maior sentido, pois mães e pais intercedem por nós. Tenham uma abençoada semana. Rua Izzat Bussuan esquina Benjamim Constant. *Erivelton Demari – Pastor na IECLB – ieclbdourados@yahoo.com.br – www. luteranos.com.br

revelação se dá na íntima relação das ações e palavras de Deus na história da salvação. Analogamente, a comunicação humana só é eficaz quando estão unidas obras e palavras. Diante disso, temos que nos questionar sobre o uso que fazemos das palavras: Qual é a sua qualidade? Elas nos levam ao encontro com o próximo? A comunicação só nos humaniza quando nos permite conhecer o outro ao mesmo tempo que nos revela a nós mesmos. É preciso avaliar se nossas palavras são capazes de “construir pontes”, criar relações fecundas, instruir e levar conforto, porém, não é menos verdade que

podem ser armas mortais e destruidoras de tudo o que há de bom. Em uma sociedade onde a comunicação a cada dia se torna mais virtual, aumenta o risco de perdemos a beleza do encontro. Não se pode substituir a presença por palavras vazias, e se deve ter sempre o cuidado de não substituir as relações interpessoais pelas amizades virtuais, limitando a vida ao espaço virtual das redes sociais, que podem nos encerrar no individualismo. Estão cada vez mais raras as conversas sinceras olho no olho. As novas mídias têm o poder de aproximar pessoas que estão distantes e, ao mesmo tempo, afastar

os que estão próximos. É comum ver amigos sentados em uma mesma mesa, cada qual conectado ao próprio mundo ‘on-line’ fechados nos horizontes de seus próprios interesses, e ignorar os que estão ao redor. As relações familiares fundadas no dinamismo do amor, são o antídoto de uma comunidade cada vez mais individualista. “Na família, é sobretudo a capacidade de se abraçar, apoiar, acompanhar, decifrar olhares e silêncios, rir e chorar juntos, entre pessoas que não se escolheram e todavia são tão importantes uma para a outra… é sobretudo esta capacidade que nos faz compreender o que é verdadeiramente a comuni-

cação enquanto descoberta e construção de proximidade” (Mensagem para o dia 49º Mundial das Comunicações Sociais). O centro vital da comunicação é o vínculo que está na base da palavra, isto é, o encontro. É ele que deve moldar a nossa interação com as tecnologias, de modo que não sejamos envolvidos por elas. Em um mundo no qual impera o individualismo deve florescer o valor do diálogo que “nos enriquece, porque nos faz identificar a verdade do outro e a importância de sua experiência” (Papa Francisco), tornando-nos verdadeiros irmãos. *Dom Edney Gouvêa Mattoso Bispo de Nova Friburgo (RJ)

O valor do Diálogo ,*5(-$&$7Í/,&$

C

aros amigos, a pouco tempo dedicamos uma reflexão sobre a responsabilidade em comunicar a verdade nas redes sociais. Hoje, voltamos a falar de comunicação, mas em um sentido um pouco mais amplo. O Papa Francisco na mensagem para 52º Dia Mundial das Comunicações sociais afirmou que uma boa comunicação é essencial para comunhão. Neste sentido, comunicar é muito mais que compor frases e palavras e compartilha-las nas redes. É forjar a própria identidade

e pôr-se em relação com o outro e com o mundo. A comunicação possui grande valor na dinâmica da Revelação. “Na riqueza do seu amor, Deus fala aos homens como amigos e convive com eles, para os convidar e admitir à comunhão com Ele” (Dei Verbum, 2). A linguagem divina, acomoda-se à linguagem humana afim de que o homem possa conhecer a inefável benignidade do Criador. A plenitude da comunicação de Deus aos homens se dá na encarnação do Verbo eterno do Pai; assumindo a condição humana torna-se semelhante aos homens (cf. idem, 13) O Concílio Vaticano II sentencia que a ‘economia’ da

Edição de 11/julho de 2018  

false

Edição de 11/julho de 2018  

false

Advertisement