Issuu on Google+

A REVISTA DA DROGARIA SÃO PAULO

Nº 50

JUN/JUL 2014

Customize já! E descubra como criar peças únicas e exclusivas e capriche no visual

MEDO DE ENVELHECER?

Aprenda a lidar com a passagem do tempo e aproveite todas as fases da vida

Ajuda a prevenir doenças e garante seu equilíbrio físico e emocional

FELIPÃO

SAÚDE

|

Capa_Felipao_OK.indd 1

00051

00052

9 771982 21430 3

9 771982 21430 3

9 771982 21430 3

ISSN 1982-1433

00049

00050

fala sobre a Copa do Mundo e os desafios de ser técnico da Seleção Brasileira

9 771982 21430 3

00048 9 771982 21430 3

Esta é uma publicação oficial da Drogaria São Paulo distribuída gratuitamente com exclusividade para seus clientes

00047 9 771982 21430 3

CROMOTERAPIA

B E M - E S TA R

|

ESTILO DE VIDA

|

C U LT U R A

|

GASTRONOMIA

|

BELEZA 04/06/14 11:56


anuncios_dsp.indd 7

03/06/14 12:05


EDITORIAL

“Quem nunca enfrentou desafios, apenas passou pela vida, não viveu”. (Augusto Branco) Morei 12 anos na Alemanha, mas o meu coração é e sempre será brasileiro, por isso torço para que o tão esperado bate-bola da Copa do Mundo retome a união entre as pessoas e dê ao Brasil um destaque internacional bem positivo, evidenciando as características do nosso povo: uma gente cheia de alegria de vida, acolhedora e vibrante. A Ponto de Encontro também já está no clima do mundial, o técnico Luiz Felipe Scolari estampa a capa desta edição. Em entrevista exclusiva, ele diz que os jogadores estão cientes do tamanho do desafio que estão assumindo e garante que o time está preparado. Felipão comenta ainda sobre a escolha dos convocados e relembra momentos históricos do futebol no Brasil. Conversamos também com especialistas que ensinam a espantar o medo de envelhecer, um desafio que todos vamos encarar um dia. E já que esta edição exala brasilidade, reservamos um espaço para abordar a customização, que está em alta em todo o mundo. A estilista baiana Nea Santtana esbanja simpatia e mostra sua arte

editorial.indd 3

especialmente para os nossos leitores. O trabalho dessa moça criativa e talentosa reflete a cultura e a fé do seu povo. Ela enfeita roupas e acessórios com fitinhas de seda do Senhor do Bonfim e customiza tudo que vê pela frente, dando um toque especial aos objetos. Além disso, você também verá nas próximas páginas ideias para reutilizar os pneus que não servem mais para o seu carro. Dá para fazer vasos, pufes, mesas de centro, brinquedo para as crianças e muito mais. Esperamos que goste! Um grande abraço, e show de bola.

SANDRA TESCHNER PUBLISHER pontodeencontro@profashional.com www.profashional.com www.blogprofashional.com Sandra Teschner @SandraTeschner

04/06/14 12:00


SUMÁRIO

6

8

10

Críticas, sugestões e depoimentos

Reciclagem de pneus

Sonambulismo na infância

ESPAÇO DO LEITOR

CRIANÇA NA ÁREA

ESPAÇO CONSCIENTE

16

DE FRENTE PARA O ESPELHO Os ruivos e alaranjados estão em alta

Transforme a frustração em uma aliada

Entrevista exclusiva com o técnico da Seleção Brasileira

SAÚDE E CIA

FELIPÃO

30

Os cuidados para a pele deles

Como tratar e prevenir a H. pylori

Cromoterapia: equilíbrio físico e emocional

DIA A DIA Customize suas peças

Espante o medo de envelhecer

20

28

32

MELHOR IDADE

18

24

HOMEM.COM

12

POSITIVO

34

CURTAS E QUENTES

VIVA LEVE

36

38

Torta de palmito

Frases inspiradoras de nossos leitores

ÁGUA NA BOCA

Dicas divertidas para toda a família

FINAL FELIZ

EXPEDIENTE

Editora Adriana Rosa

Colaboradores André Felicio, Bibianna Teodor, César Faccio, Diego Zanoti Salarini, Eduardo Shinyashiki, Fernanda Borges, Henry Basttos, Jaime Natan Eisig, João Alexandre Borba, Leandro Teles, Luciana Brito, Márcia Helena Andréa, Mariely Del Rey, Nea Santtana, Ricardo Limongi Fernandes, Sandra Gordilho, Sérgio Areias, Sérgio Barrichello, Sérgio Felix e Wilson Paulo dos Santos

Gerente de Design Alice Hecker

Diretora de Arte Claudia Carvalho

Cartas pontodeencontro@profashional.com

Departamento Comercial Márcia Souza comercial@profashional.com

Designers Analu Ferreira, Danielle Lima, Katherine Gomes e Rebeca Fagnani

A revista Ponto de Encontro é uma publicação da Profashional Editora Ltda., sob licença da Drogaria São Paulo, dirigida aos seus clientes e distribuída em suas filiais. Os artigos assinados são de inteira responsabilidade dos autores e não representam a opinião da revista, da Editora ou da Drogaria São Paulo. Não é permitida a reprodução das matérias nem dos artigos.

Publisher Sandra Teschner Diretor Executivo Gabriel Sales Diretora de Projetos Especiais Dio Jaguarível Gerente do Núcleo de Jornalismo Adriana Rosa – MTB 47.337

Web Ricardo Cerdan Atendimento ao Leitor contato@profashional.com Av. Jandira, 843 – Moema – São Paulo/SP Fone/Fax: (11) 5051-4084 www.profashional.com

Conselho Editorial Adriana Rosa, Cátia Alves, Fabiana Oliveira, Karina Oliveira, Lilian Travaglioni Nezi, Luanda Silva, Rafael Medeiros, Sandra Teschner e Tuca Sardinha

Jornalistas Ana Carolina Contri, Fernanda Mendonça, Maria Helena Bellini e Mirella Stivani Revisão Tatiana Lopes

Tiragem: 600.000 exemplares Publicidade Drogaria São Paulo

Sac 0800 015 2070 drogariasaoapaulo @drogaria_sp

4

Sumario_DSP.indd 4

04/06/14 15:45


anuncios_dsp.indd 1

03/06/14 12:06


Aqui é o espaço para você enviar comentários, sugestões e perguntas. Participe e faça com que a nossa Ponto de Encontro fique cada vez melhor. Estamos aguardando o seu e-mail: pontodeencontro@profashional.com

Sou leitora da Ponto de Encontro e, apesar de ter conhecimento da revista há pouco tempo, foi o suficiente para me apaixonar por ela do começo ao fim. Principalmente pela seção “Final feliz”. Adoro poesias. Parabéns pela revista! Um abraço. MARIA HELENA DE ALMEIDA por e-mail

Sou professora e leitora da Ponto de Encontro. Aprecio muito a seção “Final feliz”. Parabéns pela revista. ELISÂNGELA FURTADO por e-mail Minha família e eu somos leitores assíduos da revista Ponto de Encontro, pois é uma publicação suave de se ler. Gosto muito dos poemas que são publicados, porque sou um apaixonado por ler e principalmente por escrever. Parabéns! OSMAR M. FREITAS por e-mail

Leio regularmente a revista Ponto de Encontro e sempre encontro assuntos superinteressantes por aqui. Achei a matéria “Alimentos do bem” importante, pois ensina a mantermos nossa saúde em dia e nos incentiva a fazer algo em prol de uma dieta mais equilibrada. Parabéns pela reportagem. ALICE BARUK por e-mail Adoro tudo que leva limão, e essa receita de muffins que saiu na edição 49, só de ver na revista, já me deu água na boca. Vou fazê-la, com certeza. Parabéns, e continuem dando essas dicas maravilhosas. ANTONIO JOSÉ GOMES MARQUES por e-mail Sou cliente da Drogaria São Paulo há muito tempo, e sempre sou presenteada com a revista Ponto de Encontro. As matérias são ótimas e trazem assuntos variados, de muita valia. Espero que vocês continuem assim. Parabéns! MÁRCIA BATISTA por e-mail

Esta mensagem é para elogiar o seu trabalho. A revista Ponto de Encontro é muito boa. Gostei muito. Páginas com conteúdo proveitoso. Além disso, é uma revista bonita, bem colorida com fotos interessantes. Parabéns! Espero que continue nos surpreendendo com trabalhos interessantes como esse. DINA SCHMITT por e-mail

Parabéns pela matéria “Receita da alegria”, com os Doutores da Alegria. Admiro muito o trabalho deles. Parabéns, Ponto de Encontro... sou leitor da revista, que sempre traz ótimas matérias. GILBERTO ZAGO por e-mail Quero parabenizar a Ponto de Encontro pelos excelentes temas que apresenta. Parabéns aos profissionais dessa ótima revista. SIDNEY CANTILENA por e-mail

O PRÓPRIO ENVIO DE CORRESPONDÊNCIAS JÁ CARACTERIZA AUTORIZAÇÃO E CESSÃO DE USO PARA PUBLICAÇÃO

ESPAÇO DO LEITOR

6

Espaço do leitor.indd 6

03/06/14 12:22


anuncios_dsp.indd 2

03/06/14 12:07


ESPAÇO CONSCIENTE

POR FERNANDA MENDONÇA

PNEU NÃO É

lixo!

Existem inúmeras utilidades para os pneus velhos. Você pode levar os seus para os postos de coleta ou reutilizá-los em sua própria casa

B

alanços, mesas de centro, pufes, camas para animais domésticos, combustível alternativo, solados de sapatos ou até pisos para quadras poliesportivas. Você sabia que existem inúmeras formas de reaproveitar pneus velhos? Sim, aqueles que muita gente deixa no quintal, acumulando água e proliferando insetos, que podem transmitir, entre outros males, a dengue. O reuso desses objetos tem aumentado gradativamente no país e ajuda a combater doenças. Existe, inclusive, uma entidade sem fins lucrativos que gerencia a reciclagem do material: é a Reciclanip, criada pelos fabricantes de pneus, tais como a Bridgestone e a Goodyear. Mas você também pode reciclar os pneus que não usará mais, na sua própria casa e de uma forma criativa.

CONHEÇA A RECICLANIP

“Todo pneu inservível pode ser reaproveitado”, afirma César Faccio, gerente geral da Reciclanip. A instituição surgiu depois de uma resolução nacional, do Conselho Nacional do Meio Ambiente, em 2009. Cientes da necessidade de reaproveitar os pneus, os fabricantes decidiram criar uma entidade para gerir a recuperação deles. Uma das principais utilidades para o material é o asfalto-borracha, feito de pneus triturados. “Esse tipo de asfalto tem mais durabilidade e garante melhor frenagem e menos ruído do que o asfalto comum”, acrescenta Faccio. Outra forma comum é usá-los como fonte energética alternativa, substituindo outros combustíveis, o que, segundo o gerente, é feito nas fábricas de cimento, que coprocessam o pneu com outros combustíveis. “Uma terceira maneira é submeter a borracha moída a um processo de desvulcanização e depois reutilizar para produção de tapetes, pisos e outros utensílios”, explica.

O recolhimento e a destinação são feitos de forma simples. O consumidor deixa o pneu que não serve mais no revendedor, e a Reciclanip retira o material no local.

POSTOS DE COLETA

A Reciclanip também recebe pneus inservíveis ou os restos deles em seus postos de coleta. Existem unidades espalhadas por todas as regiões do Brasil. Não importa em qual estado esteja o pneu, ele será recolhido. Basta acessar o site www.reciclanip.com.br e levar o material ao posto mais próximo da sua casa.

CRIATIVIDADE EM ALTA

Veja o que as pessoas e as empresas estão fazendo para reaproveitar esse material e inspire-se! ARTIGOS PARA PET Se você tem um cão de pequeno ou médio porte, a dica é utilizar o pneu para adestrá-lo. Com um pouco mais de criatividade, o objeto se transforma em caminha para o seu bichinho. É só pintar o material e colocar uma almofada no meio. MÓVEIS Muitas pessoas usam os pneus que não servem mais para fazer mesas de centro, e fica uma graça! Uma opção é revestir as unidades com cordas ou linha de sisal para formar a base. O tampo pode ser feito com madeira, vidro ou até espelho. Existe ainda a opção de comercializar esse tipo de produto. Cadeiras, pufes e outros móveis artesanais feitos com essa matéria-prima podem ser encontrados em lojas de diversas regiões do país.

8

espaço consciente.indd 8

03/06/14 13:48


FOTOS: © DASHADIMA, © BEATRIX KIDO / FOTOLIA, © NAND PHANUWAT / SHUTTERSTOCK, DIVULGAÇÃO / URBAN LACE JEWELRY E DIVULGAÇÃO / LONDON GARDEN TRADING

Pneu usado em adestramento

Horta produzida em vasos de pneus

um quintal com terra, também é possível utilizá-lo como vaso. Deite os pneus e coloque terra no meio deles; depois é só plantar flores, árvores pequenas e até vegetais. Se preferir, pinte a borracha para decorar seu jardim ou horta caseira.

Braceletes da Urban Lace

BRINQUEDOS É comum encontrar balanços feitos de pneu por aí, mas não é recomendável fazê-los em casa, pois pode colocar as crianças em risco. Em parques e praças, o balanço é montado por profissionais. No entanto, um pneu cortado ao meio pode ser transformado numa gangorra na sua casa. É só fixar uma madeira na parte de cima, lixar bem e caprichar no acabamento. JARDIM OU HORTA CASEIRA Algumas empresas fazem vasos industrializados utilizando borracha de pneu. Se você tiver

MODA Calçados, bolsas e outros itens de moda também podem ser fabricados com pneus descartados. A Urban Lace Jewelry, de Oregon (EUA), por exemplo, transforma câmaras de ar de bicicletas em pulseiras, brincos e diversos acessórios exclusivos ecoconscientes. As câmaras recolhidas em lojas de bicicletas são lavadas e revestidas por uma fórmula orgânica desenvolvida pela Lace Urban, dando ao material uma textura macia e bonita. É a criatividade promovendo um estilo ecoamigável. Para saber mais, acesse: www.urbanlacejewelry.com

ATENÇÃO! Se o artesanato feito com o pneu não lhe servir mais, leve a parte da borracha que sobrou para um dos postos de coleta da Reciclanip. Vale lembrar que a decomposição desses resíduos é lenta – demora cerca de 500 anos. Por isso, não descarte de forma irresponsável.

Vaso feito de pneu reciclado da London Garden Trading

9

espaço consciente.indd 9

03/06/14 13:48


CRIANÇA NA ÁREA

POR ANA CAROLINA CONTRI

PEQUENOS

sonâmbulos Descubra alguns mitos sobre esse distúrbio, que geralmente surge na infância e desaparece ao longo do tempo

COMUM EM CRIANÇAS

O transtorno do sono ocorre com mais frequência em crianças e adolescentes, as suas funções motoras despertam, mas sua consciência permanece inativa. “Ocorre durante a fase de ondas lentas, quando os pequenos estão em sono profundo, mas ainda fora da fase dos sonhos (chamada de sono REM). O sonâmbulo pode sentar-se na cama, levantar, caminhar pela casa e realizar tarefas. Ele não se apresenta consciente e geralmente não se recorda do que fez durante o episódio. Não se conhece a causa exata do transtorno, mas acredita-se que existam fatores genéticos e ambientais”, comenta o neurologista membro efetivo da Academia

Brasileira de Neurologia (ABN), Dr. Leandro Teles. Aquela imagem do sonâmbulo caminhando com braços estendidos e de olho fechados não passa de uma lenda. Quem sofre de sonambulismo costuma andar normalmente, de olhos abertos e com expressão distante. “Até 2011, não havia relatos de herança genética documentada, porém um grupo americano descobriu que o problema pode estar no cromossomo 20, mas faltam ainda muitos estudos para se descobrir qual gene específico seria o causador”, complementa Dr. Diego.

DERRUBANDO MITOS

Existe um mito de que, se alguém acordar uma criança sonâmbula, ela pode morrer ou ficar louca. Isso não tem nenhum embasamento científico. “O que acontece é que o sonambulismo coloca a criança em um estado peculiar de sono profundo com movimentação espontânea; se acordada, ela pode mostrar-se confusa e, eventualmente, agressiva. Essa confusão geralmente melhora em alguns minutos após o despertar e não traz maiores consequências”, fala Dr. Leandro. A recomendação aos pais e familiares é tentar conduzir o pequeno tranquilamente para sua cama sem despertá-lo. Uma vez na cama, ele tende a voltar ao sono “normal”, e na manhã seguinte provavelmente não se recordará do episódio. Caso a criança esteja em situação de risco, precisará ser despertada, a fim de evitar um acidente.

FOTO: © CURVABEZIER / FOTOLIA

O

sonambulismo pode não ser a maior reclamação das pessoas com problemas na hora de dormir, mas está entre as principais. É o que garante o neurologista do Hospital Leforte, Dr. Diego Zanoti Salarini, de São Paulo. O sonambulismo é um distúrbio que ocorre na primeira metade do sono. Consiste na ocorrência de atividades automáticas complexas e repetitivas, podendo o portador até se levantar da cama e andar. Segundo a Fundação Nacional do Sono, dos EUA, o distúrbio atinge cerca de 20% das crianças de 3 a 10 anos, mas geralmente não precisa de tratamento, pois desaparece com o crescimento. Entre os adultos norte-americanos, a incidência é de apenas 2,5%.

10

Criança na area.indd 10

03/06/14 12:27


DE OLHOS BEM ABERTOS Segundo o médico neurologista do Hospital Israelita Albert Einstein, Dr. André Felicio, normalmente as parassonias (distúrbios caracterizados por movimentos anormais durante o sono) desaparecem espontaneamente à medida que a criança “envelhece”, não deixando qualquer tipo de sequela cognitiva ou motora. Quando há necessidade, medicamentos da classe dos benzodiazepínicos, por exemplo, podem ser utilizados por um período. No entanto, Dr. André ressalta que toda criança ou adulto com o problema deve procurar ajuda. Primeiro, existem outros diagnósticos diferenciais de parassonias. Segundo, nem sempre é necessário tratamento medicamentoso, e uma boa orientação médica acalmará os pacientes e familiares. “Finalmente, alguns indivíduos têm formas de sonambulismo que não só os colocam em risco de acidentes, como também interferem na qualidade do sono e exigem, portanto, tratamento”, conclui. Se você tem um filho com sonambulismo, é recomendado proteger janelas e portas e limitar o acesso a chaves, móveis que possam precipitar um acidente, facas, tesouras e outros materiais que possam eventualmente colocá-lo em risco.

11

Criança na area.indd 11

03/06/14 12:27


MELHOR IDADE

POR ANA CAROLINA CONTRI

COMEMORANDO A TERCEIRA IDADE O medo de envelhecer assombra muitas pessoas, mas é possível curtir esse momento e ter uma vida mais feliz

de homens e mulheres, que começam a entrar em uma parte do ciclo natural da vida, que é envelhecer.

ORIGEM DOS MEDOS

O medo está associado de alguma forma ao sofrimento e à angústia. É até hoje um sentimento comum a todo indivíduo, explica a psicóloga clínica Márcia Helena Andréa, de São Paulo. Para ela, o medo de envelhecer não é diferente de qualquer outro medo. Com a chegada da velhice, surge também a necessidade de reedição dos antigos papéis, muito provavelmente exercidos durante décadas. Um deles é o papel de provedor e responsável pelo bem-estar dos filhos. “Por essa razão, muitos idosos sentem-se sozinhos. Para driblar essa sensação, é preciso enxergar o momento atual como de igual importância com qualquer outra fase da vida, tal qual a infância, adolescência e juventude”, comenta o psicólogo Sérgio Felix.

FOTO: © GOODLUZ / FOTOLIA

C

hegar à terceira idade é uma grande vitória, afinal percorremos grandes etapas da vida e conquistamos diversos objetivos para levar uma vida mais tranquila. Essa faixa é tão importante e tem atravessado tantas décadas que a Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhece não só o idoso, como criou uma nova terminologia, “muito idoso” ou “very old”, para designar o indivíduo que chega aos 80 ou 85 anos de idade. Porém o trajeto até esse momento pode ser pesaroso para algumas pessoas que têm receio de ficar mais velhas. Segundo Bibianna Teodor, executive e master coach (profissional que apoia o cliente na busca de realizar algum objetivo), fundadora da Positive Transformation Coaching e coautora do livro “Coaching na Prática – Como o Coaching Pode Contribuir em Todas as Áreas da sua Vida”, de São Paulo, algumas pessoas têm pavor só de pensar em ficar velhas, têm medo do que o passar dos anos pode trazer para seu rosto e corpo. Questões de beleza acabam fazendo a cabeça

12

melhor idade.indd 12

03/06/14 12:28


anuncios_dsp.indd 6

03/06/14 12:07


CURTINDO A IDADE

LAZER E BEM-ESTAR O grande segredo para aproveitar a terceira idade é procurar atividades que promovam prazer e que proporcionem o bem-estar. É possível fazer novas amizades e despertar interesses diferentes em qualquer fase da vida. Confira as dicas da Márcia, crie novos hábitos:

1 Realize excursões e atividades recreativas

em grupo. Assim você conhece gente, conversa sobre assuntos diferentes, troca experiências e de quebra ainda aumenta a sua bagagem cultural.

Para melhor conviver com essa ansiedade, é interessante procurar atividades que possam trazer satisfação, prazer e o mais importante: contato consigo, a autoaceitação. Assim, o envelhecimento poderá ser vivido de forma saudável, sem crises. “O respaldo de um coach pode contribuir muito, principalmente um positive coach. Esse profissional vai ajudar você a transformar as emoções negativas em positivas, trabalhando a esperança, a alegria, o interesse e contribuindo para aumentar as emoções positivas, como ter objetivos, engajar-se em atividades sociais, meditar, relaxar, aumentar as crenças fortalecedoras e carpe diem”, fala Bibianna. “Ter a consciência de que na velhice, se há perdas, há também o ganho de muitas outras condições. A sabedoria e a mestria em diferentes ordens do conhecimento humano, em conjunto com a experiência acumulada ao longo dos anos, são fatores otimistas para quem olha a velhice dentro de uma perspectiva atuante e significativamente prazerosa”, enfatiza Sérgio.

NA PRATELEIRA

Pele lisinha

2 Ingresse em universidades da terceira

idade. Existem cada vez mais faculdades voltadas especificamente para esse público. Não crie tabus, sempre é tempo de aprender!

3 Invista em aulas de dança, teatro, natação, hidroginástica, informática, inglês, tapeçaria etc. Cada um deve procurar fazer o que gosta, mas é importante manter corpo em movimento.

3

4 Mantenha a sua mente ativa. Para isso, aposte em palavras cruzadas ou outros jogos que estimulem o raciocínio.

1

5

2

5 Adote uma boa alimentação e pratique

exercícios regularmente. As caminhadas, por exemplo, são uma excelente opção. Mas lembre-se: exercite-se no seu ritmo, mesmo que esteja acompanhado.

6 Interaja! Convide os vizinhos, amigos e familiares para passeios, exercícios e reuniões. Divirta-se!

1 - CUIDADO DIÁRIO COM VITAMINA C ATIVA PARA AJUDAR A REDUZIR RUGAS, BOLSAS E OLHEIRAS. Active C La Roche-Posay. 2 - COMBATE OS RADICAIS LIVRES, RESPONSÁVEIS PELO ENVELHECIMENTO PRECOCE. Gel Antioxidante C-Supérieur RoC. 3 - REDUZ RUGAS E LINHAS DE EXPRESSÃO. Cicatricure Creme. 4 - 3 EM 1 - ANTISSINAIS + ANTIOLHEIRAS + HIDRATANTE. Nivea Q10 Plus Antissinais RollOn Olhos. 5 - CUIDADOS DA PELE QUE APRESENTA SINAIS DE FOTOENVELHECIMENTO. TheraSkin Retinage 40+ Face. Estes produtos podem ser adquiridos pelo www.drogariasaopaulo.com.br

FOTOS: © AUREMAR / FOTOLIA E DIVULGAÇÃO DROGARIA SÃO PAULO

4

14

melhor idade.indd 14

03/06/14 12:41


anuncios_dsp.indd 8

03/06/14 12:07


DE FRENTE PARA O ESPELHO

POR MIRELLA STIVANI

RUIVO É A COR

mais quente

A cor vai dominar os cabelos no inverno, assim como os tons alaranjados

COR DA PELE

O ruivo é democrático, mas conforme a cor da pele, alguns tons ficam mais harmoniosos. “O cobre mais claro fica bem em quem tem pele bem clarinha, aquela que chega quase a ser rosada. As pessoas com pele mais escura podem usar os tons mais fechados, seja de cobre ou de vermelho”, conta Henry.

NO NÉCESSAIRE

No quesito maquiagem, os tons alaranjados também vão estar em alta no inverno, trazendo uma mistura quente em contraponto aos dias frios que vêm por aí. A seguir, a make-up stylist Luciana Brito, de São Paulo, dá as dicas de como usar a cor sem errar. BLUSH: o laranja combina muito com a pele negra ou bronzeada. Pode ser puxado para os tons avermelhados e terrosos, sempre pegando leve na mão. Nas peles mais clarinhas, fica bonito o laranja suave, puxado para o pêssego. Ambos podem ser usados em qualquer horário e em qualquer ocasião. SOMBRA: para o dia, em tom suave. Para a noite, podem ser usados os tons mais pigmentados. Por ser uma cor quente, muito chamativa, fica melhor na pele jovem. Na pele madura, ela pode destacar flacidez, rugas e linhas de expressão. BATOM: combina muito com as peles negra, morena e bronzeada. Nas mais branquinhas, pode ficar muito chamativo, mas é questão de gosto. Quando se usa batom laranja intenso, o ideal é fazer um olho suave. Caso seja um tom mais suave (como o coral), pode-se carregar mais nos olhos.

CURIOSIDADES SOBRE OS RUIVOS (NATURAIS) O lugar do mundo com o maior número percentual de ruivos é o Reino Unido, especialmente a Escócia. Calcula-se que de 10 a 13% da população tenha cabelos nesse tom. Cientistas da University of Edinburgh descobriram que ruivos têm maior tolerância à dor do que outras pessoas. Os cabelos vermelhos não ficam cinza; tendem a tornar-se aloirados e, depois, brancos.

FOTO: © EDWARDDERULE / FOTOLIA

S

er ruivo está na moda, não importa se natural ou não (afinal, as tinturas estão aí para dar uma forcinha quando a natureza determinou outra cor). E o inverno parece ser uma estação propícia para quem deseja mudar ou ostentar os fios vermelhos ou alaranjados, já que esses serão os tons hit da estação. Mas não se esqueça: para deixar o cabelo sempre bonito, é indispensável o uso de produtos de qualidade e com a indicação correta para cada tipo de fio. No caso dos ruivos (principalmente os tingidos), a manutenção da cor requer muito mais atenção. Henry Basttos, hair stylist e proprietário do salão Personalize, do Rio de Janeiro, lista quais são os cuidados essenciais para se ter um ruivo perfeito: Use produtos específicos para cabelos coloridos. O pH mais ácido desses produtos ajuda a selar as escamas capilares e evita que o cabelo desbote assim tão facilmente. Também é possível encontrar produtos com tons mais avermelhados especialmente desenvolvidos para as ruivas. Procure retocar a tintura a cada 15 dias nas primeiras vezes. Quanto mais você retocar no início, mais vai conseguir que o intervalo entre as manutenções seja maior depois. Hidratação sempre! Normalmente, é o cabelo que “diz” a quantidade necessária de hidratação. Se estiver muito ressecado, hidrate uma vez por semana. O procedimento ajuda a devolver água aos fios, que ficam mais macios e sedosos, além de ganharem muito brilho.

16

De frente para o espelho.indd 16

03/06/14 12:37


17

De frente para o espelho.indd 17

03/06/14 12:37


SAÚDE E CIA

POR ANA CAROLINA CONTRI

VENCENDO a frustração

Momentos de decepção fazem parte da vida, porém lidar com eles pode ajudar a conquistar resultados ainda mais positivos 18

saude e cia.indd 18

03/06/14 13:58


P

arte da nossa vida está dedicada a encarar desafios e alcançar objetivos que nos trariam algum prazer e felicidade. A busca por resultados positivos e que atendam nossas expectativas é necessária, porém às vezes é inevitável que a falta de sucesso nessa jornada aconteça, e lidar com esse momento e suas circunstâncias pode desencadear uma reação bem específica: a frustração. Apesar de ser necessário para o desenvolvimento humano, lidar com ela pode ser difícil para algumas pessoas. Para ajudar, conversamos com dois especialistas, que dão dicas de como transformar esse sentimento em uma forma de motivação para ir ao encontro de nossos objetivos.

SENTIMENTO EQUIVOCADO

Segundo João Alexandre Borba, master coach trainer e psicólogo do Rio de Janeiro, a frustração ocorre sempre que não estamos bem com quem estamos sendo. “Como ‘ser’ é um eterno processo, estamos sempre insatisfeitos. Em uma sociedade que vive para o acerto, os erros são pouco valorizados. Isso seria uma de nossas bases maiores de frustrações. Não nos ensinaram a errar, a tomar tombos, a cair do cavalo. Esqueceram-se de nos ensinar que errar é humano, e que é nos erros que nos conhecemos, que nos descobrimos, que nos tornamos originais”, analisa. “Esse sentimento é uma mistura terrível de profunda insatisfação com impotência e raiva. O trabalho é uma das áreas em que esse mix de sensações é mais vivenciado. A frustração leva o profissional a se sentir bloqueado em seu agir e, mesmo consciente de que não está conquistando o resultado, não identifica o que fazer para melhorar a situação e continua assim, insistindo em ações inadequadas”, complementa Eduardo Shinyashiki, especialista em desenvolvimento das competências de liderança e preparação de equipe e presidente da Sociedade Cre Ser Treinamentos, autor do livro “Transforme seus Sonhos em Vida”.

FOTO: © BERC / FOTOLIA

AO LONGO DA VIDA

Segundo Eduardo, as pessoas não têm a mesma tolerância à frustração. Algumas têm mais flexibilidade e capacidade para focar mais o objetivo e menos os obstáculos e buscar mais alternativas para chegar ao resultado. Quem consegue lidar melhor com a frustração são pessoas mais maleáveis, disponíveis às mudanças, abertas a opiniões de outras pessoas e que sabem reorganizar as estratégias de ação quando necessário. Aprender a lidar de forma positiva com as decepções e frustrações na infância ajuda-nos a desenvolver a capacidade de lidar com as decepções mais dolorosas que encontramos ao longo da vida. “Enquanto não aprendermos a lidar com a frustração, seremos uma eterna criança birrenta, reclamando sempre de que a vida não seguiu os caminhos que

imaginávamos para nós. Enquanto não aprendermos que viver é arriscar, e arriscar é viver, não sairemos da infância. Um bom exemplo para isso são as bicicletas. Andar de bicicleta é um aprendizado frustrante, porém com um final feliz. A cada rodinha retirada, uma nova etapa, carregada pelas cicatrizes e tombos da etapa anterior, mas celebrada pela satisfação em se eliminar mais uma rodinha”, exemplifica João Alexandre.

VOLTA POR CIMA Mas como sair desse impasse e lidar com as frustrações sem se sentir inseguro para crescer e melhorar constantemente? Nessas horas, não basta apenas talento ou competência, é importante que se tenha pleno domínio sobre os sentimentos e as emoções. Segundo Eduardo, é preciso compreender que a frustração é um sentimento comum ao ser humano. “Se a vivenciamos com flexibilidade, ela estimula a inteligência, a criatividade, a inovação e promove um aumento do nível de motivação”, garante. Para o especialista, a frustração também faz parte do trabalho em grupo e pode favorecer os relacionamentos interpessoais. “Quando se faz algo em equipe, em vários momentos é preciso encontrar uma solução para uma situação frustrante”, ensina. É importante trabalhar a sua capacidade de adaptação às circunstâncias da vida e à mudança, desenvolvendo a sua flexibilidade de pensamento. Procure suas frustrações, uma por uma. É possível encarar os momentos de frustração como aprendizado e desafio a ser superado, rompendo assim com a visão limitada da vida de erros e acertos. Com isso, podemos continuar no caminho da realização com maturidade e confiança para atingir os resultados escolhidos. “Lembro-me do maior jogador de basquete de todos os tempos, Michael Jordan. Michael era sempre escolhido para realizar o arremesso final em um jogo tenso de basquete. Michael errou muito mais vezes do que acertou e, ainda assim, tornou-se o maior jogador de basquete que o mundo conheceu. Por isso, sempre que se perceber em um processo de reclamações constantes, olhe com respeito para os seus erros e continue no arriscar. Afinal, viver é como andar de bicicleta; por isso, não se esqueça de retirar suas rodinhas, antes que você se acostume com elas”, conclui João Alexandre.

19

saude e cia.indd 19

03/06/14 13:58


WOMANIZE-SE

POR ESTER JACOPETTI

S 20

womanize_dsp_OK.indd 20

03/06/14 14:00


S

Estilo Scolari

FOTO: RAFAEL RIBEIRO / CBF. FOTO DE CAPA: ZÉ PAULO CARDEAL / TV GLOBO

Luiz Felipe Scolari é um profissional de sucesso. Ex-jogador de futebol, professor de Educação Física e técnico da Seleção Brasileira, sempre conquistou fama e credibilidade em todos os trabalhos que realizou

F

elipão, como todos os brasileiros o chamam, é conhecido por seu jeito disciplinador de comandar a equipe que está sob sua responsabilidade e, muitas vezes, não titubeia em tirar do elenco um jogador tido como uma das estrelas do time, para substituí-lo sumariamente, caso não esteja correspondendo às expectativas dentro de campo. Gaúcho de Passo Fundo, tem estilo inconfundível. Amado por muitos e igualmente criticado, Scolari lida bem com o que falam dele. Levou a Seleção Brasileira ao primeiro lugar, em 2002, na Copa do Mundo do Japão e Coreia do Sul, e no ano passado, na Copa das Confederações da Fifa. Conquistou a Taça Libertadores da América com os times brasileiros Palmeiras e Grêmio. Realizou, em 1989, um ótimo trabalho frente ao Qadsia SC, na Copa dos Emirados, no Kuwait, e, em 1990, foi campeão da Copa do Golfo com a Seleção Kuwaitiana de Futebol. Em 1993, retornou ao Grêmio e conquistou muitos títulos. Em 1997, ao voltar do Japão, onde dirigiu o Júbilo Iwata, seguiu direto para a arena do Palmeiras.

EM PORTUGAL

Em 2003, Felipão recebeu o convite da Federação Portuguesa de Futebol para dirigir a seleção daquele

país. No ano seguinte, foram para a final da Eurocopa 2004 e ficaram em segundo lugar. Por essa conquista, recebeu do Presidente da República Portuguesa, Jorge Sampaio, o grau de Comendador da Ordem Infante D. Henrique. Portugal ficou em quarto lugar na Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, e embora não estando entre as três principais seleções do mundo, Felipão recebeu inúmeros elogios pelo resultado, uma vez que a Seleção Portuguesa não alcançava uma colocação nas semifinais desde o mundial de 1966. Ele também foi considerado um dos responsáveis por revelar ao mundo o jogador Cristiano Ronaldo.

NA INGLATERRA E NO UZBEQUISTÃO

Em 2008, Felipão seguiu para o Chelsea para dirigir a equipe londrina no Campeonato Inglês, onde ficou até o ano seguinte, pois não conseguiu resultados consideráveis naquele país. Em 2009 seguiu para treinar o Bunyodkor, do Uzbequistão, e, em outubro consagrou o time como invicto após 23 vitórias seguidas no Campeonato Uzbeque de Futebol. Voltou ao Brasil em 2010, para treinar novamente o Palmeiras e, em junho daquele ano, foi confirmado como o técnico da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo de 2014.

21

womanize_dsp_OK.indd 21

03/06/14 14:00


22

womanize_dsp_OK.indd 22

03/06/14 14:00


HOMEM DE FÉ

Felipão sempre foi conhecido como um homem de muita fé. Quando o Brasil conquistou o pentacampeonato mundial, ele trazia consigo uma imagem de Nossa Senhora de Caravaggio, santa venerada entre aqueles que descendem de imigrantes italianos, principalmente no sul do país. A imagem, que acompanhou a Seleção Brasileira na conquista da Copa do Mundo, foi dada de presente pela atriz Fernanda Montenegro, em 2001, no quadro “Amigo oculto”, promovido todo fim de ano pelo programa “Fantástico”. Saiba mais a respeito de Luiz Felipe Scolari, essa figura importantíssima do cenário esportivo brasileiro, nesta entrevista. Ponto de Encontro: De que maneira você conseguiu chegar a um consenso na escalação definitiva da Seleção Brasileira que disputa a Copa do Mundo? Luiz Felipe Scolari: Eu tenho uma seleção que tinha sido 105% definida bem antes do início da copa. Tive de cortar dois jogadores, pois estava com 25 nomes. Não havia mais vagas sobrando na Seleção. Assisti aos três jogos que passaram na Europa, para poder observar melhor os jogadores e aumentar a lista de atletas, mas eu nunca tive dúvidas de que tinha pessoas a mais para levar. É mais do que eu imaginava.

FOTO: ALEX LIVESEY - FIFA VIA GETTY IMAGES

P.E.: Foi muito difícil você chegar a esses nomes? L.F.S.: Sinceramente eu achei que fosse ser difícil conseguir montar esse time, mas o processo foi mais simples do que eu esperava... Eu trabalho com uma pré-lista que contém 45 nomes. Jogadores que eu observei desde o início, quando assumi a Seleção. Mesmo eu já tendo os 25 preferidos, preciso sempre ficar atento, porque pode acontecer alguma contusão, algo que me leve a fazer alteração no grupo. P.E.: Como você lida com torcedores que querem palpitar na escalação do time? L.F.S.: É muita responsabilidade, e o desafio é enorme, mas estamos preparados. Assisti a tudo o que se refere a campeonatos de futebol. Eu ouço, mas a escolha é minha, não escalo time dos outros. Observo as características que são importantes para o jeito como a Seleção joga. Os jogadores sabem que, jogando no Brasil, todo mundo quer que o país seja campeão. Ninguém vai dizer que se for o segundo colocado estará tudo bem. Confio muito na equipe e no apoio dessa torcida brasileira, que é especial e apaixonada. A torcida é parte fundamental da Seleção. É o coração do time.

“Os jogadores sabem que, jogando no Brasil, todo mundo quer que o país seja campeão. Ninguém vai dizer que se for o segundo colocado estará tudo bem. Confio muito na equipe e no apoio dessa torcida brasileira, que é especial e apaixonada” FELIPÃO

P.E.: O Pelé comentou que acredita que a Alemanha seja um dos países favoritos para vencer a Copa de 2014, mas ele também tem fama de ser “pé-frio”. O que você acha desse comentário? L.F.S.: Se o Pelé falou que a Alemanha é a favorita, eu mantenho mais ainda o que eu falei sobre o Brasil, porque quando Pelé fala, dá errado. Pode ser que a Alemanha nem chegue às finais. Você já tem o histórico, nem precisa me perguntar. P.E.: O que você acha de o Uruguai disputar esta Copa? Lançaram até uma campanha intitulada “O Fantasma da Copa de 1950 já está no Brasil”. L.F.S.: Achei interessante, bem legal a propaganda. Os caras foram bem criativos, mas meus jogadores nasceram em 1983 e 1984 e nem sabem o que aconteceu na Copa de 1950. Se a gente for ver pelo lado positivo, perdemos a final porque chegamos até lá. Portanto, perdemos a última partida. E agora, se a gente chegar até a final, será ótimo. Se ganharmos, será melhor ainda. O que a gente tem de fazer em relação aos jogadores do time de 1950 é valorizá-los muito, em vez de criticá-los por terem perdido o título. P.E.: Como você acha que a Seleção se sairá neste campeonato? L.F.S.: Nós já fomos campeões do mundo cinco vezes. E quem já foi campeão do mundo uma única vez acha que é o maior. A torcida, assim como nós, fará de tudo para conquistar a sexta estrela. P.E.: É verdade que você tem superstição com o bigode? L.F.S.: Estou casado há 40 anos e sempre tive bigode. Se eu tirar o bigode agora, minha mulher vai me largar... [risos] Eu cheguei a tirar o bigode apenas uma vez, há mais de 20 anos, para nunca mais.

23

womanize_dsp_OK.indd 23

03/06/14 14:00


HOMEM.COM

POR MARIA HELENA BELLINI

TOQUE DE PELE Homens e mulheres são diferentes em muitos aspectos, principalmente na parte hormonal. Saiba mais sobre os cuidados corporais que eles devem ter para ficar com um visual bonito e saudável

a entrevista completa com o especialista e fique por dentro desse assunto. Ponto de Encontro: É verdade que, por causa de alguns hormônios masculinos, o homem começa a apresentar sinais de envelhecimento tardiamente? Por quê? Ricardo Limongi Fernandes: Nos homens, o processo de envelhecimento é lento e progressivo ao longo de toda a vida. Além disso, os hormônios masculinos aumentam a atividade das glândulas sebáceas, podendo deixar a pele mais brilhosa (com tendência à acne) e os cabelos mais oleosos (e com tendência à caspa). Os mesmos hormônios originam a barba e tornam os homens suscetíveis às complicações relacionadas ao barbear, como as dermatites e a pseudofoliculite da barba (relacionada ao encravamento dos pelos).

FOTO: © YURI ARCURS / ISTOCK

O

que antes era apenas uma tendência se concretizou nestes últimos anos: os homens adoram cuidar do rosto, dos cabelos e do corpo e, é claro, com produtos de excelente qualidade. A pele da face masculina é, em geral, mais espessa, oleosa e repleta de pelos. Por isso, segundo Dr. Ricardo Limongi Fernandes, dermatologista do Hospital Santa Cruz, de São Paulo, especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, membro da American Academy of Dermatology e do Instituto de Cirurgia Plástica Santa Cruz, em São Paulo, os homens têm tendência a apresentar rugas mais profundas. Daí a importância de ter à mão cremes com antirradicais livres para o rosto e corpo, loção pós-barba, xampus, condicionadores e outros itens que sejam especiais para o seu tipo de pele e cabelo. Acompanhe

24

homem.com.indd 24

03/06/14 13:17


anuncios_dsp.indd 11

03/06/14 12:08


FIQUE ATENTO! Esses hormônios têm, ainda, relação direta com o mecanismo de desencadeamento da calvície, fenômeno que pode ser incomparavelmente mais intenso nos homens.

A mulher não é a única que sofre os efeitos da mudança hormonal. O homem também passa por isso. Para a Dra. Sandra Gordilho, médica na Clínica Elementhare, em Salvador (BA), com especialização em nutrologia e endocrinologia, a andropausa faz com que os hormônios masculinos vão diminuindo gradativamente, e o mais importante deles é a testosterona. “Durante essa fase, existem mudanças físicas e psicológicas que ocorrem de forma diferente, dependendo da intensidade da queda hormonal, estado geral de saúde e qualidade de vida. Dentre elas, destacamos fadiga, depressão, diminuição da força muscular, irritabilidade, envelhecimento acelerado da pele e, na maioria das vezes, diminuição da libido”, diz.

P.E.: Quais são os principais cuidados com a pele (rosto e corpo) que o homem deve ter todos os dias? R.L.F.: Os cuidados básicos são: itens de limpeza facial e xampus que sejam próprios para cada tipo de pele e cabelo, desodorantes que se adaptem à axila com pelos, pós-barba que não contenha álcool, cremes e protetores solares que não sejam oleosos – prefira aqueles com formulação oil-free.

P.E.: A beleza começa de dentro pra fora, com uma alimentação equilibrada. Qual é a dieta mais adequada para se ter saúde e, de quebra, um visual bonito, pele bem cuidada, unhas e cabelos fortes? R.L.F.: Não há uma receita específica para a pele. Uma dieta saudável e a hidratação adequada fornecerão os substratos necessários para um belo visual.

O tratamento da andropausa passa por vários níveis, como reeducação alimentar, equilíbrio na composição corporal, atividade física adequada e, dependendo do grau, reposição hormonal. “A opção mais utilizada e segura são os hormônios bioidênticos, que devem ser prescritos apenas quando houver deficiência, mediante consulta médica, confirmação laboratorial e sintomas físicos”, ensina Dra. Sandra.

NA PRATELEIRA

s le e a r a p te n e lm ia c e p s E

1

2

3

4

1- ESFOLIA E SUAVIZA A PELE, ABRINDO O CAMINHO PARA UM BARBEAR MAIS RENTE E CONFORTÁVEL. Exfoliating Pre-Shave Scrub Dove Men+Care Expert Shave. 2- ALÍVIO IMEDIATO PARA A PELE BARBEADA. Bálsamo After Save/Pós-Barba Nivea Men Originals Hidratante. 3- PROTEGE A PELE CONTRA OS EFEITOS DO BARBEAR, PROMOVE HIDRATAÇÃO E RENOVAÇÃO CELULAR. Espuma de barbear Bozzano B-Effect System. 4 - 10 VEZES MAIS PROTEÇÃO CONTRA O ODOR DA TRANSPIRAÇÃO. Sabonete Líquido Protex for Men. Estes produtos podem ser adquiridos pelo www.drogariasaopaulo.com.br

FOTOS: DIVULGAÇÃO DROGARIA SÃO PAULO

P.E.: O homem que faz a barba diariamente precisa ter alguns cuidados especiais com a pele do rosto? Quais são eles? R.L.F.: Basta seguir as seguintes orientações: Renovar as lâminas descartáveis com frequência. Higienizar adequadamente as lâminas após o uso. Usar espuma adequada para essa finalidade. Barbear-se no sentido dos pelos. Evitar uso de pós-barba alcoólico. Utilizar produtos calmantes no pós-barba, como loções com função de restauração da barreira da pele. Água morna antes de barbear-se e fria após o procedimento. A água fria pode ser substituída por spray de água termal. Pessoas com alergia ao metal das lâminas, pele acneica ou com tendência a encravamento dos pelos devem dar preferência ao barbeador elétrico. Uso de água morna amolece os pelos, facilitando o corte. Os cremes específicos são desenvolvidos para permitir um ótimo deslizamento das lâminas sobre a pele, contribuindo com a redução do atrito e do traumatismo. O barbeador elétrico é uma excelente opção a todos, mais especialmente para aqueles que têm alergia ao contato com o níquel contido nas lâminas, pele acneica ou que apresentam encravamento frequente dos pelos, a chamada pseudofoliculite da barba (mais frequentes em negros e afrodescendentes). Como seu barbear é menos rente, ele minimiza significativamente o risco do encravamento, além de ser menos traumático, pelo fato de a lâmina não tocar diretamente a pele. O anteparo que impede o contato das lâminas com a pele pode evitar, também, as alergias de contato ao metal delas.

26

homem.com.indd 26

03/06/14 12:52


anuncios_dsp.indd 4

03/06/14 12:08


POSITIVO

POR FERNANDA MENDONÇA

DÊ ADEUS AO

desconforto abdominal Náuseas e queimação são alguns dos sinais de H. pylori. A doença pode ser diagnosticada através de um exame simples e indolor e tem tratamento

28

positivo.indd 28

03/06/14 12:53


M

etade da população brasileira convive com uma bactéria no estômago chamada H. pylori, só que nem todo mundo sabe disso, pois muitas vezes a doença não provoca nenhum sintoma. É o que explica o Dr. Wilson Paulo dos Santos, chefe do serviço de gastroplastia do Hospital Angelina Caron, da cidade de Campina Grande do Sul, no Paraná. A boa notícia é que a doença pode ser diagnosticada por meio de exames indolores, como a endoscopia, por exemplo. O tratamento também é simples, “feito com antibióticos associados com um medicamento que bloqueia a secreção ácida. Costuma durar de 7 a 10 dias”, detalha Dr. Jaime Natan Eisig, médico assistente do Hospital das Clínicas da FMU de São Paulo e membro da Sociedade Brasileira de Gastroenterologia (SBG).

FOTOS: © ALLIANCE, © ALESSANDRO CAPUZZO E © SUNNYS / FOTOLIA

ENTENDA A DOENÇA

“A infecção causada pelo H. pylori, em geral, é adquirida na infância, através da ingestão de água e alimentos contaminados”, explica Dr. Santos. “Por isso, a melhor forma de prevenção é melhorar as condições higiênicas da população”, completa Dr. Jaime Natan, acrescentando que as regiões mais pobres são as mais afetadas pela bactéria. Apenas a presença da H. pylori no organismo não causa sintomas, porém, quando existe o desenvolvimento de doenças da mucosa gástrica, tais como úlcera ou gastrite, podem surgir alguns sinais. “Náuseas, sensação de estômago cheio após a ingestão de alimentos, má-digestão, queimação e dor abdominal”, salienta Dr. Santos. Muitas pessoas sentem esses desconfortos, mas não vão ao médico, pois acreditam que o sintoma foi provocado por algum alimento que “não fez muito bem” e que será passageiro e é ai que está o perigo. “Em indivíduos mais suscetíveis à bactéria, pode haver o desenvolvimento de úlceras, e em 1%, o desenvolvimento do câncer de estômago”, alerta Dr. Jaime Natan.

quatro semanas de tratamento, podem ser realizados novos exames para confirmar a cura. “São exames de sangue, fezes ou exame endoscópico, que é indolor e permite colher fragmentos da mucosa gástrica para análise microscópica”, comenta.

ALIMENTE-SE BEM! A H. pylori é responsável pelo grande número de casos de gastrite, salienta Dr. Natan Eisig. Quem sofre com a doença deve evitar alimentos gordurosos e fazer uma alimentação rica em fibras. “Não consumir grandes quantidades de alimentos, principalmente à noite. Comer cerca de seis vezes ao dia e realizar atividades físicas regulares também é importante”, orienta Dr. Sérgio Barrichello, que é cirurgião geral e endoscopista, da Clínica Healthme, de São Paulo. Segundo ele, a constipação intestinal também aumenta os sintomas gastroesofágicos. “Por isso, alimentos laxativos, como mamões e ameixas, também devem fazer parte do cardápio”, indica.

CUIDE-SE!

O ideal é, sempre que sentir algum desconforto, procurar um médico especialista. Ele pedirá exames para saber se existe ou não algum tipo de infecção. “Uma vez diagnosticada a bactéria, os antibióticos devem ser utilizados conforme a recomendação médica, eles eliminam a bactéria do estômago. Também é comum uso de outro medicamento que diminui a produção de ácido clorídrico existente no suco gástrico e auxilia no processo de cicatrização do estômago”, esclarece Dr. Santos. Fazendo o tratamento da maneira correta, os índices de erradicação da doença ultrapassam 90%, garante o médico paranaense. Segundo ele, após

ATENÇÃO! Todos os pacientes que se submeterem à cirurgia bariátrica devem fazer esses exames e erradicar a H. pylori, caso seja diagnosticada. “Essa conduta ajuda a diminuir os riscos de lesões do estômago, como ulceras, no pós-operatório”, ratifica Dr. Paulo dos Santos.

29

positivo.indd 29

03/06/14 12:53


VIVA LEVE

POR MIRELLA STIVANI

A CROMOTERAPIA

COMO TRATAMENTO A terapia, que utiliza as cores em frequência de luz, pode trazer ao paciente o equilíbrio físico e mental e curar alguns tipos de doenças

30

viva leve.indd 30

03/06/14 13:18


A

cromoterapia é o uso da energia das cores para o equilíbrio e a harmonização do organismo. Cada cor tem um comprimento de onda e emite uma frequência vibratória. Com isso, são produzidos estímulos diferentes no corpo. A intenção é tratar não apenas os sintomas de algum problema, mas também o que está causando o desequilíbrio do organismo. A cromoterapia é feita a partir de uma caneta, que possui um cristal em sua extremidade. O cromoterapeuta faz uma prévia avaliação e, só então, escolhe a cor do cristal e o lugar onde ele será colocado. A frequência das cores estimula o corpo a restabelecer suas forças naturais, levando-o à cura. Mas vale ressaltar que o uso dessa terapia não dispensa o tratamento médico tradicional. Confira a seguir a entrevista com Sérgio Areias, especializado em medicina chinesa e membro da Federação Mundial de Medicina Chinesa. Recentemente publicou o livro “Bioinformação – o Elo Perdido da Medicina”, em que descreve várias terapias, entre elas a cromoterapia.

FOTO: © WHITE ROOM /SHUTTERSTOCK

Ponto de Encontro: Conte um pouco sobre a história da cromoterapia. Sérgio Areias: É uma das terapias de bioinformação mais antigas do mundo. Existem registros do uso das cores para fins medicinais desde os antigos egípcios, babilônios, chineses, indianos e gregos. No século 18, o cientista alemão Johann Wolfgang von Goethe pesquisou por 40 anos os efeitos terapêuticos das cores. Um dos precursores modernos dessa disciplina é o físico alemão Fritz Albert Popp (PhD), fundador do Instituto Internacional de Biofísica, que, com suas pesquisas, provou a existência de biofótons – partículas de luz que transmitem informações entre as células vivas. Seu trabalho mostra que o DNA em uma célula armazena e libera fótons (partículas de luz), criando “as emissões biofotônicas”, que podem ser analisadas como um padrão para a doença ou a saúde. A partir da premissa de que as células humanas exibem suas propriedades de luz, e que essa luz e cor sofrem modificações no sistema de informação do corpo, estas podem ser utilizadas no auxílio da restauração da saúde. P.E.: Ou seja, é possível tratar doenças com a terapia das cores? S.A.: Sim. Nas terapias complementares, busca-se o equilíbrio dinâmico das funções do corpo, e, usando um estímulo tão sutil como as cores, não invasivo, podemos promover uma melhor circulação de energia vital e consequentemente a melhora de suas funções. As terapias complementares não atuam contra as doenças, mas a favor da saúde (bio). Tais terapias buscam a integridade do biossistema humano e utilizam substâncias originárias dos processos vitais e procedi-

A frequência das cores estimula o corpo a restabelecer suas forças naturais, levando-o à cura. Mas vale ressaltar que o uso dessa terapia não dispensa o tratamento médico tradicional mentos orientados às funções mantenedoras da vida. A cromoterapia pode ser aplicada em todos os casos de adoecimento, pois não é excludente e sim integrativa, não há contraindicação. P.E.: Como é feito o tratamento com a cromoterapia? S.A.: Os cromoterapeutas usam uma lanterna com lentes coloridas removíveis e indicam um tratamento com cores para os diversos desequilíbrios de saúde. Uma das grandes vantagens da escolha dessa terapia de bioinformação é que a luz oferece um tratamento delicado, indolor, não invasivo e sem efeitos colaterais. P.E.: Quais são as cores utilizadas nos tratamentos? S.A.: São as seguintes: Vermelho Laranja Amarelo Verde Azul Anil Violeta

efeito estimulante, ajuda na melhora da circulação sanguínea. efeito descongestionante. efeito estimulante, principalmente dos sistemas linfático e intestinal. efeito equilibrador das funções cerebrais. efeito relaxante, reconstrutor, analgésico. efeito calmante, equilibrador de disfunções emocionais e mentais. efeito desintoxicante, equilibrador de células e tecidos, tranquilizador do sistema nervoso.

No sistema de Peter Mandel, ocorreu uma ampliação do sistema de cores dependendo do objetivo do tratamento: as cores alma/espírito (rosa, turquesa, verde luminoso e magenta) são usadas para tratamentos psicológicos; a luz infravermelha, por sua vez, é utilizada em determinada frequência para tratamentos da dor. Recentemente ele também desenvolveu terapias usando três escalas de luz cinza e também com luz ultravioleta. P.E.: Existem dados que comprovem a eficácia dessa terapia? S.A.: A cromoterapia faz parte da relação das principais terapias complementares reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) desde 1976, de acordo com a Conferência Internacional de Atendimentos Primários em Saúde.

31

viva leve.indd 31

03/06/14 13:18


DIA A DIA

POR MARIA HELENA BELLINI

DO SEU

jeito

Você é um ser humano único e, como tal, pode ter (ou mesmo produzir) peças exclusivas para revelar ao mundo o seu estilo e a sua personalidade

C

ustomizar está em alta. Significa dar vida nova a algo já usado (em bom ou em péssimo estado de conservação) ou mesmo pegar um objeto novo, mas um pouquinho sem graça, e torná-lo exclusivo. A única regra da customização é não ter limites para criar. De sandálias de dedo, passando pelo tom das suas madeixas (sim! O seu cabeleireiro pode fazer uma cor única, só para os seus cabelos), pelas suas roupas, produtos editoriais (como esta revista, que é customizada, isto é, feita só para você, cliente), chegando a móveis, objetos de decoração, utensílios domésticos, como geladeiras até carros, helicópteros e motos – absolutamente tudo pode ser reelaborado para ter a sua cara e o seu estilo. Pensando bem, nossas avós já faziam isso com tricô, crochê e retalhos de tecidos que aplicavam em guardanapos de cozinha, toalhas de mesa, de banho e tantos outros itens que elas produziam, e que a nossa vã filosofia nem ousaria sonhar.

TUDO SE CRIA

Coleção Território Africano

A produção de peças únicas e exclusivas também passa pela utilização de materiais tão inusitados como, por exemplo, aquelas fitinhas do Senhor do Bonfim estampando camisetas brancas. Se você nunca tinha pensado nessa possibilidade, a estilista Nea Santtana pensou. Toda essa diversidade étnica e estética do tabuleiro cultural baiano inspirou a profissional, apaixonada por moda desde pequena, quando já frequentava os vários festejos populares de sua cidade, em especial o cortejo da Lavagem do Bonfim. Aliás, essa paixão foi despertada nela aos 7 anos, quando ganhou de sua mãe, Maria do São Pedro (a Dona Pêu), sua primeira máquina de costura. Dona Pêu é professora de corte e costura, e ensinou à filha todos

32

DiaaDia_OK.indd 32

03/06/14 13:19


os passos do ofício. “Quando criança, eu participava da procissão do Senhor do Bonfim e, quando chegava em frente à igreja me encantava com aquelas milhares de fitinhas que os fiéis amarravam ali. Uma a uma, as pessoas depositavam nesse pequeno pedaço de pano três pedidos do seu coração. Essas imagens nunca saíram da minha mente. Aos 17 anos, comecei a fazer bolsinhas usando muitas dessas fitinhas em cada uma e pensava: ‘Olha o tanto de boa sorte que as pessoas vão ter agora... com tantas fitas em uma única peça’. Com elas, também fiz uma bandeira do Brasil, de 1,80 m x 1,60 m para colocar na fachada de casa nas festividades do dia 2 de julho – Independência da Bahia”.

ANDAR COM FÉ

Nea Santtana customiza tudo que encontra pela frente e que, na sua opinião, não está bom desse jeito. Até os espelhos dos interruptores de luz ela faz

BLOGUEIRAS CRIATIVAS

FOTOS: RICARDO KONKÁ E ARQUIVO PESSOAL DAS ENTREVISTADAS

TUDO SE TRANSFORMA

A blogueira de Brasília (DF) Fernanda Borges ensina que o olhar criativo de cada um definirá o que pode ser feito em determinado objeto, roupa etc. A criativa explica como customizou uma geladeira enorme. “Utilizei papel adesivo, mas antes de iniciar o trabalho, procurei algumas dicas na internet, para ter segurança com o material. Além disso, por ser um objeto maior, sabia que precisaria de tempo para executar. Reservei uma tarde toda só para isso. Customizei a geladeira velhinha, encapando-a com o papel adesivo, com calma e cuidado para que ficasse uniforme. Mas não tem segredo não. Basta fazer com atenção que dá certo”, ensina. O passo a passo da transformação dessa geladeira está no blog de outra criativa, a Juliana Prado: www.sabedorianolar.com. Segundo Fernanda, as pessoas estão finalmente acordando para uma realidade que está aí. “Em contrapartida, elas têm percebido que existe uma enorme satisfação em customizar algo e ver que conseguiram economizar, deixaram o objeto personalizado e com cara nova. Essa tendência está forte, embora ainda existam aqueles que achem a customização algo brega, algo de gente sem recursos financeiros. Eu não concordo. Entendo a customização como um ato de pessoas inteligentes”, enfatiza.

diferente. Tem o passo a passo no YouTube (DIY - Customizção de Tomadas de NEASANTTANA). Os armários da cozinha ganharam tecidos coloridos para cobrir as portas, as cores das paredes do quarto dela são personalizadas, a geladeira, abadás, potes de plástico... Enfim, tudo se transforma nas mãos de Nea. Sua criatividade a levou aos programas da Rede Globo, como “Mais Você” e “Jornal Hoje”, e seus tutoriais de “Como fazer...” estão na internet com milhares de visualizações. Andar com Fé é o nome da coleção de rasteirinhas

FAÇA VOCÊ MESMO

Mariely Del Rey é blogueira e webdesigner em Votuporanga (SP) e curte tanto a customização de roupas e objetos que criou um blog, uma página no Facebook e uma no Twitter, além de um canal no YouTube sobre o tema. Segundo ela, a customização dá liberdade de expressão às pessoas. “Com tanto acesso à informação, é possível encontrar muitos tutoriais ensinando o passo a passo do que a sua imaginação quiser reaCamiseta customizada lizar. Agora as pessoas se aventuram por Sarah Jéfer Luz mais, estão conhecendo esse universo tão gostoso de colocar a ‘mão na massa’. A nossa geração é a DIY (sigla da frase em inglês ‘do it yourself’, isto é, ‘faça você mesmo’). Quem customiza tem outro olhar para o que seria jogado fora. No blog, exploro isso na seção ‘Nova Vida Para’, em que mostro que objetos já sem utilidade podem se transformar em outros, mais bonitos e úteis”, complementa.

Camiseta e tênis customizados por Mariely Del Rey

MAIS INFORMAÇÕES Nea Santtana: www.neasanttana.com e www.facebook.com/Nea-Santtana Fernanda Borges é colaboradora no www.sabedorianolar.com Mariely Del Rey: customizando.net e www.youtube.com/customizando

33

DiaaDia_OK.indd 33

03/06/14 13:19


CURTAS E QUENTES

livro • música • filme • teatro A CULPA É DAS ESTRELAS Hazel é uma guerreira que luta contra uma doença terminal. Até que um dia, por influência de sua família, ela topa participar de um grupo de apoio. Lá, além de conhecer muitas pessoas que enfrentam situações parecidas com a sua, ela encontra Augustus, um rapaz que muda completamente a sua vida. Nos cinemas.

OS MUPPETS 2 Uma nova aventura de Caco, Miss Piggy, Gonzo, Animal e companhia. Desta vez, Gary (Jason Segel) e Mary (Amy Adams) não estarão presentes na história, que envolverá um pouco de mistério, satirizando filmes do gênero policial. A animação é inspirada em “A Grande Farra dos Muppets”. A direção é de James Bobin, e o roteiro, de Nicholas Stoller. Nos cinemas.

AS AVENTURAS DE NEWNEU, O SUPERNEURÔNIO Se a funcionalidade do cérebro é complexa até para adultos, imagina para crianças? Com objetivo de simplificar o assunto, a psicopedagoga Adriana Fóz produziu esse livro, que conta com personagens que fazem referência a dois cientistas: Albert Einstein, como o garoto Albert Spertoviski, e Isaac Newton, como o superneurônio Newton. Matrix Editora.

VERDADE, UMA ILUSÃO O novo CD e DVD de Marisa Monte já está nas lojas físicas e digitais. O trabalho traz o registro da turnê que visitou 20 cidades do Brasil e 12 do exterior. Elogiado pelo público e pela crítica, o show foi eleito o melhor de 2013 pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). A cantora também conquistou o título de Artista do Ano pelo iTunes Brasil e pela revista “IstoÉ”.

CIRCO Trata-se do novo trabalho do fotógrafo Gustavo Malheiros, composto por 143 fotos, todas em preto e branco. O livro, que tem 264 páginas, é dividido em quatro capítulos: “Alegria”, “Dor”, “Olhar” e “Show”. Os textos são assinados por renomados profissionais de circo. A obra conta ainda com coordenação editorial de Silvana Monteiro de Carvalho, Junior Perim, Paulo Feres Paixão e Maria Duprat. Editora Arte Ensaio.

34

Curtas e quentes.indd 34

04/06/14 11:58


anuncios_dsp.indd 3

03/06/14 12:09


ÁGUA NA BOCA

Torta de palmito

Receita gentilmente cedida por Bunge Brasil

• • • • • • • • • • • • • • •

MASSA 200 g de margarina 1 ovo batido Sal a gosto 100 ml de creme de leite 300 g de farinha de trigo RECHEIO 3 colheres (sopa) margarina 100 g de cebola picada 1 dente de alho picado 400 g de palmito pupunha picado em conserva 1 xícara (chá) de requeijão 3 ovos cozidos e picados Salsinha picada a gosto Cebolinha picada a gosto Sal a gosto Ovo batido para pincelar

MODO DE FAZER

MASSA • Coloque a margarina na batedeira e bata na velocidade lenta usando o globo. Acrescente o sal e, aos poucos, os ovos batidos. Adicione o creme de leite e bata até formar um creme. Misture a farinha de trigo até obter uma massa homogênea. Resfrie por uma hora antes de abrir. RECHEIO • Refogue na margarina o palmito com a cebola picada e o alho. Despeje tudo em uma tigela: o palmito refogado, o requeijão, os ovos picados, a salsinha e a cebolinha. Misture tudo e acerte o sal. Reserve. Com 350 g de massa, cubra o fundo e a lateral de uma assadeira redonda para tortas com fundo removível (20 cm de diâmetro e 4,5 cm de altura). Preencha com o recheio e use o restante da massa para cobrir e decorar a torta. Pincele a massa com o ovo batido. Asse em forno préaquecido a 160 OC por aproximadamente 45 minutos.

FOTO: DIVULGAÇÃO / BUNGE BRASIL

INGREDIENTES

36

Agua na boca.indd 36

03/06/14 13:22


anuncios_dsp.indd 5

03/06/14 12:10


Migalhas são pedacinhos Que na hora da comida caíram Porque o pedaço maior Com uma bocada só De uma só vez engoliu

REFLEXÕES A chama balança ao vento, Não se apaga; Trêmula, baila sem rumo, Desengonçada; Vezes ereta, a prumo, quase imóvel, Graça e beleza, Oscilante, segue a direção do sopro, Mas, acesa; Sua luz, ora fraca, ora intensa, Mantém o calor, Corpo vivo, exposto ao vento, Não perde o vigor; Na escuridão, com o seu gingado, Serve de guia, Mostra a saída no fim do túnel, Gera alegria; A combinação de chama e vento Faz sentido, Esperança e paz, sopro de vida Ao esquecido; Limitações são estímulos naturais Para enfrentar os desafios, Tal como a chama encara o vento, Apesar dos arrepios.

Também migalhas de afeto Muitos costumam dar Aquele que triste espera Por uma ligação Até a noite chegar

A brisa brinca no rosto que espera, Abrem-se lírios ao luar; Esperança que surge.

E saindo desse turno Sonhei com o meu futuro ao seu lado.

ALGUÉM! Estou precisando de alguém! Alguém que tome banho de chuva. Alguém que tome banho de mangueira comigo. Alguém que me dê um abraço de urso. Um abraço daqueles que poderiam quebrar ossos, Alguém que me faça sentir segurança. Alguém principalmente que não me solte. Alguém que não desista de mim. Alguém que pegue minha mão. Alguém que entrelace os dedos nos meus. Alguém que me empreste o colo. Para eu usar de travesseiro, Alguém que aceite ser meu cobertor nos dias frios. Alguém que me tire o fôlego, Alguém que me tire às palavras, Alguém que me deixe sem reação. Alguém que me beije. Alguém que me beije a ponto de me fazer esquecer meu nome. Alguém que me faça subir até as nuvens, Alguém que me leve ao paraíso, Alguém que me faça perder os sentidos, Alguém que me faça voar à Lua, Alguém que me faça tudo isso e mais alguma coisa, Sempre me mantendo com os pés no chão. Alguém! Apenas um Alguém!

CRISTINA BONETTI LEITORA DA PONTO DE ENCONTRO

MARCOS DANIEL DE SOUZA LEITOR DA PONTO DE ENCONTRO

WAGNER JARDIM LEITOR DA PONTO DE ENCONTRO

Passam dias esperando Alguém dele se lembrar Como se fossem migalhas Em sua casa espalhar Será que isso é necessário? Com tanto amor pra dar Esperar alguém comer do bolo E das migalhas se fartar? O amor é forte e poderoso Basta você se lembrar Quem não come do bolo Das migalhas vai se alimentar! Se você é importante De você alguém vai lembrar Não espere as migalhas Porque do que é bom Nada vai te faltar

ALCEU SEBASTIÃO COSTA LEITOR DA PONTO DE ENCONTRO

Mesmo que seja em pensamento Talvez por ser sincero com você me ocorre um prazer único e inexplicável.

Para alguém você é importante Para o outro, nem pensar Mas o melhor Que se tem na vida É a felicidade armazenar!

E além do prazer em reencontrá-la despertou um pensamento E vi nas brasas de uma fogueira uma morada. Na mesma noite que congelei o meu presente. Pra viver em pensamento o meu passado.

ERIKA BLANK PEREIRA LEITOR DA PONTO DE ENCONTRO

Sob vasta amplidão, redemoinhos ternos de sonhos invadem um coração.

FOTO: © XIXINXING / FOTOLIA. O PRÓPRIO ENVIO DAS POESIAS JÁ CARACTERIZA AUTORIZAÇÃO E CESSÃO DE USO PARA PUBLICAÇÃO.

MIGALHAS Após o café da manhã Migalhas encontradas no chão A Lulu da casa entrou E delas se alimentou

alguém

FINAL FELIZ

Escreva para: pontodeencontro@profashional.com

38

FINAL FELIZ.indd 38

03/06/14 13:25


anuncios_dsp.indd 10

03/06/14 12:11


anuncios_dsp.indd 9

03/06/14 12:11


Revista Ponto de Encontro ed 50