Page 15

Gazeta

15

Outubro de 2017

Meio Ambiente

MOBILIZAÇÃO EM PROL DO MEIO AMBIENTE Ação ambiental invade Mariana com o plantio de diversas mudas nativas ao longo do Rio Doce

Foto: Samuel Consentino | Prefeitura de Mariana

Finkbeiner, que na época tinha nove anos, e surgiu a partir da apresentação de um trabalho escolar sobre a crise climática no mundo. O garoto sugeriu que, para compensar as emissões de carbono, as crianças do planeta poderiam plantar árvores em seus países. A ideia do jovem alemão ganhou o mundo. O site do projeto informa que há mais 100 mil crianças ao redor do planeta envolvidas no movimento. No Brasil, a iniciativa chegou em 2017 e Mariana foi a primeira cidade de Minas Gerais a recebê-la. A proposta da Fundação Renova é levar a iniciativa a outros municípios, com a meta de plantar um milhão de mudas de árvores nativas ao longo do trajeto impactado pelo rompimento da barragem de Fundão.

Apesar da pouca idade, elas conseguem

passar adiante ideias de sustentabilidade, cidadania e respeito ao meio ambiente. Os jovens e as crianças de hoje demonstram estar mais conscientes e dispostos a sensibilizar pessoas de diversas faixas etárias. E para incentivá-los como mobilizadores para a preservação ambiental que a Prefeitura de Mariana e a Fundação Renova convidaram crianças e adolescentes de Mariana para serem “Embaixadores da Justiça Climática de Mariana”, do projeto “Plantando pelo Planeta”. O projeto, iniciativa inédita em Minas Gerais, é uma parceria entre a Prefeitura, a Fundação

Renova e a Plant for The Planet, instituição criada na Alemanha e voltada para o reflorestamento. A meta é mobilizar crianças e jovens estimulando o plantio de um milhão de mudas nativas nas regiões impactadas ao longo do Rio Doce. Os jovens participaram do plantio das primeiras 100 mudas de ipês amarelos que deverão crescer, num prazo de quatro anos, florir e dar um colorido ao espaço.

Sobre o projeto O projeto “Plantando Pelo Planeta”, originalmente com nome de Plant for the Planet, começou em 2007, na Alemanha. A iniciativa é de um jovem estudante, Felix

Prefeitura alerta sobre riscos das queimadas Com o tempo seco, a Prefeitura de Mariana orienta a população a tomar medidas preventivas contra as queimadas. Além de ser uma ameaça à preservação do meio ambiente e gerar desconforto à população, elas agravam diversas doenças respiratórias. Apesar de o clima ser um fator decisivo no aumento das ocorrências de incêndios, o secretário de meio ambiente, Rodrigo Carneiro, conta que boa parte dos casos podem ser evitados com pequenas atitudes da comunidade. “São ações simples que podem fazer a diferença. Não jogar bitucas de cigarros em locais onde há vegetação, não queimar lixo e não jogar resíduos de vidro em matas, são algumas delas”, disse.

Foto: Samuel Consentino | Prefeitura de Mariana

Riscos à saúde

A qualidade do ar também é reduzida em consequência das queimadas. O otorrinolaringologista, Thiago Piuzana, explica como os incêndios podem prejudicar a saúde. “Nessa época do ano, o clima seco já é danoso às vias respiratórias. Com as queimadas, os prejuízos se intensificam causando sinusite, rinite, bronquite e asma, além de sangramento nasal”, disse. Em caso de qualquer dúvida ou mais informações, entre em contato com a Guarda Municipal pelo 153 ou Corpo de Bombeiros pelo 193.

Jornal prefeitura de mariana para issuu  

Informativo da Prefeitura Municipal de Mariana.

Advertisement