Page 19

da justificativa do confronto para se assassinar os moradores das áreas mais pobres, muitas vezes inocentes. A pesquisa do Fòrum de Segurança por isso perguntou aos policiais se não seria melhor encerrar a existência de uma justiça militar para julgar os crimes de policiais militares. 63% dos policiais concorda que essa medida é interessante para recuperar a corporação. A estrutura hierárquica rígida e militarizada da Polícia Militar acaba por muitas vezes deixando de lado aspectos primários dos direitos de quem trabalha nessas funções. Direitos trabalhistas básicos, como o direito à greve, são deixados de lado no ambiente da corporação. Mais de 86% dos policiais acredita que o direito à sindicalização e à greve deveria ser regulamentado para os policiais militares. Imersos em um ambiente onde direitos básicos não são respeitados e a

humilhação por superiores muitas vezes é rotina, os profissionais da Polícia Militar transferem essa realidade para o tratamento com a população. Seja passando por cima de direitos de manifestantes no centro, com prisões arbitrárias, flagrantes forjados e truculência na forma de bombas de gás e bala de borracha, ou na ronda ostensiva na periferia, que mata jovens todos os dias em nome de uma interminável guerra às drogras. Os abusos policiais acabam não se mostrando como desvios de conduta, e sim como a reprodução dos problemas enfrentados dentro das forças de segurança pública de forma sistemática. Os próprios policiais sabem que sua corporação tem defeitos e lhes retira direitos, mas normalmente não tem outra escolha de profissão e passam a reproduzir nas ruas o que eles mesmos sofrem dentro dos batalhões e delegacias.

19

Profile for Priscila Bellini

Revista Contexto - 9ª edição  

Revista online sobre política, movimentos sociais e cultura, escrita por jovens.

Revista Contexto - 9ª edição  

Revista online sobre política, movimentos sociais e cultura, escrita por jovens.

Advertisement