Page 14

Guia Didático



Exemplo de vários países que vêm implementando programas de qualificação para suas lideranças e seus dirigentes escolares.



Ausência de programas e políticas de formação continuada e em serviço, dirigidas às equipes de gestão escolar.



Necessidade das secretarias de Educação de ir além de propostas fragmentadas de capacitação, representadas pela oferta de cursos tópicos e pontuais ou de cursos acadêmicos, distanciados da prática cotidiana das escolas.



Resultados de pesquisas e de levantamento realizado em âmbito nacional sobre os problemas básicos da gestão nas escolas públicas. Esses estudos revelaram dificuldades enfrentadas pelos gestores escolares ao lidar com os seguintes aspectos: condução dos processos participativos; relações com a comunidade; coordenação pedagógica da escola; gestão financeira; evasão e repetência; violência; indisciplina; articulação do corpo técnico e administrativo; e funcionamento dos conselhos escolares, entre outros. Foram identificadas, também, fragilidades relacionadas com a falta de apoio à escola e com a carência de profissionais de suporte pedagógico.

Quais os pressupostos básicos do programa? Ao iniciar o curso, é importante você ter em mente os pressupostos ou as bases que sustentaram a formulação deste programa de formação, tanto do ponto de vista da abordagem de gestão quanto do ponto de vista metodológico. Esses pressupostos balizam o tipo de formação que você deve buscar como gestor da rede pública. Assim, no que se refere à abordagem de gestão, tomaram-se em consideração os seguintes pressupostos:

12



Melhoria da aprendizagem e do sucesso escolar dos alunos. O curso contempla o paradigma de gestão focada no aluno. Vale dizer que a melhoria dos processos de gerenciamento se justifica como meio para a obtenção de resultados em benefício do aluno.



Gestão democrática da escola pública. O curso pauta-se por uma abordagem fundada na construção coletiva do projeto pedagógico e de autonomia da escola, contemplando as práticas participativas e colegiadas de gestão.



Formação continuada e em serviço das equipes de gestão escolar. O curso insere-se nessa política de formação como elemento impulsionador do "aprender a aprender" dos gestores, da sua autocapacitação, do seu aprender a fazer coletivo, visando induzir também ao intercâmbio, à formação de redes e a outras práticas de capacitação continuada que possam ser desencadeadas com base na experiência dos gestores ao longo do curso.

a tutoria

1GD  

Guia Didático

Advertisement