Issuu on Google+

Se a minha professora fosse uma bruxa Se a minha professora, Fosse uma bruxa, Eu saía da sala a correr. Se a minha professora, Fosse uma bruxa, Nem se quer a queria ver. Se a minha professora, Fosse uma bruxa, O seu gato preto até tinha medo da dona. Se a minha professora, Fosse uma bruxa, Então era muito mandona. Se a minha professora, Fosse uma bruxa, Tinha verruga, vassoura e caldeirão. Se a minha professora, Fosse uma bruxa, Não me chegava perto dela ai, não, não! Se a minha professora, Fosse uma bruxa, Eu não ia à aula. Se a minha professora, Fosse uma bruxa, Nem que eu fosse parar à jaula. Nas outras noites geladas de Inverno, Voava com a sua vassoura mágica, Pois não sabia que essa era trágica. Voando pela noite fora, de repente, Caía num país distante e desconhecido, Sair dali é o que ela mais queria. Duda


duda