Page 1

PREFEITURA BELO HORIZONTE Ano XVII • N. 3.852 • R$ 0,80

BELO HORIZONTE Diário Oficial do Município - DOM

Estação São Gabriel Adão de Souza

garante mais conforto aos passageiros no feriado

Tiragem: 2.500 • 21/6/2011

Linhas interestaduais transferidas São Geraldo: Natal, Porto Seguro, Guarapari, Nova Almeida, Mossoró, Anchieta, Ilhéus, Marataízes, Prado e Eunápolis Gontijo: Natal, Recife, Salvador, Vitória da Conquista, Porto Seguro, Vitória, Fortaleza, Conceição da Barra e Bom Jesus da Lapa Itapemirim: Natal, Recife, Mossoró, Guarapari, Nova Almeida, São João da Barra, Campos dos Goytacazes e Brasília Nacional: Salvador Penha União: Vitória e Brasília Águia Branca: Conceição da Barra

Como acessar a Estação BHBUS São Gabriel Endereço: Estação BHBUS São Gabriel - Setor Leste: Avenida Cristiano Machado, 5.600, entre o Anel Rodoviário e a Via 240, no bairro São Gabriel.

Metrô O metrô irá oferecer horário de funcionamento especial amanhã, das 5h15 às 23h20, para embarque e desembarque nas estações Eldorado, Lagoinha, Central, São Gabriel e Vilarinho. Neste dia, as demais estações funcionarão das 23h às 23h20 somente para desembarque. Horário normal nos demais dias é das 5h15 às 23h.

Ônibus • Linhas que param na Estação BHBUS São Gabriel: 80, 703, 705, 706, 707, 708, 711, 713, 714, 715, 716, 806, 807, 808, 809, 810, 811, 823, 4120, 4135, 4145, 4150, 4185, 4385, 4445, 4690 e 8350. • Linhas que param próximo à Estação BHBUS São Gabriel (Av. Cristiano Machado): 1505,1505R, 1509, 1510, 5506A, 5506B, 5506C, 5513 e 9503. • Linhas que têm ponto próximo à passarela da rua Jacuí (perto da PUC São Gabriel): 3503A e 3502.

Embarques e desembarques de algumas viagens interestaduais foram transferidos para minimizar transtornos no trânsito da área central e facilitar acesso dos passageiros Em função do feriado de Corpus Christi, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Regional Centro-Sul e da BHTrans, transferiu até segunda-feira, dia 27, os embarques e desembarques de algumas viagens interestaduais do Terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro para a Estação BHBHUS São Gabriel. O objetivo é garantir mais conforto aos passageiros e também minimizar os

possíveis transtornos no trânsito da área central. A Estação BHBUS São Gabriel irá receber os usuários com destino ao Espírito Santo, região Nordeste, Brasília, São João da Barra-RJ e Campos dos Goytacazes-RJ. Desde ontem, além de adquirir as passagens para essas localidades na rodoviária, os passageiros também poderão comprar seus bilhetes na Estação São Gabriel. O local de em-

barque e desembarque do usuário será informado na passagem que também terá anexado um folheto orientando sobre como chegar à estação. Serão realizados esquemas operacionais para aumentar a segurança e o controle do tráfego de veículos dentro e no entorno das estações. Para isso, a Prefeitura tem o apoio da Guarda Municipal, Polícia Civil, Comando de Policiamento da Capital (CPC) e BHTrans. As medidas visam organizar e garantir a fluidez de veículos e pedestres e a operacionalização do terminal.

Carro e táxi Os veículos deverão seguir pela avenida Cristiano Machado até a rotatória do São Gabriel e acessar a Via 240, seguindo até a entrada do Setor Leste da Estação BHBUS São Gabriel. Os acessos estão sinalizados.

Estacionamento A área de estacionamento da estação será disponibilizada apenas para os casos em que o viajante necessite de auxílio e acompanhamento para fazer o embarque (idosos, cadeirantes e deficientes). Os acessos estarão indicados por faixas e sinalização para orientar os motoristas e garantir segurança aos passageiros, pedestres e condutores. A BHTrans alerta para a importância dos motoristas redobrarem a atenção à sinalização implantada. Agentes da Unidade Integrada de Trânsito irão operar o tráfego na região e nos principais acessos à rodoviária.

Secretaria de Saúde vai imunizar cerca de 330 mil crianças na capital mineira no bairro Nova Granada, na região Oeste, com as presenças do prefeito Marcio Lacerda e do secretário municipal de Saúde, Marcelo Teixeira, entre outras autoridades. A imunização contra o sarampo vai até o dia 22 de julho. A vacina Sabin, que protege contra paralisia, é destinada a todas as crianças menores de cinco

Fotos: Adão de Souza

A Campanha de Multivacinação 2011 contra Poliomielite e Sarampo vai imunizar crianças de zero a 6 anos nos 147 postos de saúde da capital. A expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é vacinar 329.915 crianças. O lançamento oficial da campanha em Belo Horizonte foi realizado no sábado, dia 18, na Praça da Saúde,

Marcio Lacerda participou do lançamento oficial da campanha, no sábado, dia18

anos. E a vacina Triviral, contra sarampo, será para crianças de 1 a 6 anos. “É importante que haja uma mobilização dos pais para levar seus filhos aos postos de saúde”, ressaltou o prefeito Marcio Lacerda. Marcelo Teixeira lembrou que a novidade da campanha deste ano é que, além da dose contra a paralisia, as crianças de 1 a 6 anos devem se prevenir contra o sarampo. “A última vacinação contra essa doença foi realizada em 2004”, disse o secretário de Saúde. Nesta campanha de multivacinação, 3.606 profissionais atenderão a população. Para atingir a meta de cobertura vacinal, foram distribuídas 203 mil doses da Sabin e 215 mil doses da Triviral. O Ministério da Saúde também recomendou que os adultos que forem viajar para fora do país procurem um centro de saúde, de segunda a sexta-feira, para que seja feita uma avaliação de necessidade de tomar a vacina do sarampo.

Sarampo O Ministério da Saúde determinou a vacinação para evitar que a epidemia da doença na Europa chegue ao Brasil. Em 2001, o Brasil foi considerado um país livre da transmissão do sarampo. Em BH, a última ocorrência foi registrada em 1999, com três casos. A última campanha de vacinação contra sarampo foi realizada em 2004. Neste ano, 90,6% das crianças de 1 a 4 anos foram vacinadas.

Festa no lançamento A Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) promoveu várias atrações para as crianças no lançamento oficial da campanha, na Praça da Saúde. A programação incluiu piscina de bolinha, algodão doce, pipoca, apresentações teatrais e mascotes de times de futebol mineiros. Durante esse dia, a Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou, além dos 147 postos de vacinação espalhados pelas nove regiões da cidade, mais 203 postos volantes, como igrejas, praças e escolas.


BELO HORIZONTE Diário Oficial do Município

movimenta feriado no Salgado Filho O Centro Cultural Salgado Filho (rua Nova Ponte, 22, bairro Salgado Filho) promove nos dias 23, 24 e 25 o MoviMente – Encontro de Hip Hop. O evento tem o objetivo de congregar grupos envolvidos no movimento e demais interessados na dança de rua, grafite, discotecagem e rap. A programação conta com oficinas, apresentações, filmes e exposições, tudo com entrada e participação gratuitas. A promoção é da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura e do centro cultural. A oficina de Dança de Rua acontece nos dias 23 e 24, quinta e sexta, às 17h, e no dia 25, sábado, às 8h, e será coordenada por Hélio Azevedo, o Helhão do Rap, educador do Projeto Fica Vivo! e Pró Jovem Adolescente. Já a oficina de rap ficará a cargo do DJ Edd e Rosy da Silva, ambos do grupo Verdade Seja Dita, participante de importantes eventos na cena Hip Hop de Beagá, como o Vozes do Morro e Hip Hop In Concert. A temática da oficina de rap será a valorização da mulher e os facilitadores vão instigar os participantes a compor letras que serão apresentadas no Sarau MoviMente, que acontecerá às 11h de sábado, dia 25. As oficinas e o sarau são gratuitos, mas têm vagas limitadas. As inscrições devem ser feitas antecipadamente por meio do telefone 3277-9625 ou pelo e-mail ccsf.fmc@pbh.gov.br. Na quinta, dia 23, às 18h, haverá ainda a exibição de documentário “Falcão – Meninos do Tráfico”, do rapper MV Bill, comentado pela jornalista Fernanda Chaves, especialista em Imagens e Culturas Midiáticas e mestranda em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A comentarista pretende exibir principalmente a parte do documentário que remete à relação entre o movimento hip hop e a trajetória do próprio MV Bill e alguns dos participantes da produção. Chaves pretende, entre outras coisas, provocar reflexões sobre a representação do movimento e dos personagens no documentário. A sessão é gratuita sujeita à lotação do espaço (50 pessoas). No dia 24, sexta, às 18h, a palestra-show de Ice Band, Crime Verbal e Elemento.S irá agitar os presentes. O projeto Hip Hop, Educação para a Vida é uma contrapartida da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e traz estes artistas para compartilhar com o público as contribuições do hip hop em suas experiências de vida. Além disso, os MCs cantam e distribuem brindes. Após as programações dos dias 23 e 24, o MC Blitz será o mestre de cerimônia das noites e o DJ Paizão vai tocar entre as apresentações de grupos de dança, incluindo Black White Boys e Os Descarados. O MC Buddog fará uma apresentação de rap autoral. A pista ficará aberta para o duelo de MCs e para os outros grupos que quiserem apresentar. Durante o evento, o artista plástico Nego vai expor suas telas de grafite e irá produzir uma tela especialmente para o evento. Para o encerramento, 15 participantes sairão do Centro Cultural Salgado Filho às 14h para participar do Aquecimento, no Centro Cultural Venda Nova, evento que integra a programação dos 300 anos de Venda Nova.

Divulgação

Encontro de hip hop

Ana Dinelli

Rhamom THL

Terça-feira, 21 de junho de 2011

Divulgação

2

Poder Executivo

Cinéfilos de BH têm programação especial no final deste mês Cine CCBH Fotos: Divulgação

O Centro de Cultura Belo Horizonte e o Centro Cultural Padre Eustáquio reservaram uma programação especial para os fãs de sétima arte. Hoje o mestre em cinema Ataídes Braga bate um papo com cinéfilos sobre as produções, os espaços de exibição e o intenso movimento cineclubista em Belo Horizonte. A palestra, chamada “Olhares Diversos Sobre o Cinema”, acontece às 19h30, no Centro Cultural Padre Eustáquio (rua Jacutinga, 821, bairro Padre Eustáquio), com entrada gratuita. Já na próxima segunda-feira, dia 27, também às 19h30, o Centro de Cultura Belo Horizonte (rua da Bahia, 1.149, Centro) dá continuidade ao projeto Cine CCBH, exibindo o primeiro de uma série de quatro filmes com o tema “Grandes Diretores de Fotografia do Cinema Brasileiro”, que exibirá filmes até quinta-feira, dia 30. O palestrante Ataídes Braga é historiador, mestre em cinema, poeta, ator, roteirista, pesquisador, crítico e comentarista de cinema. É também autor dos livros “O Fim das Coisas - Salas de Cinemas de Belo Horizonte”, “Fragmentos de Versos” e “Cachoeira de Filmes”. Atualmente é professor no curso de graduação em Cinema do Centro Universitário UNA, em Belo Horizonte, além de dedicar-se ao desenvolvimento de roteiros e outros projetos artísticos. O Cine CCBH homenageia os grandes diretores de fotografia do cinema brasileiro exibindo filmes que receberam, dentre outros prêmios, os de melhor fotografia em festivais nacionais como os de Pedro Farkas, Adrian Cooper e José Roberto Eliezer. Responsável pela imagem do filme, esse profissional observa elementos como luz e cor, dá diretrizes à estética do filme e contrata os melhores profissionais para a realização do que foi planejado. Confira ao lado a programação.

Dia 27: “A Marvada Carne”, de André Klotzel (SP, 1985, Ficção, Colorido, 77 minutos). Dia 28: “A Ostra e o Vento”, de Walter Lima Júnior ( CE, 1997, Ficção, Colorido, 116 minutos). Dia 29: “Beijo 2348/72”, de Walter Rogerio (SP, 1990, Ficção, Colorido, 87 minutos). Dia 30: “Cafundó”, de Clóvis Bueno e Paulo Betti. (PR, 2005, Ficção, Colorido, 97 minutos).


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Fundação Zoo-Botânica oferece treinamento para seus plantonistas mais do Zoológico. Entre as principais funções dos plantonistas estão oferecer atendimento digno aos visitantes, acompanhar, sempre que possível, os casos de emergência decorrentes de acidentes com pessoas ou animais, apoiar as portarias quando necessário e fazer a inspeção das áreas de visitação para que estejam nas condições de receber visitantes. Além disso, os profissionais devem seguir as condutas dos prestadores de serviços para que atendam as regulamentações da instituição, entre outras competências. De acordo com o psicólogo do setor de Recursos Humanos da FZB-BH, Paulo Mendes Alves, a formação é uma importante ferra-

Eldert Theza

A Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte (FZB-BH) promoveu na última semana um treinamento para técnicos, assistentes administrativos e gerentes que trabalham em escala de plantão aos sábados, domingos e feriados. Ao todo, participaram 62 pessoas, entre funcionários e servidores. O objetivo principal foi uniformizar as informações, as recomendações e os procedimentos para que todos os plantonistas pudessem adquirir uma postura profissional padrão. Durante a capacitação foram abordados temas como procedimentos iniciais e de rotina no plantão, atribuições gerais dos plantonistas, plano de fechamento da FZB em situações específicas e plano de recaptura de ani-

menta gerencial e administrativa para o desenvolvimento dos servidores. “Uma instituição como a Zoo-Botânica tem a responsabilidade de informar a sociedade sobre a produção científica e também sobre o aprimoramento de seus servidores e colaboradores, no sentido de oferecer ao público em geral um atendimento de qualidade”, esclarece. Segundo o presidente da FZB, Evandro Xavier, a capacitação deverá se estender a outros profissionais como vigias, porteiros, bilheteiros e agentes de visitação. “Estamos dispostos a oferecer cada vez mais qualificação a nossos funcionários, o que se refletirá em todas as etapas de nosso trabalho”, disse.

3

Suziane Fonseca

Terça-feira, 21 de junho de 2011

Chefe do Serviço de Educação Ambiental, Gislaine Xavier Andrade dá mais detalhes sobre encaminhamento de emergências

Inscrições para sorteio de ingressos para o parque ecológico Vale Verde terminam hoje Estão abertas até as 15h de hoje as inscrições para concorrer a cinco pares de ingressos para o Vale Verde Alambique e Parque Ecológico. Além da entrada, os premiados ganharão cortesia para um dos brinquedos disponíveis no parque. A inscrição deve ser feita pelo link “Sala do Servidor”, no

Adolescentes da Amas visitam em BH acervo do Museu de Arte de São Paulo nascença ao contemporâneo. Ela faz uma síntese do gênero mais consistente da coleção do Masp, compreendendo o período do final do século 16 até os dias atuais. Dentre as obras, destacam-se os retratos de Toulouse-Lautrec, Modigliani e Picasso e os autoretratos

de Pancetti e Darcy Penteado. Esta é uma das ações do Ponto de Cultura, através da Gerência de Arte e Cultura da Amas, que integra outros programas da instituição. O projeto avalia que o incentivo e a promoção de acesso aos espaços culturais é um componen-

cados pelos contatos informados no momento da inscrição e a relação completa dos premiados estará disponível no site da PBH. Os convites devem ser retirados na Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Informação (rua Domingos Vieira,120, Santa Efigênia, 1° andar), das 9h às 17h.

te importante na formação dos jovens atendidos pela instituição. “Com esta atividade buscamos romper com as barreiras, refletindo com os jovens que os espaços consagrados como locais de arte e de cultura também podem ser apropriados por eles”, observa Alan Pires, arte-educador da Amas. A gerente de Formação para o Trabalho da Amas, Patrícia

Freitas, disse que, à medida em que os jovens passam a ter contato com as diversas formas de artes, eles se sentem mais à vontade para se expressarem. “É importante valorizar o olhar e a opinião deles. A cada dia que passa, eles voltam dessas exposições com o sentimento de que o espaço é de todos e que também podem fazer parte daquele espaço”, disse.

Fotos: AMAS

Um belo acervo do Museu de Arte de São Paulo (Masp), que está em exposição na Casa Fiat de Cultura, foi visitado por 266 adolescentes da Associação Municipal de Assistência Social (Amas). A exposição “Olhar e Ser Visto” retrata a figura humana da época da Re-

portal da PBH (www.pbh.gov.br). Basta clicar no banner do sorteio. Para que o link seja direcionado corretamente é necessário que um e-mail institucional da Prefeitura esteja aberto antes do cadastramento. Somente será considerado um cadastro por pessoa. Os sorteados serão comuni-

AVISO Visita de 266 adolescentes fez parte das ações do Ponto de Cultura

A partir de 1º de julho, por força de contrato, as ligações de Longa Distância Nacional (LDN) e Internacional (LDI) serão efetuadas utilizando a operadora Oi (31). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3277-4320 ou pelo e-mail getele@pbh.gov.br


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

30

Terça-feira, 21 de junho de 2011

INDICADORES ECONÔMICOS DE BELO HORIZONTE Taxas de Juros – Maio de 2011

Evolução dos Preços ao Consumidor IPCA(1) Período

IPCR(2) Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

No mês

No ano

Últimos 12 Meses

349,97

2,17

2,17

5,92

jan/11

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

No mês

No ano

Últimos 12 Meses

355,48

1,35

1,35

5,89

fev/11

352,66

0,77

2,96

6,08

356,97

0,42

1,78

5,74

354,89

0,63

3,61

6,50

359,61

0,74

2,53

5,90

abr/11

357,87

0,84

4,48

6,95

362,56

0,82

3,37

6,28

mai/11

359,94 379,51

(3)

0,58

5,08

7,27

0,30

5,41

7,28

364,99 384,95

Maior

Diferença (%)

Média

3,00

5,90

96,67

5,07

Prefixada (montadoras)

1,03

2,41

133,98

1,66

Prefixada (multimarcas)

1,64

2,34

42,68

1,99

(3)

2,16

Empréstimos pessoa física Alimentício Automóveis Novos

Automóveis Usados

0,67

4,06

6,84

Prefixada (montadoras)

1,55

3,61

132,90

0,40

4,46

6,87

Prefixada (multimarcas)

1,86

2,74

47,31

2,20

11,40

13,70

20,18

12,60

(1) IP CA = Índice de P reço s ao Co nsumido r A mplo : mede a evo lução do s gasto s das famílias co m renda de 1a 40 salário s mínimo s na cidade de B elo Ho rizo nte

Cartão de Crédito

(2) IP CR= Índice de P reço s ao Co nsumido r Restrito : mede a evo lução do s gasto s das famílias co m renda de 1a 6 salário s mínimo s na cidade de B elo Ho rizo nte (3) 1ª quadrissemana de julho /94 = 100

Cheque Especial

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

(2) (8)

Combustíveis Construção Civil

Índice de Confiança do Consumidor Variação (%)

Índice de Base Fixa (Maio/04=100)

Período

Menor

Variação (%)

mar/11

1ª jun/11

Taxas médias praticadas(1)

Setores

ICCBH(1)

IEE(2)

No mês

No ano

Últimos 12 Meses

IEF(3)

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

7,46

9,59

28,55

8,53

1,71

17,85

943,86

8,06

(3) (7)

Imóveis Construídos

0,17

2,07

1.117,65

1,38

Imóveis na Planta

0,23

1,73

652,17

0,91

1,15

4,20

265,22

2,45

2,81

4,84

72,24

3,84

1,68

2,03

20,83

1,87

4,25

102,38

3,25

Cooperativas de Crédito (empréstimo) Crédito Direto ao Consumidor (CDC)

dez/10

134,17

186,93

117,30

-1,51

-3,67

-0,38

-2,39

0,72

-3,91

-2,39

0,72

-3,91

jan/11

137,53

193,41

119,69

2,51

3,47

2,04

2,51

3,47

2,04

-1,66

2,87

-3,84

fev/11

135,92

195,96

116,70

-1,18

1,32

-2,49

1,30

4,83

-0,51

-1,06

7,31

-5,06

Eletroeletrônicos

2,10

CDC - Financeiro (8) CDC - Bens Alienáveis

(8)

mar/11

138,91

196,09

120,64

2,21

0,07

3,37

3,54

4,90

2,84

5,88

11,44

3,21

Mobiliário

1,49

5,76

286,58

2,84

abr/11

137,74

187,58

121,83

-0,84

-4,34

0,99

2,66

0,35

3,86

6,70

5,16

7,48

Financeiras Independentes

6,08

14,58

139,80

9,53

mai/11

133,44

180,41

118,43

-3,12

-3,82

-2,79

-0,54

-3,49

0,97

0,57

0,82

0,44

Turismo Nacional

0,90

3,95

338,89

2,41

Internacional

0,90

3,95

338,89

2,39

1,48

7,11

380,41

3,90

(1) ICCB H: Índice de Co nfiança do Co nsumido r de B elo Ho rizo nte: trata-se de um indicado r que tem po r finalidade sintetizar a o pinião do s co nsumido res em B elo Ho rizo nte quanto ao s aspecto s capazes de afetar as suas decisõ es de co nsumo atual e futuro (2) IEE: Índice de Expectativa Eco nô mica: retrata a expectativa do co nsumido r em relação ao s indicado res macro eco nô mico s (3) IEF: Índice de Expectativa Financeira: retrata a co nfiança do co nsumido r a respeito de alguns indicado res micro eco nô mico s

Vestuário e Calçados

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Empréstimos pessoa jurídica

Residenciais Período Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

Comerciais

Variação (%) No mês

Últimos 12 Meses

No ano

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

No mês

No ano

(8)

1,46

2,41

65,07

2,00

Capital de Giro (8)

1,23

2,52

104,88

2,05

Conta Garantida (8)

1,64

8,37

410,37

5,56

Desconto de Duplicatas

Evolução do Mercado Imobiliário: Aluguéis

Captação

Últimos 12 Meses

dez/10

372,63

0,68

13,04

13,04

484,33

0,62

16,50

16,50

jan/11

374,79

0,58

0,58

12,43

489,85

1,14

1,14

fev/11

378,98

1,12

1,71

12,55

497,44

1,55

mar/11

382,43

0,91

2,63

12,29

500,88

0,69

CDB 30 dias

(4)

0,93

Cooperativas de Crédito (aplicação)

0,84

Fundo de Investimento Curto Prazo

0,49

0,81

65,31

16,82

Fundo de Investimento Longo Prazo

0,74

0,85

14,86

2,71

16,29

Poupança (5)

3,42

15,70

abr/11

385,15

0,71

3,36

11,64

505,38

0,90

4,35

14,37

mai/11

387,54

0,62

4,00

11,04

509,68

0,85

5,23

13,98

0,67 0,81 0,66

Taxa SELIC (6)

0,95

(1) Co nsidera-se a média das taxas praticadas pelo s info rmantes

(5) Taxa referente ao primeiro dia do mês subsequente

(2) Não são co nsideradas vantagens pro gressivas

(6) M édia po nderada pela vigência

(3) Inclui a variação do s indexado res CUB , TR, INCC e IGP -M

(7) No vo cálculo co nsiderando o perío do do s índices que co mpõ em a estimativa (8) Dado s co letado s a partir de info rmaçõ es co nso lidadas no B anco Central do B rasil

(4) Taxa A NB ID do primeiro dia útil do mês e pro jetada para 30 dias

.. Não se aplica dado s numérico s

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

ND - não dispo nível

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Tarifas Bancárias – Maio de 2011

Valores médios (em R$) dos aluguéis residenciais por classe de bairro(*) - Maio de 2011 Imóveis

Popular

Médio

Alto

Forma de Cobrança

(1)

Produtos / serviços

Luxo

Menor (R$) Maior (R$) Diferença (%) Média (2) (R$)

CADASTRO

Apartamento 1 Quarto Apartamento 2 Quartos

Apartamentos

Apartamento 3 Quartos 1 Banho Apartamento 3 Quartos 2 ou mais Banhos

420,00 (5)

(1)

631,25 (24)

1488,40 (50)

549,56 (45)

800,90 (81)

919,54 (91)

1770,22 (89)

614,55 (11)

Barracão 1 Quarto

1000,00 (18)

(1)

957,67 (30)

1110,44 (68)

1308,85 (130)

2122,63 (210)

(3)

(1)

1540,00 (5)

(2)

Apartamento 4 Quartos e até 2 Banhos Apartamento acima de 4 Quartos e 2 Banhos

751,36 (11)

2180,00 (5)

1700,00 (4)

2380,00 (30)

3811,43 (147)

341,67 (18)

397,14 (7)

(3)

-

(3)

581,25 (8)

(1)

-

Barracões Barracão 2 Quartos

-

-

(2)

-

553,00 (10)

723,64 (11)

966,67 (6)

(2)

Casa 1 Quarto Casa 2 Quartos Casa 3 Quartos e 1 Banho Casas

Casa 3 Quartos e 2 ou mais Banhos Casa 4 Quartos e até 2 Banhos Casa 4 Quartos e 2 Banhos

727,69 (13)

1100,00 (11)

(1)

(1)

1112,50 (20)

1365,00 (10)

2271,43 (14)

4584,62 (13)

1540,00 (5)

(3)

1887,50 (8)

(1)

(3)

3972,73 (11)

(1) 7631,25 (32)

(*) O valor entre parênteses representa o número de imó veis utilizados no cálculo da respectiva média. Na maio ria das vezes, so mente são publicados valo res médios o btido s a partir de quatro imó veis pesquisados. Os caso s em que não fo i pesquisado nenhum imóvel são indicados po r hífen (-). Os valo res médios referentes a apartamentos de 1e 2 quarto s da classe luxo são influenciados pela o ferta de Flats.

Confecção de cadastro para início de relacionamento - CADASTRO

por evento

0,00

59,00

..

28,27

CARTÃO - Fornecimento de 2º via de cartão com função débito

por evento

0,00

10,00

..

7,08

CARTÃO - Fornec. de 2ª via de cartão com função mov. conta de poupança

por evento

0,00

10,00

..

6,72

CHEQUE - Exclusão do Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundo (CCF)

por evento

20,00

52,00

160,00

36,70

CHEQUE - Contra-ordem e oposição ao pagamento de cheque

por evento

6,00

15,00

150,00

11,40

CHEQUE - Fornecimento de folhas de cheque

por evento

0,60

1,70

183,33

1,35

CHEQUE - Cheque Administrativo

por evento

16,00

27,00

68,75

22,71

CONTAS DE DEPÓSITOS

CHEQUE - Cheque de transferência bancária_(TB e TBG)

por evento

ND

ND

ND

ND

CHEQUE - Cheque Visado

por evento

0,00

21,00

..

11,60

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE pessoal

por evento

0,00

3,50

..

2,15

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE Terminal

por evento

0,00

3,00

..

1,75

Saque de conta de dep. à vista e de poupança - SAQUE correspondente

por evento

0,00

2,30

..

1,34

DEPÓSITO - Depósito Identificado

por evento

0,00

5,00

..

1,95

Forn. de ext. mensal de conta de dep. à vista e de poup.- EXTRATO(P)

por evento

1,60

6,00

275,00

3,21

Forn. de ext. mensal de conta de dep. à vista e de poup.- EXTRATO(E)

por evento

0,00

3,00

..

1,87

Forn. de ext. mensal de conta de dep. à vista e de poup. - EXTRATO(C)

por evento

0,00

2,00

..

1,06

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período -EXTRATO(P)

por evento

0,00

6,00

..

2,85

Ext. mensal de conta de dep. à vista e Poup. p/um período - EXTRATO(E)

por evento

1,00

5,00

400,00

2,21

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período - EXTRATO(C)

por evento

0,00

5,00

..

1,62

Fornecimento de cópia de microfilme, microficha ou assemelhado

por evento

3,00

7,00

133,33

5,42

Transferência por meio de DOC/TED - DOC/TED pessoal

por evento

ND

ND

ND

ND

Transferência por meio de DOC/TED - DOC/TED eletrônico

por evento

ND

ND

ND

ND

Transferência de recursos por meio de DOC/TED - DOC/TED internet

por evento

ND

ND

ND

ND

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(P)

por evento

0,00

19,00

..

11,76

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(E)

por evento

0,00

30,00

..

9,61

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(I)

por evento

0,00

30,00

..

9,24

Transferência entre contas na própria instituição- TRANSF. RECURSOS(P)

por evento

0,00

2,95

..

1,33

Transferência entre contas na própria instituição-TRANSF.RECURSOS(E/I)

por evento

0,00

2,70

..

0,95

Ordem de Pagamento - ORDEM PAGAMENTO

por evento

16,00

27,00

68,75

24,47

por evento

11,00

49,00

345,45

37,12

por evento

10,50

18,00

71,43

13,35

TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS

OPERAÇÕES DE CRÉDITO Concessão de adiantamento a depositante - ADIANT. DEPOSITANTE PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

(1) Não são co nsideradas vantagens pro gressivas

(2) Co nsidera-se a média das tarifas praticadas pelo s banco s pesquisado s

Fo nte: B anco Central do B rasil / B anco s - Dado s trabalhado s pela Fundação IP EA D/UFM G

.. Não se aplica dado s numérico s

Custo da Cesta Básica (*) – Maio de 2011

Evolução da inflação, salário mínimo e cesta básica

Período

IPCA(1)

No mês

Salário Mínimo

Cesta Básica (2)

IPCA

No ano

Salário Mínimo

Cesta Básica

IPCA

Últimos 12 Meses

Salário Mínimo

Cesta Básica

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

dez/10

342,54

787,16

417,30

0,33

0,00

-3,60

5,68

9,68

9,18

5,68

9,68

9,18

jan/11

349,97

833,46

421,24

2,17

5,88

0,94

2,17

5,88

0,94

5,92

5,88

12,90

fev/11

352,66

833,46

429,26

0,77

0,00

1,91

2,96

5,88

2,87

6,08

5,88

10,51

mar/11

354,89

841,18

455,21

0,63

0,93

6,04

3,61

6,86

9,08

6,50

6,86

11,23

abr/11

357,87

841,18

433,20

0,84

0,00

-4,84

4,48

6,86

3,81

6,95

6,86

0,49

mai/11

359,94

841,18

446,42

0,58

0,00

3,05

5,08

6,86

6,98

(1) IP CA = Índice de P reço s ao Co nsumido r A mplo : mede a evo lução do s gasto s das famílias co m renda de 1a 40 salário s mínimo s na cidade de B elo Ho rizo nte (2) Cesta B ásica: representa o s gasto s de um trabalhado r adulto co m a alimentação definida pelo Decreto -lei 399/38 FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Quantidade

Valores (em R$)

Açúcar cristal

3,00 kg

5,51

0,04

Arroz

3,00 kg

5,44

-0,04

Banana caturra

12,00 kg

17,76

-0,72

Batata inglesa

6,00 kg

11,64

-0,55

Café moído

0,60 kg

6,43

0,06

Chã de dentro

6,00 kg

97,56

1,34

Produto

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

ND: não dispo nível

7,27

6,86

7,60

Contribuição na variação (p.p.)

Farinha de trigo

1,50 kg

3,06

0,00

Feijão carioquinha

4,50 kg

14,09

0,09 0,30

Leite pasteurizado

7,50 l

15,75

Manteiga

750,00 g

13,16

0,01

Óleo de soja

1,00 un

2,90

0,00

Pão francês

6,00 kg

36,60

0,07

Tomate

9,00 kg

28,71

2,44

(*) Cesta B ásica: representa o s gasto s de um trabalhado r adulto co m a alimentação definida pelo Decreto -lei 399/38 FONTE: Fundação IP EA D/UFM G


Poder Executivo Terça-feira, 21 de junho de 2011

BELO HORIZONTE

Diário Oficial do Município

Urbel

Urbel e Regional Norte realizam fiscalização conjunta na Vila São Tomás

Estabelecimentos comerciais foram visitados e notificados por não pussuírem alvará de funcionamento

31

A Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte (Urbel), por meio da Diretoria de Regularização e Controle Urbano, e a Regional Norte realizaram na última semana uma ação conjunta de fiscalização de posturas e de limpeza urbana na Vila São Tomás. Três estabelecimentos comerciais foram visitados e notificados por não possuírem alvará de funcionamento. O fiscal de Posturas da regional, Renzo José de Sales, orientou os comerciantes a procurar o órgão para legalizar seus estabelecimentos. Segundo ele, o prazo inicial é de 30 dias para o comércio receber o alvará e afixá-lo na parede, mas se o proprietário achar o prazo insuficiente pode solicitar, em 15 dias, uma prorrogação de mais 30 dias para obter a documentação. De acordo com o supervisor de Controle Urbano, Aldo Alves, em qualquer ação de fiscalização, a primeira visita tem por objetivo dar ciência ao proprietário ou morador, através da notificação, que, de acordo com o Código de Posturas e a Lei de Uso e Ocupação do Solo, a sua situação está irregular. Na oportunidade, o fiscal também orienta sobre os procedimentos necessários para ele se adequar ao que rege a lei. Após o prazo determinado na notificação, se não fo-

ram tomadas as devidas providências, a Prefeitura pode aplicar multa ou, dependendo do caso, outra sanção prevista na legislação. Vantuil da Silva, morador da Vila São Tomás, tem uma pequena marcenaria familiar no fundo de seu quintal e recebeu a notificação por falta de alvará. Mas ele não ficou surpreso com a visita e disse que já pensava em regularizar a situação. “Eu estava procurando a melhor forma de fazer isso e, agora que tive orientação, vou providenciar logo a consulta prévia na regional para saber se a atividade que exerço é permitida aqui na área. Quero ter meu alvará para funcionar legalmente. Eu não incomodo ninguém aqui da vizinhança e sempre tomo muito cuidado com o barulho das máquinas, que são ligadas de 8h30 às 17h”, explicou. Desde 2009 a Urbel vem estruturando o trabalho de controle urbano e, segundo o diretorpresidente Claudius Vinícius Leite Pereira, a parceria com as regionais é fundamental. “As ações de fiscalização tendem a melhorar as condições de vida e tornar o ambiente das vilas mais saudável à medida que levam o conhecimento da lei para a comunidade. Vale ressaltar que, para a efetividade do processo, é preciso também a colaboração da comunidade”, disse.

Gercom Centro-sul

Regional Centro-Sul intensifica ações de combate aos roedores

A Gerência Regional de Controle de Zoonoses Centro-Sul está realizando nos aglomerados da região e na área central da ci-

dade ações que visam combater os roedores. O trabalho começou no final do mês de maio e estende-se até o final de agosto.

O objetivo é eliminar a incidência desses animais em locais que contribuem para o seu aparecimento e favorecem a reprodução. Os ratos, além de se multiplicarem rapidamente, podem transmitir doenças graves ao homem. Por causa do risco que esses animais podem trazer, a Gerência de Controle de Zoonoses promove ações que consistem na orientação da população, por meio de material informativo, inspeção e, quando constatada a necessidade, aplicação de raticida. No final do mês de maio, a ação começou a ser executada na Vila Cafezal. No início do mês de junho, o trabalho foi realizado nas vilas Nossa Senhora de Fátima e Santa Rita de Cássia. “Não há um tempo certo para terminar, já que o resultado depende da eficiência das estratégias utilizadas para eli-

minar os roedores”, destacou o técnico superior de Saúde, Luiz Simões. As vilas da região Centro-Sul que ainda serão alvo desse traba-

lho são Nossa Senhora Aparecida, São José, Marçola, Bandeirantes e Conjunto Santa Maria. O hipercentro também será inspecionado até o final de agosto.

Ações estão acontecendo nos aglomerados da região e na área central

1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 Será mudada hoje a circulação de seis vias no entorno da 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 to da oferta de estacionamento nas vias transversais à rua Izabel 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 rua Izabel Bueno, na Pampulha, para melhoria das condições de 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 Bueno, a revitalização dos pontos de ônibus ao longo da via 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 circulação na região. As alterações constituem a primeira etapa 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 com nova sinalização, o aumento da segurança dos pedestres e 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 de inversão de mão direcional de circulação, o que vai organizar 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 da redução dos conflitos nos cruzamentos com a rua Izabel 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 o trânsito e reduzir os conflitos nos cruzamentos, garantindo mais 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 Bueno. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 fluidez, segurança e melhor mobilidade para condutores e peO projeto da rua Izabel Bueno e de suas adjacências aten1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 destres que circulam na região. de reivindicações da comunidade e é resultado também do acom1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 Passam a operar com mão única direcional as ruas Calunga, panhamento técnico da BHTrans sobre o funcionamento das vias 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 entre as ruas Cana Verde e Izabel Bueno, nesse sentido; Pedro na capital, considerando aspectos como suas características, o 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 Dutra, entre as ruas Izabel Bueno e Cana Verde, nesse sentido; uso pela comunidade, o volume de tráfego de veículos e de pe1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 Bacupã, entre as ruas Cana Verde e Izabel Bueno, nesse sentido; destres e o funcionamento da circulação, entre outros detalhes. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 Guarumã, entre as ruas Izabel Bueno e Cana Verde, nesse sentido; A comunidade foi envolvida no processo, antes e durante 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 Antônio Paulino de Castro, entre as ruas Izabel Bueno e Cana Vera elaboração do projeto, em reunião da empresa com o público 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 de, nesse sentido; Silvério Ribeiro, entre ruas Francisco Proença e alvo das mudanças. Além disso, um teste operacional das altera1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 Izabel Bueno, nesse sentido, e Feliciano Negrão, entre ruas Silvério ções, contemplando demandas comunitárias, foi realizado. Fo1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 Ribeiro e Dr. Cornélio Rosemberg, nesse sentido. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 ram produzidos e estão sendo distribuídos 5 mil folhetos infor1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 No mês de maio foram executadas obras que também tive1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 mativos e de orientação para a comunidade. Faixas de tecido 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 ram o objetivo de melhoria da circulação viária, além do aumen1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 complementam as orientações aos motoristas e pedestres. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

Vias do entorno da rua Izabel Bueno, na Pampulha, têm rotas alteradas

1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 Rua do bairro São 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 Francisco tem mudança 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 de direção a partir de hoje 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 A rua Viseu, entre a rua 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 Estoril e a avenida Major Delfino 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 de Paula, no bairro São Francisco, 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 atualmente mão dupla, passa a 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 operar em mão única direcional 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 neste sentido a partir de hoje. O 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 objetivo da mudança é proporcio1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 nar mais segurança no trânsito e 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 melhorar as condições de circula1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 ção de pedestres e veículos. As al1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 terações serão sinalizadas com fai1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 xas de pano para orientar os moto1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 ristas e pedestres. Agentes da 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 BHTrans irão monitorar o trânsito 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 na região. 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901 1234567890123456789012345678901


BELO HORIZONTE Vovós da Alegria

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

32 32

Terça-feira, 21 de junho Terça-feira, 21 de junho 2011 de 2011 Para reapresentar e revitalizar seu espaço multiuso, a diretoria da Unidade Municipal de Ensino Infantil (Umei) Itatiaia (rua Maria Cecília, 270, Itatiaia) promoveu um momento de contação de histórias com as Vovós da Alegria. O grupo, composto por três atrizes, conta com a avó de um aluno, Maria Aparecida de Oliveira, que encantou a meninada de 1 a 6 anos. As brincadeiras, adivinhações e músicas levaram as crianças ao delírio com a alegria, vivacidade e disposição do grupo. Segundo a coordenadora da Umei Itatiaia, Flávia Soares, esta foi mais uma maneira de leDivino Advincula

Gercom Pampulha

encantam crianças da Umei Itatiaia

var as crianças daquela unidade ao aprendizado através de um momento cultural. A promoção é fruto do aprendizado no intercâmbio com o ensino infantil do nordeste da França, visitado recentemente por seis educadoras da Rede Municipal de Ensino de Belo Horizonte. A coordenadora explica que o espaço multiuso daquela escola foi reorganizado para proporcionar às crianças opções de brincadeiras livres, fantasia e contação de histórias. “A participação das Vovós da Alegria veio abrilhantar este momento de magia para nosso mundo infantil”, disse.

Contação de histórias com as três atrizes foi uma maneira de levar crianças da Umei ao apredizado através de um momento cultural

Escolas de Venda Nova promovem bate-papo com escritor e desfile ecológico Desfile ecológico

Gercom Venda Nova

Marconi Leal é autor do livro “Tumbu”, incluido no Kit Literário da PBH 2010

Esquete teatral incrementa reunião do Arte da Saúde na Pampulha Em uma demonstração de como o projeto Arte da Saúde vem atingindo seus objetivos na Pampulha, crianças e adolescentes do Núcleo Itamarati apresentaram uma esquete teatral na última semana durante a reunião mensal da Supervisão de Saúde Mental da Regional com o tema “Causos de Família”. A peça aborda o cotidiano familiar de um casal pobre que tem diversas dificuldades para criar seus filhos, com problemas como desemprego e alcoolismo. O objetivo foi levar os membros das equipes de Saúde Mental da Pampulha a refletir sobre a necessidade do diálogo dentro das teias familiares. A responsável pela preparação da esquete é a monitora do programa do teatro da Arte da Saúde - Núcleo Santa Amélia, Danielle Anatólio. Ela se baseou nos relatos familiares dos participantes do Arte da Saúde do Núcleo Itamarati. O projeto Arte da Saúde tem como finalidade interromper a trajetória de vulnerabilidade e exclusão social de crianças e

adolescentes. Através da arte, de exercícios de aptidões, da experimentação e convivência em grupo, o projeto permite a construção de valores sociais, o restabelecimento de buscas individuais, o resgate da auto estima e de possibilidade para crianças e adolescentes, como entende a assistente social Taiana Miqueri. Também conhecido como Ateliê da Cidadania, o projeto contribui para a construção de protagonismo e de uma identidade sociocultural e política dos participantes. O Arte da Saúde conta com oficinas ministradas por monitores, preferencialmente da própria comunidade, que tenham habilidades para a arte e para acolher e lidar de forma ética e humanizada com as crianças e adolescentes e com questões que envolvem grupos. No momento, o projeto na Pampulha conta com quatro núcleos em funcionamento.

A Escola Municipal Antônia Ferreira também recebeu outra atividade, desta vez no final de semana, um desfile de moda com roupas produzidas a partir de materiais recicláveis. O desfile teve a participação de 34 alunos de 6 a 11 anos, além de modelos profissionais da agência Celebrity Eventos. O evento fez parte das comemorações pelos 40 anos da escola, completados no dia 17 de junho. Gisele Pedersoli, diretora da escola, explica que as roupas do desfile foram confeccionadas com tampas de garrafa, garrrafas pet, caixas de leite e jornais arrecadados pelos alunos. “Os meninos se apresentaram com roupas de soldado e as meninas com vestidos de princesa”, explicou. O evento teve ainda a apresentação de um cover do cantor Michael Jackson.

João Gabriel

O escritor Marconi Leal, autor do livro “Tumbu”, incluído no kit literário da Prefeitura de Belo Horizonte no ano passado, esteve em Venda Nova na última semana para um bate-papo com alunos e professores. “Tumbu” é uma obra da literatura afrobrasileira e foi entregue às escolas municipais pela Secretária Municipal de Educação, com o objetivo de trabalhar a temática étnico racial. O encontro aconteceu pela manhã na Escola Municipal Carlos Drummond de Andrade, no bairro Letícia, e à tarde na Escola Municipal Antônia Ferreira, no bairro São João Batista. Ambientado no Brasil Colonial, o livro conta a história de um garoto africano que atravessa o Oceano Atlântico escondido em um navio para tentar encontrar os pais, raptados e vendidos a traficantes negreiros por uma tribo rival. Na escola Antônia Ferreira, o bate-papo reuniu educadores para discutir o tema “O uso da literatura no espaço escolar: a interface entre o lúdico e o pedagógico”. Na ocasião, os professores fizeram uma explanação sobre como desenvolveram atividades pedagógicas a partir da obra literária

Crianças e adolescentes do Núcleo Itamarati apresentaram uma peça com o tema “Causos de Família”

DOM - 21/06/2011  

Diário Oficial do Município

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you