Page 1

ANO

4 – n 15 – 2012 o

EM REVISTA

Enogastronomia Aprenda a harmonizar bebidas com suas comidinhas prediletas

Detox

Nova dieta ajuda a reduzir o manequim de forma saudável

Gil

50 anos de carreira e de muito sucesso


p r ime ir a s p a la v r as

Foto: Saulo Kaimuma

A

o longo da sua história, a Perini sempre primou pelo cuidado e pela atenção aos seus clientes e dessa relação nasceram o respeito e uma amizade sincera. A sua delicatéssen preferida tornou-se referência de um lugar onde é possível encontrar os produtos com excelência de qualidade, em Salvador. Por isso, todas as nossas ações são voltadas para realizar os desejos de nossos clientes. Além disso, a Perini conta com a consultoria de um dos mais renomados especialistas em vinhos, o sommelier Arthur Azevedo. Na Perini em Revista, é possível acessar informações e dicas exclusivas em sua seção, “Reserva especial”. Recentemente, Arthur trouxe para a nossa delicatéssen uma nova carta de vinhos com lançamentos exclusivos aos clientes apreciadores desta bebida e novidades especialmente selecionadas para compor a sua sofisticada adega. E são justamente esses diferenciais e parcerias que fazem da Perini uma referência no mercado baiano na comercialização de vinhos Premium. Outra novidade é a inauguração da primeira loja Perini fora do Estado da Bahia. No segundo semestre, será a vez de Recife receber uma delicatéssen. Estamos felizes com essa realização. Acompanhe todas as ações e atividades que a Perini oferece, acessando nossa programação de eventos e promoções também no ambiente virtual. Anote os endereços e fique sempre bem informado sobre todas as novidades.

Para nós da Família Perini, você é a pessoa mais importante, por isso trabalhamos para que tenha uma experiência superior de compras em nossas lojas. Aos nossos clientes e leitores pais, desejamos um dia feliz junto aos seus filhos! Um abraço,

Silvio Pedra Presidente Cencosud Brasil Perini Oficial @PeriniOficial perinioficial perini

www.perini.com.br

PERINI

3


e d it or i al

“A verdade é que a gente não faz filhos. Só faz o layout. Eles mesmos fazem a arte-final.”

Foto: marisa abel

(Luis Fernando Veríssimo)

A sua revista mudou! O novo projeto gráfico contempla seções diferentes, design editorial e tudo de melhor para oferecer a você que nos ajudou a produzi-la com suas sugestões. Obrigada! Ela é especial. Para celebrar o mês dos pais, uma entrevista exclusiva com ele, Gilberto Gil, um dos baianos mais respeitados e queridos que completa 70 anos de vida e 50 de uma carreira de sucesso nacional e internacional. Ele fala disso e mais: da criação que seus pais lhe deram, de como esse jeito influenciou na educação que deu aos filhos e também do seu lado avô. Acompanhe tudo o que aconteceu no II Perini Open de Tênis, evento de tamanha repercussão na Bahia e que já faz parte do calendário esportivo de Salvador, claro, pela tamanha expertise de nossa delicatéssen em promover o esporte na cidade. Para viajar em nossas páginas, nossa seção de Turismo traz as belezas do Caribe, esse pedaço do paraíso aqui no planeta. E tem também tudo que você precisa saber para harmonizar seus pratos prediletos com sua bebida preferida. A gastronomia é o grande destaque desta edição! Afinal, querido leitor, seu pedido é uma ordem. Receitas de dar água na boca foram escolhidas com todo carinho para você e sua família. Separamos as maravilhas que só a Perini tem e que você pode fazer em casa com seu toque todo especial. Na seção Boa forma, Popó Freitas conta como ele treina para ficar com a saúde em dia e ensina tudo para você, leitor. Para cuidar da beleza, preparamos para as mulheres alguns cuidados essenciais para serem feitos nesta época do ano. E uma matéria especial sobre a nova onda para

manter o bom funcionamento do organismo, melhorar o humor e, de quebra, reduzir as medidas, a Detox. Tudo isso e ainda dicas de bem-estar, cinema, decoração e um passeio pelo Solar do Unhão, na seção Panorama. A Perini em Revista é inteira feita de pequenos gestos e grandes ideias. Sempre pensando em você. Boa leitura! Superabraço especial para pais, filhos, avôs e para você que os ama!

Sandra Teschner Publisher e Editora

sandra@profashional.com www.profashional.com Sandra Teschner

www.perini.com.br

PERINI

5


e x p edient e

EM REVISTA Publisher e Editora: Sandra Teschner sandra@profashional.com Diretor Financeiro Administrativo: Gabriel Sales Coordenadora de Jornalismo: Adriana Rosa MTB 47337 Jornalista Responsável: Maria Helena Bellini MTB 21379 Conselho Editorial: André Faro, Ana Amoedo, Cintia Machado Liberato de Mattos, Fernando Nadalini e Sandra Teschner Reportagem e Redação: Dio Jaguarível, Fernanda Mendonça, Marisa Abel, Mirella Stivani (São Paulo) e Ingrid Dragone, Milena Leal e Renata Preza (Salvador)

Colaboradores

Fale com eles: perini@profashional.com

Diretora de criação: Alice Hecker Projeto e Edição de Arte: Claudia Carvalho Designers: Danielle Lima, Katherine Gomes (estagiária), Humberto Lima e Moacyr Toledo Edição de Moda: Eber Medeiros, Gabriela da Mata, Julia Moraes e Léia Marinho Revisão: Maria Elisa Albuquerque Web: Ricardo Cerdan de Campos Comercial: São Paulo – Márcia Souza – (11) 5051-4084 comercial@profashional.com Salvador – Alberto Sampaio – (71) 8626-9448 – alberto.sampaio@hotmail.com Laíse Pereira – (71) 8154-0804 e 8829-0467 laise.pereira@perini.com.br Leonardo Lapa (71) 8227-6374 leonardo.menezes@perini.com.br

Arthur Azevedo é consultor de vinhos da Perini, diretor executivo da Associação Brasileira de Sommeliers-São Paulo e editor do website Artwine (www.artwine.com.br). @artwine77.

Foto de Capa: © Fernando Torquatto Fotos de Produtos e Colaboradores: Saulo Kainuma

Fabrício Nascimento é médico e escritor baiano e escutou, certa vez, um baiano falar ao telefone, às 22h: “Ainda estou aqui no pôr do sol”.

Cartas: perini@profashional.com Impressão: IBEP Perini em Revista é uma publicação trimestral da Profashional Editora Ltda., sob licença da Rede de Delicatéssen Perini. As matérias e os artigos assinados são de inteira responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Editora e nem da Perini. É permitida a reprodução desde que previamente autorizada pela Editora, com crédito à fonte. Imagens meramente ilustrativas, podendo haver distorção de cores, tamanhos, entre outros. Embora todos os esforços de checagem tenham sido feitos, a Profashional Editora não assume nenhuma responsabilidade por divergências ou informações incorretas contidas nesses dados, nem responsabilidade civil por danos de qualquer tipo causados por erros e omissões.

Isaac Edington é empresário e diretor presidente do Instituto EcoDesenvolvimento e sócio fundador do Movimento Todos Pela Educação.

Profashional Editora Av. Jandira, 843 – Moema – CEP 04080-005 São Paulo – SP – (11) 5051-4084 editora@profashional.com

Lula Tdscko é cinéfilo declarado e tem orgulho de ser apontado como “aquele cara fera em cinema”. Possui todos os filmes a que assistiu nos últimos 21 anos. @lulatdscko

www.profashional.com

6

PERINI

www.perini.com.br


sum á r io

66

14 3

primeiras palavras

5 editorial

28

10 cartas 12 14

eu sou perini personalidades falam do seu momento com a perini pelo mundo as ilhas do caribe

20 paladar combinando receitas e vinho 26 perini indica produtos deliciosos 28 nutritivo detox é a solução 32 beleza cuidados com a pele 35 eu quero objetos do desejo 36 decoração quartos infantis 40 ecossustentabilidade ao topo da educação 42 panorama solar do unhão 44 capa gilberto gil


lo ja s p e r in i Perini Master Av. Vasco da Gama, 3.051 CEP: 40230-731 Tel.: (71) 3203-0062 E-mail: recepcaomaster@perini.com.br Segunda a sábado, 6h30 às 22h Domingos, 6h30 às 14h

72

Perini Pituba Rua Maranhão, 64, Pituba CEP: 41830-260. Tel.: (71) 3346-9999 E-mail: recepcaopituba@perini.com.br Todos os dias, 6h às 22h Perini Barra Rua Miguel Burnier, 24, Barra CEP: 40140-190 Tel.: (71) 3237-8888 E-mail: recepcaobarra@perini.com.br Segunda a sábado, 6h30 às 22h Domingos, 6h30 às 14h Perini Graça Av. Princesa Leopoldina, nº 398, Graça CEP: 40150-080 Tel.: (71) 3444-0004 Delicatéssen: 6h às 22h Doceria: 7h às 22h Boutique de Carnes e Peixaria: 7h às 22h Sushi Perini: 11h às 22h Shopping Barra Av. Centenário, s/n, Chame-Chame CEP: 40155-150 Tel.: (71) 3264-2337 E-mail: doceria.barra@perini.com.br Segunda a sábado, 9h às 22h Domingos, 12h às 21h

5 0 b o a f o r ma boxe fitness 5 4 s a ú d e halitose 5 6 b a s t i d o re s II perini open de tênis

Salvador Shopping Av. Tancredo Neves, 2.915, Praça de Alimentação Salvador Shopping CEP: 41820-910 Tel.: (71) 3341-0873 E-mail: doceria.salvador@perini.com.br Segunda a sábado, 9h às 22h Domingos, 12h às 21h

5 8 cinema mais do mesmo 59 sabores famosos respondem: a bahia tem sabor do quê? 6 0 roteiro cultural livros, exposições, filmes 64 m e m ó r i a cu l tu ra l mário cravo jr. 66 r e s e r va e s p e ci a l queijos e vinhos 70 d o c h e f polvo flambado na cachaça 72

s e u m e nu camarão ao molho de tapioca com castanha-do -pará e bolo de fubá com leite condensado

74 r e s e r va ki d s mural

20

Perini Iguatemi Av. Antônio Carlos Magalhães, 148, Piso 3, Qd. R, Shopping Iguatemi, Pituba CEP: 41825-000 Tel.: (71) 3450-6032 E-mail: doceria.iguatemi@perini.com.br Segunda a sábado, 9h às 22h Domingos, 13h às 21h Perini Shopping Paralela Av. Luis Viana Filho, 8.544, Paralela CEP: 41.701-005 Tel.: (71) 3555-6770 E-mail: doceria.paralela@perini.com.br Segunda a sábado, 9h às 22h Domingos, 12h às 21h


c ar t a s Desde já gostaria de parabenizar a escolha da capa da Perini em Revista, Paloma Amado – não existe homenagem mais emocionante neste ano do centenário de seu pai, Jorge Amado! Vida longa e mais novidades nas próximas edições. Jaime Gonçalves, por e-mail

Nas minhas férias recentes, passei por Salvador, cidade que adoro, e conheci a Perini juntamente com a Perini em Revista que trazia na capa Paloma Amado. Parabéns, a revista é extremamente benfeita, a entrevista com a escritora está de arrasar. Além disso, a delicatéssen é deliciosa, em todos os sentidos. Regina Guimarães São Paulo – SP Parabéns pela revista, ficou excelente e é notável a qualidade dos conteúdos. Grande beijo pra vocês da redação. Josiane Capellari, por e-mail Quando minhas filhas eram crianças, estivemos em Salvador e conheci uma padaria muito interessante, que hoje é essa delicatéssen maravilhosa. De volta à capital baiana, alguns anos depois, pude conhecer a Perini e sua mais recente publicação, a Perini em Revista e comprovei que a qualidade dos seus produtos (alimentícios e editoriais) continua extremamente cuidadosa e de bom gosto. Aproveitei as dicas de Fabrício Nascimento e curtimos demais a cidade. Parabéns e obrigada! Juliana Maschietto Sorocaba – SP

10

PERINI

www.perini.com.br

Adorei a edição 13 da Perini em Revista. As matérias estão maravilhosas, principalmente a que fala dos novos sabores dos sorvetes Perini. Minha família inteira aprovou. Parabéns! Cleide Gomes, por e-mail

Matérias inteligentes e gostosas de ler. Adoro a maneira como vocês da redação escrevem e curti especialmente a que fala de rolfing. Parabéns pela revista! Cada edição fica melhor! Sérgio Murillo, por e-mail Vocês estão de parabéns pela seção Nutritivo. Muito bom mesmo o cardápio personalizado que nos sugeriram juntamente com o lançamento na Perini dos aliméticos. Aliás, toda a revista está ótima, pois tem conteúdo de muita qualidade. Continuem com esse bom gosto de profissionalismo. Leo Madeira, por e-mail


Acompanho a revista desde a primeira edição e estão de parabéns por serem sempre originais. A Perini em Revista é um verdadeiro passaporte para o universo gastronômico e para lugares que é preciso conhecer, além das receitas baianas, das exclusividades da delicatéssen e muito mais – é completa. Parabéns! Cleonice Garcia, por e-mail

Eu adoro arroz e quando vi a matéria que fala de risotos, na seção O prazer do consumo, minha boca se encheu de água! A receita da chef Daniele Chamecki é muito saborosa, pois eu mesma testei em casa, em um almoço especial para toda a família. Foi um sucesso! Espero que continuem nos oferecendo esse mundo da gastronomia em suas páginas, pois os ingredientes de qualidade a Perini sempre tem! Parabéns! Lala Battaglini, por e-mail

Este espaço é para você interagir conosco. Envie seu e-mail para perini@profashional.com ou escreva para Profashional Editora: Av. Jandira, 843 – São Paulo/SP – CEP 04080-005

Gostaria que constasse na revista uma seção de fabricação caseira de conservas, sem agentes químicos, para facilitar o trabalho de nós, cozinheiras. Regina Celia de Souza Cajazeira

O concurso cultural feito especialmente para nossos leitores-clientes: “O que quero ver na nova Perini em Revista é...” revelou o que você acha que precisava mudar em sua revista predileta. Os autores das três melhores respostas ganharam uma Cesta Premiun Perini especial cada um. Conheça agora os vencedores:

O histórico da educação gastronômica na nossa cidade. Telma Magali Ribeiro Torres

Eu gostaria que fosse mostrada a área de produção desses produtos maravilhosos que são comercializados com exclusividade pela Perini, quem os faz, de que maneira, qual a quantidade produzida diariamente, como é feito o controle de qualidade, o que se faz com as sobras não comercializadas. Enfim, um verdadeiro Raio X dessa área. Ary Cabral

urso conc tural l u c

E EU “O QU VER QUEROOVA NA N EM I PERIN A...” S REVI T

Foto: divulgação da assessoria

Que máximooooo! Adorei! Muito obrigada pela gentileza. A Perini em Revista é bárbara e me senti honrada em estar nela. Um beijo, Cristiana Arcangeli, por e-mail

www.perini.com.br

PERINI

11


eu s ou p er ini

personalidades baianas Sabe de que eu mais gosto na Perini? É aquela sensação bacana de me sentir quase em casa, um sentimento que só desfrutamos quando chegamos ao lar de algum amigo de infância. Somos quase da mesma idade e ambas nascemos na Barra. Cresci comendo os deliciosos pãezinhos quentes assados nos seus fornos, quando ela era tão somente uma padaria. Depois me mudei para a Ary Barroso, ali pertinho, e continuamos crescendo juntas: ela, cada vez mais sortida, foi uma companheirona na hora de fornecer as besteirinhas para servir como canapés nas festinhas improvisadas da garotada na casa de meus pais. Depois, já casada e morando no Horto Florestal, não deixei de frequentar a loja da Barra. E essa minha amiga de infância já não era mais a padaria e sim uma delicatéssen sem igual, uma das melhores do País. Foi dessa maneira que criamos nossos filhos, oferecendo-lhes frutas, verduras, legumes e vegetais dos mais variados e fresquinhos. Recebemos nossos amigos com os melhores queijos, frios, patês, massas, bebidas e importados, que dificilmente encontramos para comprar em outro local de Salvador. Não fosse tudo isso, a Perini, minha amigona de toda vida, nunca me abandonou quando me tornei mãe/mulher/profissional. Como tenho de me virar em três, assim como quase todas as mulheres modernas, foi mais uma vez a Perini que me socorreu. Nas festas tradicionais, passou a oferecer os produtos com tal qualidade que ninguém mais quer preparar nada em casa. Mil vezes melhor encomendar na Perini. Diga a verdade: você prepara prato de frios em casa, faz canjica na sua cozinha, assa aquele peru de Natal enooorme no seu forno? Por isso, ainda que mudanças tenham ocorrido e minha amiga tenha feito um “novo casamento”, permaneço fiel e há anos sou frequentadora assídua da sua loja na Vasco da Gama, onde continuo me sentindo em casa. Alice Reis Pereira, advogada e mestre em Direito

12

PERINI

www.perini.com.br

FOTOS: arquivo pessoal dos entrevistados Importante: As fotos selecionadas e publicadas não serão devolvidas, sendo que o próprio envio ou permissão de registro já se caracteriza como autorização de cessão de imagem para a publicação.

contam seu momento especial com a Perini


Falar da Perini é muito fácil: o atendimento é ótimo, o ambiente é acolhedor, os produtos são fantásticos... Enfim, a Perini é um SUCESSO! Alã Andrade, músico

Sou frequentador assíduo da Perini e a considero uma rede de lojas completa. Destaco o atendimento: é realmente diferenciado e todos os seus funcionários são prestativos, sorridentes e ágeis. A variedade e qualidade dos produtos também são grandes destaques. Sempre me impressiona a seção de queijos: são tantas opções deliciosas... a mussarela de búfala é espetacular! Isso sem falar no pão fresquinho e no requinte dos azeites e molhos. E para uma reunião em casa com os amigos, a Perini, sem dúvida, possui os melhores aperitivos! Sou fã e cliente fiel. Recomendo os produtos Perini para todos os momentos!

A Perini é uma rede de lojas de suma importância para a sociedade baiana. A enorme variedade e a qualidade das mercadorias atraem boa parte das pessoas que precisam refazer sua despensa ou até mesmo elaborar um evento. Os importados, como massas, carnes, peixes, laticínios, frutas, legumes, chocolates e bebidas, que constam ali, facilitam o cardápio para a preparação de uma refeição diferente e bem elaborada. Não apenas nos deparamos com produtos diferenciados, como percebemos a sua qualidade. Além disso, encontram-se em suas lojas vegetais orgânicos variados, todos os tipos de pães, tortas e doces. Atualmente, alguns produtos da Perini são indispensáveis à mesa diária e aos acontecimentos baianos. O mesmo, também, digo a respeito do atendimento e do conforto de suas delicatéssens espalhadas pela cidade de Salvador. Aline Barreto Telles, geógrafa

Reinaldo Saback, advogado

www.perini.com.br

PERINI

13


pelo m undo

O paraíso é aqui

As quebras de Sol em meio às nuvens fofas criam diferentes nuâncias de azul-brilhante nas águas do Caribe

14

PERINI

www.perini.com.br


Sol, areia branca e mar de um azul intenso esperam por você nessas ilhas. Escolha a sua e boa viagem!

fotos: © Nyphotoboy | Stock Free Images & Dreamstime Stock Photos e office.microsoft

Por Fernanda Mendonça e Mari Bellini

F

amoso por suas águas cristalinas, de cor turquesa, o Caribe atrai milhares de turistas todos os anos; viajar para uma das ilhas banhadas por ele é o sonho de consumo de muita gente. Jamaica, Barbados, Aruba, Curaçao, Cancun, Haiti, República Dominicana, Bahamas. Difícil é escolher um roteiro. Mas nem sempre é possível visitar todas de uma vez só. Por isso, listamos os diferenciais de cada uma. Confira e decida agora mesmo onde serão suas próximas férias.

Curaçao Além das paisagens deslumbran-

Jamaica A terra do reggae é uma das maiores ilhas caribenhas. Nos mares jamaicanos, é fácil se deparar com golfinhos brincalhões que adoram interagir com os banhistas. Nadar com eles é, sem dúvida, uma experiência fascinante. A melhor época para visitar o país é agosto, quando começam os festivais de música, como o SumFest e o Sunsplash. Quem viaja tem a opção de contratar o serviço de vans, oferecido com frequência, ou alugar carros para circular à vontade, porém, a mão adotada pelos jamaicanos é inversa à utilizada no Brasil. Se puder, reserve uma tarde para conhecer o Museu Bob Marley, na capital Kingston, mais precisamente no número 56 da Hope Road, endereço da antiga residência do músico.

Aruba Esse é, sem dúvida, um lugar sur-

tes à beira-mar, como as de Jan Thiel Bac, uma das praias mais bonitas da região, Curaçao possui outros encantos. Um exemplo é o colorido bairro de Bairro Scharloo, situado no centro de Willemstad. Ele é fascinante, com suas mansões antigas, fábrica de licor, onde poderemos provar o delicioso licor de Curaçao, e lojas de artesanato. Além da Ponte Juliana, com uma bela vista panorâmica da parte antiga da cidade. Sem dúvida, é a viagem ideal para quem aprecia arquitetura e história.

preendente. Com apenas 30 quilômetros de comprimento, a ilha oferece lazer de dia com uma vida noturna sempre agitada e com excelentes opções de bares, restaurantes e baladas para todos os gostos. O lugar é lindo, com muita natureza e paisagens a perder de vista. Fica pertinho de Curaçao, então dá para visitar as duas, mesmo se a viagem for curta. Um dado bastante interessante é que, além de receber 800 mil visitantes por ano, Aruba é a parte do Caribe que possui as maiores taxas de retorno de turistas. Uma dica é ir até Ponte Natural, localizada em Andicuri, de onde se veem os arcos de Wariruri e da Praia da Pedra Preta, esculturas criadas pelo atrito das ondas com as pedras. Outras belezas

www.perini.com.br

PERINI

15


Vista da zona hoteleira da cidade de Cancun

naturais podem ser vistas durante um passeio de carro pela magnífica costa norte.

No Caribe, o mergulho torna-se inesquecível, lá podem ser vistas diversas espécies de peixes e corais

Barbados é o local perfeito para você. O lugar abriga a primeira fábrica da bebida no mundo, a Mount Gay Rum, um dos passeios mais interessantes da viagem. É possível visitá-la e conhecer sua história. Para os viajantes, é um tour experimental. Além de provar o melhor rum do Caribe, quem visita a destilaria conta ainda com um almoço repleto de comidas típicas. A Caverna Animal Flower é o outro ponto bem visitado, fica na freguesia de St. Lucy, no norte de Barbados, dentro dela são encontradas belíssimas piscinas naturais que fazem a alegria dos mais aventureiros. E, é claro, o destino também oferece paisagens praianas, belíssimas por sinal.

Bahamas Localizadas a aproximadamen-

te 160 km da costa da Flórida, as Bahamas possuem clima quente, na faixa dos 32 graus, temperatura perfeita para quem deseja curtir um fim de semana ou férias inteiras, tomando Sol e mergulhando em águas transparentes. Entre as principais ilhas do continente, estão Andros, New Providence e a Grande Bahama. Nelas e em várias outras partes do país, é comum encontrar belos corais em um cenário apaixonante! A corrente do golfo traz ondas quentes muito apreciadas pelos

16

PERINI

www.perini.com.br

banhistas, ambiente oportuno para relaxar e despistar o estresse. Evite apenas viajar para lá entre maio e outubro, período propício aos furacões e tempestades tropicais. Nos outros meses, o clima é muito agradável, então programe-se e aproveite!

Haiti e República Dominicana O Haiti

também pertence às Caraíbas e juntamente com a República Dominicana forma a Ilha de São Domingos, uma de suas principais atrações caribenhas. A capital, Porto Príncipe, também é muito frequentada por excursionistas do mundo inteiro, é bastante hospitaleira e possui uma infraestrutura invejável.

fotos: © Tilo Grellmann e © Malbert / fotolia e office.microsoft

Barbados Aprecia um bom rum? Então


mais altas do que seus coqueiros. E todos funcionam sob o sistema all-inclusive, o que é ótimo, pois se sabe exatamente o valor a pagar ao fechar a conta. Sucesso também entre os recém-casados, o lugar oferece passeios, como mergulho com snorkel para observar corais, nadar com golfinhos e leões-marinhos ou andar de lancha. Passeios de barco são um atrativo e, da praia de Bayahibe, pode-se embarcar para conhecer as ilhas de Catalina e Saona ou Altos de Chavón, que parece uma cidadela medieval europeia. Se sua viagem acontecer entre os meses de janeiro e março, você terá uma oportunidade única de vislumbrar baleias próximas à península de Samaná. Colorido bairro no centro de Willemstad, Curaçao As paradisíacas praias de Bahamas

Dentre seus pontos turísticos, vale visitar a Catedral de Notre-Dame, o Palácio dos Ministérios, a Biblioteca Nacional e o Museu Nacional da Cana-de-Açúcar, além de passear pelo histórico Bairro Pétion-Ville. Punta Cana é um caso à parte! Imagine um litoral parecido com o nosso, porém com todo o visual caribenho: areia branca e o mar azul-turquesa? Localizada no lado leste da República Dominicana, reúne resorts e hotéis de luxo, em alguns dos quais é possível responder a um questionário prévio e, na sua chegada, um mordomo fica à disposição com serviços personalizados, só com as suas preferências. Nenhum deles pode ter edificações

Cancun Uma coisa é certa: os mexicanos adoram receber os brasileiros e, portanto, sua estadia será repleta só de melhores momentos. A zona hoteleira é margeada pelas praias e ao sair do seu quarto, você tem mar aos seus pés. Em Cancun, os hotéis oferecem caiaques, veleiros, motos aquáticas e equipamento para a prática de snorkel para que seus hóspedes observem o mundo aquático ao redor, com recifes de coral e cardumes de peixes coloridos. Pode-se também nadar com golfinhos, ganhar beijinhos carinhosos deles e ainda observá-los fazendo acrobacias. Parques como Xcaret e Xel-Há fazem a alegria de adultos e crianças e é uma delícia

www.perini.com.br

PERINI

17


Pirâmide de Kukulcan, localizada na antiga cidade de Chichén Itzá, no território pertencente ao estado mexicano do Iucatã

Os passeios incluem sempre uma parada para praticar snorkeling, refeições e, claro, um tempinho para as compras. „„Parques arqueológicos A antiga cultura maia está presente e também sua maravilhosa arquitetura, portanto, a aventura pelo passado está garantida. Sítios restaurados incluem o templo de Tulum, a cidade de Chichen-Itza, Kohunlich com suas máscaras gigantes e as pirâmides de Cobá. Ir a esses lugares é uma experiência arqueológica apaixonante. „„Vida noturna Cancun é o lugar perfeito para uma noite repleta de agitos. Bares típicos como Señor Frog, boates (a maioria oferece “lady’s free”, ou seja, mulher não paga para entrar) e restaurantes internacionais, além daqueles que oferecem culinária típica – com e sem pimenta – e, claro, clubes de salsa estão abertos a noite toda e preparados para receber o turista de maneira impecável. „„ Compras Passear e comer nos centros comerciais é uma delícia. Lojas de marcas internacionais a preços convidativos estão espalhadas por Cancun, por isso não deixe de visitá-las. Agora, se quiser economizar ainda mais, vá ao Mercado 28. Artesanato de madeira, peças mexicanas, joalheria, cerâmica e roupa típica da Península de Yucatan estão ali por uma pechincha.

O que é sempre bom saber sobre Cancun Clima:

Tropical úmido com temperatura entre 20o e 30oC ao longo do ano. Em julho, pode bater nos 40oC.

Fuso horário: Cancun possui três horas a menos que Brasília. Dinheiro: O peso mexicano é a moeda oficial. Porém, em quase todos os lugares, aceita-se dólar americano, mas o troco é em peso.

Visto: Ele é necessário para os brasileiros e o passaporte deve ter validade mínima de um ano. Transporte:

Os táxis são baratos e utilizam uma tabela fixa de preços (disponíveis nos hotéis, pois não há taxímetro). O transporte público é eficiente e bastante econômico, funciona 24 horas e possui ar condicionado.

Gorjeta:

É comum oferecê-la para camareiras, taxistas, guias e garçons. O valor varia de 10% a 15% dos serviços.

18

PERINI

www.perini.com.br

fotos: © Msymons, © Miszmasz e © Berkaviation / StockFreeImages.com, office.microsoft e saulo kainuma (produtos perini)

deixar-se ficar em grandes boias que flutuam por piscinas naturais enquanto você degusta um petisco típico com uma margherita ou uma cerveja com cubos de gelo e borda do copo com limão e sal. É dessa maneira que os mexicanos servem a loira gelada e fica uma delícia! Porém, se você só puder ir a um lugar, escolha Cozumel. Essa ilha possui a segunda maior barreira de corais do mundo e proporciona um visual único com grande diversidade de vida marinha e visibilidade muitas vezes superior a 30 metros. Outra opção é pegar um barco para qualquer um desses lugares: Lagoa Nichupté, Isla Mujeres ou Isla Contoy.


Dos deuses A tequila é uma bebida alcoólica destilada, típica do México e produzida a partir de uma planta da América Central chamada Agave Tequilana ou Agave Azul. Parecida com um abacaxi gigante, a ela se mistura até 49% de açúcar extraído da cana ou do milho. O Agave Azul só se desenvolve em terrenos de solo vulcânico e clima árido. São necessários de 8 a 12 anos de idade para que ele esteja pronto para proporcionar à tequila um sabor inconfundível. São necessários 7 quilos de Agave para produção de 1 litro de tequila. A tequila pode ser consumida em vários drinks, porém seu mais famoso ritual já faz parte da degustação desta bebida: é o “shot” com sal e limão, que você saboreia em todas as partes da ilha.

Margarita: um dos drinks mais famosos do mundo, tem como base a tequila, bebida tipicamente mexicana feita a partir do sumo de uma planta chamada agave azul

Um cantinho da Bahia com o sabor caribenho Se você ficou com vontade de conhecer o Caribe, mas suas férias ainda estão longe, que tal começar experimentando algumas bebidas típicas daquela parte do mundo? Na Perini, você encontra licores, tequilas e, claro, o famoso rum, em todas as filiais e, certamente, tem uma perto da sua casa. Aproveite!

Os nachos mexicanos são tortilhas de milho crocantes com formato triangular. Ótima opção para degustar com a tequila

www.perini.com.br

PERINI

19


paladar

20

PERINI

www.perini.com.br


Par perfeito O segredo para combinar bebidas com suas receitas prediletas é a harmonia Por Maria Helena Bellini

V

ocê já deve ter escutado a palavra Enogastronomia, mas o que ela realmente significa? Segundo o consultor de vinhos da Perini, Arthur Azevedo, é a arte de combinar vinhos e alimentos em uma refeição e pode ser feita por contraste ou similaridade. Segundo o enólogo, as bases da harmonização são os aromas, textura e peso. “São os elementos básicos do vinho e da comida, correspondendo às sensações gustativas primárias”, ensina. Dessa maneira, consegue-se perceber seus componentes que são: acidez, amargor, doçura, salgado, taninos e álcool.

Foto: © mangostock / Fotolia

Cozinhar é uma arte

A culinária sempre se serviu de vinhos na produção de seus pratos para ressaltar o sabor ou proporcionar, a quem deles tirar proveito, aromas deliciosos. Muitas vezes, a bebida também é utilizada antes do preparo, para marinar aves ou deixar a carne mais suculenta. Porém, alguns cuidados devem ser levados em conta, pois é importante só cozinhar em panelas de inox ou esmaltadas. O que acontece é que aquelas feitas de ferro, alumínio ou cobre

provocam uma reação ao entrar em contato com o ácido do vinho e transmitem um sabor metálico à comida. O álcool presente ali precisa evaporar, senão o prato fica com sabor desagradável. Não exagere para que a acidez excessiva não se faça perceber. Siga o que a receita pedir, se for vinho seco, use-o. Não faça substituições para não ter surpresas com o resultado. Lembre-se de que é preciso que o álcool evapore e, para isso, não é preciso ferver, o processo acontece a 78oC. Muitas vezes nem é preciso cozer, basta acrescentar um produto de qualidade, conforme o modo de preparo. Um dos segredos para se preparar um bom molho é utilizar um terço de vinho para três partes do outro líquido, como creme ou manteiga. Vinho em demasia causa desequilíbrio na receita. Se for para servir com massas, a sugestão é acrescentar algumas colheres de sopa de vinho tinto nos últimos 10 minutos de cozimento do molho. Os risotos pedem o vinho na fervura e, igualmente as frutas, como peras, maçãs, pêssegos e ameixas, pois ganham frescor e cores por causa da acidez natural da bebida. O Porto e Sauternes são as melhores opções para harmonizar com elas.

www.perini.com.br

PERINI

21


Clássico dos clássicos Veja, a seguir, algumas das combinações para lá de perfeitas sugeridas por Arthur Azevedo, consultor especial da Perini: Receita

combinação sugerida

Peixe

Use vinhos com acidez elevada e prefira sempre os brancos. Evite vinhos brancos com madeira em excesso e os tintos tânicos.

Carne

Vinhos brancos caem bem com carnes brancas com molhos cremosos. Prefira os tintos para aquelas preparadas com molho “marrom” ou mais consistente. Carnes vermelhas bem ou mal passadas, feitas com técnicas especiais (frituras) e cozidas ou assadas por longo tempo, além de vitela à milanesa, podem ser acompanhadas tanto dos vinhos tintos quanto brancos.

Queijo

Vinhos brancos com boa acidez e pouca ou nenhuma madeira, vinhos tintos pouco tânicos e frutados com queijos suaves e secos; queijos azuis com vinhos doces. Atenção aos queijos moles de casca branca, como brie e camembert, por exemplo. Pense sempre nas harmonizações étnicas, pois os queijos costumam se combinar muito bem com os rótulos de sua região de origem: Stilton com Porto Vintage, Roquefort com Sauternes, Parmesão com Amarone, Munster com Gewürztraminer da Alsácia, Azeitão com Moscatel de Setúbal, Chaource com Champanhe.

Fotos: saulo kainuma e © Elenathewise / fotolia

Pense sempre nas harmonizações étnicas, pois os queijos costumam se combinar muito bem com os rótulos de sua região de origem

22

PERINI

www.perini.com.br


Queijo com salada verde e azeitona

Receita

combinação sugerida

Salada

Use vinhos com acidez elevada. Os mais doces combinam bem com saladas que tenham um toque igualmente doce. Use vinhos leves (depende da salada) e evite os muito complexos ou sutis.

Ovo

A maioria dos pratos que levam ovos não reage bem ao vinho. A única exceção é o zabaglione que combina superbem com o Marsala. Portanto, evite aqueles com elevado teor de álcool e use ingredientes que favoreçam o vinho na preparação dos ovos, como carne e bacon.

Alcachofra

Use vinhos com acidez elevada, com baixo teor de álcool, jamais um grande vinho. Inclua algo ácido (tomates) no prato.

Chocolate

Use vinhos doces (ou que tenham sensação de doçura), alcoólicos (de preferência, fortificados). Evite os envelhecidos e complexos. Adicione elementos ácidos como frutas para compor o prato.

Sobremesas

A doçura do vinho deve ser sempre maior ou igual à da sobremesa.

www.perini.com.br

Saiba mais a respeito dos segredos da Enogastronomia na seção “Reserva especial”, escrita com todo carinho por Arthur Azevedo para esta sua revista da Perini.

PERINI

23


Combinação ousada O famoso drinque servido no começo da noite, antes ou após uma boa refeição, já é tradição. Em vários manuais que ensinam como degustar um bom destilado de maltes e grãos, se encontra que o happy hour pede um uísque leve e floral e um rótulo mais encorpado, com aromas intensos de carvalho, creme e baunilha, é perfeito para depois do jantar. Porém, alguns chefs e também apreciadores dessa bebida se lançaram em uma viagem insólita pelos sabores da cozinha para harmonizá-la com pratos para lá de deliciosos, incluindo doces. Trabalhar com os contrastes é sempre a melhor opção. Uma dica: sempre que servir uma comida forte, como um queijo azul, por exemplo, escolha um uísque mais suave. Se quiser continuar com o uísque durante as refeições, basta acrescentar água ao copo, porém em pouca quantidade, pois ele perde o ardor.

Receita Peixes Peixes preparados com temperos e especiarias Carne de porco Sobremesas

24

PERINI

www.perini.com.br

Uísque Johnnie Walker Green Label Uísque Buchanan’s 12 anos

Johnnie Walker Red Label Johnnie Walker Gold Label que deve ser servido em shot, claro, bem gelado

Uma dica: sempre que servir uma comida forte, como um queijo azul, por exemplo, escolha um uísque mais suave

Harmonização


Para todos os momentos Segundo o sommelier de cervejas, Guilherme Balbin, do CervejaGourmet.com, essa bebida gelada pode ser harmonizada de várias maneiras, conheça algumas: Receita

Harmonização

Carnes

Prefira os tipos mais encorpados, como Doppelbock, Munich Dunkel, Porter, Belgian Dark Strong Ale e Strong Scotch Ale, pois o tostado da carne combina com os maltes também tostados destes exemplares. Com uma costela defumada, por exemplo, vai muito bem uma cerveja ao estilo Rauchbier.

Peixes

Se forem acompanhados de uma salada, vão bem com cervejas mais leves, como Pilsen, German Weizen, Witbier e Kölsch.

Aves

Sirva cervejas leves (witbier, trigo) e, dependendo do tempero utilizado, aquelas um pouco mais marcantes no sabor, como Amber Ale, Brown Ale e Altbier.

Massas

A típica receita italiana pede rótulos mais encorpados e frutados, como uma Tripel ou Strong Golden Ale.

Petiscos

Queijos, pães, frios e outras gostosuras podem vir bem acompanhados de vários tipos de cervejas. Só depende com qual queijo, frios, azeitonas, por exemplo, você queira harmonizar.

Escolhas mais do que corretas

Você está na Perini e colocou no seu carrinho alguns exemplares das melhores cervejas do mundo juntamente com acepipes deliciosos. Sua dúvida é: qual a temperatura ideal para servi-las? Segundo Balbin, pode variar. “Uma mais leve (Pilsen) pode ser servida de 2 a 4 graus, já uma mais encorpada (Quadrupel) pode ser servida em temperatura de adega, isto é, 14 a 16 graus. E, claro, o colarinho precisa ter, em média, dois dedos. Mas algumas cervejas possuem uma formação de espuma maior, e deve-se deixar formá-la normalmente, jamais inclinando o copo”, ensina. E para aqueles que curtem um sabor mais doce, o sommelier destaca as escuras do tipo Stout e Porter, assim como as cervejas de frutas (Fruit beers). Lembre-se: se beber não dirija!

www.perini.com.br

PERINI

25


per ini i ndic a

Aces s ó r io s d if er en c iad o s

De linhas refinadas e sólida construção, os abridores de vinhos Gattorna e Brinox dão um toque de elegância em todos os seus eventos. Para os apreciadores de um bom vinho, o decanter Soirée é perfeito, pois realça seu sabor e adiciona-lhe um ingrediente essencial: oxigênio. Já o anel para garrafa Brinox encerrará de vez o escorrer do líquido pela garrafa. Tenha todos sempre à mão.

Feit o s um par a o outro

26

PERINI

www.perini.com.br

Qu eij o Maasdam Ro ya l Hollandia

Seus grandes buracos dão o diferencial a este exemplar ideal para sanduíches e aperitivos. Pode ser utilizado também no preparo de fondue, gratinado e outros. A receita original foi desenvolvida na cidade de Maasdam, na Holanda, o que batizou com o mesmo nome este queijo tão especial.

fotos: saulo kainuma

O mais tradicional dos queijos italianos, o Parmigiano Reggiano, que usa em sua produção leite da mais alta qualidade, é excelente dica para entradas, servido aos pedaços, ou ralado em diversas receitas que incluam uma pasta, por exemplo. Para acompanhar, um vinho de imenso prestígio, o Vega Sicília “Único”, pois reúne toda a classe e elegância que são a marca registrada da bodega famosa espanhola. Apresenta ótima acidez e taninos firmes.


Qu eij o Ca blanca

Feito com leite de cabra, é perfeito para complementar saladas e outros pratos rápidos. Com seu delicado sabor, também é muito apropriado para uma tábua de queijos. Além disso, possui baixo nível de colesterol.

Q u e i j o O ld D u t ch Mas t er

Por causa de seu sabor intenso, devido ao longo tempo de maturação, o Old Dutch Master desenvolve pequenos cristais que lhe dão um toque tão característico. É ideal para ser servido como aperitivo, acompanhado de pão ou croissant.

Sab o r o s a s d el íc ias

A Perini fabrica todos os dias mais de 2 mil produtos de marca própria e o setor de pães é especial na delicatéssen e, por isso mesmo, é tratado com todo carinho. São produzidos com farinha de trigo importada da Itália e sua variedade inclui 435 tipos, desde os mais tradicionais, como os pães de sal, leite, milho e batata, sem esquecer os croissants, até os mais inusitados, como os de aveia e mel, cerveja, rúcula e ervas. Ideais no café da manhã e também para acompanhar petiscos no happy hour.

Q ueijo Go uda Suav e Ho l l an d ia

O Gouda jovem possui sabor suave e cremoso e quando maturado, suas características mudam, pois adquire sabor robusto e textura mais firme. É ideal para sanduíches e utilizado amplamente na culinária. Em uma tábua de queijos, é uma deliciosa opção.

L u x o p ur o

Imagine uma garrafa de cristal com certificado de autenticidade numerado individualmente? O Johnnie Walker King George V Edition vem assim, exclusivo. O lote inclui os Port Ellen Islay Single Malt Scotch Whisky de uma destilaria estrangeira e seu preço é elevado porque é raro, mas vale muito a pena possuir um exemplar destes.

www.perini.com.br

PERINI

27


nut r i t i vo

28

PERINI

www.perini.com.br


Corpo

em perfeita sintonia Para manter o bom funcionamento do organismo, diminuir o inchaço, melhorar o humor e, de quebra, reduzir o manequim, a Detox é a solução Por Fernanda Mendonça

Foto: © Yuri Arcurs / Fotolia

S

ono tranquilo e muita disposição são os principais benefícios de uma dieta equilibrada. E seus resultados refletem na beleza, principalmente na pele e nos cabelos que ganham uma aparência muito mais saudável. Para se livrar das toxinas e emagrecer, basta mudar alguns hábitos. E uma boa reeducação começa no supermercado. Para saber mais a respeito dessa nova onda chamada Detox, conversamos com a nutricionista funcional Deborah Andrade Vilela, da Clínica Bios Saúde, de Salvador, e com o nutrólogo José Alexandre Portinho, de São Paulo. A dupla indica o que deve entrar no seu carrinho de compras e o que se deve evitar no dia a dia. Tudo em prol do bem-estar. Os resultados, você confere na balança!

Aliados da saúde

Frutas e vegetais folhosos, especialmente os verde-escuros, ajudam a desintoxicar, assim como cereais integrais, hortaliças, sementes, grãos e legumes que também devem fazer parte da lista. Invista igualmente em chá verde, nozes, castanha-do-pará, lentilha e peixes. “Dê preferência para maçã e pera, além das variedades

www.perini.com.br

PERINI

29


Frutas e vegetais folhosos, especialmente os verde-escuros, ajudam a desintoxicar, assim como cereais integrais, hortaliças, sementes, grãos e legumes que também devem fazer parte da lista. Invista igualmente em chá verde, nozes, castanha-do-pará, lentilha e peixes José Alexandre Portinho, nutrólogo

30

PERINI

www.perini.com.br

O que deve ficar de fora

Para manter o peso e a saúde em dia, não é preciso deixar de comer, porém, os alimentos mais calóricos, ricos em gordura ou açúcar, devem ser as exceções do cardápio, liberados apenas de vez em quando. “É normal exagerar um pouco em datas comemorativas, por exemplo, mas após o evento, a alimentação deve ser a mais natural possível, com todos os ingredientes já citados, proteínas de baixo teor de gordura e raízes”, diz a especialista. Dessa maneira, é possível repor a energia, as vitaminas e os minerais perdidos e promover a desintoxicação. As gorduras devem ser evitadas, pois podem sobrecarregar mais o fígado. Carne vermelha, queijos amarelos, frituras em geral, doces, industrializados, embutidos e enlatados não devem ser consumidos em um primeiro momento. Depois de um tempo, eles podem voltar ao prato, porém, aos poucos e sempre com moderação. “Outra dica é retirar sempre a gordura visível da carne e do frango antes do preparo e reduzir o consumo de sal”, completa o nutrólogo. Os produtos orgânicos também devem ter prioridade na mesa. “Sabemos que eles são mais caros, mas é um investimento para evitar gastos com remédios no futuro. Afinal, o consumo de agrotóxicos pode causar inúmeras doenças”, justifica o médico. “E para quem passou dos limites na bebida alcoólica, a recomendação é o chá de plantas, como salsaparrilha e erva-cidreira, que ajuda a minimizar o desconforto do fígado, acelerando o processo de desintoxicação”, afirma Deborah.

Fotos: saulo kainuma, office.microsoft e © monticellllo / Fotolia

de tom avermelhado. A uva vermelha, por exemplo, é uma excelente opção para sucos”, recomenda Portinho. Alho, cebola, própolis, romã e temperos, como gengibre, páprica, curry, canela e alecrim, devem ser consumidos. “Eles aumentam a produção de enzimas no fígado, responsáveis pela eliminação de toxinas”, explica Deborah. Segundo ela, é interessante a fervura de dente-de-leão e espinheira-santa que captam as “sujeiras” do organismo. E não se esqueça de beber muita água. “A ingestão de mais de 2 litros de líquidos ao dia auxilia no bom funcionamento dos rins e melhora a circulação, levando à redução do inchaço e à eliminação de substâncias tóxicas pela urina”, completa a nutricionista.


Adeus, sobrepeso

Quem está mais fofo deve começar diminuindo o sal das receitas para eliminar o excesso de líquido do organismo e posteriormente começar a eliminar gordura. “O sódio sequestra os líquidos e faz a balança aumentar até 6 kg. Portanto, só com esse procedimento, a pessoa pode perder uma quantidade significativa de peso em menos de uma semana”, afirma Portinho. Segundo ele, o fim do inchaço e o emagrecimento são o incentivo necessário para que se siga com o tratamento. “Porém, para continuar o processo, é preciso manter-se longe de corantes, conservantes artificiais e fertilizantes químicos presentes em refrigerantes, bacon, linguiça e salame”, salienta a nutricionista. E, é claro, que a prática de exercícios é fundamental.

Fique atento!

Náuseas, vômitos, inchaço, diarreia, perda do apetite e dor de cabeça são sintomas da intoxicação do organismo, geralmente causada pela má nutrição, álcool ou fumo. “Ignorá-los faz com que permaneçam por mais tempo. Por outro lado, refeições leves e saudáveis colaboram para uma recuperação rápida”, alerta Portinho. E atenção: mesmo quem não está acima do peso nem apresenta os sintomas mencionados pode e deve fazer a dieta Detox, pelo menos por uma semana, uma vez por ano. Só dessa maneira, o corpo funcionará sempre bem.

Cuide-se bem Vale lembrar que, na sua delicatéssen favorita, você encontra o que há de melhor em produtos orgânicos, além de cereais integrais, sementes, sucos, chás, pães artesanais light e com grãos e muitos outros produtos feitos com muito carinho para tornar as suas refeições muito mais saborosas e nutritivas para manter a saúde e o astral lá em cima!

Sucos de uva

pães artesanais light www.perini.com.br

bolos diet

PERINI

31


belez a

O momento certo de

cuidar da pele 32

PERINI

www.perini.com.br


Embora na cidade de Salvador o clima seja mais quente, esta época do ano é a mais indicada para ficar ainda mais bonita Por Ingrid Dragone

fotos: © shotsstudio / Fotolia e Divulgação assessoria Rede Onodera

Beleza é fundamental, já disse o poeta. E a saúde em dia também faz parte desse conceito. Por isso, a estação um pouco mais fria é a ideal para quem quer cuidar do corpo. Isso acontece porque a incidência dos raios solares neste período do ano é menor, o que reduz os riscos de manchas, por exemplo. Os procedimentos mais procurados são os que promovem a renovação da pele do rosto. Para falar mais sobre o assunto, a Perini em Revista conversou com a fisioterapeuta Kátia Avena, responsável técnica pela unidade da rede Onodera Estética em Salvador.

frequentemente, é preciso recorrer sempre ao filtro solar, todos os dias. A poluição, o vento, o tabagismo, o sedentarismo e a má alimentação também estão nessa lista.

P. R.: Como escolher o tratamento mais adequado?

K. A.: Todas as pessoas devem passar por uma consulta para a avaliação da disfunção existente e detecção do seu grau, para que sejam traçadas metas e indicados os tratamentos adequados para cada caso.

Perini em Revista: Quais os procedimentos estéticos mais procurados no outono/inverno?

Kátia Avena: Laser fracionado e luz pulsada, pois são procedimentos que pedem menor exposição à luz solar para melhores resultados. Além disso, os tratamentos estéticos faciais, por manipularem a epiderme, muitas vezes de uma forma intensa, deixam a pele sensível e é preciso ter muito cuidado e seguir à risca as recomendações médicas para evitar manchas hipercrômicas ou escuras.

P. R.: Costumamos falar do verão como o vilão da pele saudável e, justamente por isso, procuramos tomar mais cuidados nessa estação. O que é necessário fazer para manter a pele bem tratada nesta época do ano?

K. A.: Na verdade, os cuidados com a pele independem um pouco da estação. A radiação ultravioleta, por exemplo, é nociva em qualquer mês. Além da limpeza de pele constante, da hidratação diária e da mais profunda, realizada

www.perini.com.br

PERINI

33


Cuidados essenciais Para saber qual tratamento estético escolher, saiba um pouco mais a respeito de cada um. Você encontra todos eles na Onodera:

Para um rosto de princesa „„Hertix: Tratamento de radiofrequência em que a corrente eletromagnética penetra nos tecidos e gera uma intensa agitação molecular. O procedimento aumenta a temperatura nos tecidos, a síntese de colágeno e a vascularização na área, resultando na diminuição da flacidez. „„Limpeza de pele: Remove impurezas da pele e promove a limpeza dos poros.

Dica da especialista

O laser fracionado e luz pulsada são procedimentos utilizados para diminuir manchas provocadas pelo Sol, promover o rejuvenescimento e tratar cicatrizes de acne, estrias e poros abertos.

34

PERINI

www.perini.com.br

Lembre-se:

Para dar um reforço extra ao belo visual, é importante também cuidar da alimentação e praticar atividades físicas. Na Perini, você encontra o existe de melhor em Salvador quando o assunto é beleza de dentro para fora. São produtos com excelência de qualidade. As opções englobam as melhores frutas, verduras e legumes, além de produtos orgânicos, diet, light para deixá-lo com o pique lá em cima e um visual de arrasar!

Fotos: © Maksim Toome / fotolia, © Daemys / StockFreeImages.com e saulo kainuma

Tratamentos corporais „„Powershape: Equipamento que associa sistema de sucção, laser e radiofrequência para promover a redução de medidas. „„Onosculpt: Utiliza até três terapias combinadas, como ultrassom, microcorrente, iontoforese e endermologia, para atingir as células de gordura e diminuir medidas. „„Manthus: Equipamento que associa ultrassom, correntes elétricas e eletroporação para tratar celulite, gordura localizada e para atuar como método pós-operatório. „„Onoredux: Massagens com movimentos rítmicos e vigorosos e com maior pressão do que nas convencionais. „„Onofit: Massagem realizada com uma exclusiva luva com roletes que giram 360 graus, promovendo a redução de medidas.


e u q uer o!

Supermáquinas. O jornalista Brian Laban

traz histórias completas dos maiores ídolos automobilísticos do mundo: Ferrari e Mini Cooper, em dois livros distintos. “O pequeno grande livro da Ferrari”, ricamente ilustrado com 127 fotos da trajetória da marca conta interessantes passagens da vida de Enzo Ferrari e “O pequeno grande livro do Mini Cooper” traz mais de 120 fotos de todos os principais modelos. Já Philip Raby escreveu “O pequeno grande livro da Porsche” que conta a história desde a juventude de Ferdinand Porsche até os dias de hoje. (Escrituras Editora).

Para brilhar.

Datas importantes pedem peças sofisticadas e muito brilho e vale apostar em ouro branco, pérolas e diamantes para tornar estes momentos inesquecíveis. Esta joia do Julio Okubo é ótimo exemplo de glamour e requinte.

Fotos: divulgação assessorias das marcas e saulo kainuma (produtos perini)

Para momentos especiais. Um vinho

único como o seu terroir, de parreiras quase centenárias da Espanha, só poderia resultar em um produto como Garnacha Olvidada de Aragón 2009. Outro rótulo igualmente importante e que já conquistou os brasileiros é esse francês que está entre os 10 melhores em qualidade e preço da região de Bordeaux. O criador do “vin de garage”, Jean-Luc Thunevin, é o responsável pela elaboração deste exemplar do Château La Guilbonnerie. Na Perini, você tem uma ótima oportunidade de adquirir um exemplar 2009, de uma das safras mais prestigiadas dos últimos tempos.

Ultra-premium scotch. Em um

universo que reúne um pequeno número de uísques raros e exclusivos, todos oriundos de destilarias que operavam nos idos de 1800, está The John Walker Blended Scotch Whisky. Chegou ao Brasil para compor a família Johnnie Walker Blue Label, e pode ser encontrado com exclusividade na Perini. Cada lote produzido preencheu apenas 333 decanters de cristal Baccarat numerados individualmente. Com um gargalo de ouro 24K e tampa de cristal, vem acondicionado em uma caixa de madeira laqueada, forrada de couro e polida à mão. Considerado top de linha da marca, possui tasting notes que finalizam com sabor elegante.

O poder da digital. Ideal para quem ama fotografia e busca imagens de qualidade superior aliado a um design compacto; você vai se apaixonar pela Canon PowerShot G1 X. Ela possui o maior sensor já utilizado em um modelo desse tipo, CMOS, com 1,5 polegada (18,7 x 14 mm) de alta sensibilidade e 14,3 megapixels, que traz profundidade de campo reduzida, um amplo dynamic range, ISO de até 12.800 e uma impressionante habilidade de obter luminosidade mesmo em ambientes escuros.

www.perini.com.br

PERINI

35


dec or aç ão

Brincadeira de criança Aprenda um passo a passo divertido para deixar o quarto do seu filho simplesmente lindo Por Ingrid Dragone

Suíte da Menina projetada pelo arquiteto Luis Pedro Scalise para a Casa Cor São Paulo 2012

36

PERINI

www.perini.com.br


Fotos:

© Carlos Piratininga / Assessoria de Imprensa Todeschini-Grupo Arte Cozinhas

A suíte da menina O espaço, que faz parte da Casa Cor SP 2012, foi decorado pelo arquiteto Luis Pedro Scalise com a temática de “Valente”, da Disney-Pixar, em cartaz dede 20 de julho. Segundo o arquiteto, “de repente, a maneira como você vai enxergar o que vai ser especial para você, para mim, vai ser diferente. Mas se a pessoa entrar com um olhar que não se contenta apenas em ver e entender, mesmo assim irá tirar alguma coisa do espaço”. Para o diretor da revenda Todeschini-Grupo Arte Cozinhas, Mamede Ali Chain, patrocinador do estande, participar de um projeto com Scalise é motivo de orgulho. “Ele é inconfundível, diferente e ousado em suas criações.”

B

om gosto e inspiração são fundamentais para decorar um espaço infantil. Porém, não é só isso. Além de bonito, o ambiente deve ser agradável, seguro, funcional e, claro, agradar às crianças. Quem dá as dicas para o cumprimento de tantos requisitos aos leitores da Perini em Revista é a designer de interiores e professora universitária nas áreas de Arquitetura e Design de Interiores, Júlia Sperandio Faria, que atua no ramo há aproximadamente 15 anos e conta o que pode ser usado para harmonizar quartos de meninos e meninas.

Beleza e funcionalidade:

Os pontos fortes da decoração são as peças que caracterizam o quarto infantil, como cama ou berço, armário e apoios. A ideia é utilizar peças que tenham um design de acordo com o estilo do local e reforçar a interação entre elas.

Idade e versatilidade: É preciso pensar em mobilidade na hora de escolher as peças características desse ambiente. A estratégia favorece a atualização do espaço. Os berços que acompanham o crescimento dos bebês, com a variação da altura das grades, ou que se transformam em caminhas, são um bom exemplo. Os armários já podem ser feitos com divisões para roupas maiores. Os apoios ou trocadores podem se transformar em bancadas de estudo. Outra dica é escolher pontos para a utilização de papéis de parede e adesivos. Assim, para acompanhar as fases de crescimento da criança, basta trocar os temas. Materiais: Os pais devem pensar na segurança e na saúde dos filhos, empregando materiais de fácil limpeza e que permitam lavagem constante. Os mais utilizados são madeira em laca ou natural, pisos cerâmicos ou de madeira, tecidos naturais ou com misturas sintéticas. www.perini.com.br

PERINI

37


Suíte Master projetada pela arquiteta Mayra Lopes para Casa Cor São Paulo 2012

Cores: Atualmente, prevalecem os tons

neutros como base em conjunto com a inserção de cores fortes, pontuadas na produção, para representar o sexo da criança ou tornar o ambiente mais dinâmico. As cores claras continuam em alta e a mistura de cores, com o uso de combinações contrastantes ou análogas, funciona bem. Qualquer cor muita marcada, presente em exagero, promove uma decoração pobre. Portanto, nada de fazer um quarto todo em um tom de rosa ou em um tom de azul, por exemplo.

Sexo do bebê: Para os pais que desejam decorar o quarto com antecedência e ainda não sabem o sexo do bebê, o ideal é usar a base neutra, em tons de terra ou branca. Itens de cores terciárias podem compor o espaço, que terá a decoração finalizada com a chegada do bebê. Nesses casos, uma ótima opção é o uso de tons amarelos ou verdes, ambos adequados para meninos e meninas.

38

PERINI

www.perini.com.br

Saiba mais

A arquiteta paulistana, Andréa Parreira, ensina com exclusividade para os leitores da Perini em Revista algumas dicas práticas de itens imprescindíveis para a composição de um quarto infantil: „„O mobiliário deve cativar a criança, ela precisa identificar naquele ambiente seu “porto seguro”, inibindo assim o desejo pelo quarto dos pais. „„É importante que a decoração seja versátil, além da cama, contar com uma escrivaninha. A peça pode ser utilizada para guardar ursinhos de pelúcia, carrinhos, depois, na adolescência, se transformar em um espaço para guardar livros, fotos, CDs e, mais para frente, ser um ambiente de estudo para a faculdade. „„Para a segurança dos pequenos, é preciso instalar tela de proteção nas janelas e o protetor de tomadas, evitando desta maneira acidentes.


Fotos: © Marcelo Scandaroli

Suíte master Com um projeto ousado e estilo moderno, característico do seu escritório, a arquiteta Mayra Lopes imprimiu um novo conceito ao quarto do bebê que foi construído na Casa Cor SP – 2012. Ela transformou o ambiente em uma suíte aliando a contemporaneidade urbana à delicadeza da recém-nascida e ao neoclassicismo de sua homenageada, a apresentadora Daniela Albuquerque. Tudo foi pensado para deixar a bebê e a mamãe mais confortáveis. Uma das soluções apresentadas é a bancada revestida em belíssima pedra italiana e relevos florais nos quais foram instalados a banheira em resina e o trocador, que ganhou um painel de vidro com pequenos nichos redondos, onde são guardados as toalhinhas e os acessórios. A suíte é tão rica em detalhes que nem o teto escapou do capricho de Mayra, que o fez todo em curvas, lembrando as ondas formadas ao se balançar um lençol no ar. Mas não é só esse o diferencial do forro, a criança terá à sua disposição um céu estrelado só para ela, todo feito de lâmpadas LED. A beleza também está no design do mobiliário, com destaque para berço com desenho espanhol que lembra uma carruagem e os módulos das estantes em formato das bandeirinhas de Alfredo Volpi, – idealizados pelo STUDIO BOX (Rudi Sgarbi, Cris Roale e Mariana Levoratto), além do lindo e doce balanço com alças trabalhadas em flores artificiais. Pensando também em deixar a mamãe sempre tranquila e segura, o principal recurso utilizado foi a automação: câmeras de segurança que funcionam no claro e no escuro e podem ser acessadas via iPad. “Toda mulher que trabalha fora nos dias atuais precisa saber o que acontece com seu neném. Com a Daniela não será diferente”, garante Mayra.

www.perini.com.br

PERINI

39


ec ossust e ntabilidade Por Isaac Edington

Como eles chegaram

N

Tenho plena convicção de que podemos avançar mais rápido, entretanto é necessário um grande esforço nacional para a conscientização de todos quanto à importância da educação para o desenvolvimento de nosso País

o final do mês de abril, participei como convidado de uma reunião do Conselho Superior de Responsabilidade Social (Consocial), da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), conselho este presidido pelo ex-ministro Patrus Ananias. Dentre os assuntos tratados ali, o tema educação acabou tomando conta de grande parte da agenda. E, durante vários momentos, em meio aos diversos posicionamentos e reflexões colocados pelos participantes, veio à tona um fato acontecido em 2009 que até hoje rapidamente vem a minha memória quando me deparo com discussões relacionadas à educação. O fato ocorreu em um inesquecível encontro na sede do movimento “Todos pela educação”, em São Paulo, o qual considero uma das mais importantes e consistentes articulações empresarias em prol do bem

40

PERINI

www.perini.com.br

comum deste País. Tive o privilégio de participar de uma apresentação feita pela consultoria internacional McKinsey, a convite do movimento, a respeito de sistemas educacionais em vários países do mundo, suas características e comparando resultados. O estudo é bastante detalhado e extenso, porém de extrema importância e nos faz refletir sobre o que realmente devemos priorizar para que possamos avançar mais rapidamente no que diz respeito ao grande esforço de toda a sociedade em prol de uma educação pública de qualidade. Abaixo, seguem algumas constatações da pesquisa divulgada na época que certamente continuam bastante atuais: nn Aumentos do investimento não necessariamente melhoram os resultados. nn O número de palavras ouvidas pelas crianças de quatro anos irá impactar fortemente na sua formação superior. nn A diminuição do tamanho da classe não apresenta um efeito muito grande no aproveitamento dos alunos. A qualidade do professor supera totalmente o efeito da alteração do tamanho das classes. nn A qualidade dos professores é a alavanca mais importante para melhorar os resultados dos alunos.

Fotos: Arquivo pessoal de Isaac Edington e © Monkey Business / fotolia

ao topo da educação


nn Os sistemas escolares excelentes atraem pessoas excelentes. Sendo dessa maneira, os sistemas de alto desempenho dificultam o ingresso na carreira de magistério, administrando com cuidado o ingresso na profissão, posicionando-o como uma profissão de prestígio. nn Os sistemas de alto desempenho levaram o desenvolvimento profissional para sala de aula, permitindo que os professores exponham melhores práticas e aprendam os pontos fortes e fracos uns com os outros, criando e disseminado melhores práticas em conjunto. nn Os sistemas escolares de alto desempenho consideram que TODOS devem ser bem-sucedidos, identificam os alunos atrasados e lhes proporcionam apoio intensivo. nn Toda escola precisa de um grande dirigente.

Os sistemas de desempenho superior recrutam e formam excelentes diretores de escolas e possibilitam a troca de experiência com executivos do setor privado. Foram entrevistadas 200 pessoas, de 120 escolas, em 20 países, por uma equipe coordenada pela egípcia Mona Mourshed, doutora em Desenvolvimento Econômico pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), que veio de Dubai, onde trabalha, exclusivamente para nos fazer essa apresentação. Recordo-me como se fosse hoje, que durante uma conversa informal com doutora Mona, antes da apresentação, ela contou-me que chegou ao Brasil, tomou um banho no hotel, fez a sua apresentação e, algumas horas depois à noite, iria pegar o voo de volta para Dubai. Ela não tinha tempo a perder. Mostrou-nos os resultados da pesquisa, chamou a atenção para as práticas comuns a esses países, todas testadas com sucesso na sala de aula. E afirmou estar certa de que outros países podem se beneficiar delas em curto prazo, sem gastar muito, e disse ainda que o Brasil tem total possibilidade de implementá-las. Tenho plena convicção de que podemos avançar mais rápido, entretanto é necessário um grande esforço nacional para a conscientização de todos quanto à importância da educação para o desenvolvimento de nosso País. Pelo que demonstrou esse trabalho, é possível que possamos, em um futuro não tão distante, chegarmos ao topo. E como a doutora Mona naquela oportunidade, nós aqui no Brasil também não temos mais tempo a perder. Para saber mais como contribuir para uma educação básica de qualidade acesse: www.todospelaeducacao.org.br.

www.perini.com.br

PERINI

41


panor am a Por FabrĂ­cio Nascimento

cem por cento

Solar 42

PERINI

www.perini.com.br


O Solar do Unhão é o mais incrível conjunto arquitetônico da Bahia e um monumento ao Sol e ao amor

foto: Divulgação MAM-BA

E

le foi originalmente construído com a finalidade de ser residência oficial do desembargador Pedro Unhão Castelo Branco, no século 17. Abriga atualmente o Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), artistas, professores, alunos, turistas e muitos casais apaixonados. Na suntuosa casa grande, está o acervo permanente com obras de Portinari, Volpi, Tarsila do Amaral e Di Cavalcanti. As janelas possuem uma vista estonteante para a Baía de Todos os Santos que disputa a atenção dos olhares com as exposições temporárias. Com ambiente climatizado, ar condicionado, parece ser o melhor lugar para apreciar o Sol nos dias mais quentes e de mar mais azul. A capela é uma pérola e seu interior é plenamente dedicado às obras de arte. Corredores, salas, escadas e campanários formam um pequeno labirinto de beleza ímpar e impossível de se perder. O seu pátio já foi palco de inúmeras apresentações de jazz. As famosas Jam Sessions (Jam no MAM) são um highlight da noite soteropolitana. Poder escutar o melhor da música instrumental sentado nas pedras quentes, aquecidas pelos raios solares ao longo do dia, é um privilégio inesquecível de beleza sofisticada. A velha senzala funcionou como um restaurante bem recomendado, com seus shows folclóricos voltados para os turistas estrangeiros. Hoje é galeria de arte e um café elegante. Seu cais é um deque de madeira que abriga algumas mesas das quais se apreciam os cheiros e sabores da cozinha e o barulho das marolas aos seus pés. O Sol fica em frente e doura o mar calmo da baía.

O antigo armazém mantém cursos e oficinas de arte. Chegou a contar com 18 diferentes modalidades disputadas por aprendizes e artistas de todo o Brasil e outros países. Suas paredes o protegem do mar agitado de março e suas pequenas janelas permitem a entrada de um solzinho que percorre em elipse o seu chão e os pés de mestres e alunos. No andar superior de um de seus galpões, funciona uma sala de cinema que faz parte do Circuito de Arte da Bahia. Filmes e público alternativos movimentam o Solar nas entradas e saídas de cada sessão. Fora do clima dos blockbusters, traz as histórias mais inusitadas para um ambiente escuro iluminado apenas pelas ideias e pelos beijos dos amantes. Os trilhos que, no passado, serviam para transportar mercadorias até o cais, cortam o chão de pedras irregulares. Leva, por meio de um corredor perfumado por flores, até jardim de outrora, transformado em Parque das Esculturas. Com obras de Caribé e Mário Cravo, conta com uma passarela de madeira sobre o encontro do mar com as pedras. Uma pequena queda d’água se forma quando chove na Cidade Alta. Banquinhos convidam os casais a se sentar e, entre carinhos e afagos, apreciar o pôr do sol por detrás da Ilha de Itaparica. Ao final, chega-se à prainha, minúscula, limpa, de água calma e clara, onde namorados se abraçam e se equilibram entre uma onda e outra. A brisa marca presença e é inquietante. À noite, tem-se gente na água morna e iluminada. Peixes e tartarugas são figuras constantes e disputam lugar com os banhistas. O Solar do Unhão tem uma relação totalmente íntima com a luz solar. Prova que, em Salvador, o pôr do sol dura horas e avança até altas horas da noite. Aquece pedras, olhares e corações.

www.perini.com.br

PERINI

43


c apa

Um pai, um desafio um amigo, um herói Gilberto Gil, este ícone da cultura do Brasil, conta um pouco de sua história com exclusividade para os leitores da Perini em Revista

Quem assiste aos shows de Gilberto Passos Gil Moreira não pode imaginar quantos anos e quanta aventura este soteropolitano, do signo de Câncer, tem para contar. Desde exílios à época da ditadura ao Ministério da Cultura, no mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de 2003 a 2008, o cantor de bossa nova, música popular brasileira (MPB), reggae, forró e tantos outros ritmos encanta gerações com letras vivas que falam da realidade nordestina, da alegria e também da tristeza, dos amores, da amizade e, acima de tudo, da vida.

44

PERINI

www.perini.com.br

foto: MARCOS HERMES

Por Renata Preza


www.perini.com.br

PERINI

45


Quando perguntado sobre o que teria mais peso na sua vida, a paternidade ou a carreira artística, Gil é taxativo: “São duas experiências muito importantes, não há como compará-las. A música eleva o meu espírito e a paternidade, meu afeto, meu coração”. A música “Pai e Mãe” fala de “alguém com força para proteger, de alguém com carinho para confortar e com olhos e coração bem abertos para compreender” e foi inspirada na vida real. Gil comenta que seu pai, falecido em 1991, teve muita influência no pai que ele se tornou e que é até hoje. “Eu guardo meu velho dentro de mim e nada poderá

46

PERINI

www.perini.com.br

São duas experiências muito importantes (paternidade e carreira artística), não há como compará-las. A música eleva o meu espírito e a paternidade, meu afeto, meu coração Gilberto Gil

tirá-lo. Seguramente, a educação que dei aos meninos e a relação que tenho de amizade com meus filhos e netos se devem à maneira como fui criado por meus pais, minhas referências de vida”, declara emocionado.

Infância feliz

Gilberto Gil é um avô dedicado e se lembra de quando era criança e vivia em uma família batalhadora e ocupada que tratava de doentes e que lecionava para crianças ávidas por conhecimento. Em busca de uma vida melhor, se mudaram para o interior baiano, no município de Ituaçu. Médico e professora,

fotos: jorge bispo

O cantor, que completou 70 anos no último dia 26 de junho, é filho de José Gil Moreira e Claudina Passos Gil Moreira e pai de José Gil, Isabela, Bem, Maria, Preta, Nara, Marília e Pedro, este último falecido em um acidente automobilístico em 1990. Gil fala que conciliar carreira e paternidade não foi das tarefas mais simples, no entanto, ele diz que não faria nada diferente, pois hoje são adultos bem-sucedidos com suas próprias famílias. “Quando os mais velhos eram pequenos, era muita batalha pela sobrevivência, mas a minha carreira artística foi se organizando de modo a me dar tempo para curti-los entre os trabalhos. Eles me dão muito orgulho, então minha missão como um bom pai foi, e continua sendo, cumprida.”

Família reunida


os pais do multifacetado artista, mesmo com atividades que os tiravam do lar, davam toda atenção ao pequeno Gil que, ainda bem novo, já sentia grande paixão pela música. “Desde muito cedo, eu gostava de música. Ainda não havia aprendido a falar direito quando eu disse à minha mãe que queria ser ‘musgueiro’”. O apoio incondicional à carreira musical veio da mãe, dona Claudina. O cantor lembra que o pai guardava ressalvas sobre o filho seguir esse caminho: “Minha mãe sempre me estimulou muito com a questão da música e foi ela quem me deu meu primeiro instrumento, um acordeão e, mais tarde, o primeiro violão. Meu pai não se opunha, mas era mais focado nos estudos acadêmicos”.

50 anos de carreira

Em 1963, ciclo em que conheceu um de seus maiores amigos e parceiros, Caetano Veloso, lançou seu primeiro álbum, intitulado “Gilberto Gil – sua música, sua interpretação”. Com o novo amigo e com outras personalidades da música brasileira, encabeçou o Tropicalismo, movimento cuja preocupação eram os problemas sociais do País, aliado a uma ideologia libertadora, a um inconformismo diante da maneira de viver do povo brasileiro, o que gerou uma crescente onda de participação popular, travando, desta forma, uma luta declarada ao regime militar

que, então, vigorava em terras tupiniquins. O resultado foi o seu exílio em Londres, onde permaneceu por três anos, até 1972. Sobre as diferentes fases vividas pelo Brasil, que antes tinha uma população mais inquieta que lutava avidamente por seus direitos, e que atualmente tem uma estabilidade governamental e econômica, mas que, no entanto, não registra grandes movimentos de conscientização e luta, o artista analisa e crê que “os dois cenários têm prós e contras, mas o que importa mesmo é ter condições dignas para se formar e evoluir com a família”. Com uma carreira consolidada, Gilberto

www.perini.com.br

PERINI

47


48

PERINI

www.perini.com.br


Influência paterna

O ditado diz que “quem sai aos seus não degenera”. Alguns filhos de Gil são a prova viva de que isso é uma verdade e também seguiram a carreira musical. O artista garante que esse caminho foi trilhado naturalmente, sem que houvesse qualquer tipo de pressão.

Eu guardo meu velho dentro de mim e nada poderá tirálo. Seguramente, a educação que dei aos meninos e a relação que tenho de amizade com meus filhos e netos se devem à maneira como fui criado por meus pais, minhas referências de vida Gilberto Gil

fotos: jorge bispo

Gilberto Gil

“Essa escolha pela carreira musical é única e exclusivamente de cada um. Obviamente, eles sofrem influência musical, pois acompanharam toda a minha carreira, mas não há pressão e nem sequer cobrança de minha parte. A troca é mútua, e eles, mais do que me influenciar, me trazem as novidades do gênero que vão surgindo e nós vamos interagindo musicalmente. É muito bom!” Com a carreira indo de vento em popa, Gil dá um grande valor aos momentos que tem longe do palco, e os aproveita ficando próximo da família, tocando o bom e velho violão e meditando. Gil conta que quando está em Salvador, é frequentador assíduo da rede de delicatéssens Perini e que o local atende às necessidades da família, pois possui uma variedade incrível de produtos.

ainda se mostra versátil e toca diferentes ritmos, como reggae e forró, mantendo o público fiel e atraindo novos fãs. O músico fala que “o segredo é, justamente, essa mistura”, e que “o interesse por gêneros e artistas diversos é a força motriz de uma vida dedicada ao público e à musica de boa qualidade”.

Turnê internacional

Nos primeiros seis meses de 2012, o cantor lançou a turnê “Concerto de Cordas e Máquinas de Ritmo”, se apresentado em Salvador, no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte. No segundo semestre, Gil levará o novo show para terras estrangeiras, passando pela Europa, América do Sul e Estados Unidos. A apresentação traz grande sonoridade acústica e novos arranjos, dando nova roupagem para consagradas canções, a exemplo de “Domingo no Parque”, “Expresso 2222” e “Andar com fé”. Na música “Vida”, Gil fala de alegria, prazer, amor, paixão, fala em “vida vivida” e é exatamente isso que o cantor deseja a todos os leitores da Perini em Revista de Salvador e de todo o Brasil.

www.perini.com.br

PERINI

49


boa for m a

dê um ‘chega pra lá’ no estresse

O Seja para acabar com o sedentarismo, manter a forma ou se livrar da pressão diária, escolher uma modalidade de esporte para chamar de sua é fundamental. Quem ensina um dos caminhos das pedras é o tetracampeão mundial Popó Freitas Por Renata Preza

50

PERINI

www.perini.com.br

s tempos modernos sugerem novas opções e tecnologias em diversos setores. A busca pela qualidade de vida, saúde e estética não fica de fora dessa onda: massagens, lasers, pilates, ioga, esportes diferenciados e até mesmo cirurgias são recursos utilizados por pessoas que querem estar em paz com a balança, com o espelho e com seus médicos. Excelente alternativa para quem deseja queimar calorias, manter o corpo saudável, exercitar os músculos, respiração, concentração, resistência e condicionamento físico, o boxe fitness está presente em grande parte das academias soteropolitanas e ainda pode eliminar o estresse do cotidiano e dar noções de defesa pessoal. O educador físico, André Monteiro, um dos sócios da academia Espaço Vittal, parceira da rede de delicatéssens Perini, situada na Pituba, conta que decidiu incluir a modalidade na grade a partir de uma demanda do próprio mercado. “Tanto homens quanto mulheres se preocupam com a saúde e a estética, e o boxe, praticado com esta intenção, é inteiramente, eficaz.” De acordo com o educador físico, com uma hora de aula de boxe fitness, o aluno pode perder de 600 a 800 calorias. Ele garante que o trabalho realizado ali foca apenas o bem-estar: “Quando se treina visando competições, a modalidade se torna um pouco mais arriscada e temos orgulho de dizer que, na Espaço Vittal, a incidência de lesões em quem participa das aulas é nula”.


foto: Š redav / fotolia

www.perini.com.br

PERINI

51


Treinamento do campeão Inúmeros benefícios

As vantagens são muitas: não há sobrecarga relacionada ao impacto, o que possibilita às pessoas com sobrepeso participarem, reduz o colesterol, quando associada a uma alimentação saudável, auxilia na redução de peso; o componente aeróbico pode ajudar a diminuir hipertensão, promove a flexibilidade e melhora do tônus muscular. A esteticista Maria de Fátima Lopes, 50 anos, pratica o esporte há, pelo menos, 10, e assegura que não se trata apenas de melhoria da qualidade de vida, é uma verdadeira terapia. “Eu uno o útil ao agradável. Faço exercícios de força e aeróbicos e ainda deixo o estresse para trás. Quando a sessão termina, saio de alma lavada, com as energias renovadas.” O administrador Rafael Pereira, 30 anos, conta que as melhoras podem ser constatadas todos os dias: “Meus músculos ficaram bastante tonificados em pouco tempo e eu ainda pude perceber uma evidente melhora no condicionamento físico. O melhor de tudo, é que eu consigo mandar a tensão do cotidiano para as ‘cucuias’. Afinal, não tem nada melhor do que dar uns socos para desestressar”.

52

PERINI

www.perini.com.br

O tetracampeão mundial de boxe e deputado federal (PRB-BA) baiano, Acelino Popó Freitas, venceu, após cinco anos afastado dos ringues, o então invicto Michael Oliveira. O embate, que aconteceu no último dia 2 de junho, em Punta del Este, no Uruguai, voltou os olhares da imprensa de todo o mundo ao lutador de 36 anos e para a importância de fazer atividades físicas, uma vez que ele esbanjou agilidade e força, realizando impressionantes e ágeis esquivas e aplicando golpes potentes no adversário. Popó fala que a vitória só foi possível porque, no período em que ficou longe das competições, treinou duro para manter a boa saúde. “Toda semana, jogo futebol e treino boxe. São os dois esportes que mais amo. Significam vida, saúde e são sinônimo de disposição. Traz-nos qualidade em todas as áreas.” Ele explica que na maioria das vezes não percebemos, mas além da boa forma e da saúde, a prática do boxe e de outros esportes reflete beneficamente nos mais diversos detalhes do nosso cotidiano, como, por exemplo, a forma que dormimos e acordamos, o nosso tratamento com as pessoas e a maneira com que lidamos com os compromissos e afazeres de um dia de trabalho. “É impressionante... o esporte nos ajuda em tudo”, enfatiza.


fotos: Jade Matarazzo e © Juri Samsonov / Fotolia

Energia de sobra

Lutei contra todos os comentários negativos e defendi o meu histórico de conquistas (...) a vida é cheia de desafios e o resultado de muito esforço e suor veio, conquistei o meu trigésimo terceiro nocaute Popó Freitas

www.perini.com.br

Popó destaca que essa luta contra Michael foi a mais importante de sua carreira e conta os motivos: “Achavam que não ia conseguir. Por isso, coloquei um peso nessa conquista maior do que os meus quatro títulos mundiais de boxe juntos. Isso porque dessa vez lutei contra um adversário 14 anos mais jovem, invicto e ativo, contra vários críticos, contra colegas de plenário e até pessoas do meu convívio diário. Estou superfeliz”. Ele fala de superação: “Lutei contra todos os comentários negativos e defendi o meu histórico de conquistas. Só depois da luta que percebi o quanto arrisquei e coloquei em jogo. Mas a vida é cheia de desafios e o resultado de muito esforço e suor veio, conquistei o meu trigésimo terceiro nocaute (33KO), realizei o sonho do meu filho Popozinho, fiz reviver em milhões de brasileiros o gostinho do boxe, que estava se apagando no Brasil, e ainda ganhei uma campanha para que volte a lutar”. O baiano assegura que o boxe é um modo seguro de se adquirir e manter uma boa qualidade de vida, tanto do ponto de vista estético e de saúde, quanto do psicológico: “Praticar boxe não quer dizer pôr luvas, entrar no ringue e soltar socos um no outro. Não! Boxe é esporte, um dos melhores para perda de peso e para saúde”. Na aula de boxe, o professor precisa identificar o perfil de cada aluno e adequar treinos específicos, que podem ser com sacos, golpes na manopla, sombra e outros. O boxe se torna um esporte de contato em um nível mais avançado e em competições. “Fora isso, ele é um dos esportes que mais recomendo. Falo com propriedade de ser atleta e também empresário com um Centro de Treinamento lançado em Brasília que leva o meu nome, o Popó Fight Club. Lá, nós temos uma área de quase mil metros quadrados só de luta, das mais diversas, entre elas boxe, MMA, jiu-jítsu, muay thay, judô, kung fu, treinamento funcional especializado e muito mais. O meu conselho é: Pratique!”, finaliza o campeão. Lembre-se: utilize sempre os equipamentos corretos e completos e com a supervisão de treinadores especializados.

PERINI

53


Fale de perto Conversar e interagir com outras pessoas fazem parte da vida. Saiba tudo a respeito da alteração no hálito e viva mais feliz Por Maria Helena Bellini

54

PERINI

www.perini.com.br

A halitose é um problema bucal que deve ser investigado, pois o seu portador costuma sofrer todo tipo de situações embaraçosas – da discriminação no trabalho à deterioração nas relações afetivas e sociais. Para a cirurgiã-dentista que atua na área clínica, com diversos cursos de formação em Halitose, dra. Lucía Amoedo, membro da Associação Brasileira de Halitose (ABHA) “o medo de possuir mau hálito pode precipitar uma verdadeira neurose e, além de tudo, essa pessoa se torna mais vulnerável a muitas doenças sistêmicas (gastrite, amidalite, pneumonia, etc.), isso porque a saburra acumulada passa a ser um meio propício para a instalação e proliferação de micro-organismos nocivos, cuja porta de entrada é a boca”.

foto: © office.microsoft

saúde


Lucía Amoedo

Conheça a seguir alguns pontos importantes destacados pela especialista. Perini em Revista: O que é halitose?

Lucía Amoedo: É o hálito com odor desagradável expelido pelos pulmões, pela boca ou pelas narinas e pode ser um indicativo de alguma alteração patológica no organismo. Pode ser considerado crônico quando está constantemente presente. O mau hálito matinal, por exemplo, é fisiológico, isto é, normal, pois cessa logo após a higiene bucal e o restabelecimento do fluxo salivar.

P. R.: Quais são suas causas?

L. A.: A halitose muitas vezes é multifatorial, tendo várias causas envolvidas. A grande maioria delas encontra-se na boca, sendo a saburra lingual (um material esbranquiçado que se forma no dorso da língua e é composta de restos alimentares e bactérias anaeróbicas proteolíticas, uma vez que se alimentam das células descamadas e exalam mau cheiro por meio de compostos de enxofre de odor desagradável) o principal motivo. A doença periodontal (das gengivas) também é responsável pelo seu aparecimento devido à presença das bactérias anaeróbicas proteolíticas já mencionadas. Existem também muitas outras causas, tais como sinusite, rinite, hipossalivação, hipoglicemia, constipação intestinal, diabetes, alterações pulmonares, hepáticas e outras.

P. R.: Qual é a melhor prevenção?

L. A.: A frequente e eficiente higienização da

É importante beber no mínimo dois litros de água por dia e fazer refeições regulares, a cada 3 horas, de preferência com alimentos fibrosos, para estimular uma maior produção de saliva que é um ‘detergente’ natural da boca

o

ía Amoed

Dra. Luc

boca. Uma boa escovação dos dentes (que muitas vezes só se aprende com o dentista), o uso do fio dental e a limpeza da língua. Também é importante beber no mínimo dois litros de água por dia e fazer refeições regulares, a cada 3 horas, de preferência com alimentos fibrosos, para estimular uma maior produção de saliva que é um “detergente” natural da boca.

P. R.: Quais os tratamentos mais indicados?

L. A.: Tudo depende da causa que será identificada após uma consulta com um dentista. É preciso realizar uma extensa anamnese e exames para medição e avaliação do hálito e da saliva. Para maior segurança do paciente, é importante que ele procure um profissional indicado pela ABHA.

P. R.: Mito ou verdade: halitose é causada por alguma doença no estômago?

L. A.: Mito. A cárdia é um esfíncter que se abre deixando o alimento passar para o estômago e se fecha logo em seguida, evitando que o conteúdo gástrico retorne, por isso não dá para sentir o cheiro do que está no estômago, a não ser durante rápidos momentos de eventuais regurgitações e arrotos. Raros são os casos em que problemas ou doenças gástricas geram mau hálito. Na maioria das vezes, se relacionam com estase alimentar, quando o alimento depois de engolido fica retido em algum local do tubo digestivo causando putrefação e, logicamente, mau odor. Os casos mais frequentes em que isso ocorre são: divertículo de Zencker, disfagia, hérnia de hiato e gastroparesia.

Para saber mais acesse o site www.nucleodohalito.com.br ou envie um e-mail para atendimento@nucleodohalito.com.br.

www.perini.com.br

PERINI

55


bast i dor es

II Perini Open de Tênis O evento que já faz parte do calendário esportivo de Salvador, teve sua segunda edição com sucesso absoluto Fotos: Eli Cruz

O II Perini Open de Tênis aconteceu nos dias 2 e 3 de junho e movimentou a Associação Atlética da Bahia (AAB). Foram 100 duplas inscritas e mais de 1.400 pessoas compareceram ao local. Entre os convidados especiais, estavam Fernando Meligeni, Marcio Carlsson e Patrícia Medrado que interagiram com o público e participaram de atividades especialmente programadas para a ocasião. Voltado para toda a família, os participantes, atletas e convidados puderam desfrutar das delícias gastronômicas da delicatéssen, como o café da manhã com uma enorme variedade de pães, vindos direto da Forneria Perini, salgados, doces, acarajé, além de um buffet especial para almoço e do festival de crepes. Veja alguns momentos clicados especialmente para esta edição.

56

PERINI

www.perini.com.br


www.perini.com.br

PERINI

57


c inem a Por Lula Tdscko

N

inguém transforma o velho em novo melhor que Hollywood. Tornar aquele seriado de sucesso da década de setenta, ou aquele esquecido super-herói dos quadrinhos, ou mesmo aquele antigo clássico em preto e branco, em um sucesso cinematográfico é comum na meca do cinema, que domina a arte de “dourar a pílula” como poucos. Em 2011, todos os dez filmes de maior bilheteria mundial foram sobre personagens ou histórias já conhecidos do grande público, ou seja, não havia sequer uma nova ideia, pois todos eram continuações, refilmagens ou adaptações. De fato existiram apenas dois filmes – “Missão Madrinha de Casamento” e “Rio” –, com temas originais nas vinte primeiras posições. Com essa política do “mais do mesmo”, os estúdios minimizam os esforços (leia-se dinheiro) em apresentar o enredo, criar empatia com os personagens, enfim, convencer as pessoas de que o filme merece ser visto. As continuações viraram rotina do cinema desde a criação do conceito do “cinema-pipoca”, em meados da década de setenta. Se um filme fez sucesso, pode esperar o número 2. Refilmagens (ou remakes) também são vistos

58

PERINI

www.perini.com.br

a torto e a direito. Seja para reapresentar um sucesso do passado às novas gerações (com novas estrelas e evoluções tecnológicas) ou, no caso de filmes estrangeiros, às vezes apenas para os transpor ao inglês, eliminando tanto dublagem quanto legendas. Também existem as reimaginações (ou releituras) que contam a mesma estória de uma forma toda diferente, seja no visual, na narrativa ou na perspectiva (Tim Burton reina neste segmento). Adaptar um sucesso de outras mídias (livros, games e até musicas!) também é um recurso bastante utilizado. O principal público-alvo de cinema nos Estados Unidos, quiçá do mundo inteiro, são os adolescentes, e não se engane, os filmes são feitos para eles, e apenas algumas migalhas sobram para o resto. Mas fazer filmes baseados em ideias conhecidas não é a simples e única fórmula do sucesso, pois não impediu que novas películas como “Rio” ou “Super 8” triunfassem, assim como não livrou do fracasso as já conhecidas como “Happy Feet 2” ou “Footloose”. Porém, é fato que a presença de conceitos originais se acentua de maneira inversamente proporcional a suas posições nos ranking de bilheteria. E isso é preocupante, pois continuando assim, no futuro, teremos o que para “reciclar”?

fotos: arquivo pessoal lula tdscko e Małgorzata Głuchowska / sxc.hu

Mais do mesmo


s a b or es

famosos

respondem: a Bahia tem sabor de quê?

Fotos: TV Globo/Estevam (claudia alencar), Carlo Locatelli (thalita morete) e divulgação

“A Bahia tem sabor de acarajé, delicioso... hummm! Quentinho, bem recheado, com muito camarão e levemente apimentado!” Natália Vidal – atriz

“A Bahia tem gosto de paixão e de quero mais!” Claudia Alencar – atriz

“Amo o sul da Bahia! A Bahia toda tem sabor de férias, tranquilidade e comida boa!” Talitha Morete – repórter do Domingão do Faustão

“A Bahia tem sabor de fruta fresca, de maresia, de dendê e de alegria.” Bernardo Falcone – ator

www.perini.com.br

PERINI

59


rot e ir o c u ltural Exposição

Jorge Amado e Universal

Museu de Arte Moderna da Bahia

Centenário de Jorge Amado

Amar Amado A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Fundação Cultural do Município e da Maná Produções, apresenta o projeto cultural “Amar Amado” em comemoração aos 100 anos do escritor. O evento, que acontece entre os dias 4 e 12 de agosto, mês de seu aniversário, conta com extensa programação cultural, como shows de Caetano Veloso, Margareth Menezes, Família Caymmi e Orquestra Sinfônica da Bahia. Outro ponto alto das celebrações é o Festival Literário e Artístico de Ilhéus – “Beber Amado, Ler Amado, Ouvir Amado, Ver Amado e Amar Amado”, que objetiva promover atividades nas áreas de gastronomia, literatura, música, cinema e teatro. Para Jorge Amado Neto, esta é uma forma de proporcionar ao público um contato direto com o legado de seu avô. “A grande contribuição dessas homenagens é divulgar a arte, cultura e literatura para pessoas. Temos uma série de novos leitores de Jorge Amado surgindo e descobrindo o gosto e o prazer pela leitura”, conclui.

60

PERINI

www.perini.com.br

Ilustração: Floriano Teixeira do Acervo Fundação Casa de Jorge amado. Fotos: Divulgação MAM-BA, Rui Rezende / Divulgação e Divulgação das assessorias

Inaugurada oficialmente em abril, no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, com um evento fechado para seus familiares, entre eles a filha, Paloma Amado, e convidados, a exposição Jorge Amado e Universal chega à capital baiana no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), a partir de 9 de agosto. A mostra é uma realização da Fundação Casa de Jorge Amado, com desenvolvimento e organização da Nacked & Associados Mercado Cultural. A direção-geral é de William Nacked. Ana Helena Curti responde pela coordenação geral de conteúdo e Daniela Thomas e Felipe Tassara, pela expografia. Imperdível!


livros

Encantos de Tinharé Este livro de fotografias de autoria de Rui Rezende, fotógrafo baiano especializado em natureza, exalta as belezas e a cultura das 26 ilhas que formam o Arquipélago de Tinharé, situado no Baixo Sul da Bahia. É por meio da sensibilidade e precisão do olhar do artista que se descobrem praias recobertas por extensas áreas de coqueirais, a fauna, a flora, as pessoas, os imensos vales e bosques de mangues que compõem o local. Possui textos narrativos produzidos pela antropóloga Gal Meirelles e contou com o patrocínio do Grupo LM. Mais informações: decorarcomfoto.com.br e fotosdachapada.com

A Teia de Aranha Alimentar

Johnny Depp – biografia ilustrada

Lançado no Teatro Jorge Amado, em Salvador, o livro do médico argentino Máximo Ravenna já ajudou mais de 50 mil pessoas a se livrarem da obesidade, com o método desenvolvido por ele após inúmeros estudos a respeito dos distúrbios alimentares. Editora Guarda-Chuva.

Pierre Fatumbi Verger: Do olhar livre ao conhecimento iniciático

O livro conta as muitas faces do ator – de bad boy, rebelde, galã a pai dedicado – e percorre toda sua filmografia ao longo desses mais de 20 anos de carreira, que ganhou destaque com seu desempenho marcante em “Edward Mãos de Tesoura” (1990), culminando com o sucesso como capitão Jack Sparrow em “Piratas do Caribe: a Maldição do Pérola Negra” (2003). Sua vida pessoal também é abordada no livro, pois Depp sempre foi alvo dos holofotes dos paparazzi. Universo dos Livros.

Com o título de “Pierre Fatumbi Verger, Du regard détaché à la connaissance initiatique”, do antropólogo francês, Jérôme Souty, este livro foi publicado inicialmente em francês, em 2007, e agora ganha uma versão em português. Lançado pela Editora Terceiro Nome, conta sua trajetória, a curiosidade e o respeito que sempre teve pelas outras culturas e seu processo como fotógrafo e pesquisador etnográfico, além das viagens pelo mundo e de sua relação com a religiosidade.

www.perini.com.br

PERINI

61


Acervo

Biblioteca Manuel Querino

Livro

Milly, Molly e Meg O desenho animado de grande sucesso virou uma série de livros, de autoria da neozelandesa Gill Pittar, criada para promover a aceitação da diversidade cultural e racial, bem como valores sadios para a educação do caráter. Cada volume da coleção lida com uma determinada virtude ou valor, como honestidade, generosidade, gentileza, respeito pelos animais, paciência, aceitação das diferenças, etc. São histórias que estimulam a imaginação das crianças de 3 a 8 anos. Geração Editorial.

DVD

O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida

Cinema

Uma adaptação do conto clássico do Dr. Seuss de uma criatura da floresta que compar tilha o eterno poder da esperança. A aventura animada conta a jornada de um rapaz que procura pela única coisa que poderá fazer com que ele conquiste a afeição da garota de seus sonhos. Para encontrá-la, ele terá de descobrir a história do Lorax, a zangada, porém charmosa criatura que luta para proteger seu mundo. Universal Pictures.

62

PERINI

www.perini.com.br

Universidade dos monstros / Monstros S.A. 2 Mike (voz de Billy Crystal) e James (voz de John Goodman) são amigos inseparáveis – mas nem sempre foi assim. Quando os dois monstros se conheceram na universidade, eles não se suportavam. A nova animação vai contar como Mike e Sulley superaram suas diferenças e se tornaram grandes amigos. Walt Disney Pictures.

Fotos: Divulgação das assessorias

Infantil

Para receber melhor os seus visitantes, ela está de casa nova, no número 29 da Rua Gregório de Mattos, em um espaço que detém o mesmo estilo arquitetônico barroco-colonial e também pertence ao Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC). Fundada em outubro 1972, é referência quando se trata de acervo na área de história do Estado e de preservação de bens culturais e, desde 2008, ocupava um espaço no Centro Cultural Solar Ferrão. Mais informações: (71) 3116-6945 ou pelo endereço eletrônico coad.ipac@ipac.ba.gov.br.


m e m ó r ia c u ltural

O mundo

criativo

de um admirado artista baiano

Grande influenciador do Movimento da Arte Moderna na Bahia, o escultor possui obras espalhadas por todo o Estado e ainda preserva um reduto de inspiração aberto ao público em Salvador Por Milena Leal

64

PERINI

www.perini.com.br

formando uma galeria que abriga trabalhos em várias técnicas. Bastante visitado, recebe diariamente turistas e artistas oriundos de todo o País e do exterior que visitam a cidade. Muitos vão mais de uma vez para poder desfrutar de tantas atividades e boa arte exposta a céu aberto. No seu auditório, também são realizados eventos ligados à computação plástica, palestras e cursos voltados para o desenvolvimento da criatividade. O artista também não abriu mão de colocar a sua biblioteca particular à disposição do público para consultas.

Padrinho ilustre

É mais do que justo afirmar que o Espaço Mário Cravo é um verdadeiro universo de ideias, de conhecimento, de arte, de educação e de cultura. Tudo produzido por esse baiano que teve em seu leque de amizades o

Fotos: João alberto

É

em um cenário inspirador, na orla marítima da capital baiana, no Parque Metropolitano de Pituaçu, que se encontra um pedaço do grande universo do escultor Mário Cravo Jr., o Espaço Mário Cravo – Parque das Esculturas. Possui 53 mil m² e é considerado um dos sonhos realizados pelo artista e abriga também a Fundação Mário Cravo. Nesse local, ele próprio artista atende o público, demonstra técnicas específicas, ministra palestras e ensina jovens de variadas idades a como realizar manutenção e restauro nas esculturas que foram doadas e cedidas em comodato pelo escultor ao Estado. O Parque de Esculturas, ao ar livre, oferece aos visitantes a oportunidade de viver uma experiência de integração arte-natureza, com cerca de 50 esculturas apresentadas permanentemente sob a forma de objetos tridimensionais estáticos, móveis e sonoros,


ilustre Jorge Amado, a quem atribui o grande incentivo e torcida pela inauguração do local. O saudoso escritor, que este ano completaria 100 anos de vida e sabedoria, além de suas inúmeras publicações, deixou registrada sua impressão sobre o amigo e sua obra peculiar: “Mário não sabe por ter aprendido, sabe por trazer dentro de si (...) como se, no momento de criar os pássaros impossíveis, os peixes misteriosos, os santos e os exus, o seu mundo sofrido e exaltante contivesse toda a velha cultura do nosso povo, como se em suas mãos estivessem todo o saber e toda a arte do povo da Bahia. Ele está muito próximo de nós, no tempo e no espaço, para darmo-nos perfeita conta da importância da sua obra em relação à Bahia”. Com esse reconhecimento e referência, o escultor segue semeando seu talento e cultivando mais admiradores.

Obras por toda a Baía de Todos os Santos

Na capital baiana, encontramos peças do escultor como a “Cruz Caída”, no Belvedere da Sé (Pelourinho); “Memorial Clériston Andrade” (Avenida Anita Garibaldi); “Sereia de Itapuã” ou “Iemanjá” (Itapuã); “Cabeça de Rui Barbosa” (Fórum Ruy Barbosa); e pela Bahia, o “Cristo Crucificado” (Vitória da Conquista);“Cruz comemorativa dos 500 anos de descobrimento do Brasil” (Porto Seguro); entre tantas outras esculturas espalhadas por todo o Estado que representam, cada uma, um pouquinho da nossa história, sob o olhar do seu talentoso filho. O Espaço Mário Cravo – Parque das Esculturas – segundo seu criador, é um lar de inspiração, criatividade, dom, talento e arte. Uma arte que foi devidamente acolhida pela população e será apreciada por muito tempo, sendo eternizada e esculpida em ferros, madeiras e pedras e apresentada ao mundo com a leveza de espírito e sensibilidade desse artista do mundo, com passagens por Nova York e Berlim, o admirável Mário Cravo Jr..

www.perini.com.br

PERINI

65


reser va e spec ial Por Arthur Azevedo

66

PERINI

www.perini.com.br


um desafio para lá de saboroso

A harmonização de queijos e vinhos, de modo geral, não é tarefa fácil. Conheça algumas regras básicas e as combinações clássicas, para ter um final feliz

Fotos: saulo kainuma e © Natalia Klenova / fotolia

O

s queijos, por sua textura e aromas de muita personalidade, desafiam frequentemente as regras da enogastronomia para se combinarem de forma harmônica com os vinhos. Os Sauternes e Roquefort ou Stilton e Porto são agradavelmente lembrados. No entanto, existem alguns tipos, de grande personalidade e aromas pungentes, que sempre aguçam a criatividade para se harmonizarem com os rótulos mais tradicionais. Estamos nos referindo aos famosos queijos de casca lavada, geralmente de cor alaranjada, que são os queridinhos daqueles que apreciam queijos fortes, intensos e de sabores únicos. Os exemplos clássicos são: Époisses, Langres, Livarot, Pont-L’Évêque, Muenster, Maroilles, Saint-Aubin, Vacherin, entre outros. Também entrariam nessa classe os de mofo branco, amadurecidos, como o Brie de Meaux e Coulommiers, além do Reblochon e o Tallegio, este último um dos mais famosos da Itália. Apesar da dificuldade de encontrar esses queijos no Brasil, pois muitos deles são produzidos com leite cru e nossas leis não permitem que sejam importados (santa burrice!), saímos à caça do que havia disponível no mercado para testar como alguns vinhos se sairiam no confronto tête-à-tête com as feras. O resultado do embate você confere na sequência.

Combinações deliciosas

Escolhemos para entrar na arena, representando os vinhos, um Chablis (Borgonha Branco), um Volnay 1er Cru (Borgonha Tinto), um Chardonnay chileno, um Shiraz australiano, um Gewürztraminer alsaciano doce e, por fim, um Sauternes, vinho branco doce da França. Representando os queijos, escalamos: Taleggio, Brie de Meaux, Pont L’Évêque, Reblochon e Coulommiers, das melhores procedências, incluindo dois ótimos brasileiros, da Serra das Antas.

www.perini.com.br

PERINI

67


Para os queijos de aroma pungente, os melhores vinhos são os de uvas aromáticas, com açúcar residual

nn Vinhos tintos não se mostraram boa companhia para os queijos pungentes, ou para aqueles com alto teor de sal e gordura. Todos os tintos do painel, tanto o Volnay da Borgonha quanto o Shiraz australiano, foram esmagados pelas iguarias. Deixe-os de fora!

68

PERINI

www.perini.com.br

nn Para os queijos de aroma pungente, os melhores vinhos são os de uvas aromáticas, com açúcar residual, caso do Gewürztraminer da Alsácia ou então os vinhos doces com Botrytis, como o Sauternes. De qualquer forma, o açúcar, aliado à boa acidez e aos aromas intensos dos vinhos, ajuda a enfrentar a fera.

nn Vinhos brancos secos delicados, como o Chablis, também entram no rol anterior. n n Vinhos brancos com madeira um pouco acima do desejável, como o Chardonnay chileno são inadequados para esses queijos. Nesse caso, a madeira fica ainda mais evidente e desequilibrada. Como se vê, a tarefa de harmonizar vinhos com queijos pungentes requer experimentação e, desta maneira, se conseguem bons resultados. Experimente!

Fotos: saulo kainuma e © Prometeus / Stock Free Images & Dreamstime Stock Photos

Os vinhos foram degustados isoladamente, de início, seguido da apreciação dos queijos e depois cada rótulo foi combinado com todas as opções de queijos, de forma a compor um painel de harmonização bastante interessante. Vejam só:


d o c h ef

Polvo flambado na cachaça

Ingredientes

300 g de polvo 100 g de arroz negro 200 ml de vinho branco 500 ml de água 100 ml de cachaça 30 ml de azeite de oliva 30 g de manteiga 150 g de cebola 30 g de alho-poró 30 g de salsão 30 g de cenoura 30 g de mostarda 100 ml de creme de leite 100 ml de suco de laranja 2 colheres de mel 2 g de hondashi

Cozinhe o polvo com água, 100 ml do vinho, cenoura, alho-poró e salsão até amolecer, depois corte-o em rodelas. Refogue a metade da quantidade de cebola no azeite, adicione o polvo e flambe na cachaça. Por fim, regue ao molho de mostarda e reserve. Molho de mostarda Misture a mostarda, o creme de leite, o suco de laranja e o mel e deixe ferver em fogo baixo até ficar encorpado e reserve. Arroz negro Refogue o restante da cebola na manteiga, adicione o arroz negro e 100 ml do vinho branco. Depois que o vinho secar, regue com água e vá misturando até obter o ponto desejado e finalize com manteiga de hondashi. Montagem Com um aro, enforme o arroz e depois o polvo sobre o arroz e regue com o molho mostarda em volta do polvo.

70

PERINI

www.perini.com.br

O chef

O jovem baiano Rui Carneiro trabalha há mais de 10 anos com gastronomia, e já acumula experiência nacional e internacional. Sua trajetória profissional começou no D.O.M., em São Paulo, premiado restaurante de Alex Atala. Durante os cinco anos em que trabalhou ali, passou por diversas áreas: “Foi minha faculdade com direito a mestrado e doutorado”. Rui trabalhou também no Café Antique, em Londres, e no Favela Chic antes de retornar a Salvador, onde foi subchefe do Amado. Desde 2011 à frente da cozinha do Chez Bernard, seu talento é conhecido no mercado gastronômico pela qualidade, dedicação, criatividade e inovações do cardápio.

fotos: Ted Silva

Modo de fazer


seu m enu

camarão

José Valter de Oliveira Maia Cozinheiro do Rest. Graça

Ingredientes

Modo de fazer

300 g de camarão descascado e limpo 300 g de tapioca fresca 1 pimenta dedo de moça picada e sem sementes 8 unidades de castanha-do-pará 200 ml de água de coco 1 cebola média picada 40 ml de azeite extravirgem Salsa picada Alecrim a gosto Manjericão fresco a gosto Sal

Em uma frigideira, coloque o azeite com a cebola e deixe amolecer. Em seguida, acrescente o camarão para refogar tudo junto, mexendo sempre. Bata no liquidificador a tapioca com a água de coco, despeje sobre o camarão e deixe cozinhar. Inclua a pimenta e a castanha-do-pará. Por último, o alecrim, o manjericão, a salsa e o sal.

72

PERINI

www.perini.com.br

Dica Caso o molho fique muito encorpado, acrescente leite de coco. Se ficar espesso, misture aos poucos fécula de batata com água até dar o ponto.

fotos: saulo kainuma

ao molho de tapioca com castanha-do-pará


bolo de fubá com leite condensado Ingredientes 1 lata de leite condensado 2 colheres (sopa) de margarina 3 ovos 1 xícara (chá) de fubá 1 xícara (chá) de queijo minas ralado 1/2 xícara (chá) de coco ralado 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo 2 xícaras (chá) de leite 1 xícara (chá) de leite de coco 1 colher (sopa) de fermento em pó

Cobertura Leite condensado a gosto

Modo de fazer Na batedeira, bata o leite condensado, a margarina e os ovos. Continue batendo e acrescente o fubá, o queijo ralado, o coco, a farinha de trigo, o leite, o leite de coco e misture o fermento. Coloque em uma fôrma de 20 cm de diâmetro, untada,

Nilson Fonseca

e asse no forno Chef confeiteiro da Perini Pituba preaquecido a 220 o C, durante 40 minutos ou até dourar. Desenforme, faça furos com um garfo e banhe com o leite condensado. Dica Se preferir um sabor mais acentuado de queijo, substitua o tipo minas por parmesão.

www.perini.com.br

PERINI

73


reser va k ids

Mur

al

Adoro tomar sorvete na Perini do Salvador Shopping e lanchar por lá. Sempre escolho os salgados, pois estão sempre quentinhos e crocantes. Amanda Coelho, 9 anos

De que mais gosto na Perini da Paralela é o sorvete e também adoro comer o pãozinho de leite. Catarina Alves, 5 anos

Enquanto mamãe compra salmão para o papai, Amanda e eu tomamos sorvete e comemos a coxinha de galinha com Catupiry. Adoro passear na Perini Graça! Micaela Suelen Alves Oliveira, 2 anos

De que mais gosto na Perini da Graça é tomar sorvete de morango enquanto vovó faz as compras. Eduarda Bomfim de Sousa Soares, 7 anos

Adoro ir à Perini, especialmente porque tenho um carrinho do meu tamanho. Amo os sorvetes de manga, morango e menta. Obrigado, Perini, por ser tão especial! Fiz questão de mandar esta foto, pois me sinto ainda mais baiano com as fitas do Senhor do Bonfim atrás de mim. Pedro Henrique, 8 anos

74

PERINI

www.perini.com.br

O próprio envio da foto já se caracteriza como cessão e autorização de uso de imagem.

Adoramos ir na Perini comer pãezinhos, brigadeiros e tomar um delicioso sorvete. João Vitor Andrade, 6 anos e Ana Beatriz Andrade, 3 anos e Sofia Fernandes, 7 anos


A BLEND OF OUR RAREST WHISKIES 1 Em cADA 10.000 DOS NOSSOS mAIS RAROS BARRIS. 190 ANOS DE ExpERIêNcIA NA ARTE DO BLENDINg. 1 OBRA-pRImA.

aprecie com moderação.


Perini_ed_15  

revista perini

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you