Page 1

EDIÇÃO ESPECIAL JULHO DE 2019 - ANO 6 - N0 95

Manaus começa a comemorar seus 350 anos T

ALEX PAZUELLO/SEMCOM

erra de um povo aguerrido, Manaus completará 350 anos de sua colonização, mas são mais de 10 mil anos de cultura indígena, o que a torna tão característica. Localizada na confluência dos rios Negro e Solimões, a cidade ganhou, ainda no período áureo da borracha, o título de Cidade da Floresta. E desde a Belle Époque, Manaus mantém a referência de “capital da Amazônia”. E para marcar essa data tão significativa, um grande pacote de obras foi planejado para homenagear a cidade e o povo manauara. Entras as ações estão a continuação do projeto de resgate ao Centro Histórico, um grande programa de recapeamento de corredores viários, construção de escolas, um novo complexo viário na avenida Constantino Nery, já com obras a todo vapor, e outro na entrada do Manoa, bem como melhorias em saúde, atendimento social e a tão esperada revitalização das ruas do Distrito Industrial. Com investimentos que chegam a R$ 1 bilhão, as obras se somam a uma intensa programação cultural, que começa com a 6ª edição do Passo a Paço. A programação também conta com mais uma edição do Boi Manaus, entre outras surpresas.

IDENTIDADE

RESGATE

Marca comemorativa traz elementos cotidianos e mascote da cidade Uma marca comemorativa foi desenvolvida, por meio de um conceito que remete a elementos do cotidiano manauara e que vem tomando conta da capital, em todos os eventos oficiais do município. A marca comemorativa “Manaus 350 anos”, na cor verde e com folhagens e uma arara, é seguida da hashtag #lindaquesóela. E com a escolha da identidade visual do sauim-de-coleira, símbolo da cidade, a marca comemorativa ganhou um elemento a mais na imagem: o sauim-de-manaus.

RICARDO OLIVEIRA/ARQUIVO SEMCOM

'Hino de Manaus' ganha partitura como parte das comemorações No que diz respeito ao resgate cultural, 16 anos após ser aprovada como “Hino Oficial de Manaus”, conforme a Lei municipal 718/2003, a composição de Nicolino Milano e Thaumaturgo Sotero Vaz, ganhará a sua partitura oficial, por meio de uma pesquisa realizada pelo maestro e integrante do Conselho Municipal de Cultura (Concultura) Fabiano Cardoso.A edição definitiva com as versões para orquestra, banda, canto e piano será lançada no aniversário de Manaus. Ape-

sar da referida composição ter se tornado “Hino Oficial de Manaus” apenas em 2003, ela data de 1906. Ao longo dos anos, outra composição, de autoria da madre Ovídia Dias, intitulada “Ode a Manaus”, por ser mais fácil de cantar, era tida como hino da capital amazonense. Para difundir o hino oficial serão editados um livro de partituras, CDs e DVDs. O resgate ao hino de Manaus será um dos presentes de aniversário da cidade para rede municipal de ensino.


2

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS

| JULHO DE 2019

CIDADANIA

Quatro dias de festa e muitas surpresas no Passo a Paço 2019

C

hegando à sua 6ª edição e tendo conquistado o status de maior Festival de Artes Integradas da Amazônia, o Passo a Paço 2019 se torna ainda mais significativo este ano, quando Manaus completa 350 anos, e projeta atrair também turistas dos países vizinhos e que integram uma das florestas mais importantes para o planeta. Com vistas na dimensão interamazônica, o evento ganhará mais dois dias de festa, entre 5 e 8 de setembro, ampliando também a área de ocupação do Centro Histórico de Manaus, chegando à feira da Banana. Outra novidade desta edição é um dia de programação exclusivo para as famílias com o “Passinho” e a presença internacional do rapper, produtor musical e ator CeeLo Green, além de renomados artistas nacionais e mais de 30 atrações locais.

A “Feira Gastronômica” é mais um destaque do evento, reunindo chefs dos restaurantes mais conceituados da capital em um único espaço, oferecendo pratos especiais a preços populares. O edital para escolha dos participantes está sendo preparado pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e vai contemplar até 20 barracas e 15 foodtrucks. Lembrando que três vagas são destinadas às faculdades, oportunizando e estimulando a formação de novos talentos da gastronomia amazonense. Desde 2015, em suas cinco edições, 127 atrações culturais já passaram pelo Passo a Paço, reunindo um público de 250 mil pessoas. O nome do festival foi pensado a partir do projeto de revitalização e ressignificação do Centro Histórico de Manaus, pelo qual a prefeitura tem restaurado prédios que inte-

MÁRIO OLIVEIRA/SEMCOM

Desde o ano passado, o Passo a Paço se tornou o maior festival de artes do Norte do país

gram a identidade da cidade e, ao mesmo tempo, criado opções culturais que atraiam a população de volta ao local que marca a origem da capital. O primeiro passo se refere ao an-

dar, ao levar à população de volta ao centro da cidade, e o segundo faz alusão ao Paço da Liberdade, prédio histórico de 1872, de característica neoclássica, e que hoje agrega o Museu da Cidade de Manaus.

Diversidade, cultura e respeito a todos os públicos

A

principal atração deste ano é o rapper, produtor musical e ator americano Thomas DeCarlo Callaway, mais conhecido como CeeLo Green, no primeiro dia do evento, 5/9, no palco da Plataforma Malcher, situada dentro do porto de Manaus, às margens do rio Negro. Com influências do hip hop, funk e R&B, o artista se destaca por seu trabalho no soul. Entre as atrações nacionais, a cena indie se desponta com a participação do cantor e DJ Jaloo e da cantora, instrumentalista, atriz e escritora Letícia Pinheiro de Novaes – a Letrux. Ambos irão se apresentar no novo palco da feira da Banana, juntamente com nomes

DIVULGAÇÃO

O mix de artistas nacionais dá peso ao festival, que na última edição atraiu mais de 90 mil pessoas

como Sidney Magal, Roberta Miranda e Baco Exu do Blues. Ainda dentro do conceito alternativo, a banda Liniker e os Caramelows reforçam a diversidade do Passo a Paço, com músicas do soul e black music Completam o time de artistas nacionais a funkeira e

estrela pop Ludmilla, o rapper Emicida, o cantor Fagner e o sambista Zeca Pagodinho. E como já é tradição a valorização da prata da casa, haverá ainda a participação de mais de 30 artistas locais, abrilhantando e dando o toque amazônico ao evento.

‘PASSINHO’ Inovando, mais uma vez, e pensando no lazer e segurança de crianças e jovens, o último dia do Passo a Paço 2019, o domingo, 8/9, será totalmente dedicado às famílias. Uma das atrações é o grupo paulista Barbatuques, que além do vocal utiliza a percussão corporal, sapateado e improvisação, que tornaram o grupo reconhecido e atuante tanto no meio artístico quanto educacional. Fecha a programação do “Passinho”, a dupla de comediantes do FutParódias, que já tem mais de seis milhões de inscritos no canal do YouTube com vídeos de paródias sobre futebol. NATHALIE BRASIL/SEMCOM

História e tradição na festa de 350 anos com o Boi Manaus O encontro da cidade de Manaus com sua identidade indígena acontece durante o Boi Manaus, que chega à sua 22ª edição Para este ano, a programação será diferenciada com dois convidados especiais que terão os nomes divulgados posteriormente e se apresentarão juntamente com os

EXPEDIENTE

mais de 30 artistas locais. Pelo quinto ano consecutivo, o Boi Manaus acontece no Complexo Turístico Ponta Negra, zona Oeste da cidade, às margens do rio Negro. O ritmo do “dois pra lá, dois pra cá”, reúne centenas de milhares de pessoas ao longo da avenida Coronel Teixeira, que tomam também o cal-

çadão seguindo os trios elétricos a partir das 16h e entrando madrugada adentro. Os itens dos bumbas de Parintins, além de personalidades conhecidas como Márcia Siqueira e grupos que se consagraram entoando o ritmo de raízes indígenas são as atrações dos dois dias de evento.

Secretário de Comunicação: Eric Gamboa - Subsecretária de Comunicação: Elendrea Cavalcante - Jornalista Responsável: Alita Falcão MTB 00699-AM Revisão: Dernando Monteiro - Fotos e Textos: Assessorias - Diagramação: Aline Ribeiro


PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS

JULHO DE 2019 |

3

Programação

5 DE SETEMBRO PALCO DA BANANA

PALCO PLATAFORMA MALCHER

16H30 - 17H30 JAMES RIOS

CORETO

18H - 19H MAY SEVEN

18H - 19H10 ROBERTA MIRANDA

16H - 17H20 SERGINHO QUEIROZ

19H30 - 20H30 GRAMOPHONE

19H40 - 20H40 SATURNO

17H40 - 19H SINÉZIO ROLIM

21H - 22H20 LUDMILLA

21H10 - 22H20 JALOO

19H20 - 20H40 ANTÔNIO BAHIA

22H50 - 00H CEELO GREEN

21H - 22H20 CATRAIA ROCK

INTERVALOS: DJ CAROL AMARAL

6 DE SETEMBRO FOTOS: DIVULGAÇÃO

PALCO DA BANANA

PALCO PLATAFORMA MALCHER

16H30 - 17H30 MADY E SEUS NAMORADOS 18H - 19H10 SIDNEY MAGAL

18H - 19H COLETIVO 333

16H - 17H20 MANAUARAS EM EXTINÇÃO

19H30 - 20H30 BUMBA MEU ROCK

19H40 - 20H40 ANNE JEZINI

21H - 22H20 FAGNER

21H10 - 22H20 LETRUX

CORETO

17H40 - 19H MÃO PRA RIBA 19H20 - 20H40 ELISA MAIA

22H50 - 00H EMICIDA

21H - 22H20 POROROCA ATÔMICA

INTERVALOS: DJ CAROL AMARAL

7 DE SETEMBRO PALCO DA BANANA

PALCO PLATAFORMA MALCHER

16H30 - 17H30 LARY GO & STRELA 18H - 19H10 GUTO LIMA

CORETO

18H - 19H SANTAELLA

16H - 17H20 RAULNEI E RENIER DE CARVALHO

19H30 - 20H30 BAILE DA PAPAIZINHA

19H40 - 20H40 OBLIVION

17H40 - 19H DAN STUMP

21H - 22H10 LINIKER E CARAMELOWS

21H10 - 22H20 BACO EXU DO BLUES

22H40 - 00H ZECA PAGODINHO

19H20 - 20H40 SARAVÁ 21H - 22H20 LÓTUS

INTERVALOS: DJ CAROL AMARAL

8 DE SETEMBRO - PASSINHO ARENA

CORETO

16H30 - 17H30 GANDHICATS

16H - 17H20 DI BUBUIA

18H - 19H10 BARBATUQUES 19H40 - 20H40 SHOW DA ZELDA

17H40 - 19H MARCELLA BARTHOLO 19H20 - 20H40 LORENZO FORTES

21H10 - 22H20 FUTPARODIAS

21H - 22H20 RAYLLA ARAÚJO

LUCAS SILVA/ARQUIVO SEMCOM

1ª EDIÇÃO

2ª EDIÇÃO

3ª EDIÇÃO

4ª EDIÇÃO

5ª EDIÇÃO

2015 2 palcos 35 chefs e 12 atrações culturais 20 MIL pessoas

2015 2 palcos 39 chefs e 30 atrações culturais 32 MIL pessoas

2016 3 palcos 40 Chefs e 24 atrações culturais 64 MIL pessoas

2017 3 palcos 40 chefs e 29 atrações culturais 50 MIL pessoas

2018 3 palcos 32 chefs e 32 atrações culturais 93 MIL pessoas


4

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS

| JULHO DE 2019

INVESTIMENTOS

Obras injetam R$ 1 bilhão na economia local e geram mais de 2 mil empregos

A

Prefeitura de Manaus está injetando R$ 1 bilhão na economia local, este ano, com investimentos em obras de infraestrutura viária, habitação, na recuperação do centro histórico, além da ampliação da rede municipal de educação, recuperação ambiental e outras ações que integram um grande pacote em homenagem aos 350 anos da capital. Em execução, cinco grandes frentes de obras já absorvem 2 mil empregos diretos e outros milhares de indiretos. Somente em infraestrutura viária, o município injeta mais de R$ 250 milhões na economia local, gerando emprego e renda nos setores de construção, comércio e serviços. As obras em execução são a recuperação do Distrito Industrial – R$ 136 milhões; o complexo viário Roberto Campos, na avenida Constantino Nery – R$ 64 milhões; e o Programa de Requalificação Viária – “Requalifica”, que irá recapear 90 quilômetros de vias em toda a cidade – R$ 51 milhões. Juntas, elas geram mais de mil empregos diretos (próprios e terceirizados) e milhares de empregos indiretos. E, brevemente outra obra de grande impacto viário será iniciada na bola do Manoa, zona Norte, ampliando a contratação de mão de obra. Na educação, estão sendo construídos quatro complexos, com investimentos da ordem de R$ 66 milhões e absorção de, aproximadamente, 300 postos de trabalho. Quando concluídos, os quatro cen-

DIEGO CAJA/SEMINF

Somente em recapeamento são quatro de frentes de obras simultâneas, atuando em todas as zonas da cidade, por meio do ‘Requalifica’

tros vão empregar diretamente mais de 350 educadores. Já nas obras de habitação, com a construção de mil unidades habitacionais no conjunto Cidadão Manauara 2, etapas A e B, os recursos investidos são da ordem de R$ 92 milhões, oriundos da Caixa

Econômica Federal, com R$ 9,5 milhões de contrapartida da Prefeitura de Manaus e criação de 700 postos de trabalho. Com o aumento dos investimentos em obras de infraestrutura, a própria prefeitura teve que buscar

novos profissionais e abriu processo seletivo para contratar 12 engenheiros e topógrafos, que vão atuar no acompanhamento e fiscalização das obras dessas três frentes de trabalho da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf).

Prefeitura garante reabertura do Bosque da Ciência MARCIO JAMES/SEMCOM

O bosque conta com apoio de estagiários e bolsistas da prefeitura no receptivo ao público

O

Bosque da Ciência, administrado pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), no bairro Petrópolis, zona Centro-Sul, permanece aberto à visitação pública, graças ao Termo de Compromisso assinado pela Prefeitura de Manaus, garantindo ações emergênciais ao funcionamento do espaço, que chegou a ser fechado para visitação no dia 8 de julho por falta de recursos para manutenção. Estagiários e bolsistas cedidos pelo município atuam na recepção dos visitantes, entre outras atividades do bosque, que também receberá reforço na sua iluminação,

com novas luminárias implantadas pelo município. A prefeitura também trabalha na elaboração do convênio financeiro ao Inpa, pelo período de três meses, e irá custear um plano de viabilidade para possível privatização do Bosque da Ciência. O Bosque da Ciência está aberto para visitação diariamente, exceto às segundas-feiras, de 9h às 16h, com intervalo de 12h às 14h. Ele está localizado na avenida Bem-te-vi, bairro Petrópolis, zona Centro-Sul, ao lado do Inpa. O espaço pode ser visitado inclusive por grupos escolares, oferecendo vasta riqueza de informações ambientais.

Profile for Prefeitura de Manaus

Jornal Informativo Julho Extra  

Jornal Informativo Julho Extra  

Advertisement