Page 69

mudança tranquila

que povoam a humanidade, a condição humana. Ui! Curioso é verificar que o ódio ou

O momento histórico de cada um (este, agora) é sempre tintado com a insatisfação

a tristeza, outras paixões, servem para nos defendermos dos outros ou

neste caso a alegria é paradoxal mas

reclamar bens perdidos. Extraordinário

não ilusória”.

é verificar que a Alegria contenta-se modestamente consigo própria e não

A maioria, e a maioria dos que por

é instrumento para conseguir coisa

aí andam, consideram a alegria um

alguma. Simplesmente, é. Usufrui-

transtorno pueril, uma demonstração

se, EXISTE, não é ameaçadora. É

de falta de profundidade, um episódico

Invulnerável.

atordoamento (a sabedoria é dor, dizem alguns: a alegria, um pecado,

Será que a Alegria – muito pouco

um pecado involuntário contra a

estudada – como questiona Clément

gravitas filosófica, a gravitas contida (dos que supõem ser ‘educados’, ‘muito

o mundo está tão mal que a extinção bate à porta Rosset – um dos poucos filósofos que se ocupou da Alegria – “ou a alegria consiste numa ilusão efémera de ter

educados….). O Tema é alegre, convoca a aventura do conhecimento. Alegrem-se. Viver a vida é outra coisa.

acabado com o trágico da vida: neste caso a alegria é paradoxal mas não ilusória. Ou consiste numa aprovação da

existência

considerada

irremediavelmente trágica:

como

CARLOS FERNANDES PROFESSOR, ESCRITOR, CONFERENCISTA clfurban@gmail.com

AGOSTO 2014 | REVISTA PROGREDIR | 69

Profile for Progredir

Revista progredir 031  

A Progredir é uma publicação mensal, digital, de subscrição gratuita. A Progredir tem como Missão Servir a Sociedade, promovendo o Desenvol...

Revista progredir 031  

A Progredir é uma publicação mensal, digital, de subscrição gratuita. A Progredir tem como Missão Servir a Sociedade, promovendo o Desenvol...

Profile for progredir
Advertisement