Page 11

Filosofia de Vida

Mas será esta sensação de controlo e de domínio realizável, ou uma ilusão? Sempre que traça um novo objetivo, está a testar os limites da sua zona de conforto. Aquela sensação de segurança vacila e depara-se com uma decisão a tomar; arrisca ou não? É

per feitamente

expetável

que

natural

pare

para

e

até

avaliar

os riscos do novo desafio a que se propôs: “Já fiz isto antes?” “Quero mesmo fazer isto?” “O que me vai custar se eu arriscar e

Se quer criar laços, comunicar e conhecer o Mundo do Outro, terá obrigatoriamente de abrir mão de algum controlo e fazer cedências, para assim enriquecer o seu leque de experiências e encontrar outras Vidas para cruzar com a sua mais importante ainda.

perder?” Aquilo que lhe ocorre é sentir que não “O que vou ganhar se conquistar este

controla esta situação nova, e poderá

objetivo”?

per feitamente não obter o resultado que tanto ambiciona.

Por

norma,

destacam-se

duas

posições opostas nos momentos de

Dá por si a perguntar-se se não seria

decisão:

melhor manter-se protegido dentro da sua zona de conforto?

Arrisca porque o que poderá ganhar é importante para si, ou retira-se da

Ou será que parte imediatamente

corrida porque o que pode perder é

para a novidade e arrisca? OUTUBRO 2017 | REVISTA PROGREDIR | 11

Revista progredir 069  

A Progredir é uma publicação mensal, digital, de subscrição gratuita. A Progredir tem como Missão Servir a Sociedade, promovendo o Desenvol...

Revista progredir 069  

A Progredir é uma publicação mensal, digital, de subscrição gratuita. A Progredir tem como Missão Servir a Sociedade, promovendo o Desenvol...

Advertisement