Issuu on Google+

PREFEITURA BELO HORIZONTE Ano XVII • N. 3.904 R$ 0,80

BELO HORIZONTE Diário Oficial do Município - DOM

Tiragem: 2.500 • 6/9/2011 Pedala BH

Segunda pista inaugurada neste ano, obra faz parte do Pedala BH, programa de incentivo ao uso da bicicleta na capital Fotos: Breno Pataro

O incentivo ao uso da bicicleta é o objetivo do programa Pedala BH. Para isso, a iniciativa propõe ações que abrangem desde a definição e implantação de rotas cicloviárias e estacionamentos para bicicletas, até campanhas de educação e de segurança no trânsito. A rede cicloviária planejada para a capital mineira é de aproximadamente 382 quilômetros. Também serão instalados paraciclos e bicicletários para o estacionamento das bikes em vários locais da cidade.

Alterações no trânsito da Savassi Para a implantação da Ciclovia da Savassi, foi realizada reunião com a comunidade no dia 12 de abril, no Colégio Sagrado Coração de Jesus, para apresentação do projeto e dos impactos da obra nas vias. Compareceram representantes da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL-BH), comerciantes, moradores e associações de ciclistas. Para a construção da ciclovia foram realizadas algumas intervenções. Confira as alterações:

Marcio inaugurou a ciclovia pedalando

Com 2,8 quilômetros de extensão e 2,4 metros de largura, além de sinalização adequada, o prefeito Marcio Lacerda inaugurou a Ciclovia da Savassi, no sábado, dia 3. O evento foi realizado na avenida Getúlio Vargas, esquina com a rua Santa Rita Durão, e reuniu ciclistas de diversos clubes. Antes de estrear a pista, o público teve a oportunidade de aferir a pressão e fazer o teste de glicose no estande montado da Secretaria Municipal de Saúde. A rota cicloviária começa na rua Professor Moraes (lado esquerdo), a partir do cruzamento com a rua Antônio de Albuquerque, seguindo pelas avenidas Bernardo Monteiro e Carandaí e rua Piauí até a avenida do Contorno, onde se conecta com a Ciclovia Andradas, próximo ao Centro de Especialidades Médicas. A via exclusiva para ciclistas na Savassi foi recapeada e segregada da pista de automóveis por separador. A ciclovia ainda tem mão dupla e recebeu pintura na cor vermelha nas interseções. Essa é a segunda rota entregue à comunidade este ano. A primeira, concluída no dia 2 de julho, foi da avenida Risoleta Neves, que liga a ciclovia da avenida Saramenha à Estação BHBus São Gabriel, na região Nordeste. Outras três rotas estão previstas para 2011: avenida Américo Vespúcio (entre avenidas Antônio Carlos e Carlos Luz), Rota Leste (liga a região Leste à Rota da Savassi pela avenida dos Andradas) e Estação Barreiro. As cinco rotas cicloviárias somam R$ 1,158 milhão. Segundo o prefeito Marcio Lacerda, as ciclovias estão sendo projetadas dentro de uma lógica de integração com o transporte coletivo, como as estações de ônibus, o metrô e o futuro sistema de transporte rápido por ônibus (BRT). “Nós pensamos que além do lazer, a bicicleta pode ser realmente um meio de transporte para o trabalho e para a escola”, destacou Marcio ao pontuar que a cidade não pode privilegiar apenas o transporte individual por automóvel. “Nós também temos que dar espaço para as pessoas andarem a pé, de bicicleta e para o transporte de massa”, afirmou.

Rua Professor Moraes

Ciclovia

da Savassi é entregue à população A favor da bicicleta

Chamar a atenção quanto ao uso desse veículo, mobilizando principalmente mulheres, é a proposta do clube Pedal de Salto Alto, atuante há um ano. As amigas Simoni Rodrigues Alves, psicóloga e artista, Denise Cruzeiro, promotora de eventos, Maria Augusta Serra, analista de sistemas, Poliana Figueiredo, advogada, e outras cinco integrantes se aliaram para mostrar que pedalar não é só para homens. Além de organizar atividades, elas mantêm páginas nas redes sociais com dicas diversas, como de segurança e de passeios, para incentivar a utilização da bike nas tarefas do dia a dia e nas horas de descontração, inclusive com a possibilidade de se fazer novos amigos. “Nós não nos conhecíamos. A amizade surgiu da bicicleta”, contou Poliana. Também empenhados no movimento a favor das bikes, estão os ciclistas do Le Vélo. Membro do grupo, Luiz Gustavo Soares conta que todas as quartas-feiras à noite eles se reúnem para um giro pela cidade, em uma atividade que dura em torno de duas horas. O ponto de partida e de chegada é a rua da Bahia, esquina com rua Fernandes Tourinho. “Nós já passamos por alguns trechos da Ciclovia da Savassi, mas, agora, oficialmente inaugurada, vamos voltar a pedalar nela”, disse. Ele aprova o investimento em rotas cicloviárias na capital. “A via exclusiva é importante para a locomoção das pessoas, utilizando a bicicleta em vez do carro, o que é mais saudável e realmente ajuda o trânsito”, observou. Quem opta pela bicicleta em Belo Horizonte ainda conta com mais 22 quilômetros de pistas exclusivas localizadas nas avenidas Tereza Cristina, dos Andradas, Saramenha, Deputado Álvaro Camargo, Vilarinho e na Orla da Lagoa da Pampulha. Também são oferecidos à população ciclista paraciclos e bicicletários, instalados na Savassi (rua Pernambuco), na Pampulha (em frente ao Parque Guanabara), na Região Hospitalar (próximo ao Restaurante Popular) e nas estações BHBus.

• A área de Carga e Descarga, entre as ruas Antônio de Albuquerque e Tomé de Souza, passou para a rua Tomé de Souza, entre as ruas Professor Moraes e Rio Grande do Norte. • A área reservada para Veículos Credenciados, entre as ruas Tomé de Souza e dos Inconfidentes, passou para o lado direito da rua Professor Moraes. • A área reservada para motocicletas, entre a avenida Getúlio Vargas e a rua Cláudio Manoel, passou para o lado direito da rua Professor Moraes. • A área de estacionamento de 10 minutos com pisca-alerta, entre a avenida Getúlio Vargas e a rua Cláudio Manoel, passou para a rua Cláudio Manoel, entre as ruas Professor Moraes e Rio Grande do Norte. • A área de Carga e Descarga, entre a avenida Getúlio Vargas e a rua Cláudio Manoel, foi transferida para o lado direito da rua Professor Moraes. • Os usuários do estacionamento rotativo poderão utilizar as vagas disponíveis nas ruas transversais.

Avenida Bernardo Monteiro

• Estacionamento no sentido avenida Brasil/avenida Afonso Pena deixou de ser 45 graus e foi regulamentado como paralelo.

Rua Piauí

• As faixas de rolamento e de estacionamento ficaram um pouco mais estreitas para criar espaço para a ciclovia.


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

2

Terça-feira, 6 de setembro de 2011

Confira o funcionamento da PBH amanhã Abastecimento • Mercado do Cruzeiro (rua Ouro Fino, 452): funciona das 7h às 13h • Central de Abastecimento Municipal (rua Maria Pietra Machado, 125, São Paulo): funciona das 7h às 12h • Feira Coberta do Padre Eustáquio (rua Pará de Minas, 821, Padre Eustáquio): funciona das 7h às 13h • Sacolões ABC: funcionam das 7h às 14h • Feiras livres: funcionam das 7h às 13h • Feiras modelo: não funcionam • Feiras de orgânicos: não funcionam • Banco de Alimentos (rua São Gotardo, 273, Santa Tereza): não funciona • Armazém da Roça (av. Antônio Carlos, 7596 A): não funciona • Mercado da Lagoinha (avenida Antônio Carlos, 821, São Cristóvão): não funciona • Restaurante Popular I (avenida do Contorno, 11484, Centro): não funciona • Restaurante Popular II (rua Ceará, 490, São Lucas): não funciona • Restaurante Popular III (rua Padre Pedro Pinto, 2777, Venda Nova): não funciona • Refeitório Popular da Câmara Municipal (avenida dos Andradas, 3.100): não funciona

Adão de Souza

Amanhã, 7 de setembro, é feriado nacional em comemoração ao dia da Independência do Brasil. Portanto, não haverá expediente na Prefeitura de Belo Horizonte, mas os serviços considerados essenciais funcionarão. Confira abaixo o que funciona durante o feriado:

Parques

Postos de Informação Turística

• Jardim Zoológico, Jardim Botânico e Aquário da Prefeitura - Bacia do Rio São Francisco (avenida Otacílio Negrão de Lima, 8.000, Pampulha): funciona das 8h30 às 16h • Parque Ecológico da Pampulha (avenida Otacílio Negrão de Lima, 6.061, Pampulha): funciona das 8h30 às 17h • Parque das Mangabeiras (avenida José do Patrocínio Pontes, 580, Mangabeiras): funciona das 8h às 18h • Parque Municipal Américo Renné Giannetti (avenida Afonso Pena, 1.377, Centro): funciona das 6h às 18h • Demais parques: funcionam normalmente das 8h às 18h

• Centro de Referência Turística de Belo Horizonte Álvaro Hardy – Veveco (avenida Otacílio Negrão de Lima, 855, São Luiz): funciona das 8h às 17h • Posto de Informação - Aeroporto Pampulha (Praça Bagatelli, 204, Aeroporto): funciona das 8h às 18h • Posto de Informação - Aeroporto de Confins (Rodovia MG 10, Confins): funciona das 8h às 18h • Posto de Informação - Mercado Central (avenida Augusto de Lima, 744, Centro): funciona das 8h às 13h • Posto de Informação - Mercado das Flores (avenida Afonso Pena, 1.055, Centro): funciona das 8h às 15h • Posto de Informação – Rodoviária (praça Rio Branco, Centro): funciona das 8h às 18h

Defesa Civil O plantão da Defesa Civil funciona 24 horas. Os telefones são 199 e 3277-8864

Suziane Fonseca

Cultura • Arquivo Público (rua Itambé, 227, Floresta): não funciona • Casa do Baile (avenida Otacílio Negrão de Lima, 751, Pampulha): funciona das 9h às 19h • Centro de Cultura Belo Horizonte (rua da Bahia, 1.149, Centro): não funciona • Museu de Arte da Pampulha (avenida Otacílio Negrão de Lima, 16.585, Pampulha): funciona das 9h às 19h. • Museu Histórico Abílio Barreto, (avenida Prudente de Morais, 202, Cidade Jardim): funciona das 10h às 21h.

Saúde • As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Hospital Municipal Odilon Behrens, Central de Internações e o SAMU funcionam normalmente. Os Cersams funcionam com escala de feriado no horário diurno e com equipe completa no horário noturno. O Serviço de Urgência Psiquiátrica Noturno funciona normalmente.

Limpeza Urbana

Breno Pataro

Divino Advincula

Haverá funcionamento normal dos serviços essenciais como coleta domiciliar e seletiva, plantão de serviços de varrição nas áreas Central, Hospitalar e Savassi e destinação final de resíduos.

Transporte

Breno Pataro

• Todas as linhas gerenciados pela BHTrans vão operar amanhã com o quadro de horários de domingo/ feriado.

Serviços • Central de Atendimento BH Resolve (rua dos Caetés, 312, com entrada também pela avenida Santos Dumont, 363, Centro) - Não funciona


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Terça-feira, 6 de setembro de 2011

Coleta seletiva é implantada na Secretaria de Planejamento

Mistura de realidade e ficção é tema de espetáculo no Centro Cultural Pampulha

A Semana da Coleta Seletiva foi aberta com a apresentação do grupo teatral Até Tu SLU, da Superintendência de Limpeza Urbana, que encenou a peça “O Casal”, uma adaptação da crônica “Lixo”, de Luís Fernando Veríssimo. O sociólogo Antônio Marcos Martins, do Departamento de Mobilização Social da SLU, explanou sobre a necessidade das sociedades atuais se preocuparem com o lixo que é produzido no dia a dia. “Essa preocupação aumentou a partir da segunda metade do século 20, devido ao aumento do consumo de bens, e do consequente descarte de produtos. Hoje, há um novo olhar sobre o lixo, como matéria reciclável, e a situação atual, na qual milhões de toneladas dele são produzidas, impõe a necessidade desse olhar”, afirmou.

SMPL

Fotos: Guilerme Cedro

O projeto “Eu sou seletivo”, que dá início à coleta seletiva de resíduos na Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Informação (SMPL) foi lançado na última semana. O evento de lançamento contou com diversas atividades que também marcaram a abertura da Semana da Coleta Seletiva na secretaria. Os servidores receberam informações sobre as mudanças que serão implementadas na secretaria, como a instalação de coletores de papéis e de copos plásticos, além de orientações sobre a separação correta dos itens recicláveis. Ainda no âmbito da campanha, adesivos foram afixados nos interruptores de luz, computadores e telefones, com o intuito de lembrar atitudes que contribuem para a redução do consumo de energia elétrica e estimulam ligações telefônicas mais breves.

O Centro Cultural Pampulha (rua Expedicionário Urca, 185, bairro Urca) recebe a Cia da Farsa com a apresentação do espetáculo “Cuidado: Frágil! – quando a realidade, supera a ficção”, hoje, às 20h. A direção é de Mauro Júnior e a montagem trata de situações extremas, envolvendo personagens baseadas em histórias reais e imaginárias, em uma demonstração clara de que a realidade, às vezes, pode superar a ficção. Os textos foram construídos pelo coletivo de atores e artistas convidados, sendo que algumas personagens foram criadas a partir de histórias vivenciadas por eles. Com uma narrativa fragmentada, a dramaturgia original é contaminada pela intertextualidade, com referências de autores da literatura moderna e contemporânea. O espetáculo é constituído por cinco solos conduzidos pelos devaneios de uma personagem central. Um guitarrista, Athos Reis, surdo e mudo, que encontra na música sua expressão de desejos e sonhos frustrados. Uma mulher asmática e neurótica, Sidneia Simões, que sofre violência doméstica e vê de maneira divertida a vida. Um travesti, Alex Zanonn, que usa a condição de travestido para se esconder do mundo. Uma menina, Marcus Labatti, que, vítima de exploração sexual, tem sua infância interrompida por uma

gravidez inesperada. Um ser vadio, Elton Monteiro, que é invisível aos olhos dos gigantes. Um feto, Simone Caldas, que percebe a sua condenação.

A Companhia Desde a sua formação, a Cia da Farsa tem procurado apresentar ao público espetáculos de qualidade. Essa trajetória inclui duas montagens infantis de textos de Maria Clara Machado, “Tribobó City ” (2002) e “Aprendiz de Feiticeiro” (2009), além de duas montagens de obras de Ariano Suassuna, “Farsa da Boa Preguiça” (2003) e “Auto da Compadecida” (2008). Em 2005, foram apresentadas as peças “O Contrabaixo”, baseado na obra de Patrick Süskind, e “Retrato Falado”, com texto de Teresa Frota. Além de vários prêmios e indicações ao longo dos anos, a Cia da Farsa recebeu o sexto Prêmio Usiminas-Sinparc de melhor espetáculo, com a montagem “Auto da Compadecida”. Mais informações sobre a Companhia podem ser obtidas no blog www.espetaculocuidadofragil.blog spot.com.

Servidores receberam informações sobre as mudanças que serão implementadas

3

Movimentos Na terça-feira, dia 30, foi exibido no auditório da SMPL, o documentário “Ilha das Flores”, e, em seguida, houve um debate com a diretora-executiva da Atitude Brasil, Marta Machado Rocha. Ela falou sobre o movimento “Limpa Brasil - Let´s do it!”, que organiza mutirões de voluntários para ajudar na coleta de lixo e de materiais recicláveis espalhados pelas ruas de bairros ou comunidades próximas de onde moram. A inspiração veio de um projeto desenvolvido na Estônia, onde milhares de pessoas fizeram um mutirão, em um único dia, com esse propósito. “A cidade que tem muito lixo é sinal de que não tem cultura, não se desenvolve, não evolui. Para haver uma mudança de fato é preciso uma mudança cultural nas pessoas e na sociedade em que vivemos”, disse ela. A gerente do Orçamento Participativo, Verônica Campos Sales, da Secretaria Municipal Adjunta de Planejamento e Gestão, considerou a proposta muito interessante. “A ideia do Limpa Brasil é sensacional. Estou mais ciente do meu papel no tema da coleta seletiva e, a partir de hoje, vou virar uma catadora também. No bairro da Graça, onde moro, ainda não tem coleta seletiva de porta a porta, mas já vou pensar na ideia de instalar algo no meu prédio, nem que seja um papa-pilhas e baterias”, contou. Ao fim da palestra, o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Informação, Paulo Bretas, deestacou a importância do trabalho de cada um. “Espero que cada um assuma ser uma liderança e divulgue esta ideia, disseminando-a pouco a pouco entre parentes, amigos, vizinhos e colegas de trabalho”, disse. Ao final, ele ainda questionou os servidores: “Sabem como se fala lixo em tupi-guarani?”. Diante da negativa do público ele respondeu. “Não se fala e nem se escreve, porque simplesmente ela não existe na língua indígena”.

Secretaria de Saúde abre inscrições para gerente do Centro de Educação em Saúde A Secretaria Municipal de Saúde está com inscrições abertas para o processo seletivo destinado ao preenchimento de vaga de gerente do Centro de Educação em Saúde/CES/GGTE-SMSA, mediante condições estabelecidas na Norma Interna, divulgada no site da PBH (www.pbh.gov.br). O processo seletivo para preenchimento de uma vaga de gerente do Centro de Educação em Saúde (CES) será composto por duas etapas: análise de currículo documentado e proposta de trabalho para o gerenciamento do CES. Caso o candidato seja aprovado, serão realizados entrevista individual e mapeamento de competências comportamentais. As inscrições estão abertas até 14 de setembro na rua Rio Grande do Norte, 694, sobreloja 01. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3277-5304.

Interessados já podem se inscrever em gincana sobre redes sociais As inscrições para a sexta edição da gincana Trilhas da Informação, promovida pelo Instituto de Ciências Exatas e Informática (Icei) da PUC Minas, estão abertas até o dia 15 deste mês, pela internet (www.icei.pucminas.br/trilhas). Com o tema Redes Sociais, a atividade é aberta a alunos do 1º, 2º e 3º anos do ensino médio de escolas públicas e privadas de Belo Horizonte, Betim, Contagem e demais cidades da Região Metropolitana de BH, além de Poços de Caldas e Arcos.

A gincana é realizada em duas etapas. A primeira, de 26 de setembro a 20 de outubro, consiste em provas online sobre o tema Redes Sociais, e o resultado será divulgado até o dia 25 de outubro. A segunda etapa, Gincana de Informações, será desenvolvida nos campi e unidades da universidade integrantes da gincana, no dia 31 de outubro, data em que serão apresentados os resultados e premiados os vencedores.


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

30

Terça-feira, 6 de setembro de 2011

INDICADORES ECONÔMICOS DE BELO HORIZONTE Taxas de Juros – Agosto de 2011

Evolução dos Preços ao Consumidor IPCA(1) Período

IPCR(2) Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

No mês

No ano

Últimos 12 Meses

354,89

0,63

3,61

6,50

mar/11

Taxas médias praticadas(1)

Setores

Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

No mês

No ano

Últimos 12 Meses

359,61

0,74

2,53

5,90

Menor

Maior

Diferença (%)

Média

1,99

5,90

196,48

4,50

Empréstimos pessoa física Alimentício Automóveis Novos

abr/11

357,87

0,84

4,48

6,95

362,56

0,82

3,37

6,28

Prefixada (montadoras)

1,35

2,38

76,30

1,74

mai/11

359,94

0,58

5,08

7,27

364,99

0,67

4,06

6,84

Prefixada (multimarcas)

1,64

2,25

37,20

1,91

jun/11

359,83

-0,03

5,05

7,26

364,70

-0,08

3,98

6,76

jul/11

360,19

0,10

5,16

7,28

365,28

0,16

4,15

6,91

ago/11

361,31

0,31

5,48

7,63

366,42

0,31

4,47

Automóveis Usados

7,27

Prefixada (montadoras)

1,44

2,84

97,22

2,19

Prefixada (multimarcas)

1,57

2,70

71,97

2,08

11,40

13,70

20,18

12,60

8,12

9,66

18,97

8,76

2,80

20,42

629,29

11,33

Imóveis Construídos

-0,18

1,63

-1.005,56

0,83

Imóveis na Planta

-0,18

1,63

-1.005,56

0,41

0,94

3,90

314,89

2,09

2,32

4,93

112,50

3,46

1,68

1,99

18,45

1,83

(1) IP CA = Índice de P reço s ao Co nsumido r A mplo : mede a evo lução do s gasto s das famílias co m renda de 1a 40 salário s mínimo s na cidade de B elo Ho rizo nte

Cartão de Crédito

(2) IP CR= Índice de P reço s ao Co nsumido r Restrito : mede a evo lução do s gasto s das famílias co m renda de 1a 6 salário s mínimo s na cidade de B elo Ho rizo nte

Cheque Especial

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Combustíveis Construção Civil

Índice de Confiança do Consumidor Variação (%)

Índice de Base Fixa (Maio/04=100)

Período

(2) (8)

No mês

No ano

Últimos 12 Meses

(3) (7)

Cooperativas de Crédito (empréstimo)

ICCBH(1)

IEE(2)

IEF(3)

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

mar/11

138,91

196,09

120,64

2,21

0,07

3,37

3,54

4,90

2,84

5,88

11,44

3,21

CDC - Financeiro (8)

abr/11

137,74

187,58

121,83

-0,84

-4,34

0,99

2,66

0,35

3,86

6,70

5,16

7,48

CDC - Bens Alienáveis

Crédito Direto ao Consumidor (CDC)

(8)

mai/11

133,44

180,41

118,43

-3,12

-3,82

-2,79

-0,54

-3,49

0,97

0,57

0,82

0,44

Eletroeletrônicos

2,08

5,17

148,56

3,10

jun/11

135,84

187,28

119,40

1,80

3,81

0,82

1,24

0,18

1,79

0,15

1,74

-0,62

Mobiliário

1,73

5,03

190,75

2,61

jul/11

135,94

188,70

119,09

0,08

0,76

-0,26

1,32

0,95

1,53

3,95

4,22

3,82

Financeiras Independentes

6,15

12,14

97,40

9,84

ago/11

135,79

190,13

118,43

-0,12

0,76

-0,55

1,20

1,71

0,97

0,83

2,23

0,12

Nacional

1,32

3,95

199,24

2,23

Internacional

1,32

3,95

199,24

2,25

1,27

8,77

590,55

4,80

Turismo

(1) ICCB H: Índice de Co nfiança do Co nsumido r de B elo Ho rizo nte: trata-se de um indicado r que tem po r finalidade sintetizar a o pinião do s co nsumido res em B elo Ho rizo nte quanto ao s aspecto s capazes de afetar as suas decisõ es de co nsumo atual e futuro (2) IEE: Índice de Expectativa Eco nô mica: retrata a expectativa do co nsumido r em relação ao s indicado res macro eco nô mico s (3) IEF: Índice de Expectativa Financeira: retrata a co nfiança do co nsumido r a respeito de alguns indicado res micro eco nô mico s

Vestuário e Calçados

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Empréstimos pessoa jurídica

Residenciais Período Índice de Base Fixa (Jul/94=100) fev/11

Comerciais

Variação (%) No mês

378,98

Últimos 12 Meses

No ano

1,12

1,71

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

12,55

No mês

497,44

No ano

1,55

1,42

2,40

69,01

2,00

1,33

2,44

83,46

2,07

Conta Garantida (8)

2,26

8,57

279,20

5,72

Captação

Últimos 12 Meses

2,71

(8)

Capital de Giro (8)

Desconto de Duplicatas

Evolução do Mercado Imobiliário: Aluguéis

CDB 30 dias

(4)

0,97

Cooperativas de Crédito (aplicação)

0,94

16,29

Fundo de Investimento Curto Prazo

0,56

0,89

58,93

0,80

0,98

22,50

0,75

mar/11

382,43

0,91

2,63

12,29

500,88

0,69

3,42

15,70

Fundo de Investimento Longo Prazo

abr/11

385,15

0,71

3,36

11,64

505,38

0,90

4,35

14,37

Poupança (5)

mai/11

387,54

0,62

4,00

11,04

509,68

0,85

5,23

13,98

jun/11

391,57

1,04

5,08

10,78

516,56

1,35

6,65

14,16

(2) Não são co nsideradas vantagens pro gressivas

(6) M édia po nderada pela vigência

(3) Inclui a variação do s indexado res CUB , TR, INCC e IGP -M

13,18

(4) Taxa A NB ID do primeiro dia útil do mês e pro jetada para 30 dias

(7) No vo cálculo co nsiderando o perío do do s índices que co mpõ em a estimativa (8) Dado s co letado s a partir de info rmaçõ es co nso lidadas no B anco Central do B rasil

jul/11

394,78

0,82

5,94

10,21

519,40

0,55

7,24

0,90 0,71

Taxa SELIC (6)

0,99 (5) Taxa referente ao primeiro dia do mês subsequente

(1) Co nsidera-se a média das taxas praticadas pelo s info rmantes

.. Não se aplica dado s numérico s

ND - não dispo nível

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Valores médios (em R$) dos aluguéis residenciais por classe de bairro(*) - Julho de 2011 Imóveis

Popular

Apartamento 1 Quarto

Médio

431,25 (8)

Alto

327,98 (4)

Tarifas Bancárias – Agosto de 2011 Produtos / serviços

Luxo

670,97 (31)

Forma de Cobrança

(1)

1534,62 (52)

Menor (R$) Maior (R$) Diferença (%) Média (2) (R$)

CADASTRO Confecção de cadastro para início de relacionamento - CADASTRO

por evento

0,00

59,00

..

28,27

CONTAS DE DEPÓSITOS

Apartamento 2 Quartos

Apartamentos

Apartamento 3 Quartos 1 Banho Apartamento 3 Quartos 2 ou mais Banhos

557,44 (39)

819,24 (85)

945,26 (105)

1788,79 (91)

CARTÃO - Fornecimento de 2º via de cartão com função débito

por evento

0,00

10,00

..

7,08

CARTÃO - Fornec. de 2ª via de cartão com função mov. conta de poupança

por evento

0,00

10,00

..

6,72

632,35 (17)

768,00 (10)

987,00 (10)

1105,40 (4)

CHEQUE - Exclusão do Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundo (CCF)

por evento

20,00

52,00

160,00

38,10

CHEQUE - Contra-ordem e oposição ao pagamento de cheque

por evento

6,00

15,00

150,00

11,40

CHEQUE - Fornecimento de folhas de cheque

por evento

0,60

1,70

183,33

1,35

CHEQUE - Cheque Administrativo

por evento

16,00

27,00

68,75

22,71

CHEQUE - Cheque de transferência bancária_(TB e TBG)

por evento

0,00

0,00

..

..

CHEQUE - Cheque Visado

por evento

0,00

21,00

..

11,60

969,09 (33)

1111,43 (89)

1337,70 (126)

2160,46 (239)

(2)

(1)

1600,00 (6)

2716,67 (6)

Apartamento 4 Quartos e até 2 Banhos Apartamento acima de 4 Quartos e 2 Banhos

2237,50 (8)

(3)

2420,00 (30)

3905,64 (163)

Barracão 1 Quarto

352,00 (20)

406,00 (5)

(2)

-

Barracão 2 Quartos

418,70 (10)

591,82 (11)

(1)

-

Barracões

(1)

(1)

-

-

578,10 (21)

742,50 (16)

1011,25 (8)

(2)

Casa 1 Quarto Casa 2 Quartos Casa 3 Quartos e 1 Banho

738,75 (8)

1035,71 (7)

-

-

1090,00 (15)

1399,23 (13)

2281,82 (11)

4557,14 (7)

-

(2)

1750,00 (4)

(2)

5242,86 (7)

3908,33 (12)

7818,52 (27)

Casas Casa 3 Quartos e 2 ou mais Banhos Casa 4 Quartos e até 2 Banhos

(3)

Casa 4 Quartos e 2 Banhos

(*) O valo r entre parênteses representa o número de imóveis utilizado s no cálculo da respectiva média. Na maioria das vezes, so mente são publicado s valores médio s obtido s a partir de quatro imó veis pesquisado s. Os caso s em que não fo i pesquisado nenhum imóvel são indicados por hífen (-). Os valores médios referentes a apartamento s de 1e 2 quarto s da classe luxo são influenciado s pela o ferta de Flats.

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE pessoal

por evento

0,00

3,50

..

2,15

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE Terminal

por evento

0,00

3,00

..

1,77

Saque de conta de dep. à vista e de poupança - SAQUE correspondente

por evento

0,00

2,30

..

1,34

DEPÓSITO - Depósito Identificado

por evento

0,00

5,00

..

1,95

Forn. de ext. mensal de conta de dep. à vista e de poup.- EXTRATO(P)

por evento

1,90

6,00

215,79

3,27

Forn. de ext. mensal de conta de dep. à vista e de poup.- EXTRATO(E)

por evento

0,00

3,00

..

1,92

Forn. de ext. mensal de conta de dep. à vista e de poup. - EXTRATO(C)

por evento

0,00

2,00

..

1,06

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período -EXTRATO(P)

por evento

0,00

6,00

..

2,88

Ext. mensal de conta de dep. à vista e Poup. p/um período - EXTRATO(E)

por evento

1,00

5,00

400,00

2,25

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período - EXTRATO(C)

por evento

0,00

5,00

..

1,62

Fornecimento de cópia de microfilme, microficha ou assemelhado

por evento

3,00

7,00

133,33

5,56

TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS Transferência por meio de DOC/TED - DOC/TED pessoal

por evento

0,00

0,00

..

..

Transferência por meio de DOC/TED - DOC/TED eletrônico

por evento

0,00

0,00

..

..

Transferência de recursos por meio de DOC/TED - DOC/TED internet

por evento

0,00

0,00

..

..

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(P)

por evento

0,00

19,00

..

11,76

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(E)

por evento

0,00

30,00

..

9,61

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(I)

por evento

0,00

30,00

..

9,24

Transferência entre contas na própria instituição- TRANSF. RECURSOS(P)

por evento

0,00

2,95

..

1,33

Transferência entre contas na própria instituição-TRANSF.RECURSOS(E/I)

por evento

0,00

2,70

..

0,95

Ordem de Pagamento - ORDEM PAGAMENTO

por evento

16,00

27,00

68,75

24,47

por evento

11,00

49,00

345,45

37,89

por evento

10,50

18,00

71,43

13,35

OPERAÇÕES DE CRÉDITO Concessão de adiantamento a depositante - ADIANT. DEPOSITANTE PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

(1) Não são co nsideradas vantagens pro gressivas

(2) Co nsidera-se a média das tarifas praticadas pelo s banco s pesquisado s

Fo nte: B anco Central do B rasil / B anco s - Dado s trabalhado s pela Fundação IP EA D/UFM G

.. Não se aplica dado s numérico s

Evolução da inflação, salário mínimo e cesta básica

Período

No mês

No ano

Últimos 12 Meses

IPCA(1)

Salário Mínimo

Cesta Básica (2)

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

mar/11

354,89

841,18

455,21

0,63

0,93

6,04

3,61

6,86

9,08

6,50

6,86

11,23

abr/11

357,87

841,18

433,20

0,84

0,00

-4,84

4,48

6,86

3,81

6,95

6,86

0,49

mai/11

359,94

841,18

446,42

0,58

0,00

3,05

5,08

6,86

6,98

7,27

6,86

7,60

jun/11

359,83

841,18

430,92

-0,03

0,00

-3,47

5,05

6,86

3,26

7,26

6,86

8,58

jul/11

360,19

841,18

427,61

0,10

0,00

-0,77

5,16

6,86

2,47

7,28

6,86

15,50

ago/11

361,31

841,18

439,66

0,31

0,00

2,82

5,48

6,86

5,36

(1) IP CA = Índice de P reço s ao Co nsumido r A mplo : mede a evo lução do s gasto s das famílias co m renda de 1a 40 salário s mínimo s na cidade de B elo Ho rizo nte (2) Cesta B ásica: representa o s gasto s de um trabalhado r adulto co m a alimentação definida pelo Decreto -lei 399/38 FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Quantidade

Valores (em R$)

Contribuição na variação (p.p.)

Açúcar cristal

3,00 kg

5,73

0,11

Arroz

3,00 kg

5,42

0,00

Banana caturra

12,00 kg

23,40

1,02

Batata inglesa

6,00 kg

7,26

-0,36

Café moído

0,60 kg

6,49

0,00

Chã de dentro

6,00 kg

93,54

1,04

Produto

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

ND: não dispo nível

Custo da Cesta Básica (*) – Agosto de 2011

7,63

6,86

18,17

Farinha de trigo

1,50 kg

3,01

-0,03

Feijão carioquinha

4,50 kg

14,67

0,04

Leite pasteurizado

7,50 l

15,90

0,03

Manteiga

750,00 g

13,50

0,04

Óleo de soja

1,00 un

2,77

-0,02

Pão francês

6,00 kg

36,18

-0,58

Tomate

9,00 kg

26,82

1,53

(*) Cesta B ásica: representa o s gasto s de um trabalhado r adulto co m a alimentação definida pelo Decreto -lei 399/38 FONTE: Fundação IP EA D/UFM G


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Terça-feira, 6 de setembro de 2011

PBH promove encontros de discussão das políticas para as mulheres e para a população LGBT A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal Adjunta de Direitos de Cidadania (SMADC), traz para a cidade, neste inicio de setembro, um amplo leque de discussões e propostas no âmbito institucional e da sociedade como um todo, abrangendo os segmentos das mulheres em geral e da população LGBT. No último fim de semana, foi realizada a terceira Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres, uma parceria da SMADC, pela sua Coordenadoria dos Direitos da Mulher, e do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. Entre os objetivos do encontro, estavam a análise da realidade brasileira na perspectiva do fortalecimento da autonomia econômica, social, cultural e política das mulheres, com vistas a uma contribuição para a erradicação da pobreza extrema e o exercício pleno da cidadania pelas mu-

Centro de Saúde da região Centro-Sul promove ação de conscientização

O Centro de Saúde Menino Jesus promoveu no domingo, dia 4, uma mobilização destinada aos moradores do bairro Santo Antônio. A ação teve como objetivo esclarecer à população como evitar a propagação de roedores e escorpiões, além de doenças como Dengue e Leishmaniose. As orientações foram feitas por agentes de saúde da Regional Centro-Sul. A mobilização do Centro de Saúde Menino Jesus foi realizada durante a tradicional rua de lazer promovida pela Associação de Moradores do Bairro San-

31

lheres. Nos dias 9 e10 de setembro, a Prefeitura promove a primeira Conferência Municipal de Políticas Públicas e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transsexuais – LGBT. O tema central é “Por uma BH livre da pobreza e da discriminação: promovendo a cidadania LGBT”, que visa analisar a interface dos direitos LGBT de eixos estratégicos como Saúde, Educação, segurança, cultura, trabalho e renda. O encontro será realizado no auditório da Secretaria Municipal de Educação (rua Carangola, 288, bairro Santo Antônio). Para o secretário municipal adjunto de Direitos da Cidadania, José Wilson Ricardo, a terceira Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres e a primeira Conferência Municipal de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT refletem os avanços e os compromissos da PBH com as políticas públicas de inclusão social. “Essas políticas são justificadamente reconhecidas em todo o mundo livre como patamares indispensáveis à construção e consolidação das sociedades democráticas”, destacou.

to Antônio, que contou com um bate-papo sobre a saúde e os cuidados com os cães. Com o nome de “Cãoscientização Unificada”, o evento abordou temas voltados à proteção e aos cuidados com os animais e contou com as presenças da veterinária Edmeia Braga, da educadora canina, Priscilla Mitre e do adestrador Marcelo Braga. Além disso, também houve apresentações de teatro da Fundação de Parques Municipais, de música e de contadores de história.

Projeto Pampulha ConVida agita comunidade do Dona Clara

Fotos: Gercom Pampulha

Embalos de sábado à noite agitaram a praça Santa Catarina de Labouré, no bairro Dona Clara. Foi o que aconteceu na quarta edição do Projeto Pampulha ConVida, realizada na última semana. O público de aproximadamente 700 pessoas foi presenteado com excelentes intérpretes e músicas de qualidade, como Vlamir Freitas e Denilson Mabuzy. Além disso, o evento contou com as presenças da Celinha Braga, Dóris do Samba, Melina Marçal e Nino Ballas. Nino, que teve duas de suas canções interpretadas na noite, também subiu ao palco,

dando um charme pra lá de especial à performance de Mabuzy. O Pampulha ConVida, uma promoção da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Regional Pampulha, é realizado pela Gerência Regional de Promoções de Eventos Esportivos, de Recreação, Lazer e Feiras Pampulha (GerperP), em parceria com a Oficina de Música Celinha Braga. O projeto propõe a utilização das praças públicas de forma lúdica e prazerosa, com abordagens culturais e de lazer, divulgando a cultura brasileira. Segundo o responsável pela Gerper-P, Cláudio Augusto de Souza, o Pampulha ConVida é um evento que está se consolidando pelo trabalho intersetorial dos servidores da regional e pelo envolvimento, compromisso e profissionalismo de todos que o apóiam. Margarete Lara, que tem presença garantida nos eventos, elogiou o projeto. “Todos os eventos foram fantásticos, o de hoje então, está maravilhoso. Adorei o ambiente e os músicos”, contou.

Estudantes da capital realizam passeio ciclístico pela recuperação do Rio das Velhas

O público de aproximadamente 700 pessoas assistiu a diversas apresentações musicais

A Escola Municipal Eleonora Pieruccetti, que fica no bairro Cachoeirinha, juntamente com parceiros do Projeto Manuelzinho, realizou no sábado, dia 3, o terceiro Passeio Ciclístico, com saída na porta da escola em direção ao Parque Eduardo Azeredo, localizado na mesma região.

O evento, além de ser parte integrante de ações em prol da revitalização do Rio das Velhas, teve o objetivo de conscientizar a comunidade sobre a importância de se praticar exercícios físicos regularmente, promover o desenvolvimento sustentável e incentivar o uso de bicicletas como meio de

transporte alternativo para a população. A programação do passeio contou com concentração na escola, sorteio de uma bicicleta entre os participantes e apresentações de atividades artísticas realizadas pelas crianças.


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Guarda Municipal comemora oito anos de atuação na capital Copa do Mundo e temos de estar preparados para receber bem os visitantes”, destacou. Em 2010, os agentes e guarnições da instituição realizaram 124 mil visitas preventivas nas unidades da rede municipal. Até o mês de agosto deste ano, já foram registradas 65 mil visitas. Além da presença e da avaliação positiva por parte dos belorizontinos, a instituição também já levou a experiência de suas ações para outros municípios do país. O secretário municipal de Segurança Urbana e Patrimonial, Genedempsey Bicalho, está otimista em relação ao futuro. “Apesar de nossa pouca existência institucional, com apenas oito anos de trabalhos prestados, visualizo

um futuro promissor. Futuro que se reveste em benefícios à sociedade de Belo Horizonte. Temos recebido manifestações de instâncias governamentais, como a União, e nosso modelo de Guarda é referência para outras cidades. Já temos a simpatia da população e este reconhecimento nos faz melhorar cada vez mais nossa prestação de serviços”, afirmou. O comandante da Guarda Municipal, Ricardo Belione, destaca a importância da criação da instituição. “A Guarda Municipal contribuiu para a tranquilidade e para o bem-estar dos cidadãos. A instituição é parceira e complementa as ações de segurança com outros órgãos do sistema de defesa social”, lembrou.

Genedempsey Bicalho recebeu homenagem pelo trabalho desenvolvido

Segurança A Guarda Municipal está presente na maioria das escolas, em todas as unidades de saúde e na maioria dos parques e cemitérios, além de prédios administrativos. O objetivo da Guarda Municipal é proteger os funcionários e usuários dos serviços públicos, bem como preservar o patrimônio do município. Além de cuidar dos bens da cidade, os agentes de segurança contribuem com o Sistema de Defesa Social do Estado de Minas Gerais. Os guardas municipais também participam de diversos projetos, como a avaliação da segurança, por meio do qual foi criada uma equipe com o objetivo de vistoriar as unidades de serviços municipais, treinar servidores e formar brigadas de prevenção e segurança contra incêndio. Além disso, os agentes participam de cursos de formação em línguas, nos idiomas espanhol e inglês. O objetivo do projeto é capacitar os agentes a lidar com turistas estrangeiros que visitam a capital mineira.

Carlos Alberto

A Guarda Municipal de Belo Horizonte (GMBH) comemorou oito anos de criação no dia 25 de agosto. A data foi marcada por uma cerimônia na sede da instituição. A criação da instituição atendeu aos anseios da população por mais segurança nos estabelecimentos municipais. Atualmente, 2.341 pessoas compõem seu efetivo. Destas, 77 são mulheres e 260 formam o grupamento que monitora e orienta o trânsito da cidade. Para o prefeito Marcio Lacerda, a Guarda Municipal é uma parceira de Belo Horizonte e amiga do cidadão. “Por meio de ações preventivas, ela consolida ações estratégicas e uma cultura de paz para nossa cidade. Seremos uma das sedes da próxima

Terça-feira, 6 de setembro Terça-feira, 6 de setembro de 2011de 2011 Dirceu Lopes

32 32

Defesa Civil alerta sobre baixa umidade relativa do ar em BH Esta será mais uma semana de tempo seco em Minas Gerais, devido à atuação de uma massa de ar seco no estado. A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Belo Horizonte (Comdec) alerta que até domingo, dia 11, a umidade relativa do ar ficará abaixo dos 30% no período da tarde, em Belo Horizonte. A Comdec informa também que o tempo seco aumenta o risco de incêndios em matas. Com isso, recomenda-se a população a não fazer fogueiras nas proximidades de matas e florestas. Além disso, os motoristas que trafegarem por regiões sujeitas a incêndios deverão ter atenção redobrada devido à visibilidade reduzida pela fumaça, e em hipótese nenhuma, jogar pontas de cigarros para fora dos veículos.

Recomendações

A Guarda Municipal está presente em escolas, unidades de saúde, parques, cemitérios e prédios administrativos

Durante a cerimônia, foram homenageados os agentes remanescentes da criação da instituição. Genedempsey Bicalho recebeu, por parte dos guardas municipais, uma placa com frases de reconhecimento e gratidão pelo trabalho desenvolvido. Após a cerimônia, participantes, autoridades e cerca de 300 agentes participaram de uma confraternização. Trabalhando na Guarda Municipal desde 2003, o inspetor

Vander Lucio comenta o desenvolvimento da instituição. “Desde 2003 até agora, houve várias mudanças que vieram contribuir com nossas atividades diárias, como a qualificação e o aperfeiçoamento dos profissionais. Importante também foi a valorização dos guardas municipais”, disse Vander. O inspetor Humberto Alves vive grande expectativa em relação aos novos agentes de segurança que foram nomeados recentemente. “Estou na Guarda Municipal desde 2004 e, ao longo do

Guarda municipal conquista troféu em prova da Meia Maratona Internacional de BH O tempo de 14 minutos e 6 segundos na prova de 5 quilômetros garantiu ao guarda municipal Edson Souza Meira a terceira colocação na categoria correspondente da segunda Meia Maratona Internacional de Belo Horizonte, promovida no domingo, dia 4, na região da Pampulha. A competição, realizada pela TV Alterosa, TBH Esportes e Ace Esportes e Eventos, em parceria com a Fundação Zoo-Botânica (FZB-BH), também contou com a modalida-

de de 21 quilômetros e passou pelo Zoológico da capital, a primeira corrida da América Latina a incluir um espaço desse tipo no percurso, de acordo com os organizadores. Para celebrar a parceria com a FZB-BH, este ano o mascote escolhido foi a onça pintada. “Eu penso que o esporte, associado à consciência ambientalista, é um avanço. É muito importante que, a cada dia, a qualidade de vida esteja associada não só ao bem

• Beber muita água por dia, água de côco e sucos naturais • Preferir alimentos leves e frescos, como saladas, frutas, carnes grelhadas • Evitar frituras • Dormir em local arejado e umedecido por aparelhos umidificadores, toalhas molhadas ou recipientes com água • Evitar atividades físicas ao ar livre e exposição ao sol entre as 10h e 17h • Evitar banhos com água muito quente, pois ressecam ainda mais a pele • Em caso de problemas respiratórios, procurar um especialista • Em caso de incêndio em mata ou floresta, avise imediatamente ao Corpo de Bombeiros (193) ou à Defesa Civil (199).

tempo, a instituição criou uma identidade própria. A chegada do novo efetivo veio reforçar ainda mais nosso compromisso com o bem-estar de todos”, afirmou. Nomeados pelo município, 591 novos agentes já estão atuando de forma ativa em várias unidades da rede municipal. Ramon Fernandes é um destes novos agentes e conquistou as melhores notas no curso de formação. “Vou tentar cumprir da melhor maneira meu dever e contribuir para o crescimento da instituição de segurança” ressaltou.

estar físico, mas também ao respeito à natureza”, disse o prefeito Marcio Lacerda, que participou da entrega do prêmio aos vencedores da maratona. Além do Zoológico, os atletas passaram pela Igrejinha de São Francisco de Assis, Mineirão e Museu de Arte. A largada e a chegada foram na Praça Nova da Pampulha, onde foi realizada a premiação. Confira o resultado completo da maratona no endereço www.meiamaratonadebh.com.br.

Recomenda-se ainda que as escolas suspendam as aulas de educação física no período da tarde.

Breno Pataro

Homenagens

Edson Meira conquistou o terceiro lugar na prova de 5 quilômetros


DOM - 06/09/2011