Issuu on Google+

6 〉 ESPECIAL QUEIMADOS

O GLOBO

L

EXTRA

L

Segunda-feira, 25 de novembro de 2013

ENTREVISTA

MAX LEMOS

‘O carro-chefe é o crescimento econômico’ FOTOS DE LUIZ ACKERMANN

Prefeito de Queimados fala sobre os investimentos na cidade e os desafios nas áreas de educação e saúde

Segunda-feira, 25 de novembro de 2013

nismo. Queríamos fazer o primeiro quilômetro canalizado e já estou entregando 1,5km. Vamos dobrar esse número. Também vou entregar dez estações de tratamento de esgoto, duas estão prontas. Queimados não tratava um litro de esgoto até eu chegar. Qual é o déficit habitacional de Queimados e quantas casas serão construídas?

O déficit é de 14 mil moradias. Na minha gestão não consigo tirar todo mundo de áreas de risco, mas vou pagar 50% dessa dívida. O Centro da cidade chama a atenção pela limpeza. Esse é um ponto prioritário?

Marina Navarro Lins marina.lins@extra.inf.br

Como a cidade atrai os empresários para o distrito?

ara fazer o prefeito Max Lemos falar sem parar é só puxar assunto sobre frango com quiabo — seu prato preferido — ou sobre o crescimento econômico de Queimados. Atraindo cada vez mais recursos privados e públicos, a cidade virou um canteiro de obras e está assistindo à chegada de novas lojas e serviços. Em breve, ganhará o primeiro cinema. Apesar da euforia, setores como saúde e educação precisam de atenção. Segundo o prefeito, Queimados está em construção.

Leio jornais para ver quais empresas estão procurando um lugar no Rio e entro em contato. Falo sobre a nossa posição estratégica a 43km da capital e na beira da principal rodovia do país, e da nossa infraestrutura. Depois, mostro os incentivos fiscais municipais e estaduais. Por último, deixamos claro que existe a boa vontade do poder público e velocidade no processo.

Meu lixo é o melhor colhido da Baixada. Só tenho problema quando chove e o caminhão não sobe nas partes mais altas da cidade. Gasto R$ 800 mil por mês e tenho 80 homens na rua, o que é pouco. Deveria gastar R$ 1,5 milhão e ter 200 funcionários, mas não tenho esse dinheiro ainda.

Essa estratégia já rendeu resultados?

Quando você fomenta a cidade, cria um ambiente de crescimento, gera novos empregos e cria o poder de compra. Assim, novas marcas, como a Marisa e a Casa

P

Quanto a cidade recebe em investimento privado e quais empresas ?

Passamos de R$ 1 bilhão de investimentos privados contratados em quatro anos. Quando assumi, tinha apenas R$ 5 milhões por ano. Temos acertado mais duas plantas logísticas com investimentos de R$ 200 milhões, um do grupo GB e um de uma das três maiores operadores de logística do mundo. Não posso falar qual: farei o anúncio em alguns dias.

Descobri que a MRS queria fazer o primeiro Terminal Logístico Ferroviário no Rio e entrei na disputa. Podia ser em Itaguaí, que é mais perto do porto, mas eles nos escolheram porque viram que existe vontade política e ação. Qual obra vai trazer mais benefícios para a população?

Dos 72 bairros da cidade, vamos transformar 35. A previsão era sanear e asfaltar 300 ruas, mas já passamos e devemos chegar a 500. Outra coisa simbólica é a canalização dos rios Abel e Camorim, o que vai deixar uma marca de urba-

l

O GLOBO

l

ESPECIAL QUEIMADOS 〈 7

EXTRA

& Vídeo, vieram para cá. O Bob’s está a caminho. Também temos serviços que até outro dia era difícil imaginar em Queimados, como a locação de veículos executivos e salões de festa. Como está o mercado imobiliário da cidade?

Vamos lançar o segundo apart-hotel em março, com 18 andares. Casas no valor entre R$ 100 mil e R$ 200 mil vendem na hora. Até outro dia, Queimados não tinha elevador e hoje só tem dois: o da caixa econômica para deficientes e um no centro comercial. Acabei de licenciar cinco prédios altos. Pode parecer maluquice, mas os elevadores mos-

tram o crescimento. Quais serão os benefícios da inauguração do Arco Metropolitano?

O Arco não corta Queimados, mas estou aproveitando mesmo assim. O Terminal Logístico Ferroviário será implantado aqui porque o Arco será inaugurado aqui perto. Ele trará um crescimento espantoso para a região. O crescimento traz o emprego. Vocês estão investindo na capacitação dos trabalhadores locais?

Esse será um ponto fundamental a partir do ano que vem, já que 70% da mão de obra das industrias é de

Queimados. Temos o PróJovem, que oferece cursos temporários para mão de obra médio-técnica. Formamos 2 mil jovens e vamos dobrar esse número. Estamos construindo a escola mais moderna da Baixada no Parque Santiago e lá teremos o primeiro curso técnico de ensino médio daqui. Estamos trazendo a Uerj em 2014, com curso de engenharia civil. A nossa ideia é que ela tenhas outras engenharias no futuro. E na educação de base?

Primeiro, ampliamos e reformamos algumas unidades. Mês que vem inauguramos uma nova na Ponte Preta com espaço para mil

O crescimento econômico mudou o perfil de consumo da população?

<< Sem Deus e sem

<< Não dá para fazer << A obra mais

dinheiro você não consegue tocar uma cidade >>

tudo. Espero que o próximo prefeito siga a receita >>

importante é a transformação de 35 bairros >>

alunos. Em janeiro, inauguramos uma em São Jorge para outros mil estudantes. Comprei uma escola da rede Selecista que ia ser derrubada para fazer supermercado. Paguei 40 prestações. No total, botei 4.200 alunos para dentro da sala de aula. Faltam cerca de mil. Não vai faltar oportunidade para nenhuma criança até o fim do ano que vem. A saúde no município ainda tem problemas. Quando o hospital de Queimados sairá do papel?

Fizemos um projeto novo e chegamos à conclusão de que 40% do esqueleto do antigo hospital estavam comprometidos. Para reformá-lo, gastaríamos R$ 122 milhões. Para fazer um novo, moderno, pagaremos R$ 89 milhões. Por causa isso, o esqueleto foi demolido. Em 30 dias, o governo federal deve liberar o dinheiro. Vamos licitar e, depois, vai demorar 18 meses para ficar pronto. Também vamos fazer um centro especializado de tratamento da mulher. Qual é a marca do seu governo?

Uma vez perguntaram ao iatista Torben Grael o motivo do seu sucesso. Ele disse: é só aproveitar o vento. É isso que estou fazendo em Queimados. t s


Page pagina g 1 1 o41cvl1d 273~~2013~11~25~page pagina g 1 1 o41cvl1d~page pagina g 1 1 o41cvl1d (1)