Issuu on Google+

Esta é uma publicação oficial da Drogaria São Paulo distribuída exclusivamente para seus clientes.

A REVISTA DA DROGARIA são Paulo

EDIçÃO 16

outubro/novembro 2008

isis valverde a nova queridinha do Brasil

Perfeito > Sorriso Descubra o que

fazer para tê-los

sua > Exercite memória as > Resgate brincadeiras do passado e divirta-se

SAúde

|

b e m - e s ta r

|

estilo de vida

|

c u lt u r a

|

g as t r o n o m i a

|

beleza


editorial

“O sorriso enriquece os recebedores sem empobrecer os doadores.”

(Mário Quintana)

Querido leitor, talvez este seja um dos pensamentos mais sábios de Mário Quintana, e uso-o como filosofia de vida para seguir a cada dia. Sorrio quando choro e sou capaz de derramar muitas lágrimas quando gargalho. Sorrio da vida e para a vida. Sorrio, pois tenho tudo: amigos, família, sonhos, saudades, vontades, curiosidades e, principalmente, amor. Sobrevive aquele que não sorri? Creio que não, pois, por mais difícil que seja qualquer instante, o sorriso tem sempre de estar engatilhado para fazer o dia de alguém mais feliz. Sorrir é algo essencial para a vida, e um sorriso tem de ser saudável. Foi pensando nisso que preparamos um especial sobre higiene bucal. Nossas dicas vão desde a escovação infantil até a da terceira idade. Como sorriso está diretamente ligado à alimentação, que tal saber como aproveitar melhor seus alimentos, desde a casca até o caroço? Para descontrair, preparamos dicas ótimas de brincadeiras antigas, que são sempre bem-vindas nas férias e finais de semana. E, para combinar com esse clima de pura diversão, escolhemos Isis Valverde para estampar nossa capa. A moça é a atriz revelação do momento e mostra que seu lado mulher se entrelaça com seu jeito menina-moleca de maneira harmônica. Você ficará encantado! É bom ver você em mais este “ponto de encontro”; curta cada página, pois esta revista é sua. Abraços e boa leitura!

>>>

Sandra Teschner Publisher

pontodeencontro@profashional.com

>3


índice

>

8

>

De Frente para o Espelho

Velhos Costumes Novas Idéias

Dicas para você ter um sorriso saudável

Brincadeiras divertidas

1Positivo 2

14

>

6

Vida Simples

Ginástica para treinar a memória

Slow Life – uma filosofia de vida

22

24

Hortas na Drogaria São Paulo

Ótimas dicas para as horas de lazer

Monte sua farmacinha

Curtas e Quentes

>

> 26

Nutre + Ação A melhor maneira de aproveitar os alimentos

Isis Valverde Ela conquistou o Brasil

>

20

Espaço Consciente

16

Criança na área

28

Água na Boca

30

final feliz Sorria sempre

Banana ao forno: uma ótima sobremesa!

>>>>>>>>> expediente Publisher: Sandra Teschner pontodeencontro@profashional.com Jornalista Responsável: Adriana Rosa – MTB 47337 Conselho Editorial: Adriana Rosa, André Elias Gonçalves, Carla Silva, Lilian Nezi, Rafael Medeiros, Sandra Teschner e Sueli Miguel Jornalistas: Marisa Abel, Maria Helena Bellini, Mirella Stivani e Natália Schener Direção de Criação: Flávia Matsunaga

4

<

Edição de Arte: Claudia Carvalho

Cartas: pontodeencontro@profashional.com

Designers: Alice Hecker, Eric Ono, Felipe Sued e Danielle Lima

Publicidade: Drogaria São Paulo

Revisão: Lilian Regato Garrafa Colaboradores: Andrea Goldmann, Carl Honoré, Carlo Petrini, Cenia Salles, Cícero Ermínio Lascala, Fabiana Miura, Jorge Mello, Luciana Braz, Maria Fernanda Hussid, Paulo Jannuzzi Cunha e Rodrigo Gonçalves

Atendimento ao Cliente: Tahis Papeckys – (11) 5051-4084 atendimento@profashional.com A revista Ponto de Encontro é uma publicação da Profashional Editora Ltda., sob licença da Drogaria São Paulo, dirigida aos seus clientes e distribuída em suas filiais.

Tiragem: 200.000 exemplares

Sac 0800 15 20 70

Profashional Editora Ltda. Av. Jandira, 843 – Moema São Paulo – SP – CEP 04080-005 Fone (11) 5051-4084 / 5054-3251 www.profashional.com

Os artigos assinados são de inteira responsabilidade dos autores e não representam a opinião da revista, da Editora ou da Drogaria São Paulo. É permitida a reprodução das matérias e dos artigos, desde que previamente autorizado por escrito pela Editora e com crédito da fonte.


espaço do leitor Tenho uma filha de 6 meses e gostei bastante do passo a passo da Shantala. Uso sempre um óleo e foi um momento muito gostoso massagear o meu bebê. Além de ser saudável para ela, foi um delicioso momento entre mãe e filha. Aconselho a todos!

ISABELA ARANTES PEREIRA São Paulo – SP

Esses dias, peguei a revista na Drogaria e fiquei muito impressionado com a qualidade dos assuntos tratados. Parabéns pela publicação.

ADAILSON DOS SANTOS

Parabéns pela maneira como vocês abordaram o assunto “pessoas com deficiência”. É muito importante dar valor a essas pessoas.

JAILSON DOS SANTOS LIMA São Paulo – SP

São Bernardo do Campo – SP

EUNICE DE MIRANDA

Gostaria de expressar a minha satisfação ao ler a matéria sobre mel e própolis. Consumo os dois e foi muito importante saber como usá-los e para que ambos são indicados. Abraços.

Jaçanã – SP

RENATA MARIA DUARTE

LUCILENE BRAGANÇA

São Paulo – SP

Santo André – SP

>>> ImageNS DAS BICIClETAS meramente ilustrativaS.

Fiquei muito contente de ter participado do concurso cultural. Não ganhei, mas já valeu. Gostaria que vocês fizessem mais concursos, porque assim a gente interage mais com a revista. Agradeço a atenção de vocês.

Pessoal, adoro conferir as frases do final da revista. São lindas e muito profundas. Quero ver se me inspiro para escrever algumas e enviar a vocês. Um beijo.

vencedores do Concurso Cultural “Eu e Meu Pai somos grandes amigos”

Na edição passada, fizemos o Concurso Cultural “Eu e Meu Pai Somos Grandes Amigos”. Confira os vencedores que levarão para casa duas bicicletas cada: Daniel Saran Fonseca São Bernardo do Campo – SP

Neide de Oliveira Gomes São Paulo – SP

Nathalia da S. Santos e Gustavo da S. Santos – Mauá - SP

>5


velhos costumes, novas idéias

Por adriana rosa

Do fundo do baú >>> Na era do videogame e da Internet, algumas brincadeiras tradicionais são deixadas de lado. Que tal resgatálas e se divertir com os mais novos?

>

Batata quente

>

Elefantinho colorido

Todos em roda, sentados no chão, com um objeto que vai passando da mão de um para o outro, enquanto se canta a seguinte canção: – “Batata que passa quente, batata que já passou, quem ficar com a batata quente, coitadinho se queimou”. Quando se disser “queimou”, a pessoa que estiver com o objeto na mão será eliminada. Ganha o último que permanecer na roda.

6

<

As crianças ficam em roda e uma delas fala: – “Elefante colorido!”. As demais perguntam: – “De que cor ele é?” A criança escolherá uma cor

e as outras deverão tocar em algo que tenha essa cor. Quem não achar a cor será pego pelo elefantinho.

>

Estátua

>

Lenço atrás

Uma criança é a líder da brincadeira. Todas as outras ficam dançando e girando. Quando a líder disser “estátua”, todas deverão ficar imóveis. Quem se mexer estará fora. Vence quem ficar parado por último.

Após tirar a sorte para ver quem ficará com o lenço, os participantes deverão sentar-se em roda com as pernas cruzadas. Quem estiver segurando o lenço correrá ao redor da roda enquanto o grupo fala: – “Corre cutia na casa da tia, corre cipó na casa da avó. Lencinho na mão caiu no chão, moço bonito do meu coração.” O dono do lenço, então, pergunta: – “Posso jogar?” E todos respondem: – “Pode!” Um, dois, três! A pessoa que estiver com o lenço o deixa cair atrás de alguém da roda. Este deverá perceber, pegar o lenço e correr atrás de quem jogou antes que este sente no seu lugar. Se conseguir pegar aquele que jogou, ele será o próximo a jogar o lenço; se não conseguir, quem jogou o lenço continuará segurando-o para jogar atrás de outra pessoa. >>>

foto: levendula

Os brinquedos estão cada vez mais modernos, as bonecas são quase reais, os jogos on-line retratam fielmente campos de futebol, cidades e até o espaço e cada empresa busca a perfeição para atrair a atenção dos pequenos consumidores. Tudo isso causa hipnose nas crianças, mas é importante mostrar aos pequenos que muitas brincadeiras do passado são ótimas opções para se divertir. Confira nossas dicas e faça uma viagem no tempo.


de frente para o espelho

Por mirella stivani

Cuidando da saúde bucal

Q

>>> Aprenda como ter dentes perfeitos, gengivas saudáveis e um hálito puro

>

AFINAL, O QUE É CÁRIE?

A cárie é um processo de destruição dos dentes, causada por microorganismos que habitam a boca. Tudo culpa da placa bacteriana, uma película pegajosa e incolor, formada por açúcares e bactérias. Após uma refeição, se não for feita a devida limpeza, as bactérias aproveitam os restos de alimentos e retiram deles os nutrientes de que precisam para se desenvolver. A placa, por sua vez, libera um ácido que ataca os dentes. Primeiro, aparece uma mancha branca, depois um buraco. Se a cárie não for tratada, poderá atingir vasos e nervos.

8

<

>

XÔ, GENGIVITE!

>

HIGIENE CORRETA

A presença da placa bacteriana ou tártaro (placa endurecida) na boca pode causar a gengivite (inflamação das gengivas). No estágio inicial, é possível reverter a situação, mas, se a doença evoluir, logo se transformará em periodontite, infecção que ataca e destrói as estruturas de sustentação dos dentes (gengiva, osso e ligamentos). Quem sofre do mal apresenta gengivas vermelhas e/ou retraídas, inchadas e que sangram durante a escovação ou o uso do fio dental. Em algumas pessoas manifesta-se também mau hálito. Nos casos mais simples, a correta escovação e a utilização do fio dental já resolvem o problema. Quando há muitas placas de tártaro, é recomendável fazer uma limpeza mais profunda com o especialista. De qualquer maneira, sempre consulte o dentista para saber qual o tratamento indicado. Só não demore a procurar ajuda: nas situações mais graves, pode ocorrer perda dos dentes.

Para ter dentes perfeitos e gengivas saudáveis é preciso seguir uma série de passos. Primeiramente, lembre-se de que escovas com cerdas macias são as mais recomendadas pelos dentistas. Também não adianta apenas escovar os dentes: a higiene precisa ser feita da forma correta. “Deve-se colocar a escova inclinada 45 graus em relação aos dentes, tocando, além destes, a gengiva. A escovação deve ser executada

Fotos: stockxpert e arquivo profashional

Quer ter um sorriso nota dez? Então, preste muita atenção à higiene bucal diária. Só assim é possível prevenir problemas desagradáveis como cáries, gengivites e halitose (mau hálito). Com o uso correto da escova e fio dental, seus dentes ficam livres do acúmulo de resíduos alimentares e, conseqüentemente, da formação de placa bacteriana. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), no Estado de São Paulo, cada boca de pré-adolescente tem em média 2,5 dentes com cárie. A meta para 2010 é que, com 12 anos de idade, as pessoas tenham no máximo um ou dois dentes careados, obturados ou perdidos. Mas, para que isso ocorra, os cuidados devem começar desde cedo. “A cárie ainda é a maior vilã dos problemas bucais entre os brasileiros, está mais presente até os 20, 25 anos. Depois, aumentam os episódios das doenças da gengiva. As desarmonias dentárias também são um problema constante, como má oclusão e distúrbios da ATM (articulação temporomandibular), bruxismo (ranger os dentes durante o sono), apertamento dentário, além de distúrbios da respiração bucal e atresia maxilar (mordidas cruzadas)”, relata Cícero Ermínio Lascala, mestre e doutor em Diagnóstico Bucal pela USP (Universidade de São Paulo), especialista em ortopedia facial e funcional dos maxilares e periodontia.


Clareamento – “Existem dois tipos: um é realizado no consultório com clareadores à base de peróxido de hidrogênio. O procedimento dura cerca de uma hora e os resultados já podem ser vistos na primeira aplicação. O caseiro é realizado com uso de moldeiras que o paciente leva para a aplicação do gel clareador. Neste caso, a concentração do produto é menor, e a reação de clareamento é mais lenta.” Facetas de porcelana – “São lâminas muito finas que recobrem o lado de fora dos dentes, corrigindo imperfeições de cor, forma e posicionamento, principalmente de dentes anteriores. É um procedimento muito seguro que traz ótimos e duradouros resultados. A porcelana é um material vítreo que não perde o polimento nem apresenta alteração de cor, por isso tem longa durabilidade. Existem também facetas em resina composta”. Resina – “Apresenta boa durabilidade e resistência e, principalmente, é um material bastante estético, podendo substituir restaurações antigas de amálgama sem nenhum prejuízo.”

mat

e

itufo nso l Se enta va d Esco

Esco

va d

enta

dyn

l2d

e Pr

ufos

ó Es

da B

ifill l Po enta Esco

va d

va d

enta

cket

l Co

San

lgat

e

al-B l Or Esco

Além de uma boca saudável, todo mundo quer ter também um sorriso bonito. Para isso, a odontologia estética é uma ótima opção ao aliar “o útil ao agradável”. A seguir, a dentista Fabiana Miura explica alguns procedimentos que podem ser realizados nessa área:

enta

ODONTOLOGIA ESTÉTICA

>>

eles deixam seu sorriso saudável

va d

>

Ortodontia – “O tratamento com aparelho é mais indicado para resolver o mau posicionamento dos dentes. Porém, em alguns casos, a ortodontia não consegue corrigir totalmente os dentes e também há uma certa relutância quanto à sua aceitação por adultos. Nesses casos existem opções restauradoras, como resina composta direta ou facetas de porcelana.”

Esco

por uma vibração de vai-e-vem sem deslocar a escova, com movimentos de 10 a 15 vezes por grupo de dentes, como se estivéssemos massageando a gengiva. A freqüência da higiene bucal tem de ser considerada como um princípio: escovar os dentes logo após as refeições, depois do café-da-manhã, do almoço, do lanche da tarde, do jantar e, principalmente, antes de dormir. Porque, ao dormirmos, nosso metabolismo diminui e, portanto, a função tampão da saliva, que ajuda a equilibrar o pH, também se reduz. Aí, as bactérias proliferam com mais velocidade”, explica o dr. Cícero. Depois é a vez do fio dental. Use-o, no mínimo, uma vez ao dia. Passe-o suavemente entre as gengivas e os dentes, limpando-os profundamente. Deve-se combinar o movimento de “vai-e-vem” com o de “subida” do fio. Para finalizar, você pode usar um enxaguatório bucal e limpador de língua. E não se esqueça: visite seu dentista periodicamente.

Fio dental Tek

Anti-séptico bucal Listerine

Fita dental Expansion Plus Johnson & Johnson

Aromatizante bucal Halfresh

Fio dental Essentialfloss Oral-B

Enxaguatório bucal antiséptico Cepacol Júnior

Fio dental Pro

Anti-séptico bucal com flúor Colgate Plax Ice

>9


ntal me de

Cre

C

ening

ultiC

yne nsod

tal Se

e den

Crem

Para todos os gostos e idades

hit are W

est M

tal Cr

den reme

>>

sitive

te Sen

Colga

rriso tal So

otal ção T

Prote

ncos

s Bra

Dente

e den

Crem

e Crem

áries

Antic

Gel dental Infantil Malvatri Kids baby

cope

rest S

tal C e den

Gel dental Infantil Tandy

Crem

<

Escovas dentais Infantis Colgate

UM CONSULTÓRIO ESPECIAL A dra. Andrea Goldmann, dentista especializada em crianças, realiza um trabalho bem diferente: ela atende os pacientes fantasiada de personagens infantis. E seu consultório (na realidade, o Mundo Encantado da Dentilândia) é bem colorido e alegre, todo decorado com brinquedos lúdicos. A seguir, ela conta um pouco da sua história: “Os pequenos sempre foram a minha paixão. Desde a faculdade, queria criar um atendimento diferencial para eles. Um dia, resolvi transformar a odontologia ‘preta-e-branca’ (para os meus olhos) em colorida. Em meu consultório, têm dias que sou princesa, Moranguinho, Branca de Neve, fada, Hello Kitty, Cinderela etc. Para os meninos me fantasio de Homem-Aranha, Batman, Super-Homem, Barney e Bob Esponja. Sou precursora desse método e espero que todos os profissionais o utilizem. Mas, para concretizar tal processo, é necessária uma estrutura adequada. Tudo começa na sala de espera, com uma fonte de água e brinquedos educativos para relaxamento. Na sala da consulta se inicia o passeio para o Planeta da Dentilândia, onde tanto a cirurgiã-dentista quanto a secretária recepcionam a criança fantasiadas de coelhinhos, ursinhos ou palhaços. O paciente também recebe uma fantasia a sua escolha e óculos escuros dos mais diferentes formatos. Ao olhar para cima, encontrará um trenzinho circulando; todo o ambiente é enfeitado com macroescovas e pedrinhas coloridas. O fundo musical é recheado com contos odontológicos, que ensinam o que são as cáries, placas bacterianas e como evitá-las. Um ‘escovódromo’ com espelho em formato de dente é utilizado para ensinar como escovar os dentes com a ajuda do sr. Jacaré Dentão. Nesse mundo encantado o refletor passa a ser o sol, a caneta tríplice a chuva e o vento, a alta rotação o avião e a baixa rotação o trenzinho. É uma linguagem figurada que leva a criança a utilizar sua imaginação e tornar sua visita ao dentista um programa divertido. Após cada consulta a criança escolhe um brinde e, no final do tratamento, recebe um diploma. Com isso, os olhares desconfiados das crianças foram trocados por lindos sorrisos. E isso não tem preço!” dra. Andrea e suas pacientes “princesas” >>>

10

Gel dental Infantil Colgate Baby e Colgate Junior

Fotos: arquivo profashional e arquivo pessoal Dra. andrea goldmann

>

te Má

a

l Colg

denta

teção

Pro xima

Gel dental CloseUp Liquifresh


>

positivo

Por MARIA HELENA BELLINI

Ginástica para o cérebro >>> Com o passar do tempo, a capacidade de guardar fatos recentes começa a dar sinais de desgaste. Esse é o momento certo para exercitar mente e músculos, seja qual for a sua idade

Ponto de Encontro: Quais são os benefícios de ter uma boa memória? Paulo Cunha: Muitos. A memória é a nossa vida, a nossa história. Acompanhar as novidades, especial-

mente para o idoso, é algo singular. Há muitos eventos sociais e familiares, como, por exemplo, o nascimento de netos, que podem ser vivenciados de maneira muito mais prazerosa com a memória em dia. PE: Quais doenças podem ser prevenidas ou estabilizadas com os exercícios para estimular a memória? PC: Esses exercícios tendem a estimular a nossa reserva cognitiva, algo que pode melhorar o nosso potencial para realizar diversas atividades. Infelizmente, não há dados científicos que comprovem que essa reserva cognitiva possa prevenir a doença de Alzheimer, por exemplo, que é determinada geneticamente. Entretanto, acredita-se que ela possa, no mínimo, retardar o aparecimento dos sintomas ou reduzir o impacto da doença. PE: Como os familiares podem reconhecer e ajudar o idoso que está com dificuldades para reter a “memória recente”? PC: Um dos primeiros sintomas (e mais significativos) é a perda da memória para eventos novos, chamada popularmente de “memória recente”. É quando o idoso demonstra dificuldade de lidar com eventos atuais ou de acompanhar as informações que fogem da rotina. Podem esquecer-se de datas, nomes de pessoas que conheceram há pouco tempo, repetir a mesma pergunta algumas vezes ou esquecer-se de objetos e compromissos. Como uma forma de compensar as dificuldades, o idoso com esse perfil tende a se apegar a eventos do passado, relacionados a memórias que, geralmente, se mantêm preservadas, mesmo nas primeiras fases de uma doença de Alzheimer. PE: É verdade que existem jogos eletrônicos para idosos? PC: Sim, foram lançados alguns jogos que tendem a estimular certas áreas cerebrais, com repercussões positivas no desenvolvimento de funções de memória e concentração. Mas os estudos ainda são muito incipientes e acredito que há muito por vir nesses próximos anos. >>>

12

<

foto: stock.xchng

Cuidar bem do cérebro é tarefa para toda a vida e deve ser iniciada ainda na infância. O neuropsicólogo Paulo Jannuzzi Cunha explica que é necessário estimularmos diariamente as funções que ele exerce, tais como a concentração, a memória, a aprendizagem, a inteligência e as emoções. A “ginástica” ideal para estimulá-lo é encontrar atividades que melhor se adaptem às características de personalidade de cada um e que proporcionem prazer. “O exercício de lidar com situações novas (fugir da rotina) e desafiadoras, especialmente nos idosos”, conta Paulo, “estimula áreas frontais do cérebro e ajuda em sua flexibilidade mental e na manutenção da qualidade de vida”. Além disso, Paulo explica que o cérebro é uma “máquina” extremamente desenvolvida, e a memória somente funciona se o cérebro tiver boa disponibilidade de energia. “A energia, na forma de glicose, estará disponível se a pessoa seguir uma boa alimentação, sono regular, atividades físicas e se estiver de bem consigo mesma. A própria atividade sexual saudável, moderada e prazerosa pode ser um excelente exercício físico inclusive na terceira idade, e que também pode ajudar nas funções cognitivas e na memorização”, diz Cunha. Veja, a seguir, a entrevista completa com Paulo Cunha, que dá dicas preciosas de como cuidar bem do seu “computador pessoal”.


vida simples

Por Mirella Stivani

Desacelere...

V

>>> O movimento slow life prega uma vida mais simples, em que tudo é feito com qualidade, calma e sem estresse Você tem a sensação de que tudo está passando rápido demais e nunca sobra tempo para nada? Talvez seja a hora de desacelerar e começar a aproveitar melhor os momentos realmente importantes. Muitas pessoas já perceberam que a correria do dia-a-dia afeta diretamente a qualidade de vida. Por isso, adotaram o movimento conhecido como slow life (“vida devagar”) ou slow movement (“movimento lento”) que pretende resgatar os valores essenciais do ser humano. Um dos grandes divulgadores dessa filosofia é o jornalista britânico Carl Honoré. Com seu livro Devagar – Como um Movimento Mundial Está Desafiando o Culto da Velocidade (Editora Record), ele prega a importância de se trocar a quantidade pela qualidade. Antes, ele levava uma vida muito estressante, em que mal tinha tempo de desfrutar da companhia dos próprios filhos. Cansado da situação, decidiu desacelerar e mudou toda sua rotina. Passou a fazer mais pausas durante o trabalho, adotou a meditação, desligou a TV, deu

14

<

mais atenção à família e concluiu que a velha máxima do “quanto mais, melhor” nem sempre funciona. O livro foi traduzido para diversas línguas e virou bestseller mundial, o que proporcionou uma divulgação eficiente do movimento em diferentes países. “O slow life é um estilo baseado na opção consciente por uma vida estruturada em um ritmo mais humano, priorizando o que de fato merece o investimento de sua energia”, explica Jorge Mello, um dos principais divulgadores no Brasil da Simplicidade Voluntária, outra corrente que busca mais qualidade no dia-a-dia.


Criada nos Estados Unidos, na década de 70, surgiu como uma resposta negativa aos padrões da sociedade. “A Simplicidade Voluntária é um conceito que pode receber várias definições, de caráter muito prático e adaptável às realidades individuais. Seus princípios tornam possível viver com opções mais conscientes, desfrutando de mais saúde, prosperidade, liberdade e sentido”, completa Mello, que mantém o site www.simplicidade.net. Seus seguidores procuram ter uma vida materialmente mais comedida, pautada na convivência com a família, amigos e comunidade e no respeito à natureza.

>

Pisando no freio

Quem deseja mudar a forma de viver precisa ter força de vontade para estabelecer novos padrões. Segundo Honoré, algumas atitudes já costumam funcionar, como: • deixe de lado o que não é essencial: isso significa abandonar alguns hábitos ou se dedicar ao que realmente importa; • não seja escravo da tecnologia: quando não for realmente necessário, aproveite para se desligar de celulares e laptops; • dedique-se a alguma atividade que relaxe e proporcione bem-estar: yôga, jardinagem, caminhada, leitura etc. O importante é se sentir bem sem se preocupar em fazer tudo correndo; • faça menos: querer realizar “tudo ao mesmo tempo agora” pode trazer a sensação de que sua vida está passando muito rápido. “Acima de tudo, devemos reservar um tempo para refletir sobre quais são os nossos propósitos nesta existência. E passar a aprimorar um aspecto de cada vez, a partir das suas escolhas pessoais e possibilidades. Os critérios básicos são calma, gentileza e disciplina. Prossiga com tranqüilidade, se possível com a companhia de pessoas que tenham aspirações semelhantes e revise periodicamente suas definições”, finaliza Mello.

>

zer de uma alimentação saudável, consciente, através de elementos simples, como a reeducação do paladar e da administração do tempo para realizar uma boa refeição, de preferência em contato com a família e amigos” explica Cenia Salles, líder do Convivium Slow Food São Paulo. Criado em 1986 pelo italiano Carlo Petrini, o slow food também se opõe à padronização e defende a necessidade de preservar a cultura alimentar de cada país e suas regiões. Em 1989, acabou se tornando uma associação internacional, sem fins lucrativos, cujo símbolo é um caracol. Atualmente, reúne 80 mil membros em mais de 120 países, inclusive do Brasil. “O slow food não só defende a boa comida e o prazer de comer bem, mas, principalmente, encoraja as pessoas a ter uma vida mais slow (devagar). Nos dias atuais, as pessoas deixam de viver com qualidade em função da aceleração do tempo e se dedicam menos ao bem-estar, tratando de cumprir deveres e tarefas e muitos compromissos”, completa Cenia. Quem segue esse esse jeito de ser comemora os resultados. “Não adotei o slow food, na realidade eu me identifiquei com o movimento. Muitas vezes deixo de almoçar ou jantar, por não ter tempo. É errado. Mas só de pensar em ‘engolir-qualquer-coisa-de-qualquer-jeito’, tira meu apetite. Eu me dou o direito de ter prazer à mesa, sentir aromas e sabores com comida boa, limpa e justa. Acredito que somos nós que traçamos nosso destino. Faça um teste, olhe ao redor, dê-se o direito de escolha. Você vai aproveitar melhor seu dia, mesmo com pouco tempo para a refeição”, aconselha Luciana Braz, engenheira elétrica, que tenta aproveitar sua vida da melhor maneira possível. Quem deseja obter mais informações sobre o movimento, pode acessar o site www.slowfoodbrasil.com. >>>

Comendo devagar

Na era do fast-food, perder tempo apreciando uma refeição parece algo fora de cogitação. Não é difícil encontrar alguém que troque os valiosos minutos do almoço ou jantar para resolver questões pessoais ou problemas do trabalho. Mas qualidade de vida também requer uma alimentação balanceada e saboreada sem pressa. Pelo menos é o que defendem os seguidores do slow food. “Seu princípio básico é o direito ao pra-

> 15


womanize-se

Por Adriana Rosa

>>

A explosão de Isis Valverde

>>> Em sua terceira novela e com apenas 21 anos, a atriz torna-se a queridinha do Brasil e mostra que tem talento de sobra. Conheça um pouco mais dessa mineira que arranca suspiros por onde passa

16

<

> 2008 – UMA BELA DESCOBERTA Em seu atual papel na trama de Beleza Pura, Isis Valverde interpreta a engraçada, destrambelhada e apaixonada Rakelli. Sua personagem é expert em unhas, esmaltes e limpeza de pele e, entre uma cliente e outra, consegue armar as maiores confusões, arrancando gargalhadas dos telespectadores. Com uma interpretação tão natural, a atriz cresceu na trama, fazendo com que o Brasil a descobrisse e a adorasse. Isis está com a agenda cheia, mas, muito atenciosa, nos concedeu uma entrevista exclusiva e contou mais sobre sua carreira e como anda sua cabeça em meio a tantas mudanças. Ponto de Encontro: Aos 21 anos você transmite uma segurança gigante no que faz. De onde vem essa garra e determinação? Como foi o início da carreira? Isis Valverde: O caráter é concluído na infância. A família é um ponto muito importante para a construção deste e eu agradeço todos os dias pelo berço maravilhoso que tive. O início da minha carreira foi construído com cautela, e comecei bem pequena no teatro, fazendo algumas peças; virei modelo e, depois, atriz profissional. Já vou para a minha quarta novela. A meu ver, tudo caminhou naturalmente, graças a Deus.

Fotos (inclusive capa): Rodrigo Lopes / Beleza: Ton Reis / Stylist: Cristina França

A atriz Isis Valverde é figura carimbada em colunas de celebridades, capas de revistas e rodas de conversas onde o assunto é atrizes revelações. Isso tudo se deve ao seu talento, que é cada vez mais nítido graças a sua interpretação na novela Beleza Pura, da TV Globo. Considerada a mais nova aposta da teledramaturgia brasileira, Isis está em sua melhor fase profissional, fruto de muito trabalho. Nascida em Aiuruoca, sul de Minas Gerais, a filha de um bioquímico e de uma advogada foi estudar na capital mineira com 15 anos e, morando sozinha com tão pouca idade, viu-se obrigada a amadurecer mais rápido. Foi descoberta por um olheiro enquanto passeava por um shopping da cidade, e em seguida diversos trabalhos surgiram, fazendo com que a então modelo estrelasse campanhas em São Paulo, tendo algumas sido veiculadas no exterior. Com tantos trabalhos no currículo e um book que exaltava sua beleza, foi rápido o surgimento de convites para testes na Globo. Seu primeiro desafio na televisão foi em 2006, quando viveu a tímida e misteriosa Ana do Véu, na novela Sinhá Moça. Sua interpretação no teste foi tão convincente, que desbancou 50 candidatas sedentas à vaga. Em 2007, deixou a imagem de jovem reprimida que criou com Ana do Véu e mergulhou de cabeça na novela Paraíso Tropical, onde atuou em fortes cenas na pele da prostituta Telma. Sua capacidade de interpretar dois papéis tão distintos lhe rendeu muitos elogios e um novo papel, que se tornaria um marco em sua carreira.


>>

“O caráter é concluído na infância. A família é um ponto muito importante para a construção deste e eu agradeço todos os dias pelo berço maravilhoso que tive” Isis Valverde

> 17


>>

“Enquanto estiver com vida e saúde, estarei sempre no campo de batalha. Cinema e teatro, me aguardem! (risos)” Isis Valverde

18

<


PE: Aos 15 anos, você foi estudar em Belo Horizonte, certo? Onde você morava antes e como foi mudar de cidade e, ao mesmo tempo, ganhar responsabilidades que não tinha? IV: Isso depende muito de cada pessoa; eu sempre fui uma menina muito curiosa e determinada, o que me ajudou a superar a saudade e o receio do novo. PE: Quando sentiu a vontade ou a necessidade de mudar-se para o Rio de Janeiro? Como foi a adaptação na cidade maravilhosa? IV: A mudança para o Rio de Janeiro partiu dos bookers da Ford Models, que resolveram me mandar para uma cidade de maior público comercial. Bom, daí eu topei! A adaptação foi um pouco difícil, mas como eu já tinha tido esse choque antes, me acostumei bem rápido.

PE: Você deve ter feito algum teste antes de ser aceita e interpretar a Ana do Véu. Como é receber um “não” e ter força para continuar tentando? IV: Se não existisse o “não”, como ganharíamos o “sim”? Eu li em um livro indiano que o “grande cavaleiro é aquele que sabe cair do cavalo”. PE: Você foi muito elogiada em Sinhá Moça, Paraíso Tropical e agora é revelação incontestável em Beleza Pura. Já recebeu críticas negativas? IV: As críticas são construtivas, se não forem vistas assim, tornam-se um tormento; tento me guiar nessa concepção. E, graças a Deus, todas foram bem positivas ao meu respeito. PE: O que a Isis tem em comum com a Rakelli e o que você enxerga nela que não lembra a Isis em momento algum? IV: A vivacidade da Isis tem muito a ver com a Rakelli. Acredito que a individualidade dela não tenha a ver comigo, tive que amadurecer muito cedo, afinal já tinha a minha própria casa aos 15 anos. PE: Outubro é o mês das crianças, deixe um recado aos pequenos e diga como você enxerga essa fase da vida. IV: Parabéns a todas as crianças. A infância é um momento mágico, que precisa de cuidados e muito amor. PE: Além do seu talento, outra pauta que sempre a envolve é sua beleza e seus traços exóticos. O que faz para manter corpo e mente em equilíbrio? IV: Simples! Fora da hora de trabalho procuro fazer o que mais me agrada, além de ter uma boa nutricionista, um personal e uma dermatologista. Ninguém vive sem esse trio (risos). Pelo menos eu não consigo! PE: Depois da Rakelli, o que podemos esperar da Isis? Quais os projetos futuros? IV: Só tenho 21 anos, acho que, se depender de mim, muitas coisas virão. Enquanto estiver com vida e saúde, estarei sempre no campo de batalha. Cinema e teatro, me aguardem! (risos) >>>

> 19


espaço consciente

Por NATÁLIA SCHENER

Hortas na Drogaria São Paulo

>>> Sempre atenta à saúde e bem-estar de seus clientes e funcionários, a Drogaria São Paulo cria simpáticas hortas em suas lojas

20

<

>

Cuidando da horta!

Ter uma horta não é difícil e não requer muito espaço, porém são necessários alguns conhecimentos para se obter um bom planejamento e uma boa produção. • Se possível, o local deve receber os raios de sol durante o dia inteiro. • Deve ser plano ou levemente inclinado. • Não deve ser encharcado. • A terra deve ser adubada. • A água para molhar deve ser pura e limpa, para não contaminar as verduras. Isso é importante, pois há quem tenha o hábito de comer alguns alimentos crus. • O terreno para a horta deve ficar afastado, no mínimo, 5 metros de vasos sanitários, chiqueiros ou esgotos.

fotoS: Profashional e arquivo drogaria são paulo

Mesmo por trás de todos os produtos e prateleiras, a Drogaria São Paulo também se preocupa com o bemestar dos funcionários, ocupando seus pedaços de terra com o cultivo de novas plantas, verduras e legumes. A iniciativa surgiu com a idéia, que um dos diretores da empresa teve, de moldar um pedaço de terreno aos fundos de uma das lojas em uma horta, transformando-se em exemplo para muitas outras que, recentemente, aderiram à novidade. Hoje, todas as lojas da rede com um pedaço de terra, ou um espaço para vasos e canteiros, e funcionários interessados em manter o plantio recebem incentivo para cultivar verduras, legumes, além de uma verba para ferramentas, terra, adubo orgânico, mudas e sementes. O interesse de todos foi tão grande, que hoje são 56 lojas da Drogaria São Paulo levando adiante essa ação. Qualquer espaço arejado com um pouco de sol pode ser motivo para uma nova horta. Um terraço, um quintal, uma área de serviço, uma cobertura ou algum lugar com possibilidade de ser bem aproveitado pode ser transformado em uma horta e apreciado pelos funcionários, com uma variedade de ervas frescas, salsa, alecrim, cebolinha, alface, entre muitas outras verduras e legumes, já que a opção do plantio fica por conta de cada unidade. A Drogaria São Paulo tem estimulado o conceito de horta doméstica, inclusive por meio de distribuição de sementes entre os clientes, pois acredita na atitude de valorização da terra, além da conscientização da sustentabilidade e de hábitos saudáveis, que certamente é difundida aos filhos e familiares dos funcionários e clientes que têm ciência do projeto e, muitas vezes, são agraciados com a pequena colheita. >>>

ia ogar lo r D A Pau São ça essa abra ausa c


dvd

CELINE DION – A NEW DAY IN LAS VEGAS

Trazendo 13 clássicos da carreira dessa talentosa cantora canadense, gravados ao vivo no Caesar’s Palace Coliseum de Las Vegas, em um show de sua atual turnê, e duas músicas inéditas, gravadas em estúdio (“You and I” e “Ain’t Gonna Look the Other Way”), esse trabalho, como todos os outros da cantora, já alcançou o topo das paradas ao redor do mundo. Não é para menos. “My Heart Will Go On”, “Because You Loved Me” e outras músicas que consagraram Celine estão presentes nessa coletânea.

>

evento

Salonpas Cup 2008

A cidade de São Paulo recebe a quinta edição do Salonpas Cup de Vôlei Feminino. O evento ocorre no Ginásio do Ibirapuera até 5 de outubro. O público poderá prestigiar o melhor do voleibol, que conta com a presença de três equipes brasileiras e três do exterior. Os ingressos, que são gratuitos, podem ser retirados em todas as unidades da Drogaria São Paulo da capital paulistana e também na bilheteria do Ginásio do Ibirapuera. Para mais informações, acesse o site www. salonpascup. com.br .

22

<

>

cinema

>

livro

QUASE IRMÃOS

A comédia invade as telas do cinema trazendo o mais novo filme, Quase irmãos, em que Dale (John C. Reilly) e Brennan (Will Ferrell) são dois solteirões mimados, que, apesar de marmanjos, ainda moram com os pais. Os dois acabam virando irmãos e compartilhando o mesmo teto, quando o pai de um e a mãe do outro decidem se casar.

Fotos: divulgação

>

>>>>>>>>> curtas e quentes

O MENINO DO DINHEIRO

Em O Menino do Dinheiro, o autor Reinaldo Domingos ensina, por meio de uma história divertida, a importância de saber poupar e de saber fazer escolhas. Com personagens e ilustrações criadas especialmente para a história e um texto leve e didático, O Menino do Dinheiro oferece também aos pais a oportunidade de repensarem sua relação com o dinheiro e orienta como falar com os pequenos sobre finanças.


criança na área

Por MIRELLA STIVANI

cuidados especiais

>>

Quem tem filho sabe muito bem: basta a criança ficar doente ou se machucar que surge uma grande preocupação. Mas ninguém precisa entrar em pânico: tomando alguns cuidados básicos, fica mais fácil enfrentar esses momentos. A seguir, a dra. Maria Fernanda Hussid, pediatra do Hospital Samaritano de São Paulo, esclarece as principais dúvidas dos pais. Ponto de Encontro: Quais remédios os pais devem ter em uma casa com crianças? Maria Fernanda Hussid: Os pais devem armazenar em casa os remédios indicados pelo pediatra. Se

24

<

a criança, eventualmente, se sentir mal, é fundamental consultar um especialista antes de usar um medicamento por conta própria. O grande risco da automedicação é causar uma intoxicação. Também pode prejudicar o organismo da criança, dificultando o diagnóstico do médico. PE: Quais cuidados os pais devem ter para que as crianças não tomem remédio por engano? MFH: É importante mantê-los em locais fechados e de difícil acesso, como armários altos e com fechaduras.

fotos: stock.xchng e Stacy Barnett/fotolia

>>> Se seu filho se machucar ou ficar doente, não é preciso entrar em pânico! A seguir, saiba o que fazer em situações como essas e o que ter na farmácia de casa


>>

PE: No caso de um tombo ou queda, quando um pediatra deve ser procurado? MFH: Tombos ou quedas podem provocar desde ferimentos leves até lesões graves, como fraturas e cortes profundos. Para locais altos e perigosos, o ideal é se prevenir com a colocação de grades ou redes de proteção. Alterações físicas e comportamentais – como irritabilidade excessiva, desmaios, vômitos e sonolência – podem ser um sinal de alerta. Os pais devem estar sempre atentos e, em caso de emergência, procurar o pronto-socorro mais próximo. PE: Se ocorrer uma fratura ou luxação, como fazer a locomoção da criança até o hospital? MFH: Em primeiro lugar, acalme a criança e, em caso de suspeita de fratura, imobilize e não movimente a vítima. Se a lesão acontecer nos braços ou pernas, improvise uma tala. No caso de traumas na cabeça, consulte sempre um pediatra. PE: Como devem ser tratados cortes superficiais? MFH: Devem ser lavados com água corrente e sabão neutro. Se o machucado for profundo, largo ou se o sangramento persistir, comprima a região afetada com um pano limpo e procure um pronto-socorro.

Em caso de suspeita de fratura, não movimente a vítima. Se a lesão acontecer nos braços ou pernas, improvise uma tala

>

PE: Se a criança sofrer uma queimadura, como os pais devem proceder? MFH: Um médico deve ser procurado imediatamente. Se a queimadura for de pouca extensão, resfrie o local com água fria, mantenha a região afetada mais elevada que o resto do corpo para diminuir o inchaço e dê bastante água para a vítima. Não passe nenhuma substância sem orientação médica.

>

FARMACINHA EM CASA

Algodão Curativo e gaze Creme para assaduras Anti-séptico Pomadas para contusão Sabão neutro Remédios (apenas aqueles >>>

que o pediatra indicar)

previna-se! Estojo de primeiros socorros da Drogaria São Paulo

Spray anti-séptico de uso geral para curativos Merthiolate

Arnica Gel Herbarium

Bandagem antiséptica Blood Stop da AMP

Água oxigenada 10 vol. da ADV

A Ecobag da Drogaria São Paulo ajuda você a carregar suas compras e ainda é ecologicamente correta. A sacola é comercializada por apenas R$ 3,78

Curativos Nexcare À Prova d’Água, e Nexcare Confort para joelhos e cotovelos, ambos da 3M

> 25


nutre + ação

>>

Por MARIA HELENA BELLINI

>>>> Com criatividade e bom senso, pode-se transformar o que usualmente tinha como destino o lixo em uma saborosa refeição

Reaproveitar alimentos faz bem à saúde

26

<

trais de abastecimento; e os últimos 10% ficam diluídos entre supermercados e consumidores.

>

CUIDADOS NO PREPARO

A falta de tempo para preparar as receitas e o amplo consumo de refeições prontas fazem com que não se perceba a quantidade considerável de vitaminas dos alimentos que deixam de ser consumidas diariamente. Cozinhar cenoura, chuchu e legumes sem a casca pode retirar as barreiras naturais de proteção desses alimentos contra a perda de seus elementos nutritivos durante a fervura. Para se ter uma idéia do que

fotos: Stock.xchgn

O Centro de Agroindústria de Alimentos da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) revelou, no ano passado, dados inacreditáveis a respeito do desperdício de alimentos. Todo ano, joga-se fora o equivalente a R$ 12 bilhões em comida, quantidade suficiente para sustentar 30 milhões de pessoas. Dados recentes do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que, nas dez maiores capitais do Brasil, cada cidadão consome 35 quilos de hortaliças ao ano – dois a menos do que o total que joga no lixo. Os números do desperdício no País são alarmantes: 10% ocorrem durante a colheita; 50%, no manuseio e transporte dos alimentos; 30%, nas cen-


>

EDUCAR PARA MUDAR

A educação é um fator essencial para evitar o desperdício de alimentos. Muitas entidades desenvolvem projetos nesse sentido, com equipe de voluntários que trabalham diretamente nas comunidades. O Programa Nutrir, uma iniciativa social da Fundação Nestlé Brasil, é um programa de educação nutricional cujo principal objetivo é a prevenção da desnutrição e da obesidade em crianças e adolescentes brasileiros. Segundo informações da equipe do Programa Nutrir da Nestlé, as ações realizadas envolvem o trabalho voluntário em 22 unidades da empresa, divididas em sete estados. Em encontros mensais com crianças e seus responsáveis, essas pessoas transmitem aos participantes a importância da alimentação saudável. As crianças aprendem, por meio de jogos e brincadeiras, qual é a importância de cada grupo de alimento e, ao mesmo tempo, os pais vão para a cozinha aprender as receitas do Nutrir (que não utilizam produtos Nestlé) e trocar experiências. A proposta principal é a melhora da qualidade nutricional de preparações consumidas pela comunidade atendida, com os recursos disponíveis. O aproveitamento máximo dos alimentos é incentivado, mas com cautela. Afinal, os pesticidas utilizados na lavoura concentram-se principalmente nas cascas. Outra atividade que faz parte do Programa Nutrir é a capacitação de professores e merendeiras das redes públicas de ensino. Consiste em um treinamento de 16 horas, com atividades teóricas e práticas. A

>>

costumamos perder, em apenas 100 g da rama de cenoura encontram-se 25,5 mg de ferro, quantidade igual ao dobro da necessidade diária para um adulto. Essa parte da cenoura, além de ajudar na conservação do legume, pode ser usada posteriormente na preparação de arroz ou saladas. O bolo feito da casca do abacaxi ou da banana e o doce de casca de abóbora estão entre as receitas mais saborosas e de preparo muito fácil. Os pratos ganham sabor especial com o acréscimo de ingredientes como cascas, talos e folhas e não perdem o principal atrativo: o sabor. As vantagens das receitas de reaproveitamento são várias, desde a praticidade ao teor mais saudável e o baixo custo.

O bolo feito da casca do abacaxi ou da banana e o doce de casca de abóbora estão entre as receitas mais saborosas e de preparo muito fácil

equipe é formada por educador, nutricionista e culinarista. A merenda escolar é pauta das capacitações, pois as receitas das oficinas de culinária contemplam os gêneros disponíveis na rede. Outro fator importante são os hábitos alimentares regionais, por isso as receitas são adaptadas de acordo com a realidade de cada região visitada. Para saber mais informações a respeito do reaproveitamento de alimentos, basta acessar os sites: • www.bancodealimentos.org.br • www.sesisp.org.br – Programa Alimente-se bem com R$ 1 • www.mesabrasil.sesc.com.br Resgatar antigos costumes, como utilizar integralmente vegetais e frutas no preparo das refeições, é um ato de cidadania e pode contribuir, inclusive, para amenizar a fome no País. Pense nisso! >>>

> 27


Banana ao forno

>

Rendimento: 1 pessoa Ingredientes • 1 banana-nanica • 1 bola de sorvete de canela • 20 g de açúcar • 10 g de canela em pó • 100 ml de licor de curaçau (licor de laranja)

>

Preparo • Cortar a banana ao meio (horizontal). • Misturar o açúcar e a canela com o licor e passar nas duas partes da banana. • Levar ao forno até caramelizar (150°). • Servir com sorvete de canela.

28

<

“É uma sobremesa rápida e prática de fazer, com o resultado final delicioso. O sorvete de creme também é uma ótima opção para acompanhar as bananas e pode substituir o de sabor canela.” chef Rodrigo Gonçalves

Receita do chef Rodrigo Gonçalves do Restaurante Forneria San Paolo. fotos: divulgação e stock.xchng

>>

água na boca


final feliz

A importância do sorriso

30

<

WILLIAM SHAKESPEARE

“Pouca coisa é necessária para transformar inteiramente uma vida: amor no coração e sorriso nos lábios.” MARTIN LUTHER KING

“O sorriso enriquece os recebedores sem empobrecer os doadores.”

>> >>

“Um dia a lágrima disse ao sorriso: invejo-te porque vives sempre feliz. O sorriso respondeu: engana-te, pois muitas vezes sou apenas o disfarce da tua dor.” AUTOR DESCONHECIDO

“Não preciso me drogar para ser um gênio; Não preciso ser um gênio para ser humano; Mas preciso do seu sorriso para ser feliz.” CHARLES CHAPLIN

MÁRIO QUINTANA

“Sorria, mesmo que seja um sorriso triste, pois mais triste que um sorriso é a tristeza de não saber sorrir.” AUTOR DESCONHECIDO

“Se alguém está tão cansado que não possa te dar um sorriso, deixa-lhe o teu.” PROVÉRBIO CHINÊS

Escreva para: pontodeencontro@profashional.com ou Av. Jandira, 843 – Moema – São Paulo – SP CEP 04080-005.

fotos: stock.xchng

>> >> >> >> >>

“É mais fácil obter o que se deseja com um sorriso do que à ponta da espada.”



Revista Ponto de Encontro