Issuu on Google+

Preliminar botafogo x atlĂŠtico goianiense

distribuição gratuita

quarta-feira 03 de novembro de 2010

6

produto licenciado pelo botafogo de futebol e regatas


pr el imina r

apresentação

4 - FALTAM SÓ SEIS JOGOS

Fernando Soutello/Agif

BOTAFOGO VAI COM TUDO PARA CIMA DOS ADVERSÁRIOS EM BUSCA DO TÍTULO DO BRASILEIRÃO

7 - O ADVERSÁRIO: ATLÉTICO GOIANIENSE

EDITORIAL

10 - ROBERTO MIRANDA

Prezado botafoguense,

saiba quem foi um dos jogadores mais raçudos que atuaram no fogão

Após empatar oito jogos o Glorioso conseguiu duas vitórias seguidas, o que tornou a sequência negativa de 9 jogos sem vencer em uma série de 10 jogos invictos. A última vitória foi contra o freguês Atlético Mineiro lá em Minas. Dessa vez o jogo não foi como no primeiro turno, o clube mineiro deu bastante trabalho ao Glorioso, que venceu graças à grande atuação defensiva do elenco alvinegro e a estrela de Loco Abreu no ataque. A revista Preliminar entrevistou o craque Maicosuel, que mesmo sem poder jogar continua na torcida pelo Fogão, que se aproxima cada vez mais da vaga da Libertadores e também do título brasileiro. O herói desta edição é Roberto, atacante do vitorioso período entre as décadas de 60 e 70. O “Vendaval” era um dos craques da conquista da Taça Brasil em 68 e do Bicampeonato carioca de 67 e 68.

12 - MAICOSUEL: O MAGO 13 - NOTAS

PÍLULAS SOBRE O QUE ACONTECE NO MUNDO ALVINEGRO

14 - ESTATÍSTICAS

OS PRINCIPAIS NÚMEROS DO ESCRETE BOTAFOGUENSE

No jogo de hoje o Botafogo vai enfrentar mais um adversário difícil, o Atlético Goianiense, que vem de bons resultados e luta para não cair para a série B. O alvinegro deve contar com a volta do zagueiro Antônio Carlos e do lateral Marcelo Cordeiro que se recuperam de lesões, mas não vai contar com o lateral direito Alessandro, que cumpre suspensão automática depois do terceiro cartão amarelo. Esperamos que o Fogão vença mais um jogo para se aproximar ainda mais dos líderes da competição, embalando de vez a arrancada final do Brasileirão.

Saudações alvinegras

EXPEDIENTE a revista preliminar botofogo é publicada por stadium comunicação sob licença do botafogo de futebol e regatas BOTAFOGO presidente: mauricio assumpção vice presidente social e de comunicação: carlos thiago cesário alvim diretor de marketing e comercial: marcelo guimarães coordenador de novos produtos: daniel gastaldoni conteúdo: danilo santos, júlio gracco, luana motta, marcio lacerda, maria julia cancella arte: pedro padilha foto da capa: sátiro sodré/agif STADIUM COMUNICAÇÃO jornalista responsável: gustavo machado drt 7637/pr redação: savio hermano e daniel moraes para anunciar entre em contato com comercial@preliminararena.com.br (41) 3082-8783

3


4

brasileirão - 33.ª rodada

Restando apenas seis rodadas para o final do Brasileirão, Botafogo busca o título campeonato brasileiro 2010: 33ª rodada, quarta, 03/11 stadium rio, rio de janeiro

x arbitragem: héber roberto lopes (fifa/pr) assistentes: josé amilton pontarolo (pr) ivan carlos bohn (pr)

H

com reportagem de savio hermano

oje o Botafogo recebe no Rio Stad iu m o Atl é t i co - G O. Co n t a nd o com esse, faltam apenas seis jogos para terminar o Brasileirão e até lá o Botafogo vai precisar fazer sete pontos a mais que os líderes Fluminense e Cruzeiro para levar o caneco. Os líderes estão apenas seis pontos a frente d o Fo g ã o .


pr el imina r

5

PELO TÍTULO

Ferrnando Soutello/AGIF

AS SEIS LUTAS

acima loco abreu é peça fundamental na equipe que pode entrar para a história

Esse é o momento de acreditar e incentivar o grupo que vem dando muitas alegrias aos botafoguenses. Além da conquista do Campeonato Carioca antecipado, o Botafogo faz a melhor campanha no Brasileirão desde o título de 95. Mesmo com todas as baixas durante o ano, o Botafogo ainda tem um dos ataques mais talentosos do campeonato, com Loco Abreu e Jobson. Mas a grande força da equipe está atrás. O Alvinegro tem uma das melhores defesas do campeonato, com 32 gols sofridos em 32 jogos. “O Botafogo é uma equipe que batalha,

que briga o tempo todo. Pode estar certo de que é uma equipe que procura trabalhar durante os 90 minutos com um ajudando o outro e se não for a equipe a ser batida nesse Brasileirão, é uma equipe que incomoda muito”, afirma o volante Fahel. O volante Fahel, que tem sido muito questionado pela torcida está mostrando que é um jogador de qualidade e está otimista. “A partir de agora cada jogo tem que ser vencido e no final, se Deus quiser, vamos conseguir estar no topo”. O foco tem que ser nas partidas, em cada bola disputada, em cada chute ao gol. “Estou pensando só

nos próximos três pontos. No ano passado o Fluminense quebrou qualquer matemático, e futebol é assim. O Botafogo tem que pensar somente nos próximos três pontos”, lembra Fahel. Mesmo tendo um adversário que briga contra o rebaixamento, o jogo de hoje pode ser difícil. A equipe goianiense venceu o Corinthians fora de casa com um jogo de marcação pesada e explorando bem os erros do adversário. E isso é o que espera o time alvinegro. “Eles vão vir para marcar e jogar no nosso erro. Temos que estudar muito nesse jogo. Faltam seis partidas e não


6 · b r a s i l e i r ã o · c l ássico da riva lida de

podemos errar. Vamos manter a estratégia do Joel para poder vencer”, conta o volante. A atual situação do glorioso é oposta a de 2009. Loco Abreu, que já tem 8 gols no campeonato fala que “o momento é muito legal para o Botafogo. No ano passado o time perdeu a final do campeonato carioca e brigava para fugir do rebaixamento. Hoje

“Faltam seis partidas e não podemos errar. Vamos para vencer”

Savio Hermano/Stadium

fahel, volante

57 FAHEL

desarmes certos

420 passes

certos

25

lançamentos

14

faltas recebidas

17 minutos

posse de bola

29 anos 24 jogos 24

chutes

é totalmente diferente. O time está no G4, foi campeão direto do Carioca pela primeira vez na história do clube, revertendo a situação contra o flamengo. Tem muita coisa positiva e a torcida tem que acreditar”. O atacante também critica as vaias da torcida a alguns companheiros e defende a equipe: “é um grupo feito de homens, e quando um grupo é feito de homens tem que ser tratado assim. Porque quando é homem é homem”. Esse está se esforçando para dar ao Botafogo as glórias que o clube merece, e se tiverem a chance o botafogo pode sim ser campeão. “Podemos até não trazer o título, mas se os caras da frente deixarem pontos pelo caminho a gente vai tentar aproveitar”, afirma El Loco. O uruguaio destaca uma virtude na nova etapa do Botafogo: “A humildade. Mas a humildade no bom sentido. É dar os 10% a mais para buscar o título. Se você esquece disso se torna um time fraco”. Loco também destaca o fato do Botafogo não ser o mais cotado aos títulos, mas está sempre surpreendendo. “Somos a ovelha negra. Muita gente não gosta da gente, mas a ovelha está aí. O importante é a gente acreditar no nosso trabalho e aqui a gente acredita na forma de jogar”. Loco Abreu lembra que o “Botafogo está fazendo um bom campeonato e o objetivo mais próximo, é terminar no G3”. A equipe quer todo o apoio nessa reta final. “Aos torcedores: fiquem totalmente tranqüilos porque, com certeza, a gente entra no campo pensando em mudar a situação e voltar a colocar, depois de 15 anos, o time na Libertadores. Um time tão grande como o Botafogo não pode ficar tanto tempo se jogar a Libertadores”, lembra Loco Abreu.


rival adversário de hoje

pr el iminar

ATLÉTICO-GO

pela 33ª rodada do brasileirão

no stadium rio

Fugindo da segundona atlético goianiense está invicto há quatro jogos Frequentando a zona do rebaixamento desde o início do Campeonato Brasileiro, o Atlético Goianiense está em franca recuperação na competição, e além de deixar a incômoda zona de descenso, o Dragão agora ocupa a 15ª posição na classificação. A arrancada do Dragão nas últimas rodadas é marcada por três vitórias em sequencia, e um empate, que pode ser considerado um tropeço, visto que foi conquistado na última rodada contra o Ceará, em partida disputada no Serra Dourada. “O empate em casa não ficou tão ruim porque ganhamos duas fora (contra Corinthians e Guarani), então diminui o prejuízo, que foi grande, principalmente pelo jogo que fizemos. Estava totalmente controlado, tivemos a oportunidade de matar e ganhar

escalação provável márcio adriano jairo daniel marques thiago feltri agenor pituca robston renatinho juninho marcão técnico renê simões esquema tático 4-4-2 colocação no campeonato 15º (36p, 10v, 6e, 16d) último jogo 1 atlético-go 1 ceará contra o botafogo: 0 atlético-go 2 botafogo (brasileiro, 2010)

“O empate em casa não ficou tão ruim porque ganhamos duas fora” bem”, afirmou o treinador Renê Simões após o confronto da última semana. Para a partida desta noite, o time goianiense terá o retorno de Welton Felipe ao time, após recuperar-se de uma lesão muscular na coxa. Por outro lado, o treinador Renê Simões não poderá contar com o zagueiro Gilson e o meia Anaíson. Ambos sequer viajarão ao Rio de Janeiro e ficaram em Goiânia realizando tratamento no departamento médico do clube.

Felipe Oliveira/VIPCOMM

renê simões, treinador

7


10

HERÓIS

A força do VENDAVAL ROBERTO MIRANDA Roberto Miranda é mais um dos vários ídolos botafoguenses: um jogador que veio da base alvinegra e participou de umas das grandes fases gloriosas do Fogão. Vendaval, como era chamado, participou da equipe bicampeã carioca de 67 e 68 e campeã da Taça Brasil de 1968. O atacante atuou em 352 jogos, marcando 154 gols com a camisa alvinegra, sendo o nono maior artilheiro da história do clube. A estreia de Roberto no Glorioso foi em 1962, no dia 22 de junho, em um jogo contra o Olaria válido pelo o Campeonato Carioca. A partida terminou empatada em 2 a 2 com gols de Amarildo e Didi pelo Botafogo. Aos 19 anos, o atacante já jogava ao lado de vários craques botafoguense, o que foi muito bom para que o Vendaval despontasse anos depois. Peça importante do elenco composto por Leônidas, Carlos Roberto, Gerson, Rogério, Jairzinho e Paulo César Caju, o jogador foi o artilheiro do Carioca de 1968, no qual o Fogão derrotou o rival Vasco por 4 a 0 na final, sendo Roberto quem deu início à goleada. O bom futebol de Vendaval fez com que o goleador fosse para a seleção brasileira. Vestindo a amarelinha desde o sub-23, o atacante estreou na equipe principal em 1967. O jogo foi

um amistoso contra o Chile em que a seleção se saiu vitoriosa. No título do tri-campeonato mundial, Roberto era um dos botafoguenses que fizeram parte da seleção comandada por Zagallo. Reserva na Copa, o atacante atou em 2 jogos na competição. O primeiro foi no jogo contra a Inglaterra entrando no lugar de Tostão. Sua segunda participação foi no jogo contra o Peru substituindo o também botafoguense Jairzinho. Após o Mundial do México, Roberto tinha tudo para se firmar e se tornar um dos principais atacantes do Brasil, mas infelizmente teve uma lesão no tendão-

Depois da breve passagem pelo rival o atacante voltou para o Fogão jogando mais uma temporada em General Severiano, para depois ser negociado com o Corinthians, em 1973. No clube paulista o atacante continuou tendo problemas com lesões, o que acabou forçando sua aposentadoria aos 33 anos. Entre 73 e 76, Roberto atuou 77 vezes com a camisa corintiana marcando 22 gols. A despedida de Ventania em General Severiano foi em um clássico contra o Flamengo no dia 20 de maio de 1973. A partida terminou 2 a 0

roberto miranda atuou em 352 jogos, marcando 154 gols com a camisa alvinegra, sendo o nono maior artilheiro da história do clube. de-aquiles. A lesão quase tirou o jogador dos gramados, mas mesmo conseguindo voltar, o atacante não conseguiu render o que rendia antes. Ventania jogou pela seleção até o ano de 72, atuando em 15 jogos e marcando 7 gols. Antes de completar seu ciclo no Botafogo, Roberto chegou a atuar por 11 jogos no Flamengo em 1971.

para o Glorioso. Roberto não passou em branco em sua última partida pelo clube: o jogador fez o primeiro gol do clássico e Ferreti completou o placar. Neste ano, aos 67 anos, Roberto participou de várias homenagens aos heróis brasileiros da conquista do Tri Mundial da Seleção Brasileira, que completou 40 anos em 2010.


pr el imina r

roberto miranda: lesĂľes encurtaram a carreira do Ă­dolo botafoguense

11


perfil

Fernando Soutello/AGIF

12

O MAGO Maicosuel não precisou de muito tempo para se tornar ídolo do Botafogo. Nascido em Cosmópolis, interior de São Paulo, o Mago se destacou no Paraná Clube em 2006, com apenas 19 anos foi um dos principais jogadores que levaram o título estadual e fizeram uma excelnte campanha no Brasileirão, garantindo a vaga na Libertadores. Depois o jogador passou pelo Cruzeiro, Palmeiras e em 2009 chegou ao Glorioso. No ano passado ele fez um campeonato carioca memorável, foi artilheiro e eleito o melhor jogador. O Mago foi o principal nome na conquista da Taça Guanbara e no vice da Taça Rio. No primeiro jogo da final, Maicosuel se machucou quando o Botafogo vencia a partida. Não teve condições de jogar o segundo jogo e o Botafogo perdeu o título para o Flamengo nos pênaltis. Era a terceira final consecutiva que o alvinegro perdia para o Flamengo. Logo depois Maicosuel foi vendido para o Hoffenheim prometendo que um dia voltaria ao clube. O que de fato aconteceu. Em julho o Botafogo oficializou a contratação e trouxe de volta um dos maiores ídolos atuais do Botafogo, com direito a camisa comemorativa, revista especial, cartoon e boneco.

Como você começou no futebol? Eu tinha seis anos. Estava passando na rua de casa e vi um monte de moleque correndo atrás de uma bola. Eu ainda não sabia exatamente o que era e falei: “pai, quero ir para lá!”. Tudo começou daí. Me apaixonei, fiquei louco! O futebol até atrapalhou nos estudos e na catequese, mas graças a Deus hoje eu colho os frutos e se não fosse por causa daquilo eu não estaria aqui hoje.

Qual foi o momento mais importante na sua careira? Eu gosto muito do gol contra o Vasco na semi-final do Campeonato Carioca (2009). Acho que foi um momento legal, um jogo inesquecível para mim. Conseguimos uma vitória de 4 a 0 e eu tive a felicidade de fazer dois gols, e o primeiro acho que é até hoje lembrado. Me ajudou muito a ter o status que tenho hoje no Botafogo.

Se você não jogasse bola o que seria hoje? Não tenho ideia. Eu já fiz de tudo, já peguei latinha com meu pai. Já fiz de tudo. Então não sei o que estaria fazendo. Alguma coisa estaria, que eu não consigo ficar parado, mas não sei te falar.

Como você está recebendo as mensagens de força dos colegas e torcedores? Eu sou uma pessoa muito emotiva. Eu choro fácil. No jogo que levaram a faixa (Força, Maicosuel!) eu estava no vestiário com eles, e eles me deram muita força. Eu fico muito feliz pelas amizades e pelos companheiros que eu tenho aqui no Botafogo.

Qual o seu sonho hoje? Eu quero fazer uma história no Botafogo, esse é o primeiro sonho. Depois, é uma coisa normal que é o sonho de todo jogador: chegar na seleção. Se você pegar hoje um menino de 10 anos na rua e perguntar para ele o que ele quer ser, ele vai dizer que quer ser jogador para chegar em uma seleção. Eu não sou diferente.

Como é o Maicosuel fora de campo? Sou paizão! Amo muito minha filha, Eduarda, de dois anos e meio, e minha esposa. Fora de campo eu sou todo pai. Eu acho que sou só pai! Brinco muito com minha filha, hoje é a luz da minha vida. Tudo que eu tenho. Ela está me ensinando muito.


notas

pr elimina r

13

notícias rápidas sobre tudo o que acontece no mundo alvinegro.

BOTAFOGO COMEMORA OS 77 ANOS DE GARRINCHA

FOGÃO LANÇA TIME MASTER

Garrincha, para muitos o maior jogador de futebol de todos os tempos, completaria 77 anos de vida na semana passada. Nascido em 28 de outubro, foi bicampeão mundial pela seleção brasileira, sendo a peça mais importante na conquista de 1962. Com 612 jogos e 243 gols pelo Glorioso, seus dribles e jogadas espetaculares deixam saudades até hoje. O site oficial do clube estampou em sua pré home uma singela e justa homenagem ao mito. Garrincha, a Alegria do Povo.

No dia 24, o Botafogo lançou seu time master em General Severiano. Ídolos como Maurício 89, Sergio Manuel, Mendonça, Nilson Dias, Mauro Galvão, Gottardo e André Silva disputaram um divertido amistoso contra Sócios Proprietários. Os ex-jogadores representarão o Fogão fora do Brasil.

JÉFFERSON É NOVAMENTE CONVOCADO PARA A SELEÇÃO

FOGÃO REALIZA EVENTO COMERCIAL

Mais uma convocação de Mano Menezes e Jefferson novamente chamado para a Seleção. O goleiro do Fogão recebeu a notícia na última sexta-feira e comemorou com o grupo alvinegro. “Estava acompanhando na TV na concentração junto com os companheiros e foi bem legal, o pessoal veio me parabenizar. Espero me firmar na Seleção e continuar invicto com o atual grupo”, explicou Jefferson, convocado para a partida entre Brasil e Argentina, a ser realizada no dia 17 de novembro, no Qatar.

No último dia 14, aconteceu em General Severiano um evento de contornos muito especiais. Pela primeira vez o Botafogo disponibilizou para o mercado, de modo estruturado, todos os ativos comerciais derivados do clube. Agora estes ativos estão disponíveis no site oficial alvinegro (www.botafogo.com.br), acessíveis no link comercial. “Costumamos receber dezenas de emails todo mês, enviados por botafoguenses ávidos por ajudar o clube. Agora, além de se tornar sócio proprietário, sócio torcedor, comparecer aos jogos e comprar produtos oficiais do clube, esses ativos significam uma oportunidade de se aliar ao Botafogo no esforço de estruturação” – conclui Marcelo Guimarães, diretor Comercial e Marketing do clube. Ativos de contornos e preços variados e com grande poder de comunicação, são a síntese e as principais características da variada linha de produtos alvinegros.

INFANTIL ENFRENTA O VASCO NA SEMIFINAL Classificado para a semifinal do Campeonato Estadual, categoria Infantil, o Botafogo começa a enfrentar o Vasco, neste sábado, às 11h, em Caio Martins. O jogo de volta será realizado no sábado seguinte, no mesmo horário, no CT Campo Grande. Na outra chave, Tigres e Fluminense se enfrentam.


14

tabelão

as estatísticas do botafogo no brasileirão

libertadores pré-libertadores sul-americana zona neutra rebaixamento

aproveitamento como mandante

51 PONTOS 32 12 15 05

jogos vitórias empates derrotas

-13 saldo -45 gols pró -32 gols contra

16 JOGOS 28 PONTOS

próximos jogos avaí, fora ceará, fora internacional, casa barueri, casa grêmio, fora

apr.: 53,1%

aproveitamento como visitante

(58,3%)

16 JOGOS 23 PONTOS

(47,9%)

06 vitórias 10 empates 00 derrotas

campeonato brasileiro tabela após 32ª rodada

p j v e d gp gc sg %

pontos jogos vitórias empates derrotas gols pró gols contra saldo de gols porcentagem de aproveitamento de pontos

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

fluminense cruzeiro corinthians botafogo santos internacional são paulo atlético-pr grêmio palmeiras ceará vasco flamengo vitória atlético-go guarani atlético-mg avaí goiás prudente

06 vitórias 05 empates 05 derrotas

p 57 57 54 51 49 49 47 47 47 47 43 42 39 37 36 35 34 33 31 24

j 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32 32

v 16 16 15 12 14 14 13 13 12 11 10 09 08 09 10 08 10 08 08 06

e 09 09 09 15 07 07 08 08 11 14 13 15 15 10 06 11 04 09 07 09

libertadores pré-libertadores sul-americana zona neutra rebaixamento

d 07 07 08 05 11 11 11 11 09 07 09 08 09 13 16 13 18 15 17 17

gp 53 45 54 45 54 38 45 36 52 39 28 37 35 38 43 31 41 40 36 31

gc 33 32 39 32 43 34 46 40 41 33 31 37 34 43 48 45 56 49 53 52

sg 20 13 15 13 11 04 -01 -04 11 06 -03 00 01 -05 -05 -14 -15 -09 -17 -21

% 59.4 59.4 56.2 53.1 51.0 51.0 49.0 49.0 49.0 49.0 44.8 43.8 40.6 38.5 37.5 36.5 35.4 34.4 32.3 28.1



Preliminar Botafogo - Edição 06