Page 1

PREFEITURA BELO HORIZONTE Ano XVII • N. 3.906 R$ 0,80

BELO HORIZONTE Diário Oficial do Município - DOM

Tiragem: 2.500 • 9/9/2011

Conferência municipal debate política pública da juventude

Coordenadoria da Juventude Vinculada à Secretaria Municipal de Governo, a Coordenadoria da Juventude funciona como referência institucional da população jovem. O órgão possibilita a integração entre programas e ações específicos, destinados à educação, à cultura, à socialização e ao aprendizado profissional. Cerca de 20 projetos compõem o quadro de iniciativas destinadas à população entre 14 e 24 anos e os benefícios alcançam mais de 50 mil pessoas.

Encontro será realizado amanhã e visa ressaltar o exercício da cidadania e assegurar a participação dos jovens na conquista de seus direitos Educação, trabalho e renda, qualidade de vida, cultura, direitos humanos e sexualidade. Estes são alguns dos temas que serão debatidos amanhã durante a Conferência Eletiva Municipal da Juventude, a ser realizada no Centro Mineiro de Referência em Resíduos (avenida Belém, 40, Esplanada), das 8h às 18h. Durante o evento, jovens de 15 anos ou mais irão discutir e eleger propostas que servirão de base para a política pública municipal de juventude. Com o tema “Conquistar direitos e desenvolver o Brasil”, a conferência vai ressaltar o exercício pleno da cidadania, assegurando a participação da juventude na conquista definitiva dos direitos. Para o coordenador municipal da Juventude, Tonny Anderson Santos, o evento irá promover o diálogo entre a sociedade civil e o poder público, por meio do qual diversos pontos serão discutidos sob os mais variados aspectos. “Esta oportunidade única de participação popular garante que as políticas públicas implementadas e executadas pelo mu-

Coordenador municipal da juventude, Tonny Anderson destacou a importância do diálogo entre PBH e a sociedade

nicípio estejam alinhadas com os anseios dos jovens da capital”, afirmou. A conferência é realizada a cada dois anos com o intuito de debater questões pertinentes aos interesses dos jovens, eleger o novo conselho da juventude e avaliar resoluções e prioridades que

devam nortear as ações governamentais em níveis federal, estadual e municipal. Em dezembro, Brasília recebe a segunda Conferência Nacional da Juventude, que deverá revisar as metas e definir novas diretrizes da atuação da juventude brasileira para os próximos anos.

Praça da Liberdade se transforma em biblioteca pública Belotur

No domingo, dia 11, a partir das 9h, a Praça da Liberdade em Belo Horizonte vai se transformar em uma grande biblioteca pública. O programa Livro de Graça na Praça irá distribuir 8 mil exemplares da obra Sonhos, coletânea de contos inéditos editada especialmente para o evento com a participação de 22 autores. A nona edição do programa é uma das atrações do calendário cultural de Belo Horizonte no mês de setembro. O evento difunde o hábito de leitura, promove a inclusão cultural e social, integra a literatura no contexto do Circuito Cultural da Praça da Liber-

dade e ainda possibilita a interação entre o autor e o leitor. O evento conta com a participação do Senac Minas, que vai transformar a Alameda Travessia da Praça da Liberdade em rua de lazer, com inúmeras atividades para jovens e crianças.

Histórico

Programa Livro de Graça na Praça chega a sua nona edição

Idealizado pelo escritor José Mauro da Costa, o Livro de Graça na Praça é realizado desde 2003 e já distribuiu mais de 95 mil obras literárias à população, com a participação de diversos autores. Nos últimos oito anos, o programa já permitiu a edição e distribuição de oito livros para adultos, dois livros de literatura infanto-juvenil e quatro cordéis. No período, participaram 205 autores de contos, crônicas, poesias e cordéis. Em 2009, pela primeira vez no Brasil e em parceria com o Instituto Benjamin Constant, foi distribuído um cordel em alfabeto Braille. Livro de Graça na Praça 2011 tem o apoio da Federação do Comércio de Minas Gerais (Fecomércio), Academia Mineira de Letras, Instituto Cultural Aletria, Liberty Palace Hotel e Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur.


BELO HORIZONTE Diário Oficial do Município

2

Fotos: Gercom Pampulha

Festival das Escolas Integradas reúne 3.000 alunos no Mineirinho O Mineirinho recebeu no fim do último mês o segundo Festival das Escolas Integradas da Pampulha. Autoridades, convidados e 3.000 crianças prestigiaram as apresentações artísticas organizadas pelos monitores do programa Escola Integrada, desenvolvido nas 11 escolas municipais da região da Pampulha. Na abertura, todas as crianças, conduzidas pela professora e diretora da Escola Municipal Anne Frank, Sandra Regina de Mello Silva, cantaram juntas a música “A paz”, do grupo Roupa Nova. A animação tomou conta da criançada durante a exibição de um vídeo com depoimentos e imagens dos estudantes participando de atividades do programa Escola Integrada como as oficinas de artes, cultura e esportes, entre outras. Para Rosana Márcia Ferreira da Silva, coordenadora do programa na Escola Municipal Carmelita Carvalho Garcia, o festival levanta a autoestima das crianças e promove a integração de alunos de escolas diferentes, o que é muito

Poder Executivo Sexta-feira, 9 de setembro de 2011 Temáticas importantes A questão ambiental não ficou de fora do festival. Pequenos robôs com óculos luminosos demonstraram a preocupação da Escola Aurélio Pires com a poluição e os garis da cidade receberam homenagem especial da Escola Carmelita Carvalho Garcia, mostrando a animação característica na rotina desses importantes trabalhadores da cidade. A Escola Professor Amílcar Martins apresentou um número musical com o grupo de flauta doce e outro de dança de rua com passos sincronizados entre os componentes. Com fantasias coloridas, a Escola Maria de Magalhães Pinto colocou crianças caracterizadas da boneca Emília e seu amigo, o Visconde de Sabugosa, remetendo o público às boas lembranças de Monteiro Lobato e seu Sítio do Pica-Pau Amarelo. Marília Tavares, membro da comissão organizadora do festival, esclareceu que o objetivo do evento é integrar as ações educativas desenvolvidas nas escolas e nos espaços parceiros que atendem o programa Escola Integrada: “Assim como em 2010, estamos empenhados, dando continuidade ao trabalho e buscando garantir a qualidade da aprendizagem e o compromisso de todos os atores pela educação”, disse.

Garis foram homenageados durante o evento

positivo para todos. As apresentações artísticas mesclaram temas importantes, valorizando as raízes culturais como a dança junina da Escola Lídia Angélica, o pagode da Escola Santa Terezinha e os ritmos quentes das décadas de 1950 a 1980 mostrados pelos alunos da Escola Francisca Alves. As influências afri-

canas, como o maculelê da Escola Dom Orione, e a ginástica rítmica da Escola Maria de Magalhães Pinto mostraram a flexibilidade corporal dos alunos. Outra apresentação de destaque ficou por conta dos tambores do Grupo de Percussão Diversão e Arte da Escola Professora Alice Nacif, sob a regência de Marta Pereira.

Confira a programação semanal da Fundação Clóvis Salgado

· Curta no Almoço - A Fundação Clóvis Salgado oferece programação gratuita para quem quiser dar início ao final de semana

são tem início às 13h15, com duração total de aproximadamente 30 minutos, e a entrada é gratuita.

Fotos: Divulgação

· Mostra Alexander Kluge A Fundação Clóvis Salgado apresenta no Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes, a partir de hoje, a mostra Alexander Kluge. Dividida em duas partes, a Mostra leva ao público cinco importantes obras da carreira do diretor alemão. Na primeira parte, realizada até 15 de setembro, serão exibidos os longas “Notícias da Antiguidade Ideológica: Marx, Eisenstein e O Capital” e “Ferdinand, O Forte”. Na segunda parte, promovida de 23 a 28 de setembro, estarão em cartaz os longas “Despedida de Ontem” (Prêmio Especial do Júri do Festival de Veneza em 1966), “O Grande Caos” e “Artistas na Cúpula do Circo: Perplexos” (Leão de Ouro no Festival de Veneza em 1968). A entrada é gratuita, com retirada dos ingressos na bilheteria meia hora antes do início de cada sessão.

mais cedo: a mostra Curta no Almoço. Até o dia 23 de setembro, serão apresentados toda sexta-feira no Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes, dois filmes que fizeram parte da 12ª edição do Festival Internacional de Curtas de BH, realizada no ano passado. Hoje serão exibidos os curtas Fantasmas, do brasileiro André Novais, e Hunger, da alemã Carolina Hellsgård, ambos com classificação indicativa de 12 anos. A ses-

· Exposição 1911-2011Arte Brasileira e Depois, na Coleção Itaú - Está aberta ao público a exposição inédita no país “1911 – 2011 – Arte Brasileira e Depois, na Coleção Itaú”. Por meio de parceria firmada entre a Fundação Clóvis Salgado e o Instituto Itaú Cultural, estão expostas 178 obras produzidas entre os anos de 1911 e 2011, concentrando um importante acervo da arte

moderna e contemporânea feita no Brasil. As obras ocupam as galerias Alberto da Veiga Guignard, Arlinda Corrêa Lima e Genesco Murta, no Palácio das Artes, e o Centro de Arte Contemporânea e

Fotografia, até o dia 25 de setembro. Entre os 139 artistas com obras selecionadas para a exposição, estão nomes como Guignard, Cândido Portinari, Tarsila do Amaral, Flávio Carvalho, Hélio Oiticica, Victor Brecheret, Bruno Giorgi, Maria Martis, Lígia Pape e Amílcar de Castro. A entrada é gratuita. · Concurso de poesias Terças Poéticas Especial Dia das Crianças - Estão abertas as inscrições para o concurso Terças Poéticas Especial Dia das Crianças 2011. Os interessados em participar devem ter até 16 anos de idade e se inscrever com um poema de sua autoria até o dia 17 de setembro. Entre 20 e 25 poetas serão selecionadas para apresentar seus trabalhos na edição especial do projeto, que será realizada no dia 11 de outubro, às 18h30, nos jardins internos do Palácio das Artes. O edital com mais informações e a ficha de inscrição para participação estão disponíveis no site www.fcs.mg.gov.br.

A Orquestra de Sopros da Fundação de Educação Artística (FEA) fará quatro apresentações gratuitas em Centros Culturais da Fundação Municipal de Cultura (FMC), durante este mês. Os concertos serão realizados no Salgado Filho, amanhã, às 18h, no Lagoa do Nado, domingo, às 11h, no Urucuia, dia 17, às 17h, e no Venda Nova, dia 24, às 15h. O grupo é formado por mais de 30 músicos que tocam diversos tipos de instrumentos de sopro, como, flauta, oboé, clarineta, saxofone, trompete e tuba, além do contrabaixo de cordas e instrumentos de percussão. Fundada em 2008, como “Camerata de Sopros da FEA”, e por iniciativa do atual coordenador, Renato Goulart, e atual regente, Alexandre Guimarães, a Orquestra é composta, na sua maioria, por jovens

Fotos: Guto Muniz

Centros Culturais recebem apresentação de orquestra de sopros

Grupo é formado por mais de 30 músicos que tocam diversos tipos de instrumentos

estudantes da Fundação de Educação Artística e de outras escolas de música de Belo Horizonte, como o Cefar, da Fundação Clóvis Salgado, UFMG e UEMG, bem como de igrejas e bandas de música, além de integrantes do projeto “Corpo Cidadão”, do Grupo Corpo, e do projeto “TIM Musical”. Para estimular a criação de obras originais e arranjos voltados para essa formação, a Orquestra produziu recentemente um Concurso de Composição e Arranjo. Realizado com os benefícios da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte, o projeto teve como objetivo oferecer aos alunos a prática em conjunto, adotando um repertório de qualidade e referência na área de sopros, além de desenvolver com eles um trabalho permanente de valorização e incentivo à criação musical.


Poder Executivo Sexta-feira, 9 de setembro de 2011

BELO HORIZONTE

Diário Oficial do Município

Secretaria de Planejamento encerra Semana da Coleta Seletiva

Segundo estudos dos Estados Unidos da América (EUA), 30% dos problemas das organizações são resultantes de conflitos entre pessoas. Uma pessoa mais leve tem menos chance de criar conflitos por onde passa. De acordo com a jornalista Leila Ferreira, a leveza é a capacidade de se colocar no mundo de uma forma mais suave, mais delicada e, além de deixar os ambientes mais humanos, faz bem para a saúde. Convidada da oitava edição do Café.Com, a jornalista falou sobre seu livro “A arte de ser leve”, na sexta-feira, dia 2, no auditório João Lourenço, na sede da Prodabel. Para Leila Ferreira não há nada mais desgastante do que conviver com pessoas ríspidas, impacientes e incapazes de pensar no outro. “Se no seu ambiente de trabalho você aprende a cobrar menos dos outros, a criticar de forma respeitosa e a não culpar os outros pelos seus problemas todos saem ganhando”, pontuou. A jornalista elogiou a iniciativa da Empresa pela realização do Café.Com, já que é uma oportunidade dos funcionários refletirem sobre seus valores, estilo de vida e a forma como lidam com questões profissionais e familiares. “Cada funcionário de uma empresa faz parte de um contexto profissional, social e familiar que não pode ser ignorado. Esse evento é uma grande aposta na qualidade de vida dos funcionários e é gratificante participar de um projeto como esse”, finalizou. Auditor interno da Diretoria de Administração e Finanças da Prodabel, Genaro Henriques Neto, disse que a palestra o levou a refletir sobre seu comportamento em casa e no trabalho. “Um dos elementos que nos ajudam a ser mais leve é a gentileza, pois, ao praticála, nos relacionamos melhor com as pessoas que nos cercam”, disse. Segundo a assessora de Planejamento Jurídica e Auditoria (APA) da Prodabel, Paula Vieira de Melo Dumont, a palestra foi uma oportunidade de autoavaliação e autoconhecimento. “Por muitas vezes, temos alguns comportamentos automáticos. Essa palestra me fez repensar minhas atitudes como filha, amiga e profissional e perceber quais pontos preciso mudar para melhorar minha convivência com as pessoas”, concluiu.

A estagiária da SMPL, Ana Paula Santos, considerou que a visita foi uma experiência única, pois é sempre bom conhecer áreas novas e aprender formas diferentes de ajudar o planeta.

Ecobolsas Com o mesmo objetivo de incentivar o consumo consciente e o pensamento ecológico, foi realizado na SMPL, ainda como parte da “Semana da Coleta Seletiva”, na última semana a Oficina de Reciclagem, que ensinou técnicas de reaproveitamento de banners, caixas de leite, entre outros materiais, na confecção de sacolas e itens de escritório. Cerca de 20 servidores, de

de documentos oficiais. As inscrições podem ser feitas a partir de segunda-feira, dia 12. Para se inscrever, basta entrar no site da Prefeitura (www.pbh.gov.br), no link Sala do Servidor. É necessário que um email institucional da PBH esteja aberto, antes do cadastro, para que o link seja corretamente direcionado. A inscrição também pode ser feita pessoalmente na

diferentes áreas, participaram da oficina, conduzida pela instrutora convidada Fabiana José Silva, do Projeto EcoBolsa Brasil. “Foi muito bacana ensinar aos servidores municipais. É muito bom ver o interesse dos órgãos públicos em procurar conscientizar as pessoas, fazendo a reutilização de resíduos e evitar poluir a cidade com materiais descartados no meio ambiente”, disse a instrutora. Valdete Geralda de Oliveira, coordenadora do projeto “Ponto de Leitura da SLU”, fez questão de participar da oficina assim que soube do evento. “Trabalho na Unidade de Educação Ambiental da SLU e dou apoio em muitas oficinas de reciclagem também. Quanto mais a gente vai aprendendo, melhor, inclusive, para podermos ensinar aos outros e repassar esta consciência ecológica”, contou. Quem também aprovou a iniciativa foi a assistente administrativo Rosália Corrêa Paim Couto, da Gerência de Coordenação do Orçamento Municipal. “Está sendo maravilhoso ver a integração entre os funcionários e o envolvimento de todos com esta causa. Já conhecia o projeto, mas é sempre bom ver as novidades. É interessante saber o que podemos fazer com os materiais reaproveitados”, declarou.

Gerência de Desenvolvimento de Pessoal da Smarh (rua Espírito Santo, 250, 9° andar). Ao todo, serão organizadas três turmas, com carga total de 8 horas/aula e aulas no período da tarde, das 13h30 às 15h30. Além de aprender o padrão oficial de redação e regras de gramática, os servidores irão aprender sobre a importância da comunicação clara e os problemas mais comuns relacionados à comunicação. Haverá também aulas de oficina de texto, com elaboração de documentos relacionados à atividade laboral dos alunos.

Prodabel

Servidores participaram de uma oficina de reciclagem na sede da secretaria

Secretaria de Recursos Humanos oferece curso de redação oficial A Secretaria Municipal Adjunta de Recursos Humanos (Smarh), por meio da Escola Virtual de Governo, irá oferecer 75 vagas para o Curso de Redação Oficial aos servidores municipais da administração direta e indireta e estagiários que em suas funções, tenham a necessidade de se expressar de forma clara, concisa e precisa, dentro dos princípios de elaboração

A arte de ser leve é tema de café na Prodabel

Fotos: SMPL

Como complemento da programação da Semana da Coleta Seletiva da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Informação, foi realizada no fim do último mês uma visita ao Aterro Sanitário de Belo Horizonte. O projeto “Eu Sou Seletivo”, organizado por uma comissão de colaboradores da SMPL, tem como proposta orientar os servidores sobre a coleta de resíduos e incentivar a reciclagem de materiais, as reduções no consumo de energia elétrica e do uso do telefone e da água. Na visita, os servidores receberam orientações de como separar e reciclar corretamente o lixo e assistiram demonstrações sobre como reutilizar objetos, como garrafas pet, vidros, papéis e metais, entre outros materiais possíveis de ser reciclados. Um casal de atores da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) apresentou a peça Catavento, do grupo de teatro “Até Tu SLU”, que atua desde 1993, orientando crianças, jovens e adultos de todas as idades. Os participantes foram acompanhados pelo analista de Mobilização Social e Educação para a Limpeza Urbana, Jairo Bianchi, que falou sobre como reciclar diversos materiais. Bianchi ainda deixou dicas para os servidores. “Cada um tem que fazer a sua parte ou fazer a diferença destacando na sociedade os três R’s, reduzir, reutilizar e reciclar”, enfatizou.

3

Alunos do Atelier do Jambreiro realizam exposição no Alto Vera Cruz O Centro Cultural Alto Vera Cruz inaugura amanhã , às 11h, uma mostra de artes plásticas e mídia digital produzida por alunos do Atelier do Jambreiro. A abertura terá a participação da professora e artista plástica Sara Ávila e dos curadores Ângelo Vinícius de Andrade e Abílio Abdo. A exposição pode ser visitada até o dia 30, de terça a sexta, das 9h às 16h30. A entrada é gratuita. A promoção é da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura e do Centro Cultural, que fica na rua Padre Júlio Maria, 1.577, Alto Vera Cruz. A mostra promove um encontro entre a comunidade e o atelier de arte, sensibilizando e estimulando, por meio da aproximação, o interesse do público pela experimentação artística. Na ocasião, professores e alunos estarão presentes para um bate-papo com o público.

O Atelier O Atelier do Jambreiro foi fundado em 2001 e é parte integrante do Centro Cultural do Jambreiro, localizado às margens do Rodovia MG 30, no bairro Ouro Velho, em Nova Lima. O espaço tem como objetivo estimular o potencial criativo dos alunos, utilizando-o como elemento de integração da personalidade, através da expressão artística, além de desenvolver nos mesmos sua percepção e capacidade criadora, através de exercícios e atividades, utilizando técnicas variadas de desenho e pintura, aquarela. Os cursos do Atelier são livres e oferecidos a toda comunidade novalimense e regiões vizinhas.


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

26

Sexta-feira, 9 de setembro de 2011

INDICADORES ECONÔMICOS DE BELO HORIZONTE Taxas de Juros – Agosto de 2011

Evolução dos Preços ao Consumidor IPCA(1) Período

IPCR(2) Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

No mês

No ano

Últimos 12 Meses

354,89

0,63

3,61

6,50

mar/11

Taxas médias praticadas(1)

Setores

Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

No mês

No ano

Últimos 12 Meses

359,61

0,74

2,53

5,90

Menor

Maior

Diferença (%)

Média

1,99

5,90

196,48

4,50

Empréstimos pessoa física Alimentício Automóveis Novos

abr/11

357,87

0,84

4,48

6,95

362,56

0,82

3,37

6,28

Prefixada (montadoras)

1,35

2,38

76,30

1,74

mai/11

359,94

0,58

5,08

7,27

364,99

0,67

4,06

6,84

Prefixada (multimarcas)

1,64

2,25

37,20

1,91

jun/11

359,83

-0,03

5,05

7,26

364,70

-0,08

3,98

6,76

jul/11

360,19

0,10

5,16

7,28

365,28

0,16

4,15

6,91

ago/11

361,31

0,31

5,48

7,63

366,42

0,31

4,47

Automóveis Usados

7,27

Prefixada (montadoras)

1,44

2,84

97,22

2,19

Prefixada (multimarcas)

1,57

2,70

71,97

2,08

11,40

13,70

20,18

12,60

8,12

9,66

18,97

8,76

2,80

20,42

629,29

11,33

Imóveis Construídos

-0,18

1,63

-1.005,56

0,83

Imóveis na Planta

-0,18

1,63

-1.005,56

0,41

0,94

3,90

314,89

2,09

2,32

4,93

112,50

3,46

1,68

1,99

18,45

1,83

(1) IP CA = Índice de P reço s ao Co nsumido r A mplo : mede a evo lução do s gasto s das famílias co m renda de 1a 40 salário s mínimo s na cidade de B elo Ho rizo nte

Cartão de Crédito

(2) IP CR= Índice de P reço s ao Co nsumido r Restrito : mede a evo lução do s gasto s das famílias co m renda de 1a 6 salário s mínimo s na cidade de B elo Ho rizo nte

Cheque Especial

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Combustíveis Construção Civil

Índice de Confiança do Consumidor Variação (%)

Índice de Base Fixa (Maio/04=100)

Período

(2) (8)

No mês

No ano

Últimos 12 Meses

(3) (7)

Cooperativas de Crédito (empréstimo)

ICCBH(1)

IEE(2)

IEF(3)

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

mar/11

138,91

196,09

120,64

2,21

0,07

3,37

3,54

4,90

2,84

5,88

11,44

3,21

CDC - Financeiro (8)

abr/11

137,74

187,58

121,83

-0,84

-4,34

0,99

2,66

0,35

3,86

6,70

5,16

7,48

CDC - Bens Alienáveis

Crédito Direto ao Consumidor (CDC)

(8)

mai/11

133,44

180,41

118,43

-3,12

-3,82

-2,79

-0,54

-3,49

0,97

0,57

0,82

0,44

Eletroeletrônicos

2,08

5,17

148,56

3,10

jun/11

135,84

187,28

119,40

1,80

3,81

0,82

1,24

0,18

1,79

0,15

1,74

-0,62

Mobiliário

1,73

5,03

190,75

2,61

jul/11

135,94

188,70

119,09

0,08

0,76

-0,26

1,32

0,95

1,53

3,95

4,22

3,82

Financeiras Independentes

6,15

12,14

97,40

9,84

ago/11

135,79

190,13

118,43

-0,12

0,76

-0,55

1,20

1,71

0,97

0,83

2,23

0,12

Nacional

1,32

3,95

199,24

2,23

Internacional

1,32

3,95

199,24

2,25

1,27

8,77

590,55

4,80

Turismo

(1) ICCB H: Índice de Co nfiança do Co nsumido r de B elo Ho rizo nte: trata-se de um indicado r que tem po r finalidade sintetizar a o pinião do s co nsumido res em B elo Ho rizo nte quanto ao s aspecto s capazes de afetar as suas decisõ es de co nsumo atual e futuro (2) IEE: Índice de Expectativa Eco nô mica: retrata a expectativa do co nsumido r em relação ao s indicado res macro eco nô mico s (3) IEF: Índice de Expectativa Financeira: retrata a co nfiança do co nsumido r a respeito de alguns indicado res micro eco nô mico s

Vestuário e Calçados

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Empréstimos pessoa jurídica

Residenciais Período Índice de Base Fixa (Jul/94=100) fev/11

Comerciais

Variação (%) No mês

378,98

Últimos 12 Meses

No ano

1,12

1,71

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

12,55

No mês

497,44

No ano

1,55

1,42

2,40

69,01

2,00

1,33

2,44

83,46

2,07

Conta Garantida (8)

2,26

8,57

279,20

5,72

Captação

Últimos 12 Meses

2,71

(8)

Capital de Giro (8)

Desconto de Duplicatas

Evolução do Mercado Imobiliário: Aluguéis

CDB 30 dias

(4)

0,97

Cooperativas de Crédito (aplicação)

0,94

16,29

Fundo de Investimento Curto Prazo

0,56

0,89

58,93

0,80

0,98

22,50

0,75

mar/11

382,43

0,91

2,63

12,29

500,88

0,69

3,42

15,70

Fundo de Investimento Longo Prazo

abr/11

385,15

0,71

3,36

11,64

505,38

0,90

4,35

14,37

Poupança (5)

mai/11

387,54

0,62

4,00

11,04

509,68

0,85

5,23

13,98

jun/11

391,57

1,04

5,08

10,78

516,56

1,35

6,65

14,16

(2) Não são co nsideradas vantagens pro gressivas

(6) M édia po nderada pela vigência

(3) Inclui a variação do s indexado res CUB , TR, INCC e IGP -M

13,18

(4) Taxa A NB ID do primeiro dia útil do mês e pro jetada para 30 dias

(7) No vo cálculo co nsiderando o perío do do s índices que co mpõ em a estimativa (8) Dado s co letado s a partir de info rmaçõ es co nso lidadas no B anco Central do B rasil

jul/11

394,78

0,82

5,94

10,21

519,40

0,55

7,24

0,90 0,71

Taxa SELIC (6)

0,99 (5) Taxa referente ao primeiro dia do mês subsequente

(1) Co nsidera-se a média das taxas praticadas pelo s info rmantes

.. Não se aplica dado s numérico s

ND - não dispo nível

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Valores médios (em R$) dos aluguéis residenciais por classe de bairro(*) - Julho de 2011 Imóveis

Popular

Apartamento 1 Quarto

Médio

431,25 (8)

Alto

327,98 (4)

Tarifas Bancárias – Agosto de 2011 Produtos / serviços

Luxo

670,97 (31)

Forma de Cobrança

(1)

1534,62 (52)

Menor (R$) Maior (R$) Diferença (%) Média (2) (R$)

CADASTRO Confecção de cadastro para início de relacionamento - CADASTRO

por evento

0,00

59,00

..

28,27

CONTAS DE DEPÓSITOS

Apartamento 2 Quartos

Apartamentos

Apartamento 3 Quartos 1 Banho Apartamento 3 Quartos 2 ou mais Banhos

557,44 (39)

819,24 (85)

945,26 (105)

1788,79 (91)

CARTÃO - Fornecimento de 2º via de cartão com função débito

por evento

0,00

10,00

..

7,08

CARTÃO - Fornec. de 2ª via de cartão com função mov. conta de poupança

por evento

0,00

10,00

..

6,72

632,35 (17)

768,00 (10)

987,00 (10)

1105,40 (4)

CHEQUE - Exclusão do Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundo (CCF)

por evento

20,00

52,00

160,00

38,10

CHEQUE - Contra-ordem e oposição ao pagamento de cheque

por evento

6,00

15,00

150,00

11,40

CHEQUE - Fornecimento de folhas de cheque

por evento

0,60

1,70

183,33

1,35

CHEQUE - Cheque Administrativo

por evento

16,00

27,00

68,75

22,71

CHEQUE - Cheque de transferência bancária_(TB e TBG)

por evento

0,00

0,00

..

..

CHEQUE - Cheque Visado

por evento

0,00

21,00

..

11,60

969,09 (33)

1111,43 (89)

1337,70 (126)

2160,46 (239)

(2)

(1)

1600,00 (6)

2716,67 (6)

Apartamento 4 Quartos e até 2 Banhos Apartamento acima de 4 Quartos e 2 Banhos

2237,50 (8)

(3)

2420,00 (30)

3905,64 (163)

Barracão 1 Quarto

352,00 (20)

406,00 (5)

(2)

-

Barracão 2 Quartos

418,70 (10)

591,82 (11)

(1)

-

Barracões

(1)

(1)

-

-

578,10 (21)

742,50 (16)

1011,25 (8)

(2)

Casa 1 Quarto Casa 2 Quartos Casa 3 Quartos e 1 Banho

738,75 (8)

1035,71 (7)

-

-

1090,00 (15)

1399,23 (13)

2281,82 (11)

4557,14 (7)

-

(2)

1750,00 (4)

(2)

5242,86 (7)

3908,33 (12)

7818,52 (27)

Casas Casa 3 Quartos e 2 ou mais Banhos Casa 4 Quartos e até 2 Banhos

(3)

Casa 4 Quartos e 2 Banhos

(*) O valo r entre parênteses representa o número de imóveis utilizado s no cálculo da respectiva média. Na maioria das vezes, so mente são publicado s valores médio s obtido s a partir de quatro imó veis pesquisado s. Os caso s em que não fo i pesquisado nenhum imóvel são indicados por hífen (-). Os valores médios referentes a apartamento s de 1e 2 quarto s da classe luxo são influenciado s pela o ferta de Flats.

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE pessoal

por evento

0,00

3,50

..

2,15

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE Terminal

por evento

0,00

3,00

..

1,77

Saque de conta de dep. à vista e de poupança - SAQUE correspondente

por evento

0,00

2,30

..

1,34

DEPÓSITO - Depósito Identificado

por evento

0,00

5,00

..

1,95

Forn. de ext. mensal de conta de dep. à vista e de poup.- EXTRATO(P)

por evento

1,90

6,00

215,79

3,27

Forn. de ext. mensal de conta de dep. à vista e de poup.- EXTRATO(E)

por evento

0,00

3,00

..

1,92

Forn. de ext. mensal de conta de dep. à vista e de poup. - EXTRATO(C)

por evento

0,00

2,00

..

1,06

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período -EXTRATO(P)

por evento

0,00

6,00

..

2,88

Ext. mensal de conta de dep. à vista e Poup. p/um período - EXTRATO(E)

por evento

1,00

5,00

400,00

2,25

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período - EXTRATO(C)

por evento

0,00

5,00

..

1,62

Fornecimento de cópia de microfilme, microficha ou assemelhado

por evento

3,00

7,00

133,33

5,56

TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS Transferência por meio de DOC/TED - DOC/TED pessoal

por evento

0,00

0,00

..

..

Transferência por meio de DOC/TED - DOC/TED eletrônico

por evento

0,00

0,00

..

..

Transferência de recursos por meio de DOC/TED - DOC/TED internet

por evento

0,00

0,00

..

..

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(P)

por evento

0,00

19,00

..

11,76

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(E)

por evento

0,00

30,00

..

9,61

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(I)

por evento

0,00

30,00

..

9,24

Transferência entre contas na própria instituição- TRANSF. RECURSOS(P)

por evento

0,00

2,95

..

1,33

Transferência entre contas na própria instituição-TRANSF.RECURSOS(E/I)

por evento

0,00

2,70

..

0,95

Ordem de Pagamento - ORDEM PAGAMENTO

por evento

16,00

27,00

68,75

24,47

por evento

11,00

49,00

345,45

37,89

por evento

10,50

18,00

71,43

13,35

OPERAÇÕES DE CRÉDITO Concessão de adiantamento a depositante - ADIANT. DEPOSITANTE PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

(1) Não são co nsideradas vantagens pro gressivas

(2) Co nsidera-se a média das tarifas praticadas pelo s banco s pesquisado s

Fo nte: B anco Central do B rasil / B anco s - Dado s trabalhado s pela Fundação IP EA D/UFM G

.. Não se aplica dado s numérico s

Evolução da inflação, salário mínimo e cesta básica

Período

No mês

No ano

Últimos 12 Meses

IPCA(1)

Salário Mínimo

Cesta Básica (2)

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

mar/11

354,89

841,18

455,21

0,63

0,93

6,04

3,61

6,86

9,08

6,50

6,86

11,23

abr/11

357,87

841,18

433,20

0,84

0,00

-4,84

4,48

6,86

3,81

6,95

6,86

0,49

mai/11

359,94

841,18

446,42

0,58

0,00

3,05

5,08

6,86

6,98

7,27

6,86

7,60

jun/11

359,83

841,18

430,92

-0,03

0,00

-3,47

5,05

6,86

3,26

7,26

6,86

8,58

jul/11

360,19

841,18

427,61

0,10

0,00

-0,77

5,16

6,86

2,47

7,28

6,86

15,50

ago/11

361,31

841,18

439,66

0,31

0,00

2,82

5,48

6,86

5,36

(1) IP CA = Índice de P reço s ao Co nsumido r A mplo : mede a evo lução do s gasto s das famílias co m renda de 1a 40 salário s mínimo s na cidade de B elo Ho rizo nte (2) Cesta B ásica: representa o s gasto s de um trabalhado r adulto co m a alimentação definida pelo Decreto -lei 399/38 FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Quantidade

Valores (em R$)

Contribuição na variação (p.p.)

Açúcar cristal

3,00 kg

5,73

0,11

Arroz

3,00 kg

5,42

0,00

Banana caturra

12,00 kg

23,40

1,02

Batata inglesa

6,00 kg

7,26

-0,36

Café moído

0,60 kg

6,49

0,00

Chã de dentro

6,00 kg

93,54

1,04

Produto

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

ND: não dispo nível

Custo da Cesta Básica (*) – Agosto de 2011

7,63

6,86

18,17

Farinha de trigo

1,50 kg

3,01

-0,03

Feijão carioquinha

4,50 kg

14,67

0,04

Leite pasteurizado

7,50 l

15,90

0,03

Manteiga

750,00 g

13,50

0,04

Óleo de soja

1,00 un

2,77

-0,02

Pão francês

6,00 kg

36,18

-0,58

Tomate

9,00 kg

26,82

1,53

(*) Cesta B ásica: representa o s gasto s de um trabalhado r adulto co m a alimentação definida pelo Decreto -lei 399/38 FONTE: Fundação IP EA D/UFM G


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Sexta-feira, 9 de setembro de 2011

SLU implanta pontos de limpeza na Vila Nossa Senhora Aparecida

27

Breno Pataro

SLU

Novos conselheiros municipais de Assistência Social tomam posse na capital

Prefeito Marcio Lacerda destacou o importante trabalho desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social

Placa instalada em dois pontos da vila alerta que depositar resíduos nas vias constitui crime ambiental

O inicio de setembro foi marcado por uma grande ação de limpeza urbana na Vila Nossa Senhora Aparecida, no bairro São Lucas, que culminou com a implantação de dois pontos limpos, nas rua Monte Alegre, um na esquina com rua Mica e outro na esquina com rua Ravina. Nesses locais, a Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) promoveu a limpeza dos locais e implantou placas com os dizeres “Ponto Limpo. Proibido jogar lixo e entulho”, informando que depositar resíduos nas vias constitui crime ambiental. A multa para quem comete esta infração varia de R$ 121,10 a R$ 4.036,77, conforme a gravidade da situação. Paralelamente à ação, a equipe de Mobilização Social da SLU realizou campanha educativa, informando aos 2.500 moradores da vila e do entorno os dias da coleta domiciliar e sobre como acondicionar o lixo corretamente. Também participaram da ação os agentes de Saúde e de Zoonozes do Centro de Saúde Nossa Senhora Aparecida, que reforçaram jun-

to aos moradores os benefícios de manter a limpeza no local. Os alunos da Escola Municipal Theomar de Castro Espínula também aderiram à campanha e confeccionaram cartazes com o tema “Limpeza Urbana”. Já os alunos da Escola Municipal Maria das Neves assistiram apresentação do grupo de teatro Até Tu SLU e participaram de oficinas com materi-

al reciclado. Segundo a técnica de mobilização social, Maria Lúcia Vieira, os moradores tem um importante papel na manutenção da limpeza. “É preciso despertar o sentimento de pertencimento a uma coletividade, no caso, à comunidade, e a percepção de que os moradores devem preservar limpeza dos locais onde vivem”, disse.

Ponto Limpo O projeto Ponto Limpo da SLU tem como objetivo eliminar pontos de deposição clandestina de lixo e entulho na cidade, proporcionando assim mais qualidade de vida para os moradores do entorno. Para denunciar um depósito irregular de resíduos, o cidadão pode ligar na Central de Atendimento Telefônico da Prefeitura, no telefone 156. A Vila Nossa Senhora Aparecida atualmente é atendida pelo programa Agente Comunitário da Limpeza Urbana, em que os próprios moradores realizam a coleta, varrição, capina, roçada, limpeza de canaletas e de bocas de lobo, com planejamento técnico e supervisão da SLU. Os participantes do programa trabalham meio horário e no restante do expediente participam de cursos profissionalizantes, por meio de um convênio celebrado entre a SLU e a Sociedade São Vicente de Paulo.

Gercom Norte

Prefeitura realiza obras de manutenção no bairro Jardim Felicidade

Obras incluem pavimentação, acessibilidade e contenção de cheias

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Regional Norte, está realizando obras de manutenção no bairro Jardim Felicidade. Na quinta-feira, dia 1°, o secretário regional, Haldley Campolina Vidal, a secretária adjunta, Wilma Lisboa, e uma equipe técnica visitaram os locais que estão recebendo intervenções públicas antes do período chuvoso. Na rua 48, a obra de área de risco trata-se de um muro de contenção, tratamento de encosta e acessibilidade. De acordo com o morador da região, Newton Caetano Pereira, o local sofria com constantes deslizamentos. “Nos últimos anos, passamos por dificuldades devido a isso. Agora sei que

Oitenta integrantes do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) foram empossados na segunda-feira, dia 5, pelo prefeito Marcio Lacerda, em solenidade realizada no auditório Juscelino Kubitschek, no Espaço Municipal da Prefeitura, no Centro. O grupo é formado por 40 representantes do poder público municipal e 40 conselheiros da sociedade civil, divididos entre titulares e suplentes. Os membros designados cumprirão um mandato de dois anos. O prefeito Marcio Lacerda elogiou a Secretaria Municipal de Assistência Social pelos avanços conquistados na área. Marcio afirmou que a cidade vem se apropriando das políticas de Assistência Social de uma forma consistente e fundamentada. “Sabemos que temos uma base de sustentação e apoio na cidade por meio da Assistência Social. A Prefeitura consegue atuar tão bem com políticas públicas eficazes e articuladas no combate à pobreza graças à existência da secretaria”, destacou. Secretária municipal adjunta de Assistência Social, Elizabeth Leitão ressaltou que o conselheiro é um pilar fundamental na política de Assistência Social. “O conselheiro tem a função de dar diretrizes, normatizar, controlar, fiscalizar e aprovar todo o trabalho do órgão no seu plano de gestão e na execução dos recursos” explicou. Ela lembrou também que a solenidade de posse foi realizada em um momento muito significativo, no período em que a lei que regulamenta o Sistema Único de Assistência Social (Suas) foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff, onde aparece em destaque a política pública de Assistência Social como determinante para o êxito do programa Brasil Sem Miséria. Na ocasião, o prefeito e a secretária entregaram uma placa de homenagem a Frans Lucas Ferdinand Gijsem, conhecido como Frei Mariano. Ele foi fundador da Associação Irmão Sol, no ano de 1989, entidade de fundamental importância para o acolhimento de crianças e adolescentes no município. Frei Mariano fazia questão de acompanhar a vida escolar de cada uma das crianças e saber sobre os problemas, além de conversar e brincar com elas.

Mostra Promover Exposições de vídeos, pintura, fotografias e artesanatos poderão ser conferidas na Mostra Promover, no Espaço Municipal da Prefeitura. A proposta é simbolizar os conteúdos da política de Assistência Social, compartilhando sentidos e processos. A exposição permanece aberta à visitação até hoje, de 8h às 17h.

minha família pode dormir tranquila. O bairro tem recebido várias obras que melhoraram a vida de todos”, destacou. A obra está em uma Zona de Especial Interesse Social (Zeis). As Zeis são regiões edificadas, em que o executivo tenha implantado conjuntos habitacionais de interesse social ou que tenham sido ocupadas de forma espontânea, nas quais há interesse público em ordenar a ocupação por meio de implantação de programas habitacionais de urbanização e regularização fundiária, tanto urbanística quanto jurídica. Essas zonas ficam sujeitas a critérios especiais de parcelamento, ocupação e uso do solo, visando à promoção da melhoria da qualidade de vida de seus habitantes e a

sua integração à malha urbana. O líder comunitário e coordenador administrativo do Conselho de Direitos Humanos do bairro Jardim Felicidade, Paulo Fernandes, afirma que a rua 48 era intransitável antes das obras. “Aqui não existia pavimentação. Era um morro onde todos tinham dificuldade de passagem e, na época de chuva, piorava. Agora melhorou e temos uma rua pavimentada, com acessibilidade e a área de risco será eliminada dando segurança aos moradores”, afirmou. Na mesma rua, foram realizadas obras de manutenção viária com implantação de três contenções para resguardar as vias, próximo as residências. A PBH investiu cerca de R$ 30 mil para a realização das intervenções.


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Desfile de 7 de Setembro atrai 75 mil pessoas à avenida Afonso Pena Os 189 anos do fim do domínio português e da conquista da autonomia política do Brasil foram comemorados em Belo Horizonte com o tradicional desfile cívico-militar de 7 de Setembro, na avenida Afonso Pena, região central. O evento da independência do país reuniu cerca de 75 mil pessoas, desde crianças a idosos, que pararam para assistir à apresentação de 6 mil integrantes, sendo 3.600 das Forças Armadas e os demais estudantes e representantes de entidades civis, segundo dados do 4ª Região Militar do Exército Brasileiro. Ao lado de outras autoridades, o prefeito Marcio Lacerda

Sexta-feira, 9 de setembro Sexta-feira, 9 de setembro de 2011de 2011

Divino Advincula

28 28

prestigiou a parada e destacou a importância de se festejar a data. “É o dia de celebrar o patriotismo e a história do Brasil, na afirmação dos valores do nacionalismo e do respeito às instituições e aos símbolos nacionais, além de ser um momento de preparação das nossas crianças para que amem cada vez mais o seu país”, destacou. Despertar o sentimento de patriotismo foi o que motivou Tânia Mangun, belo-horizontina que há 22 anos vive no Alabama (EUA), a levar os filhos Priscila, de 14 anos, e Lucas, de 5, ao desfile. “Trouxe eles para que não esqueçam que embora moremos fora, a nossa pátria é o Brasil”, disse.

Mais de 250 integrantes da Guarda Municipal participaram do desfile na capital

Fundação de Parques realiza curso de adubagem no parque Jacques Cousteau Celso Santa Rosa

Fotos: Jennifer Cabral

BH recebe exposição com imagens de Nova Iorque logo após o 11 de Setembro

Tragédia influenciou as relações políticas e econômicas e a produção da arte no país

A Faculdade de Comunicação e Artes (FCA) da PUC Minas, com o apoio do Laboratório de Fotografia, realiza a exposição Sete Dias Depois, da fotógrafa Jennifer Cabral, em comemoração aos 40 anos da instituição. O trabalho ficará à mostra até 30 de setembro, no terceiro andar do prédio 13, no campus Coração Eucarístico (ave-

nida Dom José Gaspar, 500). O trabalho Sete Dias Depois apresenta imagens de Nova Iorque dias após os atentados às torres gêmeas. A artista e publicitária volta seu olhar aos apelos desesperados dos familiares de pessoas desaparecidas que estavam nas torres no momento do ataque. Uma abordagem direta desses

eventos foi realizada pela brasileira Jennifer Cabral, que foi morar nos Estados Unidos exatamente em 2001. A tragédia, no dia 11 de setembro de 2001, deixou legado não só nas relações políticas e econômicas, como também influenciou com intensidade a produção de arte na maior cidade dos Estados Unidos. Cartazes de procura eram afixados em qualquer superfície que pudesse ser facilmente vista pelas pessoas e, ironicamente, nada melhor do que as placas publicitárias para cumprir essa função. O resultado é uma mistura de informações e intenções, em que o apelo publicitário se rende à desesperada busca por informações do paradeiro de entes e amigos, possíveis vítimas do ocorrido.

Escadaria apresenta Circuito Turístico das Pedras Preciosas Artesanato diversificado do Nordeste de Minas e muita música com Jéssica Lima, destaque do Programa Raul Gil. Essas são as atrações do Espaço Escadaria de Belo Horizonte que mostra neste domingo, dia 11, de 8h às 14h, o Circuito Turístico das Pedras Preciosas. O circuito conta com os municípios de Água Boa, Angelândia, Capelinha, Caraí, Carlos Chagas, Itamarandiba, Itambacuri, Jenipapo de Minas, Ladainha, Minas Novas, Nanuque, Novo Cruzeiro, Padre Paraíso e Teófilo Otoni, todos na região Nordeste do estado. Ambientes naturais surpreendem os turistas quando o assunto é ecoturismo. A natureza e adrenalina emocionam os visitantes com atividades desafiadoras em meio a formações rochosas, rios e lagos. Já para os amantes da arte e cultura, a região do Alto e Médio Jequitinhonha são as opções preferidas.

Parte prática do curso incluiu plântio de grama

Sair da rotina e aprender coisas novas. Foram com esses propósitos que a Fundação de Parques Municipais preparou um curso de adubagem para jardineiros e capineiros que atuam nos parques e cemitérios municipais. Realizada no parque Jacques Cousteau, na sexta-feira, dia 2, a atividade abordou temas como a importância da adubação, a diferença entre os fertilizantes e as noções de espaço no campo. De acordo com a chefe do Departamento Sudoeste, Edanise Maria Reis, o curso foi um momento de aprendizado e relaxamento para os funcionários. “Foi melhor do que eu esperava. Nossa proposta é que este curso seja feito em todos os departamentos da Fundação de Parques Municipais”, afirmou. Além da parte teórica, o curso, que foi ministrado pelo engenheiro agrônomo da FPM, Álvaro Augusto Oliveira, contou com a parte prática. Foi realizado plantio de grama em uma área de um metro quadrado, com aplicação de adubo, e de uma árvore. De acordo com Álvaro, os jardineiros e capineiros, depois do curso, vão usar uma garrafa pet contendo as medidas das quantidades necessárias de adubo para cada planta e área aplicada. “Por exemplo, quando pedimos para eles aplicarem 200 ml de um fertilizante ou adubo, eles recorrem à garrafa e não erram mais, nem ficam na dúvida se estão colocando mais ou menos do recomendado”, explicou. Ao final da atividade, o livro “Do plantio ao Jardim”, que aborda a conduta profissional do jardineiro, e duas orquídeas foram sorteados para os participantes.

DOM - 09/09/2011  

Diário Oficial do Município

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you