Page 1

Ano XVII • N. 3.812 • R$ 0,80

BELO HORIZONTE Diário Oficial do Município - DOM

Parques e cemitérios

municipais recebem melhorias Reformas e manutenções garantem a qualidade dos espaços e dos serviços prestados pela Fundação de Parques Municipais

Parque Primeiro de Maio Primeira terça-feira de cada mês, às 19h. Este é o dia e o horário da FPM se reunir com a comunidade do entorno do Parque Primeiro de Maio. O encontro possibilita uma troca de informações fundamental para que sejam realizadas ações prioritárias no local. Uma das questões levantadas pelos usuários durante a reunião de abril foi a necessidade de melhoria do herbanário de plantas medicinais. Serviços hidráulicos e elétricos solicitados em março começaram na última semana.

Integração Segundo a turismóloga da FPM, Gisele Mafra, uma característica desse contato com a comunidade é permitir que a fundação conheça melhor as necessidades e desejos dos usuários em relação ao parque. “Queremos contar com a ajuda deles no cuidado com esse espaço e ampliar a eficiência das nossas ações”, afirmou. De acordo com o diretor de Planejamento e Monitoramento da FPM, Jorge Espeschit, com a representação de diferentes setores da sociedade, é possível fazer uma gestão compartilhada.

Fotos: FPM

Reparos nos brinquedos, pintura da edificação e de equipamentos, revisão da iluminação, troca de molas nas portas de aço, reparos na cerca e complemento do alambrado nas quadras. Estas foram algumas das melhorias realizadas no Parque Nossa Senhora da Piedade neste mês de abril, por meio do contrato de manutenção da Fundação de Parques Municipais (FPM). Além desta, outras unidades da FPM passaram por melhorias neste início de ano, como os parques Primeiro de Maio, Baleares, Julien Rien e Municipal, Centro de Vivência Agroecológica (Cevae) Coqueiros e os cemitérios da Paz, Bonfim e Saudade. Neste, foi feita uma reforma completa da área de vivências dos funcionários, troca de piso e telhas na administração e de azulejos e piso no velório 4. De acordo com o presidente da FPM, Luiz Gustavo Fortini, as reformas e manutenções visam garantir a qualidade dos espaços e dos serviços prestados. “Só neste mês de abril, outras dez obras foram iniciadas e devem ser concluídas em maio, como, por exemplo, a recuperação dos banheiros do Parque Professor Guilherme Lage e do Parque Esportivo do Parque das Mangabeiras”, disse. Outra melhoria que deve ser entregue à popu-

lação ainda neste primeiro semestre é a revitalização do Parque Elias Michel Farah, na região da Pampulha. Entre as intervenções que já estão sendo realizadas estão a construção de brinquedo modulado, reforma completa da edificação de apoio, incluindo banheiro acessível, reparos na infraestrutura de drenagem, passeios e muro de divisa, além do paisagismo.

Reforma de velórios de cemitérios e complemento de alambrado em quadras são alguns dos serviços executados

Tiragem: 2.500 • 26/4/2011

Inventário das Árvores de BH começa a sair do papel No final do mês de fevereiro, quando foi assinado o convênio entre Prefeitura de Belo Horizonte, Cemig e Universidade Federal de Lavras (Ufla) para a realização do Inventário das Árvores de Belo Horizonte, o secretário municipal de Meio Ambiente, Nívio Lasmar, fez questão de alertar que o ambicioso projeto, até por seu pioneirismo, passaria por várias etapas e que sua efetiva realização demandaria alguns meses. Mas o inventário começa a sair definitivamente do plano das idéias para a prática e abril foi marcado por três importantes atividades neste sentido. A primeira delas foi a criação de um Portal de Base de Conhecimento que vai servir, em um primeiro momento, para que todas as empresas, órgãos públicos e profissionais envolvidos possam não somente acompanhar de perto o trabalho que está sendo executado como disponibilizar informações referentes ao projeto, oferecer sugestões e acompanhar o cronograma, além de possibilitar a difusão dos conhecimentos gerados no projeto. O link de acesso, por enquanto, está sendo acessado apenas para as pessoas envolvidas no processo. Na última semana, um grupo de profissionais da Ufla esteve reunido na sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) com representantes da Cemig para dar continuidade à elaboração do plano de comunicação para a divulgação do inventário. Juntamente com um primeiro esboço de objetivos, conceitos e público alvo, foram apresentadas a logomarca e as peças publicitárias elaboradas inicialmente, incluindo os uniformes do pessoal de campo. A expectativa é que algo em torno de 300 mil árvores serão estudadas, cadastradas e incluídas no Sistema de Informações do Inventário de Árvores de Belo Horizonte (SIIA-BH) a ser instalado no DataCenter da Prodabel e novas e importantes informações serão geradas quase que diariamente. O coordenador de Tecnologia do projeto, Samuel Campos, salientou que, pelo pioneirismo do inventário, é necessário expô-lo em canais como feiras e seminários sobre o meio ambiente que ocorrerem em Minas e em outros estados. Um trabalho de mídia localizado será realizado nas regiões onde o trabalho de campo será realizado, visando obter o maior apoio da população e a compreensão do trabalho. A meta é conscientizar a todos de que a realização do inventário não vai impedir a queda de novas árvores, o que pode acontecer por variados motivos, mas vai dar condições melhores de trabalhar no manejo, controle, supressão e rearborização da cidade. Ao final da reunião, foi aprovada a realização de um concurso interno, envolvendo os profissionais de todas as entidades envolvidas, para definição do slogan do inventário. Novo encontro do grupo foi marcado para o próximo dia 5 de maio.

Trabalho no campo No início deste mês, a Ufla promoveu um workshop para 39 técnicos envolvidos no projeto. O professor Fabiano Milani, da Adapt Work, uma das mais respeitadas empresas de treinamento do país, especialmente convidado para o curso, explicou que o objetivo foi familiarizar os profissionais com a metodologia Scrum que está sendo utilizada pela universidade no desenvolvimento do sistema para a realização do Inventário das Árvores. Segundo ele, esta metodologia pressupõe maior agilidade no planejamento e execução das atividades possibilitando uma maior interação entre os executores e o cliente, assim como uma melhor qualidade do produto final.

Apenas no mês de abril dez obras foram iniciadas e devem ser terminadas em maio

Divino Advincula

PREFEITURA BELO HORIZONTE


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

2

Terça-feira, 26 de abril de 2011

Professores de Umei são orientados sobre o uso correto da voz Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Itatiaia se reuniram na última semana para assistirem a

palestra “Professor: Como cuidar de sua voz”, quando receberam orientações sobre os cuidados básicos

Ana Paula Miranda

Com o objetivo de utilizar corretamente a voz, ferramenta de trabalho diário, 29 professores da

para manter a voz saudável, com boa qualidade, potencializando seu uso. A palestra foi ministrada pela fonoaudióloga Carla Matioli. Dentre as diversas informações recebidas, os professores entenderam que a utilização incorreta das cordas vocais pode levar ao aparecimento de problemas simples ou até alterações mais graves. Se há um bloqueio nesta, existe uma perda enorme de qualidade de vida. Todos precisam ter cuidados com a voz, mas para quem utiliza a voz profissionalmente, é preciso ter alguns cuidados vocais essenciais para manter a integridade e a saúde vocal. Para Ana Paula Miranda,

Músicos do Barreiro lançam DVD A Prefeitura, em parceria com o bar e restaurante Sol Luar, promoveu no dia 15 o lançamento do DVD “Músicas de Barzinho”, que reúne canções de estilos variados, que vão do MPB à bossa nova, passando pelo pop rock nacional e internacional, todas interpretadas por músicos da região. Quem perdeu a oportunidade de conferir as canções do DVD ao vivo terá outra chance. Os músicos já confirmaram presença em uma apresentação agendada para sexta-feira, dia 29, às 19h, novamente no bar e restaurante Sol Luar (rua Flávio Marques Lisboa, 455, Barreiro). No último evento, realizado na já tradicional Feira das Variedades, promovida na Praça Domingos Gatti às sextas-feiras, subiram ao

palco nada menos que sete músicos. O Trio Soluar, formado por Eulerson Rodrigues, Giovanne Franco e Euler Chaves , abriu o show com a apresentação de “Soluar”, música tema do DVD. A letra de autoria de Eulerson Rodrigues destaca o restaurante como ponto de encontro de músicos do Barreiro. Marcio Costa, Will Vivas, Maurílio Marques, Samuca Xavier, Orfeu e os Alquiministas e Paulo Queiroga se apresentaram na sequência. Há seis anos revelando talentos da região, o bar e restaurante vê no DVD uma possibilidade de valorização da cultura regional. “O Barreiro é cheio de talentos. Faltam atividades como essa para torná-los conhecidos”, explica o cantor Will Vivas. O DVD tem distribuição gratuita.

Érica Fernandes

Ideia da palestra foi conscientizar professores sobre a importância da voz e de seu uso correto

Músicos apresentaram músicas do DVD em um bar e restaurante da região

Alunos da Escola Integrada lançam jornal na Vila Santa Rita O Centro Cultural Vila Santa Rita (rua Ana Rafael dos Santos, 149, no Vila Santa Rita) recebe amanhã, às 19h, o lançamento do jornal da Escola Integrada no Centro Cultural Vila Santa Rita. O jornal foi criado por alunos e monitores, contemplando atividades realizadas nas oficinas do Programa Escola Integrada (PEI). Segundo a monitora de rádio e jornal da Escola Municipal Jonas Barcellos Corrêa, Carla Antonia de Sousa, as atividades contidas no jornal foram construídas coletivamente ao lon-

go do PEI, como a caminhada de mobilização contra a dengue, o dia da alegria, família na escola, todos contra a dengue e excursão ao clube, entre outras. O objetivo do trabalho é despertar nos alunos o interesse pela comunicação e ser uma forma de conexão entre professores e comunidade. “A oficina possibilita construir as diversas formas de expressão e linguagem, despertando criatividade, autonomia e diálogo”, disse ela. Quem prestigiar o evento terá a chance de ver o “Rap da

coordenadora do Núcleo de Apoio à Saúde da Família Pampulha, foi muito importante proporcionar este momento de aprendizagem e reflexão aos profissionais. “Ações de promoção da saúde são muito importantes porque conscientizam a pessoa de que saúde do ser humano é um conjunto e a voz também faz parte desse todo”, disse. Também foram realizadas ações de conscientização nos Centros de Saúde Confisco e Santa Teresinha e no Centro de Referência em Assistência Social (Cras) Confisco para profissionais e usuários dos serviços públicos. Nestes locais, a fonoaudióloga responsável foi Lilian Soutto.

Escola Integrada”, criado pelos alunos. “Apresentei as bases de rap e eles escolheram a que combinava com o ritmo das rimas. Não sou cantora e eles também não, portanto o trabalho segue de acordo com a simplicidade e criatividade de cada um”, afirma Carla. Além disso, serão apresentadas exposições de trabalhos como portfólios, banners, colcha de retalhos e fantasias. Para o lançamento, também foi convidado o grupo de forró universitário da Escola Aberta, que promete muita animação.

Rap da Escola Integrada Se liga, se liga, se liga meu irmão Aqui quem tá falando é a escola sangue bom Se liga na parada da escola integrada Quem está aqui, não entra em roubada Aê meu irmão Aqui só tem sangue bom monitores, alunos todos são irmãos Aqui só tem, só tem sangue bom valentão aqui dentro, violência não. O respeito com todos aqui tem que ter Isso vale pra mim e também pra você A escola integrada não é qualquer uma É educação, é lazer, é cultura Você que está ligado preste muita atenção Respeite os funcionários É nossa obrigação Respeite professores É nossa obrigação No Jonas Barcellos é só união


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Programa de Atenção à Saúde registra mais de 20 mil adesões em dois meses A poucos dias de se completarem três meses do lançamento do Programa de Atenção Integral à Saúde do Servidor (Paiss), criado para atender à demanda de assistência médica e odontológica dos servidores municipais, a Prefeitura já contabiliza mais de 21 mil pessoas, entre servidores ativos, aposentados e dependentes, que fizeram sua adesão ao programa e já usufruem dos benefícios dos planos de saúde contratados. De acordo com a coordenadora do Paiss, Aléxia Luciana Ferreira, o número é animador, levando-se em conta o pouco tempo do processo de adesão. “Esses dados significam, aproximadamente, 15 mil pessoas que não tinham acesso a plano de saúde e passaram a utilizá-lo. Isso mostra que o programa está atendendo ao seu objetivo, que é estender o acesso à saúde com qualidade e resolutividade aos servidores da Prefeitura”, afirma. As adesões podem ser feitas até o dia 27 de maio, sem exigência de cobertura parcial temporária no caso de doenças ou lesões preexistentes. O posto de atendimento está funcionando na rua Goitacazes, 1.560, no Barro Preto (antigo prédio da Beprem), sem necessidade de agendamento.

Satisfação Aqueles que já fizeram adesão ao programa têm à sua disposição toda a rede de serviços da Unimed-BH, que engloba um Centro de Promoção da Saúde, três Núcleos de Atenção à Saúde, uma equipe de Atenção Domiciliar, duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Hospital-Dia e Maternidade, entre outras unidades. Desde o dia 1º de março até hoje, diversas cirurgias, internações e até mesmo partos foram realizados por meio do Paiss. Um deles foi o parto de Márcia Madalena da Silva, que teve seu bebê no dia 4 de março. O segundo filho de Márcia nasceu um mês após seu marido, o guarda municipal Handdai Dutra Botelho, ter feito adesão aos novos planos de saúde. “A experiência foi muito tranquila. Utilizei o serviço de enfermaria e fui bem atendida durante todo o processo. Depois, quando já estava em casa com meu filho, recebi a visita de uma enfermeira, que verificou se estava tudo bem comigo e com ele. Eles ainda telefonam para saber como estamos. Achei ótimo”, conta Márcia.

Solução de problemas Caso o servidor que tenha feito adesão encontre algum problema com o acesso ou com o atendimento na rede UnimedBH, ele tem à disposição o Unidisk (0800 030 3003), disponibilizado pela operadora contratada. A empresa também oferece o agendamento on-line de consultas e esclarecimento de dúvidas pelo site www.unimedbh.com.br. Caso não seja possível resolver o problema com a operadora, o servidor deve acionar a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), reguladora dos planos de saúde, por meio do Disque ANS (0800 701 9656) ou pelo site www.ans.gov.br. Por esses canais é possível tirar dúvidas e ainda apresentar reclamações. É importante ressaltar que, quando for necessário acionar a ANS, o servidor deve comunicar seu problema ou reclamação também à coordenação do Paiss, que estará à disposição para esclarecer dúvidas e sanar problemas por meio do Fale Conosco na Sala do Servidor do Portal da PBH (www.pbh.gov.br) ou pelos telefones 3277-8787, 3277-8690, 3277-8735 e 3277-8810.

Empregados da Prodabel participam de curso para utilização do Portal de Convênios Empregados da Prodabel participaram na primeira quinzena de abril da capacitação para a utilização do Sistema de Gestão de Convênios/Portal de Convênios (Siconv). A ferramenta permite a redução de custos operacionais e também o controle e a transparência na utilização dos recursos públicos. Com carga total de 12 horas-aula, a capacitação, promovida pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e ministrada por técnicos do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), abordou assuntos relacionados à execução dos convênios, registros das licitações, contratos, documentos de liquidação e pagamentos, além da elaboração e envio para a análise de prestação de contas. O instrutor do curso, Duval

3

Divino Advincula

Diário Oficial do Município

Terça-feira, 26 de abril de 2011

Márcio Reis, destacou a importância da formação para os funcionários. “A partir de agora, os participantes terão o domínio do sistema, sendo capazes de elaborar e enviar as propostas e os planos de trabalho para os programas do governo. Dessa forma, facilita a execução, o acompanhamento, a elaboração e o envio da prestação de contas dos convênios celebrados com a Prodabel”, afirmou. Assistente da Prodabel, Maria Cecília Moreira acredita que o domínio do sistema facilitará o atendimento às demandas de convênios firmados com o Governo Federal. “O curso abordou temas necessários para a compreensão de todas as etapas e operacionalização do sistema de convênios, o que facilita a interação dos processos”, concluiu.

Márcia teve seu segundo bebê através do Paiss

Portal de Convênios No Portal de Convênios são divulgados todos os programas dos ministérios e, assim, cada entidade e governos municipais e estaduais têm acesso aos programas pela internet. Outra facilidade é a otimização do processo no envio de propostas e cadastro do plano de trabalho.


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

22

Terça-feira, 26 de abril de 2011

INDICADORES ECONÔMICOS DE BELO HORIZONTE Taxas de Juros – Março de 2011

Evolução dos Preços ao Consumidor IPCA(1) Período

IPCR(2) Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

No mês

No ano

Últimos 12 Meses

341,41

0,63

5,33

5,81

nov/10

Taxas médias praticadas(1)

Setores

Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

No mês

No ano

Últimos 12 Meses

349,35

0,75

4,79

5,19

Menor

Maior

Diferença (%)

Média

2,87

5,90

105,57

4,63

Empréstimos pessoa física Alimentício Automóveis Novos

dez/10

342,54

0,33

5,68

5,68

350,74

0,40

5,20

5,20

Prefixada (montadoras)

1,15

2,40

108,70

1,59

jan/11

349,97

2,17

2,17

5,92

355,48

1,35

1,35

5,89

Prefixada (multimarcas)

1,42

2,55

79,58

1,83

fev/11

352,66

0,77

2,96

6,08

356,97

0,42

1,78

5,74

2,03

mar/11

354,89

2ª abr/11

362,70

(3)

0,63

3,61

6,50

0,69

4,11

6,61

359,61 365,31

(3)

Automóveis Usados

0,74

2,53

5,90

Prefixada (montadoras)

1,41

2,79

97,87

0,77

3,15

5,93

Prefixada (multimarcas)

1,56

2,58

65,38

2,03

11,40

13,70

20,18

12,60

6,71

9,15

36,36

8,07

4,81

8,03

66,94

6,42

Imóveis Construídos

0,12

1,80

1.400,00

1,29

Imóveis na Planta

0,14

1,56

1.014,29

0,48

1,12

4,20

275,00

2,22

2,18

4,80

120,18

3,40

1,59

1,83

15,09

1,73

8,63

229,39

4,27

(1) IP CA = Índice de P reço s ao Co nsumido r A mplo : mede a evo lução do s gasto s das famílias co m renda de 1a 40 salário s mínimo s na cidade de B elo Ho rizo nte

Cartão de Crédito

(2) IP CR= Índice de P reço s ao Co nsumido r Restrito : mede a evo lução do s gasto s das famílias co m renda de 1a 6 salário s mínimo s na cidade de B elo Ho rizo nte (3) 2ª quadrissemana de julho /94 = 100

Cheque Especial

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Combustíveis Construção Civil

Índice de Confiança do Consumidor Variação (%)

Índice de Base Fixa (Maio/04=100)

Período

No mês

Últimos 12 Meses

No ano

(2) (8)

(3) (7)

Cooperativas de Crédito (empréstimo)

ICCBH(1)

IEE(2)

IEF(3)

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

out/10

131,61

185,55

114,40

-0,12

3,90

-2,06

-4,25

-0,02

-6,29

-2,11

3,69

-4,85

CDC - Financeiro (8)

nov/10

136,23

194,06

117,75

3,51

4,59

2,93

-0,89

4,56

-3,54

-0,21

7,23

-3,72

CDC - Bens Alienáveis

dez/10

134,17

186,93

117,30

-1,51

-3,67

-0,38

-2,39

0,72

-3,91

-2,39

0,72

-3,91

Eletroeletrônicos

2,62

jan/11

137,53

193,41

119,69

2,51

3,47

2,04

2,51

3,47

2,04

-1,66

2,87

-3,84

Mobiliário

2,19

9,87

350,68

3,56

fev/11

135,92

195,96

116,70

-1,18

1,32

-2,49

1,30

4,83

-0,51

-1,06

7,31

-5,06

Financeiras Independentes

6,08

12,96

113,16

9,38

mar/11

138,91

196,09

120,64

2,21

0,07

3,37

3,54

4,90

2,84

5,88

11,44

3,21

Crédito Direto ao Consumidor (CDC)

(8)

Turismo

(1) ICCB H: Índice de Co nfiança do Co nsumido r de B elo Ho rizo nte: trata-se de um indicado r que tem po r finalidade sintetizar a o pinião do s co nsumido res em B elo Ho rizo nte quanto ao s aspecto s capazes de afetar as suas decisõ es de co nsumo atual e futuro

Nacional

0,94

3,95

320,21

2,12

Internacional

0,94

3,95

320,21

2,06

2,07

11,36

448,79

5,63

2,02

(2) IEE: Índice de Expectativa Eco nô mica: retrata a expectativa do co nsumido r em relação ao s indicado res macro eco nô mico s (3) IEF: Índice de Expectativa Financeira: retrata a co nfiança do co nsumido r a respeito de alguns indicado res micro eco nô mico s

Vestuário e Calçados

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Empréstimos pessoa jurídica

Residenciais Período Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

Comerciais

Variação (%) No mês

Últimos 12 Meses

No ano

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

No mês

No ano

(8)

1,72

2,40

39,53

Capital de Giro (8)

1,71

2,34

36,84

2,11

Conta Garantida (8)

2,29

8,23

259,39

5,68

Desconto de Duplicatas

Evolução do Mercado Imobiliário: Aluguéis

Captação

Últimos 12 Meses

out/10

365,90

0,37

11,00

13,01

476,72

1,24

14,67

18,59

nov/10

370,11

1,15

12,27

13,10

481,35

0,97

15,78

dez/10

372,63

0,68

13,04

13,04

484,33

0,62

jan/11

374,79

0,58

0,58

12,43

489,85

1,14

CDB 30 dias

(4)

0,88

Cooperativas de Crédito (aplicação)

0,78

Fundo de Investimento Curto Prazo

0,45

0,75

66,67

17,43

Fundo de Investimento Longo Prazo

0,68

0,82

20,59

16,50

16,50

Poupança (5)

1,14

16,82

fev/11

378,98

1,12

1,71

12,55

497,44

1,55

2,71

16,29

382,43

0,91

2,63

12,29

500,88

0,69

3,42

15,70

0,75 0,62

Taxa SELIC (6)

0,93 (5) Taxa referente ao primeiro dia do mês subsequente

(1) Co nsidera-se a média das taxas praticadas pelo s info rmantes

mar/11

0,62

(2) Não são co nsideradas vantagens pro gressivas

(6) M édia po nderada pela vigência

(3) Inclui a variação do s indexado res CUB , TR, INCC e IGP -M

(7) No vo cálculo co nsiderando o perío do do s índices que co mpõ em a estimativa (8) Dado s co letado s a partir de info rmaçõ es co nso lidadas no B anco Central do B rasil

(4) Taxa A NB ID do primeiro dia útil do mês e pro jetada para 30 dias

.. Não se aplica dado s numérico s

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

ND - não dispo nível

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Valores médios (em R$) dos aluguéis residenciais por classe de bairro(*) - Março de 2011 Popular

Imóveis

Médio

(2)

Apartamento 1 Quarto

Alto (1)

Tarifas Bancárias – Março de 2011 Produtos / serviços

Luxo

625,09 (57)

Forma de Cobrança

(1)

1507,69 (39)

Menor (R$) Maior (R$) Diferença (%) Média (2) (R$)

CADASTRO Confecção de cadastro para início de relacionamento - CADASTRO

por evento

0,00

59,00

..

24,11

CARTÃO - Fornecimento de 2º via de cartão com função débito

por evento

0,00

10,00

..

6,97

CARTÃO - Fornec. de 2ª via de cartão com função mov. conta de poupança

por evento

0,00

10,00

..

6,63

CHEQUE - Exclusão do Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundo (CCF)

por evento

20,00

52,00

160,00

36,01

CHEQUE - Contra-ordem e oposição ao pagamento de cheque

por evento

6,00

15,00

150,00

11,40

CHEQUE - Fornecimento de folhas de cheque

por evento

0,60

1,70

183,33

1,33

CHEQUE - Cheque Administrativo

por evento

16,00

27,00

68,75

22,50

CONTAS DE DEPÓSITOS

Apartamento 2 Quartos

Apartamentos

Apartamento 3 Quartos 1 Banho Apartamento 3 Quartos 2 ou mais Banhos

534,41 (34) 605,00 (12)

902,80 (93)

735,00 (8)

959,29 (14)

1735,25 (99) 1337,50 (4)

945,00 (24)

1103,23 (65)

1276,12 (121)

2060,50 (200)

-

(1)

1570,00 (5)

(3)

Apartamento 4 Quartos e até 2 Banhos Apartamento acima de 4 Quartos e 2 Banhos

787,66 (77)

2175,00 (4)

(2)

2383,13 (16)

3812,44 (131)

Barracão 1 Quarto

338,57 (14)

392,00 (15)

(2)

-

Barracão 2 Quartos

408,00 (10)

560,00 (5)

(2)

-

Barracões

(2)

458,33 (6)

(3)

-

539,09 (11)

710,00 (13)

(3)

(3)

Casa 1 Quarto Casa 2 Quartos Casa 3 Quartos e 1 Banho Casas

Casa 3 Quartos e 2 ou mais Banhos Casa 4 Quartos e até 2 Banhos

744,62 (13)

1080,00 (10)

(3)

(2)

1196,88 (16)

1303,75 (8)

2200,00 (9)

4350,00 (4)

1550,00 (6) (2)

Casa 4 Quartos e 2 Banhos

(1)

(3)

(1)

-

3950,00 (8)

7928,21 (39)

CHEQUE - Cheque de transferência bancária_(TB e TBG)

por evento

0,00

1,50

..

0,79

CHEQUE - Cheque Visado

por evento

0,00

21,00

..

11,60

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE pessoal

por evento

0,00

3,50

..

2,15

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE Terminal

por evento

0,00

3,00

..

1,73

Saque de conta de dep. à vista e de poupança - SAQUE correspondente

por evento

0,00

2,30

..

1,34

DEPÓSITO - Depósito Identificado

por evento

0,00

5,00

..

1,95

Forn. de ext. mensal de conta de dep. à vista e de poup.- EXTRATO(P)

por evento

1,45

6,00

313,79

3,17

Forn. de ext. mensal de conta de dep. à vista e de poup.- EXTRATO(E)

por evento

0,00

3,00

..

1,86

Forn. de ext. mensal de conta de dep. à vista e de poup. - EXTRATO(C)

por evento

0,00

2,00

..

1,06

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período -EXTRATO(P)

por evento

0,00

6,00

..

2,83

Ext. mensal de conta de dep. à vista e Poup. p/um período - EXTRATO(E)

por evento

1,00

5,00

400,00

2,20

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período - EXTRATO(C)

por evento

0,00

5,00

..

1,62

Fornecimento de cópia de microfilme, microficha ou assemelhado

por evento

3,00

7,00

133,33

5,42

Transferência por meio de DOC/TED - DOC/TED pessoal

por evento

13,40

40,00

198,51

16,45

Transferência por meio de DOC/TED - DOC/TED eletrônico

por evento

1,60

12,50

681,25

7,77

Transferência de recursos por meio de DOC/TED - DOC/TED internet

por evento

1,60

11,50

618,75

7,62

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(P)

por evento

0,00

40,00

..

14,11

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(E)

por evento

0,00

12,50

..

7,25

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(I)

por evento

0,00

11,50

..

6,87

Transferência entre contas na própria instituição- TRANSF. RECURSOS(P)

por evento

0,00

2,95

..

1,33

Transferência entre contas na própria instituição-TRANSF.RECURSOS(E/I)

por evento

0,00

2,70

..

0,94

Ordem de Pagamento - ORDEM PAGAMENTO

por evento

16,00

27,00

68,75

24,34

por evento

11,00

49,00

345,45

29,00

por evento

0,00

18,00

..

12,28

TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS

OPERAÇÕES DE CRÉDITO Concessão de adiantamento a depositante - ADIANT. DEPOSITANTE

(*) O valor entre parênteses representa o número de imó veis utilizados no cálculo da respectiva média. Na maio ria das vezes, somente são publicados valo res médios o btido s a partir de quatro imó veis pesquisados. Os caso s em que não fo i pesquisado nenhum imóvel são indicados po r hífen (-). Os valo res médios referentes a apartamentos de 1e 2 quarto s da classe luxo são influenciados pela o ferta de Flats.

PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA

(1) Não são co nsideradas vantagens pro gressivas

(2) Co nsidera-se a média das tarifas praticadas pelo s banco s pesquisado s

FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

Fo nte: B anco Central do B rasil / B anco s - Dado s trabalhado s pela Fundação IP EA D/UFM G

.. Não se aplica dado s numérico s

PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA

Custo da Cesta Básica (*) – Março de 2011

Evolução da inflação, salário mínimo e cesta básica

Período

IPCA(1)

Quantidade

Valores (em R$)

Açúcar cristal

3,00 kg

5,83

0,00

Arroz

3,00 kg

5,59

-0,02

Banana caturra

12,00 kg

19,32

0,48

Batata inglesa

6,00 kg

13,08

1,98

Produto

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

No mês

Salário Mínimo

Cesta Básica (2)

IPCA

No ano

Salário Mínimo

Cesta Básica

IPCA

ND: não dispo nível

Últimos 12 Meses

Salário Mínimo

Cesta Básica

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

Contribuição na variação (p.p.)

out/10

339,27

787,16

416,20

0,66

0,00

9,24

4,67

9,68

8,89

5,80

9,68

5,67

Café moído

0,60 kg

5,98

0,07

nov/10

341,41

787,16

432,87

0,63

0,00

4,01

5,33

9,68

13,26

5,81

9,68

9,37

Chã de dentro

6,00 kg

97,32

0,92

dez/10

342,54

787,16

417,30

0,33

0,00

-3,60

5,68

9,68

9,18

5,68

9,68

9,18

Farinha de trigo

1,50 kg

3,06

0,02

Feijão carioquinha

4,50 kg

12,74

0,38

jan/11

349,97

833,46

421,24

2,17

5,88

0,94

2,17

5,88

0,94

5,92

5,88

12,90

Leite pasteurizado

7,50 L

14,55

0,12

fev/11

352,66

833,46

429,26

0,77

0,00

1,91

2,96

5,88

2,87

6,08

5,88

10,51

Manteiga

750,00 g

13,05

-0,12

Óleo de soja

1,00 un

2,86

0,01

Pão francês

6,00 kg

36,48

0,14

Tomate

9,00 kg

33,84

2,06

mar/11

354,89

841,18

455,21

0,63

0,93

6,04

3,61

6,86

9,08

(1) IP CA = Índice de P reço s ao Co nsumido r A mplo : mede a evo lução do s gasto s das famílias co m renda de 1a 40 salário s mínimo s na cidade de B elo Ho rizo nte (2) Cesta B ásica: representa o s gasto s de um trabalhado r adulto co m a alimentação definida pelo Decreto -lei 399/38 FONTE: Fundação IP EA D/UFM G

6,50

6,86

11,23

(*) Cesta B ásica: representa o s gasto s de um trabalhado r adulto co m a alimentação definida pelo Decreto -lei 399/38 FONTE: Fundação IP EA D/UFM G


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Palestra orienta jovens no BH Cidadania Vila Biquinhas O BH Cidadania Vila Biquinhas, que fica na região Norte, promoveu em parceria com a ONG Instituto Brasileiro de Educação, Trabalho e Desenvolvimento (Isbet) uma palestra na última semana sobre introdução do jovem no mercado de trabalho. Cerca de 40 jovens de 16 a 22 anos da localidade foram orientados e encaminhados para vagas de emprego. Na palestra, coordenada pelo assistente social Glawerick Araújo Miranda, da ONG, os jovens receberam dicas de como se vestir diante de uma entrevista e no trabalho, e também postura na

empresa. Outras questões abordadas foram as leis sobre o estágio do estudante e a que determina que empresas tenham uma cota de contrato de jovens aprendizes em seu quadro de funcionários. A parceria da Secretaria Municipal de Assistência Social com a ONG Isbet oferece vagas para contratação efetiva, estágio e para jovens aprendizes. São mais de cem empresas cadastradas para onde os jovens são direcionados por meio de carta de encaminhamento. Os participantes assistem palestras, se inscrevem e são encaminhados para vagas de emprego. De acordo com dados da

ONG, cerca de 80% dos participantes conseguem vaga de acordo com o seu perfil e qualificação. Segundo Glawerick Araújo Miranda, a demanda de jovens à procura do primeiro emprego é muito alta e eles não possuíam um local que os auxiliasse. “Com essa parceria com a Prefeitura eles têm apoio desde o momento que chegam e o serviço social acompanha mesmo depois que eles entram no mercado de trabalho”, enfatizou. A adolescente Dayane Carla Santos foi encaminhada para estágio em uma empresa especializada em lanches. “Através deste ser-

Com o objetivo de promover a formação e qualificação de jovens e adultos em tecnologias da Informação e Comunicação, o Centro de Recondicionamento de Computadores (CRC) articula parcerias com diversos órgãos da iniciativa pública e privada. Em dezembro de 2010, a Faculdade de Educação (FAE) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) assinou um convênio em parceria com a Prodabel e o Movimento de Promoção Social (Mops) que prevê o financiamento de equipamentos, pagamento de monitores e outros recursos para apoiar o projeto de formação comunitária para o trabalho por meio de

viço tenho certeza que vou aprender muito mais. Com esta oportunidade quero crescer na vida e ser

tecnologias digitais. Neste convênio, está prevista a promoção de três cursos de Manutenção e Recondicionamento de Computadores, seis cursos de Informática Básica, quatro oficinas de DJ e quatro oficinas de áudio e vídeo. O CRC, em parceria com o Mops e o apoio da UFMG, promove até 3 de junho dois cursos de Informática Básica com duração de 180 horas-aula e um curso de Manutenção e Recondicionamento de Computadores com carga horária total de 224 horas no Mops do bairro São Geraldo. Ao todo, 56 pessoas participam destes treinamentos. Além de cursos e oficinas, a

Prodabel

Gercom Norte

Bimestral O Fórum de Saúde é uma atividade bimestral realizada pela Gerência Regional de Atenção à Saúde Norte e tem como objetivo manter um programa de atualização permanente dos profissionais da Saúde. O próximo encontro será em 14 de junho e terá como tema o fluxo de atendimento de pacientes usuários de álcool e drogas.

Tema foi imersão dos jovens no mercado de trabalho

uma profissional competente. Assim, posso ajudar minha família”, disse.

Parceria do CRC com a UFMG qualifica jovens e adultos em tecnologia da Informação e Comunicação

Violência contra a mulher é tema de debate no Fórum da Saúde da Regional Norte

O Serviço de Prevenção à Violência Doméstica contra Mulheres (PVD), desenvolvido pela Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), foi um dos destaques do Fórum de Saúde deste mês, promovido pela Gerência Regional de Atenção à Saúde Norte, cujo tema foi saúde da mulher. A temática da violência foi escolhida como forma de capacitar os profissionais das unidades básicas de saúde para identificar e colaborar para reduzir a situação. Coordenadora do PVD, a sargento Silvia Adriana informou que o serviço foi criado com o objetivo de implantar um conjunto articulado de ações para assegurar a proteção integral à mulher em decorrência do alto índice de violência doméstica contra elas e que a atuação em parceria com uma rede de enfrentamento à violência doméstica é um avanço. Silvia destacou ainda o trabalho de monitoramento e intervenção realizado com as vítimas e os agressores visando à quebra do ciclo da violência. “Esta é uma oportunidade de atuação em conjunto entre as instituições para que a PM possa receber denúncias e informações para monitorar casos de violência e também encaminhar as vítimas para o atendimento médico e psicológico” afirmou. O serviço foi implantado em julho de 2010 e até agora acompanhou 150 casos, dos quais 70 já foram arquivados. De acordo com Silvia Adriana, em apenas 1% dos casos houve reincidência. Além da apresentação da PMMG, o fórum abordou ainda o contexto da saúde da mulher no município, o recorte da região Norte e os números dos óbitos maternos. Referência técnica da Gerência de Atenção à Saúde da Mulher, a pediatra Paula Limp Brandão Teixeira apresentou o panorama atual da saúde da mulher na região Norte e as políticas desenvolvidas pela Prefeitura para o atendimento deste público, com foco nos protocolos assistenciais. Segundo Paula Limp, existem atualmente 68 mil mulheres em idade fértil na região Norte. “É muito importante atentar para os protocolos assistenciais, garantindo as consultas de pré-natal, o rastreamento do câncer de colo e de mama e, principalmente, orientar as pacientes a fazerem os exames pedidos”, disse.

23

Gercom Norte

Terça-feira, 26 de abril de 2011

CRC articula parcerias para apoiar projeto de formação comunitária

programação pedagógica do projeto prevê a realização de seminários e visitas orientadas, a fim de proporcionar aos alunos uma troca de experiências e conhecimentos sobre os diversos aspectos do uso das tecnologias. O ciclo de seminários e visitas começou na sexta-feira, dia 15 de abril, no auditório Luis Pompeu da Faculdade de Educação da UFMG com palestras sobre a “História da Sociedade da Informação”, ministrada pela professora Joana D’Arc Hollerbach, da Universidade Federal de Viçosa (UFV) e “Corporeidade, Afetividade e uso das tecnologias da Informação e Comunicação”, pela professora Juliana Correa, da UFMG. De acordo com a coordenadora pedagógica do CRC, Maria da Conceição Lopes Alves, os resultados da parceria com a UFMG são positivos para a qualificação profissional dos alunos envolvidos no projeto, colaborando com a qualificação técnica e contribuindo para a inserção no mercado de trabalho. “O projeto viabiliza ainda o acesso da população aos serviços públicos oferecidos pela internet, colabora com as políticas intersetoriais para a inclusão digital e amplia a função de extensão da universidade para o campo da inclusão digital”, completou.

Belo Horizonte sedia seminário “Educação Infantil e Diversidade Étnico-Racial” Representantes da Secretaria Municipal de Educação participam hoje do Seminário Regional “Educação Infantil e Diversidade Étnico-Racial”, evento que será realizado na Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), no Auditório Luiz Pompeu (avenida Antônio Carlos, 6.627, Pampulha), de 9h às 18h. O seminário visa reunir professores, gestores, pesquisadores e ativistas sociais interessados em debater e analisar experiências relacionadas com a valorização da diversidade étnico-racial na edu-

cação infantil. A iniciativa integra um conjunto de ações do Plano de Cooperação Técnica estabelecido entre o Ministério da Educação (Secretaria de Educação Básica), a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e o Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (CEERT). Durante a programação os participantes irão debater vários temas em palestras como política educacional igualitária, diversidade étnico-racial na educação infantil e propostas de orientações curriculares para a valorização da diversidade étnico-racial na edu-

cação infantil. Segundo a diretora da Escola Municipal Florestam Fernandes, Patrícia Santana, esse encontro será muito importante para a articulação de uma rede de educação infantil e relações raciais e também para que esses temas sejam aprofundados. “Convidamos a todos os profissionais que acreditam na necessidade de investirmos ações conjuntas para a formação de uma Rede Nacional para a Igualdade Étnico-Racial na Educação Infantil para que venham participar do seminário e contribuam para essa construção”, disse.


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Stephania Aleixo

Belo Horizonte encerra gestão na presidência do Cideu

Três representantes da PBH estiveram presentes no congresso realizado no México

BH Cidadania promove palestra sobre saúde da mulher xualmente transmissíveis. A palestra foi uma ação integrada do BH Cidadania Zilah Spósito, envolvendo o Centro de Referência da Assistência Social (Cras), Centro de Saúde Jaqueline I e Academia da Cidade. Além da abordagem

Gercom Norte

O BH Cidadania Zilah Spósito realizou para os seus usuários a palestra “Saúde da Mulher”, abordando temas como sexualidade da mulher, métodos anticonceptivos, HIV e a prevenção e tratamento de doenças se-

Temas como sexualidade da mulher e métodos contraceptivos foram destaque

dos temas relacionados, a equipe de enfermagem fez demonstrações da utilização de camisinha através de material educativo, esclarecendo para as usuários quando e como devemos usá-la. O evento contou com um momento para que as participantes fizessem perguntais e esclarecessem suas dúvidas. Segundo Rosana de Fátima Coelho, coordenadora do Espaço BH Cidadania Zilah Spósito, foi um evento importante, pois as usuárias tiveram oportunidade de ter um contato direto com a equipe de Saúde, com a orientação direta da médica Angélica. Fora do consultório médico, elas ficaram mais à vontade para colocar suas dúvidas, fazendo perguntas e participando ativamente do evento. Além disso, como as secretarias municipais de Saúde e de Assistência Social trabalham com os mesmos usuários, realizar atividades de forma integrada potencializa ainda mais o trabalho desenvolvido no território.

abril de 2011 Terça-feira,Terça-feira, 26 de abril26dede2011 Três representantes da Prefeitura de Belo Horizonte participaram do 19ª Congresso do Centro Iberoamericano de Desenvolvimento Urbano (Cideu), entre os dias 17 e 20 de abril, na cidade de Mérida, no México. O vice-prefeito Roberto de Carvalho, a gerente de Políticas de Uso e Ocupação do Solo da Secretaria Adjunta de Planejamento Urbano, Lúcia Karine de Almeida, e a assessora da Secretaria Municipal Adjunta de Relações Internacionais, Stephania Aleixo, passaram para a prefeita de Mérida, Angélica del Rosario Lara, a presidência do Cideu, que esteve nas mãos do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, ao longo do ano de 2010, ano em que, inclusive, a capital mineira recebeu o 18º congresso da entidade, no mês de julho. O tema escolhido para este ano foi “Metodologias e Instrumentos para Ativar Projetos Estratégicos”. A arquiteta e urbanista Lúcia Karine apresentou o trabalho “Planejamento e gestão integrada das políticas urbanas setoriais: Plano Diretor da Regio-

nal Norte e Operação Urbana da Região do Isidoro” na mesa temática sobre Novos Papéis dos Escritórios de Estratégia. Segundo ela, um dos objetivos da troca de informações é agregar conhecimento técnico para que novas diretrizes de enfrentamento dos problemas urbanos sejam capazes de minimizar as diferenças socioespaciais e promover um ambiente mais digno e com melhor qualidade de vida para seus habitantes. “Queremos consolidar Belo Horizonte como referência internacional em boas práticas públicas. Sobretudo, as que dizem respeito ao planejamento e desenvolvimento urbano”, comentou. De acordo com Roberto de Carvalho, a participação ativa da PBH no Cideu, assim como outras redes de cidades, está alinhada com uma estratégia de afirmação do seu papel como protagonista latinoamericana no cenário internacional e com a busca constante de experiências exitosas que podem ser replicadas de maneira a contribuir para o desenvolvimento do município.

Breno Pataro

24 24

Marcio participa da solenidade de entrega da Medalha da Inconfidência O prefeito Marcio Lacerda participou na quinta-feira, dia 21, da solenidade de entrega da Medalha da Inconfidência a 239 personalidades que contribuíram para o desenvolvimento de Minas Gerais e do Brasil. Antes da abertura do evento, que aconteceu em Ouro Preto, Marcio presenciou, junto a autoridades como a presidente Dilma Roussef, o ministro de Desenvolvimento, Indústria a Comércio Exterior, Fernando Pimentel, o governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, e o prefeito de Ouro Preto, Angelo Oswaldo, a cerimônia de sepultamento dos restos mortais dos inconfidentes José de Resende Costa, João Dias da Mota e Domingos Vidal Barbosa no Museu da Inconfidência.

Moradores do Taquaril ganham ação cívico-social contra dengue Quem foi à Escola Municipal Professora Alcinda Torres, no bairro Taquaril, na região Leste, no final de semana, conferiu atividades como corte de cabelo, encaminhamento para emprego, emissão de carteira de identidade, aferição de pressão arterial e de glicemia, assessoria jurídica e brinquedos para as crianças. Os eventos fizeram parte da ação cívicosocial organizada pelo MobilizaSUS, grupo de mobilização da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA). A banda SUScesso, do MobilizaSUS, também levou conscientização e música aos participantes da ação. A ação “Comunidade Unida, Dengue Vencida” foi oferecida aos moradores do

Taquaril a partir de uma vistoria minuciosa de um agente de combate a endemias da SMSA a casas do bairro. Para viabilizar o dia cívico-social, das oito casas visitadas, cinco não podiam apresentar possíveis criadouros do Aedes aegypti. Essa ação dá continuidade à parceria da SMSA com uma rádio de Belo Horizonte, que premiou três ouvintes nos meses de janeiro, fevereiro e março. Os ouvintes ganhadores dos prêmios da rádio agora são as referências para que a comunidade possa concorrer às atividades. Foi a partir de Geilda Costa que os moradores do Taquaril ganharam a ação cívico-social. Geilda participou da mobilização feita para que a comunidade comparecesse à ação e fortalecesse o combate à dengue. “Fico muito feliz de saber que um prêmio, que de início

iria só me beneficiar, agora está ajudando todo meu bairro. E o engraçado é que antes eu fazia a minha parte lá em casa no combate ao mosquito da dengue, mas, agora, não me contento só com isso. Eu quero é que todo mundo do Taquaril expulse o mosquito daqui. Agora sou a ‘garota dengue’ no combate à doença”, comemorou Geilda. A comunidade foi convidada a participar da ação por meio de uma mobilização feita por Geilda Costa, pela equipe da Escola Integrada da Escola Municipal Professora Alcinda Torres e pelas equipes do MobilizaSUS e de Zoonoses da SMSA. A professora comunitária da Escola Municipal Professora Alcinda Torres, Edna Pereira, ressaltou a importância de parcerias entre os órgãos do poder público e a sociedade.

“Agradeço a Prefeitura por esse momento e por mais esse incentivo no combate à dengue. É com uma comunidade mobilizada,

com o apoio dos alunos, que teremos um Taquaril sem dengue”, afirmou Edna Pereira.

Resultados Segundo o agente de combate a endemias (ACE), Weslley da Silva, a ação de mobilização feita no bairro já está dando resultados. “Ganhamos uma nova parceira no nosso trabalho. O que a Geilda vem fazendo no Taquaril é muito interessante ao incentivar as pessoas a combater a doença. Nas nossas visitas de rotina, vemos que as pessoas estão mais motivadas e preocupadas com a doença. É assim, com uma comunidade ativa e participativa, que os erros clássicos de deixar planta com pratinho, lixo parado e vasilhames com água parada vão diminuir”, ressaltou o ACE Weslley. Conforme explicou a coordenadora do MobilizaSUS, Marina Brochado, o próximo bairro a concorrer à “Comunidade Unida, Dengue Vencida” será o São Geraldo, na região Leste. Para ganhar a ação cívico-social, os critérios de avaliação serão os mesmos. Das oito casas vistoriadas, cinco não devem apresentar possíveis criadouros do Aedes aegypti.


DOM - 26/04/2011  

Diário Oficial do Município

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you