Page 9

artigo:tecnologia.qxd

1/10/2007

10:06

Page 2

e ao longo da rede de fornecedores que atuam em parceria com a empresa. Que sejam criados Imposto de Renda Ecológico e Social, ICMS com alíquotas diferenciadas para empresas que cumprem sua responsabilidade social e ambiental, IPI Ecológico e Social, Financiamento Ecológico e Social, Encargos Sociais Diferenciados para Empresas Socialmente Responsáveis, Legislação para Licitações diferenciando fornecedores que oferecem Certificados ou Selos Sociais e Ambientais para diferenciar a pontuação, alíquotas menores de IPTU para os que investem em melhores condições ambientais do solo, da água e do ar da cidade. Quando o meio ambiente e os trabalhadores recebem melhores condições e investimentos para a qualidade ambiental e de vida no trabalho, ganha toda a sociedade e toda a economia, proporcionando condições para um território sustentável, uma economia sustentável e uma sociedade sustentável. A economia, a sociedade e o meio-ambiente precisam estar inseridos concomitantemente nos critérios para tomarmos as decisões de empreender, de produzir, de trabalhar, de comercializar, de transportar, de consumir, de legislar, de tributar, de governar, de financiar. Precisamos somar e integrar ações do governo, das empresas e da sociedade civil, da educação superior, básica e infantil, para que contribuam no desenvolvimento de mercados e políticas públicas para empresas responsáveis, criando, assim, condições para sociedades, organizações e territórios sustentáveis.

 Profa. Dra. Patrícia Almeida Ashley Rede de Educação e Pesquisa em Mercados Responsáveis - Departamento de Ciências Administrativas e Contábeis - Universidade Federal de São João Del-Rei Contatos: patricia@ufsj.edu.br Projeto Ecocidades: www.ecocidades.org

Desenvolvimento Sustentável, segundo a Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (CMMAD) da Organização das Nações Unidas (ONU), é aquele que atende às necessidades presentes sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras satisfazerem as suas próprias necessidades. A idéia deriva do conceito de ecodesenvolvimento, proposto nos anos 1970 por Maurice Strong e Ignacy Sachs, durante a Primeira Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (Estocolmo, 1972), a qual deu origem ao Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente - PNUMA. Em 1987, a CMMAD, presidida pela primeira-ministra da Noruega, Gro Harlem Brundtland, adotou o conceito de Desenvolvimento Sustentável em seu relatório Our Common Future (Nosso futuro comum), também conhecido como Relatório Brundtland. O conceito foi definitivamente incorporado como um princípio, durante a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, a Cúpula da Terra de 1992 - Eco-92, no Rio de Janeiro. O Desenvolvimento Sustentável busca o equilíbrio entre proteção ambiental e desenvolvimento econômico e serviu como base para a formulação da Agenda 21, com a qual mais de 170 países se comprometeram, por ocasião da Conferência. Trata-se de um abrangente conjunto de metas para a criação de um mundo, enfim, equilibrado.

9

plurale em revista ed.01  

plurale em revista ed.01

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you