Page 1

Ano 3

05 de maio de 2010

N° 2

Pr ojeto “Sa ber es e Sa bor es” ca pacita Projeto “Saber beres Sabor bores” capacita pr of essor es da rrede ede m unicipal de ensino prof ofessor essores municipal O curso “Saberes e Sabores”, promovido pela Secretária da Educação realizado na Escola Profissionalizante Milton Ballerini, tem a missão de capacitar professores sobre os conteúdos da língua portuguesa, que envolvem a parte gramatical, ortográfica e gêneros textuais. Participam do curso cerca de 60 pessoas divididas em três turmas: equipe da secretaria da Educação, gestores e professores de Língua Portuguesa do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental. O conteúdo abordado está voltado em dinâmicas na língua portuguesa para ajudar o professor na prática pedagógica, orientando-o quando for transmitir as informações para os alunos. De acordo com

CIAE MAR CA PRESENÇA MARCA NA IX REA TECH REATECH De 15 a 18 de abril aconteceu em São Paulo a Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade, REATECH. Para conhecer mais de perto essa realidade e trazer para Lorena algumas das novidades apresentadas, 4 profissionais do Centro Interdisciplinar de Assistência Educacional (CIAE) estiveram visitando a feira no primeiro dia do evento. Estiveram na feira a professora Violeta Vandorfi, a pedagoga Fabiene Faustino e as assistentes sociais Regina Nogueira e Fabiana Gonçalves que, trouxeram, também, materiais, folders e panfletos de divulgação, compartilhados com todos os demais profissionais do CIAE.

o professor Nilson Domingos da Cunha, o curso possui uma boa devolutiva por parte dos membros em relação às atividades proporcionadas. “Os participantes estão sempre em contato com a organização do curso para tirar dúvidas e trocar sugestões a respeito das práticas pedagógicas”, comentou.


Pr of essor es m unicipais do Ensino Prof ofessor essores municipais Fundamental são orientados pelo cur so Letr a Viva curso Letra O curso “Letra Viva” realizado na Escola Profissionalizante Milton Ballerini com professores e alfabetizadores da Educação Infantil e Ensino Fundamental, visa trabalhar não só a teoria como a prática da alfabetização para que o aluno construa o conhecimento e aprimore a escrita de forma natural e significativa. Participam do curso 30 professores da Educação Infantil a 5ª série do Ensino Fundamental. O curso é semanal tendo a duração de 3 horas presenciais e 1 hora de trabalho pessoal. De acordo com a responsável pelo projeto a Orientadora Pedagógica Jamile Bonfim Arneiro Siqueira, a prática da alfabetização e o formato das aulas são construídos aos poucos pelos professores. “É difícil abandonar práticas anteriores, mas a partir do momento em que passamos a acreditar e aceitar é possível enxergar a alfabetização com um novo formato”, observou.

CIAE of er ece aos ofer erece pr of issionais da rrede ede prof ofissionais municipal de ensino momento par a de ba tes para deba bates e rref ef le xões acer ca da efle lexões acerca Inc lusão Escolar Inclusão

Secr etário da Educação homeSecretário na geou g estor as pelo Dia das nag gestor estoras Mães Pelo Dia das Mães a ser comemorado no domingo (09), o Secretário da Educação Padre Pedro Cunha reuniu as gestoras da rede escolar municipal e equipe administrativa da Secretaria de Educação, no salão da Mitra Diocesana para uma homenagem entregando a cada uma delas uma Rosa e um Cartão contendo a mensagem da Secretaria. Após breves palavras ressaltando a importância do ato, terminou com a oração universal do Pai Nosso.

Com o objetivo de promover o debate e a reflexão acerca da inclusão escolar do aluno com deficiência e de oferecer um suporte teórico para os profissionais da educação, as profess o r a s D é b o r a M . G. R o d r i g u e s e Luciane M. M. Barbosa, do Centro Interdisciplinar de Assistência Educacional (CIAE), visitaram algumas escolas durante os meses de março e abril para, junto com as gestoras, vicegestoras e OPs definir um cronograma e dar início às palestras, sendo o primeiro tema sugerido “A Legislação Aplicada à Inclusão Escolar”. Até o final de abril 3 CEMEI’s e 11 Escolas foram atendidas, num total de 290 profissionais. Pretende-se, com esse projeto, levar a todas as escolas a consciência de que as diferenças podem ser acolhidas para a construção de uma escola democrática. Outras escolas serão contempladas e diferentes temas, escolhidos para os próximos encontros.


Alunos da EM Profº Francisco Prudente de Aquino no Sítio do Pica Pau Amarelo Alunos do “Projeto de Leitura”, ministrado pelas professoras Daniela Matia e Cristina Chagas, da escola municipal Professor Francisco Prudente de Aquino, estiveram no “Sítio do Pica Pau Amarelo” em Taubaté. A visita faz parte de uma iniciativa da escola, que visa proporcionar aos alunos conhecimentos sobre as obras do autor Monteiro Lobato. Os 32 alunos da 1ª e 2ª série do Ensino Fundamental, durante a visita percorreram todas as dependências do sítio. A EM Professor Francisco Prudente de Aquino, fica na Rua Profº Francisco Prudente de Aquino, 150, Bairro Cabelinha.

Supervisoras de Ensino recebem material didático do Projeto Brincar Na segunda-feira (26) foi lançado na Biblioteca de São Paulo o kit do “Projeto Brincar” que traz como tema “O brinquedo e a brincadeira na infância”, com a participação de supervisoras de ensino e gestoras. A iniciativa visa resgatar a cultura de brincadeiras e a sensibilização da educação como instrumento de desenvolvimento nas habilidades sociais. No lançamento estiveram representando Lorena a Supervisora de Ensino Gilma de Andrade Côrrea e a Tutora do Projeto no município Professora Niled Dias Toriolo. O material a ser utilizado no desenvolvimento do projeto será distribuído durante a formação para 40 gestoras participantes do projeto, no dia 15 de maio em Lorena na Escola Profissionalizante Milton Ballerini.


Pró-letramento capacita professores de matemática do Ensino Fundamental As aulas de alfabetização de matemática do projeto “Pró Letramento”, realizado na Escola Profissionalizante Milton Ballerini, para os professores do Ensino Fundamental I, tem como perfil orientação e aprimoramento de técnicas no trabalho desenvolvido em sala de aula. O objetivo do curso é letrar matematicamente os educadores. Cerca de 15 professores da rede municipal participam do projeto. De acordo com a responsável do Pró Letramento a Orientadora Pedagógica Iedângela Bonaldi, os professores ao decorrer do curso estão vem se identificando com as dificuldades encontradas em sala de aula. “Temos muito a ser feito, mas conseguimos fazer com que os professores percam o medo da matemática. Já percebemos a vontade que eles têm de querer aprende-la e saber lidar com materiais concretos, além de verificar quais as dificuldades do aluno, colocando-se no lugar deles”. Ao longo da formação, os professores procuram aperfeiçoar as técnicas aplicadas em sala de aula.

Aniversariantes da primeira semana de Maio Maria Dulce Salvador 01/05 Elaine Cristina Werneck Guimarães 02/05 Roger Anderson Luiz 02/05 Denilza Augusta dos Santos Lima 02/05 Maria da Conceição Alves Barbosa 03/05 Sulzi Maria da Fonseca Gonçalves C 03/05 Fernanda da Silva Barbosa 03/05 Priscila de Freitas Guimarães 03/05 Claudia Aparecida Miguel Pires 04/05 Itamar Miguel Pereira da Silva 04/05 Rosa Maria Borges Bastos 06/05 Deise Adriana Donega Jorge 06/05 Marli dos Santos 06/05 Vander Levino dos Santos 06/05 Maria Laura Moreira 07/05 Fabiene Aparecida dos Santos Fau 07/05 Rosely Gonçalves Martins 07/05 Lucinéia Benedita da Cruz 07/05 Edmara Aparecida Gomes da Silva 07/05 Maria Lúcia Marcondes dos Santos 07/05

Boletim Educ Maio  

Boletim Educ Maio