Issuu on Google+

BELO HORIZONTE Diário Oficial do Município - DOM

Tiragem: 2.500 • 31/1/2014

Breno Pataro

Breno Pataro

Ano XX • N. 4.489 • R$ 0,90

Todos os profissionais brasileiros e intercambistas passaram por um treinamento que teve a finalidade de apresentar detalhes específicos da Rede SUS-BH

Setor de Saúde de BH é reforçado com 53 profissionais do Mais Médicos

Breno Pataro

A área da Saúde de Belo Horizonte vai ser reforçada neste mês de fevereiro com o trabalho de seis novos profissionais do Mais Médicos, que vão se somar aos 47 que já estão em operação nas unidades básicas de saúde por meio do programa. A capital mineira é uma das 2.176 cidades do país que aderiu ao Mais Médicos, programa do Ministério da Saúde lançado no ano passado que tem

o objetivo de promover melhorias na infraestrutura das unidades básicas e levar profissionais para regiões onde há carência no atendimento médico ou mesmo onde as equipes locais não são suficientes para atender a população. Dos 147 centros localizados nas nove regiões da cidade, 34 já receberam o reforço de ao menos um médico. Todos os profissionais brasileiros e intercambistas passaram por um treinamento com a finalidade de conhecer as especificidades da Rede SUS-BH. A médica portuguesa Felipa de Meira Fernandes é uma das profissionais que aderiu ao programa. Ela está no Brasil há oito meses e atual-

mente trabalha no Centro de Saúde São Cristóvão, na região Noroeste da cidade. Felipa garante que não teve dificuldades para adaptar-se à rotina de trabalho. “Em Portugal também existe um programa de assistência básica à saúde, mas em Belo Horizonte as equipes são multidisciplinares, o que dá dinâmica ao trabalho e garante uma assistência mais ampla ao paciente”, enfatizou. O médico cubano Juan Carlos H. Barrueta, que também trabalha no Centro de Saúde São Cristóvão, conta ter sido muito bem recebido pela equipe que já trabalhava na unidade e pelos pacientes. Quando perguntado sobre o que o levou a vir trabalhar

no Brasil, ele respondeu instintivamente: “Em Cuba temos um senso de dever muito forte. Viemos para cá, pois sabíamos que o país precisava. Mas também teríamos ido para Haiti, Angola, Etiópia ou qualquer lugar do mundo, para ajudar as pessoas. Era esse o objetivo”, explicou. A população tam-

bém aprovou a iniciativa. Usuá­ ria da unidade, Daniele Freitas leva sua filha todos os meses para passar pelas consultas de controle. Segundo ela, o atendimento está mais ágil. “Sabemos que, se precisar, é só vir ao centro de saúde, porque vai ter sempre médico para atender”, afirma.

O programa

Lançado em julho do ano passado pelo Governo Federal, o programa Mais Médicos tem o objetivo de melhorar o atendimento aos usuários do SUS, ampliar o número de médicos nas regiões carentes do país e acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e unidades de saúde. Os profissionais do programa recebem bolsa de R$ 10 mil por mês e ajuda de custo paga pelo Ministério da Saúde. Os municípios ficam responsáveis por garantir alimentação e moradia aos selecionados. Como definido desde o lançamento, os brasileiros têm prioridade no preenchimento dos postos apontados e as vagas remanescentes são oferecidas aos estrangeiros.

Karen Moreira

Seis iniciam a atuação em fevereiro e trabalho dos demais 47 já beneficia 34 centros de saúde da capital

Usuários aprovaram o atendimento nos centros de saúde que receberam médicos e elogiaram a agilidade dos serviços

dom 4489.indd 1

30/01/2014 18:48:53


BELO HORIZONTE Diário Oficial do Município

2

Poder Executivo Sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Verão Arte Contemporânea oferece opções variadas no final de semana nhã e domingo, às 20h. R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Centro Cultural do Banco do Brasil CCBB (Praça da Liberdade, 450, Funcionários). • Peça “Os ancestrais” – Até 16 de fevereiro, sextas e sábados, às 21h, e domingos, às 20h. R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia-entrada). Esquyna Espaço Coletivo Teatral (rua Célia de Souza, 571, Sagrada Família). • Espetáculo “Olho do mundo” – Amanhã, às 21h, e domingo, às 19h. R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia-entrada). Teatro de Câmara do Cine Theatro Brasil Vallourec (Rua dos Carijós, 258, Praça Sete, Centro). • Espetáculo “Do baião a Piazzolla”, com Matheus Rodrigues Septeto – amanhã e domin-

na sala Multiuso do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) com o show “Do baião a Piazzolla”, amanhã e domingo, às 19h. Já no Cine Theatro Brasil, a Banda Pelos sobe ao palco com o show “Olho do mundo”, amanhã, às 21h, e domingo, a partir das 19h. Toda a programação do Verão Arte Contemporânea está disponível no www.veraoarte.com.br. Veja abaixo alguns destaques da programação do VAC de amanhã e domingo.

Amanhã

Domingo, dia 2

• Oficina “Ensaio de Mentira ou o último ensaio para dizer

a verdade”. Até dia 16 de fevereiro, às sextas e sábados, às 21h, e domingos, às 20h, no Galpão Cine Horto (Rua Pitangui, 3.613, Horto). R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia-entrada). • “V Mostra de cinema: Cultura, Arte e Poder” – Sessões em vários horários, até o dia 9 de fevereiro no Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes (avenida Afonso Pena, 1.537, Centro), e de 11 a 16 de fevereiro no Sesc Palladium (rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro). Entrada gratuita. • Mostra “Atlas” - Até 8 de fevereiro no espaço Mari’Stella Tristão, no Palácio das Artes, de terça a sábado, das 9h30 às 21h, e aos domingos, das 16h às 22h. Entrada gratuita.

Suelen Pessoa

Guto Muniz

Ntun Lima

• Peça “Aldebaran” – Ama-

go, às 19h. R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Centro Cultural Banco do Brasil. • Cineclube Oi Futuro – amanhã, às 16h, as sessões são destinadas ao público infantil e, às 19h, aos adultos. Entrada gratuita. Oi Futuro (avenida Afonso Pena, 4.001, Serra) Frank Soarbine

Peças de teatro, sessões de cinema, exposições, oficinas e música. No total, 26 atrações recheiam a programação do Verão Arte Contemporânea (VAC) amanhã e domingo, dia 2, oferecendo entretenimento e cultura a preços populares ou com entrada gratuita em dezenas de espaços da cidade. A novidade deste final de semana é a 5ª Mostra de Cinema: Cultura, Arte e Poder, realizada no Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes, e no Cinema Professor José Tavares de Barros, no Sesc Palladium. Além disso, tem a estreia da Mostra Cine Laje, no Centro de Cultura aLaje (rua Pitangui, 3.579, bairro Horto), que exibe, no domingo, dia 2, filmes que não tiveram espaço em outras salas da capital. Para quem gosta de música, excepcionalmente neste final de semana o músico e produtor Matheus Rodrigues se apresenta

VAC oferece 26 atrações amanhã e domingo

dom 4489.indd 2

Divulgação Divulgação

Nesta 40ª edição da Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, os mineiros da Trupe de Teatro e Pesquisa voltam a ocupar o Teatro João Ceschiatti, no Palácio das Artes (avenida Afonso Pena, 1.537, Centro), com apresentações de dois de seus espetáculos, a montagem mais recente para o público adulto, “Átridas – O Homem Morto na Banheira”, e seu espetáculo infantil de maior sucesso, “A Revolta dos Brinquedos”. As peças, ambas com o preço de R$ 12, ficam em cartaz até o dia 23 de fevereiro e podem sem vistas neste fim de semana. Em “Átridas”, o grupo se inspira no mito grego da família dos Átridas, escrito pelo italiano Vittorio Alfieri em 1788. O texto trata da disputa de poder, com cenas repletas de intrigas, sedução, vingança e morte e pretende envolver o espectador fazendo-o se sentir ao mesmo tempo enojados e seduzidos pelos desdobramentos da natureza humana. A montagem,

Leone Antonionne Franco

Trupe de Teatro e Pesquisa apresenta espetáculos para adultos e crianças hoje, amanhã e domingo em BH dirigida por Alexandre Toledo, pode ser vista às sextas e sábados, às 21h, e aos domingos, às 19h. Para o público infantil, a trupe mostra o premiado musical “A Revolta dos Brinquedos”. O grupo apresenta a peça há 13 anos e o espetáculo recebeu os prêmios Sesc/Sated 2001 nas categorias de melhor ator, atriz, ator coadjuvante e cenário. No palco, as crianças irão conhecer um grupo de brinquedos, que cansados de serem maltratados por uma menina, decidem se vingar. A peça equilibra ação, humor e conscientização em um divertido manifesto contra a violência, a solidão e a falta de fantasia. Pode ser vista aos sábados e aos domingos, sempre às 16h. Para conferir a programação completa da campanha, com sinopses, endereços dos teatros, preços e horários, acesse o site www.sinparc.com.br. A campanha segue em cartaz com várias peças em Belo Horizonte até o dia 2 de março.

30/01/2014 18:49:06


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Inscrições para oficinas culturais do projeto Arena da Cultura se encerram hoje Estão abertas até hoje as inscrições para as oficinas gratuitas do projeto Arena da Cultura de 2014. São oferecidas cerca de 3 mil vagas para as áreas de Artes Visuais, Circo, Dança, Música, Teatro e Patrimônio Cultural, distribuídas por todas as re­ giões de Belo Horizonte. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas nos centros culturais da FMC e também no Núcleo de Formação e Criação Artística e Cultural (Nufac). Confira abaixo o endereço e o telefone destes locais, dados que também podem ser consultados no site www.bhfazcultura.pbh.gov.br. As vagas estão distribuídas em duas categorias: oficinas de sensibilização (curta duração) e oficinas de iniciação (longa duração). Os candidatos que desejam participar das oficinas de Sensibi-

lização em Artes e em Patrimônio Cultural devem ter idade mínima de 6 anos e comprovar residência em Belo Horizonte. As oficinas têm duração de 36 horas. Já as oficinas de Iniciação Artística têm duração de cerca de seis meses e integram o processo de formação proposto pelo projeto, com duração de até quatro anos. Elas abrangem cursos em diversas linguagens artísticas. Para participar, é necessário comprovar residência em Belo Horizonte, ter idade mínima de 14 anos e ser alfabetizado. Para as duas categorias, os interessados menores de 16 anos devem ser cadastrados pelos pais ou responsáveis. Em fevereiro, os Núcleos BH Cidadania das nove regiões da cidade também irão receber inscrições para oficinas de Sensibilização, entre os dias 17 e 27.

O projeto Arena da Cultura foi implementado pela Prefeitura de Belo Horizonte em 1998 para cumprir metas de descentralização cultural e abranger as nove regiões administrativas da cidade. As oficinas de longa duração, nas seis linguagens artísticas, estão organizadas em ciclos formativos: iniciação, aprofundamento e especialização, realizados em módulos que variam de um a quatro semestres, ao longo de até quatro anos. O Arena da Cultura conta com uma equipe de coordenadores responsáveis por propor, acompanhar e avaliar os trabalhos desenvolvidos. Dispõe, ainda, de uma equipe pedagógica formada por profissionais que dinamizam os processos formativos, conceituais e metodológicos, além da permanente reflexão em cada uma das linhas de atuação do projeto.

Locais de Inscrição Centro Cultural

Endereço

Telefone

Nufac

Avenida dos Andradas, 367, 2º andar, Centro

3277-4644

Centro Cultural Alto Vera Cruz

Rua Padre Júlio Maria, 1.577, Alto Vera Cruz

3277-5612

Centro Cultural Jardim Guanabara

Rua João Álvares Cabral, 277, Jardim Guanabara

3277-6703

Centro Cultural Lagoa do Nado

Rua Ministro Hermenegildo de Barros, 904, Itapoã

3277-7420

Centro Cultural Lindéia Regina

Rua Aristolino Basílio de Oliveira, 445, Regina

3277-1515

Centro Cultural Pampulha

Rua Expedicionário Paulo de Souza, 185, Urca

3277-9292

Centro Cultural Padre Eustáquio

Rua Jacutinga, 821, Padre Eustáquio

3277-8394

Centro Cultural Salgado Filho

Rua Nova Ponte, 22, Salgado Filho

3277-9625

Centro Cultural São Bernardo

Rua Edna Quintel, 320, São Bernardo

3277-7416

Centro Cultural São Geraldo

Av. Silva Alvarenga, 548, São Geraldo

3277-5648

Centro Cultural Urucuia

Rua W3, 500, Urucuia

3277-1531

Centro Cultural Venda Nova

Rua José Ferreira Santos, 184, Novo Letícia

3277-5533

Centro Cultural Vila Fátima

Rua São Miguel Arcanjo, 215, Vila N.Sª de Fátima

3277-8193

Centro Cultural Vila Marçola

Rua Mangabeira da Serra, 320, Serra

3277-5250

Centro Cultural Vila Santa Rita

Rua Ana Rafael dos Santos, 149, Vila Santa Rita

3277-1519

Centro Cultural Zilah Spósito

Rua Carnaúba, 286, Jaqueline, Conjunto Zilah Spósito

3277-5498

3

Inscrições para a Lei Municipal de Incentivo à Cultura chegam ao último dia As inscrições para projetos culturais que visam obter benefícios da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (LMIC) podem ser feitas somente até hoje. A apresentação do projeto, bem como todos os documentos exigidos pelo edital, devem ser entregues pessoalmente ou por Sedex na sede da Fundação Municipal de Cultura (rua da Bahia, 888, sala 204, Centro), das 10h às 16h. O edital LMIC 2013 foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) do dia 11 de dezembro, e está disponível nos sites da Prefeitura de Belo Horizonte (www.pbh.gov.br/dom) e da Fundação Municipal de Cultura (www.pbh.gov.br/cultura) e no site de programação www.bhfazcultura.pbh.gov.br/edital2013. Os projetos podem ser inscritos em duas modalidades: Incentivo Fiscal (IF), no qual a Prefeitura pratica a renúncia fiscal em favor de projetos de caráter artístico-cultural que visem à exibição, utilização e/ou circulação pública de bens culturais na cidade; e Fundo de Projetos Culturais (FPC), mecanismo por meio do qual o Município de Belo Horizonte viabiliza diretamente projetos culturais sem fins lucrativos. Para cumprir sua vocação de democratizar o acesso e contemplar o máximo de pessoas interessadas, o edital prevê que cada empreendedor poderá inscrever, no máximo, dois projetos. Todos os projetos devem apresentar uma proposta de contrapartida sociocultural, ação a ser desenvolvida pelos seus realizadores como forma de retorno ao apoio financeiro recebido. A proposta deve estar relacionada à descentralização cultural e/ou à universalização e democratização do acesso a bens culturais, e seus custos não podem estar incluídos no orçamento do projeto.

Avaliação

Após as inscrições, os projetos passarão por duas etapas de seleção. Primeiramente será feita uma análise documental, de responsabilidade da Divisão de Gestão da LMIC, sobre a conformidade dos projetos quanto aos documentos exigidos no edital. Em seguida, os projetos habilitados passam pela etapa de avaliação, de competência da Comissão Municipal de Incentivo à Cultura, que tem como finalidade selecionar os projetos culturais a serem contemplados, bem como aprovar e definir os recursos a eles destinados. Os projetos serão avaliados tendo como base critérios de consistência, exequibilidade, impacto cultural e efeito multiplicador. A pontuação dos critérios de avaliação está explicitada no edital. Neste ano a acessibilidade das pessoas com necessidades especiais se tornou um critério de avaliação dos projetos culturais. A Comissão Municipal de Incentivo à Cultura (CMIC) é composta por seis membros, sendo três representantes da administração municipal, nomeados pela própria administração, e três representantes do setor cultural, eleitos pela sociedade civil de Belo Horizonte.

Conselho Gestor Participativo do Complexo Esportivo Estrela Azul é empossado em clima de festa suplentes do Conselho Gestor Participativo (CGP) do Complexo Es-

Fotos: Ramon Calixto

Foram empossados na última semana os membros titulares e

Grupo de percussão do programa Juventude e Polícia abrilhantou a cerimônia de posse

portivo Estrela Azul, em cerimônia que aconteceu na área de recreação da Escola Estadual Deputado Álvaro Salles, no bairro Trevo. O evento reuniu representantes da comunidade e ex-atletas que fizeram história no futebol mineiro, como Paulo Isidoro e Zé Carlos, que vão fazer parte do conselho. Implantada pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, a política de gestão compartilhada dos equipamentos esportivos da capital gerou nos conselheiros o interesse de desenvolver ações de preservação dos espaços, além de implantação de projetos voltados para a prática de atividades de esporte, lazer e cultura. Segundo Paulo Isidoro, ex-jogador do Atlético, a inciativa de

se aproximar da realidade das comunidades é importante para conhecer de perto as necessidades do cotidiano dos equipamentos esportivos e, principalmente, alavancar ações aliadas à educação e ao esporte. Para Zé Carlos, que jogou pelo Cruzeiro, com a implantação do conselho será possível obter o diagnóstico mais preciso de informações a respeito das

necessidades locais. Secretário municipal de Esporte e Lazer, Bruno Miranda destacou que, através do CGP, a gestão pública fortaleceu o trabalho intersetorial das ações de gerenciamento dos equipamentos esportivos. “Tivemos um ganho primordial para atender as demandas, que é atuar em conjunto com as regionais e outras secretarias”, enfatizou.

Diário Oficial do Município de Belo Horizonte

Instituído pela Lei nº 6.470 de 06/12/1993 e alterado pela Lei nº 9.492 de 18/01/2008 • Endereço eletrônico: www.pbh.gov.br/dom Composição, Produção e Edição Assessoria de Comunicação Social - Prefeitura de Belo Horizonte Av. Afonso Pena, 1.212 - 4º andar - Tel.: (31) 3277-4246

dom 4489.indd 3

Impressão Distribuição e Assinaturas Gráfica 101 - Rua Francisco Soucasseaux, 220 Ricci Diários & Publicações Ltda - Rua Curitiba, 1.592 - Loja 01 Bairro Lagoinha - CEP 31110-310 - Belo Horizonte - MG - Tel.: (31) 3421-5000 Lourdes - Belo Horizonte - MG - Tel.: (31) 3274-4136

30/01/2014 18:49:12


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

26

Sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Indicadores Econômicos de Belo Horizonte Taxas de Juros – Dezembro de 2013

Evolução dos Preços ao Consumidor IPCA(1) Período

IPCR(2) Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

ago/13

403,59

0,10

3,92

Últimos 12 Meses 5,85

set/13

404,56

0,24

4,17

5,76

No mês

No ano

Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

Taxas médias praticadas(1)

Setores

403,00

-0,12

2,69

Últimos 12 Meses 4,23

404,09

0,27

2,97

4,24

No mês

No ano

Menor

Maior

Diferença (%)

Média

1,99

5,90

196,48

4,75

Prefixada (montadoras)

1,10

2,54

130,91

1,63

Prefixada (multimarcas)

1,41

2,64

87,23

1,88

1,85

Empréstimos pessoa física Alimentício Automóveis Novos

out/13

406,05

0,37

4,56

5,53

405,26

0,29

3,27

4,07

nov/13

408,69

0,65

5,24

5,76

407,86

0,64

3,93

4,51

Prefixada (montadoras)

1,37

2,83

106,57

dez/13

412,25

0,87

6,15

6,15

410,67

0,69

4,64

4,64

Prefixada (multimarcas)

1,44

2,94

104,17

2,16

3ª jan/14

422,72(3)

1,27

1,27

5,48

417,00 (3)

0,57

0,57

3,55

Cartão de Crédito

4,14

17,89

332,13

10,96

(1) IPCA= Índice de Preços ao Consumidor Amplo: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Cheque Especial (2) (8)

4,24

10,52

148,11

8,14

(2) IPCR= Índice de Preços ao Consumidor Restrito: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 5 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Combustíveis

3,57

17,97

403,36

8,70

Imóveis Construídos

0,05

1,60

3.100,00

1,05

Imóveis na Planta

0,20

1,60

700,00

0,41

0,79

2,65

235,44

1,88

CDC - Financeiro (8)

3,27

5,17

58,10

4,18

CDC - Bens Alienáveis (8)

1,40

2,09

49,29

1,61

Eletroeletrônicos

1,99

6,92

247,74

3,67

Mobiliário

0,70

5,44

677,14

2,70

11,86

14,62

23,27

13,58

Automóveis Usados

Construção Civil (3) (7)

Evolução da inflação, salário mínimo e cesta básica

Período

jul/13

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100) IPCA(1)

Salário Mínimo

403,18

1046,46

No mês

Cesta Básica(2) 537,31

No ano

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

0,06

0,00

-5,97

Cooperativas de Crédito (empréstimo)

Últimos 12 Meses

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

3,82

9,00

8,21

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

5,75

9,00

8,88

Crédito Direto ao Consumidor (CDC)

ago/13

403,59

1046,46

522,71

0,10

0,00

-2,72

3,92

9,00

5,27

5,85

9,00

4,42

set/13

404,56

1046,46

513,64

0,24

0,00

-1,73

4,17

9,00

3,45

5,76

9,00

0,63

Financeiras Independentes Turismo

out/13

406,05

1046,46

540,14

0,37

0,00

5,16

4,56

9,00

8,78

5,53

9,00

5,87

nov/13

408,69

1046,46

545,56

0,65

0,00

1,00

5,24

9,00

9,87

5,76

9,00

11,20

dez/13

412,25

1046,46

541,66

0,87

0,00

-0,72

6,15

9,00

9,09

6,15

9,00

9,09

2,21

154,02

1,47

1,08

2,21

104,63

1,54

0,67

6,90

929,85

3,52

Empréstimos pessoa jurídica

(2) Cesta Básica: representa os gastos de um trabalhador adulto com a alimentação definida pelo Decreto-lei 399/38 FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

Evolução do Mercado Imobiliário: Aluguéis Residenciais Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

0,87

Internacional Vestuário e Calçados

(1) IPCA= Índice de Preços ao Consumidor Amplo: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Período

Nacional

Comerciais

Variação (%)

jul/13

459,78

0,51

3,80

Últimos 12 Meses 7,24

ago/13

461,16

0,30

4,11

set/13

463,14

0,43

4,56

out/13

464,62

0,32

nov/13

466,81

dez/13

468,30

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

Desconto de Duplicatas (8)

1,01

2,80

177,23

2,03

Capital de Giro (8)

1,24

2,51

102,42

1,69

Conta Garantida (8)

1,92

4,21

119,27

2,84

Captação CDB 30 dias (4)

Variação (%)

0,66

639,95

0,73

5,10

Últimos 12 Meses 9,88

6,25

643,47

0,55

5,68

9,60

Poupança (5)

6,40

646,62

0,49

6,19

9,32

Taxa SELIC (6)

4,89

6,35

649,72

0,48

6,70

8,76

(1) Considera-se a média das taxas praticadas pelos informantes

(5) Taxa referente ao primeiro dia do mês subsequente

(2) Não são consideradas vantagens progressivas

(6) Média ponderada pela vigência

0,47

5,39

6,23

652,91

0,49

7,23

8,38

(3) Inclui a variação dos indexadores CUB, TR, INCC e IGP-M

(7) Novo cálculo considerando o período dos índices que compõem a estimativa (8) Dados coletados a partir de informações consolidadas no Banco Central do Brasil

0,32

5,72

5,72

656,56

0,56

7,83

7,83

No mês

No ano

No mês

No ano

Cooperativas de Crédito (aplicação)

0,70

Fundo de Investimento Curto Prazo

0,33

0,68

106,06

0,54

Fundo de Investimento Longo Prazo

0,60

0,71

18,33

0,66 0,57 0,80

(4) Taxa ANBID do primeiro dia útil do mês e projetada para 30 dias

.. Não se aplica dados numéricos

Tarifas Bancárias – Dezembro de 2013

Valores médios (em R$) dos aluguéis residenciais por classe de bairro(*) - Dezembro de 2013 Imóveis

Apartamentos

Popular

Médio

Alto

Luxo

(3)

776,38 (47)

1288,53 (150)

Apartamento 2 Quartos

716,75 (142)

992,72 (149)

1150,41 (235)

2069,84 (200)

Apartamento 3 Quartos 1 Banho

858,83 (35)

1010,67 (45)

1253,51 (47)

1634,21 (19)

1239,19 (77)

1373,15 (162)

1640,89 (353)

2441,83 (415)

Apartamento 4 Quartos e até 2 Banhos

(3)

(2)

2218,63 (8)

3100,00 (26)

Apartamento acima de 4 Quartos e 2 Banhos

(1)

2318,00 (5)

2668,18 (40)

4603,14 (210)

454,35 (23)

600,00 (18)

(1)

-

Barracão 2 Quartos

596,82 (22)

701,11 (9)

(1)

-

Casa 1 Quarto

608,89 (9)

662,50 (4)

(3)

(2)

Casa 2 Quartos

806,83 (48)

962,69 (26)

1233,33 (12)

1925,00 (4)

Casa 3 Quartos e 1 Banho

1031,07 (28)

1307,14 (7)

(1)

-

Casa 3 Quartos e 2 ou mais Banhos

1371,67 (30)

1800,00 (19)

2918,32 (19)

6246,00 (15)

(3)

2290,00 (10)

5060,00 (5)

(2)

3037,50 (8)

4157,00 (7)

5683,33 (12)

8514,80 (54)

Confecção de cadastro para início de relacionamento - CADASTRO

por evento

0,00

59,00

..

20,68

CARTÃO - Fornecimento de 2º via de cartão com função débito

por cliente

5,30

10,00

88,68

6,37

CARTÃO - Fornec. de 2ª via de cartão com função mov. conta de poupança

por cliente

5,30

10,00

88,68

6,37

por Operação

28,50

52,00

82,46

42,58

CHEQUE - Contra-ordem e oposição ao pagamento de cheque

por cheque

10,35

15,00

44,93

11,68

CHEQUE - Fornecimento de folhas de cheque

por cheque

1,00

1,50

50,00

1,27

CHEQUE - Cheque Administrativo

por Cheque

20,00

30,00

50,00

23,89 10,50

CONTAS DE DEPÓSITOS

CHEQUE - Exclusão do Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundo (CCF)

CHEQUE - Cheque Visado

por cheque

0,00

21,00

..

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE pessoal

por operação

2,00

3,00

50,00

2,18

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE Terminal

por operação

1,15

3,00

160,87

1,77

Saque de conta de dep. à vista e de poupança - SAQUE correspondente

por operação

1,15

2,15

86,96

1,50

DEPÓSITO - Depósito Identificado

por operação

0,00

3,00

..

1,90

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (P)

por operação

1,45

6,00

313,79

3,04

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (E)

por operação

1,35

3,00

122,22

2,01

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (C)

por operação

1,20

1,40

16,67

1,29

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período -EXTRATO(P)

por operação

2,00

6,00

200,00

3,18

Ext. mensal de conta de dep. à vista e Poup. p/um período - EXTRATO(E)

por operação

1,35

4,00

196,30

2,17

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período - EXTRATO(C)

por operação

1,20

4,00

233,33

1,81

Fornecimento de cópia de microfilme, microficha ou assemelhado

por operação

0,00

6,00

..

4,75

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(P)

por operação

0,00

19,00

..

13,03

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(E)

por operação

0,00

9,50

..

7,04

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(I)

por operação

6,50

8,60

32,31

7,54

Transferência entre contas na própria instituição- TRANSF. RECURSOS(P)

por operação

1,00

2,00

100,00

1,17

Transferência entre contas na própria instituição-TRANSF.RECURSOS(E/I)

por operação

0,00

1,20

..

0,86

Ordem de Pagamento - ORDEM PAGAMENTO

por operação

23,80

27,00

13,45

24,98

Transferência por meio de DOC - DOC Pessoal (3)

por evento

12,85

20,00

55,64

14,85

Transferência por meio de DOC - DOC eletrônico (3)

por evento

0,00

9,50

..

7,07

Transferência por meio de DOC - DOC internet (3)

por evento

6,50

8,60

32,31

7,52

Transferência por meio de TED - TED pessoal (3)

por evento

12,85

20,00

55,64

14,85

Transferência por meio de TED - TED eletrônico (3)

por evento

0,00

9,50

..

7,07

Transferência por meio de TED - TED internet (3)

por evento

0,00

8,60

..

7,59

por operação

30,00

51,80

72,67

43,56

OPERAÇÕES DE CRÉDITO

Casa 4 Quartos e até 2 Banhos Casa 4 Quartos e 2 Banhos

(*) O valor entre parênteses representa o número de imóveis utilizados no cálculo da respectiva média. Na maioria das vezes, somente são publicados valores médios obtidos a partir de quatro imóveis pesquisados. Os casos em que não foi pesquisado nenhum imóvel são indicados por hífen (-). Os valores médios referentes a apartamentos de 1 e 2 quartos da classe luxo são influenciados pela oferta de Flats.

Concessão de adiantamento a depositante - ADIANT. DEPOSITANTE PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA

por evento

9,50

32,00

236,84

12,62

a cada 365 dias

24,00

54,00

125,00

44,00

Fornecimento de 2ª via de cartão com função crédito

por evento

0,00

15,00

..

6,52

Utilização de canais de atend. para retirada em espécie - no país

por evento

4,00

15,00

275,00

8,16

CARTÃO DE CRÉDITO (3) Anuidade - cartão básico nacional

Pagamento de contas utilizando a função crédito em espécie

por evento

1,99

16,00

704,02

9,75

Avaliação emergencial de crédito

por evento

15,00

18,00

20,00

15,63

a cada 365 dias

0,00

90,00

..

73,33

por evento

10,00

30,00

200,00

15,86

Anuidade - cartão básico internacional Utilização de canais de atend. para retirada em espécie - no exterior

(2) Considera-se a média das tarifas praticadas pelos bancos pesquisados

(1) Não são consideradas vantagens progressivas

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

Fonte: Banco Central do Brasil / Bancos - Dados trabalhados pela Fundação IPEAD/UFMG

..

Não se aplica dados numéricos

ICCBH

(1)

(2)

IEE

IEF

Quantidade

Valores (em R$)

Contribuição na variação (p.p.)

Açúcar cristal

3,00 kg

4,33

0,00

Arroz

3,00 kg

7,19

0,04

Banana caturra

12,00 kg

27,83

-0,01

Produto

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Maio/04=100)

No mês (3)

ND: não disponível

Custo da Cesta Básica(*) – Dezembro de 2013

Índice de Confiança do Consumidor

Últimos 12 Meses

No ano

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

jul/13

120,17

166,15

113,94

0,28

-2,88

3,13

-13,43

-18,28

-3,62

-11,12

-16,86

-0,52

Batata inglesa

6,00 kg

15,04

-0,58

ago/13

126,79

180,41

117,28

5,51

8,58

2,93

-8,66

-11,26

-0,80

-4,98

-8,02

3,43

Café moído

0,60 kg

7,68

0,06

set/13

118,32

160,27

114,11

-6,68

-11,16

-2,70

-14,76

-21,17

-3,48

-10,58

-16,48

0,73

Chã de dentro

6,00 kg

113,27

1,03

Farinha de trigo

1,50 kg

4,26

0,01

out/13

120,41

161,61

116,97

1,76

0,84

2,51

-13,26

-20,51

-1,06

-11,39

-19,19

1,36

Feijão carioquinha

4,50 kg

16,59

-0,25

nov/13

123,30

170,12

117,11

2,40

5,27

0,12

-11,17

-16,32

-0,94

-8,51

-15,95

3,51

Leite pasteurizado

dez/13

120,48

159,06

118,51

-2,28

-6,50

1,20

-13,20

-21,76

0,24

-13,20

-21,76

0,24

(1) ICCBH: Índice de Confiança do Consumidor de Belo Horizonte: trata-se de um indicador que tem por finalidade sintetizar a opinião dos consumidores em Belo Horizonte quanto aos aspectos capazes de afetar as suas decisões de consumo atual e futuro (2) IEE: Índice de Expectativa Econômica: retrata a expectativa do consumidor em relação aos indicadores macroeconômicos

dom 4489.indd 26

Média(2) (R$)

TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS

Barracões

Período

Menor (R$) Maior (R$) Diferença (%)

CADASTRO

512,86 (7)

Apartamento 3 Quartos 2 ou mais Banhos

Forma de Cobrança

Produtos / serviços(1)

Apartamento 1 Quarto

Barracão 1 Quarto

Casas

ND - não disponível

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

7,50 lt

17,15

-0,25

750,00 gr

17,08

0,14

Óleo de soja

1,00 un

2,83

0,01

Pão francês

6,00 kg

51,52

0,10

Tomate Santa Cruz

9,00 kg

29,00

-1,01

Manteiga

(3) IEF: Índice de Expectativa Financeira: retrata a confiança do consumidor a respeito de alguns indicadores microeconômicos

(*) Cesta Básica: representa os gastos de um trabalhador adulto com a alimentação definida pelo Decreto-lei 399/38

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

30/01/2014 18:49:12


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Programação especial de férias da Fundação Zoo-Botânica entra na reta final • Bicicletário – De hoje a domingo, das 9h às 17h (último empréstimo às 16h30) • Salão Vermelho do Memorial – De hoje a domingo: meditação das 8h30 às 9h30 e das 16h às 17h. Visitação das 9h30 às 11h30 e das 14h às 16h. • Exposição “A Zoo-Botânica vai até você” – De hoje a domingo, das 9h às 17h (Área da Lanchonete)

• Exposição “Comunicação e Educação Ambiental/Dragagem da Pampulha” – Hoje, das 9h às 16h (Área da Lanchonete) • Oficinas Educativas e Rua de Lazer/ BH em Férias. Hoje, das 9h às 16h (Esplanada) • Lian Gong – Hoje, às 15h, na Área da Lanchonete • Visita às estufas do Jardim Botânico – De hoje a domin-

go, das 9h às 12h e das 13h30 às 16h30. • Atendimento Aquário – De hoje a domingo, das 9h às 12h e das 13h30 às 16h30. • Visita à Zooboteca – Amanhã e domingo, das 9h30 às 11h30 e das 14h às 16h. • Bate-papo “Gorilas” – Hoje, das 9h30 às 11h30 e das 14h às 16h, e domingo, dia 2, das 10h às

12h e das 13h30 às 16h30. • Bate-papo “Zebras” – Hoje, das 9h30 às 11h30 e das 14h às 16h, e amanhã, das 10h às 12h e das 13h30 às 16h30. • Mobilização “Limpeza” – Amanhã e domingo, dia 2, das 10h às 12h e das 13h30 às 16h • Visitas ao Jardim Japonês – De hoje a domingo, das 9h às 12h e das 13h30 às 16h30.

Daniel Alves

Suziane Fonseca

Daniel Alves

O mês de janeiro foi de comemoração na Fundação ZooBotânica de Belo Horizonte (FZB-BH), que festejou o aniversário de 55 anos do Jardim Zoológico no último final de semana. Neste mês, o público desfrutou de várias atividades educativas nos espaços da fundação, que além do Zoológico (avenida Otacílio Negrão de Lima, 8.000, Pampulha), inclui também o Jardim Botânico e o Parque Ecológico da Pampulha. A programação especial de férias chega à etapa final. Confira ao lado os destaques de hoje a domingo, dia 2, quando as atividades se encerram.

27

Novas sedes do CIAS e do CIEVS são inauguradas em Belo Horizonte Foi reinaugurada ontem, na Praça Sete, no Centro da capital, a sede administrativa do Consórcio Intermunicipal Aliança para a Saúde (CIAS), que funcionará na rua Rio de Janeiro, 471, 8º andar. Na ocasião foi lançado o módulo eletivo do Sistema Estadual de Transporte em Saúde (SETS) para os municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte e inaugurada a nova sede do Centro de Informações e Estratégias de Vigilância em Saúde (CIEVS), que funcionará no mesmo local da sede do CIAS. O evento contou com as presenças do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, do secretário-adjunto de estado da Saúde, Wagner Eduardo Ferreira, e do presidente do CIAS e prefeito de Sete Lagoas, Marcio Reinaldo Dias, além de outras autoridades. O Consórcio Intermunicipal Aliança para a Saúde é uma iniciativa autônoma de municípios circunvizinhos que se associaram para promover ações de promoção, proteção e recuperação da saúde

dom 4489.indd 27

de suas populações, especialmente a estruturação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na rede regional de urgência e emergência. O objetivo do grupo é ampliar os serviços e desafogar a rede SUS. Atualmente o CIAS é formado por 81 municípios e atenderá cerca de 6 milhões de pessoas. Na ocasião, foi formalizada a transferência de R$ 199.200 em recursos do Estado para o CIAS com a assinatura do documento pelo secretário-adjunto Wagner Ferreira. “O consórcio vem se consolidando como um mecanismo para solidificar, reestruturar e ser um instrumento de ação para o SUS. O consórcio racionaliza e hierarquiza todo o processo de saúde”, afirmou Wagner Ferreira. O prefeito Marcio Lacerda ressaltou os esforços para melhorar os serviços de saúde. “A união de esforços, a parceria e o compartilhamento de recursos são instrumentos complementares para a melhoria da qualidade dos serviços”, afirmou.

SETS e CIEVS

Fotos: Divino Advincula

Evento de inauguração formalizou também o lançamento do módulo do Sistema de Transporte em Saúde

Sedes funcionarão na região central de Belo Horizonte

Criado pelo governo estadual para garantir o deslocamento do paciente, por micro-ônibus, de forma eficiente e humanizada para a realização de exames e consultas fora de domicílio, o Sistema Estadual de Transporte em Saúde (SETS) vai beneficiar mais de 1,2 milhão de pessoas na nova região atendida. O módulo eletivo do SETS lançado na ocasião atenderá 23 municípios por meio de 38 veículos especializados. Já o Centro de Informações e Estratégias de Vigilância em Saúde (CIEVS) é o órgão coordenador das situações de crise que ocorrem no estado e é responsável pelo acompanhamento e notificação dos agravos. No evento também foi anunciada a inauguração do futuro centro integrado de atendimento do Samu Central, cujo início da operação está previsto para ocorrer no final de março e no qual foram investidos R$ 19 milhões. A central funcionará na avenida Amazonas, 6.975, no bairro Gameleira e integrará os atendimentos do Samu metropolitano.

30/01/2014 18:49:22


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

28

Sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Divulgação

“O Sonho de uma noite mágica”, “O Homem Fósforo” e “O pequeno Nicolau” são apenas alguns dos filmes infantis que serão exibidos no Parque JK (avenida Bandeirantes, 240, bairro Comiteco) entre hoje e domingo, dia 2, na Mostra Internacional de Cinema Infantil. As exibições serão realizadas em tendas climatizadas e as crianças ainda terão direito a pipoca e podem participar de atividades recreativas. Durante esses três dias, haverá exibição gratuita de 10 filmes produzidos em países como Espanha, Itália, França, Argentina e África Sul, todos dublados, além de quatro curtas-metragens brasileiros. Todos serão exibidos em duas sessões, hoje, às 18h e às 20h, e no sábado e domingo, em cinco sessões diárias, das 10h às 18h.

Divulgação

Parque JK recebe Mostra Internacional de Cinema Infantil

Confira os filmes que vão estar em cartaz

• “O Sonho de uma noite mágica” (Espanha) • “O Homem Fósforo” (Itália) • “Manolito Quatro Olhos” (Espanha) • “O Leão da barba branca” (Itália) • “O pequeno Nicolau” (França) • “Patoruzito” (Argentina) • “O Cão, o General e os Pássaros” (Itália) • “Kirikou e a Feiticeira” (África do Sul/França) • “Filhinhos 1” (Argentina) • “Filhinhos 2” (Argentina)   Curtas-metragens brasileiros que fazem parte da mostra • “Julieta de Bicicleta” • “Disque Quilombola” • “A Patrulha do Xixi no Banho” • “Cadê meu Rango?”

Centro Cultural Jardim Guanabara promove apresentação de dança Divulgação

Nathália Turchetti

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura, presta uma homenagem ao Dia Internacional do Mágico apresentando hoje e amanhã, no Centro de Referência da Moda de Belo Horizonte (CRModa), o espetáculo “Celebrações Mágicas”, com direção de Henry Vargas. Hoje a apresentação acontece às 20h e, amanhã, às 19h. A entrada é gratuita, com distribuição de senha 30 minutos antes das

Divulgação

Espetáculo no CRModa celebra Dia Internacional do Mágico com duas exibições de “Celebrações Mágicas”

sessões, na portaria do CRModa (rua da Bahia, 1.149, Centro). O espetáculo “Celebrações Mágicas” reúne no mesmo palco um seleto grupo de premiados e reconhecidos mágicos e ilusionistas do país. O público poderá presenciar de perto o show de artistas que já se apresentaram em diver-

dom 4489.indd 28

sas partes do mundo e que já foram premiados em diversos festivais internacionais. O espetáculo é uma mescla dos mais diversos estilos da arte mágica, mostrando ao público diferentes ramos do ilusionismo, como Cartomagia, Close-up, Mentalismo e Manipulação e Grandes Ilusões.

O Centro Cultural Jardim Guanabara (rua João Álvares Cabral, 277, bairro Jardim Guanabara) recebe hoje, às 19h30, o espetáculo “Confronto”, apresentação gratuita de dança que envolve jazz e balé clássico. A atração é da companhia Athos Centro de Dança. A obra é uma composição do diretor e coreógrafo William Lima, que busca despertar no público uma inquietude sobre a qualidade do conteú­ do cultural que tem nos alimentado. A trilha sonora é assinada pelo historiador mineiro, crítico cultural e vocalista da banda Palavrantiga, Marcos Almeida. A obra propõe uma análise do que é ouvido, lido, escutado e feito pelas pessoas, citando grandes ícones do universo artístico-cultural de vanguarda, como Hans Rookmaaker e Jean Paul Sartre. A coreografia é enriquecida com o figurino exclusivo de seus intérpretes bailarinos da turma do Jazz Básico Adulto do Athos Centro de Dança.  

30/01/2014 18:49:33


DOM - 31/01/2014